Você está na página 1de 6

Campus: Engenheiro Coelho / Tatuí

Curso: Estudos Adventistas

PLANO DE ENSINO – LATO SENSU

CÓD.
DISCIPLINA PROFESSOR
DISCIPLINA
Hermenêutica e Exegese Bíblica Diogo Cavalcanti Formatted: Font: Bold

CARGA CARGA HORÁRIA


CARGA
ANO / HORÁRIA EM ESPAÇOS CARGA HORÁRIA
CRÉDITOS HORÁRIA
SEMESTRE SALA DE AULA DIVERSIFICADOS A DISTÂNCIA (H)
TOTAL (H)
(H) (H)
Ver matriz
2016/2º 20 h/a 10 h/a 30 h/a
curricular

EMENTA
Formatted: Justified

O desenvolvimento da interpretação hebraica. Os métodos crítico-histórico e gramático-


histórico. A teologia do encontro e a hermenêutica pentecostal. Hermenêutica
contemporânea e pós-modernismo.

OBJETIVOS
Formatted: Justified, Line spacing: Multiple 1.3 li

1. Introduzir um o conceito geral sobre o tema, os fundamentos da hermenêutica bíblica e Formatted: Justified

sua importância para o estudo das Escrituras.


2. Apresentar um panorama histórico da hermenêutica, de Esdras às últimas tendências.
3. Aplicar os princípios e elementos do estudo hermenêutico à análise de textos bíblicos.
4. Comparar e distinguir os métodos gramático-histórico e crítico-histórico.
5. Discutir as principais tendências e tensões na hermenêutica bíblica atual.
Formatted: Justified, Line spacing: Multiple 1.3 li

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Formatted: Justified, Indent: Left: 0.07", Hanging: 0.25",
Line spacing: Multiple 1.3 li
1. Oferecer um conhecimento introdutório dos conceitos relacionados à disciplina, Formatted: Justified, Indent: Left: 0.07", Line spacing:
destacando a inspiração divina e sua relação com o elemento humano (autor, contexto Multiple 1.3 li

e linguagem / leitor, contexto e linguagem), o que requer um processo de interpretação.


2. Estudar os pressupostos básicos da hermenêutica bíblica, passando por sua suficiência,
totalidade e dinâmica interna ao longo dos séculos de composição, o que define sua
identidade como um corpo literário único, cuja interpretação requer uma percepção
global do texto e uma disposição espiritual.
3. Introduzir os principais elementos a serem considerados na exegese do texto bíblico,
considerando-se aspectos técnicos ligados à metodologia da hermenêutica.
4. Observar a trajetória do conhecimento hermenêutico ao longo dos séculos nas tradições
judaica e cristã, destacando as diferenças entre os métodos crítico-histórico e gramático-
histórico e a importância deste para a teologia adventista.
5. Levar o estudante a refletir sobre alguns dos debates mais importantes da atualidade,
envolvendo as novas hermenêuticas e seu impacto na compreensão da Bíblia e de sua
Formatted Table
mensagem. Formatted: Font: (Default) Arial, Bold
Formatted: List Paragraph, Indent: Left: 0.07", Hanging:
0.25", Numbered + Level: 1 + Numbering Style: I, II, III, …
+ Start at: 1 + Alignment: Left + Aligned at: 0.25" + Indent
at: 0.5"
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Formatted: Font: (Default) Arial
Formatted: List Paragraph, Numbered + Level: 1 +
Numbering Style: A, B, C, … + Start at: 1 + Alignment: Left +
I. I. Fundamentos da hermenêutica bíblica Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"
A. A. Revelação: do Autor ao intérprete Formatted: Font: (Default) Arial, Bold

B. B. A necessidade de interpretação Formatted: List Paragraph, Indent: Left: 0.07", Hanging:


0.25", Numbered + Level: 1 + Numbering Style: I, II, III, …
C. C. Conceituação e interdisciplinaridade + Start at: 1 + Alignment: Left + Aligned at: 0.25" + Indent
at: 0.5"
Formatted: Font: (Default) Arial
II. II. Princípios de interpretação Formatted: List Paragraph, Numbered + Level: 1 +
Numbering Style: A, B, C, … + Start at: 1 + Alignment: Left +
A. A. Suficiência das Escrituras Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"
B. B. Totalidade das Escrituras Formatted: Line spacing: Multiple 1.3 li, Numbered + Level:
1 + Numbering Style: A, B, C, … + Start at: 1 + Alignment:
C. C. Analogia das Escrituras Left + Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"

D. D. Discernimento espiritual Formatted: Line spacing: Multiple 1.3 li


Formatted: Font: (Default) Arial, Bold
Formatted: List Paragraph, Indent: Left: 0.07", Hanging:
III. III. Elementos da interpretação 0.25", Numbered + Level: 1 + Numbering Style: A, B, C, … +
Start at: 61 + Alignment: Left + Aligned at: 0.25" + Indent
A. A. Texto e tradução at: 0.5"
B. B. Contexto: Formatted: Font: (Default) Arial

1. 1. Contexto histórico Formatted: List Paragraph, Numbered + Level: 1 +


Numbering Style: A, B, C, … + Start at: 1 + Alignment: Left +
2. 2. Contexto lógico Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"

C. C. Análise do gênero Formatted: List Paragraph, Numbered + Level: 1 +


Numbering Style: 1, 2, 3, … + Start at: 1 + Alignment: Left +
D. D. Análise gramatical Aligned at: 0.47" + Indent at: 0.72"
Formatted: List Paragraph, Numbered + Level: 1 +
E. E. Análise literária Numbering Style: A, B, C, … + Start at: 1 + Alignment: Left +
1. 1. Contexto literário Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"
Formatted: List Paragraph, Numbered + Level: 1 +
2. 2. Figuras de linguagem Numbering Style: 1, 2, 3, … + Start at: 1 + Alignment: Left +
Aligned at: 0.47" + Indent at: 0.72"
3. 3. Estrutura literária
F. E. Análise teológica
G. F. Aplicação à atualidade
H. G. Falácias

IV. IV. História da hermenêutica bíblica


A. A. Exegese judaica: de Esdras à atualidade
B. B. Uso do AT pelo NT
C. C. Exegese cristã:
1. 1. Exegese pós-apostólica
2. 2. Exegese da Reforma e o método gramático-histórico
3. 3. Exegese pós-Reforma e o método crítico-histórico
4. 4. Comparação entre os métodos
5. 5. A hermenêutica no adventismo
6. 6. Ellen White e a hermenêutica bíblica

V. V. Tendências e tensões contemporâneas


A. A. Questões sobre a autoridade textual
B. B. Hermenêutica e teologias
C. C. Hermenêutica e correntes de pensamento
D. D. Hermenêutica e pós-modernidade

METODOLOGIA DE ENSINO

1. Aulas expositivas. Formatted: Indent: Left: 0.22", No bullets or numbering


2. Estudos de caso.
3. Discussões orientadas.
4. Recursos multimídia.
5. Atividades extraclasse envolvendo pesquisa e leitura seguidas de avaliação crítica
de textos selecionados.
Formatted: Left, Indent: Left: 0.22", Line spacing: At least
12 pt, Don't hyphenate, Tab stops: 0.32", Left + 0.75", Left
+ 1", Left + 1.25", Left + 1.5", Left + 1.75", Left + 2",
Left + 2.25", Left + 2.5", Left + 2.75", Left + 3", Left
METODOLOGIA DE ENSINO

6.1. Aulas expositivas. Formatted: Indent: Left: 0.07", Hanging: 0.25"


7.2. Estudos de caso.
8.3. Discussões orientadas.
9.4. Recursos multimídia.
10.5. Atividades extraclasse envolvendo pesquisa e leitura seguidas de avaliação crítica
de textos selecionados.
AVALIAÇÃO -– INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS
Formatted: Line spacing: Multiple 1.3 li

1. Presença e participação nas aulas – 10% da nota final. Formatted: Indent: Left: 0.07", Hanging: 0.25", Numbered
+ Level: 1 + Numbering Style: 1, 2, 3, … + Start at: 1 +
Alignment: Left + Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"

2. Apresentação de trabalhos:
1.A. Resenha crítica – 20% da nota final. Formatted: Numbered + Level: 1 + Numbering Style: A, B,
C, … + Start at: 1 + Alignment: Left + Aligned at: 0.25" +
3.B. Pesquisa – 40% da nota final. Indent at: 0.5"

4.3. Prova escrita – 30% da nota final. Formatted: List Paragraph, Left, Numbered + Level: 1 +
Numbering Style: A, B, C, … + Start at: 1 + Alignment: Left +
Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"
Formatted: Indent: Left: 0.07", Hanging: 0.25", Numbered
a) Resenha crítica – 20% da nota final. + Level: 1 + Numbering Style: 1, 2, 3, … + Start at: 1 +
b) Pesquisa – 40% da nota final. Alignment: Left + Aligned at: 0.25" + Indent at: 0.5"
Formatted: Font: (Default) Arial
Formatted: Font: (Default) Arial
5. Prova escrita – 30% da nota final.
Formatted: Left
Formatted: Left, No bullets or numbering
Formatted: Line spacing: Multiple 1.3 li

DISCIPLINAS COM AS QUAIS ESSA DISCIPLINA SE RELACIONA OU SE INTEGRA


Formatted: Line spacing: Multiple 1.3 li

A disciplina Hermenêutica e Exegese Bíblica tem relação com as demais disciplinas do curso,
uma vez que trata da interpretação das Escrituras. Ela se relaciona diretamente com as
disciplinas Criação Bíblica e Criacionismo, Missiologia Bíblica, Desenvolvimento da Teologia
Adventista, Soteriologia e Estudos em Escatologia, pois esstas se fundamentam no
conhecimento bíblico e dependem de uma metodologia hermenêutica apropriada para a
interpretação do texto sagrado.
Formatted: Line spacing: Multiple 1.3 li

FORMA DE INTEGRAÇÃO COM A FILOSOFIA INSTITUCIONAL

A integração fé-ensino será implementada por meio de um enfoque hermenêutico elaborado Formatted: Justified

a partir de princípios bíblicos, enfatizando a importância da compreensão das Escrituras para


a teologia adventista.

BIBLIOGRAFIA
Formatted: Indent: Left: 0", Hanging: 0.49", Line spacing:
Multiple 1.3 li
Básica
DAVIDSON, Richard. “Interpretação Bíblica”. In DEDEREN, Raoul (ed.). Tratado de
teologia adventista do sétimo dia. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2011, p.
67-119.
FEE, Gordon; STUART, Douglas. Entendes o que lês? São Paulo: Vida Nova, 3ª ed.,
2011.
OSBORNE, Grant. A espiral hermenêutica. São Paulo: Vida Nova, 2009.

Complementar
BARTON, John (ed.), Biblical Interpretation. Cambridge, Reino Unido: Cambridge
University Press, 2008.
BERKHOF, Louis. Princípios de interpretação bíblica. São Paulo: Cultura Cristã, 2008.
REID, G. W. Compreendendo as escrituras: uma abordagem adventista. Engenheiro
Coelho, SP: Unaspress, 2007.
VIRKLER, Henry. Hermenêutica avançada. São Paulo: Editora Vida, 1999.
ZUCK, Roy B. Interpretação bíblica. São Paulo: Vida Nova, 2013.

Você também pode gostar