Você está na página 1de 4

ATA DA ANÁLISE CRÍTICA PELA DIREÇÃO Data :

REUNIÃO Nº 93 17/04/2008

PARTICIPANTES:

Sandro, Luís Fernando, Kátia e Hannah

PERÍODO: 01/04/2008
HORÁRIO: 14:30 ás 17:00 h LOCAL: SALA DE REUNIÕES DO RH

Análise Crítica pela Administração – SA 8000

Trabalho Infantil:
A empresa não deverá utilizar ou apoiar o trabalho infantil.

Conforme constatações da auditoria interna, a Mangels não possui casos de trabalho infantil.

O procedimento para reparação referente ao trabalho infantil está divulgado via web site da
empresa.

Trabalho Forçado
A empresa não deverá se envolver ou apoiar a utilização de trabalho forçado.

Conforme constatações da auditoria interna, a Mangels não possui casos de trabalhos


forçado.

Foi estabelecido um limite para compra no ADC, o que preventivamente evita dívidas maiores
das que os funcionários podem assumir, descaracterizando assim qualquer possibilidade de
questões relacionadas ao trabalho forçado.

Saúde e Segurança
A empresa deverá proporcionar um ambiente de trabalho seguro e saudável.

O sistema de saúde e segurança OHSAS 18001 está implementado e mantido conforme


constatações da auditoria da ABS e das auditorias internas, garantindo assim o pleno
atendimento à este requisito.

Liberdade de Associação e o Direito a Negociação Coletiva


A empresa deverá respeitar o direito de todos os empregados de formarem e associarem-se
a sindicatos de sua escolha.

1/4
ATA DA ANÁLISE CRÍTICA PELA DIREÇÃO Data :
REUNIÃO Nº 93 17/04/2008

O representante sindical da empresa solicitou desligamento voluntário. Eleições já foram


efetuadas para definição de um novo líder sindical. A eleição foi organizada pelo próprio
sindicato dos metalúrgicos e os resultados devem ser divulgados em breve.

Resp. Kátia – prazo: mai/2008

Discriminação
A empresa não deverá participar ou apoiar a discriminação.

A Mangels, por meio do seu código de ética, não apóia qualquer questão relacionada a
discriminação. Este código de ética está disseminado por toda a empresa.

Conforme evidenciado na auditoria interna não existem casos de discriminação da empresa.

Praticas Disciplinares
A empresa não deverá envolver-se ou apoiar o uso de punições corporais, coerção física ou
mental nem insulto verbais.

A Mangels, por meio do seu código de ética, não apóia qualquer questão relacionada a
punições corporais, coerção física ou mental nem insulto verbais.. Este código de ética está
disseminado por toda a empresa.

Conforme evidenciado na auditoria interna não existem casos de punições corporais, coerção
física ou mental nem insulto verbais..

Expediente de Trabalho
A empresa não deverá exigir que funcionários trabalhem rotineiramente mais do que 48 horas
semanais. O trabalho em hora extra não deverá ultrapassar 12 horas por semana, não seja
obrigatório exceto em circunstancias excepcionais e de curta duração.

O histórico de horas extras mostra que houve uma forte diminuição do número de horas
extras realizadas pelos colaboradores em relação ao ano passado, especialmente no setor de
fabricação.

Algumas ações preventivas foram adotadas no período como o formulário de permissão para
realização de horas extras e bloqueio do cartão caso não haja esta autorização.

Remuneração
A empresa deverá assegurar que os salários pagos atendem às necessidades básicas dos
empregados.

O menor salário pago pela Mangels está em conformidade com os padrões da indústria e
atende às necessidades básicas com base nas informações do IBGE. O documento
“Determinação do Salário Básico” detalha todos os pontos analisados.

2/4
ATA DA ANÁLISE CRÍTICA PELA DIREÇÃO Data :
REUNIÃO Nº 93 17/04/2008

Pesquisas sobre salários são realizadas freqüentemente para atestar que os valores pagos
pela Mangels estão de acordo com o mercado.

Os salários dos executivos são avaliados conforme metodologia Hay, o que é uma prática
considerada como referencia pelo mercado.

Sistemas de Gestão
Política de responsabilidade social; analise critica, representante da empresa e representante
dos empregados escolhido pelo próprio grupo.

A política de São Bernardo foi revidada recentemente. A alteração visou a adequação da


política aos serviços prestados pela empresa aos clientes, foi incluído nesta revisão o serviço
de CSA e de decapagem.

O presidente da Mangels deseja fazer uma política única para todas as divisões do grupo.
Esta política está sendo revisada por ele com assessoria das áreas de Qualidade das
divisões, visando assim o atendimento também dos requisitos normativos referentes ao
assunto.
Resp. Sandro – prazo: Mai/2005

Houve uma alteração organizacional no período, a Adriana, que era a Supervisora do RH foi
substituída pela Sra. Kátia, que passa a assumir as responsabilidades de Representate da
Direção no sistema SA 8000. Foi constatado que esta alteração não implicará em nenhum
risco para a organização com relação ao atendimento dos requisitos da SA 8000.

Devido a solicitação voluntária de desligamento do representante dos colaboradores foi


nomeado um novo representante. Este novo representante foi escolhido com base nos
resultados da votação do ano passado, ou seja, ela foi a pessoa com o segundo maior
número de votos que se encontra em atividade na empresa.

Ações:

1) Promover divulgação do novo representante para a empresa – Resp. RH – prazo:


concluído
2) Estabelecer procedimento definindo as responsabilidades do representante, o período
de mandato e a sistemática para interação do mesmo com os colaboradores, como
tempo disponível na semana para esta atividade. Resp. RH – prazo: mai/2008

Como melhoria estão sendo estudados novos indicadores para apoiar o monitoramento do
sistema que é efetuado por meio das auditorias, seguem abaixo algumas sugestões para
análise do RH:

• Quantidade de desligamentos por vontade própria do empregado;


• Percentual gasto com desenvolvimento dos empregados;
• Percentual dos empregados que trabalharam em horas extras;
• Gestão das comunicações: índice de registros de queixas, sugestões e
reclamações;

3/4
ATA DA ANÁLISE CRÍTICA PELA DIREÇÃO Data :
REUNIÃO Nº 93 17/04/2008

• Numero de visitas em fornecedores e prestadores de serviços. Planejadas X


Realizadas.

Resp. Kátia – Prazo: Jun/2008

Controle de fornecedores
A empresa deverá estabelecer e manter procedimentos apropriados para avaliar e selecionar
fornecedores com base em sua capacidade de cumprir os requisitos da norma SA8000.

Foram efetuadas consultas referentes ao status dos nossos fornecedores no site do ministério
do trabalho.

O resultado destas consultas será tabulado em forma de um índice que dará base para
comparação com a Mangels. Este índice fará uma relação entre o número de processos que
a empresa tem registrado no ministério do trabalho com o número de colaboradores da
empresa, se este índice for maior que o da Mangels, que está sendo considerada como
referência por ter um sistema de Responsabilidade Social implantado, ações serão requeridas
dos fornecedores.

Encaminhamento de preocupações e tomada de medidas corretivas


A empresa deverá investigar, encaminhar e responder as preocupações dos empregados e
outras partes interessadas.

Foi definido que o RH criará uma rotina semanal de acesso as queixas efetuadas pelos
colaboradores no portal do colaborador. Estas queixas devem ser analisadas pelo próprio RH
e caso necessário deverão ser abertas não conformidades conforme estabelecido na NTM
015-00.

Conclusão:

O sistema de gestão de responsabilidade social continua implementado e mantido, garantindo


assim que as práticas adotadas pela empresa estão de acordo com as melhores práticas de
gestão de responsabilidade social estabelecidas pelo mercado.

4/4