Você está na página 1de 4

Tema: Che, Castro ou Cristo

Divisa: II Tim 3: 1-5


“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos,
blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural,
irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te”.
O tema desta noite a minha luz, traz a comparação entre dois homens e um Deus
e nunca o homem será capaz de amarrar as sandálias deste Deus “Ele é aquele que vem
depois de mim, cujas correias das sandálias não sou digno de desamarrar”.João 1:27,
vivemos o tempo de uma cultura onde tudo é superficial, temporário e relativizados,
talvez o que para uns é bom para outros passa a ser ruim imediatamente.
Então como definir de fato o que é importante para a nossa vida? Ter o
conhecimento de quem seguimos e em quem acreditamos torna-se vital para a nosso
vida aqui na terra e na nossa vida futura.
O tema nos propõe uma escolha e de início já definimos que a escolha por Jesus
é a melhor.
Vivemos o tempo do olhar, pois as grandes manifestações humanas hoje são
externas e vistas aos olhos nu propositalmente, edificamos prédios, construímos
monumentos, pintamos quadros, compomos canções, nos tatuamos, portamos bótãos,
camisetas e etc, no Brasil particularmente vivemos discussões politicas onde uns dizem
sou de A e outros dizem sou de B, carregamos símbolos com alguns mártires e
utilizamos uma simbologia que achamos que expressa algo, mais na verdade estamos
pagando o maior mico, pois representam outra coisa.
Como somos adolescentes usamos símbolos como a suástica, o sigma, a cruz,
imagens de che, Fidel, Mickey, chaves e etc.
Mas o tema nos leva para Fidel, Che e Jesus Cristo, este mesmo Jesus disse que
erramos por não conhecermos as escrituras.
Temos uma concepção equivocada do pecado e da salvação, muitas pessoas
julgam que o pecado é devido ao meio em que o homen vive, logo melhorando o meio,
o pecado desaparecerá, se assim fosse precisaríamos de um benfeitor e não um salvador,
Outros julgam que o pecado é oriundo da ignorância. Os homens pecam dizem,
por que não conhecem coisa melhor a assim a educação seria a salvação da raça, o
combate ao analfabetismo seria a melhor pregação do evangelho, mas sabemos que este
também não é o caso.
Utilizarei um Grupo que tem feito muito barulho em nossos dias os LGBTs,
estou cansado de vê-los usando camisas com o rosto de Castro, Guevara, Jesus e etc.
Vejamos Castro:
Fidel Castro. ... Fidel Alejandro Castro Ruz, (Nascido Birán, 13 de agosto de
1926 — Havana, 25 de novembro de 2016), foi um político e revolucionário cubano que
governou a República de Cuba como primeiro-ministro de 1959 a 1976 e depois como
presidente de 1976 a 2008.

“Jamais chegaremos a acreditar que um homossexual é capaz de encarnar as condições


e os requisitos de conduta que permitiriam considerá-lo um verdadeiro revolucionário,
um verdadeiro militante comunista”, Castro declarou em entrevista em 1965. “Um
desvio dessa natureza choca-se com o conceito que temos do que deveria ser um
militante comunista.”

Na visão de Castro e seu camarada revolucinário Che Guevara – que frequentemente


chamava os gays de maricones – a homossexualidade era algo inerentemente
contrarrevolucionária, fruto da decadência burguesa. Os líderes uniram uma fixação
ideológica ao machismo latinoamericano tradicional que já via a homossexualidade
como algo negativo, tornando-o politicamente indesejável.

A polícia cubana começou a prender homossexuais pouco depois de Castro chegar ao


poder. Em 1965 o regime criou campos de trabalhos forçados conhecidos como
Unidades Militares de Ayuda a la Producción (UMAP – Unidades Militares de Auxílio à
Produção),

Note que Colocar gays em campos de concentração não foi a única prática que
Castro emprestou dos nazistas. Durante a crise dos mísseis de Cuba, segundo relatórios
de inteligência alemães divulgados recentemente, o ditador quis contratar ex-oficiais da
SS para instruir seu exército. Abaixo outras práticas:

Ele executou crianças.

Em 27 maio de 1967 executou soldados para coletar sangue e vender ao Vietnã.

Perseguiu os católicos, nos anos 60 proibiu a celebração do Natal, nos últimos 50 anos
não se construíram igreja no país.

“Os gays não eram tratados como seres humanos, eram tratados como animais. Eram os
últimos a saírem para as refeições, e qualquer incidente insignificante era motivo para
espancá-los sem dó.”

A morte de Fidel Castro é algo a ser celebrado. Mas a verdadeira liberdade para os
LGBTs de Cuba vai permanecer uma ilusão enquanto a liberdade política for negada
para todos os Cubanos.
Che Guevara – Ernesto Rafael Guevara de La Serna, mais conhecido como Che
Guevara, foi um famoso revolucionário socialista do século XX. Argentino, nasceu na
cidade de Rosário em 14 de junho de 1928. Faleceu em 9 de outubro de 1967, na aldeia
de La Higuera (Bolívia).
O Socialismo e o Homem em Cuba. Diferentemente da ideia de um homem livre, o
conceito “propunha modelos fascistas e machistas de perfeição viril que negavam a
homossexualidade, a bissexualidade e a transexualidade”.

“o mundo usa a imagem de Che Guevara sem de fato se conhecer o que ele pensava”. a
É preciso conhecer os livros que ele escreveu e não o que se escreve sobre ele. É como
colocar uma foto de Hitler sem saber quem era. Esse uso foi e continua sendo muito
prejudicial ao mundo.
Assim como com Castro, com Che ;

Os campos de concentração cubanos abrigaram todos aqueles que não se encaixavam na


ideia de “homem novo”: gays, católicos, testemunhas de Jeová, alcoólatras, sacerdotes
do candomblé cubano e, mais tarde, portadores de HIV. “Como poderia o homem novo
se libertar do capitalismo? Essa era a questão central para os líderes revolucionários
da época, principalmente Che Guevara, um insistente proponente da ideia de um
homem novo e um dos mais convictos líderes homofóbicos do período”, afirma o
escritor cubano Emilio Bejel no livro Gay Cuban Nation. (2000, p.24)

O poeta e dramaturgo Virgilio Piñera, por exemplo, tinha sido exilado político da
ditadura anterior, a de Fulgencio Batista. Em 1961, foi preso durante a “Noite dos 3
Ps”. Amigo e colega de trabalho de Virgilio, o escritor Gillermo Cabrera Infante
explicou o episódio no livro Mea Cuba. “Um departamento especial da polícia,
chamado de Esquadrão da Escória, se dedicara a deter, à vista de todos, na área velha
da cidade, todo transeunte que tivesse um aspecto de prostituta, proxeneta ou
pederasta”, escreveu Infante. (1996, p.91) Virgilio conseguiria escapar da prisão, mas
não do preconceito de Che Guevara. Anos depois, Che viajou para a Argélia e visitou a
embaixada cubana local. Ao dar uma olhada nos livros da estante da embaixada,
deparou-se com o Teatro Completo de Virgilio Piñera. “Como é que você pode ter o
livro dessa bicha na embaixada?”, disse ao embaixador enquanto atirava o livro pela
parede. O embaixador desculpou-se e jogou a obra no lixo. (INFANTE, 1996, p.341)

Visão Marxista da Religião


“Bem-vinda seja uma religião que derrama no amargo cálice da sofredora espécie
humana algumas doces, soníferas gotas de ópio espiritual, algumas gotas de amor,
esperança e crença”. Moses Hess, em seu ensaio publicado na Suíça em 1843
Marx se refere cada tanto ao capitalismo como uma “religião da vida diária”
apoiada no fetichismo das mercadorias. Descreve o capitalismo como “um Moloch que
exige o mundo inteiro como um sacrifício devido”, e o progresso do capitalismo como
um “monstruoso Deus pagão, que só queria beber néctar na caveira da morte”. Sua
crítica à economia política está salpicada de freqüentes referências à idolatria: Baal,
Moloch, Mammon, Bezerro de Ouro e, é obvio, o conceito de “fetichismo” por si
mesmo. Mas esta linguagem tem mais um significado metafórico que substancial (em
termos da sociologia da religião) (Marx, 1960b: 226, Vol. 9 e 488, Vol. 26)
Muitos marxistas no movimento de trabalhadores europeu eram radicalmente hostis à
religião, mas acreditavam que a batalha atéia contra a ideologia religiosa devia
subordinar-se às necessidades concretas da luta de classes, a qual demandava a unidade
entre trabalhadores que acreditam em Deus e aqueles que não acreditam. O próprio
Lênin que seguidamente denunciou a religião como uma “névoa mística” insistiu em
305 seu artigo “Socialismo e religião”

E Cristo onde se encaixa nisto?

Jesus em sua caminhada missionária na terra defendeu a causa daqueles que não
podiam se defender,

Me apossando da voz de um Marxista convicto brasileiro, Paulo Freire dizia em


seus discursos “ que o opressor pode deixar de ser opressor, mas o oprimido
deixará de ser oprimido tão somente quando o opressor cessar a sua ação”

A mulher adultera João 8: 1-3

1 PORÉM Jesus foi para o monte das Oliveiras;


2 E pela manhã cedo tornou para o templo, e todo o povo vinha ter com ele, e,
assentando-se, os ensinava.
3 E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério;

Os portadores de Necessidade especial 2 Samuel 9: 12 -13

E tinha Mefibosete um filho pequeno, cujo nome era Mica; e todos quantos moravam
em casa de Ziba eram servos de Mefibosete. Morava, pois, Mefibosete em Jerusalém,
porquanto sempre comia à mesa do rei, e era coxo de ambos os pés.

Jesus e um cego. Marcos 10: 46 – 52.

Jesus e um surdo - Marcos 7:32-35. Redação tema do ENEM

E trouxeram-lhe um surdo, que falava dificilmente; e rogaram-lhe que pusesse a


mão sobre ele. E, tirando-o à parte, de entre a multidão, pôs-lhe os dedos nos ouvidos; e,
cuspindo, tocou-lhe na língua. E, levantando os olhos ao céu, suspirou, e disse: Efatá;
isto é, Abre-te. E logo se abriram os seus ouvidos, e a prisão da língua se desfez, e
falava perfeitamente.

Meu querido você precisa conhecer o caminho que esta trilhando, e muita das
vezes você esta caminhando para um caminho de morte.
Para onde você esta indo?
O escritor de Efésios dis em Ef 5:13 que a luz manifestaria todas as coisa
condenáveis, peça a Jesus para trazer esta luz para você.
O Texto base diz nos últimos dias aparecerão....homens maus.
Qual é a sua escolha.