Você está na página 1de 146

Manual do usuário TC(R)403/405/407/410

Versão 2.0
Português
Estação Total Eletrônica Símbolos usados neste manual
Parabéns por adquirir uma Estação Total da Os símbolos usados neste manual possuem os
Leica Geosystems. seguintes significados:


Este manual inclui instruções impor-
PERIGO:
tantes de segurança (consulte o tópico
Indica uma situação iminentemente peri-
"Instruções de segurança"), assim gosa, que se não for evitada, resultará em morte ou
como instruções para instalar e operar ferimentos graves.
o instrumento adequadamente.
Leia atentamente este manual do
utilizador antes de ligar o instrumento.
 AVISO:
Indica uma situação potencialmente peri-
gosa ou uma utilização inadequada do instrumento,
que se não for evitada, poderá resultar em morte ou
ferimentos graves.
Identificação do produto
Poderá encontrar o modelo e o número de série do
instrumento na etiqueta que se encontra no compar-
 CUIDADO:
Indica uma situação potencialmente peri-
gosa ou uma utilização inadequada do instrumento,
timento da bateria.
que se não for evitada, poderá resultar em feri-
Anote o modelo e o número de série do instrumento mentos menores e moderados e/ou danos mate-
nos espaços indicados abaixo e sempre se refira a riais, financeiros e ao meio ambiente.
essas informações ao contatar o seu representante
ou o departamento de manutenção.
N°. modelo: _________ N°. de série: _________
! Indica parágrafos importantes que devem
ser seguidos na prática, pois garantem que o
produto seja usado correta e eficientemente.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 2
Visão Geral do Manual
Introdução ....................................................... 7 Parâmetros de Comunicação .............. 93

Operando o instrumento ........................ 15 Transferência de dados .......................... 94

Preparando-se para as medições ...... 23 Info Sistema.................................................. 95

Tecla FNC ...................................................... 39 Cuidados e Armazenamento ................ 96

Programas ..................................................... 43 Instruções de segurança ..................... 107

Configuração ............................................... 75 Dados técnicos ......................................... 130

Configuração do EDM ............................. 80 Índice ............................................................. 140

Gerenciador de Dados ............................ 85

Sequência inicar......................................... 88

Calibração ..................................................... 89

Visão Geral do Manual 3 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Sumário
Introdução ....................................................... 7 Preparando-se para as medições ...... 23
Características Especiais .............................. 8 Desembalagem ............................................. 23
Componentes Importantes ............................ 9 Inserção/substituição da bateria ................. 24
Termos técnicos e abreviações .................. 10 Ligar o taqueómetro a uma fonte de
Área de aplicação ......................................... 13 alimentação externa ..................................... 25
Programa Aplicativo Leica Survey Office Instalando o tripé ........................................... 26
para PC. .......................................................... 13 Centragem com o prumo a laser,
Instalação do programa ................................. 13 nivelamento aproximado .............................. 28
Conteúdo do Programa.................................. 14 Centragem final com a bolha
Operando o instrumento ........................ 15 eletrônica ........................................................ 29
Teclado ........................................................... 15 Intensidade do laser ..................................... 30
Teclas Fixas ................................................... 16 Dicas de posicionamento............................. 30
Tecla Lateral .................................................. 16 Modo de entrada - método 1 ....................... 31
Medição de distâncias .................................. 17 Modo de entrada - método 2 ....................... 31
Barra de Funções.......................................... 20 Modo de edição ............................................. 32
Símbolos ......................................................... 21 Apagando caracteres ..................................... 32
Inserindo caracteres....................................... 33
Símbolo do tipo de EDM ................................ 21
Símbolo de capacidade da bateria................. 21 Entrada Numérica e Alfa-numérica ............ 34
Símbolo de status ”Compensador" ................ 21 Localização de pontos ................................. 36
Esquema de menu ........................................ 22 Busca com caracteres de
substituição .................................................... 37
Medição .......................................................... 38

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 4 Sumário


Tecla FNC ...................................................... 39 Altura Remota (apenas para os modelos
Iluminação Liga/Desliga ............................... 39 TPS403/405/407) ........................................... 69
Nível/Prumo Laser ........................................ 39 Construção..................................................... 70
Alternar SP/ CP ............................................. 39 Codificação..................................................... 72
Ponto Laser .................................................... 39 Configuração ............................................... 75
Código Livre ................................................... 39
Unidades ......................................................... 39 Configuração do EDM ............................. 80
Offset do Alvo ................................................ 40
Transferência de cota................................... 42 Gerenciador de Dados ............................ 85
Programas ..................................................... 43 Sequência inicar......................................... 88
Pre-configuração de Aplicativos ................. 43 Calibração ..................................................... 89
Definindo uma obra........................................ 43 Erro de colimação (colimação Hz) ............. 90
Definição da Estação ..................................... 44 Índice V (erro de índice vertical)................. 90
Orientação...................................................... 45
Aplicativos ...................................................... 49 Parâmetros de Comunicação .............. 93
Introdução ...................................................... 49
Topografia (apenas para os modelos Transferência de dados .......................... 94
TPS403/405/407) ........................................... 49
Implantação.................................................... 50 Info Sistema.................................................. 95
Estação Livre (apenas para os modelos
TPS403/405/407) ........................................... 53
Linha de Referência (apenas para os
modelos TPS403/405/407) ............................ 59
Distância entre pontos ................................... 66
Cálculo de área .............................................. 68

Sumário 5 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Cuidados e Armazenamento ................ 96 Instruções de segurança ..................... 107
Transporte ...................................................... 96 Uso do instrumento ..................................... 107
Para o campo................................................. 96 Usos permitidos ........................................... 107
Dentro de veículos ......................................... 97 Usos indevidos............................................. 107
Remessas ...................................................... 97 Limites de uso .............................................. 108
Armazenamento ............................................ 97 Responsabilidades...................................... 109
Limpeza.......................................................... 98 Riscos de uso .............................................. 110
Verificação e ajustamento ........................... 99 Classificação do laser ................................ 114
Tripé ............................................................... 99 EDM embutido (laser infravermelho) ........... 114
Nível circular ................................................ 100 EDM embutido (Laser visível) .................... 116
Nível circular da base nivelante ................... 100 Luz guia EGL ............................................... 122
Prumo a laser............................................... 101 Prumo a laser............................................... 124
EDM sem refletor ......................................... 102 Aceitabilidade eletromagnética ................. 126
Carregando as baterias ............................. 104 Regulamento FCC
(aplicável ao U.S.A.) ................................... 128
Dados técnicos ......................................... 130
Correção atmosférica ................................. 136
Fórmulas de redução ................................... 138
Índice ............................................................. 140

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 6 Sumário


Introdução
As Estações Totais TC(R)403/405/407/410 da
Leica Geosystems, são equipamentos de alta qual-
idade, desenvolvidos para levantamentos topográ-
ficos em geral. A sua tecnologia inovadora facilita os
trabalhos diários.
Esses instrumentos são adequados para a
execução de levantamentos topográficos desti-
nados a engenharia civil e para trabalhos de Implan-
tação de obras.
Devido as facilidades de operação, as funções dos
instrumentos podem ser aprendidas rapidamente,
mesmo por topógrafos com pouca experiência em
Estações Totais.

TC400Z1

Introdução 7 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Características Especiais
• Aprendizado rápido e fácil!
• Teclado projetado de forma lógica; com LCD
grande e claro.
• Equipamento pequeno, leve e fácil de usar.
• Possibilitam a realização de medições sem
prismas, através de um raio laser visível.
(Instrumentos do tipo TCR)
• Possuem uma “tecla lateral” localizada na
lateral do instrumento.
• Possuem parafusos de chamada com movi-
mentos contínuos, para os ângulos horizontal e
vertical.
• Equipados com prumo a laser.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 8 Introdução


Componentes Importantes
1) Mira de visada
2) Luz guia EGL integrada (opcional)
3) Parafuso de chamada vertical
4) Bateria (opcional)
5) Suporte para bateria GEB111
6) Tampa da bateria
7) Ocular; Ajuste do retículo (anel de focagem)
8) Ajuste da imagem (anel de focagem)
9) Alça de transporte removível, fixada por
parafusos
10) Interface serial RS232
11) Parafuso calante
12) Objetiva com Medição Eletrônica de Distância
(EDM) integrada; saída do raio
13) Visor
14) Teclado
15) Nível circular
16) Botão para ligar/desligar o instrumento
17) Tecla lateral
18) Parafuso de chamada horizontal
TC400Z2

Introdução 9 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Termos técnicos e abreviações
ZA = Linha de Visada / Eixo de colimação
Eixo da luneta = alinhamento entre o retículo e o
centro da objetiva.
SA = Eixo principal
Eixo de rotação vertical da luneta.
KA = Eixo secundário
Eixo de rotação horizontal da luneta.
V = Ângulo vertical / ângulo zenital
VK = Círculo vertical
Com divisões circulares codificadas para a leitura
do ângulo vertical.
Hz = Ângulo horizontal
TC400Z3
HK = Círculo horizontal
Com divisões circulares codificadas para a leitura
do ângulo horizontal.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 10 Introdução


Inclinação do eixo principal Compensador /linha de prumo
Ângulo entre a linha de prumo e o eixo Direção da gravidade. O compen-
principal do instrumento. O erro de sador define a linha de prumo para o
inclinação do eixo principal não é um equipamento.
erro instrumental e, por isso, não é
eliminado com visadas direta e
inversa da luneta. Qualquer influência
que esse erro possa ter no ângulo
horizontal é eliminado pelo compen- Zênite
sador nos dois eixos do instrumento. Ponto na linha de prumo situado
acima do observador.
Erro de visada (Colimação Hz)
O erro de visada ou erro de colimação
(C) corresponde ao desvio do eixo de
visada em relação ao eixo secundário.
O erro de colimação é eliminado se
forem realizadas medições em ambas Retículo
as faces do instrumento. Placa de vidro, no interior da luneta,
Erro de índice vertical contendo os retículos e as marcas de
O círculo vertical deve indicar exata- distâncias.
mente 90° (100 grados) quando a
linha de visada for horizontal.
Quaisquer desvios que ocorram em
relação à linha horizontal são denom-
inados erros de índice vertical (i).

Introdução 11 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Distância inclinada entre o eixo do instru-
mento e o centro do prisma/ponto laser
(TCR), corrigida pela pressão e pela
temperatura.
Distância horizontal, corrigida pela pressão
e pela temperatura.
Diferença de cota entre a estação e o ponto
visado.
hp Altura do prisma (acima do solo)
hi Altura do instrumento
(acima do solo)
E0 Coordenada Este da estação
N0 Coordenada Norte da estação
H0 Cota da estação
E Coordenada Este do ponto visado
N Coordenada Norte do ponto visado
H Cota do ponto visado
TC400Z4

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 12 Introdução


Área de aplicação Programa Aplicativo
Esse manual é válido para todos os instrumentos da Leica Survey Office para PC.
série TPS400.
O programa aplicativo Survey Office da Leica
Os instrumentos do tipo TC são equipados com um Geosystems é usado para a transferência de dados
EDM infravermelho invisível e os instrumentos do entre a TPS400 e o computador. Ele contém vários
tipo TCR são equipados com um raio laser visível programas auxiliares que ajudam na utilização do
adicional, para medições sem prismas. instrumento.
Os tópicos válidos apenas para os equipamentos
TCR estão assinalados adequadamente. Instalação do programa
O programa de instalação do aplicativo Survey
Office da Leica Geosystems pode ser encontrado
no CD-ROM adquirido juntamente com o instru-
mento ou na página Web da Leica gosystems.
Observe que esse programa só pode ser instalado
em ambientes MS Windows 95/ 98, ME e Windows
NT 4.0/ 2000/ XP.

! Para instalar uma nova versão do Survey


Office deve-se antes desinstalar a versão antiga.
Para iniciar a instalação, execute o arquivo
“setup.exe”, localizado no diretório
\Soffice\“Language”\Disk1 do CD-ROM e siga as
instruções exibidas na tela.

Introdução 13 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Conteúdo do Programa os programas aplicativos e o programa do EDM,
Depois de realizada a instalação, as seguintes bem como os textos do sistema ou dos aplica-
opções estarão disponíveis: tivos.
Parâmetros (barra de menu)
• Parâmetros gerais para todos os aplicativos do
! Coloque sempre uma bateria carregada no
instrumento, antes de efetuar o upload do software.
Survey Office (parâmetros de comunicação). Ferramentas TPS300-700 & DNA
• O usuário pode configurar os seus próprios apli- Acessa o gerenciador de formatos (formato de
cativos (Configurações do usuário). Elas serão saída definido pelo usuário) e o gerenciador de
exibidas na opção “Ferramentas Externas". configurações (configuração dos instrumentos).
Ferramentas Principais
• Gerenciador de Intercâmbio de Dados
! Para maiores informações sobre o Survey
Office da Leica, consulte a ajuda (help) on-line.
Para a transferência de coordenadas,
medições, listas de códigos e formatos de saída
entre o instrumento e o computador.
• Editor de Coordenadas
Importa, exporta, cria e processa arquivos de
coordenadas.
• Gerenciador de Lista de Códigos
Para criação e processamento de listas de
códigos.
• Carregar Software
Para carregar/apagar o programa do sistema,

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 14 Introdução


Operando o instrumento
A tecla para ligar / desligar o instrumento está loca- 1) Campo destacado
lizada na lateral da TC(R)403/405/407/410 . Campo ativado para edição.

! Todas as figuras exibidas são exemplos. É


possível que versões de programas locais sejam
2) Ícones de status
3) Teclas Fixas
diferentes da versão básica. Teclas com funções definidas.
4) Setas de Navegação
Teclado Para a edição de dados ou para controlar a
barra de seleção.
5) Teclas de função
Correspondem à função exibida na parte infe-
rior da visor do instrumento.
6) Barra de funções
Exibe as funções que podem ser acessadas
pelas teclas de função.

TC400Z5

Operando o instrumento 15 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Teclas Fixas
[PAGE] Acessa a próxima página quando o
Tecla Lateral
diálogo possui várias páginas. A tecla lateral de medição (veja o elemento 17 do
[MENU] Acessa os programas, as configu- tópico “Componentes Importantes”) pode ser
rações, o gerenciador de dados, as cali- configurada para três opções (ALL, DIST,
brações, os parâmetros de comuni- DESLIGAR).
cação, as informações do sistema e a Essa tecla pode ser ativada no menu de confi-
transferência de dados. guração.
[USER] Esta tecla pode ser programada com as
funções do menu FNC.
[FNC] Esta tecla possibilita o acesso rápido às
funções de medição.
[ESC] Esta tecla sai de uma caixa de diálogo
ou do modo de edição, conservando os
"antigos" valores. Pressionado essa
tecla retorna-se à tela anterior.
Esta tecla confirma o valor fornecido, e
acessa o próximo campo.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 16 Operando o instrumento


Medição de distâncias ! Quando é accionada a função de
medição de distâncias, o distanciómetro mede a
Os aparelhos da série TPS400 vêm equipados com distância em relação ao objecto que naquele
um distanciómetro a laser. momento se encontra na trajectória do raio!
A distância pode ser medida, em todos os modelos, As pessoas, automóveis, animais, ramos de árvores
através de um raio infravermelho invisível que surge movidos pelo vento, etc., que atravessem o raio de
de forma coaxial da objectiva da luneta. medição durante a medição de distâncias, reflectem
parte da luz emitida pelo raio laser, podendo falsear
! Deverão ser evitadas as medições efec-
tuadas em modo de infravermelhos sem prisma
os resultados da medição de distâncias. Evitar inter-
ceptar os raios durante as medições sem reflector
com objectos fortemente reflectores, como, por
ou durante medições com película reflectora.
exemplo, semáforos. Nestas condições, as
distâncias medidas poderão ser erradas ou As medições com reflector prismático só são
imprecisas. afectadas quando algo se move ou um objecto
Em medições sem reflector, o modelo TCR utiliza, atravessa o raio de medição a uma distância de 0 a
adicionalmente, um raio laser vermelho visível que 30m e se a distância a medir for superior a 300 m.
também surge de forma coaxial da objectiva da Uma vez que, na prática, o tempo de medição de
luneta. A configuração especial do distanciómetro e distâncias é muito curto, o utilizador consegue
a disposição da trajectória dos raios permitem, por quase sempre evitar estas situações críticas.
um lado, alcançar distâncias elevadas (> 5km) com
prismas normalizados e, por outro lado, realizar
medições com miniprismas, com reflectores de
360º, com películas reflectoras e mesmo sem
reflector.

Operando o instrumento 17 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Medição sem reflector

! Certifique-se que o raio laser não é reflec-


tido por um objecto próximo da linha visada (sobre-
tudo objectos com um grande poder de reflexão).

! Se for realizada uma medição de distân-


cias, o distanciómetro realiza a medição no objecto
que se encontre nesse momento na trajectória do
raio laser. No caso de se encontrar nessa trajectória
um obstáculo temporário (por exemplo, veículos a
TC400Z6 circular, chuva, nevoeiro ou neve) o EDM realiza a
Resultado errado medição nesse obstáculo.

! Os desvios do raio de medição vermelho


em relação ao eixo de colimação podem reduzir a
precisão de medição. Isto deve-se ao facto de o raio
de medição não ser reflectido no ponto visado com
o retículo (sobretudo com grandes distâncias de
focagem).
Por esse motivo, é imprescindível um ajuste regular
do laser R (ver capítulo "Verificação e ajuste").

TC400Z7
! Não devem ser efectuadas medições no
mesmo alvo com dois instrumentos simultanea-
Resultado correcto mente.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 18 Operando o instrumento


Laser vermelho em prismas

 ATENÇÃO:
Por motivos de segurança no manusea-
mento de equipamentos laser e com vista a garantir
a precisão de medição, o programa de medição
Longo Alcance só pode ser utilizado se forem
visadas distâncias superiores a 1000 m (3300 pés)
com prismas.

! Medições precisas efectuadas com prismas


devem ser levadas a cabo com o programa padrão
(Modo de Infravermelhos).
Laser vermelho com películas reflectoras
O feixe de luz laser vermelha visível também
permite realizar medições em películas reflectoras.
Para garantir a precisão da medição, o feixe de luz
laser vermelha deve ser perpendicular à fita reflec-
tora e estar bem ajustado (ver capítulo "Verificação
e ajuste").

! Verificar se a constante de adição se refere


ao alvo seleccionado (reflector).

Operando o instrumento 19 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Funções Gerais:
Barra de Funções [ALL] Inicia a medição da distância e dos
ângulos e grava os valores medidos.
[DIST] Inicia a medição da distância e dos
ângulos, mas não grava os valores
medidos.
[GRV] Grava os valores exibidos.
[ENTRAR] Apaga o valor corrente exibido no visor
e torna o campo disponível para a
entrada de um novo valor.
[ENH] Abre a opção para a entrada de
coordenadas.
[LISTA] Exibe a lista de pontos disponíveis.
[BUSCA] Inicia o processo de busca de pontos.
[EDM] Exibe os parâmetros do EDM.
[CP/SP] Alterna entre o modo de medição com
TC400Z8 prisma e sem prisma.
Na barra de funções, na parte inferior do visor, são [PREV] Este comando retorna à caixa de
listados vários comandos e funções. Eles podem diálogo anterior.
ser ativados a partir das teclas correspondentes na [PROX] Este comando acessa a próxima caixa
parte inferior de teclado. A ação de cada comando de diálogo.
ou função depende do aplicativo ativado. Retorna para um nível mais alto de
barra de funções.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 20 Operando o instrumento


Acesso ao próximo nível de barra de Estes símbolos indicam a posição I ou II
funções. da luneta.
[OK] Confirma a mensagem ou caixa de Este símbolo indica que o ângulo Hz
diálogo exibida e sai da caixa de diálogo. está configurado para medições no

! Maiores informações sobre os comandos


específicos dos menus e aplicativos podem ser
sentido anti-horário.
Símbolo do tipo de EDM
encontradas nos tópicos apropriados. EDM infravermelho (invisível) para
medição utilizando-se prismas circu-
Símbolos lares e prismas adesivos.
Símbolos diferentes podem ser exibidos, conforme
SP EDM sem refletor (visível) para
a versão do programa, indicando um determinado
medição utilizando-se qualquer tipo de
status de operação.
alvo.
Setas duplas indicam campos de
listagem. Símbolo de capacidade da bateria
Os parâmetros desejados podem O símbolo da bateria indica a sua
ser selecionados, utilizando-se capacidade (neste exemplo,
as setas de navegação. capacidade igual a 75%).
Sai da seleção com a tecla Símbolo de status ”Compensador"
Enter ou com a tecla de nave- O compensador está ligado.
gação. O compensador está desligado.
Indica que várias páginas estão
disponíveis. Elas podem ser acessadas
com a tecla [PAGE].

Operando o instrumento 21 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Esquema de menu
[MENU] > - Confirma a seleção de menu.
[PAGE] Acessa a próxima página.

! A seqüência e a disposição dos itens dos


menus pode ser exibida de forma diferente,
conforme a interface do usuário.

TC400Z9 TC400Z10

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 22 Operando o instrumento


Preparando-se para as medições
3) Contra-peso para a ocular para ângulos incli-
Desembalagem nados (opcional)
Remova a TC(R)403/405/407/410 do estojo de 4) Base nivelante removível/Base nivelante
transporte e verifique os seus componentes: deslocável (opcional)
5) Carregador de bateria e acessórios (opcional)
6) Duas chaves Allen, Conjunto de pinos
7) Bateria GEB111 (opcional)
8) Proteção solar (opcional)
9) Bateria GEB121 (opcional)
10) Transformador de energia para o carregador de
bateria (opcional)
11) Suporte de espaçamento GHT 196 para
medidor da altura do aparelho (opcional)
12) Medidor de altura do aparelho GHM 007 (opcional)
ok
mömlk
dlko
olm kdo
jodk oko
ng kdk ojok
jkm diük9
leitu00
zan dklk
Kur TC3klko
klko

13) Vareta de mini prisma (opcional)


14) Estação Total
15) Mini prisma + suporte (opcional)
16) Mini alvo (apenas para instrumentos TCR)
TC400Z11 17) Manual do usuário
1) Cabo para a transferência de dados (opcional) 18) Capa de chuva / protetor das lentes
2) Ocular zenital ou ocular para ângulos acentu- 19) Bastão do mini prisma (opcional)
ados (opcional)

Preparando-se para as medições 23 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Inserção/substituição da bateria

TC400Z14
3. Insira uma nova bateria no estojo.

TC400Z12
1. Remova o estojo da bateria.
TC400Z15
4. Insira o estojo da bateria no instrumento.

! Insira a bateria corretamente (observe as


marcas de polaridade situadas na parte interna da
tampa da bateria). Fixe o estojo da bateria apropri-
adamente no instrumento.
• Para carregar a bateria consulte o capítulo
“Carregando as baterias”.
• Sobre o tipo de bateria consulte o capítulo
TC400Z13 “Dados técnicos”.
2. Remova a bateria e substitua-a.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 24 Preparando-se para as medições


! Quando for usar a bateria GEB121 remova
o espaçador para a bateria GEB111 do comparti-
Caso esteja ainda a utilizar cabos de um modelo
antigo sem o núcleo de ferrite deve proceder à sua
mento de bateria. adaptação.
Poderá encomendar os núcleos de ferrite junto do
Ligar o taqueómetro a uma fonte de seu representante da Leica Geosystems (Refer-
alimentação externa ência de peça sobresselente do núcleo de ferrite:
703707).
Para preencher os requisitos da compatibilidade
electromagnética (CEM) é necessário que, no caso
de os instrumentos TPS400/410 serem ligados a
uma fonte de alimentação externa, o cabo utilizado
para a alimentação externa seja equipado com um
chamado núcleo de ferrite.

! A ficha Lemo com núcleo de ferrite tem de


ser sempre conectada lateralmente no instrumento.

TC400Z17

Quando proceder à montagem, abra um dos


núcleos de ferrite e coloque-o em torno do cabo,
TC400Z16
próximo da ficha Lemo (a cerca de 2 cm da ficha);
Os cabos fornecidos pela Leica Geosystems são antes de o ligar pela primeira vez ao instrumento
dotados de um núcleo de ferrite.
TPS400/410 .

Preparando-se para as medições 25 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


1. Afrouxe os parafusos das pernas do tripé,
Instalando o tripé regule o comprimento das hastes e aperte
novamente os parafusos.
2. Para garantir a firmeza do tripé, pressione as
suas pernas contra o solo. Ao pressioná-las,
observe se a força é aplicada ao longo delas.

TC400Z19

! Ao instalar o tripé, observe se a sua base


encontra-se na posição horizontal.
Podem ser efetuadas ligeiras correções da incli-
nação, utilizando os parafusos de calagem da base
orientável. As correções de maior amplitude devem
TC400Z18 ser efetuadas com as pernas do tripé.

! Ao se usar uma base nivelante com prumo


ótico não é possível usar o prumo laser do instru-
mento.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 26 Preparando-se para as medições


TC400Z20

Carregue o tripé cuidadosamente


• Verifique todos os parafusos para um encaixe
correto das pernas.
• Durante o transporte, sempre utilize uma capa
protetora.
• Use o tripé apenas para levantamentos
topográficos.

Preparando-se para as medições 27 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Centragem com o prumo a laser, nive-
lamento aproximado
1. Coloque o instrumento sobre a base do tripé.
Gire suavemente o parafuso de fixação central
do tripé.
2. Gire os parafusos da base nivelante até a
posição média do curso.
3. Ligue o prumo a laser com as opções [FNC] >
[Nível/Prumo Laser]. Será exibida a bolha
eletrônica.
4. Posicione o tripé de forma que o raio laser fique
posicionado próximo ao ponto desejado.
5. Firme o tripé no solo.
6. Gire os parafusos calantes da base para posi-
cionar o raio laser exatamente sobre o ponto
desejado.
7. Mova as pernas do tripé a fim de centralizar o
nível circular. O instrumento estará, desse
modo, aproximadamente nivelado.

TC400Z21

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 28 Preparando-se para as medições


Centragem final com a bolha
eletrônica
1. Ligue a bolha eletrônica com as opções [FNC] > Quando a bolha eletrônica estiver centralizada, o
[Nível/Prumo Laser]. No caso de nivelamento instrumento estará nivelado.
insuficiente será exibido um símbolo de um
nível inclinado.
2. Centralize a bolha eletrônica girando os
parafusos calantes.

TC400Z23

3. Verifique a centragem do instrumento com o


prumo a laser e repita a operação, se
necessário.
4. Desligue a bolha eletrônica e o prumo a laser
TC400Z22
acionando a opção [OK].

Preparando-se para as medições 29 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Intensidade do laser Dicas de posicionamento
Alterando a intensidade do laser
Influências externas e as condições das superfícies
podem exigir o ajustamento da intensidade do laser.
O prumo a laser pode ser ajustado em intervalos de
25%.

TC400Z25
TC400Z24
Posicionamento sobre tubos ou depressões
Em algumas circunstâncias o raio laser não é visível
(ex.: tubos). Nesse caso, o raio laser pode ser visu-
alizado colocando-se um anteparo transparente
sobre o tubo. Dessa forma o instrumento pode ser
alinhado com o centro do tubo.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 30 Preparando-se para as medições


Modo de entrada - método 1 Modo de entrada - método 2
No modo de entrada pode-se indicar textos e No modo de entrada pode-se indicar textos e
valores numéricos. valores numéricos.

TC400Z26

[ENTRAR] 1. Apaga a entrada, exibe a barra de TC400Z27

funções com opções numéricas/ [ENTRAR] 1. O intervalo completo de caracteres


alfa-numéricas. O cursor piscando disponíveis é exibido no visor.
indica que o instrumento está pronto - 2. Seleção de um intervalo de números
para a entrada de dados. ou caracteres.
- 2. Seleção de um intervalo de números Prossiga com as etapas 3 e 4 do método 1.

[>>>]
ou caracteres.
Caracteres/números adicionais. ! O método que prefere pode ser definido na
configuração.
- 3. Seleciona o caractere desejado. O
caractere salta para a esquerda.
4. Confirma a entrada.
[ESC] Apaga a entrada e restaura o valor
anterior.

Preparando-se para as medições 31 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Apagando caracteres
Modo de edição
1. Coloque o cursor no caractere a ser
Caracteres existentes podem ser alterados no
apagado.
modo de edição.
2. Pressione a tecla de navegação
para apagar o caractere selecio-
Info4: PREP Info4: PROP
nado.
3. Confirme a entrada.
TC400Z28 [ESC] Apaga as mudanças e restaura o
1. Inicia o modo de edição. A barra de valor anterior.
edição vertical é posicionada à direita.
A barra de edição é posicionada à
esquerda.
- 2. Seleciona um intervalo de carac-
teres ou de números.
[>>>] Caracteres/números adicionais.
- 3. Subscreve caracteres existentes.
4. Confirma a entrada.
[ESC] Apaga as mudanças e restaura o
valor anterior.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 32 Preparando-se para as medições


Inserindo caracteres
Caracteres não digitados poderão ser introduzidos
posteriormente (ex: caso seja digitado -15 ao invés
de –125).

TC400Z29

1. Coloque o cursor em "1".


2. Insira um espaço vazio à direita do
valor "1".
- 3. Selecione um intervalo de carac-
teres ou de números.
- 4. Selecione o caractere desejado.
5. Confirme entrada.

Preparando-se para as medições 33 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Entrada numérica
Entrada Numérica e Alfa-numérica
A entrada é feita com a barra de funções e a tecla
de função correspondente.
Posicione a marca no campo desejado.
[ENTRAR] 1. Acesse o diálogo de entrada.
- 2. Selecione um intervalo de carac-
teres ou de números.
[>>>] Caracteres/números adicionais.
3. Confirme a entrada.

! A seleção é limitada aos dígitos válidos


para a entrada, que devido às suas características Entrada alfanumérica
TC400Z30

de exibição pertencem a um determinado intervalo


(p. ex. Ângulos em graus).

TC400Z31

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 34 Preparando-se para as medições


Conjunto de caracteres
O modo de entrada contém os seguintes caracteres Nos campos de dados onde é possível procurar os
de entrada numéricos e alfa-numéricos. números ou códigos dos pontos, é possível utilizar
o caractere "*".
Numéricos Alfa-numéricos
Sinais
"+" (ASCII 43) (ASCII 32) [espaço] +/- Os sinais “+” e “-”, pertencentes ao conjunto de
" "
"-" (ASCII 45) "!"
(ASCII 33)
"." (ASCII 46) (ASCII 35) caracteres alfanuméricos, são considerados
"0-9" (ASCII 48 - 57) " # " (ASCII 36) caracteres alfanuméricos normais, sem
"$" (ASCII 37)
"%"
(ASCII 38) nenhuma função matemática.
"&" (ASCII 40)
"(" (ASCII 41)
Caracteres adicionais
")" * Para caracteres de substituição durante a
(ASCII 42)
"*" (ASCII 43)
"+" busca de pontos (consulte o tópico “Busca com
(ASCII 44)
"," caracteres de substituição”).
(ASCII 45)
"-"
"."
"/"
":"
(ASCII 46)
(ASCII 47)
(ASCII 58)
! “+” / “-” são exibidos apenas na posição
inicial de um campo de entrada

!
(ASCII 60)
"<" (ASCII 61) No modo de edição, a posição das casas
"="
">"
(ASCII 62) decimais não pode ser alterada. A casa decimal é
(ASCII 63) ignorada.
"?" (ASCII 64)
"@"
(ASCII 65 .. 90)
" A - Z" (ASCII 95)
"_" [Underscore]
"‘"
(ASCII 96)

Preparando-se para as medições 35 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Localização de pontos
A localização de pontos é uma função global usada
para aplicativos, como por exemplo, a busca de
pontos fixos ou medidos salvos internamente.
TC400Z32
É possível para o usuário limitar a busca de pontos
a uma obra particular ou realizar a busca em toda a
memória.
O procedimento de busca encontra sempre pontos
fixos antes dos pontos medidos, que satisfazem o
critério de busca. Se vários pontos satisfizerem o
critério, eles serão listados de acordo com a ordem
de gravação. O instrumento encontra primeira-
mente os pontos mais recentes.
Busca direta
Indicando um número de ponto (por ex, “P13”),
TC400Z33
serão encontrados todos os pontos com esse iden-
tificador. [VER] Exibe as coordenadas do ponto
selecionado.
[ENH] Para a entrada manual de
coordenadas.
[OK] Confirma o ponto selecionado.
[OBRA] Para selecionar uma obra diferente.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 36 Preparando-se para as medições


Busca com caracteres de
substituição
A busca com caracteres de substituição é indicada A* são procurados todos os pontos iniciados com
através de um “*”. O asterisco indica uma seqüência “A” (ex: A9, A15, ABCD)
qualquer de caracteres. *1 são procurados todos os pontos com "1" na
Os caracteres de substituição podem sempre ser segunda posição (ex.: A1, B12, A1C)
usados se o número do ponto não for totalmente A*1 são procurados todos os pontos iniciados com
conhecido ou se for necessário localizar um deter- "A" e que possuam "1" na terceira posição (ex.:
minado grupo de pontos. AB1, AA100, AS15)

TC400Z34

Esta tecla inicia a busca do ponto.

Exemplos:
* são localizados todos os pontos independente-
mente do identificador.
A são localizados todos os pontos com a letra "A".

Preparando-se para as medições 37 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Exemplo de uma tela de medição básica:
Medição
A Estação Total pode ser usada nas medições logo
após ser ligada e instalada corretamente.
No visor de medição é possível acessar teclas fixas,
teclas de funções, bem como a tecla lateral com as
suas funções.

! Todas as figuras exibidas são exemplos. É


possível que versões de programas locais sejam
diferentes da versão básica.

TC400Z35
- Acessa as funções atribuídas.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 38 Preparando-se para as medições


Tecla FNC
A tecla “FNC” disponibiliza várias funções. CP: Infravermelho: Medições de distâncias com
As suas aplicações estão descritas a seguir. prismas.

! As funções podem também ser iniciadas


diretamente a partir de aplicações diferentes.
SP: Laser visível: Medições de distâncias sem
prismas, até 80 m; ou com prisma para distân-
cias maiores de 1 km.
! Qualquer função do menu FNC pode ser
atribuída à tecla [USER]- (Consulte o capítulo
Para maiores informações, consulte o tópico
“Parâmetros do EDM”.
"Parâmetros").
Ponto Laser
Iluminação Liga/Desliga Liga e desliga o raio laser visível. A nova configu-
Liga/desliga a iluminação do visor. ração é exibida por aproximadamente um segundo
e, em seguida, é salva.
Nível/Prumo Laser
Esta função permite acionar a bolha eletrônica e o Código Livre
intervalo de intensidade do prumo a laser. Selecione o código da lista de códigos ou introduza
um novo código.
Alternar SP/ CP
Alterna entre os dois tipos de EDM, CP (infraver- Unidades
melho) e SP (sem prisma). A nova configuração é Permite visualizar a distância corrente e os dados
exibida por aproximadamente um segundo. da unidade angular, possibilitando a alteração
destes valores.

Tecla FNC 39 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Offset do Alvo
Se não for possível usar o prisma diretamente, ou
se não for possível observar o ponto alvo direta-
mente, os valores de offset (offsets longitudinal,
transversal ou da altura) podem ser introduzidos.
Os valores para o ângulo e para as distâncias são
calculados diretamente para o ponto alvo.

Ponto
Desejado
Ponto
Medido TC400Z37

t+
T_Offse
t-
fse
Of Procedimento:
t-

1. Forneça o ID do ponto e a altura do prisma.


L_
e

T_Offse
ffs

t+
2. Forneça os valores de offset (longitudinal, trans-
O
L_

versal e/ou da elevação) conforme o desenho.


3. Defina o período para aplicação do offset.
4. [OK] calcula os valores corretos e acessa a apli-
cação a partir da qual a função offset foi
iniciada. O ângulo e as distâncias corretas são
exibidos tão logo exista ou seja realizada uma
TC400Z36
medição de distância válida.
H_Offset: o ponto desejado apresenta uma
elevação superior ao medido.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 40 Tecla FNC


O período de aplicação pode ser configurado da
seguinte forma:

Reinicie após Os valores de offset são recon-


figurados para 0, após o ponto ser
GRV salvo.

Os valores de offset são aplicados


Permanente
a todas as medições posteriores.

! Os valores de offset são sempre reconfig-


urados para 0 quando a aplicação é finalizada.

Tecla FNC 41 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Transferência de cota
Exemplo:
Esta função determina a cota do instrumento a partir
da medição em ambas as faces de, no máximo, 5*
pontos alvos com cotas conhecidas.
Com a medição de vários alvos tem-se a vantagem
da indicação do valor da "precisão" da cota calcu-
lada.
*) TPS410 : 1 Ponto visado
Procedimento:
1. Selecione um ponto conhecido e indique a
altura do prisma.
2. Após realizar a medição com o uso da tecla
TC400Z38 [ALL], o valor da cota H é calculado e exibido.
1) Refletor 1 [Adic.Pt] Adicione uma outra cota de um
2) Refletor 2 ponto conhecido
3) Refletor 3 [FACE] Meça o mesmo alvo com a outra
4) Instrumento face do instrumento.
3. [OK] Grave as alterações e configure a
estação.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 42 Tecla FNC


Programas
Pre-configuração de Aplicativos ! Maiores informações sobre as configu-
rações iniciais podem ser encontradas nas páginas
São programas que precedem os programas aplica- seguintes!
tivos e são usados para configurar e organizar a Definindo uma obra
coleta de dados. Eles são exibidos após um aplica-
Todos os dados são armazenados em uma obra,
tivo ter sido selecionado. O usuário pode selecionar
como nos diretórios de um disco rígido. As obras
o início dos programas individualmente.
contêm dados de medições de tipos diferentes (ex.:
medições, códigos, pontos fixos, estações, ...), são
gerenciadas individualmente e podem ser lidas,
editadas ou apagadas separadamente.
[NOVA] Para criar uma nova obra.
[OK] Confirma a obra e acessa a opção "Def
Estação".

! Todos os dados medidos são armazenados


na obra/diretório selecionado.

! Se nenhuma obra tiver sido definida e tiver


sido iniciado um aplicativo ou se "Med & Grv" [ALL]
TC400Z39 ou [GRV] tiver sido acionado, o sistema cria auto-
[ • ] Configuração aceita. maticamente uma nova obra e dá-lhe o nome de
[ ] Configuração não aceita. Predefinida (Default).

Programas 43 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Definição da Estação Ponto conhecido
Cada cálculo de coordenadas refere-se sempre a 1. Selecione um ID de ponto gravado na memória
estação corrente. Por isso, é necessário configurar interna.
pelo menos as coordenadas do ponto da estação 2. Indique a altura do instrumento.
(E, N). A elevação da estação pode ser indicada [OK] Configura a estação.
opcionalmente. As coordenadas podem ser
Entrada manual
indicadas manualmente ou lidas da memória
1. [ENH] Aciona a caixa de diálogo de
interna.
entrada manual de pontos.
2. Indique o ID do ponto e as coordenadas.
3. [OK] Grava as coordenadas da estação.
Continua para a entrada da altura
do instrumento.
4. [OK] Configura a estação.

! Se nenhuma estação tiver sido definida e


tiver sido iniciado um aplicativo e se "Med & Grv"
[ALL] ou [GRV] tiver sido acionado, a última estação
será atribuída como a estação corrente.

TC400Z40

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 44 Programas


Orientação Método 2: Por coordenadas
Com o aplicativo orientação, a direção horizontal Para determinar a orientação pode-se também
pode ser indicada por azimute ou pode ser configu- utilizar alvos com coordenadas conhecidas.
rada a partir de pontos de coordenadas conhecidas. 1. Para orientar a partir de
Método 1: Por Azimute coordenadas.
1. Para indicar uma orientação Hz de 2. Para indicar a orientação do ponto de orien-
azimute conhecido. tação e para determinar o ponto encontrado.
2. Indique a direção Hz, a altura do prisma e o 3. Para indicar e confirmar a altura do prisma.
Ponto de ré. Para determinação da orientação podem ser
3. [ALL] Mede, grava e configura a orien- usados no máximo 5* pontos de coordenadas
tação. conhecidas.
[GRV] Grava a direção Hz e configura a *) TPS410 : 1 Ponto visado
orientação.

Programas 45 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


TC400Z41

1) 1. ponto visado TC400Z42

2) 2. ponto visado [CALCULA] Calcula e exibe os resultados da


3) 3. ponto visado orientação.
As coordenadas da orientação podem ser obtidas a [Prox Pt] Para indicar outro ponto de ré.
partir da memória interna ou podem ser indicadas 1/I Indica que o primeiro ponto foi medido com
manualmente. a luneta na posição I.
O fluxo de trabalho é semelhante ao fluxo da 1/I II Primeiro ponto medido com a luneta nas
estação livre. posições I e II.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 46 Programas


!Hz: Após a primeira medição, a localização de Se mais de um ponto conhecido for medido, a
outros pontos alvos (ou do mesmo ponto, compensação da orientação é feita de acordo com
se a posição da luneta for invertida) é facili- o método dos mínimos quadrados.
tada se o instrumento for girado até que a Exibição dos resíduos
diferença angular esteja próximo de [RESID] Exibe os resíduos.
0°00'00"
! : Diferença entre a distância horizontal calcu-
lada, a partir das coordenadas, e a distância
medida, em relação ao ponto visado.
Exibição da orientação calculada

TC400Z44

TC400Z43

[OK] Aceita a orientação Hz calculada.

Programas 47 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Informações úteis
• Se a orientação só for medida com a luneta na
posição II, a orientação Hz é baseada na
posição II da luneta. Se a orientação só for
medida com a luneta na posição I ou em ambas
as posições, a posição Hz é baseada na
posição I da luneta.
• A altura do prisma não pode ser alterada entre
as medições realizadas com a luneta na
TC400Z45
primeira e na segunda posição.
1) Reas
• Se um ponto for medido várias vezes com a
2) Teórico
luneta na mesma posição, a última medição
!H: Correção da elevação “Longitudinal/na
válida é usada para a orientação.
linha”
!
!Hz:
: Correção da distância horizontal.
Correção do ângulo Hz
! Se nenhuma orientação tiver sido definida e
tiver sido iniciado um aplicativo e se "Med & Grv"
[ALL] ou [GRV] tiver sido acionado, a última direção
Hz e o último ângulo V serão configurados como
orientação.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 48 Programas


Topografia (apenas para os modelos TPS403/
Aplicativos
405/407)
Introdução Através do aplicativo Topografia, é possível a
Aplicativos são programas predefinidos que cobrem medição de um número ilimitado de pontos. É
uma variedade de procedimentos de campo e comparável a opção Medição Individual, porém,
facilitam a vida diária do operador. inclui a colocação em estação, a orientação e a
Estão disponíveis os seguintes aplicativos: codificação.
• Topografia
• Implantação
• Distância entre Pontos
• Área (plana)
• Estação Livre
• Linha de Referência
• Altura Remota
[MENU] 1. Pressione a tecla fixa [MENU].
2. Selecione um Programa Aplicativo.
TC400Z46
- 3. Ativa o aplicativo e inicia o
Procedimento:
programa.
1. Indique o Id do ponto, o código e a altura do
[PAGE] Aciona a próxima página.
prisma, se desejado.
2. [ALL] Mede e grava.
[Pt-I] Alterna entre o número individual e
o número do ponto corrente.

Programas 49 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Estão disponíveis dois métodos de codificação: Implantação
1. Codificação simples: Este programa calcula os elementos necessários
O código é indicado no campo apropriado e para implantar pontos a partir de coordenadas ou a
armazenado juntamente com a medição. partir de ângulos, distâncias horizontais e cotas
2. Codificação expandida: indicadas manualmente. A diferença entre a loca-
Ative a função [Código]. Um código que já foi lização do prisma e o ponto a ser implantado é
gravado será procurado na lista de códigos e exibida continuamente no visor.
será possível adicionar atributos a ele.
Implantando coordenadas a partir da memória
Procedimento:
Selecione o ponto na memória.
[DIST] Inicia a medição e o cálculo dos
elementos de implantação.
[GRV] Grava os valores exibidos.
[Az&Dist] Entrada da direção e da distância hori-
zontal do ponto a ser implantado.
[MANUAL] Permite a entrada simplificada de um
ponto sem o Id do ponto e sem a possi-
bilidade de gravar os dados do ponto.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 50 Programas


Implantação Polar ! : offset da elevação: positivo se o ponto a
Indicação normal dos elementos da implantação ser locado estiver acima do ponto de
polar !Hz, ! ,! . referência usado.
Implantação Ortogonal
O afastamento entre o ponto de referência e o ponto
a ser locado é indicado através de um valor trans-
versal e de um valor longitudinal.

TC400Z47 TC400Z48

1) Ponto de referência 1) Ponto de referência


2) Ponto a ser medido 2) Ponto a ser medido
!Hz: offset do ângulo: positivo se o ponto a !L: offset longitudinal: positivo se o ponto a
ser locado estiver à direita da direção ser locado estiver mais afastado do que
usada. o ponto de referência utilizado.
! : offset longitudinal: positivo se o ponto a
ser locado estiver mais afastado do que
o ponto de referência usado.

Programas 51 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


!T: offset transversal, perpendicular à linha !E Diferença na coordenada Este entre o
de visada: positivo se o ponto a ser ponto de implantação e ponto de referência.
locado estiver à direita do ponto de !N Diferença na coordenada Norte entre o
referência utilizado. ponto de implantação e ponto de referência.
Implantação Cartesiana (apenas para os modelos
TPS403/405/407)
A implantação é baseada em um sistema de
coordenadas e o afastamento é indicado através
das diferenças de coordenadas Este e Norte.

TC400Z49

1) Ponto de referência
2) Ponto a ser medido

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 52 Programas


Estação Livre (apenas para os modelos Para a medição dos pontos visados pode-se
TPS403/405/407) optar entre os seguintes procedimentos de
medição:
O programa "Estação Livre" calcula a posição e a
cota do ponto em que o instrumento se encontra 1. Somente ângulos Hz e V (resecção)
com base em medições feitas em relação a, no 2. Distância e ângulos Hz e V (resecção por 3
mínimo 2 e, no máximo, 5 pontos com coordenadas pontos)
conhecidas. 3. Ângulos Hz e V em relação a um ou vários
ponto(s), bem como distância com respectivos
ângulos Hz e V relativa a um ou vários ponto(s).
São calculadas as coordenadas da estação (E e N),
bem como a cota do ponto em que o instrumento se
situa no momento, incluindo a orientação do círculo
horizontal.
No final, as coordenadas da estação e a orientação
podem ser configuradas no sistema.
Os desvios padrões e os resíduos são exibidos para
análises da precisão da medição.

TC400Z50

Programas 53 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Opções de medição Método de cálculo
Pode-se optar entre medir os pontos na posição I ou O procedimento de medição determina automatica-
II da luneta ou ainda em ambas as posições (I + II), mente o método de cálculo, ou seja, resecção,
sendo a seqüência de medição indiferente. resecção por 3 pontos, etc.
Nas medições em ambas as posições da luneta é Se estiverem disponíveis mais medições que o
verificada a presença de erros grosseiros, de forma exigido, as coordenadas da estação (E, N) são
a assegurar que nas duas medições seja focado o determinadas segundo o método dos mínimos
mesmo ponto. quadrados e, quanto à orientação e às cotas,

! Quando um ponto visado é medido várias


vezes na mesma posição da luneta, só é conside-
calcula-se a média dos respectivos valores obtidos.
1. As medições iniciais na posição I e II da luneta
rada a última medição válida para efeitos de cálculo. são consideradas no cálculo.
2. Todas as medições são tratadas com o mesmo
Limitações:
rigor, independentemente de terem sido
• Medições em 2 posições da luneta
medidas em uma ou em duas posições da
Quando medir o mesmo alvo nas duas faces da
luneta.
luneta a altura do prisma pode ser alterada ao
3. O Este e o Norte são determinados pelo Método
se alterar a posição da luneta.
dos Mínimos Quadrados, incluindo o cálculo do
• Pontos visados com cota 0.000
desvio padrão e informações sobre a direção e
Os pontos visados que tenham cota igual a 0.000
as distâncias horizontais
não são considerados no cálculo da cota. Para
4. A cota da estação (H) é calculada com base na
que os pontos com a cota igual a 0.000 possam
média das diferenças de cotas (baseada nas
ser considerados no cálculo da cota, é necessário
medições iniciais).
alterar a cota para, pelo menos, 0.001.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 54 Programas


5. A orientação do círculo horizontal é calculada
com base na média das medições iniciais na
posição I e II da luneta, bem como nas
coordenadas niveladas da posição da estação.
Procedimento:

TC400Z52
Poderá introduzir um limite para os valores de
desvio normais. Se o desvio previsto ultrapassar o
TC400Z51 limite definido, surgirá uma caixa de aviso onde
Permite definir um limite de precisão. poderá indicar se deseja prosseguir ou não.
1. Indique o nome da estação e a altura do instru-
mento.
2. Indique o Id do ponto e a altura do prisma.

Programas 55 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


3/I II Indica que foi medido um terceiro
ponto nas posições I e II da luneta.
Resultados
São exibidas as coordenadas calculadas da
estação:

TC400Z53

[ALL] Mede e grava ângulos e distâncias


(resecção por 3 pontos).
[GRV] Grava a direção Hz e o ângulo V
(resecção).
[Prox Pt] Para indicar outro ponto de ré. TC400Z54
[CALCULA] Calcula e exibe as coordenadas da [Adic.Pt] Altera para o painel de medição
estação se pelo menos 2 pontos e para medir pontos adicionais.
uma distância tiverem sido medidos [RESID] Exibe os resíduos.
3/I Indica que foi medido um terceiro [DesvPdr] Exibe o desvio padrão.
ponto na posição I da luneta.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 56 Programas


[OK] Configura as coordenadas exibidas Esta caixa de diálogo exibe os resíduos calcu-
e a altura do instrumento como lados:
parâmetros da nova estação. Resíduo = Valor calculado – Valor medido

! Se a altura do instrumento, inicialmente,


tiver sido configurada para 0.000, a cota da estação
será referida ao centro do instrumento.
Visualização dos Desvios padrões:

TC400Z56
Com a tecla de função verifique os
resíduos individuais dos pontos de
ré.
TC400Z55

DesvPdr E0, N0, H0:


Desvio Padrão das coordenadas da estação
DesvPdr Ang:
Desvio padrão da orientação

Programas 57 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Avisos / Mensagens

Mensagens importantes Significado


Os dados do ponto selecionado não são
As coordenadas E e N do ponto visado selecionado não são válidas.
válidos.

Já foram efetuadas medições relativas a 5 pontos e foi selecionado mais um


O número máx. de pontos permitidos é 5 ponto. O sistema comporta, no máximo, 5 pontos.

Dados inválidos – nenhuma posição


calculada! As medições não permitem calcular as coordenadas da posição (E, N).

Dados inválidos – nenhuma cota calcu- A cota do ponto visado ou as medições não são válidas. Não é possível
lada! calcular a cota da estação (H).

O arquivo atualmente selecionado já não tem capacidade de memória. Este


Espaço insuficiente no arquivo erro pode ocorrer durante as medições ou quando o sistema está gravando
dados de cálculo, tais como, resultados da estação..

Hz (I-II) > 0.9 graus, medir novamente o Os ângulos Hz obtidos nas medições na primeira e na segunda posição da
ponto! luneta divergem mais de 180° ± 0.9 ° uns dos outros.

V (I-II) > 0.9 graus, medir novamente o Os ângulos V obtidos nas medições na primeira e na segunda posição da
ponto! luneta divergem mais de 180° ± 0.9 ° uns dos outros.

Não existem dados de medição suficientes para calcular as coordenadas da


São necessários pontos ou distâncias
adicionais estação. Ou foram utilizados pontos a menos ou não foram medidas distân-
cias suficientes.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 58 Programas


Linha de Referência (apenas para os modelos 2. Pontos de base com coordenadas:
TPS403/405/407) [BUSCA] Inicia a busca dos Ids dos pontos
Através deste programa é possível implantar ou indicados.
verificar edificações, ruas, etc... [ENH] Entrada manual de coordenadas.
Uma linha de referência pode ser definida referenci- [LISTA] Exibe a lista de pontos disponíveis.
ando-se a uma linha de base conhecida. A linha de Procedimento análogo para o segundo ponto de
referência pode ser afastada longitudinalmente ou base.
paralelamente a linha de base e também rota-
cionada a partir do primeiro ponto de base.
Definição da Linha de Base
A linha de base é fixada por dois pontos de base
que podem ser definidos de três maneiras
diferentes.
• medindo-se o ponto
• fornecendo-se as suas coordenadas via teclado
• selecionando-se um ponto na memória
Definição dos Pontos de Base TC400Z571

1) 1º ponto de referência
Procedimento:
2) Definição dos Pontos de Base
1. Medindo pontos de base:
3) Definição da Linha de Base
Indique o Id do ponto e meça os pontos de base
4) Linha de referência
com [ALL] ou [DIST] / [GRV].

Programas 59 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Linha de Referência Entrada dos parâmetros:
A linha de referência pode ser deslocada nas Use as teclas de navegação para sele-
direções paralela ou longitudinal, bem como rota- cionar os afastamentos e as rotações da
cionada. Essa nova linha é denominada linha de linha de referência.
referência. Todos os dados medidos referem-se a
linha de referência.
caç o

ia
fer e
nc
Re ha d
pto de lo

2° pto de
refer ncia
Lin

Rot+

TC400Z59
ponto As seguintes indicações são possíveis:
medido Offset+: Deslocamento paralelo da linha de
referência para a direita, baseado
Linha+

na direção da linha de base (1-2).

Offs+
1° pto de refer ncia
TC400Z58

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 60 Programas


Linha: Deslocamento longitudinal do Linha de Referência
ponto inicial (= ponto de referência)
da linha de referência na direção do
ponto de base 2.

ia
nc
Rotação: Rotação da linha de referência, no

er
sentido horário, ao redor do ponto ponto medido

ref
de referência.

de
ha
H: Deslocamento (offset) da elevação;

lin
a linha de referência está mais
elevada do que o primeiro ponto de
base.
!Offs
+
Significado das funções:
[NovaLB] Retorna para a definição de uma

+
nova linha de base.

ha
Lin
[IMPLANT] Abre o aplicativo "Implantação

!
Ortogonal".
[LinhRef] Abre o aplicativo "Linha de 1° pto de refer ncia
Referência".
TC400Z60
[AFAST=0] Configura o offset / rotação para
A função [LinhRef] calcula, a partir de medições e
zero.
de coordenadas as diferenças longitudinal, trans-
versal e a cota do ponto alvo em relação à linha de
referência.

Programas 61 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


1° pto de refer ncia

!Desn+
elevaç o de

Height diff.+
refer ncia
!Desn-

1° pto de refer ncia


TC400Z61 TC400Z62

A elevação do primeiro ponto de referência é


sempre usada como elevação de referência para o
! Se o modo de rastreamento estiver ativado
(consulte o tópico "Configuração do EDM"), são
cálculo da diferença de elevação (! ). exibidos continuamente os valores de correção para
a posição do prisma.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 62 Programas


Implantação Ortogonal Exemplo dos "métodos ortogonais"
O usuário pode indicar os offsets longitudinal, trans-
versal e vertical do ponto visado a serem locados

cia
em relação à linha de referência. O programa

r n
calcula a diferença entre o ponto medido e o ponto

e
ref
calculado. Ele exibe também as diferenças ortogo-

de
nais (!Linha, !Offset,! ) e a polar (!Hz,

ha
Lin

+
! ,! ).

ha
Lin
Procedimento: pto

!
medido
1. Indique os elementos de Implantação ou !Offs
+
busque o ponto na memória interna. pto de locaç o
2. [OK] Confirma a entrada e inicia o
cálculo. 1° pto refer ncia
TC400Z63

Programas 63 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Tela de medição: +!Hz Gire a luneta no sentido horário, até o
ponto de Implantação.
+! O ponto de Implantação está mais
distante do que o ponto medido.
+! O ponto de Implantação está mais
elevado do que o ponto medido.

TC400Z64

TC400Z65

Os sinais das diferenças de ângulo e de distância


são exatamente iguais aos do aplicativo "Implan-
tação". Eles são valores de correção.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 64 Programas


Avisos / Mensagens

Mensagens Significado
Importantes
Está ativada a saída de dados
via interface serial RS232. Para
Gravar via RS232! iniciar com sucesso a linha de
referência, os parâmetros da
“Mem. interna” devem estar
ativados.
A linha de base é inferior a 1 cm.
Linha de base muito Escolha outros pontos de
maneira que a distância hori-
curta! zontal entre eles seja maior do
que 1 cm.
Nenhuma coordena ou
coordenadas inválidas foram
indicadas para o ponto. Garanta
Coordenadas
inválidas! que o ponto escolhido possui
pelo menos uma coordenada
Este e uma coordenada Norte
válidas.

Programas 65 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Distância entre pontos Método Radial:
O aplicativo Distância entre pontos calcula a
Dist 1-2
distância inclinada, a distância horizontal, a
diferença de elevação e o azimute entre dois pontos Dist 1-3
visados. Os pontos são medidos de forma on-line,
selecionados da memória ou indicados através do
teclado.
O usuário pode escolher entre dois métodos Ponto
diferentes: central
Poligonal (A-B, B-C)
Radial (A-B, A-C) Dist 1-4
TC400Z67
Método Poligonação:
Em princípio ambos os métodos são iguais.
As diferenças serão descritas a seguir.
Procedimento:
1. Determinação do primeiro ponto alvo.
[ALL] Mede e grava o ponto alvo.
[BUSCA] Busca pontos gravados na
memória interna.
2. Determinação do Segundo ponto alvo.
Proceda da mesma maneira anterior.
TC400Z66

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 66 Programas


3. Exibição dos resultados. Teclas de função – método radial:
Azm Azimute entre os pontos 1 e 2. [NovoPt1] Determina um novo ponto central.
! Distância inclinada entre os pontos [NovoPt1] Determina um novo ponto radial.
1 e 2. [POLÍGON] Altera para o método poligonal.
! Distância horizontal entre os pontos
1 e 2.
! Diferença de cota entre os pontos 1
e 2.
Inclinação Inclinação [%] existente entre o
ponto1 e o ponto2.
Teclas de função – método poligonal:
[NovoPt1] É calculada uma linha adicional
entre pontos. O programa é iniciado
novamente (no ponto 1).
[NovoPt2] O ponto 2 é definido como o ponto
inicial de uma nova linha entre
pontos. Um ponto novo (Pt2) deve
ser medido.
[RADIAL] Altera para o método radial.

Programas 67 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Cálculo de área
Este programa realiza o cálculo de áreas de forma Procedimento:
on-line, visando-se pontos ligados por segmentos 1. Determinação do primeiro ponto da área
de retas (ex: pontos 1...5). O número de pontos [ALL] Mede e grava o ponto.
visados é ilimitado. [BUSCA] Busca pontos na memória interna.
[ENH] Para a entrada manual de
coordenadas.
2. Determinação de pontos adicionais da área.
Proceda como anteriormente.
[RESULT] Exibe resultados adicionais
(Circunferência).

! A área é calculada e exibida a partir do


momento em que três pontos tenham sido medidos
ou selecionados.

TC400Z68

a) Início
b) Comprimento da poligonal, entre o ponto inicial
e o ponto corrente.
c) Área corrente, sempre fechada no primeiro
ponto.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 68 Programas


Altura Remota (apenas para os modelos Procedimento:
TPS403/405/407) 1. Indique o Id do ponto e a altura do prisma.
Pontos localizados diretamente acima da base do [ALL] Mede e grava o ponto base e
prisma podem ser determinados sem que um continua para o passo 2.
prisma seja colocado no ponto alvo. [Hp=?] Inicia o programa que determina
altura do prisma incógnita.
1.1 [ALL] Meça e grave o ponto base.
1.2 Vise o prisma e confirme com
[Ajust.V].
2. Vise o ponto inacessível.
[OK] Grava os dados medidos.
[Base] Para indicar e medir um novo ponto
base.

TC400Z69
1) Ponto remoto
2) Diferença de altura.
3) Distância inclinada
4) Ponto base

Programas 69 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Construção de fiabilidade que o informará acerca do compri-
Este aplicativo permite definir um levantamento mento calculado da linha, do comprimento real e da
topográfico graças ao processo conjunto de config- diferença existente entre os dois valores.
uração do instrumento ao longo de uma linha de Verificar As-Built:
levantamento, de medição e de definição de pontos Esta caixa de diálogo indica os valores de !Linha,
em relação a essa linha. !Desvio e !Altura de um ponto medido em relação
Após a seleção do aplicativo, existem duas à linha.
opções:
a) Definição de um novo local de levantamento
ou
b) Continuação do local anterior (evita o processo
de configuração)
Procedimento:
Definição de um novo local:
1. Medição do ponto inicial da linha [ALL],
[DIST]+[GRV]
2. Medição do segundo ponto da linha [ALL],
TC400Z70
[DIST]+[GRV]
[DeslLin] Permite introduzir valores de
! Caso tenha introduzido as coordenadas no
campo ENH e efetuado as medições necessárias [IMPLANT]
desvio da linha.
Permite aceder ao modo de
para obter os pontos, será efetuada uma verificação Distribuição.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 70 Programas


A linha ! é positiva:
O ponto medido encontra-se na direção do início da
linha - até ao ponto final da linha.
O desvio ! é positivo:
O ponto medido encontra-se à direita da linha.
A altura ! é positiva:
A altura do ponto medido encontra-se acima da
altura do ponto inicial da linha.

! A altura do ponto inicial da linha é sempre


utilizada como altura de referência
TC400Z71
Implant [DeslLin] Permite introduzir valores para
Aqui poderá procurar ou introduzir pontos de verifi- desvio da linha.
cação em relação à linha medida. [LinhRef] Permite aceder ao modo orig-
inal (AsBuilt).
As imagens indicam a posição do prisma em
relação ao ponto a ser implantado. Em baixo são
indicados os valores exatos, tendo ainda sido
incluídas setas que indicam a direção.
A linha ! é positiva (seta para cima):
O ponto visado está mais distante do que o ponto
medido.

Programas 71 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


O desvio ! é positivo (seta para a direita):
O ponto visado encontra-se à direita do ponto Codificação
medido. Os códigos contêm informações sobre os pontos
gravados. Através da codificação, os pontos podem
A altura ! é positiva (seta para cima):
ser agrupados, simplificando-se o processamento
O ponto visado está mais alto do que o ponto
dos dados.
medido.
Maiores detalhes sobre a codificação podem ser
! A altura do ponto inicial da linha é sempre
utilizada como a altura de referência!
encontrados em “Gerenciamento de Dados”.
Codificação GSI
! As imagens foram adaptadas de modo a
proporcionar o melhor tipo de visualização. Por
Código: Nome do código.
Desc.: Informação adicional.
essa razão, é possível que o ponto da estação se
Info1: linhas de informação
desloque para o interior das imagens.
... editadas
Info8: livremente.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 72 Programas


Procedimento: [GRV] Encerra a introdução ou seleção de
1. Mova o cursor para o campo "Códigos". códigos e grava o bloco de códigos.
2. Indique o código. Entrada manual de códigos
3. [ALL] Mede e grava os valores medidos Os blocos de código individuais podem ser
incluindo os códigos atribuídos. indicados via teclado.
[CÓDIGO] Busca códigos previamente
gravados e permite a entrada de
atributos.

TC400Z73

1. [ENTRAR] Indique o código desejado.


2. Confirme com ENTER.
TC400Z72 3. Indique os atributos de 1-4.
[OK] Configura o bloco de códigos. 4. [OK] Configura o bloco de códigos.
[AdLista] Adiciona um código introduzido à lista
de códigos.

Programas 73 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Estendendo/editando os códigos Avisos / Mensagens
1. Acesse o código disponível a partir da lista de
códigos. Mensagem Impor- Significado
tante
2. Os atributos podem ser substituídos livremente.
Exceções: IMPOSSÍVEL Os atributos com status fixo não
EDITAR ATRIB.! podem ser alterados.
Através do editor de códigos do SurveyOffice, pode-
Não existe nenhuma lista de
se atribuir um status aos atributos. S/ LISTA DE CODE códigos na memória. A entrada
• Os atributos com status "Fixo" (consulte o DISPON/ de códigos e atributos manual é
acessada automaticamente.
SurveyOffice) são protegidos contra escrita.
Eles não podem ser substituídos ou editados. Atributos mandato-
Atributos mandatários também
• Para os atributos com status "Mandatório", é rios também exigem exigem entrada!
entrada !
necessário uma confirmação.
• Os atributos com status "Normal" podem ser
livremente editados. ! Blocos de códigos indicados individual-
mente não são adicionados à lista de códigos.
Gravar um bloco de códigos Leica Survey Office
[OK] Configura temporariamente o bloco de códigos As listas de códigos podem ser facilmente criadas e
no sistema após finalizar as funções de codificação. transferidas para o instrumento utilizando o
A gravação é feita apenas com as medidas e programa "Leica-Survey Office" fornecido.
sempre em relação ao ponto corrente.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 74 Programas


Configuração
O menu de configuração permite estender os Ang. Vert.
parâmetros especificados pelo usuário, para que o A orientação "0" do círculo vertical pode ser sele-
instrumento seja adaptado às suas necessidades. cionada em relação ao zênite, em relação ao plano
Contraste Visor horizontal ou em %.
Configura o contraste da tela em intervalos de 10%. • Zenite: Zenite=0°; Horizon=90°
• Horizon: Zenith=90°; Horizon=0°
Tecla-Lateral
• V-(%): 45°=100%; Horizon=0°
Configuração da tecla Lateral, situada na lateral do
instrumento.
Desligar Desativa a tecla.
! O valor de % aumenta rapidamente. "O
sinal %" aparece no visor acima de 300%".
ALL Configura a tecla lateral com a Correção de Inclinações
mesma função da tecla [ALL]. Desligar Compensador desligado.
DIST Configura a tecla lateral com a 1-Eixo Ângulo Vertical relacionado à linha de
mesma função da tecla [DIST]. prumo.
2-Eixos Ângulo Vertical relacionado à linha de
Tecla USER
Configura a tecla User com as mesmas funções do prumo e direções horizontais corrigidas
pela inclinação do eixo principal.
menu FNC.
O compensador deve ser desligado se o instru-
mento for utilizado sobre uma base instável (ex:
plataforma em movimento, navio, etc.). Isso evita
que, ao sair do intervalo de medição, o compen-

Configuração 75 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


sador exiba uma mensagem de erro e interrompa o
processo de medição.

! A configuração do compensador
permanece ativada, mesmo após o instrumento ser
desligado.
Beep Setorial
Desligar Liga o beep setorial
Ligar O beep setorial (0°, 90°, 180°, 270° o 0,
100, 200, 300 grados).
Um "beep rápido" é disparado para um intervalo de
ângulos entre 95.0 a 99.5 graus (ou entre 105.0 a
100.5 grados) e um "beep permanente" é disparado
para um intervalo de ângulos entre 99.5 a 99.995
graus (ou entre 100.5 a 100.995 grados).

TC400Z74

1) Sem beep
2) Beep rápido (interrompido)
3) Beep permanente

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 76 Configuração


Beep Aquecedor do Visor
O beep é um sinal sonoro disparado quando o Ligar É automaticamente ativado quando a
instrumento exibe ângulos retos. iluminação do visor for ativada e a
Desligar Desliga o beep temperatura do instrumento for menor
Normal Volume normal ou igual a 5°C.
Alto Aumenta o volume. Saída Dados
Angulo HZ RS232 Os dados são gravados através da
Direita Configura o ângulo horizontal para o interface serial. Para isso, é necessária
sentido horário. a presença de um dispositivo de
gravação de dados.
Esquerda Configura o ângulo horizontal para o
sentido anti-horário. A exibição do Mem Int Todos os dados são gravados na
ângulo é no sentido anti-horário, mas a memória interna.
gravação da direção é feita para os GSI 8/16
valores horários. Seleciona o formato de saída GSI.
Iluminação do Retículo GSI 8: 81..00+12345678
A iluminação do retículo só é ativada se a ilumi- GSI 16: 81..00+1234567890123456
nação do visor estiver desligada. Máscara 1/2
Baixo Iluminação baixa. Selecione a máscara de saída GSI.
Médio Iluminação média Masc 1: IdPt, Hz, V, DP, ppm+mm, hp, hi
Alto Iluminação alta Masc 2: IdPt, Hz, V, DP, E, N, H, hp

Configuração 77 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Colimação HZ Suspenso Suspenso. Modo econômico. O instru-
Ligar Ativa a colimação Hz. mento pode ser ativado pressionando-
Desligar Desativa a colimação Hz. se qualquer tecla.
Se a opção para correção do erro de colimação Resolução (leitura mínima)
estiver ligada, todos os ângulos horizontais O formato angular a ser exibido pode ser selecio-
medidos são corrigidos (de acordo com o nado de três maneiras
ângulo V). • Para 360°'":
Para operações normais, a correção do erro de coli- 0° 00' 01" / 0° 00' 05" / 0° 00' 10"
mação permanece ativada. Os segundos são sempre indicados.

! Maiores detalhes sobre a colimação hori-


zontal podem ser encontrados em “ Calibrações”.
• Para 360°:
0.005° / 0.001° / 0.005°
• Para grados:
Auto-Desl
0.005 grados / 0.001 grados / 0.005 grados
Ativado O instrumento é desligado após um
• Para mil:
período de 20 minutos sem atividade
0.01 mil / 0.05 mil / 0.10 mil
(nenhum botão for pressionado; os
movimentos dos ângulos V e Hz forem Método de entrada
menor ou igual ± 3’ / ± 600cc). Aqui poderá selecionar o método de entrada de
Desativa O instrumento é ligado permanente- caracteres alfanuméricos.
mente. A bateria se descarregará mais • Método 1
rapidamente. Método normal
• Método 2
Método avançado

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 78 Configuração


Unidade Angular Temperatura
°'" (graus sexagesimais) °C Graus Celsius
Os valores angulares possíveis são: °F Graus Fahrenheit
0° a 359°59'59''
Pressão Atm
grau dec (graus decimais) mbar Milibar
Os valores angulares possíveis são:
hPa Hecto Pascal
0° a 359.999°
mmHg Milímetros de mercúrio
grado Os valores angulares possíveis são:
polHg Polegadas de mercúrio
0gr a 359.999 grados
mil Os valores angulares possíveis são:
0 a 6399.99mil
A configuração das unidades angulares pode ser
alterada a qualquer momento. Os valores correntes
são convertidos de acordo com a unidade sele-
cionada.
Unidade de distância
metro Metro
pé-in1/8 Pés-polegadas-1/8 pol
US-ft Pés-US
INT-pé Pés internacional

Configuração 79 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Configuração do EDM
A tela de Configuração do EDM possui uma série de Modo EDM
menus com caixas de seleção. Nos instrumentos TCR encontram-se disponíveis
parâmetros diferentes para medições com EDM do
tipo visível (SP) e invisível (CP).
A seleção dos tipos de prisma varia de acordo com
o modo de medição selecionado.

Modo de medição preciso, para


medições de alta precisão com
CP-Preciso prismas
(2mm + 2 ppm)

Modo de medição rápido, com


CP-Rápido alta velocidade de medição e
precisão reduzida
TC400Z75 (5 mm + 2 ppm)

Medição contínua de distância


CP-Rastreio (5 mm + 2 ppm)

Medição de distância com fita


CP-Adesivo adesiva
(5mm + 2 ppm)

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 80 Configuração do EDM


Intervalo curto. Para medições
de distância sem prismas com Prisma 360º
SP-Dist. Curta +23.1
uma distância máxima de 80 m GRZ4
(3 mm + 2 ppm)

Medição contínua de distância,


SP-Rastreio sem prismas
(5 mm + 2 ppm) 360° Mini
prisma +30.0
Intervalo longo. Para medições GRZ101
SP-Prisma de distância com prismas
(5 mm + 2 ppm)
Mini prisma
! Com o-EDM-SP, todos os objetos atingidos
pelo raio são medidos (possíveis ramificações,
GMP101/
102
+17.5

carros, etc ).
JPMINI +34.4 Mini prisma
Tipo de Prisma
Acesse a função a partir dos parâmetros do EDM. Prismas +34.4
adesivos
Prismas Constantes é definido em ""Cte Prisma""
Leica [mm] USUÁRIO -- (-mm + 34.4; ex.: mm = 14 ->
entrada = -14 + 34.4 = 20.4)
Prisma RL +34.4 Sem prisma
padrão 0.0
GPH1 +
GPR1

Configuração do EDM 81 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Constante do prisma
Acesse essa função a partir da tela de configuração
do EDM.
Indique a constante do prisma. Os valores devem
ser indicados em [mm].
Intervalo: -999 mm a +999 mm
Laser
Desligar:O raio laser visível é desligado.
Ligar: O raio laser visível, para visualização do
ponto visado, é ligado.
Luz guia
O auxiliar com o prisma pode ser guiado pelas luzes
até a linha de visada. Essas luzes podem ser vistas
a uma distância de até 150 m. Isso facilita a Implan-
tação de pontos.

TC400Z76

1) Diodo vermelho piscando


2) Diodo amarelo piscando
Intervalo de
operação: 5 - 150 m (15 -500 pés)
Divergência: 12 m (40 pés) em 100 m (330 pés)

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 82 Configuração do EDM


[ESCALA] [P/Temp]
Escala de projecção. Para indicação de um parâmetro atmosférico.
Parâmetros atmosféricos
A medição da distância é influenciada diretamente
pela consistência do ar.

TC400Z77

Fator de Escala:
Entrada na escala de projecção
Os valores e as coordenadas medidos são corri- TC400Z78
gidos através do parâmetro PPM. Para considerar essas influências, as medições de
[PPM=0] Definição dos parâmetros normais. distâncias são corrigidas usando-se parâmetros de
[PPM] correção atmosférica.
Para indicação de um parâmetro de escala indi- • Altitude
vidual. Elevação acima do nível do mar, no local do
instrumento.

Configuração do EDM 83 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


• Temperatura
Temperatura do ar no local do instrumento.
• Pressão Atmosf
Pressão do ar no local do instrumento.
• PPM_Atmos.
PPM atmosférico calculado e indicado.
Sinal
[SINAL] Exibe a robustez do sinal (capacidade
de reflexão) em intervalos de 1%.
Permite otimizar a visada quando se
visa alvos pouco visíveis.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 84 Configuração do EDM


Gerenciador de Dados
O gerenciador de dados possui todas as funções Obra
para entrada, edição e verificação dos dados em Obras são um conjunto de diferentes tipos de
campo. dados. Ex.: pontos fixos, medições, códigos,
resultados, etc.
A definição de uma obra consiste na entrada do
nome da obra e do usuário. O sistema adiciona
ainda a data e a hora do momento de criação da
obra.
Busca de obra:
Para navegar entre as obras.
[APAGAR] Apagas a obra selecionada.
[OK] Configura a obra selecionada.
[NOVO] Inicia uma nova obra.
TC400Z79

TC400Z80

Gerenciador de Dados 85 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Pontos Fixos
Pontos fixos válidos possuem pelo menos um Id e
as coordenadas (E, N) ou (H).
[APAGAR] apaga os pontos fixos selecio-
nados.
[BUSCA] Inicia a busca de pontos. Para a
busca podem se indicados Ids
exatos ou pode ser usado o carac-
tere de substituição (*).
[NOVO] Abre a entrada para o Id do ponto e
as coordenadas.
TC400Z81
Medições
Os dados de medição disponíveis na memória
interna podem ser localizados e exibidos ou
apagados.
[PONTO] Inicia o processo de busca de TC400Z82

pontos. [GRV] Grava os dados.


[VER] Exibe todas as medições. [VER] Inicia o processo de busca.
Códigos [ATRIB] Entrada de atributos.
Pode ser atribuído a cada código uma descrição de
16 caracteres e no máximo 8 atributos.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 86 Gerenciador de Dados


Inicializar Memória
Apaga as obras, uma área simples de dados de
uma obra ou todos os dados.
[APAGAR] Inicia o processo de apagar os
dados da área selecionada.
[ALL] Apaga todos os dados da memória.
Todos os dados são perdidos!

! A remoção dos dados na memória não


pode ser desfeita. Após confirmar a mensagem,
todos os dados são definitivamente apagados.
Estatística da Memória
Exibe informações específicas de uma obra tais
como:
• Quantidade de pontos fixos armazenados.
• Quantidade de blocos de dados gravados
(pontos medidos, códigos, etc.).
• Quantidade de obras livres.

Gerenciador de Dados 87 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Sequência inicar
Define o écran inicial quando o instrumento é ligado. [INICIAR] Executa a seqüência gravada.
Por exemplo, sempre que o instrumento é ligado, o Procedimento:
visor pode apresentar a bolha de nível electrónica. Após a confirmação do diálogo de notificação, o
sistema apresenta o écran "Medições e Gravação".
Podem ser gravados até 16 toques de tecla. Para
terminar a sequência, premir "ESC ". Se for activada
a sequência de arranque, os toques de tecla são
executados automaticamente quando o instrumento
é ligado.

! A sequência automática de arranque tem o


mesmo efeito do accionamento manual das teclas.
Alguns parâmetros do instrumento não podem ser
definidos deste modo. As "Entradas relativas" ,
como a definição automática de "IR-FINE" quando o
TC400Z83
instrumento é ligado, não são possíveis.
[OK] Armazena os parâmetros corrente-
mente utilizados.
[GRAVAR] Definição dos toques de tecla que são
executados automaticamente no
arranque do instrumento.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 88 Sequência inicar


Calibração
Determinação do Erro de Linha de Visada e erro
de Índice Vertical ! Eles devem ser determinados antes do
equipamento ser utilizado pela primeira vez, antes
A calibração abrange a determinação dos seguintes de levantamentos de precisão, depois de longos
erros instrumentais: períodos de transporte, antes e depois de longos
• Colimação Hz períodos de trabalho ou se a temperatura sofrer
• Índice V (nível eletrônico) uma alteração superior a 10° C (18° F).
Para determinação da colimação Hz ou do índice V, Antes de determinar os erros do instru-
é necessário que sejam realizadas medições para mento, nivele-o utilizando o nível
ambas as faces da luneta. O procedimento pode ser eletrônico. O instrumento deve estar
iniciado com a luneta em qualquer uma das duas seguro e firme e deve ser protegido da
posições. exposição direta ao sol, a fim de evitar o aviso de
O usuário é conduzido de forma clara através do aquecimento em um dos lados.
processo. Como resultado, a determinação equi-
vocada do erro do instrumento é eliminada.
Os instrumentos são ajustados na fábrica, antes de
serem despachados.
Os erros de índice vertical e de colimação podem
variar com a temperatura e com o passar do tempo.

Calibração 89 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Erro de colimação (colimação Hz) Índice V (erro de índice vertical)

TC400Z84 TC400Z85

O erro de colimação é ajustado na fábrica, antes do O círculo vertical deve indicar exatamente 90° (100
instrumento ser despachado. O erro de colimação grados) quando a linha de visada for horizontal.
deve ser verificado em intervalos de tempos regu- Quaisquer desvios que ocorram em relação à linha
lares. horizontal são denominados erros de índice vertical
O efeito do erro de colimação sobre o ângulo Hz (i). Com a determinação do erro de índice vertical, o
aumenta com o ângulo vertical. nível eletrônico é ajustado automaticamente.
Para visadas horizontais o erro do ângulo Hz é igual
ao erro de colimação. ! Os procedimentos e as condições para
corrigir os erros de linha de visada e de índice
vertical são os mesmos. Por isso, ele será descrito
apenas uma vez.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 90 Calibração


Colimação - Hz 4. Altere a face da luneta e vise novamente o
Índice Vertical ponto.
Exibe os valores calibrados: Os ângulos Hz e V do ponto visado são exibidos
Apresenta um sumário dos valores para verificação.
gravados.
Procedimento:
1. Nivele o instrumento com a bolha eletrônica.
2. Vise um ponto a uma distância aproximada de
100 m, com um desvio máximo de ± 5° em
relação a horizontal.

TC400Z87

5. [ALL]: Mede e grava


6. Exibe os valores antigos e os novos calculados.
[OK] Configura o instrumento com os
novos valores de calibração.
[ESC] Sai do programa sem configurar o
instrumento com os novos valores
de calibração.
TC400Z86

3. [ALL]: Acione a medição.

Calibração 91 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Avisos/ Mensagens

Mensagens
Significado Medidas
importantes

Angulo V fora do limite Vise o ponto alvo com uma precisão de 5


A tolerância na visada foi superada ou a segundos. O ponto alvo deve estar aproxi-
para calibração! (Verificar posição/face da luneta não foi alterada. madamente no plano horizontal. É
Angulo-V ou face)
necessário confirmar a mensagem.

O resultado está fora do Os valores calculados superaram a


Repita as medições. É necessário
limite de tolerância. Será tolerância. Os valores anteriores são confirmar a mensagem.
mantido o valor anterior. mantidos.

O ângulo Hz para a segunda face/posição Vise o ponto alvo com uma precisão de 5
Ângulo Hz fora do limite! da luneta desviou mais de 5 segundos do segundos. É necessário confirmar a
ponto visado. mensagem..

Foi encontrado um erro na medição. (ex.:


Erro de medição! Tente instalação instável ou período de medição Repita o processo. É necessário confirmar
novamente! muito longo entre as posições I e II da a mensagem.
luneta).

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 92 Calibração


Parâmetros de Comunicação
Os parâmetros de comunicação da interface serial Endmark
RS232 devem ser configurados para a transferência CRLF Final da linha; alimentação da linha
de dados entre o computador e o instrumento. CR Final da linha
Configuração padrão da Leica: Stopbits
19200 Baud, 8 Databit, Paridade "Nenhum", Parâmetros fixos1.
1 Stopbit, CR/LF
Interface conexão dos plugs:
Baudrate
Velocidade de transmissão dos dados: 2400, 4800,
19200 [bits/segundo]
Databits
7 A transferência de dados é realizada com 7
databits. Esse parâmetro é configurado automati-
camente se a paridade for "Even" ou "Uneven".
8 A transferência de dados é realizada com 8
databits. Esse parâmetro é configurado auto- TC400Z88
maticamente se a paridade for "Nenhum". 1) Bateria externa
Paridade 2) Não conectado / desativado
Even Paridade Even 3) Terra
Odd Paridade Uneven (se o valor de data bit 4) Recepção de dados (TH_RXD)
for igual a 8) 5) Transferência de dados (TH_TXD)
None Sem paridade TH ... Teodolito

Parâmetros de Comunicação 93 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Transferência de dados
Através dessa função, os dados medidos podem 82..00-00005736 83..00+00000091
ser transferidos para um receptor (ex: Laptop) 87..10+00001700
através da interface serial. O sucesso da trans-
missão não é verificado nesse tipo de transferência. ! Os dados poderão ser perdidos se o
receptor for muito lento no processamento dos
Obra: Seleção da obra a partir da qual os dados recebidos. Nesse tipo de transferência de
dados deverão ser transferidos. dados, o instrumento não é informado sobre a
Dados: Seleção do intervalo de dados a serem performance do receptor (sem protocolo).
transferidos (medições, pontos fixos) GSI-ID’s
Formato: Seleção do formato de saída. Selecione 11 IdPt
o formato Leica-GSI ou o seu próprio 21 Direção Horizontal
formato criado através do gerenciador 22 Ângulo Vertical
de formatos do Survey Office. 31 Distância inclinada
[ENVIAR] Início da transmissão. 32 Distâmcia Horizontal
Exemplo: 33 Diferença de cota
Na opção "MEDIÇÕES" da configuração de dados, 41-49 Códigos e atributos
um conjunto de dados pode ser exibido da seguinte 51 ppm [mm]
maneira: 58 Constante do prisma
11....+00000D19 21.022+16641826 81-83 (E, N, H) do ponto alvo
22.022+09635023 31..00+00006649 84-86 (E, N, H) da estação
87 Altura do prisma
58..16+00000344 81..00+00003342
88 Altura do instrumento.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 94 Transferência de dados


Info Sistema
Exibe informações importantes e configura a data e [SOFTW] O programa do instrumento é composto
a hora. por pacotes de programas diferentes.
As versões variam conforme o pacote
• Bateria
adquirido.
Quantidade disponível de bateria (p. ex.. 40%).
Sist-Operacional: Sistema
• Temp. do Instrum. operacional
Temperatura do instrumento.
Programas: Aplicativos,funções
• Data e menu
Exibe a data corrente. Layout: Telas do usuário
• Hora
Exibe a hora corrente.
[DATA] Altera o formato de exibição da data.
Formato: Existem três formatos
disponíveis:
• DD.MM.YYYY
• MM.DD.YYYY
• YYYY.MM.DDT
Data: Entrada da data
[HORA]Configurar a hora.

Info Sistema 95 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Cuidados e Armazenamento
Para o campo
Transporte
Ao transportar o equipamento, use sempre a emba-
lagem de transporte original da Leica Geosystems
(estojo de transporte e caixa de papelão).

! Após um longo período de armazenagem


ou transporte do instrumento, realize sempre os
ajustamentos de campo indicados neste manual,
antes de utilizá-lo.

TC400Z89

Ao transportar o equipamento para o campo, certi-


fique-se de que:
• carrega o instrumento na maleta original, ou
• carregue o tripé com as pernas abertas sobre
os ombros, mantendo o equipamento na
posição vertical.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 96 Cuidados e Armazenamento


Dentro de veículos
Nunca transporte o instrumento solto dentro de
Armazenamento
veículos.
O instrumento pode ser danificado por choques e
vibrações. É por isso que ele deve ser acondicio-
nado e transportado corretamente no seu estojo.
Remessas
Para transportar o instrumento por via área,
ferroviária, fluvial ou marítima, use o pacote
original da Leica Geosystems (estojo de transporte
e caixa de papelão) ou outro pacote adequado, a fim
de proteger o instrumento contra choques e
vibrações.

TC400Z90

! Ao armazenar o instrumento, principal-


mente sob o sol e no interior de um veículo, leve em
consideração as temperaturas máxima e mínima de
armazenagem suportadas por ele.
Utilize também o estojo de transporte, ao arma-
zenar o instrumento dentro de edificações (de
preferência, em locais seguros).

Cuidados e Armazenamento 97 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Limpeza

TC400Z91

! Se o instrumento estiver molhado, TC400Z92


mantenha-o fora do estojo. Passe um pano, limpe e
seque o instrumento (a uma temperatura não supe- ! Objetiva, lente e prisma:
• Sopre a poeira das lentes e dos prismas.
rior a 40 °C/ 108°F), o estojo de transporte, as • Nunca toque no vidro com os dedos.
partes de espuma e os acessórios. Coloque o • Use somente panos limpos e macios para a
instrumento no estojo somente quando ele estiver limpeza. Se necessário, umedeça o pano com
completamente seco. álcool puro.
Ao utilizar o instrumento no campo, não esqueça de Não use quaisquer outros líquidos; eles podem
manter o estojo fechado. atacar os componentes de polímero do instrumento.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 98 Cuidados e Armazenamento


! Prismas embaçados
Os prismas refletores que estejam em temperaturas Verificação e ajustamento
inferiores as do ambiente, tendem a embaçar. Tripé
Nesse caso, não é suficiente apenas limpá-los com
um pano. Mantenha-os durante algum tempo dentro
do seu casaco ou no interior do seu carro, a fim de
que eles se ajustem a temperatura ambiente.

! Cabos e plugs
Mantenha os plugs limpos e secos. Limpe toda a
sujeira dos plugs dos cabos.

TC400Z93

As conexões entre os componentes de metal e de


madeira devem estar sempre firmes e apertadas.
• Aperte os parafusos Allen (2) moderadamente,
de tempos em tempos, se necessário.
• A mesma chave também pode ser usada para
ajustar as juntas articuladas, situadas na base
do tripé (1). Aperte-as apenas o suficiente para
manter as pernas do tripé abertas, ao erguê-lo
do chão.

Cuidados e Armazenamento 99 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Nível circular Nível circular da base nivelante

TC400Z95

Nivele o instrumento e, em seguida, remova-o da


TC400Z94 base nivelante. Se a bolha não estiver centrada,
Nivele o instrumento utilizando o nível eletrônico. A ajuste-a utilizando as chaves de ajustamento, em
bolha deve estar centrada. Se ela não estiver conjunto com os dois parafusos de ajustamento.
centrada, utilize a chave de ajuste fornecida com o Gire os parafusos de ajustamento:
instrumento, a fim de centrá-la girando os parafusos • para a esquerda: a bolha se aproxima do
de ajuste. parafuso
Nenhum parafuso deve ser afrouxado, após realizar • para a direita: a bolha se afasta do parafuso.
o ajustamento. Nenhum parafuso deve ser afrouxado, após
realizado o ajustamento.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 100 Cuidados e Armazenamento


Prumo a laser
O prumo a laser está integrado ao eixo vertical do
instrumento. Em circunstâncias normais, não é
necessário regular o laser do instrumento. Caso
seja necessário um ajustamento, devido a influên-
cias externas, o instrumento deve ser enviado a
qualquer departamento de serviços da Leica.
Verificação girando o instrumento 360°:
1. Instale o instrumento no tripé, a aproximada-
mente 1.5 m do solo e nivele-o.
2. Ative o prumo a laser e assinale o centro da
marca vermelha.
3. Gire o instrumento lentamente de 360° e
TC400Z96
observe a marca vermelha.
A dimensão do laser pode variar conforme a super-
A verificação do prumo a laser deve ser realizada
fície e a luminosidade. A uma distância de 1.5 m,
em uma superfície lisa, brilhante e plana (ex: sobre
deve ser estimado um valor de diâmetro médio igual
uma folha de papel).
a 2.5 mm.
Se a marca do laser realizar claramente um movi-
O diâmetro máximo do movimento circular do centro
mento circular ou se o centro do ponto se afastar
da marca do laser não deve exceder 3 mm, para
mais de 3 mm do primeiro ponto assinalado, é
uma distância igual a 1.5 m.
necessário ajustar o equipamento. Contate o depar-
tamento de serviços da Leica mais próximo.

Cuidados e Armazenamento 101 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


EDM sem refletor visto através da luneta. Por isso observe o alvo
O raio laser usado nas medição sem refletor está olhando-o um pouco acima da luneta ou um pouco
posicionado coaxialmente na linha de visada da ao lado da luneta.
luneta, e emerge da objetiva. Se o instrumento Se o raio iluminar a cruz, o ajuste da precisão foi
estiver bem ajustado, o raio laser coincidirá com a atingido;
linha de visada da luneta. Influências externas tais se ele estiver fora dos limites da cruz, a direção do
como, choques ou variações de temperatura raio deve ser ajustada.
elevadas podem deslocar o raio em relação a linha Se no lado mais reflexivo do alvo o raio estiver muito
de visada. brilhante, use o lado branco para realizar a

! A direção do raio deve ser verificada, antes


de serem realizadas medições de distâncias
inspeção.

precisas, pois um desvio excessivo do raio laser em


relação a linha de visada pode resultar em
medições de distância imprecisas.
Inspeção
Um alvo é fornecido. Instale-o entre cinco a vinte
metros de distância, com o lado reflexivo (cinza)
voltado para o instrumento. Altere a luneta para a
face II. Ligue o raio laser ativando a função do ponto
laser. Use o retículo da luneta para alinhar o instru-
mento com o centro do alvo e, em seguida, verifique
TC400Z97
no alvo a posição do raio laser. O raio não pode ser

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 102 Cuidados e Armazenamento


Ajustando a direção do raio
Retire os parafusos dos locais de ajustamento, situ-
ados na parte superior da luneta.
Para corrigir a altura do raio, insira a chave de fenda
no local de ajustamento situado atrás e gire-a no
sentido horário (o raio refletido no alvo se deslocará
obliquamente para cima) ou anti-horário (o raio
refletido no alvo se deslocará obliquamente para
baixo).
Para corrigir lateralmente o raio, insira a chave de
fenda no local de ajustamento frontal e gire-a no
TC400Z98
sentido horário (o raio se desloca para a direita) ou
anti-horário (o raio se desloca para a esquerda).

! Durante o processo de ajustamento,


mantenha a luneta apontada para o alvo.

! Após realizado o ajustamento, recoloque os


parafusos nos locais de ajustamento para preveni-
los contra a umidade e sujeira.

TC400Z99

Cuidados e Armazenamento 103 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Carregando as baterias
 AVISO:
Use os carregadores de baterias em
ambiente seco e nunca ao ar livre. Carregue as
baterias em condições de temperatura entre 0°C a
+35°C (32°F a 95°F). Para armazenagem das bate-
rias, é recomendável temperaturas entre 0°C e
+20°C (32°F e 68°F).

! Use somente as baterias, carregadores e


acessórios recomendados pela Leica Geosystems. TC400Z100

! Para obter a capacidade máxima das bate-


rias, é importante carregar e descarregar 3 a 5
O seu instrumento Leica Geosystems é operado
com baterias recarregáveis removíveis. Para os
vezes por completo as baterias novas GEB111/121. equipamentos TC(R)403/405/407/410
recomenda-se o uso de baterias do tipo GEB111 ou
GEB121.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 104 Cuidados e Armazenamento


GKL111 Carregador: Carregador GKL122:
.

TC400Z102

1) Cabo de ligação ao veículo


TC400Z101
2) Carregador GKL122
1) Carregador de bateria GKL111 3) Placa adaptadora GDI121
2) Cabo de conexão elétrico 4) Cabos de carregamento
3) Cabo de conexão para veículos 5) Cabo de rede

O GKL111 carrega baterias GEB111 e GEB121. Ele Com o carregador Profissional (GKL122) é possível
pode ser conectado à rede elétrica ou pode ser carregar até quatro baterias. O carregamento pode
alimentado através do acendedor de cigarros de ser feito tanto pela rede elétrica (de 230V ou 115V),
veículos.(12V). como através do acendedor de cigarros do veículo
(12V ou 24V). Ele poderá carregar simultaneamente
duas baterias Pro / Basic e duas baterias com
tomadas de 5 pinos ou, utilizando a placa adapta-

Cuidados e Armazenamento 105 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


dora (GDI121), quatro baterias Pro / Basic. Para Quando a lâmpada torna-se verde, a bateria está
obter maiores informações sobre o uso do carre- carregada e pode ser removida do carregador.
gador, consulte o manual de instruções do carre- Insira a bateria carregada no instrumento. Verifique
gador. a polaridade correta (de acordo com as indicações
Conecte o carregador de bateria GKL111/122 ao no compartimento de bateria do instrumento).
cabo de conexão elétrico ou ao cabo de conexão
para veículos.
Insira a bateria GEB111/121 no carregador, de
modo que o contato metálico do carregador e da
bateria se toquem e a bateria seja adequadamente
fixada.
O processo de carregamento é indicado através de
uma luz verde contínua.

TC400Z104

Coloque o estojo da bateria, com a bateria carre-


gada, no instrumento. A partir daí, o instrumento
estará pronto para as medições e poderá ser ligado.

TC400Z103

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 106 Cuidados e Armazenamento


Instruções de segurança
As instruções de segurança a seguir procuram
capacitar a pessoa responsável pela TC(R)403/405/ Uso do instrumento
407/410 , e os usuários que utilizam o instrumento Usos permitidos
a antecipar e evitar riscos operacionais. As Estações Totais eletrônicas podem ser usadas
A pessoa responsável pelo instrumento deve veri- nas seguintes aplicações:
ficar se todos os usuários estão cientes dessas • Medições de ângulos horizontais e verticais
instruções. • Medições de distâncias
• Gravação das medições
• Cálculos realizados por programas aplicativos
• Verificação dos eixos verticais (com prumo a laser)
• Visualização da direção visada (com a luz guia
EGL)
Usos indevidos
• Utilização do instrumento sem instrução
• Utilização além dos limites permitidos
• Desativação dos sistemas de segurança
• Remoção dos avisos de perigo

Instruções de segurança 107 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


• Abertura do instrumento com o uso de ferra- riscos e como contorná-los. As Estações Totais não
mentas (chaves de fenda, etc.), a menos que devem ser operadas por pessoas que não tenham
especificado para determinadas funções sido bem instruídas sobre o modo de utilizá-las.
• Modificações ou conversões do instrumento
• Utilização após apropriação indevida Limites de uso
• Utilização de acessórios de outros fabricantes
Ambiente:
sem autorização expressa da Leica Geosys-
Adequado para uso em ambientes apropriados para
tems
habitação humana permanente, não devendo ser
• Visada direta para o sol
utilizado em ambientes agressivos ou explosivos. É
• Posicionamento do instrumento em lugares
permitido o uso do instrumento na chuva.
inadequados (ex.: durante levantamentos em
Consulte o tópico "Dados técnicos".
rodovias, etc.)
• Controle de máquinas, objetos em movimento
ou similares, através do sistema de reconheci-  PERIGO:
A pessoa responsável pelo instrumento
mento automático de alvo ATR deverá entrar em contato com as autoridades locais
• Ofuscamento deliberado de terceiros responsáveis pela segurança, assim como com


especialistas em segurança, antes de trabalhar em
AVISO:
zonas onde exista perigo de explosão ou onde as
O uso indevido do instrumento pode causar
condições ambientais ultrapassem os valores de
danos, mal funcionamento ou desempenho fora das
funcionamento normal. Deverá ainda utilizar um
especificações. É tarefa da pessoa responsável
carregador de bateria que possa ser fechado de
pelo instrumento informar ao usuário sobre os
modo a evitar a abertura acidental do comparti-
mento.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 108 Instruções de segurança


Responsabilidade da pessoa responsável pelo
Responsabilidades instrumento:


Responsabilidades do fabricante do equipa-
AVISO:
mento original Leica Geosystems AG, CH-9435
A pessoa responsável pelo instrumento
Heerbrugg (aqui tratada como Leica Geosys-
deve certificar-se de que o mesmo seja usado
tems):
conforme as instruções. Essa pessoa também é
A Leica Geosystems é responsável pelo forneci-
responsável pelo treinamento e seleção do pessoal
mento do produto, incluindo o manual do usuário e
que irá utilizar o instrumento e pela segurança do
os acessórios originais, em condições absolutas de
mesmo quando em uso.
segurança.
A pessoa responsável pelo instrumento tem as
! Responsabilidades dos fabricantes de
acessórios que não sejam da marca Leica
seguintes funções:
• Entender as instruções de segurança do
Geosystems: produto e as instruções do manual do usuário.
Os fabricantes de acessórios para a Estação Total • Estar familiarizado com os regulamentos locais
TC(R)403/405/407/410 que não sejam da marca relacionados à prevenção de acidentes.
Leica Geosystems, são responsáveis pelo • Informar imediatamente à Leica Geosystems se
desenvolvimento, implementação e difusão dos o equipamento tornar-se perigoso.
procedimentos para segurança de seus produtos.
Também são responsáveis pela eficácia dos
procedimentos de segurança em conjunto com os
produtos da Leica Geosystems.

Instruções de segurança 109 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Riscos de uso  AVISO:
Se o carregador for aberto, uma das


seguintes ações pode resultar em um choque elétrico:
AVISO:
A falta de instrução ou a instrução inade- • Tocar em componentes elétricos;
• Usar o carregador após a realização de reparos
quada, pode levar a usos incorretos ou adversos, o
incorretos.
que pode aumentar o risco de acidentes com conse-
qüências humanas, materiais, financeiras e ambien- Precauções:
tais. Não tente abrir o carregador. Somente um técnico
autorizado da Leica está habilitado a repará-lo.
Precauções:
Todos os usuários devem seguir as instruções de
segurança fornecidas pelo fabricante, bem como as
 PERIGO:
Devido a riscos de eletrocutação, é muito
instru-ções da pessoa responsável pelo instru- perigosa a utilização de bastões e extensões nas
mento. proximidades de instalações elétricas, tais como
cabos de alta tensão ou ferrovias eletrificadas.
 AVISO:
O carregador de baterias não deve ser Precauções:
usado em condições de umidade ou chuvas fortes. Mantenha-se a uma distância segura das insta-
O usuário poderá levar um choque elétrico, caso a lações elétricas. Se for necessário trabalhar nesses
locais, contate as autoridades de segurança
umidade penetre no carregador.
responsáveis pelas instalações elétricas e siga as
Precauções: suas instruções.
Use o carregador somente em ambientes fechados
e em lugares secos. Proteja-o da umidade. Não
utilize o carregador caso ele esteja úmido.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 110 Instruções de segurança


 AVISO:
Nos levantamentos realizados durante
mentos para prevenção de acidentes e os regula-
mentos relacionados às condições de tráfego.
temporais, os utilizadores estão sujeitos aos raios.
Precauções:  CUIDADO:
Se forem utilizados prismas luminosos em
Não realize levantamentos durante temporais. conjunto com o instrumento, a temperatura da

 CUIDADO:
Tome cuidado para não apontar o instru-
superfície luminosa pode atingir valores elevados
após um longo período de trabalho. Isso pode gerar
mento na direção do sol, pois as funções de acidentes, caso o usuário venha a tocá-la. As
telescópio da lente podem ferir os seus olhos ou substituições das lâmpadas, antes delam se resfri-
danificar os componentes internos do instrumento arem, pode queimar as mãos e os dedos do usuário.
EDM e EGL. Precauções:
Precauções: Utilize protetores apropriados, tais como luvas,
Não aponte a luneta diretamente para o sol. antes de tocar as lâmpadas ou espere as lâmpadas
esfriarem.
 AVISO:
Condições de segurança inadequadas na  AVISO:
área de levantamento, como por exemplo nas áreas Se forem usados em campos computa-
de tráfego, construção e instalações industriais, dores fabricados para uso em ambientes fechados,
podem levar a situações perigosas. existe o perigo de choque elétrico.

Precauções: Precauções:
Certifique-se sempre de que a área de levanta- Siga as instruções fornecidas pelo fabricante do
mento está adequadamente segura. Siga os regula- computador em relação ao uso desse equipam-

Instruções de segurança 111 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


mento em campo, em conjunto com os instrumentos • O emprego irresponsável do instrumento pode
da Leica Geosystems. fazer com que pessoas não autorizadas o
utilizem, expondo elas mesmas, além de
 CUIDADO:
Durante o transporte ou a utilização de
terceiros, a riscos de ferimentos graves e
contaminação do ambiente.
baterias carregadas, existe a possibilidade da ocor-
• O vazamento do óleo de silicone do compen-
rência de fogo, devido a influências mecânicas inad-
sador pode danificar os componentes óticos e
equadas.
eletrônicos do instrumento.
Precauções:
Precauções:
Antes de transportar o equipamento, descarregue
Utilize o equipamento apropriadamente, de acordo
as baterias (ex. ligue o instrumento no modo
com os regulamentos do seu país. Dificulte sempre
rastreamento até que as baterias se descarreguem
o acesso de pessoas não autorizadas ao equipa-
ou descarregue-as).
mento.

 AVISO:
Se o equipamento for utilizado indevida-  CUIDADO:
Se os acessórios utilizados com o instru-
mente, poderá ocorrer o seguinte:
mento não estiverem adequadamente seguros e o
• Se as partes de polímero forem queimadas,
instrumento estiver sujeito a choques mecânicos
serão produzidos gases venenosos, prejudi-
(e.x. batidas, quedas, etc.), ele poderá ser danifi-
ciais a saúde. cado ou as pessoas poderão se machucar.
• Se as baterias forem danificadas ou super
aquecidas, elas poderão explodir causando Precauções:
envenenamento, queimaduras, corrosões e Ao instalar o instrumento, certifique-se de que os
contaminação ambiental. acessórios (ex. tripé, base nivelante, cabos, etc.)

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 112 Instruções de segurança


estão corretamente adaptados, seguros, ajustados
e presos às suas posições. Evite submeter o instru-
mento a choques mecânicos. Nunca manuseie o
instrumento na base do tripé sem apertar correta-
mente o parafuso do tripé.
Se o parafuso do tripé não estiver em boas
condições, remova imediatamente o instrumento do
tripé.

 CUIDADO:
Esteja atento a possibilidades de medições
de distâncias erradas, caso o instrumento esteja
com defeito, tenha sofrido uma queda, tenha sido
mal utilizado ou alterado.
Precauções:
Realize testes de medições periódicos e faça os
ajustamentos de campo indicados no manual do
usuário, principalmente se o instrumento for
utilizado em circunstâncias anormais e antes de
medições de extrema importância.

Instruções de segurança 113 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Os produtos laser Classe 1/I oferecem segurança
Classificação do laser sob condições de operação previstas, não prejudi-

 CUIDADO:
As reparações do equipamento deverão ser
cando os olhos, desde que os produtos sejam
usados e conservados de acordo com as
sempre e unicamente feitas em oficinas de instruções.
assistência técnica aprovadas pela Leica Geosys-
tems.
EDM embutido (laser infravermelho)
O módulo de EDM embutido na Estação Total
produz um feixe de raios infravermelho, o qual
emerge da objetiva da luneta.
Esse produto corresponde a um produto LED
Classe 1, de acordo com:
TC400Z105
• IEC 60825-1:1993 "Proteção a radiação de
produtos a laser". a) Saída do raio infravermelho (invisível)
• EN 60825-1:1994 + A11:1996 "Proteção a radi-
ação de produtos a laser".
Esse produto corresponde a um produto laser Produto laser de Classe 1
Classe 1, de acordo com:
conforme norma IEC 60825-1:1993
• FDA 21CFR Ch.I §1040: 1988 (US Department
of Health and Human Service, Code of Federal
Regulations).

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 114 Instruções de segurança


Etiquetas

TC400Z106

Divergência do feixe: 1.8 mrad


Duração do impulso: 800 ps
Poder de radiação máx.: 0.33 mW
Poder de radiação máximo por pulso: 4.12 mW
Imprecisão na medida: ± 5%

Instruções de segurança 115 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


EDM embutido (Laser visível) 2. O taqueómetro com distanciómetro da classe
As an alternative to the infrared beam, the EDM de equipamentos laser 2 ou II, identificável
incorporated into the total station produces a visible através:
red laser beam which emerges from the telescope • da placa de características no comparti-
objective. mento da bateria sem a indicação "+ Reflec-
torless Ext. Range".
 AVISO:
Existem duas variantes de distanciómetros
• de um aviso aposto por baixo do comparti-
mento da placa de memória "Classe de
com laser visível: equipamentos laser 2" e "Class II LASER
1. O taqueómetro com distanciómetro da classe PRODUCT".
de equipamentos laser 3R ou IIIa, identificável
Produtos com um distanciómetro integrado da
através:
classe de equipamentos laser 3 R ou IIIa.
• da placa de características no comparti-
mento da bateria com a indicação "+ Reflec- O produto corresponde à classe de equipa-
torless Ext. Range". mentos laser 3R, em conformidade com:
• de um dispositivo de aviso do raio laser • IEC 60825-1 (2001-08) : "Segurança de
(díodo) no lado da ocular da tampa da aparelhos laser"
luneta. O produto corresponde à classe de equipa-
• de um aviso aposto por baixo do comparti- mentos laser IIIa, em conformidade com:
mento da placa de memória "Classe de • FDA 21CFR Ch.I §1040 : 1988 (US Department
equipamentos laser 3R" e "Class IIIa of Health and Human Service, Code of Federal
LASER PRODUCT". Regulations).

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 116 Instruções de segurança


Produtos da classe de equipamentos laser 3R / o laser ligado (modo de operação ponteiro laser ou
IIIa: medição de distâncias), não olhe através ou ao lado
É perigoso olhar directamente para o raio. Proteja da mira de visada para objectos reflectores. Os
os olhos da radiação directa. A potência do laser prismas só podem ser visados se a observação se
não ultrapassa o quíntuplo dos valores-limite da fizer através da luneta.
classe de equipamentos laser 2 / II na gama de
comprimentos de onda entre 400nm e 700nm.  AVISO:
Ao serem utilizados equipamentos laser da

 AVISO:
É perigoso olhar directamente para o raio
classe 3R / IIIa existe o perigo de lesões.
Precauções:
deste laser. De modo a evitar o perigo é imprescindível que
Precauções: todos os utilizadores cumpram as medidas de
Não olhe para o raio nem o aponte para outras segurança e sigam as indicações da norma
pessoas. O mesmo se aplica para o raio reflector. IEC60825-1 (2001-08), dentro das distâncias de
segurança*), em especial "Secção principal três -
 AVISO:
Olhar directamente para o raio deste laser é
directrizes a seguir pelo utilizador".
perigoso para os olhos quando são visadas superfí-
cies muito reflectoras ou que dêem origem a Segue-se uma interpretação das disposições mais
reflexões inadvertidas (por ex., prismas, espelhos, importantes da secção da norma acima referida.
superfícies metálicas, janelas). Os equipamentos laser da classe 3R utilizados em
Precauções: estaleiros de obras ou ao ar livre (medição, alinha-
Não vise superfícies que sejam muito reflectoras ou mento, nivelamento):
que dêem origem a reflexões inadvertidas. Estando

Instruções de segurança 117 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


a) a montagem, o ajuste e a operação do equipa- f) os equipamentos laser que não estejam a ser
mento laser devem ser exclusivamente feitos utilizados devem ser guardados em locais que
por utilizadores qualificados e com formação não sejam acessíveis por pessoas não autor-
adequada. izadas.
b) as áreas em que estes lasers sejam utilizados g) devem ser tomadas medidas de precaução que
deverão estar identificadas com um aviso assegurem que o raio laser não incida inadverti-
adequado a assinalar a utilização de equipa- damente em superfícies muito reflectoras ou
mentos laser. que dêem origem a reflexões inadvertidas (por
c) deverão ser tomadas medidas de precaução ex., espelhos, superfícies metálicas, janelas).
com vista a assegurar que as pessoas não Devem sobretudo ser evitadas superfícies
olham directamente para o raio, nem mesmo espelhadas planas e côncavas.
através de instrumentos ópticos. *) Como distância de segurança é considerada
d) no fim da sua trajectória programada deve ser qualquer distância em relação ao laser em que
fechado. Deve, sobretudo, ser fechado se a a intensidade de radiação ou a radiação se situe
trajectória perigosa do raio ultrapassar a área abaixo do valor-limite a que, normalmente, as
(distância de segurança *)) em que é feita a pessoas podem ser expostas sem que ocorram
vigilância e o controlo da permanência e activ- danos.
idades das pessoas no sentido de as proteger Em produtos com distanciómetro integrado da
do perigo que representa o raio laser. classe de equipamentos laser 3R ou IIIa, esta
e) sempre que tal seja possível, a trajectória do distância de segurança é de 1000 m (3300 pés). A
raio laser deverá situar-se bastante acima ou esta distância, o raio laser corresponde à classe de
abaixo do nível dos olhos. equipamentos laser 1 (= não é perigoso olhar
directamente para o raio laser).

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 118 Instruções de segurança


Labelling

Radiação Laser
Impedir a exposição directa nos olhos
Produto laser de Classe 3R
conforme norma
IEC 60825-1 (2001-08)
P0 ≤ 4.75 mW
λ = 620 - 690 nm

TC400Z107

Instruções de segurança 119 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


• EN 60825-1:1994 + A11:1996 "Proteção a radi-
ação de produtos a laser"
Esse produto corresponde a um produto a laser
Classe II, de acordo com:
• FDA 21CFR Ch.I §1040: 1988 (US Department
of Health and Human Service, Code of Federal
Regulations)
Produtos a laser classe 2/II:
Não olhe diretamente para o raio e nem aponte-o
TC400Z108
para outras pessoas sem motivo. Normalmente os
a) Saída do raio laser (visível)
olhos podem ser protegidos fechando-os rapida-
Divergência do feixe: 0.15 x 0.35 mrad mente ou virando-se o corpo.
Duração do impulso:
Poder de radiação máx.:
800 ps
4.75 mW  AVISO:
Pode ser perigoso olhar diretamente para o
Poder de radiação máximo por pulso: 59.4 mW raio utilizando equipamentos óticos (ex, binóculos e
Imprecisão na medida: ± 5%
lunetas).
Precauções:
Produtos com distanciómetro integrado da Não olhe diretamente para o raio utilizando equipa-
classe de equipamentos laser 2 ou II mentos óticos.
Esse produto corresponde a um produto a laser
Classe 2, de acordo com:
• IEC 60825-1:1993 "Proteção a radiação de
produtos a laser"

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 120 Instruções de segurança


Classificado

Radiação Laser
Não olhar para o raio luminoso
Produto laser de Classe 2
conforme norma
IEC 60825-1:1993
P0 ≤ 0.95 mW
λ = 620 - 690 nm

2 1/4s

TC400Z109

Instruções de segurança 121 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Divergência do feixe: 0.15 x 0.35 mrad Luz guia EGL
Duração do impulso: 800 ps A opção Luz Guia embutida produz um feixe de luz
LED visível, que emerge da parte superior frontal da
Poder de radiação máx.: 0.95 mW
luneta.
Poder de radiação máximo por pulso: 12 mW
Esse produto corresponde a um produto LED
Imprecisão na medida: ± 5% Classe 1*, de acordo com:
• IEC 60825-1:1993 "Proteção a radiação de
produtos a laser".
• EN 60825-1:1994 + A11:1996 "Proteção a radi-
ação de produtos a laser".
*) dentro do intervalo de trabalho especificado
> 5 m (> 16 pés).
Os produtos LED Classe 1 oferecem segurança sob
condições de operação previstas, não prejudicando
os olhos, desde que os produtos sejam usados e
TC400Z110 conservados de acordo com as instruções.


a) Saída do raio laser (visível) CUIDADO:
Use a opção Luz Guia dentro do intervalo
especificado (para uma distância > 5 m (> 16 pés),
medida a partir da luneta).

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 122 Instruções de segurança


Produto LED de Classe 1

conforme norma IEC 60825-1:1993

TC400Z111

LED Pisca-pisca Vermelho Amarelo


Divergência do feixe: 2.4 ° 2.4 ° TC400Z112

Duração do impulso: 2 x 105 ms 105 ms 1) Saída do LED vermelho


Poder de radiação máximo: 0.28 mW 0.47 mW
2) Saída do LED amarelo
Poder de radiação máx. por
pulso: 0.75 mW 2.5 mW

Imprecisão na medida: ± 5% ± 5%

Instruções de segurança 123 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Prumo a laser
O prumo a laser, embutido nas Estações Totais,
produz um raio laser visível, que emerge da parte
inferior do instrumento.
Esse produto corresponde a um produto a laser
Classe 2, de acordo com:
• IEC 60825-1:1993 "Proteção a radiação de
produtos a laser".
• EN 60825-1:1994 + A11: 1996 "Proteção a radi-
ação de produtos a laser".
Esse produto corresponde a um produto a laser
Classe II, de acordo com:
• FDA 21CFR Ch.I §1040: 1988 (US Department
of Health and Human Service, Code of Federal
Regulations).
Produtos a laser classe 2/II:
Não olhe diretamente para o raio e nem o aponte
para outras pessoas sem motivo. Normalmente os
olhos podem ser protegidos fechando-os rapida-
mente ou virando-se o corpo.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 124 Instruções de segurança


Etiquetas

2 1/4s

TC400Z113

Radiação Laser
Não olhar para o raio luminoso
Produto laser de Classe 2
conforme norma IEC 60825-1:1993
P0 ≤ 0.95 mW
λ = 620 - 690 nm

Instruções de segurança 125 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Divergência do raio 0.16 x 0.6 mrad Aceitabilidade eletromagnética
Duração do raio c.w.
O termo "aceitabilidade eletromagnética" é usada
Poder de radiação máx.: 0.95 mW
para definir a capacidade do instrumento de apre-
Poder de radiação máximo por pulso: n/a sentar um bom funcionamento em ambientes nos
Imprecisão na medida ± 5% quais existam radiações eletromagnéticas e
descargas elétricas, sem causar interferências
eletromagnéticas em outros equipamentos.

 AVISO:
As radiações eletromagnéticas podem
causar interferências em outros equipamentos.
Embora a Estação Total siga rigorosamente as
regulamentações e padrões que regulamentam
este assunto, a Leica Geosystems não pode excluir
completamente a possibilidade de ocorrerem inter-
ferências em outros equipamentos.

TC400Z114

1) Raio laser (visível)


2) Saída do raio laser (visível)

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 126 Instruções de segurança


 CUIDADO:
Existe a possibilidade de ocorrências de
Embora a Estação Total satisfaça os regulamentos
e os padrões de uso, a Leica Geosystems não pode
interferências em outros equipamentos, se a excluir completamente a possibilidade de que ela
Estação Total for usada em conjunto com possa sofrer interferências causadas por radiações
acessórios de outros fabricantes (e.x. computa- eletromagnéticas muito intensas, próximas de
dores de campo, computadores pessoais, rádios transmissores de rádio, walkie-talkies, geradores a
portáteis, cabos não padronizados, baterias diesel e cabos de energia.
externas, etc.). Verifique a confiabilidade dos resultados obtidos
Precauções: sob essas circunstâncias.
Use o equipamento somente com os acessórios da
Leica Geosystems. O uso dos acessórios Leica  AVISO:
Se a Estação Total for operada com cabos
Geosystems em conjunto com a Estação Total conectados a apenas uma de suas extremidades
garantem que todos os regulamentos e padrões de (e.x. cabos de bateria externa, cabos de comuni-
uso estejam assegurados. Ao utilizar computadores cação, etc.), o nível permitido de radiação eletro-
e rádios portáteis, leia com atenção as informações magnética pode ser excedido, fazendo com que o
fornecidas pelos fabricantes em relação a aceitabi- funcionamento adequado de outros equipamentos
lidade eletromagnética. seja prejudicado.

 CUIDADO:
As interferências causadas por radiações
Precauções:
Enquanto a Estação Total estiver em uso, os cabos
eletromagnéticas podem resultar em medições que (e.x. do instrumento para a bateria externa, do
excedam os limites de tolerância. instrumento para o computador, etc.) devem ter as
duas extremidades conectadas.

Instruções de segurança 127 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


• Oriente novamente a antena de recebimento ou
Regulamento FCC (aplicável ao mude-a de posição.
U.S.A.) • Aumente a separação entre o equipamento e o
receptor.
 AVISO:
Este equipamento foi testado e classificado
• Conecte o equipamento a uma saída de circuito
diferente daquele no qual o receptor está
dentro dos limites da Classe B de dispositivos digi- conectado.
tais, de acordo com a cláusula 15 das leis FCC. • Consulte o seu revendedor ou um técnico expe-
Esses limites garantem uma proteção razoável riente de rádio/TV para obter auxílio.
contra interferências nocivas em instalações resi-
denciais. Este equipamento gera, usa e pode irra-
diar freqüências de energia. Se ele não for instalado
 AVISO:
As alterações ou modificações não apro-
e utilizado de acordo com as instruções, poderá vadas expressamente pela Leica Geosystems,
causar interferências prejudiciais às comunicações poderão invalidar a autoridade do usuário na
de rádio. No entanto, não existe garantia de que não operação do equipamento.
ocorrerão interferências em uma determinada insta-
lação.
Se este equipamento vier a causar interferências
nocivas às ondas de rádio ou televisão, o que pode
ser evidenciado ao ligar e desligar o equipamento, o
usuário é encorajado a corrigir essa interferência
aplicando uma ou mais das seguintes medidas:

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 128 Instruções de segurança


Etiquetas:

This device complies with part 15 of the FCC


Rules. Operation is subject to the following two
conditions: (1) This device may not cause harm-
ful interference, and (2) this device must accept
any interference received, including interference
that may cause undesired operation.

TC400Z115$

Instruções de segurança 129 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Dados técnicos
Luneta TC(R)407 ...................................... 7" (2 mgon)
• Giro completo Aumento: ............................ 30x TC(R)410 ................................. 10" (3 mgon)
• Imagem: .................................................. direta • Resolução exibida
• Abertura livre da objetiva: ..................... 40 mm gon........................................................ 0.0005
• Distância mínima de 360d...................................................... 0.0005
focagem: ..................................1.7 m (5.6 pés) 360s ..............................................................1"
• Foco: .......................................................... fino mil ............................................................. 0.01
• Campo de vista: ...................1°30' (1.7 grados) Sensibilidade do nível eletrônico
• Campo de vista da luneta a 100 m. ........ 2.6 m • Nível circular: ...................................... 6'/2 mm
Medição de ângulo Compensador
• absoluto, contínuo • Compensador líquido nos dois eixos.
• Atualização a cada 0.3 segundos • Resolução .................................. ±4' (0.07 gon)
• Seleção de unidades. • Precisão ......................................................
360° sexagesimal, 400grados, TC(R)410 ........................... 3" (1.0 mgon)
360° decimais, 6400 mil, V%, ±V TC(R)407 .............................. 2" (0.7 mgon)
• Desvio de precisão normalizado em Hz, V TC(R)405 ........................... 1.5" (0.5 mgon)
(valores de precisão de acordo com a norma TC(R)403 .............................. 1" (0.3 mgon)
ISO 17123-3)
TC(R)403 ...................................... 3" (1 mgon)
TC(R)405 ................................... 5" (1.5 mgon)

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 130 Dados técnicos


Prumo a laser Dimensões
• Localização: ........................ no eixo vertical do • Instrumento: .....................................................
...................................................... instrumento Altura (incluindo a base nivelante e a alça de
• Precisão: ......................... Desvio em relação à transporte):
................................... linha de prumo: 1.5 mm - com a base nivelante GDF111 ......................
................................ (2 sigma) com uma altura ............................................... 360 mm ± 5 mm
.................................. do instrumento de 1,5 m Largura: .............................................. 150 mm
• Diâmetro do ponto laser........... 2.5 mm / 1.5 m Comprimento: ..................................... 145 mm
Teclado • Estojo de transporte:............ 468x254x355mm
• Ângulo de inclinação:..................................70° ............................................................ (LxBxH)
• Segundo teclado opcional Peso
Visor (incluindo a bateria e a base nivelante)
• Backlit • com a base nivelante GDF111 .............. 5,2 kg
• Com aquecimento.................... (Temp. < -5°C) Altura do eixo secundário
• LCD:........................................ 280 x 160 Pixel • sem a base nivelante .......................... 196 mm
• 8 linhas de 31 caracteres • com a base
Tipo de base nivelante nivelante GDF111 .................. 240 mm ± 5 mm
• Base nivelante removível GDF111 Suprimento de energia
Diâmetro da base:......................................5/8" • Bateria GEB111: ......................................NiMh
.........................................(DIN 18720 / BS 84) Voltagem:.....................................................6V
Capacidade:.....................................2100 mAh

Dados técnicos 131 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


• Bateria GEB121: ......................................NiMh Gravação
Voltagem:.....................................................6V • Interface RS232 ........................................ sim
Capacidade:.....................................4200 mAh • Memória interna ........................................ sim
• Fornecimento externo Capacidade total .................................. 576 KB
(via interface serial) .......................... ≈ 10000 blocos de dados ou
.....................Se for usado um cabo externo, o ...................................... ≈ 16000 pontos fixos
..................... intervalo de voltagem deve estar TPS410 ............ ≈ 5000 blocos de dados ou
......................................... entre 11.5 V e 14 V. ........................................ ≈ 8000 pontos fixos
Número de medições (Ângulo + Distância)
• GEB111: ..........................................≈ 4000
• GEB121: ..........................................≈ 9000
Intervalo de temperatura
• Armazenamento: .....................-40°C to +70°C
............................................... -40°F to +158°F
• Operação: ...............................-20°C to +50°C
................................................. -4°F to +122°F
Correções automáticas
• Erro de colimação ...................................... sim
• Erro de índice vertical ................................ sim
• Curvatura da terra...................................... sim
• Refração .................................................... sim
• Inclinação................................................... sim

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 132 Dados técnicos


Medição de distância (CP: infravermelho)
Intervalo: (medição normal e rápida)
• Tipo ........................................... infra-vermelho
Prisma 3 prismas Prisma Prisma Mini 360° Mini
• Comprimento da onda ...................... 0.780 µm 60mm x
padrão (GPH3) 360° prisma prisma
• Sistema 60mm
de medição ................ Sistema de freqüências 1 1800 m 2300 m 800 m 150 m 800 m 450 m
(6000 ft) (7500 ft) (2600 ft) (500 ft) (2600 ft) (1500 ft)
.................... especial Base 100 MHz 1.5 m
3000 m 4500 m 1500 m 250 m 1200 m 250 m
• Tipo de EDM ......................................... coaxial 2 (10000 ft) (14700 ft) (5000 ft) (800 ft) (4000 ft) (800 ft)
• Visor (leitura mínima).............................. 1 mm 3500 m 5400 m 2000 m 250 m 2000 m 250 m
3 (12000 ft) (17700 ft) (7000 ft) (800 ft) (7000 ft) (800 ft)
Precisão * TPS410 Intervalo:
Programa de (Desvio de precisão
medição normalizado de Tempo de (medição normal e rápida)
medição Prisma
EDM acordo com a Prisma 3 prismas Prisma Mini 360° Mini
norma ISO 17123-4) padrão (GPH3) 360° 60mm x prisma prisma
60mm
CP_Preciso 2 mm + 2 ppm <1 Seg 1000 m 1000 m 800 m 150 m 800 m 450 m
1
CP_Rápido 5 mm + 2 ppm <0.5 Seg (3500 ft) (3500 ft) (2600 ft) (500 ft) (2600 ft) (1500 ft)
5 mm + 2 ppm <0.3 Seg 1000 m 1000 m 1000 m 250 m 1000 m 250 m
Rastreamento 2 (3500 ft) (3500 ft) (3500 ft) (800 ft) (3500 ft) (800 ft)
CP Adesivo 5 mm + 2 ppm <0.5 Seg
3 1000 m 1000 m 1000 m 250 m 1000 m 250 m
(3500 ft) (3500 ft) (3500 ft) (800 ft) (3500 ft) (800 ft)
* Interrupção do raio, forte cintilação devido ao 1) Muita neblina, visibilidade de 5 km; ou sol forte com
calor e objetos móveis no trajeto do raio podem grande refração.
2) Ligeiramente enevoado, visibilidade de 20 km, algum
provocar desvios na precisão especificada. sol, com alguma cintilação no ar.
3) Nublado, sem neblina, visibilidade de 40 km, ausência
de cintilação.

Dados técnicos 133 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Medição de distância (SP: visível)
Normal: Intervalo (sem refletor)
• Tipo de laser .......................................... visível
• Comprimento de onda da portadora . 0.670 µm Condições Sem refletor Sem refletor
atmosféricas (alvo branco)* (alvo cinzento)
• Sistema
4 60 m (200 ft) 30 m (100 ft)
de medição ................ Sistema de freqüências
5 80 m (260 ft) 50 m (160 ft)
..................... especial Base 100 MHz 1.5 m
• Tipo de EDM ......................................... coaxial 6 80 m (260 ft) 50 m (160 ft)
• Visor (leitura mínima).............................. 1 mm
• Tamanho do Potência: Intervalo (sem refletor)
raio laser .................... aprox. 7x 14 mm / 20 m Condições Sem refletor Sem refletor
atmosféricas (alvo branco)* (alvo cinzento)
................................ aprox. 10 x 20 mm / 50 m
4 140 m (460 ft) 70 m (230 ft)
Medição de distância (sem prisma) 5 170 m (560 ft) 100 m (330 ft)
• Intervalo de medições:
6 >170 m (560 ft) >100 m (330 ft)
Normal ........................................ 1,5 m a 80 m
Potência .................................... 1,5 m a 300 m * Cartão cinza da Kodak para luzes refletidas
....................................... (até ao alvo 710 333) 4) Objeto em sol forte, com grande refração.
• Fiabilidade da medição indicada:..... até 760 m 5) Objeto na sombra ou céu nublado.
• Constante do prisma: .................... + 34.4 mm 6) Dia, noite e entardecer.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 134 Dados técnicos


Medição de distância (com refletor)
Precisão ** • Intervalo de medição: ......... a partir de 1000m
(Desvio de
Programa de precisão normal- • Confiabilidade da
Tempo de medição
medição EDM izado de acordo medição indicada: ........................... até 12 km
com a norma
ISO 17123-4) Normal: Intervalo (com refletor)
Dist -Curta 3 mm + 2 ppm 3.0 seg. + Condições Prisma Três
1.0 seg/10 m > 30 m atmosféricas padrão(GPR1) prismas(GPH3)
Prisma 5 mm + 2 ppm 2.5 seg. 1 1500 m (5000 ft) 2000 m (7000 ft)
Rastreio 5 mm + 2 ppm 1.0 seg.+ 2 5000 m (16000 ft) 7000 m (23000 ft)
0.3 seg/10 m > 30 m
3 > 5000 m (16000 ft) > 9000 m (30000 ft)
** Interrupção do raio, forte cintilação devido ao Potência: Intervalo (com refletor)
calor e objetos móveis no trajeto do raio podem Condições Prisma Prisma
provocar desvios na precisão especificada. atmosféricas padrão(GPR1) 60mm x 60mm
1 2200 m (7200 ft) 600 m (2000 ft)
2 7500 m (24600 ft) 1000 m (3300 ft)
3 > 10000 m (33000 ft) 1300 m (4200 ft)
1) Muita neblina, visibilidade de 5 km; ou sol forte
com grande refração
2) Ligeiramente enevoado, visibilidade de 20 km,
algum sol, com alguma cintilação no ar
3) Nublado, sem neblina, visibilidade de 40 km,
ausência de cintilação

Dados técnicos 135 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Correção atmosférica
A distância exibida só está correta se a correção de
escala indicada em ppm (mm/km) corresponder às
condições atmosféricas existentes no momento da
medição.
A correção atmosférica considera a pressão e a
temperatura do ar.
Para alcançar precisões altas nas medições de
distâncias, as correções atmosféricas devem ser
determinadas com precisão de 1 ppm, a tempera-
tura do ar com 1°C e a pressão com precisão de
3mb.

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 136 Dados técnicos


Correções atmosféricas em ppm com °C, mb, H Correção atmosférica em ppm com °F, pol Hg, H
(metros) a 60% de umidade relativa (pés) a 60% de umidade relativa.

TC400Z116 TC400Z117

Dados técnicos 137 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Fórmulas de redução O instrumento calcula a distância inclinada, a
distância horizontal e a diferença de elevação, de
acordo com as fórmulas seguintes. O coeficiente de
curvatura da terra e refração média (k = 0.13) são
considerados automaticamente. A distância hori-
zontal calculada está relacionada a elevação da
estação, e não do refletor.

= D0 · (1 + ppm · 10-6) + mm

= distância inclinada exibida [m]


D0 = distância não corrigida [m]
ppm = correção de escala [mm/km]
mm = constante do prisma [mm]

TC400Z118 = X + B · Y2
Medição da elevação
1) Nível médio do mar =Y-A·X·V
2) Instrumento
3) Refletor = distância horizontal [m]
= diferença de elevação [m]

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 138 Dados técnicos


Y = · |sin ζ |
X = · cos ζ
ζ = leitura do círculo vertical

A = = 1.47 · 10-7 [m-1]

B = = 6.83 · 10-8 [m-1]

k = 0.13
R = 6.37 · 106 m

Dados técnicos 139 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Índice
A B
Aceitabilidade eletromagnética ....................... 126 Barra de Funções .............................................. 20
Alternar SP/ CP ................................................. 39 Bateria ............................................................... 95
Altura do eixo secundário ................................ 131 Baterias ........................................................... 104
Altura Remota ................................................... 69 Baudrate ............................................................ 93
Ang. Vert. .......................................................... 75 Beep .................................................................. 77
Ângulo horizontal ............................................... 10 Beep Setorial ..................................................... 76
Angulo HZ ......................................................... 77 Bolha eletrônica ................................................ 29
Ângulo vertical ................................................... 10 Busca com caracteres de substituição .............. 37
Ângulo zenital .................................................... 10
C
Apagando caracteres ........................................ 32
Cálculo de área ................................................. 68
Aplicativos ......................................................... 49
Calibração ......................................................... 89
Aquecedor do Visor ........................................... 77
Capacidade da bateria ...................................... 21
Armazenamento ................................................ 97
Caracteres adicionais ........................................ 35
Auto-Desl ........................................................... 78
Carregando as baterias ................................... 104
Azimute ............................................................. 67
Carregar Software ............................................. 14
Azm ................................................................... 67
Centragem ........................................................ 28
Centragem final ................................................. 29

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 140 Índice


Círculo horizontal .............................................. 10 D
Círculo vertical ................................................... 10 Data ................................................................... 95
Classificação do laser ..................................... 114 Databits ............................................................. 93
Código Livre ...................................................... 39 Definição da Estação ........................................ 44
Códigos ............................................................. 86 Definindo uma obra ........................................... 43
Colimação HZ .................................................... 78 Dimensões ...................................................... 131
COMM ............................................................... 93 Distância entre pontos ...................................... 66
Compensador ............................................ 21, 130
E
Compensador /linha de prumo .......................... 11
Editor de Coordenadas ..................................... 14
Configuração ..................................................... 75
EDM .................................................................. 21
Conjunto de caracteres ..................................... 35
EDM embutido ........................................ 114, 116
Constante do prisma ......................................... 82
EDM sem refletor ............................................ 102
Construção ........................................................ 70
EGL ................................................................. 122
Contraste Visor .................................................. 75
Eixo de colimação ............................................. 10
Correção atmosférica ...................................... 136
Eixo principal ..................................................... 10
Correções automáticas ................................... 132
Eixo secundário ................................................. 10
CP-Adesivo ....................................................... 80
Endmark ............................................................ 93
CP-Preciso ........................................................ 80
Entrada alfanumérica ........................................ 34
CP-Rápido ......................................................... 80
Entrada manual ................................................. 44
CP-Rastreio ....................................................... 80
Entrada manual de códigos .............................. 73
Cuidados e Armazenamento ............................. 96

Índice 141 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


Entrada numérica .............................................. 34 Gravar um bloco de códigos ............................. 74
Erro de índice vertical ........................................ 11 GSI .............................................................. 72, 94
Erro de visada (Colimação Hz) ......................... 11 GSI 8/16 ............................................................ 77
ESC ................................................................... 16
H
ESCALA ............................................................ 83
Hora .................................................................. 95
Esquema de menu ............................................ 22
Estação Livre ..................................................... 53 I
Estatística da Memória ...................................... 87 Iluminação do Retículo ...................................... 77
Estendendo/editando os códigos ...................... 74 Iluminação Liga/Desliga .................................... 39
Etiquetas ......................................... 115, 125, 129 Implantação ....................................................... 50
Implantação Cartesiana .................................... 52
F
Implantação Ortogonal ...................................... 63
FCC ................................................................. 128
Implantação Polar ............................................. 51
Ferramentas TPS300-700 & DNA ..................... 14
Inclinação do eixo principal ............................... 11
FNC ................................................................... 16
Índice Vertical .................................................... 89
Fórmulas de redução ...................................... 138
Inicializar Memória ............................................ 87
G Inserção/substituição da bateria ....................... 24
Gerenciador de Dados ...................................... 85 Inserindo caracteres .......................................... 33
Gerenciador de Intercâmbio de Dados ............. 14 Intensidade do laser .......................................... 30
Gerenciador de Lista de Códigos ...................... 14 Interface ............................................................ 93
Gravação ......................................................... 132 Intervalo de temperatura ................................. 132

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 142 Índice


J Medições ........................................................... 86
JPMINI ............................................................... 81 MENU .......................................................... 16, 22
Método de cálculo ............................................. 54
L
Método Poligonação ......................................... 66
Laser ................................................................. 82
Método Radial ................................................... 66
Leica Survey Office ..................................... 13, 74
Modo de edição ................................................. 32
Limites de uso ................................................. 108
Modo de entrada - método 1 ............................. 31
Limpeza ............................................................. 98
Modo de entrada - método 2 ............................. 31
Linha de Base ................................................... 59
Modo EDM ........................................................ 80
Linha de Referência .............................. 59, 60, 61
Linha de Visada ........................................... 10, 89 N
Localização de pontos ....................................... 36 Nível circular ................................................... 100
Luneta ............................................................. 130 Nível/Prumo Laser ............................................ 39
Luz guia ............................................................. 82 Nivelamento aproximado .................................. 28
Luz guia EGL ................................................... 122 Número de medições ...................................... 132
M O
Máscara 1/2 ....................................................... 77 Obra .................................................................. 85
Medição ............................................................. 38 Offset do Alvo .................................................... 40
Medição de ângulo .......................................... 130 Opções de medição .......................................... 54
Medição de distância ....................... 133, 134, 135 Orientação ......................................................... 45
Medição de distâncias ....................................... 17

Índice 143 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


P Riscos de uso .................................................. 110
P/Temp .............................................................. 83 S
PAGE ................................................................ 16
Saída Dados ..................................................... 77
Paridade ............................................................ 93 Sensibilidade do nível eletrônico ..................... 130
Peso ................................................................ 131
Setas de Navegação ......................................... 15
Ponto conhecido ................................................ 44
Símbolos ........................................................... 21
Ponto Laser ....................................................... 39 Sinais ................................................................ 35
Pontos de Base ................................................. 59
Sinal .................................................................. 84
Pontos Fixos ...................................................... 86
SP-Dist. Curta ................................................... 81
Posicionamento ................................................. 30 SP-Prisma ......................................................... 81
PPM ................................................................... 83
SP-Rastreio ....................................................... 81
Pre-configuração de Aplicativos ........................ 43
Start-up sequence ............................................. 88
Pressão Atm ...................................................... 79 Stopbits ............................................................. 93
Prisma padrão ................................................... 81
Suprimento de energia .................................... 131
Prismas adesivos .............................................. 81
Survey Office ............................................... 13, 74
Prumo a laser ............................ 28, 101, 124, 131 System Info ....................................................... 95
R T
Resolução (leitura mínima) ............................... 78 Tecla Lateral ..................................................... 16
Responsabilidades .......................................... 109
Tecla USER ...................................................... 75
Retículo ............................................................. 11
Teclado ..................................................... 15, 131

TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt 144 Índice


Tecla-Lateral ..................................................... 75 V
Teclas de função ............................................... 15 Verificação e ajustamento ................................. 99
Teclas Fixas ...................................................... 16 Visor ................................................................ 131
Temp. do Instrum. ............................................. 95
Z
Temperatura ...................................................... 79
Zênite ................................................................ 11
Tipo de base nivelante .................................... 131
Tipo de Prisma .................................................. 81
Topografia ......................................................... 49
Transferência de cota ........................................ 42
Transferência de dados ..................................... 94
Transporte ......................................................... 96
Tripé ............................................................ 26, 99
U
Unidade Angular ................................................ 79
Unidade de distância ......................................... 79
Unidades ........................................................... 39
USER ................................................................ 16
Usos indevidos ................................................ 107
Usos permitidos ............................................... 107

Índice 145 TC(R)403/405/407/410 -2.0.0pt


A Leica Geosystem AG, Heerbrugg, Qualidade Total
Suíça, recebeu um certificado por Nossa meta é a total satisfação do
apresentar um sistema de qualidade cliente
que satisfaz aos Padrões
Internacionais de Gerenciamento e Solicite ao seu representante local da
Sistemas de Qualidade (ISO padrão Leica Geosystems maiores informações
9001) e ao Sistema de Gerenciamento sobre o nosso programa TQM.
do Meio Ambiente (ISO padrão
14001).

Leica Geosystems AG
731043-2.0.0pt
CH-9435 Heerbrugg
Impresso na Suíça - Copyright Leica Geosystems AG, (Switzerland)
Heerbrugg, Suíça 2003 Phone +41 71 727 31 31
Traduzido do texto original (731037-2.0.0en) Fax +41 71 727 46 73
www.leica-geosystems.com