Você está na página 1de 33

NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

PROJETO FINAL DE CONCLUSÃO DE CURSO

PÓS-GRADUAÇÃO lato sensu DE ENFERMAGEM EM PEDIATRIA E


NEONATOLOGIA

PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES CLÍNICAS EM LACTENTES DEVIDO O


DESMAME PRECOCE.

AUTOR: Damares Gomes do Nascimento


ORIENTADOR: Raphaela Presbytero Reis Van-Lume

NOTA FINAL:

_________________________________________
Docente responsável pela correção

Pernambuco, 2018.

Damares Gomes do Nascimento


PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES CLÍNICAS EM LACTENTES DEVIDO O
DESMAME PRECOCE.

Projeto de conclusão do curso de pós-graduação lato


sensu de Enfermagem em pediatria e neonatologia,
certificado pela FACESF e coordenado pela Profa.
Raphaela Presbytero Reis Van-Lume.

FACESF
Pernambuco, 2018.
Índice

Lista de abreviaturas, siglas, símbolos e sinais.............................................4


Resumo................................................................................................................5
Abstract...............................................................................................................6
Informações Gerais............................................................................................7
Projeto de Pesquisa...........................................................................................8
1.1 Razões e objetivos da pesquisa...................................................................8
1.1.1 Contexto..........................................................................................8
1.1.2 Hipótese........................................................................................13
1.1.3 Objetivo.........................................................................................13
1.2 Plano de trabalho e métodos......................................................................13
1.2.1 Tipo de estudo..............................................................................13
1.2.2 Local..............................................................................................13
1.2.3 Amostra.........................................................................................13
1.2.4 Variáveis........................................................................................14
1.2.5 Método estatístico.........................................................................14
1.3 Etapas da pesquisa e cronograma............................................................16
1.3.1 Etapas da pesquisa......................................................................16
1.3.2 Cronograma..................................................................................17
1.4 Relação de materiais necessários.............................................................18
1.5 Orçamento.....................................................................................................19
1.6 Monitorização da pesquisa.........................................................................20
1.6.1 Medidas de monitorização da coleta de dados............................20
1.6.2 Medidas de proteção à confidencialidade....................................20
1.6.3 Critérios para suspender ou encerrar a pesquisa........................20
1.7 Propriedades da informação e divulgação da pesquisa.........................21
1.8 Responsabilidades do pesquisador, da instituição, do promotor e do
patrocinador...................................................................................................................21
Documentação Complementar........................................................................22
1.9 Referências utilizadas..................................................................................22
1.10 Anexo I - Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido........24
1.11 Anexo III - Modelo dos formulários de coleta de dados.........................26
1.12 Anexo IV - Curriculum Lattes dos pesquisadores envolvidos...............29
1.13 Anexo V - Termo de responsabilidade e compromisso do pesquisador
responsável...................................................................................................................30
1.14 Anexo VI - Termo de responsabilidade do orientador.............................31
1.15 Anexo VII – Ficha catalográfica..................................................................32
Projeto de Pesquisa 4

Lista de abreviaturas, siglas, símbolos e sinais

% Porcento
≥ Maior que
® Marca registrada
A4 Tamanho de papel com 210 mm de largura e 297 mm de altura.
BIREME Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
Cm Centímetro
Et al. E colaboradores (do latim, et alli)
G Grama
H1 Hipótese alternativa
Ho Hipótese de nulidade
ATEC Formulário para Avaliação de Tratamentos do Autismo
http:// Protocolo de Transferência em Hipertexto (do inglês, HyperText Transfer
Protocol)
Obs Observação
OMS Organização Mundial de Saúde
OS Sistema Operacional (do inglês, Operational System)
R$ Reais
AME Aleitamento Materno Exclusivo
URL Localizador Uniforme de Recursos (do inglês, Uniform Resource Locator)
www Rede Mundial de Computadores (do inglês, World Wide Web)
Projeto de Pesquisa 5

Resumo

1. Título. Principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame


precoce.
2. Autor. Damares Gomes do Nascimento.
3. Pergunta de Pesquisa. Quais as principais complicações clínicas em
lactentes devido o desmame precoce?
4. Objetivo. Identificar as principais complicações clínicas em lactentes
devido o desmame precoce.
5. Hipótese. As principais complicações clínicas em lactentes devido o
desmame precoce são cada vez mais evidentes e comuns entre os afetados.
6. Tipo de estudo. Transversal, prospectivo, de campo, explicativo,
descritivo, observacional, utilizando o método quantitativo.
7. Local. 06 Unidades de Saúde da Família de Araçoiaba - PE.
8. Amostra. Lactentes acompanhados nas Unidades de Saúde da Família
de Araçoiaba - PE.
Critérios de inclusão: Lactentes até 01 ano de idade, acompanhados nas
consultas de Puericultura das Unidades de Saúde da Família de Araçoiaba -
PE.
Critério de exclusão: Crianças acima de 01 ano e crianças fora da área de
cobertura das Unidades.
9. Variáveis. Primária: Principais complicações clínicas em lactentes
devido o desmame precoce. Secundárias: idade, sexo, percepção da
família, percepção do pesquisador e do enfermeiro, principais sintomas
identificados, antecedentes patológicos e AME prévio.
10. Método estatístico. Escolheu-se a amostra por conveniência, sendo a
mesma denominada censitária. na qual o seu tamanho será determinado
por cálculo formal realizado a partir do instrumento disponível no
Laboratório de Epidemiologia e estatística da FAPESP-LEE. Análise
estatística: intervalo de confiança de XX%, proporção na população de XX
% e precisão absoluta de XX,utilização do teste qui-quadrado.
11. Procedimento: Após ser aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa
com Seres Humanos (CEP), será realizada a entrega de formulários aos
enfermeiros que atuam nas Unidades a serem estudadas, bem como a
entrevista dos mesmos juntamente aos cuidadores das crianças a serem
avaliadas.
12. Descritores. Aleitamento Materno, Alimentação Artificial, Hospitalização .
Projeto de Pesquisa 6

Abstract

1. Title. Main clinical complications in infants due to early weaning.

2. Author. Damares Gomes do Nascimento.

3. Research Question. What are the main clinical complications in infants due
to early weaning?

4. Objective. To identify the main clinical complications in infants due to early


weaning.

5. Hypothesis The main clinical complications in infants due to early weaning


are increasingly evident and common among those affected .
.
6. Type of study. Transversal, prospective, field, explanatory, descriptive,
observational, using the quantitative method.

7. Location. 06 Health Units of the Araçoiaba Family - PE.

8. Sample. Infants followed at the Family Health Units of Araçoiaba - PE.


Inclusion criteria: Infants up to 1 year of age, accompanied at the Child Care
clinics of the Health Units of the Araçoiaba Family - PE.
Exclusion criteria: Children above 1 year and children outside the coverage
area of the Units.

9. Variables. Primary: Main clinical complications in infants due to early


weaning.
Secondary: age, gender, family perception, researcher and nurse perception,
main symptoms identified, pathological antecedents and previous SMA.
.
10. Statistical method. The sample was chosen for convenience, being the
same denominated census. in which its size will be determined by a formal
calculation performed using the instrument available at the Laboratory of
Epidemiology and Statistics of FAPESP-LEE. Statistical analysis: confidence
interval of XX%, proportion in the population of XX% and absolute precision of
XX, use of the chi-square test.

11. Procedure: After being approved by the Human Research Ethics


Committee (CEP), the forms will be delivered to the nurses who work in the
units to be studied, as well as their interview with the caregivers of the children
to be evaluated.

12. Descriptors. Breastfeeding, Artificial Feeding, Hospitalization .


Projeto de Pesquisa 7

Informações Gerais

a) Instituição:
FACESF

b) Pesquisador principal:
Damares Gomes do Nascimento
damaresgomes.1992@gmail.com
Enfermeira, pós-graduanda em Enfermagem em pediatria e neonatologia.
Atualmente atua como enfermeira da Estratégia de Saúde da Família no PSF II
Dom Hélder Câmara, Araçoiaba-PE. Fone: +81 99952 9375

c) Orientador:
Raphaela Presbytero Reis Van-Lume
rpresbytero@gmail.com
Enfermeira, especialista em saúde da criança, terapia intensiva, urgência e
emergência, educação em saúde, metodologia científica, Mestre em Ciências
da Saúde- UNIFESP, Doutora em Biotecnologia da Saúde – UFAL, Pós-
Doutoranda em Genética com ênfase em autismo – UFPE. Atua atualmente
como docente de pós-graduação dos núcleos da FACESF – GRUPO CEFAPP,
como pesquisadora de grupo do CNPq, pesquisadora voluntária em temas
relacionados ao autismo e palestrante. Fone: +81 98568 5651

d) Título da pesquisa:
Principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame precoce.

e) Objetivo: Identificar as principais complicações clínicas em lactentes devido


o desmame precoce.
Projeto de Pesquisa 8

Projeto de Pesquisa

1.1 Razões

1 Introdução

O aleitamento é a primeira alimentação de toda criança, necessária e

adequada ao seu desenvolvimento na fase inicial da vida¹. O leite humano é o

alimento adequado tanto do ponto de vista nutritivo e imunológico quanto no

plano psicológico, além de favorecer o vínculo mãe-filho. A Organização

Mundial da Saúde (OMS) recomenda aleitamento materno exclusivo (AME)

durante os seis primeiros meses de vida do lactente, sendo necessária, após

este período, a introdução de outros alimentos para suprir suas necessidades

nutricionais, atuando na manutenção do seu crescimento e desenvolvimento².

A alimentação da criança desde o nascimento e nos primeiros anos de

vida tem repercussões ao longo de toda a vida do indivíduo. A adequação

nutricional dos alimentos complementares é fundamental na prevenção de

morbimortalidade na infância, incluindo desnutrição e sobrepeso. Embora seja

atribuição dos profissionais de saúde a sua promoção e das mães a sua

execução, o sucesso final da ação depende também da definição de políticas

governamentais adequadas e da participação e apoio de toda a sociedade

civil³. Estudos revelam que alimentos complementares são uma importante

fonte de contaminação das crianças, o leite materno garante maior resistência

a infecções, principalmente diarreias, otite média e doenças respiratórias nas

crianças amamentadas quando comparadas às crianças não amamentadas.

Além disso, apresenta um forte efeito protetor contra incidência de infecções

respiratórias baixas, como a Pneumonia, que pode ser justificado pela


Projeto de Pesquisa 9

presença no leite materno de substâncias antivirais e antibacterianas, células

imunologicamente ativas e os estimulantes do sistema imunológico das

crianças.

PRINCIPAIS FATORES DO DESMAME PRECOCE.

O desmame precoce é a interrupção do aleitamento materno ao peito,

antes do lactente completar seis meses de vida4.

O aleitamento materno sofre influência de variáveis que afetam o

desmame precoce ou a extensão da amamentação podendo ser divididas em

cinco categorias: a) variáveis demográficas: tipo de parto, idade materna, presença

paterna na estrutura familiar, números de filhos, experiência com

amamentação; b) variáveis socioeconômicas: renda familiar, escolaridade

materna e paterna, tipo de trabalho do chefe de família; c) variáveis associadas

à assistência pré-natal: orientação sobre amamentação; desejo de amamentar;

d) variáveis relacionadas à assistência pós-natal imediata: alojamento conjunto,

auxílio de profissionais de saúde, dificuldades iniciais; e) variáveis relacionadas

à assistência pós-natal tardia (após a alta hospitalar): estresse e ansiedade

materna, uso de medicamentos pela mãe e pelo bebê, introdução precoce de

alimentos. Crianças desmamadas precocemente apresentam maior índice de

internação hospitalar por Pneumonia, infecções gastrointestinais, otite, entre

outras diversas patologias5.

PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES CLÍNICAS DEVIDO O DESMAME PRECOCE


Projeto de Pesquisa 10

PNEUMONIA: A pneumonia é uma das principais patologias que acometem a

população pediátrica e neonatal. Promove alterações na mecânica respiratória

e na relação ventilação/perfusão, podendo a criança apresentar quadros

importantes de insuficiência respiratória. Estudos revelam que crianças

desmamadas até os três meses de vida tiveram um número médio maior de

ocorrência de pneumonia, confirmando a essencialidade do aleitamento

materno durante os primeiros seis meses da existência do bebê 6.

DIARREIA: A diarreia é considerada um grave problema de saúde pública,

sendo a segunda causa de internação hospitalar infantil. Os estudos analisados

evidenciam o aleitamento materno como um fator de importância na prevenção

e na proteção contra a diarreia nos menores de 02 anos. Os resultados

sugerem que essa prática é importante para reduzir a mortalidade pós-neonatal

bem como a taxa de internação hospitalar por doenças diarreicas na população

infantil7.

OTITE: A maior causa de ocorrência de otite média recorrente em crianças é a

diminuição do tempo de aleitamento materno apesar que a questão da postura

do lactente para a amamentação é importante, pelo fato de que a tuba auditiva

do bebê está posicionada horizontalmente desde o ouvido médio mantendo

contato com a nasofaringe facilitando o refluxo de leite e a entrada de líquidos

para o ouvido médio. Segundo estudos, os bebês alimentados com leite em pó

são mais suscetíveis às infecções do ouvido e os bebês amamentados tendem

a ser mais resistentes a várias doenças, inclusive infecções do ouvido 8.


Projeto de Pesquisa 11

CONSTIPAÇÃO: Define-se constipação quando há a presença de pelo menos

duas defecações ou menos por semana, relato de retenção fecal excessiva,

história de defecação dolorosa ou eliminação de fezes endurecidas, presença

de massa fecal volumosa no reto. Cerca de 30% das crianças com constipação

funcional desenvolvem sintomas no período de lactente. Estudos evidenciaram

que, no primeiro semestre, os lactentes em aleitamento artificial demonstram

chance 4,5 vezes maior de apresentar constipação do que os em aleitamento

predominante. O aleitamento natural predominante é fator de proteção contra

constipação no primeiro semestre de vida9.

OBESIDADE: A obesidade é uma doença complexa com graves dimensões

sociais e psicológicas afetando todas as faixas etárias e grupos

socioeconômicos. A obesidade pode iniciar-se em qualquer idade e pode ser

causada por fatores como desmame precoce, a introdução inadequada de

alimentos, distúrbio do comportamento alimentar e da relação familiar,

especialmente nos períodos de aceleração do crescimento. O desmame

precoce e a introdução de uma alimentação inadequada oferece risco de

morbimortalidade à criança, entre essas doenças a obesidade 10.

COLITE ALERGICA: Colite é termo utilizado para designar processos

inflamatórios, de diferentes etiologias, que envolvem o intestino grosso, na

presença de lesões microscópicas características, não necessariamente

associadas a alterações macroscópicas. A causa mais importante da colite, no

primeiro ano de vida, é alergia alimentar, sendo as proteínas do leite de vaca e

da soja os alérgenos principalmente implicados 11.


Projeto de Pesquisa 12

JUSTIFICATIVA

Considerando os inegáveis avanços ocorridos em diferentes regiões

do Brasil, no que se refere à reversão dos índices de mortalidade infantil,

antigas questões como a desnutrição e a morte por doenças diarreicas e

imunopreviníveis continuam presentes e dividem espaço com os problemas

mais recentes da era que se inicia - obesidade, maus tratos e abusos

cometidos contra a criança. Por outro lado, o desenvolvimento populacional

vem demonstrando a necessidade de se dispor de tecnologia e estratégias

capazes de assegurar a quantidade e a qualidade de alimentos,

particularmente para os segmentos mais vulneráveis da comunidade, a

exemplo dos recém-nascidos e lactentes. Neste cenário de adversidades que

permeiam a saúde da criança e da mulher, se insere o aleitamento materno,

considerado por unanimidade no meio científico, como a melhor maneira de

alimentar o lactente, constituindo base para efeitos biológicos e emocionais no

desenvolvimento da criança. Por essa razão, as ações de promoção, proteção

e apoio à amamentação devem se configurar como elementos estratégicos da

política estatal em saúde.

Considerando que o desmame precoce é um problema de Saúde

Pública no Brasil, que ainda é preciso haver maiores investimentos, de todos

os níveis de gestão a favor da infância, faz-se relevante responder a pergunta

de pesquisa: Quais as principais complicações clínicas devido o desmame

precoce?

.
Projeto de Pesquisa 13

2 Hipótese

As principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame precoce


são cada vez mais evidentes e comuns entre os afetados.

3 Objetivo

Identificar as principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame

precoce.

1.2 Plano de trabalho e métodos

Este projeto de pesquisa será encaminhado, para avaliação, em um Comitê da

Cidade do ê da Cidade do Recife. A pesquisa terá início após a aprovação

deste comitê.

4 Tipo de estudo

Transversal, prospectivo, de campo, explicativo, descritivo, observacional,

utilizando o método quantitativo.

5 Local

06 Unidades de Saúde da Família de Araçoiaba-PE.

6 Amostra

Lactentes acompanhados nas Unidades de Saúde da Família.

6.1 Critérios de inclusão

Lactentes até 01 ano de idade, acompanhados nas consultas de Puericultura

das Unidades de Saúde da Família.


Projeto de Pesquisa 14

6.2 Critérios de exclusão

Crianças acima de 01 ano e crianças fora da área de cobertura das Unidades.

6.3 Procedimentos

Após ser aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos
(CEP), será realizada a entrega de formulários aos enfermeiros que atuam nas
Unidades a serem estudadas, bem como a entrevista dos mesmos juntamente
aos cuidadores das crianças a serem avaliadas.

6.4 Consentimento livre e esclarecido

O Termo de Consentimento Livre e Esclarecido está em anexo.

7 Variáveis

Será utilizado um formulário de coleta de dados padronizado para a coleta das

variáveis primária e secundárias.

7.1 Variável primária

- Principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame precoce..

7.2 Variáveis secundárias

- idade, sexo, percepção da família, percepção do pesquisador e do


enfermeiro, principais sintomas identificados, antecedentes patológicos e AME
prévio.

8 Método estatístico

8.1 Cálculo do tamanho da amostra

Foi realizado o cálculo formal de tamanho da amostra, através do instrumento

específico do Laboratório de Epidemiologia e Estatística.


Projeto de Pesquisa 15

8.2 Análise estatística

Os dados serão coletados em um formulário padronizado (anexo III) e os dados

armazenados em uma planinha eletrônica de dados (Microsoft Excel ® 2003.

Redmond, WA, EUA). Na qual, cada linha corresponderá a um formulário de

coleta de dados e cada linha aos dados coletados.

A análise estatística será realizada com o teste do qui-quadrado. Associada a

inferência estatística para cada ponto estimado das variáveis, será calculado o

intervalo de confiança de 95% (Gardner, 1989). Os cálculos serão realizados

com o auxílio do aplicativo SPSS® (Versão 13.0 ).

8.2.1 Variáveis que serão analisadas

8.2.2 Hipóteses Estatísticas

Ho: P = xx%

H1: P ≠ xx%

8.2.3 Testes Estatísticos

Será utilizada a análise pelo teste do qui-quadrado, para testar a freqüência da

diferença de acurácia.

8.3 Apresentação dos resultados

Serão utilizados tabelas e gráficos para a apresentação dos dados e os valores

de alfa serão apresentados com até quatro casas decimais.


Projeto de Pesquisa 16

1.3 Etapas da pesquisa e cronograma

9 Etapas da pesquisa

Etapa I – Projeto de Pesquisa. Plano de trabalho para verificar se a hipótese

pode ser negada ou não e para pormenorizar os procedimentos de execução e

divulgação da pesquisa.

Etapa II – Entrega em um Comitê de Ética e Pesquisa da cidade do Recife.

Etapa III – Coleta de dados. Obtenção dos dados previstos.

Etapa IV – Armazenamento dos dados. Registro e organização dos dados

coletados.

Etapa V – Tabulação dos dados. Tabulação e construção de gráficos.

Etapa VI – Análise dos dados. Tentativa de evidenciar as relações expostas

entre os resumos e as variáveis.

Etapa VII – Interpretação dos dados. Procura dar significados mais amplos às

respostas, vinculando-as a outros conhecimentos e explicitação dos resultados

finais, considerados relevantes.

Etapa VIII – Relatório final e Artigo Original. Exposição geral da pesquisa e

elaboração do artigo original.


Projeto de Pesquisa 17

10 Cronograma

Etapas da pesquisa

ÉticaEntrega e recebimento do Comitê de

Relatório final e Artigo Original


Armazenamento dos dados

Interpretação dos dados


Elaboração do projeto

Tabulação dos dados

Análise dos dados


Coleta de dados

Mês/Ano
08/2018 O |
09/2018 O
09/2018 O
11/2018 O
12/2018 O
01/2019 O
02/2019 O O
03/2019 O
03/2019 O
04/2019 O
04/2019 O
06/2019 O
O = Planejado
O| = Planejado e realizado
Projeto de Pesquisa 18

1.4 Relação de materiais necessários

Item Material Quantidade


1 Cópias xerográficas 1800
2 Marcador Permanente 2
3 Caneta 04
4 Transporte 01
Projeto de Pesquisa 19

1.5 Orçamento

Item Material Valor em R$


1 Cópias xerográficas 360,00
2 Marcador Permanente 10,00
3 Caneta 8,00
4 Transporte 120,00
Valor Total 498,00

*valores pesquisados em 02/08/2018

O Pesquisador arcará com todo ônus da pesquisa.


Projeto de Pesquisa 20

1.6 Monitorização da pesquisa

11 Medidas de monitorização da coleta de dados

A qualidade dos dados das fichas de coleta será conferida pela comparação de

observadores. A conferência será realizada por dois observadores e as

discordâncias serão resolvidas por reunião de consenso. Os dados coletados

serão armazenados em uma planilha eletrônica (Microsoft Excel 2010 para

Windows, Microsoft Inc., Redmond, WA).

12 Medidas de proteção à confidencialidade

A confidencialidade dos sujeitos da pesquisa será mantida, em nenhum

momento ou por quaisquer meios existirá a possibilidade de divulgação pública

dos resultados que permita identificar os dados do sujeito da pesquisa.

13 Critérios para suspender ou encerrar a pesquisa

A pesquisa será suspensa ou encerrada se o arquivo eletrônico matriz

protegido por senha em diretório oculto e todos os outros arquivos de

segurança forem danificados ou perdidos integralmente, impossibilitando a

utilização das informações salvas. Será ainda suspensa se o princípio da

confidencialidade for ferido.


Projeto de Pesquisa 21

1.7 Propriedades da informação e divulgação da pesquisa

A propriedade dos resultados gerados por esta pesquisa é de seu autor. Os

resultados encontrados ao final da pesquisa serão devidamente publicados em

um periódico indexado, independente da confirmação ou não da hipótese da

pesquisa.

As cópias do projeto de pesquisa e os possíveis relatórios parcial e final desta

pesquisa serão armazenadas na Sede do Recife do Grupo CEFAPP e na Sede

da FACESF em Belém de São Francisco-PE.

1.8 Responsabilidades do pesquisador e da instituição

Pesquisador. O pesquisador está ciente e cumprirá os termos da Resolução

466/2012 do Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde, assumindo

o compromisso de zelar pela privacidade e sigilo das informações, tornando os

resultados desta pesquisa públicos, sejam eles favoráveis ou não e

comunicando o Comitê de Ética em Pesquisa sobre qualquer alteração no

projeto de pesquisa, nos relatórios anuais (Anexo I). O pesquisador garante

ainda que arcará com qualquer ônus para a realização desta pesquisa.

Instituição. A instituição está ciente dos termos da Resolução 466/12 do

Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde e afirma saber da

confidencialidade da pesquisa.
Projeto de Pesquisa 22

Documentação Complementar

1.9 Referências utilizadas

1 Melo CS, Gonçalves RM. Aleitamento materno versus aleitamento artificial. Estudos,
Goiânia, v. 41, especial, p. 7-14, out. 2014. Recebido em: 10.10.2014-Aprovado em:
15.10.2014.

2 Moraes BA, Gonçalves AC, Strada JKR, Gouveia HG. Fatores associados à
interrupção da amamentação exclusiva em lactentes com até 30 dias de idade. Rev.
Gaúcha Enferm.[conectados]. 2016, vol.37, n.spe, e2016-0044. Epub 20 de julho de
2017. ISSN 1983-1447.http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2016.esp.2016-0044.

3 Monte CMG, Giugliani ERJ. Recomendações para alimentação complementar da


criança em aleitamento materno. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2004, vol.80, n.5, suppl.,
pp.s131-s141. ISSN 0021-7557. http://dx.doi.org/10.1590/S0021-
75572004000700004.

4 Vieira GO, Almeida JAG, Silva LR, Cabral VA, Santana NPV. Fatores associados ao
aleitamento materno e desmame em Feira de Santana, Bahia. Rev. Bras. Saude
Mater. Infant. [online]. 2004, vol.4, n.2, pp.143-150. ISSN 1806-9304.
http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292004000200004.

5 Dias OA, Cunha AL, Rocha LL, Sampaio IN. Mendonça RCM, Sônia Maria de Araújo
Campelo. Aleitamento materno: fatores que levam ao desmame precoce. Rev. bras.
enferm. [online]. 2008, vol.61, n.4, pp.488-492. ISSN 0034-7167.
http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672008000400015.

6 Juruena SG, Fröemming MB, Malfatti CRM. Aleitamento materno e prevenção de


doenças em crianças no primeiro ano de vida. Revista do Departamento de Educação
Física e Saúde e do Mestrado em Promoção da Saúde da Universidade de Santa Cruz
do Sul - Unisc.. Cinergis – Vol 8, n. 1, p. 9-15 Jan/Jun, 2007. ISSN 1519-2512.
https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/544.

7 Santos FS, Santos FCS, Santos LH, Leite AM, Mello DF. Aleitamento materno e
proteção contra diarreia: revisão integrativa da literatura. Einstein (São Paulo)
[Internet]. 2015 Sep [cited 2017 Nov 11] ; 13( 3 )0lEpub June 09, 2015.
http://dx.doi.org/10.1590/S1679-45082015RW3107.

8 Oliveira FF, Karolkievicz RCT, Gomes CF. A amamentação pode prevenir a otite em
lactentes? V Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica 26 a 29 de outubro de
2010.ISBN 978-85-61091-69-9.

9 Aguirre ANC, Vitolo MR, Puccini RF, Morais MB. Constipação em


lactentes: influência do tipo de aleitamento e da ingestão de fibra alimentar. J. Pediatr.
(Rio J.) [online]. 2002, vol.78, n.3, pp.202-208. ISSN 0021-7557.
http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572002000300007.

10 Vicari EC. Aleitamento materno, a introdução da alimentação complementar e sua


relação com a obesidade infantil Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e
Emagrecimento, São Paulo v.7, n.40, p.72-83, Jul/Ago. 2013. ISSN 1981-9919.
Projeto de Pesquisa 23

11 Diaz NJ, Silva PF, Ulysses FN. Colite alérgica: características clínicas e
morfológicas da mucosa retal em lactentes com enterorragia. Arq. Gastroenterol.
[online]. 2002, vol.39, n.4, pp.260-267. ISSN 0004-2803.
http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032002000400010.
Projeto de Pesquisa 24

1.10 Anexo I - Termo de consentimento livre e esclarecido

Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

1 – Título do estudo

Principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame precoce.

2 – Objetivo do estudo

Identificar as principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame


precoce.

3 – Descrições dos procedimentos

Após ser aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos
(CEP), será realizada a entrega de formulários aos enfermeiros que atuam nas
Unidades a serem estudadas, bem como a entrevista dos mesmos juntamente
aos cuidadores das crianças a serem avaliadas.
4 – Garantia de acesso

Em qualquer etapa do estudo, você terá acesso aos profissionais responsáveis pela
pesquisa para esclarecimento de eventuais dúvidas. Os principais investigadores são
DAMARES GOMES DO NASCIMENTO E RAPHAELA PRESBYTERO REIS VAN-
LUME que podem ser encontradas no endereço: Avenida Visconde de Suassuna, 735,
Santo Amaro, Recife-PE fone: +81 3221 9354. Se você tiver alguma consideração ou
dúvida sobre a ética da pesquisa, entre em contato com o Comitê de Ética em
Pesquisa (CEP) da FACESF núcleo de pós-graduação e o Grupo CEFAPP– Centro
de Formação e Aperfeiçoamento Profissional. Avenida Visconde de Suassuna,
735, Santo Amaro, Recife-PE fone: +81 3221 9354.

5 – Retirada do consentimento

É garantida a liberdade da retirada de consentimento a qualquer momento e deixar de


participar do estudo, sem quaisquer tipos de prejuízo ao indivíduo.

6 – Direito de confidencialidade

As informações obtidas serão analisadas em conjunto com outros indivíduos, não


sendo divulgado a identificação de nenhum participante.

7 – Garantia de acesso aos dados

Direito de ser mantido atualizado sobre os resultados parciais das pesquisas, quando
em estudos abertos, ou de resultados que sejam do conhecimento dos pesquisadores.

8 – Despesas e compensações
Projeto de Pesquisa 25

Não há despesas pessoais para o participante em qualquer momento do estudo.


Também não há compensação financeira relacionada à sua participação. Se existir
qualquer despesa adicional, ela será absorvida pelo orçamento da pesquisa.

9 – Princípio de especificidade

O pesquisador tem o compromisso de utilizar os dados e o material coletado somente


para esta pesquisa.

Eu discuti com a DAMARES GOMES DO NASCIMENTO OU RAPHAELA


PRESBYTERO REIS VAN-LUME sobre a minha decisão em permitir a realização
deste estudo na unidade que coordeno. Entendi todas as explicações que me foram
fornecidas de forma clara e simples, inclusive permitindo que eu realizasse todas as
perguntas e fizesse todas as observações que eu achei pertinente para entender o
que ocorrerá comigo neste estudo, não me ficando dúvidas sobre a entrevista a que
serei submetido. Ficaram claros para mim quais são os propósitos do estudo, os
procedimentos a serem realizados, seus desconfortos e riscos, as garantias de
confidencialidade e de esclarecimentos permanentes. Ficou claro também que minha
participação é isenta de despesas. Concordo voluntariamente em participar deste
estudo e poderei retirar o meu consentimento a qualquer momento, antes ou durante o
mesmo, sem penalidades ou prejuízo ou perda de qualquer benefício que eu possa ter
adquirido.

Acredito ter sido suficientemente informado a respeito das informações que li a


respeito da pesquisa
Projeto de Pesquisa 26

_________________________________________________________________
Data / /
Assinatura do participante/representante legal
Projeto de Pesquisa 27

1.11 Anexo III - Modelo dos formulários de coleta de dados

Principais complicações clínicas em lactentes devido o desmame


precoce.

Pesquisador: Damares Gomes do Nascimento; fone: +81 99952 9375; correio eletrônico:
damaresgomes.1992@gmail.com
CVLattes: http://lattes.cnpq.br/2997292347691879

1. Formulário de coleta de dados


1. Não foi realizado
2. Foi preenchido parcialmente
3. Foi preenchido completamente

2. Nome do pesquisador coletador

3. Se utilizou algum auxiliar na coleta, nome do mesmo

4. Data de preenchimento
/ / 2 0 1 8

5. Tipo de Unidade
1. Urbana
2. Rural
3. Não Identificado

6. Total de crianças menores de 1 ano acompanhadas na Unidade


1.

7. A criança é do sexo feminino?

8. A criança é do sexo masculino?


1.

9. A criança, em período neonato, recebeu AME?


1.
Projeto de Pesquisa 28

10. Se SIM, por quanto tempo?


1.

11. Qual o motivo causador do desmame precoce?


1.

12. A aceitabilidade da criança, em relação ao desmame, foi satisfatória?


1.

13. A criança recebeu leite artificial não indicado para sua idade?
1.

14. A criança, antes dos 6 meses de idade, recebeu algum preparo de


cereais artificial?
1.

15. A criança recebeu comida participante da dieta da família antes do 6°


mês?
1.

16. A família costuma guloseimas as crianças? Se SIM, com que frequencia?


1.

17. As necessidades fisiológicas da criança são regulares?


1.

18. Os eventos patológicos são frequentes?


1.

19. A caderneta de vacinação da criança está atualizada?


1.

20. A genitora/cuidador da criança relata alguma queixa em relação ao


desenvolvimento da mesma? Se SIM, descreva.
1.
Projeto de Pesquisa 29

21. Principais sinais e sintomas patológicos percebidos pelos cuidadores


1. Gases intestinais
2. Constipação
3. Eventos de febre
4. Vômitos
5. Cefaléia
6. Dermatites
7. Recidivas de gripes/resfriados
8. Alteração de peso
9. Desconforto respiratório
22. O consumo de água é satisfatório?
1.
Projeto de Pesquisa 30

1.12 Anexo IV - Curriculum Lattes dos pesquisadores envolvidos

Currículum lattes do orientador: URL: http://lattes.cnpq.br/6002120685000352

Currículum lattes do pesquisador: UR: http://lattes.cnpq.br/2997292347691879


Projeto de Pesquisa 31

1.13 Anexo V - Termo de responsabilidade e compromisso do


pesquisador responsável

TERMO DE RESPONSABILIDADE E COMPROMISSO


DO PESQUISADOR RESPONSÁVEL

Eu, Damares Gomes do Nascimento, pesquisador


responsável pelo projeto “Principais complicações
clínicas em lactentes devido o desmame precoce”,
declaro estar ciente e que cumprirei os termos da
Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde do
Ministério da Saúde e declaro:
1. assumir o compromisso de zelar pela privacidade e sigilo
das informações;

2. tornar os resultados desta pesquisa públicos sejam eles


favoráveis ou não; e

3. comunicar a um Comitê de Ética em Pesquisa da cidade


do Recife sobre qualquer alteração no projeto de pesquisa,
nos relatórios ou através de comunicação protocolada, que
me forem solicitadas.

Recife, 02 de agosto de 2018.

PESQUISADOR
Projeto de Pesquisa 32

1.14 Anexo VII - Termo de responsabilidade do orientador

TERMO DE RESPONSABILIDADE DO ORIENTADOR

Eu, Raphaela Presbytero Reis Van-Lume,


orientadora da pesquisadora Damares Gomes do
Nascimento do projeto “Principais complicações
clínicas em lactentes devido o desmame precoce”
declaro estar ciente e que cumprirei os termos da
Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde do
Ministério da Saúde.

Recife, 02 de agosto de 2018

ORIENTADOR
Projeto de Pesquisa 33

Ficha catalográfica

Damares Gomes do Nascimento


Principais complicações clínicas em lactentes
devido o desmame precoce.
FACESF – Núcleo de Pós-graduação GRUPO
CEFAPP. Correio eletrônico:
rpresbytero@gmail.com
Descritores:
Aleitamento Materno, Alimentação Artificial,
Hospitalização.