Você está na página 1de 3

Intuição, criatividade e informação.

Variáveis: Econômica, social, política,

Atores: Colaboradores, usuários do sistema de saúde,

Cenas ou Cenário provável: Vai dizer o que irá acontecer. Como será daqui a vários anos? Se
for muito bom. Provável, promissor e pessimista. No caso, nova visão dos usuários do
atendimento da saúde pública,

TITULO: LIDERANÇA INTRAEMPREENDORA COMO MOTIVAÇÃO DOS


COLABORADORES DA SAÚDE PÚBLICA

FILOSOFIA

No momento atual, quer seja no âmbito público ou privado, muitas organizações


atuam de maneira burocrática e lenta, tornando o trabalho centralizador e com sistema
fechado à adaptação de mudanças. Tendo em vista que o mercado passa por diversas
transformações, a cada dia há exigência dessas empresas adequarem-se a se quiserem se
manter firme nesse mercado.

Uma gestão por excelência busca desenvolver no seu meio organizacional,


aspectos que relativos à inovação. A partir dessa perspectiva surge o
Intraempreendedorismo. Um modelo de liderança que impulsiona as organizações
reconhecer a necessidade de incentivar as partes interessadas do próprio ambiente
interno. Refere-se ao empreender que atua dentro da empresa através de inovações,
apresentação de ideias, proatividade e soluções, com intenção de colocá-las em prática e
influenciar nos resultados positivos.

A razão de empreender está na capacidade de criar novas maneiras para


desempenhar o trabalho, bem como transformação dessas rotinas, a fim de promover
uma capacidade diferenciada na análise de cenários, criação de ideias e melhorias

Acerca das instituições hospitalares, o intraempreendedorismo pouco se tem


aplicado. Frequentemente as ações são tratadas de formas separadas, e na maioria das
vezes concentradas em grau de profissionais específicos, fomentando centralização de
poder. Pela sua abrangência e oportunidades, a liderança intraempreendedora é capaz de
alcançar todos os níveis da organização.
Para isso, é necessário que os gestores atualizem-se para se sustentar nesse
mercado e garantir uma competitividade. Se os colaboradores têm possibilidade de fazer
uso da sua criatividade e aptidões para crescerem junto com a empresa, tendem a
apresentar reflexos na qualidade, produtividade e no atendimento.

VARIÁVEIS:

ATORES: Gestores hospitalar, colaboradores, usuários do sistema de saúde,

e aplicação de técnicas e maneiras para que as empresas não se tornem atrasadas


e obtenham vantagem competitiva.
Conforme o assunto do meu TCC, irei trabalhar sob perspectiva da Gestão em Saúde.
Venho demonstrar a importância do líder intraempreendedor como influenciador
comportamental dos usuários de unidade de pronto atendimento (setor público). Um
estilo de liderança que sempre busca inovação, produtividade e qualidade no
atendimento, visto que, o mercado está a cada dia mais exigindo um padrão de
excelência e evolução dos colaboradores.meio

Tendo em vista que o mercado passa por transformações, a cada dia há


exigência das organizações adequarem-se a tal se quiserem se manter firme
nesse mercado; quer seja através de inovações, aplicação de técnicas e
maneiras para que as empresas não se tornem atrasadas e obtenham
vantagem competitiva. Aliar um bom planejamento a responsabilidade social e
tecnologias disponíveis é uma boa saída para quem quer dar um passo à frente.
Concomitante, entender o envolto da própria organização e todas as partes
interessadas, sendo assim capaz de consolidar a permanência no mercado tão
competidor.