Você está na página 1de 2

TÍTULO CÓDIGO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO -


POP 002

TAREFA SE TOR

ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAÇÃO VIA INTRAMUSCULAR EM PEDIATRIA ENFERMAGEM


EXECUTANTE RESPONSÁVEL

ENFERMEIRO – TÉCNICO DE ENFERMAGEM – AUXILIAR DE ENFERMAGEM ENFERMEIRO


MATERIAL NECESSÁRIO
01 Medicação correta 01 Curativo adesivo 01 Bola de algodão ou gaze
Seringa de tamanho
01 01 Etiqueta para identificação 01 Swab álcool 70%
apropriado (1, 3 ou 5 ml)
Agulha de comprimento e
calibre adequado para Pares de luvas de
01 02 01 Agulha 40x12
aplicação (25x7, 25x6 ou procedimento
30x7)
ATIVIDADES CRÍTICAS

1 Higienizar as mãos 13 Expor a região escolhida, com ajuda do acompanhante


ou de outro profissional, e manter a criança imobilizada

2 Reunir materiais 14
Fazer assepsia local com swab de álcool 70%
Abrir a embalagem da seringa e colocar a agulha
3 40x12, mantendo os princípios de assepsia 15 Selecionar e segurar o tecido muscular com uma das
mãos formando uma leve prega.
Aspirar o medicamento correto da ampola ou frasco-
ampola, atentando para validade, dose e concentração
4 correta. (Aguardar se o medicamento estiver na 16 Introduzir a agulha perpendicularmente ao músculo em
geladeira, pois medicação fria aumenta o desconforto.) movimento único

5 17 Aspirar o embolo para certificar-se do correto


Retirar ar residual contido na seringa posicionamento da agulha no músculo;
Trocar a agulha da seringa pela agulha de escolha
6 para aplicação 18
Injetar lentamente, observando as reações da criança;
Retirar a agulha comprimindo o local com bola de
7 Tampar a agulha com cuidado e proteger o êmbolo 19 algodão ou gaze seca
Identificar com etiqueta o nome da criança, número do
8 leito, medicação, dose, via, diluição e horário da 20 Aplicar curativo adesivo e vestir o paciente
administração;
Conferir pulseira de identificação com um segundo Reunir e desprezar material utilizado em local
9 identificador (identificação de leito ou nome da mãe) 21 adequado

10 Explicar procedimento ao paciente e/ou responsável 22 Higienizar as mãos

Checar realização de medicação em prescrição


11 Conferir os 9 certos da medicação 23 médica

12 Higienizar as mãos e calçar luvas de procedimento 24 Registrar anotação de enfermagem em sistema MV

DATA DA EMISSÃO VERSÃO N.º DE REVISÃO ÚLTIMA REVISÃO FOLHA

20/06/2014 1 2 25/02/2015 1/2


E L A B O R A D O P O R: R E V I S A D O E A P R O V A D O P O R:

PEDIATRIA Enf. Bruna Cury - Grupo de Práticas de Enfermagem


TÍTULO CÓDIGO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO -


POP 002

MANUSEIO DO MATERIAL

• Se o volume a ser infundido for maior que o volume que o músculo suporta, deve-se dividir a medicação em duas
seringas e fazer duas aplicações em músculos diferentes.
• Não aplicar em locais cirúrgicos ou em extremidades com processo patológico.

RESULTADOS ESPERADOS

• Via apropriada para administração de soluções irritantes (Aquosas e oleosas).


• Efeito mais rápido da medicação quando comparado administração Via Oral ou Subcutânea.
• Evitar efeitos colaterais no aparelho gástrico
• Via de escolha em situação de impossibilidade de realizar em outra via

AÇÕES EM CASO DE NÃO CONFORMIDADE


• Criança com músculo reduzido: Optar por uma seringa de tamanho e calibre reduzido, podendo lateralizar
levemente a seringa para aplicação.
• Criança puxa o corpo inesperadamente: Tenha sempre alguém para auxiliar na restrição, tenha uma agulha
reserva, caso ocorra contaminação, trocar e prosseguir o procedimento.
• No momento da aspiração do êmbolo retorna sangue indicando que não está no local adequado: Retire a agulha, e
recomece o procedimento

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. Procedimentos em enfermagem pediátrica; Vicky R. Bowden; Cindy Smisth Greenberg; 3ª Edição; 2012.
2. Manual de procedimentos em Pediatria; Dirce Laplaca Viana; Divanice Contim; Elza Sumiko Hojo Abe; Sara Diniz
Rubinsztejn Azevedo; 2ª reimpr. Da 1ª Ed. de 2006.
3. COREN SP. Administração de medicamentos por via intramuscular. Fev, 2010.
4. COREN SP. Dosagem de Medicamentos como Responsabilidade do Enfermeiro. 2013.

DATA DA EMISSÃO VERSÃO N.º DE REVISÃO ÚLTIMA REVISÃO FOLHA

20/06/2014 1 2 25/02/2015 2/2


E L A B O R A D O P O R: R E V I S A D O E A P R O V A D O P O R:

PEDIATRIA Enf. Bruna Cury - Grupo de Práticas de Enfermagem

Você também pode gostar