Você está na página 1de 1

III Semana de Letras do Ifes

Campus Vitória

Minicurso: A VIOLÊNCIA, O CRIME E AS CIDADES: CONTOS BRASILEIROS


CONTEMPORÂNEOS

Prof.ª Ma. Carolinne Quintanilha Ornellas

Resumo: O contraste social é uma realidade vivida em todas as cidades de nosso país. Percebe-se que a
banalização do crime e da vida se apresenta a cada dia mais crescente. Considerando o contexto
brasileiro atual, este minicurso tem por objetivo investigar como a literatura brasileira contemporânea se
comporta quando escolhe como tema algo tão amplo quanto as expressões do crime e da violência no
urbano. Para tanto, analisaremos contos de diferentes autores, canônicos e não canônicos, com o intuito
de localizar as nuances de abordagem apresentadas em cada produção.

Carga horária: 4 horas (20 e 21 de outubro).

Referências Bibliográficas:

ABREU, Caio Fernando. “Oásis”. In: O ovo apunhalado. Porto Alegre: L&PM, 2001.

ARNAUD, Marília. “Os inocentes”. In: RUFATTO, Luiz (org.). Mais 30 mulheres que estão fazendo a
nova literatura brasileira. Rio de Janeiro: Record, 2005.

BAUMAN, Zygmunt. Confiança e medo na cidade. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

CRETTIEZ, Xavier. As formas da violência. São Paulo: Edições Loyola, 2011.

FALCÃO, Adriana. “A roupa do defunto”. In: RUFATTO, Luiz (org.). Mais 30 mulheres que estão
fazendo a nova literatura brasileira. Rio de Janeiro: Record, 2005.

FERRÉZ. “O.M.N.I. (Objeto Matador Não Identificado)”. In: Os ricos também morrem. São Paulo:
Planeta, 2015.

FONSECA, Rubem. “O Cobrador”. In: O Cobrador. 4 ed. Rio de Janeiro: Agir, 2010.

GINZBURG, Jaime. Literatura, violência e melancolia. Campinas: Autores Associados, 2012.

SCHØLLHAMMER,Karl Erik. Ficção brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização


Brasileira, 2009.

SCHØLLHAMMER, Karl Erik. Cena do crime: violência e realismo no Brasil contemporâneo. Rio de
Janeiro: José Olympio, 2013.

VERVLOET, Sarah. “Heroína”. In: A superfície do mundo. Vitória: Secretaria de Estado da Cultura do
ES, 2015.