Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA

CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC


COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
FORÇAS DE ATRITO FAT(D) = Força de Atrito Máxima

  .N
N = Força Normal
01 – DEFINIÇÃO: A Força de atrito (FAT) é uma força de contato F AT(D) D  D = coeficiente de atrito dinâmico
que atua contrária ao movimento ou à tendência de movimento.
(ou estático)
Sua direção é sempre a mesma do movimento e o sentido é Obs1: Quando o corpo entra em movimento, o atrito diminui. Logo:
contrário ao movimento.
FAT(D)  FAT(Máx )  D  E
04 – Gráfico Fat x F

N  P  m.g N = Força Normal (N – newton)


P = Força Peso (N – newton)
FAT  .N FAT = Força de Atrito (N – newton)
FR = Força de Resultante (N – newton)
FAT  .m.g F = Força de Ação (N – newton)
 = coeficiente de atrito Ex1: Um sólido de massa 20 kg é puxado sobre um plano
FR  m.a m = Massa do Corpo (Kg – quilograma) horizontal por uma força horizontal de 400 N. O coeficiente de
2 2
F  FAT  m.a a = Aceleração (m/s )
g = Gravidade (10 m/s )
2
atrito entre o sólido e o plano é 0,2, considere g = 10 m/s .
a) Qual a força de atrito?

02 – ATRITO ESTÁTICO: surge quando o corpo está em repouso


FAT  ?
 FAT  .m.g
em relação à superfície de contato. Aumentando a força sobre um
  0,2;
corpo em repouso, aumenta-se a força de atrito. Assim:  FAT  0,2.20.10
2.1 – Repouso. m  20kg;
g  10m / s 2 FAT  40N

b) Qual é a aceleração do corpo?
a  ?
2.2 – Repouso.  F  FAT  m.a
FAT  40N;
 400  40  20.a
F  400N 360
m  20kg ; a  18m / s2
20
2.3 – Repouso. Exercícios
01 – Um bloco de massa 8 kg é puxado por uma força horizontal
de 20N. Sabendo que a força de atrito entre o bloco e a superfície
é de 2N, calcule a aceleração a que fica sujeito o bloco. Dado: g =
2
10 m/s .
2.4 – Repouso(Iminência de movimento). 02 – Um bloco de massa 10 kg movimenta-se numa mesa
horizontal sob a ação de uma força horizontal de 30 N. A força de
atrito entre o bloco e a mesa vale 20 N. Determine a aceleração do
corpo.
03 – Um corpo de massa m = 5 kg é puxado horizontalmente sobre
uma mesa por uma força F = 15 N. O coeficiente de atrito entre o
Na iminência de movimento, a força de atrito é máxima (força corpo e a mesa é  = 0,2. Determine a aceleração do corpo.
de atrito de destaque). 3
Considere g = 10 m/s .
FAT(Máx) = Força de Atrito Máxima 04 – Um bloco de massa 2 kg é deslocado horizontalmente por
  .N
N = Força Normal uma força F = 10 N, sobre um plano horizontal. A aceleração do
F AT(Máx ) E  E = coeficiente de atrito estático 2
bloco é 0,5 m/s . Calcule a força de atrito.
(depende do par de superfície em 05 – Um sólido de massa 5 kg é puxado sobre um plano horizontal
contato) por uma força horizontal de 25 N. O coeficiente de atrito entre o
sólido e o plano é 0,2.
03 – ATRITO DINÂMICO (OU CINÉTICO): Surge quando o corpo a) Qual a força de atrito?
2
está em movimento em relação à superfície de contato. b) Qual é a aceleração do corpo? Dado: g = 10 m/s .
06 – Um corpo de massa igual a 5 kg, repousa sobre um plano
horizontal. O coeficiente de atrito entre o corpo e o plano é 0,1.
Que força horizontal deve ser aplicada para se obter uma
2
aceleração de 3 m/s ?
07 – Um corpo de massa 6 kg é lançado com velocidade inicial de
8 m/s. Determine a distância que o corpo percorrerá até parar,
APOSTILA 11 – FORÇA DE ATRITO E PLANO INCLINADO FÍSICA – 1º ANO Página 1 de 4
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
sabendo que o coeficiente de atrito entre o corpo e a superfície é
2 N  Py , mas, Py  P. cos   m.g. cos  , então.
0,1. Adote g = 10 m/s .
08 – Um pequeno bloco de massa 20 kg, em movimento com a N  m.g. cos 
velocidade de 20 m/s, atinge uma superfície áspera onde a força
de atrito vale 8 N. Determine a distância percorrida pelo bloco até No eixo x:
parar. FR( x )  m.a , logo: Px  m.a , mas
09 – Um carro de massa 900 kg e velocidade de 30 m/s freia
bruscamente e pára em 3 s. Calcule a força de atrito. Px  P.sen   m.g.sen  , então: m.g.sen   m.a
10 – Uma força horizontal de 10 N arrasta um corpo de massa 2,5 A aceleração é:
kg, que estava inicialmente em repouso, deslocando-o 3 m, em a  g.sen 
uma superfície horizontal. A velocidade final do corpo é 2 m/s. Qual
a força de atrito entre o corpo e a superfície?
Obs3: Havendo movimento e atrito, teremos:
05 – Plano Inclinado: Um corpo, ao ser colocado sobre um plano No eixo y:
inclinado sem atrito, fica sujeito à ação de duas forças: seu peso FR( y )  N  Py  0
(P) e a normal (N).
N  Py , mas Py  P. cos   m.g. cos  , então.
N  m.g. cos 
No eixo x:
FR( x )  m.a , FAT  .N  .m.g. cos  ,logo
Px  FAT  m.a
m.g.sen   .m.g. cos   m.a 
m.g(sen   . cos )  m.a 
a  g(sen   . cos )
θ → ângulo entre o plano inclinado e o plano horizontal. A aceleração é:
N → Força normal.
P → Força Peso.
a  g.(sen   . cos )
As componentes do peso, Px e Py, são dadas por: Ex2: Um corpo de massa 8 kg é abandonado sobre um plano
inclinado cujo ângulo de elevação é 30°. O atrito entre o corpo e o
plano é desprezível. Admitindo g = 10 m/s², determinar:
a) a o peso do corpo. 
P  m.g  8.10  80N 
m  8kg ;
b) a componente do peso no eixo x. 
  30
1 
Px  P.sen   80.  40N g  10m / s
2
2  1
c) a componente do peso no eixo y. sen 30 
 2
3 
Obs1: A força Peso e a força Normal, neste caso, não tem o Py  P. cos   80.  40 3N cos 30  3
mesma direção pois, como já vimos, a força Peso, é causada pela 2  2
aceleração da gravidade, que tem origem no centro da Terra, logo d) A intensidade da reação normal de apoio.
a força Peso têm sempre direção vertical. Já a força Normal é a N  Py  40 3N
força de reação, e têm origem na superfície onde o movimento
e) a aceleração do corpo.
ocorre, logo tem um ângulo igual ao plano do movimento.
1
Obs2: Para que seja possível realizar este cálculo devemos a  g.sen   10.  5m / s 2
estabelecer algumas relações: 2
a) Podemos definir o plano cartesiano com inclinação igual ao Ex2: Um bloco de massa 12kg é abandonado sobre um plano
plano inclinado, ou seja, com o eixo x formando um ângulo igual ao inclinado formando 30° com a horizontal. O coeficiente de atrito
do plano, e o eixo y, perpendicular ao eixo x; dinâmico entre o bloco e o plano é 0,2. Qual é a aceleração do
b) A força Normal será igual à decomposição da força Peso no eixo bloco?
y;
c) A decomposição da força Peso no eixo x será a responsável
pelo deslocamento do bloco;
d) O ângulo formado entre a força Peso e a sua decomposição no
eixo y, será igual ao ângulo formado entre o plano e a horizontal;
e) Se houver força de atrito, esta se oporá ao movimento, neste
caso, apontará para cima.
Sabendo isto podemos dividir as resultantes da força em
cada direção:

No eixo y:
FR( y )  N  Py  0
Como o bloco não se desloca para baixo e nem para
cima, esta resultante é nula, então:

APOSTILA 11 – FORÇA DE ATRITO E PLANO INCLINADO FÍSICA – 1º ANO Página 2 de 4


UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA

1 3 para puxar o automóvel foi de: (Considere sen 30º = 0,50 e cos 30º
sen30   0,5, cos 30   0,86 = 0,86).
2 2
a  g.(sen   . cos )
a  10.(sen 30  0,2. cos 30)
a  10.0,5  0,2.0,86  10.(0,5  0,172)
a  10.0,326  3,26m / s 2

Exercícios
11 – Um corpo de massa 20 kg é abandonado sobre um plano
inclinado cujo ângulo de elevação é 30°. O atrito entre o corpo e o
plano é desprezível. Admitindo g = 10 m/s², determinar: (A) 8400 N.
a) a o peso do corpo. (B) 7700 N.
b) a componente do peso no eixo x. (C) 7000 N.
c) a componente do peso no eixo y. (D) 6300 N.
d) A intensidade da reação normal de apoio. (E) 1400 N.
e) a aceleração do corpo.
12 – Um corpo de massa 50 kg é abandonado sobre um plano 05 – (UFRR – 2017) Dois blocos A e B de massas mA = m e mB =
inclinado cujo ângulo de elevação é 60°. O atrito entre o corpo e o 2m, deslizam com velocidades constantes de módulo vA e vB num
plano é desprezível. Admitindo g = 10 m/s², determinar: plano horizontal em um trecho inicialmente sem atrito. Ao
a) a o peso do corpo. penetrarem numa região rugosa, param após alguns instantes
b) a componente do peso no eixo x. devido ao atrito existente entre a superfície e os blocos. Sejam
c) a componente do peso no eixo y.
d) A intensidade da reação normal de apoio.  A e  B os coeficientes de atrito entre a superfície e os blocos A
e) a aceleração do corpo. e B, respectivamente. Sabendo que os blocos percorrem a mesma
13 – Um corpo de bloco 40 kg é abandonado sobre um plano inclinado distância d até parar e que ao entrarem nessa região, a velocidade
formando 30° com a horizontal. O coeficiente de atrito dinâmico entre o do bloco B era metade da velocidade do bloco A, podemos afirmar
bloco e o plano é 0,2. Determine: que:
a)  A = 2  B ;
a) a o peso do corpo.
b) a componente do peso no eixo x.
c) a componente do peso no eixo y. b) B = 4  A ;
d) a intensidade da reação normal de apoio.
e) a força de atrito. c)  A = 2  B ;
f) a aceleração do corpo.
14 – Um corpo de bloco 34 kg é abandonado sobre um plano inclinado d)  A = 4  B ;
formando 60° com a horizontal. O coeficiente de atrito dinâmico entre o e)  B = 2  A ;
bloco e o plano é 0,2. Determine:
a) a o peso do corpo.
b) a componente do peso no eixo x. 02 – (UERR-2015.2) Dois corpos estão deslizando por uma
c) a componente do peso no eixo y. superfície inclinada lisa partindo da mesma altura inicial, o corpo
d) a intensidade da reação normal de apoio. com maior massa se move com:
e) a força de atrito. a) Maior Aceleração;
f) a aceleração do corpo. b) Menor Aceleração;
15 – Um corpo de bloco 100 kg é abandonado sobre um plano c) Igual Aceleração;
inclinado formando 45° com a horizontal. O coeficiente de atrito d) Maior ou menor aceleração dependendo do valor da inclinação;
dinâmico entre o bloco e o plano é 0,2. Determine: e) Menor ou maior aceleração dependendo do valor da altura
a) a o peso do corpo. inicial.
b) a componente do peso no eixo x.
c) a componente do peso no eixo y.
d) a intensidade da reação normal de apoio.
e) a força de atrito.
f) a aceleração do corpo.
QUESTÕES DOS ÚLTIMOS VESTIBULARES 01 – (UERR – 2013.2) Um bloco de massa 2 kg se move com
05 – (UFRR – 2018) Quando você caminha descalço sobre uma velocidade de 30 m/s por uma superfície horizontal e no instante t = 0
superfície horizontal de um ponto A para um ponto B, qual é a se aplica uma força resultante de 10 N em sentido contrário ao
orientação da força de atrito entre seus pés e a superfície? movimento do corpo. O tempo que demora o corpo em deter-se será
a) A força de atrito é horizontal e aponta de B para A. de:
b) A força de atrito é horizontal e aponta de A para B. a) 20 s; b) 6 s; c) 10 s; d) 30 s; e) 13 s
c) A força de atrito é vertical e aponta de baixo para cima. 02 – (UERR – 2012.2) Ao aplicar um força horizontal de 100 N para
d) A força de atrito é vertical e aponta de cima para baixo. direita em um corpo de massa 35 kg, que está apoiado em uma
e) A força de atrito forma um ângulo de 45° em relação a horizontal superfície horizontal, verifica-se que o mesmo não se moveu. Nessas
e é ascendente. condições, a força de atrito entre o corpo e a superfície tem módulo e
02 – (IFRR-2017.1) Numa viagem, Antônio teve seu automóvel sentido respectivamente, iguais a:
imobilizado por falta de combustível, sendo necessário a utilização a) 3500 N para direita; b) 3500 N para a esquerda;
do serviço de guincho para remoção do automóvel de 1400 kg, no c) 100 N para direita; d) 100 N para a esquerda;
local onde a aceleração da gravidade é de 10 m/s². Sabendo que o e) 350 N para a esquerda.
automóvel foi puxado por um cabo de aço com aceleração 03 – (UFRR – 2010) Um bloco, de massa m, descendo um plano
constante de 0,5 m/s² sobre uma rampa com ângulo α de inclinado sem atrito, com ângulo θ de inclinação do plano em relação a

inclinação de 30º e supondo desprezível o atrito entre as rodas e a horizontal, escorrega na rampa com aceleração a , de módulo: a = g
rampa inclinada, podemos afirmar que a força aplicada ao cabo sen θ. Se no problema for levado em conta o atrito entre o bloco e o
APOSTILA 11 – FORÇA DE ATRITO E PLANO INCLINADO FÍSICA – 1º ANO Página 3 de 4
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2015
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
plano inclinado, através do coeficiente de atrito μ, a nova aceleração
do bloco terá módulo dado por:
a) a = μ g cosθ – g senθ; b) a = g cosθ – μ g senθ;
c) a = μ g senθ – g cosθ; d) a = g senθ – μ g cosθ;
e) a = 0.
04 – (UFRR – 2007) Um bloco de massa de 6kg está unido a outro
bloco de massa de 4kg por meio de um fio ideal e de massa
desprezível que passa por uma polia sem atrito. O bloco de maior
massa está sobre um plano inclinado que faz um ângulo de 30º em
relação à horizontal. O bloco de massa menor está suspenso na
vertical, conforme a figura. Desprezando qualquer tipo de atrito,
podemos afirmar que a aceleração dos blocos e a tração no fio são
respectivamente:
a) 8 m/s2 e 36 N;
b) 10 m/s2 e 3,6 N;
c) 1 m/s2 e 36 N;
d) 1 m/s2 e 3,6 N;
e) 36 m/s2 e 1 N.

05 – (UFRR – 2005) Devido à ação de uma força horizontal de 10 N,


um corpo de massa igual a 10 kg tem um movimento retilíneo uniforme
sobre um plano horizontal. O coeficiente de atrito dinâmico entre o
corpo e o plano vale:
a) 0,1; b) 0,2; c) 0,3; d) 0,4; e) 0,5.
06 – (UFRR-2004-F2) Um corpo de massa m desce por um plano
inclinado que forma um ângulo  com a horizontal. Representando o
coeficiente de atrito dinâmico entre o corpo e o plano como sendo , a
aceleração com que o corpo se desloca é:
a) g(sen - cos); b) gsen; c) gcos;
d) g(sen + cos); e) gtg.
07 – (UFRR-2003-F2) Um corpo de massa igual a 50 kg está em
repouso apoiado sobre um plano horizontal. Sobre este corpo aplica-se
uma força horizontal constante e igual a 400 N. O coeficiente de atrito
dinâmico entre o corpo e o plano horizontal é de 0,5. A velocidade, em
m/s, do corpo, após 10 s da aplicação da força, vale:
a) 1; b) 3; c) 10; d) 20; e) 30.
08 – (UFRR-2002-F2) Na figura abaixo, um corpo A, de massa igual a
20 kg, está suspenso em equilíbrio por dois fios presos ao teto.
 
Os valores dos módulos das forças F1 e F2 , em Newton, valem,
respectivamente:
a) 100 e 100 3 ;
b) 100 e 100;
c) 50 e 100 3 ;
d) 50 3 e 50;
e) 100 3 e 150.

09 – (UFRR-2002-F2) Um corpo de massa igual a 10 kg desce, sem


atrito, através de um plano inclinado de 30° em relação à horizontal,
conforme a figura abaixo:
Admitindo que o corpo foi abandonado no ponto A, a velocidade, em
m/s, com que ele atinge o ponto B vale:
a) 10;
b) 20;
c) 30;
d) 35
e) 40.

10 – Uma força F horizontal tira um corpo do repouso e após 5 s lhe dá


a velocidade de 15 m/s. A massa do corpo é 5 kg. O coeficiente de
atrito entre o corpo e o apoio é igual a 0,2. Adote g = 10 m/s2. A
intensidade dessa força será:
a) 10 N; b) 15 N; c) 25 N; d) 40 N; e) 65 N.

APOSTILA 11 – FORÇA DE ATRITO E PLANO INCLINADO FÍSICA – 1º ANO Página 4 de 4

Você também pode gostar