Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO – CAMPUS BAIXADA SANTISTA

Curso de psicologia
o
UC Eletiva 4 Termo 2016: Etnografia, intersubjetividade e pesquisa social

DOCENTE: Luiz Henrique Passador


Dia: Quarta-feira - Horário: 14:00 às 16:00 horas
CARGA HORÁRIA: 40hs (32hs Teóricas; 8hs Práticas) - Início: 10/08/16 – Término: 14/12/16)

Aula 1 a) Apresentação do Módulo: dinâmicas das aulas, bibliografia, e levantamento de expectativas dos estudantes sobre a UC
b) Apresentação da proposta de avaliação
10/08 1) PROVA INDIVIDUAL (valor 4,0 – aula 7 – 28/09)
2) PESQUISA ETNOGRÁFICA (valor 5,0): alunos devem fazer exercício etnográfico em grupos e cada grupo entregar relatório
descritivo e analítico de observação participante, com seminário de apresentação dos resultados para a turma

Solicitar para Aula 2:


- leitura de Michael Angrosino

Aula 2 Exposição e discussão dos conceitos centrais de Angrosino sobre etnografia e observação participante a partir da leitura
do texto indicado
17/08 Solicitar para Aula 3:
- leituras de Malinowski
Texto de apoio: Evans-Pritchard

Aula 3 Exposição e discussão dos conceitos centrais de Malinowski sobre o método etnográfico a partir da leitura do texto
indicado
24/08 Solicitar para Aula 4:
- leituras de Roberto Cardoso de Oliveira e Foote-Whyte

1
Aula 4 Exposição e discussão dos conceitos centrais de Cardoso de Oliveira e Foote-Whyte sobre o método etnográfico a partir da
leitura do texto indicado
31/08 Solicitar para Aula 5:
- leitura de James Clifford
Texto de apoio: Teresa Caldeira

07/09 FERIADO

Aula 5 Exposição e discussão dos conceitos centrais de James Clifford e Teresa Caldeira sobre o método etnográfico a partir da
leitura do texto indicado
14/09 Solicitar para Aula 6:
- leitura de James Clifford
Texto de apoio: Mariza Peirano

Aula 6 a) Exposição e discussão dos conceitos centrais de James Clifford e Mariza Peirano sobre o método etnográfico a partir da
leitura do texto indicado
21/09 b) Resgate das discussões do módulo visando preparação para a avaliação individual
Lembrar: Avaliação Individual em sala na próxima aula (toda bibliografia discutida até 14/09)

Aula 7 Avaliação/Prova individual em sala de aula: valor 4,0


Solicitar para aula 8:
28/09 - leitura de Favret-Saada

Aula 8 Exposição e discussão dos conceitos centrais de Favret-Saada sobre o método etnográfico a partir da leitura do texto
indicado

2
05/10 Solicitar para aula 9:
- leitura de Márcio Goldman

12/10 FERIADO
Aula 9 Exposição e discussão dos conceitos centrais de Márcio Goldman sobre o método etnográfico a partir da leitura do texto
indicado
19/10 Solicitar para aula 10:
- leitura de Diego Zenobi

Aula 10 Exposição e discussão dos conceitos centrais de Diego Zenobi sobre o método etnográfico a partir da leitura do texto
indicado
26/10 Solicitar para aula 11:
- leitura de Isadora Lins França
02/11 FERIADO

Aula 11 Exposição e discussão dos conceitos centrais de Isadora Lins França sobre o método etnográfico a partir da leitura do
texto indicado
09/11 Solicitar para aula 12:
- proposta de exercício etnográfico, contendo definição de tema, objetivos, método e bibliografia

Aula 12 Exibição do filme Segredos da tribo (José Padilha)

16/11

Aula 13 Supervisão dos grupos para elaboração da pesquisa etnográfica a partir de plano de pesquisa solicitado na aula anterior

23/11

3
Aula 14 Pesquisa de campo

30/11
Aula 15
Apresentação e entrega dos trabalhos finais
07/12

Aula 16 Fechamento do módulo: entrega de notas e avaliação do módulo

14/12
Exame
15/12

AVALIAÇÃO
1) PROVA INDIVIDUAL (valor 4,0 – aula 7 – 28/09)
2) PESQUISA ETNOGRÁFICA (valor 6,0)

Referências Bibliográficas:

ANGROSINO, M. Etnografia e observação participante. Porto Alegre: ARTMED, 2009.

MALINOWSKI. B. Objeto, método e alcance desta pesquisa. In: ZALUAR, A. (org). Desvendando máscaras sociais. Francisco Alves Ed.,
1990.

CARDOSO DE OLIVEIRA, R. O trabalho do antropólogo. 2.ed. Brasília: Paralelo 15, 2000.

CLIFFORD, J. Sobre a autoridade etnográfica. In: CLIFFORD, J. A experiência etnográfica: antropologia e literatura no século XX. RJ:Ed.
UFRJ, 2008, p. 17-62.

4
FAVRET-SAADA, J. Ser afetado. Rev. Cadernos de Campo, n. 13, 2005, p. 155-161.

FRANÇA, I. L.

GOLDMAN, M. Os tambores dos mortos e os tambores dos vivos. Etnografia, antropologia e política em Ilhéus, Bahia. Revista de
Antropologia, v. 4 n.2, 2003.

ZENOBI, D. O antropólogo como espião: das acusações públicas à construção das perspectivas nativas. Rev. Mana, Jan/Out 2010, v.16
n.2, p. 471-499.

Bibliografia Complementar
CALDEIRA, T. A presença do autor e a pós-modernidade da antropologia. Novos Estudos Cebrap, Jul 1988, n.21, p. 133-157.

EVANS-PRITCHARD, E. E. A bruxaria é um fenômeno orgânico e hereditário. In Bruxaria, oráculos e magia entre os Azande. Rio de
Janeiro: Jorge Zahar Editores, 2005, p. 33-48.

FOOTE-WHYTE, W. Treinando a observação participante. In: ZALUAR, A. (org). Desvendando máscaras sociais. Francisco Alves Ed.,
1990.

PEIRANO, Mariza. A favor da Etnografia. In: PEIRANO, M. A favor da etnografia. RJ:Relume-Dumará, 1995, p. 31-58.

Filmes e vídeos
Segredos da tribo. José Padilha, 2010.