Você está na página 1de 2

ATA DA REUNIÃO DO DEPARTAMENTO DE DIREITO PRIVADO DE 22/07/16

Aos vinte e dois de julho de dois mil e dezesseis, às dez horas da manhã, reuniram-se, nas
dependências da Faculdade Direito da Universidade Federal Fluminense, no Auditório 1 do seu
prédio principal, sob a presidência do chefe de departamento professor Eder Fernandes Monica, os
professores efetivos Clarisse Stephan, Fernanda Pontes Pimentel, Guilherme Scorzelli, Lincoln
Antonio de Castro, Márcia Dalcastel, Maria Goretti Dal Bosco, Patrícia Galindo, Rachel Bruno,
Sérvio Túlio Santos Vieira, os professores substitutos Rubens de Lyra Pereira e Paulo Fernando de
Mello Franco, o secretário Marcos Liberti, os discentes representantes acadêmicos Otávio Oliveira
Salgueiro, João Pedro Boechat Florêncio, Marina Lima de Aguiar, Lucas de Farias Dantas, para
deliberar a respeito dos seguintes pontos de pauta: 1. Informes gerais. O professor Eder Monica
informou a respeito das últimas resoluções sobre a desvinculação do curso de Segurança Pública;
informou sobre as discussões em relação aos debates sobre a carga horária de trabalho dos técnicos
administrativos e a proposta oferecida pelo professor Wilson Madeira de um acordo geral sobre as 30
horas de atividades semanais; informou sobre os debates atuais na Universidade no tocante às ações
afirmativas, especialmente aos ingressantes por cotas raciais. O Colegiado de Curso de Direito está
debatendo a possibilidade de ações afirmativas para bolsas de monitoria e de iniciação científica.
Discutiu-se entre os professores sobre as alternativas possíveis para o atendimento das necessidades
mais urgentes desses estudantes e se chegou à conclusão de que os professores podem, desde logo,
tomarem medidas específicas para satisfação dos pleitos e enfrentamento dos problemas de
desigualdades mapeados pela pesquisa realizada pelo professor Delton Meirelles. Em seguida, houve
o comprometimento dos presentes em debater com mais profundidade o tema nas próximas reuniões.
2. Progressão funcional. A comissão de avaliação da progressão funcional do professor João Marcos
de Melo Marcondes apresentou parecer favorável ao pedido. O colegiado o aprovou por unanimidade.
3. Situação especial da professora Maria Tereza Albuquerque Pereira e contratação de
professor substituto para sua vaga. O professor Eder Monica explicou aos presentes a situação em
que se encontra a professora Maria Tereza Albuquerque Pereira: está em licença médica até 23 de
agosto e não informou oficialmente até o presente momento sobre sua intenção de renovar a licença
ou de retornar às atividades para o segundo semestre de 2016. Assim, o professor substituto que
deveria ter sido contratado para a sua vaga não o pode ser, pois caso a contratação fosse realizada,
não haveria segurança sobre a continuidade do seu contrato, que duraria apenas um mês. Para
minimização do prejuízo, o CPD/DGL disponibilizou uma vaga ociosa de outro departamento, para
sanar o problema até janeiro de 2016. Assim, o primeiro candidato do seletivo simplificado realizado
para substituição da professora Maria Tereza Albuquerque Pereira foi contratado, mas em caráter
precário e não vinculativo à vaga da referida professora. O professor Eder Monica explicou que o
quadro de horários precisou ser finalizado sem que a professora Maria Tereza nele constasse. Assim,
não se sabe até o momento como proceder, caso ela retorne às atividades de sala de aula. O colegiado
aprovou por unanimidade a medida tomada pelo professor Eder Monica, tendo em vista as
circunstâncias do caso. A depender da renovação da licença ou da volta às atividades da professora,
que só se saberá ao final de agosto, novas medidas serão tomadas a partir das circunstâncias em
concreto. A questão foi levada ao Colegiado, pois no semestre corrente o próprio chefe de
departamento, professor Eder Monica, solicitou a uma colega da professora que enviasse os
documentos para ele pessoalmente requerer a licença médica da professora. As disciplinas da
professora foram distribuídas entre outros professores do departamento, que gentilmente elevaram
suas cargas horárias para solucionar o problema naquele momento. Assim, caso a situação não se
regularize, os professores já estão cientes da necessidade de redistribuição das disciplinas no
departamento. Além disso, o colegiado fica ciente das medidas tomadas, como a não alocação, até o
momento, da professora no quadro de horários para o próximo semestre. 4. Apresentação do quadro
de horários para 2016.2. O professor Eder Monica e a professora Fernanda Pimentel apresentaram
o quadro de horários para o próximo semestre. Questões pontuais foram debatidas e alguns
professores foram esclarecidos em relação a dúvidas sobre suas disciplinas. 5. Apresentação da
pesquisa realizada pelo Centro Acadêmico sobre as disciplinas optativas. O professor Eder
Monica apresentou aos presentes os resultados da pesquisa sobre a percepção dos discentes da
Faculdade sobre a oferta de disciplinas optativas. Tanto a chefia, quanto os professores presentes se
comprometeram a levar os resultados em consideração na tentativa de melhoria da oferta de tais
disciplinas. A própria alocação de disciplinas optativas para o próximo semestre já considerou os
resultados parciais apresentados. 6. Apresentação da pesquisa realizada pelo Prof. Delton
Meirelles sobre o SDV e o exame da OAB. O professor Eder Monica, a partir de reuniões prévias
com o Colegiado de Curso e com o professor Delton Meirelles, apresentou a pesquisa realizada pelo
referido professor sobre a percepção dos alunos egressos em relação ao Departamento de Direito
Privado. A principal deficiência apresentada pelo relatório é em relação ao conjunto de disciplinas de
Direito Empresarial. Depois de amplo debate, algumas medidas foram sugeridas. Ao término da
reunião, os professores Eder Monica, Fernanda Pimentel, Clarisse Stephan, Rachel Bruno, Marcia
Dalcastel e Maria Goretti DalBosco conversaram a respeito de medidas a serem tomadas,
principalmente sobre a elaboração de um projeto a médio prazo para sedimentação de uma nova
perspectiva para o Direito Empresarial no SDV. Além disso, foi firmado o compromisso de ofertar
para o primeiro semestre de 2017 disciplinas preparatórias para o Exame da OAB: uma para Direito
Civil e outra para Direito Empresarial. 7. Próxima reunião. A próxima reunião departamental foi
agendada para dia 31 de agosto, às 10h. Sem mais questões, o professor Eder Monica declarou
encerrada a reunião.

Niterói, 22 de julho de 2016.

Eder Fernandes Monica


Chefe do Departamento de Direito Privado
SIAPE 3896734