Você está na página 1de 1

1

HOJE CULTURA Quarta-Feira 29/11/2017

ser um item melhor, o maior incentivo dela para se profissionalizar em dança foi o festival de cirandas de Manacapuru.
ESCOLAS DE DANÇAS EM MANACAPURU
Com um tempo Sabrina teve a ideia de ter seu próprio Studio de dança, percebendo que já tinha anos que
Manacapuru não havia um local assim, visto que era uma
ACADEMIA RUCILENE oportunidade para ela e para alguns moradores que já
Rucilene Afonso Frota, professora formada em Educação Física na UFAM esperavam por isso a um bom tempo. Sabrina falou que ‘’ a
(Universidade Federal do Amazonas). Quando Rucilene se formou em educação física, dança é um bem estar físico e mental, trabalha o psicológico e
ainda não existia na época curso superior em dança, então o curso de educação física a criança fica mais perceptiva pra tudo, tendo facilidade para
oferecia total amplitude para todos os tipos de atividades físicas incluindo a dança. Mas memorizar, trabalhar o equilíbrio e que a dança vai mais além
não foi daí que surgiu seu interesse total a dança, Rucilene já tinha praticado dança na que uma simples diversão´´. Sabrina finaliza a matéria com
sua infância a convite de uma de suas professoras do fundamental, que via grandes uma frase de incentivo, ‘’ Não desistir fácil e sempre persistir
habilidades na pequena menina que assim começou a praticar Ginastica Rítmica. em seus sonhos’’
Rucilene fez parte de vários grupos de dança, como o Grupo GTA (Grupo de Teatro
(O Studio de Dança Sabrina Salles completa três anos de Fotos das aulas do Studio de dança Sabrina Salles
Aldeia), Grupo Dança Viva, Grupo Teatro em Dança e outros.
existência)
Em abril de 1986 Rucilene começa suas atividades pedagógicas em Manacapuru
e em 1987 Rucilene cria uma academia de dança para suprir a grande necessidade que ACADEMIA FISIOFITNNES ESTÉTICA E PILATES
assim via em Manacapuru, além disso, Rucilene foi convidada pela prefeitura de Foto das aulas do Studio de dança Sabrina Salles
Manacapuru para fica à frente do projeto ‘’ Dança nas Escolas’’ fazendo com que 100 Marcos Anorim de Menezes é acadêmico e concludente do curso de Dança na UEA (Universidade do Estados do
pessoas, sendo 50 crianças na prática de Ballet e 50 jovens na prática de Jazz que não Amazonas), professor de Dança a quase dois anos na Academia Fisiofitnnes trabalhando com todos os ritmos de dança,
tinham condições de pagar pela aula, tivessem a oportunidade de ter a dança em suas ritmos populares como Toados; Funk; Bolero; Brega; Forró e Ritmos Latinos, dando aula apenas para pessoas apartir de
vidas, Rucilene todos os anos juntava todos os seus alunos, do projeto e alunos da sua 18 anos de idade, Marcos relata que poucos homens procuram fazer aula de dança, pois ele acha que ainda existe um
academia para fazer uma única apresentação anual, Rucilene sempre ficava responsável certo preconceito deles quanto a dança.
pelos principais eventos da cidade um deles era o aniversário da cidade de Manacapuru.
Na Academia Rucilene surgiu vários talentos, Marcos diz que a dança ajuda as pessoas perderem a timidez e ficarem mas soltas e ajuda a dar mais qualidade de
citando uma delas era a aluna Eliveth Moreira que vida a quem pratica essa atividade fisica, ele também diz que nas aulas são corrigidas as postura de seus alunos, falando
desde seus sete anos de idade começou a fazer os nomes certos dos movimentos e tirando as duvidas quanto a dança no geral.
aulas de clássico e jazz na academia. Eliveth Moreira
foi uma das melhores alunas de Rucilene, ficou em
sua academia até seus 21 anos, Eliveth sentiu a
necessidade de ir além do que ela já tinha alcançado
e foi assim que em 2004 entrou na Universidade do
Estado do Amazonas para cursar Dança, durante
três anos de faculdade Eliveth ganhava admiração
de seus professores e colegas de aula, e fez parte
do CDA (Corpo de Dança do Amazonas).
Mas o destino foi cruel e Eliveth veio a óbito
no dia 05/05 de 2008 em uma grande tragédia,
professores e alunos da UEA – ESAT fizeram
Foto das alunas da Academia homenagens para aquela querida aluna.
Rucilene

STUDIO DE DANÇA SABRINA SALLES:

Desde a Academia Rucilene de Dança ainda não havia tido uma


outra escola de dança em Manacapuru, foi assim durante sete anos com
o fim da academia Rucilene em 2007, e ai que surgiu o Studio de Dança
Sabrina Salles em 2014.
Fotos dos alunos da Academia Fisiofitnnes
Sabrina Salles é formada em Dança pela UEA (Universidade do
Estado do Amazonas), Sabrina já foi Porta Cores da Ciranda Guerreiros
Mura (Festival de Cirandas, segunda maior manifestação folclórica do
amazonas). Desde aos treze anos é envolvida no mundo da dança, por
causa da ciranda Sabrina quis se profissionalizar na área da dança para