Você está na página 1de 6
TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de
 
TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de
 
TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS

 
TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de
 

DURAÇÃO DA PROVA: 100 min

DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de janeiro de 2018

 
 

2/3º Ciclo do Ensino Básico

Ano de Escolaridade

 
 
 

NOME DO ALUNO: _______________________________________________________________

Nº.

TURMA: _____

AVALIAÇÃO:

 

%

Fraco

Não

Satisfaz

Satisfaz

 

Excelente

___

Satisfaz

Bem

 

Adiciona-se a esta informação a avaliação do aluno no momento, noutro domínio não relacionado com o teste de avaliação:

DOMÍNIO

Fraco

Não Satisfaz

Satisfaz

Satisfaz Bem

Excelente

Atitudes/Valores

PROFESSOR (A): ______________________________________________________________________________________

ENC. ED.: ____________________________________________________________________________________________

Na tua folha de respostas, indica claramente a versão do teste. A ausência dessa indicação implica a classificação com zero pontos das respostas aos itens de escolha múltipla, de associação/correspondência e de ordenação.

Grupo I

  • 1. A grande diversidade de paisagens que nos rodeia é condicionada pelo tipo de rocha, pelo clima, pelos agentes erosivos e pela atividade humana. A figura 1 mostra um conjunto de diferentes paisagens geológicas.

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de

I - Caos de blocos

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de

II – Dunas

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de

III – Chaminés-de- fada

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de

IV – Cone vulcânico

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de

V – Calçada de gigante/ disjunção colunar

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de

VI – Dobras

TESTE INTERMÉDIO DE CIÊNCIAS NATURAIS DURAÇÃO DA PROVA : 100 min DATA DE REALIZAÇÃO: 31 de

VII – Gruta calcária

Figura 1 Paisagens geológicas.

1.1. Das paisagens representadas, refere, utilizando a numeração de I a VII:

  • a) uma paisagem magmática;

  • b) uma paisagem sedimentar;

  • c) uma paisagem metamórfica.

**

1.2.

Classifica cada uma das afirmações seguintes como verdadeira (V) ou falsa (F).

  • (A) As rochas graníticas dão origem a caos de blocos.

  • (B) A paisagem de caos de blocos forma-se por acumulação de sedimentos transportados pelo vento.

  • (C) Em Portugal não há paisagens com vulcões.

  • (D) A disjunção prismática do basalto ocorre por erosão.

  • (E) As dunas são uma paisagem frequente em Portugal.

  • (F) As paisagens geológicas nunca mudam.

  • (G) Nas grutas calcárias acontece muitas vezes a formação de estalactites.

  • 2. Os minerais são os constituintes das rochas.

Para identificar os minerais recorre-se com alguma frequência à análise de um conjunto de propriedades que estes apresentam, como, por exemplo, à determinação da sua dureza (figura 2).

1.2. Classifica cada uma das afirmações seguintes como verdadeira ( V ) ou falsa ( F

Figura 2 Escala de Mohs.

  • 2.1. Tendo em conta a escala de Mohs, indica:

    • a) o mineral com maior dureza;

    • b) o mineral com menor dureza;

    • c) os minerais que são riscados pela unha;

  • 2.2. O gelo é um mineral porque é uma substância… (Assinala a única opção correta) (A). sólida ou líquida, não natural, inorgânica, com uma estrutura cristalina e composição química definida. (B). sólida, natural, inorgânica, com uma estrutura cristalina e composição química definidas. (C). sólida ou líquida, orgânica, com uma estrutura cristalina e composição química definida.

  • 2.3. Considera a situação que se segue: O mineral A risca o talco e é riscado por ele.

    • 2.3.1. Refere a dureza do mineral A.

    • 2.4. Faz corresponder cada conceito à respetiva definição. Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez.

    CONCEITO

    DEFINIÇÃO

    Clivagem ①

    A - Expressa a resistência que o mineral oferece ao ser riscado por determinados

    Dureza ②

    objetos ou minerais.

    Efervescência③

    B - Reação de alguns minerais em presença de ácido, como o vinagre. C - Refere-se à tendência que certos minerais têm em quebrar-se segundo planos com

    Fratura ④

    uma direção bem definida. D - Propriedade presente nos minerais, que causa oscilação da agulha da bússola.

    Magnetismo⑤

    E - Rutura por superfícies irregulares.

    • 3. Faz corresponder cada um dos termos da coluna A à respetiva expressão, que consta da coluna B.

    **

    Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez.

    Coluna A

    Coluna B

    • a) Areia

    • 1. Rocha sedimentar detrítica coerente (coesa)

    • b) Carvão

    • 2. Rocha sedimentar quimiogénica

    • c) Sal-gema

    • 3. Rocha sedimentar biogénica

    • d) Arenito

    • 4. Rocha sedimentar detrítica não coerente (não coesa)

    • e) Mármore

    • 5. Não é rocha sedimentar

    • 4. A figura 3 refere-se a uma hipótese apresentada no início do século XX por um cientista alemão.

      • 4.1. Assinala o nome desse cientista. (A). Galileu. (B). Copérnico. (C). Alfred Wegener.

      • 4.2. Indica o nome da teoria defendido por esse cientista. (A). Teoria da Deriva dos Continentes. (B). Teoria da Tectónica de Placas.

      • 4.3. De acordo com esta teoria, existia um super oceano chamado …

        • (A) … Pangeia.

        • (B) … Pantalassa.

        • (C) … Gondwana.

    • 4.4. Ao longo do tempo geológico a

    fragmentou-se e os

    continentes

    • (A) )

    Pangeia (

    do passado

    • (B) Pangeia ( ... )

    atuais

    • (C) do passado

    Pantalassa (

    )

    Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez. Coluna A Coluna B a) Areia 1.

    Figura 3 Movimento dos continentes.

    • 5. O cientista que referiu na questão 4.1. apresentou quatro argumentos para defender a sua teoria.

      • 5.1. Faz corresponder a cada informação um argumento da chave. Utiliza cada letra e cada número apenas uma

    vez.

    Chave:

    1. Argumento morfológico 3. Argumento paleontológico

    2. Argumento paleoclimático 4. Argumento litológico

    A – As marcas de antigas zonas geladas, revelando climas do passado, encaixam quando juntamos os continentes no que seria a Pangeia.

    Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez. Coluna A Coluna B a) Areia 1.
    Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez. Coluna A Coluna B a) Areia 1.

    B - A existência de um só continente explica que fósseis como os de Mesosaurus apareçam em continentes que atualmente estão separados.

    Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez. Coluna A Coluna B a) Areia 1.
    Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez. Coluna A Coluna B a) Areia 1.

    C - Wegener mostrou o mesmo tipo de rochas de ambos os lados do oceano Atlântico.

    D - Quando se recortam e juntam os continentes, eles encaixam como um puzzle.

    Figura 4

    • 6. Assinala as duas descobertas tecnológicas que ajudaram à construção da teoria da tectónica de placas.

    **

    I. Microscópio eletrónico

    II. Telescópios de tecnologia avançada III. Robôs de exploração do fundo do mar IV. Sonar

    • 7. O mapa apresentado na figura 5 representa a superfície da Terra dividida em partes cujos limites se tocam. 7.1.Como se chamam essas partes? Registe a opção correta.

    (A)

    Blocos oceânicos

    (B)

    Placas litosféricas.

    Figura 6

    1.

    2.

    Rifte

    3.

    Planície abissal

    4.

    Dorsal oceânica

    5.

    Talude continental

    (A)

    uma falha.

    (B)

    um rifte.

    (C)

    7.2.Que nome se dá à teoria que apresenta a superfície da Terra dividida conforme o mapa da figura 5? Registe a opção correta.

    (A). Teoria da Deriva dos Continentes. (B). Teoria da Tectónica de Placas.

    I. Microscópio eletrónico II. Telescópios de tecnologia avançada III. Robôs de exploração do fundo do mar

    Figura 5

    • 8. O conhecimento da morfologia do fundo do oceano foi decisivo para a Ciência.

    I. Microscópio eletrónico II. Telescópios de tecnologia avançada III. Robôs de exploração do fundo do mar
    • 8.1. Faz a legenda das letras B, C, D, E e F da figura 6. A cada letra faz corresponder apenas um número.

    Plataforma continental

    • 8.2. De acordo com os dados da figura 6, o afastamento dos continentes deve-se ao aparecimento de…

    uma fossa oceânica.

    8.3.Estabelece a correspondência entre os locais X e Y e as idades das rochas. Faz corresponder a cada alínea apenas uma letra (X ou Y).

    a). 10 M.a.

    b) 40 M.a.

    8.3.1. Justifica a resposta anterior. Escreve a alínea que identifica cada espaço, seguida da opção escolhida.

    **

    Na zona de rifte há ____ _____ (próximas/afastadas) do rifte são mais ____ a) (formação/destruição) de
    Na zona de rifte há ____
    _____
    (próximas/afastadas) do rifte são mais ____
    a)
    (formação/destruição) de rocha oceânica. Logo, as rochas do fundo oceânico
    _____
    mais afastadas.
    mais ____
    b)
    c)
    _____
    (antigas/recentes) do que as rochas
    9. O diagrama da figura 7 representa um corte numa zona da Terra. ① ② Figura
    9.
    O diagrama da figura 7 representa um corte numa zona da Terra.
    Figura 7

    Responde às questões 9.1. a 9.5. registando, em cada uma delas, apenas a opção mais correta.

    • 9.1. As setas C e D da figura 7 representam… (A). divergência de placas. (B). convergência de placas. (C). placas com movimento conservativo.

    • 9.2. As setas A e B da figura representam… (A). placas divergentes. (B). placas convergentes. (C).processos de subducção.

    • 9.3. Na zona ① da figura verifica-se… (A). formação de litosfera oceânica. (B). crescimento do fundo oceânico. (C). afundamento de litosfera oceânica.

    • 9.4. Na zona ② da figura verifica-se… (A). formação de litosfera oceânica. (B). crescimento do fundo oceânico. (C). destruição de litosfera oceânica.

    9.5. Na figura 7 estão representadas …

    • (A) duas placas tectónicas.

    • (B) quatro placas tectónicas.

    • (C) três placas tectónicas.

    **

    10. Nos esquemas da figura 8 podem observar-se deformações muito frequentes nas rochas.

    • 10.1. Em B pretende representar-se…

      • (A) uma dobra.

      • (B) uma falha.

      • (C) um desligamento.

  • 10.2. A deformação A é…

    • (A) normal, porque o teto desce em relação ao muro.

    • (B) normal, porque o teto sobe em relação ao muro.

    • (C) inversa, porque o teto sobe em relação ao muro.

  • 10.3. A deformação A é típica de limites ...

    • (A) divergentes como as zonas de rifte.

    • (B) convergentes como as zonas de fossa.

    • (C) divergentes como as zonas de subducção.

  • 10.4. O material que constitui a deformação A é …

    • (A) frágil porque a deformação resultou numa quebra.

    • (B) dúctil porque a deformação resultou em dobramento.

    • (C) frágil porque a deformação resultou em dobramento.

  • 10.5. A deformação B é típica de limites ...

    • (A) divergentes como as zonas de rifte.

    • (B) convergentes como as zonas de rifte.

    • (C) divergentes como as zonas de subducção.

    • (D) convergentes como as zonas de fossa.

  • T M
    T
    M
    10. Nos esquemas da figura 8 podem observar-se deformações muito frequentes nas rochas. 10.1. Em B
    • 10.6. A estrutura B representa ...

      • (A) uma deformação típica da atuação de forças compressivas.

      • (B) uma deformação típica da atuação de forças distensivas.

      • (C) uma deformação típica da atuação de forças conservativas.

  • 10.7. Nas falhas de desligamento um bloco da falha ...

    • (A) sobe relativamente ao outro.

    • (B) desliza horizontalmente relativamente ao outro.

    • (C) desce relativamente ao outro.

  • 10. Nos esquemas da figura 8 podem observar-se deformações muito frequentes nas rochas. 10.1. Em B

    C

    - FIM DA PROVA -

    COTAÇÕES 1.1 1.2 2.1 2.2 2.3.1 2.4 3 4.1 4.2 4.3 4.4 5.1 6 7.1 7.2
    COTAÇÕES
    1.1 1.2
    2.1 2.2 2.3.1 2.4
    3
    4.1
    4.2
    4.3
    4.4 5.1
    6
    7.1
    7.2
    8.1
    8.2 8.3 8.3.1 9.1 9.2 9.3 9.4 9.5 10.1 10.2 10.4 10.5 10.6 10.7
    9
    14
    8
    4
    5
    5
    5
    2
    2
    2
    2
    4
    2
    2
    2
    2,5
    2
    2
    1,5
    2
    2
    2
    2
    2
    2
    2
    2
    2
    2
    2

    **