Você está na página 1de 1

Marcus Mota

Este livro é um conjunto de ensaios que registra a trajetória de busca de uma


nova chave interpretativa para o “livro perdido” de Heráclito, a partir da
aproximação entre Estudos Clássicos, Música e Estudos Performativos.
Nesse sentido, os fragmentos de Heráclito são lidos como realizações
dentro de uma cultura que trabalhava com trocas face a face sonoramente
orientadas.Quem sabe os fragmentos não seriam reações de Heráclito a uma
cidade atravessada pelas ruidosas vozes do povo, dos poetas itinerantes, e
de eventos religiosos?
O ponto de partida é a forma como os fragmentos se organizam, seu cuidadoso
arranjo e seleção de palavras. A partir daí, no lugar de se voltar para a própria
língua, o livro rediscute a forma dos fragmentos em relação a modos de se
organizar e construir sonoridades e seus jogos hermenêuticos.

ENSAIOS SOBRE OS FRAGMENTOS DE HERÁCLITO


Marcus Mota é professor de Teoria e História do Teatro

Marcus Mota

METAFÍSICA, ESCRITA E MÚSICA


na Universidade de Brasília desde 1995. Nesta instituição
dirige o Laboratório de Dramaturgia. É dramaturgo e
compositor com vários espetáculos realizados, entre eles
os musicais As partes todas de um Benefício (2003),
Salada para três (2003), Um dia de Festa (2004) Saul METAFÍSICA, ESCRITA E MÚSICA
(2006), Caliban (2007), No Muro. HipHopera (2009), David (2012), Sete ENSAIOS SOBRE OS FRAGMENTOS DE HERÁCLITO
contra Tebas (2013), Uma noite de Natal (2013) e Salomônicas (2017).
Entre as composições musicais instrumentais, destacam-se Suíte Orquestral
Heliodoriana (2014-2015) e a Suíte Orquestral Esplanada (2017).
Publicou diversos livros e artigos acadêmicos, entre eles A dramaturgia
musical de Ésquilo. Investigações sobre Composição, Realização e Recepção
de ficções audiovisuais (2008); Nos Passos de Homero. Ensaios sobre
Performance, Filosofia, Música e Dança a partir da Antiguidade (2013);
Imaginação e morte: Ensaios sobre a representação da finitude (2004); e
Dramaturgias. Conceitos, Exercícios e Análises (2018). Publicou ainda os
livros de ficção Um homem só (2014) e Três Histórias Estranhas (2016).
Para acessar seus textos, v. http://brasilia.academia.edu/MarcusMota.

MIL
Movimento
MIL
Internacional
Lusófono
Movimento
Internacional
Lusófono