Você está na página 1de 2

Centro de Ensino em Período Integral (CEPI) – Gomes de Souza Ramos

Fones: (062)3315-1440 / (062)99195-0335 Site: https://cegsr.wordpress.com Facebook: cepi gomes souza ramos
Componente Curricular: Pós- Médio Bimestre: I Série: 3º Turma: (A) (B) (C)
Docente: Aurilene ( ) Atividades ( ) Avaliação
Discente: Valor: Nota:

FIQUE DE OLHO:
Enem e vestibulares

1.(Vunesp-SP) A peça Fonte foi criada pelo francês Marcel Duchamp e


apresentada Nova lorque em 1917.

A transformação de um urinol em obra de arte representou, entre outras


coisas,

a) a alteração do sentido de um objeto do cotidiano e uma crítica às


convenções artísticas então vigentes.

b) a crítica à vulgarização da arte e a ironia diante das vanguardas


artísticas do final do século XIX.

c) o esforço de tirar a arte dos espaços públicos e a insistência de que


ela só podia existir na intimidade.

d) a vontade de expulsar os visitantes dos museus, associando a arte a


situações constrangedoras.

e) o fim da verdadeira arte, do conceito dE beleza e importância social da


produção artística.

2. (UEL-PR) Observe as imagens a seguir, ambas da década de 1970.

Assinale a alternativa que contém as


informações corretas com relação ao autor
de ambos os trabalhos, assim como o
contexto brasileiro do qual fizeram parte.

a) Hélio Oiticica, no contexto de pressão,


fruto da crise da bolsa de valores de Nova
lorque de 1929 que afetou o mundo.

b) Artur Barrio, no contexto do


surgimento da bossa nova, importante
momento cultural do país.

c) José Leonilson, no contexto de


celebração, em virtude da industrialização (Insercão em circuitos ideológicos) (Quem matou Herzog?)

recente no Brasil.

d) Waltércio Caldas, no contexto da popularização

do carnaval, o que implicava destaque internacional para o país.


e) Cildo Meireles, no contexto de censura e medo, derivados da repressão e do regime militar
3. A contemporaneidade identificada na performance/instalação do artista mineiro Paulo
Nazareth reside principalmente na forma como ele

a) resgata conhecidas referências do modernismo


mineiro.
b) utiliza técnicas e suportes tradicionais na
construção das formas.
c) articula questões de identidade, território e
códigos de linguagens.
d) imita o papel das celebridades no mundo
contemporâneo.
e) camufla o aspecto plástico e a composição visual
da sua montagem.

4. Observe a obra do pintor Delacroix, intitulada A liberdade guiando o povo (1830), e assinale a
alternativa correta.
b) Os sujeitos envolvidos na ação política
representada na tela são homens do campo
com seus instrumentos de ofício nas mãos.
c) O quadro evoca temas da Revolução
Francesa, como a bandeira tricolor e a figura
da Liberdade, mas retrata um ato político
assentado na teoria bolchevique.
d) O quadro mostra tanto o ideá rio da
Revolução Francesa reavivado pelas lutas
políticas de 1830 na França quanto a posição
política do pintor.

e) No quadro, vê-se uma barricada do front


militar da guerra entre nobres e servos durante
a Revolução Francesa, sendo que a Liberdade
encarna os ideais aristocráticos.

5. (UFRGS-RSl Observe a figura ao lado. A Semana de Arte Moderna, realizada em São Paulo
em 1922, representou um marco na cultura brasileira. Tarsila do
Amaral trouxe a público, em 1928, a obra o Abaporu, que passou a
ser representativa do Manifesto Antropofágico. Esse manifesto:

a) defendia a migração de europeus para diminuir a importância


dos brasileiros.
b) propunha a "deglutição" da cultura europeia remodelada e
devidamente enraizada à terra brasileira, sintetizada na conhecida
frase "Tupi or nor tupi, that's the question"
c) exalava a cultura europeia e o transplante cultural e artístico do
Velho para o Novo Mundo.
d) valorizava a presença da cultura estrangeira no Brasil e também
a manutenção de padrões arcaicos.
e) justificava a mentalidade subserviente e o sentimento de
inferioridade do brasileiro em relação aos europeus.

Você também pode gostar