Você está na página 1de 4

Estrutura de artigo científico

Título

Nome dos autores

Resumo: é um texto, de 100 a 150 palavras, que sintetiza, em um único parágrafo, as


ideias do trabalho, com as informações de maiores relevâncias: objetivo do trabalho,
métodos utilizados na pesquisa, resultados, considerações finais e recomendações. Não
deve ter citações. É a ultima etapa a ser realizada no trabalho.

PALAVRAS-CHAVE: Em torno de 5 palavras centrais.

ABSTRACT – é o resumo em inglês.

Key-words – são as palavras chaves em inglês.

1 - INTRODUÇÃO: Introduz o assunto. Na introdução, é importante distinguir seu


trabalho dos demais. Ela deve informar o problema que será abordado; a pergunta que o
trabalho pretende responder e a relevância do tema. A introdução deve conter as
seguintes partes:

a – contextualização – inserir o tema escolhido na atualidade ou em um contexto. (1 a


2 parágrafos)

b –problematização (1 a 2 parágrafos)

c – hipóteses – são possíveis respostas para a pergunta de pesquisa (1 parágrafo)

As hipóteses referem-se a previsões ou especulações sobre as respostas à pergunta de


pesquisa. As hipóteses ajudam o pesquisador a definir o que buscar nos resultados.

Exemplo: Qual a relação entre tipos de remuneração e a cultura organizacional (clima)


da Escola? Hipótese: 40% da motivação do professor vem do salário, porém, outros
fatores também são fundamentais, como: Apoio didático-pedagógico, suporte estrutural
e relação professor-aluno.

d - Justificativa: A justificativa de um projeto de pesquisa consiste na consideração de


fatores que tornam aquela pesquisa relevante de um ponto de vista social, científico ou
prático. A justificativa deve levar em consideração a realidade na qual a pesquisa está
inserida, os problemas ou lacunas deixados por pesquisas anteriores e as demandas do
pesquisador.

Porque você escolheu esse tema? (1 parágrafo)

e – Objetivos: objetivos determinam onde o pesquisador pretende chegar com as


informações obtidas através de sua pesquisa. (1 parágrafo)
Objetivo geral: geralmente podem ser enunciados como uma versão afirmativa da
pergunta de pesquisa.

Exemplo:

Pergunta: Qual a relação entre tipos de remuneração e a cultura organizacional da


escola?

Objetivo: Investigar a relação entre tipos de remuneração e a cultura organizacional de


empresas.

Objetivos específicos: são desdobramentos do objetivo geral.

Exemplo:

Entender os fundamentos motivacionais dos seres humanos; conhecer o plano de


carreira e discutir a defasagem salarial da classe; perceber as influências das diferentes
funções na escola, sua remuneração e as relações de poder existentes.

f – Metodologia: refere-se aos passos da execução do trabalho de pesquisa.

Qual método será utilizado? (1 parágrafo)

g – Estrutura do artigo – Explica a organização do artigo – como ele esta estruturado.

Quantos capítulos e seções terão o artigo? (1 parágrafo)

h – Texto de finalização – A introdução deve ser concluída com as perguntas que a


pesquisa pretende responder. Ela tem a estrutura do triangulo inverso: vai do geral para
o particular – a pergunta que pretende ser respondida.

(inserir a pergunta de pesquisa em negrito) (1 parágrafo)

Pergunta de pesquisa: Todo o desenvolvimento de uma pesquisa científica gira em


torno de uma pergunta de pesquisa. Ela deve ser mantida em mente a todo momento.

A pergunta de pesquisa irá orientar:

- A escolha da literatura a ser revisada;

- Os objetivos do trabalho;

-O método utilizado;

-A forma de análise dos dados;

-A descrição das principais conclusões, etc.


2 - REFERENCIAL TEÓRICO – é parte muito importante da pesquisa, devendo
conter a exposição do assunto tratado de forma detalhada e completa. Nesta parte, será
realizada uma revisão dos trabalhos já existentes sobre o tema abordado.

O referencial teórico possibilita fundamentar e dar consistência a todo o estudo. Tem a


função de nortear a pesquisa, apresentando um embasamento da literatura já publicada
sobre o tema.

No referencial teórico, utiliza-se sempre referências de autores que já publicaram e


escreveram sobre o assunto. Por isso a importância de que todo ele seja referenciado.

Nesta parte do artigo, o pesquisador não manifesta sua opnião, mas utiliza estudos de
outros autores e pesquisadores, para fundamentar sua pesquisa.

3 - METODOLOGIA – vai informar a maneira como a pesquisa foi realizada: o


método, tipos de pesquisa realizada, técnicas de coleta e de tratamento de dados.

4 – ANÁLISE DE DADOS E RESULTADOS

Relata-se os resultados obtidos com a pesquisa realizada.

5 – CONSIDERAÇÕES FINAIS: é a finalização do trabalho, onde o autor recapitula


o assunto e menciona os resultados. Apresenta as descobertas com a pesquisa, bem
como as interpretações para os resultados obtidos.

Importante que se destaque o que foi observado de mais importante na pesquisa.

Nas considerações finais, deve ser informado se os resultados obtidos confirmam as


hipóteses que foram apresentadas na introdução do artigo, bem como se os objetivos
foram alcançados.

Com base nos resultados obtidos, pode-se mencionar limitações da pesquisa realizada,
bem como sugestões para futuros estudos.

6 – REFERÊNCIAS

As referências devem estar em ordem alfabética.

O espaço na referência é simples e entre as referências é duplo.

Os títulos dos livros ou revistas devem estar destacados (em negrito ou em itálico).

O ideal é que sejam utilizados, no mínimo, 5 livros e 3 artigos para o artigo.

Referências:

OLIVEIRA, Luiz Cláudio Vieira de; CORREA, Osvaldo Manoel. 2. ed. Normas para
redação de trabalhos acadêmicos, dissertações e teses. Belo Horizonte: Universidade
Fumec-Face, 2008. (Disponível no site: www.fumec.br – biblioteca – política,
regulamento e metodologia – metodologia científica).
http://www.pgcl.uenf.br/2013/download/livrodemetodologiadapesquisa2010.pdf

https://docente.ifrn.edu.br/olivianeta/disciplinas/copy_of_historia-i/historia-ii/china-e-
india

Quando considerar o trabalho pronto, guarde um tempo e depois reveja-o.

Com distanciamento nos tornamos revisores dos nossos próprios trabalhos!