Você está na página 1de 3

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Departamento de Direito Privado

Ata da reunião ordinária dos professores do


Departamento de Direito Privado, realizada em
02/12/16, às 10h, na sala 2, do prédio principal
da Faculdade de Direito da Universidade
Federal Fluminense.

No segundo dia do mês de dezembro de dois mil e dezesseis, às dez horas da manhã, na
sala de número dois do prédio principal da Faculdade de Direito da Universidade Federal
Fluminense, sob a presidência do professor Eder Fernandes Monica, chefe do
Departamento de Direito Privado, reuniram-se os professores Fernanda Pontes Pimentel,
Gilvan Luiz Hansen, Márcia Dalcastel, Maria Goretti Dal Bosco, Patrícia Galindo, Rachel
Bruno, Sérgio Gustavo de Mattos Pauseiro, Sérvio Túlio Santos Vieira, Rubens de Lyra
Pereira, os discentes representantes acadêmicos Arthur César Alves de Melo e Otávio
Oliveira Salgueiro, e o secretário Marcos Liberti. O presidente do Colegiado abriu a
reunião, passando a deliberar sobre os itens de pauta. 1. Informes gerais. O professor
Eder explicou as questões referentes ao encerramento do semestre e início das férias,
apontando os funcionários que estarão trabalhando durante o período de janeiro e
fevereiro. Explicou que ainda não há data de início do primeiro semestre de 2017.
Também fez considerações sobre a “ocupação” que os estudantes estão realizando nas
dependências da Faculdade de Direito. O discente Arthur Cezar de Melo explicou os
motivos políticos da “ocupação”, principalmente relacionados com a votação da PEC 55,
enfatizando a tentativa de propor ações efetivas para o debate da questão. Apontou
também a necessidade de apoio material para a continuidade das ações. O professor Eder
retomou a palavra e explicou a situação da licença para tratamento de saúde da professora
Maria Tereza Albuquerque Pereira. Relatou que recebeu notificação da perícia médica da
UFF sobre exame realizado em 20/10/16, que concluiu pela continuidade da licença até
dia 12/01/17, data de reavaliação. Em continuidade, considerou a respeito dos contratos
dos professores substitutos. Em relação ao professor Paulo Franco, contratado para
substituir a professora Maria Tereza, disse que provavelmente o contrato será renovado,
tendo em vista a informação que já consta na notificação da perícia médica de que a
professora não deverá retornar ao trabalho ao final da licença. Entretanto, tal questão só
poderá ser confirmada após a data de reavaliação da professora. O professor substituto
Rubens de Lyra Pereira, contratado para a vaga do professor Gabriel Rached, cobrirá a
licença do professor até final de abril. Até o momento, o acordado foi que o professor
Rubens assumiria o primeiro bimestre da disciplina de Economia Política e Direito, pelo
período previsto em contrato e que em momento oportuno o professor Gabriel Rached
entraria em contato com o Departamento para informar sobre sua situação. 2. Relatoria
sobre o concurso efetivo realizado em Outubro. O professor Eder fez um breve relato
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Departamento de Direito Privado

sobre a realização do concurso para professor efetivo de Fundamentos e Teoria do Direito


Privado. Informou que a previsão é de homologação do concurso em dezembro e posse
em janeiro. 3. Ad Referendum – licença sem vencimentos para tratar de interesse
particular - Patrícia Galindo. O professor Eder expôs os motivos do ad referendum e
passou a palavra para a professora Patrícia Galindo, que explicou os motivos para o
pedido de licença sem vencimentos para tratar de interesse particular. O colegiado
aprovou o pedido por unanimidade, com início da licença em 01 de fevereiro de 2017,
pelo período do triênio de 2017, 2018 e 2019. O Colegiado também aprovou a realização
de processo seletivo simplificado para a vaga da referida professora. 4. Alteração de
regime de trabalho – Rachel Bruno Pessanha. A professora Rachel Bruno Pessanha
explicou os motivos do seu pedido de alteração de regime de trabalho, solicitando a
retirada da dedicação exclusiva e manutenção das 40h. Por unanimidade, o Colegiado
aprovou o pedido. Em sequência, conforme já deliberado e aprovado em reunião anterior,
vinculou-se a carga horária sobressalente ao pedido de aumento de carga horária do
professor Sérgio de Mattos Pauseiro. 5. Criação de novas disciplinas optativas. A
professora Maria Goretti Dal Bosco apresentou pedido de criação de disciplina optativa
intitulada “Direito à Alimentação”. Após discussão em Colegiado sobre o seu conteúdo,
foi aprovada por unanimidade. Em sequência, o professor Gilvan Luiz Hansen apresentou
pedido de criação de disciplina optativa intitulada “Direito Privado e Gestão do
Conhecimento”. Após discussão sobre o seu conteúdo, o Colegiado aprovou o pedido por
unanimidade. 6. Desvinculação do curso de residência jurídica e realocação no
Departamento de Direito Aplicado. O professor Eder explicou que o chefe do
Departamento de Direito Aplicado, professor Eduardo Tavares, entrou em contato
explicando os motivos do pedido: que o curso de pós-graduação lato sensu de
Advocacia/Residência Jurídica se encontrava vinculado ao Departamento de Direito
Privado, pois quando foi criado, em 2008, ainda não existia o Departamento de Direito
Aplicado. Como atualmente é este Departamento quem coordena o curso de pós-
graduação, em sua última reunião de colegiado foi aprovado o pedido de realocação do
curso. Assim, solicitou-se ao Departamento de Direito Privado que a referida
especialização passasse a se vincular ao Departamento de Direito Aplicado. O Colegiado
aprovou por unanimidade o pedido, com a solicitação de que a informação fosse
encaminhada aos órgãos de interesse. 8. Progressão funcional. Foi apresentado o pedido
de progressão funcional do professor José Acir. Constituiu-se comissão composta pelos
professores Sérvio Túlio Santos Vieira, Gilvan Luiz Hansen e Célia Barbosa Abreu, que
apreciarão o pedido e apresentarão parecer na próxima reunião. 9. Término de estágio
probatório – professora Maria Goretti Dal Bosco. A professora Maria Goretti Dal
Bosco apresentou relatório final de estágio probatório e foi constituída comissão
composta pelos professores Sérvio Túlio Santos Vieira, Gilvan Luiz Hansen e Célia
Barbosa Abreu, que apreciarão o pedido e apresentarão parecer na próxima reunião. 9.
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Departamento de Direito Privado

Relatórios de projeto de pesquisa. Os professores Eder Fernandes Monica, Márcia


Dalcastel, Gabriel Rached, Maria Goretti Dal Bosco e Sérgio Pauseiro apresentaram seus
relatórios de projetos de pesquisa realizados no ano de 2016, para posterior cadastro no
sistema RAD. O professor Eder solicitou aos professores que ainda não entregaram seus
relatórios que o fizessem com urgência. 10. Preenchimento do RAD. O professor Eder
informou que o RAD está aberto para preenchimento e que todos os professores deveriam
se atentar para o prazo de encerramento. Ressaltou também que o Relatório é importante
para os pedidos de progressão. 11. Quadro de Horários 2017.1. A professora Fernanda
Pimentel explicou as questões referentes ao quadro de horários do próximo semestre,
apresentando os pontos que ainda estavam pendentes. Depois de debate com os demais
professores, informou que as pendências seriam resolvidas nos próximos dias e a chefia
do departamento iria informar sobre as providências tomadas. 12. Questões gerais. A
professora Márcia Dalcastel solicitou a aprovação da criação do grupo de pesquisa
“Direito e novas perspectivas regulatórias”. A professora também solicitou a aprovação
do evento “V Fórum sobre Estado Empresário e Regulação”, a ser realizado em setembro
de 2017. O Colegiado aprovou por unanimidade os dois pedidos. O professor Gilvan
Hansen solicitou a aprovação da criação dos projetos de pesquisa “Estudos da obra
habermasiana da década de 1970” e “Gestão do conhecimento e da informação na
perspectiva discursiva”. A criação foi aprovada por unanimidade. Por fim, o professor
Eder anunciou a data das reuniões departamentais do próximo semestre: 17 de março, 25
de abril, 22 de maio e 21 de junho, todas marcadas para às 10 horas da manhã. Nada mais
havendo a considerar, o presidente encerrou a reunião.

Niterói, 02 de dezembro de 2016

Eder Fernandes Monica


Chefe do Departamento de Direito Privado
SIAPE 3896734