Você está na página 1de 27

ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA

Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

MEMORIAL DESCRITIVO E DE CALCULO

PROJETO:
PROJETO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS
ATMOSFÉRICAS - SPDA
OBRA:
CONSTRUÇÃO DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA DE
RONDONOPOLIS - MT

1
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

1 SUMÁRIO
2 Introdução.............................................................................................................. 3
2.1 INFORMAÇÕES DA OBRA ................................................................................. 3
3 Considerações Preliminares. .................................................................................. 3
4 Normas Gerais. ...................................................................................................... 6
5 Elementos de Segurança do Trabalho ..................................................................... 8
6 Descritivo dos Serviços .......................................................................................... 9
7 SPDA e ATERRAMENTO .................................................................................... 9
7.1 Valor da Impedância de aterramento ............................................................... 9
7.2 Considerações Gerais Sobre Equipotencialização Principal ........................... 10
8 NORMAS E CÓDIGOS ...................................................................................... 11
9 Verificação da necessidade de instalação do sistema de proteção contra descargas
atmosféricas. ............................................................................................................... 12
10 Conclusão ........................................................................................................ 27
10.1 Dos materiais ............................................................................................ 27
10.2 Da entrega da obra..................................................................................... 27
11 Lista de matérias. ................................................ Erro! Indicador não definido.

2
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

2 INTRODUÇÃO
O presente memorial descritivo tem por objetivo descrever as condições e
critérios seguindo as principais Normas técnicas, tendo como principal norteadora a
norma brasileira 5419, proteção contra descargas atmosféricas, partes 1 a 4, data de
edição: 22/05/2015.
A instalação do projeto de proteção contra descargas atmosféricas, deve ser
realizado conforme especificações detalhadas em planta baixa. O sistema de captura,
descida e malha de aterramento, que compõem o sistema de aterramento se destinam a
aumentar o grau de segurança e confiabilidade das instalações da sede das Promotorias
de Justiça.

2.1 INFORMAÇÕES DA OBRA COMO REFERENCIA


Logradouro: Esquina da Av. Ary Coelho com Av. Dep. Rachid Mahmed , S/Nº,
Quadra nº 30 - Loteamento Vila Birigui
Localidade: Rondonópolis - MT
Estado: MT.

3 CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES.
A execução dos serviços deverá obedecer rigorosamente aos projetos e a estas
especificações e planilhas orçamentárias, não podendo ser inserida qualquer
modificação sem o consentimento por escrito da FISCALIZAÇÃO.
Os projetos, especificações e orçamento são elementos que se complementam,
devendo as eventuais discordâncias ser resolvidas pela FISCALIZAÇÃO com a
seguinte ordem de prevalência: projetos, especificações e orçamento.
Nestas especificações fica esclarecido que só será permitido o uso de materiais
ou equipamentos similares aos especificados, se rigorosamente equivalentes, isto é, se
desempenharem idênticas funções construtivas e apresentarem as mesmas
características formais e técnicas, e com a autorização da FISCALIZAÇÃO.
Reserva-se à FISCALIZAÇÃO o direito de impugnar o andamento das obras e a
ampliação de materiais ou equipamentos, desde que não satisfaçam o que está contido

3
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

nestas especificações, obrigando-se a empreiteira a desmanchar por sua conta e risco o


que for impugnado, refazendo tudo de acordo com as mesmas especificações.
A CONTRATADA deverá conservar na obra uma cópia destas especificações e
dos projetos, sempre à disposição da FISCALIZAÇÃO.
De modo algum a atuação da FISCALIZAÇÃO, na parte de execução das obras,
eximirá ou atenuará a responsabilidade da CONTRATADA pelos defeitos de ordem
construtiva que as mesmas vierem a apresentar. Só à CONTRATADA caberá a
responsabilidade pela perfeição das obras em todos os seus detalhes.
O acesso do fiscal a qualquer parte da obra, a qualquer momento, será facilitado
pela CONTRATADA, que manterá na obra um seu representante devidamente
credenciado.
Os serviços e materiais obedecerão ainda às normas e métodos da ABNT.
Os casos omissos serão resolvidos em comum acordo entre a CONTRATADA e
a FISCALIZAÇÃO.
Em caso de divergência entre os desenhos de escala diferentes, prevalecerão os
de maior escala.
Em caso de divergência entre os desenhos de datas diferentes, prevalecerão os de
data mais recente.
Serviços não constantes no orçamento serão medidos e pagos com base no
índice do INCC do mês corrente.
Serviços não constantes no orçamento e que não façam parte da planilha, terão
seus preços acordados e aceitos pela FISCALIZAÇÃO mediante a apresentação e
comprovação de 3 (três) propostas orçamentárias obtidas no mercado.
Os quantitativos da planilha em anexo são apenas indicativos, devendo a
CONTRATADA, orçar a obra, levando em conta todos os serviços, materiais e
quantitativos necessários a perfeita execução dos serviços definidos em projeto e
especificações técnicas.
Após a assinatura do contrato a CONTRATADA assume inteira
responsabilidade sobre os elementos apresentados para a obra, não sendo admitidas
quaisquer alegações quanto à omissão destes elementos que venham onerar a obra.

4
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Serviços extras somente serão admitidos quando solicitados pela


FISCALIZAÇÃO da obra.
As providências para aprovação dos projetos e licenciamento da obra serão
tomadas pelo construtor, junto aos órgãos públicos e concessionários.
O fornecimento de materiais, bem como a execução dos serviços obedecerá
rigorosamente ao constante nos documentos:
• Normas da ABNT;
• Prescrições e recomendações dos fabricantes;
• Normas internacionais consagradas, na falta das citadas;
• Práticas SEAP do Ministério do Orçamento e Gestão;
• Estas especificações e desenhos do projeto;
Caberá à CONTRATADA fornecer o DIÁRIO DE OBRAS, no qual se farão
todos os registros relativos a pessoal, materiais retirados e adquiridos, andamento dos
serviços e demais ocorrências.
O local do serviço será mantido limpo, o desentulho feito diariamente.
Caberá à CONTRATADA a responsabilidade por qualquer acidente de trabalho,
bem como danos ou prejuízos causados à CONTRATANTE e a terceiros.
Todas as medidas serão conferidas no local.
A quantificação é da responsabilidade das empresas LICITANTES que serão
obrigadas a contemplar todos os itens constantes do projeto.
Todos os materiais serão novos, comprovadamente de primeira qualidade.
A CONTRATADA apresentará, antes de iniciar o serviço, a devida Anotação de
Responsabilidade Técnica (ART) pela execução, registrada no CREA.
Obriga-se a CONTRATADA a retirar do recinto da obra os materiais
impugnados pela FISCALIZAÇÃO dentro de 72 horas a contar da Ordem de Serviço.
Toda a mão-de-obra será fornecida pela CONTRATADA e deverá ser
devidamente qualificada na execução dos trabalhos.
A CONTRATADA designará responsável técnico pela execução,
obrigatoriamente detentor de acervo técnico, comprovado por meio de atestado de
aptidão emitido por pessoa jurídica de direito público ou privado, para a qual tenha
prestado serviço compatível com o objeto desta licitação em quantidade e característica,

5
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

devidamente registrado no CREA. Este profissional deverá assumir pessoal e


diretamente a execução dos serviços, devendo estar no local da obra durante todo o
tempo de sua realização.
Todas as instalações serão executadas com esmero e bom acabamento, formando
um conjunto mecânica e eletricamente satisfatório e de boa qualidade.
As partes vivas expostas dos circuitos e dos equipamentos elétricos serão
protegidas contra acidentes, seja por um invólucro protetor, seja pela sua colocação fora
do alcance normal de pessoas não qualificadas.
Em lugares úmidos ou normalmente molhados, nos expostos às intempéries,
onde o material possa sofrer ação dos agentes corrosivos de qualquer natureza, serão
usados métodos de instalação adequados e materiais destinados especialmente a essa
finalidade.
Somente em caso claramente autorizado pela FISCALIZAÇÃO será permitido
que equipamentos e materiais sejam instalados de maneira diferente da especificada ou
indicada por seu fabricante. Esta recomendação cobre também os serviços de partida e
os testes de desempenho de cada equipamento, que deverão ser realizados de acordo
com as indicações de seus fabricantes.

4 NORMAS GERAIS.
Os materiais a empregar na obra deverão ser novos, de primeira qualidade e
obedecer às especificações do presente memorial, às normas da ABNT no que couber e,
na falta destas ter suas características reconhecidas em certificados ou laudos emitidos
por laboratórios tecnológicos idôneos.
A CONTRATADA deverá estar aparelhada com máquinas e ferramentas
necessárias às obras, como também manterá pessoal habilitado em número suficiente à
perfeita execução dos serviços nos prazos previstos.
A empreiteira submeterá à aprovação da FISCALIZAÇÃO amostras de todos os
materiais e modelos de todos os serviços a serem executados nas obras.
Quando necessário, a FISCALIZAÇÃO solicitará ensaios, exames e provas dos
materiais ou serviços.

6
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

A CONTRATADA será obrigada a retirar do local da obra os materiais


porventura impugnados pela FISCALIZAÇÃO.
Não será tolerado manter no local da obra quaisquer materiais estranhos à
mesma.
O controle de qualidade e outros exigidos pela FISCALIZAÇÃO não exime o
construtor de sua inteira responsabilidade técnica e civil pelas obras e serviços por ele
executados.
Entende-se por FISCALIZAÇÃO, a fiscalização por parte do Tribunal Regional
Federal.
A CONTRATADA deverá fornecer por escrito à FISCALIZAÇÃO o nome do
engenheiro responsável pela execução dos serviços, assim como os demais funcionários
responsáveis pela mão-de-obra.
A CONTRATADA deverá manter na obra, durante todas as horas de serviço,
um responsável técnico para maiores esclarecimentos, se necessário.
Todos os serviços a serem executados na área da edificação deverão ser
protegidos por lonas, tapumes, etc.
Durante a execução dos serviços, a CONTRATADA deverá tomar todos os
cuidados necessários no sentido de garantir proteção e segurança aos operários, técnicos
e demais pessoas envolvidas direta ou indiretamente com a execução da obra e garantir
a estabilidade das redes de infraestrutura localizadas nas áreas adjacentes, que de
alguma maneira possam ser atingidos em qualquer das etapas da obra.
A CONTRATADA deverá manter ininterrupto serviço de vigilância no local da
obra, cabendo-lhe integral responsabilidade pela guarda da obra e de seus materiais e
equipamentos, até sua entrega definitiva.
A CONTRATADA deverá efetuar limpeza periódica da obra, obrigando-se a
mantê-los em perfeita ordem, durante todas as etapas de execução.
A CONTRATADA deverá manter no escritório do local da obra, à disposição da
FISCALIZAÇÃO e sob sua responsabilidade, a Caderneta de Obras, onde deverão ser
anotados, pelo engenheiro responsável por parte da CONTRATADA e pela
FISCALIZAÇÃO, todos os eventos que de alguma maneira historiem o andamento da
obra, tais como: pedidos de vistoria, impugnações, autorizações, notificações gerais, etc.

7
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

A CONTRATADA deverá, em comum acordo com a FISCALIZAÇÃO,


elaborar antes do início dos serviços um planejamento de suas ações a fim de minimizar
a interferência em outros serviços que também estarão sendo realizados na mesma
época.
Caberá à CONTRATADA a elaboração dos desenhos “as built” incidentes sobre
todas as áreas e projetos relacionados neste Memorial.

5 ELEMENTOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO


Deverá ser obedecida todas as recomendações, com relação à segurança do
trabalho, contidas na Norma Regulamentadora NR-18, aprovada pela Portaria 3214, de
08.06.78, do Ministério do Trabalho, publicada no DOU de 06.07.78 (suplemento).
Haverá particular atenção para o cumprimento das exigências de proteger as
partes móveis dos equipamentos e de evitar que as ferramentas manuais sejam
abandonadas sobre passagens, escadas, andaimes e superfícies de trabalho, bem como
para o respeito ao dispositivo que proíbe a ligação de mais de uma ferramenta elétrica
na mesma tomada de corrente.
As ferramentas e equipamentos de uso nas obras serão dimensionados,
especificados e fornecidos pela CONTRATADA, de acordo com o seu plano de
construção, em perfeito estado, prontas para o uso e atendendo aos graus de segurança
exigidos para cada caso.
Serão de uso obrigatório os equipamentos de proteção individual estabelecidos
na NR-18 NR-10 e demais Normas de Segurança do Trabalho. Os equipamentos
mínimos obrigatórios serão:
• Equipamentos para proteção da cabeça
• Equipamentos para Proteção Auditiva
• Equipamentos para Proteção das Mãos e Braços.
• Equipamentos para Proteção dos Pés e Pernas

8
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

6 DESCRITIVO DOS SERVIÇOS


Deverá ser executado todos os serviços listados e apontados nesse memorial
assim como os serviços mostrados nas plantas fornecidas e os constantes na lista de
material fornecido. Os três documentos são complementares, devendo o Contratado
estuda-los atentamente para tomar ciência por completo de todas as etapas para a
realização dos serviços que esse documento se propõe. Abaixo segue descrição genérica
dos serviços a realizar:

7 SPDA E ATERRAMENTO
Deverá ser executada uma malha de aterramento (sistema de dispersão) no
contorno da nova edificação a ser construída. Essa malha deverá ser interligada a
qualquer outro tipo de aterramento existente. A malha será formada pelo conjunto Cabo
de Cobre Nú50mm², haste e caixas de inspeção. Os cabos e hastes deverão ser
enterrados a uma profundidade de pelo menos 60cm do nível do solo.
As conexões entre haste e cabo deverão ser feitas através de solda exotérmica
ou conector grampo reforçado;
O sistema de captação é composto pelo cabo de cobre nu 35mm², barra chata em
alumínio, terminais aéreos e acessórios de emenda e fixação. Todos os materiais estão
previstos na planilha de quantitativo. Foi utilizado o modelo eletro geométrico para a
distribuição dos terminais aéreos e demais elementos do sistema de captação.
7.1 Valor da Impedância de aterramento
Os valores máximos da Impedância Convencional de aterramento (Z), são
definidos em função da resistividade do solo, conforme NBR-5419-1.

Tabela 1- Valores de impedâncias Convencionais de aterramento. (NBR-5419/1;2015)

9
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

O cálculo da resistividade do solo deverá ser realizado por método de aferição.


Este, por sua vez, deve ser apresentado por meio de Laudo Técnico acompanhado de
Anotação de Responsabilidade Técnica-ART indicando o respectivo responsável
técnico e método utilizado para o cálculo.

Deverão ser ligadas diretamente ao sistema de aterramento as partes metálicas


das instalações da entrada de serviço, tais como: caixa de transformadores, para raio,
caixa de medição e equipamento.

O condutor de descida do aterramento quando sujeito a eventuais contatos de


pessoas, deverá ser protegido por eletroduto de PVC rígido. A distância entre as hastes
deverá ser de no mínimo 2,40 metros.

As conexões de malha, haste-cabo e cabo-cabo, devem ser feitas por meio de


solda exotérmica ou através de conectores. O centro de medição deverá ser aterrado
com o mesmo aterramento que vem do transformador, interligado através de cabo com
seção transversal de 50 mm². E também será interligado ao aterramento do sistema de
proteção contra descarga atmosférica do prédio, QUANDO EXISTENTE, lembrando
que a impedância máxima não poderá ultrapassar os 10 ohms.

Todos os componentes metálicos, normalmente sem tensão, da instalação interna


da edificação deverão ser aterrados por meio do condutor neutro ou de um condutor de
proteção e interligados ao sistema de aterramento da edificação.

7.2 Considerações Gerais Sobre Equipotencialização Principal


Com a finalidade de vincular as partes metálicas (massas) à Equipotencialização
principal, o corpo das caixas de proteção geral, medição e derivação, confeccionadas em
aço carbono, ou qualquer outro tipo de metal, devem ser ligados a caixa de equalização
por meio de cabo de cobre isolado de 16mm² direta ou indiretamente, mediante a
utilização de condutores de proteção, cuja isolação deve ser na cor verde.

10
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

8 NORMAS E CÓDIGOS
Para o desenvolvimento e ajustes das soluções apresentadas foram observados as
normas e códigos a seguir relacionados:
• ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica
• ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – NBR 5410
• IEC – International Electrotecnical Commission
• NBR-5419/ABNT Sistema de Proteção Contra Descargas
Atmosféricas(nova)
• Normas da Concessionária Local – CEMAT
• Documento ANSI/EIA/TIA-568-C, que são:
• C.1- “Definiçoes comuns para Cabeamento estruturado”;
• C.2- “Tipo de Midias reconhecidas”;
• C.3- “Definições comuns para cabeamento óptico”;
• EIA/TIA 569-B Commercial Building Telecommunications Pathway and
Spaces
• EIA/TIA 606 – Administration Standard for de Telecomunications
Infraestructure of Commercial Buildings
• EIA/TIA 607 - Grounding and Bonding Requeriments for
Telecommunications in Commercial Building;
• IEC/ISO 11801 / 2002
• NBR-14565

11
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

9 VERIFICAÇÃO DA NECESSIDADE DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PROTEÇÃO

CONTRA DESCARGAS ATMOSFÉRICAS.

NBR-5419:2015
SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas)

9.1) Densidade e descargas atmosféricas para a terra [Ng]

Ng = 12.4 [Descargas / km²/ano]


Fonte = Mapa - Centro-Oeste

9.2) Geometria da Estrutura

Comprimento [L] = 60 m
Largura [W] = 40 m
Altura [H] = 15 m

9.3) Ad - Área de exposição equivalente [em m²]

Ad = L * W + 2 * (3 * H) * (L + W) + PI * (3 * H)^2
Ad = 60 * 40 + 2 * (3 * 15) * (60 + 40) + 3.1416 * (3 * 15)^2
Ad = 17761.73 m²

9.4) Fatores de Ponderação

9. 4.1) Fator de Localização da Estrutura PRINCIPAL - Cd (Tabela A.1)

Estrutura cercada por objetos da mesma altura ou mais baixos


Cd = 0.5

9.4.2) Comprimento da Linha de Energia

Ll = 60 [m]

9.4.3) Fator de Instalação da Linha ENERGIA - Ci (Tabela A.2)

Enterrado
Ci = 0.5

9.4.4) Fator do Tipo de Linha ENERGIA - Ct (Tabela A.3)

Linha de Energia em AT (com transformador AT/BT)


Ct = 0.2

12
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

9.4.5) Fator Ambiental da Linha ENERGIA - Ce (Tabela A.4)

Urbano
Ce = 0.1

9.4.6) Comprimento da Linha de Sinal

Llt = 1 [m]

9.4.7) Fator de Instalação da Linha SINAL - Cit (Tabela A.2)

Enterrado
Cit = 0.5

9.4.8) Fator do Tipo de Linha SINAL - Ctt (Tabela A.3)

Linha de Energia ou Sinal


Ctt = 1.0

9.4.9) Fator Ambiental da Linha SINAL - Cet (Tabela A.4)

Urbano
Cet = 0.1

9.4.10) Nd - Número de Eventos Perigosos para a Estrutura [por ano]

Nd = Ng * Ad * Cd * 10^-6
Nd = 0.1101

9.4.11) Nm - Número médio anual de eventos perigosos devido a descargas


atmosféricas perto da estrutura [por ano]

Nm = Ng * Am * 10^-6
Am = 2 * 500 * (L + W) + Pi * 500^2
Am = 885398.16
Nm = 10.9789

9.4.12) Nl - Número médio anual de eventos perigosos devido a descargas


atmosféricas na linha de Energia [por ano]

Nl = Ng * Al * Ci * Ce * Ct * 10^-6
Al = 40 * Ll
Al = 2400
Nl = 0.0003

9.4.13) Ni - Número médio anual de eventos perigosos devido a descargas

13
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

atmosféricas perto da linha de Energia [por ano]

Ni = Ng * Ai * Ci * Ce * Ct * 10^-6
Ai = 4000 * Ll
Ai = 240000
Ni = 0.0298

9.4.14) Nlt - Número médio anual de eventos perigosos devido a descargas


atmosféricas na linha SINAL [por ano]

Nlt = Ng * Al * Cit * Cet * Ctt * 10^-6


Alt = 40 * Llt
Alt = 40
Nlt = 0.0248*10^-3

9.4.15) Nit - Número médio anual de eventos perigosos devido a descargas


atmosféricas perto da linha SINAL [por ano]

Nit = Ng * Ait * Cit * Cet * Ctt * 10^-6


Ait = 4000 * Llt
Ait = 4000
Nit = 0.0025

9.4.16) Proteção da Estrutura - Pb (Tabela B.2)

Estrutura protegida por SPDA - Classe II


Pb = 0.05

9.4.17) Tipo de linha externa Energia - Cld e Cli (Tabela B.4)

Linha de energia com neutro multiarerrado


Cld = 1
Cli = 0.2

4.18) Tipo de linha externa SINAL - Cldt e Clit (Tabela B.4)

Linha enterrada blindada (energia ou sinal)


Blindagem não interligada ao mesmo barramento de equipotencialização
que o equipamento
Cldt = 1
Clit = 0.3

9.4.19) Ks1

Ks1: leva em consideração a eficiência da blindagem por malha da estrutura,


SPDA ou outra blindagem na interface ZPR 0/1;

14
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Dentro de uma ZPR, em uma distância de segurança do limite da malha no


mínimo igual à largura da malha Wm,
fatores Ks1 e Ks2 para SPDA ou blindagem tipo malha espacial podem
ser avaliado como: Ks1 = 0,12 x Wm1
Ks1 = 1

9.4.20) Uw Energia

Uw: é a tensão suportável nominal de impulso do sistema a ser protegido,


expressa em quilovolts (kV).
Uw = 13.8

9.4.21) Ks4 Energia

Ks4: leva em consideração a tensão suportável de impulso do sistema a ser


protegido. Ks4 = 1 / Uw
Ks4 = 0.07

9.4.22) Uwt Sinal

Uwt = 1.5

9.4.23) Ks4t Sinal

Ks4t = 0.67

9.4.24) Nível de Proteção NP - Peb (Tabela B.7)

DPS Classe II
Peb = 0.02

9.4.25) Roteamento, blindagem e interligação ENERGIA - Pld (Tabela B.8)

Linha aérea ou enterrada, não blindada ou com a blindagem não interligada


ao mesmo
barramento de equipotencialização do equipamento (Uw=13.8)
Pld = 1

9.4.26) Roteamento, blindagem e interligação SINAL - Pldt (Tabela B.8)

Linha aérea ou enterrada, não blindada ou com a blindagem não interligada


ao mesmo
barramento de equipotencialização do equipamento (Uw=1.5)
Pldt = 1

9.4.27) Pv - Probabilidade de Descarga na linha de Energia Causar danos

15
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

físicos

Pv = Peb * Pld * Cld


Pv = 0.02

9.4.28) Pvt - Probabilidade de Descarga na linha de Sinal Causar danos físicos

Pvt = Peb * Pldt * Cldt


Pvt = 0.02

9.5) Zonas da Edificação

9.5.1) Zona: Z1 (entrada área fora da edificação)

9.5.1.1) Número de pessoas na Zona

nz = 4

9.5.1.2) Número total de pessoas na Estrutura

nt = 30

9.5.1.3) Tempo de presença das pessoas na Zona (h/ano)

tz = 8760

9.5.1.4) Tempo de presença das pessoas em locais perigosos fora da estrutura


(h/ano)

te = 0

9.5.1.5) L1 - Perda de vida humana incluindo ferimento permanente

Considerar

9.5.1.6) L2 - Perda inaceitável de serviço ao público

Considerar

9.5.1.7) L3 - Perda inaceitável de patrimônio cultural

Desprezar

9.5.1.8) L4 - Perda econômica

16
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Considerar

9.5.1.9) Risco de Explosão / Hospitais

Não

9.5.1.10) Medidas de Proteção (descargas na linha) - Ptu (Tabela B.6)

Nenhuma medida de proteção


Ptu = 1

9.5.1.11) Ks2

Ks2 = 1

9.5.1.12) Nível de Proteção NP ENERGIA - Pspd (Tabela B.3)

DPS Classe II
Pspd = 0.02

9.5.1.13) Fiação Interna ENERGIA - Ks3 (Tabela B.5)

Cabo não blindado - sem preocupação no roteamento no sentido de evitar


laços
Condutores em laço com diferentes roteamentos em grandes edifícios
(área do laço da ordem de 50 m2)
Ks3 = 1

9.5.1.14) Nível de Proteção NP SINAL - Pspdt (Tabela B.3)

Nenhuma sistema de DPS coordenado


Pspdt = 1

9.5.1.15) Fiação Interna SINAL - Ks3t (Tabela B.5)

Cabo não blindado - sem preocupação no roteamento no sentido de evitar


laços
Condutores em laço com diferentes roteamentos em grandes edifícios
(área do laço da ordem de 50 m2)
Ks3t = 1

9.5.1.16) Pc - Probabilidade de Descarga na Estrutura causar Danos em


sistemas internos

Pc = Pspd * Cld

17
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Pc = 0.02

9.5.1.17) Pct - Probabilidade de Descarga na Estrutura causar Danos em


sistemas internos SINAL

Pct = Pspdt * Cldt


Pct = 1

9.5.1.18) Pms

Pms = (Ks1 * Ks2 * Ks3 * Ks4)^2


Pms = 0.0049

9.5.1.19) Pmst

Pmst = (Ks1 * Ks2 * Ks3t * Ks4t)^2


Pmst = 0.4489

9.5.1.20) Pm - Probabilidade de Descarga perto da Estrutura causar Danos em


sistemas internos

Pm = Pspd * Pms
Pm = 0.0001

9.5.1.21) Pmt - Probabilidade de Descarga perto da Estrutura causar Danos


em sistemas internos SINAL

Pmt = Pspdt * Pmst


Pm = 0.4489

9.5.1.22) Pu - Probabilidade de Descarga na linha causar ferimentos a seres


vivos por choque

Pu = Ptu * Peb * Pld * Cld


Pu = 0.02

9.5.1.23) Put - Probabilidade de Descarga na linha causar ferimentos a seres


vivos por choque SINAL

Put = Ptu * Peb * Pldt * Cldt


Put = 0.02

9.5.1.24) Pw - Probabilidade de Descarga na linha Causar falha de sistemas


internos

Pw = Pspd * Pld * Cld

18
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Pw = 0.02

9.5.1.25) Pwt - Probabilidade de Descarga na linha Causar falha de sistemas


internos SINAL

Pwt = Pspdt * Pldt * Cldt


Pwt = 1

9.5.1.26) Pli

Pli para Uw = 13.8 kV


Pli = 0.1

9.5.1.27) Plit

Plit para Uwt = 1.5 kV


Plit = 0.5

9.5.1.28) Pz - Probabilidade de Descarga perto da linha Causar falha de


sistemas internos

Pz = Pspd * Pli * Cli


Pz = 0.0004

9.5.1.29) Pzt - Probabilidade de Descarga perto da linha Causar falha de


sistemas internos SINAL

Pzt = Pspdt * Plit * Clit


Pzt = 0.15

9.5.1.30) Medidas de Proteção (descargas na estrutura) - Pta (Tabela B.1)

Equipotencialização efetiva do solo


Pta = 0.01

9.5.1.31) Tipo de superfície do solo ou piso - Fator de redução rt (Tabela C.3)

Mármore, cerâmica (Resistência de contato entre 1 e 10 ohms)


rt = 0.001

9.5.1.32) Providências para reduzir consequências de incêndio - Fator de


redução rp (Tabela C.4)

Uma das seguintes providências: extintores, instalações fixas operadas


manualmente,
instalações de alarme manuais, hidrantes. compartimentos à prova de fogo,

19
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

rotas de escape
rp = 0.5

9.5.1.33) Risco de incêndio ou explosão na estrutura - Fator de redução rf


(Tabela C.5)

Incêndio: Risco Normal


rf = 0.01

9.5.1.34) Perigo Especial - Fator hz (Tabela C.6)

Sem perigo especial


hz = 1

9.5.1.35) Pa - Probabilidade de Descarga na estrutura causar ferimentos a


seres vivos por choque

Pa = Pta * Pb
Pa = 0.0005

9.5.1.36) L1 - Perda de vida humana incluindo ferimento permanente

9.5.1.36.1) Lt

Lt = 0.01

9.5.1.36.2) D2 - Danos Físicos - Lf (Tabela C.2)

Industrial, comercial
Lf = 0.02

9.5.1.36.3) D3 - Falhas de sistemas internos - Lo (Tabela C.2)

Não Aplicável
Lo = 0

9.5.1.36.4) La

La = rt * Lt * (nz / nt) * (tz / 8760)


La = 0.0013*10^-3

9.5.1.36.5) Lu

Lu = La = 0.0013*10^-3

20
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

9.5.1.36.6) Lb

Lb = rp * rf * hz * Lf * (nz / nt) * (tz / 8760)


Lb = 0.0133*10^-3

9.5.1.36.7) Lv

Lv = Lb = 0.0133*10^-3

9.5.1.36.8) Lc

Lc = Lo * (nz / nt) * (tz / 8760)


Lc = 0

9.5.1.36.9) Lm Lw Lz

Lm = Lw = Lz = Lc = 0

9.5.1.37) L2 - Perda inaceitável de serviço ao público

9.5.1.37.1) D2 - Danos Físicos - Lf (Tabela C.8)

Gás, água, fornecimento de energia


Lf = 0.1

9.5.1.37.2) D3 - Falhas de sistemas internos - Lo (Tabela C.8)

Gás, água, fornecimento de energia


Lo = 0.01

9.5.1.37.3) Lb

Lb = rp * rf * Lf * (nz / nt)
Lb = 0.0001

9.5.1.37.4) Lv

Lv = Lb = 0.0001

9.5.1.37.5) Lc

Lc = Lo * (nz / nt)
Lc = 0.0013

9.5.1.37.6) Lm Lw Lz

21
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Lm = Lw = Lz = Lc = 0.0013

9.5.1.38) L4 - Perda econômica

9.5.1.38.1) D2 - Danos físicos - Lf (Tabela C.12)

Hotel, escola, escritório, igreja, entretenimento público, comercial


Lf = 0.2

9.5.1.38.2) D3 - Falha de sistemas internos - Lo (Tabela C.12)

Museu, agricultura, escola, igreja, entretenimento público


Lo = 0.001

9.5.1.38.3) D2 - Danos físicos FORA DA ESTRUTURA - Lfe (Tabela C.12)

Hotel, escola, escritório, igreja, entretenimento público, comercial


Lfe = 0.2

9.5.1.38.4) ca - Valor dos animais na Zona (milhões)

ca = 0 milhões

9.5.1.38.5) cb - Valor da edificação relevante à Zona (milhões)

cb = 1 milhões

9.5.1.38.6) cc - Valor do conteúdo da Zona (milhões)

cc = 2 milhões

9.5.1.38.7) cs - Valor dos sistemas internos incluindo suas atividades na


Zona (milhões)

cs = 2 milhões

9.5.1.38.8) ct - Valor total da estrutura (soma de todas as zonas) (milhões)

ct = 5 milhões

9.5.1.38.9) ce - Total de valores em perigo localizados fora da estrutura


(milhões)

ce = 1 milhões

22
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

9.5.1.38.10) La

La = rt * Lt * (ca / ct)
La = 0

9.5.1.38.11) Lu

Lu = La = 0

9.5.1.38.12) Lb

Lb = rp * rf * Lf * ((ca + cb + cc + cs) / ct)


Lb = 0.001

9.5.1.38.13) Lv

Lv = Lb = 0.001

9.5.1.38.14) Lc

Lc = Lo * (cs / ct)
Lc = 0.0004

9.5.1.38.15) Lm Lw Lz

Lm = Lw = Lz = Lc = 0.0004

9.5.1.38.16) Le

Le = Lfe * (ce / ct)


Le = 0.04

9.5.1.38.17) Lft

Lft = Lf + Le0.24

9.5.1.39) Riscos da Zona

9.5.1.39.1) Ra

Ra = Nd * Pa * La
Ra = 0.1101 * 0.0005 * 0.0013*10^-3
Ra = 0.0001*10^-6

23
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

9.5.1.39.2) Rb

Rb = Nd * Pb * Lb
Rb = 0.1101 * 0.05 * 0.001
Rb = 0.0055*10^-3

9.5.1.39.3) Rc

Rc = Nd * Pc * Lc
Rc = 0.1101 * 0.02 * 0.0013
Rc = 0.0029*10^-3

9.5.1.39.4) Rm

Rm = Nm * Pm * Lm
Rm = 10.9789 * 0.0001 * 0.0013
Rm = 0.0014*10^-3

9.5.1.39.5) Ru

Ru = (Nl + Ndj) * Pu * Lu
Ru = (0.0003 + 0) * 0.02 * 0.0013*10^-3
Ru = 0.0001*10^-7

9.5.1.39.6) Rut

Rut = (Nlt + Ndj) * Put * Lu


Rut = (0.0248*10^-3 + 0) * 0.02 * 0.0013*10^-3
Rut = 0.0001*10^-8

9.5.1.39.7) Rv

Rv = (Nl + Ndj) * Pv * Lv
Rv = (0.0003 + 0) * 0.02 * 0.001
Rv = 0.0001*10^-4

9.5.1.39.8) Rvt

Rvt = (Nlt + Ndj) * Pvt * Lv


Rvt = (0.0248*10^-3 + 0) * 0.02 * 0.001
Rvt = 0.0005*10^-6

9.5.1.39.9) Rw

Rw = (Nl + Ndj) * Pw * Lw
Rw = (0.0003 + 0) * 0.02 * 0.0013

24
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Rw = 0.0001*10^-4

9.5.1.39.10) Rwt

Rwt = (Nlt + Ndj) * Pwt * Lw


Rwt = (0.0248*10^-3 + 0) * 1 * 0.0013
Rwt = 0.0003*10^-4

9.5.1.39.11) Rz

Rz = Ni * Pz * Lz
Rz = 0.0298 * 0.0004 * 0.0013
Rz = 0.0002*10^-4

9.5.1.39.12) R1z

R1z = Ra + Rb + Ru + Rv + Rut + Rvt


R1z = 0.0001*10^-6 + 0.0055*10^-3 + 0.0001*10^-7 + 0.0001*10^-4 +
0.0001*10^-8 + 0.0005*10^-6
R1z = 0.0055*10^-3

9.5.1.39.13) R2z

R2z = Rb + Rc + Rm + Rv + Rw + Rz + Rvt + Rwt + Rzt


R2z = 0.0055*10^-3 + 0.0029*10^-3 + 0.0014*10^-3 + 0.0001*10^-4 +
0.0001*10^-4 + 0.0002*10^-4 + 0.0005*10^-6 + 0.0003*10^-4 + 0.0005*10^-3
R2z = 0.0104*10^-3

9.5.1.39.14) R4z

R4z = Rb + Rc + Rm + Rv + Rw + Rz + Rvt + Rwt + Rzt


R4z = 0.0055*10^-3 + 0.0029*10^-3 + 0.0014*10^-3 + 0.0001*10^-4 +
0.0001*10^-4 + 0.0002*10^-4 + 0.0005*10^-6 + 0.0003*10^-4 + 0.0005*10^-3
R4z = 0.0104*10^-3

9.6) Risco Total

9.6.1) R1

Ra + Rb = 0.0055*10^-3
R1 = 0.0055*10^-3
Rt1 = 1 * 10^-5
R1 <= Rt1
(Ra + Rb) <= Rt1
[OK]

25
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

9.6.2) R2

Ra + Rb = 0.0055*10^-3
R2 = 0.0104*10^-3
Rt2 = 1 * 10^-3
R2 <= Rt2
(Ra + Rb) <= Rt2
[OK]

9.6.3) R4

Ra + Rb = 0.0055*10^-3
R4 = 0.0104*10^-3
Rt4 = 1 * 10^-3
R4 <= Rt4
(Ra + Rb) <= Rt4
[OK]

9.6.4) Estrutura Protegida.

R1 <= Rt1
R2 <= Rt2
R4 <= Rt4

9.7) Nível de Proteção adotada: II

9.8) Método Utilizado

9.8.1) Malha ou da Gaiola de Faraday

Módulos da malha [Nível de Proteção II]

Afastamento máximo da Malha = 10x15 m

9.9) Cálculo do Número de descidas [N]

Area = 2400 m2.


Altura = 15 m.
Perímetro = 200 m.
Cantos Salientes da Estrutura = 4

Nível de Proteção II: Espaçamento médio = 10m

N = Perímetro / 10m + (número de cantos salientes) [N = 24] para Nível de

26
ACTUS SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSULTORIA
Órgão MPMT
Projeto de Sistema de Proteção Contra Tipo Doc. MEMDESC e CALC
Descargas Atmosféricas - SPDA Revisão 00
Obra MP ROOD

Proteção: II
N = Altura / 10m + (número de cantos salientes) | N = 15 / 10 + 4 | N = 6
N >= 2 (Para descidas não naturais)

N = 12 descidas.

10 CONCLUSÃO
Com base nos cálculos realizados para verificação da necessidade de fica claro a
necessidade de instalação de um sistema de proteção contra descarga atmosférica.
10.1 Dos materiais
Todos os materiais a serem empregados na execução dos serviços deverão ser de
primeira qualidade, obedecendo às especificações, sob pena de impugnação dos mesmos
pela Fiscalização. Deverão ser empregados, para melhor desenvolvimento dos serviços
contratados, em conformidade com a realização dos mesmos, todo o equipamento e
ferramental adequados. A Fiscalização poderá determinar a substituição dos
equipamentos e ferramental julgados deficientes, cabendo à Contratada providenciar a
troca dos mesmos, sem prejuízo no prazo contratado.

10.2 Da entrega da obra.


A obra será entregue sem instalações provisórias, livre de entulhos ou quaisquer
outros elementos que possam impedir a utilização imediata das unidades, devendo a
Contratada comunicar, por escrito, à Fiscalização, a conclusão dos serviços para que
esta possa proceder a vistoria da obra com vistas à aceitação provisória. Todas as
superfícies deverão estar impecavelmente limpas.
A fim de que os trabalhos possam ser desenvolvidos com segurança e dentro da
boa técnica, cumpre ao instalador o perfeito entendimento das condições atuais dos
prédios, das respectivas especificações e do projeto apresentado. Em caso de dúvidas
quanto à interpretação das especificações e dos desenhos será sempre consultada a
Fiscalização, e, se necessário, o autor do projeto, sendo desta o parecer definitivo.

27