Você está na página 1de 2

A tipologia junguiana e sua utilização no esporte

( Fabiola Matarazzo)

Identificar o tipo psicológico de atletas / grupo pode ser uma ferramenta de auxílio ao trabalho de preparação
psicológica com equipes esportivas. “Todo programa de preparação psicológica que pretende melhorar o rendimento
esportivo realiza investigações para se estabelecer o perfil psicológico do atleta”. ( GONZALEZ, 1992). Quando
pessoas trabalham juntas em treinamento e em competição , muitos conflitos acabam surgindo, pois cada um tem sua
maneira de ser e agir. Por meio da tipologia individual e do grupo é possível ter acesso a informações significativas
que podem facilitar e melhorar o relacionamento, a comunicação e a distribuição mais adequada das tarefas dentro do
grupo.

Histórico. Vários sistemas de tipologia foram sendo criados no decorrer dos anos, com a idéia de classificar as pessoas
em determinados tipos de comportamentos e atitudes. Ex. Astrologia, quatro temperamentos ( fleumático, sanguíneo,
colérico, melancólico), grafologia, pela constituição física, entre outros. A origem da tipologia de Jung não surgiu de
pesquisas tipológicas da antiguidade ou de outras mais recentes, mas de estudos sobre o inconsciente e consciente (
entre Freud e Jung).
Entre as funções básicas do indivíduo: pensar, sentir, perceber, intuir, a predominância de uma delas define o tipo
correspondente. Cada um desses tipos pode ser introvertido ou extrovertido de acordo com a forma que se comporta
em relação ao mundo. Dessa forma foram determinados 16 tipos psicológicos de personalidade que trouxeram
contribuições inovadoras e introduziram o conceito de “ Energia psíquica” e os modos como o indivíduo se orienta
ante ao mundo.

Os tipos psicológicos. Inicialmente Jung definiu duas atitudes de personalidade : Introversão e Extroversão.
Atitude- onde o indivíduo prefere focar sua atenção ( qual a direção da energia psíquica – de causa inconsciente e
instintiva).
Foco da atenção. Extroversão: focam a energia no mundo exterior, pessoas, atividades ou coisas. Introversão: coam
a energia no próprio mundo de ideias, subjetivo, emoções e impressões pessoais.
A uma destas atitudes será somada uma das quatro funções que o indivíduo utiliza para reconhecer o mundo (
processar informações) : funções racionais de julgamento ( pensamento e sentimento), funções irracionais de
percepção ( sensação e intuição). Exemplo: O indivíduo pode ser introvertido ou extrovertido e relacionar-se com o
mundo por meio do pensamento, sentimento, sensação ou intuição, surgindo vários tipos psicológicos.

Como as pessoas preferem decidir -


Funcões racionais – baseiam-se em princípios racionais : pensamento e sentimento
Pensamento: lógico e impessoal . Sentimento: valores pessoais.

Nas funções racionais temos:


Pensamento: função de julgamento, nos diz o que se trata, esclarece o significado das coisas, classifica e descrimina
uma coisa da outra, fatos objetivos ou idéias gerais, organização e lógica. Em seus julgamentos, realiza uma análise
sem influência de valores pessoais.

Sentimento: a função do julgamento, avaliação subjetiva valoriza as coisas e pessoas, o que lhe agrada ou não, seu
julgamento por meio de valores pessoais, daquilo que sente, e não de uma maneira geral. O sentimento é diferente de
emoção (reações físicas e fisiológicas).

Funções irracionais ou perceptivas: Baseiam sua ação não nos juízos racionais, mas na intensidade da percepção e
da experiência. Existem duas maneiras possíveis de receber a informação do meio e processá-la para agir no mundo:
sensação ou intuição.

Sensação: prefere receber a informação pelos órgãos dos sentidos e observar o que é concreto,o tipo de sensação
constata o que está à sua volta, auxiliando o indivíduo na adaptação objetiva, trabalha com dados reais e objetivos.

Intuição: preferem receber informações pela elaboração do inconsciente e buscar possibilidades. A intuição vê, capta
o que está no mundo interior, prefere ver o todo do que as partes, planejar do que executar ( criatividade, inovação,
novidades, buscam coisas novas e diferentes)

A função dominante, auxiliar e inferior


Função dominante: possuem as quatros funções desenvolvidas em graus diferentes. Para cada tipo psicológico, uma
das quatros funções aparece em 1º lugar, é a mais desenvolvida que as demais. Geralmente o homem identifica-se
totalmente a função preferida.A mais desenvolvida é a expressão da personalidade mais consciente dos seus objetivos,
desejos e desempenho geral. A maneira que o indivíduo possui para se orientar e adaptar o mundo.
Função auxiliar ou secundaria: auxilia e da suporte á função dominante, a função dominante um e dois serão sempre
as mais desenvolvidas, e a três e a quatro menos desenvolvidas. Toda organização e equipe esportiva precisam ter no
mínimo duas coisas para sobreviver e ser afetiva: boa informação e alguém para tomar decisões sobre essa informação.

Função inferior: é oposto á função principal, é a menos desenvolvida, é a mais primitiva, aquela que menos
utilizamos, está sempre carregada de muita emoção, é a ponte de união entre o consciente e o inconsciente
apresentando um caminho de equilíbrio ao organismo psíquico

Personalidade e esporte: Refere à relação entre personalidade e esporte. Comparando atletas e não atletas, esportes
individuais, coletivos, posição, sexo, reações do atleta antes e depois de uma competição esportiva. As influencias do
ambiente sobre o individuo tem sido as perspectivas mais adotadas nas pesquisas da ultima década. Atualmente as
teorias de personalidade dão grande importância à interação entre pessoa e o meio ambiente, é importante avaliar as
características da personalidade do atleta, da equipe, da comissão técnica como um meio facilitador das relações
humanas.

Tipos psicológicos no esporte


Teste MBTI (Myers Briggs Type Indicator). Instrumento mais utilizado para identificar características e preferências
pessoais.
Schurr, Ruble, Nisbet e Wallace, citado por Cox (1994), comparando a posição de jogadores de futebol e traços de
personalidade, encontraram diferenças significativas entre jogadores de defesa, com relação às características de
decisão e percepção. A utilização da tipologia, pode facilitar e melhorar o relacionamento e a comunicação, tanto para
o treinador como para os componentes do grupo. Identificando o tipo psicológico de cada pessoa, é possível
determinar o perfil psicológico do grupo como um todo.

Tendências dos efeitos das preferencias em Tendências dos métodos preferidos para realizar uma
situações de treino: combinação:

Introvertidos – Gostam de silencio, pensar antes de Introvertidos – Mantem a energia e o entusiasmo dentro
agir, não gostam de ser interrompidos e desenvolvem de si
ideias por reflexão.
Extrovertidos –impacientes, interessados nas Extrovertidos - Comunicam-se com energia tendem
atividades, agem sem pensar e desenvolvem ideias por responder sem pensar
discursões
Sensação – usam caminhos e experiências para Sensação – Gostam das evidencias (fatos, detalhes e
resolver problemas, aplicam o que já sabem, ignoram exemplos) apresentados inicialmente
sua inspirações
Intuição – usam caminhos alternativos para resolver Intuição – Gostam de uma visão geral de inicio,
problemas e situações. Gostam de cria e inovar
Pensamento – Usam análise lógica para chegar a uma Pensamento – Preferem ser breve e concisos
conclusão
Sentimento – Usam análise subjetiva para chegar a Sentimento – Apresentam valores pessoais
uma conclusão

Faça seu teste nos sites: http://www.arealme.com/16types/pt/ --- http://inspiira.org