Você está na página 1de 37

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

CSU
CSU
A P R E SE N TA Ç Ã O I N ST I T UC I ON A L
I N S T I T U T I O N A L P R E S E N TAT I O N
1T18
SUMÁRIO

1. A Companhia pág. 03

2. Meios Eletrônicos de Pagamentos pág. 09

3. Contact Center e BPO de Atendimento pág. 14

4. Marketing, Loyalty e E-commerce pág. 17

5. Soluções de Infraestrutura e TI pág. 23

6. Desempenho Financeiro e Operacional pág. 28


HISTÓRICO

O KNOW HOW ADQUIRIDO EM MAIS DE 25 ANOS DE ATUAÇÃO NO MERCADO LEVOU A CSU À


EXPANSÃO DAS SUAS ATIVIDADES PARA OUTRAS FRENTES DE NEGÓCIOS CORRELACIONADAS.
2014: EXPANSÃO
OPTe+: entrada da CSU no
mercado B2C ( e-commerce com
programa de fidelidade próprio).
1992: FUNDAÇÃO
Marcos Ribeiro Leite funda a 2010
CardSystem: Processadora » Abertura do mais moderno site
INDEPENDENTE de meios de contact center em Barueri (SP): Alphaview. 1T18
eletrônicos de pagamento. » Lançamento da plataforma Acquirer.
Consistente entrega dos
1997: EVOLUÇÃO resultados mesmo diante
de efeitos adversos
» Investimento de private equity (Advent).
» Aquisição da UPSI Informática.
» CardSystem LTDA transforma-se em S.A.

2006: GOVERNANÇA
1ª empresa do segmento
a abrir capital:
2015: EXPANSÃO 2017: RECORDE
Conquista de Novos
Entrada no segmento Contratos em todas as
1996: PIONEIRISMO
2013: de crédito consignado. Divisões e Recorde dos
1ª empresa do País a trabalhar com as INOVAÇÃO E SINERGIA Principais Indicadores
principais bandeiras internacionais EVOLUÇÃO PARA Financeiros
simultaneamente. NOVOS NEGÓCIOS
3
CSU: UMA EMPRESA DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS

GESTÃO E PROCESSAMENTO DE SOLUÇÕES EM BPO

MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO (TERCEIRIZAÇÃO DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS)

Stefanini (Orbitall) Contax


Peers
TSYS Atento
de mercado Peers AeC
Fidelity
Conductor de mercado Almaviva do Brasil
SINÉRGICO Tivit
MODELO Teleperformance

DE
NEGÓCIO

SOLUÇÕES PARA MARKETING DE TERCEIRIZAÇÃO DE TI


RELACIONAMENTO, PROGRAMAS DE FIDELIDADE E GESTÃO DE DATA CENTER
E E-COMMERCE
IBM
HP
Grupo LTM (Webprêmios) Peers Capgemini
Peers
Go Points de mercado Stefanini
Accentiv‟ Mimética de mercado Oracle
Mastercard Advisors Uol Diveo
Tivit

4
CSU NO BRASIL

C E RC A D E 6 MI L C O L A B O R A D O R E S
E M 4 U N I DA D E S P E L O B R A S I L .

Unidade Recife I e II
 Call center.

Unidade Belo Horizonte


 Desenvolvimento de Sistemas.
 Certificação.
 Processamento de Dados.
 Segurança e Suporte/TI.

Unidade Barueri: Alphaview


 Call center.
 CSU ITS data center.
 Operações CardSystem
 Administrativas.
 Instituto CSU.

Unidade Faria Lima


 Marketing.
 MarketSystem.
 Comercial.
 Relações com Investidores.

5
SOBRE A CSU

DIRETORIA CEO
Marcos R. Leite

CFO CSU Contact CSU CardSystem CSU MarketSystem CSU ITS Desenvolvimento de RI, Imprensa e
Ricardo R. Leite André Pandolfi Anderson Olivares Andreia Fontelles Anderson Müzel Produtos e Inovação Marketing Institucional
Joao C. Matias Renata Oliva

17,9%
Exterior

ESTRUTURA ACIONÁRIA
58,3% 40,5%
Free-Float 41.800 mil ações ordinárias listadas no Novo Mercado da B3;
Controle Free-float 82,1%
Brasil
100% Tag Along.
Não possui Poison Pills.
Controle
Dados de 31.03.2018

1,2% Tesouraria

PRESENÇA EM ÍNDICES RELEVANTES


A primeira empresa do segmento a ingressar no Novo Mercado

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO COMPOSIÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO


Antonio Kandir Presidente do Conselho Quatro membros independentes, incluindo o presidente do CA
Marcos Ribeiro Leite Conselheiro
Antonio Martins Fadiga Conselheiro Independente CONSELHO FISCAL
Rubens Antonio Barbosa Conselheiro Independente Instalado após aprovação em AGO ocorrida em 18/04/2018
Paulo Sergio Caputo Conselheiro Independente 3 membros titulares (+ 3 suplentes)
6
CLIENTES (DENTRE OUTROS) E
B R E A K D O W N DA D R E ( 1T18)

PRODUTOS E SOLUÇÕES INTELIGENTES E SINÉRGICAS NOS MAIS DIVERSOS SETORES DA ECONOMIA.

Processamento e Administração de Soluções de marketing de Serviços de outsourcing de Data


Meios Eletrônicos de Pagamento relacionamento, fidelidade e Center de mainframe e plataforma
e-commerce. distribuída
UNIDADE
CSU.CARDSYSTEM:
52% da Receita
92% do EBITDA

Gestão e soluções em Contact Center e BPO (terceirização de processos de negócios.


UNIDADE
CSU.CONTACT:
48% da Receita
8% do EBITDA

7
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO EBITDA E LUCRO LÍQUIDO

FORTE CAPACIDADE DA COMPANHIA DE MITIGAR E REAGIR A EFEITOS ADVERSOS, EM SITUAÇÕES PONTUAIS, REFLETIDA EM CRESCIMENTO
CONSISTENTE E SUCESSIVO DOS RESULTADOS.
EBITDA e Margem EBITDA (R$ milhões e %)

28,1
+41,4% 26,2
23,5 24,1 23,6
21,5 21,8 22,4 21,1
19,8
15,9 16,9 17,2
14,1 13,8 14,1 21,4%
22,5%

9,9 11,4 11,2 19,3% 20,1% 19,2% 19,5% 18,9% 19,5% 19,4%
9,0 17,0%
14,8% 14,2% 14,5% 14,6%
3,7 13,4% 13,3%
11,1% 12,3% 12,0%
10,1%
4,6%

1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16 1T17 2T17 3T17 4T17 1T18
Margem EBITDA EBITDA

Lucro Líquido, Margem Líquida (R$ milhões e %) e Payout (%)

+73,7% 40%
17,1
40%
37% 11,0 10,7
8,2 8,3 8,3 9,1 8,1
33% 7,4 7,4
24%
3,1 3,6 3,7 3,8 4,1
2,0 3,1 9,8% 7,5% 8,7%
13,7%
7,5%
1,4 6,4% 6,7% 7,0% 6,6% 7,0%
0,5 1,1 3,4% 3,3% 3,3% 3,5%

0,6% 1,2% 2,3% 1,5% 3,2% 3,0%


-4,2%
-3,5
1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16 1T17 2T17 3T17 4T17 1T18

Margem Líquida Lucro Líquido % Payout relativo ao ano corrente


8
M E I O S E L E T R Ô N I C O S D E PA G A M E N T O
V I S Ã O G E R A L D O M E RC A D O

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTOS

+15,5% CRESCIMENTO DO MERCADO – PROJEÇÃO PARA 2018 (ABECS).

CRESCIMENTO YoY DO VOLUME FINANCEIRO MOVIMENTADO PELO SETOR » Baixa penetração.


+12,6% DE CARTÕES EM 2017 ( R$ 1,36 trilhão) - (ABECS).
» Contínua substituição de meios tradicionais
DO CONSUMO DAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS REALIZADO ATRÁVES DE MEIOS
32,6% ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO EM 2017 (ABECS).
de pagamento por meios eletrônicos.

» Taxas de crescimento elevadas mesmo em


87% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ADULTA É BANCARIZADA (VALOR ECONÔMICO).
período de recessão econômica.

OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO

» 50% DO MERCADO ENDEREÇÁVEL (CONSIDERANDO APENAS EMISSORES QUE TERCEIRIZAM SUAS OPERAÇÕES) É PROCESSADO PELA CSU

+
ORGÂNICO » Cooperativas de crédito; INORGÂNICO
» Varejo (private labels);
» Consignado (MP 661); » Emissores regionais;
» Consolidação no segmento Consignado

Indica a Entrada de Novos Clientes


25,6 26,1
Total de Cartões Cadastrados (milhões de unidades) 24,6
22,8 23,4 22,9
21,6 22,0 21,7
18,5 18,0 18,5 18,8

1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16 1T17 2T17 3T17 4T17 1T18
YoY +12% +5% +7% +23% +19% +27% +26% +6% +12% +13% +12% -5% -24%
10
C A R D S Y S T E M E A C A D E I A D E PA G A M E N T O S

A CSU tem papel fundamental na indústria brasileira de transações eletrônicas

SERVIÇOS AOS
EMISSORES
(Bancos, Fintechs e Varejistas)
SERVIÇOS AOS
ADQUIRENTES
» Processamento
» Gestão da operação
» Prev. à Fraudes
» Processamento
» Contact Center
» Prevenção e Fraude
» Back Office
» Gestão de Rede
» Embossing de Cartões
» Conta 100% Digital » Charge Back
(sem cartão, sem fatura)
» WebServices (APIs)

11
CARDSYSTEM E A DIVISÃO DE NEGÓCIOS

KNOW HOW • CARTÕES DE CRÉDITO


• CARTÕES CONSIGNADOS
• CO-BRANDED
» FOCADA EM TECNOLOGIA PARA O PROCESSAMENTO E
ADMINISTRAÇÃO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO.
• CARTÕES DÉBITO
• CARTÕES PRÉ - PAGOS
» COMPANHIA INDEPENDENTE: POSSIBILITA AOS BANCOS E PRODUTOS
VAREJISTAS EMITIREM SEUS PRÓPRIOS CARTÕES.
• PRIVATE LABEL
• HÍBRIDOS
• CARTÕES CONVÊNIOS
• CARTÕES VIRTUAIS
• CSU.DIGITAL
VANTAGENS COMPETITIVAS

Certificação PCI-DSS (Payment Card Industry Data Security Standard) definido pelas principais bandeiras do mercado.

RESGUARDA A CONFIDENCIALIDADE E INTEGRIDADE DOS DADOS DO PORTADOR DO CARTÃO.

12
I N O VA Ç Ã O

CARDSYSTEM IMPLEMENTANDO NOVOS SERVIÇOS PARA ATENDER AS ATUAIS NECESSIDADES DO MERCADO

VANTAGENS COMPETITIVAS

NOVA Emissores podem fornecer aos clientes o total controle de seus meios de
pagamento em uma só plataforma.
PLATAFORMA Desenvolvido para Instituições Financeiras (de todos os portes) que tenham
DE SOLUÇÃO como meta o fornecimento de produtos e soluções que atendam às
necessidades da geração digital.
DIGITAL Redução de custos (de até 50%), pagamentos seguros via internet, transações
por aproximação via telefone celular, dentre outras soluções digitais.

Solução de Cartão Virtual,


com experiência 100%
AS MAIS COMPLETAS digital, sem necessidade de
envio do cartão físico.
SOLUÇÕES DIGITAIS EM UMA
Totalmente modular para
satisfazer as estratégias do
ÚNICA PLATAFORMA emissor
OFERECENDO A MELHOR Integração com várias
plataformas (crédito, Vision Plus,
EXPERIÊNCIA DIGITAL PARA loyalty, OPTe+ e emissor)

OS CLIENTES FINAIS Compatível para Samsung


Pay, Android Pay, Apple Pay
(futuro) e E-Commerces
13
CONTACT CENTER
E B P O D E AT E ND I M E N TO
M E RC A D O B R A S I L E I RO D E C A L L C E N T E R

FATURAMENTO DO MERCADO DE CALL CENTER: BRASIL TERCEIRIZADO E INTERNALIZADO (R$ BILHÕES)

2018e Vs. 2017

+4,2% Tendências:
+3,4%
+7,5%
+26%
+7,8% » Intensificação da utilização de canais digitais
51,3
Crescimento de operações que para relacionamento com clientes em uma
47,7 utilizam plataformas digitais plataforma multicanais;
45,4 46,1
43,4 R$ 2,4 bi

+11% » Necessidade de transferência de operações


de atendimento à empresas especializadas
Crescimento dos
(33,7% do mercado em regime terceirizado).
contact centers B2B
2014 2015 2016 2017 2018e
R$ 1,49 bi
Fonte: E-Consulting Group

POSICIONAMENTO DA CSU.CONTACT
Ranking considerando as 26 maiores empresas
de call center do Brasil em 2017
Operações de
MAIOR COMPLEXIDADE e
19º EM NÚMERO TOTAL DE PA’ s FOCO MAIOR VALOR
AGREGADO com MARGENS
EM FATURAMENTO ANUAL 9º SUPERIORES.

Fontes: Consumidor moderno – última atualização disponível


15
N OVO S P RO D U T O S E R E C O N H E C I M E N T O D O M E RC A D O

25 MIL M2 DE EM FRENTE À
UNIVERSIDADE
AMBIENTE ESTAÇÃO DE TREM
CORPORATIVA
OPERACIONAL DA CPTM/METRÔ

TRANSFORMANDO A EXPERIÊNCIA DO CLIENTE ATRAVÉS DE SOLUÇÕES CUSTOMIZADAS E INOVADORAS:

PRÊMIOS
Plataforma para relacionamento com
clientes através de multicanais digitais

Processos e interações de Solução analítica das


SAC e
menor complexidade com interações de todos canais
Relacionamento
aplicações automatizadas. para aprimorar a experiência
do seu cliente.
Vendas e Retenção

Back Office CERTIFICAÇÕES


Evolução do Relacionamento 2.0,
Plataforma multicanal de atendendo diversos canais com
Cobrança e Crédito recursos integrados para
acionamentos proativos para
rentabilizar todo o ciclo de vida compreender as necessidades dos
do cliente. clientes.

Gerenciamento integrado de
Crédito e jornada de Cobrança.
16
M A R K E T I N G D E R E L AC I O N A M E N TO,
LOYALTY E E-COMMERCE
M E R C A D O B R A S I L E I R O D E F I D E L I DA D E

PENETRAÇÃO BRASIL x MUNDO ACÚMULO X RESGATES GASTOS DOS EMISSORES


(Membros Cadastrados / População %) (R$ Bilhões | CAGR %)
Fonte: ABEMF 3T17
Fonte: ABEMF
Fonte: ABECS 2016/2017
53% +14,7% 5,1
45% 44% 12,8% 4,0
41% 72,7% 3,4 3,7
2,7
87,2% 27,3%
10%
2%
Passagens Aéreas
Outros (Varejo, Indústria e Serviços) 2014 2015 2016 2017 2018e

DADOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DO MERCADO


DE FIDELIDADE (ABEMF*) OPORTUNIDADES PARA A CSU

Mercado em expansão com crescimento de


AUMENTO DE CADASTROS EM PROGRAMAS DE
+25,2% FIDELIDADE NO 4T17 (112 milhões) EM 12 MESES.
dois dígitos.
Alta concentração de resgates em passagens
AUMENTO DO FATURAMENTO BRUTO DO SETOR NO
13,2% 4T17 (R$ 1,71 bilhão) EM 12 MESES.
aéreas
Maior interesse em Fidelizar com eficiência.
AUMENTO DE PONTOS/MILHAS EMITIDOS NO 4T17 (72,2
+34,3% bilhões) EM 12 MESES. E-commerce como alternativa de resgate de
menor custo.
+26,9% AUMENTO DE PONTOS/MILHAS RESGATADOS NO 4T17 (55,2
bilhões) EM 12 MESES. Novas oportunidades nas classes C e D e no
Varejo.
• Dados da ABEMF. Referem-se apenas às empresas associadas à ela.
Obs.: últimos dados disponíveis pela ABEMF até 15/05/2018.
18
A T U A Ç Ã O D O O P T e + N O M E R C A D O D E F I D E L I DA D E

PÚBLICO ACÚMULO RESGATE

“DE QUEM RESGATA” “ONDE RESGATA”

Programas de ANTES HOJE


Fidelidade Próprios
INDEPENDÊNCIA
(entre outros)
Soluções de

AIR
Plataforma
Viagens
de resgate # tudo num só lugar
“própria” # OTA própria

NO AIR
Catálogo de
# Marketplace
prêmios

Programas DEPENDÊNCIA
de Coalisão
PARTICIPANTES Somente na Cia aérea

AIR
Programa de
Coalisão
NO AIR
Parcerias com exclusividade

19
D I F E R E N C I A I S C O M P E T I T I V O S DA P L A T A F O R M A

Mais opções alternativas de resgates.

Modulado para Possibilidade de


se integrar a criar campanhas de
qualquer APP pontuação
dos clientes. diferenciada,
aceleradores de
pontos e precificação
dos pontos por
cliente.

Maior controle dos


programas: fluxo de pontos Venda de pontos e de
emitidos, resgatados, prazo para os pontos
expirados e cancelados. que vão expirar.

Controle da inadimplência: geração dos


pontos atrelados ao pagamento da fatura e
bloqueio de resgate para clientes em atraso.
20
BE NE F Í CI O S DO O P Te +

B E N E F Í C I O S PA R A E M P R E S A
GANHOS COM BREAKAGE POSSIBILIDADE DE GESTÃO DE PASSIVO POSSIBILIDADE DE PROMOÇÕES AGRESSIVAS
Economia real de até 30% Metodologia própria CSU MarketSystem Aproveitando a dinâmica da cadeia de
fornecimento
CUSTO DO PONTO ATIVAÇÃO DO PARTICIPANTE
Possibilidade de gerenciar o custo Trava do BIN do cartão, CPF ou código do AUMENTO DO RELACIONAMENTO
cliente COM CLIENTE
POSSIBILIDADE DE PACOTES CUSTOMIZADOS Participação ativa em todo o ciclo do
Personalização do produto para o participante NÃO DEPENDÊNCIA DE UMA CIA AÉREA cliente, estreitando o relacionamento
+250 cias aéreas disponíveis

B E N E F Í C I O S PA R A PA R T I C I PA N T E S
PONTOS + DINHEIRO ABRANGÊNCIA: SOLUÇÃO PAGAR AS TAXAS DE VIAGENS
Viabiliza os resgates de produtos COMPLETA EM VIAGENS COM PONTOS
de alto valor Bilhetes aéreos, pacotes, hotéis, Reforça o conceito de “Viagem Prêmio”
aluguel de carros
MAIS CONVENIÊNCIA PARA O CLIENTE MAIOR DISPONIBILIDADE
Resgate imediato, sem transferência PONTUAR COMPRANDO VIAGENS O participante pode escolher a melhor opção
de pontos COM PONTOS
Ajuda a manter o ciclo de resgates
sem custo adicional

21
F O N T E S D E R E C E I TA

1 OPTe+ LOYALTY

REBATE CLIENTE PONTOS

+ +
SETUP (Contratante)
OU
(%) pago pelo Spread sobre
parceiro Custo para (%) sobre o
a venda de
comercial implantação¹ volume das
pontos
à CSU vendas

2 OPTe+ SHOPPING CORPORATIVO


CONTRATANTE
No Shopping Corporativo, o Cliente
REBATE

+
SETUP (Contratante) se responsabiliza por:
(%) pago pelo
parceiro
Custo para
implantação¹ BASE CLIENTE
comercial
à CSU
(a definir)  MARCA
CUSTO ATIVAÇÃO
3 SHOPPING OLINE (OPTe+ B2C)

REBATE
(%) pago pelo
parceiro
comercial
à CSU

22
SOLUÇÕES DE INFRAESTRUTURA
PREMIUM DE TI

24
A DIVISÃO DE NEGÓCIOS

A CSU ITS É A DIVISÃO DE NEGÓCIOS ESPECIALIZADA EM TERCEIRIZAÇÃO DE SOLUÇÕES E SERVIÇOS EM TI


DATA CENTER TIER III, CERTIFICADO PELO UPTIME INSTITUTE.
DATA CENTERS BACK-UP LOCALIZADOS EM BELO HORIZONTE/MG E BARUERI/SP
PARCERIAS PARA OFERTA DE SERVIÇOS EM CONJUNTO COM OS PRINCIPAIS PLAYERS PROVEDORES DE SOLUÇÕES DO
MERCADO.
SINERGIA COM AS DEMAIS UNIDADES DE NEGÓCIOS DA CIA.

Alta Elevado nível de


EXPERIÊNCIA:
DISPONIBILIDADE SEGURANÇA de
maturidade operacional
da infraestrutura dados

99,982% DE DISPONIBILIDADE DA INFRAESTRUTURA

PRIVATE CLOUD COMPUTING HOSTING GERENCIADO


Recursos de TI de maneira escalável, Serviços completos de infraestrutura e
segura e On Demand.. gestão de ambientes.

SERVIÇOS CONSULTIVOS DE TI COLOCATION PREMIUM


Equipe especializada para consultoria Serviços de infraestrutura elétrica,
de TI e elaboração de projetos sob espaço e segurança obedecendo as
demanda. melhores práticas do mercado.

24
DATAC E N T E R T I E R I I I

SERVIÇOS IMPLANTADOS QUE DEMONSTRAM A SINERGIA COM AS DEMAIS UNIDADES DE NEGÓCIOS E


CAPACIDADE TÉCNICA E MATURIDADE OPERACIONAL NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE BPO/ITO.

PARCERIAS ESTRATÉGICAS
CERTIFICAÇÕES Independência em Tecnologia E-COMMERCE
OPTe+

AMBIENTE DAS BANDEIRAS INTERNACIONAIS


Visa e Mastercard

CSU.CONTACT
Plataforma de DAC/Voz

TELECOM CORPORATIVO
Links de Dados / Sistema Autonômo de Internet

BACKUP DOS AUTORIZADORES DE


PARCEIROS DE INFRAESTRUTURA TRANSAÇÕES DA CSU.CARDSYSTEM
Porto Seguro / Banrisul / Tribanco

AMBIENTE DO MAINFRAME
CSU.Cardsystem Disaster Recovery

SOLUÇÕES DE CLOUD COMPUTING


BMK / Granel / Hiperstream

» PONTO DE PRESENÇA DAS PRINCIPAIS OPERADORAS DE TELEFONIA DO PAÍS


CARRIER
NEUTRO
25
M 3 : M AT C H | M O V E | M A N A G E

M3 é uma metodologia desenvolvida pela CSU para facilitar a Jornada para a Nuvem
dos clientes e que divide o processo em 3 fases bem distintas, porém complementares.

M1 - MATCH M2 – MOVE
Identificação do Ambiente Transição do Ambiente
Esta é a primeira fase, visa elencar Após a definição dos ambientes, a
os potenciais ambientes elegíveis a fase de migração acontece. Neste
migração. Tem uma característica de momento, o foco é preservar a
ser muito breve. disponibilidade e eventualmente
M3 - MANAGE
otimizar o ambiente.
Gestão do Ambiente

TIMELINE DA MATURIDADE

TRANSFORME SUA TI | SIMPLIFIQUE SUA TI | REVEJA SUA TI 26


A DIVISÃO DE NEGÓCIOS

Visão Geral (End User Services)


SERVICE DESK SELF-SUPPORT FIELD SERVICE DEVICE MANAGEMENT

Foco em FCR Reset / Desbloqueio de Senha Suporte Local Automação


Gestão de Incidentes Solicitação de acesso a Pasta Hands and Eyes Gestão
Assistência / Controle Remoto Solicitação de SW / HW IMAC/D Compliance
Suporte Técnico / Funcional Instalação de SW Service Point
Instalação de SO Suporte a usuários VIP

Por que a CSU?


» Serviços nascidos » Data Center Virtual com contratação
para a nuvem granular e sob demanda

» Infraestrutura de
» Utilização de soluções best-of-breed
Data Center Uptime TIER III

» Decisão local facilitando » DNA em missão crítica adquirido em


escalonamento de assuntos + 25 anos de história

27
DESEMPENHO OPERACIONAL
E FINANCEIRO
DESTAQUES DO PERÍODO

FINANCEIRO:
EBITDA de R$ 21,1 milhões (-5,9% YoY) e Lucro Líquido de R$ 8,1 milhões (-2,5% YoY), com crescimento
da Margem EBITDA e Margem Líquida, ambas com evolução de 0,5 p.p. YoY.
Confortável estrutura de capital: 0,2X Divida Liquida/ EBITDA.

CAPEX
Investimentos de R$ 12,2 milhões no trimestre (+24,4% YoY).

UNIDADE CSU.CARDSYSTEM:
Mais de 600 mil cartões adicionados à base do trimestre.
Emprego de novas tecnologias junto ao processamento dos meios tradicionais de pagamentos.
Novos contratos comerciais firmados em todas as Divisões dessa Unidade.
78,8% do CAPEX total alocado nesse Unidade (+2,0 p.p. YoY).

UNIDADE CSU.CONTACT:
A Unidade segue se destacando como prestadora de serviços especializada em operações de alta
complexidade com ampliação de seus projetos e soluções ofertadas.

DISTRIBUIÇÃO DE PROVENTOS:
Payout de 40,0% sobre o Lucro Líquido de 2017: R$ 13,8 milhões na forma de JCP já pagos, além de
R$ 4,3 milhões em dividendos complementares a serem distribuídos em 06 de junho.

29
P R I N C IPA IS I N D I C A D ORE S F I N A N C E I ROS

Receita Bruta (R$ milhões) EBITDA e Margem EBITDA (R$ milhões e %)

-8,0%
-5,9%
-13,3%
-25,1%
131,0 139,0
120,5 28,1
22,4 21,1
22,5% 19,4%
18,9%

1T17 4T17 1T18 1T17 4T17 1T18


EBITDA Margem EBITDA

Lucro Líquido e Margem Líquida (R$ milhões e %) CAPEX (R$ milhões) e Alocação por Unidade (%) – 1T18 (∆ YoY)

+24,4%
Aumento do CAPEX alocado na
-2,5% Unidade CardSystem em 12 meses.
+12,2%
-52,6%
12,2
17,1 10,8
9,8
21,2%
8,3 8,1 9,6 78,8%
13,7% 7,5 8,9 (-2,0 p.p.)
7,0% 7,5% (+2,0 p.p.)

2,3 1,9 2,6


1T17 4T17 1T18
1T17 4T17 1T18
Lucro Líquido Margem Líquida CardSystem Contact 30
DESEMPENHO POR UNIDADE: CSU.CARDSYSTEM

A UNIDADE CSU.CARDSYSTEM consolida os resultados de processamento e administração de meios eletrônicos de pagamento


(CARDSYSTEM), soluções de marketing de relacionamento, fidelidade, incentivo e e-commerce (MARKETSYSTEM) e terceirização de TI (ITS).

Receita Bruta (R$ milhões) EBITDA (R$ milhões) e Margem EBITDA (%)
-10,2%
-14,9%
-25,9%
-22,1% 26,2
79,8 21,7
73,0 19,5
62,1
33,1% 37,0% 35,3%

1T17 4T17 1T18


1T17 4T17 1T18
EBITDA Margem EBITDA

CAPTURA DE OPORTUNIDADES COMERCIAIS em todas as frentes de negócios.

Obtenção de êxito nos processos de RENOVAÇÃO DE CONTRATOS.

REVISÃO DOS MODELOS FINANCEIROS E TRIBUTÁRIOS DE ALGUNS CONTRATOS, a fim de otimizar a dinâmica de negócios de
alguns clientes, sem impactar na lucratividade da Unidade.

31
DESEMPENHO POR UNIDADE: CSU.CARDSYSTEM

CLIENTES (dentre outros) CLIENTES (dentre outros)

CARDSYSTEM
meios eletrônicos de
pagamento
+ MARKETSYSTEM
marketing, fidelidade,
incentivo e e-commerce

Cartões Faturados e Cadastrados Volume Financeiro Transacional (R$ milhões)


(Milhões de unidades ) e Evolução por Tipo de Resgate (base 100)

-28,5% 53,6 53,2

-23,5% 42,7 44,6 %


24,6 1T18 crescimento
21,7 35,7 1T18 vs.
21,0 vs.
18,0 18,8 29,6 580 601 613 1T14
4T17
15,0
-17,0%
414 +513%
253
158 +55%
-13,4% 138 104 126 155
100 100

1T17 4T17 1T18 1T14 1T15 1T16 1T17 4T17 1T18

Cartões Faturados Cartões Cadastrados OPTe+ Milhas e Outros Vol. Financeiro Transacional

VOLUME FINANCEIRO TRANSACIONAL: crescimento de 19,3% YoY e


MAIS DE 600 MIL NOVOS CARTÕES adicionados à base do
variação estável na comparação QoQ, mesmo com o forte efeito
trimestre.
sazonal no 4T17.
Encerramento do contrato com o banco BMG, ao final de 2017, com
Conquista de NOVOS CLIENTES E PARCEIROS COMERCIAIS.
impacto direto na base de cartões processados.
Ampliação de escopo de atuação dessa Divisão em PROGRAMAS DE
Limpezas periódicas de base de cartões de alguns clientes.
INCENTIVOS B2B.
32
DESEMPENHO POR UNIDADE: C S U. C O N TAC T
CLIENTES (dentre outros)
CONTACT
Contact center e
BPO de atendimento

Receita Bruta (R$ milhões) EBITDA (R$ milhões) e Margem EBITDA (%)

+126,3%
+0,7% EBITDA
-14,7% Margem EBITDA
-1,5%
1,9
59,2 1,6
57,9 58,3

0,7 3,5% 3,0%


1,3%

1T17 4T17 1T18 1T17 4T17 1T18

Posições de Atendimento (PA‟s Média Faturada) Receita Líquida por Tipo de Serviço 1T18 (% e ∆ QoQ)

-3,3%

+0,8% 74,5%
(-8,6 p.p)
2.203 2.114 2.131 25,5%
(+8,6 p.p)

Atendimento
Vendas e Cobranças
1T17 4T17 1T18
Crescimento YoY: Sazonalidade de alguns clientes no 1T18 e aumento Aumento na representatividade de OPERAÇÕES DE REMUNERAÇÃO
de operações já existentes. VARIÁVEL ATRELADAS A TAXAS DE SUCESSO (recuperação de crédito).
33
CUSTOS & DESPESAS

Custo Total e por Unidade de Negócios:


(R$ milhões) ESTRITO PLANO DE CONTROLE DE CUSTOS E DESPESAS
NAS UNIDADES:

-8,2% UNIDADE CSU.CARDSYSTEM


Revisão da dinâmica de determinados contratos da Divisão
-6,8% MarketSystem, com impacto em custos e receitas, sem afetar a
87,8 86,4 lucratividade;
80,6 Recomposição de receitas e redução de algumas operações, com impacto
CARDSYSTEM: em „Pessoal‟;
40,2 40,0 33,5 Otimização de contratos com fornecedores.
-16,3% QoQ
-16,6% YoY
UNIDADE CSU.CONTACT
CONTACT: Custos com „Pessoal‟:
47,6 46,4 47,1 +1,4% QoQ i. Queda YoY dado o menor número de PA‟s no 1T18;
-1,1% YoY ii. Expansão QoQ dada o aumento das operações de alguns clientes
(sazonalidade) e o acordo coletivo em 1º de janeiro;
1T17 4T17 1T18 Expansão de determinadas operações de cobrança, com impacto em
“Comunicação‟;
CardSystem Contact
Aluguéis de software, com impacto na linha ‘Outros‟.

Despesas com Marketing & Vendas, Gerais e Administrativas:


(R$ milhões)
Total de despesas do 4T17 impactado pela alocação de gastos não
-5,5% recorrentes, sendo:

+121,6% 1T18 vs. 4T17


Gastos rescisórios;
17,8 -16,1% Aporte ao prestador de serviços de planos de saúde;
15,8 14,9
-44,1% Maiores despesas com marketing, ocasionado por projetos específicos
0,15 0,6 0,34 de cunho social por meio de incentivos fiscais promovidos pelo Governo,
com contra partida na linha de „Imposto de Renda e CSLL‟ do período.
1T17 4T17 1T18

Marketing & vendas Gerais e administrativas* * Inclui despesas de Depreciação e Amortização


34
ESTRUTURA DE CAPITAL

Fluxo de Caixa 1T18 (em R$ milhões) 1


Menor necessidade de capital de
3,7 giro no período: renegociações de
-6,6 prazos de pagamentos com
fornecedores.
8,0

-12,2 2 Investimentos:
8,1 i. Implantação de novos clientes;
ii. Investimentos na plataforma
∆ Endividamento Bruto:
CSU.Digital;
- R$ 3,1 MM iii. Aquisição de licenças para projeto
-11,8
-14,4 de reestruturação de data center;
1,3 iv. Constante evolução tecnológica da
-4,4 plataforma de processamento de
cartões.
Lucro Líquido Depreciação e Capital de Outros Ativos Investimentos Distribuição Novos Amortização Redução
Amortização Giro e Passivos (inclui leasing) de Resultados Empréstimos de Dívida do Caixa v. Investimentos de melhoria na
(ex-Juros) (inclui Juros) (inclui Juros) infraestrutura na sede operacional
da Companhia.
Geração Operacional de Caixa: + R$ 13,2 MM
∆ Dívida Líquida: +R$ 11,3 MM JCP: distribuição de R$ 11,8 milhões
1 2 3 no período.

Dívida Bruta (R$ milhões e % da Dív.Bruta) Dívida Líquida e EBITDA 12M (R$ milhões) 3
Redução de R$ 14,4 milhões na
R$ 66,5 milhões (Março/2018) posição de caixa final, sem a
0,6x 0,4x 0,2x 0,1x 0,2x necessidade de contratação de
novos empréstimos.
100,3 99,0
89,7 89,3 93,9
Confortável relação
57,8 DÍVIDA LÍQUIDA/
37% 29%
33% 34,8
28% 20% 20,9 17,1
EBITDA em 0,2x
22% 12% 5,8 aliado à redução da
13% 1%
dívida líquida no
1 ano 2 anos 3 anos 4 anos 5 anos Mar/17 Jun/17 Set/17 Dez/17 Mar/18 período.
Dív. Líquida EBITDA 12M Dív. Líq./EBITDA
35
MERCADO DE CAPITAIS

ENTERPRISE VALUE, EBITDA (R$ milhões), EV/EBITDA e P/E (x)

10,9x
11,6x 11,6x
10,4x 9,0x
509
465 473
405 412 P/E
7,1x 5,8x
6,6x 6,1x
5,2 5,0 5,1
227 247 4,5 4,1
178 193 Enterprise Value
EV / EBITDA 12 Meses

2,5 2,7 EBITDA 12 Meses


2,5 2,7

85 89 91 90 89 94 100 99
77

Mar/16 Jun/16 Set/16 Dez/16 Mar/17 Jun/17 Set/17 Dez/17 Mar/18

Retorno CARD3, IBOV e SMLL – Últimos 12 Meses SMLL: 33,9% IBOV: 31,4% CARD3: 25,2%

40

30

20
10
0

2,5M Quantidade Mensal de Ações Negociadas (em milhares)


2,0M
3.227 8.165 2.111 1.842 4.502 6.044 3.044 2.786 1.971 4.213 3.958 3.603
1,5M

1,0M

0,5M
0 Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Jan Fev Mar

Base 100 | Ajustado por proventos | Economática | Data base: 31.03.2018


36
CONSIDERAÇÕES GERAIS
Esta apresentação pode incluir declarações que
representem expectativas sobre eventos e
resultados futuros de acordo com a
regulamentação de valores mobiliários brasileira
e internacional. Essas declarações são baseadas
em suposições e análises feitas pela Companhia
de acordo com a sua experiência e o ambiente
econômico e nas condições de mercado e nos
eventos futuros esperados, muitos dos quais estão
fora do controle da Companhia.

Fatores importantes que podem levar a diferenças


significativas entre os resultados reais e as
declarações de expectativas sobre eventos ou
resultados futuros incluem a estratégia de
negócios da Companhia, as condições econômicas
brasileira e internacional, tecnologia, estratégia
financeira, desenvolvimentos dos clientes,
condições do mercado financeiro, incerteza a
respeito dos resultados de suas operações futuras,

Relações com Investidores


planos, objetivos, expectativas e intenções, entre
outros. Em razão desses fatores, os resultados
reais da Companhia podem diferir
significativamente daqueles indicados ou implícitos
nas declarações de expectativas sobre eventos ou
resultados futuros.
Telefone: (11) 2106-3700
As informações e opiniões aqui contidas não
devem ser entendidas como recomendação à E-mail: ri@csu.com.br
potenciais investidores e nenhuma decisão de
investimento deve se basear na veracidade,
atualidade ou completude dessas informações ou
opiniões. Nenhum dos assessores da Companhia ou
Website: www.csu.com.br/ri
partes à eles relacionadas ou seus representantes
terá qualquer responsabilidade por perdas que
possam decorrer da utilização ou do conteúdo
desta apresentação.

Este material é propriedade da CSU. É proibida


qualquer reprodução parcial ou total sem a
aprovação por escrito da Companhia. Todos os
direitos reservados.