Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA

CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC


COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
TRABALHO DE UMA FORÇA 05 – Aplica-se uma força horizontal de 10 N sobre um corpo que
01 – Introdução: Na Física, o termo trabalho é utilizado quando desloca-se numa trajetória retilínea de acordo com a equação s =
2
falamos no Trabalho realizado por uma força, ou seja, o Trabalho 10 + 3t + t , no SI. Calcule o trabalho realizado pela força em 5 s.
Mecânico. Uma força aplicada em um corpo realiza um trabalho 06 – Sobre um corpo de massa 10 kg, inicialmente em repouso,
quando produz um deslocamento no corpo. atua uma força F que faz variai sua velocidade para 28 m/s em 4
Obs1: Utilizamos a letra grega tau minúscula (  ) para expressar segundos. Determine:
trabalho. a) a aceleração do corpo;
b) o valor da força F;
02 – Unidade de Trabalho: A unidade de Trabalho no SI é o Joule c) o trabalho realizado pela força F para deslocar o corpo de 6 m.
(J). 07 – Sobre um corpo de massa 80 kg, inicialmente em repouso,
03 – Classificação de Trabalho: atua uma força F que faz variai sua velocidade para 72 km/h em 8
3.1 – Trabalho Motor: Quando uma força tem a mesma direção do segundos. Determine:
movimento o trabalho realizado é positivo:   0 ;
a) a aceleração do corpo;
b) o valor da força F;
3.2 – Trabalho Resistente: Quando uma força tem direção oposta
c) o trabalho realizado pela força F para deslocar o corpo de 6 m.
ao movimento o trabalho realizado é negativo:   0. 08 – Sobre um corpo de massa 200 kg, inicialmente em repouso,
atua uma força F que faz variai sua velocidade para 90 km/h em 5
04 – Trabalho Resistente: O trabalho resultante é obtido através segundos. Determine:
da soma dos trabalhos de cada força aplicada ao corpo, ou pelo a) a aceleração do corpo;
cálculo da força resultante no corpo. b) o valor da força F;
R  2  2  3  ...  n 09 – Um carro percorre uma estrada reta e horizontal, em
movimento uniforme, com velocidade constante de 20 m/s, sob a
Obs2: O trabalho de uma força conservativa independe da forma ação de uma força de 1800 N exercida pelo motor. Calcule o
da trajetória. trabalho realizado pelo motor em 4s.
10 – Um carro percorre uma estrada reta e horizontal, em
05 – Trabalho de uma Força paralela ao deslocamento: Quando movimento uniforme, com velocidade constante de 108 km/h, sob a
a força é paralela ao deslocamento, ou seja, o vetor deslocamento ação de uma força de 1500 N exercida pelo motor. Calcule o
e a força não formam ângulo entre si, calculamos o trabalho: trabalho realizado pelo motor em 5s.

06 – Trabalho de uma Força não-paralela ao deslocamento:


Sempre que a força não é paralela ao deslocamento, devemos
decompor o vetor em suas componentes paralelas e
perpendiculares:
 – Trabalho (J – joule); Considerando Fx a componente perpendicular da Força e Fy a
  F.d F – Força Paralela (N – newtons);
componente paralela da força.
Ta Faltando Dinheiro d – Deslocamento (m – metros).   F.d. cos 
Ta Faltando Dinheiro para
Coçar a Teta
Obs3: Equação Dimensional do Trabalho.
 – Trabalho (J);
M  massa
 m2 M.L2 F – Força Paralela (N);
L  comprimento T  F.d  Kg.  d – Deslocamento (m),
T  tempo s2 T2 Cos  – cosseno do ângulo
 teta.

F  M.L2.T2
Obs4: Quando o móvel se desloca na horizontal, apenas as forças
paralelas ao deslocamento produzem trabalho.

Ex1: Qual o trabalho realizado por um força aplicada a um corpo de


massa 5 kg e que causa um aceleração de 1,5 m/s² e se desloca
por uma distância de 100 m?
  ?
   F.d  m.a.d  5.1,5.100
m  5kg;
   750J
a  1,5m / s
2 Obs5: Podemos considerar sempre este caso, onde aparece o
d  100m. cosseno do ângulo, já que quando a força é paralela ao
 deslocamento, seu ângulo é 0° e cos 0° = 1, isto pode ajudar a
Exercícios entender porque quando a força é contrária ao deslocamento o
01 – Calcular o trabalho realizado por uma força de 28 N que trabalho é negativo, já que o cosseno de um ângulo entre 90° e
desloca um objeto numa distância de 2 m na mesma direção e 180° é negativo, sendo cos 180° = – 1.
sentido da força. Ex2: Uma força de intensidade 30 N é aplicada a um bloco
02 – Uma força constante de 20 N produz, em um corpo, um formando um ângulo de 60° com o vetor deslocamento, que tem
deslocamento de 0,5 m no mesmo sentido da força. Calcule o valor absoluto igual a 3 m. Qual o trabalho realizado por esta
trabalho realizado por essa força. força?
03 – Um boi arrasta um arado, puxando-o com uma força de 900   ?   F.d. cos 60
N. Sabendo que o trabalho realizado pelo foi de 18000 J, calcule a 
distância percorrida pelo boi. F  30N;   30.3.0,5

04 – Um carrinho se desloca num plano horizontal sob a ação de d  3m;   450J
uma força horizontal de 50 N. Sendo 400 J o trabalho realizado por 
cos 60  0,5
essa força, calcule a distância percorrida.
APOSTILA 12 – TRABALHO, POTÊNCIA E RENDIMENTO FÍSICA – 1º ANO Página 1 de 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
Exercícios
B.H
11 – Um corpo é arrastado sobre um plano horizontal por uma
o   A T riân 
força de 20 N. Essa força forma ângulo de 37 com o 2
deslocamento do corpo, que é de 4 m. Calcule o trabalho da força.
o
Dado: cos 37 = 0,8. 6 .4 24
12 – Um trenó é puxado sobre uma superfície plana e horizontal  
por uma força F = 600 N. O ângulo entre essa força e o sentido do 2 2
  12J
o
movimento é 30 . Sendo o deslocamento do trenó igual a 50 m,
o
calcule o trabalho realizado pela força F. Dado: cos 30 = 0,9
B.H
07 – Trabalho de uma força variável: Para calcular o trabalho de   A T riân 
uma força que varia devemos empregar técnicas de integração, 2
que é uma técnica matemática estudada no nível superior, mas
15.10 300
para simplificar este cálculo, podemos calcular este trabalho por  
meio do cálculo da área sob a curva no diagrama F x d. 2 2
Obs6: Calcular a área sob a curva é uma técnica válida para forças
que não variam também.
  150 J

(B  b).H
  A T rap 
  A1  A 2 2
(12  5). 8 17.8
 
2 2
Obs7: O trabalho é numericamente igual a área, num gráfico da 136
força em função do deslocamento. Depende da Figura Plana   68 J
formada no gráfico. 2
7.1 – Área do Retângulo:

  A Re t  B.H (B  b).H
  A T rap 
2
B  Base 
(15  8). 6

23.6

H  Altura
2 2
138
7.2 – Área do Triângulo:   69 J
2
B.H Exercícios
  A T riân  13 – O gráfico abaixo ilustra
2 a variação da força aplicada
em um corpo, em função do
B  Base deslocamento.
trabalho
Qual
realizado para
o

H  Altura
deslocar o corpo 3 m?

7.3 – Área do Trapézio: 14 – O gráfico abaixo ilustra


(B  b).h a variação da força aplicada
  A T rap  em um corpo, em função do
deslocamento. Qual o
2 trabalho realizado para
B  Base maior deslocar o corpo 5 m?

b  Base menor 15 – O gráfico abaixo ilustra


H  Altura a variação da força aplicada
em um corpo, em função do
deslocamento. Qual o
Ex3: Os gráficos abaixo representam a força aplicada em um trabalho realizado para
corpo, em função do deslocamento. Determine a o trabalho deslocar o corpo 18 m?
realizado para cada caso?
16 – O gráfico abaixo ilustra
  A Re t  B.H a variação da força aplicada
em um corpo, em função do

  5.8
deslocamento. Qual o
trabalho realizado para
deslocar o corpo 8 m?
  40J
APOSTILA 12 – TRABALHO, POTÊNCIA E RENDIMENTO FÍSICA – 1º ANO Página 2 de 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
17 – O gráfico abaixo ilustra 09 – Potência: A potência relaciona o trabalho realizado por uma
a variação da força aplicada força, com o tempo gasto para realizar esse trabalho.
em um corpo, em função do 
deslocamento. Qual o P P = potência (W);
trabalho realizado para t  = trabalho (J);
deslocar o corpo 20 m? Prefiro Tentar Trabalhar t = tempo (s);
P  F.V F = Força (N);
Por FaVor V = Velocidade (m/s).
08 – Trabalho da Força Peso: Para realizar o cálculo do trabalho
J
da força peso, devemos considerar a trajetória como a altura entre 9.1 – Unidade de Potência no SI é o watt (W). 1W  1
o corpo e o ponto de origem, e a força a ser empregada, a força s
Peso. 9.2 – Unidades de Potência usuais: Além do watt, usa-se com
Considere que um objeto deva se deslocar entre os pontos A e B freqüência as unidades:
na figura abaixo: A força peso realiza trabalho apenas na direção 1kW (1 quilowatt) = 1000W
vertical (altura). 1MW (1 megawatt) = 1000000W = 1000kW
1cv (1 cavalo-vapor) = 735W
1HP (1 horse-power) = 746W

Obs10: Equação Dimensional da Potência.


M  massa
  m2 M.L2
L  compriment
o P   Kg. 
T  tempo t s3 T3

F  M.L2 .T 3
  P.h  – Trabalho (J);
Ex5: Qual a potência que um corpo desenvolve quando aplicada a
ele uma força horizontal com intensidade igual a 12 N, por um
Tudo Pela Honra P – Força Peso (N); percurso de 30 m, sendo que o tempo gasto para percorrê-lo foi 10
d – Deslocamento (m); s?
m – massa (kg);
  m.g.h 2
g = 10 m/s – Aceleração da gravidade.
Pot  ?
 Pot 


F.d

20.30
Toda Mulher gosta F  20N; t t 10

de homem d  30m; Pot 
6000
 600W

t  10s. 10
Obs8: Se o objeto desce: Trabalho Motor (  > 0) (+)
Obs9: Se o objeto sobe: Trabalho Resistente (  < 0) (-) Exercícios
23 – Calcule a potência de um motor, sabendo que ele é capaz de
produzir um trabalho de 180 J em 20 s.
Ex4: Um bloco de massa 40 kg é tirado do solo e colocado a uma
24 – Uma máquina a vapor realiza um trabalho de 20000 J em 50
altura de 2 m. Determine o trabalho da força peso.
s. Qual é sua potência?
  ? 25 – Em quanto tempo um motor de potência igual a 1500 W
   P.h  m.g.h  40.10.2
m  40kg ; realiza um trabalho de 4500 J?
   800J 26 – Um motor de potência 55000 W aciona um carro durante 30
g  10m / s
2
minutos. Qual é o trabalho desenvolvido pelo motor do carro?
h  2m. 27 – Uma máquina eleva um peso de 400 N a uma altura de 5 m,

em 10 s. Qual a potência da máquina?
Exercícios
28 – Um elevador de peso 4000 N sobe com velocidade constante,
18 – Para elevar um livro que pesa 5 N, do chão até uma altura de
percorrendo 30 m em 6 s. Calcule a potência da força que
2m, qual o valor do trabalho necessário?
movimenta o elevador.
19 – Uma pessoa realizou um trabalho de 9 J para levantar
29 – Um corpo de massa 2 kg está inicialmente em repouso. Num
verticalmente uma caixa que pesa 4 N. Quantos metros atingiu a
dado instante passa a atuar sobre ele uma força F = 10 N.
altura da caixa?
Sabendo que ele gasta 5s para percorrer 10 metros, calcule:
20 – Um bloco de massa 2 kg é tirado do solo e colocado a uma
a) o trabalho da força F;
altura de 5 m. Determine o trabalho da força peso.
b) sua potência.
21 – Uma pedra de massa 0,5 kg é libertada da altura de 20 m em
30 – Um bloco de massa 2 kg tem aceleração constante de 3 m/s².
relação ao solo. Determine o trabalho da força peso para trazê-la
Sendo que este parte do repouso, qual a potência do bloco após
até o solo.
10 s?
22 – Você pega do chão um pacote de açúcar de 5 kg e coloca-o
em uma prateleira a 2m de altura. Enquanto você levanta o pacote,
a força que você aplica sobre ele realiza um trabalho. A força peso 10 – Rendimento (  ):O rendimento é uma grandeza física que
que age sobre o pacote também realiza um trabalho. Considerando mede a eficiência de uma máquina, isto é, o rendimento mede
2
g = 10 m/s , determine:
quanta da energia fornecida a uma máquina é usada por ela para
a) quanto vale o peso desse pacote de açúcar?
realizar um certo trabalho útil e, conseqüentemente mede quanto
b) calcule o trabalho realizado pela força peso durante a subida do
ela dissipa usando para realizar trabalho em forma não útil. Assim,
pacote. Lembre que esse trabalho é negativo. quanto maior for o rendimento de uma máquina mais eficiente ele
é.

APOSTILA 12 – TRABALHO, POTÊNCIA E RENDIMENTO FÍSICA – 1º ANO Página 3 de 5


UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
5
Obs11: Imagine uma máquina qualquer que deve realizar e) 7 x 10 J
determinado trabalho. Digamos que seja fornecida certa energia 01 – (UFRR – 2014) Joana é uma roraimense ganhando o seu dia
para que esta máquina realize tal trabalho, no entanto, parte desta a dia vendendo mingau com canela. Todos os dias, ela sai de sua
energia é desperdiçada por forças dissipativas, tal como a força de residência localizada no bairro São Pedro, se deslocando
atrito. aproximadamente 3 Km para o seu ponto de venda. Neste
Pu  = rendimento translado, ela exerce uma força constante de intensidade 20N para
 Pt = potência total empurrar o carrinho de mingau, sendo que a força e o
Pt Pu = potência útil deslocamento possuem a mesma direção e sentido. Calcule o
Pt  Pu  Pd Pd = potência dissipada trabalho realizado pela Joana em seu carrinho de mingau,
dado que o coeficiente de atrito entre o corpo e a superfície é
exatamente 0,3.
Obs12: Note que o rendimento é uma grandeza adimensional (que 4 4 4
a) 5x10 J; b) 6x10 N; c) 6x10 J; d) 600 Km/N; e) 500 N
não tem unidade) já que é uma relação entre mesmas grandezas.
02 – (UFRR – 2012) A força de atração entre duas massas varia
O rendimento é, sempre, um valor entre zero e um, isto é:
inversamente ao quadrado da distância. Nas proximidades da
0    1 . Uma máquina que tenha rendimento igual a 1 (um) é superfície da Terra, esta força, denominada peso P, pode ser
uma máquina ideal. aproximada por uma constante, escrita pelo produto P = m.g, onde
Obs13: Podemos expressar o rendimento em percentual. Para m é a massa do objeto nas proximidades da Terra e g é o vetor
obter o rendimento percentual basta multiplicar o rendimento por aceleração da gravidade. Ao elevar um objeto, do solo até uma
100. Assim temos: altura h (situação 1), nas proximidades da superfície da Terra, e ,
 %  100. posteriormente, ao deixar este objeto cair até atingir novamente o
solo (situação 2), o trabalho da força peso na situação 1 (W 1) e o
Ex6: Um motor de potência 4000 W utiliza efetivamente em sua trabalho da força peso na situação 2 (W 2) dão como resultados,
operação 3200 W. Qual o seu rendimento? respectivamente:
a) W 1 = - mgh; W 2 = mgh; b) W 1 = - mg; W2 = mg;
Pt  4000W Pu 3200

  c) W 1 = W 2; d) W 1 = mg; W 2 = - mg;
Pt 4000 e) W 1 = (zero); W 2 = 0 (zero).
Pu  3200W;
  ?   0,8.100  80% 03 – (FAA – 2010.1) Os jacarés são répteis carnívoros muito
 semelhantes ao crocodilo. O que os diferencia é que os jacarés
Exercícios possuem a cabeça mais curta e larga e também possui
31 – Um motor de potência 10000 W utiliza efetivamente em sua membranas interdigitais nos polegares traseiros. Podem pesar até
operação 7000 W. Qual o seu rendimento? 80 kg e atingir 5m de comprimento. Possuem cerca de 80 dentes,
32 – Um dispositivo consome uma potência total de 1000 W, e mas só os usam quando a presa é grande, pois segura a presa e
realiza um trabalho útil de potência 800 W. Determine o rendimento sacode até que se despedace. Quando a presa é pequena, o
desse dispositivo. jacaré apenas engole. Há no Brasil cinco espécies de jacarés
33 – O rendimento de uma máquina é 80 %. Se a potência total espalhadas em várias regiões. Considerando que um jacaré
recebida é 6000 W, qual a potência efetivamente utilizada? arrasta com seus dentes um bezerro de 100 kg a uma distância de
2
34 – O rendimento de uma máquina é de 70 % e a potência 5 metros com uma aceleração de 3 m/s . O trabalho realizado pelo
dissipada vale 300 W. Determine: jacaré foi de:
a) a potência útil; a) 500 N; b) 500 J; c) 1500 N; d) 1500 J; e) 5000 J.
b) a potência total fornecida à máquina. 04 – (UFRR – 2011) O trabalho realizado por uma força é uma
35 – Uma máquina precisa receber 3500 W de potência total para grandeza relacionada com a quantidade de energia envolvida
poder operar. Sabendo que 2100 W são perdidos por dissipação, durante o processo. Observe a gráfico abaixo (gráfico força versus
qual o rendimento da máquina? distância) e marque a alternativa que corresponde ao trabalho
Questões dos últimos Vestibulares realizado pela força F entre 0 e 8 metros. A força está em Newtons
03 – (UEA – 2018) Um automóvel percorreu um trecho de 4 000 m e a distância x, em metros.
de uma rodovia com velocidade média de 20 m/s. Nesse trecho, o a) 10 J;
motorista acionou os freios do veículo durante 10% do tempo gasto b) 14 J;
para percorrê-lo. Sempre que os freios foram acionados, as duas c) 15 J;
lâmpadas de sinalização do veículo acendiam com uma potência d) 13 J;
de 20 W cada uma, alimentadas pela bateria do veículo. e) 11 J;
Desprezando as perdas, a energia fornecida pela bateria para
acender as duas lâmpadas nesse trecho foi igual a
(A) 800 J. 05 – (FAA – 2007.1) Um homem de massa 80 kg sobe um morro
(B) 1 000 J. cuja a elevação total é 20 m, em 10 s. Considerando a aceleração
(C) 400 J. da gravidade g = 10 m/s², pode-se afirmar que a potência média
(D) 600 J. em W(watt) desenvolvida foi de:
(E) 1 200 J. a) 80; b) 800; c) 1000; d) 1600; e) 2000.
01 – (UFRR – 2018) Um alpinista sofre um acidente durante uma
06 – (FAA 2006.1) Uma máquina de levantamento deslocou
escalada e precisa ser carregado por um socorrista de volta ao
verticalmente com velocidade constante 5 sacas de milho do chão
acampamento-base, situado 1000 m abaixo do ponto onde estão.
até uma altura de 8 metros em 6 segundos. Sabendo-se que a
Eles percorrem uma trilha sinuosa de 1500 m, até o acampamento.
massa de cada saca é 60 kg, considerando – se a aceleração da
Considerando essas informações, o trabalho realizado pela força
gravidade g = 10 m/s² e desprezando as possíveis perdas. Pode se
peso sobre o alpinista ferido, durante o trajeto da descida é de?
afirmar que a potência do motor que aciona a máquina de
Dados: massa do alpinista ferido = 70 kg, massa do socorrista = 90
levantamento é:
kg
5 a) 0,4 kW; b) 0,5 kW; c) 4 kW; d) 5 kW; e) 6 kW
a) 1,05 x 10 J
5
b) 8 x 10 J 07 – (UFRR-2004-F2) Um bate-estaca atinge uma estaca com a
c) 0 J energia de 4800 J. O peso do bate-estaca é um cilindro de ferro
5
d) 1,6 10 J
APOSTILA 12 – TRABALHO, POTÊNCIA E RENDIMENTO FÍSICA – 1º ANO Página 4 de 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
com massa de 120 kg. A altura, em metros, a que foi elevado esse
peso para ter essa energia é de:
a) 1; b) 2; c) 3; d) 4; e)5.
08 – (UFRR-2004-F2) Um corpo de massa 5,0 kg é retirado de um
ponto A e levado para um ponto B, distante 40 m na horizontal e 30
m na vertical traçadas a partir do ponto A. O módulo do trabalho,
em J, realizado pela força peso vale:
a) 2500; b) 2000; c) 1500; d) 900; e) 500.
09 – (UFRR-2004-F2) Um elevador de 1000 kg sobe 60 m em meio
minuto. A velocidade média e a potência média desenvolvidas
pelo elevador são, respectivamente:
a) 6 m/s e 60 kW;
b)120 m/s e 60 kW;
c) 6 m/s e 6 kW;
d) 2 m/s e 6 kW;
e) 2 m/s e 20 kW.
10 – (UFRR-2002-F2) Um guindaste é capaz de suspender uma
massa de 300 kg a uma altura de 20 m em 20 s. A potência
utilizada pelo guindaste, em kW, vale:
a) 1; b) 2; c) 3; d) 4; e) 5.
11 – (UFPA) No SI, a unidade de trabalho pode ser expressa por:
2
a) kg.m/s ;
2 2
b) kg. m /s ;
2 2
c) kg . m/s ;
d) kg. m/s;
e) kg.m/s³.

APOSTILA 12 – TRABALHO, POTÊNCIA E RENDIMENTO FÍSICA – 1º ANO Página 5 de 5