Você está na página 1de 172

30 ano

livro do
professor

oficina de brinquedos
ecológicos
Aprender, sempre é um bom negócio
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae
Unidade de Capacitação Empresarial

OFICINA DE BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

3º ANO – LIVRO DO PRofessor

Brasília-DF
2012
© 2012. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE.
Todos os direitos reservados.
A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei nº 9.610).

Informações e contatos
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae
Unidade de Capacitação Empresarial – UCE
SGAS 605 – Conj. A – Asa Sul – 70.200-645 – Brasília / DF
Telefone: (61) 3348-7168
Site: www.sebrae.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo


Roberto Simões

Diretor-Presidente
Luiz Barretto Pereira Filho

Diretor-Técnico
Carlos Alberto dos Santos

Diretor de Administração e Finanças


José Claudio dos Santos

Gerente da Unidade de Capacitação Empresarial


Mirela Malvestiti

Coordenação Nacional
Flávia Azevedo Fernandes

Coordenação Estadual Sebrae SP


Ana Maria de Araújo Brasílio
Ana Paula Sefton
Rejane Leatrice De Marco

Consultores Conteudistas
Eliana Sabará Teixeira Silva – C&T Cooperativa de Trabalho
Maria Estela Lacerda Ferreira – C&T Cooperativa de Trabalho

Revisão de Conteúdo
Elimara Clélia Rufino – R&R Associados Ltda.

Consultor Educacional
Adilson César de Araujo – Viva Educação Consultoria Ltda.

Revisão Ortográfica
Grupo Informe Comunicação Integrada

Editoração Eletrônica
Grupo Informe Comunicação Integrada
OFICINA DE BRINQUEDOS ECOLÓGICOS
3º Ano Livro do professor

Nome: ______________________________________________ Turma: ________________________


Escola:________________________________________________________________________________
3º Ano
Livro do professor
Sumário
8 INTRO
DUÇÃO
18

1
ENCON
TRO
32

2
ENCON
TRO
A TUR
48 MA DO

3
S JOv
ENCON ENS EM
TRO pREEN
UMA v DEDOR
58 IDA SA ES

4
ENCON UDÁvE
TRO L
CADA
U
72 pODE E M SE DIvER

5
DO JEI TE
ENCON
TRO TO QU COMO
CONH E SABE
E
82 E OpÇÕ CENDO LUG

6
ES DE A
ENCON
TRO pLANE DIvER RES
SÃO
J
92 BRINQ ANDO A OF

7
UEDOS IC
ENCON
TRO ECOLÓ INA DE
GICOS
CONST
102 RUIND

8
ENCON O COM
TRO SUCAT
A
TODOS
114 JUNTO

9
ENCON S COM
TRO TODOS A MÃO
J NA MA
124 MÃO N UNTOS CO SSA!

10
ENCON A MAS MA
TRO SA NO
vAMEN
134 vIvEN TE!
DO A v

11
ENCON IDA CO
TRO MO EM
DIvUL pREEN
GANDO DEDOR

12
144 DE BRI
ENCON NQUED A OFICINA
TRO OS ECO
LÓGIC
148 EMBRU OS

13
LHA Q
ENCON UE EU
TRO vOU L
EvAR
170 CONTA
GEM R
EGRES
SIvA:
5–4–
O GRA 3–2–
NDE D 1 ... 0
IA!
pONTO
DE CH
EGADA
REFER
ÊNCIA
S BIBL
IOGRÁ
FICAS
Jovens Empreendedores primeiros passos

Boas-vindas!
Prezado(a) professor(a),
O Livro do Professor tem como objetivo dar subsídios teóricos e didáticos para trabalhar o tema OFICINA
DE BRINQUEDOS ECOLÓGICOS no curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos – 3º ano. A proposta é a
montagem de uma oficina de brinquedos elaborados com material reciclável, proporcionando uma visão
ecológica para o divertimento. O curso incentiva o autoconhecimento e o relacionamento interpessoal nos
momentos das brincadeiras e dos jogos, aspectos necessários aos comportamentos empreendedores. Ressalta-
se, ainda, que o divertimento e o lazer são condições para se ter uma vida saudável e prazerosa. Os alunos são
gradativamente estimulados a agirem como empreendedores. Além disso, com a montagem da OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS, os alunos participam deste curso de forma a despertarem para uma visão ampla
do empreendedorismo, a qual engloba a cooperação, a ecossustentabilidade, a cidadania e a ética.

8
INTRODUÇÃO

Apresentamos para cada encontro do conteúdo do Livro do Aluno as orientações de como desenvolver as
atividades programadas. Lembramos que um dos pressupostos do curso Jovens Empreendedores Primeiros
Passos é a metodologia semiaberta. Por isso,
é necessário que o seu olhar, competente em reconhecer o contexto e as circunstâncias locais, observando
limitações e oportunidades, traga para a aplicação deste material com os alunos as adequações que se
fizerem necessárias para atingir os objetivos propostos a cada encontro. Orientamos não suprimir nenhuma
das atividades programadas.
As orientações sobre como trabalhar com os alunos em cada um dos encontros devem ser interpretadas
como sugestões. Sabemos que você conhece o que seus alunos necessitam aprender, como fazer a gestão do
conhecimento dentro da sala de aula e qual o seu papel e o seu compromisso enquanto professor.
Agradecemos sua disposição e comprometimento em dedicar tempo ao estudo deste material, para
entender a proposta teórica e metodológica e para organizar e planejar a aplicação do curso Jovens
Empreendedores Primeiros Passos. Ressaltamos que, caso seja necessário, faça adaptações das atividades
propostas no Livro do Aluno, de acordo com a realidade local, respeitando os objetivos do curso.
Bom trabalho! Equipe Sebrae.

9
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

1. propósitos

O curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos, como um curso do Sebrae destinado a fomentar a
cultura empreendedora, procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno
para aprender, o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gerência da própria vida (pessoal,
profissional e social). Esta visão vai ao encontro dos quatro pilares da educação, propostos pela Unesco, quais
sejam:
aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos da compreensão; aprender
a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente; aprender a viver juntos, a fim de
participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas; finalmente,
aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes (DELORS, 1999).

Nesse sentido, a Educação Empreendedora incentiva que o sujeito busque o autoconhecimento, novas
aprendizagens, além do espírito de coletividade. Dessa forma, a educação deve atuar como transformadora
deste sujeito e incentivá-lo à quebra de paradigmas e ao desenvolvimento das habilidades e dos
comportamentos empreendedores.
Assim, o curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos, aliado a um ambiente propício à aprendizagem,
favorece o envolvimento do aluno no próprio ato de fazer, pensar e aprender, características fundamentais dos
comportamentos empreendedores. Da mesma forma, o aluno e o grupo no qual está inserido reconhecem
que suas contribuições são importantes e apreciadas. O ambiente da aprendizagem também deve propiciar
que o aluno, através de atividades lúdicas, assuma riscos calculados, tome decisões e perceba, ao seu redor,
oportunidades e inovações, mesmo em situações desafiadoras.
O perfil do professor da educação empreendedora deve ser de mediador das descobertas do grupo. Além
do mais, este deve ter iniciativa para a sua formação continuada, abrindo- se a novas maneiras de aprender
e ensinar. Para tanto, sua prática necessita interagir com as diferentes formas de aprendizagem, contribuir
para um ambiente motivador, respeitar os estilos individuais e do grupo, acolher a realidade e o interesse da
região, estimular a autonomia, a argumentação e a criação, propiciando que todos alcancem os objetivos.
Ressalta-se que o fazer empreendedor nas instituições escolares é um fazer social e econômico também
para a região, estado ou país onde está inserido, uma vez que o ambiente e a prática da aprendizagem
ultrapassam naturalmente as paredes escolares, envolvendo, assim, as pessoas da comunidade em questão.

10
INTRODUÇÃO

2. justificativa, objetivos e competências

Todas as atividades do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos têm propósito pedagógico e são
alicerçadas na premissa da educação empreendedora que busca promover a prática, o aprender fazendo
como estratégia educacional que possibilite estimular atitudes empreendedoras nos alunos.
Com a realização de atividades lúdicas, o curso possibilita aos alunos momentos de conhecimento,
criação e sensibilização à cultura empreendedora, aprendendo de forma prática e contextualizada.
Os alunos são estimulados a pensar coletivamente, a avaliar oportunidades, a valorizar a cultura local, a
interagir e integrar-se com as pessoas e a tomar decisões pensando em objetivos comuns.
Dessa forma, toda e qualquer atividade desenvolvida no curso deve estar integrada às demais atividades
escolares e educacionais, para que se ressalte e fique claro o papel do curso como instrumento pedagógico
para o fomento de uma cultura empreendedora voltada a objetivos comuns.
A intenção é despertar nos alunos o espírito empreendedor que deverá ser desenvolvido ao longo de sua
existência, pois ensinar a empreender é algo que pouco se vê no dia a dia. E o desenvolvimento deste espírito
empreendedor tem como objetivo que o aluno aprenda a empreender a própria vida.
Por que montar uma OFICINA DE BRINQUEDOS ECOLÓGICOS com crianças do 3º ano do ensino fundamental?
A busca por uma vida mais equilibrada, de interação e respeito com a natureza, de uma alimentação
saudável e pela inclusão do lazer na rotina diária tem mobilizado as pessoas que procuram qualidade
de vida. Estudos mostram a importância do lazer e do divertimento para a saúde física e emocional das
pessoas. Brincar é uma possibilidade de divertimento. E se for possível incluir a reflexão de sustentabilidade,
a brincadeira fica melhor ainda!
Se olharmos para a criança de modo geral, podemos concluir que, atualmente, nem sempre ela tem
tempo para brincar, criar suas brincadeiras, se descobrir e perceber o outro enquanto brinca, para aprender a
jogar com os outros e transferir as aprendizagens que faz para o jogo da vida.
Estas questões foram pensadas para a escolha do tema OFICINA DE BRINQUEDOS ECOLÓGICOS para ser
desenvolvido com esta faixa etária. Se o divertimento é uma das opções de lazer, possibilitar divertimento e
consciência ecológica às pessoas pode ser uma oportunidade de negócio.

É brincando que a criança mergulha na vida, sentindo-a na dimensão de suas


possibilidades. No espaço criado pelo brincar nessa aparente fantasia acontece a
expressão de uma realidade interior que pode estar bloqueada pela necessidade
de ajustamento às expectativas sociais e familiares. A brincadeira espontânea
proporciona oportunidades de transferências significativas que resgatam situações
conflituosas (CUNHA, 1998: 35).

11
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Agindo com a consciência da importância de utilizar recursos que seriam descartados como lixo,
reduzindo o impacto ambiental de poluição, por exemplo, e também conhecendo brinquedos e brincadeiras,
se divertindo com os momentos construtivos nos quais trabalham em equipe e exercitam a criatividade, os
alunos empreendem a montagem da Oficina de Brinquedos Ecológicos.
Toda e qualquer decisão acerca de resultados financeiros positivos que sejam alcançados com a atividade
empreendedora dos alunos durante o curso deve ser direcionada para um objetivo comum da turma de
alunos, da escola ou da comunidade.
Com o curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos para o 3º ano espera-se propiciar condições para
que os alunos desenvolvam as seguintes competências de natureza cognitiva, atitudinal e operacional:

COMpETÊNCIAS COGNITIvAS

• Conhecer aspectos do mundo dos negócios através da montagem de uma oficina de brinquedos ecológicos.

• Compreender etapas de planejamento para concretizar um objetivo.

• Conhecer características do comportamento empreendedor.

• Estabelecer correlação entre a cultura empreendedora e os valores éticos, culturais e de cidadania.

• Estabelecer relação entre brinquedo ecológico, diversão e qualidade de vida.

COMpETÊNCIAS ATITUDINAIS

• Posicionar-se de maneira autônoma diante de situações que estimulem o seu perfil como jovem
empreendedor.

• Predispor-se ao trabalho coletivo para alcançar um objetivo comum.

• Adotar postura de convivência de forma ética e cidadã com o ambiente e as pessoas ao seu redor.

• Perceber o seu potencial criativo de resolver situações.

• Refletir sobre a importância de adotar hábitos saudáveis na sua vida.

• Reconhecer a importância de valorizar a diversidade social e cultural.

12
INTRODUÇÃO

COMpETÊNCIAS OpERACIONAIS

• Desenvolver estratégias para alcançar objetivos comuns.

• Planejar etapas para a montagem da oficina de brinquedos ecológicos.

• Realizar avaliação do planejamento realizado, com foco na qualidade e eficiência.

• Utilizar diferentes estratégias para resolver situações-problemas.

• Construir brinquedos com foco na ecossustentatibilidade.

• Vivenciar situações que estimulem a sociabilidade e a cooperação.

3. a importância do papel do professor

O papel do professor é de extrema importância nesse curso, porque ele será o mediador entre a visão
empreendedora proposta e os alunos. Por isso, é necessário que você “compre” a ideia, veja o curso como um
empreendimento e, assim, contribua com suas experiências e sua criatividade.
Se, como professor no curso Jovens Empreendedores Primeiros passos, estar com os alunos nesta
empreitada for um prazer, você verá as possibilidades de desenvolver-se como pessoa e como empreendedor,
e com certeza os encontros serão divertidos e produtivos. As atividades propostas serão somente pontos de
partida para uma experiência enriquecedora.

4. conhecendo o livro do aluno

A proposta a ser desenvolvida com os alunos do 3º ano do ensino fundamental é a montagem de uma
Oficina de Brinquedos Ecológicos. Enquanto planejam a oficina, vivem as etapas de organização de um Plano
de Negócios. A meta é criar um espaço onde as pessoas encontrem o divertimento com brinquedos e jogos
elaborados a partir de material que seria descartado como lixo e, assim, que tenham lazer e melhorem a
qualidade de vida tendo a consciência ecológica como aliada. Uma das propostas é que na Oficina de Brinquedos
Ecológicos os alunos criem um espaço onde ensinem as pessoas a construírem brinquedos com sucata.
A trajetória pelo Plano de Negócios apresenta 13 encontros, tempo em que os alunos vivenciam etapas
que devem e precisam ser consideradas quando se quer montar um negócio. Em cada encontro, o aluno
realiza uma sequência de atividades que auxiliarão na construção de conceitos, procedimentos e atitudes
relacionados ao Plano de Negócios e ao Comportamento Empreendedor, os dois eixos temáticos principais do

13
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos. Ou seja, tendo a proposta de montar a Oficina de Brinquedos
Ecológicos, os alunos são convidados a exercitar diferentes comportamentos empreendedores, buscando uma
postura mais consciente e ativa frente ao que ocorre em seu redor.
Cada encontro tem uma organização. Cada atividade proposta, um objetivo e uma intencionalidade.
Conhecer e compreender o porquê de cada atividade proposta possibilita que o professor crie e proponha outras
atividades, faça adequações se necessário, sempre respeitando os objetivos planejados, as características e as
possibilidades do grupo.
No conjunto de encontros do material do 3º ano, há atividades que se repetem, não em conteúdo, mas como
estratégia de aprendizagem. São blocos de atividades que caracterizam o material e favorecem o desenvolvimento
dos encontros. Por exemplo, as atividades intituladas “Momento de Decisão” são atividades em que os alunos
precisam decidir sobre algum aspecto do negócio que estão montando, a Oficina de Brinquedos Ecológicos, como
decidir pelo nome da oficina, que brinquedos poderão construir, entre outras decisões.
Além disso, as imagens e textos do material atuam como recursos para favorecer a aplicação das
atividades propostas.

4.1. TRABALHANDO COM IMAGENS E ILUSTRAÇÕES


Ler e compreender o mundo através de imagens é uma habilidade que precisa ser trabalhada com os
alunos, que vivem inseridos no universo imagético. As imagens que acompanham os encontros devem ser
exploradas, através do diálogo entre o professor e o aluno e entre os próprios alunos.

4.2. TRABALHANDO COM TEXTOS


Ler, entender, interpretar, recontar: habilidades de comunicação que precisam ser desenvolvidas com
os alunos. O valor social e cultural da leitura e da escrita precisa ser percebido pelas crianças de forma
significativa.
Os textos iniciais dos encontros introduzem o leitor no objeto de estudo proposto para aquele encontro.
Cada professor explora os textos de acordo com o desenvolvimento do seu grupo. Os textos colocados no
interior dos encontros trabalham alguma informação importante para o conhecimento do negócio – Oficina
de Brinquedos Ecológicos, ou apresentam ao aluno uma nova etapa do Plano de Negócios.

4.3 MOMENTO DAS ATIvIDADES


As atividades propostas e que acompanham cada encontro têm como objetivo trabalhar os dois eixos
deste curso: o plano de negócios e o comportamento empreendedor. São atividades de leitura coletiva,
de trabalho em duplas ou equipes, de recorte e colagem, de pesquisa, de ampliação do repertório sobre
brinquedos, brincadeiras, jogos, qualidade de vida e divertimento.

14
INTRODUÇÃO

4.4.ABRINDO A CAIXA DE DIvERSÕES


A caixa de diversões será elaborada pelo professor e marcará momento em vários encontros.
É o momento em que as crianças brincam com os brinquedos, jogos e divertimentos que a caixa contém.
Sugerimos ao professor montar uma caixa de papelão bem colorida e enfeitada. O professor pode colocar dentro
da caixa de diversões objetos que divertem e que despertam na criança uma curiosidade ao tentar descobrir
seu conteúdo. A caixa de diversões é também renovada conforme os momentos de construção dos brinquedos
acontecem nos encontros, já que alguns exemplares podem fazer parte dela para divertir os alunos.
Cabe ao professor envolver o grupo neste momento, aproveitar para colocar “surpresas” que as crianças
gostem e possam se divertir. A escolha do conteúdo da caixa vai depender do momento e da necessidade da
turma de alunos. Nas orientações dos encontros, fazemos algumas propostas, mas o professor deve adaptá-
las à realidade e ao contexto do grupo e da escola.
Também sugerimos momentos nos quais as crianças realizam jogos e brincadeiras, com o objetivo de
desenvolver habilidades importantes para esta faixa etária, bem como o comportamento empreendedor. Os
objetivos dos jogos e brincadeiras são explicitados em cada encontro para que o professor possa substituí-los
por outras atividades com as mesmas intencionalidades pedagógicas, caso julgue adequado. Com alguns
jogos e atividades também mostramos a possibilidade de se “divertir com pouco”, já que algumas atividades
não necessitam ou necessitam de poucos recursos.
Algumas sugestões de recursos para a caixa de diversões são: fantoches, fantasias e máscaras, livros e
revistas, papéis e lápis para desenho (diferentes daqueles usados no cotidiano), CD de música, filmes infantis,
brinquedos antigos, brinquedos desconhecidos pelas crianças, lista de brincadeiras, o nome de um convidado
que visitará e ensinará aos alunos sobre jogos e brincadeiras.
A caixa de diversões funciona como uma oportunidade valiosa de contextualização do curso à cultura local
e ampliação de conhecimento. Algumas das atividades são sugeridas, como já destacado, e para enriquecer
a estratégia sugerimos pesquisar, adequar e trazer para o ambiente do curso elementos que caracterizem
opções locais e regionais de divertimento para as pessoas.

4.5. MOMENTO DA CONSTRUÇÃO


Este momento está presente em alguns encontros. São as atividades nas quais os alunos tomam contato
com as etapas de construção de brinquedos e jogos com materiais que seriam descartados como lixo. Os
alunos são envolvidos no processo de recolhimento e organização destes materiais, sendo solicitados a
trazerem materiais diversos que possam servir para estas construções.
São propostas algumas atividades, como a construção de alguns jogos e brinquedos. Também, procure
valorizar nestes momentos a oportunidade de contextualização à cultura e ambiente local. Pesquise e trabalhe
com os brinquedos e jogos característicos da cidade ou região, integre a comunidade ao curso (por exemplo,
trazendo alguém para colaborar na construção dos brinquedos ou para falar sobre o reaproveitamento de

15
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

materiais), trabalhe com os recursos disponíveis e mais adequados ao contexto da turma de alunos, enfim,
planeje para que as atividades se realizem como prática empreendedora contextualizada à realidade dos
alunos, da escola e da comunidade.

4.6. pARA SABER MAIS


Os textos intitulados “Para Saber Mais” trazem informações complementares e de contextualização do
assunto proposto em alguns encontros.

4.7. MOMENTO DE DECISÃO


Sabemos que tomar decisões adequadas é um dos comportamentos que o empreendedor precisa
desenvolver para garantir o sucesso do negócio.
Como tomar decisões? Que aspectos devem ser considerados? Quais as consequências de uma
determinada tomada de decisão? O que significa ouvir a opinião do outro visando o coletivo?
Em diferentes momentos do curso, os alunos deverão tomar decisões com o apoio do professor, que
favorecerá a troca de ideias dos alunos. O professor, ao estimular a reflexão e fazer o encaminhamento
das respostas para as questões relacionadas acima, valoriza os momentos coletivos em que o grupo toma
decisões, identifica a importância deste comportamento empreendedor para o sucesso do plano de negócios
e, assim, estimula atitudes como o respeito e o saber ouvir.

4.8. RESUMINDO
Ao final de cada encontro, o professor constrói, com grupo, um resumo das atividades mais importantes
que foram realizadas, identificando as ações relacionadas à elaboração do plano de negócios, às atitudes de
um empreendedor e ao contexto da diversão, das brincadeiras e jogos e da consciência ecológica, fortemente
presente neste curso.
Os alunos também podem fazer o resumo registrando os momentos importantes do encontro através de
desenhos, escrita de palavras ou frases, conforme planejamento do professor.
Cada encontro já apresenta um resumo elaborado, o que deve servir de base para a construção verbal ou
textual do resumo com os alunos, a partir da percepção e entendimento deles.

4.9. TRAZENDO A COMUNIDADE pARA DENTRO DA ESCOLA


As pessoas desenvolvem diferentes saberes e competências. Conhecer estas competências é uma forma
de aprendizagem, pois aprendemos muito na convivência com o outro. Sabemos também que a entrada da
comunidade dentro da escola é uma das propostas presentes em muitos projetos educativos das instituições.

16
INTRODUÇÃO

Que ações os pais, familiares e profissionais podem realizar em conjunto com a escola?
Pensamos que as atividades de construção de brinquedos e jogos – produtos da Oficina de Brinquedos
Ecológicos é uma forma de envolver a comunidade trazendo-a para dentro da escola. Outra possibilidade é
uma campanha para arrecadar a matéria-prima do negócio: sucatas que se transformarão em brinquedos.
Outra justificativa para a proposta de negócio do 3º ano está relacionada com o desenvolvimento
das habilidades motoras das crianças que participam do curso. As habilidades delas estão em processo de
desenvolvimento. Recortar, colar, construir brinquedos e jogos, organizar o tempo e o espaço são atividades
que exigem concentração, observação, atenção, coordenação motora fina, criatividade. Quando as crianças
constroem e produzem algum objeto costumam valorizar a beleza e a qualidade do produto final. Pais, mães,
avós, tios, irmãos mais velhos, alunos de outras séries podem incentivar a turma do 3º ano a valorizar suas
produções e a desenvolver habilidades.

5. orientações de trabalho dos encontros

O Livro do Professor tem como objetivo dar subsídios teóricos e didáticos para trabalhar a Oficina de
Brinquedos Ecológicos com os alunos do 3º ano do ensino fundamental.
De que maneira aproximar os alunos desta faixa etária com esta temática? Como tornar lúdica e divertida
a aprendizagem? Através da reflexão sobre uma vida saudável, sobre qualidade de vida e lazer, os alunos são
convidados a pensar sobre sua saúde mental e física e a saúde do nosso planeta.
Através de diferentes tipos de divertimento e das ideias de sucatas se transformarem em brinquedos,
seguimos por um caminho de pesquisas e conversas para delinear estas formas de entretenimento como uma
oportunidade de negócio.
A caixa de diversões, uma das propostas de atividade dos encontros, nos traz à tona a diversão, a
criatividade e a possibilidade da interação como fonte de aprendizado neste processo de brincadeira, que é
muito sério.
A proposta de negócio do 3º ano – Oficina de Brinquedos Ecológicos – permitirá que os alunos soltem
a imaginação e ofereçam aos clientes uma ótima ideia de divertimento: brinquedos ecológicos por eles
produzidos. E mais! Os clientes poderão também, além de comprar os produtos, participar da oficina de
confecção dos mesmos. Os conceitos de divertimento, sustentabilidade e negócio são trabalhados de maneira
envolvente e curiosa, desenvolvendo nos alunos os comportamentos empreendedores necessários para esta
vivência.

17
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Uma vida saudável

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos são apresentados ao universo dos Jovens Empreendedores: Mieko, Pâmela,
Maurício e Leonardo. Estes personagens caracterizam o material e também podem servir de apoio para o
desenvolvimento de explicações como recurso imagético ou contextual em histórias apresentadas.
O encontro trabalha a importância da qualidade de vida para a saúde do ser humano e apresenta o lazer
como uma das possibilidades para se conseguir viver com qualidade.
Brincar é uma das opções de lazer, portanto, resgatar momentos de brincadeira pode ser um caminho
para melhorar a nossa qualidade de vida. O divertimento pode vir a ser uma opção de negócio, mas, para
que isso aconteça, há necessidade de conhecer como as crianças se divertem atualmente. Pesquisar as
preferências de futuros clientes é um dos passos para elaboração de um plano de negócios.
Neste encontro, serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e abordados
os seguintes elementos do plano de negócios:

18
1
ENCONTRO
UMA vIDA SAUDÁvEL

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
Estima-se que a identificação com a atividade desenvolvida é um dos fatores que diferencia a atuação de
um empreendedor, embora não seja o único. Desta forma, este primeiro encontro procura instigar e estimular
os alunos para o tema da diversão como um dos elementos para a qualidade de vida, gerando nível de
interesse pelo tema que permita o desenvolvimento do curso do 3º ano.
Com as atividades desenvolvidas no encontro, os alunos vivenciam situações que estimulam
comportamentos relacionados ao perfil empreendedor:
Comunicação e trabalho em equipe;

• Busca de oportunidades e iniciativa;

19
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Planejamento;

• Organização;

• Criatividade;

• Qualidade de vida.

pLANO DE NEGÓCIOS
Neste primeiro encontro ainda não é definida a proposta de negócio da Oficina de Brinquedos Ecológicos.
Ainda assim, os alunos estudam e buscam informações sobre o assunto, tendo um primeiro contato no
curso com os temas qualidade de vida, saúde e diversão. Também, realizam uma pesquisa para identificar
preferências de lazer e diversão entre crianças de 7 a 9 anos, clientes esperados para o negócio.
Com isso, trabalham elementos relacionados ao passo do plano de negócios: identificação
da oportunidade de mercado e definição do tipo de negócio.

plano de atividades encontro 1

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


- Apresentação dos
personagens pelas imagens
Apresentação do curso Jovens e texto
Empreendedores Primeiros - Leitura do texto inicial do
Livro do Aluno,
Abertura Passos e da turma dos Jovens Encontro 1, com o apoio 20’
lápis grafite
Empreendedores (- Motivação para de imagens para contar a
a temática do curso do 3º ano) história
(- Texto inicial do encontro
Livro do Aluno)
Listar atividades de rotina
Listar atividades Atividade 1 diária Livro do Aluno,
10’
de rotina diária (- Busca de informações) (Atividade 1 – Livro do lápis grafite
Aluno)
Atividade 2
(-Reflexão sobre Qualidade
de vida) Leitura de texto (Atividade
Leitura de texto Livro do Aluno 10’
(- Estudo relacionado ao 2 – Livro do Aluno)
tema – reflexão sobre o tema
qualidade de vida)

20
1
ENCONTRO
UMA vIDA SAUDÁvEL

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Atividade 3
(- Busca de informações;
Selecionar afirmações
Selecionar - Estímulo à qualidade de vida; Livro do Aluno,
(Atividade 3 – Livro do 10’
informações - Estudo relacionado ao tema lápis grafite
Aluno)
do negócio, pelo debate para as
respostas)

Atividade 4
Livro do Aluno, lápis
(- Busca de informações;
grafite, revistas,
- Criatividade; Recorte e colagem
jornais, tesouras e
Recorte e colagem - Organização; (Atividade 4 – Livro do 20’
colas, suficientes
- Estudo relacionado ao tema do Aluno)
para o número de
negócio, pela busca de imagens
alunos da turma
relacionas a hábitos saudáveis)

Atividade 5
(- Busca de informações;
- Planejamento;
Pesquisa de Pesquisa de preferência
- Organização;
preferência sobre sobre opções de lazer e Livro do Aluno,
- Busca de oportunidades e 25’
opções de lazer e diversão(Atividade 5 – Livro lápis grafite
iniciativa;
diversão do Aluno)
- Pesquisa de preferência sobre
opções de lazer e diversão com
possíveis clientes)

Atividade 6
(- Motivação para a temática do
curso;
- Comunicação em equipe;
- Outros estímulos podem
Atividade “Caixa de Livro do Aluno Outros
Atividade “Abrindo ser identificados conforme a
diversões” materiais conforme
a caixa de atividade desenvolvida; 15’
(Atividade 6 – Livro do atividade definida
diversões” - Ampliação do conhecimento sobre
Aluno) previamente
o negócio com a identificação de
brinquedos, jogos ou brincadeiras
que futuramente podem ser
decididos como opções para serem
realizados na oficina)
Atividade de encerramento
Conversa com os alunos
Encerramento (- Comunicação e trabalho em Livro do Aluno 10’
(Resumindo Livro do Aluno)
equipe)
Total 120’

21
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de abertura do curso e do encontro 1

Objetivos:
• Apresentar a turma dos Jovens Empreendedores, formada pelos personagens Mieko,

• Pâmela, Maurício e Leonardo, de forma a gerar identificação dos alunos pelos mesmos.

• Iniciar o Encontro 1.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para os temas qualidade de vida e diversão.

Estratégias sugeridas:
• Apresentação dos personagens pelas imagens e texto.

• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
1ª Etapa: introdução, apresentação da turma dos Jovens Empreendedores
• Tempo estimado: 10 minutos.

• Apresente os quatro personagens principais do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos para os
alunos, utilizando a imagem dos mesmos e o texto de apresentação.

• Conte a história da “TURMA DOS JOVENS EMPREENDEDORES”, que estão no primeiro ano e que estão
aprendendo como é ser um empreendedor. Como a palavra “empreendedor” possivelmente é nova e
complexa para a maioria dos alunos, procure utilizar exemplos simples e da realidade da turma sobre
algo que se queira fazer e o que é preciso para alcançar. Pode-se pensar em coisas do dia a dia escolar,
por exemplo: quando é Dia das Mães, queremos fazer um presente bem bonito para as mamães. Então
pensamos no que fazer e nos dedicamos para fazer benfeito e com carinho. Da mesma forma, a ideia
de sonho a ser alcançado também é um tanto abstrata para os alunos nesta faixa etária. Eles ainda
não conseguem definir um sonho para a vida deles, por isso, a sugestão é simplificar a abordagem para
menores proporções, como no exemplo citado acima.

22
1
ENCONTRO
UMA vIDA SAUDÁvEL

2ª Etapa: Início do Encontro 1


• Tempo estimado: 10 minutos.

• Pergunte aos alunos se eles gostam de se divertir e se julgam que a diversão é algo importante para
as pessoas. Explique que no curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos eles vão falar muito sobre
diversão e perceber como realmente isso

• é importante.

• Faça a leitura do texto inicial do primeiro encontro e estimule os alunos a trocarem ideias sobre o que
acham importante para ter uma vida saudável.

Observação: o professor adota o procedimento de leitura que julgar mais adequado: leitura coletiva,
individual, o professor faz a leitura ou conta o que o texto apresenta, outras formas.

23
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 1 – listar atividades de rotina diária

Objetivo:
• Levantar informações sobe a rotina dos alunos.

Estratégia sugerida:
• Listar atividades de rotina diária (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientação geral:
• Explique para os alunos que, já que qualidade de vida será um tema de discussão nesta atividade, todos
devem listar suas atividades diárias da melhor forma. Feito isso, peça que registrem qual a atividade
preferida de cada um deles, entre a rotina de atividades descrita, como solicitado no Livro do Aluno.

24
1
ENCONTRO
UMA vIDA SAUDÁvEL

atividade 2 – leitura de texto

Objetivo:
• Conhecer o assunto qualidade de vida.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientação geral:
• Promova a atividade de leitura do texto sobre qualidade de vida com os alunos. Ao final, pergunte se
concordam com as informações descritas e o que já tinham ouvido falar sobre o assunto.

25
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 3 – selecionar informações

Objetivo:
• Estudar o tema qualidade de vida, identificando hábitos saudáveis.

Estratégia sugerida:
• Selecionar informações.

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Promova um debate com os alunos perguntando sobre cada informação e se consideram que representa
um hábito saudável ou não e por quê.

• Faça uma breve reflexão com os alunos sobre os seus hábitos saudáveis, ressaltando a importância
desses hábitos para a qualidade de vida.

• Agregue informações e material adicional para favorecer as explicações, se julgar necessário.

26
1
ENCONTRO
UMA vIDA SAUDÁvEL

atividade 4 – recorte e colagem

Objetivo:
• Pesquisar imagens relacionadas a hábitos saudáveis e qualidade de vida.

Estratégia sugerida:
• Recorte e colagem (Atividade 4 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite;

• Revistas, jornais, tesouras, colas, suficientes para o número de alunos da turma.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Forme pequenos grupos com os alunos e distribua o material para a atividade.

• Explique o que é solicitado na atividade, conforme o Livro do Aluno, Atividade 4.

• Ao final, peça que os alunos mostrem uns aos outros o que recortaram como imagem

• representativa de hábitos saudáveis e qualidade de vida e comentem a escolha.

27
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 5 – pesquisa de preferência sobre opções de lazer e


diversão

Objetivo:
• Realizar pesquisa de preferência sobre opções de lazer e diversão.

Estratégia sugerida:
• Fazer pesquisa de preferência sobre opções de lazer e diversão (Atividade 5 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 25 minutos.

Orientações gerais:
• Leia o texto que explica a importância da pesquisa.

• Reforce a importância da pesquisa que farão para conhecer como as pessoas divertem, uma vez que já
sabem que a diversão é importante para ter uma vida saudável.

• Oriente que eles preencham a pesquisa em duplas, um aluno pesquisando o outro.

• Explique que também farão a pesquisa com outras duas crianças.

• Agregue informações e material adicional para favorecer as explicações, se julgar necessário.

Observação: a pesquisa pode ser feita na escola durante as atividades do encontro ou em outro momento,
conforme planejamento. Pode ser combinado com outra turma um momento para se fazer a pesquisa, por
exemplo.

28
1
ENCONTRO
UMA vIDA SAUDÁvEL

atividade 6 – atividade “abrindo a caixa de diversões

Objetivo:
• Estimular a interação e comunicação dos alunos, com foco na diversão.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Abrindo a caixa de diversões” (Atividade 6 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Caixa de Diversões.

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• A caixa de diversões é uma estratégia para o material do 3º ano. Em vários encontros, existirá um
momento planejado para abrir a caixa de diversões. Neste primeiro encontro, a sugestão é que o professor
apresente a caixa de diversões, que pode ser uma caixa, um saco, um baú, ou qualquer outro material.

• Também como sugestão, é possível solicitar a ajuda dos alunos para decorar a caixa de diversões. Neste
caso, será necessário providenciar o material para isso, conforme a caixa de diversões escolhida.

• O professor pode também solicitar que os alunos tragam de casa brinquedos e jogos que possam deixar
na caixa de diversões durante o período do curso, para a diversão de todos da turma. Sugerimos que o
professor privilegie manter na caixa os brinquedos que forem sendo produzidos ao longo do encontro.

• Nestes momentos “Abrindo a caixa de diversões”, a proposta é levar os alunos a se divertirem, vivenciando
uma das propostas do curso. Reforçamos que uma das premissas do curso é a metodologia semiaberta,
na qual o professor deve buscar adaptar as atividades destes momentos, caso julgue necessário.

• Algumas sugestões de recursos para a caixa de diversões são: fantoches, fantasias e máscaras, livros e
revistas, papéis e lápis para desenho (diferentes daqueles usados no cotidiano), CD de música, filmes
infantis, brinquedos antigos, brinquedos desconhecidos pelas crianças, lista de brincadeiras, o nome de
um convidado que visitará e ensinará aos alunos sobre jogos e brincadeiras.

29
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Apresente a caixa de diversões para a turma e estimule a curiosidade de todos para este momento.

• Convide todos a chegarem perto e conhecerem a caixa de diversões. Caso o professor já tenha colocado
algo dentro da caixa, deve promover a exploração destes materiais. Caso o professor não tenha colocado
algo dentro da caixa, trabalhar com a turma a questão do que acham que deve fazer parte da caixa para
que a turma toda se divirta.

• Sugestões de atividades para realizar:

• Tocar uma música animada para a turma;

• Caça ao tesouro: esconder uma ou duas prendas. Os alunos podem ser divididos em grupos ou não para
buscar o tesouro.

30
1
ENCONTRO
UMA vIDA SAUDÁvEL

atividade de encerramento do encontro 1

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 1.

• Encerrar o Encontro 1.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos (Resumindo – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Orientar sobre a atividade “Para casa” que indica os materiais que os alunos precisam trazer para o
próximo encontro:

• 1 pregador de madeira sem a mola;

• 1 caixa de fósforos vazia;

• 6 botões, sendo que quatro deles devem ser iguais e do mesmo tamanho e os outros dois devem ser
menores que os demais e também devem ser iguais entre si.

• Indicar e/ou providenciar material alternativo: revistas, papelão, para poder cortar formato da caixa e
das rodas.

• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o

• “Resumindo descrito no Livro do Aluno.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

31
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Cada um se diverte como


pode e do jeito que sabe

resumindo o encontro

Através da pesquisa, os alunos conhecem informações sobre quais são os divertimentos mais procurados.
Realizando a pesquisa, conhecem também as várias opções de divertimento existentes. Aprendem a tabular
os dados de uma pesquisa e percebem um significado na atividade realizada. A leitura de tabelas e o
desenvolvimento do cálculo matemático são habilidades contempladas no encontro.
Depois de perceberem que o divertimento é uma forma de lazer e uma das possibilidades para melhorar
a qualidade de vida, o grupo toma uma decisão: montar uma OFICINA DE BRINQUEDOS ECOLÓGICOS.
Os alunos realizam neste encontro a primeira ação de construção de brinquedos: constroem um carrinho.
Neste encontro serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e abordados
os seguintes elementos do plano de negócios:

32
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR

• Busca de informações;
• Busca de oportunidades e iniciativa;
• Planejamento e monitoramento sistemáticos;
• Criatividade;
• Comprometimento;
• Tomada de decisões;
• Comunicação e trabalho em equipe.

pLANO DE NEGÓCIOS

Os resultados da pesquisa indicam qual a preferência dos futuros clientes em relação aos divertimentos.
Conhecer a necessidade dos clientes é um dos passos do plano de negócios.
O planejamento geral da oficina se inicia com a organização de um espaço para a sucata.
O sucesso do negócio depende do tempo e interesse destinado a conhecer, entender e pesquisar sobre
o negócio. O momento da construção insere os alunos no contexto de vivência sobre os produtos que vão
construir e vender.
Sintetizando, com relação aos passos do plano de negócios, os alunos realizam, então:
• Ampliação do conhecimento sobre o negócio, conhecendo mais sobre diversão e sucata;
• Pesquisa de mercado – tabulação dos dados e análise inicial das preferências de diversão e lazer;
• Desenvolvimento de ações de produção (início e primeiro contato);
• Definição do tipo de negócio;
• Organização do material necessário para as etapas produtivas.

33
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

plano de atividades encontro 2

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Leitura de texto
com o apoio de
Motivação para a temática do imagens
Abertura Livro do Aluno 5’
curso do 3º ano (Texto inicial do
Encontro
– Livro do Aluno)
Atividade 1
Atividade em grupo
(- Busca de informações;
para tabular os
- Organização;
Tabular dados da dados da pesquisa Livro do Aluno,
- Comunicação e trabalho em 30’
pesquisa (Atividade 1 – Livro lápis grafite
equipe;
do
- Pesquisa de mercado –
Aluno)
tabulação dos dados)
Atividade 2
(- Busca de informações; Debate em grupo
Análise dos dados Livro do Aluno,
- Busca de oportunidades e (Atividade 2 – Livro 10’
pesquisados lápis grafite
iniciativa; do Aluno)
- Análise dos dados pesquisados)
Atividade 3
(- Tomada de decisão;
- Comprometimento; Leitura de texto
- Busca de oportunidade e (Atividade 3 e Para
Livro do Aluno 10’
Decisão do grupo iniciativa; saber mais – Livro
- Identificação da oportunidade do Aluno)
de mercado e definição do tipo de
negócio)

Atividade 4
(- Criatividade;
- Planejamento; Debate em grupo
Um projeto em Livro do Aluno,
- Comprometimento; (Atividade 4 – Livro 15’
construção lápis grafite
- Busca de oportunidades e do Aluno)
iniciativa;
- Planejamento geral do negócio)

Livro do Aluno, material que


os alunos trouxeram para
Atividade 5 construção do brinquedo;
(- Criatividade; Momento da material adicional: papelão,
- Organização; construção revistas que possam ser
Momento da
- Início das ações de construção – caminhãozinho recortadas (como apoio para 20’
construção
de brinquedos e jogos (definição (Atividade 5 – Livro poder cortar formato da
de materiais, etapas de produção, do Aluno) caixa e das rodas, se necessário);
organização) cola branca, tesouras de ponta
suficientes para o número de
alunos da turma

34
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo

Atividade 6
(- Comprometimento;
- Ecossustentabilidade;
Leitura de texto
- Planejamento;
Espaço de sucata (Atividade 6 – Livro Livro do Aluno 10’
- Organização para busca
do Aluno)
de materiais necessários
para construir os brinquedos
ecológicos)

Atividade 7
(- Motivação para a temática do
curso;
- Comunicação em equipe;
*Outros estímulos podem Atividade Caixa de Livro do Aluno, caixa de
ser identificados conforme a diversões” diversões
Abrindo a caixa de
atividade desenvolvida Ampliação (Atividade 7 – Livro * Outros materiais conforme 10’
diversões
do conhecimento sobre o do atividade definida
negócio com a identificação de Aluno) previamente
brinquedos, jogos ou brincadeiras
que futuramente podem ser
decididos como opções para ser
realizados na oficina)

Conversa com os
Atividade de encerramento alunos
Encerramento Livro do Aluno 10’
(• Trabalho em equipe) (Resumindo
Livro do Aluno)

Total 120’

35
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de abertura do encontro 2

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 2.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Apresente a história inicial do Encontro 2.

• Oriente que neste encontro eles vão trabalhar com os dados da pesquisa que os alunos realizaram.

• Pergunte se alguém já participou de alguma oficina de brinquedos ecológicos, se conhecem o que é ou


se têm um brinquedo ecológico.

36
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

atividade 1 – tabular os dados da pesquisa

Objetivo:
• Tabular os dados da pesquisa.

Estratégia sugerida:
• Atividade em grupo para tabular os dados da pesquisa (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 30 minutos.

Orientações gerais:
• Forme duplas com os alunos e peça que somem as respostas conforme as questões das pesquisas.

• Cada aluno terá um total de três pesquisas respondidas em mãos:

• a que pesquisaram com um colega de turma;

• as duas que pesquisaram com outras duas crianças.

• Oriente o preenchimento da tabela para tabulação dos dados. Para cada opção de resposta existem
seis caixinhas, que eles podem pintar, fazer um X ou outra marcação. Ainda, podem contar e colocar a
numeração indicativa.

• Assim que as duplas concluírem, solicite que todos compartilhem os resultados que alcançaram e faça a
etapa final da tabulação. Elabore uma tabela e faça os cálculos com a colaboração dos alunos.

37
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 2 – análise dos dados pesquisados

Objetivo:
• Análise dos dados da pesquisa.

Estratégia sugerida:
• Debate em grupo (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Observação:
• Analisar o resultado geral da pesquisa com os alunos e solicitar que registrem as respostas concluindo as
preferências das crianças pesquisadas.

38
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

atividade 3 – decisão do grupo

Objetivo:
• Definir o negócio.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 3 e Para saber mais – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Faça a leitura do texto sobre a decisão de montar uma oficina de brinquedos ecológicos com os alunos.
Estimule o interesse dos alunos pela proposta, sensibilizando-os para o negócio que vão montar.

• Leia também o “Para saber mais” que apresenta a problemática do lixo e da vantagem de utilizar
materiais que seriam descartados como benefício para a natureza.

39
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 4 – um projeto em construção

Objetivo:
• Fazer um planejamento geral do negócio.

Estratégia sugerida:
• Debate em grupo (Atividade 4 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• Faça um debate com os alunos sobre como eles imaginam que poderá ser a oficina.

• Oriente que fechem os olhos, se achar adequado. Estimule que imaginem situações variadas e
compartilhem tudo que lhes vier à cabeça, formando uma lista da turma que os alunos podem copiar.

• Explique sobre a atividade “Para casa”: oriente que façam um desenho sobre como imaginam que será a
oficina e tragam para o próximo encontro.

Observação: esta atividade é uma adaptação simplificada da técnica do brainstorming, que também
pode ser desenvolvida com os alunos se o professor julgar adequada, lembrando que ainda terão outros
momentos de definição pelos próximos encontros (definição do nome e dos brinquedos que farão, por
exemplo).

40
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

atividade 5 – momento da construção

Objetivo:
• Desenvolver ações de construção de brinquedos e jogos.

Estratégia sugerida:
• Atividade ‘Momento da construção’ (Atividade 5 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Material que os alunos trouxeram para construção do brinquedo.

• Material adicional:

• Papelão e revistas que possam ser recortadas (como apoio para poder cortar formato da caixa e das
rodas, se necessário).

• Cola branca, tesouras de ponta suficientes para o número de alunos da turma.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Organize grupos de trabalho.

• Oriente que utilizem o material que trouxeram e, seguindo o passo a passo do Livro do Aluno, construam
o caminhãozinho.

• Acompanhe esta construção passo a passo para auxiliar os alunos.

• Ao final, pergunte se gostaram do resultado e de como ficou o caminhãozinho, e também se já tinham


construído algum brinquedo de sucata e o que acharam da experiência.

• Questione se eles acham que o caminhãozinho pode ser um brinquedo para a oficina.

41
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Observações e sugestões:
• Sugerimos a organização de um material de apoio para os momentos de construção, considerando o
número de alunos da turma:
. tesouras sem ponta;
. tubos de cola branca;
. régua;
. lápis de cor;
. canetas hidrocor;
. giz de cera;
. rolo de barbante;
. papel sulfite;
. tinta acrílica, cores disponíveis;
. pincéis;
. pano de limpeza;
. furador;
. grampeador;
. fita adesiva.

• Lembramos que o “Momento de construção” é presente em vários encontros. Nos momentos de construção,
os alunos liberam a criatividade, trabalham em equipe e vivenciam etapas de desenvolvimento de
produtos para a oficina.

• Os brinquedos e jogos criados durante os encontros poderão ser (e possivelmente serão) produtos para
venda na oficina de brinquedos ecológicos, entre outros que se possa fazer relacionados ao tema do
curso do 3º ano. Neste caso, eles poderão construir caminhõezinhos similares a este como um brinquedo
que será produto de venda na oficina. Por isso, durante os trabalhos produtivos com os alunos, orientar
constantemente para a importância da organização, de fazer benfeito e de caprichar, do trabalho em
equipe, valorizando a iniciativa, as ideias e a participação dos alunos.

• Sempre que possível, colocar os alunos para trabalhar em grupos, desenvolvendo estas etapas de
construção ao longo dos encontros.

• À medida que ocorre a construção dos brinquedos e jogos, a cada encontro, pergunte para os alunos de
onde é que vêm tais materiais e produtos que estão sendo usados. Reforce a ideia do reaproveitamento
de materiais que seriam lixo e também traga para o trabalho a ideia de que são necessários fornecedores.

• Sugerimos fazer um cartaz ou fichas para relacionar os materiais usados para cada tipo de produto,
podendo colocar também o preço. Desta forma, será possível utilizar estes cartazes ou fichas nos encontros

42
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

seguintes e especialmente para definição do preço de venda, além de estimular o comportamento


empreendedor, o planejamento e o monitoramento sistemático.

Modelos de sugestão:

1 – Ficha de cada produto


PRODUTO:
Tempo de Construção:
Material Quantidade Valor

Total

*Sobre preço de materiais recicláveis, como garrafas PET, latinhas, embalagens longa vida, papelão e outros:
• consulte na cidade ou região os valores praticados na venda destes materiais, uma vez que são valores
que variam consideravelmente entre diversas regiões do Brasil;
• importante ressaltar que mesmo tais materiais sendo trazidos pelos alunos, é indicado considerar o
custo de cada um deles, mesmo que estimado, para efeito de definição dos preços dos brinquedos e jogos
– a definição de preços ocorrerá no Encontro 11.

2 – Tabela para controle dos gastos gerais eventuais, por exemplo, com aquisição de cola, fita adesiva, lápis
de cor e outros itens.
GASTOS GERAIS
Descrição / Material Quantidade Valor

Total

*É possível trabalhar as fichas e tabelas, num primeiro momento, sem os valores, acrescentando tal informação
no momento de definir os preços.

43
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 6 – espaço da sucata

Objetivo:
• Orientar a coleta de materiais para construção dos brinquedos e jogos ecológicos.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 6 – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Leia o texto orientando sobre a organização do espaço da sucata para que tenham material para a
construção dos brinquedos e jogos ecológicos.

• Combine com os alunos o que poderá ser trazido e que não se espera que se traga.

• Enfatize a questão de que os materiais venham limpos e conservados, para que possam ser devidamente
utilizados.

• Informe que será indicado o momento para que tragam tais materiais para a escola.

Observações e sugestões:
• Preparar desde já o local na sala de aula ou na escola para guardar tais materiais quando forem solicitados
aos alunos que os tragam.

• É possível fazer parceria com alguma empresa para conseguir algum material:

• restaurantes, padarias, mercados, lojas em geral.

• Procure identificar o material que seja descartado mais expressivamente na cidade ou região, conforme
vocação econômica local, para possível trabalho com tais materiais, desde que os mesmos sejam passíveis
de manuseio pelos alunos nesta faixa etária. Por exemplo, existem cidades com várias confecções –
os resíduos de tecidos, os cones de linha vazios etc. podem ser fonte de inspiração para a Oficina de
Brinquedos Ecológicos.

44
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

atividade 7 – “abrindo a caixa de diversões

Objetivo:
• Estimular a interação e comunicação dos alunos, com foco na diversão.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Abrindo a caixa de diversões” (Atividade 7 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Caixa de diversões.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Convide os alunos para o momento de diversão.

• Proponha que brinquem com os caminhõezinhos construídos neste encontro.

• Enfatize que a diversão contribui para a saúde e a qualidade de vida de todos.

• Reforce com os alunos a importância do reaproveitamento do material que seria jogado no lixo como
fonte de trabalho na oficina de brinquedos ecológicos, como uma atitude consciente e cidadã.

Outras sugestões de atividades para realizar:


• Pular corda – utilizar corda ou material similar, preferencialmente que seria descartado.

• Contar uma história sobre a importância da reciclagem usando um fantoche feito de meia usada,
embalagem de saco de papel ou outro material reciclável.

45
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de encerramento do encontro 2

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 2.

• Encerrar o Encontro 2.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

46
2
ENCONTRO
CADA UM SE DIvERTE COMO
pODE E DO JEITO QUE SABE

47
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Conhecendo lugares e
opções de diversão

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos ampliam a visão sobre a oportunidade de negócio, que é a diversão. Fazem
isso conversando sobre lugares de lazer e divertimento da cidade em que moram e também falando sobre o
circo e o teatro como opções de cultura e lazer. Conhecem a importância de planejamento para realizar um
sonho e se divertem criando máscaras e soltando a imaginação, brincando de ser o que não é num teatro de
máscaras.
Neste encontro serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e abordados
os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Busca de informações;
• Busca de oportunidades e iniciativa;
• Cidadania;

48
3
ENCONTRO
CONHECENDO LUGARES
E OpÇÕES DE DIvERSÃO

• Criatividade;
• Organização;
• Comunicação e trabalho em equipe;
• Planejamento e monitoramento sistemáticos.

pLANO DE NEGÓCIOS
• Ampliação do conhecimento sobre a oportunidade de mercado (visão de mercado);

• Ampliação do conhecimento sobre o negócio;

• Desenvolvimento de ações de construção de brinquedos e jogos.

plano de atividades encontro 3

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo

Motivação para a temática do Leitura do texto com o apoio de


curso do 3º ano imagens
Abertura Livro do Aluno 10’
(- Conhecimento da (Texto inicial do Encontro – Livro
oportunidade de mercado) do Aluno)

Atividade 1 Livro do Aluno, lápis


(- Busca de informações; grafite, revistas, jornais e
Conhecendo
- Busca de oportunidades e Conversa com a turma e recorte folhetos com informações
lugares e opções
iniciativa; e colagem (Atividade 1 – Livro da 35’
de diversão na
- Conhecimento do mercado do Aluno) cidade, tesouras e colas –
cidade
de atuação e do negócio (visão suficientes para o número
de mercado) de alunos da turma

Atividade 2
(- Busca de oportunidades e
iniciativa; Escrever dica cultural (Atividade Livro do Aluno,
Escrever dica 15’
- Conhecimento do mercado 2 – Livro do Aluno) lápis grafite
cultural
de atuação e do negócio (visão
de mercado)
Atividade 3
Ouvir música e completar frases Livro do Aluno, lápis
Ouvir música (- Criatividade;
(Atividade 3 – Livro do grafite, música “O circo”, 15’
“O circo” - Conhecimento do negócio:
Aluno) aparelho de som
opções de diversão)

49
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Atividade 4
(- Criatividade;
- Organização; Livro do Aluno; material
- Comunicação e trabalho em para fazer máscaras:
equipe; moldes, papel cartolina,
- Busca de oportunidades e Atividade “Abrindo a caixa de papelão, lápis
Abrindo a caixa iniciativa; diversões de cor, canetas hidrocor,
35’
de diversões - Conhecimento do negócio: (Atividade 4 – Livro do barbante; outros
teatro como opção de Aluno) materiais: adereços
diversão; variados, como colares,
- Ações de construção de pulseiras, chapéu, óculos,
brinquedos e jogos (definição sucatas diversas
de materiais, etapas de
produção, organização)

Atividade de encerramento Conversa com os alunos


Encerramento Livro do Aluno 10’
(Trabalho em equipe) (Resumindo – Livro do Aluno)

Total 120’

50
3
ENCONTRO
CONHECENDO LUGARES
E OpÇÕES DE DIvERSÃO

atividade de abertura do encontro 3

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 3.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

• Despertar interesse para ampliar conhecimento sobre lugares que divertem e possibilitam lazer.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Apresente o texto com as informações sobre lugares que divertem e possibilitam lazer.

• Pergunte aos alunos de quem eles acham que são as praças e os parques de uma cidade. Leve à conclusão
sobre a importância de todos cuidarem com responsabilidade das áreas públicas, para que possam
usufruir as mesmas de forma saudável e sustentável.

51
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 1 – conhecendo lugares e opções de diversão na cidade

Objetivo:
• Ampliar o conhecimento do mercado de atuação e do negócio.

Estratégia sugerida:
• Conversa com a turma e recorte e colagem (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

• Revistas, jornais e folhetos com informações da cidade, tesouras e colas (suficientes para o número de
alunos da turma).

Tempo estimado:
• 35 minutos.

Orientações gerais:
• Oriente que os alunos se reúnam em duplas ou grupos com mais participantes e respondam à questão
1.1, compartilhando nomes de lugares de diversão que conhecem na cidade onde moram.

• Para a questão 1.2, disponibilize material de pesquisa (revistas, jornais, panfletos da cidade, outros) para
que recortem e colem informações sobre espaços de lazer e diversão para as crianças na cidade.

• Peça que os alunos compartilhem seus registros e que respondam à questão 1.3, dizendo que outros
espaços de lazer e diversão acham importante de serem criados, e por quê. A ideia principal aqui é trabalhar
o estimulo à cidadania, pela identificação com a cultura local e também a visão de oportunidades.

52
3
ENCONTRO
CONHECENDO LUGARES
E OpÇÕES DE DIvERSÃO

atividade 2 – escrever dica cultural

Objetivo:
• Ampliar conhecimento do mercado de atuação e do negócio.

Estratégia sugerida:
• Escrever dica cultural (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.
• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• Oriente que, individualmente ou em grupos, os alunos elaborem uma dica cultural partindo da pesquisa
que fizeram na atividade anterior.
• O primeiro passo é identificar qual a dica cultural que indicarão para outras pessoas se divertirem e
ampliarem sua qualidade de vida.
• Procure disponibilizar a(s) dica(s) cultural(is) num mural da escola, por exemplo.

Sugestões:
• A internet é um recurso que pode ser usado tanto no momento da pesquisa (atividade 1) como no
momento de divulgar a dica cultural, se for viável ao ambiente escolar.
• Procure buscar informações das mais variadas opções culturais da cidade para disponibilizar com os
alunos, por exemplo:
• biblioteca;
• quermesses ou festas folclóricas e regionais;
• jogos esportivos;
• praças, parques, zoológicos;
• museus;
• visitas a bairros específicos da cidade;
• fazendas, sítios;
• escolas técnicas, faculdades, universidades e institutos de ensino;
• shows, teatros, espetáculo circense;
• centros de lazer de empresas da cidade ou região;
• eventos em datas comemorativas locais e regionais.

53
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 3 – ouvir música “o circo”

Objetivo:
• Ampliar conhecimento do mercado de atuação e do negócio.

Estratégia sugerida:
• Ouvir música e completar frases (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;
• Lápis grafite;
• Música “O circo” e aparelho de som.

Sugestão:
• Entregar a letra da música para os alunos acompanharem.

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• Estimule o interesse das crianças para ouvir uma música sobre um lugar que diverte crianças e adultos.
Um lugar cheio de atrações, de surpresas e de alegria.
• Coloque a música e peça que os alunos fiquem atentos ao que ela diz.
• Ao final da música, questione aos alunos sobre que lugar a música fala.
• Pergunte se o circo realmente é um lugar que diverte na opinião deles, quem já foi ao circo e que mais gostou.
• Comente que as atividades que os artistas circenses desenvolvem certamente precisam de bastante
treino. Faça um comparativo falando do malabarista, por exemplo: “será que já na primeira vez ele
consegue fazer malabares? Quanto tempo será que leva para aprender? E quanto tempo será que todos
os artistas treinam e ensaiam para dar tudo certo?”
• Com esta abordagem e conversa com a turma, leia o texto “Para saber mais”, explicando e enfatizando
o que é planejar e a importância do planejamento para alcançar algo que se quer. Faça a relação deste
assunto com a oficina de brinquedos ecológicos.

Observações e sugestões:
• Conforme o contexto, pode ser interessante trazer para a sala imagens e/ou vídeos que ilustrem o circo
e seus artistas.

54
3
ENCONTRO
CONHECENDO LUGARES
E OpÇÕES DE DIvERSÃO

atividade 4 – atividade “abrindo a caixa de diversões

Objetivo:
• Estimular a interação e comunicação dos alunos, com foco na diversão.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Abrindo a caixa de diversões (Atividade 4 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Material para fazer máscaras: moldes, papel cartolina, papelão, lápis de cor, canetas hidrocor, barbante;

• Outros materiais: adereços variados, como colares, pulseiras, chapéu, óculos, sucatas diversas.

• Sugestão de material de apoio para os momentos de construção de jogos e brinquedos, considerando


número de alunos da turma:

• tesouras sem ponta;


• tubos de cola branca;
• régua;
• lápis de cor;
• canetas hidrocor;
• giz de cera;
• rolo de barbante;
• papel sulfite;
• tinta acrílica, cores disponíveis;
• pincéis;
• pano de limpeza;
• furador;
• grampeador;
• fita adesiva.
Tempo estimado:
• 35 minutos.

Orientações gerais:
• Convide os alunos para o momento de diversão. Este momento “Abrindo a caixa de diversões” alia o fazer
ao se divertir: os alunos vão fazer máscaras para brincar de teatro de máscaras. Tanto o fazer a máscara,
como o brincar com ela posteriormente são momentos que podem possibilitar diversão.

• Disponibilize o material para a construção das máscaras e oriente os alunos para a atividade.

55
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Enfatize que o teatro é cultura e lazer, ensina e diverte as pessoas.

Observações e sugestões:
• Priorize utilizar sucatas e materiais que seriam descartados a comprar materiais como cartolina, por
exemplo. Use caixas de sapato ou outras embalagens, papelão, barbante, para servir de base para a
construção das máscaras e também use como adereços sucatas disponíveis.

• É possível deixar que os alunos criem as máscaras que quiserem, a partir de modelos sugeridos ou não.

• Da mesma forma, é possível deixar que cada um crie a máscara pensando na história que quiser para o
teatro de máscaras, ou fazer grupos e sugerir temas. Ainda, uma ideia interessante é propor um tema
para a turma toda, por exemplo, o circo, os animais ou outros.

Importante:
• A construção das máscaras nesta atividade também é um “Momento de construção.

• Nos momentos de construção, os alunos liberam a criatividade, trabalham em equipe e vivenciam etapas
de desenvolvimento de produtos para a oficina.

• Os brinquedos e jogos criados durante os encontros poderão ser (e possivelmente serão) produtos para
venda na oficina de brinquedos ecológicos, entre outros que se possa fazer relacionados ao tema do
curso do 3º ano. Neste caso, eles poderão construir máscaras como um produto de venda na oficina. Por
isso, durante os trabalhos produtivos com os alunos, orientar constantemente para a importância da
organização, de fazer benfeito e de caprichar, e do trabalho em equipe, valorizando a iniciativa, as ideias
e a participação dos alunos.

• Sempre que possível, colocar os alunos para trabalhar em grupo desenvolvendo estas etapas de
construção ao longo dos encontros.

• À medida que ocorre a construção dos brinquedos e jogos, a cada encontro, pergunte para os alunos de
onde é que vêm tais materiais e produtos que estão sendo usados. Reforce a ideia do reaproveitamento
de materiais que seriam lixo e também traga ao trabalho a ideia de que são necessários fornecedores.

• Sugerimos fazer um cartaz ou fichas para relacionar os materiais usados para cada tipo de produto,
podendo colocar também o preço. Desta forma, será possível utilizar estes cartazes ou fichas nos encontros
seguintes e especialmente para definição do preço de venda, além de estimular o comportamento
empreendedor, o planejamento e o monitoramento sistemático (sugestão de modelos no Encontro 2).

56
3
ENCONTRO
CONHECENDO LUGARES
E OpÇÕES DE DIvERSÃO

atividade de encerramento do encontro 3

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 3.

• Encerrar o Encontro 3.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

57
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Planejando a oficina de
brinquedos ecológicos

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos elaboram o planejamento para montar a oficina de brinquedos ecológicos.
Este planejamento será monitorado durante os próximos encontros, como uma prática empreendedora. Os
alunos definem o local de funcionamento da oficina, considerando- se as possibilidades do ambiente escolar.
Consultando o resultado da pesquisa de preferência sobre divertimentos e opções de lazer, e com um debate
com a turma, os alunos definem que brinquedos, jogos e brincadeiras pretendem oferecer na oficina.
Neste encontro serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e abordados
os seguintes elementos do plano de negócios:

58
4
ENCONTRO
pLANEJANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Planejamento e monitoramento sistemáticos;

• Busca de informações;

• Busca de oportunidades e iniciativa;

• Planejamento e monitoramento sistemáticos;

• Exigência de qualidade e eficiência;

• Criatividade;

• Organização;

• Tomada de decisão.

pLANO DE NEGÓCIOS
• Elaboração do planejamento para montar a oficina;

• Conhecimento sobre o negócio e produtos;

• Definição do local da oficina de brinquedos ecológicos;

• Definição de brinquedos, jogos e brincadeiras para a oficina de brinquedos ecológicos;

• Desenvolvimento de ações de construção de brinquedos e jogos.

59
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

plano de atividades encontro 4

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Leitura do texto com o apoio
Motivação para a temática do
de imagens
Abertura curso do 3º ano Livro do Aluno 5’
(Texto inicial do Encontro
(- Orientação para planejamento)
– Livro do Aluno)
Livro do Aluno, lápis
Atividade 1 grafite, material
Planejamento para (- Planejamento e Montar cartaz de para fazer o cartaz:
montar a Oficina de monitoramento sistemático; planejamento (Atividade 1 – cartolina, canetas 20’
Brinquedos Ecológicos - Planejamento geral – Livro do Aluno) hidrocor, giz de cera,
elaboração do plano de negócios) lápis de cor, régua,
tesoura
Leitura de texto e ligar
Atividade 2
Conhecendo mais figuras Livro do Aluno,
(- Busca de informações; 15’
sobre o negócio (Atividade 2 – Livro do lápis grafite
- Conhecimento do negócio)
Aluno)
Definir local em conversa
Atividade 3
com a turma Livro do Aluno,
Definir local (- Tomada de decisões; 10’
(Atividade 3 – Livro do lápis grafite
- Definição do local)
Aluno)
Atividade 4 Definir brinquedos, jogos e
Definir brinquedos, (- Tomada de decisões; brincadeiras para a oficina
Livro do Aluno,
jogos e brincadeiras - Definição de produtos: em conversa com a turma 15’
lápis grafite
para a oficina brinquedos, jogos e brincadeiras (Atividade 4 – Livro do
para a oficina) Aluno)
Livro do Aluno;
Atividade 5 material para fazer
(- Busca de informações; o jogo de argolas:
- Busca de oportunidades e garrafa PET 2 litros
Atividade “Momento da
iniciativa; ou
Atividade “Momento construção
- Criatividade; 1,5 litros, tesoura, 30’
da construção” (Atividade 5 – Livro do
- Organização; régua, caneta, tinta
Aluno)
- Conhecimento de produtos; acrílica nas cores
- Ações de construção de disponíveis, pincéis,
brinquedos e jogos) fitas
adesivas coloridas
Atividade 6 Livro do Aluno, jogo
(- Criatividade; das argolas, fichas
Atividade “Abrindo a caixa
Atividade “Abrindo a - Comunicação e trabalho em com nomes de
de diversões” (Atividade 6 – 20’
caixa de diversões” equipe; brincadeiras, caixa ou
Livro do Aluno)
- Conhecimento do negócio e de saco para colocar as
produtos) fichas
Conversar com os alunos
Atividade de encerramento
Encerramento (Resumindo – Livro do Livro do Aluno 5’
(- Trabalho em equipe)
Aluno)
Total 120’

60
4
ENCONTRO
pLANEJANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade de abertura do encontro 4

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 4.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

• Estimular a prática do planejamento e monitoramento sistemáticos.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Apresente a história inicial do encontro reforçando a importância do planejamento.

• Convide os alunos a praticarem a característica empreendedora planejamento e monitoramento


sistemático, acompanhando o planejamento para a montagem da oficina de brinquedos ecológicos, na
próxima atividade.

61
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 1 – planejamento para montar a oficina de brinquedos


ecológicos

Objetivo:
• Planejar a montagem da Oficina de Brinquedos Ecológicos.

Estratégia sugerida:
• Montar cartaz de planejamento (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite;

• Material para fazer o cartaz: cartolina, canetas hidrocor, giz de cera, lápis de cor, régua, tesoura.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Pergunte aos alunos sobre atividades nas quais eles já tenham planejado: brincar na casa de um amigo,
ir a uma festa, fazer uma viagem, outras situações.

• Explique que para a montagem da oficina é importante pensar em tudo que se precisa fazer, buscando
não esquecer nenhum detalhe importante.

• Assim, apresente aos alunos os passos de planejamento para montar a oficina de brinquedos ecológicos
como descritos no Livro do Aluno, e faça um debate orientando que assinalem o que já foi feito.

• Informe aos alunos que será construído um cartaz com todas estas atividades deplanejamento para
montar a oficina.

• Convide os alunos a colaborarem na elaboração do cartaz.

62
4
ENCONTRO
pLANEJANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

Observações e sugestões:
• O professor pode apresentar o cartaz previamente elaborado, se preferir.

• O cartaz pode ser feito pelos alunos, escrevendo os passos de planejamento ou estes podem ser levados
já impressos e recortados em faixas de papel, para que os alunos os colem e decorem o cartaz.

• Procure usar material alternativo, valorizando a proposta de negócio do 3º ano. Por exemplo, o cartaz pode
ser feito tendo como base uma caixa de papelão desmontada, colam-se ou escrevem-se os passos previstos,
e a decoração do cartaz pode ser feita com sucata e outros materiais que seriam descartados como lixo.

• O ideal é que este cartaz fique afixado na sala de aula durante as atividades do curso.

• O cartaz servirá para acompanhamento do planejamento realizado, nos encontros futuros. A marcação
dos passos de planejamento realizados ocorrerá, portanto, gradativamente.

63
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 2 – conhecendo mais sobre o negócio

Objetivo:
• Ampliar o conhecimento sobre o negócio.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto e ligar figuras (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto com os alunos.

• Comente sobre o fato de algumas brincadeiras serem bastante conhecidas e que algumas delas mudam
de nome conforme o lugar onde são realizadas. Ainda, fale que muitas brincadeiras sofreram e sofrem
adaptações conforme o tempo vai passando, para que fiquem cada vez mais legais, ensinem coisas boas
e divirtam as crianças.

• Solicite que os alunos realizem a etapa 2.1 da atividade ligando as brincadeiras aos seus respectivos
nomes.

• Pergunte se todos conhecem aquelas brincadeiras ou se as conhecem por algum nome diferente.

64
4
ENCONTRO
pLANEJANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade 3 – definir o local


Objetivo:
• Definir o local de funcionamento da oficina de brinquedos ecológicos.

Estratégia sugerida:
• Definir o local com conversa com a turma (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientação geral:
• Promova uma conversa com os alunos para decisão do local de funcionamento da oficina de brinquedos
ecológicos. Esta decisão fica condicionada ao planejamento para encerramento do curso, conforme a
decisão de cada escola e/ou município.

65
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 4 – definir brinquedos, jogos e brincadeiras para a


oficina

Objetivo:
• Definição de produtos: brinquedos, jogos e brincadeiras para a oficina.

Estratégia sugerida:
• Definir brinquedos, jogos e brincadeiras para a oficina em conversa com a turma

• (Atividade 4 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

• Tempo estimado:

• 15 minutos.

• Orientações gerais:

• Promova uma conversa com os alunos para decisão de quais brinquedos e jogos podem construir para
vender na oficina; quais brinquedos podem fazer no dia da oficina para ensinar outras crianças; quais
brincadeiras podem ser feitas para divertir os clientes.

• Solicite que os alunos consultem a pesquisa de preferência sobre opção de divertimento e lazer para
tomar esta decisão.

• Observações:

• Esta decisão também pode ser influenciada conforme o local disponível para a oficina.

• Esta lista pode ser adequada a qualquer momento, caso perceba-se a inviabilidade de algo que foi
decidido, no decorrer das atividades nos próximos encontros.

• É interessante levar os alunos para olhar as sucatas trazidas para pensar no que pode ser feito.

66
4
ENCONTRO
pLANEJANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade 5 – atividade “momento da construção

Objetivo:
• Desenvolver ações de construção de brinquedos e jogos.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Momento da construção” (Atividade 5 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.
• Material para fazer o jogo de argolas:
• garrafa PET 2 litros ou 1,5 litros;
• tesoura;
• régua;
• caneta;
• tinta acrílica nas cores disponíveis;
• pincéis;
• fitas adesivas coloridas.
• Sugestão de material de apoio para os momentos de construção de jogos e brinquedos, considerando o
número de alunos da turma:
• tesouras sem ponta;
• tubos de cola branca;
• régua;
• lápis de cor;
• canetas hidrocor;
• giz de cera;
• rolo de barbante;
• papel sulfite;
• tinta acrílica, cores disponíveis;
• pincéis;
• pano de limpeza;
• furador;
• grampeador;
• fita adesiva.

67
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Observações e sugestões:
• Com este material se constrói um jogo de argolas. Providenciar/solicitar aos alunos tantas garrafas
quantas forem necessárias para fazer a quantidade de jogos de argolas que se queira.
• Sugerimos que para uma turma de 30 alunos sejam construídos 6 jogos.

Tempo estimado:
• 30 minutos.

Orientações gerais:
• Explique aos alunos o passo a passo para a construção do jogo:
• Marcar o local onde cortar a garrafa e riscar com a caneta.
• Cortar a garrafa (use tesoura ou estilete, se preferir).
• Unir a parte de baixo com a parte de cima da garrafa, formando a base (o alvo) para o jogo das argolas.
• É desejável colocar areia, pedrinhas ou outro material que deixe a base mais pesada.
• Decorar as argolas e a base como se queira: pintura, fitas adesivas ou outra forma.
• Está pronto o jogo!

Observação e sugestão:
• O professor pode deixar as garrafas já cortadas, evitando o manuseio do material pelos alunos, nesta
etapa. Neste caso, explicar passo a passo como foi feito.

Importante:
• Os brinquedos e jogos criados durante os encontros poderão ser (e possivelmente serão) produtos para venda
na oficina de brinquedos ecológicos, entre outros que se possa fazer relacionados ao tema do curso do 3º ano.
Neste caso, eles poderão construir jogos de argolas como um produto para venda na oficina. Por isso, durante
os trabalhos produtivos com os alunos, orientar constantemente para a importância da organização, de fazer
benfeito e de caprichar, e do trabalho em equipe, valorizando a iniciativa, as ideias e a participação dos alunos.
• Sempre que possível, colocar os alunos para trabalhar em grupo, desenvolvendo estas etapas de
construção ao longo dos encontros.
• À medida que ocorre a construção dos brinquedos e jogos, a cada encontro, pergunte para os alunos de
onde é que vêm tais materiais e produtos que estão sendo usados. Reforce a ideia do reaproveitamento
de materiais que seriam lixo e também traga ao trabalho a ideia de que são necessários fornecedores.
• Sugerimos fazer um cartaz ou fichas para relacionar os materiais usados para cada tipo de produto,
podendo colocar também o preço. Desta forma, será possível utilizar estes cartazes ou fichas nos encontros
seguintes e especialmente para definição do preço de venda, além de estimular o comportamento
empreendedor, o planejamento e o monitoramento sistemático (sugestão de modelos no Encontro 2).

68
4
ENCONTRO
pLANEJANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade 6 – atividade “abrindo a caixa de diversões”

Objetivo:
• Estimular a interação e comunicação dos alunos, com foco na diversão.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Abrindo a caixa de diversões”(Atividade 6 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• jogo das argolas (construído na atividade anterior);

• fichas com nomes de brincadeiras, caixa ou saco para colocar tais fichas.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Promova algumas rodadas de brincadeira com o jogo das argolas.

• Na sequência, convide os alunos para realizar uma brincadeira: jogo de mímica.

• Previamente, prepare fichas com nomes de brincadeiras diversas e coloque-as numa caixa ou saco.

• A brincadeira consiste em um aluno sortear uma dessas fichas para fazer a mímica da brincadeira para
os outros tentarem adivinhar.

• Faça algumas rodadas individuais e outras em duplas ou pequenos grupos.

• Ao final, comente que uma caixa com fichas para mímica pode ser um dos produtos a ser vendido na
oficina.

Sugestões de nomes de brincadeiras para a atividade:


• amarelinha – pular corda – corrida de saco – cabra-cega – corrida de obstáculos – vôlei – basquete
– boliche – passa-anel – corrida da batata na colher – corrida com pneus – peteca – pião – bambolê –
marcha soldado – empinar pipa.

69
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de encerramento do encontro 4

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 4.

• Encerrar o Encontro 4.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

70
4
ENCONTRO
pLANEJANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

71
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Construindo com sucata

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos trazem e organizam as sucatas e outros materiais para a construção de jogos
e brinquedos para a oficina. Também constroem um brinquedo livremente, usando a criatividade e pensando
na qualidade do produto. Serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e
abordados os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Planejamento e monitoramento sistemáticos;
• Comprometimento;
• Organização;
• Persistência;
• Comunicação e trabalho em equipe;
• Exigência de qualidade e eficiência;
• Criatividade;
• Independência e autoconfiança.

72
5
ENCONTRO
CONSTRUINDO COM SUCATA

pLANO DE NEGÓCIOS
• Ampliação do conhecimento do negócio e dos produtos;
• Definição do nome da oficina;
• Organização de material para construção de brinquedos e jogos;
• Ações de construção de brinquedos e jogos.

plano de atividades encontro 5

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Motivação para a temática do curso Leitura do texto com o apoio
do 3º ano de imagens
Abertura Livro do Aluno 5’
(- Estímulo à diferenciação de (Texto inicial do Encontro
produtos) – Livro do Aluno)
Atividade 1
(- Planejamento e monitoramento
sistemático;
- Organização;
Organizar sucata e outros
- Comprometimento; Livro do Aluno,
Organizar sucata e materiais
- Comunicação e trabalho em material trazido 20’
outros materiais (Atividade 1 – Livro do
equipe; pelos alunos
Aluno)
- Exigência de qualidade e
eficiência;
- Organização de material para
construção de brinquedos e jogos)
Atividade 2
(- Criatividade; Livro do Aluno,
- Comunicação e trabalho em Definir o nome da oficina lápis grafite, folhas
Definir o nome da
equipe; (Atividade 2 – Livro do sulfite, lápis de cor, 30’
oficina
- Tomada de decisão; Aluno) giz de cera, canetas
- Definição do nome da hidrocor
oficina)
Atividade 3
(- Busca de informações; Leitura de texto (Atividade
Livro do Aluno 10’
- Conhecimento do negócio e dos 3 – Livro do Aluno)
Leitura de texto
produtos)

73
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Livro do Aluno,
material de sucata e
Atividade 4 outros que os alunos
(- Criatividade; trouxeram, material
Atividade “Momento de
Atividade - Exigência de qualidade e de apoio: papel
Construção”
“Momento da eficiência; sulfite, 50’
(Atividade 4 – Livro do
Construção” - Organização; lápis de cor, canetas
Aluno)
- Ações de construção de brinquedos hidrocor, régua,
e jogos) tesouras, fita adesiva,
grampeador, furador,
barbante
Conversa com os alunos
Atividade de encerramento (-
Encerramento (Resumindo – Livro do Livro do Aluno 5’
Comunicação e trabalho em equipe)
Aluno)
Total 120’

74
5
ENCONTRO
CONSTRUINDO COM SUCATA

atividade de abertura do encontro 5

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 5.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientação geral:
• Leia o texto apresentando a história inicial e estimule os alunos a soltarem a imaginação e pensarem
quantas coisas podem ser criadas utilizando a sucata que trouxeram.

75
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 1 – organizar sucata e outros materiais

Objetivo:
• Organização de material para construção de brinquedos e jogos.

Estratégia sugerida:
• Organizar sucata e outros materiais (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Material trazido pelos alunos.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Previamente, arrume o local para organização das sucatas e outros materiais que os alunos trarão,
conforme solicitação feita em encontros anteriores.

• Solicite a participação dos alunos para identificar a melhor forma de guardar tais materiais, estimulando
a percepção de separar por tipo de material, tamanho, forma etc. Busque acondicionar em caixas ou
sacos e identifique-os, ou mantenha os materiais em mesas ou prateleira, organizando da melhor forma,
conforme a estrutura disponível.

• Peça que os alunos colaborarem também, durante a organização, no processo de seleção dos materiais,
conforme o critério estabelecido de trazer material limpo. O que não estiver de acordo, separar para
posterior limpeza, se for o caso.

76
5
ENCONTRO
CONSTRUINDO COM SUCATA

atividade 2 – definir o nome da oficina

Objetivo:
• Definição do nome da oficina.

Estratégia sugerida:
• Definir o nome da oficina com conversa com a turma (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.
• Lápis grafite.
• Material para elaborar cartaz com o nome da oficina: papel sulfite, lápis de cor, giz de cera, canetas
hidrocor.

Importante:
• Providenciar material para elaborar o cartaz conforme quantidade de alunos na turma.

Tempo estimado:
• 30 minutos.

Orientações gerais:
• Promova uma conversa geral e peça que os alunos digam ideias de nomes para a oficina.
• Explique que o nome de uma empresa, como é a oficina, precisa ser um nome que chame a atenção dos
clientes e que seja fácil de lembrar.
• Liste as sugestões e faça uma votação ou conversa geral para a escolha do nome da oficina e peça que os
alunos registrem a escolha em seus livros.
• Forme grupos de no máximo 4 alunos (sugestão) para que façam numa folha de sulfite um pequeno
cartaz de como acham que o nome da oficina deve ser escrito: cor de letra, formato de letra, tamanho de
letra, se algum desenho deverá acompanhar o nome.
• Disponibilize o material necessário.
• Peça que os grupos apresentem seus cartazes e faça uma votação ou conversa geral para a escolha da
melhor forma de apresentação do nome da oficina.
• Lembre aos alunos que o nome e a forma de apresentação escolhidos serão usados em etiquetas que
serão colocadas em cada brinquedo ou jogo elaborado.

77
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 3 – leitura de texto

Objetivo:
• Ampliar conhecimento do negócio e dos produtos.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno;

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto e enfatize a diferença entre o brinquedo artesanal, feito de sucata, e um
brinquedo feito num processo industrializado, ressaltando que toda a construção dos alunos será
artesanal.

• Ressalte que os brinquedos e jogos construídos precisam ter qualidade, isto é, eles devem cuidar da
limpeza do produto, devem fazer com carinho e fazer algo benfeito para que outras crianças possam
comprar, brincar e se divertir com as criações da turma do 3º ano.

78
5
ENCONTRO
CONSTRUINDO COM SUCATA

atividade 4 – atividade “momento da construção

Objetivo:
• Desenvolver ações de construção de brinquedos e jogos.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Momento da construção (Atividade 4 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.
• Sucata e outros materiais trazidos pelos alunos.
• Sugestão de material de apoio para os momentos de construção de jogos e brinquedos, considerando
número de alunos da turma:
• tesouras sem ponta;
• tubos de cola branca;
• régua;
• lápis de cor;
• canetas hidrocor;
• giz de cera;
• rolo de barbante;
• papel sulfite;
• tinta acrílica, cores disponíveis;
• pincéis;
• pano de limpeza;
• furador;
• grampeador;
• fita adesiva.

Tempo estimado:
• 50 minutos.

Orientações gerais:
• Explique aos alunos que nesta atividade eles vão criar um brinquedo usando a imaginação e a criatividade.

• Peça que os alunos observem o material trazido pela turma e comecem as suas construções.

79
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Solicite que, assim que terminarem de construir o brinquedo, façam uma ficha conforme

• o modelo descrito no Livro do Aluno (Atividade 4.1).

• Organize todas as criações dos alunos como se fosse uma exposição (sobre uma mesa, nas carteiras, por
exemplo) e peça que observem o trabalho dos colegas de turma.

• Valorize o trabalho dos alunos e promova aplausos de parabéns.

Observação e sugestão:
• Esta construção pode ser feita individualmente por aluno ou em duplas, se o professor achar mais
adequado.

Importante:
• Os brinquedos e jogos criados durante os encontros poderão ser (e possivelmente serão) produtos para
venda na oficina de brinquedos ecológicos, entre outros que se possa fazer relacionados ao tema do curso
do 3º ano. Neste caso, estas criações serão produtos de venda na oficina, ou, caso prefira, de exposição
na mesma. Por isso, durante os trabalhos produtivos com os alunos, orientar constantemente para a
importância da organização, de fazer benfeito, de caprichar, e do trabalho em equipe, valorizando a
iniciativa, as ideias e a participação dos alunos.

• Sempre que possível, colocar os alunos para trabalhar em grupo, desenvolvendo estas etapas de
construção ao longo dos encontros.

• À medida que ocorre a construção dos brinquedos e jogos, a cada encontro, pergunte para os alunos de
onde é que vêm tais materiais e produtos que estão sendo usados. Reforce a ideia do reaproveitamento
de materiais que seriam lixo e também traga ao trabalho a ideia de que são necessários fornecedores.

• Sugerimos fazer um cartaz ou fichas para relacionar os materiais usados para cada tipo de produto,
podendo colocar também o preço. Desta forma, será possível utilizar estes cartazes ou fichas nos encontros
seguintes e especialmente para definição do preço de venda, além de estimular o comportamento
empreendedor, o planejamento e o monitoramento sistemático (sugestão de modelos no Encontro 2).

80
5
ENCONTRO
CONSTRUINDO COM SUCATA

atividade de encerramento do encontro 5

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 5.

• Encerrar o Encontro 5.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

81
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Todos juntos com


a mão na massa!

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos se dedicam a uma produção em maior escala de brinquedos e jogos. Em equipes,
e mantendo o foco na qualidade e criatividade, os alunos trabalharão para construir brinquedos e jogos com
sucata e outros materiais. Serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e
abordados os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Organização;

• Busca de informações;

• Comprometimento;

• Criatividade;

• Exigência de qualidade e eficiência.

82
6
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM
A MÃO NA MASSA!

pLANO DE NEGÓCIOS
• Ampliação de conhecimento sobre o negócio e sobre produtos;

• Desenvolvimento de ações de construção de brinquedos e jogos.

plano de atividades encontro 6

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Motivação para a temática do Leitura do texto com o
curso do 3º ano apoio de imagens
Abertura Livro do Aluno 10’
(- Exigência de qualidade e (Texto inicial do Encontro
eficiência) – Livro do Aluno)
Atividade 1 Leitura de texto
Livro do Aluno, tesoura, lápis
Leitura de texto (- Busca de informações; (Atividade 1 – Livro do 10’
grafite
- Conhecimento sobre produtos) Aluno)
Atividade 2
Livro do Aluno, material de
(- Criatividade;
sucata e outros trazidos pelos
- Exigência de qualidade e Atividade “Momento da
Atividade alunos, material de apoio:
eficiência; construção
“Momento da papel sulfite, 90’
- Organização; (Atividade 2 – Livro do
construção” lápis de cor, canetas hidrocor,
- Comprometimento; Aluno)
régua, tesouras, fita adesiva,
- Ações de construção de
grampeador, furador, barbante
brinquedos e jogos)
Atividade de encerramento Conversa com os alunos
Encerramento (- Comunicação e trabalho em (Resumindo – Livro do Livro do Aluno 10’
equipe) Aluno)
Total 120’

83
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de abertura do encontro 6

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 6.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Pergunte aos alunos como se sentiram no encontro anterior criando brinquedos com sucata, se gostaram
ou não e por quê.

• Comente sobre a importância de praticar para cada dia ficar melhor cada construção e se fortalecer a
criatividade de cada um.

• Promova a leitura do texto inicial orientando que neste encontro continuarão o processo de construção:
serão construídos brinquedos bem interessantes para as pessoas que forem clientes da oficina.

84
6
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM
A MÃO NA MASSA!

atividade 1 – leitura de texto

Objetivo:
• Ampliar conhecimento sobre produtos.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto com os alunos e comente sobre a pipa, questionando se gostam deste
brinquedo.

• Solicite que os alunos respondam a atividade 1.1, relacionando os materiais que precisariam se fossem
fazer uma pipa.

85
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 2 – atividade “momento da construção

Objetivo:
• Desenvolver ações de construção de brinquedos e jogos.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Momento da construção (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• livro do Aluno.

• sucata e outros materiais trazidos pelos alunos, sendo necessário para os brinquedos e jogos sugeridos:

• 2 canetas ou lápis;

• 3 tubos de cola;

• 4 tesouras sem ponta;

• 10 revistas que possa ser recortada;

• 1 pedaço de caixa de papelão ou uma embalagem de caixa de leite (limpa e aberta – desmontada);

• 2 caixinhas de papelão de tamanhos diferentes;

• 4 tampinhas plásticas de garrafa de refrigerante;

• 3 varetas de pipa ou espetos de churrasco;

• 4 pincéis;

• 1 garrafa PET (qualquer tamanho) e preferencialmente com a tampa;

• sobras de lã colorida ou barbante – aproximadamente 40cm;

• 2 rolos fitas adesivas coloridas (cores disponíveis);

• 1 rolo de fita adesiva simples;

• 1 tampa plástica de embalagem de perfume ou amaciante, por exemplo (ou outra qualquer, desde que
não seja muito pequena);

• tinta guache (cores disponíveis);

• tinta acrílica (cores disponíveis);

86
6
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM
A MÃO NA MASSA!

Material para cada produto:


1. Quebra-cabeça
• 1 caneta ou lápis;

• 1 tubo de cola;

• 1 tesoura sem ponta;

• revista que possa ser recortada;

• um pedaço de caixa de papelão ou uma embalagem de caixa de leite (limpa e aberta – desmontada).

2. Carrinho
• 1 caneta ou lápis;

• 2 caixinhas de papelão de tamanhos diferentes;

• 4 tampinhas plásticas de garrafa de refrigerante;

• 2 varetas de pipa ou espetos de churrasco;

• 1 tubo de cola;

• 1 tesoura sem ponta;

• 2 pincéis;

• tinta guache ou acrílica (cores disponíveis);

• revista que possa ser recortada.

3. Bilboquê:
• 1 garrafa PET (qualquer tamanho) e preferencialmente com a tampa;

• sobras de lã colorida ou barbante – aproximadamente 40cm;

• 1 tesoura sem ponta;

• revista para recortar;

• 2 pincéis;

• tinta acrílica nas cores disponíveis;

• fitas adesivas coloridas.

87
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

4. Pião de mão:
• 1 tampa plástica de embalagem de perfume ou amaciante, por exemplo (ou outra qualquer, desde que
não seja muito pequena);

• revistas que possam ser recortadas;

• 1 tesoura sem ponta;

• 1 tubo de cola;

• 1 palito de churrasco;

• 1 rolo de fita adesiva simples.

Observação e sugestão:
• Estes recursos são suficientes para a construção de uma unidade de cada brinquedo relacionado. Adeque/
providencie a quantidade de material conforme o número de alunos da turma e a produção planejada

• Sugestão de material de apoio para os momentos de construção de jogos e brinquedos, considerando o


número de alunos da turma:

• tesouras sem ponta;


• tubos de cola branca;
• régua;
• lápis de cor;
• canetas hidrocor;
• giz de cera;
• rolo de barbante;
• papel sulfite;
• tinta acrílica, cores disponíveis;
• pincéis;
• pano de limpeza;
• furador;
• grampeador;
• fita adesiva.
Tempo estimado:
• 90 minutos.

88
6
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM
A MÃO NA MASSA!

Orientações gerais:
• Fazendo ligação com a atividade anterior, relacione que da mesma forma que listaram o que precisariam
se fossem fazer uma pipa, é hora de organizar o material necessário para o momento de construção deste
encontro.

• Explique que serão feitos brinquedos que serão vendidos para os clientes da oficina.

• Assim, é preciso lembrar-se de:

• elaborar uma embalagem (sugestão de embalagem – ver Anexo deste Livro do Professor);
• colocar em cada brinquedo uma etiqueta de identificação;
• colocar instruções e regras do brinquedo ou jogo, se for preciso.

• Explique que serão produzidos quatro tipos de brinquedos neste encontro:

• quebra-cabeça;
• carrinho;
• bilboquê;
• pião de mão.

• Divida a turma em grupos para o trabalho, de forma que cada grupo faça um dos brinquedos.
• Oriente que organizem os materiais necessários conforme o passo a passo descrito no Livro do Aluno e
iniciem os trabalhos.
• Acompanhe os alunos e oriente o que for necessário sobre as construções dos brinquedos.
• Previamente, organize espaço para guardar tais brinquedos até o dia da oficina.

Observações e sugestões:
• Sugerimos formar no máximo oito grupos de trabalho para esta atividade.

• O professor deve verificar e comparar a listagem de material necessária para cada tipo de brinquedo
sugerido para produção com os materiais já trazidos pelo grupo. Solicitar mais material, se necessário.

• É possível adequar o material usado em cada brinquedo, conforme disponibilidade. Da mesma forma, é
possível colocar outros brinquedos para serem produzidos pelos alunos.

• Definir quantidades a serem produzidas pelos alunos conforme planejamento de funcionamento da


oficina. Por exemplo, se a oficina funcionará numa feira que será feita com várias escolas da cidade,
possivelmente muitas pessoas frequentaram tal evento e precisa-se, então, definir uma produção que
atenda a essa situação.

89
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Reforçamos que os recursos listados são suficientes para a construção de uma unidade de cada brinquedo
relacionado. Adeque/providencie a quantidade de material conforme o número de alunos da turma e a
produção planejada.

• Lembramos que podem ser realizados outros momentos de construção, caso seja necessário e conforme
planejamento da escola.

Importante:
• Os brinquedos e jogos criados durante os encontros poderão ser (e possivelmente serão) produtos
para venda na Oficina de Brinquedos Ecológicos, entre outros que se possa fazer relacionados ao tema
do curso do 3º ano. Neste caso, os brinquedos serão produtos de venda na oficina. Por isso, durante
os trabalhos produtivos com os alunos, orientar constantemente para a importância da organização,
de fazer benfeito e de caprichar, e do trabalho em equipe, valorizando a iniciativa, as ideias e a
participação dos alunos.

• Sempre que possível, colocar os alunos para trabalhar em grupo, desenvolvendo estas etapas de
construção ao longo dos encontros.

• À medida que ocorre a construção dos brinquedos e jogos, a cada encontro, pergunte para os alunos de
onde será que vêm tais materiais e produtos que estão sendo usados. Reforce a ideia do reaproveitamento
de materiais que seriam lixo e também traga ao trabalho a ideia de que são necessários fornecedores.

• Sugerimos fazer um cartaz ou fichas para relacionar os materiais usados para cada tipo de produto,
podendo colocar também o preço. Desta forma, será possível utilizar estes cartazes ou fichas nos encontros
seguintes e especialmente para definição do preço de venda, além de estimular o comportamento
empreendedor, o planejamento e o monitoramento sistemático (sugestão de modelos no Encontro 2).

90
6
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM
A MÃO NA MASSA!

atividade de encerramento do encontro 6

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 6.

• Encerrar o Encontro 6.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

91
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Todos juntos com a mão


na massa novamente!

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos continuarão a se dedicar na produção em maior escala de brinquedos e jogos.
Em equipes, e mantendo o foco na qualidade e criatividade, os alunos trabalharão para construir brinquedos
e jogos com sucata e outros materiais. Serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento
empreendedor e abordados os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Organização;

• Busca de informações;

• Comprometimento;

• Criatividade;

• Exigência de qualidade e eficiência.

92
7
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM A MÃO
NA MASSA NOvAMENTE!

pLANO DE NEGÓCIOS
• Ampliação de conhecimento sobre o negócio e sobre produtos;

• Desenvolvimento de ações de construção de brinquedos e jogos.

plano de atividades encontro 7

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Leitura do texto com
Motivação para a temática do
o apoio de imagens
curso do 3º ano
Abertura (Texto inicial do Livro do Aluno 10’
(- Exigência de qualidade e
Encontro
eficiência)
– Livro do Aluno)
Atividade 1 Leitura de texto
Livro do Aluno,
Leitura de texto (- Busca de informações; (Atividade 1 – Livro 10’
lápis grafite
- Conhecimento sobre produtos) do Aluno)
Livro do Aluno, material de
sucata e outros trazidos pelos
Atividade 2 alunos, material de apoio:
(- Criatividade; tesouras sem ponta, tubos
Atividade “Momento
- Exigência de qualidade e de cola branca, régua, lápis
da construção
Atividade “Momento eficiência; de cor, canetas hidrocor, giz
(Atividade 2 – Livro 90’
de Construção” - Organização; de cera, rolo de barbante,
do
- Comprometimento; papel sulfite, tinta acrílica
Aluno)
- Ações de construção de nas cores disponíveis,
brinquedos e jogos) pincéis, pano de limpeza,
furador, grampeador, fita
adesiva
Atividade de encerramento Conversa com os
Encerramento (- Comunicação e trabalho em alunos (Resumindo – Livro do Aluno 10’
equipe) Livro do Aluno)
Total 120’

93
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de abertura do encontro 7

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 7.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Pergunte aos alunos como se sentiram no encontro anterior em pleno processo de criação e trabalho em
equipe na construção de brinquedos para a oficina, se gostaram ou não e por quê.

• Comente sobre a importância de praticar para cada dia ficar melhor cada construção e se fortalecer a
criatividade de cada um.

• Promova a leitura do texto inicial, orientando que neste encontro continuarão o processo de construção:
serão construídos brinquedos e jogos bem interessantes para as pessoas que forem clientes da oficina.

94
7
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM A MÃO
NA MASSA NOvAMENTE!

atividade 1 – leitura de texto

Objetivo:
• Ampliar conhecimento sobre produtos.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis de grafite.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto com os alunos e comente sobre a importância dos jogos para as pessoas: os
jogos divertem e ensinam muitas coisas, e ainda possibilitam que amizades se formem e se fortaleçam.

• Solicite que os alunos respondam a atividade 1.1, descrevendo como imaginam que seus pais ou outros
adultos se divertiam quando eram crianças. Oriente que os alunos chequem essa resposta, perguntando
a eles (pais ou outros adultos) como se divertiam quando crianças – é como uma tarefa de casa.

95
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 2 – atividade “momento da construção”

Objetivo:
• Desenvolver ações de construção de brinquedos e jogos.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Momento da construção” (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;
• Sucata e outros materiais trazidos pelos alunos, sendo necessário para os brinquedos e jogos sugeridos:
• 2 caixas médias de papelão ou 3 embalagens de caixa de leite (limpas e abertas);
• 10 revistas para serem recortadas;
• 2 réguas;
• 3 tesouras sem ponta;
• 3 tubos de cola;
• 3 jogos de caneta hidrocor;
• papelão, tampa de caixa, prato de papel, embalagem de caixa de leite ou qualquer outro material que
sirva como base para o jogo da velha;
• 6 tampinhas de garrafas PET ou 6 caixinhas de fósforo, preferencialmente 3 de uma cor e 3 de outra cor;
• tinta acrílica nas cores disponíveis, em duas cores diferentes;
• 4 pincéis;
• 3 garrafas PET vazias, com tampa (de 1,5 ou 2 litros);
• 8 bolinhas de gude;
• 20 varetas – palitos de churrasco;
• 2 bases de rolo de papel higiênico ou 1 base de rolo de papel toalha – precisa-se somente das bases
internas de papelão;
• 2 pedaços de barbante ou corda de varal – 3 metros cada pedaço;
• revistas para recortar.

Opcional:
• fitas adesivas coloridas nas cores disponíveis.

96
7
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM A MÃO
NA MASSA NOvAMENTE!

Material para cada produto:


1. Dominó das imagens
• papelão ou embalagens de caixa de leite (limpas e abertas);
• revistas para serem recortadas;
• 1 régua;
• 1 tesoura sem ponta;
• 1 tubo de cola;
• caneta hidrocor.

2. Jogo da velha
• papelão, tampa de caixa, prato de papel, embalagem de caixa de leite ou qualquer outro material que
sirva como base para o jogo da velha;
• 6 tampinhas de garrafas PET ou 6 caixinhas de fósforo, preferencialmente 3 de uma cor e 3 de outra cor;
• revistas para recortar;
• 1 tesoura sem ponta;
• 1 tubo de cola;
• 1 régua;
• tinta acrílica nas cores disponíveis, em duas cores diferentes;
• 2 pincéis;
• caneta hidrocor.

3. Jogo cai-não-cai
• 1 garrafa PET vazia, com tampa (de 1,5 ou 2 litros);
• 8 bolinhas de gude;
• 20 varetas – palitos de churrasco;
• canetas hidrocor;
• 1 tesoura sem ponta;
• revistas para recortar.

Opcional:
• tinta acrílica nas cores disponíveis;
• 2 pincéis;
• fitas adesivas coloridas nas cores disponíveis.

97
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• 4. Vai e vem

• 2 garrafas PET;
• 2 bases de rolo de papel higiênico ou 1 base de rolo de papel toalha – precisa-se somente das bases
internas de papelão;
• 2 pedaços de barbante ou corda de varal – 3 metros cada pedaço;
• revistas para recortar;
• 1 tubo de cola;
• 1 tesoura sem ponta.

Opcional:
• tinta acrílica nas cores disponíveis;
• 2 pincéis.

Observações e sugestões:
• Estes recursos são suficientes para a construção de uma unidade de cada brinquedo relacionado. Adeque/
providencie a quantidade de material conforme o número de alunos da turma e a produção planejada.

• Sugestão de material de apoio para os momentos de construção de jogos e brinquedos, considerando


número de alunos da turma:

• tesouras sem ponta;


• tubos de cola branca;
• régua;
• lápis de cor;
• canetas hidrocor;
• giz de cera;
• rolo de barbante;
• papel sulfite;
• tinta acrílica, cores disponíveis;
• pincéis;
• pano de limpeza;
• furador;
• grampeador;
• fita adesiva.

98
7
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM A MÃO
NA MASSA NOvAMENTE!

Tempo estimado:
• 90 minutos.

Orientações gerais:
• Fazendo ligação com a atividade anterior, relacione que para colaborar para que as pessoas possam de
divertir cada vez mais e ampliar sua qualidade de vida, é hora de organizar o material necessário para o
momento de construção deste encontro.

• Explique que serão feitos brinquedos e jogos que serão vendidos para os clientes da oficina. Assim, é
preciso lembrar-se de:

• elaborar uma embalagem (sugestão de embalagem – ver Anexo deste Livro do


• Professor);
• colocar em cada brinquedo uma etiqueta de identificação;
• colocar instruções e regras do brinquedo ou jogo, se for preciso.

• Explique que serão produzidos quatro tipos de brinquedos neste encontro:

• dominó das imagens;


• jogo da velha;
• jogo cai-não-cai;
• vai e vem.

• Divida a turma em grupos para o trabalho, de forma que cada grupo faça um dos brinquedos.

• Oriente que organizem os materiais necessários conforme o passo a passo descrito no Livro do Aluno e
iniciem os trabalhos.

• Acompanhe os alunos e oriente o que for necessário sobre as construções dos brinquedos.

• Previamente, organize o espaço para guardar tais brinquedos até o dia da oficina.

Observações e sugestões:
• Sugerimos formar de 4 a 8 grupos de trabalho, no máximo, para esta atividade.

• O professor deve verificar e comparar a listagem de material necessária para cada tipo de brinquedo e jogo
sugerido para produção com os materiais já trazidos pelo grupo. Solicitar mais material, se necessário.

• É possível adequar o material usado em cada brinquedo, conforme disponibilidade. Da mesma forma, é
possível colocar outros brinquedos para serem produzidos pelos alunos.

99
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Definir quantidades a serem produzidas pelos alunos conforme planejamento de funcionamento da


oficina. Por exemplo, se a oficina funcionará numa feira que será feita com várias escolas da cidade,
possivelmente muitas pessoas frequentarão tal evento e precisa-se, então, definir uma produção que
atenda a essa situação.

• Reforçamos que os recursos listados são suficientes para a construção de uma unidade de cada brinquedo
relacionado. Adeque/providencie a quantidade de material conforme o número de alunos da turma e a
produção planejada.

• Lembramos que podem ser realizados outros momentos de construção, caso seja necessário e conforme
planejamento da escola.

Importante:
• Os brinquedos e jogos criados durante os encontros poderão ser (e possivelmente serão) produtos para
venda na oficina de brinquedos ecológicos, entre outros que se possa fazer relacionados ao tema do
curso do 3º ano. Neste caso, os brinquedos e jogos serão produtos de venda na oficina. Por isso, durante
os trabalhos produtivos com os alunos, orientar constantemente para a importância da organização, de
fazer benfeito e de caprichar, e do trabalho em equipe, valorizando a iniciativa, as ideias e a participação
dos alunos.

• Sempre que possível, colocar os alunos para trabalhar em grupo desenvolvendo estas etapas de
construção ao longo dos encontros.

• À medida que ocorre a construção dos brinquedos e jogos, a cada encontro, pergunte para os alunos de
onde é que vêm tais materiais e produtos que estão sendo usados. Reforce a ideia do reaproveitamento
de materiais que seriam lixo e também traga ao trabalho a ideia de que são necessários fornecedores.

• Sugerimos fazer um cartaz ou fichas para relacionar os materiais usados para cada tipo de produto,
podendo colocar também o preço. Desta forma, será possível utilizar estes cartazes ou fichas nos encontros
seguintes e especialmente para definição do preço de venda, além de estimular o comportamento
empreendedor, o planejamento e o monitoramento sistemático (sugestão de modelos no Encontro 2).

100
7
ENCONTRO
TODOS JUNTOS COM A MÃO
NA MASSA NOvAMENTE!

atividade de encerramento do encontro 7

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 7.

• Encerrar o Encontro 7.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Relembre aos alunos a atividade “Para casa” – questionar os pais ou outros adultos sobre como se
divertiam quando eram crianças, conforme atividade 1.1 do encontro.

• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

101
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Vivendo a vida
como empreendedor

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos monitoram o planejamento realizado para montar a oficina de brinquedos
ecológicos e definem as equipes de trabalho. Os alunos também são levados à reflexão e sensibilização
para a prática empreendedora, a partir de histórias de empreendedores que realizaram seus sonhos. Serão
estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e abordados os seguintes elementos
do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Planejamento e monitoramento sistemático;

• Comprometimento;

• Persistência;

• Cooperação;

• Comunicação e trabalho em equipe.

102
8
ENCONTRO
vIvENDO A vIDA
COMO EMpREENDEDOR

pLANO DE NEGÓCIOS
• Definição das equipes de trabalho para a oficina de brinquedos ecológicos.

plano de atividades encontro 8

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Motivação para a temática do curso
Leitura do texto com o apoio
do
de imagens
Abertura 3º ano Livro do Aluno 10’
(Texto inicial do Encontro –
(- Comprometimento;
Livro do Aluno)
- Persistência)
Atividade 1
(- Busca de informações;
Leitura de texto (Atividade 1 – Livro do Aluno,
Leitura de texto - Inspiração, por exemplo, de 15’
Livro do Aluno) lápis grafite
empreendedor: comprometimento,
metas, persistência, planejamento)
Atividade 2
(- Busca de informações;
Leitura de texto (Atividade 2 – Livro do Aluno,
Leitura de texto - Inspiração por exemplo de 30’
Livro do Aluno) lápis grafite
empreendedor: comprometimento,
metas, persistência, planejamento)
Atividade 3
(- Comunicação e trabalho em
Atividade equipe; Atividade “Abrindo a caixa de
“Abrindo - Cooperação; diversões 20’
Livro do Aluno,
a caixa de diversões” - Conhecimento do negócio e de (Atividade 3 – Livro do
lápis grafite
produtos (brinquedos, jogos e Aluno)
brincadeiras)
Atividade 4 Livro do Aluno,
(- Planejamento e monitoramento lápis grafite, cartaz
Monitorar o planejamento 10’
Monitorar o sistemáticos; com passos de
(Atividade 4 – Livro do Aluno)
planejamento - Planejamento do negócio) planejamento

Atividade 5
(- Planejamento e monitoramento
Definir equipes de sistemáticos; Definir equipes de trabalho
30’
trabalho para a - Comprometimento; para a oficina (Atividade 5 – Livro do Aluno,
oficina - Definição das equipes de Livro do Aluno) lápis grafite
trabalho)

Atividade de encerramento
Conversa com os alunos
(- Comunicação e trabalho em Livro do Aluno 5’
(Resumindo – Livro do Aluno)
Encerramento equipe)

Total 120’

103
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de abertura do encontro 8

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 8.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

• Sensibilizar para a prática empreendedora.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto inicial do encontro e questione os alunos sobre o entendimento do que é
ser empreendedor, trabalhando o foco que o texto apresenta: empreendedores são aqueles que têm um
sonho, se dedicam e se esforçam para que tudo dê certo naquilo que fazem.

• Faça a relação de que os alunos estão tendo a oportunidade de agir como jovens

• empreendedores para que tudo dê certo na oficina.

Objetivo:
• Sensibilizar para a prática empreendedora a partir de um exemplo real.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

104
8
ENCONTRO
vIvENDO A vIDA
COMO EMpREENDEDOR

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto que fala brevemente da história de Walt Disney.

• Pergunte aos alunos quem conhece algo sobre Walt Disney, se já ouviram falar das coisas que ele realizou.
Solicite, assim, que os alunos respondam à atividade 1.1.

• Estimule a percepção dos alunos para a trajetória de Walt Disney, afinal, não foi do dia para a noite que
construiu sua obra.

Orientação e sugestão:
• É possível apresentar material adicional sobre Walt Disney e sua obra (trecho de vídeos, livros, gibis com
os personagens, entre outros). Observar que o principal objetivo desta atividade é apresentar a história
de alguém empreendedor e não promover a Walt Disney World e demais marcas e produtos relacionados.

105
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 2 – leitura de texto

Objetivo:
• Sensibilizar para a prática empreendedora a partir de um exemplo real.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 30 minutos.

Orientações gerais:
• Faça a relação da atividade anterior com este texto, dizendo que os alunos conhecerão outro exemplo de
empreendedor.

• Promova a leitura do texto que fala da história de um empreendedor que conquistou seu sonho.

• Pergunte aos alunos se conhecem, na cidade ou no bairro, pessoas que consideram que sejam
empreendedoras e por quê. Assim, os alunos estarão realizando a atividade 2.1.

• Estimule a percepção dos alunos para a trajetória que a pessoa do exemplo, João, realizou. Como o texto
diz, ele não aparece na televisão, nem é tão famoso quanto Walt Disney, mas é um empreendedor.

• Questione os alunos se consideram que eles podem ser jovens empreendedores como alunos e como
isso poderia acontecer. Conforme os comentários dos alunos, é possível argumentar sobre aspectos do
comportamento empreendedor que podem praticar neste contexto: comprometimento com o estudo,
persistência nas dificuldades, planejar um trabalho a ser realizado, trabalhar em equipe, entre outros
aspectos.

Orientações e sugestões:
• Este texto não apresenta uma história real. Porém, a história é factível e baseada em casos reais e
comuns de empreendedores brasileiros.

• É possível trazer algum empreendedor local como convidado para falar com os alunos e contar sobre
sua história.

106
8
ENCONTRO
vIvENDO A vIDA
COMO EMpREENDEDOR

atividade 3 – atividade “abrindo a caixa de diversões”

Objetivo:
• Estimular a interação e comunicação dos alunos, com foco na diversão.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Abrindo a caixa de diversões” (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Neste momento da atividade “Abrindo a caixa de diversões”, estão previstas duas etapas de atividades
com os alunos.

ATIvIDADE 3.1 – ApRENDENDO COM OS COLEGAS:


• Solicite que alguns alunos compartilhem o resultado da conversa com os pais ou outros adultos sobre
como se divertiam quando eram crianças. Caso tenham aprendido alguma brincadeira nova, peça que
expliquem ou façam com demais alunos.

• Sugestão de solicitar a contribuição de 3 alunos neste momento.

ATIvIDADE 3.2 – JOGO DOS GRUpOS:


• Solicite que os alunos andem livremente pela sala e escutem os comandos que serão passados. Orientar
a formação de grupos conforme critérios variados: mesma cor de sapato, mesma cor de cabelo, formar
grupos com quem está de tênis. Os comandos para formação dos grupos dependem das características
do grupo.

• Estimule os alunos para que o jogo seja movimentado e dê os comandos sem muito espaçamento de
tempo.

107
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Ao final, pergunte o que os alunos acharam das atividades, se gostaram ou não e por quê, e o que
aprenderam.

• Comente sobre a importância de aprender com as outras pessoas, seja outra criança ou um adulto.
Também, comente sobre a importância da atenção e da cooperação para um trabalho em equipe, como
foi o caso do jogo dos grupos.

Observação e sugestão:
• Combine com os alunos outro momento para que todos possam compartilhar o que pesquisaram com os
pais e outros adultos sobre brincadeiras. Por exemplo, pode ser planejado um tempo em alguns dias da
semana para isso.

• Levar para este momento exemplos de medida, conforme as embalagens já determinadas para elaboração.

108
8
ENCONTRO
vIvENDO A vIDA
COMO EMpREENDEDOR

atividade 4 – monitorar o planejamento

Objetivo:
• Monitorar o planejamento realizado para a oficina.

Estratégia sugerida:
• Monitorar o planejamento realizado para a oficina (Atividade 4 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

• Cartaz com passos de planejamento (elaborado no Encontro 4).

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Relacionando esta atividade com o debate já realizado sobre como se comporta um empreendedor,
convide os alunos a acompanharem o planejamento para montar a oficina.

• Faça o monitoramento do planejamento utilizando o cartaz como apoio. Leia as etapas e peça que os
alunos assinalem aquelas já realizadas. Da mesma forma, solicite um voluntário para fazer a marcação
no cartaz.

109
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 5 – definir equipes de trabalho para a oficina

Objetivo:
• Definir equipes de trabalho para a oficina.

Estratégia sugerida:
• Conversa com o grupo para definir equipes de trabalho para a oficina (Atividade 5 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.
• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 30 minutos.

Orientações gerais:
• Faça a ligação desta atividade com a anterior, comentando que um dos passos do planejamento é formar
as equipes de alunos que trabalharão no dia da oficina.
• Explique que serão formadas 5 equipes de trabalho.
• Oriente que façam uma divisão do número de alunos da turma pelo número de equipes informado como
referência.
• Converse com alunos e organize-os nas equipes necessárias:
• Equipe 1: Receber os clientes e animar a oficina.
• Equipe 2: Demonstrar e vender os brinquedos e jogos na oficina.
• Equipe 3: Apoiar o registro das vendas e a entrega dos produtos aos clientes.
• Equipe 4: Montar brinquedo de sucata com os clientes.
• Equipe 5: Ensinar alguns jogos e brincadeiras aos clientes.

• Solicite que os alunos registrem em seus livros as equipes formadas.


• Enfatize que todos são responsáveis em colaborar com a montagem e arrumação geral da oficina.
• Estimule a motivação dos alunos para o trabalho em equipe. Proponha um grito de guerra da turma ou
que coloquem um nome para a turma ou as equipes.

Observações e sugestões:
• Caso julgue necessário, é possível formar mais ou menos equipes.
• As equipes não precisam necessariamente ter o mesmo número de alunos.

• Esta atividade pode ser realizada como atividade para casa.

110
8
ENCONTRO
vIvENDO A vIDA
COMO EMpREENDEDOR

atividade de encerramento do encontro 8

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 8.

• Encerrar o Encontro 8.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

111
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Divulgando a oficina de
brinquedos ecológicos

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos preparam a campanha de divulgação da Oficina de Brinquedos Ecológicos


fazendo cartazes, convites, além de planejarem outras estratégias de divulgação. Os alunos também pensam
no processo de vendas de produtos e em como deve ser o atendimento aos diferentes tipos de clientes
que possivelmente frequentarão a oficina. Serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento
empreendedor e abordados os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Planejamento e monitoramento sistemático;
• Exigência de qualidade e eficiência;
• Criatividade;
• Persuasão e rede de contatos;
• Comunicação e trabalho em equipe;
• Comprometimento.

112
9
ENCONTRO
DIvULGANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

pLANO DE NEGÓCIOS
• Definição de clientes – perfil geral para organizar atendimento;

• Divulgação do negócio.

plano de atividades encontro 9


Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo
Leitura do texto com o
Motivação para a temática do curso
apoio de imagens
Abertura do 3º ano Livro do Aluno 5’
(Texto inicial do Encontro
(- Divulgação do negócio)
– Livro do Aluno)
Atividade 1
(- Planejamento e monitoramento Conversa com a turma
Definir ações
sistemático; para definir ações para
para a Livro do Aluno,
- Criatividade; divulgação da oficina 15’
divulgação da lápis grafite
- Comunicação e trabalho em (Atividade 1 – Livro do
oficina
equipe; Aluno)
- Divulgação do negócio)
Atividade 2
(- Busca de informações;
Propagandas de Recorte e colagem Livro do Aluno, revistas
- Criatividade;
produtor que as (Atividade 2 – Livro do para serem recortadas, 20’
- Divulgação do negócio – pesquisa
crianças utilizam Aluno) tesouras, colas
de como outras empresas fazem
divulgação)
Livro do Aluno, lápis
Atividade 3
grafite, material para fazer
(- Planejamento e monitoramento
convites e cartazes: papel
sistemático; Elaborar convites e cartazes
Elaborar convites sulfite, cartolina, papelão,
- Criatividade; (Atividade 3 – Livro do 25’
e cartazes sucata, lápis de cor, giz
- Exigência de qualidade e Aluno)
de cera, canetas hidrocor,
eficiência;
revistas para recortar,
- Divulgação do negócio)
tesouras, colas, régua
Atividade 4
Debate e descrição de
Argumentar (- Comunicação e trabalho em
argumentos para vender Livro do Aluno, lápis
sobre como equipe;
produtos da oficina grafite, um brinquedo ou 15’
vender produto - Persuasão;
(Atividade 4 – Livro do jogo já construído
da oficina - Argumentação para venda de
Aluno)
produto)
Atividade 5
(- Criatividade;
Debate com a turma sobre
- Planejamento e monitoramento
Como atender os como atender os clientes Livro do Aluno, lápis
sistemáticos; 25’
clientes (Atividade 5 – Livro do grafite, lápis de cor
- Comprometimento;
Aluno)
- Argumentação sobre venda;
- Definição de clientes)

113
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Atividade 6 Planejar como fazer


Planejamento (- Planejamento e monitoramento boneco mascote e desfile
para construir sistemático; para divulgar a oficina Livro do Aluno 10’
boneco mascote - Criatividade; (Atividade 6 – Livro do
- Divulgação do negócio) Aluno)
Conversa com os alunos
Atividade de encerramento
Encerramento (Resumindo – Livro do Livro do Aluno 5’
(- Trabalho em equipe)
Aluno)
Total 120

114
9
ENCONTRO
DIvULGANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade de abertura do encontro 9

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 9.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto inicial do encontro e enfatize que neste encontro o trabalho da equipe será
preparar a divulgação da oficina e também se preparar para atender os clientes.

• Comente que a divulgação da oficina é um dos passos previstos no planejamento.

115
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 1 – definir ações para divulgação da oficina

Objetivo:
• Definir ações para divulgação da oficina.

Estratégia sugerida:
• Conversa com a turma para definir ações para divulgação da oficina (Atividade 1 –

• Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno.

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• Explique que para divulgar a oficina serão feitos convites e cartazes.

• Coordene uma conversa com os alunos para ampliar a lista de sugestões já apresentada no Livro do
Aluno, e peça que anotem as sugestões que surgirem.

• É importante que nesta atividade fiquem definidas as estratégias de divulgação para a oficina.

116
9
ENCONTRO
DIvULGANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade 2 – propagandas de produtos que as crianças utilizam

Objetivo:
• Buscar informações sobre como as empresas divulgam produtos que crianças utilizam.

Estratégia sugerida:
• Recorte e colagem (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Revistas, folhetos de propaganda e jornais que possam ser recortados;

• Tesouras sem ponta;

• Tubos de cola.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Esclareça que nesta atividade eles vão pesquisar como algumas empresas fazem a divulgação de produtos
que são direcionados para crianças.

• Oriente que os alunos pesquisem, recortem e colem no espaço indicado no Livro do

• Aluno propagandas de produtos direcionadas para crianças.

• Peça que os alunos compartilhem as informações e questione-os se é possível aproveitar alguma das
ideias de divulgação observadas para divulgar a oficina. Se for o caso, atualizar lista de sugestões de
estratégias de divulgação na atividade 1.

Observações e sugestões:
• Providenciar material adequado ao número de alunos da turma.

• A atividade pode ser feita individualmente ou em pequenos grupos.

• É possível solicitar que os alunos pesquisem e recortem o material solicitado e fazer colagem num único
painel da turma, para que todos observem e possam analisar se alguma ideia de divulgação pode ser
utilizada por eles.

117
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 3 – elaborar convites e cartazes

Objetivo:
• Elaborar convites e cartazes para divulgar a oficina.

Estratégia sugerida:
• Elaborar convites e cartazes para divulgar a oficina (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite; material para fazer convites e cartazes: papel sulfite, cartolina, papelão, sucata, lápis de
cor, giz de cera, canetas hidrocor, revistas para recortar, tesouras, colas, régua.

Tempo estimado:
• 25 minutos.

Orientações gerais:
• Converse previamente com a turma sobre quais são as informações básicas que precisam aparecer nos convites
e cartazes, orientando-os sobre a necessidade de descrever no mínimo: nome da oficina, dia, horário e local.

• Solicite que registrem as informações solicitadas na atividade 3.1.

• Converse com os alunos para decidir como serão feitos os convites e cartazes e inicie a elaboração dos
mesmos.

Observações e sugestões:
• Providenciar material conforme o número de alunos da turma.

• O professor pode apresentar modelos de convites e cartazes, se preferir.

• Procure usar material alternativo, valorizando a proposta de negócio do 3º ano. Por exemplo, o cartaz
pode ser feito tendo como base uma caixa de papelão desmontada ou outras embalagens, os convites
podem também ser de material descartável ou podem ser por tais materiais decorados.

• Defina previamente a quantidade de convites e cartazes a serem elaborados. Talvez no tempo previsto
nesta atividade seja possível fazer um modelo de convite e de cartaz, sendo necessária organização para
a elaboração de mais convites e cartazes em outro momento.

118
9
ENCONTRO
DIvULGANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade 4 – argumentar sobre como vender produto da oficina

Objetivo:
• Refletir e se preparar para argumentação no momento de venda.

Estratégia sugerida:
• Debate e descrição de argumentos para vender produtos da oficina (Atividade 4 –

• Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite;

• Um brinquedo ou jogo já elaborado pelos alunos.

Tempo estimado:
• 15 minutos.

Orientações gerais:
• Previamente, separe um dos brinquedos já elaborados pelos alunos.

• Promova um breve debate com os alunos sobre como venderiam tal brinquedo caso fossem vendedores.
Lembre-os que na oficina eles venderão os brinquedos e jogos que construíram.

• Peça que os alunos relatem e descrevam quais as vantagens de comprar tal brinquedo.

• Enfatize que é importante que os alunos se preparem para explicar e falar sobre os brinquedos e jogos
construídos, afinal, será preciso convencer os clientes para que eles gostem e comprem os produtos.

Importante: reforçamos que entendemos o registro da melhor forma possível como a forma que o aluno
se sentir confortável e capaz de utilizar para o registro das informações, conforme alfabetização. O professor
pode direcionar a forma de registro, caso julgue adequado.

119
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 5 – como atender os clientes

Objetivo:
• Refletir e se preparar para o atendimento aos clientes.

Estratégia sugerida:
• Debate com a turma sobre como atender os clientes (Atividade 5 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite;

• Lápis de cor.

Tempo estimado:
• 25 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos sobre como imaginam que serão os clientes da oficina e como acham que eles
devem ser atendidos.

• Argumente que os clientes podem ter os mais diferentes perfis, como descrito na atividade 5: podem ser
amigáveis, alguns podem ser mais perguntadores, outros podem ser irritados, pode ter gente que olhe
bastante e não compre nada, entre outros. Independentemente de como é o cliente, é preciso atendê-lo
bem: com atenção, educação, respeito, gentileza, simpatia etc.

• Peça que registrem suas respostas para a questão, considerando que respondam quem serão os clientes
da oficina e como devem ser atendidos.

• Solicite que imaginem um momento de atendimento e que desenhem tal situação em duas cenas
(atividade 5.1).

• Peça que os alunos troquem os livros entre si, em duplas ou trios, para que compartilhem as histórias de
atendimento criadas.

• Enfatize, ao final da atividade, que todos devem estar preparados para atender os clientes com atenção
e simpatia.

• Importante: reforçamos que entendemos o registro da melhor forma possível.

120
9
ENCONTRO
DIvULGANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

atividade 6 – planejamento para construir o boneco mascote


\

Objetivo:
• Ampliar estratégia de divulgação – planejamento para construir o boneco mascote e organizar desfile.

Estratégia sugerida:
• Planejar como construir o boneco mascote e realizar desfile para divulgar a oficina (Atividade 6 – Livro
do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Convide os alunos a concretizarem uma grande ideia: construir um boneco mascote com sucata para
divulgar a oficina e fazer um desfile pela escola, também usando fantasias de sucata.

• Converse com os alunos e decida:


• quando e como vão construir o boneco mascote;
• quando e como vão construir as fantasias para o desfile;
• marque a data para o desfile com a turma.
• Solicite que os alunos registrem as informações em seus livros.

Observações e sugestões:
• O tempo de montagem do boneco mascote e do desfile não são previstos como atividades dos encontros.
Planejar a realização dos mesmos, caso decidam fazê-los.

• O desfile pode ocorrer, por exemplo, durante o intervalo para que as outras turmas da escola conheçam
o negócio da turma do 3º ano. Podem ser convidados também os pais e a comunidade, planejando um
evento diferenciado ou realizando o desfile em algum outro evento já definido.

• Para o desfile, os alunos não precisam se fantasiar de forma específica como algum personagem. Eles
devem preparar suas fantasias ou algum adorno com a sucata. É indicado também fazer instrumentos
musicais com sucata: lata para bater, colocar pedrinhas ou outro material numa garrafa PET para servir
como chocalho, utilizar tubos de papelão como megafone, por exemplo.

121
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de encerramento do encontro 9

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 9.

• Encerrar o Encontro 9.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Oriente os alunos sobre a atividade “Para casa” – recortar figuras de dinheiro que

• estão no final do Livro do Aluno e trazer para o próximo encontro.

• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

122
9
ENCONTRO
DIvULGANDO A OFICINA DE
BRINQUEDOS ECOLÓGICOS

123
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Embrulha que
eu vou levar

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos vivenciam diferentes papéis do contexto empresarial, pela simulação do
funcionamento de lojas que vendem doces e salgados. Com isso, reconhecem habilidades desejáveis para
alcançar um bom desempenho no ambiente empresarial, considerando diferentes funções. Serão estimulados
os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e abordados os seguintes elementos do plano de
negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Planejamento e monitoramento sistemáticos;

• Organização;

• Persuasão e rede de contatos;

124
10
ENCONTRO
EMBRULHA QUE
EU vOU LEvAR

• Correr riscos calculados;

• Exigência de qualidade e eficiência;

• Persistência e comprometimento.

pLANO DE NEGÓCIOS
• Ampliação da visão de mercado;

• Identificação de concorrência.

plano de atividades encontro 10

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Motivação para a temática do Leitura do texto com o apoio
curso do 3º ano de imagens
Abertura Livro do Aluno 5’
(- Abordagem inicial sobre (Texto inicial do Encontro
definição de preços) – Livro do Aluno)
Atividade 1
Livro do Aluno, lápis grafite,
(- Busca de informação; Leitura de texto (Atividade
Leitura de texto figuras de dinheiro previamente 20’
- Conhecimento sobre 1 – Livro do Aluno)
recortadas pelos alunos
negócios)
Livro do Aluno; doces e
Atividade 2
salgados simbólicos ou reais,
(- Planejamento e
acondicionados em pratos ou
monitoramento sistemático;
bandejas; figuras de dinheiro
Dramatização - Correr riscos calculados; Dramatização lojas de
previamente recortadas pelos
loja de doces e - Persuasão e rede de salgados e doces (Atividade 60’
alunos; material de apoio:
salgados contatos; 2 – Livro do Aluno)
sulfites,
- Conhecimento sobre
lápis de cor, canetas hidrocor,
negócios – estrutura de
fita adesiva, guardanapos de
empresa e concorrência)
papel
Atividade 3
(- Habilidades empresariais
Conversa com a Conversar com a turma
(percepção pela vivência);
turma sobre as e registro de respostas Livro do Aluno, lápis
- Conhecimento sobre 20’
lojas de doces e (Atividade 3 – Livro do grafite
negócios – estrutura de
salgados Aluno)
empresa e habilidades
empresariais)

125
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Atividade 4
(- Planejamento e
Completar
monitoramento sistemático; Completar frases e responder
frases e Livro do Aluno, lápis
- Conhecimento sobre (Atividade 4 – Livro do 10’
responder grafite
negócios e visão de Aluno)
questões
mercado – concorrência e
diferenciação)
Atividade de encerramento
Conversa com os alunos
Encerramento Comunicação e trabalho em Livro do Aluno 5’
Resumindo – Livro do Aluno
equipe
Total 120’

126
10
ENCONTRO
EMBRULHA QUE
EU vOU LEvAR

atividade de abertura do encontro 10

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 10.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do encontro – Livro do Aluno).

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientação geral:
• Promova a leitura do texto inicial que indica a atividade principal do encontro 10: a simulação do
funcionamento de uma empresa, uma loja de doces e salgados.

127
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 1 – leitura de texto

Objetivo:
• Ampliar conhecimento sobre o mundo dos negócios – breve história do dinheiro e das transações
comerciais.

Estratégia sugerida:
• Leitura de texto (Atividade 1 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite;

• Figuras de dinheiro previamente recortadas pelos alunos.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Promova a leitura do texto que fala da história do dinheiro e sobre como as pessoas comercializavam
produtos antigamente, na base da troca de mercadorias.

• Converse com os alunos e peça que respondam às atividades 1.1 e 1.2, primeiro descrevendo se já trocaram
algum objeto por outro com algum colega e o que acharam da experiência. Na sequência, solicite que
contem o dinheiro que trouxeram em figuras recortadas e anotem a quantia disponível.

• Oriente que neste encontro eles vão vivenciar a compra e a venda de produtos e por isso o dinheiro
simbólico se faz necessário.

128
10
ENCONTRO
EMBRULHA QUE
EU vOU LEvAR

atividade 2 – dramatização loja de doces e salgados

Objetivo:
• Ampliar conhecimento sobre negócios pela vivência do funcionamento de uma loja.

Estratégia sugerida:
• Dramatização loja de doces e salgados (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Doces e salgados simbólicos ou reais, acondicionados em pratos ou bandejas;

• Figuras de dinheiro previamente recortadas pelos alunos;

• Material de apoio: sulfites, lápis de cor, canetas hidrocor, fita adesiva, guardanapos de papel.

Tempo estimado:
• 60 minutos.

Orientações gerais:
• Organize a atividade que será desenvolvida com os alunos. Explique que será simulado o funcionamento
de duas lojas que vendem doces e salgados. Neste momento, oriente conforme decisão de utilizar doces
e salgados reais ou, se for fazer jogo simbólico, disponibilizar as imagens referentes a estes tipos de
produtos.

• Comente que na atividade perceberão um pouco mais sobre o mundo dos negócios.

• Existirá o papel do gerente da loja, da pessoa que fica no caixa, dos clientes e a loja ao lado simboliza a
concorrência.

• Questione se os alunos já ouviram falar sobre concorrente e o que entendem que isso significa.

• Anote no quadro ou em cartaz previamente elaborado a definição: “Concorrência ocorre quando diferentes
pessoas ou empresas procuram vender para os mesmos clientes produtos iguais ou parecidos” (esta
definição está descrita na atividade 4 do encontro).

• Explique que serão formadas equipes para a atividade. As equipes das lojas e a equipe de clientes:

• oriente a formação de dois grupos com 5 alunos;


• explique que cada uma dessas equipes de 5 alunos será uma loja e que os demais são os clientes;

129
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• para as equipes de 5 alunos, oriente que devem se organizar da seguinte forma:


• 1 aluno deverá ser o gerente – quem toma conta da loja como um todo;
• 2 alunos deverão ser vendedores – aqueles que atendem os clientes para vender os doces e salgados;
• 2 alunos deverão ser operadores de caixa – aqueles que ficam no caixa para receber dos clientes pelas
compras realizadas.
• Explique como cada grupo trabalhará: indique locais, outros materiais que podem usar para organizar a
loja.

• Esclareça que os grupos das lojas devem organizar a loja, decidir o preço dos produtos, colocar nome para
a loja, pensar em como divulgar a loja.

• Com os alunos que serão clientes, converse que assim que as lojas estiverem organizadas eles deverão
circular pelas lojas e decidir de qual loja compram os produtos.

• Defina o tempo de cada etapa da atividade:

• organização das lojas: 10 minutos;


• vivência de cada rodada: 10 minutos;
• organização final: 10 minutos.
• realize duas rodadas, de forma que os alunos possam trocar os papéis.
• Ao final, solicite a colaboração dos alunos para a arrumação final.

• Pergunte o que os alunos acharam da experiência, se gostaram ou não e por quê.

Observações e sugestões:
• Providenciar a quantidade de doces e salgados conforme número de alunos da turma.

• Observe a quantidade de doces e salgados para as duas rodadas, caso a opção seja por doces e salgados
reais. Neste caso, é possível solicitar que os alunos tragam de casa para colaborar com a atividade.

130
10
ENCONTRO
EMBRULHA QUE
EU vOU LEvAR

atividade 3 – conversa com a turma sobre as lojas de doces e


salgados

Objetivos:
• Ampliar conhecimento sobre negócios pela reflexão sobre a vivência do funcionamento de um uma loja.

• Perceber habilidades necessárias para diferentes papéis presentes no ambiente empresarial: gerente,
vendedor, operador de caixa, cliente.

Estratégia sugerida:
• Conversa com a turma e registro de respostas (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos sobre a atividade vivenciada.

• Questione os alunos sobre como se sentiram nos papéis desempenhados e peça que registrem qual foi o
papel preferido na atividade e por quê (atividade 3.1).

• Pergunte aos alunos que habilidades são necessárias para desenvolver as funções que apareceram na
empresa, solicitando que registrem suas respostas:

• o que um vendedor precisa saber fazer para desempenhar sua função com sucesso?
• o que um gerente precisa saber fazer para desempenhar sua função com sucesso?
• o que um operador de caixa precisa saber fazer para desempenhar sua função com sucesso?
• que habilidades podem favorecer um cliente?
• Para favorecer este debate, lance questões específicas sobre a atividade e as funções desempenhadas, por
exemplo: as lojas colocaram preços nos produtos? Foi cobrado o preço correto e devolvido troco quando
necessário? Todos os clientes conseguiram ser atendidos? Outras opções.

• Ao final, relacione a atividade realizada com a oficina de brinquedos ecológicos. Questione sobre o que
foi aprendido nesta atividade e que pode ajudar no funcionamento da oficina de brinquedos ecológicos.

131
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 4 – completar frases e responder questões

Objetivo:
• Ampliar conhecimento sobre negócios: concorrência e diferenciação como vantagem para conquistar clientes.

Estratégia sugerida:
• Completar frases e responder questões (Atividade 4 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Continue a conversa sobre a atividade das lojas de salgados e doces, solicitando que os alunos completem
a frase e respondam as questões apresentadas na atividade 4.

• Leia o texto “Para saber mais” reforçando o conceito de concorrência.

• Converse com os alunos sobre a atividade vivenciada.

• Questione os alunos sobre como se sentiram nos papéis desempenhados e peça que registrem qual foi o
papel preferido na atividade e por quê (atividade 3.1).

• Pergunte aos alunos que habilidades são necessárias para desenvolver as funções que apareceram na
empresa, solicitando que registrem suas respostas:

• o que um vendedor precisa saber fazer para desempenhar sua função com sucesso?
• o que um gerente precisa saber fazer para desempenhar sua função com sucesso?
• o que um operador de caixa precisa saber fazer para desempenhar sua função com sucesso?
• que habilidades podem favorecer um cliente?
• Para favorecer este debate, lance questões específicas sobre a atividade e as funções desempenhadas,
por exemplo: as lojas colocaram preços nos produtos? Foi cobrado o preço correto e devolvido troco
quando necessário? Todos os clientes conseguiram ser atendidos? Outras opções.

• Ao final, relacione a atividade realizada com a Oficina de Brinquedos Ecológicos. Questione sobre o que
foi aprendido nesta atividade e que pode ajudar no funcionamento da Oficina de Brinquedos Ecológicos.

132
10
ENCONTRO
EMBRULHA QUE
EU vOU LEvAR

atividade de encerramento do encontro 10

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 10.

• Encerrar o Encontro 10.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

133
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Contagem regressiva...
5 – 4 – 3 – 2 – 1... 0

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos organizam o estoque de brinquedos e jogos e definem os preços dos produtos,
já que a inauguração será no próximo encontro. Serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento
empreendedor e abordados os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Planejamento e monitoramento sistemáticos;

• Correr riscos calculados;

• Exigência de qualidade e eficiência;

• Persistência.

134
11
ENCONTRO
CONTAGEM REGRESSIvA ...
5 – 4 – 3 – 2 – 1 ... 0

pLANO DE NEGÓCIOS
• Definição de preços;

• Organização do estoque de brinquedos e jogos.

plano de atividades encontro 11

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Leitura do texto com o apoio de
Motivação para a temática do imagens Livro do Aluno,
Abertura 5’
curso do 3º ano (Texto inicial do Encontro lápis grafite
– Livro do Aluno)
Livro do Aluno, lápis
Atividade 1
grafite, exemplares
(- Planejamento e Conversar e decidir sobre o preço
Decisão sobre o de produtos
monitoramento sistemáticos; dos produtos (Atividade 1 – Livro 60’
preço já elaborados,
- Correr riscos calculados; do Aluno)
etiquetas adesivas,
- Definição de preços)
canetas hidrocor
Atividade 2
Livro do Aluno,
(- Planejamento e Monitoramento do planejamento
Monitorar o lápis grafite, cartaz
monitoramento sistemáticos; para montar a oficina (Atividade 25’
planejamento com passos de
- Exigência de qualidade e 2 – Livro do Aluno)
planejamento
eficiência)
Livro do Aluno,
Atividade 3
Atividade “Abrindo Atividade ‘Abrindo a caixa de 30 revistas usadas
(- Planejamento e
a caixa de diversões’ (Atividade 3 – Livro do (adequar conforme 20’
monitoramento sistemáticos;
diversões” Aluno) número de alunos da
- Persistência)
turma)
Atividade de encerramento
Conversa com os alunos
Encerramento (- Comunicação e trabalho em Livro do Aluno 10’
(Resumindo – Livro do Aluno)
equipe)
Total 120’

135
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de abertura do encontro 11

Objetivos:
• Iniciar o Encontro 11.

• Instigar a curiosidade e a motivação dos alunos para continuidade do curso.

Estratégia sugerida:
• Leitura do texto com o apoio de imagens (Texto inicial do Encontro – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 5 minutos.

Orientação geral:
• Promova a leitura do texto inicial e solicite que os alunos completem quantos dias

• faltam para a abertura da Oficina de Brinquedos Ecológicos.

136
11
ENCONTRO
CONTAGEM REGRESSIvA ...
5 – 4 – 3 – 2 – 1 ... 0

atividade 1 – decisão sobre o preço

Objetivo:
• Decidir sobre o preço dos produtos.

Estratégia sugerida:
• Conversar e decidir sobre o preço dos produtos (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do aluno

• Lápis grafite;

• Exemplares de produtos já elaborados;

• Etiquetas adesivas;

• Canetas hidrocor.

Tempo estimado:
• 60 minutos.

Orientações gerais:
• Inicie a conversa com os alunos resgatando a atividade da loja de doces e salgados, lembrando que as
lojas colocaram preços.

• Alerte que, para definir o preço de um produto, é preciso observar diversos fatores: material que foi
usado, tempo de produção, se for uma empresa real, deverá calcular impostos também. Além disso, é
importante observar a concorrência e os preços praticados.

• Explique que, para definir os preços dos produtos, vamos avaliar os tipos de brinquedos e jogos que foram
feitos e pensar no tempo de produção, nos materiais utilizados, na qualidade, na durabilidade e, assim,
decidir os preços de venda.

• Definidos os preços, solicite que os alunos façam as etiquetas necessárias.

• Conclua a atividade lendo e reforçando as informações do texto “Para saber mais”, que alerta sobre
aspectos relacionados à definição dos preços.

137
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Observações e sugestões:
• Não propomos nenhuma estratégia específica de cálculo para formação de preço devido à complexidade
do assunto. O professor deve atentar para o cuidado que o preço seja coerente com a realidade e pode
realizar os cálculos que julgar adequados.

• Lembramos que mesmo em se tratando da utilização de sucata, entre outros materiais, os preços devem
ser definidos considerando os gastos para sua elaboração, pois mesmo os materiais de sucata têm valor
comercial, em sua maioria. Caso alguns materiais tenham sido doados, considerar valores de mercado
para que os preços dos produtos não fiquem fora da realidade.

• Sugerimos utilizar os cartazes ou fichas previamente preparadas com os gastos, como indicado nos
encontros anteriores.

• Exemplo:

Produto: Quebra-cabeça
Tempo de construção: 15 minutos
Material Quantidade Valor
Quadrado 20cm x 20cm de papelão 1 R$ 0,10
Figura de revista 1 R$ 0,02
Embalagem de garrafa PET 1 R$ 0,10
Total R$ 0,22

Produto: Cai-não-cai
Tempo de construção: 40 minutos
Material Quantidade Valor
Garrafa PET grande 1 R$ 0,10
Palitos de churrasco 20 R$ 0,20
Bolas de gude 8 R$ 0,40
Decoração com tinta acrílica R$ 0,20
Embalagem com folha de jornal 1 R$ 0,02
Total R$ 0,92

138
11
ENCONTRO
CONTAGEM REGRESSIvA ...
5 – 4 – 3 – 2 – 1 ... 0

Preço de venda
(considerar tempo de produção,
Produto Gastos totais com material Resultado esperado
criatividade, durabilidade, o perfil
dos clientes, outros aspectos)
Quebra-cabeça R$ 0,22 R$ 1,00 R$ 0,78
Cai-não-cai R$ 0,92 R$ 3,00 R$ 2,08

Resultado do preço de
Definido a partir dos gastos e
Valor levantado pelas tabelas venda decidido menos os
da análise comparativa entre os
de material utilizado gastos apurados
produtos

• A partir do preço de venda definido, é possível fazer uma previsão de vendas e resultados, conforme
quantidade de produtos elaborados.

• Exemplo:

Previsão de vendas Previsão


Gastos totais com Preço de Lucro
Produto (quantidade) resultado (lucro)
material venda esperado
Quebra- cabeça R$ 0,22 R$ 1,00 R$ 0,78 40 R$ 31,20
Cai-não-cai R$ 0,92 R$ 3,00 R$ 2,08 20 R$ 41,60
Definido a Resultado do
Resultado
partir dos lucro esperado
do preço de
Valor levantado pelas gastos e por produto
venda decidido Conforme quantidade
tabelas da análise multiplicado pela
menos produzida
de material utilizado comparativa quantidade
os gastos
entre os prevista para
apurados
produtos venda.

• É possível não fazer etiquetas de preço para cada produto e fazer uma tabela de preços que fique visível.

139
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade 2 – monitorar o planejamento

Objetivo:
• Monitorar o planejamento realizado para a oficina.

Estratégia sugerida:
• Monitorar o planejamento realizado para a oficina (Atividade 2 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite;

• Cartaz com passos de planejamento (elaborado no Encontro 4).

Tempo estimado:
• 25 minutos.

Orientações gerais:
• Faça o monitoramento do planejamento utilizando o cartaz como apoio. Leia os passos e peça que os
alunos assinalem aqueles já realizados. Da mesma forma, solicite um voluntário para fazer a marcação
no cartaz.

• Na sequência, leia os tópicos da atividade 2, reforçando e alertando para os detalhes

• que precisarem ainda ser cuidados nesta reta final, antes da abertura da Oficina.

140
11
ENCONTRO
CONTAGEM REGRESSIvA ...
5 – 4 – 3 – 2 – 1 ... 0

atividade 3 – atividade “abrindo a caixa de diversões”

Objetivo:
• Estimular a interação e comunicação dos alunos, com foco na diversão.

Estratégia sugerida:
• Atividade “Abrindo a caixa de diversões” (Atividade 3 – Livro do Aluno).

Recursos:
• Livro do Aluno;

• 30 revistas usadas (adequar conforme número de alunos da turma).

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientações gerais:
• Convide os alunos a formarem um círculo em pé.

• Entregue a cada um deles uma revista.

• Informe que esta revista passa a representar a bandeja que cada um tem para esta atividade.

• Explique que a atividade consiste em passar uma bola pelas bandejas de todos da turma, sem deixar cair
no chão. Se cair, tem que começar de novo e não vale colocar a mão.

• Amasse uma ou duas folhas de revista e faça uma bolinha.

• Inicie a brincadeira e siga até que o ciclo se complete ou o tempo da atividade se esgote.

• Ao final, pergunte como os alunos se sentiram nesta atividade, se gostaram ou não e por quê.

• Comente que esta atividade mostra a importância de se trabalhar em equipe, aspecto que a turma
precisará fortemente no próximo encontro, que é a abertura da Oficina.

Observação e sugestão:
• É possível substituir a revista por outro material, até mesmo o Livro do Aluno.

141
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de encerramento do encontro 11

Objetivos:
• Resumir as atividades do Encontro 11.

• Encerrar o Encontro 11.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos. (Resumindo – Livro do Aluno)

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 10 minutos.

Orientações gerais:
• Relembre aos alunos os horários e outras possíveis orientações para o encontro em que a oficina será
inaugurada.

• Converse com os alunos para resumir as atividades do encontro, tendo como apoio o “Resumindo” descrito
no Livro do Aluno.

• Procure sempre questionar os alunos sobre a opinião deles quanto ao encontro realizado, o que mais
gostaram ou não, o que aprenderam, o que despertou interesse ou curiosidade.

• É possível fazer um registro textual em cartaz ou no quadro, por exemplo, do resumo feito com os alunos.

• O Livro do Aluno apresenta um resumo do encontro, o que não invalida ou descaracteriza a necessidade
da conversa com os alunos para o resumo ao final do encontro, muito pelo contrário.

142
11
ENCONTRO
CONTAGEM REGRESSIvA ...
5 – 4 – 3 – 2 – 1 ... 0

143
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Um grande dia!

resumindo o encontro

O grande dia chegou! A oficina de brinquedos ecológicos é inaugurada e aberta ao público. O momento é
de diversão e de brincadeiras. Todos já sabem o que vão fazer para receber os clientes e oferecer os produtos
da oficina de brinquedos ecológicos.
Neste encontro serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e abordados
os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Como este encontro envolve o funcionamento da oficina de brinquedos ecológicos, considerando sua
abertura aos clientes, presume-se que os alunos vivenciam situações que estimulam comportamentos
relacionados ao perfil empreendedor:

• Planejamento e monitoramento sistemáticos;


• Criatividade;
• Persuasão e rede de contatos;
• Exigência de qualidade e eficiência;
• Comprometimento;
• Persistência;

144
12
ENCONTRO
O GRANDE DIA!

• Correr riscos calculados;


• Independência e autoconfiança.

pLANO DE NEGÓCIOS
• Inauguração da oficina de brinquedos ecológicos.

plano de atividades encontro 12

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Os comportamentos
empreendedores serão praticamente
todos exigidos, conforme as
situações que se apresentarem. Em
especial, destaque para: Conforme
- Persuasão e rede de contatos; brinquedos e
Conforme
- Comprometimento; jogos
Organização e planejamento para
Abertura da Oficina - Persistência; construídos e
montagem da oficina inauguração da
- Independência e brincadeiras
oficina
autoconfiança; definidas para a
- Planejamento e monitoramento oficina
sistemáticos;
- Inauguração da Oficina
de – Brinquedos Ecológicos
– concretização do plano de negócio

145
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

dicas e orientações para a oficina de brinquedos ecológicos:

Feira do Jovem Empreendedor: lembre que a Oficina pode fazer parte de uma “Feira do Jovem
Empreendedor”, por exemplo. Converse com os outros professores sobre a melhor forma de organização. Esta
feira pode acontecer na escola e, conforme organização, pode até mesmo acontecer como um evento maior
com a reunião de várias escolas que estejam aplicando o curso na cidade.
Neste dia da inauguração da Oficina, os alunos devem chegar mais cedo à escola, ter um tempo para
montar e organizar a oficina antes da abertura ao público.
Apresentamos algumas sugestões para auxiliar esta etapa do trabalho:
• arrumar o espaço dos brinquedos separado do espaço dos jogos;

• enfeitar as carteiras (mesas) com papel colorido de revistas ou jornais para colocar os produtos;

• colocar as “obras de sucata” expostas em um local de destaque;

• solicitar ajuda da comunidade;

• combinar uma cor de roupa para as crianças se vestirem: camiseta vermelha e calça jeans, por exemplo;

• deixar exposto um pouco do material utilizado durante o processo de montagem da oficina;

• escolher uma música para alegrar o ambiente;

• colocar uma caixa de sugestões para os clientes deixarem a opinião sobre o evento;

• tirar fotos ou filmar os melhores momentos;

• deixar mesas disponíveis para os clientes brincarem com os brinquedos ou jogarem os jogos. Por exemplo,
um grupo de alunos convida os clientes para brincar e se divertir com os objetos da oficina ou, ainda, a
construir pequenos e simples brinquedos com sucatas.

146
12
ENCONTRO
O GRANDE DIA!

147
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Ponto de chegada

resumindo o encontro

Neste encontro os alunos avaliam o funcionamento da montagem da oficina de brinquedos ecológicos


e todo o processo que vivenciaram para chegar até o dia da inauguração, além de tomar decisão a partir
dos resultados alcançados. Serão estimulados os seguintes aspectos do comportamento empreendedor e
abordados os seguintes elementos do plano de negócios:

COMpORTAMENTO EMpREENDEDOR
• Planejamento e monitoramento sistemáticos;

• Tomada de decisão;

• Independência e autoconfiança;

• Comunicação e trabalho em equipe.

148
13
ENCONTRO
pONTO DE CHEGADA

pLANO DE NEGÓCIOS
• Apuração dos resultados – vendas e financeiro.

plano de atividades encontro 13

Tema Atividades Estratégias Recursos Tempo


Conversa com a turma
Motivação para a temática com o apoio de imagens e
Abertura do curso do 3º ano, focando leitura de texto Livro do Aluno 30’
a conclusão do curso (Texto inicial do Encontro
- Livro do Aluno)
Atividade 1
(- Planejamento
e monitoramento
sistemáticos;
Questionário de avaliação
- Avaliação pessoal; Livro do Aluno,
Avaliar o curso (Atividade 1 – Livro do 70’
- Independência e lápis grafite
Aluno)
autoconfiança;
- Avaliação de resultados –
vendas e resultado
financeiro)
Atividade de encerramento
Encerramento (- Comunicação e trabalho Conversa com os alunos Livro do Aluno 20’
em equipe)
Total 120’

149
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

atividade de abertura do encontro 13

Objetivo:
• Iniciar o Encontro 13.

Estratégia sugerida:
• Conversa com a turma com o apoio de imagens e leitura de texto.

Recurso:
• Livro do Aluno. (Texto inicial do encontro – Livro do Aluno)

Tempo estimado:
• 30 minutos.

Orientações gerais:
• Converse com os alunos sobre o que acharam da abertura da oficina de brinquedos ecológicos.

• Pergunte para os alunos com o que se parece a imagem com a trajetória dos encontos, fazendo um breve
debate sobre o sentido de caminhada e trajetória.

• Comente que este é o último encontro do curso e é hora de avaliar o caminho percorrido, fazendo
referência à imagem do Livro do Aluno com os nomes de cada encontro.

• Explique que para avaliar como foi a oficina e tudo que aprenderam ao participar do curso Jovens
Empreendedores Primeiros Passos, primeiro vão recordar a sequência dos encontros até aqui.

• Promova a leitura do texto “Memória do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos do 3º ano –
recordando o trabalho desenvolvido”. À medida que a leitura é realizada, apontar os encontros percorrendo
a trajetória ilustrada na imagem.

150
13
ENCONTRO
pONTO DE CHEGADA

atividade 1 – avaliar o curso

Objetivos:
• Avaliar a participação no curso e o aprendizado.

• Avaliar os resultados alcançados com a montagem da oficina de brinquedos ecológicos,

• tomando decisões baseadas nesta avaliação.

Estratégia sugerida:
• Questionário de avaliação. (Atividade 1 – Livro do Aluno)

Recursos:
• Livro do Aluno;

• Lápis grafite.

Tempo estimado:
• 70 minutos.

Orientações gerais:
• Explique que o objetivo desta atividade é avaliar o curso por completo e para isso todos devem colaborar
com suas opiniões.

• Converse com a turma e peça que os alunos registrem suas respostas sequencialmente, acompanhando
as questões de 1.1 a 1.7.

• Abra espaço para que os alunos comentem sentimentos, se estão felizes pelo curso realizado.

• Esclareça que também é preciso avaliar o resultado das vendas realizadas na oficina.

• Converse com a turma e apresente os resultados conforme anotações que devem ser feitas sobre as
vendas, no dia de abertura da oficina.

• Leia e explique as informações do texto “Para saber mais”, sobre lucro e prejuízo.

• Calcule com os alunos o resultado final e converse com todos para a decisão a ser tomada a partir deste
resultado.

• Converse com a turma sobre o resultado que a oficina alcançou.

151
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• Caso se tenha lucro, o grupo decidirá o que fazer com o dinheiro. O professor pode sugerir alternativas
para colaborar, caso os alunos não consigam apontam uma decisão.

• Caso se tenha prejuízo, pergunte para os alunos o que precisaria ter acontecido para que se tivesse lucro.
Neste caso, explique que quando acontecem situações assim, os empreendedores fazem exatamente
como eles fizeram: avaliam o que pode ser feito para que isso não aconteça novamente e seguem em
frente com determinação.

• Comemore o resultado com os alunos, seja qual for, pois aprendizado todos ganharam e também lucraram
com o trabalho em equipe que vivenciaram. Afinal, empreendedor não é aquele que tem bons resultados
sempre e, sim, aquele que aprende e busca melhorar cada vez mais!

• Importante: toda e qualquer decisão sobre resultados financeiros deve ser direcionada para um objetivo
comum da turma de alunos, da escola ou da comunidade.

152
13
ENCONTRO
pONTO DE CHEGADA

atividade de encerramento do encontro 13 e do curso

Objetivo:
• Encerrar o Encontro 13 e o curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos – 3º ano:

• Oficina de Brinquedos Ecológicos.

Estratégia sugerida:
• Conversa com os alunos.

Recurso:
• Livro do Aluno.

Tempo estimado:
• 20 minutos.

Orientação geral:
• Peça que os alunos observem a imagem final do Livro do Aluno e comemore com eles a finalização do
curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos na turma do 3º ano, parabenizando a todos. Promova
aplausos para a turma!

Observações e sugestões:
• Promova um momento final e especial para a caixa de diversões, deixando que todos brinquem livremente
com o seu conteúdo, por exemplo.

• Preparar uma confraternização para o encerramento do curso, se possível.

153
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

ANEXOS
música: o circo (atividade 3 do encontro 3)

O CIRCO
Composição: Sidney Miller

VAI, VAI, VAI COMEÇAR A BRINCADEIRA


TEM CHARANGA TOCANDO A NOITE INTEIRA VEM, VEM, VEM VER O CIRCO DE VERDADE TEM, TEM, TEM
PICADEIRO E QUALIDADE
CORRE, CORRE, MINHA GENTE, QUE É PRECISO SER ESPERTO QUEM QUISER QUE VÁ NA FRENTE, VÊ MELHOR
QUEM VÊ DE PERTO MAS NO MEIO DA FOLIA, NOITE ALTA, CÉU ABERTO
SOPRA O VENTO QUE PROTESTA, CAI NO TETO, ROMPE A LONA PRA QUE A LUA, DE CARONA, TAMBÉM POSSA
VER A FESTA
BEM ME LEMBRO O TRAPEZISTA QUE MORTAL ERA SEU SALTO BALANÇANDO LÁ NO ALTO PARECIA DE
BRINQUEDO
MAS FAZIA TANTO MEDO QUE O ZEZINHO DO TROMBONE DE RENOME CONSAGRADO ESQUECIA O PRÓPRIO
NOME E ABRAÇAVA O MICROFONE PRA TOCAR O SEU DOBRADO FAÇO VERSOS PRO PALHAÇO QUE NA VIDA JÁ
FOI TUDO
FOI SOLDADO, CARPINTEIRO, SERESTEIRO E VAGABUNDO SEM JUÍZO E SEM JUÍZO FEZ FELIZ A TODO MUNDO
MAS NO FUNDO NÃO SABIA QUE EM SEU ROSTO COLORIA TODO ENCANTO DO SORRISO QUE SEU POVO NÃO
SORRIA DE CHICOTE E CARA FEIA DOMADOR FICA MAIS FORTE MEIA VOLTA, VOLTA E MEIA, MEIA VIDA, MEIA
MORTE TERMINANDO SEU BATENTE DE REPENTE A FERA SOME
DOMADOR QUE ERA VALENTE NOUTRAS FERAS SE CONSOME SEU AMOR INDIFERENTE, SUA VIDA E SUA FOME
FALA O FOLE DA SANFONA, FALA A FLAUTA PEQUENINA
QUE O MELHOR VAI VIR AGORA, QUE DESPONTA A BAILARINA
QUE O SEU CORPO É DE SENHORA, QUE SEU ROSTO É DE MENINA
QUEM CHORAVA JÁ NÃO CHORA, QUEM CANTAVA DESAFINA PORQUE A DANÇA SÓ TERMINA QUANDO A NOITE
FOR EMBORA VAI, VAI, VAI TERMINAR A BRINCADEIRA
QUE A CHARANGA TOCOU A NOITE INTEIRA MORRE O CIRCO, RENASCE NA LEMBRANÇA FOI-SE EMBORA E EU
AINDA ERA CRIANÇA

154
ANEXOS

dinheiro de brinquedo (em papel e em moeda)

155
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

156
ANEXOS

dinheiro de brinquedo (em papel e em moeda)

157
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

dicas e sugestões de brinquedos, brincadeiras e embalagens

DICAS – TRABALHO COM pET


Ao trabalhar com PET, é preciso cuidado ao cortar as embalagens para que não se tornem perigosas no
manuseio.
Para evitar esta situação, é possível minimizar o risco de se machucar nas partes cortadas das garrafas:
Raspando no chão a parte onde foi feito o corte. Cuidado para fazer isso num terreno em que o chão não
fique marcado pela fricção da garrafa PET.
1. Passando uma lixa pela extensão da parte cortada.
2. Aquecendo levemente a parte cortada em uma frigideira, por exemplo, permitindo fazer uma dobra,
se for o caso. Este procedimento deve ser feito por um adulto.
Algumas etapas de corte e furos em garrafas PET têm melhor resultado utilizando- se estiletes ou
tesouras grandes. Neste caso, não deixe que os alunos manuseiem tais instrumentos.
Para furar garrafas PET, é possível:
1. Aquecer um prego ou instrumento pontiagudo para fazer os furos;
2. Utilizar um estilete, que também pode ser aquecido;
3. Utilizar um saca-rolha.
Também neste caso não deixe que os alunos manuseiem tais instrumentos e tenham acesso ao fogo para
aquecimento.

DICAS – TRABALHO COM LATINHAS


Ao utilizar embalagens de lata, observar com atenção as bordas delas. Sugerimos descartar aquelas
embalagens de lata que são abertas com abridor e deixam rebarbas que podem facilmente cortar os alunos.
Para utilizar embalagens de lata de refrigerante, é possível abrir a embalagem sem o auxílio do abridor.
Basta esfregar a parte de cima da lata num chão de cimento (não em piso liso), até que a tampa se desprenda.
Cuidado para fazer isso num terreno em que não tenha problema ficarem possíveis marcas pela fricção das
latas.

SUGESTÕES DE BRINQUEDOS, BRINCADEIRAS E EMBALAGENS


Sabemos do universo de ideias criativas que este tema pode ocasionar. Como você já sabe, busque
adaptar e inserir atividades que deixem o curso cada vez mais próximo à realidade dos seus alunos.

158
ANEXOS

Sugerimos outras opções de brinquedos, jogos e brincadeiras, além dos já descritos nos livros do aluno
e do professor:

1. BARQUINHO
Observe como montar um barquinho com material bem simples:

Material:
- 2 rolhas.
- 1 pregador (sem a mola).
- 1 palito (de dente).
- 1 triângulo de papel colorido.
- Cola.
- Tesoura ou estilete (só de uso de adulto).

Modo de Fazer:
1. Cortar as rolhas ao meio.

2. Colar as partes do pregador com três metades das rolhas, conforme a ilustração.

159
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

3. Pasar cola no papel colorido em forma de triângulo.

4. Colar o palito no papel para formar a vela do barco.

5. O barco está pronto.


Sugestão: é possível pintar antes os pregadores e as rolhas com tinta guache ou anilina e montar um barco
multicolorido!

2. JOGO DE FUTEBOL

MATERIAl:
- 14 tampinhas de GARRAFA PET
- Um lápis branco
- Uma régua

160
ANEXOS

- Dois palitos de sorvete


- Tesoura sem ponta
- Papel cartão verde-grama (51cm X 33cm)
- Uma bola de isopor (PEQUENA)

Modo de Fazer:
1. Desenhe as linhas do campo no papel cartão verde, com o lápis branco. Faça a linha do meio, as linhas
da grande área e da pequena área.
2. Agora desenhe as curvas. Para fazer o círculo central, use uma tampa de lata ou um pires.
3. Depois desenhe as meias-luas e, por fim, os meios do campo e as marcas do pênalti.
4. Passe um fio de cola na parte de baixo da tampinha e cole no campo. O número de tampinhas pode
variar com o tamanho do campo.
5. Para fazer os gols, corte um buraco em cada extremo da caixa, por onde a bola possa passar.
6. Uma bola de isopor e dois palitos de sorvete completam o brinquedo. O resto você já sabe: é jogar e fazer gols.

3. LABIRINTO
(ENVIO MATERIAL ANEXO PARA AUXILIAR DESCRIÇÃO E ILUSTRAÇÃO DESTA ATIVIDADE)

Material:
• 1 tampa de embalagem circular ou outro formato – por exemplo, tampa de potes de coces, tampa de caixa
de sapato;

161
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• 5 a 8 tampinhas de garrafa – podem ser plásticas ou de metal, conforme o tamanho da tampa de base;

• Revistas que podem ser recortadas;

• Pequenas pedrinhas ou feijões.

Opcional:

• Tintas acrílicas cores disponíveis;

• Pincéis.

Modo de fazer:
• Com folhas de revistas, faça faixas dobrando o papel algumas vezes. Molde essas faixas em formato de
“U”, “S”, ou outro formato desejado.

• Cole as tampinhas e as faixas criadas, na embalagem, deixando sua borda para cima. Posicione as peças
para fomar o labirinto desejado.

• Coloque algumas pedrinhas ou grãos de feijão e comece a brincadeira.

DICAS E ORIENTAÇÕES SOBRE O JOGO:


• O jogo consiste em conduzir os grãos ou pedrinhas pelo labirinto e tentar conseguir que eles parem no
ponto de chegada (decida o ponto de chegada do labirinto).

• Quanto mais pedrinhas ou grãos forem colocados, mais desafiador será conduzi-los pelo labirinto.

• Quanto maior for a embalagem usada para montar o labirinto, os obstáculos podem ser mais desafiodores,
basta usar a imaginação.

4. CINCO NA MÃO
(ENVIO MATERIAL ANEXO PARA AUXILIAR DESCRIÇÃO E ILUSTRAÇÃO DESTA ATIVIDADE)

Material:
• 5 pequenos saquinhos de tecido com feijão ou outro material como enchimento. Ou

• 5 pedrinhas.

162
ANEXOS

Observsações:
É possível construir as cinco peças do jogo com tampinhas de garrafa PET. Basta preenchê-las com algum
material para que fiquem um pouco mais pesadas e cobrir com fita adesiva.
Número de jogadores: 2 a 6 jogadores.

Modo de jogar:
• Segure todas as peças na mão, jogue-as para cima e deixe que caiam no chão.

• Apanha-se uma peça e atira-se para cima. Enquanto ela voa, apanha-se outra do chão e pega-se a que se
atirou para cima, ficando com duas peças na mão. Isso somente com uma das mãos.

• O jogo continua até que todas as peças do chão tenham sido apanhadas.

• Recomeça-se o jogo, mas apanhando as peças duas a duas.

• Na rodada seguinte, deve-se apanhar duas peças de uma só vez. Um outro jogador indica quais são as
peças que devem ser apanhadas do chão.

• Numa próxima rodada, apanham-se três e depois quatro peças de uma só vez.

• Se, em qualquer ponto da partida, não se apanhar as peças do chão ou a peça atirada cair sem ser pega,
perde-se a vez para outro jogador.

DICAS:
• Existem muitas variações para este jogo, pesquise a respeito.

• As peças podem ser numeradas e representar pontuação.

• Podem ser acrescidos desafios, por exemplo, ao jogar a peça para cima, deve bater uma palma, entre
outros.

163
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

5. RECEITA DE MASSA DE MODELAR


(Fonte: http://amigasarteiras.multiply.com/journal/item/3)

É possível fazer a massa de modelar com as crianças ou ainda prepará-la previamente e levar para que alunos
possam utilizar a massa para decorar ou construir brinquedos. Aquilo que for criado com massa de modelar
pode ser pintado depois de pronto, caso a massa não seja colorida.

Ingredientes:
• 2 xícaras (cerca de 250ml) de farinha de trigo;

• 1 xícara (cerca de 125ml) de sal;

• Água suficiente para dar consistência de pão à massa (pouco mais do que 1 xícara);

• 2 colheres de sopa de óleo comestível. Se preferir, o óleo de amêndoa deixa um cheiro agradável nas mãos.

• Opcional: corante comestível de várias cores. Se optar por anilina, verifique se está escrito “comestível”
na embalagem. É o mesmo tipo usado para enfeitar bolos. Outra opção é o coloral de origem vegetal ou
pó de suco instantâneo.

Modo de fazer:
• Junte a farinha ao sal e misture, obtendo uma mistura homogênea.

• Adicione corante à água que será usada para dar consistência à massa, se esta for a escolha.

• Aos poucos, misture a água (com o corante ou não) à mistura de farinha e sal e vá misturando até obter
um ponto de massa de pão.

• Por fim, adicione aos poucos o óleo e misture bem a massa.

6. OUTROS JOGOS

6.1. pENTAMINÓS
(INSERIR DESCRIÇÃO DO JOGO DAS ATUAIS PÁGINAS 66 A 69 DO LIVRO DO ALUNO)

164
ANEXOS

6.2. TORRE DE HANÓI

Apenas cinco peças compõem este jogo, uma ótima pedida para desenvolver o raciocínio de seus alunos.
A partir dos 7 anos, as crianças já têm capacidade para transportar a Torre de Hanói de um ponto a outro.
Porém, não há limite de idade. O desafio desperta o interesse até dos adultos.

Material e modo de fazer


Providencie papelão, papel colorido, pote plástico, cola, lápis, régua, tinta, pincel, tesoura e cola. No papelão,
risque cinco quadrados: um com 8cm de lado, o segundo com 7cm, o terceiro com 6cm, o quarto com 5cm
e o último com 4cm. Procure usar um papelão grosso, com no mínimo 4 mm de espessura, para facilitar o
manuseio das peças. Recorte os quadrados e pinte cada um de uma cor. Para guardar o jogo, forre o pote
plástico com pedacinhos de papel colorido ou páginas de revista. Escreva as regras em um papel, dobre-o e
guarde-o no pote junto com as peças.

Regras do jogo

• O jogo com cinco peças: no mínimo 31 movimentos

• Risque sobre a mesa três pontos paralelos distantes 10cm um do outro. O jogador deve montar a torre
sobre o ponto da esquerda. O objetivo é mudá-la para o ponto da direita mexendo uma peça por vez
e colocando-as apenas sobre os três pontos marcados. Nenhuma peça pode ficar sobre outra menor.
Enquanto uma criança joga, as demais marcam o tempo gasto para chegar ao objetivo. Ganha quem
mudar a torre de lugar mais depressa.

165
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

• É possível determinar o vencedor também calculando quem fez menos movimentos para mudar a
torre para o ponto da direita. São necessárias, no mínimo, 31 passagens. Ao lado, mostramos os sete
movimentos básicos para que uma torre de três peças passe do ponto da esquerda para o da direita. O
raciocínio é o mesmo quando o jogo está completo, com os cinco quadrados.

TREINE COM UMA TORRE MENOR

Passe a peça menor para a direita

166
ANEXOS

Coloque a peça média no ponto do meio

A peça pequena vai sobre a média

Leve a peça grande ao ponto da direita

A peça pequena vai para a esquerda

Ponha a peça média sobre a grande

Por fim, ponha a menor sobre as demais

167
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

7. EMBALAGENS

7.1. EMBALAGEM pARA JOGOS

• A embalagem pode ser um saquinho de tecido ou TNT (sobras).

• Utilize as sobras de tecido ou de TNT para criar lindos saquinhos. Arremate com um barbante ou com
uma fita, dando um laço.

• A embalagem também pode ser feita com garrafa PET:

1. Pegue a garrafa PET e corte mais ou menos abaixo de onde fica o rótulo.
2. Crie uma linha imaginária onde a garrafa faz uma curvinha. Isso vai servir como base para as abas. Corte
as abinhas como se fossem pétalas de flores, começando na curvinha, indo até o topo e voltando para a
curvinha. No total serão 5 abas alinhadas aos 5 pézinhos da garrafa.
3. Agora é só dobrá-las para dentro. Faça uma pressão para marcar a dobra, e quando estiver pronta, você
vai ouvir um click cada vez que empurrar uma aba para dentro.

Fonte: http://cafetinaverde.wordpress.com/2008/06/03/embalagens-feitas-com-garrafas-pet/

Observação: duração: 20’

168
ANEXOS

• Pegue a garrafa PET e corte mais ou menos abaixo de onde fica o rótulo.

• Crie uma linha imaginária onde a garrafa faz uma “curvinha”. Isso vai servir como base para as dobras das
abas que abrem e fecham a embalagem. Corte as abinhas como se fossem pétalas de flores, começando
na curvinha, indo até o topo e voltando para a curvinha. No total, serão 5 abas alinhadas aos 5 “pezinhos”
da garrafa.

• Agora, é só dobrá-las para dentro. Faça uma pressão para marcar a dobra.

7.2. OUTRAS OpÇÕES DE EMBALAGENS

• Colar três lados de duas folhas de jornal ou de revista, formando uma embalagem.

• Utilizar embalagens que estejam no conjunto de sucata, como caixas, potes com tampa, sacolas, outros.

• Utilizar papel celofane para embalar os brinquedos.

• Utilizar retalho de tecido e fazer embalagens variadas.

169
Oficina de Brinquedos Ecológicos 3º Ano Livro do professor
Jovens Empreendedores primeiros passos

Referências
bibliográficas
ANTUNES, Celso. Jogos para estimulação das inteligências múltiplas. 12ª ed. Petrópolis: Vozes, 1998.

BROTTO, Fábio Otuzi. Jogos cooperativos. Santos: Projeto Cooperação, 1997.

DOLABELA, Fernando. Oficina do empreendedor. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

. Quero construir a minha história. Rio de Janeiro: Sextante, 2009.

DRUCKER, Peter. Inovação e espírito empreendedor: entrepreneurship. Prática e princípios. 6ª ed. São
Paulo: Pioneira, 2006.

FRIEDMAN, Adriana. A arte de brincar: brincadeiras e jogos tradicionais. 7ª ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

GADOTTI, Moacir. Boniteza de um sonho: ensinar – e – aprender com sentido. São Paulo: Inst. Paulo
Freire, 2008.

LOPES, Rose (org.). Educação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarina Eleonora F. da Silva,
Jeanne Sawaya; revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. 2ª ed. São Paulo: Cortez; Brasília-DF: UNESCO,
2000.

PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre: Artmed, 1999.

RAMAL, Silvina Ana. Como transformar seu talento em um negócio de sucesso: gestão de negócio para
pequenos empreendimentos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

RIPOLL, Oriol; MARTÍN, Francesc. Como construir seus brinquedos. São Paulo: Ciranda Cultura, 2009.

RIPOLL, Oriol; CURTO, Rosa María. Jogos de todo o mundo. São Paulo: Ciranda Cultura.

XARRIÉ, Juan Gonzalez. Trabalhos manuais: 60 ideias para você criar com as mãos. Barueri: Girassol,
2007.

170