Você está na página 1de 57

A presente apostila não

pretende ser completa.


É apenas um pequeno
resumo e foi elaborada para
servir como base e roteiro
para as aulas do curso
Básico de AUTOCAD 2006.
Esse curso básico vem
sendo atualizado versão a
versão desde 1989,essa é a
9º edição.

Para maiores detalhes


existem inúmeras
publicações especializadas
que podem ampliar e
esclarecer os conceitos aqui
expostos.
Nessa apostila abordamos
apenas os menus e
comandos principais do
AutoCad, no entanto esse
programa aplicativo possui
variados e potentes
recursos que serão
abordados nos cursos de
AutoCad Avançado, 3D,
Autolisp,...
 UTILIZAÇÃO DO AUTOCAD 2006 ......................................................................................................................2
 NOÇÕES DE COORDENADAS – ANTES DE ENTRAR NO AUTOCAD : ......................................................3
EXERCÍCIOS: .............................................................................................................................................................4
EXERCÍCIOS PARA DEPOIS:...................................................................................................................................5
 ENTRADA DO AUTOCAD .....................................................................................................................................6
 DESCRIÇÃO DO EDITOR GRÁFICO: ................................................................................................................6
 UTILIZAÇÃO DO MOUSE: ...................................................................................................................................8
 TECLAS DE FUNÇÃO: ...........................................................................................................................................9
 ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS:......................................................................................................................10
 SISTEMAS DE NÍVEIS DE TRABALHO (LAYERS): ......................................................................................10
PROPRIEDADES DOS LAYERS:...........................................................................................................................12
EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................13
 MENU DRAW:........................................................................................................................................................13
EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................18
 CONTROLES DE VISUALIZAÇÃO: ..................................................................................................................18
 CONTROLES DE VISUALIZAÇÃO: ..................................................................................................................19
 FERRAMENTAS AUXILIARES:.........................................................................................................................20
OSNAP: .....................................................................................................................................................................21
EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................23
 VARIÁVEIS PARA SELEÇÃO DE OBJETOS : ................................................................................................24
 COMANDOS DE APAGAR E DESFAZER:........................................................................................................24
 COMANDOS DE EDIÇÃO: (MENU MODIFY) .................................................................................................25
EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................31

 COMANDOS PARA GERAR E EDITAR TEXTOS E TABELAS: ..................................................................32


EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................35
EXERCÍCIOS PARA DEPOIS: (trazer para aula em CD ou por e-mail) .................................................................36
 COMANDOS DE UTILIZAÇÃO DE BLOCOS - CONCEITO DE BIBLIOTECA:........................................37
 EXERCÍCIOS: ........................................................................................................................................................39
BLOCOS DINÂMICOS – CONCEITO E INTRODUÇÃO ......................................................................................40
 COMANDOS INFORMATIVOS E UTILITÁRIOS ...........................................................................................41
EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................42
 COMANDOS DE DIMENSIONAMENTO : ........................................................................................................43
EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................45
 LAYOUT – DIAGRAMAÇÃO - PAPERSPACE, MODELSPACE ...................................................................46
EXERCÍCIOS : ..........................................................................................................................................................48
 ORIENTAÇÃO PARA IMPRIMIR E PLOTAR :...............................................................................................49
EXERCÍCIOS: ...........................................................................................................................................................55
 ARQUIVOS PROTÓTIPOS (TEMPLATES):.....................................................................................................55

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 1


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 UTILIZAÇÃO DO AUTOCAD 2006

Durante muitos anos, fazia-se necessário justificar o por que do ensino do Autocad.
Os profissionais do mercado questionavam sua utilização e sua aceitação como
ferramenta no processo de produção. Hoje, seu uso expandiu-se para todas as áreas de
projeto.
Por ser um programa gráfico, o AUTOCAD é usado para agilizar o processo de
produção dentro de uma empresa, em todas as áreas onde é necessária a utilização
desta linguagem. Temos como exemplo sua utilização em projetos de construção civil,
mecânica, eletrônica, aeroespacial, cartografia, construção naval, planejamento urbano,
territorial, decoração, paisagismo, instalações elétricas/hidráulicas, luminotécnica,
acústica, moda ... em diversas formas de apresentação permitindo aliar qualidade
gráfica e estética à precisão técnica.

O AUTOCAD é um software auto-programável, podendo adequar-se à realidade do


usuário e comunicar-se com outros softwares que complementam sua performance,
ampliando as suas perspectivas de utilização.
Essas possibilidades são inúmeras, tanto em termos de apresentação (Desktop
Publisher, Multimídia) como em recursos técnicos administrativos (Banco de dados,
interação com planilhas..) , e serão selecionadas conforme o objetivo a ser atingido .

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 2


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 NOÇÕES DE COORDENADAS – ANTES DE ENTRAR NO
AUTOCAD :

Existem duas formas básicas de geração de desenhos por computador. Uma na qual os
desenhos são gerados ponto a ponto (Imagens Bit-mapeadas - como no Paintbrush) e
outra, onde os desenhos são gerados através de vetores, criando objetos
independentes e que podem ser sobrepostos.
Há uma grande vantagem em se trabalhar com geradores de desenho por vetores.
A qualidade é sempre preservada, podendo ser realizadas ampliações, reduções,
migrações,... proporcionando sempre excelente resultado gráfico.
O AUTOCAD trabalha de forma vetorial, e seu desenho é baseado em geometria e
cálculos matemáticos mas, não o programa realiza todos os cálculos.
No entanto, precisa-se passar certas informações numéricas para que o desenho seja
exato e esses dados, geralmente, são fornecidos na forma de coordenadas.

O sistema de coordenadas cartesianas pressupõe a existência de dois (ou 3) eixos


sobre os quais existe uma régua numérica que nos dá a referência de localização de um
ou outro ponto.
Por exemplo:

No diagrama abaixo, a
localização dos pontos A,B,C
e D é dada pelos seguintes
pares de pontos x,y: A
(2,2); B (9,2); C (9,8) ; D
(2,8).

Esse sistema utiliza


coordenadas absolutas, isto
é, todos os pontos são
determinados a partir de um
ponto 0,0 fixo e imutável.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 3


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
No AUTOCAD utilizam-se quatro maneiras diversas de entrada de dados por
coordenadas (para desenhos em 2 dimensões),

Nome Característica Formato


Coordenada Absoluta O ponto de referência 0,0 permanece fixo. x,y
(Cartesiana) Fornecemos a distancia horizontal (x) e
vertical(y)
Coordenada Relativa Cada novo ponto dado é considerado um novo @x,y
(Cartesiana) ponto de partida (0,0),isto é, cada nova
coordenada é contada a partir do último ponto
dado. Fornecemos a distancia horizontal (x) e
vertical(y)
Coordenada Polar Fornece-se a distância e o ângulo (direção) (@)D<Ângulo
(relativa ou Absoluta)
Direção-distância Com o mouse dá-se a direção e então digita-se a Não clicar,
distância direcionar

O AutoCAD utiliza um direcionamento default (isto é, considerado como padrão para o


software) que determina como ângulo 0 a
coordenada leste (East) e um sentido de giro
anti-horário.

Estas características podem ser alteradas


através do comando Units, mas não é
aconselhável aos iniciantes essa modificação.

EXERCÍCIOS:

Desenhar as figuras determinadas pelos seguintes pontos: (ainda em um


papel quadriculado)
1. A. 1,2 ; B. 5,2; C. 5,5; D. 1,5;
2. A. 2,1 ; B. @2,0; C. @1,1; D. @0,2; E. @-1,1; F. @-2,0 ; G.@0,-4;
3. A. 1,1 ; B. @2<0; C. @2.5<45 ; D.@3<90 ; E. @2.5<135 ; F. @2<180;
4. A. 1,2 ; B. 2,1; C. 4,1; D. 5,4 ; E. 2,3; F=A
5. A. 2,2; B. @10,0; C. @2,2; D. @0,3; E. @-2,2; F. @-2,0; G. @-2,-2;
H.@-4,0; I.@-2,-2.
6. Para cada desenho feito, especificar os mesmos pontos utilizando as
outras formas de coordenadas.
7. Escrever as coordenadas necessárias para reproduzir as figuras abaixo.
Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 4
Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
EXERCÍCIOS PARA DEPOIS:

1. Desenhar a figura determinada pelos seguintes pontos e depois


transformar essas coordenadas absolutas em relativas e polares:
A.1,1; B. 5,1; C. 5,4; D. 6,4; E. 3,7; F. 0,4; G. 1,4; H. 1,1.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 5


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 ENTRADA DO AUTOCAD

Para carregar o AutoCAD 2006 - INICIAR –TODOS OS PROGRAMAS-


AUTODESK – AUTOCAD2006 – AutoCAD2006 ou pelo ícone, se o mesmo
tiver sido instalado na área de trabalho.
Ao iniciar o AutoCAD 2006, a caixa de diálogo do AutoCAD Startup aparece trazendo
as seguintes opções:

Open a Drawing - lista os


últimos desenhos modificados
para que possamos escolher
um para trabalhar.

Start From Scratch – inicia um


novo desenho baseado apenas
na definição de um sistema de
medidas – Imperial (feet e
inches – pés e polegadas) e
Metric (metros)

Use a Template – inicia um


novo desenho usando um
modelo como base. Esse
modelo pode ser um dos
sugeridos pelo próprio software ou um modelo personalizado criado pelo usuário (ver
final da apostila).

Use a Wizard - Advanced Setup – solicita informações sobre unidades, ângulos,


direções e área de trabalho para o novo desenho e Quick Setup – pergunta apenas
sobre unidades e a área de trabalho.

Essa caixa de diálogo inicial não aparecerá se for escolhida a opção “Do not
☺ show a startup dialog” em Tools- Options – System - Startup

 DESCRIÇÃO DO EDITOR GRÁFICO:


O aspecto que o programa apresenta logo após sair da tela de Startup é chamado de
editor gráfico interativo, isto é, o ambiente no qual são gerados os desenhos e onde
estão visíveis para acesso os diversos menus de comandos.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 6


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
• Área Gráfica: ocupa a maior parte da tela, e é a região onde os elementos
gráficos são manipulados e visualizados;
• Área do Prompt – linhas de comando
Utilizada para a inserção ou verificação de comandos e dados.(OLHAR
SEMPRE) - a partir do AutoCAD2006 se o Dynamic Input estiver acionado, os
valores aparecerão primeiro na janela dinâmica.
• Barra de Títulos – contém a versão do Autocad e o nome do desenho ativo.
• Barra de menus - contém os diversos menus que são chamados de menus Pop-
Up ou Pull-Down (cada menu será abordado separadamente)
• Barra de ferramentas: contém os ícones de atalho referentes aos comandos de
criação, edição, visualização,e aferição mais usuais do AutoCAD; pode ser
costumerizado clicando com o botão direito do mouse sobre qualquer barra de
ferramentas e acionando ou desligando os diferentes grupos de ícones.
• Barra de ferramenta Padrão: apresenta o conjunto de ícones padrões do
Windows e do AutoCAD;
• Barra de Propriedades: indica o layer, cor, tipo e espessura de linha corrente;
• Barra de Status: mostra as coordenadas absolutas da posição do cursor na área
gráfica e as informações sobre quais ferramentas acessórias estão ativadas ou
não - SNAP, GRID, ORTHO, POLAR, OSNAP, OTRACK, DYN, LWT e MODEL.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 7


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
• Menu de Ilustração: São acessados via mouse ou mesa digitalizadora através
dos menus de barra e indicam padrões gráficos de desenho ou bibliotecas.
Permitem seleção rápida para o comando ativo. Exemplo – comando Hatch.
• Caixas de Diálogo:
São telas que facilitam a interação do usuário com o programa. Também só
podem ser acessadas via mouse ou mesa digitalizadora. Ex: Dimension Style
Manager.

Assim, temos quatro opções para realizar um comando:

• Ícones - acessados pelo mouse;


• Barra de menus – acessados pelo mouse;
• Linha de Comando – digitando no teclado, o comando ou sua abreviatura
• Teclas de acesso rápido – teclas de função e associações como por
exemplo Ctrl+S, Ctrl+Z,.....

 UTILIZAÇÃO DO MOUSE:
No AUTOCAD , existem variáveis e parâmetros que podem ser alterados conforme a
necessidade do usuário. Os valores que vem originalmente determinados no programa
São chamados de DEFAULT.

Do mesmo modo, os botões do mouse podem assumir função diferenciada conforme


escolha do usuário. As funções default para o mouse são:
• botão esquerdo: clique para seleção de objetos,
escolha de menus, e movimento de cursor.
• botão do meio: (quando configurável) entra num
comando de visualização chamado PAN
• Ctrl ou Shift + botão da direita do mouse - abre
um menu especial chamado OSNAP,
• botão da direita: pode corresponder a tecla
ENTER ou abrir diversos pequenos menus de
comandos
• O IntelliMouse é um mouse de dois botões com
uma roda pequena entre eles. Os botões se
comportam igual a um mouse normal e a roda
possibilita 4 opções:
ZOOM OUT/IN: girando a roda;
ZOOM EXTENTS:aciona o comando para ajustar
a visualização de todos os objetos através de um duplo-click na roda;
PAN:com a roda apertada, e movendo o mouse, acionamos o comando PAN;
PAN (joystick): apertando CTRL e a roda do mouse, acionamos um comando
PAN, porém com o mouse simulando um joystick.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 8


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 TECLAS DE FUNÇÃO:
Na parte superior do teclado temos algumas teclas que podem assumir funções
especiais, assim como a tecla control (CTRL) associada a outras teclas.
As funções DEFAULT, importantes de serem conhecidas neste curso são:
Tecla Função Tecla Função
Limpa a tela deixando Cola o que está guardado
CTRL+V
CTRL+0 apenas a barra de menus e na Área de transferência
área de prompt CTRL+SHIFT+V Cola como um bloco
Aciona e fecha o quadro de Recorta objetos eviando-os
CTRL+1 CTRL+X
propriedades para Área de transferência
Quick Help - barra rápida Cancela o último UNDO
CTRL+5 CTRL+Y
de informações (REDO)
Aciona e fecha a CTRL+Z Reverte a última ação
CTRL+8
calculadora CTRL+[ ou
Aciona e fecha a barra de Cancela o comando ativo
CTRL+\ ou
CTRL+9 comandos (Área de ”Sai das encrencas”
ESC
Prompt) F1 Help
CTRL+A Seleciona todos os objetos Abre ou fecha a tela de
CTRL+B Liga e desliga SNAP texto que descreve todos
F2
Copia objetos para Área de os comandos que foram
CTRL+C
transferência (Clipboard) efetuados
Liga e desliga o indicador F3 Liga e desliga OSNAP
CTRL+D
de coordenadas absolutas Alterna as diversas opções
F5
CTRL+F Liga e desliga OSNAP isométricas
CTRL+G Liga e desliga GRID Liga e desliga o indicador
F6
CTRL+J ou de coordenadas absolutas
CTRL+M Liga e desliga
F7
ou ENTER Repete o último comando GRIDMODE
ou Barra de Liga e desliga
Espaço F8
ORTHOMODE
CTRL+L Liga e desliga ORTHO Liga e desliga
F9
Cria um novo desenho SNAPMODE
CTRL+N
(NEW) Liga e desliga Polar
F10
Abre um desenho existente Tracking
CTRL+O
(OPEN) Liga e desliga Snap
F11
Imprime o desenho Tracking
CTRL+P
ativo(PLOT) Liga e desliga Dynamic
F12
CTRL+S Salva o desenho ativo Input
OBS:
Limits – Área de trabalho – canto inferior esquerdo e canto superior direito
Grid - (grade) - define uma grade formada por pontos que serve de referência para
desenhar.
SNAP – desenha apenas utilizando os pontos da grade (mouse gago)

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 9


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS:
Pelo Menu FILE pode-se salvar e manipular arquivos de desenho dentro dos diretórios.
COMANDO FUNÇÃO

NEW OU CTRL+N Para começar um novo desenho


USE A WISARD Permite usar um assistente de configuração de
unidades e tamanho da área de trabalho
USE A TEMPLATE Inicia um novo desenho utilizando um modelo
START FROM SCRATCH Abre um novo desenho com a tela livre e limpa onde
as subdivisões das unidades são baseadas no sistema
métrico ou inglês.

OPEN OU CTRL + O Para abrir um desenho existente

SAVE OU CTRL + S Para salvar e nomear um desenho

SAVE AS ou CTRL + SHIFT + S Para salvar um desenho com outro nome

CLOSE Para sair do autocad

Também podemos sair do programa digitando QUIT (ENTER) – surge uma pergunta se
queremos ou não salvar o desenho.

 SISTEMAS DE NÍVEIS DE TRABALHO (LAYERS):


Os níveis de trabalho (layers) são camadas transparentes e superpostas que são
utilizadas para gerenciar as entidades de desenho separando-as por tipo.

Deve-se determinar antecipadamente quais serão os níveis de trabalho utilizados, sua


cor, (ver configurações de plotagem),o tipo de linha, a espessura da linha e se o layer
deverá ou não ser impresso, nomeando-os adequadamente. Esse nome pode ser
composto com caracteres alfanuméricos inclusive os caracteres especiais "$"(dolar), "-"
(hífen) e "_" (traço) e espaço. Pode-se também inserir uma breve descrição sobre o que
esse layer contém.

Não existe um número limite de níveis de trabalho, e para facilitar o desenvolvimento do


trabalho podemos desligá-los ou mantê-los ligados.
Por exemplo, na elaboração de um determinado projeto civil, é muito útil que paredes,
esquadrias, estrutura, móveis, instalações elétricas e hidráulicas sejam mantidos
separados e ao mesmo tempo sobrepostos para que possamos acessá-los e alterá-los
quando necessário ou mesmo controlar a visibilidade das informações para a plotagem
de assuntos específicos.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 10


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO: LAYER PROPERTIES
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: LA <ENTER>
ACESSO POR MENU: FORMAT - LAYER
FUNÇÃO: Abre um quadro de diálogo que permite criar, ligar, desligar, congelar,
descongelar, alterar cor e tipo de linha de uma camada e alterar a camada ativa
(corrente) do desenho.

(Alt + N) - NEW – permite criar uma nova camada

(Alt + D) - Delete – exclui uma camada apenas se a mesma estiver vazia e não
fizer parte de nenhum bloco ou referência externa

(Alt + C) - Current – torna a camada escolhida como ativa (para ser utilizada)

(Alt + S) – Layer State Manager – salva, restaura, exporta, importa configurações


de layers

(Alt+ G) – New Group Filter- permite criar um filtro agregando camadas


selecionadas pelo usuário.

(Alt + P) – New Property Filter – Permite criar filtros de camadas, por suas
propriedades

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 11


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO: MAKE OBJECT´S LAYER CURRENT
FUNÇÃO: Torna corrente um layer que é escolhido através da seleção de um objeto de
desenho que esteja no layer desejado.

COMANDO: LAYER PREVIUS


FUNÇÃO: Restaura configuração prévia de layer, desfazendo a última configuração de
cor, ltype ou layer corrente, sem alterar o desenho.

COMANDO: LAYER CONTROL


FUNÇÃO: Permite ativar ou desativar propriedades das camadas, e tornar uma camada
corrente, sem acessar a tabela de Layer Properties

PROPRIEDADES DOS LAYERS:

Propriedade CARACTERÍSTICAS
visível, permite modificações , pode ser impresso, regenera
ON
invisível, não permite modificações, não pode ser impresso,
OFF regenera
visível, não permite modificações, pode ser impresso, regenera
LOCK
volta ao normal, isto é , desbloqueia o nível bloqueado com LOCK
UNLOCK
"congelado", invisível, não permite modificações, não pode ser
FREEZE
impresso, não regenera
volta ao normal, isto é, descongela o nível congelado com FREEZE
THAW
LINEWEIGHT espessura da linha na hora de imprimir (ver configurações de
plotagem)
PLOT Indica que esse layer será impresso

UNPLOT Indica que esse layer não será impresso, mesmo se estiver ligado

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 12


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
EXERCÍCIOS:

1. Abrir um desenho novo e criar as seguintes camadas definindo suas


características:
NÍVEL COR TIPO DE LINHA
ALVENARIA Blue Continuous
COTAS Red Continuous
EIXOS Cor 9 Center
DECOR Yellow Continuous
JANELAS Yellow Continuous
PORTAS Yellow Continuous
PROJ Red Hidden
SAN Yellow Continuous
TEX02 Yellow Continuous
TEX04 Cyan Continuous

2. Criar uma pasta com o seu nome e salvar o desenho (com a tabela de
layers pronta) com o nome de projeto-curso
3. Fazer um novo saveas com o nome de exercicio-curso.
4. Criar um filtro para separar os layers que utilizam a cor yellow.
5. Criar um grupo que contenha os layers relacionados a caixilharia.
6. Tornar Alvenaria o Layer corrente e congelar os demais layers. Salvar
essa configuração.
7. Montar uma estrutura de níveis que poderá vir a ser utilizada como
padrão em seu escritório, especificando características de cor e tipo
de linha.

 MENU DRAW:

O menu Draw contém os comandos que geram as primitivas geométricas, isto é, os


elementos geométricos básicos que compõe um desenho.
Dentro dos comandos do menu Draw aparecem abreviaturas que indicam como deve
ser a entrada de dados:

3p por três pontos DIA diâmetro


2p por dois pontos E ou End ponto final
A ângulo de varredura (arcos) L comprimento da corda
C ou CEN centro ou ponto central R ou RAD raio
D direção da tangente S Start - ponto inicial
EDGE comprimento do lado T tangente

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 13


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO: LINE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: L <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - LINE
FUNÇÃO: Gerar linhas retas

COMANDO: RAY
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: RAY <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - RAY
FUNÇÃO: Gerar linhas auxilares de construção a partir de um ponto dado ao infinito

COMANDO: CONSTRUCTION LINE (XLINE)


ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: XL <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - CONSTRUCTION LINE
FUNÇÃO: Gerar linhas auxilares de construção em direção ao infinito em ambos os
sentidos

Opções:

•Horizontal – cria uma linha de cosntrução paralela ao eixo x num ponto dado
•Vertical - cria uma linha de cosntrução paralela ao eixo y num ponto dado
•Angular – cria uma linha de construção no ângulo dado
•Bisect – cria linhas de construção que partem de um mesmo ponto para diferentes
direções (semelhante ao Ray , as indo em ambas as direções) – modo default
•Offset – cria linhas de construção paralelas a um objeto existente

COMANDO: MULTILINE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: ML <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - MULTILINE
FUNÇÃO: Gerar linhas retas paralelas (até um máximo de 16)

Multiline é um elemento composto por polylines paralelas, identificável pelo AutoCAD


como um único elemento. Não permite ter trechos em arcos como as polylines;
Cada linha que compõe a multilinha pode ser definida com espaçamentos, tipo de linha
e cor independentes.

Opções:

• Justification:define o posicionamento da linha de orientação utilizada para criação das


linhas paralelas:Top: linha superior; Zero: linha central; Bottom: linha inferior;
• Scale: escala para definição do espaçamento;
• Style: estilo a ser utilizado para criação da multiline; Para criar ou carregar estilos de
multiline – Format – Multiline Style

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 14


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : PLINE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: PL <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - POLYLINE
FUNÇÃO: Gerar uma única entidade composta por um conjunto de linhas e/ou arcos
continuados.

Podem ter espessuras; podem assumir formas curvas ou retas.


Opções :
• Arc: cria trecho em arco;
• Close: fecha a polyline;
• Halfwidth: configura metade da espessura dos próximos trechos;
• Length: configura o comprimento da linha que irá compor os próximos trechos;
• Undo: desfaz o último trecho gerado;
• Width: configura a largura da polyline (largura inicial e final);

COMANDO : POLYGON
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO : POL <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - POLYGON
FUNÇÃO: Gerar polígonos regulares com 3 a 1024 lados
Os polígonos podem ser gerados pelo centro (inscritos ou circunscritos) ou pelo
tamanho do lado.

COMANDO : RECTANG
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO : REC <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - RECTANGLE
FUNÇÃO: Gerar retângulos através de dois pontos dados
NOVAS OPÇÕES: depois de dar o primeiro ponto:
Área : cria um retangulo ao fornecer a área e o tamanho de um dos lados
Dimensions- cria um retangulo ao fornecer dimensões hor e ver (fixa essas dimensões
para serem usadas diversas vezes.
Rotate – Cria o retangulo ao fornecer um angulo (em relação ao eixo X) e um segundo
ponto (o ângulo fica gravado podendo ser reutilizado)

COMANDO : ARC
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO : A <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - ARC
FUNÇÃO: Gerar arcos
Os arcos podem ser gerados de várias maneiras e excetuando-se o 3p
os demais processos sempre desenharão o arco no sentido anti- horário
em relação ao ponto inicial. Maneiras de gerar arcos: 3P; S,C,E; S,C,A;
S,C,L; S,E,A; S,E,R; S,E,D; C,S,E; C,S,A; C,S,L; CONTIN.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 15


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : CIRCLE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: C <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - CIRCLE
FUNÇÃO: Gerar círculos
Existe 5 diferentes maneiras de gerar um círculo: C,R ; C,DIA; 2P;3P;TTR

COMANDO : DONUT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: DO <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - DONUT
FUNÇÃO: Gerar círculos cheios ou anelados fornecendo o diam. interno e externo

COMANDO : SPLINE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: SPL <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - SPLINE
FUNÇÃO: Gerar uma curva contínua que agrega um conjunto de pontos de controle.
(3<ENTER>)

Uma spline não passa pelos pontos de vértices como uma curva ajustada, em vez disso,
os pontos de vértices atuam como pesos puxando a curva em sua direção, tocando
seus vértices inicial e final.
Opções :
• Object: permite transformar uma polyline editada com a opção spline em uma spline
verdadeira;
• Close: cria uma spline fechada;
• Fit Tolerance: configura o quanto a curva deve aproxima-se dos pontos de controle, o
default passa pelos pontos de controle;
• Enter start/end tangent: define a direção do início e do final da spline.

COMANDO : ELLIPSE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: EL <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - ELLIPSE
FUNÇÃO: Gerar elipses

As elipses também podem ser geradas de diversas maneiras:


a. pelo centro e dois semi-eixos (CENTER)
b. pelos eixos e excentricidade
c. pela rotação (R) - a elipse gerada desse modo é o resultado
da projeção de uma circunferência sobre o plano , sendo dado o
ângulo de rotação dessa circunferência sobre seu eixo.
d. pode-se também desenhar um arco elíptico

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 16


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : POINT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: PO<ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - POINT
FUNÇÃO: Gerar pontos de referência utilizados como símbolos ou sinais auxiliares para
desenhar.

Para escolher a forma e o tamanho do ponto  menu


FORMAT - POINT STYLE.
O seu tamanho pode estar relacionado a uma porcentagem da tela ou a
uma medida absoluta.

E COMANDO : HATCH E GRADIENT


ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: H <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - HATCH ou DRAW -GRADIENT
FUNÇÃO: Permite inserir uma textura a uma área fechada pré-determinada

PATTERN: ... Abre um menu de ilustração


permitindo escolher uma das texturas
predefinidas do AutoCAD
SWATCH: Exibe uma amostra visual do
padrão escolhido
ANGLE: Permite alterar o ângulo da
hachura;
SCALE: Permite alterar a escala da hachura;
Hatch origin
Double – quando usa User defined (hatch
usando tipo de li nha corrente) – duplica a
linha formando uma malha (hor + ver)
Relative to paper space – quando estiver no
layout – poderá fazer ou editar um hatch
escalando em relação a escala ativa na
viewport
Use corrent – usa a definição armazenada
por store as default origin ou a corrente
origin do ucs quando nada foi armazenado.
Specified origin – selecionar uma nova
origem para o Hatch, redistribuindo-o regularmente.
Formas de seleção : Add pick points e Add Select objects
Remove bounderies – permite remover um objeto selecionado
Recreate Boundery – permite adicionar ou recrirar uma borda que não estava sendo
considerada em um hatch existente (apenas na edição)
View Selection –mostra os objetos que estão selecionados no momento (Preview)

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 17


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
Associative –quando selecionada permite atualização automática no caso de edição da
figura.
Create separate hatchs – mesmo selecionando vários objetos as texturas ficam
independentes.
Draw Order - permite escolher a relação entre a textura e a borda e outros objetos.
Inherit Properties – permite copiar as propriedades de uma textura ja inserida no
desenho.
Preview – permite ver o resultado final antes de inserir a textura.
A inserção de gradientes segue é feita de forma semelhante.

ATENÇÃO: um duplo clique sobre o hatch abre a tela para edição.


Abrindo a tela de propriedades (properties) e clicando sobre o hatch
☺ aparece da área do mesmo.
Pode-se cortar uma área de hatch através do comando TRIM.

EXERCÍCIOS:

01. Desenhar as linhas determinadas pelos seguintes pontos: 0,0;


@2,0; @0,3; @3<45; @5<135; @0,-2; @-5,0
02. Desenhar as figuras através dos pontos dados nos exercícios da
página 4
03. Desenhar um círculo de diâmetro 8.0 e um com raio 2.
04. Desenhar as seguintes elipses:
a. pelos eixos e excentricidade eixo horizontal = 4, vertical =3
b. pelo centro eixo hor = 5, vertical = 2
c. por rotação: eixo horizontal =3 ângulo de rotação = 60
05. Desenhar um polígono circunscrito de 8 lados de raio 2.50.
06. Desenhar um polígono inscrito de 15 lados com raio 5.00.
07. Desenhar um polígono de 9 lados cujo tamanho do lado é de 1.5.
08. Desenhar um anel de diam. externo 3.8 e diam. interno 2.5.
09. Desenhar um círculo cheio de raio 1.5.
10. Demarcar os seguintes pontos na tela 0,0; 2,3; 5,8; 10,2; 1,4;
11. Construir a seguinte plines 0,0;@3,0;@0,- 4.25;@ 2<135;ARC CL;
12. Construir um retângulo com 3m de largura e 2.5 m de altura.
13. Preencher esse retângulo com ANSI 31, escala .10 , ângulo 0
14. Reproduzir as seguintes figuras:

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 18


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
CONTROLES DE VISUALIZAÇÃO:
COMANDO: ZOOM
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO : Z<ENTER>, OPÇÃO <ENTER> ver tabela abaixo
ACESSO POR MENU: VIEW - ZOOM - OPÇÃO
FUNÇÃO: Altera o tamanho do desenho em relação a tela, como se o desenhista
estivesse aproximando-se ou afastando-se dele. A dimensão dos elementos
desenhados continua a mesma, apenas sua visualização é que foi alterada.

Z<>Nx aumenta ou diminue a visualização do desenho em uma


Scale determinada escala, por exemplo: 2x
ZA apresenta todo o desenho na tela, baseado em seus limites
All (limits)
ZE encaixa todo o desenho na tela, sem se importar com seus
Extends limites
ZW permite escolher uma área que queremos visualizar através
Window de dois pontos dados (área retangular)
ZC permite a escolha de um ponto central para a próxima
Center visualização podendo ou não haver alteração de escala.
Zoom Left ZL permite a escolha de um ponto que será o canto inferior
esquerdo da nova tela
ZP permite retornar a tela anterior. O AutoCad grava as últimas
10 visualizações.
Previous
Zoom Vmax ZV executa um afastamento até os limites da tela virtual, isto é
até aonde o AUTOCAD consegue fazer deslocamentos
sem necessidade de regenerar
ZD abre uma tela gráfica que permite a escolha da área que
queremos visualizar
Dynamic
Z<><> Pode-se aproximar ou afastar a imagem na tela através do
movimento ascendente ou descendente do mouse (ou pela
Realtime
Scroll ball)
ZO Aproxima o objeto selecionado
Object
Aproxima a imagem
In
Afasta a imagem
Out

COMANDO : AERIAL VIEW


ACESSO POR MENU: VIEW – AERIAL VIEW
FUNÇÃO : Abre uma janela de visualização que permite escolha
interativa do que se quer ver. É uma m istura de PAN com ZOOM
DYNAMIC.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 19


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO: PAN
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: P <ENTER>
ACESSO POR MENU: VIEW - PAN
FUNÇÃO: Possibilita movimentação interativa da imagem na tela gráfica

COMANDO: REDRAW
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: R <ENTER>
ACESSO POR MENU: VIEW - REDRAW
FUNÇÃO: Limpar a tela dos símbolos de marcação (blips) que surgem quando um ponto
é selecionado e que servem como referência de uso. (quando comando blipmode está
on)

COMANDO : REGEN
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: RE <ENTER>
ACESSO POR MENU: VIEW - REGEN
FUNÇÃO : Para agilizar o processo de visualização do desenho o AUTOCAD divide
algumas entidades como arcos e círculos em pequenos segmentos de retas. Para ver
uma imagem fiel do que foi desenhado usar o comando REGEN.
Este comando é em alguns casos acionado automaticamente (Zoom, Layers, ..)

Lembre-se também do que foi visto na pg.7


Utilizando o intellimouse: ZOOM OUT/IN: girando a roda (Scroll); ZOOM EXTENTS:
duplo-click na roda; PAN: com a roda apertada, e movendo o mouse;

 FERRAMENTAS AUXILIARES:

COMANDO : DSETTINGS
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: DS ou OS ou SE ou DDRMODES <ENTER>
ACESSO POR MENU: TOOLS – DRAFTING SETTINGS
FUNÇÃO : Permite configurar quatro ferramentas auxiliares: SNAP AND GRID, POLAR
TRACKING, OBJECT SNAP, e DYNAMIC INPUT (novo).

COMANDO : SNAP
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA ACIONAR: F9 ou Ctrl + B ou pelo Botão
SNAP na Barra de Status
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA CONFIGURAR: SNAP <ENTER>
(Configurações: ajusta a distância, a angulação e o ponto de base de rastreamento.
Ainda pode-se determinar o SNAP como retangular, isométrico (ver função F5) ou polar
– associado ao POLAR TRACKING.)
FUNÇÃO : Força o cursor a pular a uma distância determinada no quadro do comando
Ddrmodes, auxilia em construções geométricas.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 20


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : GRID
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA ACIONAR: F7 ou Ctrl + G ou pelo botão
GRID da Barra de Status
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA CONFIGURAR: GRID <ENTER>
(configura distância entre os pontos em X e Y)
FUNÇÃO : Cria uma grade visível (mas que não parece na impressão) que auxilia na
construção dos desenhos. Pode e deve ser associada ao SNAP.

COMANDO : POLAR TRACKING


ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA ACIONAR: F10 ou pela Barra de Status
FUNÇÃO : Trava momentaneamente o mouse nos ângulos determinados na
Configuração feita pelo DSETTINGS.

OSNAP:
O comando Object snap (OSNAP) é composto de ferramentas de auxílio que permitem
a exatidão na realização de qualquer outro comando. É acionada pela tecla CTRL+
botão da direita do mouse ou por SHIFT + botão da direita do mouse ou via teclado
usando-se as abreviaturas indicadas em letras maiúsculas na tabela abaixo, ou ainda
pelos ícones (ativar Toolbar específica).

OSNAP FUNÇÃO
localiza um ponto na tela que serve de referência para a
FROm localização de um novo ponto
M2P Mid localiza to médio entre dois pontos dados
between 2points
localiza o ponto final de uma entidade
ENDpoint
localiza o ponto médio de uma linha
MIDpoint
localiza a intersecção de duas entidades tais como linhas,
INTersec
arcos, polylines
Localiza um ponto que é a aparente intersecção entre dois
APP aparent objetos que não se cruzam.
Intersection
Causa uma extensão temporária de uma linha ou arco que
EXTension
surge quando se passa o cursor sobre o endpoint do objeto,
então pode-se especificar um ponto nessa extensão
localiza o centro de um círculo ou arco
CENter
QUAdrant localiza um quadrante, isto é as posições de 0o,90o,180o e
270o, de um arco ou círculo.
localiza com relação ao último ponto a tangência com um
TANgente
círculo ou arco
A partir de um ponto dado possibilita a geração de
PERpend
perpendiculares

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 21


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
localiza um ponto gerado pelo comando Point
NODe
localiza o ponto de inserção de um texto ou bloco
INSert
localiza o ponto mais próximo em uma entidade qualquer
NEArest
Desativa momentaneamente funções de osnap colocadas
NONe como fixas, quando ligadas.

COMANDO : OSNAP
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA ACIONAR: F3 ou Ctrl + F ou pelo botão
OSNAP na Barra de Status
PARA CONFIGURAR: ver comando DSETTINGS –Object Snap
FUNÇÃO : Permite selecionar ferramentas de precisão para torná-las ativas.

COMANDO : DYNAMIC INPUT


ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA ACIONAR: F12 ou pelo botão DYN na Barra
de Status
PARA CONFIGURAR: ver comando DSETTINGS – DYNAMIC INPUT
FUNÇÃO : Permite inserir comandos e pontos de forma dinamica diretamente na tela.
Pode estar configurado para fornecer informações polares ou cartesianas a cad
movimento do mouse.

A configuração Default para o Dynamic


Input pressupõe que pretende-se sempre
trabalhar em coordenadas relativas,
então, não é mais necessário (quando
Dyn estiver ativo) colocar @ antes de
inserir a coordenada relativa.
Para inserir a coordenada absoluta, inserir
um # antes da coordenada, ou desligar o
comando Dyn ou então alterar sua
configuração inicial através de
DSETTINGS.
Pode-se determinar quais características
ficarão visíveis (coordenadas, dimensões
e ângulos e comandos que estão ativos) e
qual o formato dessa visualização.

COMANDO : ORTHO
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO PARA ACIONAR: F8 ou pelo botão ORTHO na
Barra de Status
FUNÇÃO: Trava o cursor permitindo trabalhar apenas na ortogonal.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 22


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
EXERCÍCIOS:
1. Reproduzir a figura A no layer alvenaria, utilizando a ferramenta
auxiliar snap de 10 x 10 unidades.
2. Reproduzir as figuras B, C e D utilizando a ferramenta auxiliar
Osnap. Colocar cada figura em um layer diferenciado.

Figura A

Figura B

Figura C

Figura D

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 23


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 VARIÁVEIS PARA SELEÇÃO DE OBJETOS :
No AUTOCAD existem diversas maneiras que facilitam a seleção de uma ou mais
entidades de desenho ou texto que serão sujeitas a um determinado comando.

Modo ACESSO ACESSO POR FUNÇÃO


P/ MOUSE
TECLADO
Default - Click em cada Seleciona os objetos um a um. Basta clicar sobre cada um
entidade sequencialmente
Window W Janela com dois Permite determinar uma janela fornecendo dois pontos em
clicks (roxo) diagonal aonde serão selecionados todos os objetos que
estiverem completamente contidos por essa janela.
Crossing C Janela com dois Semelhante a função de window porém seleciona todos os
clicks (verde) objetos que forem tocados pela janela determinada
Last L --------- Seleciona o último objeto desenhado que se encontra visível
na tela
All ALL --------- Seleciona todas as entidades do desenho
Wpolygon WP -------- Semelhante a window porém permite que determinemos um
polígono ao invés de um quadrilátero para a seleção das
entidades
Cpolygon CP -------- Semelhante a crossing porém permite que determinemos um
polígono ao invés de um quadrilátero para a seleção das
entidades
Fence F -------- Permite criar uma cerca na qual todos os objetos tocados são
selecionados. (dois pontos)
Remove R ------- Permite remover objetos selecionados erroneamente
Add A ------- Após remover os objetos que não se quer, pode-se voltar a
selecionar outros.
Previus P ------- Seleciona o último grupo de objetos selecionado.
Box - Janela com dois Combina o modo de seleção crossing com window.
clicks da esquerda Quando o segundo ponto da janela estiver a direita do
para direita (roxo) primeiro, o modo de seleção utilizado é window (só seleciona
Janela com dois o que estiver inteiro dentro), quando o segundo ponto estiver a
clicks da direita esquerda do primeiro o modo de seleção utilizado será
para esquerda crossing.(seleciona todos os objetos que tocar)
(verde) 
Undo U Reverte o último passo da seleção de objetos

 COMANDOS DE APAGAR E DESFAZER:

COMANDO: ERASE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: E <ENTER>
ACESSO POR MENU: EDIT – CLEAR ou MODIFY - ERASE
FUNÇÃO: Apaga as entidades que forem selecionadas.
Também pode-se selecionar os objetos e depois dar Delete.

COMANDO: OOPS
ACESSO DE TECLADO: OOPS <ENTER>
FUNÇÃO: Invalida o último erase ou traz de volta objetos retirados pelo comando block,
ou wblock (ver blocos)
Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 24
Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO: UNDO
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: U <ENTER> ou
CTRL +Z
ACESSO POR MENU: EDIT - UNDO
FUNÇÃO: desfaz a operação mais recente. Aplicado
várias vezes, vai desfazendo as operações na ordem em que foram realizadas.

A partir do AutoCAD 2006 pode-se realizar o UNDO e o REDO de diversos comandos


de uma única vez, selecionando no quadro que abre clicando na setinha ao lado do
ícone do respectivo comando.

COMANDO : REDO
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: REDO <ENTER> ou CTRL+Y
ACESSO POR MENU: EDIT - REDO
FUNÇÃO: restaura o que foi desfeito pelo último(s) undo(s) se aplicado imediatamente
após o mesmo.

 COMANDOS DE EDIÇÃO: (MENU MODIFY)

COMANDO : OFFSET
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: O <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - OFFSET
FUNÇÃO : gerarparalelas de uma entidade selecionada a uma distância dada.plot
Ganhou duas opções novas nessa versão:
Erase – yes - apaga o objeto original
Layer –permite escolher que a paralela fique no layer corrente ou no layer do objeto
original

COMANDO : EXTEND
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: EX <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - EXTEND
FUNÇÃO : Estende uma ou mais entidades até outra (s). Selecione primeiro a(s)
entidade(s) até aonde você quer estender (1) e depois quais entidades voce quer
estender (2).

COMANDO : TRIM
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: TR <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - TRIM
FUNÇÃO : corta uma ou mais entidades(2) no ponto de intersecção com uma ou mais
entidades previamente escolhidas (1)
Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 25
Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : FILLET
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: F <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - FILLET
FUNÇÃO: completa a intersecção de duas entidades .

Esse comando permite a intersecção entre entidades diferentes como, por exemplo um
arco e uma linha.
Opções:
Raio – permite escoher um raio para realizar intersecções em curva.
Trim – permite a escolha entre cortar ou não as partes das entidades selecionadas que
ficam além do chanfro.
Polyline – faz em uma única vez o fillet com raio em todos os vértices da polilinha
fechada.
Múltiplo - Para múltiplos Fillets no mesmo comando.

COMANDO : CHAMFER
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: CHA <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - CHAMFER
FUNÇÃO : permite unir duas linhas, construindo uma
terceira que forma um chanfro entre elas.
Opções:
Distance – fornece-se as distâncias em relação ao encontro das entidades.
Angle – fornece-se o comprimento do chanfro e o ângulo que forma com a primeira
entidade a ser selecionada.
Trim – permite a escolha entre cortar ou não as partes das entidades selecionadas que
ficam além do chanfro.
Multiplo - para realizar múltiplos chanfros no mesmo comando.

COMANDO : JOIN
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: J <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - JOIN
FUNÇÃO : permite unir duas linhas, arcos, polilinhas, arcos de elipse formando uma
única entidade.
Esse comando é novo. Só funciona se as linhas ou polilinhas estiverem na mesma
coordenada em x ou em y e se os arcos fizerem parte de um mesmo círculo ou elipse
ilusório.

COMANDO : BREAK
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: BR <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - BREAK
FUNÇÃO : permite seccionar uma entidade,
retirando ou não parte desta.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 26


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : BREAK AT POINT
FUNÇÃO : permite seccionar uma entidade em determinado ponto sem retirar nenhum
pedaço da mesma.

COMANDO : LENGTHEN
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: LEN <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - LENGTHEN
FUNÇÃO : permite alterar o comprimento de uma entidade através de 4 subopções:
DELta - adiciona um valor dado ao comprimento existente
Percent – aplica uma porcentagem para aumentar ou diminuir a entidade
Total – o valor fornecido torna-se o novo comprimento da entidade
Dynamic – permite alterar o tamanho com o controle do mouse

COMANDO : STRETCH
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: S <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - STRETCH
FUNÇÃO : alonga parte de um objeto sem alterar as conexões existentes.

No comando stretch a seleção de objetos deve ser por


crossing ou window e devemos selecionar APENAS
a parte do(s) objeto(s) que pretendemos alterar.

COMANDO : SCALE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: SC <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - SCALE
FUNÇÃO : Permite ajustar o tamanho de uma ou mais
entidades de forma proporcional.

COMANDO : ROTATE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: RO <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - ROTATE
FUNÇÃO : rotaciona as entidades selecionadas .
Selecionar as entidades, dar um ponto de referência para a rotação e um ângulo.
Copy – cria uma cópia rotacionada do objeto original
Reference – permite fornecer ângulo antigo e novo ângulo.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 27


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : MOVE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO:
M <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY- MOVE
FUNÇÃO : move as entidades selecionadas para um local determinado.

COMANDO : COPY
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: CO <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - COPY
FUNÇÃO : copia as entidades selecionadas para um local determinado.
Permite fazer múltiplas cópias das entidades selecionadas com um só comando.

COMANDO : MIRROR
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: MI <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - MIRROR
FUNÇÃO : permite fazer uma imagem espelhada das
entidades selecionadas, apagando ou não essas
entidades

Selecionar os objetos, fornecer os pontos da linha de espelhamento e escolher se quer


ou não apagar os objetos orginais.
Obs.: Comando Mirrtext- 1 - espelha o texto; 0 - Não espelha o texto

COMANDO : ARRAY
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: AR <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - ARRAY
FUNÇÃO : Possibilita a cópia ordenada de entidades de forma retangular ou polar

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 28


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
Array Retangular:
Determinar o número de linhas e de
colunas, a distância entre linhas e entre
colunas, o ângulo em que o array deverá ser
executado e selecionar os objetos que
deverão ser copiados.
As distâncias entre linhas e colunas podem
ser também fornecidas na tela gráfica
através de clicks com o mouse.

Array Polar:
Selecionar os objetos a serem copiados e se
eles devem ou não rotacionar em torno de
um centro que deverá ser
fornecido.(normalmente por um click do
mouse).
Depois escolher entre as tres opções:
1. Total de repetições e amplitude do
ângulo de preenchimento.
2. Total de repetições e o ângulo entre
elas.
3. ângulo de preenchimento e ângulo
entre as repetições.

Os Comandos DIVIDE E MEASURE a seguir fazem parte do


Menu Draw Point, porém os considero mais como uma
ferramenta auxiliar ou de modificação do que como uma
ferramenta de desenho. Por isso foram incluídas aqui. (ver
também Conceito de Biblioteca)

COMANDO : DIVIDE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: DIV <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW- POINT - DIVIDE
FUNÇÃO : Permite a divisão de uma entidade em partes iguais que serão marcadas por
pontos ou blocos. Uma entidade pode ser dividida de 2 a 32767 partes.

COMANDO : MEASURE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: ME <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW – POINT- MEASURE
FUNÇÃO : permite a divisão de uma entidade em segmentos
de tamanho pré-determinado.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 29


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : CHANGE PROPERTIES
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: CH OU PR <ENTER>
OU UM DUPLO CLICK EM ALGUMA ENTIDADE
ACESSO POR MENU: MODIFY - PROPERTIES
FUNÇÃO : Permite trocar as propriedades ou a localização de uma ou mais entidades
de desenho ou de texto.

Para cada entidade selecionada surge um quadro de


diálogo com uma lista de propriedades que podem ser
alteradas.
Alguns itens são comuns a todas as entidades:
COLOR - cor
LAYER – nível (camada)
LTYPE ou LINETYPE- tipo de linha
LINETYPE SCALE – escala do tipo de linha
Lineweight – espessura da linha
THICKNESS – espessura
Pontos de localização da entidade

COMANDO : MATCH PROPERTIES


POR TECLADO: MA <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - MATCH PROPERTIES
FUNÇÃO : Permite trocar as propriedades de uma ou mais entidades de desenho ou de
texto utilizando como referência uma entidade pré-selecionada (copia propriedades)

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 30


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
EXERCÍCIOS:

1. Desenhar a mesa e o sofá no layer decor:

2. INICIANDO O
PROJETO:
- Abra o arquivo
projeto e deixe o
layer eixos corrente.
Construa a malha de
eixos a seguir.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 31


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
3.Construa a alvenaria abaixo no layer correto.

 COMANDOS PARA GERAR E EDITAR TEXTOS E TABELAS:

COMANDO : TEXT STYLE


ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: ST <ENTER>
ACESSO POR MENU: FORMAT – TEXT STYLE
FUNÇÃO : Permite criar e modificar estilos de texto que permanecem gravados no
desenho.

Um estilo de texto requer as


seguintes informações :
a. nome do estilo (com até 31
caracteres)
b. nome da fonte escolhida
c. altura dos caracteres
d. fator de largura dos
caracteres
e. inclinação em relação a
vertical
f. espelhamento em relação a
vertical
g. espelhamento em relação a
horizontal
h. orientação da escrita - texto
Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 32
Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : DTEXT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: DT <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - TEXT – SINGLE LINE TEXT
FUNÇÃO : Escreve textos diretamente na tela, caractere por caractere.

Propriedades do comando:
• Ponto de inserção: referência para início da criação do texto;
• Alinhamento: à esquerda, direita, centralizado, etc.;
• Estilo de texto;
• Altura de caractere; ver tabela em anexo no fim da apostila
• Ângulo de inclinação da linha do texto.

☺ Ao escrever no modo single line para inserir caracteres especiais devemos


utilizar os códigos de controle a saber:

CÓDIGO CARACTERE GERADO


%%o força um traço sobre o texto
%%u força um traço sob o texto
%%d desenha o símbolo de graus (°)
%%p desenha o símbolo de tolerância (±)
%%c desenha o símbolo de diâmetro (∅)
%%NUMERO Podemos utilizar a tabela de cófigos ASCII (American Standard
Code for Information Interchange)

COMANDO : TEXT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: T <ENTER> OU MT <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - TEXT – MULTILINE TEXT
FUNÇÃO : Escreve e insere textos com múltiplas linhas.
Primeiro determinar uma área onde o texto será escrito.

OPÇÕES:
Na primeira linha:
• Estilo de texto
• Fonte
• Tamanho da fonte
• Negrito, Itálico e
sublinhado,
• Undo e Redo
• Cor
• Ligar e desligar a régua

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 33


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
Na linha de baixo:

• Alinhamento e Justificação
• Insersão de numerador, marcadores e campos de formulário
• Trocar maiúscula/minúscula (selecionar o texto)
• Traço sobre linha
• Inserir Símbolos
• Inclinação do caracter, espaçamento entre caracteres, largura do caracter.

COMANDO : DDEDIT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: ED <ENTER> OU dar dois CLICKs sobre o texto a
ser editado.
ACESSO POR MENU: MODIFY – OBJECT – TEXT - EDIT
FUNÇÃO : Permite editar ou corrigir textos.

Ao inserir textos, símbolos gráficos e cotas deve-se adequá-los à escala no qual o


desenho será impresso.
Abaixo tabela referencial de tamanho de textos em metros em relação as principais
escalas:

Menor texto      Texto Maior


USO Pequenos Cotas, Títulos de Títulos de plantas, letras
Textos materiais ambientes, de indicativas de cortes e
indicativos (RÉGUA desenhos elevações.
ESC. (RÉGUA 60) 80 ) (RÉGUA (RÉGUA (RÉGUA (RÉGUA (RÉGUA
1: 100) 120) 140) 200) 240)
20 0.03 0.04 0.05 0.055 0.06 0.09 0.10
25 0.04 0.05 0.06 0.07 0.08 0.11 0.13
50 0.07 0.10 0.12 0.14 0.16 0.22 0.25
75 0.11 0.14 0.17 0.20 0.24 0.35 0.38
100 0.14 0.19 0.23 0.27 0.31 0.44 0.50
125 0.18 0.24 0.29 0.34 0.39 0.55 0.63
200 0.28 0.38 0.46 0.54 0.62 0.88 1.00
250 0.35 0.48 0.58 0.68 0.78 1.10 1.25
500 0.70 0.95 1.15 1.35 1.55 2.20 2.50
750 1.05 1.43 1.72 2.03 2.33 3.30 3.75

COMANDO : TABLE STYLE (comando novo)


ACESSO POR MENU: FORMAT – TABLE STYLE
FUNÇÃO : Permite configurar novos estilos de tabela ou mesmo editar estilos antigos

Cria-se um novo estilo de tabela determinando as características das linhas de título,


subtítulo e gerais, tais como: altura, estilo e justificação do texto, largura e altura de
colunas e linhas, cor do texto e das linhas, cor de preenchimento das células.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 34


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : INSERT TABLE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: TB <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW – TABLE
FUNÇÃO : Permite inserir tabelas.

1. Escolher estilo da tabela,


2. forma de inserção (por um
ponto de inserção ou
determinando uma janela)
3. número de linhas de
conteudo (fora os títulos) e
colunas
4. largura da coluna e altura da
linha (em relação a altura do
texto)

5. Pode-se inserir fórmulas nas


tabelas após inserir a tabela.
EXERCÍCIOS:

1. No arquivo do projeto, criar um estilo de texto chamado Títulos com


fonte Futura Md Bt (se quiser pode determinar o tamanho como .25
- já que este estilo servirá apenas para títulos).
2. Criar também um estilo chamado Cotas com fonte Arial e tamanho
0.00.
3. Escrever os títulos de ambiente em nosso projeto, colocá-los no
layer TEX04.
4. Desenhar no layer janelas as janelas indicadas abaixo, e abrir os vãos das portas
indicados.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 35


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
EXERCÍCIOS PARA DEPOIS:
(trazer para aula em CD ou por e-mail)
1. Fazer tres desenhos de objetos ou símbolos que voce usará
constantemente em sua área de atuação.
2. Escolher um projeto bem simples e começar a desenhá-lo no
AUTOCAD.
3. Refazer o projeto
que estamos executando em aula.
4. Reproduzir o desenho ao lado no
layer portas.

5. Reproduzir a tabela abaixo.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 36


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 COMANDOS DE UTILIZAÇÃO DE BLOCOS - CONCEITO
DE BIBLIOTECA:
O AUTOCAD possibilita que criemos entidades que são compostas por diversas outras
entidades de desenho e que formam um único elemento chamado bloco.
Podemos criar um conjunto de blocos que irão se constituir numa biblioteca para uso no
próprio desenho ou que poderá ser compartilhada em vários desenhos.
As vantagens advindas da utilização de bibliotecas são :
a. O espaço em disco que um bloco utiliza é sempre menor do que o utilizado
separadamente pelas entidades que o compõe.
b. Ao redefinirmos um bloco, automaticamente todos os blocos semelhantes inseridos
no desenho serão atualizados.
c. Um mesmo bloco pode ser utilizado em diversos desenhos possibilitando a
padronização visual dos desenhos.
d. A utilização de blocos aumenta consideravelmente a produtividade do usuário.

COMANDO : BLOCK
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: B <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW – BLOCK - MAKE
FUNÇÃO : Permite a criação de blocos, que ficam armazenados dentro do corrente
desenho.

Para a criação de blocos é necessário fornecer:


a. um nome ( de até 31 caracteres). Após
dar um nome poderá surgir a seguinte
pergunta : esse bloco já existe, você
quer redefini-lo?
Se redefinirmos um bloco ocorrerá, logo
após, a atualização de todos os blocos
do desenho corrente.
b. um ponto que servirá como referência
para a inserção do bloco no desenho.
c. as entidades que irão compor esse
bloco.
Após a seleção das entidades estas
poderão:
Retain – permanecer no desenho como
entidades independentes
Convert to block – permanecer no
desenho como um bloco
Delete - ser apagadas. Nesse caso, se
quiser recuperar as entidades originais
acione o comando "OOPS".

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 37


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : WBLOCK – Write Block
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: W <ENTER> (apenas esse acesso)
FUNÇÃO: Permite a transformação de um bloco em um novo arquivo de desenho
permitindo sua utilização em diversos outros desenhos.

COMANDO : BASE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: BASE <ENTER>
ACESSO POR MENU: DRAW - BLOCK - BASE
FUNÇÃO : Quando se quer trazer um outro desenho para o desenho ativo este virá da
mesma forma que um bloco, mas com o ponto de inserção em 0,0. O comando base
serve para determinar um ponto que servirá de ponto de inserção desse desenho em
um outro.

COMANDO : INSERT (DDINSERT)


ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: I <ENTER>
ACESSO POR MENU: INSERT - BLOCK
FUNÇÃO : Permite a inserção de um bloco ou wblock (file)
Obs: apenas por teclado -i (não abre o quadro de diálogo)

Ao inserir o bloco fornecemos


o ponto de inserção, o fator de
escala e se haverá ou não
rotação (em relação a posição
original)

COMANDO : MINSERT
ACESSO POR TECLADO: Minsert <ENTER>
FUNÇÃO : Possibilita a inserção múltipla de um bloco, ordenada em linhas e colunas
(como no Array Retangular)

COMANDO : EXPLODE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: X <ENTER>
ACESSO POR MENU: MODIFY - EXPLODE
FUNÇÃO : Decompõe blocos, multilinhas e polilinhas em entidades independentes.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 38


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
O comando Wblock também pode
☺ ser utilizado para "limpar" o
desenho de Kbytes extras.
Através do comando MEASURE E
DIVIDE podemos inserir múltiplos blocos
que podem acompanhar o formato da
entidade escolhida para a divisão. Primeiro
trazer o bloco que será utilizado para a
memória do desenho. Depois proceder aos
comandos normalmente selecionando B<>
(bloco) e definindo se o mesmo deverá rotacionar ou não em função da entidade a ser
dividida.

 EXERCÍCIOS:
1. Fazer blocos de todas as portas que serão utilizadas na planta do
projeto do curso.
2. Inserir os blocos de peças sanitárias no nível san e as demais
mobílias no nível decor.
3. Colocar Textura nas alvenarias e em algumas mobílias a sua
escolha, criar layers novos para colocar as texturas.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 39


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
BLOCOS DINÂMICOS – CONCEITO E INTRODUÇÃO
A grande novidade da versão 2006, é com certeza a criação de blocos dinâmicos.
Esses blocos permitem que informações de alterações sejam guardadas e utilizadas
após inserção sem necessitar explodir o bloco.
Nesse momento irei fornecer apenas umas poucas pinceladas no assunto que é melhor
abordado no curso avançado. Apresento como inserir duas únicas funções – stretch
linear e mirror (flip).

COMANDO : BEDIT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: BE <ENTER>
ACESSO POR MENU: TOOLS – BLOCK EDITOR
FUNÇÃO : Criar ou editar bloco existente acrescentando funções dinâmicas.

1. Escolher um bloco para editar ou digite um novo


para um bloco a criar. Dar Ok.
2. Aparece o editor de blocos onde pode-se editar o
bloco selecionado ou criar um novo desenhando
normalmente e inserir as funções dinâmicas.
3. As funções são inseridas através da adição de
parâmetros especiais (grips azuis) e depois
aplicando uma função para esses parâmetros.
(faíscas amarelas).
Descrição básica da inserção da função
dinâmica Stretch linear:
1. inserir o parâmetro linear (distância).
2. abrir a tela normal de propriedades e
editar :
Dist Value:list
e adiciona as variações
núm. de grips :1
fecha a tela de propriedades.
Falta inserir uma ação (aparece um
ponto de exclamação indicando isso).
3. Na aba Actions escolher Stretch
Actions:
-selecionar parametro (no caso, o
ponto marcado com um x)
-especificar o ponto associado à ação
(no caso o grip azul)
-selecionar a área de aplicação (box da
área de atuação da função).
- e depois os objetos que sofrerão o
stretch (box contendo a lateral direita)
4. Localizar o indicador da ação (faisca
amarela próximo ao grip azul)

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 40


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
5. Salve o bloco com as alterações e .
6. Insira o bloco normalmente. Clique sobre o mesmo. Clique sobre o grip azul
indicador de ação e arraste para alterar a medida, para uma das medidas pré-
estabelecidas.

Descrição básica da inserção da função dinâmica Flip:


1. Abra o Block Editor –selecione ou crie um bloco

2. Vá na aba parameters e escolha Flip parameter defina o


primeiro e segundo ponto da linha de espelhamento (como no comando mirror) e
localize a indicação do parametro.

3. Vá na aba actions e escolha Flip Action Selecione a linha feito


pelo flip parameter, selecione todos os objetos que sofrerão a ação de
espelhamento.
4. Localizar o indicador da ação.
5. Salve o bloco com as alterações e .
6. Insira o bloco normalmente. Clique sobre o mesmo. Clique sobre o grip azul
indicador de ação e clique sobre o mesmo. O espelhamento ocorrerá
automaticamente.

 COMANDOS INFORMATIVOS E UTILITÁRIOS

COMANDO : DIST
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: DI <ENTER>
ACESSO POR MENU: TOOLS - INQUIRY - DISTANCE
FUNÇÃO : Informa a distância e o ângulo entre dois pontos e coordenadas x,y,(z)

COMANDO : AREA
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: AA <ENTER>
ACESSO POR MENU: TOOLS - INQUIRY - AREA
FUNÇÃO : Calcula área e o perímetro.

Opções:
Object: atua em círculos, elipses, splines, poligonos, polilinhas (ver também comando
LIST)
ADD: adiciona diversas areas selecionadas.
Subtract : Primeiro selecione a área maior , depois de S<> e selecione as áreas a serem
subtraídas.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 41


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
COMANDO : LIST
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: LI <ENTER>
ACESSO POR MENU: TOOLS - INQUIRY- LIST
FUNÇÃO : Fornece todas as informações a respeito da entidade selecionada.

COMANDO : ID
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: ID <ENTER>
ACESSO POR MENU: TOOLS - INQUIRY - ID POINT (LOCATE POINT)
FUNÇÃO : Fornece as coordenadas absolutas de um ponto qualquer e localiza o cursor
no ponto dado. (ver também OSNAP from)

COMANDO : HELP
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: ? ou F1 <ENTER>
ACESSO POR MENU: HELP – HELP
FUNÇÃO : Acessa o menu de ajuda e informações do AUTOCAD

COMANDO : PURGE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: PU <ENTER>
ACESSO POR MENU: FILE – DRAWING UTILITIES - PURGE
FUNÇÃO : Elimina blocos, níveis de trabalho, tipos de linha e estilo de textos que não
estejam sendo usados, mas que estão armazenados na memória do desenho.

Use sempre que possível o comando purge pois isso mantém o número de
☺ Kbytes de seu desenho em um nível razoável, não desperdiçando espaço em seu
HD. É um comando seguro, não irá retirar nada que esteja sendo utilizado.

EXERCÍCIOS:

1. Tornar o bloco de porta dinâmico inserindo stretch


dinamico na sua largura (.70;.80;.90) e flip
(espelhamento)
2. Calcular a área de piso e a quantidade de rodapé do
Dormitório 1 e da sala (do nosso projeto).
3. Calcular a quantidade de azulejo para a cozinha de nosso
projeto (P.D.- 2.70m)
4. Medir a distância entre a cama de casal e a parede onde
tem o móvel da TV.
5. Extrair as informações de estilo, fonte e altura do texto
Cozinha de nosso projeto.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 42


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 COMANDOS DE DIMENSIONAMENTO :

COMANDO : DDIM
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: DDIM
ACESSO POR MENU: FORMAT- DIMENSION STYLE
FUNÇÃO : Cria e edita estilos de dimensionamento. Permite escolher todas as
características que o estilo de dimensionamento conterá.

Abre um quadro de diálogo bastante complexo e


completo que permite configurar os diferentes
elementos que compõe o elemento gráfico da
dimensão.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 43


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
Para que o comando de dimensionamento gere cotas no tamanho
predeterminado no quadro de diálogo TEXT faz-se necessário que o estilo de
☺ texto vigente apresente tamanho de texto igual a zero.
Se isso não acontecer o comando de dimensionamento irá assumir o tamanho
de texto do estilo ativo.

COMANDO : DIM
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: DIM
ACESSO POR MENU: DIMENSION
FUNÇÃO : Permite anexar cotas de medida ao desenho

QUICK Dimension cota conforme a necessidade interpretando o objeto –gera


diversas cotas num único comando.

LINEAR gera cotas lineares HORizontais e VERticais

ALIgned gera cotas lineares que são alinhadas paralelamente aos


pontos dados como referência

Arc Lenght gera cota do comprimento do arco


ORDinate cota valores de uma dada coordenada
RADius gera cotas de raio de arcos e círculos
JOGged Método para indicar a cota de um arco ou círculo quando o
centro do mesmo localiza-se fora dos limites do desenho.
A indicação tem o aspecto de uma seta em forma de raio.
DIAmetro gera cotas de diâmetro de arcos e círculos

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 44


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
ANGular gera cotas de ângulo

BASeline gera cotas que tem sempre como referência o primeiro ponto de
dado
CONtinue permite continuar um dimensionamento fornecendo apenas o
segundo ponto

QUICK LEADer cria uma seta informativa


Tolerance Abre uma tela para iserção de símbolos e índices de tolerância.

. CENTER MARK marca o centro do círculo ou arco

OBLIQUE – inclina as linhas de cota existente em um ângulo dado


ALIGN TEXT – permite alterar a posição ou rotação de um texto

DIMscale - sub comando do comando dim que permite alterar a escala dos
☺ elementos que compõe as cotas. O ideal é deixar as variáveis de
dimensionamento sempre constantes alterando apenas o dimscale quando
queremos mudar a escala de plotagem de um desenho. A atualização é feita
através do subcomando UPDate. Exemplo: escala 1:100 dimscale=1; escala 1:50
dimscale = .50; escala 1:20 dimscale = .20

EXERCÍCIOS:

1. Dimensionar os eixos do projeto que está sendo desenhado


conforme a indicação da planta da pg.29.
2. Montar andar tipo. Deixar 3 m entre as paredes externas da
lavanderia.
3. Inserir elevadores de um lado e escadas de outro. (ver blocos do
curso).
4. Montar uma folha A3 (410mm, 290mm – por causa da margem da
impressora).
5. Montar um carimbo contendo: nome do aluno, título da folha
(planta, corte ou fachada), título do projeto (Projeto final do curso
autocad básico), escala, data, número da folha, nome do(a)
professor(a).

1. Experimentar todas as variáveis de dimensionamento apresentadas


acima.
2. Determinar um local para um corte. Construir um corte pressupondo
P.D. 2.70 e laje .15m.
3. Desenhar uma das fachadas.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 45


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 LAYOUT – DIAGRAMAÇÃO - PAPERSPACE, MODELSPACE
Modelspace – é o espaço onde
desenha-se o modelo real.
Paperspace – é o espaço onde
realiza-se a diagramação da folha
e insere-se os elementos gráficos
acessórios, legendas e onde
define-se janelas (viewports) que
nos permitem visualizar e imprimir
o modelo que foi desenhado em
Modelspace.
Pode-se alternar entre model e
paperspace apenas clicando nas
abas Model e Layout
(paperspace) ou dando um duplo
clic dentro ou fora das viewports.

ATENÇÃO:

ícone do WCS no paperspace ícone do WCS no paperspace

COMANDO : LAYOUT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: LAYOUT
ACESSO POR MENU: INSERT – LAYOUT- NEW LAYOUT
FUNÇÃO : Permite criar, copiar, deletar, renomear, salvar, uma nova área de
paperspace.

Clicando nas guias de layout podemos acessá-los. Cada layout pode ter uma
configuração e um nome diferenciado.

COMANDO : MVIEW
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: MV
ACESSO POR MENU:VIEW – VIEWPORTS - OPÇÕES
FUNÇÃO : Permite criar uma janela de visualização do desenho feito em modelspace no
paperspace

Deve-se estar no paperspace (layout).


Opções :
IN/OFF ativa ou desativa a exibição do modelo no visor
FIT cria um único visor que preenche a toda a área de impressão pré-
determinada

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 46


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
SHADEPLOTcontrola a forma de apresentação como a viewport será impressa:
As Displayed – Da forma como está exibido na tela
Wireframe – Apresenta estrutura “de arame”
Hidden – Esconde as linhas que ficariam por trás.
Rendered – Apresenta a imagem renderizada dos objetos exibidos
(Selecione objetos: Seleciona um ou mais viewports)
LOCK Fixa a escala da viewport, impedindo sua alteração.
OBJECT Permite selecionar um objeto fechado para servir de borda da viewport
(exemplo círculo, elipse, retangulo, poligono)
Polygonal Cria viewports irregulares com a inserção de diversos pontos, pode conter
segmentos de curvas.
2/3/4 Permite criar 2, 3 ou 4 visores ao mesmo tempo
RESTORE Transforma visores de modelspace criados pelo comando Vport em
visores de paperspace

COMANDO : MSPACE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: MS <> ou
Estando no layout – dar um duplo clique dentro da área da viewport. (janela)
FUNÇÃO : Permite acessar o espaço de modelo na janela criada pelo comando Mview.
(viewport)
Esse comando só poderá ser executado no paperspace (layout)

Através desse comando pode-se dar uma escala á janela de visualização. (escala o
desenho dentro de cada janela deixando-o pronto para impressão).

Para definir a escala dentro de um visor:


1.POR ZOOM (XP) - Estando em paperspace clica-se na Viewport desejada(ativa MS) e
da-se o comando Zoom Scale seguindo a tabela abaixo. Z= nXP<>

Escala no visor Escala a ser dada no Zoom Escala a ser dada no Zoom
plotar 10=1 ou 1000 = 100 (folha cm) plotar 1= 1- (folha mm)
no caso de usar folhas em cm no caso de usar folhas em mm
1:500 .2XP 2xp
1:250 .4XP 4xp
1:200 .5XP 5xp
1:100 1 XP 10xp
1:50 2XP 20xp
1:25 4XP 40xp
1:20 5XP 50xp
1:10 10XP 100xp
1:5 20XP 200xp

Na realidade, quando necessitamos descobrir qual a escala a ser utilizada devemos


dividir :
-100 pelo fator de escala no caso de folhas em cm e model em metros.
- ou 1000 pelo falor de escala no caso de folhas em mm e model em metros.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 47


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
2. ATRAVÉS DA TELA DE PROPERTIES:

Clique na linha da viewport para aparecer os grips (quadradinhos azuis) e clique com o
botão direito do mouse para surgir o menu. Clique em properties no menu.
Na caixa de propriedades procure o campo Custom Scale. Digite a escala que deverá
ser a unidade de trabalho em mm sobre o fator de escala - exemplo 1 metro = 1000 mm,
portanto 1:50 será 1000/50.(No autocad 2004 –selecionamos diretamente 1:50)
Podemos acertar o desenho no visor através de Pan.

CUIDADO!!!!! : Com Tilemode = 0 (paperspace) e viewports criados, se for feito um


Zoom com modelspace ativo em um visor, a escala desse visor será alterada.
Por isso, é necessário que seja dado o comando pspace antes de dar um zoom para
visualização do desenho na folha. Isso pode ser impedido pelo comando mview – lock
(primeiro selecione a viewport).

COMANDO : PSPACE
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: PS< >
Ou duplo clique fora da viewport.
FUNÇÃO: Permite que possamos voltar a atuar em paperspace.

1.Os controles sobre layers, snap e grid podem ser alterados de forma
☺ diferenciada em cada um dos visores criados no paperspace.
Clique duplamente dentro da viewport e realize as configurações.
No caso do layer pode-se desligar o layer que estava
ativo na viewport através de um simples clique no
segundo solzinho o visor da configuração de layers.

2. A configuração default do AutoCad permite ativar até 64 viewports sem alterar a


configuração original.

3. Linetype no paper: Para ajustar esta variável, basta acionar o menu Format>>
Linetype, depois clique no botão showdetails e marque a opção use paperspace scale
units for scaling... ok.
4. Aconselha-se a criar um layer separado para colocar as viewports e determinar que
ele não saia na impressão (Layer properties manager – plot )

EXERCÍCIOS :

Montar uma folha A3 (410mm, 290mm – por causa da margem da


impressora).
Montar um carimbo contendo: nome do aluno, título da folha (planta, corte
ou fachada), título do projeto (Projeto final do curso autocad básico),
escala, data, número da folha, nome do professor(a).

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 48


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
 ORIENTAÇÃO PARA IMPRIMIR E PLOTAR :

A partir do AutoCAD 2000/2002 o processo de plotagem sofreu uma grande modificação


em relação às versões anteriores, pois seu processo foi dividido em várias etapas
menores e distintas. Antes, o AutoCAD apresentava três aspectos relativos à plotagem
no mesmo quadro de diálogos: a configuração de penas, o que plotar (e escala) e o
dispositivo de plotagem. No AutoCAD 2002 essas etapas encontram-se separadas.
(Mesmo gerando arquivos de configuração separados tudo era gerado em uma única
tela).
De certo modo isso facilitou muito pois não é necessário configurar cada vez que for
plotar um desenho. Agora são criados arquivos de configuração extensão CTB (estilo de
plotagem dependente de cor) ou STB (estilo de plotagem nomeado) para configurar cor
e penas de plotagem.
Em CTB a cor do objeto definirá todos os parâmetros da pena utilizada na plotagem,
enquanto que STB a propriedade PLOTSTYLE dos objetos definirá a pena a ser
utilizada. (não aconselho a utilizar o STB se for mandar o arquivo para plotadora em
formato DWG, mesmo as grandes plotadoras na maior parte das vezes recusa ou
configura mal as plotagens em formato STB). Nesse curso abordarei apenas a
configuração Color dependente por ser a mais utilizada no mercado. (Para estilo de
plotagem nomeado –ver curso avançado).
As configurações dos plotters no AutoCAD 2002 são armazenadas em arquivos PC3
(cada plotter tem seu próprio arquivo).
Normalmente realizamos essas configurações uma única vez.

COMANDO : PLOTTER MANAGER


ACESSO POR MENU: FILE – PLOTTER MANAGER – ADD A PLOTTER WIZARD
Ou pelo MENU Painel de Controle do Windows / Autodesk Plotter Manager
Ou em Tools – Wizards – ADD PLOTTER
Ou em Tools – Options – Plotting – Add or configure plotters
FUNÇÃO : Permite adicionar novos plotters –CRIA UM ARQUIVO PC3

Escolher a forma de conexão do


ploter/impressora:
My Computer - Ligado diretamente
no computador (também usado
quando for configurar para realizar
PLTs)
Network P.S. - Ligado em algum
micro da rede;

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 49


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
System Printer - Usando o driver do
sistema (um plotter ou impressora já
pré-instalado no Windows);
Clique em Avançar.
Ao escolher system printer e dar
avançar, aparecerá uma tela indicando
concluir.
Se pretende gerar um arquivo PLT,
após escolher “my computer” deverá
configurar a marca e modelo do plotter
que sua plotadora usa.
Existem duas versões de cada plotter,
a primeira é para plotter tamanho
máximo A1, a segunda é para plotters
A0 ou até mais (rolo de 90cm por 15m).
Dar avançar.
No caso de escolher uma ploter HP
poderá surgir uma mensagem dizendo
que seria recomendado usar o drive do
sistema Windows (System Printer),
mas teria de desativar a impressora
padrão de seu micro. Dar Continue.
Na próxima tela aparece a opção de
importar um arquivo de configuração
de penas e de folha de uma versão anterior. Se for o caso clique em import file, senão
clique em avançar.
Na próxima caixa de diálogo definir se irá gerar um arquivo PLT (PLOT TO FILE) ou a
porta de conexão com a Ploter/impressora - LPT1 (ou porta de rede , se for o caso)
Dar um nome para reconhecer o estilo da ploter.
Na maior parte das vezes é melhor deixar as
configurações padrões da ploter
Não hevendo necessidade de clicar em Calibrate
plotter. Apenas para configurações especiais. As
configurações da plotter podem ser alteradas
posteriormente.
No entanto podemos configurar personalizações
de folha.
Clique em Edit Plotter Configuration .
Procure na lista a opção Custom Paper Sizes e
clique em ADD.
Na próxima tela temos duas opções:
Star From Scratch para criar um novo tamanho
de papel (recomendado) ou a opção para criar a
partir de um existente. Avançar.
Defina primeiro a unidade de medida
(atenção utilize mm), depois a largura e altura
da Folha. A maioria das plotters A0 aceita até 904

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 50


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
mm de largura, a altura pode variar a até 15 metros. Se a folha tiver de ser plotada
virada, mantenha a largura de 904, coloque o tamanho maior em altura e defina depois
que será plotado no modo paisagem.
Clique em avançar
Defina as margens em 0. Essas margens são usadas em folhas avulsas (não em rolo,
portanto pouco usadas) e nas configurações por drivers do Windows elas já estão pré-
definidas. Avançar.
Dê um nome para sua folha personalizada. Avançar.
Dê um nome para o arquivo que guardará as configurações de papel diferenciadas
(arquivo *.PMP- Plotter Model Parameters)
Defina o modo de alimentação do plotter:
A primeira opção utiliza rolo a segunda folha avulsa. Defina também a largura de rolo.
(aconselho a deixar como está, pois as plotadoras utilizam esse padrão –rolo 36 inches).
Dar concluir. OK e outro Concluir.

COMANDO : PLOTTER STYLE MANAGER


ACESSO POR MENU: FILE – PLOTTER STYLE MANAGER – ADD A PLOTTER
STYLE TABLE WIZARD
Ou pelo MENU Painel de Controle do Windows / Autodesk Plotter Style Manager
Ou em Tools – Wizards – ADD PLOTTER STYLE TABLE (STB) OU ADD PLOTTER
COLOR DEPENDENT STYLE TABLE(CTB)
FUNÇÃO : Permite criar novos estilos de plotagem STB (arquivos nomeados) ou CTB
(tabelas dependentes de cor)

Como já citei acima, existem dois tipos de estilos de plotagem:


- CTB onde a cor do objeto definirá todos os parâmetros da pena utilizada na plotagem
- STB a propriedade PLOTSTYLE dos objetos definirá a pena a ser utilizada

Primeiro pergunta se quer importar


um arquivo de configuração do
Autocad14 ou outro existente. Dar
Start From Scratch. Avançar.
Como ja citei explanarei o formato
Color Dependent. Avançar. Dar um
nome ao estilo. Avançar.
Surgem opções que determinam que
essa configuração a ser criada será
usada agora, e que será a
configuração padrão para todas os
novos desenhos.
Clique em Plot Style Table Editor.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 51


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
Caixa de configuração de penas
Color Dependent:
Definições:
1- Plot styles - Lista com as
cores usadas no desenho;
2- Description - Definição escrita
da utilidade daquela pena
(exemplo: para contorno de
parede, linha de cota, etc) – (pouco
utilizado)
3- Properties - Definição da cor a
ser plotada aquela pena
(IMPORTANTE), geralmente a
mesma cor usada no desenho
ou preto (black);
4- Dither - Grau de definição –
Deixar ON -(pouco utilizado);
5- Grayscale - Definição da
plotagem da cor selecionada em
tons de cinza – Deixar Off (pouco
utilizado);
6- Pen# - Definição do número da pena para a cor selecionada (usado apenas para
plotters antigos) -(pouco utilizado);
7- Virtual Pen - Pena virtual (usada em alguns plotters antigos para simular troca de
pena e outras opções) -(pouco utilizado);
8- Screening - Determina a intensidade da cor especificada para impressão - quantidade
de tinta usada, dando cores mais claras se menor que 100% (brilho) - (pode gerar
efeitos interessantes);
9- Linetype – Permite escolher um padrão de linha diferente para a cor selecionada
(pouco utilizado, o ideal é definir isso no layer)
10- Adaptive - Determina que o tipo de linha definida acima (linetype) começará e
terminará num ponto certo (acerto de escala de tipo de linha) (pouco utilizado)
11- Lineweight - Pena: indica a espessura usada para essa cor selecionada
(IMPORTANTE);
12 – Line end Style - Determina como a plotter definirá o final das linhas (mais
importante para linhas de grande espessura) - (pouco utilizado)
13- Line join style - Determina como serão as quinas onde uma linha encontra a outra
(mais importante para linhas de grande espessura) (pouco utilizado)
14- Determina um padrão para o preenchimento de desenho da cor selecionada
(também para linhas grossas ou solids) (pouco utilizado) ;
15- Caso uma espessura desejada não esteja listada no campo 11, clique aqui e edite
as espessuras; (pouco utilizado)
16- Se estiver editando uma configuração para criar outra parecida, clique aqui para
salvar com outro nome, assim você não perderá a anterior;
17- Para salvar e voltar para o AutoCAD;
18- Outro modo de visualizar as mesmas opções (pouco utilizado)
19 - Dados gerais e descritivo do arquivo de penas (pouco utilizado);

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 52


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
Resumindo: Só interessam realmente os campos 1, 3 e 11, e as vezes 12,13 e 14 (para
os mais perfeccionistas. Os outros são muito pouco usados.
Pode-se selecionar mais de uma pena e configurar propriedades em comum, usando o
CTRL (alternadas) ou SHIFT(sequenciais)
Ao terminar as configurações clique em Save & Close,Concluir.

COMANDO : PLOT
ACESSO RÁPIDO POR TECLADO: PLOT; PRINT <ENTER> ou CTRL+P
ACESSO POR MENU : FILE - PLOT
FUNÇÃO: Permite plotar ou imprimir partes ou todo o desenho.

Descrição dos principais pontos do quadro de plotagem:


Barra de títulos – mostra o nome da área a ser plotada – model ou layouts

Abre e fecha a tela de mais opções.


1. Page Setup -Permite salvar e restaurar configurações diferentes para cada
layout. (ADD)
2. Print/Plotter - Escolher a ploter ou impressora a ser utilizada . Lista os arquivos
PC3 disponíveis ou as impressoras de sistema.
3. Permite alterar as configurações da ploter ou impressora
4. Permite escolher plotar para arquivo (gera um arquivo PLT)
Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 53
Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
5. Page Size - Permite escolher o tamanho do papel. Exibe os tamanhos normais
de papel que estão disponíveis para a ploter/impressora selecionada.
6. Number Of Copies - Número de Cópias. Esta opção não está disponível para Plot
to File selecionado.
7. Plot Area – Determina a porção do desenho a ser impressa:
Display – o que está sendo mostrado na tela
Extends – encaixa o desenho como um todo
Layout – as pré-definições feitas no layout
Window – permite escolher através de dois pontos dados a área a ser plotada.
8. Plot Scale – Permite configurar a escala -
Fit to paper – enquadra o que foi selecionado no papel, sem preocupação com a
escala
Scale – no caso de ter seguido a explicação sobre layout deixar 1:1 (escala está
nas viewports) ou
Se estiver imprimindo do model - escalar refletindo quantos mm no desenho
existente irá corresponder a quantas unidade de desenho. Por exemplo:10 mm
impressos corresponde a 1 m (unidade)-escala 1:100.
Scale lineweights - quando selecionado as espessuras dos traços apresentam-se
proporcionalmente à escala de plotagem.
9. Para acertar a plotagem no papel pode-se dar um valor positivo ou negativo para
X e Y para o canto inferior esquerdo.
Quando seleciona Center the plot - Automaticamente é calculado o X e Y
colocando o desenho no centro da folha.
10. Plot Style Table - mostra a lista com os estilos de plotagem para configuração
das penas (espessuras e cores). Permite também criar e modificar estilos de
plotagem.
11. Shaded Viewports options – determina o nivel e a forma de resolução (dpi) a ser
impresso
Shade Plot – permite escolher configuração de shade e render (normalmente 3d)
Quality– qualidade da impressão : Draft –rascunho; Preview- imprime com ¼ da
corrente resolução –max 150dp; Normal - imprime com ½ da corrente resolução
–max 300dpi; Presentation - imprime com a corrente resolução –max 600dpi;
Maximum – imprime com o maximo de resolução possível; Custom – permite
determinar o numero de dpi que se deseja para a impressão
12. Plot Options – Plot objects lineweights: Se selecionado, indica que as espessuras
traços serão plotados. (STB). Será desligado se a chave Plot with plot styles
estiver ligada.
Plot with plot styles: Se selecionado, faz a plotagem com os estilos de plotagem
associados aos objetos e definidos na tabela de estilos de plotagem. (CTB)
(deixar selecionado).
Plot Stamp on– permite imprimir anotações tais como data nome do arquivo
eletrônico,...ver settings.
13. Drawing orientation – sentido de direção da folha Paisagem, retrato, e de ponta
cabeça.
14. Preview – para ver como ficará a impressão.
15. Ok

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 54


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria
EXERCÍCIOS:

1. Criar um estilo de plotagem personalizado P&B e outro para


Plotagem a
cores.
2. Adicionar a ploter HP DesignJet 755CMC3198B.
3. Gerar um arquivo com extensão PLT para ser encaminhado à
plotadora (utilizar a ploter citada no exercício 2). Copiar esse
arquivo para o disquete ou enviá-lo por e-mail.
4. Imprimir seu projeto na impressora Epson Stylus Color 1520.Formato A3

 ARQUIVOS PROTÓTIPOS (TEMPLATES):


O AutoCAD utiliza o arquivo ACAD. DWG
(para o sistema de unidades Imperial) e
ACADISO.DWG (para o sistema de
unidades métrico) como arquivo protótipo
para todos os novos desenhos criados.
Para definições personalizadas pode-se
criar arquivos de modelo (template) e
escolhê-los como base a cada novo
desenho..

Abrir um desenho novo.


Colocar todas as configurações personalizadas:
Criar a tabela de Layers que costuma utilizar.
Definir os estilos de texto e de dimensionamentos.
Escolher definições de points, curva ou não para fillet,unidades,etc...
Configurar também os arquivos de configuração de impressão para cada layout.
Inserir carimbo e margem no paper space,etc...

Ao concluir, vá a File Save AS e escolha no Box a


opção Drawing Template File Type (*.dwt)
Dar um nome e OK.(poderá colocar uma breve
descrição também).
Escolha um sistema de unidade – no nosso caso
métrico e OK.

Andréa B. Bertoncel AUTOCAD 2006-Curso Básico 55


Permitido cópia , com citação de fonte e autoria

Você também pode gostar