Você está na página 1de 28

FRANCION SANTOS

DIREITO CONSTITUCIONAL
1. (AOCP - 2016 - Sercomtel S.A Telecomunicações - Analista)
Considere o seguinte texto constitucional (CF 1988, Tít. II, Art. 5º.,
VI): “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo
assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na
forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias”.
Referente ao texto apresentado, liberdade de crença e proteção
aos locais de culto são, respectivamente:
a) garantia e direito.
b) direito e garantia.
c) ato e obrigação.
d) obrigação e ato.
e) direito e dever.

GABARITO: Alternativa “B”


Os direitos são prerrogativas legais que visam concretizar a convivência
digna, livre e igual de todas as pessoas. Representam, por si só, certos
bens e vantagens prescritos na norma constitucional. São também
conhecidas como disposições meramente declaratórias, pois imprimem
existência legal aos direitos reconhecidos.
Os Direitos Humanos são o conjunto de bens jurídicos, prerrogativas,
franquias e instituições que explicitam e concretizam a dignidade
humana como o fim de assegurar a existência solidária, igual e fraterna
entre as pessoas.
Já os Direitos Fundamentais são os direitos humanos incorporados na
ordem jurídica dos Estados.
As Garantias destinam-se a assegurar a fruição desses bens. Os direitos
são principais, as garantias são acessórias. São as disposições
assecuratórias, pois se colocam em defesa dos direitos, limitando o
poder do Estado ou de outra pessoa.
Enquanto os direitos identificam-se pelo caráter declaratório e
enunciativo, as garantias caracterizam-se pelo seu caráter instrumental.
2. (AOCP - 2016 - Prefeitura de Valença/BA - Técnico Ambiental)
Sobre os direitos fundamentais, assinale a alternativa correta.
a) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo
penetrar sem consentimento do morador, exceto apenas no caso
de flagrante delito.
b) É inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações
telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas, salvo, no
último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a
lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução
processual penal.
c) É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, não
podendo a lei estabelecer qualquer requisito.
d) O homicídio constitui crime inafiançável e imprescritível.
e) No Brasil, não se admite pena de morte em hipótese alguma.

GABARITO: Alternativa “B”


Art. 5º (…)
XI - a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem
consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou
para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial;
XII - é inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de
dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem judicial,
nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal
ou instrução processual penal;
XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as
qualificações profissionais que a lei estabelecer;
(…)
XLII - a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à
pena de reclusão, nos termos da lei;
XLIII - a lei considerará crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a
prática da tortura , o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o terrorismo
e os definidos como crimes hediondos, por eles respondendo os mandantes, os
executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem; (Regulamento)
XLIV - constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados,
civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático;
(…)
XLVII - não haverá penas:
a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos
do art. 84, XIX;
b) de caráter perpétuo;
c) de trabalhos forçados;
d) de banimento;
e) cruéis;
3. (AOCP - 2015 – EBSERH - Advogado (HDT-UFT) Quanto aos Direitos e
Garantias Fundamentais, assinale a alternativa correta.
a) Apesar do artigo 5º da Constituição Federal prever que todos são
iguais perante à lei, deve ser dado tratamento preferencial às mulheres.
b) É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato,
exceto para evitar perseguições contra o manifestante.
c) Ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou
de convicção filosófica ou política, sem exceção.
d) As associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas, ou ter
suas atividades suspensas por decisão judicial, exigindo-se, no primeiro
caso, o trânsito em julgado.
e) A sucessão de bens de estrangeiro situados no País será sempre
regulada pela lei brasileira, desde que seu cônjuge ou filhos sejam
brasileiros.

GABARITO: Alternativa “D”


Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a
inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à
propriedade, nos termos seguintes:
I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta
Constituição;
(…)
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
(…)
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de
convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação
legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em
lei;
(…)
XIX - as associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas
atividades suspensas por decisão judicial, exigindo-se, no primeiro caso, o
trânsito em julgado;
(…)
XXXI - a sucessão de bens de estrangeiros situados no País será regulada pela lei
brasileira em benefício do cônjuge ou dos filhos brasileiros, sempre que não lhes
seja mais favorável a lei pessoal do "de cujus";
4. (AOCP - 2016 – Prefeitura de Camaçari/BA - Procurador
Municipal) Considere as situações a seguir, as relacione com os
respectivos remédios constitucionais cabíveis e assinale a
alternativa correta.
1. Anulação de ato lesivo à moralidade administrativa.
2. Ameaça de violência à liberdade de locomoção por ato ilegal.
3. Retificação de dados pessoais contidos em registros de
entidades governamentais.
4. Abuso de poder que represente coação à liberdade de
locomoção.
5. Proteção de direito líquido e certo, não amparado por habeas
corpus, contra autoridade que se recuse a prestar informações
quanto a pessoa do impetrante constante de banco de dados de
caráter público.
A. Habeas corpus.
B. Mandado de segurança.
C. Habeas Data.
D. Ação Popular.

a) 1A, 2A e 4A, 3C, 5B.


b) 1A e 5A, 2B e 4B, 3C.
c) 1B e 3B, 2A, 4A e 5A.
d) 1D, 2A e 4A, 3C e 5C.
e) 1D, 2A e 4A, 3C, 5B.

GABARITO: Alternativa “D”


Art. 5º (…)
XIX - as associações só poderão ser compulsoriamente
dissolvidas ou ter suas atividades suspensas por decisão
judicial, exigindo-se, no primeiro caso, o trânsito em julgado;
XX - ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a
permanecer associado;
XXI - as entidades associativas, quando expressamente
autorizadas, têm legitimidade para representar seus filiados
judicial ou extrajudicialmente;
XXII - é garantido o direito de propriedade;
5. (AOCP - 2017 – SEJUS/CE - Agente Penitenciário) De acordo com as disposições
acerca da nacionalidade, constantes na Constituição Federal, assinale a alternativa
correta.
a) Os nascidos, na República Federativa do Brasil, de pais estrangeiros que estejam a
serviço do seu país são brasileiros natos.
b) Os nascidos no estrangeiro de pai brasileiro ou mãe brasileira, que estejam a
serviço da República Federativa do Brasil, somente são brasileiros natos se forem
registrados em repartição brasileira competente ou vierem a residir na República
Federativa do Brasil e optarem, em qualquer tempo, depois de atingida a
maioridade, pela nacionalidade brasileira.
c) São brasileiros naturalizados os estrangeiros de qualquer nacionalidade residentes
na República Federativa do Brasil há dez anos ininterruptos e sem condenação
penal, desde que requeiram a nacionalidade brasileira.
d) São brasileiros natos os nascidos no estrangeiro de pai brasileiro ou de mãe
brasileira, desde que sejam registrados em repartição brasileira competente ou
venham a residir na República Federativa do Brasil e optem, em qualquer tempo,
depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.

GABARITO: Alternativa “D”


Art. 12. São brasileiros:
I - natos:
a) os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de
pais estrangeiros, desde que estes não estejam a serviço de seu
país;
b) os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira,
desde que qualquer deles esteja a serviço da República Federativa
do Brasil;
c) os nascidos no estrangeiro de pai brasileiro ou de mãe
brasileira, desde que sejam registrados em repartição brasileira
competente ou venham a residir na República Federativa do Brasil
e optem, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade,
pela nacionalidade brasileira; (Redação dada pela Emenda
Constitucional nº 54, de 2007)
6. (AOCP - 2017 – SEJUS/CE - Agente Penitenciário) Consoante às
normas constitucionais brasileiras, assinale a alternativa correta.
a) São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge e os
parentes consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do
Presidente da República, de Governador de Estado ou Território, do
Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja substituído dentro dos
seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e
candidato à reeleição.
b) São inelegíveis os ocupantes de cargos estaduais ou municipais que
não se tenham deles afastado, em caráter definitivo, 45 (quarenta e
cinco) dias antes da data das eleições.
c) Não são inelegíveis os analfabetos, sendo,todavia, facultativa a sua
inscrição como eleitor.
d) É vedada a possibilidade de Lei Complementar estabelecer outros
casos de ilegibilidade além dos já previstos na Constituição.
e) Para todos os cargos majoritários, é permitida uma única reeleição.

GABARITO: Alternativa “A”


Art. 14. A soberania popular será exercida pelo sufrágio
universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para
todos, e, nos termos da lei, mediante:
I - plebiscito;
II - referendo;
III - iniciativa popular.
§ 1º O alistamento eleitoral e o voto são:
I - obrigatórios para os maiores de dezoito anos;
II - facultativos para:
a) os analfabetos;
b) os maiores de setenta anos;
c) os maiores de dezesseis e menores de dezoito anos.
(…)
§ 5º O Presidente da República, os Governadores de Estado e do
Distrito Federal, os Prefeitos e quem os houver sucedido, ou
substituído no curso dos mandatos poderão ser reeleitos para um
único período subseqüente. (Redação dada pela Emenda
Constitucional nº 16, de 1997)
§ 6º Para concorrerem a outros cargos, o Presidente da República,
os Governadores de Estado e do Distrito Federal e os Prefeitos
devem renunciar aos respectivos mandatos até seis meses antes
do pleito.
§ 7º São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge
e os parentes consangüíneos ou afins, até o segundo grau ou por
adoção, do Presidente da República, de Governador de Estado ou
Território, do Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja
substituído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já
titular de mandato eletivo e candidato à reeleição.
7. (AOCP - 2017 – Câmara de Maringá/PR - Assistente
Legislativo) Dentre as competências a seguir, qual alternativa
corresponde a(s) competência(s) restrita(s) do Município?
a) Promover, no que couber, adequado ordenamento territorial,
mediante planejamento e controle do uso, do parcelamento e da
ocupação do solo urbano.
b) Seguridade social.
c) Organização, garantias, direitos e deveres das polícias civis.
d) Combater as causas da pobreza e os fatores de marginalização,
promovendo a integração social dos setores desfavorecidos.
e) Operações relativas à circulação de mercadorias e sobre
prestações de serviços de transporte interestadual e
intermunicipal e de comunicação, ainda que as operações e as
prestações se iniciem no exterior.

GABARITO: Alternativa “A”


Art. 30. Compete aos Municípios:
I - legislar sobre assuntos de interesse local;
II - suplementar a legislação federal e a estadual no que couber;
III - instituir e arrecadar os tributos de sua competência, bem como aplicar suas
rendas, sem prejuízo da obrigatoriedade de prestar contas e publicar balancetes
nos prazos fixados em lei;
IV - criar, organizar e suprimir distritos, observada a legislação estadual;
V - organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão,
os serviços públicos de interesse local, incluído o de transporte coletivo, que tem
caráter essencial;
VI - manter, com a cooperação técnica e financeira da União e do Estado,
programas de educação infantil e de ensino fundamental; (Redação dada pela
Emenda Constitucional nº 53, de 2006)
VII - prestar, com a cooperação técnica e financeira da União e do Estado,
serviços de atendimento à saúde da população;
VIII - promover, no que couber, adequado ordenamento territorial, mediante
planejamento e controle do uso, do parcelamento e da ocupação do solo
urbano;
IX - promover a proteção do patrimônio histórico-cultural local, observada a
legislação e a ação fiscalizadora federal e estadual.
8. (AOCP - 2015 – UFC - Advogado) Com relação ao Poder executivo, é
INCORRETO afirmar que
a) a eleição do Presidente e do Vice-Presidente da República realizar-se-
á, simultaneamente, no primeiro domingo de outubro, em primeiro
turno, e no último domingo de outubro, em segundo turno, se houver,
do ano anterior ao do término do mandato presidencial vigente.
b) a eleição do Presidente da República importará a do Vice-Presidente
com ele registrado.
c) será considerado eleito Presidente o candidato que, registrado por
partido político, obtiver a maioria absoluta de votos, não computados os
em branco e os nulos.
d) se nenhum candidato alcançar maioria relativa na primeira votação,
far-se-á nova eleição em até trinta dias após a proclamação do
resultado, concorrendo os dois candidatos mais votados e
considerando-se eleito aquele que obtiver a maioria dos votos válidos.
e) se, antes de realizado o segundo turno, ocorrer morte, desistência ou
impedimento legal de candidato, convocar-se-á, dentre os
remanescentes, o de maior votação.
GABARITO: Alternativa “D”
Art. 30. Compete aos Municípios:
I - legislar sobre assuntos de interesse local;
II - suplementar a legislação federal e a estadual no que couber;
III - instituir e arrecadar os tributos de sua competência, bem
como aplicar suas rendas, sem prejuízo da obrigatoriedade de
prestar contas e publicar balancetes nos prazos fixados em lei;
IV - criar, organizar e suprimir distritos, observada a legislação
estadual;
V - organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão
ou permissão, os serviços públicos de interesse local, incluído o de
transporte coletivo, que tem caráter essencial;
VI - manter, com a cooperação técnica e financeira da União e do
Estado, programas de educação infantil e de ensino fundamental;
(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 53, de 2006)
9. (AOCP - 2016 – EBSERH - Advogado (CH-UFPA) Acerca da
organização do Poder Judiciário, assinale a alternativa correta.
a) Compete privativamente aos Tribunais propor a criação de
novas varas judiciárias.
b) Ao poder judiciário, é assegurada apenas autonomia
administrativa.
c) Aos juízes é vedado exercer a advocacia no juízo ou tribunal do
qual se afastou, antes de decorridos 2 (dois) anos do afastamento
do cargo, aposentadoria ou exoneração.
d) O Conselho Nacional de Justiça compõem-se de 10 (dez)
membros com mandato de 3 (três) anos, não se admitindo a
recondução.
e) Para exercer o cargo de Ministro do Superior Tribunal de
Justiça, é exigida a idade mínima de 30 (trinta) anos.

GABARITO: Alternativa “A”


Art. 96. Compete privativamente:

I - aos tribunais:
a) eleger seus órgãos diretivos e elaborar seus regimentos internos, com
observância das normas de processo e das garantias processuais das
partes, dispondo sobre a competência e o funcionamento dos
respectivos órgãos jurisdicionais e administrativos;
b) organizar suas secretarias e serviços auxiliares e os dos juízos que lhes
forem vinculados, velando pelo exercício da atividade correicional
respectiva;
c) prover, na forma prevista nesta Constituição, os cargos de juiz de
carreira da respectiva jurisdição;
d) propor a criação de novas varas judiciárias;
e) prover, por concurso público de provas, ou de provas e títulos,
obedecido o disposto no art. 169, parágrafo único, os cargos necessários
à administração da Justiça, exceto os de confiança assim definidos em
lei;
f) conceder licença, férias e outros afastamentos a seus membros e aos
juízes e servidores que lhes forem imediatamente vinculados;
II - ao Supremo Tribunal Federal, aos Tribunais Superiores e aos
Tribunais de Justiça propor ao Poder Legislativo respectivo,
observado o disposto no art. 169:
a) a alteração do número de membros dos tribunais inferiores;
b) a criação e a extinção de cargos e a remuneração dos seus
serviços auxiliares e dos juízos que lhes forem vinculados, bem
como a fixação do subsídio de seus membros e dos juízes,
inclusive dos tribunais inferiores, onde houver; (Redação dada
pela Emenda Constitucional nº 41, 19.12.2003)
c) a criação ou extinção dos tribunais inferiores;
d) a alteração da organização e da divisão judiciárias;
III - aos Tribunais de Justiça julgar os juízes estaduais e do Distrito
Federal e Territórios, bem como os membros do Ministério
Público, nos crimes comuns e de responsabilidade, ressalvada a
competência da Justiça Eleitoral.
10. (AOCP - 2016 – EBSERH - Advogado (CH-UFPA) Assinale a alternativa
INCORRETA
a) A Advocacia-Geral da União é a instituição que, diretamente ou através de
órgão vinculado, representa a União, os Estados, o Distrito Federal e os
Municípios, judicial e extrajudicialmente, cabendo-lhe, nos termos da lei
específica que dispuser sobre sua organização e funcionamento, as
atividades de consultoria e assessoramento jurídico do Poder Executivo.
b) O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função
jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime
democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.
c) O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por
seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei.
d) A Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado,
incumbindo-lhe a orientação jurídica e a defesa, em todos os graus, dos
necessitados, na forma do art. 5º, LXXIV.
e) Os juízes gozam das garantias da vitaliciedade, inamovibilidade e
irredutibilidade de subsídio.
GABARITO: Alternativa “A”
Art. 131. A Advocacia-Geral da União é a instituição que,
diretamente ou através de órgão vinculado, representa a
União, judicial e extrajudicialmente, cabendo-lhe, nos termos
da lei complementar que dispuser sobre sua organização e
funcionamento, as atividades de consultoria e
assessoramento jurídico do Poder Executivo.