Você está na página 1de 1

PROCEDIMENTO POP nº.

: CC/HU- T
012
OPERACIONAL PADRÃO – POP Vers..: Pág.: 1/1
Universidade Federal de Sergipe CENTRO CIRÚRGICO 1.0
Próxima
Campus da Saúde “Profº João
UTILIZAÇÃO DO BISTURI ELÉTRICO Revisão.:
Cardoso Nascimento Junior”
Jul/2012
Objetivo: Estabelecer medidas para utilização de Bisturi Elétrico.
Setor: Centro Cirúrgico Agentes: Enfermeiro, Auxiliar e Técnico em
Enfermagem

ETAPAS DO PROCEDIMENTO

I. Auxiliar / Técnico em Enfermagem

1. Colocar a placa dispersiva (afastada de próteses metálicas) no paciente em área de massa


muscular (panturrilha, face posterior da coxa, glúteos) próxima ao sítio cirúrgico. Utilizar gel para
aumentar a condutibilidade;
2. Manter paciente sobre superfície seca, sem contato com partes metálicas da mesa cirúrgica;
3. Atentar para o risco de combustão quando houver uso de substâncias inflamáveis como anti-
sépticos e anestésicos;
4. O plug do cabo do bisturi não deve ficar sob o corpo do paciente para não causar lesão de pele
devido à pressão;

II. Enfermeiro /Auxiliar / Técnico em Enfermagem

5. Manter desfibrilador pronto para uso em pacientes portadores de marcapasso;

PERIODICIDADE


De acordo com o procedimento a ser realizado faz-se necessária a utilização de bisturi elétrico no
paciente.

OBSERVAÇÕES / CONSIDERAÇÕES

1. O bisturi elétrico deve ser utilizado de forma que não comprometa a segurança do paciente.

Elaborado por: Elisiane Resende da Silva Data da Criação: 2009


Simone Cunha C. Barreto / Patrícia da Cruz
Revisado por: Data de Revisão:
Aprovado por: Data de Aprovação:

Você também pode gostar