Você está na página 1de 1

Texto Bíblico (ARC): Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que

vos abstenhais das concupiscências carnais, que combatem contra a alma, tendo o vosso
viver honesto entre os gentios, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de
malfeitores, glorifiquem a Deus no Dia da visitação, pelas boas obras que em vós
observem. Sujeitai-vos, pois, a toda ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei,
como superior; quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos
malfeitores e para louvor dos que fazem o bem. Porque assim é a vontade de Deus, que,
fazendo o bem, tapeis a boca à ignorância dos homens loucos; como livres e não tendo a
liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de Deus. Honrai a todos. Amai a
fraternidade. Temei a Deus. Honrai o rei. 1Pedro 2:11-17

Texto Bíblico (NTLH): Queridos amigos, lembrem que vocês são estrangeiros
de passagem por este mundo. Peço, portanto, que evitem as paixões carnais que estão
sempre em guerra contra a alma. A conduta de vocês entre os pagãos deve ser boa, para
que, quando eles os acusarem de criminosos, tenham de reconhecer que vocês praticam
boas ações, e assim louvem a Deus no dia da sua vinda. Por causa do Senhor, sejam
obedientes a toda autoridade humana: ao Imperador, que é a mais alta autoridade; e aos
governadores, que são escolhidos por ele para castigar os criminosos e elogiar os que
fazem o bem. Pois Deus quer que vocês façam o bem para que os ignorantes e tolos não
tenham nada que dizer contra vocês. Vivam como pessoas livres. Não usem a liberdade
para encobrir o mal, mas vivam como escravos de Deus. Respeitem todas as pessoas,
amem os seus irmãos na fé, temam a Deus e respeitem o Imperador. 1Pedro 2:11-17

Proposição/ Tese: Devemos Obedecer às autoridades porque é da vontade do nosso


Senhor.

Esboço do Sermão
1. SUJEITAI-VOS A TODA INSTITUIÇÃO HUMANA (v.13a)
a) Por Amor do Senhor (13b)
b) Os Níveis da Autoridade (13c, 14a)
c) O Dever da Autoridade (14b)
2. PORQUE ASSIM É A VONTADE DE DEUS (v.15)
a) Natureza da Submissão (v.16)
3. ATÉ AONDE VAI A SUBMISSÃO (v.17)