Você está na página 1de 1

De acordo com Teixeira, Salomão e Teixeira (2015) as principais áreas funcionais das empresas

são: (i) Finanças; (ii) Marketing; (iii) Operações; e (iv) Recursos Humanos. A respeito desse
assunto, Fayol (1916), em seu livro que deu embasamento para a Teoria Clássica da
Administração (Administration Industrialle et Genéralle) já havia dissertado sobre as distintas
funções essenciais da empresa, as quais são: (i) Técnicas; (ii) Comerciais; (iii) Financeiras; (iv)
Segurança; (v) Contábeis; e (vi) Administrativas.

Nesse sentido, disserte sobre áreas funcionais que as empresas têm focado no ambiente
contemporâneo. Existem tendências que indiquem o surgimento de novas áreas funcionais?
E tendências que indiquem o declínio ou alterações de alguma área funcional tradicional?

A área de operação encarada como essenciais à produção de bens e serviços competitivos,


esse setor tem como tendência contemporâneas a gestão de cadeia de valor, os sistemas just-
in-time e a demanda por sistemas de operações customizados e flexíveis. Essas tendências
buscam integralizar as atividades e informações que fazem presentes ao longo de toda a
cadeia de valor de um produto ou serviço, controlar estoques e atender as necessidades de
maior customização e variedade por parte dos consumidores.

A área financeira é responsável por administrar o capital financeiro na empresa. Para a


administração financeira, o principal objetivo é a maximização do valor de mercado da
empresa. Dessa forma, o estabelecimento de uma estrutura adequada em temos de liquidez,
custo e risco, além da relação entre risco e o retorno dos capitais investidos são tendências
dessa área.

O marketing é definido como processo de planejar e executar o desenvolvimento, o preço, a


promoção e a distribuição de ideias, bens e serviços para criar e trocar valor com os clientes. A
tendências atuais apontam para a sofisticação crescente dos sistemas de informação. Assim, o
marketing um a um, o consumo consciente, o marketing social e o marketing digital estão cada
vez mais presente nos processos atuais.

A área de recursos humanos foi a área que mais passou por mudanças nos últimos anos. Tendo
maior espaço nas gestões atuais, a administração de recursos humanos busca administrar o
dinamismo da relação entre organização e trabalhadores, a diversidade da força de trabalho e
o assédio moral nas organizações. Nesse contesto, essa área desenvolve práticas de gestão de
pessoas que acolham e apoiem todo tipo de diferença entre os funcionários, o
desenvolvimento profissional e pessoal dos funcionários, além de combate da exposição
prolongada e repetitiva dos trabalhadores a situações humilhados e constrangidos durante sua
jornada de trabalho.

As tendências organizacionais indicam que não há como uma empresa focar somente em uma
área funcional, mas que para sua sobrevivência e desenvolvimento tem de se preocupar com
todas. Como consequência disso, nota se o desenvolvimento das áreas funcionais ou a criação
de novas áreas de modo a satisfazer as necessidades dos stakeholders.