Você está na página 1de 326
VMI Indústria e Comércio Ltda. Qualidade e tecnologia a serviço do homem Equipamento de Ultrassom

VMI Indústria e Comércio Ltda.

Qualidade e tecnologia a serviço do homem

Equipamento de Ultrassom Doppler

Ultra Vision Elite 300/400/500

Manual do Usuário

Ao fabricante reserva-se o direito de alterar o conteúdo deste Manual sem aviso prévio.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
Apresentação Congratulações pela aquisição do Ultra Vision Elite 300/400/500 , um equipamento com design moderno

Apresentação

Congratulações pela aquisição do Ultra Vision Elite 300/400/500, um equipamento com design

moderno e tecnologia de ponta, resultado da busca contínua da satisfação do cliente. Com avançada tecnologia de formação de feixe digital, o equipamento de ultrassom Ultra Vision

Elite 300/400/500 proporciona uma excelente qualidade de imagem através de transdutores

multifrequênciais de última geração, processamento de imagem e recursos de software que asseguram elevada confiabilidade no diagnóstico Médico para variadas aplicações. O presente manual foi elaborado de forma a fornecer as informações necessárias ao usuário sobre

o Ultra Vision Elite 300/400/500, no que tange à sua operação, manutenção, características técnicas,

cuidados gerais, aspectos sobre ultrassonografia, exames e acessórios.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
Responsabilidade do fabricante O conteúdo deste manual está sujeito a alterações sem aviso prévio. Todas

Responsabilidade do fabricante

O conteúdo deste manual está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Todas as informações contidas neste manual são consideradas corretas. A VMI não se responsabiliza por erros contidos neste documento nem por danos incidentais ou conseqüenciais relacionados à distribuição, ao desempenho ou ao uso deste manual.

A VMI é responsável pela segurança, confiabilidade e desempenho deste produto apenas se:

Todas as operações de instalação, ampliações, alterações, modificações e reparos deste produto forem realizados por uma equipe autorizada da VMI.

A instalação elétrica do local em questão estiver em conformidade com os requisitos nacionais e locais aplicáveis.

O produto for usado de acordo com as instruções do manual.

AVISO: É importante que o hospital ou a organização que utiliza este equipamento desenvolva um

AVISO: É importante que o hospital ou a organização que utiliza este equipamento desenvolva um plano de manutenção adequado. A não implementação do acima exposto pode resultar em defeito na máquina ou injúria para a saúde de seres humanos.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
Garantia ESTA GARANTIA É EXCLUSIVA E PREVALECE SOBRE TODAS AS OUTRAS GARANTIAS, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS,

Garantia

ESTA GARANTIA É EXCLUSIVA E PREVALECE SOBRE TODAS AS OUTRAS GARANTIAS, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS, INCLUINDO AS GARANTIAS DE COMERCIALIZAÇÃO OU ADEQUAÇÃO A UM PROPÓSITO ESPECÍFICO.

Isenções

A obrigação ou responsabilidade da VMI, de acordo com esta garantia, não inclui nenhuma despesa de transporte ou outras despesas ou obrigações devido a atrasos ou danos diretos, indiretos ou conseqüenciais decorrentes do uso ou da aplicação inadequados do produto ou do uso de peças ou acessórios não aprovados pela VMI, ou de reparos feitos por pessoas que não fazem parte da equipe autorizada da VMI.

Essa garantia não cobre:

Produtos da VMI submetidos a uso inadequado, negligência ou acidente.

Produtos da VMI cuja etiqueta do número de série original ou marcas de identificação do produto tenham sido alteradas ou removidas.

Produtos de outros fabricantes.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
Procedimento de Devolução Caso seja necessário devolver este produto ou alguma peça deste produto à

Procedimento de Devolução

Caso seja necessário devolver este produto ou alguma peça deste produto à VMI, proceda do seguinte modo:

1. Obtenha a autorização de devolução: Entre em contato com o Departamento de manutenção da VMI e obtenha um número de autorização de serviço "Customer Service Authorization" (VMI). O número da VMI deve aparecer na parte externa da embalagem de entrega. As embalagens devolvidas não serão aceitas se o número da VMI não estiver claramente visível. Forneça o número do modelo, o número de série e faça uma breve descrição do motivo da devolução.

2. Política de frete: O cliente é responsável pelas despesas de frete quando este equipamento for enviado à VMI para manutenção (incluindo as despesas alfandegárias).

3. Endereço de devolução: Envie as peças ou o equipamento para o endereço indicado pelo Departamento de atendimento ao cliente.

Endereço

Rua Pref. Eliseu Alves da Silva, 400 Dist. Industrial Genesco Aparecido de Oliveira Lagoa Santa MG Brasil CEP 33 400-000 Fone: +55 (31) 3681-9560 Fax: +55 (31) 3681-9565

C.G.C.:21.591.763.0001/24

E-Mail

Nome do Produto

Ultra Vision Elite 300/400/500

Modelo

BF

Registro Ministério da Saúde Nº 10238040043

Classificação ANVISA

Classe II

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
Informações Importantes 1. A responsabilidade pela manutenção e gerenciamento do produto após a entrega cabe

Informações Importantes

1. A responsabilidade pela manutenção e gerenciamento do produto após a entrega cabe ao cliente que adquiriu o produto.

2. A garantia não cobre os seguintes itens, mesmo durante o período da garantia:

(1)

Perdas ou danos decorrentes de abuso ou uso inadequado.

(2)

Perdas ou danos causados por circunstâncias involuntárias como incêndios,

terremotos, inundações, raios, etc. (3) Perdas ou danos causados pelo não cumprimento das condições especificadas para este sistema, como fonte de alimentação inadequada, instalação imprópria ou condições ambientais inaceitáveis. (4) Perdas ou danos devido ao uso do produto fora do território no qual o sistema foi adquirido originalmente. (5) Perdas ou danos que envolvem a aquisição do sistema a partir de outra fonte que não seja a VMI ou seus representantes autorizados.

3. Este sistema não deve ser usado por pessoas que não façam parte da equipe médica totalmente qualificada e certificada.

4. Não altere nem modifique o software ou o hardware deste produto.

5. A VMI não será, em nenhuma hipótese, responsável por problemas, perdas ou danos causados pelo reposicionamento, modificação ou reparo feito por outras equipes que não a designada pela VMI.

6. A finalidade deste sistema é fornecer aos médicos dados para o diagnóstico clínico.

7. A responsabilidade pelos procedimentos diagnósticos cabe aos médicos envolvidos. A VMI não se responsabiliza pelos resultados dos procedimentos diagnósticos.

8. É possível fazer o backup de dados importantes em mídias de gravação externas, como laudos clínicos, notebooks, etc.

9. A VMI não se responsabiliza pela perda dos dados armazenados na memória deste sistema devido a acidentes ou erros do operador.

10. Este manual contém Avisos referentes a riscos em potencial previsíveis. Esteja sempre atento a riscos diferentes dos indicados. A VMI não se responsabiliza por perdas ou danos resultantes de negligência ou do não cumprimento das precauções e instruções operacionais contidas neste manual de operação.

11. Em caso de troca do administrador ou gerente deste sistema, não se esqueça de entregar este manual de operação.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
Introdução Este manual de operação descreve os procedimentos operacionais referentes a este sistema de ultrassom

Introdução

Este manual de operação descreve os procedimentos operacionais referentes a este sistema de ultrassom diagnóstico. Para assegurar a operação segura e correta do sistema, leia atenta e detalhadamente o manual antes de operar o sistema.

1. Convenções de simbologia

Neste manual de operação, as palavras descritas a seguir são usadas adicionalmente às palavras simbólicas relacionadas às medidas de segurança (consulte "Precauções de segurança"). Leia este manual de operação antes de usar o sistema.

NOTA: Indica informações, de interesse para o usuário, relativas a condições excepcionais ou procedimentos operacionais.

CUIDADO: Segundo as leis federais dos Estados Unidos, a venda deste equipamento destina-se exclusivamente a médicos ou a pedido dos mesmos.a condições excepcionais ou procedimentos operacionais. CUIDADO: O sistema de ultrassom diagnóstico não se destina

CUIDADO: O sistema de ultrassom diagnóstico não se destina ao uso para fins oftalmológicos. Seu uso nessa especialidade clínica é contra-indicado.destina-se exclusivamente a médicos ou a pedido dos mesmos. 2. Manuais de operação A organização dos

2. Manuais de operação

A organização dos documentos que acompanham este sistema é exibida abaixo:

Manual básico de operação da unidade principal Descrição detalhada de informações do sistema: preparação, procedimentos operacionais, verificações de manutenção e funcionamento.

Manual Avançado de operação da unidade principal Descrição detalhada de informações do sistema sobre medições e cálculos para aplicações práticas.

3. Interface neste manual de operação

Dependendo da versão do software e da configuração de cada sistema, as interfaces ou menus podem ser diferentes dos mostrados nos manuais. Consulte as exibições do sistema que você adquiriu.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
Precauções de Segurança 1. Significado das palavras simbólicas Neste manual de operação, as palavras simbólicas

Precauções de Segurança

1. Significado das palavras simbólicas

Neste manual de operação, as palavras simbólicas PERIGO, ATENÇÃO, CUIDADO e NOTA são usadas com relação à segurança e a outras instruções importantes. Essas palavras simbólicas e seus significados estão definidos abaixo. Entenda completamente seu significado antes de ler este manual.

Palavra do símbolo

Significado

PERIGOIndica uma situação de risco iminente que, se não for evitada, resultará em lesões graves

Indica uma situação de risco iminente que, se não for evitada, resultará em lesões graves ou fatais.

ATENÇÃOIndica uma situação potencialmente de risco que, se não for evitada, pode resultar em lesões

Indica uma situação potencialmente de risco que, se não for evitada, pode resultar em lesões graves ou fatais.

CUIDADOIndica uma situação potencialmente de risco que, se não for evitada, pode resultar em lesões

Indica uma situação potencialmente de risco que, se não for evitada, pode resultar em lesões leves ou moderadas.

NOTA

Indica uma situação potencialmente de risco que, se não for evitada, pode resultar em danos à propriedade.

2. Significado dos símbolos de segurança

Símbolo

Descrição

peça aplicada tipo BF Os transdutores de ultrassom conectados neste sistema são peças tipo BF

peça aplicada tipo BF Os transdutores de ultrassom conectados neste sistema são peças tipo BF aplicadas. O módulo de ECG conectado neste sistema também é uma peça aplicada tipo BF.

"Atenção" indica os pontos que exigem atenção. Não se esqueça de ler o manual de

"Atenção" indica os pontos que exigem atenção. Não se esqueça de ler o manual de operação com relação a esses pontos antes de usar o equipamento.

3. Precauções de segurança

Observe as seguintes medidas de precaução para garantir a segurança do paciente e do operador durante o uso deste sistema.

PERIGO: Não use gases inflamáveis (como gás anestésico, oxigênio ou hidrogênio) nem líquidos inflamáveis, como

PERIGO: Não use gases inflamáveis (como gás anestésico, oxigênio ou hidrogênio) nem líquidos inflamáveis, como etanol, perto deste produto porque há perigo de explosão.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500
ATENÇÃO: 1. Conecte o plugue deste equipamento à tomada de parede, sendo que o plugue

ATENÇÃO:

1. Conecte o plugue deste equipamento à tomada de parede, sendo que o plugue deve seguir as especificações indicadas na placa de características. O uso de adaptadores ou tomadas multifuncionais pode afetar o desempenho do aterramento do sistema, fazendo com que a corrente de fuga ultrapasse os requisitos de segurança. Além disso, conecte a impressora de vídeo à entrada de alimentação deste sistema usando o cabo de impressão fornecido com o sistema para conectar a impressora, caso contrário, poderá haver choque elétrico.

2. Conecte o fio de equalização potencial antes de conectar o plugue de alimentação do equipamento na tomada. Lembre-se também de retirar o plugue de alimentação da tomada antes de desconectar o fio, para evitar choque elétrico.

3. Conecte o condutor de terra apenas antes de LIGAR o sistema. Desconecte o cabo de aterramento apenas após DESLIGAR o sistema, caso contrário, poderá haver choques elétricos.

4. Para conectar a alimentação e o aterramento, siga os procedimentos adequados descritos neste manual de operação, caso contrário, há risco de choque elétrico. Não conecte o cabo de aterramento a um tubo de gás ou água, pois o aterramento funcional talvez não seja eficiente ou pode haver risco de uma explosão de gás.

5. Antes de limpar o sistema, desconecte o cabo de alimentação da tomada. Se o sistema estiver com defeito, há risco de choque elétrico.

6. Este equipamento não possui nenhum dispositivo impermeável instalado, por isso, não o utilize em lugares onde exista a possibilidade de penetração de água. Há risco de choque elétrico se algum líquido for borrifado sobre ou dentro do equipamento. Caso líquidos penetrem no equipamento por falta de cuidado, entre em contato com o escritório de vendas, com o departamento de atendimento ao cliente ou um representante VMI.

7. Use o transdutor com cuidado. Caso o corpo toque a superfície deteriorada do transdutor, pare de usá-lo imediatamente e entre em contato com o escritório de vendas, com o departamento de atendimento ao cliente ou um representante da VMI. Há risco de choque elétrico em caso de uso de um transdutor deteriorado.

8. Não permita que o paciente toque peças carregadas de energia do equipamento de ultrassom ou outros dispositivos, como portas de entrada/saída (E/S) de sinal. Se o equipamento de ultrassom estiver com defeito, há risco de choque elétrico.

9. Não use transdutores diferentes dos especificados pela VMI, caso contrário, o equipamento e o transdutor podem ser danificados, provocando um acidente, no pior dos casos, como um incêndio.

10. Não deixe que os transdutores sofram golpes. O uso de transdutores com defeito pode causar choque elétrico.

11. Não abra a caixa nem o painel frontal. Caso a caixa seja aberta quando

11. Não abra a caixa nem o painel frontal. Caso a caixa seja aberta quando o equipamento estiver ligado, pode ocorrer um curto-circuito ou choque elétrico.

12. Não use este sistema junto com determinados equipamentos, como uma unidade eletrocirúrgia, equipamento de terapia de alta freqüência ou com um desfibrilador, etc., caso contrário, o paciente poderá receber um choque elétrico.

13. Use somente os eletrodos de ECG fornecidos com o módulo de ECG, caso contrário, poderá resultar em choque elétrico.

14. Ao mover o sistema, segure-o pela barra. O sistema poderá ser danificado, caso seja segurado de outra maneira, devido ao excesso de força utilizada. Não empurre o sistema pelos lados esquerdo ou direito, caso contrário ele poderá cair.

15. Os acessórios conectados a interfaces analógicas e digitais devem seguir as normas IEC relevantes (por ex., a norma de segurança de equipamentos de tecnologia da informação IEC 60950 e a norma de equipamentos médicos IEC 60601-1). Além disso, todas as configurações devem seguir a norma IEC60601-1-1. Qualquer pessoal responsável pela conexão de equipamentos adicionais à porta de entrada e saída de sinais e por configurar o sistema médico é responsável por garantir que o sistema esteja em conformidade com os requisitos da norma IEC60601-1-1. Caso ocorra algum problema, entre em contato com o departamento de serviço técnico do seu representante local.

16. O uso prolongado e repetido do teclado pode resultar em lesões nos nervos da mão ou do braço de algumas pessoas. Siga os regulamentos locais de segurança ou saúde relativos ao uso do teclado.

CUIDADO: 1. Medidas de precaução relacionadas a técnicas de exame clínico (1) Este sistema deve

CUIDADO:

1. Medidas de precaução relacionadas a técnicas de exame clínico (1) Este sistema deve ser usado apenas por profissionais médicos qualificados. (2) Este manual de operação não descreve técnicas de exame clínico. A escolha da técnica adequada deve se basear no treinamento especializado e na experiência clínica.

2. Mau funcionamento devido a ondas de rádio:

(1) O uso de dispositivos que emitem ondas de rádio perto deste sistema eletromédico pode interferir em seu funcionamento. Não coloque ou use dispositivos que geram ondas de rádio (como telefones celulares, transceptores e brinquedos controlados por rádio) na sala onde o sistema está instalado. (2) Se uma pessoa colocar um dispositivo que emite ondas de rádio perto do sistema, peça-lhe que desligue o aparelho imediatamente.

3. Medidas de precaução relacionadas à instalação e à movimentação do sistema:

(1) Assegure-se de instalar o equipamento na horizontal e travar as rodinhas com segurança, caso contrário, ele poderá mover-se, causando lesões. (2) Não mova o equipamento puxando pelos lados, caso contrário, ele poderá cair e machucar pessoas.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500 (3) Para locomover o equipamento em uma descida, duas pessoas deverão movê-lo

(3) Para locomover o equipamento em uma descida, duas pessoas deverão movê-lo lentamente, caso contrário, ele poderá deslizar, machucando gravemente as pessoas. (4) Não é permitido sentar no equipamento, porque ele poderia mover-se, fazendo com que as pessoas percam o equilíbrio e caiam. (5) Não coloque objetos sobre o monitor, porque podem cair e machucar pessoas. (6) Prenda todos os dispositivos periféricos antes de mover o equipamento, caso contrário, esses dispositivos podem cair e provocar lesões. (7) Durante a movimentação do equipamento em degraus, tome as medidas necessárias para evitar que caia.

4. Não submeta o equipamento a excesso de vibração (quando o estiver movendo), caso contrário as peças mecânicas (como as rodinhas) poderão ser danificadas. Se o equipamento for locomovido sobre pisos irregulares com freqüência, entre em contato com o escritório de vendas, com o departamento de atendimento ao cliente ou o representante da VMI.

5. Não conecte este sistema a tomadas com os mesmos disjuntores e fusíveis que controlam a corrente de dispositivos como os sistemas de suporte à vida. Se este sistema funcionar incorretamente e gerar uma sobrecorrente ou quando houver uma corrente instantânea com o equipamento ligado, os disjuntores e fusíveis do circuito de alimentação elétrica do estabelecimento podem se soltar.

6. Mantenha a máquina sempre seca. Evite transportar essa máquina rapidamente de um local frio para um local mais quente; caso contrário, pode-se formar condensação ou gotas de água, causando curto-circuito.

7. Se o disjuntor do circuito cair, isso indica que a máquina ou os equipamentos periféricos não estão funcionando normalmente. Nesse caso, não o repare por si mesmo e entre em contato com o escritório de vendas, com o departamento de atendimento ao cliente ou o representante da VMI.

8. Durante os exames normais, não há perigo de queimaduras, mesmo se a temperatura da superfície do transdutor for maior do que a temperatura do corpo do paciente devido à temperatura ambiente e aos modos de exame. Para evitar queimaduras de alto grau, não aplique o transdutor na mesma região no paciente por um longo período de tempo. Aplique o transdutor apenas durante o período de tempo necessário para os fins diagnósticos.

9. Este equipamento e seus acessórios não são desinfetados e esterilizados antes de sua remessa, por isso, desinfete e esterilize os transdutores e as braçadeiras de biópsia segundo descrito nos manuais correspondentes, antes de usá-los. Após a esterilização ou desinfecção, os produtos químicos ou gases devem ser completamente eliminados dos acessórios. O resíduo de substâncias químicas ou gases não só resulta em danos aos acessórios, mas também é prejudicial para os seres humanos.

para excluir
para
excluir

10. Antes de examinar um novo paciente, pressione informações e dados do último paciente armazenado

as

na memória de imagens, caso

contrário, os novos dados podem ser confundidos com os do paciente anterior. 11. Não conecte/desconecte

contrário, os novos dados podem ser confundidos com os do paciente anterior.

11. Não conecte/desconecte o sistema e seus acessórios (como impressoras) sem desligar o aparelho, caso contrário poderá haver choque elétrico ou o equipamento será danificado.

12. Não desligue a alimentação elétrica do sistema durante a impressão, ao salvar ou ativar operações, caso contrário esses processos pode não ser concluídos normalmente ou poderá ocorrer perda de arquivos.

13. Se o sistema for desligado de maneira incorreta enquanto estiver em funcionamento, os dados poderão ser danificados no disco duro, podendo também causar falha no sistema.

NOTA:

1. Não use a máquina próximo a um campo eletromagnético forte (como o de um transformador), pois isso pode afetar o desempenho da máquina.

2. Não use a máquina próximo a fontes de radiação de alta freqüência, que podem afetar o desempenho da máquina ou até mesmo provocar falhas no equipamento.

3. Para evitar danos à máquina, não a utilize nos seguintes ambientes:

(1) Locais expostos à luz solar direta; (2) Locais sujeitos a mudanças repentinas de temperatura; (3) Locais empoeirados; (4) Locais sujeitos a vibração; (5) Locais próximos a geradores de calor; (6) Locais muito úmidos.

4. Ligue o sistema apenas depois que a alimentação tenha sido desligada por mais de 20 segundos. Se o sistema for ligado imediatamente após ter sido desligado, haverá erro de funcionamento no sistema.

5. Desligue o botão de energia auxiliar ou pare a transmissão com a tecla Congelar

antes de conectar ou desconectar um transdutor. Se um transdutor for conectado ou desconectado com uma imagem sendo exibida, o sistema e/ou o transdutor poderão funcionar incorretamente.

6. Depois de usar o transdutor, retire o gel do ultrassom e coloque o transdutor no suporte. Caso contrário, a água do gel pode entrar nas lentes acústicas, afetando o desempenho e a segurança do transdutor.

7. Você pode marcar os dados do registro (inclusive os dados do hospital e do paciente). Para garantir a segurança dos dados, não se esqueça de fazer o backup dos dados na mídia de armazenamento externo. Os dados armazenados no equipamento podem ser perdidos devido à operação inadequada ou por acidente.

8. Não exerça força externa sobre o painel de controle (por ex., apoiando-se contra ele), caso contrário, o sistema será danificado.

9. Se o sistema for usado em uma sala pequena, a temperatura ambiente pode aumentar, por isso, é necessário providenciar uma ventilação adequada.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500 10. Para o descarte do sistema ou de um de seus componentes,

10. Para o descarte do sistema ou de um de seus componentes, entre em contato com o representante da VMI. Não descarte este sistema sem consultar a VMI. A VMI não se responsabiliza pelos danos resultantes do descarte do sistema sem prévia consulta à VMI.

11. Após um determinado período de tempo, pode ocorrer degradação das características de segurança elétrica e mecânica (como a geração de corrente de fuga ou deformação/abrasão de peças mecânicas). Para garantir o funcionamento normal do equipamento, é recomendado assinar um contrato de manutenção e suporte técnico, para evitar acidentes.

12. A tomada de saída elétrica no sistema é usada para fornecer alimentação elétrica para os dispositivos periféricos recomendados. Não conecte outros dispositivos na tomada, caso contrário a potência de saída nominal pode ser excedida, resultando em defeitos de funcionamento. A potência máxima de saída da tomada de alimentação para dispositivos periféricos é de 350VA.

13. O iScape constrói as imagens ampliadas a partir de quadros individuais. A qualidade da imagem resultante depende, de certo modo, do usuário e exige uma determinada habilidade e prática para alcançar um uso completamente profissional. Portanto, suas medidas poderão ser imprecisas. Tenha cuidado ao realizar medições no modo iScape.

14. Quando conectar dispositivos USB no sistema, assegure-se de que não tenha vírus.

15. Quando a bateria do sistema estiver completamente descarregada, o relógio do sistema deixará de funcionar normalmente e você deverá entrar em contato com o engenheiro de suporte técnico especializado para substituir a bateria.

NOTA: O uso deste símbolo indica que esse produto não deve ser tratado como resíduo doméstico. Ao garantir o descarte correto do produto, você ajuda a evitar possíveis conseqüências negativas para o meio ambiente e a saúde humana. Para obter mais informações sobre a devolução e a reciclagem deste produto, consulte o distribuidor do qual adquiriu o produto. * Para os produtos do sistema, esta etiqueta pode estar fixa apenas na unidade principal.

4. Alerta sobre o látex

ATENÇÃO: As reações alérgicas em pacientes sensíveis ao látex (borracha natural) podem variar de reações

ATENÇÃO: As reações alérgicas em pacientes sensíveis ao látex (borracha natural) podem variar de reações moderadas na pele (irritação) a choques anafiláticos fatais, incluindo dificuldade respiratória (chiados), vertigem, choque, inchaço do rosto, urticárias, espirros ou coceira nos olhos (FDA Medical Alert on latex products, “Allergic Reactions to Latex-containing Medical Devices”, issued on March 29, 1991).

Quando for escolher o preservativo para o transdutor, é recomendável que você entre em contato direto com a CIVCO para obter informações sobre o preservativo, preço, amostras e distribuição local. Para obter informações sobre a CIVCO, entre em contato com:

CIVCO Medical Instruments

Etiquetas de Aviso Neste sistema, há várias etiquetas de aviso coladas para chamar a atenção

Etiquetas de Aviso

Neste sistema, há várias etiquetas de aviso coladas para chamar a atenção do usuário para perigos em potencial.

chamar a atenção do usuário para perigos em potencial. nas etiquetas de aviso indica medidas de

nas etiquetas de aviso indica medidas de precauções de segurança. As etiquetas de

aviso usam as mesmas palavras simbólicas que aquelas dos manuais de operação. Informações detalhadas sobre as etiquetas de aviso são fornecidas no manual de operação. Leia o manual de operação atentamente antes de usar o sistema.

O símbolo

O

nome, padrões e significado de cada etiqueta de aviso são descritos abaixo:

Etiqueta

 

Significado

 
  (a) CUIDADO: Não sente no sistema.

(a)

CUIDADO: Não sente no sistema.

<1>

(b)

Antes de usar o sistema, leia atentamente o conteúdo relevante deste manual de operação.

(c)

PERIGO: O sistema não deve ser usado nas proximidades de gases inflamáveis.

<2>

<2> (a) CUIDADO: Não coloque o sistema sobre uma superfície inclinada, caso contrário o sistema pode

(a)

CUIDADO: Não coloque o sistema sobre uma superfície inclinada, caso contrário o sistema pode deslizar inesperadamente, resultando em lesões a pessoas ou mal funcionamento do sistema. Em uma superfície inclinada, o sistema deve ser movido por duas pessoas, para garantir sua segurança.

(b)

CUIDADO: Não abra as tampas do sistema, porque a alta tensão no seu interior pode provocar choque elétrico.

<3>

<3> Tenha cuidado com o excesso de peso colocado sobre o sistema.

Tenha cuidado com o excesso de peso colocado sobre o sistema.

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500

Sumário

Sumário

Sumário

UNIDADE 1 VISÃO GERAL

1-1

1.1 Uso previsto

1-1

1.2 Apresentação de modelos

1-1

UNIDADE 2 ESPECIFICAÇÕES DO PRODUTO

2-1

2.1 Modos de aquisição de imagens

2-1

2.2 Condições ambientais

2-1

UNIDADE 3 PRECAUÇÕES, RESTRIÇÕES E ADVERTÊNCIAS

3-1

3.1 Configuração padrão

3-1

3.2

Transdutores disponíveis

3-1

3.3 Unidades Opcionais

3-2

3.4 Dispositivos periféricos compatíveis

3-2

UNIDADE 4 APRESENTAÇÃO DO SISTEMA

4-3

4.1

Apresentação de cada unidade

4-3

4.1.1 Monitor CRT

4-3

4.1.2 Monitor LCD

4-5

4.2 Painel de I/O

4-7

4.3 Painel de alimentação elétrica

4-8

4.4 Painel de ECG

4-9

4.5 Painel de controle

4-10

4.5.1 Painel principal

4-10

 

4.5.2

Painel

secundário

4-13

4.5.3 Teclado

4-14

4.6

Símbolos

4-16

UNIDADE 5 INSTALAÇÃO E CONEXÃO

5-1

5.1 Instalação do sistema

5-1

5.2 Conexão do cabo de alimentação e do aterramento de segurança

5-1

5.2.1 Conexão do cabo de alimentação

5-1

5.2.2 Terminal de aterramento de proteção

5-2

5.2.3 Terminal equipotencial

5-2

5.3

Conexão/desconexão de transdutores

5-3

5.3.1 Conexão de um transdutor

5-3

5.3.2 Desconexão de um transdutor

5-4

5.4 Conexão/remoção de um memory stick USB

5-4

5.5

Conexão

de

um pedal

5-4

5.6 Conexão de uma impressora gráfica/de texto

5-5

5.7 Conexão de uma impressora de vídeo

5-5

UNIDADE 6 LIGAR E DESLIGAR

6-1

6.1

Como ligar

6-1

6.1.1

Verificações antes de ligar o sistema

6-1

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500   6.1.2 – Como Ligar 6-2 6.2 – Reinicialização do sistema 6-2
 

6.1.2

Como Ligar

6-2

6.2 Reinicialização do sistema

6-2

6.3 Como Desligar

6-2

UNIDADE 7 TELA BÁSICA E MENU

7-1

7.1

Tela Básica

7-1

7.1.1 Campo de Informação

7-1

7.1.2 Campo de imagem

7-2

7.1.3 Campo de Parâmetros de Imagem & Menu

7-2

7.1.4 Campo de Resultados das Medições

7-3

7.1.5 Campo da Janela Ativa

7-3

7.1.6 Campo do Estado Atual

7-4

7.1.7 Campo de Atalhos

7-4

7.2

Operações Básicas

7-4

7.2.1 Janela

7-4

7.2.2 Operação para Conteúdo da Janela

7-5

7.2.3 Trocando de Página

7-5

7.2.4 Arrastando a Janela

7-6

7.2.5 Confirmar/Cancelar Operação e Fechar Janela

7-6

UNIDADE 8 INICIANDO UM EXAME

8-1

8.1 Predefinição das Informações do Paciente e dos Exames

8-1

8.2 Inserindo Informações do Paciente

8-2

8.2.1 Entrando / Saindo da Janela de Informações do Paciente

8-2

8.2.2 Inserindo as Informações Gerais

8-3

8.2.3 Inserindo as Informações dos Exames

8-4

8.2.4 Inserindo as Outras Informações

8-5

8.2.5 Funções dos Botões

8-6

UNIDADE 9 MODOS DE EXAME

9-1

9.1 Instruções dos Modos de Exame

9-1

9.2 Selecionando os Modos de Exame

9-1

9.3 Predefinindo dos Modos de Exame

9-2

9.3.1 Seleção de Exame

9-2

9.3.2 Configuração do Exame

9-3

9.3.3 Modos de Exame Definidos pelo Usuário

9-4

UNIDADE 10 MODOS DE EXIBIÇÃO DE IMAGEM

10-1

10.1 Tipos de Modos de Exibição de Imagem

10-1

10.2 Troca entre os Modos de Exibição de Imagem

10-1

10.3 Ajuste de Imagem

10-2

 

10.3.1 Modo B

10-2

10.3.2 Modo M

10-3

10.3.3 Modo Color

10-4

10.3.4 Modo Power

10-5

10.3.5 Modo PW/CW

10-5

Sumário

Sumário

10.3.6 Potência Acústica (Acoustic Power)

10-6

10.3.7 Ampliação da Imagem

10-6

10.4

Prédefinição dos Parâmetros de Imagem

10-7

UNIDADE 11 FUNÇÕES ESPECIAIS DE IMAGEM

11-1

11.1

Smart3D Imagem Tridimensional (3D)

11-1

11.1.1 Métodos de Captura de Imagens

11-1

11.1.2 Capturar imagens 3D

11-2

11.1.3 Revisão de imagens 3D

11-2

11.1.4 Redefinir região de interesse

11-3

11.1.5 Salvar e carregar imagens

11-3

11.1.6 Sair do Smart3D

11-3

11.1.7 Predefinição de Smart3D

11-3

11.2

iScape Imagem Panorâmica

11-4

11.2.1 Capturar Imagens

11-4

11.2.2 Visualizar Imagens iScape

11-5

11.2.3 Revisão de Cine

11-6

11.2.4 Salvar e Carregar Imagens

11-6

11.2.5 Predefinição do iScape

11-6

11.3

Free Xros M Imagem Anatômica M

11-7

11.3.1 Acessar/sair de Free Xros M

11-7

11.3.2 Ajuste da Posição da Linha M

11-7

11.3.3 Configuração de Parâmetros

11-8

11.3.4 Outros

11-8

11.3.5 Salvar e Carregar Imagens

11-8

UNIDADE 12 REVISÃO DO CINE

12-1

12.1 Acessar/sair da função de revisão cine

12-1

12.2 Revisão do Cine no Modo B&Color

12-1

12.3 Revisão do Cine no Modo B&Color

12-2

12.4 Revisão do Cine Vinculado

12-2

12.5 Ajustando a Região de Interesse para Revisão

12-2

12.6 Predefinição do Cine

12-3

UNIDADE 13 VISÃO GERAL DAS MEDIÇÕES

13-1

13.1 Menu de Medições

13-1

13.2 Menu de Entrada

13-2

13.3 Janela de Resultados

13-3

13.3.1 Exibição da Janela de Resultados

13-3

13.3.2 Posição da Janela de Resultados

13-3

13.4

Cálculos e Medições

13-3

13.5 Predefinição das Medições

13-4

13.6 Relatórios das Medições

13-4

13.6.1 Visualizando o Relatório das Medições

13-5

13.6.2 Editando o Relatório

13-5

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500 13.6.3 – Visualização dos Relatórios no Histórico 13-7 13.6.4 –

13.6.3 Visualização dos Relatórios no Histórico

13-7

13.6.4 Impressão do Relatório das Medições

13-8

13.6.5 Exportando o Relatório

13-9

UNIDADE 14 PREDEFINIÇÃO DAS MEDIÇÕES

14-1

14.1 Predefinição dos Parametros das Medições

14-1

14.2 Predefinição dos Softwares de Cálculos e Medições

14-3

14.2.1 Fórmulas Obstétricas

14-3

14.2.2 Predefinição Obstétrica

14-4

14.3

Predefinição das Medições

14-8

14.3.1 Predefinição das Medições Gerais

14-8

14.3.2 Predefinição das Medições por Aplicação

14-9

14.4

Predefinição do Relatório das Medições

14-11

14.4.1 Criando um Novo Relatório

14-12

14.4.2 Editando o Relatório das Medições

14-14

14.4.3 Excluindo o Relatório das Medições

14-14

14.4.4 Importando/Exportando um Relatório das Medições

14-14

14.4.5 Configurando a Ordem dos Relatórios das Medições

14-15

14.4.6 Configurando o Relatório das Medições Padrão

14-15

UNIDADE 15 SOFTWARES DE MEDIÇÕES GERAIS

15-1

15.1

Software de Medições Gerais no Modo 2D

15-1

15.1.1 Profundidade

15-1

15.1.2 Distância

15-2

15.1.3 Ângulo

15-2

15.1.4 Área

15-3

15.1.5 Volume

15-5

15.1.6 Linha Cruzada

15-5

15.1.7 Linha Paralela

15-6

15.1.8 Comprimento do Traçado

15-7

15.1.9 Razão de Distâncias

15-7

15.1.10 Razão de Áreas

15-8

15.1.11 Perfil B

15-8

15.1.12 Histograma B

15-8

15.1.13 Velocidade Color

15-9

15.2

Software de Medições Gerais no Modo M

15-9

15.2.1 Distância

15-10

15.2.2 Tempo

15-10

15.2.3 Inclinação (Slope)

15-11

15.2.4 Velocidade

15-11

15.2.5 Frequência Cardíaca

15-12

15.3

Software de Medições Gerais no Modo Doppler

15-12

15.3.1 Tempo

15-12

15.3.2 Frequência Cardíaca

15-13

Sumário

Sumário

15.3.3 Velocidade Doppler

15-13

15.3.4 Aceleração

 

15-13

15.3.5 Traçado Espectral

15-14

15.3.6 PS/ED (Velocidade Sistólica Máxima/Velocidade da Diástole Final)

15-16

15.3.7 Referências

 

15-16

UNIDADE 16 SOFTWARE DE MEDIÇÕES ABDOMINAIS

16-1

16.1 Itens do Software Abdominal

16-1

16.2 Preparações para o Exame Abdominal

16-2

16.3 Acesso às Medições Abdominais

16-2

16.4 Software de Medições Abdominais

16-2

16.5 Relatório do Exame Abdominal

16-3

UNIDADE 17 SOFTWARE DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS OBSTÉTRICOS

17-1

17.1 Itens do Software Obstétrico

17-1

17.2 Idade Gestacional Clínica

17-3

17.3 Cálculo da Idade Gestacional

17-4

17.3.1 Idade Gestacional através de Itens de medição OB

17-4

17.3.2 AUA - Média da Idade Gestacional por Ultrassonografia

17-5

17.3.3 CUA - Idade Gestacional Composta por Ultrassonografia

17-5

17.4 Preparações para o Exame Obstétrico

17-5

17.5 Exame de Multi-Fetos

17-6

17.6 Acesso às Medições Obstétricas

17-7

17.7 Software de Medições, Cálculos e Estudos Obstétricos

17-7

17.7.1 Operação dos Itens de Medição OB

17-11

17.7.2 Operação dos Itens de Cálculo OB

17-12

17.7.3 Operação do Item de Estudo OB

17-12

17.8

Relatório do Exame Obstétrico

17-12

17.8.1 Perfil Biofísico do Feto

17-12

17.8.2 Curva de Crescimento Obstétrico

17-13

17.9

Referências

17-15

UNIDADE 18 SOFTWARE DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS CARDÍACOS

18-1

18.1 Itens do Software Cardíaco

18-1

18.2 Preparação para o Exame Cardíaco

18-4

18.3 Acesso às Medições Cardiológicas

18-4

18.4 Software de Medições, Cálculos e Estudos Cardíológicos

18-5

18.4.1 Itens de Medição Cardiológica

18-10

18.4.2 Itens de Cálculo Cardiológico

18-10

18.4.3 Itens de Estudo Cardiológico

18-11

 

18.4.3.1 S-P Ellipse

18-11

18.4.3.2 B-P Ellipse

18-11

18.4.3.3 Bullet

18-12

18.4.3.4

Simpson

18-12

18.4.3.5 Simpson SP

18-13

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500   18.4.3.6 – Simpson BP   18-13 18.4.3.7 – Cube 18-15
 

18.4.3.6 Simpson BP

 

18-13

18.4.3.7 Cube

18-15

18.4.3.8 Teichholz

18-15

18.4.3.9 Gibson

18-16

18.4.3.10 Peso da Massa do Ventrículo Esquerdo

18-17

18.4.3.11

LAD/AoD

18-17

18.4.3.12 Válvula Mitral

 

18-17

18.4.3.13 Válvula Tricúspide

18-19

18.4.3.14

Válvula

Aórtica

18-20

18.4.3.15 Válvula Pulmonar

18-21

18.4.3.16 Ventrículo Direito (RV)

18-21

18.4.3.17 Veia Pulmonar

 

18-22

18.4.3.18 Volume de fluxo

18-22

18.5 Relatório do Exame Cardiológico

18-23

18.6 Referências

 

18-24

UNIDADE 19 SOFTWARE DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS GINECOLÓGICOS

19-1

19.1 Itens do Software Ginecológico

19-1

19.2 Preparação para o Exame Ginecológico

19-1

19.3 Acesso às Medições Ginecológicas

19-2

19.4 Software de Medições, Cálculo e Estudos Ginecológico

19-2

19.4.1 Endométrio

 

19-2

19.4.2 Corpo Uterino

19-2

19.4.3 Colo Uterino (Cérvix)

19-2

19.4.4 Uterino/Cérvix (UT-E/CX-C)

19-3

19.4.5 Volume do Ovário

 

19-3

19.4.6 Folículo

19-4

19.5 Relatório do Exame Ginecológico

19-4

19.6 Referências

 

19-4

UNIDADE 20 SOFTWARE DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS VASCULARES

20-1

20.1 Itens do Software Vascular

20-1

20.2 Preparações para o Exame Vascular

20-2

20.3 Acesso às Medições Vasculares

20-3

20.4 Software de Medições, Cálculos e Estudos Vasculares

20-3

20.4.1 Itens de Medição Vascular

20-6

20.4.2 Itens de Cálculo Vascular

20-6

 

20.4.2.1 Diâmetro da Estenose

20-6

20.4.2.2 Área da Estenose

20-6

20.4.2.3 Diâmetro do Volume de Fluxo

20-7

20.4.2.4 Área do Volume de Fluxo

20-7

20.5

Itens de Estudo Vascular

 

20-7

20.5.1.1 Estenose

20-7

20.5.1.2 Volume de Fluxo

20-8

Sumário

Sumário

20.6 Relatório do Exame Vascular

20-8

20.7 Referências

20-8

UNIDADE 21 SOFTWARE DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS DE PEQUENAS PARTES

21-1

21.1 Itens do Software de Pequenas Partes

21-1

21.2 Preparações para o Exame de Pequenas Partes

21-1

21.3 Acesso às Medições de Pequenas Partes

21-1

21.4 Software de Medições, Cálculo e Estudo de Pequenas Partes

21-1

21.4.1 Itens de Medição de Pequenas Partes

21-2

21.4.2 Itens de Cálculo de Pequenas Partes

21-2

21.4.2.1

Volume do Tireóide

21-2

21.4.3

Itens de Estudo de Pequenas Partes

21-2

21.4.3.1

Tireóide

21-2

21.5 Relatório do Exame de Pequenas Partes

21-3

21.6 Referências

21-3

UNIDADE 22 SOFTWARE DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS UROLÓGICOS

22-1

22.1 Itens do Software Urológico

22-1

22.2 Preparações para o Exame Urológico

22-2

22.3 Acesso às Medições Urológicas

22-2

22.4 Software de Medições, Cálculos e Estudos Urológicos

22-2

22.4.1 Itens de Medição Urológico

22-4

22.4.2 Itens de Cálculo Urológico

22-4

22.4.2.1 Volume da Próstata

22-4

22.4.2.2 Volume Renal

22-4

22.4.2.3 Volume Pré-miccional

22-5

22.4.2.4 Volume Pós-miccional

22-5

22.4.2.5 Volume Miccional

22-5

22.4.2.6 Volume do Testículo

22-5

22.4.3

Itens de Estudo Urológico

22-6

22.4.3.1 Próstata

22-6

22.4.3.2 Adrenal

22-6

22.4.3.3 Vesícula Seminal

22-6

22.4.3.4 Rim

22-7

22.4.3.5 Bexiga

22-7

22.4.3.6 Testículo

22-7

22.5 Relatório do Exame Urológico

22-7

22.6 Referências

22-8

UNIDADE 23 SOFTWARE DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS PEDIÁTRICOS

23-1

23.1 Item do Software Pediátrico

23-1

23.2 Preparações para o Exame Pediátrico

23-2

23.3 Acesso às Medições Pediátricas

23-2

23.4 Software de Medições Pediátricas

23-2

23.4.1

Itens de Medição Pediátrica

23-2

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500   23.4.1.1 – Ângulos da Articulação do Quadril 23-2 23.5 –
 

23.4.1.1 Ângulos da Articulação do Quadril

23-2

23.5 Relatório do Exame Pediátrico

23-3

23.6 Referências

23-3

UNIDADE 24 COMENTÁRIOS

24-1

24.1 Entrar/Sair do Modo de Comentário

24-1

24.2

Menu dos Comentários

24-1

24.3 Adicionando Comentários

24-1

24.3.1 Escrevendo os Comentários

24-1

24.3.2 Textos da Biblioteca de Comentários

24-2

24.3.3 Adicionando Setas de Indicação

24-2

24.4 Mover Itens de Comentários Existentes

24-3

24.5 Modificando Comentários

24-3

24.5.1 Modificando os Caracteres

24-3

24.5.2 Modificando as Setas

24-3

24.6

Apagando Comentários

24-4

24.6.1 Apagando os Caracteres

24-4

24.6.2 Apagando as Setas

24-4

24.6.3 Apagando Todos os Comentários e Setas

24-4

24.7

Predefinição dos Comentários

24-4

24.7.1 Predefinição dos Comentários Usuais

24-4

24.7.2 Comentários Pré-definidos

24-5

UNIDADE 25 BODY MARKS MARCADORES CORPORAIS

25-1

25.1 Acessar/Sair do Modo Body Mark

25-1

25.2 Tipos de Body marks

25-1

25.3 Menu Body Marks

25-1

25.4 Adicionando Body Marks

25-2

25.5 Movendo os Body Marks

25-2

25.6 Apagando o Body Mark

25-2

25.7 Predefinição dos Body Marks

25-2

UNIDADE 26 GERENCIAMENTO DOS DADOS DOS PACIENTES

26-1

26.1 Gerenciamento das Informações do Paciente

Formato dos Arquivos

26-1

26.2

26-1

26.3 Análise e Revisão de Imagens

26-3

 

26.4 iVision

26-5

26.5 Enviando Imagens para Dispositivos Externos

26-5

26.6 Gereciamento dos Relatórios dos Exames

26-6

26.7 iStation

26-8

26.8 Gerenciador de Arquivos

26-10

26.8.1 Gerenciamento do Diretório

26-11

26.8.2 Gerenciamento dos Arquivos

26-12

26.8.3 Gerenciamento dos Arquivos no CD

26-12

UNIDADE 27 PREDEFINIÇÃO (PRESET)

27-1

Sumário

Sumário

27.1 Entrando/Saindo do Modo de Predefinição

27-1

27.2 Sistema de Predefinição

27-1

27.3 Predefinição do Modo de Exame

27-4

27.4 Predefinição de Parâmetros das Imagens

27-4

27.5 Predefinição de Comentários

27-4

27.6 Predefinição dos Body Marks

27-4

27.7 Predefinição de Medições

27-4

27.8 Dados de Predefinição

27-4

27.8.1 Armazenar Dados de Predefinição

27-5

27.8.2 Carregar Dados de Predefinição

27-5

27.8.3 Restaurando os Dados de Fábrica

27-5

27.9

Manutenção

27-5

UNIDADE 28 DICOM

28-1

28.1

Predefinição de DICOM

28-1

UNIDADE 29 GUIA DE BIÓPSIA

29-1

29.1 Entrando/Saindo do Menu de Biópsia

29-1

29.2 Exibindo as Linhas Guias de Biópsia

29-1

29.3 Verificando a Linha Guia de Biópsia

29-1

UNIDADE 30 ECG

30-1

30.1

Conexão ECG

30-1

UNIDADE 31 VÍDEO

31-1

31.1 Registrar

31-1

31.2 Reprodução

31-2

UNIDADE 32 TRANSDUTORES

32-1

32.1 Precauções de Segurança

32-1

32.2 Etiquetas

32-4

32.3 Informação Importante

32-4

32.4 Aplicações

32-5

32.5 Potência Acústica (Acoustic Power)

32-6

32.6 Composição

32-6

 

32.6.1

Nome e Função de Cada Parte do Transdutor

32-6

32.7 Acessório Opcional

32-8

32.8 Procedimentos para Operar o Transdutor

32-8

32.9 Conectando o Transdutor no Ultrassom

32-9

32.10 Conectando o Transdutor

32-10

32.11 Desconectando o Transdutor

32-10

32.12 Procedimentos de Operação

32-11

32.12.1 Orientação da Imagem do Ultrassom e Cabeça do Transdutor

32-11

32.13 Colocando a Capa no Transdutor Endocavitário (Somente para Referência)

32-12

32.14 Exames

32-13

32.15

Após Exames

32-13

32.16 Uso do Suporte do Guia de Agulha (Acessório Opcional)

32-13

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500 32.16.1 – Nomes das Partes 32-14 32.16.2 – Selecionando o Ângulo do

32.16.1 Nomes das Partes

32-14

32.16.2 Selecionando o Ângulo do Guia de Agulha e o tipo de Agulha

32-16

32.16.3 Inspeção do Suporte do Guia de Agulha

32-17

32.16.4 Instalando o Suporte do Guia de Agulha

32-18

32.16.5 Ajustando a Mira da Agulha

32-19

32.17

Procedimentos da Biópsia

32-19

32.17.1

Procedimento Após a Conclusão da Biópsia

32-20

32.18

Limpeza, Desinfecção, Esterilização

32-20

32.18.1 Limpeza

32-20

32.18.2 Desinfecção

32-21

32.18.3 Esterilização

32-21

32.19

Conservação e Transporte

32-22

UNIDADE 33 MANUTENÇÃO DO SISTEMA

33-1

33.1

Manutenção Diária

33-1

33.1.1

O Transdutor

33-1

33.1.1.1 Limpeza

33-2

33.1.1.2 Desinfecção

33-2

33.1.1.3 Esterilização

33-3

33.1.1.4 Limpando o Soquete dos Transdutores

33-3

33.1.2 O Monitor

33-3

33.1.3 O painel, as Tampas e Suportes

33-4

33.2

Como Limpar o Trackball

33-4

33.3 Troubleshooting

33-5

UNIDADE 34 POTÊNCIA ACÚSTICA DE SAÍDA

34-1

34.1 Bioefeitos

34-1

34.2 Proteção - ALARA

34-1

34.3 Explicação sobre MI/TI

34-1

34.3.1 Conhecimento Básico de MI e TI

34-1

34.3.2 Exibição de MI/TI

34-2

34.4

Configuração da Potência Acústica

34-2

34.4.1 Ajuste da Potência Acústica

34-2

34.4.2 Configuração Padrão da Potência Acústica

34-3

34.5

Controle da Potência Acústica

34-3

UNIDADE 35 PRECISÃO DAS MEDIÇÕES

35-1

35.1 Erro em Imagens de 2 Dimensões

35-1

35.2 Medições Tempo/Movimento

35-1

35.3 Medição de Velocidade Doppler

35-1

UNIDADE 36 CLASSIFICAÇÃO DE SEGURANÇA

36-1

UNIDADE 37 GARANTIA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA

37-1

37.1

Garantia

37-1

37.1.1

Extinção da Garantia

37-1

37.2

Relação das Assistência Técnicas Autorizadas

37-2

Sumário

Sumário UNIDADE 38 – GLOSSÁRIO DOS SOFTWARES DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS 38-1 38.1 – Itens do

UNIDADE 38 GLOSSÁRIO DOS SOFTWARES DE MEDIÇÕES E CÁLCULOS

38-1

38.1 Itens do Software Abdominal

38-1

38.2 Itens do Software Obstétrico

38-2

38.3 Itens do Software Cardíaco

38-4

38.4 Itens do Software Ginecológico

38-8

38.5 Itens do Software Vascular

38-8

38.6 Itens do Software de Pequenas Partes

38-10

38.7 Itens do Software Urológico

38-10

38.8 Item do Software Pediátrico

38-11

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500

Introdução

Introdução UNIDADE 1 – VISÃO GERAL 1.1 – Uso previsto O sistema de ultrassom diagnóstico é

UNIDADE 1 VISÃO GERAL

1.1 Uso previsto

O sistema de ultrassom diagnóstico é destinado para tratamento de adultos, gestantes, pacientes pediátricos e neonatos, visando seu uso em partes abdominais, cardíacas, partes pequenas (mamas, testículos, tiróide, etc.), sistema vascular periférico, uso fetal, transretal, transvaginal, pediátrico, crânio de neonatos, músculo-esquelético (geral, superficial), e exames intracirúrgicos (fígado, vesícula biliar, pâncreas).

1.2 Apresentação de modelos

As funções descritas nos manuais de operação deste sistema não são fornecidas para todos os modelos distribuídos em todas as regiões. As funções podem variar dependendo do sistema específico adquirido.

podem variar dependendo do sistema específico adquirido. MAN.19.149.USP_02R - VMI Indústria e Comércio LTDA. 1-1

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500

Identificação do Equipamento

Identificação do Equipamento UNIDADE 2 – ESPECIFICAÇÕES DO PRODUTO 2.1 – Modos de aquisição de imagens

UNIDADE 2 ESPECIFICAÇÕES DO PRODUTO

2.1 Modos de aquisição de imagens

Modo B

Modo M

Modo Cor

Modo Power

Modo PW (Doppler pulsado)

Modo CW (Doppler contínuo)

Smart3D

iScape

Free Xros M

2.2 Condições ambientais

1. Fonte de alimentação

Voltagem da fonte de alimentação: 100 a 127 Vou 220 a 240 V

Frequência da fonte de alimentação: 50/60 Hz Consumo de energia: 800 VA

Disjuntor: 250 V13 A

2. Condições de funcionamento Temperatura ambiente: 0°C a 40°C Umidade relativa do ar: 30% a 85% (sem condensação) Pressão atmosférica: 700 hPa a 1060 hPa

3. Condições de armazenamento e transporte Temperatura ambiente: -20°C a 55°C Umidade relativa do ar: 30% a 95% (sem condensação) Pressão atmosférica: 700 hPa a 1060 hPa

ATENÇÃO:Não use este sistema sob condições diferentes das especificadas.

ATENÇÃO:Não use este sistema sob condições diferentes das especificadas.

4. Dimensões externas e peso Dimensões externas:

1390

mm de altura × 790 mm de comprimento × 480 mm de largura (com monitor CRT)

1353

a 1580 mm de altura × 850 mm de comprimento × 500 mm de largura (com monitor LCD)

Peso: Aproximadamente 132 kg

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500

Apresentação do Sistema

Apresentação do Sistema UNIDADE 3 – PRECAUÇÕES, RESTRIÇÕES E ADVERTÊNCIAS 3.1 – Configuração padrão 

UNIDADE 3 PRECAUÇÕES, RESTRIÇÕES E ADVERTÊNCIAS

3.1 Configuração padrão

Unidade principal

Monitor

Acessórios

Transdutores em configuração padrão

3.2 Transdutores disponíveis

Modelo

Tipo

Uso previsto

Região aplicada

3C5

Convexo

Ginecologia, obstetrícia, abdome, pediatria

Superfície corporal

3C5A

Convexo

Ginecologia, obstetrícia, abdome, pediatria

Superfície corporal

3C1

Micro-Convexo

Ginecologia, obstetrícia, abdome, pediatria, cardiologia

Superfície corporal

6CV1

Convexo

Ginecologia, obstetrícia, urologia

Transvaginal,

Endocavitário

transretal

7L4

Linear

Partes pequenas, cérebro de neonatos, vascular periférico, superfície, músculo- esquelético em geral

Superfície corporal

7L4A

Linear

Partes pequenas, cérebro de neonatos, vascular periférico, superfície, músculo- esquelético em geral

Superfície corporal

7L6

Linear

Partes pequenas, cérebro de neonatos, vascular periférico, superfície, músculo- esquelético em geral

Superfície corporal

10L4

Linear de alta freqüência

Partes pequenas, cérebro de neonatos, vascular periférico, superfície, músculo- esquelético em geral

Superfície corporal

6LB7

Biplanar

Próstata, vesícula seminal, bexiga

Transretal

6LE7

Linear

Ginecologia, obstetrícia, urologia

Transretal

 

Tipo T,

Intracirurgias (fígado, vesícula biliar, pâncreas), partes pequenas

Intracirurgica, Superfície corporal

7LT4

intraoperativo

2P2

Setorial

Cardíaco

Superfície corporal

6C2

Micro-Convexo

Abdome e cérebro de neonatos

Superfície corporal

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500 3.3 – Unidades Opcionais Nº Nome Modelo Comentário 1 Pedal

3.3 Unidades Opcionais

Nome

Modelo

Comentário

1

Pedal

971-SWNOM

/

2

Módulo DICOM

DICOM 3.0

/

3

Módulo de ECG

/

O módulo de ECG contém hardware e software relevantes, assim como fios de eletrodos de ECG. Número de peça do eletrodo de ECG:

AHA: 0010-20-12126 IEC: 0010-20-12127

3.4 Dispositivos periféricos compatíveis

Nome

Modelo

   

Sony UP-897MD

1

Impressora de vídeo PB

Mitsubishi P93W

2

Impressora de vídeo a cores

Sony UP-20; Mitsubishi CP-910E

3

Impressora de gráfico/texto

HP DeskJet 5652 HP DeskJet 5650 HP DeskJet 3820 HP DeskJet 1280 HP DeskJet 6548 HP DeskJet 6848 HP DeskJet 6940 HP Business InkJet 1000 HP Business InkJet 1200

4

Gravador de vídeo

Sony SVO-9500MD2 Sony DVO1000MD

ATENÇÃO: Este sistema é compatível com a norma IEC60601-1-2:2001+A1:2004 e suas emissões de RF cumprem

ATENÇÃO: Este sistema é compatível com a norma IEC60601-1-2:2001+A1:2004 e suas emissões de RF cumprem com os requisitos da CISPR11 Classe B. Em um ambiente doméstico, o cliente ou usuário do sistema deverá garantir que este seja conectado a um equipamento periférico Classe B, caso contrário poderia ser gerada interferência de rádio, obrigando o cliente ou usuário do sistema a tomar medidas corretivas adequadas

Apresentação do Sistema

Apresentação do Sistema

UNIDADE 4 APRESENTAÇÃO DO SISTEMA

4.1 Apresentação de cada unidade

4.1.1 Monitor CRT

– Apresentação de cada unidade 4.1.1 – Monitor CRT Nº Nome Função <1> Monitor Exibe
– Apresentação de cada unidade 4.1.1 – Monitor CRT Nº Nome Função <1> Monitor Exibe

Nome

Função

<1>

Monitor

Exibe as imagens e parâmetros durante varreduras

<2>

Painel secundário

Interface homem-máquina, controle de operações

<3>

Painel principal

Interface homem-máquina, controle de operações

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500 <4> Teclado Interface homem-máquina, controle de operações

<4>

Teclado

Interface homem-máquina, controle de operações

<5>

DVD-RW

Drive de CD e DVD regravável

<6>

Espaço para impressora de vídeo

Usado para instalação de impressora de vídeo PB

<7>

Soquete do

Interface de conexão entre os transdutores e a unidade principal

transdutor

Há 3 tomadas ativas e uma neutra.

<8>

Rodinhas

Usadas para travar ou mover o sistema

<9>

Barra

Usada para empurrar o sistema

 

Suporte do

 

<10>

transdutor

Usado para posicionar os transdutores temporariamente

<11>

Painel de ECG

Usado para conexão do cabo e pedal de ECG, etc.

<12>

Mesa para colocação da impressora a cores

Usada para instalação da impressora de vídeo a cores

<13>

Painel de E/S

Painel de interface para sinais de entrada e saída

<14>

Painel de alimentação elétrica

Painel de interface elétrica

<15>

Interface USB

Usada para aparelhos USB (A parte superior é usada para aparelhos USB e a inferior para ampliações).

<16>

Interface de MIC

Reservado

<17>

Compartimento

Usado para instalação do gravador de vídeo

<18>

Interruptor

Usado para ligar/desligar a fonte de alimentação

Apresentação do Sistema

Apresentação do Sistema 4.1.2 – Monitor LCD Nº Nome Função <1> Monitor Exibe as imagens e

4.1.2 Monitor LCD

Apresentação do Sistema 4.1.2 – Monitor LCD Nº Nome Função <1> Monitor Exibe as imagens e
Apresentação do Sistema 4.1.2 – Monitor LCD Nº Nome Função <1> Monitor Exibe as imagens e

Nome

Função

<1>

Monitor

Exibe as imagens e parâmetros durante varreduras

<2>

Painel secundário

Interface homem-máquina, controle de operações

Ultra Vision Elite 300/400/500

Ultra Vision Elite 300/400/500 <3> Painel principal Interface homem-máquina, controle de operações

<3>

Painel principal

Interface homem-máquina, controle de operações

 

<4>

Teclado

Interface homem-máquina, controle de operações

 

<5>

DVD-RW

Drive de CD e DVD regravável

 

<6>

Espaço para impressora de vídeo

Usado para instalação de impressora de vídeo PB

 

<7>

Soquete do

Interface

de

conexão

dos

transdutores

e

a

unidade

transdutor

principal

Há 3 tomadas ativas e uma neutra.

 

<8>

Rodinhas

Usadas para travar ou mover o sistema

 

<9>

Barra

Usada para empurrar o sistema

 

<10>

Suporte do

Usado para posicionar os transdutores temporariamente

transdutor

<11>

Painel de ECG

Usado para conexão do cabo e pedal de ECG, etc.

 

<12>

Braço de suporte do monitor

Usado como suporte e para ajuste da altura e posicionamento do monitor LCD:

Movendo o braço de suporte, é possível ajustar o monitor à direita/esquerda ou para cima/para baixo. Girando o botão, pode-se fixar o monitor a uma determinada altura.

<13>

Mesa para colocação da impressora a cores

Usada para instalação da impressora de vídeo a cores

<14>

Painel de E/S

Painel de interface para sinais de entrada e saída

 

<15>

Painel de alimentação elétrica

Painel de interface elétrica

 

<16>

Interface USB

Usada para aparelhos USB (A parte superior é usada para aparelhos USB e a inferior para ampliações.)

<17>

Interface de MIC

Reservado

 

<18>

Compartimento

Usado para instalação do gravador de vídeo

 

<19>

Interruptor para

Usado para ligar/desligar a fonte de alimentação

 

ligar/desligar

 

Apresentação do Sistema

Apresentação do Sistema 4.2 – Painel de I/O <13> <17> <1> <9> <10>

4.2 Painel de I/O

<13> <17> <1> <9> <10> <14> <18> <3> <6>
<13>
<17>
<1>
<9>
<10>
<14>
<18>
<3>
<6>
<11>
<15>
<19>
<7>
<12>
<16>
<20>
<4>
<8>

Símbolo

Função

<1>

<1> Usado para recuperação do sistema

Usado para recuperação do sistema

<2>, <3>

<2>, <3> Interface Ethernet (<2> reservado para uso futuro; <3> para uso imediato)

Interface Ethernet (<2> reservado para uso futuro; <3> para uso imediato)

<4>

<4> Reset do sistema

Reset do sistema

<5>

<5> Porta serial

Porta serial

<6>

<6> Porta de controle para a impressora de vídeo a cores

Porta de controle para a impressora de vídeo a cores

<7>, <8>

<7>, <8> Porta USB (a <8> é usada para aparelhos USB e a <7> para ampliações)

Porta USB (a <8> é usada para aparelhos USB e a <7> para ampliações)

<9>,<10>

<9>,<10> Usada para E/S de VGA

Usada para E/S de VGA

<11>,<12>

<11>,<12> Usada para componentes RGB de E/S de vídeo