Você está na página 1de 19

1

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA

PROGRAMA DE 12 PASSOS
TRATAMENTO FÍSICO, EMOCIONAL E MENTAL

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
2

Programa de 12 passos
Tratamento físico, emocional e mental

No tratamento de pessoas com de-


pendência química ou transtornos
mentais, os profissionais responsáveis
pelo processo devem ter conhecimen-
to de diferentes formas de abordagem
e de acompanhamento do caso de
cada paciente.

Elaborado nos Estados Unidos, o Pro-


grama de 12 passos é uma forma de
tratamento que vem sendo aplicada
em pessoas não somente com de-
pendência alcoólica, mas também
de outras substâncias químicas, além
de certos transtornos mentais, como a
compulsão.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
3

O QUE É
O Programa de 12 passos é uma alternativa recomendada para pacientes que apresen-
tam dependência de diferentes substâncias químicas, como o álcool, maconha, cocaína,
entre outras drogas; e alguns transtornos mentais, como a compulsão.
Ao dar entrada em uma clínica de reabilitação, o paciente passa por diversas etapas junto
à equipe de profissionais. A primeira etapa é chamada de acolhimento, na qual o grupo de
especialistas responsável pelo caso irá conhecer e discutir o histórico do paciente.
A partir dessa análise, a equipe identifica a profundidade da dependência e também pos-
síveis fatores que podem ter causado essa dependência no paciente. No caso de pacientes
com transtornos mentais, conhecer o histórico da doença na vida daquela pessoa é igual-
mente fundamental para que a equipe elabore o tratamento mais adequado.
O segundo passo já é o início do processo de recuperação. É importante ressaltar que o
programa de recuperação varia de acordo com cada paciente e depende de diversos fato-
res como, por exemplo, a faixa etária. Nesse momento, a psicologia se une à terapia holística
para oferecer ao paciente o tratamento mais completo e saudável possível.

TERAPIA HOLÍSTICA
A terapia holística, praticada na Clínica Maia, é o conjunto de técnicas não
médicas cuja abordagem analisa o ser humano de uma maneira integral. Esse tipo
de modelo de pensamento busca proporcionar autoconhecimento e bem-estar.
Visão do ser humano a partir de três pilares: FÍSICO + MENTAL + EMOCIONAL

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
4

O QUE É
Dentro da terapia holística, podemos encontrar o Programa
de 12 passos como um programa auxiliador às questões da psi-
cologia presentes no tratamento de dependentes químicos.
Ana Cristina Fraia, psicóloga da Clínica Maia, acredita que
receber os pacientes com o Programa de 12 passos é uma for-
ma de prepará-lo não só para a condição na qual se encontra
quando chega à clínica, mas também para o retorno à socieda-
de ao fim do tratamento.
Segundo a psicóloga, cuidar do paciente a partir dos 12 pas-
sos proporciona a segurança de que o tratamento é visto como
um processo completo, com início, meio e fim. “Além disso, o pro-
grama estimula o dependente químico e diminui o índice de re-
caídas”, explica.

“O programa
estimula o dependente químico
e diminui o índice de recaídas”.
Ana Cristina Fraia,
psicóloga da Clínica Maia.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
5

O PROGRAMA

O Programa de 12 passos trabalha


com três facetas: a espiritualidade, a
teoria cognitiva (praticada pela psico-
logia) e o comportamento. Todos os 12
passos têm como base as aplicações
de princípios espirituais que visam a in-
tegridade do paciente como indivíduo
e seu contato com o chamado “poder
superior”, com a sociedade e consigo
mesmo.
Durante o programa, são estimula-
dos valores humanos como a humilda-
de e a honestidade. Na Clínica Maia,
o Programa de 12 passos conta com
terapeutas holísticos especializados, o
que garante o melhor aproveitamento
por parte dos pacientes.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
6

1º PASSO – Absorção da realidade


É necessário o paciente reconhecer
a admitir que é impotente perante a
substância da qual é dependente. No
caso de transtornos mentais, o pacien-
te também deve reconhecer o pro-
blema para iniciar o programa. Nesse
primeiro passo, aceita-se o fato de que
o domínio sobre a vida foi perdido par-
cial ou totalmente, mas que essa situa-
ção será revertida.
O tempo de duração do primeiro
passo, assim como todas as etapas
seguintes do Programa de 12 passos,
varia da condição de cada paciente.
Geralmente, o período entre primeiro
e o quarto passo – chamada de fase
preparatória - é de três meses.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
7

2º PASSO – Acreditar em um poder superior


No segundo passo, o paciente passa a acreditar que um po-
der superior devolverá sua sanidade. Esse poder superior é repre-
sentado da forma que o paciente se identifica e crê, indepen-
dentemente da religião seguida.
Por ser um programa ecumênico, é aberto a todas as ideolo-
gias e crenças. Mesmo em casos nos quais o paciente não segue
nenhuma religião, o poder superior é a fé presente dentro de
cada um. Os pacientes devem se sentir confortáveis para discutir
sobre seu poder superior e saber que, no Programa de 12 passos,
todos os tipos de fé são respeitados.

O Programa de 12 passos é baseado na espiritualidade, e não em religião.

É fundamental manter a mente aberta para reconhecer o próprio caminho em busca da


espiritualidade, que irá auxiliar o paciente a retomar sua sanidade.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
8

3º PASSO – Entregar a vontade e a vida


Após reconhecer o poder superior e
acreditar que este o ajudará no trata-
mento, o paciente decide entregar a
vida e as vontades destrutivas aos cui-
dados desse poder superior. Em muitos
casos, o poder é chamado de Deus.
Porém, é importante lembrar que, nes-
se contexto, Deus não tem apenas o
sentido religioso, e sim da fé individual
de cada paciente.
A prática do terceiro passo é diá-
ria e contínua, exigindo boa vontade
do paciente e fortalecendo a relação
dele com seu poder superior.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
9

4º PASSO – Descobrir defeitos e qualidades

O quarto passo é como se fosse um “in-


ventário” pessoal: o dependente irá fazer
uma autoanálise para identificar suas fa-
lhas tanto de caráter quanto de compor-
tamento. Essa análise ajuda a identificar
quais falhas causaram os impulsos prévios
ao tratamento. Com isso, o paciente reco-
nhece como as atitudes impactaram suas
relações pessoais, sociais e afetivas.
A sinceridade consigo mesmo e a auto-
análise feita nessa etapa fazem com que
o paciente sinta mais confiança em si.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
10

5º PASSO – Admissão
O paciente admite a natureza de
suas falhas perante três frentes: Deus,
ele mesmo e o outro ser humano. Essa
etapa é o momento de “acalmar” o
ego e se livrar do orgulho. Apesar de
soar difícil, esse passo é fundamental
para que o dependente encontre sua
paz de espírito.
Uma das tarefas que compõem o
quinto passo é o diálogo do paciente
com alguém de confiança, para que
o dependente compartilhe seus erros e
converse a respeito do que causa afli-
ção. A partir da autocrítica realizada
no passo anterior e da conversa com
Deus e com outra pessoa, o paciente
passa a aceitar-se mais.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
11

6º PASSO – Permitir que Deus remova


os defeitos de caráter

O sexto passo é aquele em que o


paciente se encaminha em direção à
vontade que Deus reservou para sua
vida, deixando para trás possíveis ten-
tações e falhas.
Os princípios espirituais passam a
reger as atitudes, o que mostrará ao
paciente a oportunidade de modificar
sua personalidade para melhor.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
12

7º PASSO – Pedir, com humildade,


a renovação
Um dos principais pilares do Progra-
ma de 12 passos é a humildade. No
sétimo passo, o paciente pede humil-
demente que Deus o livre das imperfei-
ções presentes em suas atitudes.
O pedido de ajuda é essencial para
que se atinja a sobriedade. Tão impor-
tante quando pedir ajuda, é aceitá-la.
Ao sentir a paz de espírito, que é con-
sequência da humildade, o paciente
reconhece que a depressão e ansie-
dade que o angustiavam dão espaço
à serenidade.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
13

8º PASSO – Reparar os danos (parte I)

No oitavo passo, o paciente ela-


bora uma lista de pessoas que foram
prejudicadas por ele antes do início do
tratamento. Essa atitude faz com que
o dependente enxergue o impacto de
suas ações na vida dos outros indivídu-
os.
No Programa de 12 passos, o pa-
ciente busca perdão de si mesmo e
dos outros, e essa busca é o foco des-
se oitavo passo. Ao fazer a lista, o pa-
ciente entende que é necessário pedir
perdão e se dispõe a isso.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
14

9º PASSO – Reparar os danos (parte II)


A partir da lista elaborada no passo
anterior, o paciente pratica o pedido
de perdão às pessoas.
Para isso, o indivíduo busca contato
com todos aqueles nomes presentes
em sua lista, explicando que está ten-
tando fazer a reparação de seus anti-
gos erros. É importante ressaltar que o
contato entre o paciente e a pessoa
em questão só deve existir quando
não houver riscos de prejudicar qual-
quer parte envolvida.
É necessário que o contato seja
feito no momento mais apropriado e
oportuno, o que garante uma maior
chance de sucesso para o paciente. A
coragem exigida e a consciência de
que seus atos causam consequências
são o grande diferencial do nono pas-
so.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
15

10º PASSO – Inventário diário


A autoanálise deve ser feita todos
os dias, levando em conta a personali-
dade e emoções do paciente. Ao lon-
go do tempo, o chamado “inventário”
pessoal passa a ser uma prática regu-
lar e cada vez mais produtiva.
O paciente deve se questionar so-
bre as sensações que teve naquele
dia, o que o levou a ter tais sensações
e qual atitude ele teve diante de todo
esse conjunto de sentimentos. Nos mo-
mentos em que o paciente reconhe-
cer que está errado, é fundamental
admitir o erro. Ao praticar essa análise
todos os dias, o autocontrole passa a
ser mais fácil.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
16

11º PASSO – Melhorar o contato


com o poder superior
Por meio da prece e da meditação,
o paciente busca aprimorar o conta-
to com o seu poder superior. Nos mo-
mentos de contato, o foco é o conhe-
cimento da vontade do poder superior
em relação ao paciente, bem como
reconhecer as forças para realizar essa
vontade.
Os hábitos adquiridos com a prece
e a meditação durante o Programa de
12 passos é levado para toda a vida,
assim como o equilíbrio emocional ob-
tido. Tanto a prece quanto a medita-
ção fazem com que o dependente
tenha a sensação de pertencimento,
ou seja, de fazer parte de algo. Essa
sensação é, indiscutivelmente, positiva
para a recuperação e vida saudável
do paciente.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
17

12º PASSO – Transmitir a mensagem


aprendida no programa

No último passo, o paciente já ex-


perimentou o despertar espiritual pre-
tendido pelo Programa de 12 passos.
Sendo assim, ele busca transmitir a
mensagem e ensinamentos que rece-
beu ao longo do programa, além de
praticar os princípios nas atividades
cotidianas.
A continuidade do processo inclui a
ação de levar a outros dependentes
e às pessoas com certos transtornos
mentais todo o crescimento obtido
pelo paciente em sua própria experi-
ência no Programa de 12 passos. Esse
auxílio prestado ao próximo é algo
para ser levado para toda a vida.

anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
18

VITÓRIA ÚNICA E INDIVIDUAL


Apesar de todos os conceitos e da metodologia aplicados aos pacientes que participam
do Programa de 12 passos, é imprescindível que tanto o paciente quanto a equipe saibam
que o maior responsável pelo sucesso do programa é o próprio paciente.
A equipe de profissionais deve estar disponível em todos os momentos, apta a auxiliar,
aconselhar e lidar com possíveis problemas durante o processo. A confiança no sucesso deve
partir de ambos os lados: da equipe e do paciente.
A Clínica Maia está preparada para receber pacientes com dependentes químicos e
transtornos mentais e aplicar o Programa de 12 passos com excelência e efetividade. A equi-
pe multiprofissional conta com psiquiatras, psicólogos, terapeutas holísticos, enfermeiros, nu-
tricionistas, educadores físicos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais e especialistas em
musicoterapia.
anos

SAÚDE MENTAL
DEPENDÊNCIA QUÍMICA

clinicamaia.com.br
Tel: +55 (11) 4788.1902 | contato@clinicamaia.com.br
facebook.com/maiaclinica

Rua Vitorino Carmilo, 453 – casa 9


Campos Elíseos – São Paulo – SP
www.timecomunicacao.com.br
facebook.com/timecomunicacao