Você está na página 1de 633

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara,

protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.


fls. 1

EXCELENTÍSSIMO(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA VARA


CÍVEL DA COMARCA DE FORTALEZA, ESTADO DO CEARÁ.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
EXECUÇÃO DE SENTENÇA/CUMPRIMENTO – Art. 15 da Lei 7.347/85.

CUSTAS PROCESSUAIS – RECOLHIMENTO NO FINAL – ART. 18 DA


LEI Nº 7.347/85.

1. MARIA NEUMA GUEDES, brasileira, solteira, aposentada, portadora do


RG: 74390475 SSP-CE e CPF: 195.036.953-68 residente à Rua Manoel
Monteiro, n° 331, Centro, Potengi-CE, Cep: 63.160-000.

2. VICENTE FEITOSA ALVES, brasileiro, casado, aposentado, portador do


RG: 2000099094690 SSP-CE e CPF: 014.735.653-91 residente à Rua Francisco
Guedes da Silva, n° 235, Centro, Potengi-CE, Cep: 63.160-000.
3. ANTÔNIO MARROCOS LACERDA, brasileiro, casado, aposentado,
portador do RG: 10375880 SSP-CE e CPF: 223.284.243-68 residente à Rua
Nova Olinda, n° 344, Centro, Potengi-CE, Cep: 63.160-000.
4. ARISTIDES DE SOUZA ANDRADE, brasileiro, casado, autônomo,
portador do RG: 1216372 SSP-CE e CPF: 222.548.343-34 residente à Rua
Manoel Monteiro, n° 208, Potengi, Potengi-CE, Cep: 63.160-000.
5. MARIA LIBÓRIO ALENCAR, brasileira, viúva, aposentada, portadora do
RG: 2003032047512 SSP-CE e CPF: 194.770.823-68 residente à Rua Francisco
Guedes da Silva, n° 111, Centro, Potengi-CE, Cep: 63.160-000.
6. MARGARIDA DE ARAÚJO GUEDES, brasileira, viúva, aposentada,
portadora do RG: 1422232 SSP-CE e CPF: 222.700.193-34 residente à Rua
Francisco Guedes, n° 313, Potengi, Potengi-CE, Cep: 63.160-000.
7. ANTÔNIA BENTO DA SILVA, brasileira, casada, aposentada, portadora
do RG: 23689181 SSP-CE e CPF: 541.659.033-53 residente à St. Quaresma, n°
35, Quaresma, Potengi-CE, Cep: 63.160-000, através do(s) advogado(s)
signatário(s), este(s) identificado(s) no incluso instrumento de mandato, vêm,
com fulcro no art. 15 da Lei 7.347/87, arts. 475-B, 475-J do Codex de Processo
Civil e demais disposições legais aplicáveis, propor a

1
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 2

EXECUÇÃO DE SENTENÇA/CUMPRIMENTO

Em face do BANCO DO BRASIL S. A, ente jurídico de economia mista, inscrita no


CNPJ sob o n.° 00.000.000/0008-68, com sede em Brasília-DF e representação nesta

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
Capital, na Av. Santos Dumont, nº 2.889, 5º Andar, Aldeota, CEP 60.150-161,
Superintendência Estadual e Agência, tudo consubstanciado nos fatos e fundamentos
a seguir especificados.

ESCORÇO FÁTICO

1. Em 29 de março de 1993, o IDEC - Instituto Brasileiro de Defesa do


Consumidor ingressou perante a 19a Vara Cível da Comarca de São Paulo/SP, Capital
do Estado, com AÇÃO CIVIL PÚBLICA em face do BANCO DO BRASIL S/A,
com a finalidade de restar declarado e reconhecido judicialmente, o direito adquirido
dos titulares de contas de poupança existentes na primeira quinzena do mês de janeiro
de 1989 junto à referida instituição financeira, possibilitando individualmente aos
respectivos poupadores, o recebimento da diferença da correção monetária não
creditada naquele mês, observando-se para este fim o rendimento de 71,13% apurado
em janeiro de 1989 (correspondente a inflação de 70,28% apurada pelo IBGE e juros
de 0,5%) ao mês) e o índice creditado nas cadernetas de poupança, o que na maioria
das vezes representava 48,16%, ou seja, em regra deveria ser aplicada a diferença de
48,16% sobre o saldo existente em janeiro de 1989, apurando-se o quantum debeatur
em liquidação de sentença.

2. No mês de junho de 1993 a instituição Ré foi regularmente citada.

DA ABRANGÊNCIA NACIONAL DO TITULO EM EXECUÇÃO

3. O Banco do Brasil, em julho do mesmo ano, apresentou Exceção de


Incompetência, com a alegação de que o Foro Competente para ser proposta a
ação é o do Distrito Federal, pois como o pedido da ação visava a abrangência de
todos os poupadores do banco no país e que, por tratar-se de instituição com
agências em todo o território nacional, a ação deveria ser distribuída no Distrito
Federal, local onde se localizava a sede (art. 100, CPC).

4. Em 23 de Agosto de 1993, a presente Exceção de Incompetência foi

2
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 3

julgada procedente, determinando a remessa dos autos para distribuição ao Juízo


de Direito da Comarca do Distrito Federal, uma vez que à eficácia da sentença
no âmbito nacional só seria atingida com a ação sendo proposta no domicílio da
sede do Réu, qual seja, o Distrito Federal, conforme decisão anexa (doe. 02).

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
5. O IDEC agravou da decisão (agravo n° 585.440-6), sobrevindo o r.
Acórdão do Primeiro Tribunal de Alçada Civil do Estado de São Paulo, que, com
permissa vênia, transcrevemos (doe. 03):

"Improsperável a pretensão irresignativa. É que a ação


civil pública foi proposta pelo IDEC - Instituto de Defesa
do Consumidor - objetivando beneficiar todos os clientes
do Banco do Brasil S/A, em qualquer localidade do Brasil,
e não, somente, no Estado de São Paulo, fato que
inviabiliza a propositura do feito na Capital do Estado.
(...) Destarte, no caso em tela, por abranger, bisese, uma
coletividade no âmbito nacional, a ação deve prosseguir
na sede do Banco do Brasil S/A, situado no Distrito
Federal (...) Isto posto, nega-se provimento ao recurso"
(destacamos).

6. Com o desprovimento do apelo, os autos foram enviados para


distribuição no Distrito Federal. Frise-se, tudo por conta do pedido de
abrangência nacional do pedido.

7. Como se não bastasse o Superior Tribunal de Justiça (ST.T) em decisão


de 19/10/2011, pela sua Corte Especial, modificou o entendimento quanto à
abrangência das Ações Civis Públicas (APC), conforme se afere no Acórdão
anexo (doe 04).

"(...) DIREITO PROCESSUAL. RECURSO


REPRESENTATIVO DE CONTROVÉRSIA (ART. 543-
C, CPC). DIREITOS METAINDTVIDUAIS. AÇÃO
CIVIL PÚBLICA. APADECO X BANESTADO.
EXPURGOS PNFL ACIONÁRIOS.
EXECUÇÃO/LIQUIDAÇÃO INDIVIDUAL. FORO
COMPETENTE. ALCANCE OBJETIVO E SUBJETIVO
DOS EFEITOS DA SENTENÇA COLETIVA.
3
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 4

LIMITAÇÃO TERRITORIAL. IMPROPRIEDADE.


REVISÃO JURISPRUDENCIAL. LIMITAÇÃO AOS
ASSOCIADOS. INVIABILIDADE. OFENSA À COISA
JULGADA. 1. Para efeitos do art. 543-C do CPC: 1.1. A
liquidação e a execução individual de sentença genérica

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
proferida em ação civil coletivapode ser ajuizada no foro
do domicílio do beneficiário, porquanto os efeitos e a
eficácia da sentença não estão circunscritos a lindes
geográficos, mas aos limites objetivos e subjetivos do que
foi decidido, levando-se em conta, para tanto, sempre a
extensão do dano e a qualidade dos interesses
metaindividuais postos em juízo (arts. 468, 472 e 474, CPC
e93e 103, CDC).

8. Desta forma, conforme as considerações amplamente expostas,


deparamo-nos com um caso concreto, onde os Poupadores cumprem todos os
requisitos, pois possuíam conta poupança na Instituição Ré, bem como saldo no
período que sofreu danos decorrentes do "Plano Verão", a agência é situada no
Estado do Ceará, bem como com base no entendimento pacificado pela Corte
Especial do STJ.

DA DECISÃO NOS AUTOS DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA

9. Feita a remessa, os autores foram regularmente processados e


distribuídos à 12a Vara Cível do Distrito Federal, sobrevindo a r. sentença de
procedência da Ação Civil Pública, condenando a Ré, de forma genérica, de
acordo com o artigo 95 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), a incluir
o índice de 48,16% no cálculo de reajuste dos valores depositados nas
cadernetas de poupança com ela mantidas em janeiro de 1989, tudo a ser
apurado em liquidação de sentença, vide Sentença em anexo (doe. 05).

10. Inconformada, a Ré apresentou recurso de apelação, o qual foi negado


provimento, mantendo na íntegra a r. sentença monocrática pelos seus próprios
fundamentos.

11. A instituição financeira Ré ingressou com Recurso Especial e Recurso


Extraordinário.

4
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 5

12. O então Presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e


Territórios, Desembargador Edmundo Minervino, em decisão sobre a
admissibilidade dos recursos apresentados, julgou da seguinte forma (doe. 06),
transcrevemos:

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
"(...) Analiso os pressupostos constitucionais de
admissibilidade. Ressalte-se, em primeiro lugar, que é
inteiramente desarrazoada a alegação no sentido de não
ser possível tutelar interesses individuais homogêneos de
consumidores com base na Lei 7.347/85, haja vista a
plena integração, hoje existente, entre os sistemas das Leis
7.347 e 8.078. É hoje indiferente ajuizar ação coletiva com
base na Lei 7.347/85 (Lei da Ação Civil Pública) ou na
Lei 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor), face a
absoluta integração entre os dois diplomas legais. Por
outro lado, igualmente afronta a razoabilidade a tese
defendida pelo recorrente, no que concerne à violação ao
artigo 16 da Lei 7.347/85 com a redação conferida pela Lei
9.494/97. Confundir questão de "competência" com
"efeitos da coisa julgada" constitui inaceitável heresia
processual, equivalente a considerar que a sentença de
divórcio prolatada pelo Juiz de Brasília, somente é apta a
dissolver o casamento dentro dos limites desta
circunscrição, continuando as partes no estado de casado,
no resto do país. O recurso merece seguimento apenas no
tocante à divergência apontada quanto ao índice a ser
aplicado na correção dos valores depositados na caderneta
de poupança. O extraordinário não colhe a mesma
sorte(...)" (destacamos).

13. No julgamento do Recurso Especial formulado pelo Banco Réu, o


Superior Tribunal de Justiça (STJ) deu parcial provimento, exclusivamente para
alterar o índice do IPC de janeiro de 1989, fixando-o em 42,72%, conforme
cópia em anexo (doe. 07).

14. Já o recurso extraordinário interposto pelo Réu teve o seu seguimento


negado, bem como foi negado provimento ao Agravo de Instrumento e ao
Agravo Regimental (doe. 08).

5
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 6

15. Assim, referida decisão da Ação Civil Pública transitou em julgado em


27/10/2009, como certificado nos próprios autos do RE 375709. Vide documento
anexo.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
DA DATA DA CITAÇÃO

16. Consoante assentado na Certidão de Inteiro Teor emitida pela 12ª Vara
Cível de Brasília, o Executado foi citado para integrar a relação jurídico-processual,
em 08 de junho de 1993.

17. A contestação foi apresentada, juntamente com exceção de


incompetência, pois, dada a abrangência nacional da pretensão, o Executado
pediu que o processo fosse encaminhado a Comarca de Brasília-DF, onde detém
sua sede, o que efetivamente ocorreu.

18. Portanto, tendo a citação realizando-se em junho de 1993, este é o


momento a partir do qual deve ser efetuada a contagem dos juros de mora, conforme
fixado na sentença em cumprimento. Documento anexo.

DA COMPETÊNCIA

19. Considerando que a presente demanda tem como origem a Ação Civil
Pública em comento, a sua distribuição pode se dar no juízo que processou a causa em
primeira instância (art. 475-P, II), ou a competência poderá ser prorrogada para o
domicílio do autor, ou ainda no domicílio do Réu, conforme entendimento
pacificado pela Corte Especial do STJ, cuja cópia segue em anexo ao documento
n. 04, a saber:

"1.1. A liquidação e a execução individual de sentença


genérica proferida em ação civil coletiva pode ser ajuizada
no foro do domicílio do beneficiário, porquanto os efeitos
e a eficácia da sentença não estão circunscritos a lindes
geográficos, mas aos limites objetivos e subjetivos do que
foi decidido, levando-se em conta, para tanto, sempre a
extensão do dano e a qualidade dos interesses

6
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 7

metaindividuais postos em juízo (arts. 468, 472 e 474,


CPCe93el03, CDC)."

20. No caso em tela optou-se pela competência do juízo Fortaleza-Ce,

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
onde o Banco Executado tem Superintendência Estadual e seu Departamento
Jurídico e também agências (art. 100, inciso IV, letra “b” do CPC e Parágrafo
Único do art. 475-P).

21. Como se não bastasse, a doutrina e jurisprudência já pacificaram a


questão conforme leciona Wilges Bruscato (BRUSCATO, Wilges. Execução da
Tutela Jurisdicional Coletiva. São Paulo: Saraiva, 2009. pág.83), a saber:

"Mesmo antes das reformas da execução feitas no CPC,


esta competência ordinária se mantém, de acordo com o já
citado art. 475-P, II, para os casos de execução de direitos
difusos e coletivos. Quando se trata de execução de
direitos individuais homogêneos, como visto, a
competência pode ser prorrogada para o domicílio do
autor, por expressa autorização do microssistema de
defesa dos interesses coletivos. (...).

Assim, a petição de habilitação à liquidação pode ser


dirigida ao juiz que prolatou a sentença, nos mesmos
autos, de acordo com a regra geral de competência, ou ao
juiz do domicílio do autor, do réu ou de onde se encontram
os bens." (destacamos).

22. E mais adiante (pág. 84) conclui sabiamente a doutrinadora:

"No caso de indenização, como o parágrafo único do


citado art 475-P abre a possibilidade de prorrogação de
competência para a execução de sentença, facultando ao
exequente optar também pelo foro do lugar onde se
encontram os bens a serem excutidos ou de atual domicílio
do executado, se essa faculdade for exercida, o processo
deverá permanecer no juízo de origem, devendo ser
enviada, apenas, a carta de sentença", (destacamos).
7
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 8

23. Ressalta-se, ainda, que os Tribunais Pátrios a respeito da matéria ora em


questão vêm decidindo que:

"(...) a competência para o processo de

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
liquidação/execução é detida por um dos órgãos
jurisdicionais do foro do domicílio beneficiário
Liquidante/Exequente a título estritamente individual,
observados obviamente, (a) o âmbito de eficácia ditado
pelo art. 2°-A, da Lei n.0 9A94/1997 (na redação dada pela
Medida Provisória n.° 2.180-35/2001), e (b) a livre
distribuição, em caso de pluralidade de juízos
identicamente competentes na mesma base territorial de
regular atividade judicante, - Conflito de competência
conhecido e declarada a competência do MM. Juízo
Federal suscitado (Juízo da 21a Vara Federal do Rio de
Janeiro RJ)". CTRF 2a R. - CC 7494/RJ
(2007.02.01.002827-6) - SÉTIMA TURMA
ESPECIALIZADA. Relator Desembargador Federal
SÉRGIO SCHWAITZER - DJU - Data 27/08/2007 -
Página 288). (destacamos).

24. Nos casos das ações coletivas, tal como a Ação Civil Pública, incontestável
o entendimento de que a execução ou liquidação da sentença pode ser proposta no foro
do consumidor, entendimento este que está de plena consonância com o § 2o do artigo
98 do Código de Defesa do Consumidor:

“É COMPETENTE PARA A EXECUÇÃO O JUÍZO:

I – DA LIQUIDAÇÃO DA SENTENÇA OU DA AÇÃO


CONDENATÓRIA, NO CASO DE EXECUÇÃO
INDIVIDUAL;
II – DA AÇÃO CONDENATÓRIA, QUANDO
COLETIVA A EXECUÇÃO”.

25. Isto porque o parágrafo único do artigo 475-P do Código de Processo Civil
permite ao exequente escolher outros foros para promover a execução da sentença,
distintos do foro onde tramitou a ação de conhecimento, a regra do art. 475-P do
CPC, para a doutrina, é flexibilizada para que nas ações coletivas não seja

8
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 9

competente apenas o juízo que proferiu a sentença condenatória, neste sentido


Fredie Didier Jr. E Hermes Zaneti Jr.:

"A possibilidade de escolha de foros para a execução,

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
prevista no par. ún. do art. 475-P, também se aplica à
execução coletiva promovida pelos legitimados coletivos,
pois não há razão para qualquer diferenciação de
tratamento: se o regime do CDC (art. 98, §2°, II) adotava
o regime geral previsto no CPC, se esse foi alterado,
também deve considerar-se alterado, por revogação, o
regime daquele", (destacamos).

26. Vejamos a vasta jurisprudência nesse sentido:

"AGRAVO INTERNO. AÇÃO CIVIL PÚBLICA


COLETIVA. RENDIMENTOS DE CADERNETAS DE
POUPANÇA. CONDENAÇÃO GENÉRICA.
EXECUÇÃO INDIVIDUAL. EFEITOS DA SENTENÇA
EXEOÜENDA QUE NÃO ESTÃO RESTRITOS AO
ÂMBITO DA COMPETÊNCIA TERRITORIAL DA
COMARCA ONDE FOI PROLATADA, ESTENDENDO-
SE, ALÉM DISSO, A TODOS OS POUPADORES
INDEPENDENTEMENTE DO VÍNCULO COM A
ASSOCIAÇÃO AUTORA. RECURSO DESPROVIDO. 1)
Não se pode confundir competência territorial do juízo
com eficácia da sentença condenatória genérica prolatada
em ação civil pública coletiva, pois os seus efeitos
alcançam todos os consumidores que, no Estado, foram
lesados.C)" (Agravo Interno n.0 388.202-6, Rei. Juiz.
Subs. Adalberto Jorge Xisto Pereira, DJ: 22/05/07).
(destacamos).

AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXCEÇÃO DE


INCOMPETÊNCIA. AÇÃO CIVIL PÚBLICA COM
TRAMITAÇÃO EM CURITIBA. EXECUÇÃO DE
SENTENÇA EM PATO BRANCO. POSSIBILIDADE
DE APLICAÇÃO DAS NORMAS DO CÓDIGO DE
DEFESA DO CONSUMIDOR. A execução de sentença
condenatória, na ação civil pública, não segue a regra
geral do Código de Processo Civil ( Art. 575, II), mas a
9
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 10

especial, inscrita no Código de Defesa do Consumidor,


que reconhece ser competente para a execução individual
da sentença o juízo da liquidação ou da sentença
condenatória (art. 98, § 2º, inciso I, Lei nº 8078/90).
Entende-se como equivalente ao juízo de liquidação a do

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
domicilio do credor consumidor (interpretação conjunta
do art. 98, § 2º, I, com os arts, 6º, VI, VIII e 101, I,
CDC)”. (Agravo de Instrumento nº 145.291-5, Rel. Des.
ERACLÉS MESSIAS, 6ª Cam. Cível). Destacamos.

AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXCEÇÃO DE


INCOMPETÊNCIA. EXECUÇÃO DE TÍTULO
EXECUTIVO JUDICIAL. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. APLICAÇÃO
DAS NORMAS PROCESSUAIS CONTIDAS NO CÓDIGO
DE DEFESA DO CONSUMIDOR, A TEOR DO QUE
DISPÕE O ARTIGO 98, § 2°. POSSIBILIDADE DO
CREDOR OPTAR ENTRE O FORO DA AÇÃO
CONDENATORIA OU DO SEU PRÓPRIO DOMICÍLIO,
PARA FINS DE EXECUÇÃO^ DO JULGADO.
EFICÁCIA DA COISA JULGADA EM AÇÕES
COLETIVAS NÃO SE CONFUNDE COM NORMAS
SOBRE COMPETÊNCIA TERRITORIAL DO JUIZ
PROLATOR DA SENTENÇA. DECISÃO
MONOCRÁTICA CONFIRMADA. RECURSO
DESPROVIDO. L Segundo as disposições contidas no
Código de Defesa do Consumidor, é pacifico o
entendimento que o consumidor poderá executar as
sentenças proferidas em ações coletivas tanto no Juízo da
condenação, quanto no de liquidação, pelos prejuízos
individualizados. II. A eficácia da coisa julgada emanada
da sentença proferida em ação coletiva, não se confunde
com a questão da competência territorial do órgão
prolator. Exegese do art. 103 do CDC."(Extinto TAPR -
Agr. Inst. n.° 157.994-2, Rolândia, 5a. Câmara Cível, Juiz
Convocado Abraham Lincoln Calixto). (destacamos).

27. E encerrando definitivamente a discussão sobre o tema o Tribunal


Superior de Justiça, em exame do REsp n° 1.243.887-PR(2001/0053415-5),
decidiu dessa forma:

10
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 11

"Sob a relatoria do Excelentíssimo Sr. Ministro Luiz


Felipe Salomão, que por dez votos a três, decidiu pela
abrangência erga omnes da sentença de procedência
das'Ações Civis Públicas que contemplam no pedido o
alcance de todos os poupadores titulares de contas em

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
quaisquer das agências do Banco do Brasil S/A,
localizadas no território nacional".

Veja-se o que constou das decisões tomadas no Recurso Especial n°


1.243.887-PR, pelo Sr. Ministro Relator, Luiz Felipe Salomão:

1-" Cuida-se de recurso especial interposto contra acórdão


assim ementado:

AGRAVO - ART. 557, § Io CPC - DECISÃO


MONOCRÁTICA QUE NEGOU SEGUIMENTO AO
RECURSO DE AGRAVO DE INSTRUMENTO POR SER
MANIFESTAMENTE IMPROCEDENTE-
INCOMPETENCIA ABSOLUTA- INOCORRÊNCIA-
AÇÃO CIVIL PÚBLICA- EXECUÇÃO DE TITULO
JUDICIAL- FORO COMPETENTE. APLICAÇÃO DOS
DISPOSITIVOS NOS ARTIGOS 98 §§ 2°, INCISO I E 6o,
VIII. DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR-
INAPLICABILIDADE DA REGRA GERAL DO ART.575,
II E 589, AMBOS DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL-
ARTIGO 16 DA LEI N° 7.347/85- DESNECESSIDADE
DE AUTORIZAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO DOS
ASSOCIADOS- MULTA DO ART. 475- J DO CPC-
CABIMENTO- AGRAVO CONHECIDO E
DESPROVIDO.

Às razões do especial, com amparo nas alíneas "a" e "c"


do permissivo constitucional, alegam-se, além do dissídio,
notadamente ofensa ao art. 16 da Lei n° 7.347/85 e art. 2 o
da Lei n° 9.494/97.

Há nos autos debate acerca do foro competente para a


liquidação individual de sentença proferida em ação civil
pública. O acórdão recorrido entendeu que o beneficiário
da sentença coletiva poderia optar pelo foro do seu
próprio domicilio para o ajuizamento da liquidação, ao
11
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 12

passo que a instituição financeira entende ser competente


apenas o foro onde foi proferida a sentença da ação civil
pública.

2-Verifico que há multiplicidade de recursos que

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
ascendem a esta Corte a versar sobre o tema. Por isso,
afeto o julgamento do presente recurso especial à E. Corte
Especial nos termos do ar. 543-C do CPC, bem como da
resolução n° 08/2008.

O recurso especial em análise foi julgado com a seguinte


ementa:

DIREITO PROCESSUAL. RECURSO


REPRESENTATIVO DE CONTROVÉRSIA "ART. 543-C,
CPC". DIREITOS METAINDIVIDUAIS. AÇÃO CIVIL
PUBLICA. APADECO VERSOS BANESTADO.
EXPURGOS INFLACIONARIOS.
EXECUÇÃO/LIQUIDAÇÃO INDIVIDUAL. FORO
COMPETENTE. ALCANCE OBJETIVO E
SUBJETIVOS DOS EFEITOS DA SENTENÇA
COLETIVA. LIMITAÇÃO TERRITORAL.
IMPROPRIEDADE. REVISÃO JURISPRUDENCIAL
LIMITAÇÃO AOS ASSOCIADOS. INVIABILIDADE.
OFENSA A COISA JULGADA.

1. Para efeitos do art. 543-C do CPC:

1.1. A liquidação e a execução individual de


sentença genérica proferida em ação civil coletiva pode
ser ajuizado no foro do domiciliado do beneficiário, por
quanto os efeitos e eficácia da sentença não estão
circunscritos à linde geográfica, mais aos limites objetivos
e subjetivos do que foi decidido, levando-o em conta, para
tanto, sempre a extensão do dano e a qualidade do
interesse metaindividuais postos em Juízo( art. 468,472 e
474, CPC, 93 e 103 CDC).

1.2. A sentença genérica proferida na ação civil coletiva


ajuizada pela Apadeco, que condenou o Banestado ao
pagamento dos chamados expurgos inflacionário sobre
cadernetas de poupança, dispôs que seus efeitos
alcançariam todos os poupadores da instituição financeira
12
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 13

do estado do Paraná. Por isso descabe a alteração do seu


alcance em sede de liquidação individual, sob pena de
vulneração da coisa julgada. Assim, não se aplica ao caso
a limitação contida no art. 2a, letra a, caput, da lei
9.494/97.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
2. Ressalva de fundamentação do Ministro Teori
Albino Zavascki.

3. Recurso Especial parcialmente conhecido e não


provido."

28. Desta forma, pelo fato do Requerido possuir estabelecimento na


presente comarca, não há dúvida quanto à competência deste juízo.

DA LEGITIMIDADE PASSIVA – RELAÇÃO JURÍDICA

29. O(s) Requerente(s) era(m) poupadores do Banco do Brasil no período


relacionado com o Plano Verão (janeiro de 1989), e por essa razão a decisão
transitada em julgado se aplica integralmente ao presente caso.

30. A fim de se comprovar a relação jurídica entre o Requerente e o Banco


Réu, segue com o presente petitório extrato(s) bancário(s) da(s) conta(s)
poupanças objeto da presente demanda. Referido(s) extrato(s) também será(ão)
utilizado(s) para se auferir o valor do dano suportado pelo Requerente.

DA LIQUIDAÇÃO DA SENTENÇA

31. Referida Ação Civil Pública julgada procedente, com efeito erga
omnes e ultra partes, está alicerçada no artigo 95 do Código de Defesa do
Consumidor (CDC) e, por isso, é de conteúdo genérico, onde os danos sofridos
pelos legitimados deverão ser apurados em liquidação de sentença, consoante os
comandos do artigo 475-A, do Código de Processo Civil.

32. É textual a regra contida no artigo 95 CDC:

13
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 14

"Em caso de procedência do pedido, a condenação será


genérica, fixando a responsabilidade do réu pelos danos
causados".

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
33. Trata-se de demanda que, por ter sido procedente, leva a uma sentença
condenatória genérica, fixando a responsabilidade do demandado (art. 95 do
CDC), como bem anotado por Ada Pellegrini Grinover. (GRINOVER, Ada,
Código Brasileiro de Defesa do Consumidor, 2aed., Forense Universitária, págs.
574/575), a saber:

"A sentença na Ação Coletiva, que beneficiaria as


pretensões individuais, só reconhece o dever genérico de
indenizar, dependendo ainda de cada litigante de um
processo de liquidação, e portanto de conhecimento, em
que haverá ampla cognição e completa defesa do réu não
só sobre o quantum debeatur, mas também quanto à
própria existência do dano individual e do nexo etiológico
com o prejuízo globalmente causado." (destacamos).

34. Obtido o provimento judicial encerra-se o papel do Ministério Publico


ou de qualquer outro agente legitimado, iniciando-se a partir daí a atuação direta
do titular do direito individual, no sentido de obter a sua satisfação especifica,
onde os danos sofridos pelo poupador serão individualmente apurados em
liquidação de sentença.

35. Mediante a r. sentença constituída sob os fundamentos supra


mencionados, o que se virá estabelecer na presente Liquidação de Sentença é,
exclusivamente, a extensão ou a dimensão pecuniária individualizada da
responsabilidade do Réu, em relação a cada vítima legitimada ou seu sucessor.

36. O(s) Requerente(s) como titular(s) de conta(s) poupança(s) têm o


direito adquirido de postularem em juízo a diferença da correção monetária
referente ao mês de janeiro de 1989, tendo como parâmetro para esse fim, o
índice de Preços ao Consumidor - o IPC – na ordem de 42,72%, acrescidos de
juros remuneratórios de 0,5% ao mês, capitalizados, calculados desde a data em
que deveriam ter sido creditados até o efetivo pagamento, conforme decisão
transitada em julgado.

14
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 15

37. Como se vê, são danos que não demandam de injunções técnicas para
serem apurados, dependendo apenas de simples cálculos aritméticos para atingir
o resultado objetivado.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
38. Em valiosa lição sobre o tema, Humberto Theodoro Júnior ratifica
que:

"Se o julgado se aproximar bastante do quantum


debeatur, deixando-o a depender de simples operações
aritméticas, bastará ao credor fazer ditas operações na
própria inicial da execução". (Processo de Execução e
Cumprimento da Sentença, 24a edição, pág. 632)."
(destacamos).

39. Diante dessas circunstâncias, não existem complexidades para


apuração dos prejuízos sofridos pelo Requerente e o "quantum debeatur" devido
pelo Banco Requerido, bastando, segundo o enunciado do artigo 475-B, do
Código de Processo Civil, a elaboração de simples cálculos aritméticos para alcançar
o fim objetivado.

DOS JUROS MORATÓRIOS

40. O presente pleito enseja a cobrança de dívida em dinheiro,


enquadrando-se, portanto, na dicção do artigo 406 do Código Civil, combinado
com o artigo 407 do mesmo diploma legal, impondo-se ao devedor a obrigação
do pagamento dos juros da mora que são contados a partir da citação inicial,
ou seja, da citação ocorrida no processo de conhecimento.

41. Logicamente, houve resistência da ré ao direito coletivo desde a


propositura da ação coletiva em 1993, tendo então, nesta ocasião, sido
constituída em mora, motivo pelo qual deve incidir os juros de mora desde a
propositura da referida ação coletiva, senão vejamos:

"PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO.


EMBARGOS À EXECUÇÃO. CADERNETAS DE
POUPANÇA. APADECO. LEGITIMIDADE ATIVA.
15
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 16

CORREÇÃO MONETÁRIA. pjROS. 1. Têm legitimidade


para propor execução de título judicial todos os titulares
de cadernetas de poupança do Estado do Paraná,
consoante determinado na sentença da ação civil pública
movida pela APADECO, e não apenas os associados dessa

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
entidade. 2. Correção monetária pelos indexadores
oficiais. 3. juros de mora de 0,5% ao mês, a contar da
citação na ação civil pública, sobre o total devido,
inclusive sobre os juros remuneratórios. 4. Os juros
remuneratórios constam do título judicial e são devidos
deforma capitalizada, de acordo com as regras da
caderneta de poupança. (Apelação Cível n°
a
2005.70.00.032933-2/PR, 4" Turma do TRF da 4 Região,
Rei. Márcio Antônio Rocha. j. 27.09.2006, unânime, DflJ
22.11.2006)." (destacamos).

"Apelação Cível n° 2006.70.00.003325-3/PR, Ia Turma


Suplementar do TRI da 4a Região, Rei Fernando Quadros
da Silva. j. 20.06.2006, unânime, DJU 05.07.2006). Os
juros moratórios são devidos a contar da data da citação
no processo de conhecimento, momento este em que a
parte ré foi constituída em mora." (destacamos).

42. No caso em tela, a citação do Réu na Ação Civil Pública, que é o


processo de conhecimento referido pelo artigo 405 do Código Civil, ocorreu em
junho de 1993, devendo os juros moratórios ser contados a partir daquela data até
o efetivo pagamento da dívida.

DO QUANTUM DEBEATUR

43. Como a presente Liquidação de Sentença depende de simples cálculos


aritméticos, consoante o título judicial extraído da Ação Civil Pública capitulada
nestes autos, o Requerente, com fulcro no artigo 475-B do Código de Processo
Civil e com base na sentença em execução e nos índices oficiais que são
aplicados pelo Setor de Cálculos do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará,
elaborou a(s) planilha(s) de cálculos/atuariais, com base no extrato bancário das
contas do(s) Requerente(s), conforme documentação anexa, assim resumidas:

16
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 17

RESUMO PLANILHA DE CÁLCULOS DE EXECUÇÃO ACP

VR JAN/89 VR DIF AGO/2014


Nº POUPADOR(A) Nº CONTA
(NCz$) (CR$)

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
100.075.509-3 591,97 12.757,23
01 MARIA NEUMA GUEDES
200.075.509-1 303,05 6.530,87
02 VICENTE FEITOSA ALVES 110.075.129-4 800,00 17.240,38
03 ANTÔNIO MARROCOS LACERDA 100.075.364-3 647,16 13.946,60
120.075.444-9 406,33 8.756,60
04 ARISTIDES DE SOUZA ANDRADE
110.075.444-7 220,00 4.741,10
05 MARIA LIBÓRIO ALENCAR 110.001.175-4 623,21 13.430,47
100.075.329-5 314,42 6.775,90
06 MARGARIDA DE ARAÚJO GUEDES
110.075.329-7 143,59 3.094,43
07 ANTÔNIA BENTO DA SILVA 100.001.191-4 437,85 9.435,87

SUBTOTAL 96.709,45

HONORÁRIOS SUCUMBENCIAIS 10% 9.670,94

TOTAL
DEVIDO
106.380,39

44. Esclarecemos que a planilha foi confeccionada com estreita


observação do índice de 42,72% a ser aplicado sobre o saldo do mês de janeiro
de 1989 da(s) conta(s) poupança(s), descontado(s) a importância já creditada,
acrescida dos juros remuneratórios de 0,5% ao mês, capitalizados e contados
desde a data em que deveriam ter sido creditados, juros moratórios desde a
citação do Banco Réu no processo de conhecimento, ocorrida em junho de 1993,
montante este que deverá ser pago pelo vencido no prazo legal de 15 dias, sob
pena da inserção da multa de 10% (dez por cento) prevista no artigo 475-J do
Código de Processo Civil, e penhora de tantos bens bastarem para garantir o
Juízo e o montante da presente Liquidação de Sentença.

45. Por se tratar de correção monetária em que não acrescenta nenhum


plus ao capital, mas apenas a atualização do valor da moeda, adotou-se a Tabela
Prática do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo na elaboração da planilha
anexa, pois é a que melhor se amolda ao título judicial em apreço,
proporcionando economia processual e transparência na pretensão executiva,

17
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 18

assegurando ao credor o recebimento do valor real da moeda corroída pelo


tempo e os efeitos inflacionários conhecidos.

DAS CUSTAS E HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
46. Por se tratar de mais uma fase do processo sincrético, não há que se
falar em recolhimento de custas nesse momento, pois tais emolumentos deverão
incidir ao final da contenda e suportados pelo vencido. Sobre o tema a
Jurisprudência dos Tribunais brasileiros vêm adotando posicionamento
semelhante ao que está sendo adotado pelo Egrégio Tribunal de Justiça do
Estado de São Paulo, nos seguintes termos:

"O recurso é de Agravo de Instrumento interposto contra


a r. decisão xerocopiada àfls. 47, que determinou o
recolhimento das custas processuais no prazo de (10 dias)
sobre pena do indeferimento da petição inicial A Lei
11.232/2005, que alterou o art. 475 do Código de Processo
Civil, foi promulgada no nosso ordenamento jurídico em
atenção às disposições da EC n° 45/04, com o fito de trazer
celeridade e efetividade às relações processuais criando a
tutela condenatória- executiva. Dessa forma, como o
cumprimento da sentença é apenas uma fase do processo
sincrético, é dispensável o recolhimento das custas nessa
fase. Ora, se o cumprimento de sentença é apenas uma
fase do processo sincrético, é impertinente falar em
distribuição e no recolhimento da taxa judicial na etapa
de incidência prevista no inciso I do art. 4 ° da Lei n°
11.608/03.

No caso concreto, o recolhimento das custas processuais


na fase do cumprimento do julgado, tal como determinado
pelo Juízo a quo, é manifestamente contrário a posição
dos Tribunais Superiores, razão pela qual o recurso merece
ser provido. Ag. Instr. N° 0015546-47.2013.8.26.0000- 18a
Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do
Estado de São Paulo, Relator Em. Desembargador Carlos
Alberto Lopes. Data do Julgado 05/02/2013.

18
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 19

47. No caso dos autos, o(s) Requerente(s) é(são) pessoa(s) vitimado(a)


pelos fracassados planos econômicos que só beneficiaram a parte Executada, e
que somente após duas décadas, foi(ram) contemplado(s) pela procedência da
ação coletiva, podendo-se visualizar a possibilidade de ver reparados os danos
sofridos em decorrência da implantação do famigerado "Plano Verão".

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
48. A prestação jurisdicional ora invocada é, portanto, o único meio capaz
de proporcionar a cada Requerente(s), o restabelecimento, ainda que distante e
tardio, do status perdido pela deterioração do patrimônio individual, cuja
reparação vem decorrer dos efeitos da coisa julgada consolidados pela
procedência da Ação Civil Pública em comento.

49. Ademais, em se tratando de reparação de danos em liquidação de


sentença postulada por consumidores, vítimas da fadiga econômica imposta
pelo tempo, nada mais justo que o diferimento do recolhimento da taxa judiciária
após a satisfação da execução, medida que, sem qualquer prejuízo ao Estado, irá
proporcionar efetivamente a tão esperada distribuição de Justiça, dando a cada
um o que realmente lhe pertence.

50. Em relação aos honorários advocatícios de sucumbência, os


mesmos foram fixados na sentença do processo cognitivo em 10% do valor
da condenação, ademais, é possível a fixação de honorários em sede de
liquidação e ou execução da sentença, e essa incidência está de acordo com o
posicionamento pacífico do STJ, firmado pelo aresto paradigma, REsp
179.355/SP, Rei. Min. Barros Monteiro, julgado pela Corte Especial, que restou
assim ementado:

"LIQUIDAÇÃO POR ARTIGOS. CONTENCIOSIDADE.


HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. - Assumindo a
liquidação por artigos cunho de contenciosidade,
evidenciada pela clara resistência oposta pelo réu, são
devidos os honorários de advogado. Embargos
conhecidos, mas rejeitados". No mesmo sentido do
decisum paradigma, as seguintes decisões unipessoais
desta Corte: Ag 998.601/SP, Rei. Min. Fernando
Gonçalves, DJ de U.03.08; Ag 719.983/ES, Rei. Min.
Castro Filho, DJ de U.02.06; REsp 592.832/PR, de minha
Relatoria, DJ de 30.11.04; Ag 545.242/GO, Rei Min.
Castro Filho, DJ de 30.09.04. Em que pese o acórdão
19
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 20

paradigma tratar de liquidação por artigos e o aresto


recorrido de liquidação por arbitramento, as situações
fáticas em muito se assemelham entre os dois julgados."
(destacamos).

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
51. Assim, para selar qualquer divergência, o Superior Tribunal de Justiça já
reconheceu e pacificou a incidência dos honorários advocatícios na fase de
cumprimento de sentença, "verbis”:

"AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE


INSTRUMENTO. PROCESSO CIVIL. EXECUÇÃO.
IMPUGNAÇÃO AO PEDIDO DE CUMPRIMENTO DE
SENTENÇA. EXCESSO DE EXECUÇÃO. LITIGÂNCIA DE
MÁ-FÉ. ARTS. 17E18 DO CPC. INDENIZAÇÃO.
CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. NOVA
SISTEMÁTICA INSTITUÍDA PELA LEI N. 11.232/2005.
CONDENAÇÃO A HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS.
CABIMENTO. 1. É inviável a reforma de decisão já
acobertada pelo manto da coisa julgada, ainda que
proferida em desacordo com entendimento superveniente
do ST]. 2. A interposição de recurso manifestamente
infundado e protelatório caracteriza a conduta de
litigância de má-fé prevista no art. 17 do CPC. 3. Na nova
sistemática processual civil instituída vela Lei n.
11.232/2005, é cabível a condenação a honorários
advocatícios no estágio da execução denominado
"cumprimento de sentença." (AI 116817-6/2008, Rei. Min.
JOÃO OTÁVIO DE NORONHA, 4a TURMA, julgado em
20/08/2009, publicado no DJe 31/08/2009)", (destacamos).

52. Nesta feita, conforme artigo 475 - J do CPC, bem como decisões
pacíficas sobre o tema, requer seja o Executado condenado, além dos honorários
sucumbenciais já fixados, ao pagamento dos honorários advocatícios e demais
despesas processuais, como medida de Justiça e melhor direito aplicado.

20
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 21

DOS PEDIDOS

I - Que seja, PRELIMINARMENTE, e em obediência ao que dispõe o


art. 18 da Lei nº 7.347/85, acolhida a pretensão no que tange ao

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
recolhimento das custas processuais quando da satisfação da presente
execução, uma vez que a(s) parte(s) Promovente(s) não dispõe(m) de
recursos no momento para arcar com tais custas e, ademais, trata-se do
cumprimento de sentença decorrente de relação de consumo.

II - A intimação da Instituição Ré, através de oficial de justiça e na pessoa


de seu representante legal, no endereço declinado na qualificação, nos moldes do
art. 222 e seguintes do CPC, para efetuar o pagamento da importância de R$
96.709,45 (noventa e seis mil, setecentos e nove reais e quarenta e cinco
centavos), devidamente corrigida para o dia do pagamento, com os acréscimos
dos juros remuneratórios, moratórios, custas processuais e honorários
advocatícios que foram fixados em 10% (dez por cento) na sentença do
processo de cognição, que deverá ocorrer no prazo de 15 dias a partir do
recebimento da intimação para pagamento, sob pena de lhe ser aplicada a multa
prevista no artigo 475-J do CPC, no importe de 10% (dez por cento).

III - Desde já, o(s) Requerente(s) pedem a produção de provas por todos os
meios permitidos, especialmente através dos documentos acostados a esta inicial,
juntada de novos documentos, expedição de ofícios, perícias e demais provas
consideradas lícitas e necessárias para o deslinde da ação.

IV - Requer-se ainda, nos termos do art. 71 do Estatuto do Idoso (Lei


10.741/2003), prioridade de tramitação.

V - Dá-se a causa, para efeitos fiscais, o valor de R$ 96.709,45 (noventa


e seis mil, setecentos e nove reais e quarenta e cinco centavos).

21
M

01 – Procuração ad juditia;
02 – Documentos Pessoais;

06 – Planilha(s) Atuarial(ais).
DOCUMENTOS ANEXOS:

04 – Título Executivo Judicial;


03 – Comprovante de Residência;

05 – Extrato(s) Conta(s) Poupança(s);

22
Nestes termos,
P. deferimento.
Fortaleza-CE., 21 de agosto de 2014.

Dr. Luiz Valdemiro Soares Costa


OAB-CE 14.458
fls. 22

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279BF.
fls. 23

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 24

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 25

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 26

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 27

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 28

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 29

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 30

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 31

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C0.
fls. 32

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 33

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 34

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 35

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 36

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 37

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 38

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 39

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 40

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 41

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 42

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 43

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 44

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
fls. 45

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C2.
EXTRATO 01
fls. 46

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 47
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: MARIA NEUMA GUEDES


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 100.075.509-3
Data base (aniversário da conta): 9
591,97

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 591,97
Correção: 22,3590% NCz$ 132,36
Juros 0,5000% NCz$ 3,62
Saldo: NCz$ 727,95

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 591,97
Correção: 42,7200% NCz$ 252,89
Juros 0,5000% NCz$ 4,22
Saldo: NCz$ 849,08

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 849,08
Saldo Pago 727,95
Diferença apurada NCz$ 121,13

Diferença Corrigida R$ 4.295,36


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 2.448,36
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 6.013,51
R$ 8.461,87
Total Devido R$ 12.757,23
Honorários Advocatícios R$ 1.275,72

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 14.032,96


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 121,13
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 121,13
fls. 48
mar/89 NCz$ 5,9000% 7,15 0,64 128,92
abr/89 NCz$ 8,0600% 10,39 0,70 140,01
mai/89 NCz$ 16,6700% 23,34 0,82 164,17
jun/89 NCz$ 29,4000% 48,26 1,06 213,49
jul/89 NCz$ 27,4000% 58,50 1,36 273,35
ago/89 NCz$ 33,1800% 90,70 1,82 365,87
set/89 NCz$ 36,3500% 132,99 2,49 501,35
out/89 NCz$ 38,7600% 194,33 3,48 699,16
nov/89 NCz$ 48,4700% 338,88 5,19 1.043,23
dez/89 NCz$ 51,2800% 534,97 7,89 1.586,09

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 1.081,56 13,34 2.680,98
fev/90 NCz$ 73,9900% 1.983,66 23,32 4.687,97
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 3.852,57 42,70 8.583,24
abr/90 Cr$ 44,8000% 3.845,29 62,14 12.490,68
mai/90 Cr$ 7,8700% 983,02 67,37 13.541,06
jun/90 Cr$ 11,6400% 1.576,18 75,59 15.192,83
jul/90 Cr$ 12,6200% 1.917,33 85,55 17.195,71
ago/90 Cr$ 12,1800% 2.094,44 96,45 19.386,60
set/90 Cr$ 14,2600% 2.764,53 110,76 22.261,88
out/90 Cr$ 14,4300% 3.212,39 127,37 25.601,65
nov/90 Cr$ 16,9200% 4.331,80 149,67 30.083,11
dez/90 Cr$ 19,1400% 5.757,91 179,21 36.020,22
jan/91 Cr$ 20,9500% 7.546,24 217,83 43.784,29
fev/91 Cr$ 21,8700% 9.575,63 266,80 53.626,72
mar/91 Cr$ 11,7900% 6.322,59 299,75 60.249,06
abr/91 Cr$ 5,0100% 3.018,48 316,34 63.583,87
mai/91 Cr$ 6,6800% 4.247,40 339,16 68.170,43
jun/91 Cr$ 10,8300% 7.382,86 377,77 75.931,05
jul/91 Cr$ 12,1400% 9.218,03 425,75 85.574,83
ago/91 Cr$ 15,6200% 13.366,79 494,71 99.436,33
set/91 Cr$ 15,6200% 15.531,95 574,84 115.543,12
out/91 Cr$ 21,0800% 24.356,49 699,50 140.599,11
nov/91 Cr$ 26,4800% 37.230,64 889,15 178.718,90
dez/91 Cr$ 24,1500% 43.160,61 1.109,40 222.988,92
jan/92 Cr$ 25,9200% 57.798,73 1.403,94 282.191,58
fev/92 Cr$ 24,4800% 69.080,50 1.756,36 353.028,44
mar/92 Cr$ 21,6200% 76.324,75 2.146,77 431.499,95
abr/92 Cr$ 20,8400% 89.924,59 2.607,12 524.031,67
mai/92 Cr$ 24,5000% 128.387,76 3.262,10 655.681,52
jun/92 Cr$ 20,8500% 136.709,60 3.961,96 796.353,08
jul/92 Cr$ 22,0800% 175.834,76 4.860,94 977.048,77
ago/92 Cr$ 22,3800% 218.663,52 5.978,56 1.201.690,85
set/92 Cr$ 23,9800% 288.165,47 7.449,28 1.497.305,60
out/92 Cr$ 26,0700% 390.347,57 9.438,27 1.897.091,43
nov/92 Cr$ 22,8900% 434.244,23 11.656,68 2.342.992,34
dez/92 Cr$ 25,5800% 599.337,44 14.711,65 2.957.041,43
jan/93 Cr$ 28,7700% 850.740,82 19.038,91 3.826.821,16
fev/93 Cr$ 24,7900% 948.668,97 23.877,45 4.799.367,58
mar/93 Cr$ 27,5800% 1.323.665,58 30.615,17 6.153.648,32
abr/93 Cr$ 28,3700% 1.745.790,03 39.497,19 7.938.935,54
mai/93 Cr$ 26,7800% 2.126.046,94 50.324,91 10.115.307,39
jun/93 Cr$ 30,3700% 3.072.018,86 65.936,63 13.253.262,88
jul/93 Cr$ 31,0100% 4.109.836,82 86.815,50 17.449.915,20
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 5.817,80 116,34 23.384,06
set/93 CR$ 35,6300% 8.331,74 158,58 31.874,37
out/93 CR$ 34,1200% 10.875,54 213,75 42.963,66
nov/93 CR$ 36,0000% 15.466,92 292,15 58.722,73
dez/93 CR$ 37,7300% 22.156,09 404,39 81.283,21
jan/94 CR$ 41,3200% 33.586,22 574,35 115.443,78
fev/94 CR$ 40,5700% 46.835,54 811,40 163.090,72
mar/94 CR$ 43,0800% 70.259,48 1.166,75 234.516,95
abr/94 CR$ 42,8600% 100.513,96 1.675,15 336.706,07
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 143.874,50 2.402,90 482.983,47
fls. 49
jun/94 CR$ 48,2400% 232.991,23 3.579,87 719.554,57
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 20,28 1,41 283,34
ago/94 R$ 1,8500% 5,24 1,44 290,03
set/94 R$ 1,4000% 4,06 1,47 295,56
out/94 R$ 2,8200% 8,33 1,52 305,41
nov/94 R$ 2,9600% 9,04 1,57 316,03
dez/94 R$ 1,7000% 5,37 1,61 323,01
jan/95 R$ 1,4400% 4,65 1,64 329,30
fev/95 R$ 1,0100% 3,33 1,66 334,28

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 5,42 1,70 341,40
abr/95 R$ 2,4900% 8,50 1,75 351,65
mai/95 R$ 2,1000% 7,38 1,80 360,83
jun/95 R$ 2,1800% 7,87 1,84 370,54
jul/95 R$ 2,4600% 9,12 1,90 381,55
ago/95 R$ 1,0200% 3,89 1,93 387,37
set/95 R$ 1,1700% 4,53 1,96 393,86
out/95 R$ 1,4000% 5,51 2,00 401,37
nov/95 R$ 1,5100% 6,06 2,04 409,47
dez/95 R$ 1,6500% 6,76 2,08 418,31
jan/96 R$ 1,4600% 6,11 2,12 426,54
fev/96 R$ 0,7100% 3,03 2,15 431,71
mar/96 R$ 0,2900% 1,25 2,16 435,13
abr/96 R$ 0,9300% 4,05 2,20 441,37
mai/96 R$ 1,2800% 5,65 2,24 449,26
jun/96 R$ 1,3300% 5,98 2,28 457,51
jul/96 R$ 1,2000% 5,49 2,32 465,32
ago/96 R$ 0,5000% 2,33 2,34 469,98
set/96 R$ 0,0200% 0,09 2,35 472,42
out/96 R$ 0,3800% 1,80 2,37 476,59
nov/96 R$ 0,3400% 1,62 2,39 480,60
dez/96 R$ 0,3300% 1,59 2,41 484,60
jan/97 R$ 0,8100% 3,93 2,44 490,97
fev/97 R$ 0,4500% 2,21 2,47 495,64
mar/97 R$ 0,6800% 3,37 2,50 501,51
abr/97 R$ 0,6000% 3,01 2,52 507,04
mai/97 R$ 0,1100% 0,56 2,54 510,13
jun/97 R$ 0,3500% 1,79 2,56 514,48
jul/97 R$ 0,1800% 0,93 2,58 517,98
ago/97 R$ -0,0300% (0,16) 2,59 520,42
set/97 R$ 0,1000% 0,52 2,60 523,54
out/97 R$ 0,2900% 1,52 2,63 527,69
nov/97 R$ 0,1500% 0,79 2,64 531,12
dez/97 R$ 0,5700% 3,03 2,67 536,82
jan/98 R$ 0,8500% 4,56 2,71 544,09
fev/98 R$ 0,5400% 2,94 2,74 549,76
mar/98 R$ 0,4900% 2,69 2,76 555,22
abr/98 R$ 0,4500% 2,50 2,79 560,50
mai/98 R$ 0,7200% 4,04 2,82 567,36
jun/98 R$ 0,1500% 0,85 2,84 571,05
jul/98 R$ -0,2800% (1,60) 2,85 572,30
ago/98 R$ -0,4900% (2,80) 2,85 572,35
set/98 R$ -0,3100% (1,77) 2,85 573,42
out/98 R$ 0,1100% 0,63 2,87 576,93
nov/98 R$ -0,1800% (1,04) 2,88 578,77
dez/98 R$ 0,4200% 2,43 2,91 584,10
jan/99 R$ 0,6500% 3,80 2,94 590,84
fev/99 R$ 1,2900% 7,62 2,99 601,45
mar/99 R$ 1,2800% 7,70 3,05 612,20
abr/99 R$ 0,4700% 2,88 3,08 618,15
mai/99 R$ 0,0500% 0,31 3,09 621,55
jun/99 R$ 0,0700% 0,44 3,11 625,10
jul/99 R$ 0,7400% 4,63 3,15 632,87
ago/99 R$ 0,5500% 3,48 3,18 639,53
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 2,49 3,21 645,24
fls. 50
out/99 R$ 0,9600% 6,19 3,26 654,69
nov/99 R$ 0,9400% 6,15 3,30 664,15
dez/99 R$ 0,7400% 4,91 3,35 672,41
jan/00 R$ 0,6100% 4,10 3,38 679,89
fev/00 R$ 0,0500% 0,34 3,40 683,63
mar/00 R$ 0,1300% 0,89 3,42 687,94
abr/00 R$ 0,0900% 0,62 3,44 692,01
mai/00 R$ -0,0500% (0,35) 3,46 695,12
jun/00 R$ 0,3000% 2,09 3,49 700,69
jul/00 R$ 1,3900% 9,74 3,55 713,98

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 8,64 3,61 726,23
set/00 R$ 0,4300% 3,12 3,65 733,00
out/00 R$ 0,1600% 1,17 3,67 737,85
nov/00 R$ 0,2900% 2,14 3,70 743,69
dez/00 R$ 0,5500% 4,09 3,74 751,52
jan/01 R$ 0,7700% 5,79 3,79 761,09
fev/01 R$ 0,4900% 3,73 3,82 768,64
mar/01 R$ 0,4800% 3,69 3,86 776,19
abr/01 R$ 0,8400% 6,52 3,91 786,63
mai/01 R$ 0,5700% 4,48 3,96 795,07
jun/01 R$ 0,6000% 4,77 4,00 803,84
jul/01 R$ 1,1100% 8,92 4,06 816,82
ago/01 R$ 0,7900% 6,45 4,12 827,39
set/01 R$ 0,4400% 3,64 4,16 835,19
out/01 R$ 0,9400% 7,85 4,22 847,25
nov/01 R$ 1,2900% 10,93 4,29 862,47
dez/01 R$ 0,7400% 6,38 4,34 873,20
jan/02 R$ 1,0700% 9,34 4,41 886,96
fev/02 R$ 0,3100% 2,75 4,45 894,15
mar/02 R$ 0,6200% 5,54 4,50 904,20
abr/02 R$ 0,6800% 6,15 4,55 914,90
mai/02 R$ 0,0900% 0,82 4,58 920,30
jun/02 R$ 0,6100% 5,61 4,63 930,54
jul/02 R$ 1,1500% 10,70 4,71 945,95
ago/02 R$ 0,8600% 8,14 4,77 958,86
set/02 R$ 0,8300% 7,96 4,83 971,65
out/02 R$ 1,5700% 15,25 4,93 991,84
nov/02 R$ 3,3900% 33,62 5,13 1.030,59
dez/02 R$ 2,7000% 27,83 5,29 1.063,71
jan/03 R$ 3,7500% 39,89 5,52 1.109,11
fev/03 R$ 2,4700% 27,40 5,68 1.142,19
mar/03 R$ 1,4600% 16,68 5,79 1.164,66
abr/03 R$ 1,3700% 15,96 5,90 1.186,52
mai/03 R$ 1,3800% 16,37 6,01 1.208,91
jun/03 R$ 0,9900% 11,97 6,10 1.226,98
jul/03 R$ -0,0600% (0,74) 6,13 1.232,38
ago/03 R$ 0,0400% 0,49 6,16 1.239,03
set/03 R$ 0,1800% 2,23 6,21 1.247,47
out/03 R$ 0,8200% 10,23 6,29 1.263,99
nov/03 R$ 0,3900% 4,93 6,34 1.275,26
dez/03 R$ 0,3700% 4,72 6,40 1.286,38
jan/04 R$ 0,5400% 6,95 6,47 1.299,79
fev/04 R$ 0,8300% 10,79 6,55 1.317,13
mar/04 R$ 0,3900% 5,14 6,61 1.328,88
abr/04 R$ 0,5700% 7,57 6,68 1.343,14
mai/04 R$ 0,4100% 5,51 6,74 1.355,39
jun/04 R$ 0,4000% 5,42 6,80 1.367,62
jul/04 R$ 0,5000% 6,84 6,87 1.381,33
ago/04 R$ 0,7300% 10,08 6,96 1.398,37
set/04 R$ 0,5000% 6,99 7,03 1.412,39
out/04 R$ 0,1700% 2,40 7,07 1.421,86
nov/04 R$ 0,1700% 2,42 7,12 1.431,40
dez/04 R$ 0,4400% 6,30 7,19 1.444,89
jan/05 R$ 0,8600% 12,43 7,29 1.464,60
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 8,35 7,36 1.480,31
fls. 51
mar/05 R$ 0,4400% 6,51 7,43 1.494,26
abr/05 R$ 0,7300% 10,91 7,53 1.512,69
mai/05 R$ 0,9100% 13,77 7,63 1.534,09
jun/05 R$ 0,7000% 10,74 7,72 1.552,55
jul/05 R$ -0,1100% (1,71) 7,75 1.558,60
ago/05 R$ 0,0300% 0,47 7,80 1.566,86
set/05 R$ 0,0000% - 7,83 1.574,70
out/05 R$ 0,1500% 2,36 7,89 1.584,94
nov/05 R$ 0,5800% 9,19 7,97 1.602,11
dez/05 R$ 0,5400% 8,65 8,05 1.618,81

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 6,48 8,13 1.633,41
fev/06 R$ 0,3800% 6,21 8,20 1.647,82
mar/06 R$ 0,2300% 3,79 8,26 1.659,87
abr/06 R$ 0,2700% 4,48 8,32 1.672,67
mai/06 R$ 0,1200% 2,01 8,37 1.683,05
jun/06 R$ 0,1300% 2,19 8,43 1.693,67
jul/06 R$ -0,0700% (1,19) 8,46 1.700,94
ago/06 R$ 0,1100% 1,87 8,51 1.711,33
set/06 R$ -0,0200% (0,34) 8,55 1.719,54
out/06 R$ 0,1600% 2,75 8,61 1.730,90
nov/06 R$ 0,4300% 7,44 8,69 1.747,04
dez/06 R$ 0,4200% 7,34 8,77 1.763,15
jan/07 R$ 0,6200% 10,93 8,87 1.782,95
fev/07 R$ 0,4900% 8,74 8,96 1.800,64
mar/07 R$ 0,4200% 7,56 9,04 1.817,25
abr/07 R$ 0,4400% 8,00 9,13 1.834,37
mai/07 R$ 0,2600% 4,77 9,20 1.848,33
jun/07 R$ 0,2600% 4,81 9,27 1.862,41
jul/07 R$ 0,3100% 5,77 9,34 1.877,52
ago/07 R$ 0,3200% 6,01 9,42 1.892,95
set/07 R$ 0,5900% 11,17 9,52 1.913,63
out/07 R$ 0,2500% 4,78 9,59 1.928,01
nov/07 R$ 0,3000% 5,78 9,67 1.943,46
dez/07 R$ 0,4300% 8,36 9,76 1.961,58
jan/08 R$ 0,9700% 19,03 9,90 1.990,51
fev/08 R$ 0,6900% 13,73 10,02 2.014,27
mar/08 R$ 0,4800% 9,67 10,12 2.034,05
abr/08 R$ 0,5100% 10,37 10,22 2.054,65
mai/08 R$ 0,6400% 13,15 10,34 2.078,14
jun/08 R$ 0,9600% 19,95 10,49 2.108,58
jul/08 R$ 0,9100% 19,19 10,64 2.138,41
ago/08 R$ 0,5800% 12,40 10,75 2.161,56
set/08 R$ 0,2100% 4,54 10,83 2.176,93
out/08 R$ 0,1500% 3,27 10,90 2.191,10
nov/08 R$ 0,5000% 10,96 11,01 2.213,07
dez/08 R$ 0,3800% 8,41 11,11 2.232,58
jan/09 R$ 0,2900% 6,47 11,20 2.250,25
fev/09 R$ 0,6400% 14,40 11,32 2.275,98
mar/09 R$ 0,3100% 7,06 11,42 2.294,45
abr/09 R$ 0,2000% 4,59 11,50 2.310,53
mai/09 R$ 0,5500% 12,71 11,62 2.334,86
jun/09 R$ 0,6000% 14,01 11,74 2.360,61
jul/09 R$ 0,4200% 9,91 11,85 2.382,38
ago/09 R$ 0,2300% 5,48 11,94 2.399,80
set/09 R$ 0,0800% 1,92 12,01 2.413,72
out/09 R$ 0,1600% 3,86 12,09 2.429,67
nov/09 R$ 0,3700% 8,99 12,19 2.450,86
dez/09 R$ 0,2400% 5,88 12,28 2.469,02
jan/10 R$ 0,8800% 21,73 12,45 2.503,20
fev/10 R$ 0,7000% 17,52 12,60 2.533,33
mar/10 R$ 0,7100% 17,99 12,76 2.564,07
abr/10 R$ 0,7300% 18,72 12,91 2.595,70
mai/10 R$ 0,4300% 11,16 13,03 2.619,90
jun/10 R$ -0,1100% (2,88) 13,09 2.630,10
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (1,84) 13,14 2.641,40
fls. 52
ago/10 R$ -0,0700% (1,85) 13,20 2.652,75
set/10 R$ 0,5400% 14,32 13,34 2.680,41
out/10 R$ 0,9200% 24,66 13,53 2.718,60
nov/10 R$ 1,0300% 28,00 13,73 2.760,33
dez/10 R$ 0,6000% 16,56 13,88 2.790,78
jan/11 R$ 0,9400% 26,23 14,09 2.831,10
fev/11 R$ 0,5400% 15,29 14,23 2.860,62
mar/11 R$ 0,6600% 18,88 14,40 2.893,89
abr/11 R$ 0,7200% 20,84 14,57 2.929,30
mai/11 R$ 0,5700% 16,70 14,73 2.960,73

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 6,51 14,84 2.982,08
jul/11 R$ 0,0000% - 14,91 2.996,99
ago/11 R$ 0,4200% 12,59 15,05 3.024,63
set/11 R$ 0,4500% 13,61 15,19 3.053,43
out/11 R$ 0,3200% 9,77 15,32 3.078,52
nov/11 R$ 0,5700% 17,55 15,48 3.111,54
dez/11 R$ 0,5100% 15,87 15,64 3.143,05
jan/12 R$ 0,5100% 16,03 15,80 3.174,87
fev/12 R$ 0,3900% 12,38 15,94 3.203,19
mar/12 R$ 0,1800% 5,77 16,04 3.225,00
abr/12 R$ 0,6400% 20,64 16,23 3.261,87
mai/12 R$ 0,5500% 17,94 16,40 3.296,21
jun/12 R$ 0,2600% 8,57 16,52 3.321,30
jul/12 R$ 0,4300% 14,28 16,68 3.352,26
ago/12 R$ 0,4500% 15,09 16,84 3.384,19
set/12 R$ 0,6300% 21,32 17,03 3.422,53
out/12 R$ 0,7100% 24,30 17,23 3.464,07
nov/12 R$ 0,5400% 18,71 17,41 3.500,19
dez/12 R$ 0,7400% 25,90 17,63 3.543,72
jan/13 R$ 0,9200% 32,60 17,88 3.594,20
fev/13 R$ 0,5200% 18,69 18,06 3.630,96
mar/13 R$ 0,6000% 21,79 18,26 3.671,01
abr/13 R$ 0,5900% 21,66 18,46 3.711,13
mai/13 R$ 0,3500% 12,99 18,62 3.742,74
jun/13 R$ 0,2800% 10,48 18,77 3.771,99
jul/13 R$ -0,1300% (4,90) 18,84 3.785,92
ago/13 R$ 0,1600% 6,06 18,96 3.810,93
set/13 R$ 0,2700% 10,29 19,11 3.840,33
out/13 R$ 0,6100% 23,43 19,32 3.883,08
nov/13 R$ 0,5400% 20,97 19,52 3.923,56
dez/13 R$ 0,7200% 28,25 19,76 3.971,57
jan/14 R$ 0,6300% 25,02 19,98 4.016,58
fev/14 R$ 0,6400% 25,71 20,21 4.062,49
mar/14 R$ 0,8200% 33,31 20,48 4.116,29
abr/14 R$ 0,7800% 32,11 20,74 4.169,13
mai/14 R$ 0,6000% 25,01 20,97 4.215,12
jun/14 R$ 0,2600% 10,96 21,13 4.247,21
jul/14 R$ 0,1300% 5,52 21,26 4.273,99
ago/14 R$ 0,0000% - 21,37 4.295,36
TOTAL ATUALIZADO 4.295,36
,
EXTRATO 02
fls. 53

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 54
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: MARIA NEUMA GUEDES


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 200.075.509-1
Data base (aniversário da conta): 15

303,05

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 303,05
Correção: 22,3590% NCz$ 67,76
Juros 0,5000% NCz$ 1,85
Saldo: NCz$ 372,66

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 303,05
Correção: 42,7200% NCz$ 129,46
Juros 0,5000% NCz$ 2,16
Saldo: NCz$ 434,68

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 434,68
Saldo Pago 372,66
Diferença apurada NCz$ 62,01

Diferença Corrigida R$ 2.198,95


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 1.253,40
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 3.078,52
R$ 4.331,92
Total Devido R$ 6.530,87
Honorários Advocatícios R$ 653,09

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 7.183,96


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 62,01
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 62,01
fls. 55
mar/89 NCz$ 5,9000% 3,66 0,33 66,00
abr/89 NCz$ 8,0600% 5,32 0,36 71,68
mai/89 NCz$ 16,6700% 11,95 0,42 84,04
jun/89 NCz$ 29,4000% 24,71 0,54 109,29
jul/89 NCz$ 27,4000% 29,95 0,70 139,94
ago/89 NCz$ 33,1800% 46,43 0,93 187,30
set/89 NCz$ 36,3500% 68,08 1,28 256,66
out/89 NCz$ 38,7600% 99,48 1,78 357,92
nov/89 NCz$ 48,4700% 173,49 2,66 534,07
dez/89 NCz$ 51,2800% 273,87 4,04 811,97

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 553,69 6,83 1.372,49
fev/90 NCz$ 73,9900% 1.015,50 11,94 2.399,93
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 1.972,27 21,86 4.394,06
abr/90 Cr$ 44,8000% 1.968,54 31,81 6.394,41
mai/90 Cr$ 7,8700% 503,24 34,49 6.932,14
jun/90 Cr$ 11,6400% 806,90 38,70 7.777,74
jul/90 Cr$ 12,6200% 981,55 43,80 8.803,08
ago/90 Cr$ 12,1800% 1.072,22 49,38 9.924,67
set/90 Cr$ 14,2600% 1.415,26 56,70 11.396,63
out/90 Cr$ 14,4300% 1.644,53 65,21 13.106,37
nov/90 Cr$ 16,9200% 2.217,60 76,62 15.400,59
dez/90 Cr$ 19,1400% 2.947,67 91,74 18.440,00
jan/91 Cr$ 20,9500% 3.863,18 111,52 22.414,70
fev/91 Cr$ 21,8700% 4.902,10 136,58 27.453,38
mar/91 Cr$ 11,7900% 3.236,75 153,45 30.843,58
abr/91 Cr$ 5,0100% 1.545,26 161,94 32.550,79
mai/91 Cr$ 6,6800% 2.174,39 173,63 34.898,81
jun/91 Cr$ 10,8300% 3.779,54 193,39 38.871,74
jul/91 Cr$ 12,1400% 4.719,03 217,95 43.808,73
ago/91 Cr$ 15,6200% 6.842,92 253,26 50.904,91
set/91 Cr$ 15,6200% 7.951,35 294,28 59.150,54
out/91 Cr$ 21,0800% 12.468,93 358,10 71.977,57
nov/91 Cr$ 26,4800% 19.059,66 455,19 91.492,41
dez/91 Cr$ 24,1500% 22.095,42 567,94 114.155,77
jan/92 Cr$ 25,9200% 29.589,18 718,72 144.463,67
fev/92 Cr$ 24,4800% 35.364,71 899,14 180.727,52
mar/92 Cr$ 21,6200% 39.073,29 1.099,00 220.899,81
abr/92 Cr$ 20,8400% 46.035,52 1.334,68 268.270,01
mai/92 Cr$ 24,5000% 65.726,15 1.669,98 335.666,14
jun/92 Cr$ 20,8500% 69.986,39 2.028,26 407.680,79
jul/92 Cr$ 22,0800% 90.015,92 2.488,48 500.185,20
ago/92 Cr$ 22,3800% 111.941,45 3.060,63 615.187,28
set/92 Cr$ 23,9800% 147.521,91 3.813,55 766.522,73
out/92 Cr$ 26,0700% 199.832,48 4.831,78 971.186,98
nov/92 Cr$ 22,8900% 222.304,70 5.967,46 1.199.459,14
dez/92 Cr$ 25,5800% 306.821,65 7.531,40 1.513.812,20
jan/93 Cr$ 28,7700% 435.523,77 9.746,68 1.959.082,64
fev/93 Cr$ 24,7900% 485.656,59 12.223,70 2.456.962,93
mar/93 Cr$ 27,5800% 677.630,38 15.672,97 3.150.266,27
abr/93 Cr$ 28,3700% 893.730,54 20.219,98 4.064.216,80
mai/93 Cr$ 26,7800% 1.088.397,26 25.763,07 5.178.377,12
jun/93 Cr$ 30,3700% 1.572.673,13 33.755,25 6.784.805,51
jul/93 Cr$ 31,0100% 2.103.968,19 44.443,87 8.933.217,56
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 2.978,33 59,56 11.971,11
set/93 CR$ 35,6300% 4.265,31 81,18 16.317,60
out/93 CR$ 34,1200% 5.567,56 109,43 21.994,59
nov/93 CR$ 36,0000% 7.918,05 149,56 30.062,20
dez/93 CR$ 37,7300% 11.342,47 207,02 41.611,70
jan/94 CR$ 41,3200% 17.193,95 294,03 59.099,68
fev/94 CR$ 40,5700% 23.976,74 415,38 83.491,80
mar/94 CR$ 43,0800% 35.968,27 597,30 120.057,37
abr/94 CR$ 42,8600% 51.456,59 857,57 172.371,53
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 73.654,35 1.230,13 247.256,01
fls. 56
jun/94 CR$ 48,2400% 119.276,30 1.832,66 368.364,97
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 10,38 0,72 145,05
ago/94 R$ 1,8500% 2,68 0,74 148,48
set/94 R$ 1,4000% 2,08 0,75 151,31
out/94 R$ 2,8200% 4,27 0,78 156,35
nov/94 R$ 2,9600% 4,63 0,80 161,79
dez/94 R$ 1,7000% 2,75 0,82 165,36
jan/95 R$ 1,4400% 2,38 0,84 168,58
fev/95 R$ 1,0100% 1,70 0,85 171,13

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 2,77 0,87 174,77
abr/95 R$ 2,4900% 4,35 0,90 180,02
mai/95 R$ 2,1000% 3,78 0,92 184,72
jun/95 R$ 2,1800% 4,03 0,94 189,69
jul/95 R$ 2,4600% 4,67 0,97 195,33
ago/95 R$ 1,0200% 1,99 0,99 198,31
set/95 R$ 1,1700% 2,32 1,00 201,63
out/95 R$ 1,4000% 2,82 1,02 205,48
nov/95 R$ 1,5100% 3,10 1,04 209,62
dez/95 R$ 1,6500% 3,46 1,07 214,15
jan/96 R$ 1,4600% 3,13 1,09 218,36
fev/96 R$ 0,7100% 1,55 1,10 221,01
mar/96 R$ 0,2900% 0,64 1,11 222,76
abr/96 R$ 0,9300% 2,07 1,12 225,95
mai/96 R$ 1,2800% 2,89 1,14 229,99
jun/96 R$ 1,3300% 3,06 1,17 234,22
jul/96 R$ 1,2000% 2,81 1,19 238,21
ago/96 R$ 0,5000% 1,19 1,20 240,60
set/96 R$ 0,0200% 0,05 1,20 241,85
out/96 R$ 0,3800% 0,92 1,21 243,98
nov/96 R$ 0,3400% 0,83 1,22 246,04
dez/96 R$ 0,3300% 0,81 1,23 248,08
jan/97 R$ 0,8100% 2,01 1,25 251,34
fev/97 R$ 0,4500% 1,13 1,26 253,74
mar/97 R$ 0,6800% 1,73 1,28 256,74
abr/97 R$ 0,6000% 1,54 1,29 259,57
mai/97 R$ 0,1100% 0,29 1,30 261,16
jun/97 R$ 0,3500% 0,91 1,31 263,38
jul/97 R$ 0,1800% 0,47 1,32 265,17
ago/97 R$ -0,0300% (0,08) 1,33 266,42
set/97 R$ 0,1000% 0,27 1,33 268,02
out/97 R$ 0,2900% 0,78 1,34 270,14
nov/97 R$ 0,1500% 0,41 1,35 271,90
dez/97 R$ 0,5700% 1,55 1,37 274,82
jan/98 R$ 0,8500% 2,34 1,39 278,54
fev/98 R$ 0,5400% 1,50 1,40 281,44
mar/98 R$ 0,4900% 1,38 1,41 284,23
abr/98 R$ 0,4500% 1,28 1,43 286,94
mai/98 R$ 0,7200% 2,07 1,45 290,45
jun/98 R$ 0,1500% 0,44 1,45 292,34
jul/98 R$ -0,2800% (0,82) 1,46 292,98
ago/98 R$ -0,4900% (1,44) 1,46 293,00
set/98 R$ -0,3100% (0,91) 1,46 293,56
out/98 R$ 0,1100% 0,32 1,47 295,35
nov/98 R$ -0,1800% (0,53) 1,47 296,29
dez/98 R$ 0,4200% 1,24 1,49 299,02
jan/99 R$ 0,6500% 1,94 1,50 302,47
fev/99 R$ 1,2900% 3,90 1,53 307,90
mar/99 R$ 1,2800% 3,94 1,56 313,41
abr/99 R$ 0,4700% 1,47 1,57 316,45
mai/99 R$ 0,0500% 0,16 1,58 318,19
jun/99 R$ 0,0700% 0,22 1,59 320,01
jul/99 R$ 0,7400% 2,37 1,61 323,99
ago/99 R$ 0,5500% 1,78 1,63 327,40
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 1,28 1,64 330,32
fls. 57
out/99 R$ 0,9600% 3,17 1,67 335,16
nov/99 R$ 0,9400% 3,15 1,69 340,00
dez/99 R$ 0,7400% 2,52 1,71 344,23
jan/00 R$ 0,6100% 2,10 1,73 348,06
fev/00 R$ 0,0500% 0,17 1,74 349,98
mar/00 R$ 0,1300% 0,45 1,75 352,18
abr/00 R$ 0,0900% 0,32 1,76 354,26
mai/00 R$ -0,0500% (0,18) 1,77 355,86
jun/00 R$ 0,3000% 1,07 1,78 358,71
jul/00 R$ 1,3900% 4,99 1,82 365,51

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 4,42 1,85 371,78
set/00 R$ 0,4300% 1,60 1,87 375,25
out/00 R$ 0,1600% 0,60 1,88 377,73
nov/00 R$ 0,2900% 1,10 1,89 380,72
dez/00 R$ 0,5500% 2,09 1,91 384,73
jan/01 R$ 0,7700% 2,96 1,94 389,63
fev/01 R$ 0,4900% 1,91 1,96 393,49
mar/01 R$ 0,4800% 1,89 1,98 397,36
abr/01 R$ 0,8400% 3,34 2,00 402,70
mai/01 R$ 0,5700% 2,30 2,02 407,02
jun/01 R$ 0,6000% 2,44 2,05 411,51
jul/01 R$ 1,1100% 4,57 2,08 418,16
ago/01 R$ 0,7900% 3,30 2,11 423,57
set/01 R$ 0,4400% 1,86 2,13 427,56
out/01 R$ 0,9400% 4,02 2,16 433,74
nov/01 R$ 1,2900% 5,60 2,20 441,53
dez/01 R$ 0,7400% 3,27 2,22 447,02
jan/02 R$ 1,0700% 4,78 2,26 454,06
fev/02 R$ 0,3100% 1,41 2,28 457,75
mar/02 R$ 0,6200% 2,84 2,30 462,89
abr/02 R$ 0,6800% 3,15 2,33 468,37
mai/02 R$ 0,0900% 0,42 2,34 471,13
jun/02 R$ 0,6100% 2,87 2,37 476,38
jul/02 R$ 1,1500% 5,48 2,41 484,26
ago/02 R$ 0,8600% 4,16 2,44 490,87
set/02 R$ 0,8300% 4,07 2,47 497,42
out/02 R$ 1,5700% 7,81 2,53 507,76
nov/02 R$ 3,3900% 17,21 2,62 527,59
dez/02 R$ 2,7000% 14,25 2,71 544,55
jan/03 R$ 3,7500% 20,42 2,82 567,79
fev/03 R$ 2,4700% 14,02 2,91 584,73
mar/03 R$ 1,4600% 8,54 2,97 596,23
abr/03 R$ 1,3700% 8,17 3,02 607,42
mai/03 R$ 1,3800% 8,38 3,08 618,88
jun/03 R$ 0,9900% 6,13 3,13 628,13
jul/03 R$ -0,0600% (0,38) 3,14 630,90
ago/03 R$ 0,0400% 0,25 3,16 634,30
set/03 R$ 0,1800% 1,14 3,18 638,62
out/03 R$ 0,8200% 5,24 3,22 647,08
nov/03 R$ 0,3900% 2,52 3,25 652,85
dez/03 R$ 0,3700% 2,42 3,28 658,54
jan/04 R$ 0,5400% 3,56 3,31 665,41
fev/04 R$ 0,8300% 5,52 3,35 674,29
mar/04 R$ 0,3900% 2,63 3,38 680,30
abr/04 R$ 0,5700% 3,88 3,42 687,60
mai/04 R$ 0,4100% 2,82 3,45 693,87
jun/04 R$ 0,4000% 2,78 3,48 700,13
jul/04 R$ 0,5000% 3,50 3,52 707,15
ago/04 R$ 0,7300% 5,16 3,56 715,87
set/04 R$ 0,5000% 3,58 3,60 723,05
out/04 R$ 0,1700% 1,23 3,62 727,90
nov/04 R$ 0,1700% 1,24 3,65 732,78
dez/04 R$ 0,4400% 3,22 3,68 739,69
jan/05 R$ 0,8600% 6,36 3,73 749,78
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 4,27 3,77 757,82
fls. 58
mar/05 R$ 0,4400% 3,33 3,81 764,96
abr/05 R$ 0,7300% 5,58 3,85 774,40
mai/05 R$ 0,9100% 7,05 3,91 785,35
jun/05 R$ 0,7000% 5,50 3,95 794,81
jul/05 R$ -0,1100% (0,87) 3,97 797,90
ago/05 R$ 0,0300% 0,24 3,99 802,13
set/05 R$ 0,0000% - 4,01 806,14
out/05 R$ 0,1500% 1,21 4,04 811,39
nov/05 R$ 0,5800% 4,71 4,08 820,17
dez/05 R$ 0,5400% 4,43 4,12 828,73

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 3,31 4,16 836,20
fev/06 R$ 0,3800% 3,18 4,20 843,58
mar/06 R$ 0,2300% 1,94 4,23 849,74
abr/06 R$ 0,2700% 2,29 4,26 856,30
mai/06 R$ 0,1200% 1,03 4,29 861,61
jun/06 R$ 0,1300% 1,12 4,31 867,05
jul/06 R$ -0,0700% (0,61) 4,33 870,77
ago/06 R$ 0,1100% 0,96 4,36 876,09
set/06 R$ -0,0200% (0,18) 4,38 880,29
out/06 R$ 0,1600% 1,41 4,41 886,11
nov/06 R$ 0,4300% 3,81 4,45 894,37
dez/06 R$ 0,4200% 3,76 4,49 902,62
jan/07 R$ 0,6200% 5,60 4,54 912,75
fev/07 R$ 0,4900% 4,47 4,59 921,81
mar/07 R$ 0,4200% 3,87 4,63 930,31
abr/07 R$ 0,4400% 4,09 4,67 939,08
mai/07 R$ 0,2600% 2,44 4,71 946,23
jun/07 R$ 0,2600% 2,46 4,74 953,43
jul/07 R$ 0,3100% 2,96 4,78 961,17
ago/07 R$ 0,3200% 3,08 4,82 969,06
set/07 R$ 0,5900% 5,72 4,87 979,66
out/07 R$ 0,2500% 2,45 4,91 987,02
nov/07 R$ 0,3000% 2,96 4,95 994,93
dez/07 R$ 0,4300% 4,28 5,00 1.004,20
jan/08 R$ 0,9700% 9,74 5,07 1.019,01
fev/08 R$ 0,6900% 7,03 5,13 1.031,17
mar/08 R$ 0,4800% 4,95 5,18 1.041,30
abr/08 R$ 0,5100% 5,31 5,23 1.051,85
mai/08 R$ 0,6400% 6,73 5,29 1.063,87
jun/08 R$ 0,9600% 10,21 5,37 1.079,46
jul/08 R$ 0,9100% 9,82 5,45 1.094,72
ago/08 R$ 0,5800% 6,35 5,51 1.106,58
set/08 R$ 0,2100% 2,32 5,54 1.114,45
out/08 R$ 0,1500% 1,67 5,58 1.121,70
nov/08 R$ 0,5000% 5,61 5,64 1.132,94
dez/08 R$ 0,3800% 4,31 5,69 1.142,94
jan/09 R$ 0,2900% 3,31 5,73 1.151,98
fev/09 R$ 0,6400% 7,37 5,80 1.165,15
mar/09 R$ 0,3100% 3,61 5,84 1.174,61
abr/09 R$ 0,2000% 2,35 5,88 1.182,84
mai/09 R$ 0,5500% 6,51 5,95 1.195,29
jun/09 R$ 0,6000% 7,17 6,01 1.208,48
jul/09 R$ 0,4200% 5,08 6,07 1.219,62
ago/09 R$ 0,2300% 2,81 6,11 1.228,54
set/09 R$ 0,0800% 0,98 6,15 1.235,67
out/09 R$ 0,1600% 1,98 6,19 1.243,83
nov/09 R$ 0,3700% 4,60 6,24 1.254,68
dez/09 R$ 0,2400% 3,01 6,29 1.263,98
jan/10 R$ 0,8800% 11,12 6,38 1.281,48
fev/10 R$ 0,7000% 8,97 6,45 1.296,90
mar/10 R$ 0,7100% 9,21 6,53 1.312,64
abr/10 R$ 0,7300% 9,58 6,61 1.328,83
mai/10 R$ 0,4300% 5,71 6,67 1.341,22
jun/10 R$ -0,1100% (1,48) 6,70 1.346,44
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (0,94) 6,73 1.352,23
fls. 59
ago/10 R$ -0,0700% (0,95) 6,76 1.358,04
set/10 R$ 0,5400% 7,33 6,83 1.372,20
out/10 R$ 0,9200% 12,62 6,92 1.391,74
nov/10 R$ 1,0300% 14,33 7,03 1.413,11
dez/10 R$ 0,6000% 8,48 7,11 1.428,70
jan/11 R$ 0,9400% 13,43 7,21 1.449,34
fev/11 R$ 0,5400% 7,83 7,29 1.464,45
mar/11 R$ 0,6600% 9,67 7,37 1.481,49
abr/11 R$ 0,7200% 10,67 7,46 1.499,61
mai/11 R$ 0,5700% 8,55 7,54 1.515,70

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 3,33 7,60 1.526,63
jul/11 R$ 0,0000% - 7,63 1.534,26
ago/11 R$ 0,4200% 6,44 7,70 1.548,41
set/11 R$ 0,4500% 6,97 7,78 1.563,16
out/11 R$ 0,3200% 5,00 7,84 1.576,00
nov/11 R$ 0,5700% 8,98 7,92 1.592,91
dez/11 R$ 0,5100% 8,12 8,01 1.609,04
jan/12 R$ 0,5100% 8,21 8,09 1.625,33
fev/12 R$ 0,3900% 6,34 8,16 1.639,83
mar/12 R$ 0,1800% 2,95 8,21 1.650,99
abr/12 R$ 0,6400% 10,57 8,31 1.669,87
mai/12 R$ 0,5500% 9,18 8,40 1.687,44
jun/12 R$ 0,2600% 4,39 8,46 1.700,29
jul/12 R$ 0,4300% 7,31 8,54 1.716,14
ago/12 R$ 0,4500% 7,72 8,62 1.732,48
set/12 R$ 0,6300% 10,91 8,72 1.752,11
out/12 R$ 0,7100% 12,44 8,82 1.773,38
nov/12 R$ 0,5400% 9,58 8,91 1.791,87
dez/12 R$ 0,7400% 13,26 9,03 1.814,15
jan/13 R$ 0,9200% 16,69 9,15 1.840,00
fev/13 R$ 0,5200% 9,57 9,25 1.858,81
mar/13 R$ 0,6000% 11,15 9,35 1.879,32
abr/13 R$ 0,5900% 11,09 9,45 1.899,86
mai/13 R$ 0,3500% 6,65 9,53 1.916,04
jun/13 R$ 0,2800% 5,36 9,61 1.931,01
jul/13 R$ -0,1300% (2,51) 9,64 1.938,14
ago/13 R$ 0,1600% 3,10 9,71 1.950,95
set/13 R$ 0,2700% 5,27 9,78 1.966,00
out/13 R$ 0,6100% 11,99 9,89 1.987,88
nov/13 R$ 0,5400% 10,73 9,99 2.008,61
dez/13 R$ 0,7200% 14,46 10,12 2.033,19
jan/14 R$ 0,6300% 12,81 10,23 2.056,23
fev/14 R$ 0,6400% 13,16 10,35 2.079,73
mar/14 R$ 0,8200% 17,05 10,48 2.107,27
abr/14 R$ 0,7800% 16,44 10,62 2.134,32
mai/14 R$ 0,6000% 12,81 10,74 2.157,87
jun/14 R$ 0,2600% 5,61 10,82 2.174,29
jul/14 R$ 0,1300% 2,83 10,89 2.188,01
ago/14 R$ 0,0000% - 10,94 2.198,95
TOTAL ATUALIZADO 2.198,95
,
EXTRATO
fls. 60

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 61
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: VICENTE FEITOSA ALVES


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 110.075.129-4
Data base (aniversário da conta): 2
800,00

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 800,00
Correção: 22,3590% NCz$ 178,87
Juros 0,5000% NCz$ 4,89
Saldo: NCz$ 983,77

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 800,00
Correção: 42,7200% NCz$ 341,76
Juros 0,5000% NCz$ 5,71
Saldo: NCz$ 1.147,47

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 1.147,47
Saldo Pago 983,77
Diferença apurada NCz$ 163,70

Diferença Corrigida R$ 5.804,84


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 3.308,76
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 8.126,78
R$ 11.435,54
Total Devido R$ 17.240,38
Honorários Advocatícios R$ 1.724,04

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 18.964,42


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 163,70
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 163,70
fls. 62
mar/89 NCz$ 5,9000% 9,66 0,87 174,23
abr/89 NCz$ 8,0600% 14,04 0,94 189,21
mai/89 NCz$ 16,6700% 31,54 1,10 221,86
jun/89 NCz$ 29,4000% 65,23 1,44 288,52
jul/89 NCz$ 27,4000% 79,05 1,84 369,41
ago/89 NCz$ 33,1800% 122,57 2,46 494,44
set/89 NCz$ 36,3500% 179,73 3,37 677,54
out/89 NCz$ 38,7600% 262,61 4,70 944,86
nov/89 NCz$ 48,4700% 457,97 7,01 1.409,84
dez/89 NCz$ 51,2800% 722,97 10,66 2.143,47

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 1.461,64 18,03 3.623,13
fev/90 NCz$ 73,9900% 2.680,76 31,52 6.335,41
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 5.206,44 57,71 11.599,56
abr/90 Cr$ 44,8000% 5.196,60 83,98 16.880,15
mai/90 Cr$ 7,8700% 1.328,47 91,04 18.299,66
jun/90 Cr$ 11,6400% 2.130,08 102,15 20.531,89
jul/90 Cr$ 12,6200% 2.591,12 115,62 23.238,63
ago/90 Cr$ 12,1800% 2.830,46 130,35 26.199,44
set/90 Cr$ 14,2600% 3.736,04 149,68 30.085,15
out/90 Cr$ 14,4300% 4.341,29 172,13 34.598,57
nov/90 Cr$ 16,9200% 5.854,08 202,26 40.654,91
dez/90 Cr$ 19,1400% 7.781,35 242,18 48.678,45
jan/91 Cr$ 20,9500% 10.198,13 294,38 59.170,96
fev/91 Cr$ 21,8700% 12.940,69 360,56 72.472,21
mar/91 Cr$ 11,7900% 8.544,47 405,08 81.421,77
abr/91 Cr$ 5,0100% 4.079,23 427,50 85.928,50
mai/91 Cr$ 6,6800% 5.740,02 458,34 92.126,87
jun/91 Cr$ 10,8300% 9.977,34 510,52 102.614,73
jul/91 Cr$ 12,1400% 12.457,43 575,36 115.647,52
ago/91 Cr$ 15,6200% 18.064,14 668,56 134.380,22
set/91 Cr$ 15,6200% 20.990,19 776,85 156.147,27
out/91 Cr$ 21,0800% 32.915,84 945,32 190.008,43
nov/91 Cr$ 26,4800% 50.314,23 1.201,61 241.524,27
dez/91 Cr$ 24,1500% 58.328,11 1.499,26 301.351,64
jan/92 Cr$ 25,9200% 78.110,35 1.897,31 381.359,30
fev/92 Cr$ 24,4800% 93.356,76 2.373,58 477.089,64
mar/92 Cr$ 21,6200% 103.146,78 2.901,18 583.137,60
abr/92 Cr$ 20,8400% 121.525,88 3.523,32 708.186,79
mai/92 Cr$ 24,5000% 173.505,76 4.408,46 886.101,02
jun/92 Cr$ 20,8500% 184.752,06 5.354,27 1.076.207,34
jul/92 Cr$ 22,0800% 237.626,58 6.569,17 1.320.403,09
ago/92 Cr$ 22,3800% 295.506,21 8.079,55 1.623.988,85
set/92 Cr$ 23,9800% 389.432,53 10.067,11 2.023.488,49
out/92 Cr$ 26,0700% 527.523,45 12.755,06 2.563.766,99
nov/92 Cr$ 22,8900% 586.846,26 15.753,07 3.166.366,32
dez/92 Cr$ 25,5800% 809.956,51 19.881,61 3.996.204,44
jan/93 Cr$ 28,7700% 1.149.708,02 25.729,56 5.171.642,02
fev/93 Cr$ 24,7900% 1.282.050,06 32.268,46 6.485.960,54
mar/93 Cr$ 27,5800% 1.788.827,92 41.373,94 8.316.162,40
abr/93 Cr$ 28,3700% 2.359.295,27 53.377,29 10.728.834,96
mai/93 Cr$ 26,7800% 2.873.182,00 68.010,08 13.670.027,05
jun/93 Cr$ 30,3700% 4.151.587,22 89.108,07 17.910.722,34
jul/93 Cr$ 31,0100% 5.554.115,00 117.324,19 23.582.161,53
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 7.862,29 157,22 31.601,68
set/93 CR$ 35,6300% 11.259,68 214,31 43.075,66
out/93 CR$ 34,1200% 14.697,42 288,87 58.061,94
nov/93 CR$ 36,0000% 20.902,30 394,82 79.359,06
dez/93 CR$ 37,7300% 29.942,17 546,51 109.847,74
jan/94 CR$ 41,3200% 45.389,09 776,18 156.013,01
fev/94 CR$ 40,5700% 63.294,48 1.096,54 220.404,03
mar/94 CR$ 43,0800% 94.950,06 1.576,77 316.930,85
abr/94 CR$ 42,8600% 135.836,56 2.263,84 455.031,26
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 194.434,86 3.247,33 652.713,44
fls. 63
jun/94 CR$ 48,2400% 314.868,96 4.837,91 972.420,32
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 27,40 1,91 382,92
ago/94 R$ 1,8500% 7,08 1,95 391,95
set/94 R$ 1,4000% 5,49 1,99 399,43
out/94 R$ 2,8200% 11,26 2,05 412,74
nov/94 R$ 2,9600% 12,22 2,12 427,08
dez/94 R$ 1,7000% 7,26 2,17 436,52
jan/95 R$ 1,4400% 6,29 2,21 445,02
fev/95 R$ 1,0100% 4,49 2,25 451,76

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 7,32 2,30 461,37
abr/95 R$ 2,4900% 11,49 2,36 475,23
mai/95 R$ 2,1000% 9,98 2,43 487,63
jun/95 R$ 2,1800% 10,63 2,49 500,75
jul/95 R$ 2,4600% 12,32 2,57 515,64
ago/95 R$ 1,0200% 5,26 2,60 523,50
set/95 R$ 1,1700% 6,12 2,65 532,27
out/95 R$ 1,4000% 7,45 2,70 542,42
nov/95 R$ 1,5100% 8,19 2,75 553,37
dez/95 R$ 1,6500% 9,13 2,81 565,31
jan/96 R$ 1,4600% 8,25 2,87 576,43
fev/96 R$ 0,7100% 4,09 2,90 583,43
mar/96 R$ 0,2900% 1,69 2,93 588,05
abr/96 R$ 0,9300% 5,47 2,97 596,48
mai/96 R$ 1,2800% 7,63 3,02 607,14
jun/96 R$ 1,3300% 8,07 3,08 618,29
jul/96 R$ 1,2000% 7,42 3,13 628,84
ago/96 R$ 0,5000% 3,14 3,16 635,14
set/96 R$ 0,0200% 0,13 3,18 638,44
out/96 R$ 0,3800% 2,43 3,20 644,07
nov/96 R$ 0,3400% 2,19 3,23 649,50
dez/96 R$ 0,3300% 2,14 3,26 654,90
jan/97 R$ 0,8100% 5,30 3,30 663,50
fev/97 R$ 0,4500% 2,99 3,33 669,82
mar/97 R$ 0,6800% 4,55 3,37 677,75
abr/97 R$ 0,6000% 4,07 3,41 685,22
mai/97 R$ 0,1100% 0,75 3,43 689,41
jun/97 R$ 0,3500% 2,41 3,46 695,28
jul/97 R$ 0,1800% 1,25 3,48 700,01
ago/97 R$ -0,0300% (0,21) 3,50 703,30
set/97 R$ 0,1000% 0,70 3,52 707,52
out/97 R$ 0,2900% 2,05 3,55 713,12
nov/97 R$ 0,1500% 1,07 3,57 717,77
dez/97 R$ 0,5700% 4,09 3,61 725,47
jan/98 R$ 0,8500% 6,17 3,66 735,29
fev/98 R$ 0,5400% 3,97 3,70 742,96
mar/98 R$ 0,4900% 3,64 3,73 750,33
abr/98 R$ 0,4500% 3,38 3,77 757,48
mai/98 R$ 0,7200% 5,45 3,81 766,74
jun/98 R$ 0,1500% 1,15 3,84 771,73
jul/98 R$ -0,2800% (2,16) 3,85 773,42
ago/98 R$ -0,4900% (3,79) 3,85 773,48
set/98 R$ -0,3100% (2,40) 3,86 774,94
out/98 R$ 0,1100% 0,85 3,88 779,67
nov/98 R$ -0,1800% (1,40) 3,89 782,16
dez/98 R$ 0,4200% 3,29 3,93 789,37
jan/99 R$ 0,6500% 5,13 3,97 798,47
fev/99 R$ 1,2900% 10,30 4,04 812,82
mar/99 R$ 1,2800% 10,40 4,12 827,34
abr/99 R$ 0,4700% 3,89 4,16 835,38
mai/99 R$ 0,0500% 0,42 4,18 839,98
jun/99 R$ 0,0700% 0,59 4,20 844,77
jul/99 R$ 0,7400% 6,25 4,26 855,27
ago/99 R$ 0,5500% 4,70 4,30 864,28
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 3,37 4,34 871,99
fls. 64
out/99 R$ 0,9600% 8,37 4,40 884,76
nov/99 R$ 0,9400% 8,32 4,47 897,54
dez/99 R$ 0,7400% 6,64 4,52 908,71
jan/00 R$ 0,6100% 5,54 4,57 918,82
fev/00 R$ 0,0500% 0,46 4,60 923,88
mar/00 R$ 0,1300% 1,20 4,63 929,70
abr/00 R$ 0,0900% 0,84 4,65 935,19
mai/00 R$ -0,0500% (0,47) 4,67 939,40
jun/00 R$ 0,3000% 2,82 4,71 946,93
jul/00 R$ 1,3900% 13,16 4,80 964,89

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 11,68 4,88 981,45
set/00 R$ 0,4300% 4,22 4,93 990,60
out/00 R$ 0,1600% 1,58 4,96 997,14
nov/00 R$ 0,2900% 2,89 5,00 1.005,03
dez/00 R$ 0,5500% 5,53 5,05 1.015,61
jan/01 R$ 0,7700% 7,82 5,12 1.028,55
fev/01 R$ 0,4900% 5,04 5,17 1.038,76
mar/01 R$ 0,4800% 4,99 5,22 1.048,96
abr/01 R$ 0,8400% 8,81 5,29 1.063,06
mai/01 R$ 0,5700% 6,06 5,35 1.074,47
jun/01 R$ 0,6000% 6,45 5,40 1.086,32
jul/01 R$ 1,1100% 12,06 5,49 1.103,87
ago/01 R$ 0,7900% 8,72 5,56 1.118,15
set/01 R$ 0,4400% 4,92 5,62 1.128,69
out/01 R$ 0,9400% 10,61 5,70 1.145,00
nov/01 R$ 1,2900% 14,77 5,80 1.165,56
dez/01 R$ 0,7400% 8,63 5,87 1.180,06
jan/02 R$ 1,0700% 12,63 5,96 1.198,65
fev/02 R$ 0,3100% 3,72 6,01 1.208,38
mar/02 R$ 0,6200% 7,49 6,08 1.221,95
abr/02 R$ 0,6800% 8,31 6,15 1.236,41
mai/02 R$ 0,0900% 1,11 6,19 1.243,71
jun/02 R$ 0,6100% 7,59 6,26 1.257,55
jul/02 R$ 1,1500% 14,46 6,36 1.278,38
ago/02 R$ 0,8600% 10,99 6,45 1.295,82
set/02 R$ 0,8300% 10,76 6,53 1.313,10
out/02 R$ 1,5700% 20,62 6,67 1.340,39
nov/02 R$ 3,3900% 45,44 6,93 1.392,76
dez/02 R$ 2,7000% 37,60 7,15 1.437,51
jan/03 R$ 3,7500% 53,91 7,46 1.498,88
fev/03 R$ 2,4700% 37,02 7,68 1.543,58
mar/03 R$ 1,4600% 22,54 7,83 1.573,95
abr/03 R$ 1,3700% 21,56 7,98 1.603,49
mai/03 R$ 1,3800% 22,13 8,13 1.633,74
jun/03 R$ 0,9900% 16,17 8,25 1.658,17
jul/03 R$ -0,0600% (0,99) 8,29 1.665,46
ago/03 R$ 0,0400% 0,67 8,33 1.674,45
set/03 R$ 0,1800% 3,01 8,39 1.685,86
out/03 R$ 0,8200% 13,82 8,50 1.708,18
nov/03 R$ 0,3900% 6,66 8,57 1.723,41
dez/03 R$ 0,3700% 6,38 8,65 1.738,44
jan/04 R$ 0,5400% 9,39 8,74 1.756,57
fev/04 R$ 0,8300% 14,58 8,86 1.780,00
mar/04 R$ 0,3900% 6,94 8,93 1.795,88
abr/04 R$ 0,5700% 10,24 9,03 1.815,15
mai/04 R$ 0,4100% 7,44 9,11 1.831,70
jun/04 R$ 0,4000% 7,33 9,20 1.848,22
jul/04 R$ 0,5000% 9,24 9,29 1.866,75
ago/04 R$ 0,7300% 13,63 9,40 1.889,78
set/04 R$ 0,5000% 9,45 9,50 1.908,73
out/04 R$ 0,1700% 3,24 9,56 1.921,53
nov/04 R$ 0,1700% 3,27 9,62 1.934,42
dez/04 R$ 0,4400% 8,51 9,71 1.952,65
jan/05 R$ 0,8600% 16,79 9,85 1.979,29
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 11,28 9,95 2.000,52
fls. 65
mar/05 R$ 0,4400% 8,80 10,05 2.019,37
abr/05 R$ 0,7300% 14,74 10,17 2.044,28
mai/05 R$ 0,9100% 18,60 10,31 2.073,20
jun/05 R$ 0,7000% 14,51 10,44 2.098,15
jul/05 R$ -0,1100% (2,31) 10,48 2.106,32
ago/05 R$ 0,0300% 0,63 10,53 2.117,49
set/05 R$ 0,0000% - 10,59 2.128,08
out/05 R$ 0,1500% 3,19 10,66 2.141,92
nov/05 R$ 0,5800% 12,42 10,77 2.165,12
dez/05 R$ 0,5400% 11,69 10,88 2.187,70

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 8,75 10,98 2.207,43
fev/06 R$ 0,3800% 8,39 11,08 2.226,90
mar/06 R$ 0,2300% 5,12 11,16 2.243,18
abr/06 R$ 0,2700% 6,06 11,25 2.260,48
mai/06 R$ 0,1200% 2,71 11,32 2.274,51
jun/06 R$ 0,1300% 2,96 11,39 2.288,85
jul/06 R$ -0,0700% (1,60) 11,44 2.298,69
ago/06 R$ 0,1100% 2,53 11,51 2.312,72
set/06 R$ -0,0200% (0,46) 11,56 2.323,82
out/06 R$ 0,1600% 3,72 11,64 2.339,18
nov/06 R$ 0,4300% 10,06 11,75 2.360,98
dez/06 R$ 0,4200% 9,92 11,85 2.382,75
jan/07 R$ 0,6200% 14,77 11,99 2.409,51
fev/07 R$ 0,4900% 11,81 12,11 2.433,43
mar/07 R$ 0,4200% 10,22 12,22 2.455,86
abr/07 R$ 0,4400% 10,81 12,33 2.479,00
mai/07 R$ 0,2600% 6,45 12,43 2.497,88
jun/07 R$ 0,2600% 6,49 12,52 2.516,89
jul/07 R$ 0,3100% 7,80 12,62 2.537,32
ago/07 R$ 0,3200% 8,12 12,73 2.558,16
set/07 R$ 0,5900% 15,09 12,87 2.586,12
out/07 R$ 0,2500% 6,47 12,96 2.605,55
nov/07 R$ 0,3000% 7,82 13,07 2.626,44
dez/07 R$ 0,4300% 11,29 13,19 2.650,92
jan/08 R$ 0,9700% 25,71 13,38 2.690,02
fev/08 R$ 0,6900% 18,56 13,54 2.722,12
mar/08 R$ 0,4800% 13,07 13,68 2.748,86
abr/08 R$ 0,5100% 14,02 13,81 2.776,69
mai/08 R$ 0,6400% 17,77 13,97 2.808,44
jun/08 R$ 0,9600% 26,96 14,18 2.849,58
jul/08 R$ 0,9100% 25,93 14,38 2.889,88
ago/08 R$ 0,5800% 16,76 14,53 2.921,18
set/08 R$ 0,2100% 6,13 14,64 2.941,95
out/08 R$ 0,1500% 4,41 14,73 2.961,10
nov/08 R$ 0,5000% 14,81 14,88 2.990,78
dez/08 R$ 0,3800% 11,36 15,01 3.017,16
jan/09 R$ 0,2900% 8,75 15,13 3.041,04
fev/09 R$ 0,6400% 19,46 15,30 3.075,80
mar/09 R$ 0,3100% 9,53 15,43 3.100,76
abr/09 R$ 0,2000% 6,20 15,53 3.122,50
mai/09 R$ 0,5500% 17,17 15,70 3.155,37
jun/09 R$ 0,6000% 18,93 15,87 3.190,17
jul/09 R$ 0,4200% 13,40 16,02 3.219,59
ago/09 R$ 0,2300% 7,41 16,13 3.243,13
set/09 R$ 0,0800% 2,59 16,23 3.261,95
out/09 R$ 0,1600% 5,22 16,34 3.283,51
nov/09 R$ 0,3700% 12,15 16,48 3.312,14
dez/09 R$ 0,2400% 7,95 16,60 3.336,69
jan/10 R$ 0,8800% 29,36 16,83 3.382,88
fev/10 R$ 0,7000% 23,68 17,03 3.423,59
mar/10 R$ 0,7100% 24,31 17,24 3.465,14
abr/10 R$ 0,7300% 25,30 17,45 3.507,89
mai/10 R$ 0,4300% 15,08 17,61 3.540,58
jun/10 R$ -0,1100% (3,89) 17,68 3.554,37
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (2,49) 17,76 3.569,65
fls. 66
ago/10 R$ -0,0700% (2,50) 17,84 3.584,98
set/10 R$ 0,5400% 19,36 18,02 3.622,36
out/10 R$ 0,9200% 33,33 18,28 3.673,97
nov/10 R$ 1,0300% 37,84 18,56 3.730,37
dez/10 R$ 0,6000% 22,38 18,76 3.771,51
jan/11 R$ 0,9400% 35,45 19,03 3.826,00
fev/11 R$ 0,5400% 20,66 19,23 3.865,89
mar/11 R$ 0,6600% 25,51 19,46 3.910,87
abr/11 R$ 0,7200% 28,16 19,70 3.958,72
mai/11 R$ 0,5700% 22,56 19,91 4.001,19

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 8,80 20,05 4.030,04
jul/11 R$ 0,0000% - 20,15 4.050,19
ago/11 R$ 0,4200% 17,01 20,34 4.087,54
set/11 R$ 0,4500% 18,39 20,53 4.126,46
out/11 R$ 0,3200% 13,20 20,70 4.160,37
nov/11 R$ 0,5700% 23,71 20,92 4.205,00
dez/11 R$ 0,5100% 21,45 21,13 4.247,58
jan/12 R$ 0,5100% 21,66 21,35 4.290,59
fev/12 R$ 0,3900% 16,73 21,54 4.328,86
mar/12 R$ 0,1800% 7,79 21,68 4.358,33
abr/12 R$ 0,6400% 27,89 21,93 4.408,16
mai/12 R$ 0,5500% 24,24 22,16 4.454,56
jun/12 R$ 0,2600% 11,58 22,33 4.488,48
jul/12 R$ 0,4300% 19,30 22,54 4.530,32
ago/12 R$ 0,4500% 20,39 22,75 4.573,46
set/12 R$ 0,6300% 28,81 23,01 4.625,28
out/12 R$ 0,7100% 32,84 23,29 4.681,41
nov/12 R$ 0,5400% 25,28 23,53 4.730,22
dez/12 R$ 0,7400% 35,00 23,83 4.789,05
jan/13 R$ 0,9200% 44,06 24,17 4.857,28
fev/13 R$ 0,5200% 25,26 24,41 4.906,95
mar/13 R$ 0,6000% 29,44 24,68 4.961,07
abr/13 R$ 0,5900% 29,27 24,95 5.015,29
mai/13 R$ 0,3500% 17,55 25,16 5.058,01
jun/13 R$ 0,2800% 14,16 25,36 5.097,54
jul/13 R$ -0,1300% (6,63) 25,45 5.116,36
ago/13 R$ 0,1600% 8,19 25,62 5.150,17
set/13 R$ 0,2700% 13,91 25,82 5.189,90
out/13 R$ 0,6100% 31,66 26,11 5.247,66
nov/13 R$ 0,5400% 28,34 26,38 5.302,38
dez/13 R$ 0,7200% 38,18 26,70 5.367,26
jan/14 R$ 0,6300% 33,81 27,01 5.428,08
fev/14 R$ 0,6400% 34,74 27,31 5.490,14
mar/14 R$ 0,8200% 45,02 27,68 5.562,83
abr/14 R$ 0,7800% 43,39 28,03 5.634,25
mai/14 R$ 0,6000% 33,81 28,34 5.696,40
jun/14 R$ 0,2600% 14,81 28,56 5.739,76
jul/14 R$ 0,1300% 7,46 28,74 5.775,96
ago/14 R$ 0,0000% - 28,88 5.804,84
TOTAL ATUALIZADO 5.804,84
,
EXTRATO
fls. 67

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 68
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: ANTONIO MARROCOS LACERDA


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 100.075.364-3
Data base (aniversário da conta): 13

647,16

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 647,16
Correção: 22,3590% NCz$ 144,70
Juros 0,5000% NCz$ 3,96
Saldo: NCz$ 795,82

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 647,16
Correção: 42,7200% NCz$ 276,47
Juros 0,5000% NCz$ 4,62
Saldo: NCz$ 928,24

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 928,24
Saldo Pago 795,82
Diferença apurada NCz$ 132,43

Diferença Corrigida R$ 4.695,83


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 2.676,62
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 6.574,16
R$ 9.250,78
Total Devido R$ 13.946,60
Honorários Advocatícios R$ 1.394,66

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 15.341,26


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 132,43
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 132,43
fls. 69
mar/89 NCz$ 5,9000% 7,81 0,70 140,94
abr/89 NCz$ 8,0600% 11,36 0,76 153,06
mai/89 NCz$ 16,6700% 25,52 0,89 179,47
jun/89 NCz$ 29,4000% 52,76 1,16 233,40
jul/89 NCz$ 27,4000% 63,95 1,49 298,83
ago/89 NCz$ 33,1800% 99,15 1,99 399,98
set/89 NCz$ 36,3500% 145,39 2,73 548,10
out/89 NCz$ 38,7600% 212,44 3,80 764,34
nov/89 NCz$ 48,4700% 370,48 5,67 1.140,49
dez/89 NCz$ 51,2800% 584,84 8,63 1.733,96

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 1.182,39 14,58 2.930,93
fev/90 NCz$ 73,9900% 2.168,60 25,50 5.125,03
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 4.211,75 46,68 9.383,47
abr/90 Cr$ 44,8000% 4.203,79 67,94 13.655,20
mai/90 Cr$ 7,8700% 1.074,66 73,65 14.803,51
jun/90 Cr$ 11,6400% 1.723,13 82,63 16.609,27
jul/90 Cr$ 12,6200% 2.096,09 93,53 18.798,89
ago/90 Cr$ 12,1800% 2.289,70 105,44 21.194,03
set/90 Cr$ 14,2600% 3.022,27 121,08 24.337,38
out/90 Cr$ 14,4300% 3.511,88 139,25 27.988,52
nov/90 Cr$ 16,9200% 4.735,66 163,62 32.887,79
dez/90 Cr$ 19,1400% 6.294,72 195,91 39.378,43
jan/91 Cr$ 20,9500% 8.249,78 238,14 47.866,35
fev/91 Cr$ 21,8700% 10.468,37 291,67 58.626,40
mar/91 Cr$ 11,7900% 6.912,05 327,69 65.866,14
abr/91 Cr$ 5,0100% 3.299,89 345,83 69.511,86
mai/91 Cr$ 6,6800% 4.643,39 370,78 74.526,03
jun/91 Cr$ 10,8300% 8.071,17 412,99 83.010,19
jul/91 Cr$ 12,1400% 10.077,44 465,44 93.553,06
ago/91 Cr$ 15,6200% 14.612,99 540,83 108.706,88
set/91 Cr$ 15,6200% 16.980,01 628,43 126.315,33
out/91 Cr$ 21,0800% 26.627,27 764,71 153.707,32
nov/91 Cr$ 26,4800% 40.701,70 972,05 195.381,06
dez/91 Cr$ 24,1500% 47.184,53 1.212,83 243.778,41
jan/92 Cr$ 25,9200% 63.187,36 1.534,83 308.500,60
fev/92 Cr$ 24,4800% 75.520,95 1.920,11 385.941,66
mar/92 Cr$ 21,6200% 83.440,59 2.346,91 471.729,16
abr/92 Cr$ 20,8400% 98.308,36 2.850,19 572.887,70
mai/92 Cr$ 24,5000% 140.357,49 3.566,23 716.811,42
jun/92 Cr$ 20,8500% 149.455,18 4.331,33 870.597,93
jul/92 Cr$ 22,0800% 192.228,02 5.314,13 1.068.140,08
ago/92 Cr$ 22,3800% 239.049,75 6.535,95 1.313.725,78
set/92 Cr$ 23,9800% 315.031,44 8.143,79 1.636.901,01
out/92 Cr$ 26,0700% 426.740,09 10.318,21 2.073.959,31
nov/92 Cr$ 22,8900% 474.729,29 12.743,44 2.561.432,04
dez/92 Cr$ 25,5800% 655.214,32 16.083,23 3.232.729,58
jan/93 Cr$ 28,7700% 930.056,30 20.813,93 4.183.599,82
fev/93 Cr$ 24,7900% 1.037.114,39 26.103,57 5.246.817,78
mar/93 Cr$ 27,5800% 1.447.072,34 33.469,45 6.727.359,58
abr/93 Cr$ 28,3700% 1.908.551,91 43.179,56 8.679.091,04
mai/93 Cr$ 26,7800% 2.324.260,58 55.016,76 11.058.368,38
jun/93 Cr$ 30,3700% 3.358.426,48 72.083,97 14.488.878,84
jul/93 Cr$ 31,0100% 4.493.001,33 94.909,40 19.076.789,57
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 6.360,20 127,18 25.564,18
set/93 CR$ 35,6300% 9.108,52 173,36 34.846,06
out/93 CR$ 34,1200% 11.889,47 233,68 46.969,21
nov/93 CR$ 36,0000% 16.908,91 319,39 64.197,51
dez/93 CR$ 37,7300% 24.221,72 442,10 88.861,33
jan/94 CR$ 41,3200% 36.717,50 627,89 126.206,73
fev/94 CR$ 40,5700% 51.202,07 887,04 178.295,84
mar/94 CR$ 43,0800% 76.809,85 1.275,53 256.381,22
abr/94 CR$ 42,8600% 109.884,99 1.831,33 368.097,53
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 157.288,08 2.626,93 528.012,54
fls. 70
jun/94 CR$ 48,2400% 254.713,25 3.913,63 786.639,42
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 22,17 1,54 309,76
ago/94 R$ 1,8500% 5,73 1,58 317,07
set/94 R$ 1,4000% 4,44 1,61 323,12
out/94 R$ 2,8200% 9,11 1,66 333,89
nov/94 R$ 2,9600% 9,88 1,72 345,49
dez/94 R$ 1,7000% 5,87 1,76 353,12
jan/95 R$ 1,4400% 5,08 1,79 360,00
fev/95 R$ 1,0100% 3,64 1,82 365,45

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 5,92 1,86 373,23
abr/95 R$ 2,4900% 9,29 1,91 384,43
mai/95 R$ 2,1000% 8,07 1,96 394,47
jun/95 R$ 2,1800% 8,60 2,02 405,08
jul/95 R$ 2,4600% 9,97 2,08 417,12
ago/95 R$ 1,0200% 4,25 2,11 423,49
set/95 R$ 1,1700% 4,95 2,14 430,58
out/95 R$ 1,4000% 6,03 2,18 438,79
nov/95 R$ 1,5100% 6,63 2,23 447,65
dez/95 R$ 1,6500% 7,39 2,28 457,31
jan/96 R$ 1,4600% 6,68 2,32 466,30
fev/96 R$ 0,7100% 3,31 2,35 471,96
mar/96 R$ 0,2900% 1,37 2,37 475,70
abr/96 R$ 0,9300% 4,42 2,40 482,52
mai/96 R$ 1,2800% 6,18 2,44 491,14
jun/96 R$ 1,3300% 6,53 2,49 500,16
jul/96 R$ 1,2000% 6,00 2,53 508,70
ago/96 R$ 0,5000% 2,54 2,56 513,80
set/96 R$ 0,0200% 0,10 2,57 516,47
out/96 R$ 0,3800% 1,96 2,59 521,02
nov/96 R$ 0,3400% 1,77 2,61 525,41
dez/96 R$ 0,3300% 1,73 2,64 529,78
jan/97 R$ 0,8100% 4,29 2,67 536,74
fev/97 R$ 0,4500% 2,42 2,70 541,85
mar/97 R$ 0,6800% 3,68 2,73 548,26
abr/97 R$ 0,6000% 3,29 2,76 554,31
mai/97 R$ 0,1100% 0,61 2,77 557,70
jun/97 R$ 0,3500% 1,95 2,80 562,45
jul/97 R$ 0,1800% 1,01 2,82 566,28
ago/97 R$ -0,0300% (0,17) 2,83 568,94
set/97 R$ 0,1000% 0,57 2,85 572,35
out/97 R$ 0,2900% 1,66 2,87 576,88
nov/97 R$ 0,1500% 0,87 2,89 580,64
dez/97 R$ 0,5700% 3,31 2,92 586,87
jan/98 R$ 0,8500% 4,99 2,96 594,81
fev/98 R$ 0,5400% 3,21 2,99 601,02
mar/98 R$ 0,4900% 2,94 3,02 606,98
abr/98 R$ 0,4500% 2,73 3,05 612,76
mai/98 R$ 0,7200% 4,41 3,09 620,26
jun/98 R$ 0,1500% 0,93 3,11 624,29
jul/98 R$ -0,2800% (1,75) 3,11 625,66
ago/98 R$ -0,4900% (3,07) 3,11 625,71
set/98 R$ -0,3100% (1,94) 3,12 626,89
out/98 R$ 0,1100% 0,69 3,14 630,71
nov/98 R$ -0,1800% (1,14) 3,15 632,73
dez/98 R$ 0,4200% 2,66 3,18 638,56
jan/99 R$ 0,6500% 4,15 3,21 645,92
fev/99 R$ 1,2900% 8,33 3,27 657,53
mar/99 R$ 1,2800% 8,42 3,33 669,27
abr/99 R$ 0,4700% 3,15 3,36 675,78
mai/99 R$ 0,0500% 0,34 3,38 679,50
jun/99 R$ 0,0700% 0,48 3,40 683,38
jul/99 R$ 0,7400% 5,06 3,44 691,87
ago/99 R$ 0,5500% 3,81 3,48 699,16
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 2,73 3,51 705,39
fls. 71
out/99 R$ 0,9600% 6,77 3,56 715,73
nov/99 R$ 0,9400% 6,73 3,61 726,07
dez/99 R$ 0,7400% 5,37 3,66 735,10
jan/00 R$ 0,6100% 4,48 3,70 743,28
fev/00 R$ 0,0500% 0,37 3,72 747,37
mar/00 R$ 0,1300% 0,97 3,74 752,08
abr/00 R$ 0,0900% 0,68 3,76 756,52
mai/00 R$ -0,0500% (0,38) 3,78 759,93
jun/00 R$ 0,3000% 2,28 3,81 766,02
jul/00 R$ 1,3900% 10,65 3,88 780,55

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 9,44 3,95 793,94
set/00 R$ 0,4300% 3,41 3,99 801,34
out/00 R$ 0,1600% 1,28 4,01 806,64
nov/00 R$ 0,2900% 2,34 4,04 813,02
dez/00 R$ 0,5500% 4,47 4,09 821,58
jan/01 R$ 0,7700% 6,33 4,14 832,05
fev/01 R$ 0,4900% 4,08 4,18 840,30
mar/01 R$ 0,4800% 4,03 4,22 848,56
abr/01 R$ 0,8400% 7,13 4,28 859,97
mai/01 R$ 0,5700% 4,90 4,32 869,19
jun/01 R$ 0,6000% 5,22 4,37 878,78
jul/01 R$ 1,1100% 9,75 4,44 892,98
ago/01 R$ 0,7900% 7,05 4,50 904,53
set/01 R$ 0,4400% 3,98 4,54 913,05
out/01 R$ 0,9400% 8,58 4,61 926,24
nov/01 R$ 1,2900% 11,95 4,69 942,88
dez/01 R$ 0,7400% 6,98 4,75 954,61
jan/02 R$ 1,0700% 10,21 4,82 969,65
fev/02 R$ 0,3100% 3,01 4,86 977,52
mar/02 R$ 0,6200% 6,06 4,92 988,50
abr/02 R$ 0,6800% 6,72 4,98 1.000,19
mai/02 R$ 0,0900% 0,90 5,01 1.006,10
jun/02 R$ 0,6100% 6,14 5,06 1.017,30
jul/02 R$ 1,1500% 11,70 5,14 1.034,14
ago/02 R$ 0,8600% 8,89 5,22 1.048,25
set/02 R$ 0,8300% 8,70 5,28 1.062,24
out/02 R$ 1,5700% 16,68 5,39 1.084,31
nov/02 R$ 3,3900% 36,76 5,61 1.126,67
dez/02 R$ 2,7000% 30,42 5,79 1.162,88
jan/03 R$ 3,7500% 43,61 6,03 1.212,52
fev/03 R$ 2,4700% 29,95 6,21 1.248,68
mar/03 R$ 1,4600% 18,23 6,33 1.273,24
abr/03 R$ 1,3700% 17,44 6,45 1.297,14
mai/03 R$ 1,3800% 17,90 6,58 1.321,62
jun/03 R$ 0,9900% 13,08 6,67 1.341,37
jul/03 R$ -0,0600% (0,80) 6,70 1.347,27
ago/03 R$ 0,0400% 0,54 6,74 1.354,55
set/03 R$ 0,1800% 2,44 6,78 1.363,77
out/03 R$ 0,8200% 11,18 6,87 1.381,83
nov/03 R$ 0,3900% 5,39 6,94 1.394,16
dez/03 R$ 0,3700% 5,16 7,00 1.406,31
jan/04 R$ 0,5400% 7,59 7,07 1.420,97
fev/04 R$ 0,8300% 11,79 7,16 1.439,93
mar/04 R$ 0,3900% 5,62 7,23 1.452,78
abr/04 R$ 0,5700% 8,28 7,31 1.468,36
mai/04 R$ 0,4100% 6,02 7,37 1.481,75
jun/04 R$ 0,4000% 5,93 7,44 1.495,12
jul/04 R$ 0,5000% 7,48 7,51 1.510,11
ago/04 R$ 0,7300% 11,02 7,61 1.528,74
set/04 R$ 0,5000% 7,64 7,68 1.544,06
out/04 R$ 0,1700% 2,62 7,73 1.554,42
nov/04 R$ 0,1700% 2,64 7,79 1.564,85
dez/04 R$ 0,4400% 6,89 7,86 1.579,59
jan/05 R$ 0,8600% 13,58 7,97 1.601,14
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 9,13 8,05 1.618,32
fls. 72
mar/05 R$ 0,4400% 7,12 8,13 1.633,57
abr/05 R$ 0,7300% 11,93 8,23 1.653,72
mai/05 R$ 0,9100% 15,05 8,34 1.677,12
jun/05 R$ 0,7000% 11,74 8,44 1.697,30
jul/05 R$ -0,1100% (1,87) 8,48 1.703,91
ago/05 R$ 0,0300% 0,51 8,52 1.712,94
set/05 R$ 0,0000% - 8,56 1.721,51
out/05 R$ 0,1500% 2,58 8,62 1.732,71
nov/05 R$ 0,5800% 10,05 8,71 1.751,47
dez/05 R$ 0,5400% 9,46 8,80 1.769,74

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 7,08 8,88 1.785,70
fev/06 R$ 0,3800% 6,79 8,96 1.801,45
mar/06 R$ 0,2300% 4,14 9,03 1.814,62
abr/06 R$ 0,2700% 4,90 9,10 1.828,62
mai/06 R$ 0,1200% 2,19 9,15 1.839,96
jun/06 R$ 0,1300% 2,39 9,21 1.851,57
jul/06 R$ -0,0700% (1,30) 9,25 1.859,52
ago/06 R$ 0,1100% 2,05 9,31 1.870,88
set/06 R$ -0,0200% (0,37) 9,35 1.879,85
out/06 R$ 0,1600% 3,01 9,41 1.892,28
nov/06 R$ 0,4300% 8,14 9,50 1.909,92
dez/06 R$ 0,4200% 8,02 9,59 1.927,53
jan/07 R$ 0,6200% 11,95 9,70 1.949,17
fev/07 R$ 0,4900% 9,55 9,79 1.968,52
mar/07 R$ 0,4200% 8,27 9,88 1.986,67
abr/07 R$ 0,4400% 8,74 9,98 2.005,39
mai/07 R$ 0,2600% 5,21 10,05 2.020,66
jun/07 R$ 0,2600% 5,25 10,13 2.036,04
jul/07 R$ 0,3100% 6,31 10,21 2.052,56
ago/07 R$ 0,3200% 6,57 10,30 2.069,43
set/07 R$ 0,5900% 12,21 10,41 2.092,05
out/07 R$ 0,2500% 5,23 10,49 2.107,76
nov/07 R$ 0,3000% 6,32 10,57 2.124,66
dez/07 R$ 0,4300% 9,14 10,67 2.144,46
jan/08 R$ 0,9700% 20,80 10,83 2.176,09
fev/08 R$ 0,6900% 15,02 10,96 2.202,06
mar/08 R$ 0,4800% 10,57 11,06 2.223,69
abr/08 R$ 0,5100% 11,34 11,18 2.246,21
mai/08 R$ 0,6400% 14,38 11,30 2.271,89
jun/08 R$ 0,9600% 21,81 11,47 2.305,16
jul/08 R$ 0,9100% 20,98 11,63 2.337,77
ago/08 R$ 0,5800% 13,56 11,76 2.363,09
set/08 R$ 0,2100% 4,96 11,84 2.379,89
out/08 R$ 0,1500% 3,57 11,92 2.395,38
nov/08 R$ 0,5000% 11,98 12,04 2.419,39
dez/08 R$ 0,3800% 9,19 12,14 2.440,73
jan/09 R$ 0,2900% 7,08 12,24 2.460,05
fev/09 R$ 0,6400% 15,74 12,38 2.488,17
mar/09 R$ 0,3100% 7,71 12,48 2.508,36
abr/09 R$ 0,2000% 5,02 12,57 2.525,94
mai/09 R$ 0,5500% 13,89 12,70 2.552,54
jun/09 R$ 0,6000% 15,32 12,84 2.580,69
jul/09 R$ 0,4200% 10,84 12,96 2.604,49
ago/09 R$ 0,2300% 5,99 13,05 2.623,53
set/09 R$ 0,0800% 2,10 13,13 2.638,76
out/09 R$ 0,1600% 4,22 13,21 2.656,19
nov/09 R$ 0,3700% 9,83 13,33 2.679,35
dez/09 R$ 0,2400% 6,43 13,43 2.699,21
jan/10 R$ 0,8800% 23,75 13,61 2.736,58
fev/10 R$ 0,7000% 19,16 13,78 2.769,51
mar/10 R$ 0,7100% 19,66 13,95 2.803,12
abr/10 R$ 0,7300% 20,46 14,12 2.837,70
mai/10 R$ 0,4300% 12,20 14,25 2.864,16
jun/10 R$ -0,1100% (3,15) 14,31 2.875,31
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (2,01) 14,37 2.887,66
fls. 73
ago/10 R$ -0,0700% (2,02) 14,43 2.900,07
set/10 R$ 0,5400% 15,66 14,58 2.930,31
out/10 R$ 0,9200% 26,96 14,79 2.972,06
nov/10 R$ 1,0300% 30,61 15,01 3.017,68
dez/10 R$ 0,6000% 18,11 15,18 3.050,97
jan/11 R$ 0,9400% 28,68 15,40 3.095,04
fev/11 R$ 0,5400% 16,71 15,56 3.127,32
mar/11 R$ 0,6600% 20,64 15,74 3.163,70
abr/11 R$ 0,7200% 22,78 15,93 3.202,41
mai/11 R$ 0,5700% 18,25 16,10 3.236,76

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 7,12 16,22 3.260,10
jul/11 R$ 0,0000% - 16,30 3.276,40
ago/11 R$ 0,4200% 13,76 16,45 3.306,62
set/11 R$ 0,4500% 14,88 16,61 3.338,10
out/11 R$ 0,3200% 10,68 16,74 3.365,53
nov/11 R$ 0,5700% 19,18 16,92 3.401,64
dez/11 R$ 0,5100% 17,35 17,09 3.436,08
jan/12 R$ 0,5100% 17,52 17,27 3.470,87
fev/12 R$ 0,3900% 13,54 17,42 3.501,83
mar/12 R$ 0,1800% 6,30 17,54 3.525,67
abr/12 R$ 0,6400% 22,56 17,74 3.565,98
mai/12 R$ 0,5500% 19,61 17,93 3.603,52
jun/12 R$ 0,2600% 9,37 18,06 3.630,95
jul/12 R$ 0,4300% 15,61 18,23 3.664,80
ago/12 R$ 0,4500% 16,49 18,41 3.699,70
set/12 R$ 0,6300% 23,31 18,62 3.741,62
out/12 R$ 0,7100% 26,57 18,84 3.787,03
nov/12 R$ 0,5400% 20,45 19,04 3.826,51
dez/12 R$ 0,7400% 28,32 19,27 3.874,11
jan/13 R$ 0,9200% 35,64 19,55 3.929,30
fev/13 R$ 0,5200% 20,43 19,75 3.969,48
mar/13 R$ 0,6000% 23,82 19,97 4.013,26
abr/13 R$ 0,5900% 23,68 20,18 4.057,12
mai/13 R$ 0,3500% 14,20 20,36 4.091,68
jun/13 R$ 0,2800% 11,46 20,52 4.123,65
jul/13 R$ -0,1300% (5,36) 20,59 4.138,88
ago/13 R$ 0,1600% 6,62 20,73 4.166,23
set/13 R$ 0,2700% 11,25 20,89 4.198,37
out/13 R$ 0,6100% 25,61 21,12 4.245,10
nov/13 R$ 0,5400% 22,92 21,34 4.289,36
dez/13 R$ 0,7200% 30,88 21,60 4.341,85
jan/14 R$ 0,6300% 27,35 21,85 4.391,05
fev/14 R$ 0,6400% 28,10 22,10 4.441,24
mar/14 R$ 0,8200% 36,42 22,39 4.500,05
abr/14 R$ 0,7800% 35,10 22,68 4.557,83
mai/14 R$ 0,6000% 27,35 22,93 4.608,10
jun/14 R$ 0,2600% 11,98 23,10 4.643,18
jul/14 R$ 0,1300% 6,04 23,25 4.672,46
ago/14 R$ 0,0000% - 23,36 4.695,83
TOTAL ATUALIZADO 4.695,83
,
EXTRATO 01
fls. 74

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 75
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: ARISTIDES DE SOUZA ANDRADE


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 120.075.444-9
Data base (aniversário da conta): 3
406,33

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 406,33
Correção: 22,3590% NCz$ 90,85
Juros 0,5000% NCz$ 2,49
Saldo: NCz$ 499,67

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 406,33
Correção: 42,7200% NCz$ 173,58
Juros 0,5000% NCz$ 2,90
Saldo: NCz$ 582,81

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 582,81
Saldo Pago 499,67
Diferença apurada NCz$ 83,15

Diferença Corrigida R$ 2.948,35


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 1.680,56
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 4.127,69
R$ 5.808,25
Total Devido R$ 8.756,60
Honorários Advocatícios R$ 875,66

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 9.632,26


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 83,15
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 83,15
fls. 76
mar/89 NCz$ 5,9000% 4,91 0,44 88,49
abr/89 NCz$ 8,0600% 7,13 0,48 96,10
mai/89 NCz$ 16,6700% 16,02 0,56 112,68
jun/89 NCz$ 29,4000% 33,13 0,73 146,54
jul/89 NCz$ 27,4000% 40,15 0,93 187,63
ago/89 NCz$ 33,1800% 62,26 1,25 251,13
set/89 NCz$ 36,3500% 91,29 1,71 344,13
out/89 NCz$ 38,7600% 133,39 2,39 479,90
nov/89 NCz$ 48,4700% 232,61 3,56 716,08
dez/89 NCz$ 51,2800% 367,20 5,42 1.088,70

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 742,38 9,16 1.840,24
fev/90 NCz$ 73,9900% 1.361,59 16,01 3.217,83
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 2.644,42 29,31 5.891,56
abr/90 Cr$ 44,8000% 2.639,42 42,65 8.573,64
mai/90 Cr$ 7,8700% 674,75 46,24 9.294,62
jun/90 Cr$ 11,6400% 1.081,89 51,88 10.428,40
jul/90 Cr$ 12,6200% 1.316,06 58,72 11.803,19
ago/90 Cr$ 12,1800% 1.437,63 66,20 13.307,02
set/90 Cr$ 14,2600% 1.897,58 76,02 15.280,63
out/90 Cr$ 14,4300% 2.204,99 87,43 17.573,05
nov/90 Cr$ 16,9200% 2.973,36 102,73 20.649,14
dez/90 Cr$ 19,1400% 3.952,25 123,01 24.724,39
jan/91 Cr$ 20,9500% 5.179,76 149,52 30.053,67
fev/91 Cr$ 21,8700% 6.572,74 183,13 36.809,54
mar/91 Cr$ 11,7900% 4.339,85 205,75 41.355,13
abr/91 Cr$ 5,0100% 2.071,89 217,14 43.644,16
mai/91 Cr$ 6,6800% 2.915,43 232,80 46.792,39
jun/91 Cr$ 10,8300% 5.067,62 259,30 52.119,31
jul/91 Cr$ 12,1400% 6.327,28 292,23 58.738,82
ago/91 Cr$ 15,6200% 9.175,00 339,57 68.253,40
set/91 Cr$ 15,6200% 10.661,18 394,57 79.309,15
out/91 Cr$ 21,0800% 16.718,37 480,14 96.507,65
nov/91 Cr$ 26,4800% 25.555,23 610,31 122.673,20
dez/91 Cr$ 24,1500% 29.625,58 761,49 153.060,27
jan/92 Cr$ 25,9200% 39.673,22 963,67 193.697,15
fev/92 Cr$ 24,4800% 47.417,06 1.205,57 242.319,79
mar/92 Cr$ 21,6200% 52.389,54 1.473,55 296.182,87
abr/92 Cr$ 20,8400% 61.724,51 1.789,54 359.696,92
mai/92 Cr$ 24,5000% 88.125,75 2.239,11 450.061,78
jun/92 Cr$ 20,8500% 93.837,88 2.719,50 546.619,16
jul/92 Cr$ 22,0800% 120.693,51 3.336,56 670.649,24
ago/92 Cr$ 22,3800% 150.091,30 4.103,70 824.844,24
set/92 Cr$ 23,9800% 197.797,65 5.113,21 1.027.755,10
out/92 Cr$ 26,0700% 267.935,75 6.478,45 1.302.169,30
nov/92 Cr$ 22,8900% 298.066,55 8.001,18 1.608.237,04
dez/92 Cr$ 25,5800% 411.387,03 10.098,12 2.029.722,19
jan/93 Cr$ 28,7700% 583.951,07 13.068,37 2.626.741,63
fev/93 Cr$ 24,7900% 651.169,25 16.389,55 3.294.300,43
mar/93 Cr$ 27,5800% 908.568,06 21.014,34 4.223.882,84
abr/93 Cr$ 28,3700% 1.198.315,56 27.110,99 5.449.309,39
mai/93 Cr$ 26,7800% 1.459.325,05 34.543,17 6.943.177,62
jun/93 Cr$ 30,3700% 2.108.643,04 45.259,10 9.097.079,76
jul/93 Cr$ 31,0100% 2.821.004,43 59.590,42 11.977.674,62
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 3.993,36 79,86 16.050,89
set/93 CR$ 35,6300% 5.718,93 108,85 21.878,67
out/93 CR$ 34,1200% 7.465,00 146,72 29.490,39
nov/93 CR$ 36,0000% 10.616,54 200,53 40.307,46
dez/93 CR$ 37,7300% 15.208,00 277,58 55.793,04
jan/94 CR$ 41,3200% 23.053,68 394,23 79.240,96
fev/94 CR$ 40,5700% 32.148,06 556,95 111.945,96
mar/94 CR$ 43,0800% 48.226,32 800,86 160.973,14
abr/94 CR$ 42,8600% 68.993,09 1.149,83 231.116,06
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 98.755,89 1.649,36 331.521,32
fls. 77
jun/94 CR$ 48,2400% 159.925,88 2.457,24 493.904,44
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 13,92 0,97 194,49
ago/94 R$ 1,8500% 3,60 0,99 199,08
set/94 R$ 1,4000% 2,79 1,01 202,87
out/94 R$ 2,8200% 5,72 1,04 209,64
nov/94 R$ 2,9600% 6,21 1,08 216,92
dez/94 R$ 1,7000% 3,69 1,10 221,71
jan/95 R$ 1,4400% 3,19 1,12 226,03
fev/95 R$ 1,0100% 2,28 1,14 229,45

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 3,72 1,17 234,34
abr/95 R$ 2,4900% 5,83 1,20 241,37
mai/95 R$ 2,1000% 5,07 1,23 247,67
jun/95 R$ 2,1800% 5,40 1,27 254,34
jul/95 R$ 2,4600% 6,26 1,30 261,90
ago/95 R$ 1,0200% 2,67 1,32 265,89
set/95 R$ 1,1700% 3,11 1,35 270,35
out/95 R$ 1,4000% 3,78 1,37 275,50
nov/95 R$ 1,5100% 4,16 1,40 281,06
dez/95 R$ 1,6500% 4,64 1,43 287,13
jan/96 R$ 1,4600% 4,19 1,46 292,78
fev/96 R$ 0,7100% 2,08 1,47 296,33
mar/96 R$ 0,2900% 0,86 1,49 298,68
abr/96 R$ 0,9300% 2,78 1,51 302,96
mai/96 R$ 1,2800% 3,88 1,53 308,37
jun/96 R$ 1,3300% 4,10 1,56 314,04
jul/96 R$ 1,2000% 3,77 1,59 319,39
ago/96 R$ 0,5000% 1,60 1,60 322,60
set/96 R$ 0,0200% 0,06 1,61 324,27
out/96 R$ 0,3800% 1,23 1,63 327,13
nov/96 R$ 0,3400% 1,11 1,64 329,89
dez/96 R$ 0,3300% 1,09 1,65 332,63
jan/97 R$ 0,8100% 2,69 1,68 337,00
fev/97 R$ 0,4500% 1,52 1,69 340,21
mar/97 R$ 0,6800% 2,31 1,71 344,24
abr/97 R$ 0,6000% 2,07 1,73 348,03
mai/97 R$ 0,1100% 0,38 1,74 350,16
jun/97 R$ 0,3500% 1,23 1,76 353,14
jul/97 R$ 0,1800% 0,64 1,77 355,55
ago/97 R$ -0,0300% (0,11) 1,78 357,22
set/97 R$ 0,1000% 0,36 1,79 359,36
out/97 R$ 0,2900% 1,04 1,80 362,20
nov/97 R$ 0,1500% 0,54 1,81 364,56
dez/97 R$ 0,5700% 2,08 1,83 368,47
jan/98 R$ 0,8500% 3,13 1,86 373,46
fev/98 R$ 0,5400% 2,02 1,88 377,36
mar/98 R$ 0,4900% 1,85 1,90 381,10
abr/98 R$ 0,4500% 1,71 1,91 384,73
mai/98 R$ 0,7200% 2,77 1,94 389,44
jun/98 R$ 0,1500% 0,58 1,95 391,97
jul/98 R$ -0,2800% (1,10) 1,95 392,83
ago/98 R$ -0,4900% (1,92) 1,95 392,86
set/98 R$ -0,3100% (1,22) 1,96 393,60
out/98 R$ 0,1100% 0,43 1,97 396,00
nov/98 R$ -0,1800% (0,71) 1,98 397,27
dez/98 R$ 0,4200% 1,67 1,99 400,93
jan/99 R$ 0,6500% 2,61 2,02 405,55
fev/99 R$ 1,2900% 5,23 2,05 412,84
mar/99 R$ 1,2800% 5,28 2,09 420,21
abr/99 R$ 0,4700% 1,98 2,11 424,30
mai/99 R$ 0,0500% 0,21 2,12 426,63
jun/99 R$ 0,0700% 0,30 2,13 429,07
jul/99 R$ 0,7400% 3,18 2,16 434,40
ago/99 R$ 0,5500% 2,39 2,18 438,98
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 1,71 2,20 442,89
fls. 78
out/99 R$ 0,9600% 4,25 2,24 449,38
nov/99 R$ 0,9400% 4,22 2,27 455,87
dez/99 R$ 0,7400% 3,37 2,30 461,54
jan/00 R$ 0,6100% 2,82 2,32 466,68
fev/00 R$ 0,0500% 0,23 2,33 469,25
mar/00 R$ 0,1300% 0,61 2,35 472,21
abr/00 R$ 0,0900% 0,42 2,36 475,00
mai/00 R$ -0,0500% (0,24) 2,37 477,13
jun/00 R$ 0,3000% 1,43 2,39 480,96
jul/00 R$ 1,3900% 6,69 2,44 490,08

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 5,93 2,48 498,49
set/00 R$ 0,4300% 2,14 2,50 503,14
out/00 R$ 0,1600% 0,81 2,52 506,46
nov/00 R$ 0,2900% 1,47 2,54 510,47
dez/00 R$ 0,5500% 2,81 2,57 515,84
jan/01 R$ 0,7700% 3,97 2,60 522,41
fev/01 R$ 0,4900% 2,56 2,62 527,60
mar/01 R$ 0,4800% 2,53 2,65 532,78
abr/01 R$ 0,8400% 4,48 2,69 539,94
mai/01 R$ 0,5700% 3,08 2,72 545,74
jun/01 R$ 0,6000% 3,27 2,75 551,76
jul/01 R$ 1,1100% 6,12 2,79 560,67
ago/01 R$ 0,7900% 4,43 2,83 567,92
set/01 R$ 0,4400% 2,50 2,85 573,28
out/01 R$ 0,9400% 5,39 2,89 581,56
nov/01 R$ 1,2900% 7,50 2,95 592,00
dez/01 R$ 0,7400% 4,38 2,98 599,37
jan/02 R$ 1,0700% 6,41 3,03 608,81
fev/02 R$ 0,3100% 1,89 3,05 613,75
mar/02 R$ 0,6200% 3,81 3,09 620,64
abr/02 R$ 0,6800% 4,22 3,12 627,99
mai/02 R$ 0,0900% 0,57 3,14 631,70
jun/02 R$ 0,6100% 3,85 3,18 638,73
jul/02 R$ 1,1500% 7,35 3,23 649,30
ago/02 R$ 0,8600% 5,58 3,27 658,16
set/02 R$ 0,8300% 5,46 3,32 666,94
out/02 R$ 1,5700% 10,47 3,39 680,80
nov/02 R$ 3,3900% 23,08 3,52 707,40
dez/02 R$ 2,7000% 19,10 3,63 730,13
jan/03 R$ 3,7500% 27,38 3,79 761,30
fev/03 R$ 2,4700% 18,80 3,90 784,00
mar/03 R$ 1,4600% 11,45 3,98 799,43
abr/03 R$ 1,3700% 10,95 4,05 814,43
mai/03 R$ 1,3800% 11,24 4,13 829,80
jun/03 R$ 0,9900% 8,22 4,19 842,20
jul/03 R$ -0,0600% (0,51) 4,21 845,91
ago/03 R$ 0,0400% 0,34 4,23 850,48
set/03 R$ 0,1800% 1,53 4,26 856,27
out/03 R$ 0,8200% 7,02 4,32 867,61
nov/03 R$ 0,3900% 3,38 4,35 875,34
dez/03 R$ 0,3700% 3,24 4,39 882,98
jan/04 R$ 0,5400% 4,77 4,44 892,18
fev/04 R$ 0,8300% 7,41 4,50 904,09
mar/04 R$ 0,3900% 3,53 4,54 912,15
abr/04 R$ 0,5700% 5,20 4,59 921,94
mai/04 R$ 0,4100% 3,78 4,63 930,34
jun/04 R$ 0,4000% 3,72 4,67 938,74
jul/04 R$ 0,5000% 4,69 4,72 948,15
ago/04 R$ 0,7300% 6,92 4,78 959,84
set/04 R$ 0,5000% 4,80 4,82 969,47
out/04 R$ 0,1700% 1,65 4,86 975,97
nov/04 R$ 0,1700% 1,66 4,89 982,52
dez/04 R$ 0,4400% 4,32 4,93 991,77
jan/05 R$ 0,8600% 8,53 5,00 1.005,30
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 5,73 5,06 1.016,09
fls. 79
mar/05 R$ 0,4400% 4,47 5,10 1.025,66
abr/05 R$ 0,7300% 7,49 5,17 1.038,32
mai/05 R$ 0,9100% 9,45 5,24 1.053,00
jun/05 R$ 0,7000% 7,37 5,30 1.065,68
jul/05 R$ -0,1100% (1,17) 5,32 1.069,83
ago/05 R$ 0,0300% 0,32 5,35 1.075,50
set/05 R$ 0,0000% - 5,38 1.080,88
out/05 R$ 0,1500% 1,62 5,41 1.087,91
nov/05 R$ 0,5800% 6,31 5,47 1.099,69
dez/05 R$ 0,5400% 5,94 5,53 1.111,16

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 4,44 5,58 1.121,18
fev/06 R$ 0,3800% 4,26 5,63 1.131,07
mar/06 R$ 0,2300% 2,60 5,67 1.139,34
abr/06 R$ 0,2700% 3,08 5,71 1.148,13
mai/06 R$ 0,1200% 1,38 5,75 1.155,25
jun/06 R$ 0,1300% 1,50 5,78 1.162,54
jul/06 R$ -0,0700% (0,81) 5,81 1.167,53
ago/06 R$ 0,1100% 1,28 5,84 1.174,66
set/06 R$ -0,0200% (0,23) 5,87 1.180,30
out/06 R$ 0,1600% 1,89 5,91 1.188,10
nov/06 R$ 0,4300% 5,11 5,97 1.199,17
dez/06 R$ 0,4200% 5,04 6,02 1.210,23
jan/07 R$ 0,6200% 7,50 6,09 1.223,82
fev/07 R$ 0,4900% 6,00 6,15 1.235,97
mar/07 R$ 0,4200% 5,19 6,21 1.247,36
abr/07 R$ 0,4400% 5,49 6,26 1.259,12
mai/07 R$ 0,2600% 3,27 6,31 1.268,70
jun/07 R$ 0,2600% 3,30 6,36 1.278,36
jul/07 R$ 0,3100% 3,96 6,41 1.288,74
ago/07 R$ 0,3200% 4,12 6,46 1.299,32
set/07 R$ 0,5900% 7,67 6,53 1.313,52
out/07 R$ 0,2500% 3,28 6,58 1.323,39
nov/07 R$ 0,3000% 3,97 6,64 1.334,00
dez/07 R$ 0,4300% 5,74 6,70 1.346,43
jan/08 R$ 0,9700% 13,06 6,80 1.366,29
fev/08 R$ 0,6900% 9,43 6,88 1.382,60
mar/08 R$ 0,4800% 6,64 6,95 1.396,18
abr/08 R$ 0,5100% 7,12 7,02 1.410,32
mai/08 R$ 0,6400% 9,03 7,10 1.426,44
jun/08 R$ 0,9600% 13,69 7,20 1.447,34
jul/08 R$ 0,9100% 13,17 7,30 1.467,81
ago/08 R$ 0,5800% 8,51 7,38 1.483,70
set/08 R$ 0,2100% 3,12 7,43 1.494,25
out/08 R$ 0,1500% 2,24 7,48 1.503,98
nov/08 R$ 0,5000% 7,52 7,56 1.519,05
dez/08 R$ 0,3800% 5,77 7,62 1.532,45
jan/09 R$ 0,2900% 4,44 7,68 1.544,58
fev/09 R$ 0,6400% 9,89 7,77 1.562,24
mar/09 R$ 0,3100% 4,84 7,84 1.574,92
abr/09 R$ 0,2000% 3,15 7,89 1.585,96
mai/09 R$ 0,5500% 8,72 7,97 1.602,65
jun/09 R$ 0,6000% 9,62 8,06 1.620,33
jul/09 R$ 0,4200% 6,81 8,14 1.635,27
ago/09 R$ 0,2300% 3,76 8,20 1.647,23
set/09 R$ 0,0800% 1,32 8,24 1.656,79
out/09 R$ 0,1600% 2,65 8,30 1.667,74
nov/09 R$ 0,3700% 6,17 8,37 1.682,28
dez/09 R$ 0,2400% 4,04 8,43 1.694,74
jan/10 R$ 0,8800% 14,91 8,55 1.718,21
fev/10 R$ 0,7000% 12,03 8,65 1.738,88
mar/10 R$ 0,7100% 12,35 8,76 1.759,99
abr/10 R$ 0,7300% 12,85 8,86 1.781,70
mai/10 R$ 0,4300% 7,66 8,95 1.798,31
jun/10 R$ -0,1100% (1,98) 8,98 1.805,31
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (1,26) 9,02 1.813,07
fls. 80
ago/10 R$ -0,0700% (1,27) 9,06 1.820,86
set/10 R$ 0,5400% 9,83 9,15 1.839,84
out/10 R$ 0,9200% 16,93 9,28 1.866,05
nov/10 R$ 1,0300% 19,22 9,43 1.894,70
dez/10 R$ 0,6000% 11,37 9,53 1.915,60
jan/11 R$ 0,9400% 18,01 9,67 1.943,27
fev/11 R$ 0,5400% 10,49 9,77 1.963,54
mar/11 R$ 0,6600% 12,96 9,88 1.986,38
abr/11 R$ 0,7200% 14,30 10,00 2.010,68
mai/11 R$ 0,5700% 11,46 10,11 2.032,25

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 4,47 10,18 2.046,91
jul/11 R$ 0,0000% - 10,23 2.057,14
ago/11 R$ 0,4200% 8,64 10,33 2.076,11
set/11 R$ 0,4500% 9,34 10,43 2.095,88
out/11 R$ 0,3200% 6,71 10,51 2.113,10
nov/11 R$ 0,5700% 12,04 10,63 2.135,77
dez/11 R$ 0,5100% 10,89 10,73 2.157,40
jan/12 R$ 0,5100% 11,00 10,84 2.179,24
fev/12 R$ 0,3900% 8,50 10,94 2.198,68
mar/12 R$ 0,1800% 3,96 11,01 2.213,65
abr/12 R$ 0,6400% 14,17 11,14 2.238,96
mai/12 R$ 0,5500% 12,31 11,26 2.262,53
jun/12 R$ 0,2600% 5,88 11,34 2.279,75
jul/12 R$ 0,4300% 9,80 11,45 2.301,00
ago/12 R$ 0,4500% 10,35 11,56 2.322,92
set/12 R$ 0,6300% 14,63 11,69 2.349,24
out/12 R$ 0,7100% 16,68 11,83 2.377,75
nov/12 R$ 0,5400% 12,84 11,95 2.402,54
dez/12 R$ 0,7400% 17,78 12,10 2.432,42
jan/13 R$ 0,9200% 22,38 12,27 2.467,07
fev/13 R$ 0,5200% 12,83 12,40 2.492,30
mar/13 R$ 0,6000% 14,95 12,54 2.519,79
abr/13 R$ 0,5900% 14,87 12,67 2.547,33
mai/13 R$ 0,3500% 8,92 12,78 2.569,03
jun/13 R$ 0,2800% 7,19 12,88 2.589,10
jul/13 R$ -0,1300% (3,37) 12,93 2.598,67
ago/13 R$ 0,1600% 4,16 13,01 2.615,84
set/13 R$ 0,2700% 7,06 13,11 2.636,01
out/13 R$ 0,6100% 16,08 13,26 2.665,35
nov/13 R$ 0,5400% 14,39 13,40 2.693,15
dez/13 R$ 0,7200% 19,39 13,56 2.726,10
jan/14 R$ 0,6300% 17,17 13,72 2.756,99
fev/14 R$ 0,6400% 17,64 13,87 2.788,51
mar/14 R$ 0,8200% 22,87 14,06 2.825,43
abr/14 R$ 0,7800% 22,04 14,24 2.861,71
mai/14 R$ 0,6000% 17,17 14,39 2.893,27
jun/14 R$ 0,2600% 7,52 14,50 2.915,30
jul/14 R$ 0,1300% 3,79 14,60 2.933,68
ago/14 R$ 0,0000% - 14,67 2.948,35
TOTAL ATUALIZADO 2.948,35
,
EXTRATO 02
fls. 81

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 82
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: ARISTIDES DE SOUZA ANDRADE


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 110.075.444-7
Data base (aniversário da conta): 9
220,00

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 220,00
Correção: 22,3590% NCz$ 49,19
Juros 0,5000% NCz$ 1,35
Saldo: NCz$ 270,54

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 220,00
Correção: 42,7200% NCz$ 93,98
Juros 0,5000% NCz$ 1,57
Saldo: NCz$ 315,55

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 315,55
Saldo Pago 270,54
Diferença apurada NCz$ 45,02

Diferença Corrigida R$ 1.596,33


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 909,91
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 2.234,86
R$ 3.144,77
Total Devido R$ 4.741,10
Honorários Advocatícios R$ 474,11

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 5.215,21


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 45,02
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 45,02
fls. 83
mar/89 NCz$ 5,9000% 2,66 0,24 47,91
abr/89 NCz$ 8,0600% 3,86 0,26 52,03
mai/89 NCz$ 16,6700% 8,67 0,30 61,01
jun/89 NCz$ 29,4000% 17,94 0,39 79,34
jul/89 NCz$ 27,4000% 21,74 0,51 101,59
ago/89 NCz$ 33,1800% 33,71 0,68 135,97
set/89 NCz$ 36,3500% 49,43 0,93 186,32
out/89 NCz$ 38,7600% 72,22 1,29 259,84
nov/89 NCz$ 48,4700% 125,94 1,93 387,71
dez/89 NCz$ 51,2800% 198,82 2,93 589,46

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 401,95 4,96 996,36
fev/90 NCz$ 73,9900% 737,21 8,67 1.742,24
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 1.431,77 15,87 3.189,88
abr/90 Cr$ 44,8000% 1.429,07 23,09 4.642,04
mai/90 Cr$ 7,8700% 365,33 25,04 5.032,41
jun/90 Cr$ 11,6400% 585,77 28,09 5.646,27
jul/90 Cr$ 12,6200% 712,56 31,79 6.390,62
ago/90 Cr$ 12,1800% 778,38 35,84 7.204,84
set/90 Cr$ 14,2600% 1.027,41 41,16 8.273,42
out/90 Cr$ 14,4300% 1.193,85 47,34 9.514,61
nov/90 Cr$ 16,9200% 1.609,87 55,62 11.180,10
dez/90 Cr$ 19,1400% 2.139,87 66,60 13.386,57
jan/91 Cr$ 20,9500% 2.804,49 80,96 16.272,02
fev/91 Cr$ 21,8700% 3.558,69 99,15 19.929,86
mar/91 Cr$ 11,7900% 2.349,73 111,40 22.390,99
abr/91 Cr$ 5,0100% 1.121,79 117,56 23.630,34
mai/91 Cr$ 6,6800% 1.578,51 126,04 25.334,89
jun/91 Cr$ 10,8300% 2.743,77 140,39 28.219,05
jul/91 Cr$ 12,1400% 3.425,79 158,22 31.803,07
ago/91 Cr$ 15,6200% 4.967,64 183,85 36.954,56
set/91 Cr$ 15,6200% 5.772,30 213,63 42.940,50
out/91 Cr$ 21,0800% 9.051,86 259,96 52.252,32
nov/91 Cr$ 26,4800% 13.836,41 330,44 66.419,17
dez/91 Cr$ 24,1500% 16.040,23 412,30 82.871,70
jan/92 Cr$ 25,9200% 21.480,35 521,76 104.873,81
fev/92 Cr$ 24,4800% 25.673,11 652,73 131.199,65
mar/92 Cr$ 21,6200% 28.365,36 797,83 160.362,84
abr/92 Cr$ 20,8400% 33.419,62 968,91 194.751,37
mai/92 Cr$ 24,5000% 47.714,08 1.212,33 243.677,78
jun/92 Cr$ 20,8500% 50.806,82 1.472,42 295.957,02
jul/92 Cr$ 22,0800% 65.347,31 1.806,52 363.110,85
ago/92 Cr$ 22,3800% 81.264,21 2.221,88 446.596,93
set/92 Cr$ 23,9800% 107.093,94 2.768,45 556.459,33
out/92 Cr$ 26,0700% 145.068,95 3.507,64 705.035,92
nov/92 Cr$ 22,8900% 161.382,72 4.332,09 870.750,74
dez/92 Cr$ 25,5800% 222.738,04 5.467,44 1.098.956,22
jan/93 Cr$ 28,7700% 316.169,71 7.075,63 1.422.201,56
fev/93 Cr$ 24,7900% 352.563,77 8.873,83 1.783.639,15
mar/93 Cr$ 27,5800% 491.927,68 11.377,83 2.286.944,66
abr/93 Cr$ 28,3700% 648.806,20 14.678,75 2.950.429,62
mai/93 Cr$ 26,7800% 790.125,05 18.702,77 3.759.257,44
jun/93 Cr$ 30,3700% 1.141.686,48 24.504,72 4.925.448,64
jul/93 Cr$ 31,0100% 1.527.381,62 32.264,15 6.485.094,42
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 2.162,13 43,24 8.690,46
set/93 CR$ 35,6300% 3.096,41 58,93 11.845,81
out/93 CR$ 34,1200% 4.041,79 79,44 15.967,03
nov/93 CR$ 36,0000% 5.748,13 108,58 21.823,74
dez/93 CR$ 37,7300% 8.234,10 150,29 30.208,13
jan/94 CR$ 41,3200% 12.482,00 213,45 42.903,58
fev/94 CR$ 40,5700% 17.405,98 301,55 60.611,11
mar/94 CR$ 43,0800% 26.111,27 433,61 87.155,99
abr/94 CR$ 42,8600% 37.355,06 622,56 125.133,60
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 53.469,59 893,02 179.496,20
fls. 84
jun/94 CR$ 48,2400% 86.588,97 1.330,43 267.415,59
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 7,54 0,52 105,30
ago/94 R$ 1,8500% 1,95 0,54 107,79
set/94 R$ 1,4000% 1,51 0,55 109,84
out/94 R$ 2,8200% 3,10 0,56 113,50
nov/94 R$ 2,9600% 3,36 0,58 117,45
dez/94 R$ 1,7000% 2,00 0,60 120,04
jan/95 R$ 1,4400% 1,73 0,61 122,38
fev/95 R$ 1,0100% 1,24 0,62 124,23

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 2,01 0,63 126,88
abr/95 R$ 2,4900% 3,16 0,65 130,69
mai/95 R$ 2,1000% 2,74 0,67 134,10
jun/95 R$ 2,1800% 2,92 0,69 137,71
jul/95 R$ 2,4600% 3,39 0,71 141,80
ago/95 R$ 1,0200% 1,45 0,72 143,96
set/95 R$ 1,1700% 1,68 0,73 146,38
out/95 R$ 1,4000% 2,05 0,74 149,17
nov/95 R$ 1,5100% 2,25 0,76 152,18
dez/95 R$ 1,6500% 2,51 0,77 155,46
jan/96 R$ 1,4600% 2,27 0,79 158,52
fev/96 R$ 0,7100% 1,13 0,80 160,44
mar/96 R$ 0,2900% 0,47 0,80 161,71
abr/96 R$ 0,9300% 1,50 0,82 164,03
mai/96 R$ 1,2800% 2,10 0,83 166,96
jun/96 R$ 1,3300% 2,22 0,85 170,03
jul/96 R$ 1,2000% 2,04 0,86 172,93
ago/96 R$ 0,5000% 0,86 0,87 174,66
set/96 R$ 0,0200% 0,03 0,87 175,57
out/96 R$ 0,3800% 0,67 0,88 177,12
nov/96 R$ 0,3400% 0,60 0,89 178,61
dez/96 R$ 0,3300% 0,59 0,90 180,10
jan/97 R$ 0,8100% 1,46 0,91 182,46
fev/97 R$ 0,4500% 0,82 0,92 184,20
mar/97 R$ 0,6800% 1,25 0,93 186,38
abr/97 R$ 0,6000% 1,12 0,94 188,44
mai/97 R$ 0,1100% 0,21 0,94 189,59
jun/97 R$ 0,3500% 0,66 0,95 191,20
jul/97 R$ 0,1800% 0,34 0,96 192,50
ago/97 R$ -0,0300% (0,06) 0,96 193,41
set/97 R$ 0,1000% 0,19 0,97 194,57
out/97 R$ 0,2900% 0,56 0,98 196,11
nov/97 R$ 0,1500% 0,29 0,98 197,39
dez/97 R$ 0,5700% 1,13 0,99 199,50
jan/98 R$ 0,8500% 1,70 1,01 202,20
fev/98 R$ 0,5400% 1,09 1,02 204,31
mar/98 R$ 0,4900% 1,00 1,03 206,34
abr/98 R$ 0,4500% 0,93 1,04 208,31
mai/98 R$ 0,7200% 1,50 1,05 210,85
jun/98 R$ 0,1500% 0,32 1,06 212,23
jul/98 R$ -0,2800% (0,59) 1,06 212,69
ago/98 R$ -0,4900% (1,04) 1,06 212,71
set/98 R$ -0,3100% (0,66) 1,06 213,11
out/98 R$ 0,1100% 0,23 1,07 214,41
nov/98 R$ -0,1800% (0,39) 1,07 215,09
dez/98 R$ 0,4200% 0,90 1,08 217,08
jan/99 R$ 0,6500% 1,41 1,09 219,58
fev/99 R$ 1,2900% 2,83 1,11 223,52
mar/99 R$ 1,2800% 2,86 1,13 227,52
abr/99 R$ 0,4700% 1,07 1,14 229,73
mai/99 R$ 0,0500% 0,11 1,15 230,99
jun/99 R$ 0,0700% 0,16 1,16 232,31
jul/99 R$ 0,7400% 1,72 1,17 235,20
ago/99 R$ 0,5500% 1,29 1,18 237,68
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 0,93 1,19 239,80
fls. 85
out/99 R$ 0,9600% 2,30 1,21 243,31
nov/99 R$ 0,9400% 2,29 1,23 246,82
dez/99 R$ 0,7400% 1,83 1,24 249,89
jan/00 R$ 0,6100% 1,52 1,26 252,68
fev/00 R$ 0,0500% 0,13 1,26 254,07
mar/00 R$ 0,1300% 0,33 1,27 255,67
abr/00 R$ 0,0900% 0,23 1,28 257,18
mai/00 R$ -0,0500% (0,13) 1,29 258,33
jun/00 R$ 0,3000% 0,78 1,30 260,40
jul/00 R$ 1,3900% 3,62 1,32 265,34

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 3,21 1,34 269,90
set/00 R$ 0,4300% 1,16 1,36 272,41
out/00 R$ 0,1600% 0,44 1,36 274,21
nov/00 R$ 0,2900% 0,80 1,38 276,38
dez/00 R$ 0,5500% 1,52 1,39 279,29
jan/01 R$ 0,7700% 2,15 1,41 282,85
fev/01 R$ 0,4900% 1,39 1,42 285,66
mar/01 R$ 0,4800% 1,37 1,44 288,47
abr/01 R$ 0,8400% 2,42 1,45 292,34
mai/01 R$ 0,5700% 1,67 1,47 295,48
jun/01 R$ 0,6000% 1,77 1,49 298,74
jul/01 R$ 1,1100% 3,32 1,51 303,56
ago/01 R$ 0,7900% 2,40 1,53 307,49
set/01 R$ 0,4400% 1,35 1,54 310,39
out/01 R$ 0,9400% 2,92 1,57 314,87
nov/01 R$ 1,2900% 4,06 1,59 320,53
dez/01 R$ 0,7400% 2,37 1,61 324,52
jan/02 R$ 1,0700% 3,47 1,64 329,63
fev/02 R$ 0,3100% 1,02 1,65 332,30
mar/02 R$ 0,6200% 2,06 1,67 336,04
abr/02 R$ 0,6800% 2,29 1,69 340,01
mai/02 R$ 0,0900% 0,31 1,70 342,02
jun/02 R$ 0,6100% 2,09 1,72 345,83
jul/02 R$ 1,1500% 3,98 1,75 351,55
ago/02 R$ 0,8600% 3,02 1,77 356,35
set/02 R$ 0,8300% 2,96 1,80 361,10
out/02 R$ 1,5700% 5,67 1,83 368,61
nov/02 R$ 3,3900% 12,50 1,91 383,01
dez/02 R$ 2,7000% 10,34 1,97 395,32
jan/03 R$ 3,7500% 14,82 2,05 412,19
fev/03 R$ 2,4700% 10,18 2,11 424,48
mar/03 R$ 1,4600% 6,20 2,15 432,84
abr/03 R$ 1,3700% 5,93 2,19 440,96
mai/03 R$ 1,3800% 6,09 2,24 449,28
jun/03 R$ 0,9900% 4,45 2,27 456,00
jul/03 R$ -0,0600% (0,27) 2,28 458,00
ago/03 R$ 0,0400% 0,18 2,29 460,48
set/03 R$ 0,1800% 0,83 2,31 463,61
out/03 R$ 0,8200% 3,80 2,34 469,75
nov/03 R$ 0,3900% 1,83 2,36 473,94
dez/03 R$ 0,3700% 1,75 2,38 478,07
jan/04 R$ 0,5400% 2,58 2,40 483,06
fev/04 R$ 0,8300% 4,01 2,44 489,50
mar/04 R$ 0,3900% 1,91 2,46 493,87
abr/04 R$ 0,5700% 2,82 2,48 499,17
mai/04 R$ 0,4100% 2,05 2,51 503,72
jun/04 R$ 0,4000% 2,01 2,53 508,26
jul/04 R$ 0,5000% 2,54 2,55 513,36
ago/04 R$ 0,7300% 3,75 2,59 519,69
set/04 R$ 0,5000% 2,60 2,61 524,90
out/04 R$ 0,1700% 0,89 2,63 528,42
nov/04 R$ 0,1700% 0,90 2,65 531,97
dez/04 R$ 0,4400% 2,34 2,67 536,98
jan/05 R$ 0,8600% 4,62 2,71 544,30
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 3,10 2,74 550,14
fls. 86
mar/05 R$ 0,4400% 2,42 2,76 555,33
abr/05 R$ 0,7300% 4,05 2,80 562,18
mai/05 R$ 0,9100% 5,12 2,84 570,13
jun/05 R$ 0,7000% 3,99 2,87 576,99
jul/05 R$ -0,1100% (0,63) 2,88 579,24
ago/05 R$ 0,0300% 0,17 2,90 582,31
set/05 R$ 0,0000% - 2,91 585,22
out/05 R$ 0,1500% 0,88 2,93 589,03
nov/05 R$ 0,5800% 3,42 2,96 595,41
dez/05 R$ 0,5400% 3,22 2,99 601,62

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 2,41 3,02 607,04
fev/06 R$ 0,3800% 2,31 3,05 612,40
mar/06 R$ 0,2300% 1,41 3,07 616,87
abr/06 R$ 0,2700% 1,67 3,09 621,63
mai/06 R$ 0,1200% 0,75 3,11 625,49
jun/06 R$ 0,1300% 0,81 3,13 629,43
jul/06 R$ -0,0700% (0,44) 3,14 632,14
ago/06 R$ 0,1100% 0,70 3,16 636,00
set/06 R$ -0,0200% (0,13) 3,18 639,05
out/06 R$ 0,1600% 1,02 3,20 643,27
nov/06 R$ 0,4300% 2,77 3,23 649,27
dez/06 R$ 0,4200% 2,73 3,26 655,26
jan/07 R$ 0,6200% 4,06 3,30 662,62
fev/07 R$ 0,4900% 3,25 3,33 669,19
mar/07 R$ 0,4200% 2,81 3,36 675,36
abr/07 R$ 0,4400% 2,97 3,39 681,73
mai/07 R$ 0,2600% 1,77 3,42 686,92
jun/07 R$ 0,2600% 1,79 3,44 692,15
jul/07 R$ 0,3100% 2,15 3,47 697,76
ago/07 R$ 0,3200% 2,23 3,50 703,50
set/07 R$ 0,5900% 4,15 3,54 711,18
out/07 R$ 0,2500% 1,78 3,56 716,53
nov/07 R$ 0,3000% 2,15 3,59 722,27
dez/07 R$ 0,4300% 3,11 3,63 729,00
jan/08 R$ 0,9700% 7,07 3,68 739,75
fev/08 R$ 0,6900% 5,10 3,72 748,58
mar/08 R$ 0,4800% 3,59 3,76 755,94
abr/08 R$ 0,5100% 3,86 3,80 763,59
mai/08 R$ 0,6400% 4,89 3,84 772,32
jun/08 R$ 0,9600% 7,41 3,90 783,63
jul/08 R$ 0,9100% 7,13 3,95 794,72
ago/08 R$ 0,5800% 4,61 4,00 803,32
set/08 R$ 0,2100% 1,69 4,03 809,04
out/08 R$ 0,1500% 1,21 4,05 814,30
nov/08 R$ 0,5000% 4,07 4,09 822,46
dez/08 R$ 0,3800% 3,13 4,13 829,72
jan/09 R$ 0,2900% 2,41 4,16 836,28
fev/09 R$ 0,6400% 5,35 4,21 845,85
mar/09 R$ 0,3100% 2,62 4,24 852,71
abr/09 R$ 0,2000% 1,71 4,27 858,69
mai/09 R$ 0,5500% 4,72 4,32 867,73
jun/09 R$ 0,6000% 5,21 4,36 877,30
jul/09 R$ 0,4200% 3,68 4,40 885,39
ago/09 R$ 0,2300% 2,04 4,44 891,86
set/09 R$ 0,0800% 0,71 4,46 897,04
out/09 R$ 0,1600% 1,44 4,49 902,96
nov/09 R$ 0,3700% 3,34 4,53 910,84
dez/09 R$ 0,2400% 2,19 4,57 917,59
jan/10 R$ 0,8800% 8,07 4,63 930,29
fev/10 R$ 0,7000% 6,51 4,68 941,49
mar/10 R$ 0,7100% 6,68 4,74 952,91
abr/10 R$ 0,7300% 6,96 4,80 964,67
mai/10 R$ 0,4300% 4,15 4,84 973,66
jun/10 R$ -0,1100% (1,07) 4,86 977,45
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (0,68) 4,88 981,65
fls. 87
ago/10 R$ -0,0700% (0,69) 4,90 985,87
set/10 R$ 0,5400% 5,32 4,96 996,15
out/10 R$ 0,9200% 9,16 5,03 1.010,34
nov/10 R$ 1,0300% 10,41 5,10 1.025,85
dez/10 R$ 0,6000% 6,16 5,16 1.037,17
jan/11 R$ 0,9400% 9,75 5,23 1.052,15
fev/11 R$ 0,5400% 5,68 5,29 1.063,12
mar/11 R$ 0,6600% 7,02 5,35 1.075,49
abr/11 R$ 0,7200% 7,74 5,42 1.088,65
mai/11 R$ 0,5700% 6,21 5,47 1.100,33

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 2,42 5,51 1.108,26
jul/11 R$ 0,0000% - 5,54 1.113,80
ago/11 R$ 0,4200% 4,68 5,59 1.124,07
set/11 R$ 0,4500% 5,06 5,65 1.134,78
out/11 R$ 0,3200% 3,63 5,69 1.144,10
nov/11 R$ 0,5700% 6,52 5,75 1.156,38
dez/11 R$ 0,5100% 5,90 5,81 1.168,08
jan/12 R$ 0,5100% 5,96 5,87 1.179,91
fev/12 R$ 0,3900% 4,60 5,92 1.190,44
mar/12 R$ 0,1800% 2,14 5,96 1.198,54
abr/12 R$ 0,6400% 7,67 6,03 1.212,24
mai/12 R$ 0,5500% 6,67 6,09 1.225,01
jun/12 R$ 0,2600% 3,19 6,14 1.234,33
jul/12 R$ 0,4300% 5,31 6,20 1.245,84
ago/12 R$ 0,4500% 5,61 6,26 1.257,70
set/12 R$ 0,6300% 7,92 6,33 1.271,95
out/12 R$ 0,7100% 9,03 6,40 1.287,39
nov/12 R$ 0,5400% 6,95 6,47 1.300,81
dez/12 R$ 0,7400% 9,63 6,55 1.316,99
jan/13 R$ 0,9200% 12,12 6,65 1.335,75
fev/13 R$ 0,5200% 6,95 6,71 1.349,41
mar/13 R$ 0,6000% 8,10 6,79 1.364,30
abr/13 R$ 0,5900% 8,05 6,86 1.379,21
mai/13 R$ 0,3500% 4,83 6,92 1.390,95
jun/13 R$ 0,2800% 3,89 6,97 1.401,82
jul/13 R$ -0,1300% (1,82) 7,00 1.407,00
ago/13 R$ 0,1600% 2,25 7,05 1.416,30
set/13 R$ 0,2700% 3,82 7,10 1.427,22
out/13 R$ 0,6100% 8,71 7,18 1.443,11
nov/13 R$ 0,5400% 7,79 7,25 1.458,16
dez/13 R$ 0,7200% 10,50 7,34 1.476,00
jan/14 R$ 0,6300% 9,30 7,43 1.492,72
fev/14 R$ 0,6400% 9,55 7,51 1.509,79
mar/14 R$ 0,8200% 12,38 7,61 1.529,78
abr/14 R$ 0,7800% 11,93 7,71 1.549,42
mai/14 R$ 0,6000% 9,30 7,79 1.566,51
jun/14 R$ 0,2600% 4,07 7,85 1.578,43
jul/14 R$ 0,1300% 2,05 7,90 1.588,39
ago/14 R$ 0,0000% - 7,94 1.596,33
TOTAL ATUALIZADO 1.596,33
,
EXTRATO
fls. 88

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 89
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: MARIA LIBÓRIO ALENCAR


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 110.001.175-4
Data base (aniversário da conta): 13

623,21

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 623,21
Correção: 22,3590% NCz$ 139,34
Juros 0,5000% NCz$ 3,81
Saldo: NCz$ 766,37

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 623,21
Correção: 42,7200% NCz$ 266,24
Juros 0,5000% NCz$ 4,45
Saldo: NCz$ 893,89

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 893,89
Saldo Pago 766,37
Diferença apurada NCz$ 127,53

Diferença Corrigida R$ 4.522,04


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 2.577,56
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 6.330,86
R$ 8.908,43
Total Devido R$ 13.430,47
Honorários Advocatícios R$ 1.343,05

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 14.773,52


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 127,53
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 127,53
fls. 90
mar/89 NCz$ 5,9000% 7,52 0,68 135,73
abr/89 NCz$ 8,0600% 10,94 0,73 147,40
mai/89 NCz$ 16,6700% 24,57 0,86 172,83
jun/89 NCz$ 29,4000% 50,81 1,12 224,76
jul/89 NCz$ 27,4000% 61,58 1,43 287,78
ago/89 NCz$ 33,1800% 95,48 1,92 385,18
set/89 NCz$ 36,3500% 140,01 2,63 527,81
out/89 NCz$ 38,7600% 204,58 3,66 736,06
nov/89 NCz$ 48,4700% 356,77 5,46 1.098,29
dez/89 NCz$ 51,2800% 563,20 8,31 1.669,79

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 1.138,63 14,04 2.822,47
fev/90 NCz$ 73,9900% 2.088,34 24,55 4.935,36
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 4.055,88 44,96 9.036,20
abr/90 Cr$ 44,8000% 4.048,22 65,42 13.149,85
mai/90 Cr$ 7,8700% 1.034,89 70,92 14.255,66
jun/90 Cr$ 11,6400% 1.659,36 79,58 15.994,60
jul/90 Cr$ 12,6200% 2.018,52 90,07 18.103,18
ago/90 Cr$ 12,1800% 2.204,97 101,54 20.409,69
set/90 Cr$ 14,2600% 2.910,42 116,60 23.436,71
out/90 Cr$ 14,4300% 3.381,92 134,09 26.952,72
nov/90 Cr$ 16,9200% 4.560,40 157,57 31.670,69
dez/90 Cr$ 19,1400% 6.061,77 188,66 37.921,12
jan/91 Cr$ 20,9500% 7.944,47 229,33 46.094,92
fev/91 Cr$ 21,8700% 10.080,96 280,88 56.456,76
mar/91 Cr$ 11,7900% 6.656,25 315,57 63.428,58
abr/91 Cr$ 5,0100% 3.177,77 333,03 66.939,38
mai/91 Cr$ 6,6800% 4.471,55 357,05 71.767,98
jun/91 Cr$ 10,8300% 7.772,47 397,70 79.938,16
jul/91 Cr$ 12,1400% 9.704,49 448,21 90.090,87
ago/91 Cr$ 15,6200% 14.072,19 520,82 104.683,87
set/91 Cr$ 15,6200% 16.351,62 605,18 121.640,67
out/91 Cr$ 21,0800% 25.641,85 736,41 148.018,94
nov/91 Cr$ 26,4800% 39.195,41 936,07 188.150,43
dez/91 Cr$ 24,1500% 45.438,33 1.167,94 234.756,70
jan/92 Cr$ 25,9200% 60.848,94 1.478,03 297.083,66
fev/92 Cr$ 24,4800% 72.726,08 1.849,05 371.658,79
mar/92 Cr$ 21,6200% 80.352,63 2.260,06 454.271,48
abr/92 Cr$ 20,8400% 94.670,18 2.744,71 551.686,36
mai/92 Cr$ 24,5000% 135.163,16 3.434,25 690.283,77
jun/92 Cr$ 20,8500% 143.924,17 4.171,04 838.378,97
jul/92 Cr$ 22,0800% 185.114,08 5.117,47 1.028.610,51
ago/92 Cr$ 22,3800% 230.203,03 6.294,07 1.265.107,62
set/92 Cr$ 23,9800% 303.372,81 7.842,40 1.576.322,82
out/92 Cr$ 26,0700% 410.947,36 9.936,35 1.997.206,53
nov/92 Cr$ 22,8900% 457.160,58 12.271,84 2.466.638,95
dez/92 Cr$ 25,5800% 630.966,24 15.488,03 3.113.093,21
jan/93 Cr$ 28,7700% 895.636,92 20.043,65 4.028.773,78
fev/93 Cr$ 24,7900% 998.733,02 25.137,53 5.052.644,34
mar/93 Cr$ 27,5800% 1.393.519,31 32.230,82 6.478.394,46
abr/93 Cr$ 28,3700% 1.837.920,51 41.581,57 8.357.896,55
mai/93 Cr$ 26,7800% 2.238.244,70 52.980,71 10.649.121,95
jun/93 Cr$ 30,3700% 3.234.138,34 69.416,30 13.952.676,59
jul/93 Cr$ 31,0100% 4.326.725,01 91.397,01 18.370.798,61
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 6.124,82 122,48 24.618,10
set/93 CR$ 35,6300% 8.771,43 166,95 33.556,48
out/93 CR$ 34,1200% 11.449,47 225,03 45.230,98
nov/93 CR$ 36,0000% 16.283,15 307,57 61.821,70
dez/93 CR$ 37,7300% 23.325,33 425,74 85.572,76
jan/94 CR$ 41,3200% 35.358,67 604,66 121.536,09
fev/94 CR$ 40,5700% 49.307,19 854,22 171.697,49
mar/94 CR$ 43,0800% 73.967,28 1.228,32 246.893,10
abr/94 CR$ 42,8600% 105.818,38 1.763,56 354.475,04
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 151.467,18 2.529,71 508.471,93
fls. 91
jun/94 CR$ 48,2400% 245.286,86 3.768,79 757.527,58
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 21,35 1,48 298,30
ago/94 R$ 1,8500% 5,52 1,52 305,33
set/94 R$ 1,4000% 4,27 1,55 311,16
out/94 R$ 2,8200% 8,77 1,60 321,53
nov/94 R$ 2,9600% 9,52 1,66 332,70
dez/94 R$ 1,7000% 5,66 1,69 340,05
jan/95 R$ 1,4400% 4,90 1,72 346,67
fev/95 R$ 1,0100% 3,50 1,75 351,93

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 5,70 1,79 359,42
abr/95 R$ 2,4900% 8,95 1,84 370,21
mai/95 R$ 2,1000% 7,77 1,89 379,87
jun/95 R$ 2,1800% 8,28 1,94 390,09
jul/95 R$ 2,4600% 9,60 2,00 401,69
ago/95 R$ 1,0200% 4,10 2,03 407,81
set/95 R$ 1,1700% 4,77 2,06 414,65
out/95 R$ 1,4000% 5,81 2,10 422,56
nov/95 R$ 1,5100% 6,38 2,14 431,08
dez/95 R$ 1,6500% 7,11 2,19 440,38
jan/96 R$ 1,4600% 6,43 2,23 449,05
fev/96 R$ 0,7100% 3,19 2,26 454,50
mar/96 R$ 0,2900% 1,32 2,28 458,09
abr/96 R$ 0,9300% 4,26 2,31 464,67
mai/96 R$ 1,2800% 5,95 2,35 472,97
jun/96 R$ 1,3300% 6,29 2,40 481,65
jul/96 R$ 1,2000% 5,78 2,44 489,87
ago/96 R$ 0,5000% 2,45 2,46 494,78
set/96 R$ 0,0200% 0,10 2,47 497,36
out/96 R$ 0,3800% 1,89 2,50 501,74
nov/96 R$ 0,3400% 1,71 2,52 505,96
dez/96 R$ 0,3300% 1,67 2,54 510,17
jan/97 R$ 0,8100% 4,13 2,57 516,88
fev/97 R$ 0,4500% 2,33 2,60 521,80
mar/97 R$ 0,6800% 3,55 2,63 527,97
abr/97 R$ 0,6000% 3,17 2,66 533,80
mai/97 R$ 0,1100% 0,59 2,67 537,06
jun/97 R$ 0,3500% 1,88 2,69 541,63
jul/97 R$ 0,1800% 0,97 2,71 545,32
ago/97 R$ -0,0300% (0,16) 2,73 547,88
set/97 R$ 0,1000% 0,55 2,74 551,17
out/97 R$ 0,2900% 1,60 2,76 555,53
nov/97 R$ 0,1500% 0,83 2,78 559,15
dez/97 R$ 0,5700% 3,19 2,81 565,15
jan/98 R$ 0,8500% 4,80 2,85 572,80
fev/98 R$ 0,5400% 3,09 2,88 578,77
mar/98 R$ 0,4900% 2,84 2,91 584,52
abr/98 R$ 0,4500% 2,63 2,94 590,08
mai/98 R$ 0,7200% 4,25 2,97 597,30
jun/98 R$ 0,1500% 0,90 2,99 601,19
jul/98 R$ -0,2800% (1,68) 3,00 602,50
ago/98 R$ -0,4900% (2,95) 3,00 602,55
set/98 R$ -0,3100% (1,87) 3,00 603,69
out/98 R$ 0,1100% 0,66 3,02 607,37
nov/98 R$ -0,1800% (1,09) 3,03 609,31
dez/98 R$ 0,4200% 2,56 3,06 614,93
jan/99 R$ 0,6500% 4,00 3,09 622,02
fev/99 R$ 1,2900% 8,02 3,15 633,19
mar/99 R$ 1,2800% 8,10 3,21 644,51
abr/99 R$ 0,4700% 3,03 3,24 650,77
mai/99 R$ 0,0500% 0,33 3,26 654,35
jun/99 R$ 0,0700% 0,46 3,27 658,08
jul/99 R$ 0,7400% 4,87 3,31 666,27
ago/99 R$ 0,5500% 3,66 3,35 673,28
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 2,63 3,38 679,29
fls. 92
out/99 R$ 0,9600% 6,52 3,43 689,24
nov/99 R$ 0,9400% 6,48 3,48 699,20
dez/99 R$ 0,7400% 5,17 3,52 707,89
jan/00 R$ 0,6100% 4,32 3,56 715,77
fev/00 R$ 0,0500% 0,36 3,58 719,71
mar/00 R$ 0,1300% 0,94 3,60 724,25
abr/00 R$ 0,0900% 0,65 3,62 728,53
mai/00 R$ -0,0500% (0,36) 3,64 731,80
jun/00 R$ 0,3000% 2,20 3,67 737,67
jul/00 R$ 1,3900% 10,25 3,74 751,66

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 9,10 3,80 764,56
set/00 R$ 0,4300% 3,29 3,84 771,69
out/00 R$ 0,1600% 1,23 3,86 776,79
nov/00 R$ 0,2900% 2,25 3,90 782,93
dez/00 R$ 0,5500% 4,31 3,94 791,18
jan/01 R$ 0,7700% 6,09 3,99 801,25
fev/01 R$ 0,4900% 3,93 4,03 809,21
mar/01 R$ 0,4800% 3,88 4,07 817,16
abr/01 R$ 0,8400% 6,86 4,12 828,14
mai/01 R$ 0,5700% 4,72 4,16 837,02
jun/01 R$ 0,6000% 5,02 4,21 846,26
jul/01 R$ 1,1100% 9,39 4,28 859,93
ago/01 R$ 0,7900% 6,79 4,33 871,06
set/01 R$ 0,4400% 3,83 4,37 879,26
out/01 R$ 0,9400% 8,27 4,44 891,97
nov/01 R$ 1,2900% 11,51 4,52 907,99
dez/01 R$ 0,7400% 6,72 4,57 919,28
jan/02 R$ 1,0700% 9,84 4,65 933,76
fev/02 R$ 0,3100% 2,89 4,68 941,34
mar/02 R$ 0,6200% 5,84 4,74 951,91
abr/02 R$ 0,6800% 6,47 4,79 963,18
mai/02 R$ 0,0900% 0,87 4,82 968,87
jun/02 R$ 0,6100% 5,91 4,87 979,65
jul/02 R$ 1,1500% 11,27 4,95 995,87
ago/02 R$ 0,8600% 8,56 5,02 1.009,46
set/02 R$ 0,8300% 8,38 5,09 1.022,93
out/02 R$ 1,5700% 16,06 5,19 1.044,18
nov/02 R$ 3,3900% 35,40 5,40 1.084,98
dez/02 R$ 2,7000% 29,29 5,57 1.119,84
jan/03 R$ 3,7500% 41,99 5,81 1.167,64
fev/03 R$ 2,4700% 28,84 5,98 1.202,47
mar/03 R$ 1,4600% 17,56 6,10 1.226,12
abr/03 R$ 1,3700% 16,80 6,21 1.249,14
mai/03 R$ 1,3800% 17,24 6,33 1.272,71
jun/03 R$ 0,9900% 12,60 6,43 1.291,73
jul/03 R$ -0,0600% (0,78) 6,45 1.297,41
ago/03 R$ 0,0400% 0,52 6,49 1.304,42
set/03 R$ 0,1800% 2,35 6,53 1.313,30
out/03 R$ 0,8200% 10,77 6,62 1.330,69
nov/03 R$ 0,3900% 5,19 6,68 1.342,56
dez/03 R$ 0,3700% 4,97 6,74 1.354,27
jan/04 R$ 0,5400% 7,31 6,81 1.368,39
fev/04 R$ 0,8300% 11,36 6,90 1.386,64
mar/04 R$ 0,3900% 5,41 6,96 1.399,01
abr/04 R$ 0,5700% 7,97 7,03 1.414,02
mai/04 R$ 0,4100% 5,80 7,10 1.426,92
jun/04 R$ 0,4000% 5,71 7,16 1.439,79
jul/04 R$ 0,5000% 7,20 7,23 1.454,22
ago/04 R$ 0,7300% 10,62 7,32 1.472,16
set/04 R$ 0,5000% 7,36 7,40 1.486,92
out/04 R$ 0,1700% 2,53 7,45 1.496,90
nov/04 R$ 0,1700% 2,54 7,50 1.506,94
dez/04 R$ 0,4400% 6,63 7,57 1.521,14
jan/05 R$ 0,8600% 13,08 7,67 1.541,89
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 8,79 7,75 1.558,43
fls. 93
mar/05 R$ 0,4400% 6,86 7,83 1.573,11
abr/05 R$ 0,7300% 11,48 7,92 1.592,52
mai/05 R$ 0,9100% 14,49 8,04 1.615,05
jun/05 R$ 0,7000% 11,31 8,13 1.634,49
jul/05 R$ -0,1100% (1,80) 8,16 1.640,85
ago/05 R$ 0,0300% 0,49 8,21 1.649,55
set/05 R$ 0,0000% - 8,25 1.657,80
out/05 R$ 0,1500% 2,49 8,30 1.668,59
nov/05 R$ 0,5800% 9,68 8,39 1.686,66
dez/05 R$ 0,5400% 9,11 8,48 1.704,24

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 6,82 8,56 1.719,61
fev/06 R$ 0,3800% 6,53 8,63 1.734,78
mar/06 R$ 0,2300% 3,99 8,69 1.747,46
abr/06 R$ 0,2700% 4,72 8,76 1.760,94
mai/06 R$ 0,1200% 2,11 8,82 1.771,87
jun/06 R$ 0,1300% 2,30 8,87 1.783,05
jul/06 R$ -0,0700% (1,25) 8,91 1.790,71
ago/06 R$ 0,1100% 1,97 8,96 1.801,64
set/06 R$ -0,0200% (0,36) 9,01 1.810,29
out/06 R$ 0,1600% 2,90 9,07 1.822,25
nov/06 R$ 0,4300% 7,84 9,15 1.839,23
dez/06 R$ 0,4200% 7,72 9,23 1.856,19
jan/07 R$ 0,6200% 11,51 9,34 1.877,04
fev/07 R$ 0,4900% 9,20 9,43 1.895,67
mar/07 R$ 0,4200% 7,96 9,52 1.913,15
abr/07 R$ 0,4400% 8,42 9,61 1.931,17
mai/07 R$ 0,2600% 5,02 9,68 1.945,88
jun/07 R$ 0,2600% 5,06 9,75 1.960,69
jul/07 R$ 0,3100% 6,08 9,83 1.976,60
ago/07 R$ 0,3200% 6,33 9,91 1.992,84
set/07 R$ 0,5900% 11,76 10,02 2.014,62
out/07 R$ 0,2500% 5,04 10,10 2.029,76
nov/07 R$ 0,3000% 6,09 10,18 2.046,03
dez/07 R$ 0,4300% 8,80 10,27 2.065,10
jan/08 R$ 0,9700% 20,03 10,43 2.095,56
fev/08 R$ 0,6900% 14,46 10,55 2.120,56
mar/08 R$ 0,4800% 10,18 10,65 2.141,40
abr/08 R$ 0,5100% 10,92 10,76 2.163,08
mai/08 R$ 0,6400% 13,84 10,88 2.187,81
jun/08 R$ 0,9600% 21,00 11,04 2.219,86
jul/08 R$ 0,9100% 20,20 11,20 2.251,26
ago/08 R$ 0,5800% 13,06 11,32 2.275,64
set/08 R$ 0,2100% 4,78 11,40 2.291,82
out/08 R$ 0,1500% 3,44 11,48 2.306,73
nov/08 R$ 0,5000% 11,53 11,59 2.329,86
dez/08 R$ 0,3800% 8,85 11,69 2.350,40
jan/09 R$ 0,2900% 6,82 11,79 2.369,00
fev/09 R$ 0,6400% 15,16 11,92 2.396,09
mar/09 R$ 0,3100% 7,43 12,02 2.415,53
abr/09 R$ 0,2000% 4,83 12,10 2.432,47
mai/09 R$ 0,5500% 13,38 12,23 2.458,07
jun/09 R$ 0,6000% 14,75 12,36 2.485,19
jul/09 R$ 0,4200% 10,44 12,48 2.508,10
ago/09 R$ 0,2300% 5,77 12,57 2.526,44
set/09 R$ 0,0800% 2,02 12,64 2.541,10
out/09 R$ 0,1600% 4,07 12,73 2.557,89
nov/09 R$ 0,3700% 9,46 12,84 2.580,20
dez/09 R$ 0,2400% 6,19 12,93 2.599,32
jan/10 R$ 0,8800% 22,87 13,11 2.635,30
fev/10 R$ 0,7000% 18,45 13,27 2.667,02
mar/10 R$ 0,7100% 18,94 13,43 2.699,39
abr/10 R$ 0,7300% 19,71 13,60 2.732,69
mai/10 R$ 0,4300% 11,75 13,72 2.758,16
jun/10 R$ -0,1100% (3,03) 13,78 2.768,90
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (1,94) 13,83 2.780,80
fls. 94
ago/10 R$ -0,0700% (1,95) 13,89 2.792,75
set/10 R$ 0,5400% 15,08 14,04 2.821,87
out/10 R$ 0,9200% 25,96 14,24 2.862,07
nov/10 R$ 1,0300% 29,48 14,46 2.906,00
dez/10 R$ 0,6000% 17,44 14,62 2.938,06
jan/11 R$ 0,9400% 27,62 14,83 2.980,50
fev/11 R$ 0,5400% 16,09 14,98 3.011,58
mar/11 R$ 0,6600% 19,88 15,16 3.046,61
abr/11 R$ 0,7200% 21,94 15,34 3.083,89
mai/11 R$ 0,5700% 17,58 15,51 3.116,98

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 6,86 15,62 3.139,45
jul/11 R$ 0,0000% - 15,70 3.155,15
ago/11 R$ 0,4200% 13,25 15,84 3.184,25
set/11 R$ 0,4500% 14,33 15,99 3.214,57
out/11 R$ 0,3200% 10,29 16,12 3.240,98
nov/11 R$ 0,5700% 18,47 16,30 3.275,75
dez/11 R$ 0,5100% 16,71 16,46 3.308,92
jan/12 R$ 0,5100% 16,88 16,63 3.342,42
fev/12 R$ 0,3900% 13,04 16,78 3.372,23
mar/12 R$ 0,1800% 6,07 16,89 3.395,20
abr/12 R$ 0,6400% 21,73 17,08 3.434,01
mai/12 R$ 0,5500% 18,89 17,26 3.470,16
jun/12 R$ 0,2600% 9,02 17,40 3.496,58
jul/12 R$ 0,4300% 15,04 17,56 3.529,17
ago/12 R$ 0,4500% 15,88 17,73 3.562,78
set/12 R$ 0,6300% 22,45 17,93 3.603,15
out/12 R$ 0,7100% 25,58 18,14 3.646,88
nov/12 R$ 0,5400% 19,69 18,33 3.684,90
dez/12 R$ 0,7400% 27,27 18,56 3.730,73
jan/13 R$ 0,9200% 34,32 18,83 3.783,88
fev/13 R$ 0,5200% 19,68 19,02 3.822,57
mar/13 R$ 0,6000% 22,94 19,23 3.864,74
abr/13 R$ 0,5900% 22,80 19,44 3.906,98
mai/13 R$ 0,3500% 13,67 19,60 3.940,26
jun/13 R$ 0,2800% 11,03 19,76 3.971,04
jul/13 R$ -0,1300% (5,16) 19,83 3.985,71
ago/13 R$ 0,1600% 6,38 19,96 4.012,05
set/13 R$ 0,2700% 10,83 20,11 4.043,00
out/13 R$ 0,6100% 24,66 20,34 4.088,00
nov/13 R$ 0,5400% 22,08 20,55 4.130,62
dez/13 R$ 0,7200% 29,74 20,80 4.181,16
jan/14 R$ 0,6300% 26,34 21,04 4.228,54
fev/14 R$ 0,6400% 27,06 21,28 4.276,88
mar/14 R$ 0,8200% 35,07 21,56 4.333,51
abr/14 R$ 0,7800% 33,80 21,84 4.389,15
mai/14 R$ 0,6000% 26,33 22,08 4.437,56
jun/14 R$ 0,2600% 11,54 22,25 4.471,35
jul/14 R$ 0,1300% 5,81 22,39 4.499,55
ago/14 R$ 0,0000% - 22,50 4.522,04
TOTAL ATUALIZADO 4.522,04
,
EXTRATO 01
fls. 95

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 96
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: MARGARIDA DE ARAÚJO GUEDES


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 100.075.329-5
Data base (aniversário da conta): 12

314,42

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 314,42
Correção: 22,3590% NCz$ 70,30
Juros 0,5000% NCz$ 1,92
Saldo: NCz$ 386,64

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 314,42
Correção: 42,7200% NCz$ 134,32
Juros 0,5000% NCz$ 2,24
Saldo: NCz$ 450,98

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 450,98
Saldo Pago 386,64
Diferença apurada NCz$ 64,34

Diferença Corrigida R$ 2.281,45


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 1.300,43
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 3.194,03
R$ 4.494,45
Total Devido R$ 6.775,90
Honorários Advocatícios R$ 677,59

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 7.453,49


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 64,34
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 64,34
fls. 97
mar/89 NCz$ 5,9000% 3,80 0,34 68,48
abr/89 NCz$ 8,0600% 5,52 0,37 74,36
mai/89 NCz$ 16,6700% 12,40 0,43 87,20
jun/89 NCz$ 29,4000% 25,64 0,56 113,40
jul/89 NCz$ 27,4000% 31,07 0,72 145,19
ago/89 NCz$ 33,1800% 48,17 0,97 194,33
set/89 NCz$ 36,3500% 70,64 1,32 266,29
out/89 NCz$ 38,7600% 103,21 1,85 371,35
nov/89 NCz$ 48,4700% 179,99 2,76 554,10
dez/89 NCz$ 51,2800% 284,14 4,19 842,44

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 574,46 7,08 1.423,98
fev/90 NCz$ 73,9900% 1.053,60 12,39 2.489,98
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 2.046,26 22,68 4.558,92
abr/90 Cr$ 44,8000% 2.042,40 33,01 6.634,32
mai/90 Cr$ 7,8700% 522,12 35,78 7.192,22
jun/90 Cr$ 11,6400% 837,17 40,15 8.069,54
jul/90 Cr$ 12,6200% 1.018,38 45,44 9.133,36
ago/90 Cr$ 12,1800% 1.112,44 51,23 10.297,03
set/90 Cr$ 14,2600% 1.468,36 58,83 11.824,22
out/90 Cr$ 14,4300% 1.706,23 67,65 13.598,10
nov/90 Cr$ 16,9200% 2.300,80 79,49 15.978,40
dez/90 Cr$ 19,1400% 3.058,27 95,18 19.131,85
jan/91 Cr$ 20,9500% 4.008,12 115,70 23.255,67
fev/91 Cr$ 21,8700% 5.086,01 141,71 28.483,39
mar/91 Cr$ 11,7900% 3.358,19 159,21 32.000,79
abr/91 Cr$ 5,0100% 1.603,24 168,02 33.772,05
mai/91 Cr$ 6,6800% 2.255,97 180,14 36.208,16
jun/91 Cr$ 10,8300% 3.921,34 200,65 40.330,16
jul/91 Cr$ 12,1400% 4.896,08 226,13 45.452,37
ago/91 Cr$ 15,6200% 7.099,66 262,76 52.814,79
set/91 Cr$ 15,6200% 8.249,67 305,32 61.369,78
out/91 Cr$ 21,0800% 12.936,75 371,53 74.678,06
nov/91 Cr$ 26,4800% 19.774,75 472,26 94.925,08
dez/91 Cr$ 24,1500% 22.924,41 589,25 118.438,73
jan/92 Cr$ 25,9200% 30.699,32 745,69 149.883,74
fev/92 Cr$ 24,4800% 36.691,54 932,88 187.508,15
mar/92 Cr$ 21,6200% 40.539,26 1.140,24 229.187,65
abr/92 Cr$ 20,8400% 47.762,71 1.384,75 278.335,11
mai/92 Cr$ 24,5000% 68.192,10 1.732,64 348.259,85
jun/92 Cr$ 20,8500% 72.612,18 2.104,36 422.976,39
jul/92 Cr$ 22,0800% 93.393,19 2.581,85 518.951,43
ago/92 Cr$ 22,3800% 116.141,33 3.175,46 638.268,22
set/92 Cr$ 23,9800% 153.056,72 3.956,62 795.281,56
out/92 Cr$ 26,0700% 207.329,90 5.013,06 1.007.624,52
nov/92 Cr$ 22,8900% 230.645,25 6.191,35 1.244.461,12
dez/92 Cr$ 25,5800% 318.333,16 7.813,97 1.570.608,25
jan/93 Cr$ 28,7700% 451.863,99 10.112,36 2.032.584,61
fev/93 Cr$ 24,7900% 503.877,72 12.682,31 2.549.144,64
mar/93 Cr$ 27,5800% 703.054,09 16.260,99 3.268.459,73
abr/93 Cr$ 28,3700% 927.262,02 20.978,61 4.216.700,36
mai/93 Cr$ 26,7800% 1.129.232,36 26.729,66 5.372.662,38
jun/93 Cr$ 30,3700% 1.631.677,57 35.021,70 7.039.361,65
jul/93 Cr$ 31,0100% 2.182.906,05 46.111,34 9.268.379,03
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 3.090,08 61,79 12.420,25
set/93 CR$ 35,6300% 4.425,33 84,23 16.929,81
out/93 CR$ 34,1200% 5.776,45 113,53 22.819,79
nov/93 CR$ 36,0000% 8.215,13 155,17 31.190,10
dez/93 CR$ 37,7300% 11.768,02 214,79 43.172,91
jan/94 CR$ 41,3200% 17.839,05 305,06 61.317,01
fev/94 CR$ 40,5700% 24.876,31 430,97 86.624,29
mar/94 CR$ 43,0800% 37.317,75 619,71 124.561,75
abr/94 CR$ 42,8600% 53.387,17 889,74 178.838,66
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 76.417,76 1.276,28 256.532,70
fls. 98
jun/94 CR$ 48,2400% 123.751,37 1.901,42 382.185,50
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 10,77 0,75 150,50
ago/94 R$ 1,8500% 2,78 0,77 154,05
set/94 R$ 1,4000% 2,16 0,78 156,98
out/94 R$ 2,8200% 4,43 0,81 162,22
nov/94 R$ 2,9600% 4,80 0,84 167,85
dez/94 R$ 1,7000% 2,85 0,85 171,56
jan/95 R$ 1,4400% 2,47 0,87 174,90
fev/95 R$ 1,0100% 1,77 0,88 177,55

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 2,88 0,90 181,33
abr/95 R$ 2,4900% 4,52 0,93 186,78
mai/95 R$ 2,1000% 3,92 0,95 191,65
jun/95 R$ 2,1800% 4,18 0,98 196,81
jul/95 R$ 2,4600% 4,84 1,01 202,66
ago/95 R$ 1,0200% 2,07 1,02 205,75
set/95 R$ 1,1700% 2,41 1,04 209,20
out/95 R$ 1,4000% 2,93 1,06 213,19
nov/95 R$ 1,5100% 3,22 1,08 217,49
dez/95 R$ 1,6500% 3,59 1,11 222,18
jan/96 R$ 1,4600% 3,24 1,13 226,55
fev/96 R$ 0,7100% 1,61 1,14 229,30
mar/96 R$ 0,2900% 0,66 1,15 231,12
abr/96 R$ 0,9300% 2,15 1,17 234,43
mai/96 R$ 1,2800% 3,00 1,19 238,62
jun/96 R$ 1,3300% 3,17 1,21 243,00
jul/96 R$ 1,2000% 2,92 1,23 247,15
ago/96 R$ 0,5000% 1,24 1,24 249,63
set/96 R$ 0,0200% 0,05 1,25 250,92
out/96 R$ 0,3800% 0,95 1,26 253,14
nov/96 R$ 0,3400% 0,86 1,27 255,27
dez/96 R$ 0,3300% 0,84 1,28 257,39
jan/97 R$ 0,8100% 2,08 1,30 260,77
fev/97 R$ 0,4500% 1,17 1,31 263,26
mar/97 R$ 0,6800% 1,79 1,33 266,37
abr/97 R$ 0,6000% 1,60 1,34 269,31
mai/97 R$ 0,1100% 0,30 1,35 270,95
jun/97 R$ 0,3500% 0,95 1,36 273,26
jul/97 R$ 0,1800% 0,49 1,37 275,12
ago/97 R$ -0,0300% (0,08) 1,38 276,42
set/97 R$ 0,1000% 0,28 1,38 278,07
out/97 R$ 0,2900% 0,81 1,39 280,28
nov/97 R$ 0,1500% 0,42 1,40 282,10
dez/97 R$ 0,5700% 1,61 1,42 285,13
jan/98 R$ 0,8500% 2,42 1,44 288,99
fev/98 R$ 0,5400% 1,56 1,45 292,00
mar/98 R$ 0,4900% 1,43 1,47 294,90
abr/98 R$ 0,4500% 1,33 1,48 297,71
mai/98 R$ 0,7200% 2,14 1,50 301,35
jun/98 R$ 0,1500% 0,45 1,51 303,31
jul/98 R$ -0,2800% (0,85) 1,51 303,97
ago/98 R$ -0,4900% (1,49) 1,51 304,00
set/98 R$ -0,3100% (0,94) 1,52 304,57
out/98 R$ 0,1100% 0,34 1,52 306,43
nov/98 R$ -0,1800% (0,55) 1,53 307,41
dez/98 R$ 0,4200% 1,29 1,54 310,24
jan/99 R$ 0,6500% 2,02 1,56 313,82
fev/99 R$ 1,2900% 4,05 1,59 319,46
mar/99 R$ 1,2800% 4,09 1,62 325,16
abr/99 R$ 0,4700% 1,53 1,63 328,33
mai/99 R$ 0,0500% 0,16 1,64 330,13
jun/99 R$ 0,0700% 0,23 1,65 332,01
jul/99 R$ 0,7400% 2,46 1,67 336,14
ago/99 R$ 0,5500% 1,85 1,69 339,68
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 1,32 1,71 342,71
fls. 99
out/99 R$ 0,9600% 3,29 1,73 347,73
nov/99 R$ 0,9400% 3,27 1,76 352,76
dez/99 R$ 0,7400% 2,61 1,78 357,14
jan/00 R$ 0,6100% 2,18 1,80 361,12
fev/00 R$ 0,0500% 0,18 1,81 363,11
mar/00 R$ 0,1300% 0,47 1,82 365,40
abr/00 R$ 0,0900% 0,33 1,83 367,55
mai/00 R$ -0,0500% (0,18) 1,84 369,21
jun/00 R$ 0,3000% 1,11 1,85 372,17
jul/00 R$ 1,3900% 5,17 1,89 379,23

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 4,59 1,92 385,73
set/00 R$ 0,4300% 1,66 1,94 389,33
out/00 R$ 0,1600% 0,62 1,95 391,90
nov/00 R$ 0,2900% 1,14 1,97 395,00
dez/00 R$ 0,5500% 2,17 1,99 399,16
jan/01 R$ 0,7700% 3,07 2,01 404,25
fev/01 R$ 0,4900% 1,98 2,03 408,26
mar/01 R$ 0,4800% 1,96 2,05 412,27
abr/01 R$ 0,8400% 3,46 2,08 417,81
mai/01 R$ 0,5700% 2,38 2,10 422,29
jun/01 R$ 0,6000% 2,53 2,12 426,95
jul/01 R$ 1,1100% 4,74 2,16 433,85
ago/01 R$ 0,7900% 3,43 2,19 439,46
set/01 R$ 0,4400% 1,93 2,21 443,60
out/01 R$ 0,9400% 4,17 2,24 450,01
nov/01 R$ 1,2900% 5,81 2,28 458,10
dez/01 R$ 0,7400% 3,39 2,31 463,79
jan/02 R$ 1,0700% 4,96 2,34 471,10
fev/02 R$ 0,3100% 1,46 2,36 474,92
mar/02 R$ 0,6200% 2,94 2,39 480,26
abr/02 R$ 0,6800% 3,27 2,42 485,94
mai/02 R$ 0,0900% 0,44 2,43 488,81
jun/02 R$ 0,6100% 2,98 2,46 494,25
jul/02 R$ 1,1500% 5,68 2,50 502,43
ago/02 R$ 0,8600% 4,32 2,53 509,29
set/02 R$ 0,8300% 4,23 2,57 516,08
out/02 R$ 1,5700% 8,10 2,62 526,81
nov/02 R$ 3,3900% 17,86 2,72 547,39
dez/02 R$ 2,7000% 14,78 2,81 564,98
jan/03 R$ 3,7500% 21,19 2,93 589,10
fev/03 R$ 2,4700% 14,55 3,02 606,67
mar/03 R$ 1,4600% 8,86 3,08 618,60
abr/03 R$ 1,3700% 8,47 3,14 630,21
mai/03 R$ 1,3800% 8,70 3,19 642,10
jun/03 R$ 0,9900% 6,36 3,24 651,70
jul/03 R$ -0,0600% (0,39) 3,26 654,57
ago/03 R$ 0,0400% 0,26 3,27 658,10
set/03 R$ 0,1800% 1,18 3,30 662,58
out/03 R$ 0,8200% 5,43 3,34 671,36
nov/03 R$ 0,3900% 2,62 3,37 677,34
dez/03 R$ 0,3700% 2,51 3,40 683,25
jan/04 R$ 0,5400% 3,69 3,43 690,37
fev/04 R$ 0,8300% 5,73 3,48 699,59
mar/04 R$ 0,3900% 2,73 3,51 705,83
abr/04 R$ 0,5700% 4,02 3,55 713,40
mai/04 R$ 0,4100% 2,92 3,58 719,90
jun/04 R$ 0,4000% 2,88 3,61 726,40
jul/04 R$ 0,5000% 3,63 3,65 733,68
ago/04 R$ 0,7300% 5,36 3,70 742,73
set/04 R$ 0,5000% 3,71 3,73 750,18
out/04 R$ 0,1700% 1,28 3,76 755,21
nov/04 R$ 0,1700% 1,28 3,78 760,28
dez/04 R$ 0,4400% 3,35 3,82 767,44
jan/05 R$ 0,8600% 6,60 3,87 777,91
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 4,43 3,91 786,26
fls. 100
mar/05 R$ 0,4400% 3,46 3,95 793,66
abr/05 R$ 0,7300% 5,79 4,00 803,45
mai/05 R$ 0,9100% 7,31 4,05 814,82
jun/05 R$ 0,7000% 5,70 4,10 824,63
jul/05 R$ -0,1100% (0,91) 4,12 827,84
ago/05 R$ 0,0300% 0,25 4,14 832,23
set/05 R$ 0,0000% - 4,16 836,39
out/05 R$ 0,1500% 1,25 4,19 841,83
nov/05 R$ 0,5800% 4,88 4,23 850,95
dez/05 R$ 0,5400% 4,60 4,28 859,82

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 3,44 4,32 867,57
fev/06 R$ 0,3800% 3,30 4,35 875,23
mar/06 R$ 0,2300% 2,01 4,39 881,62
abr/06 R$ 0,2700% 2,38 4,42 888,43
mai/06 R$ 0,1200% 1,07 4,45 893,94
jun/06 R$ 0,1300% 1,16 4,48 899,58
jul/06 R$ -0,0700% (0,63) 4,49 903,44
ago/06 R$ 0,1100% 0,99 4,52 908,96
set/06 R$ -0,0200% (0,18) 4,54 913,32
out/06 R$ 0,1600% 1,46 4,57 919,35
nov/06 R$ 0,4300% 3,95 4,62 927,92
dez/06 R$ 0,4200% 3,90 4,66 936,48
jan/07 R$ 0,6200% 5,81 4,71 947,00
fev/07 R$ 0,4900% 4,64 4,76 956,40
mar/07 R$ 0,4200% 4,02 4,80 965,22
abr/07 R$ 0,4400% 4,25 4,85 974,31
mai/07 R$ 0,2600% 2,53 4,88 981,73
jun/07 R$ 0,2600% 2,55 4,92 989,20
jul/07 R$ 0,3100% 3,07 4,96 997,23
ago/07 R$ 0,3200% 3,19 5,00 1.005,42
set/07 R$ 0,5900% 5,93 5,06 1.016,41
out/07 R$ 0,2500% 2,54 5,09 1.024,05
nov/07 R$ 0,3000% 3,07 5,14 1.032,25
dez/07 R$ 0,4300% 4,44 5,18 1.041,88
jan/08 R$ 0,9700% 10,11 5,26 1.057,24
fev/08 R$ 0,6900% 7,29 5,32 1.069,86
mar/08 R$ 0,4800% 5,14 5,37 1.080,37
abr/08 R$ 0,5100% 5,51 5,43 1.091,31
mai/08 R$ 0,6400% 6,98 5,49 1.103,79
jun/08 R$ 0,9600% 10,60 5,57 1.119,95
jul/08 R$ 0,9100% 10,19 5,65 1.135,80
ago/08 R$ 0,5800% 6,59 5,71 1.148,10
set/08 R$ 0,2100% 2,41 5,75 1.156,26
out/08 R$ 0,1500% 1,73 5,79 1.163,78
nov/08 R$ 0,5000% 5,82 5,85 1.175,45
dez/08 R$ 0,3800% 4,47 5,90 1.185,82
jan/09 R$ 0,2900% 3,44 5,95 1.195,20
fev/09 R$ 0,6400% 7,65 6,01 1.208,87
mar/09 R$ 0,3100% 3,75 6,06 1.218,68
abr/09 R$ 0,2000% 2,44 6,11 1.227,22
mai/09 R$ 0,5500% 6,75 6,17 1.240,14
jun/09 R$ 0,6000% 7,44 6,24 1.253,82
jul/09 R$ 0,4200% 5,27 6,30 1.265,38
ago/09 R$ 0,2300% 2,91 6,34 1.274,63
set/09 R$ 0,0800% 1,02 6,38 1.282,03
out/09 R$ 0,1600% 2,05 6,42 1.290,50
nov/09 R$ 0,3700% 4,77 6,48 1.301,75
dez/09 R$ 0,2400% 3,12 6,52 1.311,40
jan/10 R$ 0,8800% 11,54 6,61 1.329,56
fev/10 R$ 0,7000% 9,31 6,69 1.345,56
mar/10 R$ 0,7100% 9,55 6,78 1.361,89
abr/10 R$ 0,7300% 9,94 6,86 1.378,69
mai/10 R$ 0,4300% 5,93 6,92 1.391,54
jun/10 R$ -0,1100% (1,53) 6,95 1.396,96
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (0,98) 6,98 1.402,96
fls. 101
ago/10 R$ -0,0700% (0,98) 7,01 1.408,99
set/10 R$ 0,5400% 7,61 7,08 1.423,68
out/10 R$ 0,9200% 13,10 7,18 1.443,96
nov/10 R$ 1,0300% 14,87 7,29 1.466,13
dez/10 R$ 0,6000% 8,80 7,37 1.482,30
jan/11 R$ 0,9400% 13,93 7,48 1.503,71
fev/11 R$ 0,5400% 8,12 7,56 1.519,39
mar/11 R$ 0,6600% 10,03 7,65 1.537,07
abr/11 R$ 0,7200% 11,07 7,74 1.555,88
mai/11 R$ 0,5700% 8,87 7,82 1.572,57

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 3,46 7,88 1.583,91
jul/11 R$ 0,0000% - 7,92 1.591,83
ago/11 R$ 0,4200% 6,69 7,99 1.606,51
set/11 R$ 0,4500% 7,23 8,07 1.621,80
out/11 R$ 0,3200% 5,19 8,13 1.635,13
nov/11 R$ 0,5700% 9,32 8,22 1.652,67
dez/11 R$ 0,5100% 8,43 8,31 1.669,40
jan/12 R$ 0,5100% 8,51 8,39 1.686,31
fev/12 R$ 0,3900% 6,58 8,46 1.701,35
mar/12 R$ 0,1800% 3,06 8,52 1.712,93
abr/12 R$ 0,6400% 10,96 8,62 1.732,52
mai/12 R$ 0,5500% 9,53 8,71 1.750,76
jun/12 R$ 0,2600% 4,55 8,78 1.764,08
jul/12 R$ 0,4300% 7,59 8,86 1.780,53
ago/12 R$ 0,4500% 8,01 8,94 1.797,48
set/12 R$ 0,6300% 11,32 9,04 1.817,85
out/12 R$ 0,7100% 12,91 9,15 1.839,91
nov/12 R$ 0,5400% 9,94 9,25 1.859,10
dez/12 R$ 0,7400% 13,76 9,36 1.882,22
jan/13 R$ 0,9200% 17,32 9,50 1.909,03
fev/13 R$ 0,5200% 9,93 9,59 1.928,55
mar/13 R$ 0,6000% 11,57 9,70 1.949,83
abr/13 R$ 0,5900% 11,50 9,81 1.971,14
mai/13 R$ 0,3500% 6,90 9,89 1.987,93
jun/13 R$ 0,2800% 5,57 9,97 2.003,46
jul/13 R$ -0,1300% (2,60) 10,00 2.010,86
ago/13 R$ 0,1600% 3,22 10,07 2.024,15
set/13 R$ 0,2700% 5,47 10,15 2.039,76
out/13 R$ 0,6100% 12,44 10,26 2.062,46
nov/13 R$ 0,5400% 11,14 10,37 2.083,97
dez/13 R$ 0,7200% 15,00 10,49 2.109,47
jan/14 R$ 0,6300% 13,29 10,61 2.133,37
fev/14 R$ 0,6400% 13,65 10,74 2.157,76
mar/14 R$ 0,8200% 17,69 10,88 2.186,33
abr/14 R$ 0,7800% 17,05 11,02 2.214,40
mai/14 R$ 0,6000% 13,29 11,14 2.238,83
jun/14 R$ 0,2600% 5,82 11,22 2.255,87
jul/14 R$ 0,1300% 2,93 11,29 2.270,10
ago/14 R$ 0,0000% - 11,35 2.281,45
TOTAL ATUALIZADO 2.281,45
,
EXTRATO 02
fls. 102

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 103
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: MARGARIDA DE ARAÚJO GUEDES


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 110.075.329-7
Data base (aniversário da conta): 12

143,59

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 143,59
Correção: 22,3590% NCz$ 32,11
Juros 0,5000% NCz$ 0,88
Saldo: NCz$ 176,57

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 143,59
Correção: 42,7200% NCz$ 61,34
Juros 0,5000% NCz$ 1,02
Saldo: NCz$ 205,96

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 205,96
Saldo Pago 176,57
Diferença apurada NCz$ 29,38

Diferença Corrigida R$ 1.041,90


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 593,88
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 1.458,65
R$ 2.052,54
Total Devido R$ 3.094,43
Honorários Advocatícios R$ 309,44

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 3.403,88


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 29,38
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 29,38
fls. 104
mar/89 NCz$ 5,9000% 1,73 0,16 31,27
abr/89 NCz$ 8,0600% 2,52 0,17 33,96
mai/89 NCz$ 16,6700% 5,66 0,20 39,82
jun/89 NCz$ 29,4000% 11,71 0,26 51,79
jul/89 NCz$ 27,4000% 14,19 0,33 66,30
ago/89 NCz$ 33,1800% 22,00 0,44 88,75
set/89 NCz$ 36,3500% 32,26 0,61 121,61
out/89 NCz$ 38,7600% 47,14 0,84 169,59
nov/89 NCz$ 48,4700% 82,20 1,26 253,05
dez/89 NCz$ 51,2800% 129,76 1,91 384,73

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 262,35 3,24 650,31
fev/90 NCz$ 73,9900% 481,16 5,66 1.137,13
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 934,49 10,36 2.081,98
abr/90 Cr$ 44,8000% 932,73 15,07 3.029,78
mai/90 Cr$ 7,8700% 238,44 16,34 3.284,56
jun/90 Cr$ 11,6400% 382,32 18,33 3.685,22
jul/90 Cr$ 12,6200% 465,07 20,75 4.171,04
ago/90 Cr$ 12,1800% 508,03 23,40 4.702,47
set/90 Cr$ 14,2600% 670,57 26,87 5.399,91
out/90 Cr$ 14,4300% 779,21 30,90 6.210,01
nov/90 Cr$ 16,9200% 1.050,73 36,30 7.297,05
dez/90 Cr$ 19,1400% 1.396,66 43,47 8.737,17
jan/91 Cr$ 20,9500% 1.830,44 52,84 10.620,45
fev/91 Cr$ 21,8700% 2.322,69 64,72 13.007,86
mar/91 Cr$ 11,7900% 1.533,63 72,71 14.614,19
abr/91 Cr$ 5,0100% 732,17 76,73 15.423,09
mai/91 Cr$ 6,6800% 1.030,26 82,27 16.535,62
jun/91 Cr$ 10,8300% 1.790,81 91,63 18.418,06
jul/91 Cr$ 12,1400% 2.235,95 103,27 20.757,28
ago/91 Cr$ 15,6200% 3.242,29 120,00 24.119,57
set/91 Cr$ 15,6200% 3.767,48 139,44 28.026,48
out/91 Cr$ 21,0800% 5.907,98 169,67 34.104,14
nov/91 Cr$ 26,4800% 9.030,78 215,67 43.350,59
dez/91 Cr$ 24,1500% 10.469,17 269,10 54.088,85
jan/92 Cr$ 25,9200% 14.019,83 340,54 68.449,23
fev/92 Cr$ 24,4800% 16.756,37 426,03 85.631,63
mar/92 Cr$ 21,6200% 18.513,56 520,73 104.665,91
abr/92 Cr$ 20,8400% 21.812,38 632,39 127.110,68
mai/92 Cr$ 24,5000% 31.142,12 791,26 159.044,06
jun/92 Cr$ 20,8500% 33.160,69 961,02 193.165,77
jul/92 Cr$ 22,0800% 42.651,00 1.179,08 236.995,85
ago/92 Cr$ 22,3800% 53.039,67 1.450,18 291.485,70
set/92 Cr$ 23,9800% 69.898,27 1.806,92 363.190,89
out/92 Cr$ 26,0700% 94.683,86 2.289,37 460.164,13
nov/92 Cr$ 22,8900% 105.331,57 2.827,48 568.323,18
dez/92 Cr$ 25,5800% 145.377,07 3.568,50 717.268,75
jan/93 Cr$ 28,7700% 206.358,22 4.618,13 928.245,10
fev/93 Cr$ 24,7900% 230.111,96 5.791,79 1.164.148,84
mar/93 Cr$ 27,5800% 321.072,25 7.426,11 1.492.647,20
abr/93 Cr$ 28,3700% 423.464,01 9.580,56 1.925.691,77
mai/93 Cr$ 26,7800% 515.700,25 12.206,96 2.453.598,98
jun/93 Cr$ 30,3700% 745.158,01 15.993,78 3.214.750,78
jul/93 Cr$ 31,0100% 996.894,22 21.058,22 4.232.703,22
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 1.411,18 28,22 5.672,11
set/93 CR$ 35,6300% 2.020,97 38,47 7.731,54
out/93 CR$ 34,1200% 2.638,00 51,85 10.421,39
nov/93 CR$ 36,0000% 3.751,70 70,87 14.243,96
dez/93 CR$ 37,7300% 5.374,25 98,09 19.716,30
jan/94 CR$ 41,3200% 8.146,77 139,32 28.002,39
fev/94 CR$ 40,5700% 11.360,57 196,81 39.559,77
mar/94 CR$ 43,0800% 17.042,35 283,01 56.885,13
abr/94 CR$ 42,8600% 24.380,97 406,33 81.672,42
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 34.898,63 582,86 117.153,90
fls. 105
jun/94 CR$ 48,2400% 56.515,04 868,34 174.537,29
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 4,92 0,34 68,73
ago/94 R$ 1,8500% 1,27 0,35 70,35
set/94 R$ 1,4000% 0,98 0,36 71,69
out/94 R$ 2,8200% 2,02 0,37 74,08
nov/94 R$ 2,9600% 2,19 0,38 76,66
dez/94 R$ 1,7000% 1,30 0,39 78,35
jan/95 R$ 1,4400% 1,13 0,40 79,87
fev/95 R$ 1,0100% 0,81 0,40 81,09

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 1,31 0,41 82,81
abr/95 R$ 2,4900% 2,06 0,42 85,30
mai/95 R$ 2,1000% 1,79 0,44 87,52
jun/95 R$ 2,1800% 1,91 0,45 89,88
jul/95 R$ 2,4600% 2,21 0,46 92,55
ago/95 R$ 1,0200% 0,94 0,47 93,96
set/95 R$ 1,1700% 1,10 0,48 95,54
out/95 R$ 1,4000% 1,34 0,48 97,36
nov/95 R$ 1,5100% 1,47 0,49 99,32
dez/95 R$ 1,6500% 1,64 0,50 101,47
jan/96 R$ 1,4600% 1,48 0,51 103,46
fev/96 R$ 0,7100% 0,73 0,52 104,72
mar/96 R$ 0,2900% 0,30 0,53 105,55
abr/96 R$ 0,9300% 0,98 0,53 107,06
mai/96 R$ 1,2800% 1,37 0,54 108,97
jun/96 R$ 1,3300% 1,45 0,55 110,97
jul/96 R$ 1,2000% 1,33 0,56 112,87
ago/96 R$ 0,5000% 0,56 0,57 114,00
set/96 R$ 0,0200% 0,02 0,57 114,59
out/96 R$ 0,3800% 0,44 0,58 115,60
nov/96 R$ 0,3400% 0,39 0,58 116,58
dez/96 R$ 0,3300% 0,38 0,58 117,55
jan/97 R$ 0,8100% 0,95 0,59 119,09
fev/97 R$ 0,4500% 0,54 0,60 120,22
mar/97 R$ 0,6800% 0,82 0,61 121,65
abr/97 R$ 0,6000% 0,73 0,61 122,99
mai/97 R$ 0,1100% 0,14 0,62 123,74
jun/97 R$ 0,3500% 0,43 0,62 124,79
jul/97 R$ 0,1800% 0,22 0,63 125,64
ago/97 R$ -0,0300% (0,04) 0,63 126,23
set/97 R$ 0,1000% 0,13 0,63 126,99
out/97 R$ 0,2900% 0,37 0,64 128,00
nov/97 R$ 0,1500% 0,19 0,64 128,83
dez/97 R$ 0,5700% 0,73 0,65 130,21
jan/98 R$ 0,8500% 1,11 0,66 131,98
fev/98 R$ 0,5400% 0,71 0,66 133,35
mar/98 R$ 0,4900% 0,65 0,67 134,67
abr/98 R$ 0,4500% 0,61 0,68 135,96
mai/98 R$ 0,7200% 0,98 0,68 137,62
jun/98 R$ 0,1500% 0,21 0,69 138,52
jul/98 R$ -0,2800% (0,39) 0,69 138,82
ago/98 R$ -0,4900% (0,68) 0,69 138,83
set/98 R$ -0,3100% (0,43) 0,69 139,09
out/98 R$ 0,1100% 0,15 0,70 139,94
nov/98 R$ -0,1800% (0,25) 0,70 140,39
dez/98 R$ 0,4200% 0,59 0,70 141,68
jan/99 R$ 0,6500% 0,92 0,71 143,32
fev/99 R$ 1,2900% 1,85 0,73 145,89
mar/99 R$ 1,2800% 1,87 0,74 148,50
abr/99 R$ 0,4700% 0,70 0,75 149,94
mai/99 R$ 0,0500% 0,07 0,75 150,77
jun/99 R$ 0,0700% 0,11 0,75 151,63
jul/99 R$ 0,7400% 1,12 0,76 153,51
ago/99 R$ 0,5500% 0,84 0,77 155,13
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 0,60 0,78 156,51
fls. 106
out/99 R$ 0,9600% 1,50 0,79 158,80
nov/99 R$ 0,9400% 1,49 0,80 161,10
dez/99 R$ 0,7400% 1,19 0,81 163,10
jan/00 R$ 0,6100% 0,99 0,82 164,92
fev/00 R$ 0,0500% 0,08 0,82 165,82
mar/00 R$ 0,1300% 0,22 0,83 166,87
abr/00 R$ 0,0900% 0,15 0,84 167,86
mai/00 R$ -0,0500% (0,08) 0,84 168,61
jun/00 R$ 0,3000% 0,51 0,85 169,96
jul/00 R$ 1,3900% 2,36 0,86 173,19

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 2,10 0,88 176,16
set/00 R$ 0,4300% 0,76 0,88 177,80
out/00 R$ 0,1600% 0,28 0,89 178,97
nov/00 R$ 0,2900% 0,52 0,90 180,39
dez/00 R$ 0,5500% 0,99 0,91 182,29
jan/01 R$ 0,7700% 1,40 0,92 184,61
fev/01 R$ 0,4900% 0,90 0,93 186,44
mar/01 R$ 0,4800% 0,89 0,94 188,28
abr/01 R$ 0,8400% 1,58 0,95 190,81
mai/01 R$ 0,5700% 1,09 0,96 192,85
jun/01 R$ 0,6000% 1,16 0,97 194,98
jul/01 R$ 1,1100% 2,16 0,99 198,13
ago/01 R$ 0,7900% 1,57 1,00 200,69
set/01 R$ 0,4400% 0,88 1,01 202,59
out/01 R$ 0,9400% 1,90 1,02 205,51
nov/01 R$ 1,2900% 2,65 1,04 209,20
dez/01 R$ 0,7400% 1,55 1,05 211,81
jan/02 R$ 1,0700% 2,27 1,07 215,14
fev/02 R$ 0,3100% 0,67 1,08 216,89
mar/02 R$ 0,6200% 1,34 1,09 219,32
abr/02 R$ 0,6800% 1,49 1,10 221,92
mai/02 R$ 0,0900% 0,20 1,11 223,23
jun/02 R$ 0,6100% 1,36 1,12 225,72
jul/02 R$ 1,1500% 2,60 1,14 229,45
ago/02 R$ 0,8600% 1,97 1,16 232,58
set/02 R$ 0,8300% 1,93 1,17 235,69
out/02 R$ 1,5700% 3,70 1,20 240,58
nov/02 R$ 3,3900% 8,16 1,24 249,98
dez/02 R$ 2,7000% 6,75 1,28 258,02
jan/03 R$ 3,7500% 9,68 1,34 269,03
fev/03 R$ 2,4700% 6,65 1,38 277,05
mar/03 R$ 1,4600% 4,04 1,41 282,50
abr/03 R$ 1,3700% 3,87 1,43 287,81
mai/03 R$ 1,3800% 3,97 1,46 293,24
jun/03 R$ 0,9900% 2,90 1,48 297,62
jul/03 R$ -0,0600% (0,18) 1,49 298,93
ago/03 R$ 0,0400% 0,12 1,50 300,54
set/03 R$ 0,1800% 0,54 1,51 302,59
out/03 R$ 0,8200% 2,48 1,53 306,60
nov/03 R$ 0,3900% 1,20 1,54 309,33
dez/03 R$ 0,3700% 1,14 1,55 312,03
jan/04 R$ 0,5400% 1,68 1,57 315,28
fev/04 R$ 0,8300% 2,62 1,59 319,49
mar/04 R$ 0,3900% 1,25 1,60 322,34
abr/04 R$ 0,5700% 1,84 1,62 325,80
mai/04 R$ 0,4100% 1,34 1,64 328,77
jun/04 R$ 0,4000% 1,32 1,65 331,73
jul/04 R$ 0,5000% 1,66 1,67 335,06
ago/04 R$ 0,7300% 2,45 1,69 339,19
set/04 R$ 0,5000% 1,70 1,70 342,59
out/04 R$ 0,1700% 0,58 1,72 344,89
nov/04 R$ 0,1700% 0,59 1,73 347,20
dez/04 R$ 0,4400% 1,53 1,74 350,48
jan/05 R$ 0,8600% 3,01 1,77 355,26
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 2,02 1,79 359,07
fls. 107
mar/05 R$ 0,4400% 1,58 1,80 362,45
abr/05 R$ 0,7300% 2,65 1,83 366,92
mai/05 R$ 0,9100% 3,34 1,85 372,11
jun/05 R$ 0,7000% 2,60 1,87 376,59
jul/05 R$ -0,1100% (0,41) 1,88 378,06
ago/05 R$ 0,0300% 0,11 1,89 380,06
set/05 R$ 0,0000% - 1,90 381,96
out/05 R$ 0,1500% 0,57 1,91 384,45
nov/05 R$ 0,5800% 2,23 1,93 388,61
dez/05 R$ 0,5400% 2,10 1,95 392,66

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 1,57 1,97 396,21
fev/06 R$ 0,3800% 1,51 1,99 399,70
mar/06 R$ 0,2300% 0,92 2,00 402,62
abr/06 R$ 0,2700% 1,09 2,02 405,73
mai/06 R$ 0,1200% 0,49 2,03 408,25
jun/06 R$ 0,1300% 0,53 2,04 410,82
jul/06 R$ -0,0700% (0,29) 2,05 412,59
ago/06 R$ 0,1100% 0,45 2,07 415,10
set/06 R$ -0,0200% (0,08) 2,08 417,10
out/06 R$ 0,1600% 0,67 2,09 419,85
nov/06 R$ 0,4300% 1,81 2,11 423,77
dez/06 R$ 0,4200% 1,78 2,13 427,67
jan/07 R$ 0,6200% 2,65 2,15 432,48
fev/07 R$ 0,4900% 2,12 2,17 436,77
mar/07 R$ 0,4200% 1,83 2,19 440,80
abr/07 R$ 0,4400% 1,94 2,21 444,95
mai/07 R$ 0,2600% 1,16 2,23 448,34
jun/07 R$ 0,2600% 1,17 2,25 451,75
jul/07 R$ 0,3100% 1,40 2,27 455,42
ago/07 R$ 0,3200% 1,46 2,28 459,16
set/07 R$ 0,5900% 2,71 2,31 464,18
out/07 R$ 0,2500% 1,16 2,33 467,66
nov/07 R$ 0,3000% 1,40 2,35 471,41
dez/07 R$ 0,4300% 2,03 2,37 475,81
jan/08 R$ 0,9700% 4,62 2,40 482,82
fev/08 R$ 0,6900% 3,33 2,43 488,59
mar/08 R$ 0,4800% 2,35 2,45 493,39
abr/08 R$ 0,5100% 2,52 2,48 498,38
mai/08 R$ 0,6400% 3,19 2,51 504,08
jun/08 R$ 0,9600% 4,84 2,54 511,46
jul/08 R$ 0,9100% 4,65 2,58 518,70
ago/08 R$ 0,5800% 3,01 2,61 524,32
set/08 R$ 0,2100% 1,10 2,63 528,04
out/08 R$ 0,1500% 0,79 2,64 531,48
nov/08 R$ 0,5000% 2,66 2,67 536,81
dez/08 R$ 0,3800% 2,04 2,69 541,54
jan/09 R$ 0,2900% 1,57 2,72 545,83
fev/09 R$ 0,6400% 3,49 2,75 552,07
mar/09 R$ 0,3100% 1,71 2,77 556,55
abr/09 R$ 0,2000% 1,11 2,79 560,45
mai/09 R$ 0,5500% 3,08 2,82 566,35
jun/09 R$ 0,6000% 3,40 2,85 572,60
jul/09 R$ 0,4200% 2,40 2,88 577,88
ago/09 R$ 0,2300% 1,33 2,90 582,10
set/09 R$ 0,0800% 0,47 2,91 585,48
out/09 R$ 0,1600% 0,94 2,93 589,35
nov/09 R$ 0,3700% 2,18 2,96 594,49
dez/09 R$ 0,2400% 1,43 2,98 598,89
jan/10 R$ 0,8800% 5,27 3,02 607,18
fev/10 R$ 0,7000% 4,25 3,06 614,49
mar/10 R$ 0,7100% 4,36 3,09 621,95
abr/10 R$ 0,7300% 4,54 3,13 629,62
mai/10 R$ 0,4300% 2,71 3,16 635,49
jun/10 R$ -0,1100% (0,70) 3,17 637,97
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (0,45) 3,19 640,71
fls. 108
ago/10 R$ -0,0700% (0,45) 3,20 643,46
set/10 R$ 0,5400% 3,47 3,23 650,17
out/10 R$ 0,9200% 5,98 3,28 659,43
nov/10 R$ 1,0300% 6,79 3,33 669,55
dez/10 R$ 0,6000% 4,02 3,37 676,94
jan/11 R$ 0,9400% 6,36 3,42 686,72
fev/11 R$ 0,5400% 3,71 3,45 693,88
mar/11 R$ 0,6600% 4,58 3,49 701,95
abr/11 R$ 0,7200% 5,05 3,54 710,54
mai/11 R$ 0,5700% 4,05 3,57 718,16

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 1,58 3,60 723,34
jul/11 R$ 0,0000% - 3,62 726,96
ago/11 R$ 0,4200% 3,05 3,65 733,66
set/11 R$ 0,4500% 3,30 3,68 740,65
out/11 R$ 0,3200% 2,37 3,72 746,73
nov/11 R$ 0,5700% 4,26 3,75 754,75
dez/11 R$ 0,5100% 3,85 3,79 762,39
jan/12 R$ 0,5100% 3,89 3,83 770,11
fev/12 R$ 0,3900% 3,00 3,87 776,98
mar/12 R$ 0,1800% 1,40 3,89 782,27
abr/12 R$ 0,6400% 5,01 3,94 791,21
mai/12 R$ 0,5500% 4,35 3,98 799,54
jun/12 R$ 0,2600% 2,08 4,01 805,63
jul/12 R$ 0,4300% 3,46 4,05 813,14
ago/12 R$ 0,4500% 3,66 4,08 820,88
set/12 R$ 0,6300% 5,17 4,13 830,18
out/12 R$ 0,7100% 5,89 4,18 840,25
nov/12 R$ 0,5400% 4,54 4,22 849,02
dez/12 R$ 0,7400% 6,28 4,28 859,58
jan/13 R$ 0,9200% 7,91 4,34 871,82
fev/13 R$ 0,5200% 4,53 4,38 880,74
mar/13 R$ 0,6000% 5,28 4,43 890,45
abr/13 R$ 0,5900% 5,25 4,48 900,18
mai/13 R$ 0,3500% 3,15 4,52 907,85
jun/13 R$ 0,2800% 2,54 4,55 914,94
jul/13 R$ -0,1300% (1,19) 4,57 918,32
ago/13 R$ 0,1600% 1,47 4,60 924,39
set/13 R$ 0,2700% 2,50 4,63 931,52
out/13 R$ 0,6100% 5,68 4,69 941,89
nov/13 R$ 0,5400% 5,09 4,73 951,71
dez/13 R$ 0,7200% 6,85 4,79 963,36
jan/14 R$ 0,6300% 6,07 4,85 974,27
fev/14 R$ 0,6400% 6,24 4,90 985,41
mar/14 R$ 0,8200% 8,08 4,97 998,46
abr/14 R$ 0,7800% 7,79 5,03 1.011,28
mai/14 R$ 0,6000% 6,07 5,09 1.022,43
jun/14 R$ 0,2600% 2,66 5,13 1.030,22
jul/14 R$ 0,1300% 1,34 5,16 1.036,71
ago/14 R$ 0,0000% - 5,18 1.041,90
TOTAL ATUALIZADO 1.041,90
,
EXTRATO
fls. 109

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
CÁLCULO DE EXPURGOS DE CARDENETA DE POUPANÇA fls. 110
(ADEQUADO COM OS CRITÉRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA)

Cliente: ANTONIA BENTO DA SILVA


Banco: BANCO DO BRASIL S/A
Conta Poupança nº: 100.001.191-4
Data base (aniversário da conta): 1
437,85

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
,

Diferença apurada nas correções em %


Correção Devida: 42,7200%
Correção Paga: 22,3590%

Correção paga em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 437,85
Correção: 22,3590% NCz$ 97,90
Juros 0,5000% NCz$ 2,68
Saldo: NCz$ 538,43

Correção devida em Fevereiro de 1989


Saldo: NCz$ 437,85
Correção: 42,7200% NCz$ 187,05
Juros 0,5000% NCz$ 3,12
Saldo: NCz$ 628,02

Diferença apurada nas correções em valores


Saldo Devido 628,02
Saldo Pago 538,43
Diferença apurada NCz$ 89,60

Diferença Corrigida R$ 3.177,06


A diferença acima encontrada foi atualizada pelos índices de Variação do INPC de fev/89 até hoje, cumulado com

Juros Moratórios Meses Percentual Juros Total


até dez/2002 114 0,50% 57,00% 1.810,93
Citação: 08.06.1993 após jan/2003 140 1,00% 140,00% 4.447,89
R$ 6.258,81
Total Devido R$ 9.435,87
Honorários Advocatícios R$ 943,59

Multa 475-J R$ -
Despesas Distribuição R$ -
Despesas Execução R$ -

TOTAL FINAL R$ 10.379,46


**Critérios:
Correção Monetária:
-INPC - ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IBGE) a partir de fev de 1989.
Juros Remuneratórios
-0,5% AO MÊS, 6% AO ANO (CAPITALIZADOS MENSALMENTE).
-CRITÉRIOS UTILIZADOS PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARA

CORREÇÃO MONETÁRIA DOS EXPURGOS DO PLANO VERÃO DE JAN-FEV/1989


Saldo Inicial (JAN/89) 89,60
DATA MOEDA VARIAÇÃO (%) CORREÇÃO JUROS SALDO CORRIGIDO
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/89 NCz$ 16,3500% 89,60
fls. 111
mar/89 NCz$ 5,9000% 5,29 0,47 95,36
abr/89 NCz$ 8,0600% 7,69 0,52 103,56
mai/89 NCz$ 16,6700% 17,26 0,60 121,43
jun/89 NCz$ 29,4000% 35,70 0,79 157,91
jul/89 NCz$ 27,4000% 43,27 1,01 202,18
ago/89 NCz$ 33,1800% 67,08 1,35 270,61
set/89 NCz$ 36,3500% 98,37 1,84 370,83
out/89 NCz$ 38,7600% 143,73 2,57 517,13
nov/89 NCz$ 48,4700% 250,65 3,84 771,62
dez/89 NCz$ 51,2800% 395,69 5,84 1.173,15

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/90 NCz$ 68,1900% 799,97 9,87 1.982,99
fev/90 NCz$ 73,9900% 1.467,21 17,25 3.467,45
CONVERSÃO DE MOEDA: NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00
mar/90 Cr$ 82,1800% 2.849,55 31,59 6.348,59
abr/90 Cr$ 44,8000% 2.844,17 45,96 9.238,72
mai/90 Cr$ 7,8700% 727,09 49,83 10.015,63
jun/90 Cr$ 11,6400% 1.165,82 55,91 11.237,36
jul/90 Cr$ 12,6200% 1.418,15 63,28 12.718,79
ago/90 Cr$ 12,1800% 1.549,15 71,34 14.339,28
set/90 Cr$ 14,2600% 2.044,78 81,92 16.465,98
out/90 Cr$ 14,4300% 2.376,04 94,21 18.936,23
nov/90 Cr$ 16,9200% 3.204,01 110,70 22.250,94
dez/90 Cr$ 19,1400% 4.258,83 132,55 26.642,32
jan/91 Cr$ 20,9500% 5.581,57 161,12 32.385,01
fev/91 Cr$ 21,8700% 7.082,60 197,34 39.664,95
mar/91 Cr$ 11,7900% 4.676,50 221,71 44.563,15
abr/91 Cr$ 5,0100% 2.232,61 233,98 47.029,74
mai/91 Cr$ 6,6800% 3.141,59 250,86 50.422,19
jun/91 Cr$ 10,8300% 5.460,72 279,41 56.162,33
jul/91 Cr$ 12,1400% 6.818,11 314,90 63.295,33
ago/91 Cr$ 15,6200% 9.886,73 365,91 73.547,98
set/91 Cr$ 15,6200% 11.488,19 425,18 85.461,35
out/91 Cr$ 21,0800% 18.015,25 517,38 103.993,99
nov/91 Cr$ 26,4800% 27.537,61 657,66 132.189,25
dez/91 Cr$ 24,1500% 31.923,70 820,56 164.933,52
jan/92 Cr$ 25,9200% 42.750,77 1.038,42 208.722,71
fev/92 Cr$ 24,4800% 51.095,32 1.299,09 261.117,12
mar/92 Cr$ 21,6200% 56.453,52 1.587,85 319.158,50
abr/92 Cr$ 20,8400% 66.512,63 1.928,36 387.599,48
mai/92 Cr$ 24,5000% 94.961,87 2.412,81 484.974,16
jun/92 Cr$ 20,8500% 101.117,11 2.930,46 589.021,73
jul/92 Cr$ 22,0800% 130.056,00 3.595,39 722.673,12
ago/92 Cr$ 22,3800% 161.734,24 4.422,04 888.829,40
set/92 Cr$ 23,9800% 213.141,29 5.509,85 1.107.480,54
out/92 Cr$ 26,0700% 288.720,18 6.981,00 1.403.181,72
nov/92 Cr$ 22,8900% 321.188,30 8.621,85 1.732.991,87
dez/92 Cr$ 25,5800% 443.299,32 10.881,46 2.187.172,64
jan/93 Cr$ 28,7700% 629.249,57 14.082,11 2.830.504,33
fev/93 Cr$ 24,7900% 701.682,02 17.660,93 3.549.847,28
mar/93 Cr$ 27,5800% 979.047,88 22.644,48 4.551.539,64
abr/93 Cr$ 28,3700% 1.291.271,79 29.214,06 5.872.025,49
mai/93 Cr$ 26,7800% 1.572.528,43 37.222,77 7.481.776,68
jun/93 Cr$ 30,3700% 2.272.215,58 48.769,96 9.802.762,22
jul/93 Cr$ 31,0100% 3.039.836,56 64.212,99 12.906.811,78
CONVERSÃO DE MOEDA: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00
ago/93 CR$ 33,3400% 4.303,13 86,05 17.295,99
set/93 CR$ 35,6300% 6.162,56 117,29 23.575,85
out/93 CR$ 34,1200% 8.044,08 158,10 31.778,03
nov/93 CR$ 36,0000% 11.440,09 216,09 43.434,21
dez/93 CR$ 37,7300% 16.387,73 299,11 60.121,04
jan/94 CR$ 41,3200% 24.842,01 424,82 85.387,87
fev/94 CR$ 40,5700% 34.641,86 600,15 120.629,88
mar/94 CR$ 43,0800% 51.967,35 862,99 173.460,22
abr/94 CR$ 42,8600% 74.345,05 1.239,03 249.044,29
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
mai/94 CR$ 42,7300% 106.416,63 1.777,30 357.238,23
fls. 112
jun/94 CR$ 48,2400% 172.331,72 2.647,85 532.217,80
CONVERSÃO DE MOEDA: CR$ 2.750,00 = R$ 1,00
jul/94 R$ 7,7500% 15,00 1,04 209,58
ago/94 R$ 1,8500% 3,88 1,07 214,52
set/94 R$ 1,4000% 3,00 1,09 218,61
out/94 R$ 2,8200% 6,16 1,12 225,90
nov/94 R$ 2,9600% 6,69 1,16 233,75
dez/94 R$ 1,7000% 3,97 1,19 238,91
jan/95 R$ 1,4400% 3,44 1,21 243,56
fev/95 R$ 1,0100% 2,46 1,23 247,25

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
mar/95 R$ 1,6200% 4,01 1,26 252,52
abr/95 R$ 2,4900% 6,29 1,29 260,10
mai/95 R$ 2,1000% 5,46 1,33 266,89
jun/95 R$ 2,1800% 5,82 1,36 274,07
jul/95 R$ 2,4600% 6,74 1,40 282,21
ago/95 R$ 1,0200% 2,88 1,43 286,52
set/95 R$ 1,1700% 3,35 1,45 291,32
out/95 R$ 1,4000% 4,08 1,48 296,88
nov/95 R$ 1,5100% 4,48 1,51 302,87
dez/95 R$ 1,6500% 5,00 1,54 309,40
jan/96 R$ 1,4600% 4,52 1,57 315,49
fev/96 R$ 0,7100% 2,24 1,59 319,32
mar/96 R$ 0,2900% 0,93 1,60 321,84
abr/96 R$ 0,9300% 2,99 1,62 326,46
mai/96 R$ 1,2800% 4,18 1,65 332,29
jun/96 R$ 1,3300% 4,42 1,68 338,40
jul/96 R$ 1,2000% 4,06 1,71 344,17
ago/96 R$ 0,5000% 1,72 1,73 347,62
set/96 R$ 0,0200% 0,07 1,74 349,43
out/96 R$ 0,3800% 1,33 1,75 352,51
nov/96 R$ 0,3400% 1,20 1,77 355,48
dez/96 R$ 0,3300% 1,17 1,78 358,43
jan/97 R$ 0,8100% 2,90 1,81 363,14
fev/97 R$ 0,4500% 1,63 1,82 366,60
mar/97 R$ 0,6800% 2,49 1,85 370,94
abr/97 R$ 0,6000% 2,23 1,87 375,03
mai/97 R$ 0,1100% 0,41 1,88 377,32
jun/97 R$ 0,3500% 1,32 1,89 380,53
jul/97 R$ 0,1800% 0,68 1,91 383,13
ago/97 R$ -0,0300% (0,11) 1,92 384,93
set/97 R$ 0,1000% 0,38 1,93 387,24
out/97 R$ 0,2900% 1,12 1,94 390,30
nov/97 R$ 0,1500% 0,59 1,95 392,84
dez/97 R$ 0,5700% 2,24 1,98 397,06
jan/98 R$ 0,8500% 3,37 2,00 402,43
fev/98 R$ 0,5400% 2,17 2,02 406,63
mar/98 R$ 0,4900% 1,99 2,04 410,67
abr/98 R$ 0,4500% 1,85 2,06 414,58
mai/98 R$ 0,7200% 2,98 2,09 419,65
jun/98 R$ 0,1500% 0,63 2,10 422,38
jul/98 R$ -0,2800% (1,18) 2,11 423,30
ago/98 R$ -0,4900% (2,07) 2,11 423,33
set/98 R$ -0,3100% (1,31) 2,11 424,13
out/98 R$ 0,1100% 0,47 2,12 426,72
nov/98 R$ -0,1800% (0,77) 2,13 428,08
dez/98 R$ 0,4200% 1,80 2,15 432,03
jan/99 R$ 0,6500% 2,81 2,17 437,01
fev/99 R$ 1,2900% 5,64 2,21 444,86
mar/99 R$ 1,2800% 5,69 2,25 452,81
abr/99 R$ 0,4700% 2,13 2,27 457,21
mai/99 R$ 0,0500% 0,23 2,29 459,73
jun/99 R$ 0,0700% 0,32 2,30 462,35
jul/99 R$ 0,7400% 3,42 2,33 468,10
ago/99 R$ 0,5500% 2,57 2,35 473,03
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
set/99 R$ 0,3900% 1,84 2,37 477,25
fls. 113
out/99 R$ 0,9600% 4,58 2,41 484,24
nov/99 R$ 0,9400% 4,55 2,44 491,24
dez/99 R$ 0,7400% 3,64 2,47 497,35
jan/00 R$ 0,6100% 3,03 2,50 502,88
fev/00 R$ 0,0500% 0,25 2,52 505,65
mar/00 R$ 0,1300% 0,66 2,53 508,84
abr/00 R$ 0,0900% 0,46 2,55 511,84
mai/00 R$ -0,0500% (0,26) 2,56 514,14
jun/00 R$ 0,3000% 1,54 2,58 518,26
jul/00 R$ 1,3900% 7,20 2,63 528,10

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ago/00 R$ 1,2100% 6,39 2,67 537,16
set/00 R$ 0,4300% 2,31 2,70 542,17
out/00 R$ 0,1600% 0,87 2,72 545,75
nov/00 R$ 0,2900% 1,58 2,74 550,07
dez/00 R$ 0,5500% 3,03 2,77 555,86
jan/01 R$ 0,7700% 4,28 2,80 562,94
fev/01 R$ 0,4900% 2,76 2,83 568,53
mar/01 R$ 0,4800% 2,73 2,86 574,11
abr/01 R$ 0,8400% 4,82 2,89 581,83
mai/01 R$ 0,5700% 3,32 2,93 588,07
jun/01 R$ 0,6000% 3,53 2,96 594,56
jul/01 R$ 1,1100% 6,60 3,01 604,16
ago/01 R$ 0,7900% 4,77 3,04 611,98
set/01 R$ 0,4400% 2,69 3,07 617,75
out/01 R$ 0,9400% 5,81 3,12 626,67
nov/01 R$ 1,2900% 8,08 3,17 637,93
dez/01 R$ 0,7400% 4,72 3,21 645,86
jan/02 R$ 1,0700% 6,91 3,26 656,04
fev/02 R$ 0,3100% 2,03 3,29 661,36
mar/02 R$ 0,6200% 4,10 3,33 668,79
abr/02 R$ 0,6800% 4,55 3,37 676,70
mai/02 R$ 0,0900% 0,61 3,39 680,70
jun/02 R$ 0,6100% 4,15 3,42 688,28
jul/02 R$ 1,1500% 7,92 3,48 699,67
ago/02 R$ 0,8600% 6,02 3,53 709,22
set/02 R$ 0,8300% 5,89 3,58 718,68
out/02 R$ 1,5700% 11,28 3,65 733,61
nov/02 R$ 3,3900% 24,87 3,79 762,27
dez/02 R$ 2,7000% 20,58 3,91 786,77
jan/03 R$ 3,7500% 29,50 4,08 820,35
fev/03 R$ 2,4700% 20,26 4,20 844,82
mar/03 R$ 1,4600% 12,33 4,29 861,44
abr/03 R$ 1,3700% 11,80 4,37 877,61
mai/03 R$ 1,3800% 12,11 4,45 894,17
jun/03 R$ 0,9900% 8,85 4,52 907,54
jul/03 R$ -0,0600% (0,54) 4,53 911,53
ago/03 R$ 0,0400% 0,36 4,56 916,45
set/03 R$ 0,1800% 1,65 4,59 922,69
out/03 R$ 0,8200% 7,57 4,65 934,91
nov/03 R$ 0,3900% 3,65 4,69 943,25
dez/03 R$ 0,3700% 3,49 4,73 951,47
jan/04 R$ 0,5400% 5,14 4,78 961,39
fev/04 R$ 0,8300% 7,98 4,85 974,22
mar/04 R$ 0,3900% 3,80 4,89 982,91
abr/04 R$ 0,5700% 5,60 4,94 993,45
mai/04 R$ 0,4100% 4,07 4,99 1.002,51
jun/04 R$ 0,4000% 4,01 5,03 1.011,56
jul/04 R$ 0,5000% 5,06 5,08 1.021,70
ago/04 R$ 0,7300% 7,46 5,15 1.034,30
set/04 R$ 0,5000% 5,17 5,20 1.044,67
out/04 R$ 0,1700% 1,78 5,23 1.051,68
nov/04 R$ 0,1700% 1,79 5,27 1.058,73
dez/04 R$ 0,4400% 4,66 5,32 1.068,71
jan/05 R$ 0,8600% 9,19 5,39 1.083,29
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fev/05 R$ 0,5700% 6,17 5,45 1.094,91
fls. 114
mar/05 R$ 0,4400% 4,82 5,50 1.105,23
abr/05 R$ 0,7300% 8,07 5,57 1.118,86
mai/05 R$ 0,9100% 10,18 5,65 1.134,69
jun/05 R$ 0,7000% 7,94 5,71 1.148,34
jul/05 R$ -0,1100% (1,26) 5,74 1.152,82
ago/05 R$ 0,0300% 0,35 5,77 1.158,93
set/05 R$ 0,0000% - 5,79 1.164,72
out/05 R$ 0,1500% 1,75 5,83 1.172,30
nov/05 R$ 0,5800% 6,80 5,90 1.185,00
dez/05 R$ 0,5400% 6,40 5,96 1.197,35

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jan/06 R$ 0,4000% 4,79 6,01 1.208,15
fev/06 R$ 0,3800% 4,59 6,06 1.218,81
mar/06 R$ 0,2300% 2,80 6,11 1.227,72
abr/06 R$ 0,2700% 3,31 6,16 1.237,19
mai/06 R$ 0,1200% 1,48 6,19 1.244,87
jun/06 R$ 0,1300% 1,62 6,23 1.252,72
jul/06 R$ -0,0700% (0,88) 6,26 1.258,10
ago/06 R$ 0,1100% 1,38 6,30 1.265,78
set/06 R$ -0,0200% (0,25) 6,33 1.271,86
out/06 R$ 0,1600% 2,03 6,37 1.280,26
nov/06 R$ 0,4300% 5,51 6,43 1.292,19
dez/06 R$ 0,4200% 5,43 6,49 1.304,11
jan/07 R$ 0,6200% 8,09 6,56 1.318,76
fev/07 R$ 0,4900% 6,46 6,63 1.331,84
mar/07 R$ 0,4200% 5,59 6,69 1.344,13
abr/07 R$ 0,4400% 5,91 6,75 1.356,79
mai/07 R$ 0,2600% 3,53 6,80 1.367,12
jun/07 R$ 0,2600% 3,55 6,85 1.377,53
jul/07 R$ 0,3100% 4,27 6,91 1.388,71
ago/07 R$ 0,3200% 4,44 6,97 1.400,12
set/07 R$ 0,5900% 8,26 7,04 1.415,42
out/07 R$ 0,2500% 3,54 7,09 1.426,05
nov/07 R$ 0,3000% 4,28 7,15 1.437,48
dez/07 R$ 0,4300% 6,18 7,22 1.450,88
jan/08 R$ 0,9700% 14,07 7,32 1.472,28
fev/08 R$ 0,6900% 10,16 7,41 1.489,85
mar/08 R$ 0,4800% 7,15 7,49 1.504,49
abr/08 R$ 0,5100% 7,67 7,56 1.519,72
mai/08 R$ 0,6400% 9,73 7,65 1.537,09
jun/08 R$ 0,9600% 14,76 7,76 1.559,61
jul/08 R$ 0,9100% 14,19 7,87 1.581,67
ago/08 R$ 0,5800% 9,17 7,95 1.598,80
set/08 R$ 0,2100% 3,36 8,01 1.610,17
out/08 R$ 0,1500% 2,42 8,06 1.620,64
nov/08 R$ 0,5000% 8,10 8,14 1.636,89
dez/08 R$ 0,3800% 6,22 8,22 1.651,33
jan/09 R$ 0,2900% 4,79 8,28 1.664,40
fev/09 R$ 0,6400% 10,65 8,38 1.683,42
mar/09 R$ 0,3100% 5,22 8,44 1.697,09
abr/09 R$ 0,2000% 3,39 8,50 1.708,98
mai/09 R$ 0,5500% 9,40 8,59 1.726,97
jun/09 R$ 0,6000% 10,36 8,69 1.746,02
jul/09 R$ 0,4200% 7,33 8,77 1.762,12
ago/09 R$ 0,2300% 4,05 8,83 1.775,01
set/09 R$ 0,0800% 1,42 8,88 1.785,31
out/09 R$ 0,1600% 2,86 8,94 1.797,11
nov/09 R$ 0,3700% 6,65 9,02 1.812,77
dez/09 R$ 0,2400% 4,35 9,09 1.826,21
jan/10 R$ 0,8800% 16,07 9,21 1.851,49
fev/10 R$ 0,7000% 12,96 9,32 1.873,77
mar/10 R$ 0,7100% 13,30 9,44 1.896,51
abr/10 R$ 0,7300% 13,84 9,55 1.919,91
mai/10 R$ 0,4300% 8,26 9,64 1.937,81
jun/10 R$ -0,1100% (2,13) 9,68 1.945,35
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
jul/10 R$ -0,0700% (1,36) 9,72 1.953,71
fls. 115
ago/10 R$ -0,0700% (1,37) 9,76 1.962,11
set/10 R$ 0,5400% 10,60 9,86 1.982,56
out/10 R$ 0,9200% 18,24 10,00 2.010,81
nov/10 R$ 1,0300% 20,71 10,16 2.041,68
dez/10 R$ 0,6000% 12,25 10,27 2.064,20
jan/11 R$ 0,9400% 19,40 10,42 2.094,02
fev/11 R$ 0,5400% 11,31 10,53 2.115,85
mar/11 R$ 0,6600% 13,96 10,65 2.140,47
abr/11 R$ 0,7200% 15,41 10,78 2.166,66
mai/11 R$ 0,5700% 12,35 10,90 2.189,90

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
jun/11 R$ 0,2200% 4,82 10,97 2.205,69
jul/11 R$ 0,0000% - 11,03 2.216,72
ago/11 R$ 0,4200% 9,31 11,13 2.237,16
set/11 R$ 0,4500% 10,07 11,24 2.258,47
out/11 R$ 0,3200% 7,23 11,33 2.277,02
nov/11 R$ 0,5700% 12,98 11,45 2.301,45
dez/11 R$ 0,5100% 11,74 11,57 2.324,75
jan/12 R$ 0,5100% 11,86 11,68 2.348,29
fev/12 R$ 0,3900% 9,16 11,79 2.369,24
mar/12 R$ 0,1800% 4,26 11,87 2.385,37
abr/12 R$ 0,6400% 15,27 12,00 2.412,64
mai/12 R$ 0,5500% 13,27 12,13 2.438,04
jun/12 R$ 0,2600% 6,34 12,22 2.456,60
jul/12 R$ 0,4300% 10,56 12,34 2.479,50
ago/12 R$ 0,4500% 11,16 12,45 2.503,11
set/12 R$ 0,6300% 15,77 12,59 2.531,47
out/12 R$ 0,7100% 17,97 12,75 2.562,19
nov/12 R$ 0,5400% 13,84 12,88 2.588,91
dez/12 R$ 0,7400% 19,16 13,04 2.621,11
jan/13 R$ 0,9200% 24,11 13,23 2.658,45
fev/13 R$ 0,5200% 13,82 13,36 2.685,63
mar/13 R$ 0,6000% 16,11 13,51 2.715,26
abr/13 R$ 0,5900% 16,02 13,66 2.744,93
mai/13 R$ 0,3500% 9,61 13,77 2.768,31
jun/13 R$ 0,2800% 7,75 13,88 2.789,95
jul/13 R$ -0,1300% (3,63) 13,93 2.800,25
ago/13 R$ 0,1600% 4,48 14,02 2.818,75
set/13 R$ 0,2700% 7,61 14,13 2.840,50
out/13 R$ 0,6100% 17,33 14,29 2.872,11
nov/13 R$ 0,5400% 15,51 14,44 2.902,06
dez/13 R$ 0,7200% 20,89 14,61 2.937,57
jan/14 R$ 0,6300% 18,51 14,78 2.970,86
fev/14 R$ 0,6400% 19,01 14,95 3.004,82
mar/14 R$ 0,8200% 24,64 15,15 3.044,61
abr/14 R$ 0,7800% 23,75 15,34 3.083,70
mai/14 R$ 0,6000% 18,50 15,51 3.117,71
jun/14 R$ 0,2600% 8,11 15,63 3.141,44
jul/14 R$ 0,1300% 4,08 15,73 3.161,26
ago/14 R$ 0,0000% - 15,81 3.177,06
TOTAL ATUALIZADO 3.177,06
,
fls. 116

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 117

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 118

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 119

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 120

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 121

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 122

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 123

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 124

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 125

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 126

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 127

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 128

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 129

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 130

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 131

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 132

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 133

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 134

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 135

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 136

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 137

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 138

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 139

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 140

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 141

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 142

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 143

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 144

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 145

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 146

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 147

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 148

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 149

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 150

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 151

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 152

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 153

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 154

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 155

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 156

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 157

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 158

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 159

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 160

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
fls. 161

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 162
Superior Tribunal de Justiça
RECURSO ESPECIAL Nº 1.370.899 - SP (2013/0053551-7)

RELATOR : MINISTRO SIDNEI BENETI


RECORRENTE : BANCO DO BRASIL S/A

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
ADVOGADOS : PAULO ROBERTO JOAQUIM DOS REIS E OUTRO(S)
ÂNGELO AURÉLIO GONÇALVES PARIZ E OUTRO(S)
RECORRIDO : JOAQUIM DINIZ CORREA NETTO
ADVOGADO : CARLOS ADROALDO RAMOS COVIZZI E OUTRO(S)
INTERES. : INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO CONSUMIDOR
IDEC - "AMICUS CURIAE"
ADVOGADO : ANDREA LAZZARINI SALAZAR
ADVOGADOS : MARIANA FERREIRA ALVES
FLÁVIO SIQUEIRA JÚNIOR E OUTRO(S)

EMENTA

AÇÃO CIVIL PÚBLICA – CADERNETA DE POUPANÇA –


PLANOS ECONÔMICOS – EXECUÇÃO – JUROS
MORATÓRIOS A PARTIR DA DATA DA CITAÇÃO PARA
A AÇÃO COLETIVA – VALIDADE – PRETENSÃO A
CONTAGEM DESDE A DATA DE CADA CITAÇÃO PARA
CADA EXECUÇÃO INDIVIDUAL – RECURSO ESPECIAL
IMPROVIDO.
1.- Admite-se, no sistema de julgamento de Recursos Repetitivos
(CPC, art. 543-C, e Resolução STJ 08/98), a definição de tese
uniforme, para casos idênticos, da mesma natureza,
estabelecendo as mesmas consequências jurídicas, como ocorre
relativamente à data de início da fluência de juros moratórios
incidentes sobre indenização por perdas em Cadernetas de
Poupança, em decorrência de Planos Econômicos.
2.- A sentença de procedência da Ação Civil Pública de natureza
condenatória, condenando o estabelecimento bancário
depositário de Cadernetas de Poupança a indenizar perdas
decorrentes de Planos Econômicos, estabelece os limites da
obrigação, cujo cumprimento, relativamente a cada um dos
titulares individuais das contas bancárias, visa tão-somente a
adequar a condenação a idênticas situações jurídicas específicas,
não interferindo, portando, na data de início da incidência de
juros moratórios, que correm a partir da data da citação para a
Ação Civil Pública.
3.- Dispositivos legais que visam à facilitação da defesa de
direitos individuais homogêneos, propiciada pelos instrumentos
A informação disponível não será considerada para fins de contagem de prazos Página 1 de 3
recursais
(Ato nº 135 - Art. 6º e Ato nº 172 - Art. 5º)
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 163
Superior Tribunal de Justiça
de tutela coletiva, inclusive assegurando a execução individual
de condenação em Ação Coletiva, não podem ser interpretados
em prejuízo da realização material desses direitos e, ainda, em
detrimento da própria finalidade da Ação Coletiva, que é

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
prescindir do ajuizamento individual, e contra a confiança na
efetividade da Ação Civil Pública, O que levaria ao incentivo à
opção pelo ajuizamento individual e pela judicialização
multitudinária, que é de rigor evitar.
3.- Para fins de julgamento de Recurso Representativo de
Controvérsia (CPC, art. 543-C, com a redação dada pela Lei
11.418, de 19.12.2006), declara-se consolidada a tese seguinte:
“Os juros de mora incidem a partir da citação do devedor na fase
de conhecimento da Ação Civil Pública, quando esta se fundar
em responsabilidade contratual, se que haja configuração da
mora em momento anterior.”
4.- Recurso Especial improvido.

ACÓRDÃO
Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima
indicadas, acordam os Ministros da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça,
por maioria, rejeitar a questão de ordem quanto à devolução do feito para julgamento
na Segunda Seção. No mérito, também por maioria, conhecer do recurso especial e
negar-lhe provimento, nos termos do voto do Sr. Ministro Relator.Quanto à questão de
ordem, os Srs. Ministros Ari Pargendler, Gilson Dipp, Nancy Andrighi, Laurita Vaz,
Arnaldo Esteves Lima, Humberto Martins, Herman Benjamin, Sidnei Beneti, Og
Fernandes e Raul Araújo votaram pela sua rejeição. Vencidos a Sra. Ministra Maria
Thereza de Assis Moura e os Srs. Ministros Napoleão Nunes Maia Filho e Luis Felipe
Salomão.

Quanto ao mérito, os Srs. Ministros Og Fernandes, Ari Pargendler,


Nancy Andrighi, Arnaldo Esteves Lima, Humberto Martins e Herman Benjamin
votaram com o Sr. Ministro Relator. Vencidos os Srs. Ministros Raul Araújo, Gilson
Dipp, Laurita Vaz, Maria Thereza de Assis Moura, Napoleão Nunes Maia Filho e Luis
Felipe Salomão.
A informação disponível não será considerada para fins de contagem de prazos Página 2 de 3
recursais
(Ato nº 135 - Art. 6º e Ato nº 172 - Art. 5º)
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 164
Superior Tribunal de Justiça
Não participou do julgamento o Sr. Ministro Francisco Falcão.

Impedido o Sr. Ministro João Otávio de Noronha.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Ausentes, justificadamente, o Sr. Ministro Jorge Mussi.

Convocados os Srs. Ministros Luis Felipe Salomão e Raul Araújo.


Sustentaram oralmente, com divisão de tempo, o Dr. Jorge Elias Nehme, pelo
recorrente, e o Dr. Erasto Villa-Verde de Carvalho Filho, pelo Banco Central do
Brasil. Sustentou oralmente, pelo recorrido, o Dr. Walter José Faiad de Moura.

Brasília, 21 de maio de 2014(Data do Julgamento)

Ministro FELIX FISCHER


Presidente

Ministro SIDNEI BENETI


Relator

A informação disponível não será considerada para fins de contagem de prazos Página 3 de 3
recursais
(Ato nº 135 - Art. 6º e Ato nº 172 - Art. 5º)
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 165
Superior Tribunal de Justiça

CERTIDÃO DE JULGAMENTO
SEGUNDA SEÇÃO

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
Número Registro: 2013/0199129-0 PROCESSO ELETRÔNICO REsp 1.391.198 / RS

Números Origem: 16798998 70051489573 70052502093 70053537429 70054682679 783694720138217000

PAUTA: 11/06/2014 JULGADO: 13/08/2014

Relator
Exmo. Sr. Ministro LUIS FELIPE SALOMÃO

Ministros Impedidos
Exmo. Srs. Ministros : JOÃO OTÁVIO DE NORONHA
RICARDO VILLAS BÔAS CUEVA

Presidente da Sessão
Exmo. Sr. Ministro RAUL ARAÚJO
Subprocurador-Geral da República
Exmo. Sr. Dr. PEDRO HENRIQUE TÁVORA NIESS
Secretária
Bela. ANA ELISA DE ALMEIDA KIRJNER

AUTUAÇÃO
RECORRENTE : BANCO DO BRASIL S/A
ADVOGADO : CRISTIANO KINCHESCKI E OUTRO(S)
RECORRIDO : LAÍDE JOSÉ ROSSATO - ESPÓLIO
REPR. POR : CLEONICE INES ROSSATO CEMBRANEL E OUTROS
ADVOGADO : ANA CLÁUDIA BUSANELLO E OUTRO(S)
ADVOGADA : ANGÉLICA VON BOROWSKY
INTERES. : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO - "AMICUS CURIAE"
ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO
INTERES. : INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO CONSUMIDOR IDEC - "AMICUS
CURIAE"
ADVOGADO : ANDREA LAZZARINI SALAZAR E OUTRO(S)
ADVOGADA : MARIANA FERREIRA ALVES
INTERES. : FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BANCOS FEBRABAN - "AMICUS CURIAE"
ADVOGADO : GUSTAVO CÉSAR DE SOUZA MOURÃO E OUTRO(S)

ASSUNTO: DIREITO DO CONSUMIDOR - Contratos de Consumo - Bancários - Expurgos Inflacionários


/ Planos Econômicos

CERTIDÃO
Certifico que a egrégia SEGUNDA SEÇÃO, ao apreciar o processo em epígrafe na sessão
realizada nesta data, proferiu a seguinte decisão:
Prosseguindo o julgamento, após afirmação de impedimento pelo Sr. Ministro João
A informação disponível não será considerada para fins de contagem de prazos recursais Página 1 de 2
(Ato nº 135 - Art. 6º e Ato nº 172 - Art. 5º)
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 09/10/2014 às 10:24 , sob o número 08980509520148060001.
fls. 166
Superior Tribunal de Justiça
Otávio de Noronha, que cancelou seu pedido de vista nos autos, a Seção retomou o julgamento e,
por unanimidade, no caso concreto, negou provimento ao recurso especial, nos termos do voto do
Sr. Ministro Relator.
Para os efeitos do artigo 543-C, do Código de Processo Civil, foram definidas as

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15279C3.
seguintes teses: a) a sentença proferida pelo Juízo da 12ª Vara Cível da Circunscrição Especial
Judiciária de Brasília/DF, na ação civil coletiva nº 1998.01.1.016798-9, que condenou o Banco do
Brasil ao pagamento de diferenças decorrentes de expurgos inflacionários sobre cadernetas de
poupança ocorridos em janeiro de 1989 (Plano Verão), é aplicável, por força da coisa julgada,
indistintamente a todos os detentores de caderneta de poupança do Banco do Brasil,
independentemente de sua residência ou domicílio no Distrito Federal, reconhecendo-se ao
beneficiário o direito de ajuizar o cumprimento individual da sentença coletiva no Juízo de seu
domicílio ou no Distrito Federal. b) os poupadores ou seus sucessores detêm legitimidade ativa -
também por força da coisa julgada -, independentemente de fazerem parte ou não dos quadros
associativos do IDEC, de ajuizarem o cumprimento individual da sentença coletiva proferida na
ação civil pública nº 1998.01.1.016798-9 pelo Juízo da 12ª Vara Cível da Circunscrição Especial
Judiciária de Brasília/DF.
Os Srs. Ministros Paulo de Tarso Sanseverino, Maria Isabel Gallotti, Antonio Carlos
Ferreira, Marco Buzzi e Sidnei Beneti votaram com o Sr. Ministro Relator.
Impedidos os Srs. Ministros Ricardo Villas Bôas Cueva e João Otávio de Noronha.
Ausente, justificadamente, a Sra. Ministra Nancy Andrighi.
Presidiu o julgamento o Sr. Ministro Raul Araújo.

A informação disponível não será considerada para fins de contagem de prazos recursais Página 2 de 2
(Ato nº 135 - Art. 6º e Ato nº 172 - Art. 5º)
fls. 167

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO CEARÁ


Comarca de Fortaleza
23ª Vara Cível
Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhaes nº 220, Água Fria - CEP 60811-690, Fone: (85) 3492 8416,
Fortaleza-CE - E-mail: for23cv@tjce.jus.br

DESPACHO

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 15385DD.
Processo nº: 0898050-95.2014.8.06.0001
Apensos:
Classe: Procedimento Ordinário
Assunto: Liquidação / Cumprimento / Execução
Requerente Maria Neuma Guedes e outros
Requerido Banco do Brasil S/A

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por JOSE BARRETO DE CARVALHO FILHO, liberado nos autos em 13/10/2014 às 13:56 .
Recebidos hoje;

Intime-se o(a) executado(a) para, no prazo de quinze (15) dias, pagar o


quantum objeto desta execução, sob pena de incidência de multa no importe de 10%, a teor do
artigo 475-J, do CPC.

Transcorrido o prazo acima sem pagamento, proceda-se à penhora e avaliação


de bens passíveis de execução, com concomitante lavratura do auto, intimando-se a parte
executada na pessoa de seu advogado (artigo 236 e 237) ou, na falta deste, o seu
representante legal, ou pessoalmente, por mandado ou pelo correio, a fim de que ofereça
impugnação, querendo, no prazo de quinze (15) dias, nos ternos do parágrafo 1º, do artigo 475-
J, do CPC.

Em caso de pronto pagamento, fixo os honorários advocatícios em 10%.

Expedientes necessários.

Fortaleza, 13 de outubro de 2014.

Jose Barreto de Carvalho Filho


Juiz de Direito
Assinado Por Certificação Digital1

1 De acordo com o Art. 1o da lei 11.419/2006: "O uso de meio eletrônico na tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e
transmissão de peças processuais será admitido nos termos desta Lei.
•˜ 2o Para o disposto nesta Lei, considera-se:
III - assinatura eletrônica as seguintes formas de identificação inequívoca do signatário:
a) assinatura digital baseada em certificado digital emitido por Autoridade Certificadora credenciada, na forma de lei específica;
Art. 11. Os documentos produzidos eletronicamente e juntados aos processos eletrônicos com garantia da origem e de seu signatário, na
forma estabelecida nesta Lei, serão considerados originais para todos os efeitos legais.
Para aferir a autenticidade do documento e das respectivas assinaturas digitais acessar o site http://esaj.tjce.jus.br. Em seguida
selecionar a opção CONFERÊNCIA DE DOCUMENTO DIGITAL e depois Conferência de Documento Digital do 1º grau.
Abrir a tela, colocar o nº do processo e o código do documento.
fls. 168

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO CEARÁ


Comarca de Fortaleza
31ª Vara Cível
Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhaes, nº 220, Edson Querioz - CEP 60811-690, Fone:
(85)3492-8211, Fortaleza-CE - E-mail: 0@0.com.br

ATO ORDINATÓRIO

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 1738115.
Processo nº: 0898050-95.2014.8.06.0001
Classe: Procedimento Ordinário
Assunto: Liquidação / Cumprimento / Execução e Expurgos
Inflacionários / Planos Econômicos
Requerente: Maria Neuma Guedes e outros
Requerido: Banco do Brasil S/A

Conforme disposição expressa na Portaria nº 542/2014, emanada da Diretoria

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por ANA PAULA REGO LOPES, liberado nos autos em 04/02/2015 às 16:56 .
do Fórum Clóvis Beviláqua, cumpra-se o despacho de fl. 167.

Fortaleza/CE, 04 de fevereiro de 2015.

Ana Paula Rego Lopes


Técnico Judiciário
Assinado Por Certificação Digital1

1 De acordo com o Art. 1o da lei 11.419/2006: "O uso de meio eletrônico na tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e
transmissão de peças processuais será admitido nos termos desta Lei.
•˜ 2o Para o disposto nesta Lei, considera-se:
III - assinatura eletrônica as seguintes formas de identificação inequívoca do signatário:
a) assinatura digital baseada em certificado digital emitido por Autoridade Certificadora credenciada, na forma de lei específica;
Art. 11. Os documentos produzidos eletronicamente e juntados aos processos eletrônicos com garantia da origem e de seu signatário, na
forma estabelecida nesta Lei, serão considerados originais para todos os efeitos legais.
Para aferir a autenticidade do documento e das respectivas assinaturas digitais acessar o site http://esaj.tjce.jus.br. Em seguida
selecionar a opção CONFERÊNCIA DE DOCUMENTO DIGITAL e depois Conferência de Documento Digital do 1º grau.
Abrir a tela, colocar o nº do processo e o código do documento.
fls. 169

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO CEARÁ


Comarca de Fortaleza
31ª Vara Cível
Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhaes, nº 220, Edson Querioz - CEP 60811-690, Fone:
(85)3492-8211, Fortaleza-CE - E-mail: 0@0.com.br

MANDADO DE INTIMAÇÃO

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 1768D9A.
Processo nº: 0898050-95.2014.8.06.0001
Apensos:
Classe: Procedimento Ordinário
Assunto: Liquidação / Cumprimento / Execução e Expurgos
Inflacionários / Planos Econômicos
Requerente: Maria Neuma Guedes e outros
Requerido: Banco do Brasil S/A

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por EPITACIO QUEZADO CRUZ JUNIOR, liberado nos autos em 12/02/2015 às 16:26 .
Oficial de Justiça:
Mandado nº:
Endereço: Santos Dumont, 2828, 5º Andar, Aldeota - CEP 60150-161,
Fortaleza-CE

O(A) MM. Juiz(a) de Direito do(a) 31ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza,
Dr(a). Epitacio Quezado Cruz Junior, na forma da lei, MANDA a qualquer Oficial de Justiça
de sua jurisdição que, em cumprimento ao presente, expedido nos autos da ação em epígrafe,
proceda à INTIMAÇÃO de Banco do Brasil S/A, nesta urbe, onde for encontrado, dentro
desta Jurisdição, na pessoa de seu representante legal, para, no prazo de 15 (quinze) dias,
efetuar o pagamento do montante de R$ 96.709,45 (noventa e seis mil, setecentos e nove reais
e quarenta e cinco centavos), devidamente corrigido, com os acréscimos dos juros
remuneratórios, moratórios, custas processuais e honorários advocatícios que foram fixados
em 10% (dez por cento) na sentença do processo de cognição, valor este indicado na petição
inicial de fls. 01/22, sob pena deste ser acrescido de multa no percentual de 10% (dez por
cento) e ser expedido, outrossim, mandado de penhora e avaliação, tudo nos termos do art.
475-J, § 1º do mesmo diploma legal. CUMPRA-SE, com inteira observância das prescrições
legais, e nos termos dos arts. 172, § 2, 227 e 228 do C.P.C., devendo ser o mandado
devolvido à Secretaria, cumprido e/ou certificado.

Fortaleza/CE, 12 de fevereiro de 2015.

Epitacio Quezado Cruz Junior


Juiz de Direito
Assinado por certificação digital1

1 De acordo com o Art. 1o da lei 11.419/2006: "O uso de meio eletrônico na tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e
transmissão de peças processuais será admitido nos termos desta Lei.
§ 2o Para o disposto nesta Lei, considera-se:
III - assinatura eletrônica as seguintes formas de identificação inequívoca do signatário:
a) assinatura digital baseada em certificado digital emitido por Autoridade Certificadora credenciada, na forma de lei específica;
Art. 11. Os documentos produzidos eletronicamente e juntados aos processos eletrônicos com garantia da origem e de seu signatário, na
forma estabelecida nesta Lei, serão considerados originais para todos os efeitos legais.
Para aferir a autenticidade do documento e das respectivas assinaturas digitais acessar o site http://esaj.tjce.jus.br. Em seguida
selecionar a opção CONFERÊNCIA DE DOCUMENTO DIGITAL e depois Conferência de Documento Digital do 1º grau.
Abrir a tela, colocar o nº do processo e o código do documento.
fls. 170

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por ANA CAROLINE CABRAL BELLAGUARDA, liberado nos autos em 08/04/2015 às 11:14 .
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 187F473.
fls. 171

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por ANA CAROLINE CABRAL BELLAGUARDA, liberado nos autos em 08/04/2015 às 11:14 .
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 187F473.
fls. 172

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO CEARÁ


Comarca de Fortaleza
31ª Vara Cível
Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhaes, nº 220, Edson Querioz - CEP 60811-690, Fone:
(85)3492-8211, Fortaleza-CE - E-mail: 0@0.com.br

CERTIDÃO DE JUNTADA

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 187F4D9.
Processo nº 0898050-95.2014.8.06.0001
Classe: Procedimento Ordinário
Assunto: Liquidação / Cumprimento / Execução e Expurgos
Inflacionários / Planos Econômicos
Requerente Maria Neuma Guedes e outros
Requerido Banco do Brasil S/A

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por ANA CAROLINE CABRAL BELLAGUARDA, liberado nos autos em 08/04/2015 às 11:16 .
CERTIFICO que a Certidão do Oficial de Justiça referente às folhas 170/171
foi juntada nos autos digitais nesta data.

Fortaleza/CE, 08 de abril de 2015.

ANA CAROLINE CABRAL BELLAGUARDA


Técnico Judiciário
Assinado por certificação digital1

1 De acordo com o Art. 1o da lei 11.419/2006: "O uso de meio eletrônico na tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e
transmissão de peças processuais será admitido nos termos desta Lei.
•˜ 2o Para o disposto nesta Lei, considera-se:
III - assinatura eletrônica as seguintes formas de identificação inequívoca do signatário:
a) assinatura digital baseada em certificado digital emitido por Autoridade Certificadora credenciada, na forma de lei específica;
Art. 11. Os documentos produzidos eletronicamente e juntados aos processos eletrônicos com garantia da origem e de seu signatário, na
forma estabelecida nesta Lei, serão considerados originais para todos os efeitos legais.
Para aferir a autenticidade do documento e das respectivas assinaturas digitais acessar o site http://esaj.tjce.jus.br. Em seguida
selecionar a opção CONFERÊNCIA DE DOCUMENTO DIGITAL e depois Conferência de Documento Digital do 1º grau.
Abrir a tela, colocar o nº do processo e o código do documento.
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 23/04/2015 às 15:11 , sob o número WEB115101410470
fls. 173

PJ399753

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18D1D92.
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA31ª
VARACIVEL DA COMARCA DE FORTALEZA– ESTADO DO CEARÁ.

BANCO DO BRASIL S/A., sociedade de


economia mista, inscrito no CNPJ/MF sob nº 00.000.000/0001-91, com sede
no Setor Bancário Sul, Quadra 4, Bloco c, Lote 32, Edifício Sede III, Brasília –
DF, por seus advogados, instrumento em anexo, com endereço profissional
em Curitiba-PR, na Rua David Carneiro, 270, onde recebem notificações e
intimações, respeitosamente vem à presença de Vossa Excelência, nos
autosCUMPRIMENTO DE SENTENÇAsob nº0898050-95.2014.8.06.0001,
em que contende comMARIA NEUMA GUEDESpor seus advogados,
respeitosamente vem à presença de Vossa Excelência, se manifestar para,
ao final, requerer.

1. O Requerido vem aduzir que foi citado para garantir


o juízo no prazo de 15 dias, motivo pelo qual informa que pretende impugnar
o presente cumprimento de sentença, também no prazo de 15 dias sucessivo,
direito com fulcro no artigo 475-J, § 1º, do Código de Processo Civil.

2. Destarte, requer-se a Vossa Excelência:

- A juntada do comprovante de depósito no valor deR$


96.709,45 (noventa e seis mil, setecentos e nove reais e quarenta e cinco
centavos)como garantia do juízo.

RUA DAVID CARNEIRO, 270 - CEP80530–070 – CURITIBA–PR BRASIL FONE 55 41 3028–4022 – FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51–CJ. 101 - CEP86010–070- LONDRINA-PR - BRASIL FONE /FAX 55 43 3323–4022
FILIAL: RUAJOÃO BAUER, 440 – CEP 88301-500 – CENTRO – ITAJAÍ–SC - BRASIL - FONE/FAX 55 47 346–3004

www.pereiragionedis.com.br
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 23/04/2015 às 15:11 , sob o número WEB115101410470
fls. 174

- Seja deferido o prazo de 15 dias para apresentar

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18D1D92.
impugnação, contados do efetivo depósito do valor acima, que se deu em
20/04/2015.

3.Em derradeiro, requer seja determinado a esta


Escrivania que proceda às anotações necessárias junto ao sistema
processual e à capa dos autos, a fim de que as publicações e
intimações relativas ao presente feito e destinadas ao Requerido sejam
realizadas exclusivamente em nome de Louise Rainer Pereira
Gionédis OAB/CE 28184/A e Melissa AbramoviciPilotto, OAB/CE
28185A,sob pena de nulidade.

Termos em que,
Pede deferimento.
De Curitiba, 22 de Abril de 2015.

Louise Rainer Pereira Gionédis


OAB/CE 28184/A

Maria Amélia CassianaMastrorosa Vianna


OAB/PR 27.109

RUA DAVID CARNEIRO, 270 - CEP80530–070 – CURITIBA–PR BRASIL FONE 55 41 3028–4022 – FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51–CJ. 101 - CEP86010–070- LONDRINA-PR - BRASIL FONE /FAX 55 43 3323–4022
FILIAL: RUAJOÃO BAUER, 440 – CEP 88301-500 – CENTRO – ITAJAÍ–SC - BRASIL - FONE/FAX 55 47 346–3004

www.pereiragionedis.com.br
fls. 175

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 23/04/2015 às 15:11 , sob o número WEB115101410470 .
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18D1D93.
fls. 176

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 23/04/2015 às 15:11 , sob o número WEB115101410470 .
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18D1D93.
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 23/04/2015 às 15:11 , sob o número WEB115101410470
fls. 177

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18D1D93.
S U B S T AB E L E C I M E N T O

MARIA AMÉLIA CASSIANA MASTROROSA


VIANNA, brasileira, advogada, inscrita na OAB/PR sob nº 27.109,
profissional pertencente ao escritório PEREIRA GIONÉDIS -
ADVOCACIA, pessoa jurídica de direito privado, inscrito no CNPJ sob
nº 81.908.543/0001-03, com sede na Rua David Carneiro, 270, onde
recebe intimações, substabelece, com reservas, a MELISSA
ABRAMOVICI PILOTTO OAB/CE 28185A, LARISSA DE ALENCAR
OAB/CE 20.256, MARCOS MACEDO, OAB/CE 15096 e NATHÁLIA
RORIZ SAMPAIO OAB/CE 21.983 os poderes que me foram
conferidos por BANCO DO BRASIL S.A., na conformidade com o
instrumento de mandato, sendo vedado ao substabelecido, no
entanto, receber notificações e intimações, devendo as mesmas
serem enviadas e/ou publicadas em nome de Louise Rainer
Pereira Gionédis, OAB/CE 28184.

Curitiba, 24 outubro de 2014.

Maria Amélia Cassiana Mastrorosa Vianna


OAB/PR 27.109

R U A D A V I D C A R N E I R O, 270 - CEP 8 0 5 3 0 – 0 7 0 – C U R I T I B A – P R - B R A S I L - F O N E 55 41 3028 – 4022 – F A X 55 41 3028 - 3434/3435


FILIAL: A L A M E D A M I G U E L B L A S I, 51 – CJ. 101 - CEP 8 6 0 1 0 – 0 7 0 - L O N D R I N A - P R - B R A S I L - F O N E / F A X 55 43 33 23 – 4022
FILIAL: R U A J O Ã O B A U E R, 440 – CEP 8 8 3 0 1 - 5 0 0 – C E N T R O – I T A J A Í – S C - B R A S I L - F O N E / F A X 55 47 346 – 3004
www.pereiragi onedis.c om. br
https://juridico.intranet.bb.com.br/paj/paginas/negocio/deposito/compr...

.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 23/04/2015 às 15:11 , sob o número WEB115101410470
fls. 178
DJO - Depósito Judicial Ouro

N° da conta judicial
600121994211
Depósito via DJO Data do depósito Agência(pref/dv) Tipo de justiça
Aplicação Efetuada 20/04/2015 8-6 JUSTICA ESTADUAL
Data da guia Nº da guia Processo n° Tribunal
17/04/2015 01 08980509520148060001 TRIBUNAL DE JUSTICA

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18D1D94.
Comarca Órgão/Vara Depositante Valor do depósito - R$
FORTALEZA 30 VARA CIVEL BANCO DO BRASIL SA R$ 96.709,45
Reclamado Tipo de pessoa CPF/CNPJ
BANCO DO BRASIL SA Jurídica 00.000.000/0001-91
Reclamante Tipo de pessoa CPF/CNPJ
MARIA NEUMA GUEDES Fisica 195.036.953-68
Autenticação Eletrônica: BB PAJ 8 20/04/2015 96.709,45 - 5.3AC.441.3EE.6B9.CDA
Data/Hora da impressão 22/04/2015 04:04

1 de 1 22/04/2015 16:30
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 179

PJ399753

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA31ª
VARACIVEL DA COMARCA DE FORTALEZA – ESTADO DO CEARÁ.

BANCO DO BRASIL S/A, sociedade de


economia mista, inscrita no CNPJ/MF sob nº 00.000.000/0001-91, com
sede no Setor Bancário Sul, Quadra 4, Bloco c, Lote 32, Edifício Sede
III, Brasília – DF, por seus advogados, instrumento de mandato anexo,
com endereço profissional em Curitiba-PR, na Rua David Carneiro,
270, onde recebem intimações, respeitosamente vem à presença de
Vossa Excelência, nos autos de CUMPRIMENTO DE SENTENÇA sob
nº 0898050-95.2014.8.06.0001,proposta porMARIA NEUMA GUEDES,
oferecer IMPUGNAÇÃO À EXECUÇÃO, com fundamento no parágrafo
1º, do artigo 475-J e inciso I, do artigo 475-L, ambos do Código de
Processo Civil, e demais dispositivos legais aplicáveis à espécie, pelos
motivos de fato e direito a seguir aduzidos

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
1
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 180

DOS FATOS

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
1. Propôs o Impugnado o Cumprimento de
Sentença consubstanciado na decisão proferida na Ação Civil Pública
sob n° 16.798-9/98, proposta pelo IDEC – Instituto Brasileiro de Defesa
do Consumidor, a qual condenou o ora Impugnante ao pagamento das
diferenças de percentual do rendimento da Caderneta de Poupança,
referentes ao Plano Verão.

1.1.Entretanto, não é possível subsistir o presente


Cumprimento da Sentença nos moldes como pretendido pelos
Impugnados, ante as questões preliminares e de mérito ora suscitadas.

1.2. Desta forma, realizado depósito em garantia


e aberto o prazo para oferecimento de Impugnação, vem o ora
Impugnante demonstrar que a presente Execução de Sentença
proposta pelos Impugnados não têm condições de prosseguir,
conforme será comprovado ao longo da presente peça.

- PRELIMINARES DE MÉRITO -´

DA GARANTIA DO JUÍZO

1.3.Primeiramente, ressalta-se que no caso em


apreço, foi realizado o depósito do valor total da dívida aduzido pelos
Impugnados, somando a quantia de R$ 96.709,45 (noventa e seis mil,
setecentos e nove reais e quarenta e cinco centavos), em 20/04/2015,
estando o Juízo integralmente garantido em tempo hábil.

DO SOBRESTAMENTO DO FEITO

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
2
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 181

2.As liquidações e execuções individuais da

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
sentença coletiva que condenou o ora Impugnante ao pagamento dos
expurgos inflacionários do Plano Verão devem ser sobrestadas, uma
vez que estão sujeitas aos efeitos da decisão que vier a ser prolatada
pelo Supremo Tribunal Federal, por ocasião do julgamento do Recurso
Extraordinário nº 626.307.

2.1Com efeito, conforme a Primeira Turma já teve


oportunidade de decidir, por unanimidade,tais execuções individuais
fundamentadas nas sentenças coletivas carecem de definitividade, logo
estão sujeitas à repercussão geral das questões constitucionais
controvertidas — critérios de atualização dos depósitos de cadernetas
de poupança em razão dos Planos Bresser e Verão.

2.2Veja-se:

“EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO RECURSO


EXTRAORDINÁRIO. CONTRADIÇÃO.INEXISTÊNCIA.
CORRETA APLICAÇÃO DE PRECEDENTE. PRETENSÃO
DE REJULGAMENTO DA CAUSA. CARÁTER
INFRINGENTE. FUNGIBILIDADE. CONVERSÃO
EMAGRAVO REGIMENTAL. DECISÃO DE REMESSA À
ORIGEM POR APLICAÇÃO DA REPERCUSSÃO GERAL.
IRRECORRIBILIDADE. DESPROVIMENTO. (...) 2. A
sentença condenatória prolatada em ação coletiva é
sempre genérica (artigo 95 do CDC), dependendo de
prévia habilitação e liquidação pelos interessados
individuais antes de iniciar a execução ou cumprimento
definitivo da condenação. 3. O presente feito encontra-
se em fase de habilitação individual dos exequentes e a
consequente liquidação da sentença da ação civil
pública, logo, não se pode falar em execução definitiva,
e, por essa razão, corretamente aplicada a repercussão

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
3
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 182

geral da controvérsia sobre os critérios de atualização

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
dos depósitos de caderneta de poupança em razão da
implementação de planos de estabilização econômica
que será submetida à apreciação do Pleno desta Corte,
nos autos do AI n. 722.834, da Relatoria da E. Min. Dias
Toffoli, DJe de 30.04.10, substituído pelo RE n. 626.307,
referente aos Planos Bresser e Verão; do RE n. 591.797,
da Relatoria do E. Ministro Dias Toffoli, referente ao
Plano Collor I; e do AI n. 754.745, da Relatoria do E. Min.
Gilmar Mendes, referente ao Plano Collor II. 4. O
Plenário do Supremo Tribunal Federal, ao apreciar as
questões de ordem nos autos do AI n. 715.410, Relatora
a Ministra Ellen Gracie e do RE n. 540.410, Relator o
Ministro Cezar Peluso, Dje de 05.09.2008, decidiu que
esse ato judicial previsto no artigo 543-B, § 3º, do CPC,
constitui mero procedimento, sem cunho decisório,
contra o qual não cabe recurso. 5. Agravo regimental
desprovido.” (Embargos de Declaração no Recurso
Extraordinário n.º 677.156/SP – Primeira Turma do STF –
Rel. Min. Luiz Fux – DJe 19/02/2013)

2.3Como visto, as sentenças coletivas são


genéricas por força de expressa disposição do art. 95 da Lei n.º
8.078/1990, sendo o seu cumprimento necessariamente precedido por
uma fase de liquidação, conforme dispõe o art. 97 da mesma lei,
dotada de cognição exauriente e contraditório amplo sobre o objeto da
condenação.

2.4Por essas razões, entendeu o STF no


precedente acima indicado que não há como se concluir que uma
execução ou cumprimento lastreados em uma sentença genérica, que
não individualiza os beneficiados nem tampouco o quantum debeatur,
tenha contornos definitivos, pois a titularidade do direito e o valor
pretendido são essenciais à instauração do procedimento executivo.
MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
4
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 183

2.5Assim, só se pode compreender que a decisão

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
proferida pelo Min. Dias Toffoli no RecursoExtraordinário n. 626.307/SP
excluiu do campo de sua incidência somente os feitos que estiverem na
fase executiva definitiva, não sendo este o caso das execuções
individuais lastreadas na sentença coletiva proferida em favor do IDEC.

2.6Conforme restou esclarecido no voto proferido


pelo Min. Luiz Fux no precedente ora colacionado (Embargos de
Declaração no Recurso Extraordinário n. 677.156/SP), “se
consideradefinitivo o procedimento quando se verifica a ausência de
interposição de embargos à execuçãoou de recurso sobre a decisão de
improcedência destes, ou mesmo de efeito recursalsuspensivo”.

2.7Pelo exposto,é imperativo que se determine a


suspensão da execução individual lastreada em sentença civil pública
que determinou o pagamento dos expurgos do Plano Verão, pois não
hátrânsito em julgado da impugnação ao cumprimento de sentença.

2.8. Conforme se depreende pelas decisões


abaixo transcritas, o SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL, após ouvir a
Procuradoria Geral da República, acolheu pedido formulado pelo
Banco do Brasile pelo Banco Itaú, recorrentes nos RE 626307 e
591797, respectivamente.

2.9. Insta esclarecer que, nos referidos recursos


foi reconhecida, pelo Pleno da Suprema Corte, a repercussão geral
da questão constitucional discutida – e determinou a suspensão
dos processos em que se discute a matéria neles versada: o direito
dos poupadores às diferenças de correção monetária decorrentes dos
expurgos inflacionários impostos pelos planos econômicos Bresser,

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
5
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 184

Verão e Collor I, bem como determinou a suspensão das ações de

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
cumprimento de sentença que versem sobre o IDEC, ajuizadas por
poupadores não residentes no Distrito Federal ou não associados ao
IDEC, senão vejamos:

“DECISÃO: Vistos. O Plenário do Supremo Tribunal


Federal, em sessão realizada por meio eletrônico,
concluiu, no exame deste processo, de minha relatoria,
haver repercussão geral da matéria constitucional
suscitada, que diz respeito ao direito adquirido e ao ato
jurídico perfeito em face dos expurgos inflacionários
supostamente ocorridos nos Planos Econômicos
Bresser e Verão. ANTE O EXPOSTO, DETERMINO A INCIDÊNCIA
DO ARTIGO 238, RISTF, AOS PROCESSOS QUE TENHAM POR
OBJETO DA LIDE A DISCUSSÃO SOBRE OS EXPURGOS

INFLACIONÁRIOS ADVINDOS, EM TESE, DOS PLANOS


ECONÔMICOS BRESSER E VERÃO, EM CURSO EM TODO O PAÍS,
EM GRAU DE RECURSO, INDEPENDENTEMENTE DE JUÍZO OU

TRIBUNAL, ATÉ JULGAMENTO FINAL DA CONTROVÉRSIA PELO

STF. NÃO É OBSTADA A PROPOSITURA DE NOVAS AÇÕES, NEM A


TRAMITAÇÃO DAS QUE FOREM DISTRIBUÍDAS OU DAS QUE SE

ENCONTREM EM FASE INSTRUTÓRIA. NÃO SE APLICA ESTA


DECISÃO AOS PROCESSOS EM FASE DE EXECUÇÃO DEFINITIVA E

ÀS TRANSAÇÕES EFETUADAS OU QUE VIEREM A SER

CONCLUÍDAS. PUBLIQUE-SE”. RE 626307 - RECURSO


EXTRAORDINÁRIOOrigem: SP São Paulo – Ministro
Relator: MIN. DIAS TOFFOLI

2.10. Ainda nesse sentido:

“DECISÃO: Vistos. O Plenário do Supremo Tribunal


Federal, em sessão realizada por meio eletrônico,
concluiu, no exame deste processo, de minha relatoria,
haver repercussão geral da matéria constitucional

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
6
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 185

suscitada, que diz respeito ao direito adquirido e ao ato

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
jurídico perfeito em face dos expurgos inflacionários
supostamente ocorridos no Plano Econômico Collor I,
no que se refere aos valores não bloqueados. Ante o
exposto, determino a incidência do artigo 238, RISTF,
aos processos que tenham por objeto da lide a
discussão sobre os expurgos inflacionários advindos,
em tese, do Plano Collor I, especificamente em relação
aos critérios de correção monetária introduzidos pelas
legislações que editaram o Plano Collor I, de março de
1990 a fevereiro de 1991, aplicando-se a legislação
vigente no momento do fim do trintídio (concernente
aos valores não bloqueados), em trâmite em todo o
País, em grau de recurso, até julgamento final da
controvérsia pelo STF. Não é obstada a propositura de
novas ações, a distribuição ou a realização de atos da
fase instrutória. Não se aplica esta decisão aos
processos em fase de execução definitiva e às
transações efetuadas ou que vierem a ser concluídas.
Publique-se”. RE 591797 - Recurso Extraordinário -
Origem: SP São Paulo – Ministro Relator: MIN. DIAS
TOFFOLI

2.11. Outrossim, o Superior Tribunal de Justiça,


através de decisão abaixo, também determinou a suspensão dos
processos, in verbis:

"Tendo em vista os questionamentos e, inclusive,


solicitações de esclarecimentos surgidos com relação
ao alcance da decisão que, nos termos do disposto no
art. 543-C do Código de Processo Civil, afetou o
presente Recurso Especial para julgamento pela
Segunda Seção deste Tribunal e determinou a
suspensão dos recursos que versem sobre o termo
inicial para incidência dos juros moratórios nas

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
7
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 186

sentenças genéricas proferidas em ação civil pública, a

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
exemplo do decidido nos Recursos Especiais
1060.210/SC, Rel. Min. LUIZ FUX e 1.251.331/RS, Rel Min.
MARIA ISABEL GALLOTTI, cumpre esclarecer que:
a) a suspensão abrange todos os processos que se
encontrem em fase de liquidação ou de cumprimento de
sentença, nos quais a questão relativa ao termo inicial
dos juros de mora tenha surgido e ainda não tenha
recebido solução definitiva;
b) não há óbice para o processamento de novos
pedidos de liquidação ou cumprimento de sentença, ou
para eventuais homologações de acordo;
c) a suspensão terminará com o julgamento do presente
recurso repetitivo.
Pelo exposto, determina-se o aditamento da
comunicação expedida nos termos supra:
a) ao E. Presidente do Tribunal de origem; b) aos E.
Presidentes dos demais Tribunais de Justiça e
Tribunais Regionais Federais. Intimem-se. Brasília, 14
de novembro de 2013.RE 1370899 - Recurso Especial -
Origem: SP São Paulo - Ministro Relator: MIN. SIDNEI
BENETI"

2.12.Por todo o exposto, mister se faz reconhecer


que o caso vertente deve ser sobrestado, posto que se refere ao objeto
da repercussão geral acima citada.

DA ILEGITIMIDADE ATIVA
LIMITAÇÃO SUBJETIVA DA SENTENÇA COLETIVA

3. A recente decisão do Supremo Tribunal


esclarece que a sentença coletiva beneficia apenas os poupadores que
eram associados do instituto à época do ajuizamento da ação, e que

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
8
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 187

autorizaram tal propositura, nos termos do artigo 5º, XXI, da

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
Constituição Federal, e do artigo 2ª-A, da Lei 9.494/97.

3.1.Nesse sentido, a análise da limitação subjetiva


da sentença coletiva deve levar em conta os seguintes aspectos: i) o
limite constitucional da legitimidade das entidades associativas,
previsto no artigo 5º, inciso XXI, da Constituição Federal; ii) a limitação
prevista no artigo 2º-A, da Lei sob n.º 9.494/1997; e iii) o princípio da
segurança jurídica, contemplado pela primeira parte do artigo 189 do
Código Civil, que prevê a prescrição.

3.2.No tocante ao limite constitucional da


legitimidade das entidades associativas, previsto no artigo 5º, inciso
XXI, da Constituição Federal, observa-se que o IDEC propôs Ação Civil
Pública em face do Banco Nossa Caixa S.A. visando resguardar os
direitos de seusassociados, com fundamento na Lei sob n.º 7.347/1985
(Lei da Ação Civil Pública) e,subsidiariamente, na Lei sob n.º
8.078/1990 (Código de Defesa do Consumidor). Porém, embora
osfundamentos para a ação proposta estejam dispostos em legislação
ordinária é inegável que aexegese do tema deve partir dos limites
previstos no texto da Constituição Federal.

3.3.A Constituição Federal estabelece no inciso


XXI do seu artigo 5º, que “as entidadesassociativas, quando
expressamente autorizadas, têm legitimidade para representar seus
filiados judicial ou extrajudicialmente”. Portanto, a Constituição Federal
condiciona a legitimidade dasassociações para representar seus
filiados (judicial ou extrajudicialmente) a uma autorizaçãoexpressa.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
9
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 188

3.4. Como a organização de pessoas em torno de

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
entidades associativas tem como princípio norteador a comunhão de
interesses (que podem decorrer da natureza das pessoas, grupo
profissional, interesses religiosos, dentre outros), é essencial que a
atuação dessas entidades esteja condicionada aos interesses do
grupo. Para tanto, devem atuar em conformidade aosobjetivos que
nortearam a sua criação e em defesa de indivíduos que a elas se
associaram de modo livre e expresso. Assim, a fim de que sejam
resguardados os direitos fundamentais dos indivíduos associados, a
Constituição Federal vincula a atuação das associações à defesa dos
seus associados, os quais devem autorizar expressamente a sua
substituição ou representação pela associação.

3.5. Essa limitação da representatividade das


associações implica, por cognição lógica, afastar a legitimação das
associações para substituir ou representar judicial ou
extrajudicialmente terceiros a ela não associados. Por isso, não se
pode considerar juridicamente possível que, ao ajuizar a Ação Civil
Pública de origem, ainda que em legitimação extraordinária, o instituto
estivesse substituindo indivíduos que não fossem a ele associados.
Nesse sentido, ensina Teori Albino Zavascki:

“Se a legitimação é para “representar seus filiados”, um


limite de atuação fica desde logo patenteado: o objeto
material da demanda deve ficar circunscrito aos direitos
e interesses desses filiados. Um outro limite é imposto
pelo interesse de agir da instituição legitimada:
suaatuação deve guardar relação com seus fins
institucionais. Às associações culturais cabe
tutelardireitos de seus filiados relacionados à cultura (e
não a outros, estranhos ao âmbito associativo);às
associações esportivas e recreativas, os interesses

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
10
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 189

relacionados com esporte e recreação; às associações

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
de defesa do consumidor, os direitos decorrentes de
relações de consumo; às entidades profissionais, os
direitos dos seus filiados ligados ao exercício da sua
profissão. Quem se filia a associação destinada a pesca
submarina não o faz imaginando que a entidade vá
tutelar seus direitos relacionados às questões fiscais,
ou suas relações condominiais ou de vizinhança”.

3.6. Cabe esclarecer que a legitimidade ativa para


a propositura da Ação Civil Pública está prevista no artigo 5º da Lei sob
n.º 7.347/1985, a qual fixa como legitimados o Ministério Público, a
Defensoria Pública, os entes da Federação, as pessoas jurídicas de
direito público e as associações. Porém, por ter natureza jurídica
diversa dos demais associados, a legitimidade das associações, como
é o caso do instituto, está condicionada ao preenchimento de requisitos
específicos que devem ser observados concomitantemente: estarem
constituídas há pelo menos 1 (um) ano, nos termos da lei civil, e terem
entre suas finalidades institucionais a proteção ao meio ambiente, ao
consumidor, à ordem econômica, à livre concorrência ou ao patrimônio
artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico.

3.7.Ao condicionar a legitimação das associações


ao preenchimento dos requisitos transcritos,o legislador buscou
preservar tão somente os interesses dos associados, e, por isso, difere
da legitimação conferida aos demais legitimados, pois as associações
somente atuam na defesa de interesses específicos, ligados a sua
missão e aos seus objetivos e visando à defesa dos direitos dos seus
associados. A necessidade de vinculação da Ação Civil Pública ao
objeto da associação pretende evitar que uma associação constituída
para a defesa do meio ambiente promova, por exemplo, Ação Civil

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
11
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 190

Pública para defender direitos do consumidor. Por esse motivo, a

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
sentença proferida em Ação Civil Pública proposta por associação
somente beneficia os seus associados à data da propositura da ação,
que passam a ser os únicos legitimados à execução da sentença.

3.8. Diante disso, há necessidade de que


obeneficiário/impugnado comprove sua condição de associado, bem
como de ter conferidoautorização específica, pessoal ou assemblear,
para a propositura da ação coletiva, mencionandoexpressamente o
disposto no artigo 5º, XXI, da Constituição Federal.

3.9.Ad argumentandum, vale registrar que a


preocupação do legislador constituinte em limitar a atuação das
associações foi tão evidente que, ao dispor sobre a legitimidade para
impetração demandado de segurança coletivo, o artigo 5º, LXX, ―b, da
Constituição Federal, repisou a limitaçãoda legitimidade das
associações à defesa apenas dos seus associados.

3.10.Nesse sentido, foi editada a Lei sob nº


12.016/09, que estabeleceu essa legitimidade dasassociações à defesa
apenas dos seus associados (art. 21), e dispôs expressamente que
asentença fará coisa julgada limitadamente aos membros do grupo ou
categoria substituídos peloimpetrante (art. 22).

3.11.De qualquer modo, portanto, a interpretação


da legitimidade das entidades associativas, como é o caso do IDEC,
baseada no artigo 5º da Lei sob n.º 7.347/1985, deve se dar em
conformidadecom a limitação prevista no artigo 5º, XXI, da Constituição
Federal. Por conseguinte, asentença coletiva proferida na Ação Civil

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
12
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 191

Pública ajuizada pelo IDEC somente poderá beneficiar ospoupadores

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
que, à época da propositura da ação, eram associados àquele Instituto.

3.12.Além da previsão no texto constitucional


acerca da limitação da legitimidade das associações, o artigo 2º-A, da
Lei sob n.º 9.494/1997 veio corroborar a limitação subjetiva
dasentença proferida em Ação Civil Pública proposta por entidade
associativa, ao dispor que asentença proferida em ação coletiva
abrange apenas os substituídos. Nesse sentido:

“Art. 2º-A. A sentença civil prolatada em ação de caráter


coletivo proposta por entidade associativa, na defesa
dos interesses e direitos dos seus associados,
abrangerá apenas os substituídos que tenham, na data
da propositura da ação, domicílio no âmbito da
competência territorial do órgão prolator. Parágrafo
único. Nas ações coletivas propostas contra a União, os
Estados, o Distrito Federal, os Municípios e suas
autarquias e fundações, a petição inicial deverá
obrigatoriamente estar instruída com a ata da
assembléia da entidade associativa que a autorizou,
acompanhada da relação nominal dos seus associados
e indicação dos respectivos endereços”.

3.13.O entendimento apresentado e,


principalmente, a interpretação sistemática do disposto no art. 2º-A da
Lei sob n.º 9.494/1997, revela que o legislador ordinário preocupou-se
em reforçar os limites do exercício da legitimidade ativa das
associações, conforme estatuído pelo artigo 5º, XXI, da Constituição
Federal, e condicionou-os à representação dos associados que
autorizaram a associação a promover a ação e, assim, lutar por seus
direitos.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
13
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 192

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
3.14.Note-se que não houve inovação no
ordenamento jurídico com a introdução do artigo 2º-Ada Lei sob n.º
9.494/1997, uma vez que a limitação da atuação das associações já
vinha prevista no artigo 5º, XXI, do texto constitucional.

3.15. Vale observar que interpretando o próprio


artigo 5º da Lei sob n.º 7.347/1985, em conformidade com a limitação
prevista no artigo 5º, XXI, da Constituição Federal, é de se concluir que
a limitação subjetiva da sentença proferida em Ação Civil Pública
proposta por entidade associativa foi somente ratificada com a edição
do artigo 2º-A da Lei sob n.º 9.494/1997, sem que, contudo, tenha
implicado inovação no ordenamento jurídico.

3.16.Nesse sentido, a ampliação subjetiva da


sentença aos não associados do instituto afronta o princípio da
segurança jurídica, por não observar a primeira parte do artigo 189
doCódigo Civil, o qual dispõe que “violado o direito, nasce para o titular
a pretensão, a qual seextingue, pela prescrição (...)”. Isso porque, caso
se permita que poupadores não associados aoIDEC promovam a
execução da sentença, será desconsiderado que tais indivíduos
deixaramtranscorrer, inertes, o prazo prescricional de 20 (vinte) anos
previsto no Código Civil de 1916 paraa propositura da ação individual e
viola, por conseguinte, a segurança jurídica consubstanciada
naprescrição favorável ao Banco do Brasil.

3.17. Ademais, o artigo 104 da Lei sob n.º


8.078/1990, ao tratar da coisa julgada, outra decorrência do princípio
da segurança jurídica – dispõe que os autores de ações individuais não
poderão sebeneficiar das sentenças proferidas em ações coletivas,

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
14
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 193

relativas a direitos individuaishomogêneos, se não suspenderem as

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
ações individuais em 30 (trinta) dias, a partir da ciência doajuizamento
da coletiva. Ora, se por disposição legal, quem não permanece inerte
não poderá sebeneficiar da sentença proferida em ação coletiva, a não
ser que suspenda o curso da ação quepromove, não seria equânime
que quem permaneceu por mais de 20 (vinte) anos inerte, venhaagora
a beneficiar-se da sentença, associando-se ou não ao instituto.

3.18.Sob qualquer ângulo, portanto, não se


vislumbra a admissão pelo ordenamento jurídico vigente da extensão
dos efeitos da sentença proferida na Ação Civil Pública ajuizada pelo
IDECaos poupadores não associados à época da propositura da ação.

DA INCOMPETÊNCIA DESTE D. JUÍZO PARA PROCESSAR E


JULGARO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA PROPOSTO, HAJA
VISTA O FORO ONDE FOI PROFERIDA A SENTENÇA EXECUTADA

4. Primeiramente, relembre-se que a presente


execução baseia-se em sentença proferida nos autos deAção Civil
Pública sob nº 16.798-9/98,proposta pelo IDEC, no Distrito Federal.

4.1. Desta forma, estamos diante da limitação


territorial da eficácia erga omnes da sentença, a qual se
circunscreve aos limites da jurisdição do Tribunal competente para
julgar o recurso ordinário da sentença prolatada.

4.2. Neste sentido, é o entendimento do ilustre


doutrinador HELY LOPES MEIRELLES in Mandado de Segurança,
Ação Popular, Ação Civil Pública (...), 26ª edição, atualizada por

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
15
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 194

Arnoldo Wald e Gilmar Ferreira Mendes, Malheiros Editores, 2004, in

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
verbis:

"Atendendo aos reclamos dos tribunais e da doutrina,


aos quais nos referíamos nas edições anteriores da
presente obra e numa tentativa de aperfeiçoamento da
legislação vigente, a Lei n. 9.494⁄97, de 10.9.1997,
alterou a redação do art. 16 da Lei 7.347⁄85,
esclarecendo no seu art. 2º que "a sentença civil fará
coisa julgada erga omnes, nos limites da competência
territorial do órgão prolator (...)". Assim, buscou-se
afastar a tentativa de atribuição de efeitos nacionais a
decisões meramente locais. Como já assinalado, o STF,
em 16.4.97, rejeitou o pedido de liminar feito na ADIn n.
1.576 contra o mencionado artigo, que constava da
Medida Provisória n. 1.570⁄97" (pg. 240⁄241) (grifo
nosso)

4.3. Com efeito,é fato indiscutível que a sentença


executada pelosImpugnados foi prolatada na vigência da nova redação
do artigo 16, da Lei sob n° 7.347/85 (Lei que disciplina a ação Civil
Pública), que submete o comando a produzir seus efeitos
exclusivamente nos limites territoriais do Distrito Federal (DF), in verbis:

“Art. 16. A sentença civil fará coisa julgada erga omnes,


nos limites da competência territorial do órgão prolator,
exceto se o pedido for julgado improcedente por
insuficiência de provas, hipótese em que qualquer
legitimado poderá intentar outra ação com idêntico
fundamento, valendo-se de nova prova.”

4.4. Frise-se que o STF – Supremo Tribunal


Federal – ao apreciar pedido cautelar na ADIN 1576, afirmou a

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
16
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 195

constitucionalidade do artigo 16, da Lei que disciplina a Ação Civil

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
Pública, com a redação da Lei sob nº 9.494/97.

4.5. Desse modo, inexiste título judicial porque a


coisa julgada tem validade e eficácia limitada à jurisdição do Tribunal
prolator da sentença e abrange somente as contas poupanças abertas
no Distrito Federal,beneficiando estritamente aos consumidores com
domicílio na jurisdição do Tribunal prolator da sentença.

4.6. Desse modo, em sendo os Impugnados


residentes na urbe de Fortaleza e titular de conta poupança mantida no
Estado do Ceará, não faz jus os mesmos aos termos da sentença
proferida perante a Comarca do Distrito Federal, quanto menos pode
intentar a execução de tal sentença perante esse D. Juízo de
Fortaleza/CE.

4.7. Com efeito, a regra geral estabelece a


competência dos Tribunais e dos Juízos, restrita para a execução dos
seus próprios julgados, nos termos do artigo 575, do Código de
Processo Civil, senão vejamos:

“Art. 575. A execução, fundada em título judicial,


processar-se-á perante:
II - o juízo que decidiu a causa no primeiro grau de
jurisdição;”

4.8. Essa regra também é aplicável às Ações


Coletivas, conforme o entendimento já externado pelo Superior
Tribunal de Justiça, no julgamento da questão envolvendo o próprio
IDEC.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
17
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 196

4.9. Nesse passo, diga-se que a competência

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
para o ingresso das referidas execuções foi decidida pelo Superior
Tribunal de Justiça no Agravo de Instrumento sob nº 807.037/SP, o
qual foi convertido em Recurso Especial e, no mérito, provido para
prevalecer o Juízo da condenação como o foro competente para as
execuções.

4.10. Convém registrar ainda, que sobreveio


Agravo Regimental do IDEC, o qual teve seu provimento negado, nos
seguintes termos:

"CIVIL E PROCESSUAL. AGRAVO REGIMENTAL. AÇÃO


CIVIL PÚBLICA. EXECUÇÃO COLETIVA. ACÓRDÃO JÁ
PROFERIDO. TRANSITADO EM JULGADO.
COMPETÊNCIA. JUÍZO DA DECISÃO DE MÉRITO.
AGRAVO REGIMENTAL IMPROVIDO." (AgRg no Agravo de
Instrumento Nº 807.037 – SP)

4.11. Destarte, até o momento, as execuções


devem ser ajuizadas em Brasília-DF, porquanto o Recurso
Extraordinário interposto pelo IDEC contra aquela decisão, não tem
efeito suspensivo e os Agravos interpostos foram improvidos, estando
às decisões pendentes de publicação.

4.12. Convém frisar que o Tribunal de Justiça do


Distrito Federal também já pacificou a questão afeta à abrangência das
decisões proferidas na Ação Civil promovida pelo IDEC, conforme
diversos precedentes:

“AÇÃO CIVIL PÚBLICA. SENTENÇA. LIMITAÇÃO


SUBJETIVA. JURISDIÇÃO. CUMPRIMENTO. EXIGÊNCIA.
LEGITIMIDADE. CONSUMIDORES. DOMICÍLIO. JUÍZO

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
18
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 197

PROLATOR DA SENTENÇA EXEQUENDA.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
A teor do disposto no art. 16 da Lei n. 7.347/85, alterado
pela Lei n. 9.494/97, a sentença prolatada nas ações
civis públicas promovidas em defesa de interesses
individuais e homogêneos de consumidores tem
eficácia erga omnes, mas apenas em relação àqueles
que são domiciliados no território onde o órgão prolator
exerce sua jurisdição e, por conseguinte, somente estes
têm legitimidade para exigir o cumprimento do decisum.
Precedentes do STF e do STJ.”
(20090111869197APC, Relator NATANAEL CAETANO, 1ª
Turma Cível, julgado em 06/10/2010, DJ 26/10/2010 p. 98)

4.13. Entendeu o Tribunal de Justiça do Distrito


Federal que, quando a Ação Civil Pública foi distribuída (em abril/1998),
a Lei que a disciplina, já tinha sofrido alteração para explicitar, em seu
artigo 16, que a sentença civil faz coisa julgada erga omnes nos
limites da competência territorial do órgão prolator, exceto se o
pedido for julgado improcedente por insuficiência de provas.

4.14. Destaque-se que tal entendimento está de


acordo com a jurisprudência do STJ – Superior Tribunal de Justiça –
que afirma que a sentença em Ação Civil Pública fará coisa julgada
erga omnes nos limites da competência do órgão prolator da decisão,
conforme artigo 16, da Lei sob n° 7347/85, com a redação dada pela
Lei sob n° 9494/97.

4.15. Nesse sentido, os seguintes precedentes:

“PROCESSUAL CIVIL. ADMINISTRATIVO. EMBARGOS


DE DIVERGÊNCIA. PRESSUPOSTOS DE
ADMISSIBILIDADE. DISSÍDIO NOTÓRIO. AÇÃO CIVIL
PÚBLICA. CADERNETA DE POUPANÇA. RELAÇÃO DE

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
19
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 198

CONSUMO. CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
CORREÇÃO MONETÁRIA. JANEIRO⁄89. COISA
JULGADA. LIMITES. DISSENSO JURISPRUDENCIAL
SUPERADO. SÚMULA 168⁄STJ.1.A sentença na ação
civil pública faz coisa julgada erga omnes nos limites da
competência territorial do órgão prolator, nos termos do
art. 16 da Lei n. 7.347⁄85, com a novel redação dada pela
Lei 9.494⁄97. Precedentes do STJ: EREsp 293407⁄SP,
CORTE ESPECIAL, DJ 01.08.2006;REsp 838.978⁄MG,
PRIMEIRA TURMA, DJ 14.12.2006 e REsp 422.671⁄RS,
PRIMEIRA TURMA, DJ 30.11.2006.2. In casu, embora a
notoriedade do dissídio enseje o conhecimento dos
embargos de divergência, a consonância entre o
entendimento externado no acórdão embargado e a
hodierna jurisprudência do STJ, notadamente da Corte
Especial, conduz à inarredável incidência da Súmula
168, do Superior Tribunal de Justiça,verbis: "Não cabem
embargos de divergência, quando a jurisprudência do
Tribunal se firmou no mesmo sentido do acórdão
embargado." 3. Agravo regimental desprovido, mantida
a inadmissibilidade dos embargos de divergência, com
supedâneo na Súmula 168⁄STJ. (AgRg no ERESP
253.589/SP, Corte Especial, DJ de 01.07.08)

“EMBARGOS DE DIVERGÊNCIA. AUSÊNCIA DE


DISSENSO ENTRE OS ARESTOSCONFRONTADOS.
AÇÃO CIVIL PÚBLICA. SENTENÇA. EFEITOS ERGA
OMNES.ABRANGÊNCIA RESTRITA AOS LIMITES DA
COMPETÊNCIA TERRITORIAL DO ÓRGÃO
PROLATOR.1. Não há falar em dissídio jurisprudencial
quando os arestos em confronto, na questão em foco,
decidem na mesma linha de entendimento.
2. Nos termos do art. 16 da Lei n. 7.347/85, alterado pela
Lei n. 9.494/97, a sentença civil fará coisa julgada erga
omnes nos limites da competência territorial do órgão
prolator.3. Embargos de divergência não-

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
20
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 199

conhecidos.”(ERESP 293.407/SP, Corte Especial, DJ de

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
01.06.08)

4.16. Portanto, é fato já decidido pelo Superior


Tribunal de Justiça que, o Juízo para processar as execuções da
sentença proferida na Ação Civil Pública proposta pelo IDEC, é o de
Brasília-DF, a qual, inclusive, apenas pode beneficiar aqueles
domiciliados em tal Comarca.

4.17. Sendo assim, os efeitos da Ação proposta


pelo IDEC devem ficar limitados ao Distrito Federal-DF, não podendo o
Impugnado se valer de tal sentença para ajuizar Execução na Comarca
de Fortaleza/CE.

4.18. Desse modo, imperioso se faz a


procedênciada presente, a fim de que seja declinada a competência
deste D. Juízo para a Justiça Estadual de Brasília-DF.

DO PROCEDIMENTO PARA LIQUIDAÇÃO E CUMPRIMENTO DE


SENTENÇA

5. O Impugnado propôs a presente demanda,


objetivando o cumprimento de sentença de ação civil pública ilíquida e
genérica. Tal procedimento, sem haver a fase de liquidação da
mesmaé uma supressão desta fase processual e consequente
ofensa ao Princípio do Devido Processo legal.

5.1. Ademais, à luz do dispositivo do Código de


Processo Civil abaixo, mister salientar que não se trata de mero cálculo
aritmético, posto que, em qualquer eventual cálculo a ser elaborado,

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
21
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 200

será necessário computar dois tipos de juros (remuneratórios e

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
moratórios), índices de correção monetária a serem utilizados e os já
utilizados à época pelo Requerido, conversão da moeda, entre outros
critérios, vejamos:

"Art. 475-A. Quando a sentença não determinar o valor


devido, procede-se à sua liquidação. (Incluído pela Lei
nº 11.232, de 2005)

§ 1o Do requerimento de liquidação de sentença será a


parte intimada, na pessoa de seu advogado."

5.2.Outrossim, a título de argumentação, não há


de se falar em fase executória ainda, se não houve a liquidação do
valor da condenação, in verbis:

"Art. 475-J. Caso o devedor, condenado ao pagamento


de quantia certa ou já fixada em liquidação, não o efetue
no prazo de quinze dias, o montante da condenação
será acrescido de multa no percentual de dez por cento
e, a requerimento do credor e observado o disposto no
art. 614, inciso II, desta Lei, expedir-se-á mandado de
penhora e avaliação."

5.3. Salienta-se que é cediço na doutrina e na


jurisprudência que devedor é aquele constituído em mora para pagar
quantia líquida e certa a um credor. Então, pergunta-se: a sentença
que se executa delimitou tais contornos (credor específico, mora,
quantia líquida e certa) ou ainda é necessário a sua liquidação?
Evidente que, antes de se executar sob as penas do artigo 475-J, do
Código de Processo Civil, é necessário se chegar ao valor devido.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
22
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 201

5.4. No que tange ao procedimento a ser adotado

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
pelos poupadores, mister se faz a prévia citação do Impugnante para a
liquidação de sentença, a qual deve ser feita nos termos do artigo 475-
E do Código de Processo Civil. Isso porque a sentença proferida em
ação coletiva não ostenta, por si só, eficácia executiva, haja vista a
necessidade de prévia liquidação, consoante disposto no artigo 97
doCódigo de Defesa do Consumidor, sendo que essa liquidação, em
hipótese alguma, pode sedar por simples cálculos aritméticos.

5.5.Com efeito, dispõe o artigo 97 do Código de


Defesa do Consumidor que a sentençaproferida na ação civil pública
apresenta condenação genéricae apenas fixa aresponsabilidade do réu
pelos danos causados.Ensina Teori Albino Zavascki que:

“Sentença genéricaé a que faz juízoapenas parcialdos


elementos da relação jurídica posta na demanda, e não
sobre todos eles, razão pela qual, em princípio, é sentença
sem força executiva própria. (...) ”. – grifos nossos.

5.6.Prossegue o doutrinador expondo que, na


ação coletiva, a sentença será,necessariamente, genérica e que:

“(...) Omissis
Ela fará juízo apenas sobre o núcleo de homogeneidade
dos direitos afirmados na inicial, ou seja, apenas sobre três
dos cinco principais elementos da relação jurídica que
envolve os direitos subjetivos objeto da controvérsia: o
andebeatur(= a existência da obrigação do devedor) e o
quid debeatur(= a natureza da prestação devida). Tudo o
mais (o cuiddebeatur= quem é o titular do direito e o
quantum debeatur= qual é a prestação a que
especificamente faz jus) é tema a ser enfrentado e decidido

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
23
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 202

por outra sentença, proferida em outra ação, a ação de

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
cumprimento” – grifos nossos.

5.7.Posto isso, na espécie, como versa a


controversa da questão sobre as liquidações e cumprimentos de
sentençaproferida em ação coletiva, os poupadores deverão
comprovar que são titulares do direito alegado (cuiddebeatur), bem
como demonstrar quais os valores devidos (quantumdebeatur) pelo
Impugnante e, após o exercício pleno do contraditório pelo réu, caberá
ao Juízoproferir sentença tornando líquida a obrigação desta instituição
financeira.

5.8.Como na sentença proferida na ação coletiva


não há a identificação de cada poupador, nem tampouco do valor
devido, resta clara a necessidade de ser provado esse fato novo.
Sendo assim,necessariamente, a liquidação de sentença deverá ser
feitapor artigos, nos termos do artigo 475-E do Código de
Processo Civil, e não porsimples cálculos aritméticos, como
dispõe o artigo 475-B do CPC.Nesse sentido, Teori Albino Zavascki
assevera que:

“ (...) Havendo a necessidade de alegar e provar fato novo,


como prevê o art. 475-E do CPC, a liquidação da sentença
genérica proferida na ação coletiva é típica liquidação
por artigos. Fato novo, na definição de Amílcar de Castro,
é ‘o fato que não haja sido discutido e apreciado no
juízo de conhecimento e deva servir de base à
liquidação’ (...) o fato novo, na liquidação da sentença
genérica da ação coletiva, é o que resulta da margem de
heterogeneidade dos direitos subjetivos: a definição da
sua titularidade e da sua exigibilidade pelo demandante

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
24
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 203

da liquidação, bem como o montante a ele

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
particularmente devido.” – destaques nossos.

5.9. Somente após a definição da titularidade do


direito, da sua exigibilidade e do valor devido é que poderá ser iniciado
o cumprimento de sentença, mediante a intimação daImpugnante para
o pagamento da quantia que vier a ser fixada na fase de
liquidação.Impende registrar que não se pretende, na liquidação de
sentença, discutir se oíndice relativo ao mês de janeiro de 1989 (Plano
Verão) é devido ou não pelo Impugnante, pois setrata de questão
homogênea já decidida no âmbito da ação coletiva manejada pelo
IDEC.Contudo, a questão heterogênea a ser decidida em sede de
liquidação é a definiçãoda titularidade e da sua exigibilidade pelo
demandante, bem como do montante a elesupostamente devido.

5.10.Frise-se, por ora, não existe nenhuma


sentença que tenha reconhecido aoImpugnado o direito às diferenças
previstas na sentença proferida na ação coletiva (titularidade),
tampouco há qualquer decisão que tenha declarado o valor líquido a
ele supostamente devido, sendo medida de rigor que se proceda à
liquidação por artigos para esse desiderato.Até o momento, o que se
tem é uma sentença proferida em ação coletiva quereconheceu o
direito individual homogêneo dos expurgos inflacionários do mês de
janeiro de1989 (Plano Verão), a qual, contudo, não individualizou os
destinatários e os valores devidos.

5.11.Visto que demonstrada, de forma


irretorquível, a necessidade de liquidação porartigos da sentença, deve
ser aplicado, por analogia, o disposto no artigo 475-N, parágrafoúnico,

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
25
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 204

do Código de Processo Civil, de modo que se torna necessária a

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
citação do réu paraessa nova relação processual.

- DO MÉRITO -

DO MÉRITO
DA ATUALIZAÇÃO DO VALOR DA CAUSA

6. A impugnado, realizou os cálculos pois,


comumente, o autor não apresentou cálculo condizente com as reais
regras, auferindo valores absurdos e muito superiores aos que, se
devido, fossem.

6.1. Portanto, caso este d. juízo permita a


execução de uma decisão modificada pelo Tribunal ad quem, deveria
ser nos exatos termos da sentença. Assim o valor seria o apurado em
liquidação ou por cálculos elaborados por perito contábil devidamente
habilitado e com treinamento para realizar este tipo de cálculo que se
difere, em muito, dos cálculos normamlmente realizados em uma
condenação comum.

DO EXCESSO DE EXECUÇÃO

7.Caso a questão da atualização do valor da


causa, seja superado, o que se admite apenas como suposição,
destaca-se que o cálculo realizado pela impugnada é abusivo e esta
equivocado.

7.1. Primeiramente, os cálculos referentes aos


expurgos inflacionários não são tão fáceis de serem realizados como

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
26
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 205

os de uma condenação normal, devem ser realizados através de

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
contadores devidamente habilitados para tanto.

7.2. Conforme se depreende dos autos, os


Impugnados requerem o cumprimento do valor supostamente devido,
concluindo que o Impugnante, é devedor do montante R$ 96.709,45
(noventa e seis mil, setecentos e nove reais e quarenta e cinco centavos),
valor este objeto do depósito em garantia.

7.3. Ocorre que os cálculos apresentados pelo


exequente não foram feitos conforme se determina e, ocorre a
execução de valor excessivo sendo que, mantida, só levará à uma
realidade, o enriquecimento ilícito da autora e seus procuradores.

7.4. Destarte, verifica-se o excesso, isto


considerando atualização conforme as decisões que fundamentaram o
pedido o valor supostamente devido pelo Impugnante seria de R$
484,86 (quatrocentos e oitenta e quatro reais e oitenta e seis
centavos) havendo assim nítido excesso no valor de R$ 96.224,59
(noventa e seis mil, duzentos e vinte e quatro reais e cinquenta e
nove centavos).

7.1. Ainda, os cálculos referentes aos expurgos


inflacionários não são tão fáceis de serem realizados como os de uma
condenação normal, devem ser realizados através de contadores
devidamente habilitados para tanto.

7.3. Oportuno salientar que, caso seja mantida o


cumprimento de sentença no valor em que se encontra, certamente
haverá o enriquecimento ilícito do autor.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
27
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 206

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
7.4. Destarte, verifica-se o excesso, isto
considerando atualização conforme as decisões que fundamentaram o
pedido.

7.6. Assim, não há que se falar no


prosseguimento da presente execução, com o valor executado, haja
vista que caracterizado o excesso no caso dos autos. Diante disso,
nota-se a evidente intenção da Impugnada de se locupletarem às
custas do Impugnante.

7.7. Assim, ante a irregularidade dos cálculos


apresentados pelo Impugnado, bem como o comprovado excesso de
execução, necessário se faz o provimento da presente Impugnação.

DO TERMO INICIAL DE INCIDÊNCIA DOS JUROS DE MORA

8. Nos cálculos do Impugnado há o cômputo dos


juros de mora de forma incorreta, tendo em vista que a incidência de
seu termo inicial deve ser da citação no presente cumprimento de
sentença e não da citação na ação civil pública.

8.1. Este é o entendimento do E. Superior


Tribunal de Justiça (AgRg no REsp 1.348.512-DF, 4ª Turma, Rel. Min.
Luis Felipe Salomão, julgado em 18/12/2012, publicado no DJe em
01/02/2013), in verbis:

"AÇÃOCIVILPÚBLICA.AGRAVOREGIMENTALNORECUR
SOESPECIAL.POUPANÇA.EXPURGOS.INDENIZAÇÃOP

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
28
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 207

ORLESÃOADIREITOSINDIVIDUAISHOMOGÊNEOS.EXEC

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
UÇÃOINDIVIDUAL.JUROSMORATÓRIOS.MORAEXPERS
ONA.TERMOINICIAL.CITAÇÃONAFASEDELIQUIDAÇÃO
DESENTENÇA.AGRAVOREGIMENTALNÃOPROVIDO.
1.Asaçõescivispúblicas,emsintoniacom o
dispostonoartigo6º,VIII,doCódigodeDefesadoConsumid
or,aopropiciarafacilitaçãoatuteladosdireitosindividuaish
omogêneosdosconsumidores,viabilizamotimizaçãodapr
estaçãojurisdicional,abrangendotodaumacoletividadeati
ngidaemseusdireitos,dadaaeficáciavinculantedassuasse
ntenças.
2.Asentençadeprocedêncianaaçãocoletivatendoporcaus
a de
pedirdanosreferentesadireitosindividuaishomogêneos,n
osmoldesdodispostonoartigo95doCódigodeDefesadoCo
nsumidor,será,emregra,genérica,demodoquedependede
supervenienteliquidação,nãoapenasparaapuraçãodoqua
ntumdebeatur,mastambémparaaferiratitularidadedocréd
ito,porissodenominadapeladoutrina"liquidaçãoimprópri
a".
3.Comefeito,nãomereceacolhidaairresignação,pois,nost
ermosdoartigo219doCódigodeProcessoCivile397doCódi
goCivil,nahipótese,amoraverifica-
secomacitaçãododevedor,realizadanafasedeliquidaçãod
e
sentença,enãoapartirdesuacitaçãonaaçãocivilpública.
4.Agravoregimentalaquesenegaprovimento.

8.2. Ainda:

"AÇAO CIVIL PÚBLICA. AGRAVO REGIMENTAL NO


RECURSO ESPECIAL. POUPANÇA. EXPURGOS.
INDENIZAÇÃO POR LESAO A DIREITOS INDIVIDUAIS
HOMOGÊNEOS. EXECUÇAO INDIVIDUAL. JUROS
MORATÓRIOS. MORA EX PERSONA . TERMO INICIAL.
CITAÇÃO NA FASE DE LIQUIDAÇÃO DE SENTENÇA.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
29
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 208

AGRAVO REGIMENTAL NAO PROVIDO. 1. As ações civis

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
públicas, em sintonia com o disposto no artigo 6º, VIII, do
Código de Defesa do Consumidor, ao propiciar a facilitação
a tutela dos direitos individuais homogêneos dos
consumidores, viabilizam otimização da prestação
jurisdicional, abrangendo toda uma coletividade atingida em
seus direitos, dada a eficácia vinculante das suas
sentenças. 2. A sentença de procedência na ação coletiva
tendo por causa de pedir danos referentes a direitos
individuais homogêneos, nos moldes do disposto no artigo
95 do Código de Defesa do Consumidor, será, em regra,
genérica, de modo que depende de superveniente
liquidação, não apenas para apuração do quantum
debeatur, mas também para aferir a titularidade do crédito,
por isso denominada pela doutrina "liquidação imprópria". 3.
Com efeito, não merece acolhida a irresignação, pois, nos
termos do artigo 219 do Código de Processo Civil e 397 do
CódigoCivil, na hipótese, a mora verifica-se com a citação
do devedor, realizada na fase de liquidação de sentença, e
não a partir de sua citação na ação civil pública. 4. Agravo
regimental a que se nega provimento." (AgRg no Resp nº
1.348.512 – DF, Rel. Min. Luis Felipe Salomão, j.
18.12.2012, DJE 4.2.2013)."

8.3. Nesse mesmo sentido, posicionou-se o


Superior Tribunal de Justiça, em decisão veiculada no Informativo de
Jurisprudência n. 513, de 6 de março de 2013, in verbis:

"DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL. EXECUÇÃO


INDIVIDUAL DE SENTENÇA COLETIVA. TERMO INICIAL
DE JUROS DE MORA. Reconhecida a procedência do
pedido em ação civil pública destinada a reparar lesão a
direitos individuais homogêneos, os juros de mora somente
são devidos a partir da citação do devedor ocorrida na fase
de liquidação de sentença, e não a partir de sua citação

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
30
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 209

inicial na ação coletiva. De acordo com o art. 95 do CDC, a

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
sentença de procedência na ação coletiva que tenha por
causa de pedir danos referentes a direitos individuais
homogêneos será, em regra, genérica, dependendo de
superveniente liquidação. Essa liquidação serve não apenas
para apuração do valor do débito, mas também para aferir a
titularidade do crédito, razão pela qual é denominada pela
doutrina de "liquidação imprópria". Assim, tratando-se de
obrigação que ainda não é líquida, pois não definidos quem
são os titulares do crédito, é necessária, para a
caracterização da mora, a interpelação do devedor, o que
se dá com a sua citação na fase de liquidação de sentença.
AgRg no REsp 1.348.512-DF, Rel. Min. Luis Felipe
Salomão, julgado em 18/12/2012." (STJ, Informativo de
jurisprudência n. 0513, Período: 6 de março de 2013.
Disponível em <http:www.stj.jus.br>).

8.4. Ainda, é este o entendimento da 4ª Turma


Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, nos recentes Acórdãos
dos autos sob n.20130020215414 e 20130020136139, in verbis:

"DIREITO PROCESSUAL CIVIL. CUMPRIMENTO DE


SENTENÇA PROFERIDA EM SEDE DE AÇÃO CIVIL
PÚBLICA. JUROS MORATÓRIOS. AUSÊNCIA DE MORA
ANTES DA INDIVIDUALIZAÇÃO DO CREDOR.
FLUÊNCIA A PARTIR DA CITAÇÃO NA NOVA FASE
PROCESSUAL. RECURSO PROVIDO.I. Dada a
especialidade da liquidação da sentença que, no âmbito
de ação coletiva, contém condenação genérica, não se
pode cogitar de mora do devedor senão a partir do
momento em que é acionado, na etapa executiva, para
pagar o débito. II. A condenação genérica não
individualiza os credores nem estabelece os créditos
correspondentes. Apenas em sede liquidatória, assim
considerada a etapa que antecede o início da fase de

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
31
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 210

cumprimento, são individualizados os credores que se

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
encontram na situação jurídica contemplada no título
judicial. III. Não há como divisar mora quando nem
mesmo a titularidade do crédito encontra-se definida.
Somente quando o devedor é demandado para o
pagamento da dívida identificada quanto ao credor e ao
objeto, ou seja, após a prolação da sentença
condenatória genérica e a fase de preparação para o
cumprimento da sentença, os juros moratórios
encontram terreno livre para fluir. IV. Recurso
conhecido e provido."

8.5. Ainda, este é o recente entendimento


também da 1ª Turma Cível do mesmo Tribunal de Justiça, in verbis:

"Se existente título executivo certo, porém ilíquido e


genérico, pois traduzido em sentença coletiva, não há
como se reputar qualificada a mora do devedor no
momento em que fora citado na ação coletiva, pois
somente se aperfeiçoará, até mesmo por dedução
lógica, no momento da citação na fase do cumprimento
da sentença coletiva, pois somente então restam
delimitadas a obrigação e seu titular e se trata de mora
ex persona, que tem como pressuposto genético a
qualificação formal da resistência do obrigado em
solver a obrigação."
(Acórdão n.741942, 20130020233347AGI, Relator:
TEÓFILO CAETANO, 1ª Turma Cível, Data de
Julgamento: 20/11/2013, Publicado no DJE: 11/12/2013.
Pág.: 70)

8.6. Faz-se necessário reconhecer como devida a


estipulação do termo inicial para a incidência dos juros moratórios a
citação na ação de cumprimento de sentença, posto que a constituição

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
32
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 211

da mora do Impugnante somente pode ser considerada à partir da

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
execução da sentença na qual se fixou o valor da condenação.

8.7. A mora não pode ser aceita desde a citação


na ação de conhecimento proposta pelo IDEC posto que genérica, bem
como, à época não existia irregularidade alguma praticada pelo
Impugnante, a qual somente veio a ser definida pelo cumprimento da
sentença.

8.8. Dessa forma, conclui-se que a fluência dos


juros de mora desde a ação civil pública intentada é inviável, posto que
o valor devido só se configurou a partir da efetiva existência de
condenação líquida, o que somente ocorre com o cumprimento da
sentença.

8.9. Sobre a matéria, merece destaque o


posicionamento adotado pelo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA,
vejamos:

“O valor certo fixado, na sentença exeqüenda, quanto ao


dano moral, tem seu termo a quo para o cômputo dos
consectários (juros e correção monetária), a partir da
prolação do título exeqüendo (sentença) que
estabeleceu aquele valor líquido. Precedente do STJ.”
(STJ, 3ª Turma, REsp, Rel. Waldemar Zveiter, j. 18.06.98
– RSTJ 112/184).”

8.10. Evidente que, no caso em comento, a


sentença só se tornou líquida com a propositura do cumprimento de
sentença, motivo pelo qual deve permanecer este entendimento.
Ademais, o artigo 219 do CPC denomina como devedor ou executado

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
33
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 212

aquele que tiver sido assim declarado ou condenado por sentença

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
transitada em julgado.

8.11. Conforme se verifica, a ação civil pública


ajuizada pelo IDEC não era uma ação de execução e sim de
conhecimento, ou seja, até então o Banco do Brasil não era devedor
pois ainda se discutia o mérito.

8.12. Salienta-se que não havia cobrança ou título


executivo, judicial ou extrajudicial, que desse ao ora Impugnante a
condição de devedor, pois tal questão se encontrava em discussão.

8.13.Ora, Excelência! Devedor é aquele


constituído em mora pelo credor para efetuar o pagamento de uma
quantia líquida e certa. Mas pergunta-se: Não foi somente agora
que se definiu o credor (Autor), a mora (citação), e a quantia
líquida e certa (fases de liquidação e cumprimento de sentença)?
Evidente que é direito de todo devedor saldar a sua dívida, mas
isto somente é possível quando se define o quê, quando e a quem
se paga. Uma ação civil pública genérica e abstrata não tem o
condão de definir tais critérios.

8.14. Destarte, não há de se falar em incidência


dos juros moratórios a partir da data computada pela Impugnada,
devendo esta ser fixada a partir da citação do cumprimento de
sentença.

DOS JUROS REMUNERATÓRIOS

Da Coisa Julgada

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
34
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 213

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
9. Necessário se faz destacar a existência de
coisa julgada, conforme dispõe o artigo 301, parágrafo 3º, do Código de
Processo Civil, que prescreve:

“Art. 301. Compete-lhe, porém, antes de discutir o


mérito, alegar:(...)
V – litispendência;
§1º Verifica-se litispendência ou a coisa julgada, quando
se produz ação anteriormente ajuizada.
§2º uma ação é idêntica à outra quando tem as mesmas
partes, a mesma causa de pedir e o mesmo pedido.
§ 3º Há litispendência, quando se repete a ação, que
está em curso, há coisa julgada, quando se repete ação
que já foi decidida por sentença, de que não caiba
recurso.” (grifou-se)

9.1. Destaque-se que a presente demanda versa


sobre cumprimento de sentença referente a decisão proferida na Ação
Civil Pública, proposta pelo IDEC, onde se discutiu a incidência dos
expurgos inflacionários, referentes à remuneração da poupanças de
janeiro de 1989.

9.2. Destaca-se ainda que, a referida sentença


não abarcou a incidência de juros remuneratórios, assim, não se faz
possível a Impugnada pleitear por sua incidência dos referidos juros,
sob pena de violação a coisa julgada.

9.3. Portanto, verifica-se que o Impugnado não


possui razão ao computar juros remuneratórios em seus cálculos, haja
vista que a sentença ora discutida não versou sobre a incidência dos

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
35
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 214

juros remuneratórios, não sendo possível reconhecer tal pleito, sob

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
pena de violação da coisa julgada.

Da Prescrição

9.4. A planilha de cálculos apresentada pelo


Impugnado teve valor acrescido do cômputo de juros remuneratórios.

9.5. Entretanto, há que se dizer que a cobrança


judicial de juros remuneratórios prescreve em 3 (três) anos, conforme
dispõe o artigo 206, §3°, inciso III, do Código de Processo Civil, senão
vejamos:

“Art. 206: Prescreve:


§ 3° - Em três anos:
III – a pretensão para haver juros, dividendos ou
qualquer prestações acessórias, pagáveis, em períodos
não maiores de um ano, com capitalização ou sem ela;”

9.6. Isto porque, juros remuneratórios são aqueles


definidos como o preço pago pela utilização do capital alheio, tendo,
portanto, a qualidade de acessórios.

9.7. Assim, considerando o conceito dos juros


remuneratórios, não se pode admitir a alegação de que os mesmos se
agregam ao capital, perdendo a natureza de acessórios.

9.8. Desta forma, em face das razões acima


aduzidas, não merece prosperar o cumprimento da sentença pelo valor
pleiteado pelo Impugnado, em razão da impossibilidade de cobrança

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
36
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 215

dos juros remuneratórios na presente demanda, conforme acima

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
aduzido.

DOS HONORÁRIOS DE SUCUMBÊNCIA

10. Uma vez reconhecida a procedência, mesmo


que parcial, da presente Impugnação, mister se faz reconhecer como
devida a condenação dos Impugnados ao pagamento de condenação
por honorários de sucumbência em favor do Impugnante, conforme
aduz o Código de Processo Civil, in verbis:

"Art. 20. A sentença condenará o vencido a pagar ao


vencedor as despesas que antecipou e os honorários
advocatícios. Esta verba honorária será devida, também,
nos casos em que o advogado funcionar em causa própria.
(Redação dada pela Lei nº 6.355, de 1976)
§ 1º O juiz, ao decidir qualquer incidente ou recurso,
condenará nas despesas o vencido."

Art. 21. Se cada litigante for em parte vencedor e


vencido, serão recíproca e proporcionalmente
distribuídos e compensados entre eles os honorários e
as despesas.

10.1. Verifica-se que o valor da execução irá


decair e muito se houver qualquer acolhimento dos pedidos da
Impugnação, o que deve ser levado em consideração.

10.2. Somente o acolhimento do pedido de


exclusão dos juros de mora anteriores à citação desta demanda,
embora seja um pedido único, reduzirá o valor devido para menos da
metade do pleiteado pela parte adversa. Tal fato deve ser reconhecido

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
37
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 216

para a fixação dos honorários efetivamente devidos, posto que o

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
acolhimento de qualquer pedido não pode ser considerado como
"acolhimento mínimo" da Impugnação.

10.3. Destarte, requer-se a condenação da parte


adversa ao pagamento de honorários advocatícios, em caso de
acolhimento, mesmo que parcial, da presente Impugnação, em razão
da fundamentação acima exposta.

QUANTO À NECESSIDADE DE CONCESSÃO DE EFEITO


SUSPENSIVO À PRESENTE IMPUGNAÇÃO

11. A Lei sob nº 11.232, de 22 de dezembro de


2005, trouxe modificações à disciplina processual atinente a
Impugnação, estabelecendo, que o Juiz poderá atribuir efeito
suspensivo a mesma, senão vejamos:

Art. 475-M. A impugnação não terá efeito suspensivo,


podendo o juiz atribuir-lhe tal efeito desde que
relevantes seus fundamentos e o prosseguimento da
execução seja manifestamente suscetível de causar ao
executado grave dano de difícil ou incerta reparação.(...)

11.1. A concessão de efeito suspensivo a


presente Impugnação está plenamente justificada, ao passo que, se for
dado prosseguimento a presente execução, o valor que encontra-se
depositado em Juízo poderá ser levantado pela parte adversa!

11.2. Portanto não resta dúvida quanto a


existência dos requisitos necessários no caso em tela, para a obtenção
do efeito suspensivo. Ora, o valor depositado não pode ser levantado
em hipótese alguma, vez que o valor devido não é o depositado.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
38
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 217

Ademais, diga-se que uma vez liberado tais valores à parte Impugnada,

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
o Impugnante dificilmente conseguirá reavê-los, ainda que provida a
presente Impugnação.

11.3. Destarte, requer-se a concessão do efeito


suspensivo a presente Impugnação, até final julgamento da mesma,
uma vez presentes os requisitos autorizadores do pedido, conforme
amplamente demonstrado, posto que a manutenção da decisão
agravada acarretará graves e irreparáveis prejuízos ao ora
Impugnante, o que não pode ser aceito.

DOS REQUERIMENTOS

12. Diante de todo o exposto, requer-se à Vossa


Excelência:

12.1. Seja recebida a presente impugnação, eis


que presentes as condições previstas do Código de Processo Civil, nos
termos do parágrafo 1º, do artigo 475-J;

12.2. Seja, considerando que não há regras


específicas, por analogia, intimado o Impugnado, para responder a
presente Impugnação, no prazo de 10 (dez) dias, nos termos do artigo
740, do Código de Processo Civil ou outro que Vossa Excelência
determinar.

12.3. Seja suspensoo feito até o final julgamento


da controvérsia pelos Tribunais Superiores;

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
39
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 218

12.4. Seja reconhecida a ilegitimidade ativa dos

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
Requerentes, bem como aimpossibilidade de preclusão da matéria de
ordem pública, tendo em vista a repercussão geral da recente decisão
dos autos do Recurso Extraordinário sob n. 573.232/SC, pelo
Supremo Tribunal Federal.

12.4.1. Seja, por consequência da ilegitimidade


ativa,extinta a execução proposta, ante a manifesta carência de ação,
nos termos do artigo 267, VI, do Código de Processo Civil;

12.5.Requer seja declinando a competência da


presente ação em favor da Justiça Estadual do Distrito Federal, haja
vista a sentença executada ter sido proferida neste Juízo;

12.6. Que não seja estendido os efeitos da


sentença na Ação Civil Pública ajuizada pelo IDEC aos poupadores
não associados à época dapropositura da ação;

12.7. Seja extinta a execução proposta, ante a


manifesta carência de ação, nos termos do artigo 267, VI, do Código de
Processo Civil;

12.8. Requer sejam considerados todas as


alegações tecidas na presente peça;

12.9. Seja reconhecido o excesso de execução,


caso não seja esse o entendimento de Vossa Excelência, seja
determinado que os autos sejam remetidos ao Senhor Contador
Judicial, para averiguar o motivo da divergência entre os cálculos
apresentados.

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
40
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 219

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
13. Diante do fato de a quantia deR$ 96.709,45
(noventa e seis mil, setecentos e nove reais e quarenta e cinco
centavos),encontrar-se penhorada, que os cálculos sejam realizados o
mais breve possível, mantendo suspensa a execução/cumprimento de
sentença,sob pena de enriquecimento ilícito e danos irreparáveis.

12.10. Por fim, não entendendo pelo recebimento


da presenteImpugnação, o que não se espera e se diz somente a título
de argumentação, requer-se a Vossa Excelência, seja recebida a
presente peça como Exceção de Pré Executividade.

12.11. Requer-se, ainda,a produção de todos os


meios de prova em direito admitidos, em especial, prova pericial e a
juntada de novos documentos, se necessário for.

13. Outrossim, requer seja determinado à


Escrivania desse Douto Juízo, que proceda as anotações necessárias
junto à capa dos autos e ao sistema de acompanhamento processual,
a fim de que as publicações e intimações a serem veiculadas no
presente feito em nome do ora Impugnante, sejam realizadas
exclusivamente em nome de Louise Rainer Pereira Gionédis
(OAB/CE 28184/A e Melissa AbramoviciPilotto, OAB/CE 28185A,
sob pena de nulidade.

Termos em que,
Pede deferimento.

De Curitiba, 28 de Abril de 2015

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
41
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 220

Louise Rainer Pereira Gionédis

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA62.
OAB/CE28184/A

Maria Amélia CassianaMastrorosa Vianna


OAB/PR 27.109

MATRIZ: RUA DAVID CARNEIRO, 270 - ALTO SÃO FRANCISCO - CURITIBA - PR - BRASIL - CEP 80.530-070 - FONE: 55 41 3028-4022 - FAX 55 41 3028-3434/3435
FILIAL: ALAMEDA MIGUEL BLASI, 51 - CJ. 101 - LONDRINA - PR - BRASIL - CEP 86.010-070 - FONE/FAX: 55 43 3323-4022
FILIAL: AVENIDA PREFEITO OSMAR CUNHA, 183 - BL. “A” - CJ. 1110/1115 - FLORIANÓPOLIS - SC - BRASIL - CEP 88.015-100 - FONE/FAX: 55 48 3031-7600
FILIAL: TRAVESSA FRANCISCO LEONARDO TRUDA, 40 - CJ. 243 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL - CEP 90.010-050 -FONE/FAX 55 51 2125-4611
w ww.pereiragionedis.com.br– p e r e i r a g i o n e d i s @ p e r e i r a g i o n e d i s . c o m . b r
42
fls. 221

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667 .
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA64.
fls. 222

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667 .
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA64.
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 223

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA64.
S U B S T AB E L E C I M E N T O

MARIA AMÉLIA CASSIANA MASTROROSA


VIANNA, brasileira, advogada, inscrita na OAB/PR sob nº 27.109,
profissional pertencente ao escritório PEREIRA GIONÉDIS -
ADVOCACIA, pessoa jurídica de direito privado, inscrito no CNPJ sob
nº 81.908.543/0001-03, com sede na Rua David Carneiro, 270, onde
recebe intimações, substabelece, com reservas, a MELISSA
ABRAMOVICI PILOTTO OAB/CE 28185A, LARISSA DE ALENCAR
OAB/CE 20.256, MARCOS MACEDO, OAB/CE 15096 e NATHÁLIA
RORIZ SAMPAIO OAB/CE 21.983 os poderes que me foram
conferidos por BANCO DO BRASIL S.A., na conformidade com o
instrumento de mandato, sendo vedado ao substabelecido, no
entanto, receber notificações e intimações, devendo as mesmas
serem enviadas e/ou publicadas em nome de Louise Rainer
Pereira Gionédis, OAB/CE 28184.

Curitiba, 24 outubro de 2014.

Maria Amélia Cassiana Mastrorosa Vianna


OAB/PR 27.109

R U A D A V I D C A R N E I R O, 270 - CEP 8 0 5 3 0 – 0 7 0 – C U R I T I B A – P R - B R A S I L - F O N E 55 41 3028 – 4022 – F A X 55 41 3028 - 3434/3435


FILIAL: A L A M E D A M I G U E L B L A S I, 51 – CJ. 101 - CEP 8 6 0 1 0 – 0 7 0 - L O N D R I N A - P R - B R A S I L - F O N E / F A X 55 43 33 23 – 4022
FILIAL: R U A J O Ã O B A U E R, 440 – CEP 8 8 3 0 1 - 5 0 0 – C E N T R O – I T A J A Í – S C - B R A S I L - F O N E / F A X 55 47 346 – 3004
www.pereiragi onedis.c om. br
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 224

Boletos, Convênios e outros 24/04/2015 10:59:55

SISBB - SISTEMA DE INFORMACOES BANCO DO BRASIL


24/04/2015 - AUTO-ATENDIMENTO - 10.59.56
1518001518

COMPROVANTE DE PAGAMENTO

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
CLIENTE: PEREIRA GIONEDIS ADVOCACI
AGENCIA: 1518-0 CONTA: 20.591-5
EFETUADO POR: MARCIA C SILVA
================================================
Convenio DEFENSORIA PUBLICA/FAADEP
Codigo de Barras 86750000001-5 26760522005-7
50004510000-4 09996093000-8
Data do pagamento 24/04/2015
Valor em Dinheiro 126,76
Valor em Cheque 0,00
Valor Total 126,76
================================================
DOCUMENTO: 042410
AUTENTICACAO SISBB:
E.0E2.28D.A9F.2D9.7BA

Transação efetuada com sucesso por: J8789415 MARCIA CRISTINA DA SILVA.


GRF Página 1 de 1

.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 225

DPGC- GUIA DE
RECOLHIMENTO
DEFENSORIA PÚBLICA
GERAL DO CEARÁ
1 - IDENTIFICAÇÃO DA SERVENTIA: 2 - DATA EMISSÃO
000451 - 31ª VARA CÍVEL 22/04/2015
Comarca: FORTALEZA
3 - SEQÜENCIAL GUIA

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
0000099
4 - RESPONSÁVEL PELO RECOLHIMENTO 5 - PROCESSO/PROTOCOLO
BANCO DO BRASIL S/A 08980509520148060001
6 - NATUREZA DA AÇÃO 7 - VALOR DA CAUSA
INDENIZATÓRIA 96.709.45
8 - ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 9 - VALOR A RECOLHER
930 - DEFENSORIA PÚBLICA GERAL DO CEARÁ 126.76
10 - INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES VIA PROCESSO
Autenticação no
Esta guia poderá ser paga nas agências do BB, CEF e agentes conveniados. Verso ou Lateral Direita
11- CÓDIGO DE BARRAS

86750000001-5 26760522005-7 50004510000-4 09996093000-8

DPGC- GUIA DE
RECOLHIMENTO
DEFENSORIA PÚBLICA
GERAL DO CEARÁ
1 - IDENTIFICAÇÃO DA SERVENTIA: 2 - DATA EMISSÃO
000451 - 31ª VARA CÍVEL 22/04/2015
Comarca: FORTALEZA
3 - SEQÜENCIAL GUIA
0000099
4 - RESPONSÁVEL PELO RECOLHIMENTO 5 - PROCESSO/PROTOCOLO
BANCO DO BRASIL S/A 08980509520148060001
6 - NATUREZA DA AÇÃO 7 - VALOR DA CAUSA
INDENIZATÓRIA 96.709.45
8 - ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 9 - VALOR A RECOLHER
930 - DEFENSORIA PÚBLICA GERAL DO CEARÁ 126.76
10 - INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES VIA CLIENTE
Autenticação no
Esta guia poderá ser paga nas agências do BB, CEF e agentes conveniados. Verso ou Lateral Direita

DPGC- GUIA DE
RECOLHIMENTO
DEFENSORIA PÚBLICA
GERAL DO CEARÁ
1 - IDENTIFICAÇÃO DA SERVENTIA: 2 - DATA EMISSÃO
000451 - 31ª VARA CÍVEL 22/04/2015
Comarca: FORTALEZA 3 - SEQÜENCIAL GUIA
0000099
4 - RESPONSÁVEL PELO RECOLHIMENTO 5 - PROCESSO/PROTOCOLO
BANCO DO BRASIL S/A 08980509520148060001
6 - NATUREZA DA AÇÃO 7 - VALOR DA CAUSA
INDENIZATÓRIA 96.709.45
8 - ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 9 - VALOR A RECOLHER
930 - DEFENSORIA PÚBLICA GERAL DO CEARÁ 126.76
10 - INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES VIA BANCO
Autenticação no
Esta guia poderá ser paga nas agências do BB, CEF e agentes conveniados. Verso ou Lateral Direita
11- CÓDIGO DE BARRAS

86750000001-5 26760522005-7 50004510000-4 09996093000-8

http://www.tjce.jus.br/fermoju/guia_DEFP.asp 22/04/2015
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 226

Boletos, Convênios e outros 24/04/2015 11:01:14

SISBB - SISTEMA DE INFORMACOES BANCO DO BRASIL


24/04/2015 - AUTO-ATENDIMENTO - 11.01.15
1518001518

COMPROVANTE DE PAGAMENTO

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
CLIENTE: PEREIRA GIONEDIS ADVOCACI
AGENCIA: 1518-0 CONTA: 20.591-5
EFETUADO POR: MARCIA C SILVA
================================================
Convenio FERMOJU CUSTAS JUDICIAIS
Codigo de Barras 85600000004-7 74670148201-8
50522000451-7 00001302161-3
Data do pagamento 24/04/2015
Valor em Dinheiro 474,67
Valor em Cheque 0,00
Valor Total 474,67
================================================
DOCUMENTO: 042411
AUTENTICACAO SISBB:
D.8B0.073.9A1.CBD.3D4

Transação efetuada com sucesso por: J8789415 MARCIA CRISTINA DA SILVA.


GRF Página 1 de 1

.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 227

GRF- GUIA DE
RECOLHIMENTO FERMOJU
Judicial
1 - IDENTIFICAÇÃO DA SERVENTIA: 2 - VENCIMENTO
000451 - 31ª VARA CÍVEL 22/05/2015
Comarca: FORTALEZA 3 - DATA EMISSÃO
22/04/2015
4 - SEQÜENCIAL GUIA

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
0000130
5 - RESPONSÁVEL PELO RECOLHIMENTO 6 - PROCESSO/PROTOCOLO
BANCO DO BRASIL S/A 08980509520148060001
7 - NATUREZA DA AÇÃO 8 - VALOR DA CAUSA
INDENIZATÓRIA 96.709,45
9 - ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 10 - VALOR A RECOLHER
161-CUSTAS PROCESSUAIS 474.67
11 - INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES VIA PROCESSO
Documento válido até o VENCIMENTO. Após VENCIMENTO emitir nova Guia Através Autenticação no
do site Tribunal de Justiça.
Esta guia poderá ser paga nas agências do BB, CEF e agentes conveniados. Verso ou Lateral Direita

12 - CÓDIGO DE BARRAS
85600000004-7 74670148201-8 50522000451-7 00001302161-3

GRF- GUIA DE
RECOLHIMENTO FERMOJU
Judicial
1 - IDENTIFICAÇÃO DA SERVENTIA: 2 - VENCIMENTO
000451 - 31ª VARA CÍVEL 22/05/2015
Comarca: FORTALEZA 3 - DATA EMISSÃO
22/04/2015
4 - SEQÜENCIAL GUIA
0000130
5 - RESPONSÁVEL PELO RECOLHIMENTO 6 - PROCESSO/PROTOCOLO
BANCO DO BRASIL S/A 08980509520148060001
7 - NATUREZA DA AÇÃO 8 - VALOR DA CAUSA
INDENIZATÓRIA 96.709,45
9 - ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 10 - VALOR A RECOLHER
161-CUSTAS PROCESSUAIS 474.67
11 - INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES VIA CLIENTE
Documento válido até o VENCIMENTO. Após VENCIMENTO emitir nova Guia Através Autenticação no
do site Tribunal de Justiça.
Esta guia poderá ser paga nas agências do BB, CEF e agentes conveniados. Verso ou Lateral Direita

GRF- GUIA DE
RECOLHIMENTO FERMOJU
Judicial
1 - IDENTIFICAÇÃO DA SERVENTIA: 2 - VENCIMENTO
000451 - 31ª VARA CÍVEL 22/05/2015
Comarca: FORTALEZA 3 - DATA EMISSÃO
22/04/2015
4 - SEQÜENCIAL GUIA
0000130
5 - RESPONSÁVEL PELO RECOLHIMENTO 6 - PROCESSO/PROTOCOLO
BANCO DO BRASIL S/A 08980509520148060001
7 - NATUREZA DA AÇÃO 8 - VALOR DA CAUSA
INDENIZATÓRIA 96.709,45
9 - ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 10 - VALOR A RECOLHER
161-CUSTAS PROCESSUAIS 474.67
11 - INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
VIA BANCO
Documento válido até o VENCIMENTO. Após VENCIMENTO emitir nova Guia Através
Autenticação no
do site Tribunal de Justiça
Verso ou Lateral Direita
Esta guia poderá ser paga nas agências do BB, CEF e agentes conveniados.
12 - CÓDIGO DE BARRAS
85600000004-7 74670148201-8 50522000451-7 00001302161-3

http://www.tjce.jus.br/fermoju/guia_grfj.asp 22/04/2015
https://juridico.intranet.bb.com.br/paj/paginas/negocio/deposito/compr...

.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 228
DJO - Depósito Judicial Ouro

N° da conta judicial
600121994211
Depósito via DJO Data do depósito Agência(pref/dv) Tipo de justiça
Aplicação Efetuada 20/04/2015 8-6 JUSTICA ESTADUAL
Data da guia Nº da guia Processo n° Tribunal
17/04/2015 01 08980509520148060001 TRIBUNAL DE JUSTICA

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
Comarca Órgão/Vara Depositante Valor do depósito - R$
FORTALEZA 30 VARA CIVEL BANCO DO BRASIL SA R$ 96.709,45
Reclamado Tipo de pessoa CPF/CNPJ
BANCO DO BRASIL SA Jurídica 00.000.000/0001-91
Reclamante Tipo de pessoa CPF/CNPJ
MARIA NEUMA GUEDES Fisica 195.036.953-68
Autenticação Eletrônica: BB PAJ 8 20/04/2015 96.709,45 - 5.3AC.441.3EE.6B9.CDA
Data/Hora da impressão 22/04/2015 04:04

1 de 1 22/04/2015 16:30
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 229
CSO CURITIBA / SERVIÇOS JUDICIAIS

PLANO VERÃO - ATUALIZAÇÃO DA DIFERENÇA COM BASE NOS ÍNDICES DA POUPANÇA

AUTOR: Maria Neuma Guede CONTA Nº: 100.075.509-3

I - APURAÇÃO DA DIFERENÇA INICIAL

1 - Saldo base da conta para cálculo dos rendimentos em 09/02/1989 591,97

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
2 - Remuneração Básica creditada em: 09/02/1989 22,3591% 132,35

3 - Juros creditados em: 09/02/1989 0,5000% 3,62

4 - Total de rendimentos creditados em Fevereiro/1989 (2+3) 135,97

5 - Remuneração Básica em função da aplicação do índice reclamado 42,7200% 252,88

6 - Juros em função da aplicação do índice de remuneração reclamado 0,5000% 4,22

7 - Total de rendimentos reclamados para o mês de Fevereiro/1989 (5+6) 257,10

8 - DIFERENÇA EM FEVEREIRO/1989 (7-4) 121,13

II - ATUALIZAÇÃO DA DIFERENÇA INICIAL PARA: 09/abril/2015

1 - Valor da diferença atualizada com inclusão de juros contratuais 320,95

2 - Juros de mora de 0,5% a partir de n/c n/c mês (es) 0,0000% 0,00

2.1 - Juros de mora de 1,0% a partir de 03/2015 0 mês (es) 0,0000% 0,00

3 - Subtotal - Valor atualizado com juros de mora (1+2) 320,95

4 - Honorários Advocatícios 0% 0,00

5 - Multa Artigo 475 J 0% 0,00

6 - TOTAL APURADO (3+4+5) abril/2015 320,95

CRISTIANE SENGER ROSAS

GERENTE DE GRUPO

III - DEMONSTRAÇÃO DOS ÍNDICES MENSAIS CONSIDERADOS NA ATUALIZAÇÃO

Mês/Ano Índice % Atualiz. Monetária Juros Diferença


02/1989 121,13
03/1989 18,35390 22,23 0 143,36
04/1989 19,81490 28,41 0 171,77
05/1989 10,96340 18,83 0 190,60
06/1989 9,94000 18,95 0 209,55
07/1989 24,83000 52,03 0 261,58
08/1989 28,76000 75,23 0 336,81
09/1989 29,34000 98,82 0 435,63
10/1989 35,95000 156,61 0 592,23
11/1989 37,62000 222,80 0 815,03
12/1989 41,42000 337,59 0 1.152,62
01/1990 53,55000 617,23 0 1.769,84
02/1990 56,11000 993,06 0 2.762,90
03/1990 72,78000 2.010,84 0 4.773,74
04/1990 84,32000 4.025,22 0 8.798,96
05/1990 0,00000 0,00 0 8.798,96
06/1990 5,38000 473,38 0 9.272,35
07/1990 9,61000 891,07 0 10.163,42
08/1990 10,79000 1.096,63 0 11.260,05
09/1990 10,58000 1.191,31 0 12.451,37
10/1990 12,85000 1.600,00 0 14.051,37
11/1990 13,71000 1.926,44 0 15.977,81
12/1990 16,64000 2.658,71 0 18.636,52
01/1991 19,39000 3.613,62 0 22.250,14
02/1991 17,90250 3.983,33 0 26.233,47
03/1991 8,22810 2.158,52 0 28.391,98
04/1991 8,07960 2.293,96 0 30.685,94
05/1991 8,76510 2.689,65 0 33.375,60
06/1991 9,20190 3.071,19 0 36.446,78
07/1991 9,63840 3.512,89 0 39.959,67
08/1991 10,62130 4.244,24 0 44.203,91
09/1991 12,70260 5.615,05 0 49.818,95
10/1991 17,77810 8.856,86 0 58.675,82
11/1991 23,89190 14.018,77 0 72.694,58
12/1991 28,35090 20.609,57 0 93.304,15
01/1992 27,39120 25.557,13 0 118.861,28
02/1992 25,84150 30.715,54 0 149.576,82
03/1992 22,71560 33.977,27 0 183.554,09

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 1


.
04/1992 27,94590 51.295,84 0 234.849,93

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
05/1992 19,13510 44.938,77 0 279.788,70 fls. 230
06/1992 20,91290 58.511,93 0 338.300,63
07/1992 21,01130 71.081,36 0 409.381,99
08/1992 22,90440 93.766,49 0 503.148,48
09/1992 23,75850 119.540,53 0 622.689,02
10/1992 26,90360 167.525,76 0 790.214,78
11/1992 22,37520 176.812,14 0 967.026,92
12/1992 25,06040 242.340,81 0 1.209.367,73
01/1993 23,95750 289.734,27 0 1.499.102,00
02/1993 29,53310 442.731,29 0 1.941.833,30
03/1993 24,00570 466.150,68 0 2.407.983,97
04/1993 26,25610 632.242,68 0 3.040.226,65
05/1993 27,72150 842.796,43 0 3.883.023,09
06/1993 29,88000 1.160.247,30 0 5.043.270,39

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
07/1993 29,40000 1.482.721,49 0 6.525.991,88
08/1993 29,06000 1.896,45 0 8.422,45
09/1993 33,73000 2.840,89 0 11.263,34
10/1993 37,81000 4.258,67 0 15.522,00
11/1993 34,14000 5.299,21 0 20.821,22
12/1993 36,46000 7.591,41 0 28.412,63
01/1994 37,16000 10.558,13 0 38.970,76
02/1994 45,77000 17.836,92 0 56.807,68
03/1994 36,93000 20.979,08 0 77.786,76
04/1994 43,26000 33.650,55 0 111.437,31
05/1994 43,72000 48.720,39 0 160.157,70
06/1994 48,69000 77.980,79 0 238.138,49
07/1994 36,22250 31,37 0 117,96
08/1994 4,09050 4,83 0 122,79
09/1994 1,94070 2,38 0 125,17
10/1994 2,47240 3,09 0 128,27
11/1994 2,64010 3,39 0 131,65
12/1994 3,20630 4,22 0 135,87
01/1995 2,15390 2,93 0 138,80
02/1995 2,42940 3,37 0 142,17
03/1995 1,64180 2,33 0 144,51
04/1995 3,02500 4,37 0 148,88
05/1995 3,09810 4,61 0 153,49
06/1995 3,39060 5,20 0 158,69
07/1995 2,73110 4,33 0 163,03
08/1995 3,04850 4,97 0 168,00
09/1995 2,27530 3,82 0 171,82
10/1995 1,83740 3,16 0 174,98
11/1995 1,58890 2,78 0 177,76
12/1995 1,54320 2,74 0 180,50
01/1996 1,16570 2,10 0 182,61
02/1996 1,35080 2,47 0 185,07
03/1996 0,81930 1,52 0 186,59
04/1996 0,69760 1,30 0 187,89
05/1996 0,71340 1,34 0 189,23
06/1996 0,59320 1,12 0 190,35
07/1996 0,67060 1,28 0 191,63
08/1996 0,59940 1,15 0 192,78
09/1996 0,57790 1,11 0 193,89
10/1996 0,64620 1,25 0 195,14
11/1996 0,84080 1,64 0 196,79
12/1996 0,75460 1,48 0 198,27
01/1997 0,86470 1,71 0 199,98
02/1997 0,81890 1,64 0 201,62
03/1997 0,65850 1,33 0 202,95
04/1997 0,65120 1,32 0 204,27
05/1997 0,58010 1,18 0 205,46
06/1997 0,62150 1,28 0 206,73
07/1997 0,66580 1,38 0 208,11
08/1997 0,66110 1,38 0 209,49
09/1997 0,62450 1,31 0 210,79
10/1997 0,60370 1,27 0 212,07
11/1997 0,62180 1,32 0 213,39
12/1997 1,62020 3,46 0 216,84
01/1998 1,11220 2,41 0 219,25
02/1998 1,24200 2,72 0 221,98
03/1998 0,41740 0,93 0 222,90
04/1998 0,79740 1,78 0 224,68
05/1998 0,33120 0,74 0 225,43
06/1998 0,53400 1,20 0 226,63
07/1998 0,45690 1,04 0 227,66
08/1998 0,45840 1,04 0 228,71
09/1998 0,36860 0,84 0 229,55
10/1998 1,07620 2,47 0 232,02
11/1998 0,68200 1,58 0 233,60
12/1998 0,66270 1,55 0 235,15
01/1999 0,61450 1,45 0 236,60
02/1999 0,65120 1,54 0 238,14
03/1999 0,73610 1,75 0 239,89
04/1999 0,95650 2,29 0 242,19
05/1999 0,53490 1,30 0 243,48
06/1999 0,46870 1,14 0 244,62
07/1999 0,33220 0,81 0 245,44
08/1999 0,26790 0,66 0 246,09
09/1999 0,29700 0,73 0 246,82
10/1999 0,26640 0,66 0 247,48
11/1999 0,14770 0,37 0 247,85
12/1999 0,20940 0,52 0 248,37

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 2


.
01/2000 0,28530 0,71 0 249,07

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
02/2000 0,26520 0,66 0 249,73 fls. 231
03/2000 0,15670 0,39 0 250,13
04/2000 0,25190 0,63 0 250,76
05/2000 0,13110 0,33 0 251,08
06/2000 0,31200 0,78 0 251,87
07/2000 0,15710 0,40 0 252,26
08/2000 0,18920 0,48 0 252,74
09/2000 0,16410 0,41 0 253,16
10/2000 0,09960 0,25 0 253,41
11/2000 0,14110 0,36 0 253,77
12/2000 0,14480 0,37 0 254,13
01/2001 0,08110 0,21 0 254,34
02/2001 0,15660 0,40 0 254,74
03/2001 0,04390 0,11 0 254,85

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
04/2001 0,14200 0,36 0 255,21
05/2001 0,15170 0,39 0 255,60
06/2001 0,22290 0,57 0 256,17
07/2001 0,10140 0,26 0 256,43
08/2001 0,34630 0,89 0 257,32
09/2001 0,24410 0,63 0 257,94
10/2001 0,24260 0,63 0 258,57
11/2001 0,25420 0,66 0 259,23
12/2001 0,19440 0,50 0 259,73
01/2002 0,20430 0,53 0 260,26
02/2002 0,28290 0,74 0 261,00
03/2002 0,12210 0,32 0 261,32
04/2002 0,18760 0,49 0 261,81
05/2002 0,20240 0,53 0 262,34
06/2002 0,20380 0,53 0 262,87
07/2002 0,19400 0,51 0 263,38
08/2002 0,25620 0,67 0 264,06
09/2002 0,20260 0,53 0 264,59
10/2002 0,22130 0,59 0 265,18
11/2002 0,28280 0,75 0 265,93
12/2002 0,22730 0,60 0 266,53
01/2003 0,35180 0,94 0 267,47
02/2003 0,45090 1,21 0 268,67
03/2003 0,30850 0,83 0 269,50
04/2003 0,53360 1,44 0 270,94
05/2003 0,38430 1,04 0 271,98
06/2003 0,46430 1,26 0 273,25
07/2003 0,46320 1,27 0 274,51
08/2003 0,51330 1,41 0 275,92
09/2003 0,38620 1,07 0 276,99
10/2003 0,32450 0,90 0 277,88
11/2003 0,27580 0,77 0 278,65
12/2003 0,19570 0,55 0 279,20
01/2004 0,13910 0,39 0 279,58
02/2004 0,13330 0,37 0 279,96
03/2004 0,08300 0,23 0 280,19
04/2004 0,16800 0,47 0 280,66
05/2004 0,06460 0,18 0 280,84
06/2004 0,18940 0,53 0 281,37
07/2004 0,16860 0,47 0 281,85
08/2004 0,14250 0,40 0 282,25
09/2004 0,20530 0,58 0 282,83
10/2004 0,20050 0,57 0 283,40
11/2004 0,06670 0,19 0 283,59
12/2004 0,16640 0,47 0 284,06
01/2005 0,20970 0,60 0 284,65
02/2005 0,16610 0,47 0 285,13
03/2005 0,17240 0,49 0 285,62
04/2005 0,27610 0,79 0 286,41
05/2005 0,17510 0,50 0 286,91
06/2005 0,28460 0,82 0 287,72
07/2005 0,27530 0,79 0 288,52
08/2005 0,25710 0,74 0 289,26
09/2005 0,30110 0,87 0 290,13
10/2005 0,24670 0,72 0 290,84
11/2005 0,20800 0,60 0 291,45
12/2005 0,22420 0,65 0 292,10
01/2006 0,19600 0,57 0 292,68
02/2006 0,25720 0,75 0 293,43
03/2006 0,07040 0,21 0 293,63
04/2006 0,17550 0,52 0 294,15
05/2006 0,08410 0,25 0 294,40
06/2006 0,21360 0,63 0 295,03
07/2006 0,16910 0,50 0 295,53
08/2006 0,20790 0,61 0 296,14
09/2006 0,21180 0,63 0 296,77
10/2006 0,15760 0,47 0 297,23
11/2006 0,18640 0,55 0 297,79
12/2006 0,16050 0,48 0 298,27
01/2007 0,12000 0,36 0 298,62
02/2007 0,22950 0,69 0 299,31
03/2007 0,07020 0,21 0 299,52
04/2007 0,11890 0,36 0 299,88
05/2007 0,15370 0,46 0 300,34
06/2007 0,16720 0,50 0 300,84
07/2007 0,08130 0,24 0 301,08
08/2007 0,16090 0,48 0 301,57
09/2007 0,10590 0,32 0 301,89

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 3


.
10/2007 0,08220 0,25 0 302,14

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
11/2007 0,08300 0,25 0 302,39 fls. 232
12/2007 0,04640 0,14 0 302,53
01/2008 0,04620 0,14 0 302,67
02/2008 0,07980 0,24 0 302,91
03/2008 0,04450 0,13 0 303,04
04/2008 0,08700 0,26 0 303,31
05/2008 0,06200 0,19 0 303,49
06/2008 0,07430 0,23 0 303,72
07/2008 0,14450 0,44 0 304,16
08/2008 0,19620 0,60 0 304,76
09/2008 0,16480 0,50 0 305,26
10/2008 0,18990 0,58 0 305,84
11/2008 0,20540 0,63 0 306,47
12/2008 0,16830 0,52 0 306,98

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
01/2009 0,17510 0,54 0 307,52
02/2009 0,17740 0,55 0 308,06
03/2009 0,04420 0,14 0 308,20
04/2009 0,15780 0,49 0 308,69
05/2009 0,00000 0,00 0 308,69
06/2009 0,07460 0,23 0 308,92
07/2009 0,06620 0,20 0 309,12
08/2009 0,02800 0,09 0 309,21
09/2009 0,02080 0,06 0 309,27
10/2009 0,05640 0,17 0 309,45
11/2009 0,00000 0,00 0 309,45
12/2009 0,04580 0,14 0 309,59
01/2010 0,02050 0,06 0 309,65
02/2010 0,01080 0,03 0 309,69
03/2010 0,00000 0,00 0 309,69
04/2010 0,05420 0,17 0 309,85
05/2010 0,00000 0,00 0 309,85
06/2010 0,05460 0,17 0 310,02
07/2010 0,10540 0,33 0 310,35
08/2010 0,07910 0,25 0 310,60
09/2010 0,09760 0,30 0 310,90
10/2010 0,09910 0,31 0 311,21
11/2010 0,00550 0,02 0 311,22
12/2010 0,06320 0,20 0 311,42
01/2011 0,08880 0,28 0 311,70
02/2011 0,10020 0,31 0 312,01
03/2011 0,00430 0,01 0 312,02
04/2011 0,15000 0,47 0 312,49
05/2011 0,03630 0,11 0 312,60
06/2011 0,14980 0,47 0 313,07
07/2011 0,10790 0,34 0 313,41
08/2011 0,13810 0,43 0 313,84
09/2011 0,16560 0,52 0 314,36
10/2011 0,11490 0,36 0 314,72
11/2011 0,06870 0,22 0 314,94
12/2011 0,09450 0,30 0 315,24
01/2012 0,06870 0,22 0 315,45
02/2012 0,13120 0,41 0 315,87
03/2012 0,02790 0,09 0 315,96
04/2012 0,03940 0,12 0 316,08
05/2012 0,05580 0,18 0 316,26
06/2012 0,04900 0,15 0 316,41
07/2012 0,00000 0,00 0 316,41
08/2012 0,01710 0,05 0 316,47
09/2012 0,00000 0,00 0 316,47
10/2012 0,00000 0,00 0 316,47
11/2012 0,00000 0,00 0 316,47
12/2012 0,00000 0,00 0 316,47
01/2013 0,00000 0,00 0 316,47
02/2013 0,00000 0,00 0 316,47
03/2013 0,00000 0,00 0 316,47
04/2013 0,00000 0,00 0 316,47
05/2013 0,00000 0,00 0 316,47
06/2013 0,00000 0,00 0 316,47
07/2013 0,00000 0,00 0 316,47
08/2013 0,03490 0,11 0 316,58
09/2013 0,00000 0,00 0 316,58
10/2013 0,05110 0,16 0 316,74
11/2013 0,08590 0,27 0 317,01
12/2013 0,00000 0,00 0 317,01
01/2014 0,07520 0,24 0 317,25
02/2014 0,09310 0,30 0 317,54
03/2014 0,00000 0,00 0 317,54
04/2014 0,08170 0,26 0 317,80
05/2014 0,01610 0,05 0 317,85
06/2014 0,06110 0,19 0 318,05
07/2014 0,07100 0,23 0 318,27
08/2014 0,13960 0,44 0 318,72
09/2014 0,06380 0,20 0 318,92
10/2014 0,08790 0,28 0 319,20
11/2014 0,08720 0,28 0 319,48
12/2014 0,07360 0,24 0 319,72
01/2015 0,08590 0,27 0 319,99
02/2015 0,09730 0,31 0 320,30
03/2015 0,03710 0,12 0 320,42

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 4


.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
fls. 233
CSO CURITIBA / SERVIÇOS JUDICIAIS

PLANO VERÃO - ATUALIZAÇÃO DA DIFERENÇA COM BASE NOS ÍNDICES DA POUPANÇA

AUTOR: Maria Neuma Guede CONTA Nº: 200.075.509-1

I - APURAÇÃO DA DIFERENÇA INICIAL

1 - Saldo base da conta para cálculo dos rendimentos em 15/02/1989 303,05

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
2 - Remuneração Básica creditada em: 15/02/1989 22,3591% 67,75

3 - Juros creditados em: 15/02/1989 0,5000% 1,85

4 - Total de rendimentos creditados em Fevereiro/1989 (2+3) 69,60

5 - Remuneração Básica em função da aplicação do índice reclamado 42,7200% 129,46

6 - Juros em função da aplicação do índice de remuneração reclamado 0,5000% 2,16

7 - Total de rendimentos reclamados para o mês de Fevereiro/1989 (5+6) 131,62

8 - DIFERENÇA EM FEVEREIRO/1989 (7-4) 62,02

II - ATUALIZAÇÃO DA DIFERENÇA INICIAL PARA: 15/abril/2015

1 - Valor da diferença atualizada com inclusão de juros contratuais 163,91

2 - Juros de mora de 0,5% a partir de n/c n/c mês (es) 0,0000% 0,00

2.1 - Juros de mora de 1,0% a partir de 03/2015 0 mês (es) 0,0000% 0,00

3 - Subtotal - Valor atualizado com juros de mora (1+2) 163,91

4 - Honorários Advocatícios 0% 0,00

5 - Multa Artigo 475 J 0% 0,00

6 - TOTAL APURADO (3+4+5) abril/2015 163,91

CRISTIANE SENGER ROSAS

GERENTE DE GRUPO

III - DEMONSTRAÇÃO DOS ÍNDICES MENSAIS CONSIDERADOS NA ATUALIZAÇÃO

Mês/Ano Índice % Atualiz. Monetária Juros Diferença


02/1989 62,02
03/1989 18,35390 11,38 0 73,40
04/1989 19,81490 14,54 0 87,95
05/1989 10,96340 9,64 0 97,59
06/1989 9,94000 9,70 0 107,29
07/1989 24,83000 26,64 0 133,93
08/1989 28,76000 38,52 0 172,45
09/1989 29,34000 50,60 0 223,05
10/1989 35,95000 80,18 0 303,23
11/1989 37,62000 114,08 0 417,31
12/1989 41,42000 172,85 0 590,15
01/1990 53,55000 316,03 0 906,18
02/1990 56,11000 508,46 0 1.414,64
03/1990 72,78000 1.029,57 0 2.444,21
04/1990 84,32000 2.060,96 0 4.505,17
05/1990 0,00000 0,00 0 4.505,17
06/1990 5,38000 242,38 0 4.747,55
07/1990 9,61000 456,24 0 5.203,79
08/1990 10,79000 561,49 0 5.765,28
09/1990 10,58000 609,97 0 6.375,25
10/1990 12,85000 819,22 0 7.194,47
11/1990 13,71000 986,36 0 8.180,83
12/1990 16,64000 1.361,29 0 9.542,12
01/1991 19,39000 1.850,22 0 11.392,33
02/1991 15,60670 1.777,97 0 13.170,30
03/1991 9,29990 1.224,82 0 14.395,13
04/1991 7,94340 1.143,46 0 15.538,59
05/1991 8,82130 1.370,71 0 16.909,29
06/1991 9,86790 1.668,59 0 18.577,89
07/1991 9,01100 1.674,05 0 20.251,94
08/1991 11,05590 2.239,03 0 22.490,98
09/1991 14,55570 3.273,72 0 25.764,69
10/1991 17,17750 4.425,73 0 30.190,42
11/1991 26,55260 8.016,34 0 38.206,77
12/1991 29,16480 11.142,93 0 49.349,69
01/1992 25,13490 12.404,00 0 61.753,69
02/1992 27,78690 17.159,44 0 78.913,13
03/1992 22,44560 17.712,52 0 96.625,65

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 1


.
04/1992 26,07830 25.198,33 0 121.823,98

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
05/1992 18,67450 22.750,02 0 144.574,00 fls. 234
06/1992 20,93110 30.260,93 0 174.834,92
07/1992 21,08940 36.871,64 0 211.706,56
08/1992 24,48010 51.825,98 0 263.532,54
09/1992 22,92310 60.409,83 0 323.942,37
10/1992 25,51370 82.649,68 0 406.592,05
11/1992 24,94640 101.430,08 0 508.022,13
12/1992 23,37120 118.730,87 0 626.753,00
01/1993 24,97880 156.555,38 0 783.308,37
02/1993 30,09610 235.745,27 0 1.019.053,65
03/1993 22,57210 230.021,81 0 1.249.075,45
04/1993 26,04820 325.361,67 0 1.574.437,13
05/1993 30,52040 480.524,51 0 2.054.961,64
06/1993 27,04000 555.661,63 0 2.610.623,26

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
07/1993 30,41000 793.890,53 0 3.404.513,80
08/1993 31,29000 1.065,27 0 4.469,79
09/1993 31,97000 1.428,99 0 5.898,78
10/1993 36,83000 2.172,52 0 8.071,30
11/1993 36,23000 2.924,23 0 10.995,53
12/1993 35,34000 3.885,82 0 14.881,35
01/1994 42,25000 6.287,37 0 21.168,71
02/1994 42,93000 9.087,73 0 30.256,44
03/1994 37,32000 11.291,70 0 41.548,15
04/1994 46,30000 19.236,79 0 60.784,94
05/1994 44,99000 27.347,15 0 88.132,09
06/1994 46,62000 41.087,18 0 129.219,27
07/1994 27,97730 13,15 0 60,14
08/1994 3,31500 1,99 0 62,13
09/1994 2,39690 1,49 0 63,62
10/1994 2,58180 1,64 0 65,26
11/1994 2,63810 1,72 0 66,98
12/1994 3,13370 2,10 0 69,08
01/1995 2,05700 1,42 0 70,50
02/1995 2,36910 1,67 0 72,17
03/1995 1,56470 1,13 0 73,30
04/1995 3,80710 2,79 0 76,09
05/1995 3,23000 2,46 0 78,55
06/1995 3,33680 2,62 0 81,17
07/1995 2,96180 2,40 0 83,57
08/1995 2,81000 2,35 0 85,92
09/1995 2,34920 2,02 0 87,94
10/1995 1,68730 1,48 0 89,43
11/1995 1,63100 1,46 0 90,88
12/1995 1,57870 1,43 0 92,32
01/1996 1,03610 0,96 0 93,28
02/1996 1,39300 1,30 0 94,57
03/1996 0,76930 0,73 0 95,30
04/1996 0,63380 0,60 0 95,91
05/1996 0,65780 0,63 0 96,54
06/1996 0,72970 0,70 0 97,24
07/1996 0,52470 0,51 0 97,75
08/1996 0,59600 0,58 0 98,33
09/1996 0,68680 0,68 0 99,01
10/1996 0,56310 0,56 0 99,57
11/1996 0,87500 0,87 0 100,44
12/1996 0,80390 0,81 0 101,25
01/1997 0,74660 0,76 0 102,00
02/1997 0,77340 0,79 0 102,79
03/1997 0,78590 0,81 0 103,60
04/1997 0,56160 0,58 0 104,18
05/1997 0,59530 0,62 0 104,80
06/1997 0,67400 0,71 0 105,51
07/1997 0,57410 0,61 0 106,11
08/1997 0,71540 0,76 0 106,87
09/1997 0,58660 0,63 0 107,50
10/1997 0,61220 0,66 0 108,16
11/1997 0,74070 0,80 0 108,96
12/1997 1,56320 1,70 0 110,66
01/1998 1,14400 1,27 0 111,93
02/1998 1,31370 1,47 0 113,40
03/1998 0,34880 0,40 0 113,79
04/1998 0,49590 0,56 0 114,36
05/1998 0,45170 0,52 0 114,87
06/1998 0,46620 0,54 0 115,41
07/1998 0,58740 0,68 0 116,09
08/1998 0,56770 0,66 0 116,75
09/1998 0,31490 0,37 0 117,11
10/1998 1,06000 1,24 0 118,36
11/1998 1,01080 1,20 0 119,55
12/1998 0,43760 0,52 0 120,08
01/1999 0,67650 0,81 0 120,89
02/1999 0,75950 0,92 0 121,81
03/1999 0,54170 0,66 0 122,47
04/1999 0,94380 1,16 0 123,62
05/1999 0,61600 0,76 0 124,38
06/1999 0,11500 0,14 0 124,53
07/1999 0,30980 0,39 0 124,91
08/1999 0,33580 0,42 0 125,33
09/1999 0,25460 0,32 0 125,65
10/1999 0,25810 0,32 0 125,97
11/1999 0,20550 0,26 0 126,23
12/1999 0,23330 0,29 0 126,53

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 2


.
01/2000 0,29480 0,37 0 126,90

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
02/2000 0,21660 0,27 0 127,18 fls. 235
03/2000 0,15710 0,20 0 127,38
04/2000 0,26410 0,34 0 127,71
05/2000 0,10810 0,14 0 127,85
06/2000 0,28720 0,37 0 128,22
07/2000 0,19230 0,25 0 128,46
08/2000 0,15780 0,20 0 128,67
09/2000 0,16440 0,21 0 128,88
10/2000 0,10130 0,13 0 129,01
11/2000 0,14310 0,18 0 129,19
12/2000 0,14870 0,19 0 129,39
01/2001 0,06220 0,08 0 129,47
02/2001 0,15030 0,19 0 129,66
03/2001 0,04240 0,05 0 129,72

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
04/2001 0,13440 0,17 0 129,89
05/2001 0,15270 0,20 0 130,09
06/2001 0,22850 0,30 0 130,39
07/2001 0,15110 0,20 0 130,58
08/2001 0,34560 0,45 0 131,03
09/2001 0,30080 0,39 0 131,43
10/2001 0,18770 0,25 0 131,67
11/2001 0,29770 0,39 0 132,07
12/2001 0,23200 0,31 0 132,37
01/2002 0,16730 0,22 0 132,59
02/2002 0,22290 0,30 0 132,89
03/2002 0,18750 0,25 0 133,14
04/2002 0,17320 0,23 0 133,37
05/2002 0,19510 0,26 0 133,63
06/2002 0,23900 0,32 0 133,95
07/2002 0,17990 0,24 0 134,19
08/2002 0,26870 0,36 0 134,55
09/2002 0,23060 0,31 0 134,86
10/2002 0,19650 0,27 0 135,13
11/2002 0,39490 0,53 0 135,66
12/2002 0,29440 0,40 0 136,06
01/2003 0,33840 0,46 0 136,52
02/2003 0,51570 0,70 0 137,22
03/2003 0,33820 0,46 0 137,69
04/2003 0,47730 0,66 0 138,34
05/2003 0,37460 0,52 0 138,86
06/2003 0,51200 0,71 0 139,57
07/2003 0,41670 0,58 0 140,16
08/2003 0,53040 0,74 0 140,90
09/2003 0,36080 0,51 0 141,41
10/2003 0,29950 0,42 0 141,83
11/2003 0,30040 0,43 0 142,26
12/2003 0,16580 0,24 0 142,49
01/2004 0,13850 0,20 0 142,69
02/2004 0,15020 0,21 0 142,90
03/2004 0,04180 0,06 0 142,96
04/2004 0,16350 0,23 0 143,20
05/2004 0,16280 0,23 0 143,43
06/2004 0,13060 0,19 0 143,62
07/2004 0,20850 0,30 0 143,92
08/2004 0,19990 0,29 0 144,21
09/2004 0,17270 0,25 0 144,45
10/2004 0,18520 0,27 0 144,72
11/2004 0,12630 0,18 0 144,90
12/2004 0,17490 0,25 0 145,16
01/2005 0,24110 0,35 0 145,51
02/2005 0,13390 0,19 0 145,70
03/2005 0,18550 0,27 0 145,97
04/2005 0,27000 0,39 0 146,37
05/2005 0,20750 0,30 0 146,67
06/2005 0,24690 0,36 0 147,03
07/2005 0,30730 0,45 0 147,48
08/2005 0,26180 0,39 0 147,87
09/2005 0,29050 0,43 0 148,30
10/2005 0,25560 0,38 0 148,68
11/2005 0,19790 0,29 0 148,97
12/2005 0,22810 0,34 0 149,31
01/2006 0,21190 0,32 0 149,63
02/2006 0,21130 0,32 0 149,95
03/2006 0,06400 0,10 0 150,04
04/2006 0,16890 0,25 0 150,30
05/2006 0,08010 0,12 0 150,42
06/2006 0,21320 0,32 0 150,74
07/2006 0,19130 0,29 0 151,03
08/2006 0,17870 0,27 0 151,29
09/2006 0,19280 0,29 0 151,59
10/2006 0,14760 0,22 0 151,81
11/2006 0,16000 0,24 0 152,05
12/2006 0,18800 0,29 0 152,34
01/2007 0,11850 0,18 0 152,52
02/2007 0,25120 0,38 0 152,90
03/2007 0,06470 0,10 0 153,00
04/2007 0,16520 0,25 0 153,25
05/2007 0,10340 0,16 0 153,41
06/2007 0,16330 0,25 0 153,66
07/2007 0,11410 0,18 0 153,84
08/2007 0,12740 0,20 0 154,03
09/2007 0,12610 0,19 0 154,23

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 3


.
10/2007 0,02590 0,04 0 154,27

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667
11/2007 0,10960 0,17 0 154,44 fls. 236
12/2007 0,07280 0,11 0 154,55
01/2008 0,03080 0,05 0 154,60
02/2008 0,08730 0,13 0 154,73
03/2008 0,07380 0,11 0 154,85
04/2008 0,05840 0,09 0 154,94
05/2008 0,06350 0,10 0 155,04
06/2008 0,12190 0,19 0 155,23
07/2008 0,13940 0,22 0 155,44
08/2008 0,21000 0,33 0 155,77
09/2008 0,18400 0,29 0 156,05
10/2008 0,20490 0,32 0 156,37
11/2008 0,24390 0,38 0 156,76
12/2008 0,16100 0,25 0 157,01

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
01/2009 0,16380 0,26 0 157,27
02/2009 0,20760 0,33 0 157,59
03/2009 0,06670 0,11 0 157,70
04/2009 0,07870 0,12 0 157,82
05/2009 0,03970 0,06 0 157,88
06/2009 0,04340 0,07 0 157,95
07/2009 0,08180 0,13 0 158,08
08/2009 0,05560 0,09 0 158,17
09/2009 0,00000 0,00 0 158,17
10/2009 0,00690 0,01 0 158,18
11/2009 0,00390 0,01 0 158,19
12/2009 0,00700 0,01 0 158,20
01/2010 0,00460 0,01 0 158,20
02/2010 0,00000 0,00 0 158,20
03/2010 0,00000 0,00 0 158,20
04/2010 0,06810 0,11 0 158,31
05/2010 0,02730 0,04 0 158,36
06/2010 0,04300 0,07 0 158,42
07/2010 0,10860 0,17 0 158,60
08/2010 0,08000 0,13 0 158,72
09/2010 0,06550 0,10 0 158,83
10/2010 0,06050 0,10 0 158,92
11/2010 0,04880 0,08 0 159,00
12/2010 0,05430 0,09 0 159,09
01/2011 0,10350 0,16 0 159,25
02/2011 0,08290 0,13 0 159,38
03/2011 0,02460 0,04 0 159,42
04/2011 0,14460 0,23 0 159,65
05/2011 0,06780 0,11 0 159,76
06/2011 0,14790 0,24 0 160,00
07/2011 0,11430 0,18 0 160,18
08/2011 0,13900 0,22 0 160,40
09/2011 0,19380 0,31 0 160,71
10/2011 0,12610 0,20 0 160,92
11/2011 0,07980 0,13 0 161,04
12/2011 0,08550 0,14 0 161,18
01/2012 0,10900 0,18 0 161,36
02/2012 0,07660 0,12 0 161,48
03/2012 0,03090 0,05 0 161,53
04/2012 0,05190 0,08 0 161,62
05/2012 0,00050 0,00 0 161,62
06/2012 0,02210 0,04 0 161,65
07/2012 0,00000 0,00 0 161,65
08/2012 0,00000 0,00 0 161,65
09/2012 0,00000 0,00 0 161,65
10/2012 0,00000 0,00 0 161,65
11/2012 0,00000 0,00 0 161,65
12/2012 0,00000 0,00 0 161,65
01/2013 0,00000 0,00 0 161,65
02/2013 0,00000 0,00 0 161,65
03/2013 0,00000 0,00 0 161,65
04/2013 0,00000 0,00 0 161,65
05/2013 0,00000 0,00 0 161,65
06/2013 0,00000 0,00 0 161,65
07/2013 0,00000 0,00 0 161,65
08/2013 0,02380 0,04 0 161,69
09/2013 0,02650 0,04 0 161,73
10/2013 0,01290 0,02 0 161,75
11/2013 0,11590 0,19 0 161,94
12/2013 0,02150 0,03 0 161,98
01/2014 0,04410 0,07 0 162,05
02/2014 0,14180 0,23 0 162,28
03/2014 0,00000 0,00 0 162,28
04/2014 0,08290 0,13 0 162,41
05/2014 0,01050 0,02 0 162,43
06/2014 0,07590 0,12 0 162,55
07/2014 0,02220 0,04 0 162,59
08/2014 0,10980 0,18 0 162,77
09/2014 0,05630 0,09 0 162,86
10/2014 0,09580 0,16 0 163,02
11/2014 0,14140 0,23 0 163,25
12/2014 0,04570 0,07 0 163,32
01/2015 0,08830 0,14 0 163,46
02/2015 0,11960 0,20 0 163,66
03/2015 0,02550 0,04 0 163,70

SEM EXPURGOS.xls - PL VERÃO 4


TOTAL
PARTE:
AUTOS:

PARTE

Maria Neuma Guede


Maria Neuma Guede
CONTA

- Cta 2000755091
- Cta 1000755093
Maria Neuma Guede
08980509520148060001

R$
R$

R$
SALDO

163,91
320,95

484,86
fls. 237

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LARISSA DE ALENCAR PINHEIRO e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 28/04/2015 às 16:05 , sob o número WEB115101479667 .
Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 18ECA65.
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 238

EXCELENTÍSSIMO(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA 31ª VARA


CÍVEL DA COMARCA DE FORTALEZA-CE.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
PROCESSO N.º 0898050-95.2014.8.06.0001

EXECUÇÃO/CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

TOMANDO CONHECIMENTO DA IMPUGNAÇÃO APRESENTADA, VÊM


APRESENTAR: RESPOSTA A IMPUGNAÇÃO

ANTÔNIA BENTO DA SILVA E OUTROS, devidamente


qualificado(s) nos autos do processo em epígrafe, que move(m) contra
o B A N C O D O B R A S I L S / A , em curso perante este egrégio juízo,
por seu(s) advogado(s) constituído(s) e que esta subscreve(m), vem,
mui respeitosamente, a presença de Vossa Excelência, apresentar
MANIFESTAÇÃO A IMPUGNAÇÃO apresentada pelo Banco Devedor,
expondo as razões de fato e de direito a seguir:

DA SÍNTESE DA IMPUGNAÇÃO

Trata-se de pedido de impugnação ao cumprimento


de sentença, por meio da qual o Executado utiliza-se para guerrear os
fundamentos da presente demanda, em síntese:

EM SEDE DE PRELIMINARES

I - Que a pretensão deve ser sobrestada até o


julgamento em definitivo pelo STF, do Recurso
Extraordinário nº 626.307, pois, no seu entender, o
que ali for decidido terá repercussão neste
processo. Vale registrar, Excelência, que na decisão

1
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 239

que atribui repercussão geral ao RE citado, restou


excluído seus efeitos em relação as ações em fase
de execução, o que é o caso.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
II – Ilegitimidade Ativa: Aduz que a Exeqüentea não
preenche os requisitos intrínsecos à habilitação
individual e, assim, não é parte legitima pois
não era associada ao IDEC na época da
distribuição da Ação Civil Pública. O tema já foi
objeto de julgamento com efeito repetitivo pelo
STJ e resta superado.

III – Incompetência do Juízo. Conforme será


demonstrado, não existe controvérsia acerca
deste assunto, que já foi decido em julgamento
de recurso com aplicação dos efeitos de
recursos repetitivos pelo STJ; e

IV - Que há necessidade da prévia liquidação da


sentença coletiva, na modalidade prevista no
artigo 475-E do Código de Processo Civil
(liquidação por artigos), pois a sentença é
ilíquida. O argumento também já está
superado, conforme restará demonstrado, pois
os parâmetros da sentença coletiva são
bastantes para a propositura da liquidação do
julgado por meros cálculos aritméticos, de
forma que não há nenhum fato novo a provar.
Tanto isso é verdade que o Impugnante se quer
o apontou em sua peça impugnatório,

2
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 240

NO MÉRITO

I – O Executado alega excesso de execução e

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
apresentou Planilha de Cálculo que vai de
encontro ao que já restou consolidado pelo STJ
sobre a matéria, inclusive em sede de
julgamento de Recursos Especiais com efeitos
repetitivos. O termo inicial dos juros
moratórios é a data da citação na Ação Civil
Pública que gerou o título em Execução, com
inclusão de todos os expurgos inflacionários
posteriores ao evento.

II – Juros Moratórios: Alega que o termo inicial de


incidência dos juros moratórios é a data da
citação na Execução Individual proposta. A
matéria também já restou pacificada em
julgamento com efeitos de recursos repetitivos
pelo STJ, sendo fixado com incontroverso o
termo inicial a data de citação na Ação Cicil
Pública, conforme restará adiante
demonstrado.

III – Juros Remuneratórios: Alega o Executado que a


cobrança de juros remuneratórios não foi
contemplada na sentença. Ocorre que os juros
remuneratórios são consectários naturais da
sentença quando se trata de caso de contrato
de poupança e não havia necessidade do Juiz
expressamente consignar no dispositivo da
sentença. O § 3º do art. 12, do Decreto-Lei
2.284/86, então vigente, é bastante.

IV – Prescrição: Não há que se falar em incidência de


prescrição no presente caso. Tanto a ação de
3
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 241

conhecimento quanto a execução do julgado,


foram propostas no prazo legal, a de
conhecimento, estabelecida em 20 anos pelo
STJ e a execução de sentença coletiva, em cinco

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
(05) anos. A ação obedeceu todos esses prazos.

V – Honorários Sucumbenciais – pleiteia, em caso de


acolhimento da impugnação, honorários
sucumbenciais. O que é justo.

VI – Do pretendido efeito suspensivo. Os


argumentos apresentados não são suficientes
para se atribuir essa exceção a regra. O
Executado não apresentou qualquer fato
relevante capaz de suspender a satisfação
imediata da obrigação.

VII - Finalmente, pugna o acolhimento das 13


postulações contidas no elenco do item “12” de
sua insurgência. Eis o breve relato.

PRELIMINARMENTE – EM CASO DE INACOLHIMETO DA


IMPGNAÇÃO – APLICAÇÃO DA MULTA DO ART. 475-J
DO CPC

Trata-se de impugnação apresentada pelo


Executado, na qual contesta os cálculos acostados pela parte Autora,
alegando que estão incorretos e que o(a) impugnado(a) tenta pleitear o
que não lhe é devido. Apresentou cálculo para comprovar o alegado
excesso de execução, porém, construído em completo arrepio ao que
estabelecido, especialmente pelo STJ em sede de recursos com efeitos
repetitivos de diversos julgamentos em que foi questionada a sentença
exequenda.

4
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 242

O Executado admite ser devedor, em outro


momento nega, e ao mesmo tempo alega que o(a) impugnado(a) é
parte ilegítima para propor a Execução/Cumprimento da Sentença.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
No mais, requer nulidade processual, prescrição,
limitação subjetiva da sentença coletiva, declaração de incompetência
do Juízo etc.

As teses apresentadas pelo executado não se


sustentam.

O executado foi regularmente intimado para


pagamento voluntário, no prazo de quinze (15) dias, tendo sido
expressamente advertido, que o não pagamento voluntário, no prazo
legal, implicaria no acréscimo da multa de 10% previsto no artigo 475 J
do CPC.

Como pode se observar nos autos o Impugnante foi


intimado regularmente e, de fato, efetuou o deposito, apresentando,
em seguida, a impugnação

Sendo o depósito efetuado a título de garantia do


Juízo, para apresentar impugnação, e vindo esta a ser rejeitada, é
devido a multa prevista no artigo em questão, pois, não foi cumprido
o que determina a lei, qual seja o pagamento espontâneo. O que de
fato exime a multa é o pagamento espontâneo e não o depósito para
impugnação.

Assim sendo, deve ser aplicada a multa de 10%


prevista no artigo 475 J do CPC.

5
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 243

Pois, quando houver discordância em relação a


valores, este é realizado a título de garantia do juízo, hipótese em que
a impugnação deve vir acompanhada dos cálculos para comprovar o
alegado, demonstrando ainda qual é o parâmetro de discordância nos

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
cálculos. Isso não ocorrendo, ou questionando o Impugnante o próprio
direito, torna-se as alegações genéricas, sendo perfeitamente
aplicável a multa do artigo 475 J do CPC.

Nesse sentido:

864258601-PR. 864258-6/01 (Acórdão) Bellio


AGRAVO INTERNO. CUMPRIMENTO DE SENTENÇA.
GARANTIA DO JUÍZO. MULTA. ARTIGO 475-J DO
CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL... . FIXAÇÃO DEVIDA. A
multa prevista no artigo 475-J do Código de
Processo Civil.

EMENTA: "Decisão: PARA O FIM DE DETERMINAR A


INICIDÊNCIA DA MULTA PREVISTA NO ARTIGO 475-J
DO CPC EMBARGOS ACOLHIDOS.... ESPONTÂNEO DO
DÉBITO. DEPÓSITO PARA FINS DE IMPUGNAÇAO.
APLICAÇAO DA MULTA PREVISTA NO ART. 475-J,
DO CPC .... faça referência expressa sobre a matéria
da incidência da multa prevista no artigo 475-J do
CPC. TJ-PR – 736536202 PR 736536-2/02
(Acórdão) TJPR).

CUMPRIMENTO DE SENTENÇA, COM INICIDÊNCIA DA


MULTA SOBRE O DÉBITO (ARTIGO 475-J, DO
CPC).”... 001/1.08.0010048-8 - T.J.S.S. (PP. JUDITE
EUNICE RUBERT) X L.P.S.N. (SEM REPRESENTAÇÃO
NOS AUTOS).... NA FL. 218. DJRS 22/04/2008 –Pág.
157 –Foro Central e Regionais.

6
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 244

Portanto, para os doutrinadores que defendem a


corrente favorável à incidência da multa de 10%, ao argumento de que
a aplicação desta consiste na efetividade, celeridade e simplicidade
dos procedimentos judiciais, plenamente aplicável a multa descrita

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
quando realizado o depósito para garantia do juízo, vez que a
intenção do devedor não é quitar o débito.

O Superior Tribunal de Justiça, por meio do


Informativo de Jurisprudência nº 500, divulgou recente julgado da
lavra o e. Ministro Marco Aurélio Gastaldi Buzzi, que proferiu
entendimento pela aplicabilidade da multa de dez por cento em caso
de impugnação ao cumprimento de sentença, com o depósito dos
valores devidos para garantia do juízo:

“IMPUGNAÇÃO. CUMPRIMENTO DE SENTENÇA.


MULTA. INTENÇÃO. PAGAMENTO. Para que não haja a
incidência da multa prevista no art. 475-J do CPC, no
percentual de dez por cento sobre o valor da
condenação, é necessário que o devedor deposite a
quantia devida em juízo, com a finalidade de pagar o
seu débito, permitindo ao credor o imediato
levantamento do valor. Por outro lado, se o devedor
depositar judicialmente a quantia devida com o
escopo de garantir o juízo, para que possa discutir o
seu débito em sede de impugnação de cumprimento
de sentença, não haverá o afastamento da multa,
pois o credor não poderá levantar o dinheiro
depositado até o deslinde da questão”.

O executado não efetuou o pagamento espontâneo,


e tenta de todos os meios protelar o pagamento que é devido a(o)
autor(a), por isso, aplicável a multa de 10% prevista do 475 J do CPC.

7
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 245

Sendo assim, não houve pagamento voluntário, mas


mero depósito para garantia da execução, deixando assim o
executado/impugnante de disponibilizar de imediato o valor
depositado em valor do(a) credor(a), lembrando que pagamento

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
voluntário não se confunde com garantia do juízo, devida a multa de
10% sobre o montante da condenação,

Nesse sentido:

EMENTA: "RECURSO ESPECIAL - AÇÃO DE ADIMPLEMENTO


CONTRATUAL - FASE DE IMPUGNAÇÃO A CUMPRIMENTO DE
SENTENÇA - ACÓRDÃO LOCAL DETERMINANDO A
EXCLUSÃO DA MULTA PREVISTA NO ART. 475-J DO CPC.

INSURGÊNCIA DO EXEQUENTE.

1. Não conhecimento do recurso especial no tocante à sua


interposição pela alínea "c" do art. 105, III, da CF. Cotejo
analítico não realizado, sendo insuficiente para satisfazer a
exigência mera transcrição de ementas dos acórdãos
apontados como paradigmas.

2. Violação ao art. 535 do CPC não configurada. Corte de


origem que enfrentou todos os aspectos essenciais ao
julgamento da lide, sobrevindo, contudo, conclusão diversa
à almejada pela parte.

3. Afronta ao art. 475-J do CPC evidenciada.

A atitude do devedor, que promove o mero depósito


judicial do quantum exequendo, com finalidade de permitir
a oposição de impugnação ao cumprimento de sentença,
não perfaz adimplemento voluntário da obrigação,
autorizando o cômputo da sanção de 10% sobre o saldo
devedor.

A satisfação da obrigação creditícia somente ocorre quando


o valor a ela correspondente ingressa no campo de

8
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 246

disponibilidade do exequente; permanecendo o valor em


conta judicial, ou mesmo indisponível ao credor, por opção
do devedor, por evidente, mantém-se o inadimplemento da
prestação de pagar quantia certa.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
4. Recurso especial parcialmente"

(STJ 4ª Turma - Resp nº 1.175.763 - RS (2010/0005677-0)


Relator MINISTRO MARCO BUZZI julgado em 21/06/2012)

EMENTA: "... FASE DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA.

Fase de cumprimento da sentença. Depósito integral do


valor da dívida a título de garantia do juízo, com oferta de
impugnação. Multa. Imposição ao devedor.
Admissibilidade. Hipótese em que a garantia do juízo não
se equipara ao cumprimento voluntário da condenação.
Aplicabilidade da multa prevista no artigo 475-J, do CPC.

Existência de precedentes no Col. Superior Tribunal de


Justiça. Decisão mantida.

Recurso improvido, por maioria de votos."

Dispositivo: recurso improvido, por maioria de votos,


vencido em parte o Relator

Sorteado."

(TJSP/19ª Câmara de Direito Privado - AGRAVO DE


INSTRUMENTO Nº

0238883-18.2012.8.26.0000 - Relator João Camillo de


Almeida Prado Costa Julgado

em 04/03/2013)

EMENTA: "AGRAVO DE INSTRUMENTO. CUMPRIMENTO DE


SENTENÇA. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. EXPURGOS
INFLACIONÁRIOS. MULTA DO ART. 475-J DO CPC.

9
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 247

Aplicabilidade. Multa devida somente em caso de inércia do


devedor e/ou rejeição de eventual impugnação, que é o
caso dos autos. Hipótese em que houve o depósito do valor
integral, mas a impugnação apresentada pelo banco foi

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
integralmente rejeitada.

RECURSO DESPROVIDO."

(TJSP/17ª Câmara de Direito Privado - AGRAVO DE


INSTRUMENTO Nº 0011385- 91.2013.8.26.0000 - Relator
Afonso Bráz Julgado em 28/08/2013)

Desse, vindo a ser rejeitada a impugnação, de logo


requer a aplicação da multa prevista no art. 475-J do CPC e a
condenação em honorários advocatícios sucumbenciais de 20% do
valor da causa, tudo por ser de direito e justiça.

RESPOSTA A IMPUGNAÇÃO

DAS PRELIMINARES DE MÉRITO

DA PRETENSÃO DE SOBRESTAMENTO DO PROCESSO


NÃO INCIDÊNCIA DA REPERCUSSÃO GERAL DO S R.E.
NºS 626.307 e 591.797 E DO RESp. 1.370.899

É relevante destacar que se trata a SENTENÇA EM


EXECUÇÃO/CUMPRIMENTO, de título trânsito em julgado no Supremo
Tribunal Federal – STF, em 27 de outubro do ano de 2009. Porquanto,
é inimaginável a desconstituição desse título em processo diverso, que
não através dos procedimentos legalmente previstos.

E tanto isso é verdade, que o próprio STF, ao atribuir


repercussão geral nos R.E. 626.307 e 591.797, ora invocados pelo

10
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 248

Executado, EXCLUIU SEUS EFEITOS NOS PROCESSOS EM EXECUÇÃO


DEFINITIVA, NOS SEGUINTES TERMOS:

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
“B) O SOBRESTAMENTO DE TODOS OS RECURSOS QUE SE

REFIRAM AO OBJETO DESTA REPERCUSSÃO GERAL, EXCLUINDO-

SE, CONFORME DELINEADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO, AS

AÇÕES EM SEDE EXECUTIVA (DECORRENTE DE SENTENÇA

TRÂNSITA EM JULGADO) E AS QUE SE ENCONTREM EM FASE

INSTRUTÓRIA.” RE 626.307.

...”NÃO SE APLICA ESTA DECISÃO AOS PROCESSOS EM FASE DE

EXECUÇÃO DEFINITIVA E ÀS TRANSAÇÕES EFETUADAS OU QUE

VIEREM A SER CONCLUÍDAS”. RE 591.797.

Porquanto, não se aplica os efeitos da repercussão


geral referida, a tal espécie de Execução/Cumprimento de Sentença,
até porque a matéria discutida nos R.E. citados, já foi discutida na
Ação Civil Pública que gerou o título em cumprimento e não tem as
decisões que vier a ser ali proferidas, o condão de modificar os efeitos
do julgado na ação que gerou o título ora em cumprimento.

Ademais, em decisão proferida pelo SUPERIOR


TRIBUNAL DE JUSTIÇA - STJ, por sua SEGUNDA SEÇÃO, nos autos do
RECURSO ESPECIAL Nº 1.391.198 – RS (2013/0199129-0), em data de
13 de agosto de 2014, restou pacificado o entendimento de que a
sentença proferida pelo MM. Juiz da 12ª Vara Cível de Brasília,
desafiada por Recurso Ordinário, Especial e Extraordinário, já com
TRANSITO EM JULGADO, É APLICÁVEL AOS POUPADORES DO BANCO
DO BRASIL DE TODO TERRITÓRIO NACIONAL, DETENDO ELES OU SEUS
SUCESSORES, LEGITIMIDADE ATIVA – TAMBÉM POR FORÇA DA COISA
JULGADA - , INDEPENDENTEMENTE DE FAZEREM OU NÃO PARTE DOS
QUADROS ASSOCIATIVOS DO IDEC, PARA AJUIZAR O CUMPRIMENTO
INDIVIDUAL DA SENTENÇA COLETIVA PROFERIDA NA AÇÃO CIVIL

11
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 249

PÚBLICA Nº 1998.01.1.016798-9, DO MM. JUIZ DA 12ª VARA CÍVEL


DE BRASILIA.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
Houve o manejo de Embargos de Declaração, que
foram rejeitados em decisão proferida em 24 de setembro de 2014.

E realmente, Excelência, não poderia ser diferente,


pois, repita-se, a decisão em execução já se encontra acobertada
pelo manto da coisa julgada, conforme CERTIFICADO pelo próprio
STF e até mesmo o prazo para ação rescisória já fluiu.

No que tange ao RESp 1.370.899, invocado pelo


Executado, sua alegação é de má-fé, pois o Executado transcreve
decisão provisória, omitindo que o Recurso já foi julgado pela Corte
Especial (STJ), também com aplicação dos efeitos do art. 543-C do
CPC e Resolução 08/98 do STJ, em 21 de maio de 2014, tendo a
controvérsia se resolvido da seguinte forma:

... “3. Para fins de julgamento de Recurso


Representativo de Controvérsia ( CPC, art. 543-C,
com redação dada pela Lei 11.418, de
19.12.2006), declara-se consolidada a tese
seguinte: “OS JUROS DE MORA INCIDEM A PARTIR
DA CITAÇÃO DO DEVEDOR NA FASE DE
CONHECIMENTO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA,
QUANDO ESTA SE FUNDAR EM RESPONSABILIDADE
CONTRATUAL, SEM QUE HAJA CONFIGURAÇÃO DA
MORA EM MOMENTO POSTERIOR”. Destacamos.

Da decisão acima, todos os Tribunais dos Estados


brasileiros foram cientificados. O TJCE, em data de 05/11/2014,
através do TLG. JCESP-510/2014 – Corte Especial – SOJ (ACA) –
Número do Documento: ME473411630BR.

12
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 250

Desde modo, não há que se falar em aplicação da


suspensão de processos prevista no RESp citado, em decisão
provisória superada por julgamento definitivo da insurgência, com
solução definitiva da controvérsia.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
DA ALEGADA ILEGITIMIDADE ATIVA POR LIMITAÇÃO
SUBJETIVA DA SENTENÇA COLETIVA

NÃO APLICAÇÃO DO RE 573.232/SC

O Impugnante sustenta ilegitimidade ativa do(s)


autor(es), sob o argumento de que o STF em julgamento recente,
querendo referir-se ao R.E. 573.232/SC, entendeu que a sentença
coletiva proferida na ação civil pública objeto desta execução somente
poderia beneficiar os poupadores que, à época da propositura da Ação
Civil Pública, eram associados do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa
do Consumidor). Porém razão não lhe assiste nesta argumentação.

Nos termos do art. 97 do CDC, a liquidação e a


execução de sentença coletiva poderão ser promovidas pela vítima e
seus sucessores.

Embora o réu sustente a ilegitimidade ativa, não


trouxe em sua impugnação qualquer prova no sentido de que o(a)
autor(a) não foi vítima do evento danoso. Não houve qualquer
alegação de que o(s) Extrato(a) Bancário de conta(a) poupança seja
inexistente ou tinha saldo diverso do informado.

Pelo contrário, está comprovado que o(a) autor(a)


era poupador do banco réu ora impugnante, com saldo no período do
evento danoso e data-base entre 01 e 15 de janeiro de 1989, sem

13
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 251

saque até o dia do aniversário subsequente, conforme consta na


inicial. Portanto não há razão pra excluí-lo(a) do polo ativo da
presente demanda.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
Pois bem, Excelência: O RE 573.232/SC – não é
aplicável ao caso em tela, e avocar matéria que esta acobertada pelo
manto da coisa julgada, deixa claro a má-fé do Executado vejamos:

O RECURSO EXTRAORDINÁRIO EM QUESTÃO NÃO


FOI INTERPOSTO EM RELAÇÃO A AÇÃO CIVIL PUBLICA Nº
1998.01.1.016798-9 DF), DA 12º VARA DA FAZENDA PÚBLICA – DO
DISTRITO FEDERAL DF, QUE CONDENOU O BANCO DO BRASIL S/A A
REPARAR O DANO PRODUZIDO A TODOS OS POUPADORES DAQUELA
INSTITUIÇÃO E DE TODO TERRITÓRIO NACIONAL, CIRCUNSTÂNCIA
QUE, POR SI SÓ, JÁ AFASTA A PRETENDIDA LIMITAÇÃO SUBJETIVA
ARGÜIDA PELO IMPUGNANTE. TANTO ISSO É VERDADE, QUE NO
PRÓPRIO R.E. FOI AFASTADA A POSSIBILIDADE DE APLICAÇÃO DOS
EFEITOS DA REPERCUSSÃO GERAL.

Frisa-se: O Recurso Extraordinário 573.232/SC,


originou da discussão travada pela Associação Catarinense do
Ministério Público que ajuizou ação, com fundamento no artigo XXI da
CF/88 c/c art. 81, II do CDC, na defesa de “interesse coletivo estricto
sensu”, só para seus associados, requerendo expressamente o pedido
para os seus “representados”.

Porém em amor ao debate passamos a analisar.

As vésperas do julgamento de Recurso repetitivo –


Resp. 1.391.198/RS (Rel. Min. Luis Felipe Salomão) - que fora
interrompido pelo voto vista do Min. João Otávio de Noronha - o
próprio ministro Relator do processo, Dr. Luís Felipe Salomão em
decisão de 11 de junho de 2014 não conheceu do recurso interposto

14
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 252

pelo Banco do Brasil S/A, que postulava a uniformização de 02


controvérsias (limitação territorial e filiação ao IDEC), pacificando o
entendimento de que os poupadores podem ingressar com a ação em
seus domicílios e não há necessidade e serem filiados ao IDEC.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
Não obstante, num claro pedido da FEBRABAN, o
Banco do Brasil S/A quer provocar em nível nacional a rediscussão sem
precedentes da questão da filiação de seus associados às entidades
associativas, alegando que somente seus “pares” e com expressa
autorização, poderiam mover as execuções individuais de ação
coletiva, alegando à seu favor, a recente decisão no julgamento do RE
573.232/SC (Rel. p/Acórdão – Min. Marco Aurélio, j. 14/05/2014).

A quaestio juris é facilmente rebatida, tendo em


vista que o RE 573.232/SC não guarda qualquer similitude jurídica
com aqueles e os presentes autos, precipuamente no tocante aos
traços de diferenciação entre os institutos da REPRESENTAÇÃO
PROCESSUAL (RE 573.232/SC) e o da SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL
(0403263-60.1993.8.26.0053 – da 6ª Vara da Fazenda Publica de São
Paulo –SP), caindo por terra a tese pelejada pelo Banco do Brasil S/A.

Não há necessidade de filiação ao Instituto


Brasileiro de Defesa do Consumidor IDEC para ajuizamento de ação
individual para cobrança dos expurgos inflacionários reconhecidos em
ação proposta por ela.

Isso ocorre porque a sentença da AÇÃO CIVIL


PUBLICA que gerou o título em execução/cumprimento, que condenou
o Banco do Brasil S/A, não individualizou as pessoas que poderiam
usufruir da condenação. Portanto, sejam elas associadas ou não à
entidade, podem se beneficiar da sentença proferida naquela Ação
Coletiva.

15
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 253

Reiterando: Na discussão travada nos autos do Recurso


Extraordinário 573.232/SC, a Associação Catarinense do Ministério
Público ajuizou ação, com fundamento no artigo XXI da CF/88 c/c art.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
81, II do CDC, na defesa de “interesse coletivo estricto sensu”, só para
seus associados, requerendo expressamente o pedido para os seus
“representados”. Neste caso, vale a expressa dicção do art. 2º-A, da
Lei 9.494/97 (a execução individual precisa de expressa autorização
do ente representativo e ser membro filiado. Aplica-se aqui o conceito
da REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL.

Já na AÇÃO CIVIL PUBLICA nº 1998.01.1.016798-9-


DF, que tramitou pelo expediente da 12ª Vara da Fazenda Publica do
Distrito Federal, onde restou condenado o Banco do Brasil S/A, e foi
proposta com fulcro no artigo 81, inciso III do CDC (Lei 8.078/90) e
7.345/85 (LACP), na defesa de interesses individuais homogêneos,
para beneficiar todo e qualquer poupador, independentemente do
vínculo associativo com o IDEC, a qualquer tempo, atuou o IDEC como
legitimado extraordinário (filiados e consumidores em geral).
Aplicando-se, nesta hipótese, a SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL.

A diferenciação entre os 02 institutos foi questão


apreciada pela 4ª Turma, do Augusto Sodalício Federal, in verbis:

STJ – “PROCESSO CIVIL. AÇÃO CIVIL PÚBLICA.


DEFESA DE INTERESSES PARTICULARES.
ILEGITIMIDADE ATIVA DO IDEC. SUBSTITUIÇÃO
PROCESSUAL NÃO SE CONFUNDE COM
REPRESENTAÇÃO.

(...)

16
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 254

3. O traço de diferenciação entre os institutos da


SUBSTITUIÇÃO e da REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL
está em que, no primeiro, o substituto é parte no
processo e não necessita de autorização dos

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
substituídos para atuar em juízo; no segundo, o
representante não é parte e precisa de autorização
para representar (...) 4. Recurso especial não-
conhecido”.

(STJ - REsp nº 184.986/SP, Rel. Min. LUIS FELIPE


SALOMÃO, Rel. p/ Acórdão Min. JOÃO OTAVIO DE
NORONHA, 4ª Turma, j. 17.11.2009 – destaquei).

Portanto, mais uma tese insustentável a


desrespeitar o bom andamento do processo e a desafiar a inteligência
dos julgadores.

Ademais, a pretensão juridicamente impossível


intentada pelo Banco do Brasil, com base no julgamento do RE
573.232/SC, visa trazer a vida ACP já transitada em julgado em
27/10/2009, em absoluta consonância com o ordenamento jurídico e
o entendimento já consagrado pelo STJ, no julgamento dos recursos
especiais 1.234.887/PR e 1.247.150/PR, ambos na sistemática de
Recursos Repetitivos (art. 543, C do CPC) julgados pela Corte Especial
daquele órgão fracionário.

17
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 255

A propósito, seguem os precedentes colacionados,


in verbis:

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
DIREITO PROCESSUAL. RECURSO
REPRESENTATIVO DE CONTROVÉRSIA (ART.
543-C, CPC). DIREITOS METAINDIVIDUAIS.
AÇÃO CIVIL PÚBLICA. APADECO X
BANESTADO. EXPURGOS INFLACIONÁRIOS.
EXECUÇÃO/LIQUIDAÇÃO INDIVIDUAL. FORO
COMPETENTE. ALCANCE OBJETIVO E
SUBJETIVO DOS EFEITOS DA SENTENÇA
COLETIVA. LIMITAÇÃO TERRITORIAL.
IMPROPRIEDADE. REVISÃO JURISPRUDENCIAL.
LIMITAÇÃO AOS ASSOCIADOS.
INVIABILIDADE. OFENSA À COISA JULGADA.
1. Para efeitos do art. 543-C do CPC: (...)

1.2. (...) descabe a alteração do seu alcance


em sede de liquidação/execução individual,
sob pena de vulneração da coisa julgada.
Assim, não se aplica ao caso a limitação
contida no art. 2º-A, caput, da Lei n.
9.494/97 .

Desta feita, por qualquer ângulo pelos próprios e


jurídicos fundamentos da imutabilidade da coisa julgada (art. 467,
CPC c/c art. 5º, XXXVI, CF/88) e da substituição processual (art. 82, III
do CDC), sem prejuízo da expressa dicção do art. 2º-A da Lei
7.494/87 (que nova redação ao art. 16 da Lei 7.347/85) é totalmente
desnecessário a filiação do IDEC, para se promover a

18
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 256

liquidação/cumprimento de sentença na busca de direitos individuais


homogêneos.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
Neste aspecto, é totalmente visível as intenções
despropositadas, inapropriadas e desconexas quanto a alegação do RE
573.232/SC impetradas pelo Banco do Brasil, na tentativa de furtar-se
de sua obrigação, que beiram o limiar da litigância de má-fé.

Portanto impugnado fica desde já a matéria argüida


pelo Banco com base no RE 573.232, eis que não guarda qualquer
similitude fático-jurídica com o direito perseguido pelo(s) autor(es),
haja vista que o IDEC nos autos da AÇÃO CIVIL PÚBLICA nº
1998.01.1.016798-9-DF, que tramitou pelo expediente da 12ª Vara
da Fazenda Publica do Distrito Federal, onde condenou o Banco do
Brasil S/A, atuou como legitimado extraordinário, na forma de
substituição processual (art. 82, III do CDC) c/c Lei 7.347/85 (LACP)
sendo despiciendo a filiação aos associados para propor execução
individual, na busca de direito individual homogêneo, forte no art. 2º-
A da Lei 7.494/97, matéria já apreciada pela Corte Especial do
Colendo STJ em 02 recursos especiais repetitivos (REsp 1.243.887/PR
e 1.247.150/PR) ambos de Relatoria do Min. Luis Felipe Salomão.

Por fim na decisão proferida no REsp. 1.391.198(RS)


(2013/0199129-0) do Superior Tribunal de Justiça onde teve como
Relator o Ministro Luis Felipe Salomão, assim definiu bem,
esclarecendo a controvérsia quanto ao RE 573.232/SC.

19
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 257

Superior Tribunal de J ustiça

RECURSO ESPECIAL Nº 1.391.198 - RS (2013/0199129-0)

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
RELATOR : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO
RECORRENTE : BANCO DO BRASIL S/A
ADVOGADO : CRISTIANO KINCHESCKI E OUTRO(S)
RECORRIDO : LAÍDE JOSÉ ROSSATO – ESPÓLIO
REPR. POR : CLEONICE INES ROSSATO CEMBRANEL E OUTROS
ADVOGADO : ANA CLÁUDIA BUSANELLO E
ADVOGADA : ANGÉLICA VON BOROWSKY
INTERES. : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO - "AMICUS
CURIAE”
ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO
INTERES. : NSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO
CONSUMIDOR IDEC- ---"AMICUS CURIAE"
ADVOGADO : ANDREA LAZZARINI SALAZAR E OUTRO(S)
ADVOGADA : MARIANA FERREIRA ALVES
INTERES. : FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BANCOS FEBRABAN -
"AMICUS ----CURIAE"
ADVOGADO : GUSTAVO CÉSAR DE SOUZA MOURÃO E
OUTRO(S)
............

7.2. Ademais, da leitura das decisões que foram


prolatadas na ação coletiva, fica nítido que o recorrente
suscitou em seus recursos as mesmas teses que
ressuscita no presente recurso especial, em que pese à
eficácia preclusiva da coisa julgada e sua função
negativa, que obstam a sua reapreciação - sob pena de
malferimento aos arts. 467, 468, 473 e 474 do Código de
Processo Civil.

Nesse passo, a tese do amicus curiae Federação


Brasileira de Bancos - Febraban acerca de que, no

20
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 258

julgamento do RE 573.232/SC, a Corte Suprema teria


sufragado o entendimento, nos termos do art. 5º, XXI,
da CF, de que as entidades associativas, apenas quando
expressamente autorizadas, têm legitimidade para

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
representar seus associados, não comporta ser examinada
no presente recurso especial.

De fato, as instâncias ordinárias entenderam que


a decisão deveria contemplar todos aqueles que
mantinham conta de poupança com o ora recorrente, e
não apenas aqueles poupadores vinculados ao Idec;
sendo que, no caso em exame, o próprio colendo
Supremo Tribunal Federal manteve a decisão do Tribunal
local.

Desse modo, a teor do art. 512 do codex , a


decisão que transitou em julgado foi a colegiada
proferida pelo Supremo, por conseguinte, em
homenagem à eficácia preclusiva da coisa julgada, à sua
função negativa, assim como em respeito à autoridade
daquela Corte, não cabe cogitar em reexame da matéria.

Em conclusão, nenhuma das teses suscitadas pelo


recorrente pode aqui ser enfrentada, em respeito ao

instituto da coisa julgada.

7.3. Não há dúvida, pois, que a sentença prolatada


na ação coletiva fixou o índice expurgado e abrangeu,
indistintamente, todos aqueles que mantinham conta de
poupança com o Banco recorrente, em janeiro de 1989
(Plano Verão).

Ausente, justificadamente, a Sra. Ministra Nancy


Andrighi.

21
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 259

Presidiu o julgamento o Sr. Ministro Raul Araújo.

Brasília, 13 de agosto de 2014 (data do julgamento).

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO

Relator

Como se vê, o titulo executivo é legitimo, e não há


que se falar em matéria de ordem publica para aplicar o RE
573.232/SC.

Por fim, e apenas para registro, não procede a


alegação de que a parte Autor(a) permaneceu por vinte (20) anos
inerte. Todos tinham conhecimento da Ação Civil Pública que gerou o
título em execução e aguardavam pela decisão final, até mesmo
porque estavam contemplados na sentença, desde a primeira
instância.

DA ALEGADA INCOMPETÊNCIA DESSE JUÍZO PARA PROCESSAR A


DEMANDA E DA LEGITIMIDADE DA PARTE EXEQUNTE

Pois bem, inicialmente, cumpre salientar que a


presente demanda possui como base a sentença coletiva
proferida em sede da ação civil pública de nº 1998.01.1.016798-
9, que tramitou pelo expediente da 12ª Vara da Fazenda Publica do
Distrito Federal, na qual figurou como Autor o IDEC (Instituto De
Defesa Do Consumidor) e promovido o Banco do Brasil S.A.

Não bastasse, saliente-se que o título judicial


formado naquela Ação Civil Pública é claro ao dispor que a instituição

22
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 260

financeira deve “pagar aos titulares de cadernetas de poupança de


todo território nacional, mediante comprovação da titularidade da
conta, no período (...)”, não havendo qualquer restrição quanto à sua
eficácia subjetiva.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
No caso dos autos, portanto, a execução recai sobre
sentença que não limitou subjetivamente o seu alcance apenas aos
associados do IDEC ou a consumidores com domicílio na Comarca do
Distrito Federal quando do ajuizamento da ação civil coletiva, daí
porque produz efeitos a todos os poupadores do Banco Impugnante.

Ademais, cumpre destacar que em recente


publicação do acórdão proferido em recurso repetitivo pela Egrégia
Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça foi definido que as
decisões tomadas em ações civis públicas usadas para defender
interesses coletivos que versam sobre CONSUMO, saúde e meio
ambiente, valem para todo o país, não importando o local onde foram
proferidas.

A Corte Especial voltou a acenar com vigor para a


corrente segundo a qual os efeitos e eficácia da sentença na ação
coletiva desbordam dos limites meramente territoriais (físicos) na
medida em que são balizados, isso sim, pelos limites objetivos da
própria coisa julgada (abstrato). Vejamos:

"DIREITO PROCESSUAL. RECURSO REPRESENTATIVO DE


CONTROVÉRSIA (ART. 543- C, CPC). DIREITOS
METAINDIVIDUAIS. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. APADECO X
BANESTADO. EXPURGOS INFLACIONÁRIOS.
EXECUÇÃO/LIQUIDAÇÃO INDIVIDUAL. FORO
COMPETENTE. ALCANCE OBJETIVO E SUBJETIVO DOS
EFEITOS DA SENTENÇA COLETIVA. LIMITAÇÃO

23
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 261

TERRITORIAL. IMPROPRIEDADE. REVISÃO


JURISPRUDENCIAL. LIMITAÇÃO AOS ASSOCIADOS.
INVIABILIDADE. OFENSA À COISA JULGADA. 1. Para
efeitos do art. 543-C do CPC: 1.1. A liquidação e a

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
execução individual de sentença genérica proferida em
ação civil coletiva pode ser ajuizada no foro do domicílio
do beneficiário, porquanto os efeitos e a eficácia da
sentença não estão circunscritos a lindes geográficos,
mas aos limites objetivos e subjetivos do que foi
decidido, levando-se em conta, para tanto, sempre a
extensão do dano e a qualidade dos interesses
metaindividuais postos em juízo (arts. 468, 472 e 474,
CPC e 93 e 103, CDC). 1.2. A sentença genérica
proferida na ação civil coletiva ajuizada pela Apadeco,
que condenou o Banestado ao pagamento dos
chamados expurgos inflacionários sobre cadernetas de
poupança, dispôs que seus efeitos alcançariam todos os
poupadores da instituição financeira do Estado do
Paraná. Por isso descabe a alteração do seu alcance em
sede de liquidação/execução individual, sob pena de
vulneração da coisa julgada. Assim, não se aplica ao
caso a limitação contida no art. 2º-A, caput, da Lei n.
9.494/97. 2. Ressalva de fundamentação do Ministro
Teori Albino Zavascki. 3. Recurso especial parcialmente
conhecido e não provido.(RECURSO ESPECIAL Nº
1.243.887 - PR 2011/0053415- 5 - Relator Ministro
LUIS FELIPE SALOMÃO, julgado em 19/10/2011)

Neste diapasão, quando um direito coletivo for


reconhecido pela Justiça, quem se julgar beneficiado terá apenas de
entrar com uma petição inicial informando que foi favorecido por essa
decisão. O beneficiário poderá ajuizar o pedido na cidade onde mora
ou local onde a sentença ou o acórdão foi proferido, conforme sua
conveniência, pois a eficácia da sentença não se limita a comarca do
24
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 262

orgão prolator, tendo em vista que a pretensão dos poupadores de


receber os expurgos inflacionários pode ser classificada como
exemplo dos interesses individuais homogêneos, os quais são
definidos por Hugo Nigro Mazzilli como:

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
“Aqueles de grupo, categoria ou classe de pessoas
determinadas ou determináveis, que compartilhem
prejuízos divisíveis, de origem comum,
normalmente oriundos das mesmas circunstâncias
de fato”. ((MAZZILLI, Hugo Nigro. A defesa dos
interesses difusos em juízo: meio ambiente,
consumidor, patrimônio cultural, patrimônio
público e outros interesses. 22.ª Ed. São Paulo:
Editora Saraiva, 2009; p.56.)

“A lei especial está expressamente permitindo ao


credor que liquide a sentença em foro diverso do da
ação condenatória, assim se afastando da regra
geral. Se a lei assim o fez, é porque desejava
favorecer o credor, permitindo-lhe liquidar a
sentença em seu domicílio.”(MAZZILLI, Hugo Nigro.
A defesa dos interesses difusos em juízo: meio
ambiente, consumidor, patrimônio cultural,
patrimônio público e outros interesses. 22.ª Ed. São
Paulo: Editora Saraiva, 2009; p.516.)

25
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 263

Vale a pena citar outros trechos da mais renomada


doutrina, onde lecionam sobre o assunto:

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
"o âmbito da abrangência da coisa julgada é
determinado pelo pedido, e não pela competência".
Assim, "se o pedido é amplo (de âmbito nacional)
não será por intermédio de tentativas de restrições
da competência que o mesmo poderá ficar limitado"
(Cód. Brasileiro de Defesa do Consumidor, 9ª ed.,
Forense Universitária, pp. 942/943).

“não há limitação para a eficácia erga omnes da


decisão proferida em ação coletiva, quer esteja
fundada na LACP, quer no CDC, tendo o legislador
confundido limites subjetivos da coisa julgada com
jurisdição e competência. Além disso, o art. 16, Lei
n.º 7.347/85, também ineficaz, em face da
integração com o CDC, que prevê no art. 103 a
eficácia erga omnes, independentemente do
domicílio do beneficiado (Nelson e Rosa Nery,
Código de Processo Civil Comentado, nota ao
art.16, Lei n.º 7.347/85 – Mesmo Sentido – Patrícia
Mirando Pizzol, Liquidação nas Ações Coletivas,
Lejus, 1988, p. 232; Elton Venturi, Processo Civil
Coletivo, Malheiros, 2007, p.438).

“Não se pode confundir a competência ou


delimitação da jurisdição do órgão do Poder
Judiciário com limites subjetivos da coisa julgada.
Nas ações coletivas (...) a coisa julgada produzirá
seus efeitos erga omnes ou ultra partes,

26
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 264

dependendo do caso. Assim, a decisão proferida


em ação coletiva envolvendo empresa que tem
relação jurídica com pessoas em todo o país,
atingirá a empresa como um todo, influindo em

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
todas as relações jurídicas que ela mantém no
Brasil. Isso se dá em virtude de os limites subjetivos
da coisa julgada produzirem-se erga omnes ou
ultra partes. Assim, a sentença proferida por um
juiz federal ou estadual no Rio de Janeiro pode
produzir efeitos no Amazonas” (grifamos) (NERY
JÚNIOR, Nelson e NERY, Rosa Maria de Andrade.
Código de Processo Civil comentado e Legislação
Processual Civil Extravagante em vigor. 6ª ed. São
Paulo: RT. 2002. págs. 328/329)

“De início, os tribunais não perceberam o


verdadeiro alcance da coisa julgada erga omnes,
limitando os efeitos da sentença e das liminares
segundo critérios de competência. Logo afirmamos
não fazer sentido, por exemplo, que ações em
defesa dos interesses individuais homogêneos dos
pensionistas e aposentados da Previdência Social ao
recebimento da diferença de 147% fossem
ajuizadas nas capitais dos diversos Estados, a
pretexto dos limites territoriais dos diversos órgãos
da Justiça Federal. O problema não é de
competência: o juiz federal, competente para
processar e julgar a causa emite um provimento
(cautelar ou definitivo) que tem eficácia erga
omnes, abrangendo todos os aposentados e
pensionistas do Brasil. Ou a demanda é coletiva, ou
não o é; ou a coisa julgada é erga omnes ou não o
é. E se o pedido for efetivamente coletivo, haverá

27
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 265

uma clara relação de litispendência entre as várias


ações ajuizadas nos diversos Estados da
Federação”. (ADA PELLEGRINI GRINOVER, O
Processo: estudos e pareceres 2ª. ed. rev. e ampl.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
São Paulo: DJP Editora, 2009, p. 233)

É oportuno relembrar que as ações coletivas, dentre elas a


ação civil pública, foram idealizadas como instrumento de
uniformização da jurisprudência, segurança e previsibilidade jurídica,
de combate a morosidade da justiça, evitando milhares de ações
individuais, com risco de decisões conflitantes e desiguais, tudo a
gerar incerteza e descrédito do serviço jurisdicional. Nesse contexto,
interessa considerar que a eficácia erga omnes da decisão significa
que os seus efeitos beneficiam todos que se encontram na mesma
situação jurídica, independentemente do limite territorial, do local de
seu domicílio, exatamente nos termos do artigo 103, inciso III, do
Código de Defesa do Consumidor. Eis:

PROCESSUAL CIVIL. CONFLITO NEGATIVO DE


COMPETÊNCIA. SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL. AÇÃO
COLETIVA. EXECUÇÃO INDIVIDUAL NO DOMICÍLIO
DO AUTOR. FORO DIVERSO DO FORO DO PROCESSO
DE CONHECIMENTO. POSSIBILIDADE. INCIDÊNCIA
DAS LEIS 8.078/90 E 7.347/85. CONFLITO
CONHECIDO. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA FEDERAL
DO ESTADO DO AMAZONAS. 1. As ações coletivas
lato sensu – ação civil pública ou ação coletiva
ordinária – visam proteger o interesse público e
buscar a realização dos objetivos da sociedade,
tendo, como elementos essenciais de sua formação,
o acesso à Justiça e a economia processual e, em
segundo plano, mas não de somenos importância, a

28
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 266

redução dos custos, a uniformização dos julgados e


a segurança jurídica. 2. A sentença coletiva
(condenação genérica, art. 95 do CDC), ao revés da
sentença que é exarada em uma demanda

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
individualizada de interesses (liquidez e certeza, art.
460 do CPC), unicamente determina que as vítimas
de certo fato sejam indenizadas pelo seu agente,
devendo, porém, ser ajuizadas demandas
individuais a fim de se comprovar que realmente é
vítima, que sofreu prejuízo e qual o seu valor. 3. O
art. 98, I, do CDC permitiu expressamente que a
liquidação e execução de sentença sejam feitas no
domicílio do autor, em perfeita sintonia com o
disposto no art. 101, I, do mesmo código, que tem
como objetivo garantir o acesso à Justiça. 4. Não se
pode determinar que os beneficiários de sentença
coletiva sejam obrigados a liquidá-la e executá-la
no foro em que a ação coletiva fora processada e
julgada, sob pena de lhes inviabilizar a tutela dos
direitos individuais, bem como congestionar o
órgão jurisdicional. 5. Conflito de competência
conhecido para declarar competente o Juízo Federal
da 2ª Vara da Seção Judiciária do Estado do
Amazonas/AM, o suscitado.(STJ – CC 96.682-RJ –
Rel. Min. Arnaldo Esteves Lima – Data do
Julgamento (23/03/2010)

RECURSO ESPECIAL. CONFLITO DE COMPETÊNCIA


NEGATIVO. EXECUÇÃO INDIVIDUAL DE SENTENÇA
PROFERIDA NO JULGAMENTO DE AÇÃO COLETIVA.
FORO DO DOMICÍLIO DO CONSUMIDOR.
INEXISTÊNCIA DE PREVENÇÃO DO JUÍZO QUE
EXAMINOU O MÉRITO DA AÇÃO COLETIVA.

29
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 267

TELEOLOGIA DOS ARTS. 98, § 2º, II E 101, I, DO


CDC. 1. A execução individual de sentença
condenatória proferida no julgamento de ação
coletiva não segue a regra geral dos arts. 475-A e

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
575, II, do CPC, pois inexiste interesse apto a
justificar a prevenção do Juízo que examinou o
mérito da ação coletiva para o processamento e
julgamento das execuções individuais desse título
judicial. 2. A analogia com o art. 101, I, do CDC e a
integração desta regra com a contida no art. 98, §
2°, I, do mesmo diploma legal garantem ao
consumidor a prerrogativa processual do
ajuizamento da execução individual derivada de
decisão proferida no julgamento de ação coletiva no
foro de seu domicílio. 3. Recurso especial provido.
(STJ – Resp. 1.098.242-GO – Rel. Min. Nancy
Andrigui – Data do Julgamento 21/10/2010).

Não há que se falar em limitação territorial para


cumprimento da sentença ou de incompetência deste juízo para
processamento da execução.

Tratando-se de ação civil pública, após o trânsito


em julgado da sentença, todos aqueles que demonstrarem que foram
lesados pela conduta do banco requerido, podem promover a
liquidação do julgado em seu domicílio.

Além disso, o(s) exequente(s) não pode(m) ser


declarado(s) parte(s) ilegítima(s) para compor o polo ativo da execução
porque não há qualquer disposição expressa na sentença ou no v.
acórdão, quanto ao alcance da decisão, de forma que a execução do

30
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 268

julgado não está restrita apenas aos associados do IDEC Instituto de


Defesa do Consumidor.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
Não comprovou o banco executado que quando da
propositura da ação tenha sido exigida a apresentação da relação dos
associados do IDEC em favor de quem a ação estaria sendo proposta.

Assim deve ser em respeito ao princípio


constitucional de livre acesso ao Poder Judiciário, que seria maltratado
caso o(s) autor(es) fosse(m) impedido(s) de executar a decisão, sem
contar que ninguém está obrigado a associar-se a qualquer entidade.

Portanto, não há que se falar em ilegitimidade ativa


ou passiva para composição feito, seja pelo limite territorial, ou pela
falta de filiação do IDEC.

DAS DESNECESSIDADES DE FILIAÇÃO DO IDEC

Quanto aos argumentos do Impugnante de que


seria necessária a comprovação de que o(s) Impugnado(s) era(m)
filiado(s) ao IDEC na época da Ação Civil Pública, mais uma vez não
merece guarida.

Vale salientar que o IDEC – Instituto de Defesa do


Consumidor - foi a juízo, por meio da ação civil em comento, tutelar
interesse coletivo, ou individual homogêneo de consumidores, um de
seus objetivos sociais (artigos 81 e 82 do Código de Defesa do
Consumidor). Não foi em juízo postular a proteção de interesse
próprio, mas sim interesses pertencentes a um grupo de pessoas. Não

31
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 269

há qualquer sentido em limitar os efeitos de sentença que reconheceu


a procedência do direito ao requisito de estar vinculado à associação
autora. A uma, porque o direito individual homogêneo reconhecido em
sentença não possui qualquer relação com o vínculo associativo. A

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
duas, porque a legitimidade da associação não decorre da relação
associativa em si, mas sim dos objetivos que a referida instituição visa
a proteger. Trata-se da chamada representatividade adequada.

Aliás, tal entendimento já está consolidado em


nossa jurisprudência, inclusive com precedentes no Superior Tribunal
de Justiça, neste sentido:

Fase de cumprimento de sentença. Inexistência de


custas a serem recolhidas, ainda que os autos
tenham sido distribuídos como execução judicial
autônoma, o que não mais ocorre. Ação civil
pública. Competência do d. juiz prolator da
sentença, com base no artigo 2° da lei 7.347/85;
ação coletiva, ademais, formadora de coisa julgada
"erga omnes". Comprovação da condição de
associado para legitimar-se ativamente em ação
civil pública. Desnecessidade. Precedentes do STJ.
Agravo provido.(TJ/SP – Agr. Inst. n.º
990.10.012304-1 – 11ª Câmara de Direito Privado
– Rel. Des. Soares Levada – Data do Julgamento
25/02/2010)

"Processual. Agravo no recurso especial. Ação de


execução. Prequestionamento. Título executivo
judicial. Sentença proferida em ação civil pública
contra empresa pública, favoravelmente aos
poupadores do Estado. Extensão da coisa julgada.
Comprovação da legitimidade ativa do credor.
Demonstração de vinculo associativo. Apresentação

32
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 270

de relação nominal e de endereço dos associados.


Desnecessidade. Para a comprovação da
legitimidade ativa de credor-poupador que propõe
ação de execução com lastro no título executivo

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
judicial exarado na ação civil pública, despicienda
se mostra a comprovação de vínculo com a
associação proponente da ação ou a apresentação
de relação nominal e de endereços dos associados.
Precedentes. Agravo no recurso especial
desprovido.” (Ministra Nancy Andrighi. T3-Terceira
Turma. DJ 04/10/2004 p. 296.) (Grifei)

Como pode observar Vossa Excelência, o


Impugnante tenta por diversas formas desvencilhar-se da obrigação,
argüindo matérias que nem mesmo seus subscritores acreditam nelas,
o que demonstra seu nítido caráter protelatório.

Outrossim, o art. 16, da Lei de Ação Civil Pública


dispõe que "a sentença civil fará coisa julgada 'erga omnes', nos
limites da competência territorial do órgão prolator, exceto se o
pedido for julgado por insuficiência de provas, hipótese em que
qualquer legitimado poderá intentar outra ação com idêntico
fundamento, valendo-se da nova prova", nada dispondo sobre
qualquer limitação dos efeitos do decisum apenas aos associados da
entidade que propôs a ação.

No tocante a matéria trazida pelo Impugnante em


relação ao RE 573.232/SC, muito embora sustente a ilegitimidade
ativa, não traz qualquer prova no sentido de que o(s) autor(es) não
foi(ram) vitima(s) do evento, no mais reitera-se a preliminar da integra
da não aplicação do RE 573.232/SC argüida pelos nesta defesa, para
não se torna repetitivo.

33
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 271

Por fim, no que concerne a alegação de prescrição,


vale ressaltar que os Impugnados baseiam a presente execução em
título judicial coletivo, motivo pelo qual a prescrição é quinquenal,
tendo por termo inicial a data do transito em julgado da sentença

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
proferida na Ação Civil Pública.

Assim o Superior Tribunal de Justiça já manifestou


acerca do tema, proferindo o acórdão abaixo, processado sob o rito
previsto no artigo 543-C do Código de Processo Civil:

“DIREITO PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO CIVIL PÚBLICA.


PRESCRIÇÃO QUINQUENAL DA EXECUÇÃO
INDIVIDUAL. PRESCRIÇÃO VINTENÁRIA DO
PROCESSO DE CONHECIMENTO TRANSITADA EM
JULGADO. INAPLICABILIDADE AO PROCESSO DE
EXECUÇÃO. RECURSO ESPECIAL REPETITIVO. ART.
543-C DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL.
PROVIMENTO DO RECURSO ESPECIAL
REPRESENTATIVO DE CONTROVÉRSIA. TESE
CONSOLIDADA. 1.- Para os efeitos do art. 543-C do
Código de Processo Civil, foi fixada a seguinte tese:
"No âmbito do Direito Privado, é de cinco anos o
prazo prescricional para ajuizamento da execução
individual em pedido de cumprimento de sentença
proferida em Ação Civil Pública". 2.- No caso
concreto, a sentença exequenda transitou em
julgado em 3.9.2002 (e-STJ fls. 28) e o pedido de
cumprimento de sentença foi protocolado em
30.12.2009 (e-STJ fls. 43/45), quando já
transcorrido o prazo de 5 (cinco) anos, estando,
portanto, prescrita a pretensão executória. 3.-
Recurso Especial provido: a) consolidando-se a tese
supra, no regime do art. 543-C do Código de
Processo Civil e da Resolução 08/2008 do Superior
Tribunal de Justiça; b) no caso concreto, julgando-

34
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 272

se prescrita a execução em cumprimento de


sentença.” (STJ - RECURSO ESPECIAL Nº 1.273.643 -
PR (2011/0101460-0) – Corte Especial - RELATOR :
MINISTRO SIDNEI BENETI – 27 de fevereiro de 2013

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
data do julgamento)

Com efeito, os juros remuneratórios e a correção


monetária relativos aos depósitos em caderneta de poupança
constituem-se no próprio crédito e não meros acessórios, pois se
agregam mensalmente ao capital, integrando, assim, o objeto
principal dos contratos de poupança.

No caso em tela, os Impugnados informaram a este


juízo que a sentença coletiva proferida no processo da Ação Civil
Pública transitou em julgado no dia 27 de outubro de 2009, sendo
assim, teria até o dia 27 de outubro de 2014 para ajuizar a presente
demanda de execução.

Não há necessidade de filiação ao Instituto


Brasileiro de Defesa do Consumidor IDEC para ajuizamento de ação
individual para cobrança dos expurgos inflacionários reconhecidos em
ação proposta por ela.

A sentença proferida na Ação Civil Publica que


originou o titulo judicial ora executado e que condenou o Banco do
Brasil S/A, não individualizou as pessoas que poderiam usufruir da
condenação. Assim, sendo elas associadas ou não à entidade, podem
se beneficiar da sentença proferida naquela Ação Coletiva.

Vale ressaltar: A decisão foi vergastada por todos


os tipos de recursos disponíveis e, finalmente, transitou em julgado
nos braços do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL – STF.

35
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 273

De mais, como anteriormente demonstrado não


necessidade do(s) autor(es) ser(em) filiado(s) ao Idec, até porque com
a decisão proferida recentemente no Recurso Especial 1.391.198-RS
2013/0199129-0, o STJ colocou fim a controvérsia.

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
Assim, as argumentações apresentadas pelo
impugnante não existe interesse de ordem publica, ou quaisquer
vícios que causem nulidade no procedimento de cumprimento de
sentença, devendo de plano ser rejeitada a referida impugnação.

O(A) impugnado(S) adiante analisará e demonstrará


o aqui alegado.

DA DESNECESSIDADE DE PRÉVIA LIQUIDAÇÃO

A liquidação da sentença que se busca o seu


cumprimento, Excelência, indiscutivelmente, depende apenas de
cálculo aritmético e ele é simples, bastando os seguintes elementos,
os quais, nenhum deles, é fato novo que necessita comprovar-se em
procedimento de liquidação por artigos ou por arbitramento, e são
eles:

1 – SALDO EM CONTA POUPANÇA DO(A) AUTOR(A)


COM DATA-BASE ENTRE 1º DE JANEIRO DE 1989 A 15 DE JANEIRO DE
1989, uma vez que a Medida Provisória 32/89, entrou em vigência a
partir de 16/01/89;

2 – PARTINDO DA HIPÓTESE ACIMA, DEDUZIR, SE


FOR O CASO, EVENTUAIS SAQUES REALIZADOS ANTES DO PERÍODO
DE ANIVERSÁRIO DA(S) CONTA(S) POUPANÇA DO MÊS SUBSEQUNTE.

36
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 274

3 – APLICAR O IPC DO MÊS DE JANEIRO DE 1989 E


DEDUZIR O PERCENTUAL DE 22,97%, QUE FOI O VALOR CREDITADO
NO PERÍODO NA(S) CONTA(S) POUPANÇA COM DATAS-BASE ENTRE
01 E 15 DEE JAN/89. ESSE FOI O PERCENTUAL APURADO PELA LTF,

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
ÍNDICE DE REMUNERAÇÃO DAS POUPANÇAS CRIADO PELA MP 32/89.

4 – OBTIDO O RESULTADO, RESTA TÃO-SOMENTE


ATUALIZAR O VALOR ENCONTRADO PARA OS DIAS ATUAIS,
OBSERVANDO OS PARÂMETROS LEGAIS PERTINENTES DE CORREÇÃO
MONETÁRIA, INCLUSIVE EXPURGOS INFLACIONÁRIOS SUBSEQUENTES,
JUROS MORATÓRIOS E JUROS REMUNETARIOS (§ 3º do art. 12 do
Dec. 2.284/86). Tudo com parâmetro em diversos julgados do STJ
sobre a matéria específica, demonstrado ao longo desta peça.

Portanto, o caso é exatamente de aplicação do


art. 475-B do CPC, que diz:

Quando a determinação do valor da condenação


depender apenas de cálculo aritmético, o credor
requererá o cumprimento da sentença, na forma
do art. 475-J desta Lei, instruindo o pedido com a
memória discriminada e atualizada do cálculo.

Não há dúvidas de que o(a) Promovente detinha


conta-poupança com data-base entre 01/15 de janeiro de 1989 e
sem saque até o aniversário seguinte – EXTRATO(S) DE CONTA(S)
POUPANÇA DE FL. – havia(m) nela(s) saldo(s) e, assim,
contemplado(a) plenamente pela sentença em execução.

37
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 275

Também não há dúvidas, aliás, esse foi o objeto


da ação, que sua(s) conta(s) poupança recebeu(ram) rendimentos
referentes ao mês de janeiro/89 pelo LTF, instituído pela Medida
Provisória 32/89, quando, na verdade, deveria ter sido pelo IPC,

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
acrescido de juros de 0,5% ao mês, tal como previsto no Decreto
2.284/86.

Com tais elementos, repita-se, o quantum


debeatur depende apenas de cálculo atuarial, não sendo necessário
de apuração em procedimento próprio, que somente mais retardaria
a prestação jurisdicional, sem se falar em mais despesas, até mesmo
para o próprio Executado.

Ademais, a aplicação do art. 475-B do CPC, ou


seja, a postulação de cumprimento de sentença, apenas por cálculo
aritmético, é também é uma das formas de liquidação e, assim, não
está a se descumprir o comandado da sentença em comprimento,
que indica a liquidação do julgado.

Com todo o respeito que é devido a quem tem


entendimento diverso, que diga-se de passagem, não é o mais
razoável e nem tampouco eficaz e econômico, o presente caso
depende apenas de cálculos aritméticos e assim, não necessita de
realização de perícia (liquidação por arbitramento) para se obter o
quantum debeatur, e muito menos da necessidade de alegação e
prova de fato novo (liquidação por artigos). Tanto é verdade que o
Executado no o aponta em sua impugnação.

Insta, pois, salientar, que essa última modalidade –


liquidação por artigos - deverá ser reservada somente para as situações
em que não se mostre possível a liquidação por mero cálculo aritmético do
credor. Vejamos:

38
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 276

“Substituindo a antiga liquidação pelo


contador, a liquidação por mero cálculo
aritmético não é propriamente uma
liquidação, considerando-se o conceito

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
moderno de liquidez que aponta não para
a necessária determinação do valor, mas
para a sua determinabilidade por meio
de meros cálculos com os elementos
fornecidos pela sentença. Seja como for,
quando houver somente a necessidade
da formulação de um cálculo aritmético
para determinar o valor exato a ser
executado, o art. 475-B do CPC prevê o
procedimento a ser adotado, ainda que
genuinamente não se trate de uma
liquidação de sentença.” (NEVES, Daniel
Assumpção Amorin – Manual de Direito
Processual Civil – 3ª Edição – 2011 -pág
927, 3º par.)

Partindo-se dos termos da sentença coletiva


proferida em sede da Ação Civil Pública que baseia a presente
demanda (que é a aplicação do índice estabelecido na sentença da
ação de conhecimento), é bastante ao(s) Exequente(s) a manifestação
expressa pelo seu cumprimento, apresentando juntamente ao
requerimento inicial a memória discriminada dos cálculos, indicando
os elementos utilizados para auferir o valor da indenização, assim
como a prova do dano. No caso dos autos, o(s) Exeqüente(s),

O(a) Exequente comprovou sua condição de vítima


através de extrato(s) de conta(s) poupança apresentados em anexo a
exordial, com data(s)-base entre 01 e 15 de janeiro de 1989, não
havendo a necessidade da liquidação por artigos. Senão vejamos:

39
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 277

“O cumprimento de sentença depende de


manifestação expressa do
demandante, que provocará o Poder
Judiciário por meio de requerimento

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
inicial (arts. 475-B, caput, e 475-J,
caput, do CPC), que será instruído com
o demonstrativo de cálculos... Essa
memória descriminada de cálculos,
peça indispensável ao início da
execução, deverá indicar todos os
elementos utilizados no cálculo do
exequente, com a expressa indicação
do principal, acessórios, multas, e
índices utilizados.” (NEVES, Daniel
Assumpção Amorin – Manual de Direito
Processual Civil – 3ª Edição – 2011 -
pág 928, 4º par; Marioni-Arenhart –
Execução – n.7.4 – pág 125)

E, segundo a lição do mestre Araken de Assis:

“A rigor, contendo a sentença todos os


elementos necessários para efetuar o
cálculo, não há iliquidez. Esta hipótese
corresponde, no direito português, à
liquidação pelo exequente: na petição
inicial da execução, utilizando os dados
do próprio título, o credor apresenta
memória de cálculo.” (ASSIS, Araken de.
Manual da execução. 11ª ed. São Paulo:
Revista dos Tribunais, 2007, p. 282)

Ademais, vale destacar que, mesmo que a sentença


proferida em ação coletiva seja sempre ilíquida (artigo 98 do CDC),
a Lei Consumerista não determinou um procedimento específico de

40
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 278

liquidação. Assim, na lei, nada há que impeça a liquidação por


simples cálculos, tomando-se por base apenas o que dispõe o
artigo 475-B do Código de Processo Civil. No mesmo sentido, vem
entendendo o professor José Miguel Garcia Medina:

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.
“É possível a apuração do valor por mero
cálculo, também em se tratando de
sentença proferida em ações coletivas, a
despeito do que dispões o art. 95 da Lei
8078/1990. É o que pode ocorrer, por
exemplo, em sentença que tenha
condenado o Instituto de Previdência a
pagar, a cada um dos aposentados, uma
quantia específica, atualizada a partir de
determinada data. Nesse caso,
dependendo a apuração do valor devido
de mero cálculo, não terá lugar a ação
de liquidação anterior à ação de
execução. O valor poderá ser apurado
tomando-se por base apenas o que
dispõe o art. 475-B do CPC.” (MEDINA,
José Miguel Garcia. Execução ( processo
civil moderno ). São Paulo: Revista dos
Tribunais, 2008, p. 246)

Acerca do tema, reza o art. 475-B do Código de Processo


Civil:

“Art. 475-B. Quando a determinação do


valor da condenação depender apenas de
cálculo aritmético, o credor requererá o
cumprimento da sentença, na forma do
art. 475-J desta Lei, instruindo o pedido
com a memória discriminada e atualizada
do cálculo.

41
.
Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por LUIZ VALDEMIRO SOARES COSTA e Tribunal de Justica do Estado do Ceara, protocolado em 02/06/2015 às 16:20 , sob o número WEB115102053051
fls. 279

§ 1º. Quando a elaboração da memória do


cálculo depender de dados existentes
em poder do devedor ou de terceiro, o

Para conferir o original, acesse o site http://esaj.tjce.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 0898050-95.2014.8.06.0001 e código 19B59C6.