Você está na página 1de 4

TABELA DE DOENÇAS PERIODONTAIS

Doença Descrição Classificação Características Tratamento


Etiologia: Curso: Clínicas: -Motivação
Placa bacteriana Curto (agudo) / longo (crônico); Brilhante -Instrução de H.O.
Prevalência: Localização: Vermelha -Controle e Manutenção a casa 2
Crianças e adolescentes Papilar/marginal/difusa; Edemaciada meses.
Formas amenas e moderadas Extensão: Sangramento a sondagem (fio dental, Quando há presença de cálculo,
Sem predileção por sexo ou raça. Localizada/generalizada; e espontâneo em alguns casos). raspagem, sub e supra. Polimento.
Gengivite Baseados em índices H.O. Agentes agravantes: Halitose
Papilas mais comprometidas. Locais (apinhamento dentário, falta de mat. Sem dor OBS: Paciente com leucemia não
Inflamação dos tecidos de proteção. restaurador) Pressão interdental sangra, mesmo com todos os aspectos
Microbiota: Agentes modificadores: sistêmicos Espaço interproximal aumentado. de gengivite, deve encaminhar ao
Bactérias Gram + e -. (menstruação e menopausa, hormonal, médico.
diabetes). Radiográfico:
Não é visível.
Etiologia: Culmina na perda dentária na fase idosa Clínica: Não tem prognóstico bom, os dentes
Placa bacteriana, evolução da Envolvimento: Brilhante vão se afastando uns dos outros.
gengivite não tratada. De acordo com o envolvimento dos dentes, Vermelha -Motivação
Inflamação dos tecidos de ela pode ser LOCALIZADA ou Edemaciada -Instrução de H.O.
sustentação. GENERALIZADA. Sangramento a sondagem -Raspagem sub e supra gengival.
Prevalência: Localizada (30% - 9 dentes acometidos do Aumento da profundidade da bolsa -Controle e Manutenção
50-+ anos. número total de dentes presentes na Mobilidade, -Terapia cirúrgica (se necessário)
Microbiota: boca). Retrações gengivais, -Terapêutica medicamentosa
Processo de destruição lento. Generalizada. Acima de 30%. Aspecto superficial irregular, Dor em -Receita-se
Bactérias Gram + e -. casos de abcessos periodontais, Amoxilina de 500 mg, 3X AO dia por 7
bacteróides gingivalis e Gravidade (perda de inserção - descontar o Perda de inserção à sondagem dias.)
fusobacterium nucleatum sulco normal de 3mm. Exsudato e abscesso, Clindamicina 300mg, 3 x dia por 7 dias.
Periodontite crônica
PG e PI. Leve = PAL 1-2mm – bolsa até 5mm Migração patológica dos dentes, Para pacientes diabéticos ou
Fatores locais agravantes: Moderada = PAL 3-4mm – bolsa até 7 mm Perda da unidade papilar, cardiopata usa-se 2g de amoxilinina 1
Tabagismo Grave= PAL > 5mm – bolsa > 8mm Perda espontânea dos dentes horas antes do atendimento.
Estresse Lesão de furca (I, II e III);
Biofilme gengival Extensão: Em casos de exacerbação grave pode
Cálculo subgengival (mineralizado Baixa (1 a 10 sítios) Radiográfico: ser utilizada a amoxicilina com
pelo exudato da bolsa. Media (11 a 20 sítios) Reabsorção óssea Vertical (bolsa clavulanato. VERIFICAR DOSAGEM!
Fatores sistêmicos modificadores: Alta (+ de 20 sítios) infraóssea) e/ou horizontal
Hormônios (supraóssea). Caso houver uma grande reabsorção
Puberdade; Supra óssea (profundidade de bolsa acima Cálculos, óssea, fazer uma contenção com o
Gravidez (pode ser interrompida da crista alveolar, ROH) Reabsorção óssea interradicular); objetivo de evitar que o paciente
antes); Infra óssea (profundidade de bolsa abaixo Espessamento do ligamento movimente o dente, e assim as fibras
da crista alveolar , ROV) periodontal. periodontais irão se ligar e
Diabetes (graças a deficiência de Presença de material restaurador em posteriormente o epitélio juncional
neutrófilos). excesso. longo irá se aderir.
Lenta, mas contínua com períodos DESTINOS: alta, nova raspagem,
de exacerbação e quiescência. E cirúrgico e alta (controle e
esses períodos foram determinados manutenção).
por SOCRANSKY (teoria da explosão
de socransky).
EPIDEMIOLOGIA Localizada: Localizada e generalizada -Motivação
Caracterizados por uma destruição Decíduos (primeiros molares), Clínica: -Instrução de H.O.
grave do aparato de inserção permanentes (incisivos e primeiros Migração disto labial dos IC = -Raspagem sub e supra gengival.
periodontal em uma idade molares); formação de diastema. -Controle e Manutenção
prematura; Quando é localizada afeta os PRIMEIROS Aumento da mobilidade dos IC. IL. E -Terapia cirúrgica (se necessário)
Normalmente o paciente irá MOLARES e INCISIVOS e até 2 dentes além 1M. Terapêutica medicamentosa;
apresentar uma boa condição destes (pode ser por ex.: Um canino, pré- Sensibilidade a estímulos térmicos e Amoxilina de 500 mg, 3X AO dia por 7
gengival, sem aparências clínicas molares). táteis na raiz exposta dias.) 8 em 8 horas.
visíveis. Dor profunda, incomoda e irradiada Clindamicina 300mg, 4 x dia por 7 dias.
Doença multifatorial: Depende dos Ocorre perda óssea, presença de bactéria durante a mastigação 6 em 6 horas
genes do hospedeiro e o MEIO em anaeróbica com alto poder de destruição, Aparecimento de abscessos Metronidazol 400mg 3x ao dia 8 em 8
que ela está. o osso não volta mais e forma-se Epitélio periodontal. horas(quimioterápico) por 7 dias.
Relação com hereditariedade. Juncional Longo – pode manter para o Terapia cirúrgica condinamento para
Periodontite
O sistema de defesa se torna resto da vida). Clínico: fazer exame clínico para ver formar o epitélio juncional longo;
Agressiva
frustrado em relação à progressão se há profundidade de bolsa. Reavaliação
bacteriana, sendo necessária Exame radiográfico: Verificar se Controle e manutenção
Localizada
intervenção do dentista. Generalizada: aquele paciente já está tendo quadro
Generalizada
Etiologia bacteriana Quando acomete pacientes mais velhos. de reabsorção óssea (RSO, RIO, Pode utilizar o comprimido triturado e
actinobacillus Abaixo de 30 anos – pacientes mais velhos RInter-radicular). utilizá-los localmente no ato cirúrgico.
actinomycetemcomitans podem ser afetados. Espessamento do ligamento Pode se fazer enxerto ósseo.
DENTIÇÃO DECÍDUA Ocorre perda óssea em 3 dentes além dos periodontal.
-crianças de 5 a 11 anos (0,9 a 4,5%) 1 M e I. IMPORTANTE NA PERIO AGRESSIVA:
– prevalência que se tem. Tem que Diagnostico exclui doenças sistêmicas. Microbiológico: Coleta daquele Diagnóstico precoce = sucesso no
eliminar o foco. Indicação de PAG é +GRAVE: Tem mais dentes para material e enviar para laboratório, tratamento.
extração. tratar. Sendo o seu prognóstico não muito presentado resultado de qual anti -
DENTIÇÃO PERMANENTE favorável. microbiano será necessário para
-indivíduos de 13 a 20 anos (> 1%) Podemos ter PARAMETROS combater a doença
-brancos (0,2%) negros (2,6%) RADIOGRÁFICOS (entre radiografia de 1 Genético: Diagnostico genético
Sem relação com doença sistêmica. ano com a atual) / microbiológicos e
imunológicos. Condições de gengiva em
normalidade (pouca placa não
desencadeia o quadro de gengivite)
Doença Rara e Grave Requer a exclusão do envolvimento de Clínicas: Primeira consulta:
Periodontal Progressão rápida doenças sistêmicas que podem prejudicar Crateras interproximais; Tentar realizar raspagem;
Necrosante gravemente as defesas do organismo. Sangramento;
Manifestações clínicas em idade Forma aguda: destruição rápida e Sequestro ósseo; Substituição da escova por agentes
adulta 25-30 anos. debilitante. Aumento do volume dos nódulos químicos;
Tendência de casos agregados em Gengivite necrosante: linfáticos (linfadenopatia); Buchechos com digluconato de
família. Limitada a lesões envolvendo o tecido Gosto metálico; clorexidina 0,12%.
Afeta as dentições: decídua, mista e gengival – sem preda de inserção Inversão papilar; Metronidazol 400mg 3x ao dia.
permanente. periodontal. Pseudomembrana; Antibióticos 8/8 horas
Microbiota virulenta. Periodontite necrosante: Febre e mal estar (acima de 38°); Amoxilina de 500 mg, 3X AO dia por 7
Alto grau de sustetibilidade Lesões restritas aos tecidos periodontais. Odor fétido; dias.) 8/8 horas
-Estresse emocional; Estomatite necrosante: progressão e Sangramento ao toque; Clíndamicina 300mg 4x ao dia 7 dias.
-Fumo inclusão dos tecidos além da junção Dor; 6/6 horas
-Fatores imunológicos: AIDS. mucogengival. Predileção por papila interproximal; Analgésico se necessário.
Placa branco amarelada;
Segunda consulta (2-3 dias):
Radiográfico: Raspagem subgengival;
Reabsorção óssea.
GUNA – nada. (cálculos Manutenção:
generalizados). GUNA: Gengivectomia/Gengivoplastia.

PUNA:
Retalho e ROG.
Coleção purulenta localizada, Clínica: Motivação e informação;
resultante de uma inflamação. Tumefação localizada na gengiva Curetagem da área afetada;
Etiologia: marginal ou papilar; Remoção do agente etiológico;
Fatores locais: Superfície lisa; Eliminação dos tecidos formados;
-fragmento de madeira de palitos; Brilhante;
Abcesso -Partículas de carapaça de Avermelhada; Analgésicos
Gengival crustáceos. Flácida;
-Cerdas de escovas dentais; Dolorido. Instrução de H.O.
Cascas de pipocas ou amendoins; Quando se ultrapassa de 2 a 3 dias Reavaliação.
Cimentos biológicos. pode apresentar um mamilo amarelo,
que será local de drenagem
espontânea.
Coleção de pus localizada na parede Evolução da periodontite em que a Clínico: Drenagem via bolsa ou incisão;
da bolsa periosontal ao longo do drenagem natural do interior da volsa Aumento do volume gengival, porção Antibióticos;
ligamento periodontal, entre o osso ficou impossibilitada de ser realizada. média da raiz. Amoxilina de 500 mg, 3X AO dia por 7
e a raiz. Bactérias invadem os tecidos, exacerbando Flácido; dias.) 8/8horas.
Regiões entre furcas. a inflamação crônica. Lisa e brilhante; Clíndamicina 300mg 4x ao dia 7 dias. 8
Abcesso Periodontal
Condicionado a apresença de bolsa -Obliteração na entrada da bolda (cálculo). Cor avermelhada. em 8 horas
periodontal. -Bolsa periodontais sinuosas cuja Dor intensa e irradiada Instrução de H.O.;
aberturas encontram-se em uma Presença de fístula; Raspagem sub e supra gengival.
superfície do dente e o fundo em outra. Sensibilidade a oclusão e percussão; Reavaliação;
Adenopatia; Terapia cirúrgica;
-Trepanação radicular ou de furca, fratura Febre e mal-estar; Controle e manutenção;
radicular.
-Diabetes mielitus: os tecidos inflamados Radiográfico:
das bolsas são facilmente infectados Presença de reabsorção em furcas;
devido a grande quantidade de glicose Trepanação;
livre nos tecidos. Fratura radicular.
Ocorre com maior frequência, Inflamação com características de Clínico: Limpeza vigorosa da área
quando em erupção de 3ºM agudização, levando a um edema local Colarinho de tecido vermelho Digluconato de clorexidina 0,12% com
inferiores, em função dos restos com dor e trismo. intenso; cotonete.
alimentares sob capuz Brilhante; Remoção do capuz pericoronário
pericoronário sem ou em virtude da Edematoso; (Ulectomia)
Pericoronarite maceração de tecidos na função Dor Exodontia do 3ºM.
mastigatória. Trismo.
Radiográfico:
Não tem.
Apenas verificação da erupção do
3ºM.
Presença de bolsa periodontal. Clínico: Procedimentos básicos:
Presença de bolsa periodontal; Instrução de H.O.
Mobilidade acentuada (destruição Raspagem sub e supra gengival;
dos feixes periodontais). Tratamento endodôntico;
Radiográfico: Reavaliação
Imagem difusa/ dificultando a Terapia cirúrgica (endodôntica e
Envolvimento Pulpo
diferenciá-lo das reabsorções periodontal)
periodontal
periodontais das endodônticas. Proservação;
Principalmente quando a área apical Controle e manutenção.
está envolvida.
Pode haver vitalidade pulpar/
Sensibilidade dolorosa nos testes de
vitalidade pulpar.
s