Você está na página 1de 3

GOIÂNIA, ____ / ____ / 2016

PROFESSOR: Daniel

DISCIPLINA: Literatura SÉRIE: 2° ano

ALUNO(a):_______________________________
No Anhanguera você é
+ Enem

LISTA DE ATIVIDADES – CAPITÃES DA AREIA

Antes do início do romance, uma série de reportagens e cartas enviadas a um jornal funciona
como uma introdução ao enredo, apresentando o drama dos “capitães da areia”.Sobre esses textos,
responda:

01. A reportagem inicial, intitulada “Crianças ladronas”, forma que tipo de imagem dos
protagonistas do livro? Por quê?

02. Algumas autoridades locais, citadas na matéria do jornal, reagem a ela de que forma? Explique

03. Duas cartas enviadas à redação do jornal não recebem o mesmo tratamento dispensado a essas
autoridades. Que jogo de interesses e de poder isso revela?

04. Comente as contradições que podem ser percebidas quanto ao conteúdo desses textos e à
linguagem que eles apresentam.

05. Ao narrar o cotidiano de um grupo de meninos de rua, o livro não foge de temas como o
homossexualismo e a violência sexual entre os meninos Comente situações e personagens que
demonstrem esse aspecto do romance.

06. Apesar da pouca idade, os "capitães da areia" se comportam como um grupo organizado, que
planeja suas táticas de ação e de fuga. Resuma um episódio que justifique essa afirmação.

O capítulo denominado "As luzes do carrossel" faz um contraponto à violência do cotidiano dos
meninos, ao retratar, de forma poética, o que ainda resta da inocência e da pureza dessa fase da
vida. Em relação a esse capítulo, responda:

07. Quais são os personagens que recebem maior destaque? Por que é possível afirmar que o
perfil desses personagens reforça a contradição apontada no enunciado acima?

08. Apesar de serem rejeitados pela sociedade, os garotos conseguem a solidariedade e a simpatia
de algumas pessoas, que os tratam de forma mais humana e digna. Comente, a partir de situações
do livro.

09. O padre José Pedro é uma das poucas pessoas a tratar com bondade os "capitães da areia". No
entanto, essa atitude provoca atritos com outros membros da Igreja e com parte da comunidade.
Sobre esse personagem, responda:

a) Como se inicia a relação do padre e os meninos de rua?

Pré-Universitário Colégio Anhanguera – Há 37 anos educando gerações.


b) Que ações ele passa a realizar para amenizar o sofrimento dos meninos?

c) Como reagem as outras pessoas a esse comportamento do padre?

10. O episódio intitulado "Família" mostra o personagem Sem-Pernas à frente de um "esquema"


bastante utilizado pelo grupo para assaltar casas de pessoas ricas. Qual é a participação do Sem-
Pernas nesse esquema?

11. Esse capítulo demonstra o conflito psicológico vivenciado pelo personagem, que se divide entre
a lealdade ao grupo e a possibilidade de uma vida melhor.Analise esse conflito, a partir do resumo
do episódio.

12. O que leva Dora e seu irmão a se aproximarem dos capitães da areia? Como são recebidos
pelo grupo? (descreva a cena e a participação de cada personagem)

13. Analise o amadurecimento de Pedro Bala a partir de sua relação com a menina, estabelecendo
uma comparação com o episódio em que Bala estupra uma "negrinha" na praia.

14. A morte de Dora funciona como mais um momento lírico no livro, simbolizando a beleza do
amor, mesmo em condições tão adversas, como as que envolvem a vida de meninos abandonados.
Em sua interpretação, qual seria a intenção do autor em intercalar tais momentos de lirismo e
inocência à narrativa?

15. A última parte do romance relata o destino de cada personagem: alguns irão se enredar
irremediavelmente no mundo da marginalidade, outros desenvolverão uma maior consciência sobre
sua situação e conseguirão se livrar da delinqüência. Resuma os fatos que envolvem a situação final
dos personagens:

a) Professor b) Pirulito c) Gato d) Volta-Seca e) Boa-Vida

f) Sem-Pernas g) João Grande h) Pedro Bala

16. Devido à grande quantidade de personagens que o livro apresenta, alguns têm uma participação
pequena, na medida em que apenas ajudam a compor o cenário da vida dos meninos de rua. Cite
alguns personagens secundários ou figurantes, que não foram referidos nas questões anteriores.

17. O espaço que envolve a narrativa de "Capitães da Areia" são as ruas de Salvador. De que forma
esse ambiente reitera (reforça) as características dos personagens?

A temática social é a base desse romance de Jorge Amado. A contradição entre pobres e ricos,
os conflitos de interesses e de poder e as injustiças formam o ambiente que produz, como uma de
suas mais sérias conseqüências, a existência de crianças abandonadas pelas ruas das grandes
cidades.

18. Analise esse aspecto fundamental do livro, enfatizando o papel da imprensa, da polícia, da Igreja
e das autoridades governamentais, da forma como são retratadas pelo autor.

19. Em sua opinião, os temas retratados no livro continuam atuais? Lembre-se de que "Capitães da
Areia" foi publicado em 1937 !!

Jorge Amado pertence a uma geração de escritores comumente conhecida como


“regionalista”. A principal característica de estilo dessa geração foi a de contrapor uma
linguagem mais espontânea, coloquial, popular, à linguagem rara, escolhida, herdeira dos

Pré-Universitário Colégio Anhanguera – Há 37 anos educando gerações.


vícios parnasianos e representativa da classe social dominante

Roteiro de leitura de "Capitães da Areia" - Álvaro Cardoso Gomes

20. Analise a linguagem do livro, a partir do comentário acima.

Pré-Universitário Colégio Anhanguera – Há 37 anos educando gerações.