Você está na página 1de 6

Plano de Ensino

Disciplina “História da Arte 4”

Curso: Teoria, Crítica e História da Arte (2018/2) – VIS/ IdA


Carga Horária: (04 créditos, 60 horas-aula)

Professora: Cristina Dunáeva

Ementa da disciplina: Discussão sobre questões de historiografia da arte a partir de recortes


temáticos e formais: das Vanguardas Históricas à Arte Contemporânea.

Objetivos: Articular recortes temáticos concernentes ao conteúdo programático de modo a


problematizar questões da história da arte como: realidades e abstração, conceptualidade, o
paradigma da autonomia da arte e seu questionamento contemporâneo, dissolução das fronteiras
entre as linguagens.

Programa:
1. pré-modernismo; contexto histórico e social do surgimento da arte moderna; impressionismo e
pós-impressionismo; desenvolvimentos formais do pós-impressionismo: cubismo, expressionismo e
futurismo;
2. vanguardas históricas, utopias e totalitarismo;
3. arte moderna e contemporânea na África e na América Latina;
4. as transformações do sistema de arte do modernismo à arte contemporânea;
5. teorias decoloniais e feministas em História da Arte.

Metodologias de ensino e critérios de avaliação:


Aulas expositivas. Seminários. Discussões em grupos. Leituras dirigidas.
Avaliação:
* Trabalho final. 10-15 páginas incluindo a bibliografia e as imagens.
* Será atribuída a pontuação complementar a atividades, como seminários, resenhas e estudos
dirigidos.
* Assiduidade, pontualidade e efetiva participação nas aulas são elementos que, paralelamente,
serão ponderados como critério ao longo do processo avaliativo.
OBS.:
* É aconselhável que estudantes efetuem, antes de cada aula, a leitura prévia dos textos a serem
debatidos, e que tragam suas impressões de leitura e/ou dúvidas para discussão em sala.
O uso de redação de terceiros sem aspas e indicação explícita da fonte compromete o caráter
autoral de um texto, pode caracterizar plágio, e impossibilita aferir conteúdos e competências
desenvolvidos pelo aluno. Logo, caso isto seja constatado em qualquer trabalho apresentado na
disciplina, este receberá conceito SR.

E-mail com textos digitalizados:


login: harte4.2018@gmail.com
senha: histarte2018

Pasta com textos não digitalizados: 126.


Bibliografia:
AVILA, de Souza Eliana. “Do high-tech à azteca: descolonização cronoqueer na ciberarte
chicana”. Revista Estudos Feministas. Vol.23, no.1, Florianópolis, Jan./Apr. 2015. - enviado por e-
mail

BORTULUCCE, Vanessa. A arte dos regimes totalitários do século XX: Rússia e Alemanha.
São Paulo: Annablume; Fapesp, 2008. - Texto na copiadora.

DANTO, Arthur C. Após o fim da arte: a arte contemporânea e os limites da história. São
Paulo: EdUSP, 2010.- Texto na copiadora.

GROSFOGUEL, Ramón. A estrutura do conhecimento nas universidades ocidentalizadas:


racismo/sexismo epistêmico e os quatro genocídios/epistemicídios do longo século XVI. Revista
Sociedade e Estado – Volume 31 Número 1 Janeiro/Abril 2016 Disponível ONLINE. - enviado por
e-mail

Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo:
MASP, 2017. - Texto na copiadora.

MALIÉVITCH, Kazímir. Dos novos sistemas na arte. São Paulo: Hedra, 2007. - Texto na
copiadora.

PEDROSA, Mário. Arte/ forma e personalidade. São Paulo: Kairos, 1979. - Texto na copiadora.

Bibliografia de apoio (todos os livros disponíveis na BCE):

ALBERA, François. Eisenstein e o construtivismo russo. São Paulo: Cosac Naify, 2011.

BATTCOCK, Gregory. A nova arte. São Paulo, Perspectiva, 2008.

CAUQUELIN, Anne. Arte contemporânea: uma introdução. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

CHIPP, H.B. Teorias da arte moderna. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

COHEN, Renato. Performance como linguagem. São Paulo: Perspectiva, 2004.

KRAUSS, Rosalind. Caminhos da escultura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

NADEAU, Maurice. História do surrealismo. São Paulo: Perspectiva, 2008.


Cronograma das aulas:
17.08 - Aula 1. Introdução ao conteúdo programático.

22.08 - Aula 2. - Apresentação do Plano de Ensino. Distribuição de textos para os Seminários.


Discussão do Texto: PEDROSA, Mário. Panorama da pintura moderna. Em: PEDROSA, Mário.
Arte/ forma e personalidade; São Paulo: Kairos, 1979. P. 119 – 145. - Texto na copiadora.

24.08 – Aula 3.
Discussão do Texto: PEDROSA, Mário. Panorama da pintura moderna. Em: PEDROSA, Mário.
Arte/ forma e personalidade; São Paulo: Kairos, 1979. P. 119 – 145. - Texto na copiadora.

29.08 – Aula 4. Seminário 1. LIPPARD, Lucy. “Trocas vastas: a contribuição do feminismo


para a arte dos anos 1970”. Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano
Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 61 - 68. - Texto na copiadora.
31.08– Aula 5.
Discussão do texto: MALIÉVITCH, Kazímir. Dos novos sistemas na arte. São Paulo: Hedra,
2007. Introdução (P. 9 – 20) e Dos Novos Sistemas na Arte (P. 21 – 77) - Texto na copiadora.

05.09 e 07.09 – Aulas 6 e 7. Não haverá aulas presenciais. Leitura dirigida do texto: NOCHLIN,
Linda. “Por que não existiram grandes artistas mulheres?” (1971). Em: Histórias da
sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017.
P. 16 – 37. - Texto na copiadora.
Entregar a Resenha do texto em 12.09.

12.09 – Aula 8. DATA LIMITE PARA ENTREGAR TEXTO DE 1-2 PÁG. COM A ESCOLHA
DA OBRA PARA O TRABALHO FINAL DA EXPOSIÇÃO EX-ÁFRICA
Seminário 2. DUNCAN, Carol. “As mãezonas do MOMA” (1989). Em: Histórias da sexualidade:
antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 113 – 123. -
Texto na copiadora.
14.09 – Aula 9. Discussão do texto: NOCHLIN, Linda. “Por que não existiram grandes artistas
mulheres?” (1971). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa,
André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 16 – 37. - Texto na copiadora.

19.09 – Aula 10. Seminário 3. SCHOR, Mira. “Patrilinhagem” (1991). Em: Histórias da
sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017.
P. 129 – 143. - Texto na copiadora.
21.09 – Aula 11. Discussão do texto: GARB, Tamar. “Renoir e a mulher natural” (1985). Em:
Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo:
MASP, 2017. P. 87 – 103. - Texto na copiadora.

26.09 e 28.09 – Aulas 12 e 13. Não haverá aulas presenciais. Leitura dirigida do texto:
GROSFOGUEL, Ramón. A estrutura do conhecimento nas universidades ocidentalizadas:
racismo/sexismo epistêmico e os quatro genocídios/epistemicídios do longo século XVI. Revista
Sociedade e Estado – Volume 31 Número 1 Janeiro/Abril 2016 Disponível ONLINE.
Entregar a Resenha do texto em 03.10.

03.10 – Aula 14. Seminário 4. BUTLER, Cornelia. “Arte e feminismo: uma ideologia de
critérios em transformação” (2007). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial,
Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 178 – 186. - Texto na copiadora.
05.10 – Aula 15. Discussão do texto: GROSFOGUEL, Ramón. A estrutura do conhecimento nas
universidades ocidentalizadas: racismo/sexismo epistêmico e os quatro
genocídios/epistemicídios do longo século XVI. Revista Sociedade e Estado – Volume 31 Número
1 Janeiro/Abril 2016 Disponível ONLINE.

10.10 – Aula 16. Seminário 5. PALMEIRO, Cecília. “Línguas das loucas, políticas do desejo:
poéticas dos movimentos entre a Argentina e o Brasil, dos anos 1970 aos dias de hoje”
(2011/17). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André
Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 202 – 212. - Texto na copiadora.
12.10 - Feriado

17.10 – Aula 17. Seminário 6. FAJARDO-HILL, Cecilia. “O corpo emancipado – Radical


Women: Latin American Art, 1960-1985” (2016). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org.
editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 272 – 279. - Texto na
copiadora.
19.10 – Aula 18. Discussão sobre o andamento de trabalhos finais.

24.10 – Aula 19. Seminário 7. CARVAJAL, Fernanda. “Injúria, animalidade e vergonha:


políticas sexo-dissidentes em contextos de violência no cone sul” (2017). Em: Histórias da
sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017.
P. 340 – 346. - Texto na copiadora.
26.10 – Aula 20.
Discussão do texto: JONES, Amelia; SILVER, Erin. “História da arte feminista queer, uma
genealogia imperfeita” (2016). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano
Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 240 – 271. - Texto na copiadora.

31.10 – Aula 21. Seminário 8. LÓPEZ, Miguel A. “A morte obscena: corpos estranhos,
violência política e história da arte” (2017). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org.
editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 347 – 353. - Texto na
copiadora.
02.11 - Feriado

07.11 – Aula 22. Colóquio TCHA – assistiremos à palestra de pesquisadora convidada.


09.11 – Aula 24. Discussão dos textos:
DANTO, Arthur. Prefácio do autor. Em: DANTO, Arthur. Após o fim da arte. A arte
contemporânea e os limites da história. São Paulo: Edusp, 2006. P. XIII – XVII.
DANTO, Arthur. Capítulo um. Introdução: moderno, pós-moderno e contemporâneo. Em:
DANTO, Arthur. Após o fim da arte. A arte contemporânea e os limites da história. São Paulo:
Edusp, 2006. P. 2 – 21.
Textos na copiadora.

14.11 – Aula 25. Seminário 9. AVILA, de Souza Eliana. “Do high-tech à azteca: descolonização
cronoqueer na ciberarte chicana”. Revista Estudos Feministas. Vol.23, no.1, Florianópolis,
Jan./Apr. 2015.
http://www.scielo.br/pdf/ref/v23n1/0104-026X-ref-23-01-00191.pdf – Texto por e-mail.
16.11. - Não haverá aula
21.11 – Aula 26. Seminário 10. MÜLLER, Regina Polo. “As artes indígenas e a arte
contemporânea”. Em: Textos escolhidos de cultura e arte populares, Rio de Janeiro, v.7, n.1, p. 7-
18, mai. 2010. Disponível online:
http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/tecap/article/viewFile/12046/9430 – Texto por e-mail
23.11 – Não haverá aula

28.11 – Aula 27. Seminário 11. ARAKISTAIN, Xabier. “Estratégias feministas e manobras
antifeministas nas instituições de arte contemporânea espanholas, do manifesto Arco 2005 ao
manifesto No, Nein, Niet!” (2017). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano
Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 272 – 279. - Texto na copiadora.
30.11 - Aula 28. Discussão do texto: BRYAN-WILSON, Julia. “Comércio sujo: o trabalho
artístico e o trabalho sexual desde a década de 1970” (2012). Em: Histórias da sexualidade:
antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 213 – 239. -
Texto na copiadora.

05.12 – Aula 29. - Seminário 12. MULVEY, Laura. “Prazer visual e cinema narrativo” (1975).
Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São
Paulo: MASP, 2017. P. 43 – 53. - Texto na copiadora.
Data limite para a entrega de trabalhos finais!
07.12. - Aula 30. - Avaliação final/ discussão de trabalhos finais.
Textos para os seminários:

Seminário 1. LIPPARD, Lucy. “Trocas vastas: a contribuição do feminismo para a arte dos
anos 1970”. Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André
Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 61 - 68.

Seminário 2. DUNCAN, Carol. “As mãezonas do MOMA” (1989). Em: Histórias da sexualidade:
antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 113 – 123.

Seminário 3. SCHOR, Mira. “Patrilinhagem” (1991). Em: Histórias da sexualidade: antologia.


Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 129 – 143.

Seminário 4. BUTLER, Cornelia. “Arte e feminismo: uma ideologia de critérios em


transformação” (2007). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa,
André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 178 – 186.

Seminário 5. PALMEIRO, Cecília. “Línguas das loucas, políticas do desejo: poéticas dos
movimentos entre a Argentina e o Brasil, dos anos 1970 aos dias de hoje” (2011/17). Em:
Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo:
MASP, 2017. P. 202 – 212.

Seminário 6. FAJARDO-HILL, Cecilia. “O corpo emancipado – Radical Women: Latin


American Art, 1960-1985” (2016). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano
Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 272 – 279.

Seminário 7. CARVAJAL, Fernanda. “Injúria, animalidade e vergonha: políticas sexo-


dissidentes em contextos de violência no cone sul” (2017). Em: Histórias da sexualidade:
antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 340 – 346. -

Seminário 8. LÓPEZ, Miguel A. “A morte obscena: corpos estranhos, violência política e


história da arte” (2017). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa,
André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 347 – 353.

Seminário 9. AVILA, de Souza Eliana. “Do high-tech à azteca: descolonização cronoqueer na


ciberarte chicana”. Revista Estudos Feministas. Vol.23, no.1, Florianópolis, Jan./Apr. 2015.
http://www.scielo.br/pdf/ref/v23n1/0104-026X-ref-23-01-00191.pdf

Seminário 10. MÜLLER, Regina Polo. “As artes indígenas e a arte contemporânea”. Em: Textos
escolhidos de cultura e arte populares, Rio de Janeiro, v.7, n.1, p. 7-18, mai. 2010. Disponível
online:
http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/tecap/article/viewFile/12046/9430

Seminário 11. ARAKISTAIN, Xabier. “Estratégias feministas e manobras antifeministas nas


instituições de arte contemporânea espanholas, do manifesto Arco 2005 ao manifesto No,
Nein, Niet!” (2017). Em: Histórias da sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa,
André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017. P. 272 – 279.

Seminário 12. MULVEY, Laura. “Prazer visual e cinema narrativo” (1975). Em: Histórias da
sexualidade: antologia. Org. editorial, Adriano Pedrosa, André Mesquita. São Paulo: MASP, 2017.
P. 43 – 53.