Você está na página 1de 3

DEFENSORIA PÚBLICA

D I S T R I T O F E D E R A L

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Considerando a reportagem divulgada no veículo de comunicação


Metrópoles, na data de 29/08/2018, com o título “Defensoria aluga, sem licitação, prédio
de investigada na Lava Jato”, a Defensoria Pública do DF (DPDF) vem prestar os
seguintes esclarecimentos.

A atual Defensora Pública-Geral tomou posse na data de 30/04/2018,


tendo sido nomeada pelo Governador do Distrito Federal após processo de formação de
lista tríplice interna, por meio do voto dos Defensores Públicos do Distrito Federal.

No início de sua gestão, a Defensora Pública-Geral realizou mudanças


em sua equipe técnica e promoveu nomeações levando em consideração critérios
objetivos, devidamente respaldados por comprovação curricular.

No tocante aos contratos da Instituição, a nova equipe técnica foi


incumbida da análise de todos os contratos firmados pela Defensoria Pública, dos mais
simples aos mais onerosos, de modo a garantir o resguardo da coisa pública.

Em 06/06/2018, pouco mais de um mês após a sua nomeação, para


gerar economia aos cofres públicos, a Defensora Pública-Geral enviou ofício ao
Secretário das Cidades do Distrito Federal requerendo a cessão de espaços públicos em
todas as Regiões Administrativas do DF, para ocupação pelos Núcleos de Atendimento
da Defensoria Pública (Processo Sei 00401-00006357/2018-25). Ainda não obteve
sucesso porque os espaços até então disponibilizados não apresentam área suficiente
para alocar os Núcleos da Defensoria Pública, os quais, em 2017, foram responsáveis
pela realização de 355.367 atendimentos e pela movimentação de 489.883 processos
judiciais, a despeito do ainda reduzido número de defensores públicos (227).

Posteriormente, por uma questão de cautela, a Defensora Pública-Geral


determinou à sua equipe técnica que promovesse pesquisa de preço em todos os
imóveis alugados pela Defensoria Pública, o que culminou com o envio de ofícios à
ADMINISTRAÇÃO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO DISTRITO FEDERAL
SIA Sul, Trecho 17, Rua 07, Lote 45 - 3º Andar - Brasília DF
Telefone: (61) 2196-4304 / 2196-4300 - CEP: 71.200-219
DEFENSORIA PÚBLICA
D I S T R I T O F E D E R A L

TERRACAP, em 31/07/2018, solicitando a elaboração de laudo técnico de avaliação do


valor locatício dos imóveis, de modo a auferir sua conformidade com os preços de
mercado (processo Sei 401.001.242/2016).

É necessário esclarecer que o processo administrativo que originou o


contrato celebrado com a empresa Serra Bonita Imóveis, para o aluguel de uma área de
3.922,90m², no edifício Rossi Esplanada Business, teve início em 30/09/2016, muito
antes do início desta gestão.

Em junho de 2018, apenas um mês após o início desta gestão, houve o


vencimento do contrato celebrado com a empresa Serra Bonita Imóveis no edifício Rossi
Esplanada Business. Ciente de que a realização de novo procedimento licitatório para
aluguel de prédios destinados à alocação de órgãos públicos demora cerca de 8 (oito)
meses, destacando-se que, somente para a publicação do edital, o prazo mínimo
legalmente previsto aos interessados é de 45 dias (art. 21, § 2º, I, b, da Lei 8.666/93),
impossibilitando-se, assim, a mudança imediata, o contrato em questão foi renovado
para garantir a continuidade da prestação dos serviços realizados naquela unidade de
atendimento.

É importante esclarecer que, naquela unidade, funcionam vários Núcleos


Especializados de Atendimento da Defensoria Pública do DF, responsáveis diariamente
pelo atendimento de centenas de pessoas em situação de elevada vulnerabilidade, a
exemplo do Núcleo da Saúde. A eventual paralisação dos serviços prestados pela
Instituição provocaria lesão irreparável a incontáveis pessoas em situação debilitada de
saúde que necessitam de consultas, exames, cirurgias e internações. A prorrogação do
contrato era imperativa para a preservação dos direitos de pessoas que necessitam e
confiam nos serviços da Defensoria Pública para a restauração de seus direitos e a
proteção de sua dignidade.

A renovação do contrato não afastou a cautela da Administração, a qual


aguarda, atualmente, a resposta aos pedidos enviados à TERRACAP para avaliação do
valor do imóvel e adoção das medidas pertinentes.
ADMINISTRAÇÃO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO DISTRITO FEDERAL
SIA Sul, Trecho 17, Rua 07, Lote 45 - 3º Andar - Brasília DF
Telefone: (61) 2196-4304 / 2196-4300 - CEP: 71.200-219
DEFENSORIA PÚBLICA
D I S T R I T O F E D E R A L

No tocante à alegada dispensa de licitação, é fato que a Lei Federal n.º


8.666/93 autoriza expressamente a sua possibilidade para locação de bens imóveis
destinados ao atendimento das finalidades precípuas da Administração (art. 24, inciso
X). Ocorre que a atual Administração da Defensoria Pública, embora conhecedora da
disposição legal, não tem pretensão de dispensar a concorrência pública para a escolha
do local de instalação de suas unidades de atendimento, salvo em caso de justificada
excepcionalidade.

A Defensoria Pública-Geral informa que tomará todas as medidas


cabíveis, inclusive judiciais, e, em caso de constatação de qualquer irregularidade,
determinará a instauração de sindicância interna para fins de apuração, ratificando,
assim, o seu compromisso com uma gestão responsável da coisa pública, dever de todo
administrador. Coloca-se, ademais, à disposição de todos os órgãos de controle para
prestar todas as informações necessárias para o adequado esclarecimento dos fatos.

Atenciosamente,

DEFENSORIA PÚBLICA-GERAL DO DF

ADMINISTRAÇÃO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO DISTRITO FEDERAL


SIA Sul, Trecho 17, Rua 07, Lote 45 - 3º Andar - Brasília DF
Telefone: (61) 2196-4304 / 2196-4300 - CEP: 71.200-219