Você está na página 1de 1

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA - 2º semestre / 2018

Disciplina: Evolução da Química


Aluno: Heberson dos Anjos Monteiro
Matrícula: 132104070075
AD1

A partir do que foi apresentado nas aulas 01 e 02, formule um texto entre
200 e 300 palavras considerando a influência que as questões sociais de uma
determinada época podem oferecer para o desenvolvimento de uma disciplina
científica como a química.

Resposta: Em se tratando da Química, uma ciência interessada na explicação


acerca das transformações que ocorrem na matéria, a preocupação sobre as
propriedades dos materiais, percebe-se por parte de seus estudiosos, a busca
incansável em elaborar de maneira correta as idéias sobre a real composição da
matéria. Esse trabalho é a marca decisiva e definidora acerca do impacto de uma
determinada descoberta pode impactar a sociedade e gerar melhorias significativas
para a humanidade. Por essa razão, a cada nova descoberta, incrementavam-se
importantes benefícios relacionados à melhoria da qualidade de vida. A construção
desse imenso arsenal tecnológico resultou num interminável aperfeiçoamento de novas
tecnologias até o presente século, e com certeza perdurará no futuro. Atualmente, as
mentes mais esclarecidas e inquietas se perguntam sobre a longevidade dos materiais:
por que as lâmpadas queimam, por que os pneus se desgastam tão rapidamente; enfim,
problemas que a ciência procura resolver, e que têm soluções que precisam se tornar
acessíveis à humanidade. Por outro lado, é coerente raciocinar que a busca pela
construção do conhecimento científico tem ocasionado a inexorável transformação
deste próprio saber. Isto é, à medida que o corpo de conceitos cresce expandindo-se,
surge a necessidade de sensíveis mudanças na ciência. Entretanto, o olhar mais
minucioso sobre este assunto, revela que existe certa relação intrínseca entre ciência,
sociedade e política, ou seja, a ciência é influenciada pelo contexto social na qual está
inserida. Por isso, os processos nos quais há transformação científica, eles se
relacionam cultura e com a indissociável manutenção da própria vida.

pois representariam perda de lucros para os fabricantes. A destilação era uma


operação alquímica, relacionada portanto a um corpo conceitual originário de
hibridizações entre idéias mágicas, religiosas e filosóficas, associadas aos
conhecimentos envolvidos nas práticas artesanais egípcias, admitia-se que os
conhecimentos alquímicos permitiam ao adepto controlar as forças naturais. Na busca
desses ‘elixires’, muitas vezes foram obtidos novos materiais, bem como produtos que
encontraram utilizações diferentes das pretendidas, inclusive como remédios. Hoje em
dia,