Você está na página 1de 19
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Pisos industriais de concreto: cuidados no projeto e construção
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Pisos industriais de concreto: cuidados no projeto e construção
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Pisos industriais de concreto: cuidados no projeto e construção
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Pisos industriais de concreto: cuidados no projeto e construção

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Pisos industriais de concreto:

cuidados no projeto e construção

Wagner Gasparetto Diretor Presidente

26 a 28.08.2015 Pisos industriais de concreto: cuidados no projeto e construção Wagner Gasparetto Diretor Presidente
AVANÇO DA OBRA & POSSIBILIDADE DE INTERFERÊNCIA 100% Possibilidade de Interferência Custo acumulado de produção
AVANÇO DA OBRA & POSSIBILIDADE DE INTERFERÊNCIA 100% Possibilidade de Interferência Custo acumulado de produção

AVANÇO DA OBRA & POSSIBILIDADE DE INTERFERÊNCIA

AVANÇO DA OBRA & POSSIBILIDADE DE INTERFERÊNCIA 100% Possibilidade de Interferência Custo acumulado de produção

100%

Possibilidade de Interferência
Possibilidade
de
Interferência
DE INTERFERÊNCIA 100% Possibilidade de Interferência Custo acumulado de produção Rodada do conheCIMENTO 26 a

Custo acumulado de produção

de Interferência Custo acumulado de produção Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Estudo de

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Estudo de

Concepção

viabilidade

do projeto

Projeto

Construção

Decisão do Cliente para construir Decisão do Cliente para estudar a viabilidade
Decisão do Cliente para construir
Decisão do Cliente para estudar a viabilidade

LEGENDA

PlanejamentoLEGENDA Tempo Concepção Projeto Construção

Tempo

ConcepçãoLEGENDA Planejamento Tempo Projeto Construção

ProjetoLEGENDA Planejamento Tempo Concepção Construção

ConstruçãoLEGENDA Planejamento Tempo Concepção Projeto

Classificação dos pisos quanto à fundação  Fundação direta (sobre solo) Pavimento Rígido: Concreto Piso
Classificação dos pisos quanto à fundação  Fundação direta (sobre solo) Pavimento Rígido: Concreto Piso

Classificação dos pisos quanto à fundação

Classificação dos pisos quanto à fundação  Fundação direta (sobre solo) Pavimento Rígido: Concreto Piso de
Classificação dos pisos quanto à fundação  Fundação direta (sobre solo) Pavimento Rígido: Concreto Piso de
Classificação dos pisos quanto à fundação  Fundação direta (sobre solo) Pavimento Rígido: Concreto Piso de

Fundação direta (sobre solo)

Pavimento Rígido: Concreto

Piso de concreto

Sub-Base (BGS)

Ref. subleito: CBR ≥ 20%, Exp. ≤ 2,0%, GC ≥ 98% PN

Subleito - CBR ≥ 8%, Exp. ≤ 2,0%, GC ≥ 98% PN

PN Subleito - CBR ≥ 8%, Exp. ≤ 2,0%, GC ≥ 98% PN Rodada do conheCIMENTO

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

2,0%, GC ≥ 98% PN Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Capitel Concreto magro  Fundação
Capitel Concreto magro
Capitel
Concreto magro

Fundação Profunda (piso sobre estacas)

do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Capitel Concreto magro  Fundação Profunda (piso sobre estacas) Estaca Laje

Estaca

Laje armada

Dados do Terreno de Fundação • • • Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Sondagem
Dados do Terreno de Fundação • • • Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Sondagem

Dados do Terreno de Fundação

Dados do Terreno de Fundação • • • Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Sondagem Reconhecimento
• • •
Dados do Terreno de Fundação • • • Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Sondagem Reconhecimento

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Sondagem

Reconhecimento inicial

Tipo de material do solo

Existência de solos compressíveis

Nível do lençol freático

II. Dados do Terreno de Fundação CBR – Índice de Suporte Califórnia Medida da resistência
II. Dados do Terreno de Fundação CBR – Índice de Suporte Califórnia Medida da resistência

II. Dados do Terreno de Fundação

II. Dados do Terreno de Fundação CBR – Índice de Suporte Califórnia Medida da resistência de
CBR – Índice de Suporte Califórnia
CBR – Índice de Suporte Califórnia

Medida da resistência de solos

de Suporte Califórnia Medida da resistência de solos Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 F F

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

F F (kgf) F CBR= S x70 100 F
F
F (kgf)
F
CBR=
S x70 100
F

d (mm)

resistência de solos Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 F F (kgf) F CBR= S x70

Ensaio Carlifoniano

TIPOS de Carregamentos  Cargas distribuídas  Cargas concentradas (cargas pontuais)  Cargas móveis Rodada
TIPOS de Carregamentos  Cargas distribuídas  Cargas concentradas (cargas pontuais)  Cargas móveis Rodada

TIPOS de Carregamentos

TIPOS de Carregamentos  Cargas distribuídas  Cargas concentradas (cargas pontuais)  Cargas móveis Rodada do

Cargas distribuídas

Cargas concentradas (cargas pontuais)

Cargas móveis

Cargas distribuídas  Cargas concentradas (cargas pontuais)  Cargas móveis Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos     Cargas uniformemente distribuídas Estoque de bobinas Estoque direto
TIPOS de Carregamentos     Cargas uniformemente distribuídas Estoque de bobinas Estoque direto

TIPOS de Carregamentos

TIPOS de Carregamentos     Cargas uniformemente distribuídas Estoque de bobinas Estoque direto de
   
Cargas uniformemente distribuídas
Cargas uniformemente distribuídas
    Cargas uniformemente distribuídas Estoque de bobinas Estoque direto de pallets sobre o

Estoque de bobinas Estoque direto de pallets sobre o piso Estoque de Grãos Estoque de chapas

bobinas Estoque direto de pallets sobre o piso Estoque de Grãos Estoque de chapas Rodada do
bobinas Estoque direto de pallets sobre o piso Estoque de Grãos Estoque de chapas Rodada do
bobinas Estoque direto de pallets sobre o piso Estoque de Grãos Estoque de chapas Rodada do

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos Cargas concentradas Porta Pallets Drive-in Push-back Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Cargas concentradas Porta Pallets Drive-in Push-back Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos

Cargas concentradas
Cargas concentradas

Porta Pallets

Drive-in

de Carregamentos Cargas concentradas Porta Pallets Drive-in Push-back Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Push-back

Cargas concentradas Porta Pallets Drive-in Push-back Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Autoportante C a n

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Porta Pallets Drive-in Push-back Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Autoportante C a n t i

Autoportante

Porta Pallets Drive-in Push-back Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Autoportante C a n t i

Cantilever

Porta Pallets Drive-in Push-back Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Autoportante C a n t i
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos

Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras
Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Empilhadeiras / paleteiras Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Carretas e Especiais Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Carretas e Especiais Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos

Cargas Móveis – Carretas e Especiais
Cargas Móveis – Carretas e Especiais
TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Carretas e Especiais Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos Cargas Móveis – Carretas e Especiais Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015
TIPOS de Carregamentos Comportamento das cargas distribuídas tf/m 2 Bulbo de tensões : atinge camadas
TIPOS de Carregamentos Comportamento das cargas distribuídas tf/m 2 Bulbo de tensões : atinge camadas

TIPOS de Carregamentos

TIPOS de Carregamentos Comportamento das cargas distribuídas tf/m 2 Bulbo de tensões : atinge camadas profundas
Comportamento das cargas distribuídas
Comportamento das cargas distribuídas

tf/m 2

Carregamentos Comportamento das cargas distribuídas tf/m 2 Bulbo de tensões : atinge camadas profundas do solo,

Bulbo de tensões : atinge camadas profundas do solo, que é quem de fato irá resistir aos esforços da carga distribuída

do solo, que é quem de fato irá resistir aos esforços da carga distribuída Rodada do
do solo, que é quem de fato irá resistir aos esforços da carga distribuída Rodada do

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

TIPOS de Carregamentos Comportamento das cargas concentradas e móveis tf/ponto Bulbo de tensões : atinge
TIPOS de Carregamentos Comportamento das cargas concentradas e móveis tf/ponto Bulbo de tensões : atinge

TIPOS de Carregamentos

TIPOS de Carregamentos Comportamento das cargas concentradas e móveis tf/ponto Bulbo de tensões : atinge camadas
Comportamento das cargas concentradas e móveis
Comportamento das cargas concentradas e móveis

tf/ponto

Comportamento das cargas concentradas e móveis tf/ponto Bulbo de tensões : atinge camadas superficiais –
Comportamento das cargas concentradas e móveis tf/ponto Bulbo de tensões : atinge camadas superficiais –

Bulbo de tensões : atinge camadas superficiais impacta principalmente no dimensionamento do piso de concreto

superficiais – impacta principalmente no dimensionamento do piso de concreto Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

ESTRUTURA DOS PISOS Piso de concreto - reforços  Concreto simples (com ou sem adição
ESTRUTURA DOS PISOS Piso de concreto - reforços  Concreto simples (com ou sem adição

ESTRUTURA DOS PISOS

Piso de concreto - reforços
Piso de concreto - reforços

Concreto simples (com ou sem adição de microfibras)

Armadura de retração (armadura simples superior)

Armadura estrutural (dupla ou simples superior)

Fibra metálica ou macro fibras (sintéticas estruturais)

Protendido

Protensão química (retração compensada)

estruturais)  Protendido  Protensão química (retração compensada) Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Necessidades do usuário / obra  Índices de planicidade
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Necessidades do usuário / obra  Índices de planicidade
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Necessidades do usuário / obra  Índices de planicidade
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Necessidades do usuário / obra  Índices de planicidade

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Necessidades do usuário / obra

Índices de planicidade e nivelamento;

Resistência à abrasão;

Tipo de acabamento / revestimento;

Prazo de execução;

Liberação ao uso;

Equipamento executivo; Disponibilidade local de materiais;

Estratégia mercadológica;

Detalhes específicos;

Sonho e desejo pessoal do cliente.

Espaço reservado para a logomarca da empresa que o palestrante está representando Rodada do conheCIMENTO
Espaço reservado para a logomarca da empresa que o palestrante está representando Rodada do conheCIMENTO
Espaço reservado para a logomarca da empresa que o palestrante está representando Rodada do conheCIMENTO

Espaço reservado para a logomarca da empresa que o palestrante está representando

a logomarca da empresa que o palestrante está representando Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Cuidados na execução

do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na execução Autor: Jatir de Oliveira Filho Registro de Direito

Autor: Jatir de Oliveira Filho Registro de Direito Autoral na Biblioteca Nacional

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Concreto; ‒ Slump, exsudação, tempo
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Concreto; ‒ Slump, exsudação, tempo
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Concreto; ‒ Slump, exsudação, tempo
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Concreto; ‒ Slump, exsudação, tempo

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Cuidados na Execução

Concreto;

26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Concreto; ‒ Slump, exsudação, tempo de pega, teor de

Slump, exsudação, tempo de pega, teor de argamassa, resistência, ar incorporado, aditivos,

Reunião técnica antes do início;

Placa teste;

Fôrma;

técnica antes do início;  Placa teste;  Fôrma;  Posicionamento dos reforços;  Vibração do

Posicionamento dos reforços;

técnica antes do início;  Placa teste;  Fôrma;  Posicionamento dos reforços;  Vibração do
técnica antes do início;  Placa teste;  Fôrma;  Posicionamento dos reforços;  Vibração do

Vibração do concreto;

técnica antes do início;  Placa teste;  Fôrma;  Posicionamento dos reforços;  Vibração do
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Barras de transferência;  Equipamentos
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Barras de transferência;  Equipamentos
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Barras de transferência;  Equipamentos
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Barras de transferência;  Equipamentos

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Cuidados na Execução

Barras de transferência;

Cuidados na Execução  Barras de transferência;  Equipamentos executivos;  Planicidade e

Equipamentos executivos;

 Barras de transferência;  Equipamentos executivos;  Planicidade e nivelamento;  Corte das juntas; 

Planicidade e nivelamento;

 Equipamentos executivos;  Planicidade e nivelamento;  Corte das juntas;  Cura (química e úmida);

Corte das juntas;

 Equipamentos executivos;  Planicidade e nivelamento;  Corte das juntas;  Cura (química e úmida);

Cura (química e úmida);

 Equipamentos executivos;  Planicidade e nivelamento;  Corte das juntas;  Cura (química e úmida);
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Endurecedor de superfície;  Preenchimentos
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Endurecedor de superfície;  Preenchimentos
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Endurecedor de superfície;  Preenchimentos
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Cuidados na Execução  Endurecedor de superfície;  Preenchimentos

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Cuidados na Execução

Endurecedor de superfície;

Preenchimentos das juntas;

Retirada das fôrmas;

 Endurecedor de superfície;  Preenchimentos das juntas;  Retirada das fôrmas;  Limpeza do piso.
 Endurecedor de superfície;  Preenchimentos das juntas;  Retirada das fôrmas;  Limpeza do piso.

Limpeza do piso.

 Endurecedor de superfície;  Preenchimentos das juntas;  Retirada das fôrmas;  Limpeza do piso.
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Muito obrigado! Fundação em julho/93, com a atual liderança
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Muito obrigado! Fundação em julho/93, com a atual liderança
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Muito obrigado! Fundação em julho/93, com a atual liderança
Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Muito obrigado! Fundação em julho/93, com a atual liderança

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015

Muito obrigado!

Rodada do conheCIMENTO 26 a 28.08.2015 Muito obrigado! Fundação em julho/93, com a atual liderança nacional

Fundação em julho/93, com a atual liderança nacional de projeto de pisos e pavimentos de

concreto, tendo desenvolvido até dez/14 o total de

5.000 projetos com aprox. 62 milhões de m² de obras