Você está na página 1de 9

MANUAL ABNT

Na academia, uma preocupação que deve permear todo o processo de


pesquisa e escrita é a honestidade com relação a fontes utilizadas. Trata-se de
uma preocupação que alimenta a continuidade da pesquisa científica,
estimulando a publicação de ideias e descobertas e fazendo surgirem novas
perguntas e pesquisas.
A partir disso, foram criados diversos conjuntos de normas que permitem que
cada informação apropriada de outras fontes seja devidamente referenciada,
e encontrada pelo leitor interessado. Dentre esses conjuntos de normas,
optamos por usar as publicadas pela ABNT, por sua predominância dentro da
academia brasileira. Mais do que uma mera questão ética, o uso de citações e
referências é uma questão jurídica. A apropriação não referenciada do
conhecimento de outros é considerada plágio, e este é considerado um crime
segundo o artigo 184 do Código Penal Brasileiro.

Formatação e layout

Os artigos e guias de estudo devem ser entregues fazendo o uso de:


• Fonte: Times New Roman; tamanho 12;
• Espaçamento: 1,5 cm; sem espaçamento após os parágrafos e subseções.
Entre as seções deve haver espaçamento duplo (“pular uma linha”);
• Layout: justificado;
• Margens superior e inferior: 2,5cm; margens laterais: 3,0cm.
• Formato: Microsoft Word 97-2003 (*.doc) ou 2003-2013 (*.docx);
• Recuo: 1,25 cm ao início de cada parágrafo.
As normas contidas nesta seção devem ser observadas sem prejuízo das
partes do texto regidas por regras particulares (citações de mais de três
linhas, notas de rodapé, etc.), que serão tratadas em seções posteriores
deste manual.
Título, subtítulo, epígrafe, seções e subseções
O topo da primeira página deve conter o título do artigo e os nomes dos
autores, sem menção à comissão que será simulada. Se aplicável, é cabível
inclusão de subtítulo e de citações destacadas em epígrafe.
• Título: deve constar em fonte Times New Roman, tamanho “14”, em negrito,
com alinhamento justificado e espaçamento 1,5 cm.
• Subtítulo: deve constar em fonte Times New Roman, tamanho “12”, em
negrito, alinhamento justificado e espaçamento 1,5 cm.
• Nome dos autores: deve constar em fonte Times New Roman, tamanho “12”,
alinhamento à direita e espaçamento 1,5 cm.
• Epígrafe: deve constar em fonte Times New Roman, tamanho “12”, com
alinhamento à direita, espaçamento 1,5 cm, e em itálico. Já o nome do autor
citado deve constar em negrito.
• Seção: deve ser identificada em negrito e com numeração em algarismos
arábicos. O título das seções estar alinhado à esquerda.
• Subseções (e subdivisões dentro das subseções): devem estar em itálico e
numeradas de acordo com a seção a que pertencem. Alinhamento à
esquerda.
• Numeração: Deve ser feita sem o uso da formatação automática de
processadores de texto como o Word, de forma que os títulos das seções e
subseções fiquem de fato alinhados à esquerda.

Citações e Referências

Alguns elementos são essenciais para que, por meio da referência, o leitor
possa identificar o documento que está sendo citado. Esses elementos devem
ser explicitados na seção de referências bibliográficas, como veremos, sendo
que na citação feita entreparênteses no corpo do texto referirá somente a
autoria e a data de publicação. Esta seção explica quais são os elementos
essenciais básicos e como se refletem nas referências e citações.
Autoria
Uma das informações mais importantes do documento. Pode se referir a
uma ou mais pessoas físicas ou a uma entidade, de acordo com o responsável
pela produção do objeto citado.
a) Autor pessoal
Pessoa física responsável pela criação do conteúdo do documento. Na
referência bibliográfica, deve estar identificado por seu último sobrenome em
maiúsculas, seguido das iniciais do restante de seu nome completo. Já na
citação em parênteses, deve constar apenas seu último sobrenome, em
maiúsculas.
b) Diversos autores
Caso haja dois ou três autores, seus nomes devem aparecer separados por
um ponto-e-vírgula seguido de espaço.
c) Autor entidade
Autores podem, ainda, ser “Instituição(ões), organização(ões), empresa(s),
comitê(s), comissão(ões), evento(s), entre outros, responsável(eis) por
publicações em que não se distingue autoria pessoal” (ABNT, 2002a). Nesse
caso, seu nome deve aparecer por extenso na referência bibliográfica. Nas
citações, siglas podem ser utilizadas, desde que apareçam por extenso na
primeira vez que utilizadas e estejam explicitadas na lista de referências.
d) Autor desconhecido
Quando não for possível identificar o autor, a entrada é feita pelo título. Na
referência, o primeiro termo (que não for um artigo ou um monossílabo) deve
aparecer em maiúsculas. Na citação, caso o título for longo, pode-se usar as
primeiras palavras em maiúsculas, seguidas de reticências.

Data
A data deve aparecer tanto nas citações, quanto na referência
bibliográfica. Caso o ano de publicação não esteja disponível, pode ser usada
a data de distribuição, apresentação (como no caso de trabalho
apresentado em evento), impressão, ou outras.
• Caso nenhuma data esteja disponível, é possível colocar a data estimada ou
aproximada entre colchetes na citação e na referência; ou substituir o ano por
um [s.d.].
• Caso outras informações além do ano estejam disponíveis (como o dia, o
mês ou a estação), estas devem aparecer também na referência. Os meses
devem estar abreviados em suas três primeiras letras, seguidas de um ponto.

Título e Subtítulo
O título da obra deve aparecer, na referência bibliográfica, em itálico.
Caso houver subtítulo, este deve estar separado do primeiro por dois-pontos, e
sem itálico. Caso o texto citado seja parte de uma obra maior (como um livro
ou periódico), é o título desta obra que aparecerá em itálico.

Local e Editora
• A cidade e a editora onde foi publicado o documento devem aparecer
nas referências bibliográficas.
• No caso de editoras sediadas em mais de uma cidade, deve ser citada a
primeira ou a mais destacada.
• Caso o local (cidade) não possa ser identificado, deve-se usar a
expressão sineloco, abreviada entre colchetes: [s.l.]. Caso a editora não seja
identificada, deve-se usar a expressão sine nomine abreviada entre colchetes:
[s.n.]

Citações

O padrão utilizado para as citações nas análises ou artigos da Umanità será


o chamado sistema autor-data, no qual qualquer menção a outros trabalhos
deve apresentar, no corpo do texto, o sobrenome de cada autor ou pelo
nome de cada entidade responsável até o primeiro sinal de pontuação,
seguido(s) da data de publicação do documento e da(s) página(s) da
citação, no caso de citação direta, separados por vírgula e entre parênteses
(ABNT, 2002b, p. 5).
Caso o autor esteja indicado dentro dos parênteses, deve ser escrito em
maiúsculas.

Referências

As referências bibliográficas possuem a finalidade de possibilitar a consulta


das obras utilizadas em uma produção acadêmica a futuros leitores que se
interessem por sua leitura. As referências devem estar presentes ao final da
obra sob o título “Referências bibliográficas”, em ordem alfabética e seguindo
a formatação de espaçamento simples entre as linhas e espaço duplo (“pular
uma linha” entre diferentes referências), além de alinhamento à esquerda sem
recuo.
As informações contidas na referência estão presentes na própria obra, e
em geral são nome do autor, nome da obra, editora, local e data de
publicação. O sobrenome do autor é a primeira informação da referência,
devendo estar em letras maiúsculas seguido das iniciais de seus outros nomes.
A seguir, coloca-se o nome da obra em itálico, para em seguida descrever o
local, a editora e a data de publicação.
Se a obra for uma coletânea de textos de vários atores e houver indicação
do responsável pela obra, vocês devem fazer a entrada pelo nome do
responsável, seguida da abreviação, no singular, do tipo de participação
(organizador, compilador, editor etc) entre parênteses.
Em casos de referências ao mesmo autor, em uma mesma página, a partir
da segunda referência os nomes podem ser substituídos por um traço linear
equivalente a seis espaços e um ponto final.
Para documentos disponíveis online, é necessário indicar o link utilizado
para leitura e a data de seu acesso. Isso deve ser feito da seguinte forma: após
o título da obra, escrever “Disponível em:” seguido do endereço eletrônico
entre os sinais < >, logo após escrever “Acesso em:” com a data de acesso ao
endereço eletrônico, abreviando o mês com suas três primeiras letras.
O nome do local de publicação deve figurar como consta no documento.
Caso o local não esteja especificado no documento, mas seja possível
identificá-lo, vocês devem escrevê-lo entre colchetes. Caso não seja possível
especificar o local de publicação, vocês devem acrescentar, entre colchetes,
a abreviação da expressão sine loco: S.L. Caso o local de publicação seja
uma cidade estrangeira vocês devem identificar em seguida o país.
“Outros tipos de responsabilidade (tradutor, revisor, ilustrador, entre outros)
podem ser acrescentados após o título, conforme aparecem no documento”
(ABNT, 2002a). “Em títulos e subtítulos demasiadamente longos, podem-se
suprimir as últimas palavras, desde que não seja alterado o sentido. A
supressão deve ser indicada por reticências” (ABNT, 2002a).

Livros e trabalhos acadêmicos (monografias)


De acordo com a ABNT (2002a), monografia é um “Item não seriado, isto é,
item completo, constituído de uma só parte, ou que se pretende completar
em um número preestabelecido de partes separadas”. Nesta definição estão
inclusos livros, manuais, catálogos, guias, dicionários, teses, etc.
As referências a este tipo de obra seguem as mesmas instruções gerais da
subseção anterior.

Partes de uma monografia (capítulos, volumes etc)


Nestes casos, além dos procedimentos das instruções gerais – autor, obra
(no caso, título da parte utilizada), local, editora e data – deve-se inserir, após
o título da parte, a expressão “In:” destacando a referência completa da
monografia.

Artigos em periódicos
Os elementos essenciais, segundo ABNT (2002a), são: autor(es), título da
parte, artigo ou matéria, título da publicação, local de publicação,
numeração correspondente ao volume e/ou ano, fascículo ou número,
paginação inicial e final, quando se tratar de artigo ou matéria, data ou
intervalo de publicação e particularidades que identificam a parte (se
houver). O nome do periódico fica em destaque ao invés do título do artigo.

Notícias, matérias e artigos de jornal


Devem ser indicados os autores (se houver), o título, o título do jornal, o
local de publicação, a data, a parte do jornal em que se encontra o texto e a
paginação correspondente. Artigos e notícias online não necessitam de
paginação.

Trabalho apresentado em evento


Os elementos essenciais para a referência de trabalhos apresentados em
eventos são: Autor e título do trabalho apresentado, seguidos da expressão
“In:” e da referência ao evento, acrescidos da página inicial e final da parte
referenciada.
O evento, por sua vez, deve ser referenciado a partir do “nome do evento,
numeração (se houver), ano e local (cidade) de realização. Em seguida,
vocês devem mencionar o título do documento (anais, atas, tópico temático
etc.), seguido dos dados de local de publicação, editora e data” (ABNT,
2002a).

Legislação
a) Legislação nacional e jurisprudência
Segundo ABNT (2002), os elementos essenciais para referência de
legislação nacional são: jurisdição (ou cabeçalho da entidade, no caso de se
tratar de normas), título, numeração, data e dados da publicação. No caso
de Constituições e suas emendas, entre o nome da jurisdição e o título,
acrescenta-se a palavra Constituição, seguida do ano de promulgação, entre
parênteses.
No caso de jurisprudência a nível nacional, os elementos essenciais são,
segundo ABNT (2002a): jurisdição e órgão judiciário competente, título
(natureza da decisão ou ementa) e número, partes envolvidas (se houver),
relator, local, data e dados da publicação.
b) Tratados internacionais
Trata-se de qualquer acordo assinado entre Estados e regidos pelo Direito
Internacional, incluindo convenções, pactos, etc. Os elementos essenciais são:
Organismo depositário do tratado, título do tratado e sua data de
assinatura. No caso de não estar claro qual é o órgão depositário do tratado,
vocês devem utilizar a regra para documento sem autoria definida.
c) Resoluções e documentos oficiais de organismos internacionais
Os elementos essenciais são: Organismo internacional autor da resolução
ou do documento (resolução, carta oficial, relatório), código de identificação
do documento, data. No caso de órgãos da ONU, o autor é a organização, o
órgão é reconhecido pelo código do documento.
Para agências ou organismos subsidiários, o autor deixa de ser a ONU e
passa a ser o responsável pelo documento. No caso de órgãos e agências do
sistema ONU, utilizem seus nome traduzidos para o português. No caso de
outras entidades, como ONG’s, vocês devem usar o nome original, em inglês,
exceto quando sua versão em português for de uso corrente.
d) Jurisprudência internacional
Os elementos essenciais são: Corte internacional competente, título do
caso, sua numeração e a data de sua sentença.

Imagens
“Inclui pintura, gravura, ilustração, fotografia, desenho técnico, diapositivo,
diafilme, material estereográfico, transparência, cartaz entre outros” (ABNT,
2002a). “Os elementos essenciais são: autor, título (quando não existir, deve-se
atribuir uma denominação ou a indicação Sem título, entre colchetes), data e
especificação do suporte” (ABNT, 2002a).
Quanto à legenda: incluam, sob a imagem apresentada, uma legenda,
contendo: o título da imagem (caso este não seja encontrado, atribua-lhe um
título), e sua citação, contendo autor e ano entre parênteses.

Mapas
“Inclui atlas, mapa, globo, fotografia aérea entre outros. As referências
devem obedecer aos padrões indicados para outros tipos de documentos,
quando necessário” (ABNT, 2002a). “Os elementos essenciais são: autor(es),
título, local, editora, data de publicação, designação específica e escala.”
(ABNT, 2002a).
Quanto à legenda: incluam, sob o mapa apresentado, uma legenda,
contendo: o título do mapa (caso este não seja encontrado, atribua-lhe um
título), e sua citação, contendo autor e ano entre parênteses.

Referências bibliográficas

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6023: informação


e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002a.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 10520:


Informação e documentação: citações em documentos: apresentação. Rio
de Janeiro, 2002b.