Você está na página 1de 2

Openers & Indirect Approaches (by CasaNova)

Uma das leis fundamentais que rege o processo sedutor é a seguinte:

LEI : “Quanto mais furtivos forem os seus movimentos, maior a probabilidade de sucesso”.

O seu objetivo como um sedutor é direcionar as pessoas para onde você quer. Mas o game é arriscado; se os alvos
desconfiarem da sua influência sobre eles, eles ficarão ressentidos. Não suportamos essa idéia de manipulação alheia,
isso fere o nosso orgulho pessoal.

Então, para não correr esse risco, o sedutor deve sempre passar a idéia de que eles é que estão no controle. Essa
sensação que deve irradiar de você irá baixar a guarda natural deles, permitindo que você os direcione “pelos
bastidores” do game, sem perigos.

O primeiro movimento a ser dominado é o seguinte: uma vez escolhido o alvo, você deve fazer o alvo vir até você.
Se, nos estágios iniciais, você fizer os seus alvos pensarem que estão tomando a iniciativa, o jogo está praticamente
ganho.

Como fazer que venham até você? Simples: Dê-lhes espaço. Isto pode ser feito de várias maneiras.

Indirect Approach - Aproximação Indireta


Um modo de fazer isso eu chamo como “Aproximação Indireta”. É bem simples e furtiva ao máximo, é mais
utilizada quando você já vê e conhece a rotina do seu alvo. Você pode ficar rodando a periferia da existência deles, se
infiltrando em seu círculo social, deixando que o notem em diferentes lugares, mas aí que vem o detalhe: nunca se
aproximando! Assim, você chama a atenção deles e, se quiserem diminuir a distância, terão que se aproximar, terão
que chegar mais perto. É aí que você terá uma vítima madura e pronta para ser atacada.

Openers
Mas às vezes você nunca viu os seus alvos, e têm momentos em que eles cruzam o seu caminho, correndo o risco de
nunca mais você encontrá-los. Se você não fizer nada certamente nunca mais terá outra chance de seduzi-lo. É nessa
hora que o sedutor deve ser ousado e dominar a outra variante da aproximação chamada “Openers”

“Openers” são ferramentas de linguagem para a aproximação casual. não sãp apenas frases de abertura de diálogo,
mas devem ser feitas de uma maneira criativa e eficiente, de forma que tenha um efeito devastadoramente sedutor,
que já aumenta os níveis de atração instantaneamente.

O domínio correto dos “openers” exigem algumas diretrizes:


a.) Criatividade - Essencial. Quando bolar um “opener”, você deve olhar para o seu alvo e imaginar algo que nunca
disseram para ela num encontro casual de desconhecidos. Você deve se diferenciar de todos os outros que passaram
na vida dela.
b.) Humor – O seu “opener” deve ser bem-humorado. Sendo divertido de início esconde os indícios sedutores no
começo, mostra que você tem personalidade e testa a mulher para você. Sim, testa ela sim amigo! Se ela não rir e
fizer careta pra você, isso mostra que ela não tem senso de humor e indica um alvo que não vai merecer a atenção e o
tempo que você vai dispensar. Dê tchau e vire as costas.
c.) Furtividade – Ocultar suas intenções é de suma importância aqui. Você deve passar a imagem de um cara que está
ali só para se divertir.
d.) Impacto – Pense como um publicitário. Preveja o efeito que seu opener vai ter no seu alvo. Crie seu opener
pensando em criar choque e contraste no seu alvo (mais informações em “Princípio do Contraste” adiante), mas não
exagere para não assustar o alvo.
e.) Percepção do ambiente – uma coisa essencial para o uso eficaz dos openers é que você tenha uma percepção
apurada do ambiente. Veja primeiro como está o humor dela, como o ambiente influi na linha de pensamentos dela, o
que o olhar dela está refletindo...e com base nessas informações bole o opener ousado, mas apropriado para a
situação.

Exemplos:

a) Um opener excelente e bastante eficiente é aquele que segue a linha Elogio qualificado + Time Constraint.

Ex: “Oi... estava passando por aqui... até que olhei pra você e lhe achei bastante interessante (elogio)... fiquei muito
curioso em conhecer você...mas é uma pena que a gente não possa conversar agora...estou atrasado para um
compromisso (time constraint)...me dá seu telefone pra gente poder se falar depois?”

b) Outro método para opener é usando o princípio do contraste.

Ex: “Oi... sabe eu estava ali olhando pra você, tenho certeza que eu até me casaria com você... você é uma mulher
muito bonita... (independente da resposta dela... faça um sorriso cínico e espere uns três segundo para continuar) ...
mas vi um ar malvado em você...então me divorciaria no outro dia e ficava com metade do seu dinheiro... não
deixava nem seu poodle” – (com essa segunda parte você quebra o estado inicial com originalidade, o que lhe
concede pontos com ela).

c) Nesse exemplo de opener vou elucidar a questão da importância da percepção do ambiente através de um Field
Report (Relato de Campo).

Uma vez, este autor estava passeando no shopping e viu duas moças sentadas na praça de alimentação, tomando uma
cerveja e com uma cara meio triste. Esperei um contato visual, uma delas me olhou e baixou a cabeça. Decidi agir.
Fui ao bar, comprei um chope, me aproximei da mesa delas e falei:
- “Oi...desculpa o atraso...o trânsito estava horrível...podemos começar a nossa terapia.”
Elas ficaram sem entender e perguntaram “Quem é você?”, mas ignorei e continuei:
- “ O que foi que a sua amiga fez com você. Vamos...conte...não se encabule ok?
Elas ficaram mudas olhando uma pra cara da outra.:
- “ Vamos...vamos...o tempo está correndo...tenho outras clientes para atender...vida de psicólogo não é fácil viu!
Elas deram risada e um delas falou “E você bebe em serviço é?” – e eu emendei:
- Pois é minha cara.. .é para deixar as idéias fluírem...
Elas riram de novo e a mesma insistiu em “Quem é você?” – daí fui de time constraint:
- Ok...ok...você já estão ficando interessadas demais...suas idéias já estão fluindo muito (apontei para o copo de
cerveja delas, elas riram de novo)... tenho que ir agora, tenho outras clientes para atender...aqui está o meu cartão
(entreguei o meu cartão pessoal a cada uma delas)...xau (dei um beijo em cada uma)... até a próxima consulta. – e saí
andando e entrei no cinema, que realmente tinha comprado o ingresso, e o filme já ia começar Uma delas quis me
deter, falando “Pera ae!”, mas só me virei e mandei um beijo, e continuei para o meu destino.
No outro dia, essa mesma que quis me parar me ligou. No outro fim de semana saímos e ficamos. Sinal de que o
opener funcionou, concorda?

d) Um opener interessante e que eu gostei bastante, presente no Livro Sedução Magnética (cópia do original “Lay
Guide”), é o do “Artista Desajeitado”. É ideal para praças de alimentação, pátios de faculdade, lugares em que as
pessoas fiquem em grupos em mesas.

Veja:
Vamos dizer que o seu alvo esteja com algumas amigas, conversando numa mesa em qualquer lugar. Então você só
precisa de um pedaço de papel e um lápis, e faça um rabisco bem feio, desenhe ela bem grande, do lado das amigas
em tamanho menor, e intitule o desenho de “Moça Bela com amigas”, algo do gênero.

Daí você se aproxima e entrega para ela: “Oi...sua beleza me inspirou...veja a minha arte...” – e aí você volta para o
lugar em que estava. Elas com certeza vão rir esse virar pra você. Daí depois você volta e a conversa já vai se
desenrolar mais naturalmente.

Esse opener é ótimo porque é um grande Bitch Shield Desarming, em outras palavras, ele baixa a guarda delas e
inspira confiança. E é justamente quando você conseguir penetrar em seu escudo, que aí você terá o sinal verde para
prosseguir com o game.