Você está na página 1de 5

COMO TRATAR HEMORROIDAS INFLAMADAS

COM O USO DE PLANTAS MEDICINAIS


Material Exclusivo
Transmissão Ao Vivo em 19 de março de 2018

O que é Hemorroida??
Chama-se hemorroida o conjunto de vasos
que fica na região do canal anal.
Quando elas se inflamam temos um quadro
chamado de doença hemorroidária, o que
popularmente se chama de hemorroidas.
As hemorróidas são veias dilatadas e salientes
na região anal que podem ser internas ou
externas, podendo provocar sintomas como
coceira e dor anal, dificuldade para defecar e
presença de sangue nas fezes.
Por que isso acontece??
A maioria das veias do corpo humano contém válvulas que ajudam o sangue a ir em uma
mesma direção, já as veias hemorroidárias não têm estas válvulas para impedir o curso do
sangue. Por isso, qualquer aumento da pressão nestas veias propicia o excesso de sangue
no local, aumentando o risco de dilatá-las, causando a inflamação hemorroidária.

As hemorroidas classificam-se em dois tipos:


Internas:
Ocorrem dentro do ânus ou na parte inicial do reto. Para estas há quatro graus de
intensidade. São eles:
1. Não se desloca através do ânus e não são visíveis.
2. Desloca-se através do ânus durante a evacuação (ao repelir fezes), mas podem
retornar como inicialmente de modo espontâneo. Passa despercebida e não causa dor.
3. Desloca-se através do ânus e só retorna para dentro com ajuda manual. Pode ser
identificada facilmente.
4. Desloca-se através do ânus e o retorno não é possível nem com a ajuda manual. É
perceptível.

Este material é produzido pelo Autor da Própria Saúde e é distribuído gratuitamente


como parte da transmissão ao vivo realizada gratuitamente.
É proibida a venda ou distribuição do material, mesmo que gratuita, sem prévia autorização.
Externas:
Ocorrem no final do canal anal, sendo liberadas para fora do ânus. Podem ser identificadas
facilmente.

O que causa hemorroidas??


Não existe uma causa exata para o aparecimento das hemorróidas, no entanto, existem
fatores que podem contribuir para a sua formação.
• Indivíduos com obesidade (o excesso de peso aumenta a pressão nas veias
abdominais),
• Gravidez,
• Prática de sexo anal sem lubrificação adequada (pode produzir fissuras em uma
região muito vascularizada),
• Histórico familiar de hemorroida,
• Sedentarismo (diminui o estímulo para a digestão dos alimentos e a irrigação
sanguínea do ânus),
• Dieta pobre em fibras,
• Permanecer sentado por um longo tempo,
• Idade avançada,
• Diarreia crônica,
• Infecções anais,
• Prisão de ventre,
• Tabagismo,
• Hipertensão,
• Esforço excessivo durante as evacuações.

Quais os sintomas??
Os principais sintomas de hemorróidas geralmente incluem:
• Sangue vermelho vivo ao redor das fezes ou no papel higiênico após limpar-se;
• Coceira no ânus;
• Dificuldade para defecar;
• Saída de um líquido esbranquiçado pelo ânus, principalmente no caso de
hemorróidas internas;
• Dor anal que pode surgir ao evacuar, andar ou sentar, especialmente no caso de
hemorróidas externas;
• Quando a hemorroida é externa, sente-se também uma saliência no ânus ou uma
fissura anal.

Este material é produzido pelo Autor da Própria Saúde e é distribuído gratuitamente


como parte da transmissão ao vivo realizada gratuitamente.
É proibida a venda ou distribuição do material, mesmo que gratuita, sem prévia autorização.
Quais cuidados devo tomar??
• Evitar a ingestão de alimentos apimentados e picantes, assim como a própria
pimenta, seja como tempero ou in natura.
• Aumentar o consumo de fibras na alimentação.
• Aumentar o consumo diário de água.
• Não permanecer sentado por muito tempo, o ideal para quem trabalha nesta posição
é levantar e fazer curtas caminhadas ao longo do dia.
• Usar roupas íntimas de algodão.
• Evitar coçar a área.
• Evitar o uso de papel higiênico, dando preferência a lavar a área após as
evacuações, ou lenços umedecidos de alta maciez.
• Controlar a pressão arterial (para hipertensos)
• Controlar o peso (para obesos)
• Não levantar peso ou fazer grandes esforços.
• Não realizar esportes de impacto ou atividades em academia.

COMO TRATAR HEMORROIDAS


DE MANEIRA NATURAL??
Ao procurar o médico proctologista, provavelmente você receberá muitas recomendações
para mudanças de hábitos e posturas para melhorar este problema.
Para a maioria das pessoas, estas mudanças, que muitas vezes são simples, podem
resolver o problema, ou mesmo trazer grande melhora e alívio para a inflamação das
hemorroidas.
O grande problema é que a maioria das pessoas não querem fazer as mudanças
necessárias e continuam carregando o problema até que ele se agrave e seja necessária a
intervenção cirúrgica.
É extremamente importante a mudança na alimentação e no consumo de água. E esta
tarefa, apesar de simples, muitas vezes não é nada fácil. Abandonar o tabagismo, levar
uma rotina mais calma e tranquila, dormir melhor... coisas do cotidiano, tão simples!!
De verdade, tratar qualquer coisa que vá mal no nosso organismo é uma questão de
equilíbrio mental e emocional. Mental para poder fazer as escolhas necessárias. Emocional
para sustentar estas escolhas.
E é claro, que as Plantas medicinais podem ser nossas grandes aliadas neste caminho de
mudança da nossa sáude!!
E aí?? Que escolhas você vai fazer a partir de agora??

Este material é produzido pelo Autor da Própria Saúde e é distribuído gratuitamente


como parte da transmissão ao vivo realizada gratuitamente.
É proibida a venda ou distribuição do material, mesmo que gratuita, sem prévia autorização.
PLANTAS MEDICINAIS
NO TRATAMENTO DAS HEMORROIDAS

Não dá para dizer que o tratamento das hemorroidas com o uso das plantas seja uma
tarefa fácil.... porque não é!!
É necessária muita determinação e força de vontade, porque é um tratamento que depende
somente de você e de mais ninguém.
É você quem vai ter que realizar os procedimentos, tomar os medicamentos naturais e
controlar sua alimentação e hábitos de vida. Não vai ter um médico para você se apoiar.
Mas se você fizer tudo como deve ser feito, os resultados podem ser incríveis!!
Vou considerar que você já está buscando controlar o peso, mudando sua alimentação e
seu consumo de água, está deixando de fumar e beber em excesso, está emocionalmente
controlado e está disposto a fazer o necessário. Porque se não, as plantas não
conseguirão fazer seu trabalho e você vai dizer no final... “Eu disse que esse negócio de
planta não dava certo....”
Então vamos lá!
Neste caminho, existem vários procedimentos que precisam ser adotados, e par cada um
existe um conjunto de plantas que vai atuar no tratamento. Vamos ao passo a passo:

ANTIINFLAMATÓRIOS INTESTINAIS
Como o reto e o ânus estão inflamados, é necessário tratar este processo.
Esta parte do tratamento deve ser realizado na forma de chás, supositório e de banhos de
assento, conforme indicado a seguir:

Chás
• Gervão (Stachytarpheta sp.)
• Chanana (Turnera ulmifolia)
• Alecrim (Rosmarinus officinalis)
• Erva-baleeira (Cordia verbenacea)
Prepare o chá com 500ml de água e 1 colher de cada uma das plantas indicadas.
Conservar em geladeira e tomar ao longo do dia os 500ml.

Este material é produzido pelo Autor da Própria Saúde e é distribuído gratuitamente


como parte da transmissão ao vivo realizada gratuitamente.
É proibida a venda ou distribuição do material, mesmo que gratuita, sem prévia autorização.
Banho de assento
• Erva-baleeira (Cordia verbenacea)
• Aroeira-vermelha (Schinus terebinthifolius)
• Erva-de-bicho (Poligoum hydropiperoides)
Coloque 2 litros de água para ferver. Ao levantar fervura, adicione uma mão-cheia de cada
uma das plantas indicadas e deixe ferver por 2 minutos. Desligue e coloque este preparado
numa bacia grande em que se possa fazer o assento. Adicione água fria até que a
temperatura seja tolerável para a pele (aprox. 40°C). Faça o assento por cerca de 20
minutos pelo menos 1 vez ao dia.

Supositório
• Babosa (Aloe barbadensis)
A espécie de babosa Aloe barbadensis tem as
folhas grandes e grossas, que nascem desde a
base da planta. Pegue uma folha grande e
retire as cascas verdes, restando apenas a
polpa gelatinosa. Com auxílio de uma faca,
corte pequenas tiras de babosa com 1cm de
largura e 4cm de comprimento. Enrole estes
pequenos pedaços em papel filme (uado para
embalar alimentos) e congele. Quando
estiverem congelados, retire o papel filme e use
como supositório 2 ou 3 vezes ao dia. Não é necessário retirar os pedaços. Eles saem
naturalmente na evacuação.

TRATAMENTO DA CIRCULAÇÃO
Como a inflamação das hemorroidas está ligado à perda da funcionalidade das veias da
região anal, estimular a circulação pode ajudar muito a evitar que as hemorroidas
apareçam ou que o problema piore.
Este tratamento é feito na forma de chás:
• Chapéu-de-couro (Echinodorus grandiflorus)
• Sete-sangrias (Cuphea sp.)
• Embaúba (Cecropia sp.)
Preparar o chá com 500ml de água e 1 colher de cada planta. Conservar em geladeira e
tomar os 500ml ao longo do dia.

Este material é produzido pelo Autor da Própria Saúde e é distribuído gratuitamente


como parte da transmissão ao vivo realizada gratuitamente.
É proibida a venda ou distribuição do material, mesmo que gratuita, sem prévia autorização.