Você está na página 1de 4

Curso Prático & Objetivo / Prof.

Gilvan Júnior

Termometria - Exercícios

01. (Cesgranrio-RJ) Nos laboratórios de física de baixas temperaturas, é de uso comum o hélio líquido
como fluido refrigerante. A temperatura de ebulição normal do hélio é 4,0 K. Como se expressa esta
temperatura na escala Celsius?

(A) - 2770C
(B) - 2690C
(C) - 1960C
(D) 420C
(E) 1000C

02. (CESGRANRIO-RJ) A temperatura de ebulição do nitrogênio, sob pressão normal, é 77 K. Na escala


Celsius essa temperatura se escreve:

(A) - 350°C
(B) - 175°C
(C) 100°C
(D) - 196°C
(E) - 160°C

03. (Fesp) Ao medir a temperatura de um gás, verificou-se que a leitura era a mesma, tanto na escala Celsius
como na Fahrenheit. Qual era essa temperatura?

(A) - 38°C
(B) - 39°C
(C) - 40°C
(D) - 41°C
(E) - 42°C

04. (U. Mackenzie-SP) A indicação de uma temperatura na escala Fahrenheit excede em 2 unidades o dobro
da correspondente indicação na escala Celsius. Essa temperatura é:

(A) 300°C
(B) 170°C
(C) 150°C
(D) 100°C
(E) 50 °C

05. (PUC-SP) Na escala Fahrenheit, sob pressão normal, a água ferve na temperatura de:

(A) 80°F
(B) 100°F
(C) 148°F
(D) 212°F
(E) 480°F

06. (U.E.CE) Uma menina chamada Aline vai para o Chile e lhe informam que, nesse país, em janeiro, a
temperatura média é de 64,4 °F. Na escala Celsius, o valor correspondente é:

(A) 15°C (B) 16°C (C) 17°C (D) 17°C (E) 18°C

Curso Prático & Objetivo / Prof. Gilvan Júnior


Email: gilvanazevedo@uol.com.br
Tel.: (79) 9963-5262
Curso Prático & Objetivo / Prof. Gilvan Júnior

07. (UNIMEP-SP) Aquecer um determinado corpo de 45°F a 180°F (escala Fahrenheit) equivale, na escala
Celsius, a uma variação de temperatura igual a:

(A) 82,2°C
(B) 75°C
(C) 135°C
(D) 24,3°C
(E) 112,5°C

08. (UF-RS) Um termômetro foi graduado segundo uma escala arbitrária X de tal modo que correspondam
20°X e 70°X a 0°C e 100°C, respectivamente. A temperatura de 50°C corresponde a:

(A) 35°X
(B) 40°X
(C) 45°X
(D) 50°X
(E) 55°X

09. (Fatec-SP) Certa escala termométrica adota os valores - 20°E e 280°E, respectivamente, para os pontos
de fusão do gelo e ebulição da água, sob pressão de 1 atm. A fórmula de conversão entre essa escala, e a
escala Celsius é:

(A) TE= TC + 20
(B) TE= TC - 20
(C) TE= 3TC - 20
(D) TE= 3TC + 20
(E) TE= 3TC

10. (UECE) Comparando-se a escala E de um termômetro com a escala C (Celsius), obteve-se o seguinte
gráfico de correspondência entre as medidas. Quando o termômetro Celsius estiver registrando 90 °C, o
termômetro E estará marcando:

(A) 100°E
(B) 120°E
(C) 150°E
(D) 170°E
(E) 200°E

Curso Prático & Objetivo / Prof. Gilvan Júnior


Email: gilvanazevedo@uol.com.br
Tel.: (79) 9963-5262
Curso Prático & Objetivo / Prof. Gilvan Júnior

11. (Unesp- 2003) Uma panela com agua e aquecida de 25°C para 80°C. A variação de temperatura sofrida
pela panela com agua, nas escalas Kelvin e Fahrenheit, foi de

(A) 32 K e 105°F
(B) 55 K e 99°F
(C) 57 K e 105°F
(D) 99 K e 105°F
(E) 105 K e 32°F

12. (Uel) Uma escala de temperatura arbitraria X esta relacionada com a escala Celsius, conforme o gráfico
a seguir.

As temperaturas de fusão do gelo e ebulição da agua, sob pressão normal, na escala X são, respectivamente,

(A) - 60 e 250
(B) -100 e 200
(C) -150 e 350
(D) -160 e 400
(E) - 200 e 300

13. (Fatec) Um cientista criou uma escala termométrica D que adota como pontos fixos o ponto de ebulição
do álcool (78°C) e o ponto de ebulição do éter (34°C). O gráfico a seguir relaciona esta escala D com a
escala Celsius. A temperatura de ebulição da agua vale, em °D:

(A) 44 (B) 86 (C) 112 (D) 120 (E) 160

Curso Prático & Objetivo / Prof. Gilvan Júnior


Email: gilvanazevedo@uol.com.br
Tel.: (79) 9963-5262
Curso Prático & Objetivo / Prof. Gilvan Júnior

Gabarito

01. B
02. D
03. C
04. C
05. D
06. E
07. B
08. C
09. C
10. D
11. B
12. C
13. D

Bons Estudos e Boa Sorte!!!


Prof. Gilvan Júnior
Tel.: (79) 9963-5262

Curso Prático & Objetivo / Prof. Gilvan Júnior


Email: gilvanazevedo@uol.com.br
Tel.: (79) 9963-5262