Você está na página 1de 24

Studio Farol

Copyright©
Pastor Robson Colaço de Lucena
Capa:
Missão América MMA – Farol
Rua Eunildes Leite, 281 Diagramação:
58.125-000 – Alagoa Nova – Paraíba – Brasil R. Colaço

Impressão e Acabamento:
www.missaoamerica.com.br Gráfica Farol

Gráfica Farol
missaoamerica@gmail.com

Dados do Catálogo Missão América

LUCENA, Robson Colaço de,


Superando o Sofrimento
Pr Robson Colaço de Lucena – 1ª Edição Alagoa Nova – PB, 2018, 24 p

CDD – 361

Romanos 8:18
Para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar
com a glória que em nós há de ser revelada

1
Prefácio

O Livro Superando o Sofrimento objetiva fortalecer a fé daqueles que


em meio a um mundo conturbado nas diversas adversidades que surgem a
cada instante, buscam a felicidade, sendo na maioria das vezes de maneira
errada.

Embora as pessoas não saibam que estão sendo atacadas por legiões
de demônios em todas as esferas da sociedade, os quais tem a missão de
destruir todo relacionamento do homem para com Deus. Mas,
lamentavelmente, imaginam que isso é uma invenção ou fábula dos
evangélicos para adquirir novos seguidores para o cristianismo.

No entanto, a Bíblia Sagrada é explicita quando apresenta uma cadeia


temática de muitos textos que prova a realidade sobre esse assunto. Assim o
Espírito Santo deu-me a inspiração para escrever essa obra literária para que
o maior número de pessoas sejam alcançadas e repreendam as hostes das
trevas passando a desfrutar da verdadeira alegria de viver, porque isso é um
dom de Deus para todos os homens.

Receba a benção do Senhor durante e depois da leitura do Livro


“Superando o Sofrimento”.

2
Agradecimento

Agradeço a Deus por mais uma obra teológica, que foi editada para
abençoar a sua vida, através das experiências e contextos Bíblicos contidos
neste volume.

Não posso deixar de mencionar a minha família; esposa Adalice Alves


de Lucena, filha Alice Alves de Lucena e filho Alisson Alves de Lucena, que
tiveram um papel muito importante para que essa obra fosse publicada.

Em especial ao Espírito Santo de Deus, que em meio a sua


manifestação de pensamentos e sonho, deu-me a condição de escrever a
cada linha contida neste exemplar.

Por fim, agradeço a você que adquiriu e comungará com uma obra
santa que certamente fará toda a diferença na sua vida.

Que o Senhor vos abençoe rica e abundantemente.

Robson Colaço de Lucena

3
Sumário

Prefácio Página 02

Agradecimento Página 03

Sumário Página 04

Capítulo Primeiro Página 05


O Pecado Gera Sofrimento
Capítulo Segundo Página 06
Conquista Nas Adversidades
Capítulo Terceiro Página 14
Ilusão do Tempo Presente -
Tudo Na Vida Passa
Capítulo Quarto Página 17
Promotores de Prosperidade

Capítulo Cinco Página 19


Feliz Com Próprio Mérito
Capítulo Seis Página21
A Raiz da Felicidade
Conclusão Página 24

4
Superando o Sofrimento

Capítulo Primeiro
O Pecado Gera Sofrimento

Atos dos Apóstolos 8:8


E havia grande alegria naquela cidade.

A criação do homem foi a mais bela expressão do amor de Deus, e


considerado o maior evento no universo; porque o ser humano é a imagem e
semelhança do Criador.

Gênesis 1:26
Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa
semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves do
céu, sobre os animais domésticos, sobre toda terra e sobre todos os répteis
que rastejam pela terra.

Grande é esse mistério que não é possível entender de maneira


natural, somente através do Espírito Santo pode revelado.
Deus projetou em criar um ser complexo e inteligente, atribuiu ao
mesmo cerca 356 sentimentos, para que os tais promovessem o que
chamamos de natureza humana, tornando o homem a sua imagem e
semelhança de Deus, sendo diferente das outras criaturas por ter a
inteligência.
Todavia, no meio de todos os sentimentos, existe dois que estão em
confronto todos os dias; são eles: A tristeza e a alegria. Mas, em particular
devemos entender que fomos gerados para a felicidade, sendo o pecado o
promotor de toda e qualquer ação contraria a felicidade.

5
Isaías 59:2
Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os
vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.

Assim nos deparamos com o motivo de não estarmos todo tempo


livres do sofrimento; porque nascemos com a natureza Adâmica (de Adão),
que foi repassada a todos os homens até a consumação dos tempos. Mas,
não devemos nos entristecer; porque Deus, conhecendo a nossa fragilidade,
nos deu uma fuga, para que resistíssemos às dificuldades enfrentadas na vida
biológica. A esse presente celestial chamamos de Jesus. De forma que sem
Ele, não suportaríamos a pressão exercida durante a nossa existência.

João 3:16
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito,
para todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Notoriamente, é necessário a condição de Crê Jesus Cristo para que os


eventos favoráveis comecem a acontecer. Ao contrário, o sofrimento será a
principal manifestação em uma pessoa que não aceita o Senhor como
redentor. Que queira ou não somos contaminados pelo pecado original (de
Adão), e para que aconteça uma absolvição é imperativo, uma intervenção
do salvador da humanidade.

I Epístola de João 1:7


Se, porém, andarmos na luz, como Ele está na luz, mantermos comunhão
uns com os outros, e o Sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo
pecado.

Então, Jesus é o único ser capaz de tirar o homem da aflição, e colocá-


lo em prazer.

Capítulo Segundo
Conquista Nas Adversidades

O sofrimento pode gerar experiência ao ponto de aprendermos mais


da parte de Deus e entendermos que devemos buscar uma perfeição, ainda
que a inclinação humana tenha a tendência ao erro. À medida que sofremos,

6
vamos conquistando novos caminhos e nos tornamos fortes para outros
desafios; e quando isso acontece, superamos as barreiras e as aquisições que
antes eram um desafio torna-se uma grande experiência para não cairmos
em outras contradições.

Epístola de Tiago 1:12-13-14-15


12 - Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação
porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o
Senhor prometeu aos que amam.
13 – Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não
pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta.
14 – Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando está
o atrai e seduz.
15 – Então, a cobiça, depois de haver concebido, a luz o pecado; e o pecado,
uma vez consumado, agora a morte.

Notoriamente, todo infortúnio na vida humana acontece por causa das


negligencias diante de Deus, e temos a tendência de culparmos alguém por
nossos erros, quando na verdade tudo acontece dentro de cada um de nós
segundo as coisas ilícitas que desejamos. Por outro lado, é na amargura que
entendemos a limitação do homem; é nessa hora chega a oportunidade de
pedirmos perdão para que a alegria volte a reinar.
O homem foi criado para felicidade sendo que a tristeza chega para
aprendermos a valorizar tudo que é bom ao nosso redor especialmente o
Senhor. Sabendo que a medida que nos distanciamos do Senhor, o vazio e
solidão são os nossos companheiros de viajem ao longo da vida. Dessa forma,
temos que entender que a nossa alegria depende das decisões espirituais
que tomamos; caso seja uma escolha errada, então começa as adversidades
e dor na alma.
Temos que instruir-se com a natureza, como no caso das noites mais
escuras em que as estrelas são as primeiras a brilhar; logo, é necessário que
aconteça às trevas para vermos o brilho do universo que o Senhor criou para
nossa alegria. As vezes somo comparados com as estrelas, que estamos
passando por um período escuro e a luz do nosso testemunho servirá para
guiar outras vidas que aprenderão com os nosso erros e acertos.
A força e pressão é quem mede a capacidade de resistência de uma
matéria; até o aço passa por um controle de qualidade. Encontramos um

7
exemplo clássico, no diamante que passa por processo complexo para
externar a sua pureza.
Podemos comparar o ser humano com uma linda pedra de diamante,
que irá ser lapidado ao longo da vida removendo todas as sujeiras, vícios e
muitas vezes letargia a Deus.
Fomos infectados com o pecado original e para voltarmos ao primeiro
amor (O de Deus), só será possível com a intervenção de Jesus Cristo, que
remove todas as iniquidades.

Romanos 3:23-24
23 – Pois todos pecaram e carecem da gloria de Deus.
24 – Sendo justificados gratuitamente por sua graça, mediante a redenção
que há em Jesus Cristo.

É certo que as dores e sofrimento chegarão a qualquer momento, e a


única forma de resistir ou livrar-se das adversidades é estar na égide de Deus.
Sempre existe uma área em nosso ser que tem de ser melhorada; se não
houvesse pecado não passaríamos por infortúnios. Muitas vezes praticamos
algo ruim no passado e a culpa continua em nossa alma; de forma que o
tempo não apaga o pecado, nem nos liberta das consequências calamitosas
acumuladas durante a nossa peregrinação. Somente o arrependimento e
confissão a Deus é quem tem condição de mudar o quadro de consternação.

As nossas ações boas e maldosas ficam registrada diante do Senhor, e


com o tempo estaremos nos deparando com bênçãos no caso de termos
praticado o bem; e sofrimento no caso de termos praticado iniquidade.

Eclesiastes 3:15
O que é já foi, e o que há de ser também já foi; Deus fará renovar-se o que
passou.

Somente uma substância é capaz de apagar as nossas culpas e resgatar


a paz, essa substância é o “Sangue de Jesus”. Nada no universo é tão
poderoso como esse elemento sobrenatural. Vejamos o que o apostolo João
citou:

8
I Epistola de João 1:7
Se, porém, andarmos na luz, como Ele está na luz, matemos comunhão uns
com os outros, e o Sangue de Jesus, Seu Filho, nos purifica de todo pecado.

Outro agravante acontece quando pecamos; é que ficamos à


disposição de três tribunais:

1. O Tribunal de Deus;
2. O tribunal da nossa mente;
3. E por fim o Tribunal das outras pessoas.

Que queira ou não estamos sujeitos a três maneiras de sermos


julgados e não há como escapar. Isso só acontece quando negligenciamos
aos ensinamentos de Deus.
Desde o primeiro homem (Adão), até os dias atuais a desobediência
sempre foi o estopim para gerar depressão na vida das pessoas, se
andássemos em sinceridade não passaríamos por angustia, e com certeza a
raça humana estaria em um padrão espiritual elevado. Não haveria doenças,
morte, dor, separação e etc., todavia, ao chegarmos ao céu todas a
pestilências serão aniquiladas.

Perceba que quando alguém está passando por algo ruim é normal
procurar uma saída para a situação adversa. Todavia, porque não buscar uma
entrada ao invés de refúgio; e quanto fala em uma abertura estou
referenciando a Jesus Cristo, que é capaz de resolver toda e qualquer
situação de revés que possa surgir. Por esse motivo encontramos muitas
citações na Bíblia que ele mostra a sua soberania para nos libertar.

João 10-09
Disse Jesus: Eu sou a porte. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e
saíra e achará pastagem.

Fala da salvação da alma e ao mesmo tempo a vitória sobre os desafios


da vida.

9
João 14:06
Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem
ao Pai senão por mim.

Então, tudo tem um objetivo em nossa vida terrena, nada acontece por
um acaso, acidente ou erro na natureza; por isso devemos tirar todo proveito
das coisas ao nosso redor, mesmo que as vezes pareça uma situação ruim, ou
sem saída. Vejamos um versículo abençoado que o salmista narrou a dor e
limitação do homem, bem como uma oportunidade para Deus entregar a
vitória e refrigério.

Salmo 46:1
Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

Normalmente o homem questiona dentro de si tentando descobrir o


porquê do sofrimento?
A vida do ser humano na terra não é fácil, uma vez que foi herdada a
natureza Adâmica, que tendência o pecado e consequentemente a
amargura. Ninguém está livre deste inconveniente por que somos seres
carnais, sujeitos as paixões. Entretanto, os pecados praticados
voluntariamente e involuntariamente gera consequências drásticas para
jornada da vida.

Lamentações 3:39
Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus
próprios pecados.

Então, percebemos que a aflição é resultado das nossas ações; mas por
outro lado é uma oportunidade para nos colocar no caminho da vida eterna e
ao mesmo tempo moldar-nos para um bom testemunho na sociedade que
moramos. Sendo assim, a angustia nos traz grandes benefícios.
O Salmista Davi expressou a confiança em Deus, sabendo o momento
de dor, seria breve, e logo nasceria um novo dia trazendo esperança e vitória
diante aquilo que enfrentava.

Salmo 30:5

10
Porque não passa de um momento a sua ira; o seu favor dura a vida inteira.
O choro pode durar uma noite; mas a alegria vem pela manhã.

Na universidade de Deus passamos por um processo de aprendizagem


que na maioria das vezes não entendemos o que está acontecendo. Porém,
existe um propósito para tudo em nossa existência, quando enfrentamos o
sofrimento, percebemos que estamos amadurecendo para uma nova fase.
Não agradecemos a Deus pelas oportunidades que Ele nos concede de
crescer, receber perdão, livramentos de morte e até nos tornarmos pessoas
melhores. A nossa natureza está bem descriminada no Livro de Provérbios.

Provérbios 30:15-16
15 - A sangue suga tem duas filhas, a saber: Dá, Dá.
Há três coisas que nunca se fartam, sim, quatro que não dizem: Basta!
16 – Elas são a sepultura, a madre estéril, a terra, que não se farta de água,
e o fogo que nunca diz: Basta!

Somos assim, a Bíblia deixa esse exemplo mostrando o nosso lado


material que vive em busca de prazer carnal manifestando um grande vazio
no interior da alma. Com isso começa a desencadear uma sequência de
eventos relacionados ao sofrimento, e por vez temos a oportunidade de
remissão.
Podemos aprender com a natureza, no caso dos pássaros; eles não
possuem dentes e quem começa a fazer a digestão é a moela, que é um
pequeno órgão musculoso que com contrações e ajuda de pequenos grãos
de areia, esmagam os alimentos fazendo a ação digestiva das aves.

Também encontramos algo interessante em alguns moluscos; no caso


das ostras, que fabricam lindas pérolas a partir de grãos de areia que se
acumulam no interior delas. Em meio a um grande inconveniente para as
mesmas, começam a surgir às pérolas, tão desejadas pelas as mulheres. Vale
apena saber que somente os Perlíferos da família Peteriidac das águas
salgadas e Onidae das águas doce, são capazes de produzir essa joia rara.
Trazendo esse exemplo da natureza para a nossa vida cotidiana,
podemos perceber que através de muitos sofrimentos existe uma grande
oportunidade de Deus gerar vitórias no mundo biológico e no espiritual para

11
cada ser humano que anda segundo a sua Palavra. Caso contrário não
passaria de meros derrotados, punidos por nossos atos pecaminosos.
Outro evento maravilhoso encontramos no Livro dos Salmos quando o
escritor em meio a uma grande conturbação esperou confiantemente que do
Trono de Deus seria decretado a vitória.

Salmo 40:1
Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim e me ouviu
quando clamei por socorro.

O Salmista fazia a narrativa um evento Messiânico (Jesus no calvário);


quando assumiu o nosso lugar pagando a dívida que tínhamos com Deus. E
podemos tomar posse deste versículo nos momentos cruciais da nossa
jornada terrena, de maneira que Ele nunca nos abandona. Por maior que seja
a prova, o próprio Jesus Cristo nos garantiu que estaria ao nosso lado todos
os dias.

Mateus 28:20b
Disse Jesus: Eis que estou convosco todos os dias até a consumação do
século.

O Senhor nunca disse que a nossa jornada seria fácil; mas, garantiu que
não nos deixaria sozinhos; por esse motivo temos que receber a benção,
levantar a cabeça e seguir a caminhada rumo ao céu. É certo que desafios
surgirão, obstáculos serão colocados na estrada; mas com Cristo somos mais
que vencedores.
O apostolo Paulo, vaticinou bem essas palavras quando escreveu a sua
epístola aos Romanos.

Romanos 8:37
Em todas essas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio
daquele que nos amou primeiro.

Se somos mais que vencedores, é porque estamos acima do sucesso. E


o advérbio “MAIS” expõe uma maior quantidade. Conquanto, que a nossa
conquista é pela razão de Jesus está a nossa frente determinado às bênçãos.

12
Um exemplo que pode ser mostrado, é que as aves voam em bando
em formação de “V”; uma se desloca na frente quebrando toda a turbulência
do ar liberando um vácuo que as demais fazem pouco esforço e economizam
energia para seguir longas distâncias. No mundo espiritual temos que
apoderar-se passo a passo; porque necessitamos tomar uma decisão diante
de Deus. Porém, quem determina tudo é Jesus Cristo o salvador da
humanidade, o qual vai a nossa dianteira quebrando os obstáculos.

João 15:16
Não foste vós quem me escolhestes Amim; pelo contrário, eu vos escolhi a
vós outros e vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto
permaneça; afim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-
lo conceda.

Em primeiro lugar fomos escolhidos por Jesus Cristo e a partir dessa


chamada determinado se o seguimos ou não. Contudo, o sofrimento nos
acompanha independente da nossa aclamação; porém, vale apena saber que
ao desprezar a chamada para seguir as coisas santas, as consequências serão
drásticas. Isso quer dizer: “Os que não são de Deus vivem um tormento com
mais intensidade; enquanto os obedientes padecem menos e não sentem
tantas dores”. Porque estão com Jesus e o refrigério é certo.

João 16:33
Falou Jesus: Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No
mundo tereis aflições; mas tende bom animo; eu venci o mundo.

No texto acima, vimos que Jesus está a nossa frente determinado à


vitória. Ora, se Cristo é vencedor com toda certeza estamos neste grupo de
vencedores. É certo que provas virão para nos atordoar; mas, vamos seguir
essa caminhada rumo ao céu cantando o hino de exaltação a Deus e a cada
dia passando os estágios que nos foi proposto.
Que o Espírito Santo console e tenha paz, mesmo que seja difícil; mas
em Cristo receberemos a salvação eterna. Amém!

13
Capítulo Terceiro
Ilusão do Tempo Presente
Tudo Na Vida Passa

Eclesiastes 3:15
O que é já foi, e o que há de ser também já foi; Deus fará renovar-se o que
passou.

O ser humano tem uma tendência de pensar que é eterno na vida


terrena, e quando menos espera todas as coisas que estão ao seu redor
mudam. Vão embora as amizades, desmancha os relacionamentos, os bens
matérias ficam obsoletos sem valor; até o corpo envelhece e chega ao fim da
saúde. Então, resta somente e eco forte dentro da alma que diz: “O que é já
foi, e o que há de ser também já foi”.
Quando o homem atingir a profundidade desta frase, que é uma
inspiração de Deus; então compreenderá que a eternidade é para sua alma
imortal e que somente mediante a aceitação de Jesus como único e
suficiente salvador, chegará à plenitude do prazer da imortalidade e o
verdadeiro valor que está na esfera espiritual.
Em outro parâmetro, enquanto a criatura humana investir todos os
seus esforços para encontrar uma perfeição nos dias terrenos, sempre estará
deparando-se com a tristeza, solidão, desamor e incerteza o amanhã. É como
se estivesse viajando em um túnel escuro e frio, que de tempos em tempos
aparece apenas lampejos de felicidade que passa bem rápido.
Quando a nossa esperança está fundamentada na Palavra de Deus,
notoriamente a vida tem um brilho fanal que guia a embarcação da jornada
em um mar de adversidade e escuridão quando viajamos; mas, sempre uma
luz ilumina o nosso oceano mostrando o rumo a eternidade com conforto e
segurança. Com toda autoridade a Apóstolo Paulo escreveu aos Colossenses,
fazendo uma linda narrativa a respeito dessa esperança.

Colossenses 1:5-6
05 – Por causa da esperança que vos está preservada nos céus, da qual
antes ouvistes pela palavra da verdade do Evangelho,

14
06 - que chegou até vós; como também, em todo o mundo, está produzindo
frutos e crescendo, tal acontece entre vós, desde o dia em que ouvistes e
entendestes a graça de Deus na verdade.

As pessoas do século XXI, estão sofrendo um tipo síndrome


popularmente conhecida como “A depressão do domingo”; é algo
interessante, tendo em vista que esse dia é descanso para todos, e dia de
visitar familiares, lazer, restaurante e viajem. Mas, à medida que vai
passando o dia aparece uma tristeza inexplicável, aperto no peito, incerteza
do amanhã; quando deveria ser diferente. Porque o domingo é sinônimo de
alegria, de se desligar das preocupações.
Contudo, acontece esse fenômeno na alma das pessoas pelo simples
fato da verdadeira alegria consistir em não colocar o Senhor em primeiro
plano e entregando a Ele todas as ansiedades e problemas. Quando a
humanidade tiver alcançado a maturidade espiritual para uma operação
divinal em seu interior; então não haverá mais dia de ansiedade.

I Pedro 5:7
Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós.

Assim como vimos à depressão do domingo, também temos aqueles


que sofrem em uma forma crônica, e para sobressair da situação de extrema
tristeza recorrem para os orixás que defendem a cada dia da semana; e
oferecendo ofertas para essas entidades, continua na mesma crise
existencial.

Deuteronômios 18:10-11-12
10 – Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo os eu filho ou
a sua filha, nem adivinhador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
11 – Nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte
os mortos;
12 – Pois quem faz tal coisa e abominação ao Senhor; e por estas
abominações o Senhor, teu Deus os lança de diante de ti.

Também nos deparamos com seguidores da Nova Era, que tem o seu
“Calendário dos Anjos”; para cada dia do ano, e até ensinam que cada pessoa

15
tem o seu anjo cabalístico. Isso é uma doutrina herética que não tem amparo
Bíblico; e a cada dia tornam-se piores em sua situação diante de Deus.

Colossenses 2:18
Ninguém se faça árbitro contra vós outros, pretextando humildade e culto
aos anjos, baseando-se em visões, enfatuando-se, sem motivo algum, na
sua mente carnal.

Quer dizer que não temos o direito, nem a liberdade de nos envolver
com os anjos, porque os mesmos não responderão as nossas expectativas
uma vez que são submissos as ordens de Deus e não de seres humanos.
Da mesma sorte acontece com uma religião pagã, que pensam está
divulgando o Evangelho de Jesus Cristo, e erroneamente apresentam um
santo para cada dia do ano; e seus fiéis ainda acham que é pouco e colocam
um padroeiro para cada cidade. Sendo na verdade uma blasfêmia contra
Deus, e ofensa a Bíblia Sagrada.

Salmo 33:12
Feliz é a nação cujo Deus É o Senhor, e o povo que ele escolheu para sua
herança.

E quanto a colocar um santo para cada dia do ano:

Romanos 1:25
Pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a
criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!

Esses são alguns dos motivos que a raça humana padece de uma
tristeza avassaladora em sua alma; sabendo que Deus não dar a sua glória a
outrem, e quando acontece esse descaso por parte de cada um que habita na
terra.

Isaias 42:8
Eu sou o Senhor, este é o meu nome; a minha glória, pois não darei a
outrem, nem a minha honra a imagem de escultura.

16
Somente amando Deus sobre todas as coisas é que encontraremos o
caminho para a verdadeira paz e felicidade; sabendo que a perfeição não
acontece no universo presente. Contudo, para os que são fieis, conseguem
galgar de um grande privilégio, especialmente a garantia de morar no céu por
todos os séculos dos séculos. Amém!

Capítulo Quarto
Promotores de Prosperidade

Durante a vida na terra nos deparamos com pessoas que cruzam a


nossa jornada rumo a vida eterna; algumas por um breve tempo, e outras
demoram por um período maior; de forma que cada uma cumpre um papel
fundamental para o nosso aperfeiçoamento e maturidade espiritual.
Muitas dessas personalidades, são agentes promotores de transtornos
e sofrimentos que desabonam uma carga negativa na alma; e muitas vezes
somos tentados a desejar que os tais morram, para que assim o sossego volte
a reinar.
Agimos assim, porque não aceitamos o ensinamento do Senhor Deus.
Mas, por outro lado cobramos muitas bênçãos nas orações.
Na realidade, os infortúnios acontecem porque não estamos
preparados para administrar os bens materiais; e tudo chega no tempo de
Deus e quando estamos prontos para desfrutar das benesses Divinas.

Eclesiastes 3:1
Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito
debaixo do céu.

Não existe como pular as etapas da nossa jornada, e podemos


compara a nossa vida como se fosse um game de um computador, em que
somente é possível avançar quando se vence a cada nível, até chegar ao final.

Romanos 8:37
Em todas essas coisas, porém, somo mais que vencedores, por meio daquele
que nos amou.

17
A peregrinação do homem no presente é marcada pelo sofrimento,
tendo em vista o pecado original herdado de Adão que foi passado para
todos como se fosse um vírus; e não tem como ficar de fora desse contexto.
Contudo, não quero dizer que em todo tempo o sofrimento esteja
predominando; existe um equilíbrio para esse universo; de maneira que vem
os momentos de tristeza e um longo intervalo de alegria.
Podemos comparar com os ingredientes de um bolo, que tem presença
da farinha de trigo, ovos, manteiga, açúcar e um pequena porção de
fermento. Assim acontece com os seres humanos que desfrutam momentos
de alegria, lazer, paz, descanso e passageiros intervalos de sofrimento, como
se fosse o fermento que leveda e faz crescer a massa do bolo. No nosso caso,
tem a função de elevar a alma e dar maturidade para vencer os obstáculos
que possam surgir.

I Pedro 5:9-10
09 – Ao qual resisti firmes na fé, sobretudo que os mesmos sofrimentos
estão se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo.
10 – E o Deus de toda graça, que em Cristo vos chamou a sua eterna glória,
depois de haverdes sofrido por um pouco, Ele mesmo vós há de aperfeiçoar,
confirmar e fortalecer.

Voltando ao assunto que estamos destacando neste exemplar


(sofrimento); para ter uma realidade fundamentada na felicidade, tudo
depende de um relacionamento pessoal com Deus. Quer dizer, que devemos
ter uma meta para estar o mais próximo do Senhor o que nos dará vitória em
todas as adversidades que possa surgir.
Perceba que quem permanece na luz fica protegido das feras, porque
elas não querem se aproximar. Da mesma sorte acontece com os ladrões que
não querem se expor para quem não seja revelada a sua obra maligna.
Quanto aos que estão próximos de Deus, tem uma proteção em todos
os sentidos, e ainda que surja algum inconveniente, certamente passará o
mais rápido possível.

João 3:21
Mas quem pratica a verdade vem para a luz, afim de que as suas obras
sejam manifestas porque são feitas em Deus.

18
O Senhor deve ser incluso na nossa existência com um familiar;
sabendo que Ele vai além dos nossos entes queridos, porque tudo aqui passa;
mas, o que é Divinal permanece para sempre.
Um exemplo bem prático podemos observar, quando nos
programamos para um lazer, festa e férias; em que queremos ficar ao lado
dos nossos familiares. Acontece também nos momentos de enfermidades e
provações, que contamos com apoio dos mesmos.
Porque não agir assim com a presença de Deus?
Devemos contar com a sua companhia em todos os momentos; o
amando, honrando e adorando-o em Espírito e verdade, cumprindo o que
Jesus falou:

João 17:23
E neles e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na verdade para que
o mundo conheça que tu me enviaste e os amastes, como também amastes
a mim.

Notoriamente, depois do que lemos começa a abrir a nossa mente


para compreender que o sofrimento acontece porque excluímos o Senhor do
nosso dia a dia, e com esse comportamento as coisas vão ficando difíceis e
somos privados de toda prosperidade; que seja material ou espiritual.

Capítulo Cinco
Feliz Com Próprio Mérito

O maior problema da humanidade é que as pessoas querem ser felizes


com a alegria dos outros; sendo vitimadas no final, por um sentimento de
inveja e ambição.
De nada vale assumir uma identidade que não é a nossa; porque isso
nos deixaria como o personagem de um filme que passa todo tempo
encenando um papel, que na verdade é uma fantasia.
E ao mesmo tempo podemos nos deparar com outros seres humanos
que vivem em função de outrem, e fazem de tudo para promover a felicidade
dos demais, menos a sua. Quando na realidade não passam de fantoches nas
mãos do semelhante. E o resultado é a depressão.

19
O único ser que deve ser observado e evidenciado, é Jesus Cristo,
porque Ele não nos trata com leviandade. E sim no amor eternal.
Daí o motivo pelo qual, o Apostolo Paulo chegou a escrever:

Gálatas 2:20
Já estou sendo crucificado com Cristo, e vivo, não mais eu, mas Cristo vive
em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo pela fé do Filho de Deus, o
qual me amou, e se entregou a se mesmo por mim.

Quando vivemos embasado em Jesus; então acontece um grande


fenômeno sobrenatural que confirma a frase universal: “Jesus a alegria de
todos os homens”.
Um dos principais agravantes para a infelicidade da raça humana, é
que as pessoas estão querendo ser aquilo que não condiz com a sua
realidade.
Observe que uma mão tem diversos dedos; no entanto, cada um é
diferente dos outros.
O mesmo acontece com uma família composta de vários filhos, que são
de diferente personalidade. Ainda que tenha os gêmeos monozigóticos
(iguais), eles pensam e age desigual.
Assim acontece com cada ser humano que vem ao mundo com um
plano de Deus; sendo agraciados acima de tudo com a verdadeira felicidade.
Basta buscar e contentar-se com o que cada um dispõe ao seu favor.

Outros pensam que a felicidade consiste no poder aquisitivo dos bens


materiais, imaginando que os tais podem trazer a verdadeira alegria. E
ignoram que a comunhão com Deus é a vertente da felicidade eterna.
Uma pessoa pode ser muito pobre financeiramente. Todavia tem a
mesma condição da uma intima comunhão com Deus, e essa ação vai
transfigurar em seu rosto o prazer de uma existência produtiva e feliz.
As festas, baladas, viagens e outros eventos passageiros, não garante
que a tristeza passará. Daí o motivo que o Salmista Davi expressou que Deus
é centro da felicidade.

Salmo 121:1
Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.

20
O segredo é colocar Deus em primeiro plano; perceba que o Salmista
Davi, com toda riqueza e vivendo como imperador sobre Israel, priorizou ao
plano divino.
Os bens materiais, ou a ausência deles, não exerce influência na alegria
do coração humano.
Todavia, quando perdemos esse foco é porque não amamos e
adoramos a Deus. Então quem predomina é a tristeza e falta de desejo pela
vida.
O Senhor deve estar em primeiro lugar em todos os nossos projetos, e
quando verdadeiramente entramos nessa intimidade, seremos agraciados
por virtudes inefáveis.
A felicidade não somente a ausência da tristeza; mas um estado de
espírito que eleva a alma humana. Alguém pode não estar triste e ao mesmo
tempo não ser feliz; isso é uma lacuna emocional sentido falta de alguma
coisa.
Posso afirmar com toda autoridade, que é falta é de Deus
A Bíblia expõe o seguinte versículo

Filipenses 4:4
Alegram-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se!

Perceba que o verdadeiro sentido da felicidade tem a sua base de


sustentação em Deus; por essa razão que Paulo escrevendo aos filipenses foi
enfático na sua colocação: “Alegrem-se sempre no Senhor”. Que dizer que a
nossa atenção deve estar voltada para as coisas dos céus; e quando o nosso
proposito fica firmado em Deus, começa a mover rios de alegria dentro da
nossa alma. Ser feliz é ter a convicção que o Senhor trabalha por cada ser
humano.

Capítulo Seis
A Raiz da Felicidade

Um bom exemplo para mostrarmos é comparar a felicidade humana


com uma árvore grande e frondosa que abençoa a todos com os frutos, e
serve de abrigo com a sua sobra para os viajantes que passam por baixo dela.

21
Todavia essa grande árvore pode doar-se, mas intimamente será que
ela é feliz?
Tem pessoas que também são assim, dar tudo de si para o seu
semelhante, serve de abrigo para os que buscam alento; mas, na verdade
não conseguem alegrar a sua própria alma. Quero dizer com isso que na raça
humana existem muitas pessoas que são funcionais, responsáveis e até
amáveis. No entanto, o sofrimento da vida as levaram por um caminho de
dor e angustia que a humanidade dessa pessoa fica em dúvida.
Por essa razão é que todas as pessoas devem está enraizada na Palavra
de Deus, porque mesmo que aconteça alguma perseguição ou angustia, a
mesma não será abalada, porque está ligada em Deus.
Um grande exemplo podemos observam no Livros dos Salmos.

Salmo 01:1-2-3
01 – Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos
ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda
dos escarnecedores.
02 – Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de
noite.
03 – Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o
seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer
prospera.

Estamos diante de um exemplo maravilhoso que o Senhor faz entre o


homem que ama a Deus e um árvore produtiva que está ligada no manancial
de águas. Ambos apresentam grande prosperidade.
Por outro lado, também podemos nos deparar com árvores
improdutivas que levam a sua existência apenas ocupando lugar e em meio a
um quadro de infelicidade, transtornando a todos que estão próximo.
A parte exterior de uma árvore pode apresentar preponderância, mas
o segredo está no interior, que em alguns casos podemos encontrar o cupim
e outras doenças que se apresentará quando não houver mais solução.
O segredo de uma planta robusta não está no seu tronco, e sim nas
pequenas raízes que se aprofundam dentro da terra solvendo todos os
minerais e outras substancias que são imprescindíveis para a alimentação e
manutenção de toda árvore. Sendo esses elementos imperceptíveis aos

22
olhos humanos, mas fundamentais para a frutificação e perpetuação de cada
árvore de uma floresta.
Quanto ao homem, as suas raízes profundas devem estar regadas da
Palavra de Deus, com oração, louvor e adoração. Que não são percebidas por
outras pessoas, e sim dentro de cada adorador de Deus.
Como a árvore busca os mais difíceis e profundos terrenos a procura
substancias para a sua existência, o homem deve adentrar em uma região de
amor e segredo para com Deus, o que os teólogos chamam de comunhão ou
intimidade; para que assim possa galgar dos grandes privilégios que Ele
traçou desde o princípio da criação. Especialmente a felicidade tão procurada
e desejada por todos os mortais.
A alegria não é um sentimento que acontece de fora para dentro; pelo
contrário, deve fluir de dentro para fora. Não é uma música alegre que está
tocando no rádio, nem tão pouco a ilusão de uma substância alucinógena
como as drogas, e porque não dizer o álcool.
A verdadeira felicidade consiste em sentir paz e perdão no amor de
Deus, através do sacrifício propiciatório de Jesus Cristo, que resgata todos os
homens da depravação para um novo estado de espírito.
O segredo para superar todo sofrimento é aceitar a Jesus como o único
e suficiente salvador.

23
Conclusão

Chegamos ao final de mais uma obra missionária que certamente


edificou a sua vida na graça e conhecimento do Reino de Deus na face da
terra. Agora é fundamental que você ponha em pratica todo conhecimento
adquirido no pequeno livro “Superando o Sofrimento”, porque a partir de
agora a sua vida está preenchida com a verdadeira felicidade, que é Jesus
Cristo.

Tenha uma intima comunhão com Deus, e muitos anos de vida, paz,
saúde e devoção a tudo que é sagrado.

Que Deus vos abençoe rica e abundantemente.

Pr Robson Colaço de Lucena


OTPB – Ordem dos Teólogos e Pastores do Brasil
Mat 595
Conselho dos Pastores do Brasil
Mat 10429

24

Interesses relacionados