Você está na página 1de 259

PREFÁCIO

Bem-vindo à crescente família de proprietários de veículos NISSAN. Seu veículo foi produzido utilizando-se a mais alta tecnologia e
qualidade. Este manual foi preparado de maneira a ajudá-lo a compreender a operação e manutenção do seu veículo, proporcionando a
você grande prazer ao dirigir. Antes de operar o veículo, leia atentamente o Manual do Proprietário.
O Manual de Garantia e Manutenção, em anexo, informa os detalhes a respeito da Garantia do seu veículo.
Lembre-se sempre, quem melhor conhece seu veículo é a Concessionária NISSAN. Sempre que forem necessários serviços de manutenção
ou quando você tiver alguma dúvida sobre seu veículo, ela estará sempre à disposição para atendê-lo.
Este manual se aplica aos modelos NISSAN FRONTIER.

INTRODUÇÃO Todas informações, especificações e ilustrações contidas neste ma-


nual vigoram a partir da data de sua publicação.
LEMBRETES DE SEGURANÇA Antes de dirigir seu veículo, leia atentamente e completamente o Ma-
Siga as quatro regras abaixo para garantir sua segurança e de seus nual do Proprietário. Desta maneira você estará familiarizado com os
passageiros: controles e operações de manutenção, garantindo sua segurança ao
• Nunca dirija sob efeito de drogas ou bebidas alcoólicas operar o veículo.
• Sempre observe os limites de velocidade e nunca dirija mais “ATENÇÃO”: Esta palavra é usada ao longo do manual para indicar
rápido do que as condições locais permitam situações em que haja possibilidade de danos pessoais ou materiais,
• Use sempre os cintos de segurança e um sistema de prote- e portanto, as informações relativas à estas situações devem ser
ção para crianças seguidas atentamente.
• Mantenha todos os ocupantes do veículo informados so- “CUIDADO”: Esta palavra também é usada ao longo do manual para
bre os requisitos de segurança indicar situações em que possam acontecer danos menores ao veículo
e também devem ser seguidas atentamente.
LEITURA DO MANUAL
Este manual contém informações sobre todos opcionais dispo-
níveis para este modelo. Portanto, você poderá encontrar in-
formações que não se aplicam ao seu veículo.
A operação incorreta dos veículos com tração nas 4 rodas
poderá causar perda de controle do veículo e acidente. Leia
com cuidado o item “Utilização segura do veículo” na seção
“Funcionamento e operação”.

MP Frontier_introdução.pmd 2 15/1/2013, 14:58


CONDUÇÃO EM ESTRADAS OU “FORA DE ESTRADA” MODIFICAÇÕES DO VEÍCULO
O comportamento e a manobrabilidade deste veículo são diferentes Este veículo não deve ser modificado. Modificações podem prejudicar
de um veículo normal, devido a maior altura do centro de gravidade o desempenho, segurança e durabilidade do veículo, podendo,
para operação “fora de estrada”. Assim como em outros veículos que também, violar a legislação de veículos automotores. Danos ou
apresentam estas características, a operação inadequada pode problemas de desempenho de veículos modificados não são cobertos
ocasionar a perda de controle ou provocar um acidente. pela Garantia NISSAN.
Certifique-se de ler atentamente “Precauções ao dirigir em estra- A NISSAN reserva-se o direito de alterar as especificações ou projeto
das pavimentadas e fora de estrada” na seção “Funcionamento e do veículo sem aviso prévio.
operação”. Este veículo está em conformidade com o instituído pela resolução
Nº 18/86 e suportado pela Lei Federal nº 8723/93 – PROGRAMA DE
CONTROLE DA POLUIÇÃO DO AR POR VEÍCULOS AUTOMO-
TORES (PROCONVE).
Mantendo seu veículo corretamente regulado de acordo com as
instruções do fabricante, você estará contribuindo para a me-
lhoria das condições do meio ambiente, além de garantir o
correto desempenho do veículo.

© 2013 Nissan do Brasil Automóveis Ltda.


São José dos Pinhais - PR, Brasil

MP Frontier_introdução.pmd 3 24/1/2013, 16:29


Conteúdo Índice ilustrado 0
Bancos, cintos, sistema complementar de proteção e
air bag 1
Instrumentos e controles 2
Verificações e ajustes preliminares 3
Aquecedor, ar condicionado e sistema de áudio 4
Funcionamento e operação 5
Em caso de emergência 6
Aparência e cuidados com o interior 7
Manutenção e faça você mesmo 8
Informações técnicas 9
Índice alfabético 10

MP Frontier_introdução.pmd 4 15/1/2013, 14:58


MP Frontier_introdução.pmd 5 15/1/2013, 14:58
0 Índice ilustrado 0
Painel de instrumentos e controles ........................... 0-2
Parte externa – Dianteira e traseira ........................... 0-3
Compartimento dos passageiros .............................. 0-5
Bancos, cintos, sistema complementar de
proteção e air bag ........................................................ 0-6
Compartimento do motor ........................................... 0-7

MP Frontier_seção 0.pmd 1 15/1/2013, 14:58


PAINEL DE INSTRUMENTOS E CONTROLES

1. Difusores de ar laterais (página 4-5)


2. Farol, farol de neblina (se equipado) e interruptor do
Tipo A (Se aplicado) indicador de direção (página 2-21)
3. Volante de direção (tipo A)
5 6 7 8 9 7 10 25 1
– Air bag do motorista (se equipado) (página 1-24)
2 – Buzina (página 2-23)
1 4 3
– Sistema de direção hidráulica (página 5-32)
4. Interruptor do volante de direção para controle de áudio
(tipo A) (se equipado)(página 4-38)
5. Mostradores, medidores e luzes indicadoras /
Advertência (página 2-3)
6. Interruptor do lavador / limpador do para-brisa (página 2-22
7. Difusores centrais (página 4-5)
8. Sistema de áudio (se equipado) (página 4-14)
9. Controle do ar condicionado (página 4-6)
10. Air bag do passageiro dianteiro (se equipado)
(página 1-24)
11. Interruptor de controle de regulagem de altura do farol
(se equipado)(página 2-21)
12. Interruptor do controle eletrônico de estabilidade (VDC)
(se equipado)(página 2-23)
13. Interruptor de controle do espelho retrovisor externo
11 21 (se equipado) (página 3-20)
13 15 14. Interruptor de abertura da tampa de abastecimento
12 14 17 (página 3-17)
16 18 19 15. Alavanca de travamento da regulagem do volante de
direção (página 3-18)
22 20 16. Controle de velocidade (tipo A) (se equipado) (página 5-25)
17. Interruptor de ignição (página 5-5)
18. Interruptor das luzes de advertência (página 2-23)
19. Interruptor de mudança 4WD (se equipado) (página 5-21)
20. Acendedor de cigarros (página 2-27) e tomada elétrica
VOL

MODE POWER
ou entrada USB (se equipado) (página 2-26 e 2-26)
21. Porta-luvas (página 2-28)
22. Volante de direção (tipo B)
23. Interruptor do volante de direção para controle de áudio
(tipo B) (se equipado)(página 4-38)
23 24 24. Controle de velocidade (tipo B) (se equipado) (página 5-25)
25. Sensor de carga solar (se equipado) (página 4-13)
Consulte o número de página indicado entre parênteses
Tipo B (Se aplicado) TOP0001_D quanto a detalhes de funcionamento.

0-2

MP Frontier_seção 0.pmd 2 15/1/2013, 14:58


PARTE EXTERNA – DIANTEIRA E TRASEIRA

DIANTEIRA
1. Capuz (página 3-7)
2. Para-brisa (Interruptor do limpador e lavador do
para-brisa (página 2-22), Substituição das palhetas
do limpador (página 8-26), Fluido do lavador dos
vidros (página 8-18)
3. Longarinas de teto (pág. 3-25)
4. Vidros elétricos (se equipado) (página 2-24)
5. Gancho para reboque (página 6-16)
6. Farol de neblina (se equipado) (página 2-21)
7. Farol, Luzes de sinalização de direção (Interruptor
página 2-20, Localização e troca de lâmpadas
página 8-30)
8. Pneus (Rodas e pneus página 8-34, Pressão Pneu
e especificações página 6-2)
9. Espelhos retrovisores externos (página 3-20)
10. Portas (Chaves página 3-2, Trava das portas
página 3-3, Sistema de controle remoto página
3-5) Chave inteligente NISSAN (se equipado)
(página 5-6)

0-3

MP Frontier_seção 0.pmd 3 15/1/2013, 14:58


TRASEIRA
1. Vidro traseiro (Desembaçador) (página 2-22)
2. Compartimento traseiro (página 3-23)
3. Portas traseiras
– Trava de segurança da porta traseira para
crianças (página 3-5)
4. Abastecimento (página 3-17)
– Operação
– Combustível recomendado
5. Luzes traseiras (página 2-23, Localização e troca
de lâmpadas página 8-30)
6. Câmera de ré (se equipado) (página 4-2)

0-4

MP Frontier_seção 0.pmd 4 15/1/2013, 14:58


COMPARTIMENTO DOS PASSAGEIROS

1. Luzes de leitura (página 2-31)


2. Espelho de cortesia (página 3-21)
3. Espelho retrovisor interno
– Ajuste (página 3-21)
– Operação da bússola (se equipado)
4. Macaco e ferramentas (página 6-3)
5. Porta-copos traseiro (página 2-29)
6. Compartimento do console (página 2-28)
7. Porta-copos dianteiro e cinzeiro (página 2-27,
2-29)

0-5

MP Frontier_seção 0.pmd 5 15/1/2013, 14:58


BANCOS, CINTOS, SISTEMA COMPLEMENTAR DE PROTEÇÃO E AIR BAG

SSI0280

1. Bancos traseiros (rebatimento) (se equipado) 4. Air bags dianteiros (se equipado) (página 1-24)
(página 1-3) 5. Cintos de segurança (página 1-5)
2. Encosto de cabeça (página 1-4) 6. Sistema de pré-tensionadores do cinto de
3. Bancos dianteiros (página 1-2) segurança (se equipado) (página 1-25)

0-6

MP Frontier_seção 0.pmd 6 15/1/2013, 14:58


COMPARTIMENTO DO MOTOR

MOTOR YD25DDTi
1. Fluido do lavador dos vidros (página 8-18)
2. Bateria (página 8-20)
1 2 4
3 6 3. Fusível (página 8-27)
5 4. Verificação do nível do óleo do motor (página 8-9)
7
5. Filtro de combustível (página 8-13)
6. Troca de óleo do motor (página 8-10)
7. Fluidos do freio e da embreagem (página 8-17)
8. Filtro de ar (página 8-24)
9. Líquido de arrefecimento do motor (página 8-8)
10. Fluido da direção hidráulica (página 8-15)
11. Sistema de arrefecimento do motor (página 8-7)

9
11 10 8

TOPMS12_H61B_EC_0058_A

0-7

MP Frontier_seção 0.pmd 7 15/1/2013, 14:58


MP Frontier_seção 0.pmd 8 15/1/2013, 14:58
1 Bancos, cintos, sistema complementar de
proteção e air bag
1

Bancos ......................................................................... 1-2 Manutenção do cinto de segurança ....................... 1-13


Dispositivo de levantamento do banco do Sistemas de proteção infantil ................................. 1-14
motorista (se equipado) ........................................ 1-4 Precauções ao utilizar
Encosto de cabeça ................................................ 1-4 um sistema de proteção infantil ......................... 1-14
Cintos de segurança .................................................. 1-5 Instalação do sistema
Precauções na utilização do cinto de segurança .. 1-5 de proteção infantil
Segurança das crianças ........................................ 1-7 nos bancos traseiros ........................................... 1-16
Bebês e crianças pequenas .................................. 1-8 Precauções para o sistema complementar de
proteção (SRS) (se equipado) ................................. 1-18
Crianças .................................................................. 1-8
Luz de advertência do air bag (se equipado) ........ 1-22
Mulheres grávidas ................................................. 1-9
Sistema do pré-tensionador do cinto de
Pessoas feridas ...................................................... 1-9
segurança (se equipado) ......................................... 1-25
Identificação do cinto de segurança central
(se equipado) .......................................................... 1-9
Cinto de 3 pontos retrátil ...................................... 1-9

MP Frontier_seção 1.pmd 1 15/1/2013, 14:58


BANCOS

ATENÇÃO:
• Não regule o banco do motorista com
o veículo em movimento. O banco pode
mover-se repentinamente causando a
perda de controle do veículo.

Ajuste manual
ATENÇÃO:
• Após a regulagem, verifique se o ban-
co está firmemente travado, forçando-
o para frente e para trás. Se o banco
não estiver travado firmemente pode-
rá mover-se repentinamente e causar SSS0133a
a perda de controle do veículo.
• O encosto do banco nunca deve ser ATENÇÃO: • Para uma proteção efetiva quando o
reclinado mais do que necessário para • Não conduza o veículo ou viaje com o veículo estiver em movimento, os en-
o conforto do ocupante. Os cintos de encosto do banco reclinado. Isso costos dos bancos deverão estar na
segurança são mais eficientes quan- pode ser perigoso. A cinta diagonal posição vertical. Sente-se sempre bem
do o ocupante está encostado e na não se ajustará adequadamente ao encostado no banco e ajuste adequa-
posição o mais vertical possível. Se o seu corpo. No caso de um acidente, damente os cintos de segurança. Con-
encosto estiver muito inclinado, o ris- você e o passageiro dianteiro pode- sulte “Cintos de Segurança”, nesta
co de escorregar sob o cinto e ferir-se rão ser lançados contra a cinta seção.
aumenta. diagonal e sofrer ferimentos graves
no pescoço. Você e o passageiro CUIDADO:
dianteiro também poderão escorre- Ao ajustar a posição dos bancos, certifi-
gar por baixo da cinta abdominal e que-se de não encostar em nenhuma peça
sofrer ferimentos graves. móvel para evitar ferimentos ou danos.

1-2

MP Frontier_seção 1.pmd 2 15/1/2013, 14:58


Reclinar:
1. Para reclinar o encosto, puxe a alavan-
ca para cima 2.
2. Recline o encosto para a posição dese-
jada.
3. Libere a alavanca de ajuste para travar
o encosto na posição desejada.
A função de reclinamento permite o ajuste
do encosto para ocupantes de diferentes ta-
manhos para auxiliar a obter o ajuste correto
do cinto de segurança (consulte “Cintos de
segurança” mais adiante nesta seção).
SSS0739 SSS0740

Para frente/para trás:


1. Puxe a alavanca 1.
2. Deslize o banco para a posição desejada.
3. Libere a alavanca de ajuste para travar
o assento na posição.

1-3

MP Frontier_seção 1.pmd 3 15/1/2013, 14:58


SSS0741 NPA545 SSS0288
Banco do motorista

Dispositivo de levantamento do Encosto de cabeça ATENÇÃO:


banco do motorista (se equipado) • Não dirija ou tampouco viaje em um
Ajuste
veículo cujo apoio de cabeça tenha
Gire o regulador para ajustar a altura do 1. Levante o apoio de cabeça até ajustá-lo sido removido. Isto pode ser perigoso.
assento do banco, de acordo com a posi- na posição desejada. Os apoios de cabeça devem ser ajus-
ção desejada. 2. Pressione o botão de trava 1 e abaixe o tados adequadamente, pois propor-
apoio de cabeça de acordo com a posi- cionam uma proteção significativa con-
ção desejada. tra ferimentos em caso de acidente.
O apoio de cabeça traseiro deve ser uti- Verifique a altura do apoio de cabeça,
lizado somente nas posições de caso outra pessoa use o assento.
travamento. A posição mais baixa do
encosto de cabeça é a totalmente reco- Ajuste o apoio de cabeça de maneira que a
lhida. sua parte central esteja na altura de suas
orelhas.

1-4

MP Frontier_seção 1.pmd 4 15/1/2013, 14:58


CINTOS DE SEGURANÇA

PRECAUÇÕES NA UTILIZAÇÃO
DO CINTO DE SEGURANÇA
Com a utilização dos cintos de segurança
ajustados corretamente e sentado vertical
e bem apoiado no encosto, as chances de
ser ferido ou morto em um acidente e/ou a
severidade de danos pode ser reduzida. A
NISSAN orienta a todos os passageiros a
utilizar os cintos de segurança sempre que
o veículo for conduzido, inclusive nos casos
da posição de assento incluir o sistema air
bag.
SSS0136
Sente-se na posição vertical, e bem encostado no banco.

SSS0136
Sente-se na posição vertical, e bem encostado no banco.

1-5

MP Frontier_seção 1.pmd 5 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO: • Deve-se tomar cuidado no sentido de
Ao utilizar o cinto de segurança, verifique evitar a contaminação das cintas do
as advertências a seguir. Caso contrário, cinto de segurança por polidores,
poderão aumentar as chances ou a gravi- óleos e produtos químicos, especial-
dade de ferimentos em um acidente. mente ácido da bateria. Deve-se efe-
tuar a limpeza com sabão neutro e
• Os cintos de segurança foram proje-
água. O cinto deverá ser substituído
tados para atuar sobre os ossos for-
caso as suas cintas estejam esgar-
tes do corpo humano. Devem portanto,
çadas, contaminadas ou danificadas.
ser usados sobre os quadris, peito e
ombros. Deve-se evitar o uso do cinto • É essencial substituir o conjunto com-
de segurança sobre o abdômen. Caso pleto após o veículo ter sido envolvido
o cinto de segurança não seja usado num acidente grave, mesmo que os
adequadamente, poderão ocorrer feri- danos não sejam aparentes. Não utili-
SSS0014
mentos graves. ze os cintos com os cadarços torcidos.
• Não devem ser efetuadas modifica- • Os cintos de segurança não devem
ções ou adições pelo usuário; isto po- ser utilizados torcidos.
derá prejudicar o funcionamento • Cada conjunto de cinto de segurança
correto dos dispositivos de ajuste do deve ser usado por um único passa-
cinto de segurança ao eliminar folgas geiro.
necessárias, ou ainda fazer com que • Todos os ocupantes do veículo devem
o conjunto do cinto de segurança não usar o cinto de segurança. As crianças
seja ajustado corretamente. devem estar acomodadas em sistemas
• Os cintos de segurança devem ser de proteção infantil apropriados, insta-
ajustados o mais firme e confortavel- lados no banco traseiro.
mente possível, para propiciar a pro-
teção para a qual foram projetados. Um
cinto com folga irá reduzir a eficiência
SSS0016 do sistema de proteção.

1-6

MP Frontier_seção 1.pmd 6 15/1/2013, 14:58


• Nunca transporte no veículo mais pes- • A remoção e instalação dos componen-
soas do que o número de cintos de se- tes do sistema do pré-tensionador do
gurança disponíveis. cinto de segurança, devem ser efetua-
• Todos os componentes dos cintos, in- dos em uma concessionária NISSAN.
cluindo os mecanismos de retração e • Se a luz de advertência do cinto de se-
fixação, devem ser inspecionados após gurança se acender com a ignição li-
qualquer colisão, em sua concessioná- gada e com todas as portas fechadas
ria NISSAN. A NISSAN orienta que to- e todos os cintos de segurança afive-
dos os conjuntos de cintos de segu- lados, isto pode significar uma falha
rança que estavam sendo usados du- no sistema. Neste caso, o sistema de-
verá ser inspecionado em uma con-
rante uma colisão sejam substituídos,
cessionária NISSAN.
por menor que tenha sido a colisão e
mesmo que os cintos não apresentem • Assegure-se de observar os cuidados
danos e continuem funcionando nor- abaixo quando estiver utilizando o cin- SSS0099

malmente. Os cintos de segurança que to de segurança. A não observância


não estavam sendo usados durante a destas recomendações poderá aumen- SEGURANÇA DAS CRIANÇAS
colisão também devem ser inspecio- tar a possibilidade e/ou gravidade de
ferimentos e/ou danos em caso de aci- As crianças precisam do auxílio dos adul-
nados e substituídos, caso seja obser- tos para se protegerem. Elas precisam es-
vado qualquer dano ou problema de dente.
tar sentadas corretamente e com o cinto
funcionamento. • Sempre posicione o cinto diagonal
de segurança afivelado.
• Caso o pré-tensionador do cinto de se- sobre o seu ombro e cruzando o tó-
rax. Nunca passe o cinto abaixo de A proteção adequada depende do tamanho
gurança tenha sido ativado, o mesmo
seu braço. Podem ocorrer ferimentos da criança. Crianças até um ano de idade e
não poderá ser reutilizado. Ele deverá
graves se o cinto não estiver sendo com peso inferior a 9 kg precisam ser colo-
ser substituído juntamente com o re-
usado de forma apropriada. cadas em sistemas de proteção para crian-
trator. Verifique o sistema em uma
concessionária NISSAN. • Posicione o cinto abdominal o mais ças voltados para trás e instalados no ban-
baixo possível AO REDOR DOS QUA- co traseiro. Para crianças maiores, existem
DRIS E NÃO DA CINTURA. os dispositivos de proteção para crianças
voltados para a frente que devem ser insta-
lados no banco traseiro.

1-7

MP Frontier_seção 1.pmd 7 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO: Nos termos da legislação de trânsito bra- Crianças
• Nunca instale um protetor para crian- sileira, os dispositivos de proteção para
crianças devem ser instalados correta- Crianças maiores devem ser acomodadas
ças no banco do passageiro dianteiro. em sistemas de proteção infantil, devem fi-
Se o air bag inflar, poderá ferir grave- mente no banco traseiro do veículo. As
car sentadas e protegidas pelos cintos de
mente ou causar a morte da criança. estatísticas de acidentes mostram que as
segurança do veículo.
Protetores para crianças somente de- crianças estão mais seguras quando os
dispositivos de proteção são instalados As crianças devem ser acomodadas no ban-
vem ser instalados no banco traseiro.
no banco traseiro do que no banco dian- co traseiro. Nos termos da legislação de trân-
• Bebês e crianças precisam de prote- sito brasileira, os dispositivos de proteção
teiro.
ção especial. Os cintos de segurança para crianças devem ser instalados correta-
do veículo podem não se ajustar ade- Isto é especialmente importante porque
mente no banco traseiro do veículo.
quadamente. O cinto diagonal poderá seu veículo possui sistema complemen-
ficar muito próximo do rosto ou do tar de proteção (sistema de air bag) para ATENÇÃO:
pescoço. O cinto subabdominal pode os passageiros dianteiros. Veja “Sistema
Nunca permita que uma criança fique de
não se ajustar sobre os quadris peque- Complementar de Proteção” para maio-
pé ou ajoelhada sobre os bancos ou no
nos das crianças. Em caso de aciden- res detalhes.
compartimento de carga, enquanto o veí-
te, um cinto de segurança mal ajusta- culo estiver em movimento.
do pode causar ferimentos graves ou
fatais. Use sempre sistemas de prote-
Bebês e crianças pequenas
ção adequados. Bebês e crianças pequenas devem ser aco-
modados em sistemas de proteção infantil.
É obrigatório o uso de sistemas de prote-
De acordo com as estatísticas de aciden-
ção para crianças que sejam aprovados pelo
tes, as crianças estão mais seguras quan-
Inmetro. Além disso, existem muitos tipos de
do estão corretamente acomodadas nos
sistemas de proteção para crianças maio-
bancos traseiros do que no banco dianteiro.
res que podem ser utilizados.
Consulte “Sistema de Proteção Infantil”,
mais adiante, nesta seção. Você deve esco-
lher um sistema que seja compatível com o
seu veículo; sempre observe as instruções
de uso e instalação determinadas pelo fa-
bricante.

1-8

MP Frontier_seção 1.pmd 8 15/1/2013, 14:58


Mulheres grávidas
As mulheres grávidas devem usar o cinto
de segurança. Consulte seu médico, para
recomendações específicas. O cinto de se-
gurança deve ser bem ajustado; sempre co-
loque o cinto abdominal o mais baixo possí-
vel e circundando os quadris. Ajuste o cinto
no ombro e cruzando o peito. Jamais ajuste
o cinto abdominal / ombro sobre a região
abdominal.

Pessoas feridas
SSS0703 SSS0292
A Nissan orienta que pessoas feridas usem
o cinto de segurança. Verificar com o seu
médico as recomendações específicas. IDENTIFICAÇÃO DO CINTO DE CINTO DE TRÊS PONTOS
SEGURANÇA CENTRAL RETRÁTIL
(se equipado) Todas as pessoas que dirigem ou viajam no
veículo devem sempre utilizar o cinto de se-
Selecionando o conjunto correto do cinto gurança.
A fivela do cinto de segurança central tra- Colocando o cinto
seiro e a lingüeta estão identificadas pela
marca “Center” mostrada na ilustração. A lin- 1. Ajuste o banco. (Consulte “Bancos” an-
güeta do cinto de segurança central não teriormente nesta seção).
encaixa em fivelas diferentes, podendo ser ATENÇÃO:
encaixada apenas na respectiva fivela. O encosto não deve ser reclinado mais
do que o necessário para o conforto. Os
cintos de segurança são mais eficientes
quando o passageiro está corretamente
sentado e ereto no banco. Se o encosto
estiver muito reclinado, o risco de desli-
zar entre os cintos abdominais e ferir-se
será maior.
1-9

MP Frontier_seção 1.pmd 9 15/1/2013, 14:58


2. Puxe lentamente o cinto para fora do
retrator e encaixe a lingüeta na fivela até
travar.
CUIDADO:
O retrator foi projetado para travar duran-
te um impacto brusco. O lento movimen-
to de tração permitirá a movimentação do
cinto de segurança, permitindo também
sua movimentação no banco. O trava-
mento do retrator também poderá ocor-
rer quando o assento rebatido for
retornado para a posição vertical.
SSS0467 NPA096

3. Posicione o cinto abdominal abaixo do Ajuste de altura do cinto


quadril, conforme mostrado. diagonal (se equipado)
4. Puxe o cinto diagonal no sentido do
ATENÇÃO
retrator para eliminar a folga. Tenha cer-
teza de que o cinto está passando so- • O ajuste incorreto pode reduzir a efi-
bre seu ombro e ajustado ao seu tórax. ciência do sistema e aumentar a chance
ou a severidade de danos e/ou feri-
ATENÇÃO: mentos em um acidente.
• O cinto de segurança deve ficar • O cinto de segurança deve apoiar-se
apoiado na metade do ombro, não de- no meio do ombro. Não deve ficar
vendo ficar sobre o pescoço. apoiado contra o pescoço.
• Certifique-se de que o cinto de segu- • Verifique se o cinto de segurança não
rança não esteja torcido. está torcido.
• Após o ajuste, verifique se a fixação
está firmemente ajustada na posição
correta, movendo o conjunto do cinto
de segurança para cima e para baixo.
1-10

MP Frontier_seção 1.pmd 10 15/1/2013, 14:58


O cinto de segurança deve ficar posicionado Para soltar os cintos de Verificando o funcionamento
distante da sua face, porém sem cair no seu segurança dos cintos de segurança
ombro.
Para soltar o cinto de segurança, aperte o Os retratores dos cintos de segurança fo-
A altura da fixação do cinto diagonal deve
botão na fivela. O cinto será automaticamen- ram projetados para travar o movimento dos
ser ajustada de acordo com a posição mais
te retraído. mesmos em duas situações:
confortável. (Consulte “Precauções no Uso
do Cinto de Segurança”, no começo desta • Quando o cinto for puxado rapidamente
seção.) do retrator.
Para ajustar, pressione o botão de ajuste A • Quando houver uma diminuição muito rá-
e mova a fixação do cinto diagonal para a pida da velocidade do veículo.
posição desejada, de maneira que o cinto Para aumentar a sua confiança nos cintos
passe sobre a parte central do ombro. Libe- de segurança, verifique o seu funcionamento
re o botão de ajuste para travar a fixação do como segue:
cinto diagonal na posição correta.
Segure o cinto diagonal e puxe-o rapidamen-
te para frente. O retrator deverá travar, res-
tringindo qualquer movimento adicional do
cinto.
Caso o retrator não trave durante estas veri-
ficações, ou caso você tenha alguma per-
gunta sobre o funcionamento dos cintos de
segurança, consulte uma concessionária
NISSAN.

1-11

MP Frontier_seção 1.pmd 11 15/1/2013, 14:58


SSS0448 SSS0541 SSS0450

Cintos de segurança de dois 2. Ajuste a medida do cinto. Para encurtar 3. Posicione o cinto abdominal abaixo do
pontos (se equipado) o cinto, puxe a tira superior que sai da quadril, conforme mostrado.
lingüeta, conforme ilustrado 1. Para soltar o cinto, pressione o botão na
Ajuste do cinto
Para aumentar a folga, segure a lingüe- fivela.
ATENÇÃO: ta e puxe a tira inferior, conforme ilustra-
do 2.
• O encosto do banco não deve ser re-
clinado mais do que a posição de con-
forto do ocupante.
• Os cintos de segurança são muito
mais efetivos quando os ocupantes se
sentam eretos e bem encostados no
encosto do banco.
1. Insira a lingüeta na fivela até você ouvir
e sentir o ruído de travamento.

1-12

MP Frontier_seção 1.pmd 12 15/1/2013, 14:58


MANUTENÇÃO DO CINTO DE SEGURANÇA

• Para limpar o cinto de segurança, use


um detergente neutro ou algum outro
produto recomendado para limpeza de
estofamentos e carpetes. A seguir, es-
cove-os e enxugue-os com um pano e
deixe secar a sombra. Não deixe que o
cinto retraia até que estejam completa-
mente secos.
• Se a sujeira acumular na guia do cin-
to diagonal, o cinto poderá retrair-se len-
tamente. Limpe a guia do cinto diagonal
com um pano limpo e seco.
SSS0808 • Verifique periodicamente os compo-
nentes do conjunto do cinto de segu-
Fixador do cinto de segurança rança, tais como fivelas, lingüetas, re-
tratores, fios flexíveis e fixações quanto
(se equipado) ao funcionamento correto. Se peças sol-
Caso seu veículo seja equipado com o tas, deterioração ou danos nos cintos
fixador do cinto de segurança 1, no assen- forem encontrados, o conjunto comple-
to dianteiro, passe a cinta através do supor- to do cinto de segurança deverá ser
te conforme ilustrado, para prevenir que o substituído.
conjunto do cinto de segurança caia no as-
soalho do veículo.

1-13

MP Frontier_seção 1.pmd 13 15/1/2013, 14:58


SISTEMAS DE PROTEÇÃO INFANTIL

ATENÇÃO: Vários fabricantes oferecem sistemas de


• Bebês e crianças pequenas nunca de- proteção infantil, projetados especialmente
vem ser carregados no colo. Nem para bebês e crianças pequenas. Ao esco-
mesmo pessoas adultas fortes pode- lher um sistema de proteção infantil, consi-
rão suportar os esforços causados dere os seguintes pontos:
por um acidente. As crianças pode- • Escolha um sistema de proteção infantil
rão ser esmagadas entre o corpo do que esteja de acordo com as mais recen-
adulto e partes do veículo. Da mesma tes normas de segurança brasileiras e
forma, não use o mesmo cinto de se- aprovadas pelo Inmetro.
gurança envolvendo você e a crian- • Acomode a criança no sistema de pro-
ça. Geralmente, os sistemas de pro- teção infantil e verifique os diversos ajus-
teção infantil são projetados para que tes para certificar-se de que se adaptam
SSS0099
sejam instalados com o cinto abdo- à criança. Siga sempre todas as reco-
minal e com cinto de segurança de mendações.
três pontos. • Verifique se o sistema de proteção in-
PRECAUÇÕES AO UTILIZAR • As crianças devem ser acomodadas fantil é compatível com o sistema do cinto
UM SISTEMA DE PROTEÇÃO no banco traseiro. As estatísticas de de segurança do seu veículo.
INFANTIL acidentes mostram que as crianças
Ao viajar no veículo, bebês e crianças pe- adequadamente acomodadas no ban-
quenas devem ser sempre acomodados em co traseiro estão mais seguras do que
sistemas de proteção infantil apropriados. no banco dianteiro.
• Um sistema de proteção infantil ina-
dequadamente instalado poderá cau-
sar ferimentos graves em caso de aci-
dente.

1-14

MP Frontier_seção 1.pmd 14 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO: • Após fixar o sistema de proteção in- • Caso o sistema de proteção infantil
• Nunca instale no banco do passagei- fantil, teste-o antes de acomodar a disponha de um grampo de trava-
ro dianteiro um sistema de proteção criança. Movimente-o para todos os mento, assegure-se de que o mesmo
infantil. lados. Tente puxá-lo para frente e ve- esteja firmemente fixado ao cinto.
rifique se o cinto o mantém na posi- Caso este grampo de travamento não
• Siga todas as recomendações de ins-
ção correta. Caso o sistema de prote- seja utilizado, poderão ocorrer feri-
talação e uso determinadas pelo fabri-
ção infantil não esteja firmemente ins- mentos à criança em virtude do des-
cante do sistema de proteção infantil.
talado, aperte o cinto conforme neces- locamento do sistema durante uma
Ao comprar um sistema de proteção
sário, ou então coloque-o em outro frenagem normal ou ao fazer curvas.
infantil, assegure-se de selecionar
banco e teste-o novamente. • Não permita que bebês ou crianças
aquele que seja apropriado tanto à
• Caso o sistema de proteção infantil pequenas sejam acomodados no ban-
criança como ao veículo, pois existem
não esteja corretamente fixado, o ris- co do passageiro dianteiro, pois caso
alguns tipos de sistemas de proteção
co da criança ser ferida em uma coli- o air bag seja acionado durante uma
infantil que não se adequam ao seu
são ou frenagem brusca aumentará colisão, a criança poderá sofrer feri-
veículo.
consideravelmente. mentos graves.
• A utilização imprópria do sistema de • Se o sistema de proteção infantil es-
proteção infantil pode aumentar os tiver posicionado para frente do veí- CUIDADO:
ferimentos, tanto em bebês como em culo em um banco equipado com cin- Lembre se de que um sistema de prote-
crianças pequenas, bem como aos de- to de segurança de três pontos, certi-
mais ocupantes do veículo. ção infantil deixado num veículo fecha-
fique-se de que o cinto diagonal não do ficará muito quente. Verifique a tem-
• Quando o sistema de proteção infantil esteja passando sobre o rosto ou pes- peratura do assento e das fivelas antes
não estiver em uso, mantenha-o fixa- coço da criança. Caso isto esteja
do com o cinto de segurança, a fim de de acomodar a criança no sistema de pro-
acontecendo, posicione o cinto
evitar que seja deslocado para frente teção infantil.
diagonal, atrás do sistema de prote-
em caso de frenagem brusca ou aci- ção infantil.
dente. Lembre-se que o sistema de
proteção infantil deixado no interior do
veículo pode ficar muito quente. Veri-
fique a superfície do assento e as five-
las antes de acomodar a criança no
sistema de proteção infantil.

1-15

MP Frontier_seção 1.pmd 15 15/1/2013, 14:58


SSS0374A SSS0512 SSS0513

Banco lateral traseiro Banco central traseiro

INSTALAÇÃO DO SISTEMA Voltado para frente 3. Para evitar folga no cinto subabdominal,
DE PROTEÇÃO INFANTIL será necessário segurar o cinto diagonal
Ao instalar um sistema de proteção infantil no local, através do grampo de trava-
NOS BANCOS TRASEIROS voltado para frente no banco lateral traseiro mento A. Utilize o grampo de travamento
ou central, siga estas etapas: fixado no sistema de proteção infantil ou
ATENÇÃO:
1. Posicione o sistema de proteção infantil outro similar em tamanho e resistência.
• A NISSAN orienta que os sistemas de
voltado para frente no banco traseiro. Certifique-se de observar as instruções
proteção infantil sejam instalados em do fabricante de sistemas de proteção in-
assentos que possuem cintos de se- Sempre observe as instruções do fabri-
cante do sistema de proteção infantil, fantil, ao efetuar o encaminhamento do
gurança de três pontos. cinto de segurança.
quanto à sua instalação e uso.
• O posicionamento do sistema de pro- 4. Teste o sistema de proteção infantil an-
2. Passe a lingüeta do cinto de segurança
teção infantil depende do tipo de sis- tes de acomodar a criança. Mova-o de um
pelo sistema de proteção infantil, encai-
tema empregado, bem como do tama- lado para o outro. Tente puxá-lo para fren-
xando-o na fivela até ouvir um estalido
nho da criança. de encaixe. te, comprovando se está firmemente fi-
xado.
5. Certifique-se de que o sistema de prote-
ção infantil está firmemente fixado an-
tes de cada uso.
1-16

MP Frontier_seção 1.pmd 16 15/1/2013, 14:58


SSS0514 SSS0497 SSS0513
Banco central traseiro Banco lateral traseiro

Voltado para trás 2. Passe a lingüeta do cinto de segurança 3. Para evitar folga no cinto subabdominal,
pelo sistema de proteção infantil, encai- será necessário segurar o cinto diagonal
Ao instalar o sistema de proteção infantil vol- xando-a na fivela até ouvir um estalido no local, através do grampo de travamen-
tado para trás nos bancos traseiros laterais de encaixe. to A. Utilize o grampo de travamento fi-
ou central, siga estas etapas: xado no sistema de proteção infantil ou
1. Posicione o sistema de proteção infantil outro similar em tamanho e resistência.
voltado para trás no banco traseiro. Certifique-se de observar as instruções
Sempre observe as instruções do fabri- do fabricante de sistemas de proteção in-
cante do sistema de proteção infantil, fantil, ao efetuar o encaminhamento do
quanto à sua instalação e uso. cinto de segurança.
4. Teste o sistema de proteção infantil an-
tes de acomodar a criança. Mova-o de
um lado para o outro. Tente puxá-lo para
frente, comprovando se está firmemen-
te fixado.
5. Certifique-se de que o sistema de pro-
teção infantil está firmemente fixado an-
tes de cada uso.
1-17

MP Frontier_seção 1.pmd 17 15/1/2013, 14:58


PRECAUÇÕES PARA O SISTEMA COMPLEMENTAR DE PROTEÇÃO (SRS)
(se equipado)
As informações descritas nesta seção so- O SRS foi projetado para complementar a ATENÇÃO:
bre o Sistema Complementar de Proteção proteção do cinto de segurança do motoris- Air bags do motorista e do passageiro
(SRS) referem-se a pontos importantes do ta e passageiro em caso de acidente e não dianteiro
sistema de air bag instalado para o motoris- para substituí-los. O cinto de segurança deve
ser usado corretamente e tanto o motorista • O sistema air bag não será inflado em
ta e passageiro dianteiro e sistema do pré-
quanto o passageiro dianteiro devem estar caso de uma colisão lateral, impacto
tensionador do cinto de segurança.
sentados a uma distância apropriada do traseiro, capotagem ou pequena coli-
Sistema complementar de impacto frontal: são frontal. Sempre utilize o cinto de
Air bag volante de direção, painel de instrumentos,
e acabamentos da porta dianteira. Quanto segurança, pois ajuda a reduzir o ris-
Sistema de air bag dianteiro: Este sistema a informações adicionais, consulte “Cintos co ou a gravidade de um ferimento em
ajuda a reduzir as forças de impacto no de Segurança”, anteriormente nesta seção. vários tipos de acidentes.
motorista e passageiro dianteiro, na região • Os cintos de segurança e o sistema
da face e do tórax, em determinados tipos Quando a chave de ignição for colocada
air bag são mais eficientes quando
de colisões frontais. na posição “ON” ou “START”, a luz de ad-
você está sentado de maneira ereta e
vertência do air bag se acenderá e se
bem encostado no banco. O sistema
apagará após aproximadamente 7 segun-
air bag infla com uma grande força.
dos, se o sistema estiver funcionando
Se você não estiver usando o cinto
corretamente. Consulte “Luzes de Adver-
de segurança, se estiver inclinado
tência / Indicadoras e Alarmes Sonoros”,
para frente, sentado de lado ou fora
na seção 2. Instrumentos e Controles,
da posição normal, você estará cor-
quanto a outros detalhes.
rendo um grande risco de ferir-se gra-
O air bag somente funcionará quando o vemente numa colisão. Poderá tam-
interruptor de ignição estiver na posição bém sofrer ferimentos graves ou fa-
“ON” ou “START”. tais, se você estiver próximo ao air
bag quando o mesmo for ativado.

1-18

MP Frontier_seção 1.pmd 18 15/1/2013, 14:58


SSS0131 SSS0006

SSS0132 SSS0007

1-19

MP Frontier_seção 1.pmd 19 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO:
• Nunca permita que crianças viajem
sem o cinto de segurança ou com as
mãos ou rosto para fora das janelas.
Não tente segurá-las no seu colo, ou
nos braços. Alguns exemplos de po-
sições perigosas para viajar são mos-
trados nas figuras ao lado.
• Crianças podem se ferir gravemente
ou morrer quando o air bag dianteiro
for inflado, caso não estiverem com o
cinto de segurança. Pré-adolescentes
SSS0008 SSS0099 e crianças devem ser acomodados no
banco traseiro.
• Da mesma forma, jamais instale o sis-
tema de proteção infantil no banco
dianteiro. Caso o air bag dianteiro seja
inflado, a criança poderá ser ferida
gravemente, ou mesmo morrer. Quan-
to a informações adicionais, consul-
te “Sistemas de Proteção Infantil”,
mais adiante nesta seção.

SSS0009 SSS0100

1-20

MP Frontier_seção 1.pmd 20 15/1/2013, 14:58


Sistema de pré-tensionadores SRS air bag:
do cinto de segurança A etiqueta de advertência 1 está localiza-
(se equipado) da no pára-sol do passageiro.
O sistema de pré-tensionadores dos cin-
tos de segurança é ativado em conjunto
com o sistema complementar de impacto
frontal air bag. Através do retrator do cinto
de segurança e a sua ancoragem, o siste-
ma aperta o cinto no momento em que o
veículo é envolvido em certos tipos de coli-
sões, auxiliando a manter os ocupantes no
banco dianteiro. Consulte “Sistema de Pré-
tensionador do Cinto de Segurança (se
equipado)” nesta seção.
Etiquetas de advertência do
sistema air bag (se equipado)
Etiquetas de advertência sobre o sistema
suplementar air bag estão localizadas no
veículo, conforme indicado na ilustração.

1-21

MP Frontier_seção 1.pmd 21 15/1/2013, 14:58


LUZ DE ADVERTÊNCIA DO AIR BAG (se equipado)

A luz de advertência do air bag se apagará


após 7 segundos, se o sistema de air bag
estiver funcionando adequadamente.

Ocorrendo alguma das condições a seguir,


o sistema de air bag dianteiro, bem como o
pré-tensionador do cinto de segurança, de-
verão ser inspecionados, devendo o veícu-
lo ser levado à concessionária NISSAN mais
próxima.
• A luz de advertência do air bag perma-
nece acesa após aproximadamente 7 se-
SPA1097
gundos.
• A luz de advertência do air bag pisca in-
A luz de advertência do SRS air bag, exibi- termitentemente.
da no painel de instrumentos, monitora • A luz do air bag não se acende.
os circuitos do air bag dianteiro, bem como
o sistema do pré-tensionador do cinto de se- Nestas condições, os air bags dianteiros, e/
gurança. Os circuitos monitorados pela luz ou o pré-tensionador do cinto de segurança
de advertência do air bag são: todos os sen- não irão funcionar adequadamente. Eles de-
sores, módulos do air bag e todos os respec- verão ser inspecionados e reparados por
tivos cabos de conexão, bem como o pré- uma concessionária Nissan o mais rápido
tensionador do cinto de segurança. possível.
Após ligar a chave de ignição, posição “ON”,
a luz de advertência SRS do air bag se acen-
derá.

1-22

MP Frontier_seção 1.pmd 22 15/1/2013, 14:58


1. Unidade de diagnóstico e sensor
2. Módulos do air bag dianteiro
3. Retratores dos pré-tensionadores

ATENÇÃO:
• Logo após o enchimento, muitos com-
ponentes do sistema de air bag fica-
rão quentes. Não toque nestes com-
ponentes, pois você poderá sofrer
graves queimaduras.
• Não deve ser feita nenhuma substi-
tuição de componentes ou ligações
do sistema de air bag. Isto irá evitar o
acionamento acidental do air bag,
bem como danos no seu funciona-
mento.
• Modificações no sistema de air bag
podem causar graves ferimentos.
Neste caso, estão incluídos a troca ou
alteração do volante de direção, co-
locação de materiais sobre a almofa-
da do volante, ou a instalação de
materiais decorativos ao redor do sis-
tema de air bag.
• Não coloque objetos na almofada do
volante de direção ou no painel de ins-
trumentos. Também não coloque ne-
nhum objeto entre os ocupantes e o
volante de direção ou o painel de ins-
trumentos. Estes objetos podem se
SSS0715
tornar perigosos e causar ferimentos
quando o air bag for acionado.
1-23

MP Frontier_seção 1.pmd 23 15/1/2013, 14:58


• Serviços no sistema de air bag (ou pró- Air bags dianteiros: O sistema air bag do Quando o air bag dianteiro for inflado, será
ximos a ele) devem ser realizados por motorista está localizado no centro do volan- ouvido um ruído bastante forte, acompanha-
uma concessionária NISSAN. A insta- te de direção; o air bag do passageiro dian- do da liberação de fumaça. Esta fumaça não
lação de equipamentos elétricos tam- teiro está localizado no painel sobre o porta- é perigosa, e não significa um incêndio. En-
bém deverá ser realizada por uma con- luvas. O sistema de air bag foi projetado para tretanto, deve-se tomar cuidado a fim de
cessionária NISSAN. Os chicotes SRS inflar no caso de colisões frontais altamente evitar que seja inalada, pois poderá provo-
amarelos não devem ser modificados severas, embora possam ser inflados caso car irritação e problemas respiratórios. Pes-
ou desconectados. Não deverão ser uti- forças de outros tipos de colisões forem si- soas com históricos de problemas respira-
lizados equipamentos de teste elétrico, milares àquelas de alta gravidade. tórios, devem ser levadas rapidamente para
ou dispositivos de prova não autoriza- Os air bags não serão inflados em determi- locais ventilados.
dos no sistema de air bag. nadas colisões frontais. Não se deve imagi-
• Os chicotes elétricos SRS são reco- nar que um air bag irá ser ativado em fun-
bertos por um isolamento amarelo e/ ção da condução do veículo.
ou laranja exatamente antes das co-
nexões do chicote ou o chicote com-
pleto, para facilitar a identificação.

1-24

MP Frontier_seção 1.pmd 24 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DO PRÉ-TENSIONADOR DO CINTO DE SEGURANÇA (se equipado)

ATENÇÃO: • Serviços no sistema do pré-tensio- Quando o sistema pré-tensionador é acio-


• O pré-tensionador do cinto de segu- nador (ou próximos a ele), devem ser nado, um pouco de fumaça é liberada jun-
rança não poderá ser reutilizado após realizados por uma concessionária tamente com um ruído forte. A fumaça não
NISSAN. A instalação de equipamen- é prejudicial, mas deve ser evitada, pois caso
a sua ativação. Ele deverá ser substi-
tos elétricos também deverá ser reali- seja inalada poderá causar irritação e difi-
tuído juntamente com o retrator, como
zada por uma concessionária NISSAN. culdade de respiração.
um conjunto. Não deverão ser utilizados equipamen- Ao vender o veículo, informe o novo proprie-
• Caso o veículo seja envolvido em uma tos de teste elétrico, ou mesmo dispo- tário sobre o sistema de pré-tensionador do
colisão frontal, mas o pré-tensionador sitivos de prova não autorizados no cinto de segurança; indique ao novo compra-
não tenha sido ativado, o sistema do sistema de pré-tensionador do cinto de dor as seções apropriadas do Manual do Pro-
pré-tensionador deverá ser inspecio- segurança. prietário.
nado e, se necessário, substituído por
• Caso o sistema de pré-tensionador
uma concessionária NISSAN.
seja inutilizado ou caso o veículo seja
• Alterações não autorizadas não devem sucateado, procure uma concessioná-
ser efetuadas nos componentes ou ria NISSAN. Procedimentos ina-
chicote do sistema do pré-tensionador dequados poderão causar ferimentos
do cinto de segurança. Isto evitará a graves.
ativação inadvertida do pré-tensiona- O sistema do pré-tensionador do banco dian-
dor do cinto de segurança, bem como teiro é ativado juntamente com o sistema do
danos no funcionamento do pré-ten- air bag dianteiro. Ele ajuda a ajustar o cinto
sionador do cinto de segurança. Adul- de segurança quando o veículo for envolvido
terar o sistema de pré-tensionador do em determinados tipos de colisão, manten-
cinto de segurança poderá resultar em do o ocupante firmemente na posição.
ferimentos graves. O pré-tensionador está localizado na mes-
ma carcaça do retrator do cinto de segu-
rança. Estes cintos de segurança são
utilizados da mesma forma que os cintos
convencionais.

1-25

MP Frontier_seção 1.pmd 25 15/1/2013, 14:58


Procedimento para reparo e ATENÇÃO:
substituição • Uma vez que o air bag tenha sido in-
O sistema de air bag dianteiro, bem como o flado, o módulo do air bag não funcio-
pré-tensionador do cinto de segurança, fo- nará novamente e deverá ser substi-
ram projetados para acionar basicamente tuído. O módulo do air bag deve ser
uma única vez. Como alerta de que o siste- substituído em uma concessionária
ma está danificado, a luz de advertência per- NISSAN. O módulo do air bag não
manecerá acesa após a ativação ter ocorri- pode ser reparado.
do. O reparo e a substituição do sistema de • O serviço de manutenção do sistema
air bag devem ser feitos em uma conces- de air bag deve ser executado em uma
sionária NISSAN. concessionária NISSAN, caso ocorra
Quando for necessário realizar um trabalho algum dano na parte frontal do veículo.
de manutenção no veículo, o sistema de air • Ao vender o seu veículo, solicitamos
bag, as respectivas peças e o pré-tensio- que informe ao comprador sobre o
nador do cinto de segurança devem ser sistema de air bag, recomendando a
atentamente examinados pelo funcionário leitura das respectivas seções deste
responsável pela manutenção. A chave de Manual do Proprietário.
ignição sempre deve ser colocada na posi- • Se você precisar inutilizar o air bag
ção “LOCK” quando for realizado um servi- ou sucatear o veículo, consulte uma
ço no compartimento do motor ou no inte- concessionária NISSAN. A inutiliza-
rior do veículo. ção inadequada pode causar ferimen-
tos graves.

1-26

MP Frontier_seção 1.pmd 26 15/1/2013, 14:58


2 Instrumentos e controles
Painel de instrumentos e controles ......................... 2-2 Interruptor do indicador de direção ...................... 2-22
Indicadores e medidores .......................................... 2-3 Indicador de direção ........................................... 2-22
Velocímetro e hodômetro ......................................... 2-4 Interruptor das luzes de neblina ............................ 2-22
Relógio digital (se equipado) ............................... 2-5 Interruptor do limpador e do lavador ........................ 2-23
Computador de bordo .......................................... 2-5 Interruptor do limpador e do lavador do
para-brisa ............................................................. 2-23
2
Controle da intensidade de iluminação do
painel de instrumentos (se equipado) ................ 2-6 Interruptor do desembaçador (se equipado) ....... 2-23
Indicador do modo de tração nas quatro rodas Interruptor das luzes de advertência .................... 2-24
(4WD) (modelos equipados com 4WD) ............... 2-6 Buzina ....................................................................... 2-24
Informações sobre o nível de óleo do motor Interruptor do controle eletrônico
(se equipado) ......................................................... 2-6 de estabilidade (VDC) OFF ..................................... 2-24
Sistema de controle de óleo (OCS) Vidros ........................................................................ 2-25
(veículos a partir de 2012) .................................... 2-7 Vidros elétricos (se equipado) .......................... 2-25
Tacômetro ................................................................... 2-8 Vidro manual (se equipado) ............................... 2-26
Relógio digital (se equipado) ............................... 2-8 Tomada elétrica (se equipado) ............................... 2-27
Indicador de temperatura do líquido de Interface USB (se equipado) .............................. 2-27
arrefecimento do motor ........................................ 2-9
Cinzeiro e acendedor de cigarros (se equipado) . 2-28
Indicador de combustível ......................................... 2-9
Cinzeiro dianteiro ................................................ 2-28
Mostrador da bússola (se equipado) .................... 2-10
Cinzeiro traseiro .................................................. 2-28
Operação da bússola .......................................... 2-10
Acendedor de cigarros (se equipado) .............. 2-28
Luzes de advertência /
Indicadoras e alarmes sonoros ............................. 2-13 Armazenamento ....................................................... 2-29
Verificação das lâmpadas .................................. 2-13 Console central ................................................... 2-29
Luzes de advertência .......................................... 2-13 Porta-luvas ........................................................... 2-29
Luzes indicadoras ............................................... 2-17 Porta-copos (se equipado) ................................. 2-30
Alarmes sonoros ................................................. 2-20 Porta-óculos (se equipado) ............................... 2-30
Interruptor do farol e luzes indicadoras de Iluminação interna ................................................... 2-31
direção ...................................................................... 2-21 Luz do compartimento de passageiros ............ 2-31
Interruptor do farol ............................................. 2-21 Temporizador da iluminação interna
Interruptor de controle de regulagem do farol (se equipado) ....................................................... 2-31
(se equipado) ........................................................... 2-22 Luzes de leitura (se equipado) .......................... 2-32
Sistema de proteção de bateria ......................... 2-32

MP Frontier_seção 2.pmd 1 15/1/2013, 14:58


PAINEL DE INSTRUMENTOS E CONTROLES

1. Difusores de ar laterais (página 4-5)


Tipo A (Se aplicado) 2. Farol, farol de neblina (se equipado) e interruptor do
indicador de direção (página 2-21)
3. Volante de direção (tipo A)
5 6 7 8 9 7 10 25 1 – Air bag do motorista (se equipado) (página 1-24)
2
1 4 3 – Buzina (página 2-23)
– Sistema de direção hidráulica (página 5-32)
4. Interruptor do volante de direção para controle de áudio
(tipo A) (se equipado)(página 4-38)
5. Mostradores, medidores e luzes indicadoras /
Advertência (página 2-3)
6. Interruptor do lavador / limpador do para-brisa
(página 2-22)
7. Difusores centrais (página 4-5)
8. Sistema de áudio (se equipado) (página 4-14)
9. Controle do ar condicionado (página 4-6)
10. Air bag do passageiro dianteiro (se equipado)
(página 1-24)
11. Interruptor de controle de regulagem de altura do farol
(se equipado) (página 2-21)
12. Interruptor do controle eletrônico de estabilidade (VDC)
(se equipado) (página 2-23)
11 21
13. Interruptor de controle do espelho retrovisor externo
13 15 (se equipado) (página 3-20)
12 14 17
16 18
14. Interruptor de abertura da tampa de abastecimento
19 (página 3-17)
15. Alavanca de travamento da regulagem do volante de
22 20 direção (página 3-18)
16. Controle de velocidade (tipo A) (se equipado) (página 5-25)
17. Interruptor de ignição (página 5-5)
18. Interruptor das luzes de advertência (página 2-23)
19. Interruptor de mudança 4WD (se equipado) (página 5-21)
VOL

MODE POWER
20. Acendedor de cigarros (página 2-27) e tomada elétrica
ou entrada USB (se equipado) (páginas 2-26 e 2-26)
21. Porta-luvas (página 2-28)
22. Volante de direção (tipo B)
23. Interruptor do volante de direção para controle de áudio
23 24 (tipo B) (se equipado)(página 4-38)
24. Controle de velocidade (tipo B) (se equipado) (página 5-25)
25. Sensor de carga solar (se equipado) (página 4-13)
Tipo B (Se aplicado) TOP0001_D
Consulte o número de página indicado entre parênteses
quanto a detalhes de funcionamento.

2-2

MP Frontier_seção 2.pmd 2 15/1/2013, 14:58


INDICADORES E MEDIDORES

1. Luzes de advertência / indicadoras (página 2-23)


2. Tacômetro (página 2-7)
3. Velocímetro (página 2-4)
4. Indicador de temperatura do líquido de arrefe-
cimento do motor (página 2-7)
5. Botão de ajuste do relógio (página 2-7)
6. Relógio (se equipado) (página 2-7) / indicador de
temperatura externa (se equipado) / indicador do
modo 4WD (se equipado) (página 2-5)
7. Mostrador do hodômetro (página 2-4) / mostrador
do hodômetro parcial duplo (página 2-4) / posição
da alavanca seletora A/T (modelos equipados com
transmissão automática) / Computador de bordo
(página 2-5)
8. Botão de ajuste do hodômetro / controle da inten-
sidade de iluminação do painel de instrumentos
(se equipado) (página 2-5)
9. Indicador de combustível (página 2-8)

SIC3340

As luzes de advertência/indicadoras variam conforme o modelo do veículo. A ilustração poderá ser


diferente do modelo do seu veículo.

2-3

MP Frontier_seção 2.pmd 3 15/1/2013, 14:58


VELOCÍMETRO E HODÔMETRO

Hodômetro / Hodômetro parcial


duplo
O hodômetro marca a distância total já per-
corrida pelo veículo.
O hodômetro parcial duplo marca a distân-
cia de percursos individuais.
O hodômetro / hodômetro parcial duplo será
exibido 2 quando o interruptor de ignição
estiver na posição “ON”.

Com o hodômetro parcial duplo

Velocímetro Para mudar o mostrador:


O velocímetro 1 indica a velocidade do veí- Pressione o botão de ajuste A para alterar
culo (km/h). A resolução da escala no indi- o mostrador como segue:
cador varia de acordo com o modelo. TRIP A → TRIP B → Autonomia → Tempo
de viagem → Consumo médio → Velocidade
média → TRIP A

Para zerar o hodômetro parcial:


Ao pressionar o botão de ajuste A, por mais
de 1 segundo, o hodômetro parcial retornará
a zero.

2-4

MP Frontier_seção 2.pmd 4 15/1/2013, 14:58


Consumo médio de combustível
O modo consumo médio de combustível in-
dica uma média do consumo de combustí-
vel desde a última vez que foi zerado. A ajus-
tagem é feita ao pressionar o botão de mu-
dança A por aproximadamente 1 segundo.
Tempo de viagem (Ö)
O modo tempo de viagem indica o tempo
acumulado desde a última vez em que foi
zerado. Para ajustar novamente o modo tem-
po de viagem, pressione o botão de ajuste
do computador de bordo A por mais de 1
segundo.
Velocidade média
COMPUTADOR DE BORDO RELÓGIO DIGITAL (se equipado) O modo velocidade média indica uma mé-
Quando o interruptor de ignição estiver na O relógio digital exibe horas e minutos. Quan- dia de velocidade desde a última vez que
posição ON (Ligado), os modos do compu- do o interruptor de ignição estiver na posi- foi ajustado. Para ajustar novamente o modo
tador de bordo podem ser selecionados ao ção “ON”, o mostrador do relógio acenderá. velocidade, pressione o botão de ajuste do
pressionar o botão de mudança A locali- computador de bordo A por mais de 1 se-
zado no painel de instrumentos próximo ao A função do relógio do velocímetro registra gundo.
velocímetro. Os seguintes modos podem ser o tempo em funcionamento (tempo de via-
selecionados no mostrador B: gem) e é acumulativo.
• Consumo médio de combustível
• Autonomia
• Tempo de viagem
• Velocidade média

2-5

MP Frontier_seção 2.pmd 5 15/1/2013, 14:58


Autonomia CONTROLE DA INTENSIDADE INFORMAÇÕES SOBRE O
O modo autonomia fornece uma estimativa DE ILUMINAÇÃO DO PAINEL DE NÍVEL DE ÓLEO DO MOTOR (se
da distância a ser percorrida até o próximo INSTRUMENTOS (se equipado) equipado)
reabastecimento. A autonomia é calculada
automaticamente a partir do nível de com- Quando o interruptor das luzes é posiciona- Ao girar o interruptor de ignição para a posi-
bustível restante no tanque de combustível do em ou , é possível ajustar a ção “ON”, serão exibidos um símbolo de fer-
e o consumo instantâneo de combustível. luminosidade do painel de instrumentos, ramenta e a distância a ser percorrida até a
girando-se o botão 3 do hodômetro parcial próxima troca de óleo durante aproximada-
O modo autonomia inclui um indicador de
/ computador de bordo no sentido horário mente 5 segundos. Após 5 segundos a in-
advertência para pequena autonomia: quan-
(para aumentar a luminosidade) ou no sen- formação sobre o nível de óleo será comu-
do o nível do combustível estiver baixo, o
tido anti-horário (para reduzir a luminosi- tada para as informações, conforme segue:
modo é automaticamente selecionado e a
dade). O mostrador do hodômetro parcial / Oil Good: O nível de óleo é suficiente para
indicação de autonomia aparece piscando
computador de bordo fornece a indicação a condução do veículo.
no mostrador para chamar a atenção do
do nível de luminosidade.
motorista. Pressione o botão de mudança Oil Lo: O nível de óleo é baixo e necessita
de percurso do computador de bordo A se ser completado imediatamente.
você deseja voltar ao modo selecionado an-
INDICADOR DO MODO DE
teriormente à ocorrência do aviso. TRAÇÃO NAS QUATRO RODAS Ao pressionar o botão 3 (enquanto a men-
(4WD) (modelos equipados sagem “Oil Good” é exibida) a informação
Quando o nível do combustível abaixar ain-
detalhada do nível do óleo “o”, nível 5 a ní-
da mais, a indicação de autonomia mostra- com 4WD) vel 1 na tela será exibido.
rá (-----).
O indicador digital se acende no mostrador Caso a distância para a troca de óleo seja
Zerar o computador de bordo do velocímetro quando o interruptor de igni- excedida, um sinal negativo será exibido
Ao pressionar o botão de mudança por mais ção estiver na posição “ON” e a seguir, se antes da distância e o símbolo da ferramen-
de 3 segundos irá zerar todos os modos, apaga. A luz fornece uma indicação de po- ta irá piscar, para chamar sua atenção
exceto o Trip A e a autonomia. sição de mudança da caixa de transferên- quanto às ações necessárias.
cia. Consulte “Tração nas Quatro Rodas Consulte “Troca do Óleo do Motor”, na se-
(4WD)”, na seção 5. “Funcionamento e ope- ção 8. “Manutenção e Faça Você Mesmo”,
ração”, quanto a detalhes adicionais. quanto ao procedimento correto para a tro-
ca de óleo.

2-6

MP Frontier_seção 2.pmd 6 15/1/2013, 14:58


Indicador de troca de óleo Caso nenhuma ação adicional seja tomada, SISTEMA DE CONTROLE DE
o mostrador retornará para o modo hodô- ÓLEO (OCS) (veículos a partir de
Quando o veículo atingir 1.000 km o símbo- metro, e o novo intervalo será ajustado.
lo de ferramenta poderá ser exibido indican- 2012)
O ajuste do intervalo máximo da distância
do que é preciso fazer uma revisão.
é de 30.000 km (18.750 milhas) e o míni- Os novos motores YD25 são equipados com
A revisão de 1.000 km não é obrigatória. mo é de “0” (zero). Caso seja selecionado um sistema de controle de óleo lubrificante
Consulte o Manual de Garantia e Manuten- “0”, a função de programação de troca de (OCS). A degradação do óleo do motor é
ção para verificar o intervalo das distâncias óleo do motor será desabilitada; neste caso, calculada pela ECM em função do uso do
apropriadas para cada inspeção do seu não será exibido o símbolo da ferramenta, veículo (através de diversos parâmetros
veículo. nem tampouco a distância, ao ser ligada a como a quantidade de combustível injeta-
Para ajustar a distância, proceda conforme ignição. do, rotação do motor, temperatura do ar na
descrito em “Ajuste da programação para Para retornar o modo de ajuste de progra- admissão e temperatura do fluido de
troca de óleo”. mação de troca de óleo, pressione o botão arrefecimento).
de ajuste do hodômetro parcial / computa-
Ajuste da programação para Ao virar a chave do cilindro de ignição para
dor de bordo, por aproximadamente 3 se-
troca de óleo a posição “ON”, será informada no painel a
gundos, durante os primeiros 5 segundos
após ligar a ignição. A seguir, proceda con- quilometragem faltante para a próxima tro-
É possível ajustar o intervalo da distância ca de óleo.
para a troca de óleo; para isso, pressione o forme descrito anteriormente.
botão de ajuste do hodômetro parcial /com- Consulte o Manual de Garantia e Manuten- Uma mensagem de aviso prévio será mos-
putador de bordo por um período superior a ção quanto ao intervalo da distância apro- trada no painel quando restarem 1.500 km
3 segundos, enquanto o símbolo da ferra- priado para a troca de óleo. (ou menos) para a próxima troca.
menta e a distância até a troca de óleo esti- CUIDADO: Se o prazo ou distância para a troca de óleo
verem sendo exibidos. O símbolo e a dis- • O nível de óleo deve ser inspeciona- for ultrapassado, o painel mostrará uma
tância começarão a piscar e o mostrador irá do regularmente. O funcionamento do mensagem de alerta.
exibir o intervalo atual. Pressione o botão motor quando o óleo estiver abaixo A quilometragem do OCS deve ser
para alterar o intervalo de distância. Cada do nível normal, poderá danificar o reiniciada quando for realizada a troca de
etapa aumenta o intervalo da distância em motor e tais danos não estarão cober- óleo, de acordo com os seguintes passos:
500 km. tos pela garantia.
• A NISSAN orienta que o nível
de óleo seja inspecionado a cada
5.000 km (3.000 milhas).

2-7

MP Frontier_seção 2.pmd 7 15/1/2013, 14:58


TACÔMETRO

1. Dê a partida no motor; RELÓGIO DIGITAL (se equipado)


2. No momento em que o painel mostrar a O relógio digital exibe horas e minutos.
quilometragem para a próxima troca de Quando o interruptor de ignição estiver na
óleo, pressione os dois pinos de ajuste
posição “ON”, o mostrador do relógio acen-
do painel simultaneamente por 5 segun-
derá.
dos. Com isso, a contagem para a próxi-
ma troca será reiniciada. Para ajustar o horário
NOTA: Gire o botão de ajuste 2 no sentido
A mensagem de troca de óleo pode ser antihorário para avançar a hora.
mostrada no painel antes de o veículo Gire o botão de ajuste 2 no sentido horá-
percorrer 10.000 km da revisão ou se pas- rio para avançar os minutos.
sarem 12 meses, dependendo das con- Pressione o botão 2 para comutar entre o
SIC3524
dições de uso do veículo. Neste caso, modo 24 horas e o modo AM/PM no mos-
proceda com a troca de óleo. trador 3.
O tacômetro indica a rotação do motor em
rotações por minuto (rpm). Não deixe que o Caso a fonte de alimentação seja
motor funcione na faixa vermelha 1 . desconectada, o relógio começará a funci-
onar no horário 12:00 no modo AM/PM.
CUIDADO: Ajuste o relógio.
Quando a rotação do motor se aproxima
da faixa vermelha, troque a marcha para
uma marcha superior. O funcionamento
do motor na faixa vermelha pode causar
sérios danos ao mesmo.

2-8

MP Frontier_seção 2.pmd 8 15/1/2013, 14:58


INDICADOR DE
COMBUSTÍVEL
CUIDADO:
Caso o medidor indique uma temperatu-
ra acima da faixa normal, pare o veículo
o mais rapidamente possível. Caso o
motor esteja superaquecido e o veículo
continue em operação, o motor poderá
ser seriamente danificado. Consulte “Su-
peraquecimento do Motor” na seção 6.
“Em caso de emergência”, quanto aos
procedimentos imediatos.

ATENÇÃO:
NIC913 Deixe que o motor esfrie antes de remo- NIC914
ver a tampa do radiador, para evitar que
os líquidos em ebulição sejam expelidos. 1 Luz indicadora de nível de combustível
INDICADOR DE TEMPERATURA baixo (se equipado)
DO LÍQUIDO DE O ponteiro do indicador foi projetado para mo-
ARREFECIMENTO DO MOTOR ver-se para a posição “vazio”, quando a igni-
Este indicador mostra a temperatura do lí- ção for desligada.
quido de arrefecimento do motor. A tempe- O símbolo indica que a tampa de abas-
ratura do líquido de arrefecimento deve per- tecimento de combustível está localizada ao
manecer na faixa normal 1. lado esquerdo do veículo.
A temperatura do líquido de arrefecimento
do motor varia de acordo com a temperatu-
ra do ar externo e com as condições de con-
dução.

2-9

MP Frontier_seção 2.pmd 9 15/1/2013, 14:58


MOSTRADOR DA BÚSSOLA (se equipado)

NOTA: OPERAÇÃO DA BÚSSOLA


A luz indicadora de nível de combustível
Para acionar a bússola, proceda conforme
baixo 1 (se equipado) acende-se quan-
segue:
do o nível do tanque estiver baixo. Abas-
teça o mais rápido possível, de preferên- 1. Pressione e solte o interruptor 1 menos
cia antes que o indicador atinja o nível de 3 segundos para alternar o mostrador de
“vazio”. Existe uma pequena reserva de direção ON e OFF.
combustível no tanque, quando o pontei- 2. Se o mostrador 2 estiver exibindo “C”,
ro atinge o nível “vazio”. calibre a bússola, fazendo o veículo com-
pletar um círculo completo (360°) a 8 km/h
CUIDADO:
(5 mph) ou menos até que o mostrador indi-
Reabasteça o tanque antes que o indicador que uma direção. A bússola também pode-
de combustível esteja indicando “vazio”. rá ser calibrada através da condução diária
NIC1113
do veículo. A bússola estará calibrada quan-
1 Interruptor ON/OFF do tiver completado um círculo.
2 Mostrador de direção
Esta unidade mede o magnetismo da terra
e indica a direção do veículo em 2:
N: Norte
E: Leste
S: Sul
W: Oeste

2-10

MP Frontier_seção 2.pmd 10 15/1/2013, 14:58


SIC0971
Tabela da área de declinação magnética

2-11

MP Frontier_seção 2.pmd 11 15/1/2013, 14:58


Direção imprecisa da bússola Recalibração da bússola CUIDADO
Se a direção da bússola estiver incorreta, Para recalibrar a bússola, proceda confor- • Não instale pranchas de esqui, ante-
proceda conforme segue: me segue: nas, etc. que sejam fixados ao veícu-
lo através de ímãs. Isto poderá afetar
1. Com o mostrador de direção ligado, pres- 1. Para ajustar a bússola no modo de
a operação da bússola. Poderá ser ne-
sione o botão 1 durante 6 segundos, até calibração, pressione e mantenha pres-
cessário repetir o procedimento da
que a informação de seleção de zona sionado o botão 1 durante 9 segundos
calibração após a instalação de tais
apareça (um número será apresentado) até que "C" apareça no mostrador 2.
itens, em virtude de alterações na pro-
no visor espelhado da bússola 2. 2. Calibre a bússola conforme descrito em priedade magnética do veículo.
2. Mova para alterar até que o número cor- “Operação da bússola” anteriormente
• Ao limpar o espelho, utilize papel
reto de zona seja apresentado e solte o neste capítulo.
toalha ou material similar umedecido
botão 1. NOTA: em limpa-vidros. Não pulverize limpa-
NOTA: • Caso a bússola desvie da indicação vidros diretamente sobre o espelho,
Consulte a tabela da área de declinação correta logo após repetir o ajuste, a pois o produto poderá penetrar no
magnética quanto ao número de zona mesma deverá ser inspecionada por alojamento do espelho.
apropriado. uma Concessionária NISSAN.
3. O mostrador irá retornar ao modo nor- • A bússola poderá não indicar a posi-
mal de bússola dentro de 10 segundos, ção correta em túneis ou enquanto es-
após a falta de atividade do botão. tiver subindo ou descendo uma ser-
4. Caso o veículo altere a área, repita as ra. (A bússola retornará ao ponto cor-
etapas 1 a 3. reto quando o veículo mover-se para
Se o ajuste de zona não corrigir o erro de uma área onde o magnetismo geográ-
direção da bússola ou se a zona já estiver fico estiver estabilizado).
ajustada corretamente na área. A bússola
deverá ser recalibrada.

2-12

MP Frontier_seção 2.pmd 12 15/1/2013, 14:58


LUZES DE ADVERTÊNCIA / INDICADORAS E ALARMES SONOROS

Luz indicadora do freio estacionamento da trans- Luz de advertência do sistema de freio antitrava- Luz indicadora das luzes de advertência e
missão automática (Modelos com A/T) mento (ABS) (laranja) indicadoras de direção (verde)
(vermelha)(se equipado)
Luz de advertência de água no filtro de combus-
Luz de advertência do freio (vermelha)
9 tível (motor a Diesel) (se equipado)
Luz indicadora de direção do trailer (verde)
(se equipado)
Luz de advertência de carga da bateria Luz indicadora de controle automático de velocida-
(vermelha) de (verde) (se equipado) Luz do filtro de partícula diesel

Luz de advertência de porta aberta (vermelha) Luz de advertência da Chave Inteligente


Luz indicadora da vela de aquecimento (motor a
(se equipado) NISSAN (se equipado)
Diesel) (laranja) (se equipado)
Luz de advertência de pressão / Luz de advertência de bloqueio da chave
Luz indicadora de falha no motor (MIL) (laranja)
nível de óleo do motor (vermelha) inteligente (se equipado)
Luz de advertência dos cintos de segurança Luz indicadora de sobremarcha desativada Luz indicadora do programa do controle
(vermelha) (se equipado) (modelos equipados com A/T) (laranja) eletrônico de estabilidade (se equipado)
(se equipado)
Luz de advertência de velocidade (120 km/h) Luz indicadora do Controle Eletrônico de
(se equipado) Luz indicadora de farol alto (azul) Estabilidade (VDC) OFF (se equipado)
Luz de adver tência do air bag (vermelha) Luz indicadora do farol de neblina (verde)
(se equipado) (se equipado)

Luz de adver tência 4WD (modelos 4WD) Luz de advertência de segurança NATS
(laranja) (vermelha) (se equipado)

VERIFICAÇÃO DAS LÂMPADAS Se alguma lâmpada não se acender, isto Se o controle de transferência não estiver
pode significar uma lâmpada queimada ou engatado em nenhuma posição de tração,
Com todas as portas fechadas, acione o uma interrupção no sistema elétrico. O siste-
freio de estacionamento e posicione a cha- enquanto a alavanca seletora da transmis-
ma deverá ser inspecionado e reparado ra- são automática estiver em “P”, a transmis-
ve de ignição em “ON” sem ligar o motor. As pidamente por uma concessionária NISSAN.
lâmpadas abaixo devem se acender (se são será desengatada e as rodas não irão
equipado): travar.
LUZES DE ADVERTÊNCIA Mova o mostrador de mudanças de transfe-
, , , , Luz indicadora do freio de esta- rência para as posições 2H, 4H ou 4L, quan-
As lâmpadas a seguir se acendem rapida- cionamento da transmissão au- do a luz indicadora de estacionamento da
mente e se apagam: tomática (Modelos A/T) (se equi- transmissão automática se acender.
pado)
, , , Modelos A/T, (se Esta luz indica que a função de estaciona-
equipado), (se equipado), ou (se mento da transmissão automática não está
equipado). acoplada.
2-13

MP Frontier_seção 2.pmd 13 15/1/2013, 14:58


Luz de advertência do freio 2. Se o nível do fluido de freio estiver cor- Luz de advertência de carga da
reto, o sistema de advertência deverá ser bateria (vermelha)
Esta lâmpada funciona tanto para o siste- inspecionado por uma concessionária Caso a luz se acenda com o motor funcio-
ma de freio de estacionamento quanto para NISSAN. nando, isto significa que pode existir algum
o sistema de freio de serviço. problema no sistema de carga da bateria.
ATENÇÃO: Desligue o motor e inspecione a correia do
Indicador do freio de estacionamento: • Neste caso, a condução do veículo po- alternador. Caso a correia esteja faltante,
derá ser perigosa. Desta forma, o veí- frouxa, partida, danificada, ou caso a luz con-
A luz se acende quando o freio de estacio-
culo deverá ser rebocado até a con- tinue acesa mesmo com a correia correta-
namento é aplicado.
cessionária NISSAN mais próxima. mente posicionada, consulte uma
Advertência de fluido de freio baixo: • Pressionar o pedal de freio com o mo- concessionária NISSAN imediatamente.
A luz adverte sobre o nível baixo do reser- tor desligado poderá aumentar a dis-
tância de frenagem, exigindo maior CUIDADO:
vatório de fluido de freio. Caso a luz se acen-
da com o motor em funcionamento, e com o distância do curso bem como maior Não continue dirigindo caso a correia do
freio de estacionamento desaplicado, pare esforço no pedal de freio. alternador esteja solta, quebrada ou fal-
o veículo e faça o seguinte: tante.
1. Verifique o nível do fluido de freio. Adicio-
ne fluido de freio, se necessário. Consul-
te “Fluidos do Freio e da Embreagem”,
na seção 8. “Manutenção e Faça Você
Mesmo”.

ATENÇÃO:
Se o nível estiver abaixo da marca MIN
(mínimo) no reservatório de fluido de
freio, não dirija o veículo antes que o sis-
tema de freio tenha sido inspecionado
por uma concessionária NISSAN.

2-14

MP Frontier_seção 2.pmd 14 15/1/2013, 14:58


Luz de advertência de porta NOTA: A luz de advertência da chave inteligente
aberta (se equipado) A mensagem “OIL Lo” será exibida por pisca na cor verde, para indicar que a bate-
Esta luz se acende caso uma das portas não 30 segundos após a ignição ter sido li- ria da chave inteligente está quase
esteja corretamente fechada, quando a cha- gada. descarregada.
ve de ignição estiver na posição “ON”. Consulte “Óleo do Motor”, na seção 8. “Ma- Consulte “Chave inteligente NISSAN”, na
nutenção e Faça Você Mesmo”. seção “Verificações e ajustes preliminares”
Luz de advertência de pressão /
nível de óleo do motor Luz de advertência da chave Luz de advertência de bloqueio da
inteligente NISSAN (se equipado) chave inteligente (se equipado)
Advertência de pressão do óleo do motor:
Esta luz alerta para a baixa pressão de óleo A luz de advertência da chave inteligente Quando o comutador de ignição é deixado
do motor. se acende na cor verde quando o interrup- na posição “OFF” e não está posicionado
tor de ignição puder ser girado. completamente em “LOCK”, a luz de aviso
Se a luz piscar ou se acender durante a con-
A luz de advertência da chave inteligente de bloqueio da chave inteligente pisca em
dução normal, pare o veículo em um local
seguro, desligue o motor imediatamente e se acende na cor vermelha quando o in- vermelho e o aviso sonoro da chave inteli-
entre em contato com uma concessionária terruptor de ignição não puder ser girado. gente soa.
NISSAN. A luz de advertência da chave inteligente A luz ficará piscando até o interruptor de
pisca na cor vermelha, caso a chave inteli- ignição ser colocado na posição “LOCK” ou
CUIDADO: “ACC”.
gente seja retirada do veículo, enquanto o
Manter o motor em funcionamento com Se a luz de aviso de bloqueio da chave inte-
interruptor de ignição, estiver na posição
a luz de advertência de pressão de óleo ligente piscar e o aviso sonoro tocar, pres-
“ACC” ou “ON”.
acesa, pode causar graves danos ao mo- sione o botão de liberação PUSH ao lado
tor. • Caso a luz de advertência da chave in-
teligente piscar, certifique-se da locali- do botão de ignição, em seguida posicione-
Luz de advertência do nível de óleo do o em “LOCK” ou “ACC”.
zação da chave inteligente o quanto an-
motor (motor a Diesel)
tes. A chave inteligente deve estar em Consulte “Chave Inteligente NISSAN”, na
Caso a luz de advertência de pressão de poder do motorista ao operar o veículo. seção“Verificações e Ajustes Preliminares”.
óleo do motor piscar, juntamente com a in-
• A luz de advertência da chave inteligen-
dicação “OIL Lo” no mostrador do hodô-
te se apaga por aproximadamente, 10
metro / hodômetro parcial duplo, ao ser dada
segundos após a chave inteligente ter
partida ao motor, isto significa que o nível
sido introduzida no veículo.
de óleo do motor está baixo. A luz indicadora
irá piscar até que a mensagem “OIL Lo” seja
apagada.
2-15

MP Frontier_seção 2.pmd 15 15/1/2013, 14:58


Luz de advertência dos Luz de advertência do sistema Luz de advertência 4WD
cintos de segurança (lado suplementar de segurança air (modelos equipados com 4WD)
do motorista) (se equipado) bag (SRS) (se equipado) A luz de advertência 4WD acende-se quan-
Esta luz avisa ao motorista para que afive- Quando a ignição for ligada ou estiver na do a ignição é ligada, e apaga-se logo após
le o cinto de segurança. Esta luz se acen- posição “START”, a luz de advertência do a partida do motor.
derá sempre que a ignição for ligada e se air bag se acenderá. Será apagada após Caso exista uma falha no sistema 4WD ou
apagará logo após o cinto de segurança aproximadamente 7 segundos, caso o sis- a rotação ou diâmetro das rodas dianteiras
do motorista estar completamente afivelado. tema esteja funcionando corretamente. e traseiras estejam diferentes, a luz de ad-
Ocorrendo alguma das condições a seguir, vertência ficará acesa ou piscará. Consulte
O aviso sonoro (se equipado) soará caso “Tração nas 4 Rodas” (se equipado), na se-
o cinto de segurança do motorista não es- o sistema de air bag e do pré-tensionador
do cinto de segurança, deverão ser inspe- ção 5. “Funcionamento e Operação”.
teja afivelado quando a velocidade do veí-
culo exceder 25 km/h (15 mph). O aviso cionados, devendo o veículo ser levado à CUIDADO:
sonoro cessará após 90 segundos. concessionária NISSAN mais próxima.
• Caso a luz de advertência se acenda
• A luz de advertência do air bag perma- ou pisque enquanto o veículo estiver
Luz de advertência de velocida- nece acesa após aproximadamente 7
de (120 km/h) (se equipado) sendo conduzido, reduza a velocida-
segundos. de e leve seu veículo a uma conces-
Esta luz pisca quando a velocidade do • A luz de advertência do air bag pisca in- sionária NISSAN o mais rápido pos-
veículo ultrapassa aproximadamente 120 termitentemente. sível, para que o sistema seja inspe-
km/h. • A luz do air bag não se acende. cionado.
Observe a velocidade limite da área onde Caso não sejam inspecionados e reparados, • Caso a luz indicadora 4WD se acenda
o veículo está sendo conduzido. os air bags e o pré-tensionador do cinto de quando você estiver dirigindo em es-
segurança poderão não funcionar adequa- tradas de pavimento seco e firme:
damente. – Na posição 4H, comute o interrup-
Quanto a detalhes adicionais, consulte “Luz tor de 4WD para 2WD.
de Advertência do Air Bag”, na seção 1. – Na posição 4LO, pare completa-
“Bancos, Cintos, Sistema Complementar de mente o veículo e passe a alavan-
Proteção e Air Bag”. ca de mudanças para a posição N
e comute o interruptor 4WD para
2WD.

2-16

MP Frontier_seção 2.pmd 16 15/1/2013, 14:58


Caso a luz indicadora ainda esteja acesa CUIDADO: LUZES INDICADORAS
após a operação acima, leve seu veículo a Caso esta luz se acenda com o veículo Luz indicadora do controle
uma concessionária NISSAN, para que seja em movimento, entre em contato com automático de velocidade
inspecionado, o mais rápido possível. uma concessionária NISSAN para repa- (se equipado)
rar o sistema.
Luz de advertência do sistema Esta luz se acende quando o interruptor prin-
de freio antitravamento (ABS) Luz de advertência de água no cipal for pressionado. A luz se apagará quan-
(se equipado) 9 filtro de combustível (se equipado) do o interruptor principal for novamente pres-
Ao ligar a chave de ignição, a luz irá se acen- Caso a luz de advertência de água no filtro de sionado. Quando esta luz estiver acesa, isto
der. A luz de advertência do sistema de freio combustível se acenda com o motor ligado, significará que o controle automático de ve-
antitravamento (ABS) se apagará após apro- drene a água do filtro de combustível imedia- locidade está funcionando.
ximadamente 2 segundos, se o sistema es- tamente. Veja “Filtro de Combustível e
Sedimentador Modelos a Diesel” na seção 8”. Luz indicadora da vela de
tiver funcionando corretamente.
aquecimento (motores a Diesel)
Caso esta luz se acenda com o motor em ATENÇÃO: Esta luz se acende quando o interruptor de
funcionamento, isto poderá ser indício de • Utilizar o veículo sem drenar imediata- ignição for ligado, e se apaga quando as ve-
que existe alguma falha no sistema de freio mente a água do filtro de combustível las de aquecimento estiverem pré-aqueci-
antitravamento. Neste caso, o sistema de- pode causar sérios danos ao motor. das. Quando o motor estiver frio, o tempo
verá ser inspecionado por uma concessio-
de aquecimento das velas de aquecimento
nária NISSAN.
será maior.
Sistema de freio antitravamento:
O sistema de freio antitravamento controla
as rodas, de maneira que elas não sejam
travadas em caso de uma frenagem brusca
ou ao frear sobre uma superfície escorre-
gadia. Isto irá evitar dificuldades no contro-
le da direção e derrapagens em virtude do
travamento das rodas.
Caso ocorra alguma irregularidade no sis-
tema antitravamento, a função será interrom-
pida, contudo os freios convencionais irão
continuar funcionando normalmente.
2-17

MP Frontier_seção 2.pmd 17 15/1/2013, 14:58


Luz indicadora de falha no A luz indicadora de falha pode parar de pis- Luz indicadora de sobremarcha
motor (MIL) car e ficar acesa constantemente. desativada (modelos equipados
Luz indicadora de falha no motor Leve o seu veículo a uma concessioná- com A/T) (se equipado)
(piscando ou acesa constantemente): ria NISSAN para que o veículo seja repa- Esta luz se acende quando o interruptor de
Caso o indicador de falha acenda constan- rado. Não será necessário rebocar o veí- sobremarcha estiver na posição “OFF”.
temente ou comece a piscar, com o motor culo até a concessionária. Quando a operação FAIL SAFE ocorrer, a luz
em funcionamento, isto pode significar uma CUIDADO: indicadora “O/D “OFF” se acenderá por 2 se-
falha no sistema de controle do motor. gundos e a seguir irá piscar por aproximada-
O funcionamento contínuo do veículo
mente 8 segundos. Enquanto o veículo estiver
Indicador de falha do motor aceso sem que o sistema de controle do motor
sendo dirigido sob estas condições, observe
(constante): tenha sido inspecionado e reparado de
que as marchas da transmissão automática
Foi detectada uma falha no sistema de con- acordo com a necessidade, pode resul-
estarão travadas na quarta marcha.
trole do motor. O veículo deverá ser inspecio- tar em condução deficiente, redução da
economia de combustível, bem como Caso o veículo seja dirigido sob condições
nado por uma concessionária NISSAN. Não
possíveis danos ao sistema de controle extremas, como por exemplo, giro exces-
será necessário rebocar o veículo até a con-
do motor, que poderão afetar a cobertu- sivo da roda, e uma frenagem brusca
cessionária NISSAN.
ra de garantia do veículo. subsequente, o sistema FAIL SAFE será ati-
Luz indicadora de falha piscando: vado. Isto irá ocorrer mesmo que todos os
O ajuste incorreto do sistema de controle
Foi detectada uma falha de ignição que pode- circuitos elétricos estejam operando cor-
do motor pode levar ao não atendimento das
rá danificar o sistema de controle do motor. retamente. Neste caso, desligue a ignição
leis e regulamentos sobre emissões fede-
Para reduzir ou evitar danos ao sistema de e aguarde 3 segundos. A seguir, ligue no-
rais e municipais.
controle do motor: vamente a ignição; o veículo deve retornar
• Não dirija a velocidades superiores a à sua condição normal de funcionamento.
70 km/h. Caso isto não ocorra, a transmissão do seu
• Evite acelerações ou desacelerações veículo deverá ser inspecionada e repara-
bruscas. da, se necessário, em uma concessionária
• Evite dirigir constantemente em áre- NISSAN.
as montanhosas.
• Se possível, reduza a carga que está
sendo transportada ou rebocada.

2-18

MP Frontier_seção 2.pmd 18 15/1/2013, 14:58


Luz indicadora de farol alto Luz indicadora das luzes de A luz do controle eletrônico de estabilidade
advertência e indicadoras de acende quando o interruptor de ignição es-
Esta luz se acende quando o farol alto for direção tiver na posição ON. A luz apagará após
ligado, e se apaga quando for selecionado A luz piscará quando a alavanca do inter- aproximadamente 2 segundos se o sistema
farol baixo. ruptor dos indicadores de direção ou inter- estiver funcionando. Se a luz permanecer li-
Luz indicadora do farol de ruptor de advertência for acionado. gada ou ligar junto com a luz do programa
neblina (se equipado) Luz indicadora de direção do do controle eletrônico de estabilidade en-
trailer (se equipado) quanto você estiver dirigindo, verifique o sis-
A luz se acende quando os faróis de nebli- tema do controle eletrônico de estabilidade
na são ligados. A luz se acenderá sempre que uma carga em uma concessionária NISSAN.
Luz indicadora do programa do elétrica adicional for detectada pelo siste-
ma indicador de direção. Se a bateria for removida ou descarregada,
controle eletrônico de estabilidade o sistema de controle eletrônico de estabili-
Esta luz indicadora irá piscar quando o sis- Quanto a informações adicionais, consulte “Luz dade estará desativado e a luz indicadora
tema VDC ou o sistema de controle de tra- Sinalizadora de Direção do Trailer (se equipa-
VDC não desligará após 2 segundos quando
ção estiver operando, desta maneira do)” na seção 5. “Funcionamento e Operação”.
o interruptor de ignição estiver na posição ON.
alertando que o veículo está perto do limite Luz indicadora do controle ele- Para reiniciar o sistema,você deve execu-
de tração. A superfície da estrada pode es- trônico de estabilidade (VDC) tar o procedimento de reinicialização. Con-
tar escorregadia. OFF sulte "Sistema do controle eletrônico de es-
Luz indicadora de segurança Esta luz indicadora acende quando o inter- tabilidade (VDC)" na seção "Funcionamen-
NATS ruptor do controle eletrônico de estabilidade to e operação" deste manual.
Esta luz pisca sempre que o interruptor de é desligado, a caixa de transferência estiver
Caso a luz não desligue após realizar o pro-
ignição estiver na posição “LOCK”. Esta fun- na posição 4LO (modelos 4x4), ou quando o
cedimento de reinicialização, verifique o sis-
ção indica que o veículo está equipado com sistema do controle eletrônico de estabilida-
tema de controle de tração em uma con-
Sistema Antifurto NISSAN (NATS)*. Caso o de não estiver funcionando corretamente. Isto
cessionária NISSAN.
Sistema Antifurto NISSAN estiver apresen- indica que o sistema do controle eletrônico
tando alguma falha, esta luz permanecerá de estabilidade não está funcionando. Enquanto o sistema do controle eletrônico
acesa enquanto o interruptor de ignição esti- Pressione o interruptor do controle eletrôni- de estabilidade estiver funcionando, você
ver na posição “ON”. co de estabilidade novamente ou dê partida irá sentir uma leve vibração ou ouvir o sis-
Quanto a informações adicionais, consulte no motor novamente e o sistema irá funcio- tema funcionando ao ligar ou acelerar o
“Luz de Advertência de Segurança NATS”, nar normalmente. Consulte "Sistema do con- veículo, mas isto é normal.
mais adiante nesta seção. trole eletrônico de estabilidade (VDC)" na
* (Imobilizador) seção "Funcionamento e operação".
2-19

MP Frontier_seção 2.pmd 19 15/1/2013, 14:58


Luz do filtro de partícula diesel
Quando a luz de advertência do filtro de Alarme de advertência da
partícula diesel se acender, proceda con- iluminação
Quando o filtro de partículas diesel estiver forme descrito anteriormente e siga até uma
concessionária NISSAN. O alarme soará caso a porta do motorista
saturado, o Módulo de Controle do Motor seja aberta com o interruptor das luzes na
executa a regeneração, elevando a tempe- • Dirija o veículo sempre de forma segu- posição ou e a ignição nas posições
ratura dos gases de escape para eliminar ra de acordo com as condições do trân- “ACC”, “OFF” ou “LOCK”. Desligue o inter-
de forma limpa o material em excesso. sito e obedeça todas as leis de trânsito ruptor do farol ao sair do veículo.
Se o veículo for conduzido de forma que a ao dirigir.
temperatura do gás de escape não seja ele-
vada, a luz de advertência do filtro de par- ALARMES SONOROS Alarme de advertência das
tículas diesel será mostrada. chaves
Advertência de desgaste das
Quando a luz de advertência do filtro de O alarme soará no painel de instrumentos,
pastilhas de freio (se equipado) caso a porta do motorista seja aberta com a
partículas diesel se acender, conduza o ve-
ículo em qualquer uma das condições a se- As pastilhas do freio a disco dispõem de um chave de ignição ainda introduzida no inter-
guir para concluir a regeneração. alarme sonoro de desgaste. Quando for ne- ruptor, estando estes nas posições “ACC”,
• Conduzir o veículo de forma contínua a cessário substituir as pastilhas de freio, será “OFF” ou “LOCK”.
80 km / h por 30 minutos. ouvido um forte ruído de raspagem. Os frei- Remova a chave, levando-a consigo ao dei-
os deverão ser inspecionados o mais rapi- xar o veículo.
• Conduzir o veículo de forma contínua a
damente possível, se o alarme sonoro for
15 km ou mais sem enfrentar engarra-
ouvido com o veículo em movimento, tendo
famento.
sido o pedal do freio pressionado ou não.
O veículo deve ser verificado e se neces-
ATENÇÃO: sário reparado por uma concessionária
Se o veículo for conduzido de forma que NISSAN. Consulte “Freios” na seção 8.
a temperatura do gás de escape não seja
elevada, após se acender a luz de adver-
tência do filtro de partículas diesel, o
Módulo de Controle do Motor entra em
modo de segurança e limita a velocida-
de do veículo a cerca de 100 km/h com
corte de combustível.

2-20

MP Frontier_seção 2.pmd 20 15/1/2013, 14:58


INTERRUPTOR DO FAROL E LUZES INDICADORAS DE DIREÇÃO

INTERRUPTOR DO FAROL Seleção do farol


Iluminação 1 Para selecionar o farol alto, com o inter-
ruptor na posição empurre a alavan-
Gire o interruptor para a posição :
ca para frente. As luzes do farol alto e a
1 As lanternas dianteiras, lanternas trasei- luz indicadora se acendem.
ras, luz da placa de licença e as luzes
2 Empurre a alavanca para trás para sele-
do painel de instrumentos se acendem.
cionar o foco baixo (posição ).
Gire o interruptor para a posição : 3 Ao empurrar a alavanca em sua direção,
2 Os faróis irão acender e todas as demais o farol alto lampejará mesmo que o in-
lâmpadas permanecerão acesas. terruptor do farol esteja desligado.
CUIDADO:
SIC3526 Jamais deixe o interruptor das luzes li-
gado por longos períodos de tempo,
quando o motor não estiver em funcio-
namento.

SIC3528

2-21

MP Frontier_seção 2.pmd 21 15/1/2013, 14:58


INTERRUPTOR DE INTERRUPTOR DO INTERRUPTOR DAS
CONTROLE DE REGULAGEM INDICADOR DE DIREÇÃO LUZES DE NEBLINA
DO FAROL (se equipado)

NIC736 SIC3530

Dependendo da quantidade de passageiros INDICADOR DE DIREÇÃO Faróis de neblina dianteiros


no veículo e da carga que estiver sendo 1 Mova a alavanca para cima ou para bai- (se equipado)
carregada, o foco do farol pode estar mais xo para sinalizar o sentido de giro. Após Gire o interruptor do farol para as posições
alto que o desejado. Caso o veículo esteja fazer a curva, o sinalizador de direção sadaou .
sendo conduzido em uma estrada monta- desligará automaticamente.
Gire o interruptor para a posição 1. Os
nhosa, o farol poderá atingir diretamente o
faróis de neblina dianteiros irão acender,
espelho retrovisor do veículo que está à fren-
bem como o indicador das luzes no painel
te, ou o para-brisa do veículo que está vin-
de instrumentos. Para informações adicio-
do na direção contrária. O foco de luz pode
nais, consulte “Luzes de Adver tência/
ser abaixado através do interruptor locali-
Indicadoras e Alarmes Sonoros”, nesta se-
zado no painel de instrumentos ao lado do
ção. Para apagá-lo, gire o interruptor para a
volante de direção.
posição “OFF”.
Quanto mais alto o número no interruptor,
mais o foco será abaixado.
Ao dirigir sem carga em uma estrada plana,
selecione a posição “0”.
2-22

MP Frontier_seção 2.pmd 22 15/1/2013, 14:58


INTERRUPTOR DO LIMPADOR E DO LAVADOR INTERRUPTOR DO
DESEMBAÇADOR
(se equipado)
Puxe a alavanca em sua direção 5 para
acionar o lavador. A seguir, o limpador tam-
bém será acionado algumas vezes.
CUIDADO:
• Não abra / libere o capuz quando os
braços do limpador dianteiro estive-
rem levantados.
• Não acione o lavador continuamente
por mais de 15 segundos.
• Não acione o lavador caso o reserva-
tório esteja seco ou congelado.
SIC3534 NIC917
ATENÇÃO:
O líquido dos lavadores pode congelar
Interruptor do limpador e do em temperaturas muito baixas e obstruir Para desembaçar o vidro traseiro, ligue o
motor e acione o interruptor 1 (a luz indi-
lavador do para-brisa sua visão. Aqueça o para-brisa, utilizan-
cadora 2 se acenderá no interruptor).
do o desembaçador antes de acionar o
O limpador e o lavador do para-brisa funcio- O desembaçador do vidro traseiro desliga-
lavador.
nam com a chave de ignição na posição “ON”. rá automaticamente após 15 minutos. Se o
Empurre a alavanca para baixo para acionar vidro traseiro ficar limpo antes deste tempo,
o limpador nas seguintes velocidades: pressione o interruptor novamente para des-
ligar o desembaçador.
1 Intermitente – o funcionamento intermi-
tente pode ser ajustado girando-se o bo- CUIDADO:
tão para A (mais lento), ou B (mais rá- Ao limpar o lado interno do vidro trasei-
pido). ro, cuidado para não danificar os filamen-
2 Baixa – velocidade baixa contínua. tos elétricos do desembaçador.
3 Alta – velocidade alta contínua.
Mova a alavanca para cima 4 para que seja
obtido um ciclo do limpador.

2-23

MP Frontier_seção 2.pmd 23 15/1/2013, 14:58


INTERRUPTOR DAS BUZINA INTERRUPTOR DO
LUZES DE ADVERTÊNCIA CONTROLE ELETRÔNICO DE
ESTABILIDADE (VDC) OFF

SIC2574 SIC2858 LIC1548

Pressione o interruptor para alertar outros Para acionar a buzina, pressione a área cen- O veículo deve ser conduzido com o sistema
motoristas quando você precisar parar ou tral do volante de direção. do controle eletrônico de estabilidade (VDC)
estacionar em virtude de alguma situação na maioria das condições de condução.
de emergência. Todas as luzes sinalizadoras Se o veículo estiver atolado na lama ou
irão piscar. neve, o sistema VDC reduz a potência do
As luzes de advertência irão funcionar com o motor para reduzir o giro da roda. A rotação
interruptor de ignição em qualquer posição. do motor será reduzida mesmo que o ace-
lerador esteja totalmente pressionado. Caso
ATENÇÃO: seja necessário a potência máxima do mo-
tor para liberar um veículo atolado, desli-
Quando for necessário parar em situação
gue o sistema VDC.
de emergência, retire o veículo comple-
tamente da pista. Para desligar o sistema VDC, pressione o
botão VDC OFF. A luz indicadora irá ligar.
Pressione novamente o botão VDC OFF ou
dê partida no motor novamente para ligar o
sistema. Consulte “Sistema do controle ele-
trônico de estabilidade (VDC)” na seção
“Funcionamento e operação”.
2-24

MP Frontier_seção 2.pmd 24 15/1/2013, 14:58


VIDROS

Interruptor do vidro elétrico, lado


do motorista
O painel de controle do lado do motorista
está equipado com interruptores para abrir
ou fechar os vidros dianteiros e traseiros.
Para abrir o vidro, pressione o interruptor e
mantenha-o para baixo. Para fechar o vi-
dro, puxe o interruptor e mantenha-o para
cima. Para interromper a função de aber-
tura ou fechamento, simplesmente solte o
interruptor.
TOP2310a Travamento dos vidros dos TOP3383a

passageiros (se equipado)


VIDROS ELÉTRICOS (se equipado) Ao ser pressionado o botão 1 de trava do Interruptor do vidro elétrico do
ATENÇÃO: vidro, apenas o vidro do lado do motorista passageiro dianteiro
poderá ser aberto ou fechado. Pressione-o O interruptor do vidro do passageiro aciona
• Certifique-se de que todos os passa-
novamente para cancelar a função de trava- apenas o vidro do passageiro correspon-
geiros estejam com as mãos dentro
mento do vidro. dente. Para abrir o vidro, pressione o inter-
do veículo, quando este estiver em
movimento e antes de fechar as jane- ruptor e mantenha-o pressionado para bai-
las. Utilize o interruptor de trava do xo. Para fechar o vidro, puxe o interruptor
vidro (se equipado), para evitar o uso para cima.
inadvertido dos vidros elétricos.
• A NISSAN orienta que todos os ocu-
pantes sejam informados quanto ao
funcionamento seguro dos vidros elé-
tricos, particularmente para a segu-
rança e cuidados de crianças.

2-25

MP Frontier_seção 2.pmd 25 15/1/2013, 14:58


Operação automática Função antiesmagamento
(se equipado) (se equipado)
A operação automática está disponível para No caso da unidade de controle detectar um
o interruptor com o símbolo A marcado na objeto pego pelo vidro ao ser fechado, ela
superfície, para abrir completamente o vidro comandará automaticamente a abertura do
do lado do motorista, pressione o interruptor vidro, evitando assim um possível acidente. A
do vidro para baixo até o segundo estágio, e função antiesmagamento é ativada quando o
libere; não é necessário mantê-lo pressiona- vidro for fechado automaticamente com a cha-
do. O vidro será automaticamente aberto. ve de ignição na posição “ON”.
Para interromper a abertura, levante o in- CUIDADO:
terruptor para cima enquanto o vidro está Dependendo do ambiente ou das condi-
sendo aberto. Para fechar completamente o ções de condução, a função antiesmaga-
vidro do motorista, puxe o interruptor total- mento poderá ser ativada, caso ocorra
mente para cima. um impacto ou carga similar a algo que
venha a ficar preso no vidro. VIDRO MANUAL (se equipado)
ATENÇÃO: Os vidros laterais podem ser abertos ou fe-
Existem algumas posições, próximas do chados, girando-se as manivelas localiza-
fechamento completo do vidro, em que a das em cada porta.
função antiesmagamento pode não ser
acionada. Cuidado para não prender os
dedos.

2-26

MP Frontier_seção 2.pmd 26 15/1/2013, 14:58


TOMADA ELÉTRICA
(se equipado)
• Evite a utilização da tomada elétrica
com o ar condicionado, faróis ou de-
sembaçador do vidro traseiro acio-
nados.
• Feche a tampa de proteção quando
não estiver usando a tomada elétrica.
Não permita que água entre em conta-
to com a tomada elétrica.
• Antes de conectar ou desconectar a
tomada de um acessório, certifique-
se de ter desligado o interruptor de
alimentação do acessório, ou coloque
a chave de ignição na posição “Acc”.
NIC928
Painel
• Instale a tomada do acessório corre-
tamente e certifique-se de que encai-
CUIDADO: xou até o fundo. Mau contato pode INTERFACE USB
• A tomada elétrica 1 não foi projetada causar superaquecimento e o fusível (se equipado)
para utilização como acendedor de ci- poderá queimar.
garros 2 (se equipado). Conectando um equipamento à
ATENÇÃO: entrada USB
• Não utilize acessórios que excedam
uma demanda de 120 W de potência Cuidado, a tomada elétrica e o conector
A entrada USB 1 (se equipado) está
(12 Volts, 10A). Nunca utilize adapta- podem ficar quentes durante ou imedia-
localizada no painel abaixo do acendedor
dores duplos ou mais do que um aces- tamente após o uso.
de cigarros 2.
sório ao mesmo tempo.
• Esta tomada elétrica deve ser usada Insira o dispositivo USB na entrada.
com o motor em funcionamento. (Nun- Quando um dispositivo de armazenamento
ca utilize a tomada elétrica por longos compatível está ligado à entrada, arquivos
períodos com o motor desligado ou em de áudio compatíveis armazenados no dis-
marcha lenta). positivo podem ser executados através do
sistema de áudio do veículo.

2-27

MP Frontier_seção 2.pmd 27 15/1/2013, 14:58


CINZEIRO E ACENDEDOR
DE CIGARROS (se equipado)

NIC965 SIC3459
Cinzeiro dianteiro Cinzeiro traseiro Acendedor de cigarros

Cinzeiro dianteiro Cinzeiro traseiro (se equipado) Acendedor de cigarros


Puxe para cima a tampa do cinzeiro dian- Os cinzeiros traseiros estão localizados nas (se equipado)
teiro para abri-lo 1. laterais das portas traseiras.
ATENÇÃO:
O cinzeiro dianteiro pode ser removido 2 Puxe a tampa para cima para abri-lo.
para aumentar o número de áreas de arma- Não manuseie o acendedor de cigarros
O cinzeiro é facilmente removido para a lim-
zenamento no console central. com o veículo em movimento, uma vez
peza, puxando-o para cima.
que deve ser dada toda atenção à con-
dução do veículo.

2-28

MP Frontier_seção 2.pmd 28 15/1/2013, 14:58


ARMAZENAMENTO

CUIDADO:
• A tomada do acendedor de cigarros
deve ser utilizada somente para ali-
mentação do elemento de aquecimen-
to. A utilização da tomada do acende-
dor de cigarros como alimentação
para qualquer outro acessório não é
recomendado.
• Não utilize qualquer outra saída de
alimentação para o acendedor de ci-
garros.
• O acendedor de cigarros opera quan-
do o interruptor de ignição está na
SIC3358 NIC938
posição “ACC” ou “ON”
• Para aquecer o acendedor de cigar-
ros, pressione 3 até travar. Quando Console central Porta-luvas
o acendedor estiver aquecido será Para abrir a parte superior do porta-luvas,
deslocado para fora automaticamen- ATENÇÃO:
pressione a trava A para cima e levante a
te; retorne o acendedor de cigarros O console central não deve ser usado com
tampa.
para a posição original após o uso. o veículo em movimento, pois você deve
dar toda atenção à condução do veículo. Para abrir a parte inferior do porta-luvas, puxe
o manípulo B para baixo e abaixe a tampa.
Puxe a alavanca para cima para abrir o con-
Utilize a chave de ignição para travar ou des-
sole central.
travar o porta-luvas (se equipado).

ATENÇÃO:
Mantenha a tampa do porta-luvas fecha-
da enquanto estiver dirigindo o veículo, a
fim de evitar ferimentos em caso de aci-
dente ou parada brusca.

2-29

MP Frontier_seção 2.pmd 29 15/1/2013, 14:58


CUIDADO:
• Evite partidas e frenagens bruscas
quando o porta-copos estiver em uso,
a fim de que seja evitado o derrama-
mento de líquidos. Caso o líquido es-
teja quente, você ou o passageiro po-
derão sofrer queimaduras.
• Utilize apenas copos leves no porta-
copos. Objetos pesados podem feri-
lo em caso de acidente.
• Certifique-se de que o cinzeiro está
corretamente armazenado quando
NIC943 não está em uso. NIC939

Porta-copos (se equipado) Porta-óculos (se equipado)


Para abrir o porta-copos da 2ª fileira (con- Para abrir o porta-óculos, pressione-o e solte-o.
sole traseiro ou dianteiro), abaixe a tampa. ATENÇÃO:
Para fechá-lo, levante a tampa.
• O porta-óculos não deve ser manusea-
ATENÇÃO: do com o veículo em movimento, pois
O porta-copos não deve ser utilizado ao deve-se tomar todo o cuidado enquan-
to o veículo estiver em operação.
dirigir o veículo, uma vez que deve ser dada
• Mantenha o porta-óculos fechado en-
toda atenção à condução do veículo. quanto estiver dirigindo, para evitar
acidentes.
CUIDADO:
Não coloque nenhum objeto que não seja
óculos de sol no respectivo suporte. Não
mantenha os óculos de sol no respecti-
vo suporte, caso o veículo fique estacio-
nado sob luz solar direta, pois o calor po-
derá danificar os óculos de sol.
2-30

MP Frontier_seção 2.pmd 30 15/1/2013, 14:58


ILUMINAÇÃO INTERNA

LUZ DO COMPARTIMENTO Temporizador da iluminação


DE PASSAGEIROS interna (se equipado)
A luz do compartimento de passageiros A iluminação interna permanecerá acesa por
apresenta um interruptor de três posições: aproximadamente 30 segundos, quando:
1 A luz permanece acesa quando o inter- • A ignição estiver desligada.
ruptor estiver na posição “ON”. • As portas estiverem destravadas.
2 Quando o interruptor estiver na posição • Uma das portas for aberta e a seguir fe-
central “O”, a luz se acenderá quando a chada.
porta for aberta. A luz se apagará após
aproximadamente 15 segundos, quan- O temporizador será cancelado e a ilumina-
do todas as portas estiverem fechadas. ção interna será apagada quando:
3 A luz permanecerá apagada quando o • As portas estiverem travadas.
NIC960
Tipo A interruptor estiver na posição “OFF”. • O interruptor de ignição estiver na posi-
ção “ON”.

NOTA:
Observe que a iluminação interna se apa-
gará após aproximadamente 30 segun-
dos, exceto se a ignição estiver na posi-
ção “Acc” ou “ON”.

NIC1041
Tipo B (se equipado)

2-31

MP Frontier_seção 2.pmd 31 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DE PROTEÇÃO DE
BATERIA
O sistema de proteção de bateria funciona
com a ignição desligada e após abrir qual-
quer porta, as lâmpadas do para-sol, da luz
do teto e das luzes de leitura traseiras, que
estiverem acesas se apagarão após aproxi-
madamente 30 minutos.
Este sistema interrompe a alimentação dos
componentes a ele ligados, após um deter-
minado tempo, para evitar a descarga da
NIC961
bateria.

LUZES DE LEITURA
(se equipado)
Para acender essas luzes, pressione os in-
terruptores.
Para apagá-las, pressione novamente os
interruptores.

CUIDADO:
Não utilize essas luzes por períodos pro-
longados, com o motor desligado. Isto
poderá descarregar a bateria.

2-32

MP Frontier_seção 2.pmd 32 15/1/2013, 14:58


3 Verificações e ajustes preliminares
Chaves ........................................................................ 3-2 Luz indicadora de segurança NATS .................. 3-16
Chave inteligente NISSAN ........................................ 3-2 Liberação do capuz do motor ................................. 3-17
Trava das portas ........................................................ 3-3 Tampa do bocal de abastecimento de combustível 3-17
Travamento com a chave ..................................... 3-4 Etiqueta sobre combustível ............................... 3-18
Travamento com a maçaneta interna ................. 3-4 Regulagem da coluna de direção .......................... 3-18
Travamento com o interruptor interno
(se equipado) ......................................................... 3-4
Espelhos retrovisores ............................................ 3-19
Espelho retrovisor interno ................................. 3-19
3
Trava de segurança para crianças nas portas Espelho retrovisor com antiofuscamento
traseiras ................................................................. 3-5 manual (se equipado) ......................................... 3-19
Sistema integrado de controle remoto Espelho retrovisor com dispositivo automático
(se equipado) ......................................................... 3-5 antiofuscamento (se equipado) ......................... 3-20
Utilização do controle remoto .............................. 3-6 Espelho retrovisor externo ................................ 3-20
Travamento das portas ........................................ 3-6 Espelho de cortesia (se equipado) .................... 3-21
Destravamento das portas .................................. 3-6 Para-sol .................................................................... 3-22
Alarme Pânico ....................................................... 3-6 Extensão do para-sol (se equipado) ................. 3-22
Chave inteligente NISSAN TM (se equipado) ............ 3-8 Freio de estacionamento ........................................ 3-22
Alcance operacional ............................................. 3-9 Alavanca do freio de estacionamento .............. 3-23
Precauções para travar/ destravar as portas . 3-10 Tampa traseira ......................................................... 3-23
Operação da chave inteligente NISSAN Abertura da tampa traseira ............................... 3-23
(se equipado) ....................................................... 3-11 Ganchos de fixação (Modelo XE e SE) .............. 3-24
Como usar a função do Trilho com ganchos de fixação ajustável
controle remoto integrado .................................. 3-13 (se equipado) ....................................................... 3-24
Avisos sonoros e luzes de advertência ................ 3-15 Longarinas de teto (se equipado) .......................... 3-25
Sistema de segurança ............................................ 3-16
Sistema Antifurto NISSAN (NATS) .................... 3-16

MP Frontier_seção 3.pmd 1 15/1/2013, 14:58


CHAVES

CUIDADO:
Ao sair do veículo, não deixe a chave no
interior do mesmo.
Seu veículo é equipado com o seguinte con-
junto de chaves
1. Chave mecânica x 2
A chave pode ser introduzida completa-
mente somente no cilindro do interruptor
da ignição. Para a porta do motorista, bocal
de abastecimento (quando equipado com
cilindro de chave) e parte inferior do porta-
luvas, é normal que a chave não seja com-
NPA762-A
pletamente introduzida no cilindro.
Chave Tipo A
Em caso de perda das chaves do veículo,
1. Chave mecânica entre em contato com uma Concessionária 1 Chave inteligente
NISSAN. 2 Chave mecânica (dentro da chave in-
teligente)
CHAVE INTELIGENTE NISSAN
(se equipado)
Seu veículo só pode ser dirigido com as
chaves inteligentes que são registradas no
sistema inteligente de chaves e no siste-
ma antifurto.
Nunca deixe estas chaves no interior do
veículo.
É possível no máximo até quatro chaves
inteligentes regis tradas e usadas em um
único veículo.

3-2

MP Frontier_seção 3.pmd 2 15/1/2013, 14:58


TRAVA DAS PORTAS

As novas chaves devem ser registradas por Este equipamento opera em caráter ATENÇÃO:
uma conces sionária NISSAN antes do uso secundário, isto é, não tem direito a prote- • Mantenha sempre as portas travadas
do sistema antifurto e do sistema inteligen- ção contra interferência prejudicial, mes- enquanto dirige. O uso do cinto de
te de chaves de seu veículo. mo de estações do mesmo tipo, e não segurança juntamente com o trava-
Considerando que o processo de registro pode causar interferência a sistemas ope- mento das portas, proporcionará mai-
requer que a memória das chaves inte rando em caráter primário. or segurança no caso de um aciden-
ligentes seja apagada, leve todas as cha- te, ajudando a evitar que os ocupan-
ves que você possui a uma concessionária tes sejam jogados para fora do veí-
NISSAN. culo. Isto também ajuda a impedir
que crianças ou outras pessoas
CUIDADO: abram as portas inadvertidamente, e
• Não permita que a Chave Inteligente, ajuda a impedir a entrada de intru-
que contém componentes elétricos, sos.
entre em contato com água. Isto po- • Antes de abrir a porta, olhe o movi-
derá danificar o sistema. mento dos outros veículos para evi-
• Não derrube a chave inteligente. tar acidentes.
• Não golpeie a chave inteligente forte- • Nunca deixe crianças desacompa-
mente contra outro objeto. nhadas dentro do veículo ou adultos
que necessitem de assistência desa-
• Não coloque a chave inteligente em
companhados no veículo. Eles po-
uma área onde a temperatura exceda
dem inadvertidamente ativar inter-
60°C (140°F).
ruptores ou controles e causar aci-
• Não prenda a chave inteligente em um dentes.
cha veiro que contenha ímã.
• Não coloque a chave inteligente pró-
xima a equipamentos que produzem
campo mag nético, como televisores,
equipamentos de áudio e computado-
res pessoais.

3-3

MP Frontier_seção 3.pmd 3 15/1/2013, 14:58


NPA585 SSS0717 TOP1740a
Sem controle remoto integrado Travamento interno

TRAVAMENTO COM A CHAVE TRAVAMENTO COM A TRAVAMENTO COM O


Para travar a porta 1, gire a chave da porta MAÇANETA INTERNA INTERRUPTOR INTERNO
do motorista em direção à frente do veículo Para travar a porta sem a chave, mova a (se equipado)
F. Para destravar a porta 2, gire a chave maçaneta para a posição de travamento 1. ATENÇÃO:
em direção à traseira do veículo.O sistema Para destravar a porta sem a chave, mova a • Ao travar a porta com o interruptor de
de travamento das portas do veículo permi- maçaneta para a posição destravar 2. travamento interno, certifique-se de
te travar ou destravar com a chave somente
não deixar as chaves no interior do
a porta do motorista.
veículo.
ATENÇÃO: • Quando o interruptor de travamento for
O sistema de alarme será ativado quan- mudado para 1, serão travadas ou des-
do a porta for aberta, utilizando-se a cha- travadas 2 todas as portas quando a
ve (modelos equipados com alarme porta do motorista for fechada.
NISSAN). Para interromper o funciona-
mento do alarme, gire a chave de ignição
para a posição “ON” ou pressione o bo-
tão no controle remoto.
3-4

MP Frontier_seção 3.pmd 4 15/1/2013, 14:58


SISTEMA INTEGRADO DE CUIDADO:
CONTROLE REMOTO • Ao travar as portas com o controle
(se equipado) remoto certifique-se de não deixar as
chaves no veículo.
O sistema integrado de controle remoto
• Não permita que o controle remoto e
pode controlar o sistema de travamento de
seus componentes eletrônicos en-
todas as portas. O sistema também possui
trem em contato com água doce ou
a função de alarme de pânico. O controle
salgada. Isto afetará o funcionamen-
remoto pode operar a uma distância de 1 m
to do sistema.
ao redor do veículo. A distância da opera-
ção depende das condições próximas ao • Não derrube o controle remoto.
veículo. • Não bata o controle remoto contra
outro objeto.
Até 5 controles remotos podem ser utiliza-
NPA569
dos com um veículo. Para informações adi- • Não coloque o controle remoto em
cionais sobre a compra e uso de controles uma área com temperaturas acima de
TRAVA DE SEGURANÇA remotos adicionais, contate uma concessio- 60oC por um período extenso.
PARA CRIANÇAS NAS nária Nissan.
PORTAS TRASEIRAS O controle remoto não funcionará sobre as Caso um controle remoto seja perdido ou
seguintes condições: roubado, a Nissan orienta que este seja
A trava de segurança para crianças ajuda a desprogramado do veículo. Isto pode pre-
evitar que as portas sejam abertas acidental- • Quando a chave estiver no interruptor de
ignição. venir o uso não autorizado deste controle
mente, especialmente quando crianças pe- remoto para abrir o veículo.
quenas estiverem no veículo. • Quando a distância entre o controle re-
moto e o veículo for maior que 1 m. Para maiores informações sobre a despro-
Quando a alavanca estiver na posição “lock” gramação de um controle remoto, consulte
(trava), a porta traseira poderá apenas ser • Quando as portas são abertas (a fun-
uma concessionária Nissan. Para informa-
aberta pela parte externa do veículo. ção destravamento está em operação).
ções sobre troca de bateria do controle re-
• Quando a bateria do controle remoto moto, consulte “Bateria” na Seção 8.
está descarregada.

3-5

MP Frontier_seção 3.pmd 5 15/1/2013, 14:58


CUIDADO: Alarme Pânico
Após travar as portas utilizando o con-
Se você estiver próximo ao veículo e sentir-
trole remoto, certifique-se de que as por-
se ameaçado por alguém, o alarme poderá
tas estão travadas acionando as maça-
ser acionado da seguinte maneira:
netas das portas.
1. Pressione o botão “PANIC” do con-
trole remoto por mais de 0,5 segundo.
Destravamento das portas 2. O alarme de pânico será acionado por
1. Pressione o botão “Destravamento” 25 segundos.
no controle remoto. 3. O alarme de pânico será desabilitado
2. As luzes de emergência piscam duas sem a espera de 25 segundos:
vezes. • Quando o botão “LOCK” ou
SPA1642A 3. Todas as portas são destravadas. “UNLOCK” for pressionado no con-
trole remoto.
1 Botão de travamento • Pressionando o botão “PANIC” por
Todas as portas serão travadas automati-
mais de 0,5 segundo.
2 Botão de destravamento camente se nenhuma das operações forem
realizadas dentro de 30 segundos após Este equipamento opera em caráter secun-
3 Botão pânico dário, isto é, não tem direito a proteção con-
pressionar o botão de destravamento .
UTILIZAÇÃO DO CONTROLE tra interferência prejudicial, mesmo de es-
• Abertura de qualquer porta tações do mesmo tipo, e não pode causar
REMOTO
• Inserir a chave no interruptor de ignição interferência a sistemas operando em cará-
Travamento das portas ter primário.
1. Remova a chave de ignição.
2. Feche todas as portas.
3. Pressione o interruptor “travamento”
no controle remoto.
4. As luzes de emergência piscam uma vez.
5. Todas as portas são travadas.
6. Acione as maçanetas para confirmar que
as portas estão travadas.

3-6

MP Frontier_seção 3.pmd 6 15/1/2013, 14:58


Chave inteligente (se equipado) Falha do controle remoto Retravamento automático
Quando estiver no modo de conveniência, O controle remoto pode não funcionar corre Quando o botão no controle remoto
trave o veículo utilizando a Chave Inteligen- tamente em várias situações como listadas for pres sionado, todas as portas serão
te. Fique próximo à porta junto a Chave In- abaixo: automaticamente travadas dentro de 1
teligente e pressione os botões / • Quando a bateria do controle remoto minuto, exceto se um dos seguintes
simultaneamente por 10 segundos para está descarregada. procedimentos for realizado:
selecionar o modo antiseqüestro. Então,
• Quando o sistema de travamento/des- • Qualquer porta estiver aber ta.
imediatamente aperte o interruptor da fe-
tra vamento for usado continuamente, • A chave estiver inserida no interruptor
chadura da porta na maçaneta do
um sis tema antiabuso de travamento, de ignição e for girada da posição “OFF”
motorista. Note que o procedimento
previne que os motores das travas su- para “ON”.
anterior deve ser efetuado após o interruptor
peraqueçam e desabilita a operação de
de ignição passar da posição “ON” para
travamento do controle remoto por um
“LOCK” .
curto período de tempo.
A luz indicadora ou piscará, con-
• Quando a maçaneta é acionada quando
firmando que o modo antissequestro foi cor-
o controle remoto for ativado.
retamente habilitado.
• Consulte “Controle remoto integrado/
O mesmo procedimento deve ser efetuado
Substitui ção da bateria da Chave Inteli-
na mesma ordem para desabilitar o modo
gente” na seção “Manutenção e faça
antiseqüestro e retornar para o modo de
você mesmo” para a substituição da ba-
conveniência.
teria e tipo.
A luz indicadora ou piscará, con-
firmando que o modo antisseqüestro foi cor-
retamente desabilitado.
Consulte “Luzes de advertência/
indicadoras e avisos sonoro” na seção
“Instrumentos e controles” para detalhes
adicionais”.

3-7

MP Frontier_seção 3.pmd 7 15/1/2013, 14:58


CHAVE INTELIGENTE
NISSAN (se equipado)
ATENÇÃO: A chave inteligente está sempre em comu- O tempo de vida da bateria é de aproxima-
Ondas de rádio podem afetar equipamen nica ção com o veículo por ondas de rádio. damente 2 anos, embora possa variar con-
tos médicos eletrônicos adversamente. O sistema da chave inteligente transmite forme as condições de uso.
As pessoas que usam marcapasso de- ondas de rádio fracas. Condições ambientais Embora a vida da bateria varie dependen-
vem en trar em contato com o fabricante podem interferir na operação da chave inte- do das condições de operação, a vida da
dos equipamentos médicos eletrônicos ligente sobre as seguintes condições: bateria é de aproximadamente 2 anos. Se a
para possíveis influências antes do uso. • Quando a operação for realizada próxi- bateria descarregar, substitua por uma
O sistema da chave inteligente pode ope- ma de um local onde são transmitidas nova.
rar to das as portas usando um controle ondas de rádio fortes, como uma torre Quando a bateria da chave inteligente está
remoto, ou pressionando o interruptor no de televisão, central elétrica e estação baixa, uma luz de advertência na cor verde
veículo sem reti rar a chave do bolso ou da rádiodifusora. piscará por 30 segundos após a ignição ser
bolsa. • Quando na posse de equipamentos ligada.
O ambiente operacional e/ou condições po- sem fio, como um telefone celular e Considerando que a chave inteligente re-
dem afetar a operação da chave inteligente. rádio CB. cebe continuadamente ondas de rádio,
Antes de usar o sistema da chave inteli- • Quando a chave inteligente entra em quando é deixada próxima a equipamentos
gente, leia as informações abaixo. con tato ou é coberta por materiais me- que transmitam fortes ondas de rádio,
tálicos. como sinais de televisores e
• Quando qualquer tipo de controle re- computadores pessoais, a vida da bateria
CUIDADO: pode vir a encurtar.
moto de onda de rádio é usado
• Leve a chave inteligente ao utilizar o
próximo. Para informações sobre a substituição da
veículo.
• Quando a chave inteligente é colocada bateria, consulte “Bateria” na seção “Manu-
• Ao sair do veículo nunca deixe a cha- tenção e faça você mesmo”.
perto de uma aplicação elétrica, como
ve inteligente no seu interior.
um computador pessoal. Somente 4 chaves inteligentes podem ser
• Quando o veículo é estacionado próxi- registradas e usadas em um único veículo.
mo a um estacionamento rotativo que Para informações sobre como comprar e
possua identificação remota. utilizar chaves inteligentes adicionais,
contate uma concessionária NISSAN.
Nesses casos, corrija as condições de ope-
ração antes de usar a função da chave in-
teligente ou use a chave mecânica.

3-8

MP Frontier_seção 3.pmd 8 15/1/2013, 14:58


CUIDADO: Se a chave inteligente for perdida ou rouba-
• Não permita que a chave inteligente da, a NISSAN recomenda que o código ID
que contém componentes elétricos da chave seja apagado. Isto pode prevenir
entre em contato com água. Isto po- o uso não autorizado da chave inteligente
derá afetar a função do sistema. na operação do veículo.
• Não derrube a chave inteligente. Para informações sobre o procedimento,
• Não golpeie a chave inteligente forte- contate uma concessionária NISSAN.
mente contra outro objeto. Este equipamento opera em caráter secun-
dário, isto é, não tem direito a proteção con-
• Não modifique ou mude a chave inteli-
tra interferência prejudicial, mesmo de es-
gente.
tações do mesmo tipo, e não pode causar
• A chave inteligente pode ser interferência a sistemas operando em cará-
danificada se entrar em contato com ter primário.
água. Se a chave inteligente entrar em
contato com água, imediatamente se-
que-a completa mente. ALCANCE OPERACIONAL
• Não coloque a chave inteligente por As funções só podem ser utilizadas quando a
um período estendido em uma área Chave Inteligente estiver dentro do alcance
onde a temperatura excede a 60°C operacional do interruptor especificado.
(140°F). Quando a bateria da chave inteligente
• Não prenda a chave inteligente a um estiver descarregada ou existirem fortes
chaveiro que contenha ímã. ondas de rádio próximo ao local de
• Não coloque a chave inteligente próxi- operação, o alcance operacional da chave
ma a equipamentos que produzem inteligente diminui e poderá não funcionar
campo magnético, como televisores, corretamente.
equipamentos de áudio e computado- O alcance operacional é 80 cm de distân-
res pessoais. cia do botão de abertura 1.

3-9

MP Frontier_seção 3.pmd 9 15/1/2013, 14:58


Se a chave inteligente estiver muito perto • Não puxe a maçaneta da porta antes de
da maçaneta, os botões de abertura pode- pressionar o botão de abertura. A porta
rão não funcionar. será destravada, mas não abrirá. Libere
Quando a chave inteligente estiver dentro a maçaneta e puxe novamente para abrir
do alcance operacional, é possível para qual- a porta.
quer pessoa, até alguém que não leve a • A tampa traseira só poderá ser travada/
chave inteligente, pressionar o respectivo destravada manualmente com a utiliza-
interruptor para travar/destravar as portas. ção da lâmina da chave inteligente.
A tampa traseira só poderá ser travada/des-
travada manualmente com a utilização da
lâmina da chave inteligente.

PRECAUÇÕES PARA TRAVAR/


DESTRAVAR AS PORTAS
• Não pressione o botão de abertura da
maçaneta com a chave inteligente con-
tida em sua mão. A curta distância da
maçaneta poderá causar no sistema da
chave inteligente dificuldade de reconhe-
cimento na parte externa do veículo.
• Após o travamento das portas pelo bo-
tão de abertura da maçaneta, verifique
se as portas estão travadas, testando-as.

3-10

MP Frontier_seção 3.pmd 10 15/1/2013, 14:58


R11J0003A_B

OPERAÇÃO DA CHAVE INTELI- Travando as portas NOTA:


GENTE NISSAN (se equipado) 1. Coloque o interruptor de ignição na po- • As portas não travarão com o botão
sição travado “LOCK” (remova a chave de abertura na maçaneta da porta en-
As portas poderão ser travadas ou destra-
se estiver no interruptor de ignição). quanto uma chave mecânica estiver
vadas sem que você retire as chaves do seu
no interruptor de ignição ou enquan-
bolso ou bolsa. 2. Feche todas as portas. to o interruptor de ignição for pres-
Quando você carrega a chave inteligente po- 3. Pressione o botão de abertura da ma- sionado.
derá travar ou destravar todas as portas, çaneta 1 enquanto carrega a chave • As portas não travarão com o botão
pressionando o botão de abertura na ma- inteligente com você. de abertura na maçaneta da porta en-
çaneta da porta dentro da área de alcance quanto o interruptor de ignição não
4. Todas as portas irão se fechar.
operacional. estiver na posição “LOCK”.
5. As luzes de advertência piscarão uma
vez e a buzina soará uma vez também. • As portas não travarão se você pres-
sionar o botão de abertura na maça-
neta da porta enquanto alguma porta
estiver aberta. Porém as portas tra-
varão com a chave mecânica, mesmo
se alguma porta estiver aberta.
3-11

MP Frontier_seção 3.pmd 11 15/1/2013, 14:58


• A tampa traseira só poderá ser trava- Proteção Lockout
da/destravada manualmente com a Para prevenir que a chave inteligente seja
utilização da lâmina da chave trancada dentro do veículo por acidente, a
inteligente. chave inteligente é equipada com a
• As portas não travarão com o botão proteção Lockout.
de abertura na maçaneta da porta NOTA:
com a chave inteligente dentro do As portas poderão não travar quando a
veículo, e avisos sonoros avisarão
chave inteligente estiver na mesma mão
você (Lockout). Porém, quando uma que está operando o botão de abertura
chave inteligente estiver dentro do ve-
para travar a porta. Coloque a chave
ículo, as portas poderão ser travadas inteligente em uma bolsa, no seu bolso,
com outra chave inteligente.
ou na outra mão.
CUIDADO:
CUIDADO:
• Após o travamento das portas usando • A proteção lockout pode não funcionar
o botão de abertura das portas, Destravando as portas
nas seguintes condições abaixo:
certifique- se de que as portas
estejam travadas, operando as • Quando a chave inteligente for 1. Carregue a chave inteligente.
maçanetas. colocada em cima do painel de 2. Pressione o botão de abertura na
instrumentos. maçane ta da porta 1.
• Quando as portas forem travadas
com o botão de abertura, tenha • Quando a chave inteligente for 3. As luzes de advertência piscarão duas
certeza de que você está com a chave colocada dentro do porta-luvas ou no vezes e a buzina soará duas vezes.
inteligente antes da operação com o porta-objetos.
Se a maçaneta da porta for acionada
botão de abertura, para prevenir que • Quando a chave inteligente for durante o destravamento das portas, esta
a chave inteligente não seja colocada dentro ou próximo de porta pode não ser destravada.
esquecida dentro do veículo. materiais metálicos. Retornando a maçaneta da porta para a
• O interruptor só é operacional quando posição original a porta irá destravar.
a chave inteligente é detectada pelo
sistema da chave inteligente.

3-12

MP Frontier_seção 3.pmd 12 15/1/2013, 14:58


A iluminação interna acenderá por 30 se- COMO USAR A FUNÇÃO DO
gundos quando a porta for destravada e o CONTROLE REMOTO INTEGRADO
inter ruptor de iluminação estiver na posi-
ção “DOOR”. A função do controle remoto integrado pode
A iluminação interna pode ser desligada operar todas as fechaduras das portas,
sem a espera de 30 segundos executando utilizando a chave inteligente.
uma das operações seguintes: O controle remoto integrado pode operar
• Ligando o interruptor de ignição na em uma distância de até 10 m (33 pés) do
posição “ON”. veículo.
• Travando as portas pelo controle A distância de operação pode depender
remoto. das condições ao redor do veículo.
• Trocando o interruptor de iluminação O controle remoto integrado pode não
interna para a posição “OFF”. funcionar nas seguintes condições abaixo:
A tampa traseira só poderá ser travada/ • Quando a chave inteligente não está
Se a porta não destravar após o retorno da no alcance operacional.
destravada manualmente com a utilização
maçaneta, pressione o botão de abertura • Quando as portas estão abertos ou não
da lâmina da chave inteligente.
na maçaneta da porta para destravar a estão fechados corretamente.
porta.
• Quando a bateria da chave inteligente
Todas as por tas serão travadas está descarregada.
automaticamente a menos que uma das
operações seguintes seja executada
dentro de 1 minuto após pressionado o
botão de abertura.
• Abrindo qualquer porta
• Movimentando a ignição a partir da
posição “LOCK”.
• Inserindo a chave mecânica no
interruptor de ignição.

3-13

MP Frontier_seção 3.pmd 13 15/1/2013, 14:58


CUIDADO: • Não prenda a chave inteligente a um
Quando for travar as portas usando a chaveiro que contenha ímã.
chave inteligente, tenha certeza de não • Não coloque a chave inteligente
ter deixado a chave dentro do veículo. próxima a equipamentos que
A tampa traseira só poderá ser travada/ produzem campo magnético, como
destravada manualmente com a televisores, equipamentos de áudio e
utilização da lâmina da chave inteligente. computadores pessoais.
Abaixo estão listadas algumas Se a chave inteligente for perdida ou rouba-
condições ou ocorrências que podem da a NISSAN recomenda que o código ID
danificar a chave inteligente: da chave seja apagado. Isto pode prevenir
o uso não autorizado da chave inteligente
• Não permita que a chave inteligente
na operação do veículo. Para informações
que contém componentes elétricos,
sobre o procedimento, contate uma
entre em contato com água ou água
concessionária NISSAN.
salgada. Isto poderá afetar a função
do sistema. Travando as portas
• Não derrube a chave inteligente. 1. Coloque o interruptor de ignição na
• Não golpeie a chave inteligente posição “LOCK”.
fortemente contra outro objeto. 2. Feche todas as portas.
• Não modifique ou mude a chave inteli- 3. Pressione o botão na chave
gente. inteligente.
• A chave inteligente pode ser 4. As luzes de advertência piscarão uma
danificada se entrar em contato com vez e a buzina soará uma vez.
água. Se a chave inteligente entrar em 5. Todas as portas serão travadas.
contato com água, seque-a imediata- CUIDADO:
mente. Após o travamento das portas pela chave
• Não coloque a chave inteligente em inteligente, verifique se as portas estão
uma área onde temperaturas exce- travadas, testando-as. A tampa traseira
dem a 60°C (140°F). só poderá ser travada/destravada
manualmente com a utilização da lâmina
da chave inteligente.
3-14

MP Frontier_seção 3.pmd 14 15/1/2013, 14:58


Este equipamento opera em caráter
secundário, isto é, não tem direito a
proteção contra interferência prejudicial,
mesmo de estações do mesmo tipo, e não
pode causar interferência a sistemas
operando em caráter primário.

Usando o alarme de pânico AVISOS SONOROS E LUZES DE


Caso você esteja próximo ao seu veículo e ADVERTÊNCIA
sentir-se ameaçado, poderá acionar o O sistema da chave inteligente é equipado
alarme de pânico para chamar a atenção. com uma função que é designada para
Pressione e mantenha pressionado o minimizar as operações impróprias e
botão na chave inteligente por mais ajudam a prevenir o veículo de quebras.
de 0,5 segundo.
A campainha e luzes de advertência são
O alarme de pânico silencia quando: ativadas quando operações impróprias
• permanecer ativo por 50 segundos são detectadas.
• qualquer botão na chave inteligente for 1. As luzes de aviso de trava da chave
pressionado. inteligente (modelos M/T) (1) ou a luz
• pressionando o botão de abertura na de aviso de trava da chave inteligente
porta do motorista ou do passageiro (modelos A/T) (2).
com a chave inteligente no alcance 2. Luzes de aviso do sistema da chave
operacional da maçaneta da porta. inteligente.

3-15

MP Frontier_seção 3.pmd 15 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DE SEGURANÇA

SISTEMA ANTIFURTO NISSAN Dê partida novamente ao motor, observan-


(NATS)* do o seguinte procedimento:
1. Remova qualquer item que possa cau-
A condição do sistema é indicada pela luz
sar a interferência das proximidades da
indicadora de segurança.
chave NATS.
O sistema antifurto NISSAN (NATS) não irá 2. Deixe o interruptor de ignição na posi-
permitir a partida do motor, caso não seja ção “ON” durante aproximadamente
usada a chave registrada NATS. 5 segundos.
Caso uma chave NATS não registrada seja 3. Gire o interruptor de ignição para a po-
utilizada, uma mensagem será exibida no sição “OFF” ou “LOCK” e aguarde apro-
mostrador (se equipado), conforme ilustrado. ximadamente 10 segundos.
4. Dê partida ao motor.
* Imobilizador SIC2045
5. Repita os passos acima até todas as pos-
Caso não haja partida no motor usando-se síveis interferências serem eliminadas.
a chave registrada NATS, isto poderá estar Caso após esse procedimento seja pos- Luz indicadora de segurança NATS
ocorrendo em virtude de interferência por: sível dar partida ao motor, a NISSAN re- A luz indicadora de segurança está locali-
• Outra chave NATS. comenda colocar a chave registrada zada no painel de instrumentos.
• Um dispositivo automatizado de paga- NATS em um chaveiro separado, evitan- A luz pisca quando o interruptor de ignição
mento de pedágio. do assim a interferência de outros dis- está na posição “LOCK”.
• Um dispositivo de pagamento positivos.
A luz indicadora de segurança indica que o
automático. sistema de segurança no veículo está
• Algum outro dispositivo que transmite operacional.
um sinal similar. Caso exista falha no funcionamento do sis-
tema NATS esta luz permanecerá acesa com
o interruptor de ignição na posição “ON”.
Se a luz permanecer acesa e/ou o motor
dar partida, entre em contato com uma con-
cessionária NISSAN para verificar o siste-
ma NATS assim que possível. Certifique-se
de levar todas as chaves NATS ao encami-
nhar o veículo para a concessionária.
3-16

MP Frontier_seção 3.pmd 16 15/1/2013, 14:58


LIBERAÇÃO DO CAPUZ DO MOTOR TAMPA DO BOCAL DE
ABASTECIMENTO DE
COMBUSTÍVEL
ATENÇÃO:
Sempre certifique-se de que o capuz es-
teja fechado e travado firmemente, evi-
tando sua abertura enquanto o veículo
estiver sendo conduzido. O veículo deve
apenas ser conduzido com o capuz do
motor corretamente fechado.

NPA570

1. Puxe a alavanca de liberação da tampa


do capuz do motor 1, localizada abaixo
do painel de instrumentos, lado do moto-
rista; o capuz irá saltar levemente. Para abrir a portinhola de abastecimento de
2. Deslize a alavanca 2 na parte dianteira combustível, pressione o interruptor de aber-
do capuz com a ponta dos dedos, e le- tura localizado no lado inferior do painel de
vante o capuz. instrumentos.
3. Introduza a vareta de sustentação 3 na Para travar a portinhola, feche-a com firmeza.
ranhura localizada sob o capuz do motor. Gire a tampa do bocal de abastecimento de
4. Ao fechar o capuz, recoloque a vareta de combustível no sentido anti-horário e posi-
sustentação 3 na posição original; a se- cione-a no suporte (se equipado) enquanto
guir, baixe vagarosa e cuidadosamente o abastece.
capuz, e certifique-se de que está trava- A tampa do bocal de abastecimento de com-
do no local correto. bustível é do tipo rosca com catraca de tra-
va. Após reabastecer, aperte a tampa no
sentido horário até ouvir dois estalidos da
catraca.
3-17

MP Frontier_seção 3.pmd 17 15/1/2013, 14:58


REGULAGEM DA COLUNA
DE DIREÇÃO
ATENÇÃO:
• O combustível é extremamente infla-
mável e altamente explosivo sob cer-
tas condições. Sempre desligue o mo-
tor e não fume ou permita que cha-
mas ou faíscas estejam próximas ao
veículo quando abastecer.
• O combustível pode estar sob pres-
são, gire a tampa meia volta e se ocor-
rer um som de assobio, pare e aguar-
de para prevenir a saída de spray de
combustível, evitando ferimentos.
Depois remova a tampa.
• Utilize somente tampa original Nissan
para reposição. A tampa possui inter- ATENÇÃO:
namente uma válvula de segurança
Não ajuste o volante de direção com o
para a operação do sistema de com-
veículo em movimento. Você poderá per-
bustível e controle de emissões. Uma
ETIQUETA SOBRE der o controle do veículo e causar aci-
tampa incorreta pode resultar em mau
COMBUSTÍVEL dente. Antes de conduzir o veículo, veri-
funcionamento do sistema e possí-
fique se a coluna de direção está travada
Este veículo foi desenvolvido para ser abas- veis danos.
corretamente.
tecido somente com Diesel S10 e/ou S50.
CUIDADO: Desloque a alavanca da trava para baixo e
Para atender aos requisitos de emissões da ajuste a coluna de direção para cima ou para
inspeção veicular, seu veículo deve ser Se escorrer combustível na carroceria do
veículo, lave com água para evitar danos baixo, conforme desejado.
abastecido com óleo diesel S10 ou S50.
à pintura. Posicione a alavanca da trava para cima fir-
O uso de óleo diesel com outra
memente para travar a coluna de direção
especificação pode afetar a emissão de ga-
na posição.
ses do escapamento do seu veículo.

3-18

MP Frontier_seção 3.pmd 18 15/1/2013, 14:58


ESPELHOS
RETROVISORES
ATENÇÃO:
Ajuste a posição de todos os espelhos
antes de conduzir o veículo. Não ajuste
as posições dos espelhos retrovisores
enquanto dirige, pois toda a atenção deve
ser dedicada na condução do veículo.

SPA2343 IC0181-A

ESPELHO RETROVISOR ESPELHO RETROVISOR COM


INTERNO ANTIOFUSCAMENTO MANUAL
Enquanto segura o espelho retrovisor inter- (se equipado)
no, ajuste os ângulos do espelho até obter 1 Posição noturna
a posição desejada. 2 Posição diurna

A posição noturna 1 irá reduzir o ofusca-


mento dos faróis dos veículos que transitam
atrás.

ATENÇÃO:
Utilize a posição noturna 1 , apenas
quando necessário, pois nesta posição
a claridade do espelho retrovisor é re-
duzida.

3-19

MP Frontier_seção 3.pmd 19 15/1/2013, 14:58


Pressione o interruptor A por 3 segun- ESPELHO RETROVISOR
dos para fazer o sistema operar no modo EXTERNO
normal e o indicador será apagado.
Pressione o interruptor novamente por 3 ATENÇÃO:
segundos para ligar o sistema. • Nunca toque nos espelhos retroviso-
res externos quando estiverem em
CUIDADO: movimento, evitando prender os de-
Não pendure nenhum objeto no espelho dos ou causar danos no espelho.
retrovisor, nem tampouco aplique limpa- • Nunca conduza o veículo com os es-
vidros diretamente sobre ele. Isto irá re- pelhos retrovisores externos rebati-
duzir a sensibilidade do sensor C, resul- dos. Isto reduz a visibilidade traseira
tando em funcionamento inadequado. e pode ocasionar um acidente.
SPA2162 • Os objetos vistos através dos espe-
lhos retrovisores externos podem es-
ESPELHO RETROVISOR COM tar mais próximos do que aparentam.
DISPOSITIVO AUTOMÁTICO • As dimensões e distâncias vistas nos
espelhos externos não são reais.
ANTIOFUSCAMENTO
(se equipado)
O espelho retrovisor interno foi projetado
para alterar automaticamente a reflexão, de
acordo com a intensidade do farol do veícu-
lo que transita atrás.
O sistema antiofuscamento será automati-
camente ligado quando a chave de ignição
estiver posicionada em “ON”.
Quando o sistema está ligado o indicador
B é iluminado e a excessiva claridade dos
faróis dos veículos que transitam atrás será
diminuída.

3-20

MP Frontier_seção 3.pmd 20 15/1/2013, 14:58


SPA1682A SPA0701 SPA1733

Ajuste Para rebater o espelho retrovisor: ESPELHO DE CORTESIA


Espelho retrovisor externo com controle Dobre o espelho retrovisor externo, pres- (se equipado)
remoto (se equipado): sionando-o em direção à parte traseira do
Para utilizar o espelho de cortesia, puxe para
veículo.
O espelho retrovisor externo irá funcionar baixo o quebra-sol e levante a tampa de pro-
apenas quando a ignição estiver nas posi- teção do espelho.
ções “Acc” ou “ON”. A luz do espelho de cortesia é acionada ao
Mova o interruptor para a direita 1 ou para levantar a tampa.
a esquerda 2, para selecionar o espelho
retrovisor externo direito ou esquerdo, a
seguir ajuste-o de acordo com a posição
desejada, pressionando o botão 3.

3-21

MP Frontier_seção 3.pmd 21 15/1/2013, 14:58


PARA-SOL FREIO DE
ESTACIONAMENTO
1. Para bloquear a claridade solar da dian- ATENÇÃO:
teira, mova o para-sol principal para baixo. • Nunca dirija o veículo com o freio de
2. Para bloquear a claridade solar da lateral, estacionamento aplicado. O freio irá
remova o para-sol principal da fixação superaquecer, falhar e isto causará
central e a seguir, mova-o para o lado. um acidente.
3. Deslize a extensão do para-sol para • Nunca libere o freio de estacionamen-
dentro ou para fora, conforme a neces- to pelo lado de fora do veículo; se o
sidade. veículo se mover será impossível
pressionar o pedal de freio e isto cau-
sará um acidente.
• Nunca utilize somente uma marcha
engatada para imobilizar o veículo es-
tacionado. Quando estacionar, certifi-
que-se de que o freio de estacionamen-
to está completamente aplicado.
• Nunca deixe crianças ou adultos que
necessitem de assistência desacom-
panhados no veículo. Eles podem
inadvertidamente liberar o freio de es-
tacionamento e causar involuntaria-
mente um acidente grave.

EXTENSÃO DO PARA-SOL
(se equipado)

CUIDADO:
• Não retorne o para-sol para a posição
original antes de fechar sua extensão.
• Não puxe a extensão do para-sol com
muita força.

3-22

MP Frontier_seção 3.pmd 22 15/1/2013, 14:58


TAMPA TRASEIRA

ATENÇÃO:
• É proibido viajar na área de carga do
veículo. Em caso de uma colisão, as
pessoas nestas áreas podem se ferir
ou morrer.
• Não permita que pessoas viajem em
áreas do veículo não equipadas com
bancos e cintos de segurança.
• Para veículos equipados com prote-
tor de caçamba, é proibido abastecer
tambores ou tanques sobre a caçam-
ba. Os mesmos só devem ser abaste-
SPA2110 cidos no solo e após fechados podem
ser transportados com segurança.
Alavanca do freio de ABERTURA DA TAMPA
estacionamento TRASEIRA
Para aplicar: Destrave com a chave, puxe a maçaneta da
Puxe a alavanca para cima 1. tampa traseira para cima e abaixe a tampa
traseira. Os cabos de sustentação mante-
Para liberar: rão a tampa aberta.
Pressione totalmente o pedal de freio. Puxe Ao fechar a tampa traseira, certifique-se de
um pouco a alavanca para cima, pressione que as travas estejam firmemente bloquea-
o botão 2 e abaixe completamente 3. An- das e trave com a chave.
tes de conduzir o veículo, verifique se a luz CUIDADO:
de advertência está apagada. Para infor-
Não dirija o veículo com a tampa traseira
mações adicionais, consulte “Luz indicadora
abaixada.
de advertência e aviso sonoro” na seção 2
“Instrumentos e controles”.

3-23

MP Frontier_seção 3.pmd 23 15/1/2013, 14:58


LPD0272 TOP655a

Para fechar a tampa traseira, gire a chave GANCHOS DE FIXAÇÃO TRILHO COM GANCHOS DE
em direção ao lado do passageiro 1. Para (Modelo XE e SE) FIXAÇÃO AJUSTÁVEL
abrir, gire a chave em direção ao lado do Para sua conveniência, existem quatro gan- (se equipado)
motorista 2. chos de fixação localizados na caçamba e
Para sua conveniência, existem dois trilhos
quatro na lateral interna superior da caçam-
com quatro ganchos de fixação ajustável
ba. Estes ganchos podem ser utilizados para
localizados na lateral interna superior da
fixar a carga na caçamba.
caçamba. Estes ganchos podem ser ajus-
tados para facilitar a fixação da carga na
caçamba.

3-24

MP Frontier_seção 3.pmd 24 15/1/2013, 14:58


LONGARINAS DE TETO
(se equipado)
CUIDADO: CUIDADO:
O peso no compartimento de carga deve • A carga concentrada em um único
estar distribuído uniformemente sobre ponto poderá danificar o veículo. Por-
ambos os eixos, dianteiro e traseiro. tanto, procure distribuir a carga por
ATENÇÃO: igual.
Prenda adequadamente toda a carga com • Ao conduzir o veículo, verifique oca-
cordas ou cintas, para evitar que escor- sionalmente se a carga está bem fi-
regue ou vire. Em caso de frenagem brus- xada aos trilhos, evitando assim da-
ca ou colisão, uma carga mal fixada po- nos ao veículo e perda da carga.
derá causar ferimentos graves. • Carregar objetos pesados no teto do
veículo afetará negativamente a diri-
gibilidade. Procure transportar car-
gas mais pesadas na caçamba do
veículo.
Você poderá carregar bagagem sobre o teto • Não transporte no teto do veículo vo-
do veículo, amarrando-a em barras trans- lumes que ultrapassem os limites de
versais instaladas nas longarinas de teto. largura e comprimento das longarinas
As longarinas de teto foram projetadas para de teto.
suportar cargas distribuídas de até 56 kg. • Dirija o veículo a velocidades mode-
radas ao transportar cargas no teto
Sobrecarregar as longarinas de teto poderá
do veículo.
resultar em danos ao veículo ou acidentes.

3-25

MP Frontier_seção 3.pmd 25 15/1/2013, 14:58


MP Frontier_seção 3.pmd 26 15/1/2013, 14:58
4 Aquecedor, ar condicionado e sistema de áudio

Câmera de ré (se equipado) ..................................... 4-2 Cuidados na operação do CD player ................ 4-14
Como ler as linhas na tela .................................... 4-2 Antena .................................................................. 4-16
Diferença entre distâncias reais e previsíveis .. 4-3 Rádio AM-FM com CD Changer (Tipo A)
Ajustando a tela ..................................................... 4-4 (se equipado) ............................................................ 4-17
Dicas de operação ................................................ 4-4 Rádio FM - AM / CD Changer .............................. 4-18
Difusores .................................................................... 4-5 Operação do CD Player ...................................... 4-19
Difusores laterais e centrais ............................... 4-5 Operação do rádio FM – AM ................................ 4-21
Ar condicionado (se equipado) ................................ 4-6 Rádio AM - FM com CD Player C / SD (Tipo B) 4
(se equipado) ............................................................ 4-23
Ar condicionado manual com aquecedor
(se equipado) ......................................................... 4-6 Rádio FM - AM / CD / SD ..................................... 4-24
Controles ............................................................... 4-6 Operação do CD / SD .......................................... 4-27
Funcionamento do ar condicionado Operação do rádio .............................................. 4-29
(se equipado) ......................................................... 4-9 Precauções gerais .............................................. 4-31
Sugestões de funcionamento .............................. 4-9 Características .................................................... 4-32
Ar condicionado automático com aquecedor Antes de solicitar assistência ........................... 4-32
(se equipado) ............................................................ 4-10 Especificações .................................................... 4-33
Operação automática ......................................... 4-11 Rádio FM - AM com CD Player (Tipo C)
Operação manual ................................................ 4-12 (se equipado) ............................................................ 4-35
Sugestões de utilização ..................................... 4-12 Operação principal do sistema de áudio .......... 4-35
Filtro do ar condicionado (se equipado) ........... 4-13 Informações iPod ................................................ 4-40
Ao reparar o sistema de ar condicionado ........ 4-13 Operação iPod player (se equipado) ................. 4-42
Sistema de áudio (se equipado) ............................. 4-14 Interruptor no volante de direção para
Precauções quanto ao funcionamento do controle de áudio (se equipado) ........................ 4-44
sistema de áudio ................................................. 4-14 Telefone veicular ou rádio CB (se equipado) ........ 4-45
Rádio ..................................................................... 4-14

MP Frontier_seção 4a.pmd 1 15/1/2013, 14:58


CÂMERA DE RÉ
(se equipado)
Quando a alavanca seletora estiver na • A parte de baixo do para-choque e
posição R (Ré), a tela do monitor mostra a suas extremidades não podem ser
visão da parte de trás do veículo. vistas pela câmera de ré devido a sua
ATENÇÃO: limitação de área monitorada.
• O sistema foi projetado para ajudar o • Não coloque nenhum objeto sobre a
motorista a detectar grandes objetos câmera de ré. A câmera de ré está
que poderiam causar danos ao instalada no acabamento da tampa
veículo. O sistema não irá detectar traseira.
pequenos objetos abaixo do para- • Ao lavar o veículo com água
choque, e pode não detectar objetos pressurizada, certifique-se de não
perto do para-choque ou no chão. jatear em volta da câmera de ré.
• A câmera de ré é um acessório de Caso contrário, a água poderá entrar
auxílio, mas não um substituto para o na unidade da câmera, causando a LHA0437

condutor manobrar em ré. Sempre condensação de água nas lentes,


olhe e certifique-se de manobrar em uma falha, incêndio ou choque
elétrico. COMO LER AS LINHAS NA TELA
ré. Sempre dê ré lentamente.
• Os objetos vistos na câmera de ré • Não bata na câmera. Ela é um As linhas são mostradas na tela e indicam a
diferem da distância real porque são instrumento preciso. Caso contrário, área livre do veículo e distâncias dos objetos
usadas lentes convexas. poderá causar falha ou dano, com referência à linha A do para-choque.
resultando em incêndio ou choque Elas são indicadas como referências as
• Certifique-se de que a tampa
elétrico. distâncias dos objetos. As linhas e cores na
traseira esteja fechada corretamente
ao dar ré. CUIDADO: tela indicam distâncias da linha A do para-
choque traseiro, conforme a ilustração.
Existe uma cobertura plástica sobre a
câmera. Não risque a cobertura quando  0,5 m vermelho
for limpar sujeiras ou remover neve.  1 m amarelo
 2 m verde
 3 m verde
As linhas da área livre do veículo são
maiores do que a área livre real.

4-2

MP Frontier_seção 4a.pmd 2 15/1/2013, 14:58


DIFERENÇA ENTRE DISTÂNCIAS
REAIS E PREVISÍVEIS
A linha guia de distância e a linha guia da
largura do veículo devem ser usadas
somente como uma referência quando o
veículo estiver estacionado em uma
superfície pavimentada e nivelada.
A distância observada na tela é apenas
referência e pode ser diferente da distância
real entre o veículo e os objetos vistos

WHA1504_A WHA1505_A

Manobrar em ré em um aclive Manobrar em ré em um declive


Ao manobrar em ré em um aclive, as linhas Ao manobrar em ré em um declive, as
guias de distância e as linhas guias da linhas guias de distância e as linhas guias
largura do veículo são exibidas mais da largura do veículo são exibidas mais
próximas do que a distância real. distantes do que a distância real.
Por exemplo, a tela mostra 1,0 m na posi- Por exemplo, a tela mostra 1,0 m na posi-
ção A, mas a distância real 1,0 m na ladei- ção A, mas a distância real 1,0 m na la-
ra é a posição B. Observa que qualquer deira é a posição B. Observa que qual-
objeto na ladeira está mais distante do que quer objeto na ladeira está mais próximo
aparenta na tela. do que aparenta na tela.

4-3

MP Frontier_seção 4a.pmd 3 15/1/2013, 14:58


DICAS DE OPERAÇÃO
• Quando a alavanca seletora for mudada
para a posição R (Ré), a tela muda auto-
maticamente para o modo câmera de ré.
• Poderá demorar algum tempo até que a
câmera de ré seja exibida após a alavanca
seletora ser colocada na posição R (Ré).
Os objetos podem ficar distorcidos mo-
mentaneamente até que a tela da câmera
de ré seja exibida completamente.
Quando a alavanca seletora retornar para
LHA1272 outra posição que não seja R (Ré), pode-
rá levar algum tempo até que a tela se
AJUSTANDO A TELA modifique. Os objetos na tela poderão
ficar distorcidos até que sejam exibidos
Para ajustar a qualidade da tela, pressione completamente.
WHA1506_A o botão de controle de ajuste no sistema
de áudio. • Quando a temperatura for extremamente
alta ou baixa, a tela pode não mostrar
Manobrar em ré atrás de um • Para ajustar o Brilho ou Contraste, claramente os objetos. Isto não é uma
objeto projetado pressione o botão de controle de ajuste falha.
repetidamente até que a configuração
A posição c é mostrada mais distante • Quando uma forte luz entra na câmera,
desejada seja exibida. Use o botão
do que a posição B na tela. Entretanto, a os objetos podem não ser exibidos clara-
TUNE/SCROLL para ajustar a tela no
posição c é na verdade a mesma distân- mente.
nível desejado.
cia que a posição A.
• Não ajuste o Brilho ou Contraste da
O veículo pode bater no objeto ao dar ré câmera de ré enquanto o veículo estiver
(conforme a posição A) se o objeto se sendo conduzido.
projetar acima do trajeto da ré.

4-4

MP Frontier_seção 4a.pmd 4 15/1/2013, 14:58


DIFUSORES

• As linhas verticais podem ser vistas nos • Não utilize álcool, benzina ou thinner
objetos na tela. Isto se deve a forte luz para limpar a câmera. Isto causará des-
refletida do para-choque. Isto não é uma coloração. Para limpar a câmera, utilize
falha. um pano umedecido com uma solução
• A luz pode ficar trêmula sob luz fluores- de limpeza diluída, em seguida use um
cente. Isto não é uma falha. pano seco.
• As cores dos objetos na câmera de ré • Não danifique a câmera, pois a tela pode
podem diferir das cores dos objetos ser adversamente.
reais. • Não utilize cera no vidro da câmera. Se
• Quando o contraste dos objetos for baixo houver cera no vidro da câmera, limpe-
durante a noite, ao pressionar o botão de a com um pano umedecido em uma
controle de ajuste ou o botão SETUP solução de limpeza diluída em água. NAA881

poderá não alterar o brilho.


• Os objetos na tela podem não ficar claros DIFUSORES LATERAIS E
em um lugar escuro ou durante a noite. CENTRAIS
• Se sujeira, chuva ou neve ficarem na A ventilação pode ser liberada ou fechada
câmera, a câmera de ré poderá não 1, e a direção do fluxo de ar pode ser ajus-
exibir os objetos. Limpe a câmera. tada 2.
Este símbolo indica que os difusores
estão fechados.
Este símbolo indica que os difusores
estão abertos.

4-5

MP Frontier_seção 4a.pmd 5 15/1/2013, 14:58


AR CONDICIONADO (se equipado)

CONTROLES
x Seletor de velocidade do ventilador:
Para ligar, desligar e controlar a velocida-
de da ventilação. Gire o seletor no sentido
horário para aumentar a velocidade do ven-
tilador. Para diminuir a ventilação, gire o
seletor no sentido anti-horário.
Seletor de temperatura:
Este seletor lhe permite ajustar a tempera-
tura na saída de ar.
Seletor de fluxo de ar:
NAA844-hig_A
Utilize este seletor para selecionar manual-
Ar condicionado manual
mente o fluxo de ar dos difusores, conforme
AR CONDICIONADO MANUAL ATENÇÃO: descrito abaixo:
COM AQUECEDOR (se equipado) • Não deixe crianças ou adultos que ne- MAX Fluxo de ar pelos difusores (se equi-
cessitem de assistência sozinhos no A/C
pado) centrais e laterais, com resfria-
1 Seletor da velocidade do ventilador interior do veículo. Da mesma forma,
mento máximo
2 Seletor de temperatura não deixe animais de estimação sozi-
3 Seletor de fluxo de ar nhos no interior do veículo. Em dias M Fluxo de ar pelos difusores centrais
quentes e ensolarados, a temperatura e laterais.
4 Tecla de recirculação de ar dentro de um veículo fechado pode au-
5 Tecla do desembaçador do vidro mentar rapidamente, podendo causar L Fluxo de ar pelos difusores centrais,
traseiro ferimentos graves ou até fatais às pes- laterais e da área dos pés.
soas ou animais.
Quanto a detalhes, consulte “Interruptor K Fluxo de ar principalmente pelas sa-
• Não use o modo de recirculação por
do Desembaçador”, na seção 2. “Instru- longos períodos, pois ele poderá tornar ídas de ar do assoalho.
mentos e Controles”. o ar no interior do veículo viciado e os J Fluxo de ar pelos difusores do de-
6 Tecla do ar condicionado (se equipa- vidros poderão ficar embaçados. sembaçador e saídas do assoalho.
do) • Não se deve ajustar os controles de
aquecimento ou do ar condicionado en- V Fluxo de ar pelos difusores do de-
quanto estiver dirigindo, para evitar dis- sembaçador.
tração durante a condução do veículo.
4-6

MP Frontier_seção 4a.pmd 6 29/1/2013, 08:31


NOTA: Operação do aquecedor Ventilação:
Caso seja selecionado MAX A/C, o ar con- A função de aquecimento opera somente Este modo direciona o ar externo prove-
dicionado (se equipado) será automatica- após o aquecimento do motor. niente dos difusores laterais e centrais.
mente ligado e o modo de entrada de ar Aquecimento 1. Pressione a tecla de recirculação de ar
será ajustado para a posição recirculação. (4) para a posição OFF, para obter o
Este modo é utilizado para direcionar o ar
4 Tecla de recirculação de ar: aquecido para as saídas de ar do assoalho. aquecimento normal (sem luz indica-
Posição OFF (desligado) dora).
1. Pressione a tecla de recirculação de ar
• O ar externo é puxado para o interior do (4 ), para a posição “OFF” para o 2. Gire o seletor de fluxo de ar para a posi-
compartimento de passageiros. aquecimento normal (indicador lumino- ção M.
• Utilize a posição OFF para o funciona- so apagado). 3. Gire o seletor de velocidade do ventila-
mento normal do aquecedor, da ventila- 2. Gire o seletor de controle do fluxo de ar dor para a posição desejada.
ção ou ar condicionado (se equipado). para a posição K. 4. Gire o seletor de temperatura para a
3. Gire o seletor de controle de velocidade posição desejada.
Posição ON (LIGADO) (luz indicadora
acesa) do ventilador para a posição desejada.
4. Gire o seletor de temperatura para a po-
O ar interno é recirculado no interior do veículo.
sição desejada entre a posição central
Pressione a tecla de recirculação de ar e máxima (direita) (HOT).
(4) na posição ON, em situações tais Para aquecimento rápido, pressione a tecla
como: ao dirigir em estradas poeirentas, de recirculação de ar (4) para a posição
para evitar a fumaça do trânsito, ou para
“ON”. Certifique-se de retornar a tecla para
obter resfriamento máximo do ar condicio-
a posição “OFF” para o aquecimento nor-
nado (se equipado).
mal (luz indicadora apagada) para evitar o
embaçamento dos vidros.

4-7

MP Frontier_seção 4a.pmd 7 15/1/2013, 14:58


Descongelamento ou desembaçamento: Aquecimento de dois níveis Aquecimento e desembaçamento
Este modo é utilizado para descongelar / (se equipado): Este modo aquece a parte interna do veí-
desembaçar os vidros. Este modo direciona o ar externo prove- culo e desembaça o para-brisa.
1. Pressione a tecla de recirculação de ar niente dos difusores laterais e centrais, e o 1. Pressione o botão de recirculação de
(4) para a posição OFF, para obter o ar quente proveniente dos difusores do as- ar (4) para a posição OFF (sem luz
aquecimento normal (sem luz indica- soalho. indicadora).
dora). 1. Pressione a tecla de recirculação de ar 2. Gire o seletor de fluxo de ar para a posi-
2. Gire o seletor de fluxo de ar para a posi- (4) para a posição OFF (sem luz in- ção J.
ção . dicadora). 3. Gire o seletor de velocidade do ventila-
3. Gire o seletor de velocidade do ventila- 2. Gire o seletor de fluxo de ar para a posi- dor para a posição desejada.
dor para a posição desejada. ção L. 4. Gire o seletor de temperatura para a
4. Gire o seletor de temperatura para a 3. Gire o seletor de velocidade do ventila-
posição desejada, entre as posições posição desejada, entre a posição inter-
dor para a posição desejada. mediária e a posição “HOT” máxima.
média e “HOT” (quente).
4. Gire o seletor de temperatura para a po- • Modelos com A/C:
• Para descongelar / desembaçar rapida-
mente o para-brisa, pressione a tecla de sição desejada, na posição intermediá- Quando o seletor de fluxo de ar for gira-
recirculação de ar (4) ON, gire o seletor ria entre “HOT” (quente) e “COLD” (frio). do para a posição ou J, o ar condi-
de velocidade do ventilador para a veloci- cionado será automaticamente ligado a
dade 4 e o seletor de temperatura para a uma temperatura externa superior a -5°C
posição máxima “HOT” (quente). (23°F), para desembaçar o para-brisa,
• Para modelos equipados com A/C: e o modo de recirculação de ar será au-
Quando o seletor de fluxo de ar é girado tomaticamente desligado. Para desligar
para a posição , o ar condicionado o A/C, aperte o botão A/C.
será automaticamente ligado a uma tem- O ar externo será então puxado para o
peratura externa acima de –5°C (23°F), interior do compartimento de passagei-
para desembaçar o vidro do para-brisa, ros, para melhorar o desempenho do
e o modo de recirculação de ar será au- desembaçamento.
tomaticamente desligado. Para desligar
o A/C, aperte a tecla A/C.
O ar externo é puxado para o comparti-
mento de passageiros, para melhorar o
desempenho do desembaçamento.
4-8

MP Frontier_seção 4a.pmd 8 15/1/2013, 14:58


FUNCIONAMENTO DO AR Para um resfriamento rápido, quando a tem- Desembaçamento desumidificado:
CONDICIONADO (SE EQUIPADO) peratura externa estiver alta, gire o seletor Este modo é utilizado para desembaçar os
de fluxo de ar para a posição MAX A/C. Para vidros e desumidificar o compartimento de
Dê partida ao motor, gire o seletor de velo- um resfriamento normal, certifique-se de passageiros.
cidade do ventilador para a posição dese- retornar o controle de fluxo de ar para qual-
jada, e pressione o botão A/C para ativar o 1. Pressione o botão de recirculação de ar
quer posição, exceto MAX A/C. (4) para a posição OFF.
ar condicionado. Quando o ar condiciona-
do estiver ligado, as funções de 2. Gire o seletor de fluxo de ar para a posi-
NOTA:
resfriamento e desumidificação serão adi- ção .
Uma névoa pode ser observada próximo
cionadas ao funcionamento do aquecedor. 3. Gire o seletor de velocidade do ventila-
das saídas de ar em condições quentes
Para desligar o ar condicionado, pressio- dor para a posição desejada.
e úmidas, quando o ar é resfriado rapi-
ne novamente o botão. damente. Isto não significa mau funcio- 4. Gire o seletor de temperatura para a po-
namento do sistema. sição desejada.
NOTA:
A função de resfriamento do ar condicio- Quando o seletor de fluxo de ar estiver nas
Aquecimento desumidificado:
posições ou J, o ar condicionado será
nado funciona apenas quando o motor Este modo é utilizado para aquecer e automaticamente ligado a uma temperatura
estiver em operação. desumidificar. externa acima de –5°C (23°F), para desem-
Resfriamento: 1. Pressione o botão de recirculação de ar baçar o para-brisa, e o modo de recirculação
(4) para a posição OFF. de ar será automaticamente desligado. Para
Este modo é utilizado para resfriar e desu- desligar o A/C, aperte o botão A/C.
midificar. 2. Gire o seletor de fluxo de ar para a posi-
ção K. SUGESTÕES DE
1. Pressione o botão de recirculação de ar
3. Gire o seletor de velocidade do ventila- FUNCIONAMENTO
(4) para a posição OFF.
2. Gire o seletor de fluxo de ar para a posi- dor para a posição desejada. • Para melhorar o funcionamento do aque-
ção M. 4. Pressione o botão A/C para a posição cedor, limpe toda a neve ou gelo que es-
ON e a luz indicadora se acenderá. tiverem acumulados sobre as palhetas
3. Gire o seletor de velocidade do ventila- do limpador de para-brisa, e sobre a gra-
dor para a posição desejada. 5. Gire o seletor de temperatura para a de localizada na frente do para-brisa.
4. Pressione o botão A/C para a posição posição desejada. • Quando a temperatura do motor e a tem-
ON e a luz indicadora se acenderá. peratura externa são baixas, a saída de
5. Gire o seletor de temperatura para a ar no assoalho pode não operar por 150
posição desejada. segundos. Após o aquecimento do mo-
tor, funcionará normalmente.
4-9

MP Frontier_seção 4a.pmd 9 15/1/2013, 14:58


AR CONDICIONADO AUTOMÁTICO COM AQUECEDOR
(se equipado)
• Mantenha os vidros fechados, enquanto
o ar condicionado estiver funcionando.
• Após o veículo ter permanecido sob luz
solar direta, dirija durante dois ou três mi-
nutos com as janelas abertas, para que o
ar quente saia do compartimento de pas-
sageiros. A seguir, feche os vidros. Isto irá
permitir o funcionamento mais rápido do ar
condicionado.
• O sistema do ar condicionado deve fun-
cionar durante 10 minutos, pelo menos
uma vez ao mês. Isto ajuda a evitar da-
nos ao sistema em virtude de falta de lu-
LHA0877
brificação.
• Caso o indicador de temperatura do lí-
quido de arrefecimento ultrapasse a po-  Seletor de temperatura para o motoris- ATENÇÃO:
sição “HOT”, desligue o ar condicionado. ta • A função de resfriamento do ar
Quanto a informações adicionais, consul- 2 Botão A/C (ON/OFF) condicionado opera somente quando
te “Superaquecimento do Motor”, na Se- 3 Botão do desembaçador do para-brisa o motor está em funcionamento.
ção 6. “Em caso de emergência”. • Não deixe crianças ou adultos que
4 Seletor de velocidade do ventilador / normalmente necessitem de
• Se o sistema de arrefecimento do motor 5 Botão OFF assistência sozinhas dentro do veículo.
atingir uma temperatura extremamente
6 Botão do desembaçador do vidro tra- Animais de estimação também não
alta, o sistema do ar condicionado será
seiro devem ser deixados sozinhos. Eles
desligado automaticamente. Isto pode- podem se ferir acidentalmente ou a
rá ocorrer, se por exemplo, o motor ficar 7 Botão de recirculação de ar
outras pessoas por meio de operação
em marcha lenta por um longo período 8 Seletor de temperatura para o passa- inadvertida do veículo. Além disso,
em um dia quente. geiro em dias quentes e dias de sol, a
9 Botão DUAL temperatura interna do veículo
10 Botões de controle de circulação de ar fechado pode aumentar rapida-
mentepossibilitando reações sérias e
11 Botão AUTO
possivelmente fatais a pessoas ou
animais.
4-10

MP Frontier_seção 4a.pmd 10 15/1/2013, 14:58


• Não use o modo de recirculação por • Ajuste o seletor de temperatura para • Tão logo o para-brisa esteja limpo,
longos períodos, pois isso pode fazer aproximadamente 75°F (24°C) para pressione o botão AUTO para retornar
com que o ar interior se torne pesado operação normal. ao modo automático.
e também causar o embaçamento dos • A temperatura no compartimento do • Quando o botão de controle do
vidros.
passageiro será mantida automa- desembaçador estiver ativado, o ar
Ligue o motor e opere os controles para ticamente. A distribuição do fluxo de ar, condicionado será automa-ticamente
ativar o ar condicionado. velocidade do ventilador e operação ON/ ativado em temperaturas acima de
OPERAÇÃO AUTOMÁTICA OFF do ar condicionado serão 36°F (2°C).
controladas automaticamente. Se o modo desembaçador for utilizado
Aquecimento ou resfriamento • Uma névoa visível poderá ser por mais de um minuto, o sistema do
(AUTO) observada saindo dos difusores no ar condicionado continuará a operar até
Este modo pode ser utilizado normalmente calor e em condições úmidas, onde o que o controle do ventilador seja
durante todo o ano para que o sistema ar é resfriado rapidamente. Isto no desligado, o veículo seja desligado ou
mantenha automaticamente uma entanto, não é um indicador de falha. o botão A/C seja pressionado, mesmo
temperatura constante. A distribuição do que os botões de seleção de modo
fluxo de ar e a velocidade do ventilador são
Descongelamento ou
sejam selecionados para outra
controladas automaticamente desembaçamento desumidificado posição que não a posição . Isto
1. Pressione o botão AUTO. (A luz 1. Pressione o botão do desembaçador desumidifica o ar, o que ajuda a
indicadora acederá). para ativar o sistema. A luz desembaçar o para-brisa.
2. Selecione o controle de temperatura indicadora acenderá. O modo recirculação é automa-
para o lado do condutor (à esquerda) 2. Ajuste o seletor de temperatura para a ticamente desligado, permitindo que o
ou o seletor da direita até a temperatura direita ou esquerda conforme desejado. ar externo seja sugado para o
desejada. compartimento dos passageiros, para
• Para remover rapidamente o embaçado
A temperatura do condutor e a do na parte interna das janelas, acione o aumentar mais ainda a performance
passageiro pode ser ajustada botão de controle de velocidade do de desembaçamento.
independentemente.
ventilador para a velocidade máxima.
Pressione o botão DUAL para ativar as
• Para remover rapidamente o embaçado
funções do controle climático. Selecione
a temperatura para o lado do motorista na parte interna das janelas, acione o
pelo seletor da esquerda e a botão de controle de velocidade do
temperatura para o lado do passageiro ventilador para a velocidade máxima.
pelo seletor da direita.
4-11

MP Frontier_seção 4a.pmd 11 15/1/2013, 14:58


OPERAÇÃO MANUAL O modo de recirculação não será ativado Para desligar o sistema
quando o ar condicionado estiver no modo
Seletor de Velocidade do desembaçador, área dos pés, ou Pressione o botão /OFF.
Ventilador desembaçador/ área dos pés.
SUGESTÕES DE UTILIZAÇÃO
Utilize o seletor de velocidade do ventilador Controle do Fluxo de Ar
para esquerda ou direita para controlar Quando a temperatura do líquido de
Pressionando-se os botões a seguir pode- arrefecimento do motor e a temperatura
manualmente a velocidade do ventilador.
se controlar manualmente a saída do fluxo externa estiverem baixas, o fluxo de ar para
Pressione o botão OFF para desligar o sis- de ar e os difusores: as saídas para os pés pode não ser
tema fornecido por no máximo 150 segundos.
—Fluxo de ar pelos difusores laterais
Pressione o botão AUTO para retornar ao Entretanto, isto não indica uma falha.
e centrais.
modo de controle automático da Após o aquecimento do líquido de
—Fluxo de ar pelos difusores laterais,
velocidade do ventilador. arrefecimento, o fluxo de ar nas saídas
central e área dos pés.
Recirculação de Ar —Fluxo de ar principalmente para as para os pés é fornecido normalmente.
Pressione o botão de recirculação de ar área dos pés.
4 para recircular o ar do interior do ve- —Fluxo de ar para o desembaçador
ículo. e área dos pés.
Pressione o botão AUTO para retornar ao — Fluxo de ar para o
modo automático. desembaçador.

4-12

MP Frontier_seção 4a.pmd 12 15/1/2013, 14:58


FILTRO DO AR CONDICIONADO AO REPARAR O SISTEMA DE
(SE EQUIPADO) AR CONDICIONADO
O sistema do ar condicionado é equipado O sistema do ar condicionado que está ins-
com um filtro que recolhe sujeira, pólen, talado em seu veículo NISSAN, está carre-
1
poeira, etc. Para certificar-se de que o ar gado com um refrigerante não prejudicial ao
condicionado aquece, desembaça e ven- meio ambiente.
tila suficientemente, substitua o filtro regu- Este refrigerante não irá prejudicar a ca-
larmente. Para substituir o filtro, contate mada de ozônio da Terra.
uma concessionária NISSAN. Entretanto, ele pode contribuir em uma pe-
O filtro deve ser substituído, caso o fluxo quena parte para o aquecimento global.
de ar esteja bastante reduzido, ou quando Equipamentos de carga e lubrificantes es-
os vidros fiquem facilmente embaçados peciais são necessários ao fazer a manuten-
LIC0835_A durante o funcionamento do ar condicio- ção do ar condicionado NISSAN. Caso se-
nado. jam utilizados refrigerantes ou lubrificantes
inadequados, poderá resultar em sérios da-
O sensor de carga solar (1), localizado na nos ao sistema do ar condicionado. Consul-
parte superior direita do painel, auxilia o te “Refrigerantes e Lubrificantes Recomen-
sistema a manter uma temperatura dados para o Sistema de Ar Condicionado
constante. (se equipado)”, na seção 9. “Informações
Técnicas”, deste manual.
Não coloque nada em cima ou ao redor
deste sensor. As concessionárias NISSAN estão totalmen-
te capacitadas para reparar o sistema de ar
condicionado do seu veículo.

4-13

MP Frontier_seção 4a.pmd 13 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DE ÁUDIO (se equipado)

PRECAUÇÕES QUANTO AO RÁDIO


FUNCIONAMENTO DO SISTEMA • A recepção do rádio é afetada em fun-
DE ÁUDIO ção do alcance do sinal da estação, dis-
ATENÇÃO: tância do transmissor de rádio, prédi-
os, pontes, montanhas, e outras inter-
Não ajuste o sistema de áudio enquanto
ferências externas. Problemas intermi-
estiver dirigindo. Sua total atenção deve
tentes na qualidade da recepção, nor-
estar voltada para a direção do veículo.
malmente são causados por estas
interferências externas.
• A utilização de telefone celular no inte-
rior ou nas proximidades do veículo po-
derá alterar a qualidade da recepção
de rádio.

CUIDADOS NA OPERAÇÃO DO
CD PLAYER
• Em clima frio ou dias chuvosos, o siste-
ma pode apresentar mau funcionamen-
to por causa da umidade. Se isso ocorrer,
retire o CD e desumidifique ou ventile o
equipamento todo.

4-14

MP Frontier_seção 4a.pmd 14 15/1/2013, 14:58


• O CD pode saltar com o veículo em • Caso o CD não possa ser executado, Informações sobre os termos:
movimento, em estradas esburacadas. uma das mensagens a seguir será
• Algumas vezes o equipamento pode não exibida. • MP3 — MP3 é uma abreviação para
funcionar quando a temperatura do inte- “Moving Pictures Experts Group Audio
rior for extremamente alta. Diminua a Check Disc (Verifique o Disco) Layer 3”. MP3 é o mais conhecido
temperatura antes de usá-lo. – Confirme se o CD foi inserido correta- formato de arquivo comprimido de
mente (rótulo voltado para cima, etc.). áudio. Este formato permite qualidade
• Não exponha o CD diretamente aos
– Confirme se o CD não está empenado de som próxima ao CD, mas com uma
raios solares.
ou torto e sem riscos. fração do tamanho de arquivos auditi-
• CDs de má qualidade, sujos, riscados,
vos normais. A conversão para MP3 de
com marcas de impressões digitais ou Push eject (Pressione Eject) uma faixa de áudio de CD pode reduzir
que apresentem defeitos podem não Mau funcionamento devido à alta tempe- o tamanho do arquivo para a relação
funcionar adequadamente. ratura no interior do CD player. Retire o CD aproximada 10:1 (Amostragem 44.1
Os seguintes tipos de CDs podem não pressionando a tecla “EJECT”, e após um kHz, taxa de Bit: 128 kbps) com
ser executados: período curto, insira novamente. O CD virtualmente nenhuma perda perceptí-
– Discos compactos graváveis (CD-R) poderá ser executado quando a tempera- vel em qualidade. A compressão para
– Discos compactos regraváveis (CD- tura do sistema retornar ao normal. MP3 remove as partes redundantes e
RW)
irrelevantes de um sinal sonoro que a
• A fim de evitar mau funcionamento do Unplayable: (não executável)
audição humana não ouve.
aparelho, não use CDs que tenham as O arquivo não pode ser executado neste
• WMA – Windows Media Áudio (WMA) é
características a seguir: sistema de áudio (somente MP3 ou WMA
um formato de áudio comprimido cria-
• Discos de 8 cm que utilizem adap- CD).
do pela Microsoft como uma alternati-
tadores. Compact Disc (CD) com MP3 ou WMA
va para o MP3. O codec do WMA ofere-
• CDs que não sejam redondos.
ce maior compressão de arquivo que o
• CDs com rótulo de papel.
codec do MP3, permitindo o armazena-
• CDs empenados, riscados ou com
mento de mais faixas de áudio digitais
bordas irregulares.
na mesma quantidade de espaço
• Este sistema de áudio reproduz so-
quando comparado ao MP3 com o
mente CDs previamente gravados. O
mesmo nível de qualidade.
sistema não tem a capacidade de gra-
var ou queimar CDs.

4-15

MP Frontier_seção 4a.pmd 15 15/1/2013, 14:58


• Taxa de Bit – Taxa de Bit denota o ANTENA
número de bits por segundo utilizado
A antena não pode ser recolhida, mas pode
por um arquivo digital de música. O
ser removida. Caso necessite remover a an-
tamanho e qualidade de um arquivo
tena, gire a haste no sentido anti-horário.
digital de áudio comprimido são deter-
minados pela taxa de bit utilizada ao Para instalar aperte a haste da antena, utili-
codificar o arquivo. zando uma ferramenta adequada.
• Sampling frequency – “Sampling A especificação de torque de aperto da an-
frequency” é a taxa à qual as amostras tena é de 3,4 a 3,6 N.m (0,35 a 0,36 kg.m).
de um sinal são convertidas de Para apertar a antena, não utilize alicate
analógico para digital (conversão de A/ para evitar deixar marcas na superfície. A
D) por segundo. haste da antena não pode ser apertada
• Multisessão – Multisessão é um dos manualmente conforme a especificação.
métodos para gravação de dados da ATENÇÃO:
mídia. Dados escritos uma única vez Sempre aperte corretamente a haste da
na mídia são chamados de sessão antena durante a instalação para evitar
simples, e escritos mais de uma vez danos durante a operação do veículo.
são chamados de multisessão.
• ID3/WMA Tag – O ID3/WMA tag é a parte
do arquivo MP3 ou arquivo WMA que
contém informações sobre o arquivo
digital de música como título de canção,
artista, título de álbum, taxa de bit,
duração de tempo da faixa, etc. A
informação ID3 tag é exibida na linha
Álbum/Artista/Título da Faixa no
display.
Windows® e Windows Media® são mar-
cas registradas e/ou marcas de
Microsoft Corporation nos Estados
Unidos da América e/ou outros países.
4-16

MP Frontier_seção 4a.pmd 16 15/1/2013, 14:58


RÁDIO AM-FM COM CD CHANGER (TIPO A) (se equipado)

1. Tecla CD LOAD
2. Tecla FM/AM
3. Tecla CD player
4. Tecla AUX
5. Tecla CD EJECT
6. Tecla DISP
7. Tecla MENU
8. Tecla SCAN
9. Tecla RDM
Modo Rádio: Tecla de pré-seleção da atual estação
Modo CD: Tecla RDM (Aleatório)
10. Modo Rádio: Teclas de sintonia de faixas
Modo CD: Teclas para avançar/retroceder faixas
11. Tecla RPT (Repetição)
12. Modo Rádio: Teclas de estações pré-selecionadas
Modo CD: Teclas de seleção de CD
13. Botão PUSH PWR (POWER)
14. Botão de controle de volume
15. Tecla SCRL
16. Tecla AUTO P (Pré-seleção automática)
17. Modo Rádio: Teclas de faixa manuais
Modo CD: Tecla FF (avanço rápido)
Tecla REW (Retrocesso rápido)
18. Entrada auxiliar de áudio

TIPO A

4-17

MP Frontier_seção 4b.pmd 17 15/1/2013, 14:58


RÁDIO FM – AM / CD CHANGER MENU Tecla MENU
Ao concluir a configuração desejada, pres-
sione MENU até a função rádio ou CD ser
Operação principal de áudio exibida.
Para mudar a configuração do áudio, pres-
O sistema de áudio opera quando o inter- sione a tecla MENU para selecionar o modo Caso não ocorram mudanças na configura-
ruptor de ignição está nas posições “ACC” com CD ou rádio ligado. ção por aproximadamente 10 segundos, o
ou “ON”. modo configuração retornará automatica-
Pressione a tecla MENU até o modo dese-
jado ser exibido no visor. mente para o modo normal.
Botão PUSH PWR (POWER) BASS → TREBLE → FADE → BALANCE
→ BEEP → CLOCK BEEP ON/OFF
Para ligar o sistema de áudio, pressione o
botão POWER. Pressione os botões TUNE/SEEK ou Para ouvir um bipe ao pressionar uma tecla
• O sistema será ligado no modo (rádio para ajustar a configuração. do sistema de áudio, pressione a tecla
ou CD) que estava selecionado antes do BASS: MENU para selecionar o modo BEEP ON/
sistema ser desligado. OFF com o rádio ou CD ligado.
(-) para diminuir / (+) para aumentar
• Caso não exista um CD na unidade, o 1. Pressione a tecla MENU até o modo
TREBLE: BEEP ON/OFF ser exibido no visor.
rádio será ligado.
(+) para aumentar / (-) para diminuir 2. Pressione TUNE/SEEK ou e
Para desligar o sistema de áudio, pressione
o botão power controle de volume. FADE: mude o modo para “ON”.
(F) para dianteira /(R) para traseira
BALANCE:
Controle de volume
(R) para o lado direito/ (L) para o lado es-
Para alterar o volume, gire o Controle de querdo
Volume.
• Gire o Controle de Volume no sentido ho-
rário para aumentar o volume de som.
• Gire o Controle de Volume no sentido
anti-horário para diminuir o volume de
som.

4-18

MP Frontier_seção 4b.pmd 18 15/1/2013, 14:58


Ajuste do relógio Tecla CD LOAD
Para visualizar o relógio no visor, pressione Para introduzir um CD no CD changer, pro-
MENU para selecionar o Modo Relógio ceda conforme segue:
ON/OFF.
1. Pressione a tecla CD LOAD du-
1. Pressione MENU até CLOCK ON/OFF rante menos de 1,5 segundo.
ser mostrado no visor.
2. Selecione uma abertura desocupada,
2. Pressione TUNE/SEEK ou e pressionando a tecla de seleção de CD
mude para “ON”. correspondente 1 a 6 . Caso nenhuma
Para ajustar, selecione o relógio no visor em abertura seja selecionada, o CD Chan-
“ON” e realize os passos a seguir: ger selecionará automaticamente a pri-
1. Após configurar o relógio em ON, pres- meira abertura que estiver disponível
sione MENU . Os dígitos das horas co- após 5 segundos.
meçam a piscar. 3. Introduza um CD na abertura mantendo
2. Pressione TUNE ou para ajustar a etiqueta do CD voltada para cima. O
OPERAÇÃO DO CD PLAYER
as horas. CD será guiado automaticamente na
3. Pressione SEEK ou para ajustar O sistema de áudio opera com o interruptor abertura e começará a tocar.
os minutos. de ignição nas posições ACC ou ON. Para introduzir 6 CDs no CD changer su-
4. Após ajustar as horas, pressione MENU CUIDADO cessivamente, pressione e mantenha
até a função rádio ou CD ser exibida. pressionada a tecla CD LOAD du-
• Não force o CD na abertura. Isto po-
Caso não ocorram mudanças na confi- rante mais de 1,5 segundo.
derá danificar o CD player.
guração por aproximadamente 10 se- • Não utilize discos de 8 cm (3,1 pole- Caso outra fonte de som estiver ativada será
gundos, o modo configuração retornará gadas). desligada automaticamente e o CD come-
automaticamente para o modo normal. çará a tocar.
Após a introdução do disco, o número da
faixa e o número da abertura ocupada se-
rão apresentados no mostrador.

4-19

MP Frontier_seção 4b.pmd 19 15/1/2013, 14:58


CD Tecla CD Tecla SEEK/TRACK/FILE 1 e 6 Teclas de seleção de CD
Se a tecla CD for pressionada com a uni- Quando ou (localizadas no lado Para mudar para qualquer CD carregado no
dade de áudio desligada e CDs carregados esquerdo) são pressionadas por menos de CD Changer, pressione a tecla correspon-
no sistema, a unidade de áudio será ligada 1,5 segundo com CD sendo executado, a dente de seleção de CD 1 a 6 . Quando um
e o CD começará a tocar. próxima faixa ou o início da faixa atual no CD for selecionado, começará a tocar pela
Caso a tecla CD seja pressionada com CDs CD será executada. primeira música.
carregados e o rádio já esteja funcionando, Quando a tecla ou for pressionada
o rádio será desligado automaticamente e por mais de 1,5 segundo com um CD sen-
o CD começará a tocar. do executado, o indicador SCAN será mos-
RPT Tecla de Repetição
trado e cada faixa será executada por apro- Pressione a tecla RPT durante a execução
DISP Tecla DISP ximadamente 10 segundos em sequên- do CD para alterar o modo do CD player da
cia. Para parar na faixa atual, pressione a seguinte maneira:
Para exibir o texto do CD no visor (somente tecla por mais que 1,5 segundo.
CD programado com texto), pressione o RPT (REPEAT) ALL DISCS → RPT
botão DISP com um CD sendo executado. (REPEAT) 1 DISC → RPT (REPEAT) 1
O texto do CD será exibido no visor. Tecla TUNE/FOLDER TRACK → RPT (REPEAT) ALL DISCS
RTP ALL DISCS: Repete todos os discos e
Quando as teclas ou (localizadas
SCRL Tecla SCRL todas as faixas dos CDs serão tocadas por
no lado direito) são pressionadas por mais
ordem de sequência.
Caso o texto seja muito longo para ser exi- de 1,5 segundo com o CD sendo executa-
bido, pressione a tecla SCRL por mais de do, a faixa será acelerada em alta velocida- RPT DISC: O CD player repetirá continua-
1,5 segundo para rolar o título para frente e de para frente ou para trás. Ao liberar a te- mente o disco tocado.
mostrar a parte seguinte. cla, a execução voltará à velocidade normal. RPT TRACK: O CD player repetirá continua-
Ao pressionar as teclas ou menos mente a faixa tocada.
de 1,5 segundo com um CD com arquivos
MP3 ou WMA sendo executados, a primeira
faixa na próxima ou anterior pasta será exe-
cutada.

4-20

MP Frontier_seção 4b.pmd 20 15/1/2013, 14:58


Tecla RDM (Aleatória) O indicador FM estéreo “ST” será exibido
Pressione a tecla RDM repetidamente para durante a recepção FM estéreo.
alterar o modo de execução do CD da se- Quando o sinal FM estéreo for fraco, o rádio
guinte maneira: mudará automaticamente para a recepção
RDM (REPEAT) ALL DISCS → RDM Mono.
(REPEAT) 1 DISC → RDM (REPEAT) ALL
Teclas TUNE/SEEK
DISCS
RDM ALL DISCS: Todos os discos serão to- Para a sintonia manual de estações, pres-
cados aleatóriamente. sione as teclas ou (localizadas no
lado direito) até a frequência desejada.
RDM DISC: Todas as faixas do CD serão
tocadas aleatóriamente. Para a sintonia automática da estação de
rádio, pressione menos de 1,5 segundo as
teclas ou (localizadas no lado direi-
Tecla CD EJECT to). Ao detectar a próxima estação de rádio,
OPERAÇÃO DO RÁDIO FM – AM o sistema irá parar.
Para ejetar todos os CDs, pressione a tecla
CD EJECT mais de 1,5 segundo. O sistema do rádio opera com o interruptor
Ao pressionar esta tecla com um CD sendo de ignição nas posições “ACC” ou “ON”. SCAN Tecla SCAN
executado, o CD será ejetado e o sistema Quando a tecla ou é pressionada
Tecla FM/AM
será desligado. por mais de 1,5 segundo, o sistema execu-
Caso o CD ejetado não seja removido, o Quando a tecla FM/AM é pressionada com ta a busca e pára ao sintonizar uma esta-
CD Changer irá recolhê-lo totalmente o sistema de áudio desligado, será ligado ção do rádio por 5 segundos; após este pe-
para proteger contra danos. no modo rádio. ríodo, inicia a busca da próxima estação de
Se a tecla FM/AM for pressionada com um rádio.
CD sendo executado, o CD será desligado Pressione a tecla por mais de 1,5 segundo
e o rádio será ligado. durante os 5 segundos de espera para fina-
Para mudar a memória do rádio, pressione lizar a busca.
FM/AM.
AM → FM1 → FM2 → AM

4-21

MP Frontier_seção 4b.pmd 21 15/1/2013, 14:58


Tecla de memorização do rádio Faixa de frequência e passos para mu- AUTO.P Tecla Auto P (Pré-seleção
dança de sintonia: automática)
O sistema de rádio pode armazenar até 12
estações FM (FM1 e FM2) e 6 estações AM. Para mudar a faixa de frequência e as
especificações dos passos de mudança de O sistema de áudio pode armazenar auto-
Para armazenar as frequências das esta- sintonia do rádio, execute as operações a maticamente até 6 estações de rádio FM e
ções: seguir: 6 estações de rádio AM.
1. Sintonize a frequência da estação de- 1. Desligue a unidade de áudio, pressio- Para armazenar as estações de rádio auto-
sejada, utilizando a tecla ou . nando a tecla POWER. maticamente, pressione e mantenha pres-
2. Pressione e mantenha pressionada uma sionada a tecla AUTO.P por mais de 1,5
2. Ligue a unidade de áudio, pressionando
tecla de memória (1 a 6) até ouvir um segundo. As estações serão automatica-
a tecla POWER e ao mesmo tempo,
bipe. mente armazenadas na memória “AUTO.P”.
pressionando as teclas de memória do
3. O canal será exibido para indicar que o rádio 1 , 4 e a tecla SEEK .
armazenamento foi bem sucedido. Para a especificação da América Central e Operação do rádio AUX
4. Execute os passos 1 a 3 para as demais América do Sul, o visor deverá exibir AM O sistema de áudio opera quando o inter-
teclas de memória. 530 kHz. ruptor de ignição está nas posições “ACC”
Caso o cabo da bateria seja desconectado, ou “ON”.
Para outras especificações, o visor indicará
ou caso algum fusível esteja queimado, a “AM 531 kHz”. Tecla AUX
memória do rádio será apagada. Neste caso,
Caso existam dificuldades na mudança da Quando a tecla AUX é pressionada com o
será necessário pré-ajustar novamente as
especificação do rádio, contate uma conces- sistema de áudio desligado, será ligado no
estações. modo auxiliar (aparelho conectado na en-
sionária NISSAN.
trada auxiliar de áudio).
Se a tecla AUX for pressionada com um CD
ou rádio sendo executado, o CD ou rádio será
desligado e o sistema auxiliar será ligado.
AUX In
Entrada auxiliar de aparelhos portáteis que
permite ao usuário controlar o som pelo sis-
tema de entretenimento móvel.

4-22

MP Frontier_seção 4b.pmd 22 15/1/2013, 14:58


RÁDIO AM-FM COM CD PLAYER C/ SD (TIPO B) (se equipado)

1. Tecla MUTE
Modo Rádio: Silenciador de áudio (Mudo)
Modo CD / SD: Pausa da música (Pause)
2. Tecla BAND
3. Tecla CD player
4. Tecla AUX
5. Tecla SD
6. Tecla CD EJECT
7. Tecla DISP
8. Tecla MENU
9. Tecla SCAN
10. Tecla RND
Modo Rádio: Tecla de pré-seleção da atual estação
Modo CD / SD: Tecla RND (Aleatório)
11. Modo Rádio: Teclas de sintonia de faixas
Modo CD / SD: Teclas para avançar/retroceder
faixas
12. Tecla RPT (Repetição)
13. Tecla INF (Informação)
14. Teclas de estações pré-selecionadas
15. Botão PUSH P\/VR (POWER)
16. Botão de controle de volume
17. Modo Rádio: Teclas de faixa manuais
Modo CD / SD: Tecla (retrocesso rápido)
Tecla (avanço rápido)
18. Entrada auxiliar de áudio
19. Tecla F- (pasta anterior)
20. Tecla F+ (próxima pasta)
21. Tecla pause

MP_TOP_RD_0001_1
TIPO B

4-23

MP Frontier_seção 4b.pmd 23 15/1/2013, 14:58


RÁDIO FM – AM / CD / SD Controle de sonoridade ou BASS → TREBLE → FADE → BALANCE →
ruídos (LOUD) EQUALIZATION → BEEP → CLOCK
Operação principal de áudio
O sistema de áudio opera quando o inter- Ao ouvir músicas com o nível de volume Pressione os botões TUNE/SEEK ou
ruptor de ignição está nas posições “ACC” baixo, esta função reforçará a resposta em para ajustar a configuração.
ou “ON”. baixos e agudos para compensar as ca- BASS:
racterísticas do ouvido humano. Para
(-) para diminuir / (+) para aumentar
Botão PUSH PWR (POWER) desativar ou ativar, pressione o botão
"MENU" por mais de 10 segundos até que TREBLE:
Para ligar o sistema de áudio, pressione o apareça ou desapareça LOUD na parte (+) para aumentar / (-) para diminuir
botão POWER. superior direita do display. FADE:
• O sistema será ligado no modo (rádio (F) para dianteira /(R) para traseira
ou CD ou SD) que estava selecionado MUTE Tecla MUTE
antes do sistema ser desligado. BALANCE:
Se a tecla MUTE for pressionada com o (R) para o lado direito/ (L) para o lado
• Caso não exista um CD ou SD na uni-
rádio, CD ou SD ligado, o sistema ficará esquerdo
dade, o rádio será ligado.
mudo.
Para desligar o sistema de áudio, pressio- AJUSTE DO EQUALIZADOR (EQ):
ne o botão power controle de volume. MENU Tecla MENU Para ajustar o tipo de áudio que se deseja
Para mudar a configuração do áudio, pres- ouvir, selecione o modo equalizador (EQ),
Controle de volume pressionando o botão “MENU” até que a in-
sione a tecla MENU para selecionar o
Para alterar o volume, gire o controle de modo com CD, rádio ou SD ligado. dicação “EQ OFF” seja exibida no indicador.
volume. Com os botões de avanço e retrocesso de
Pressione a tecla MENU até o modo de-
• Gire o controle de volume no sentido sejado ser exibido no visor. faixas, é possível selecionar o modo de
horário para aumentar o volume de áudio desejado (ROCK, JAZZ, CLASSIC).
Pressione para acessar o menu 1; para
som.
acessar o menu 2, pressione por mais de
• Gire o controle de volume no sentido anti- 3 segundos, a tela exibirá cada modo de
horário para diminuir o volume de som. ajuste, de acordo com a seguinte
sequência:

4-24

MP Frontier_seção 4b.pmd 24 15/1/2013, 14:58


Ao concluir a configuração desejada, pres- Ajuste do relógio Idioma
sione MENU até a função rádio, CD ou
Para visualizar o relógio no visor, pressione Para ativar o desdobramento da informa-
SD ser exibida.
MENU para selecionar o Modo Relógio ção no display em diferentes idiomas, é
Caso não ocorram mudanças na configu- ON/OFF. necessário pressionar o botão "MENU" por
ração por aproximadamente 10 segundos, mais de cinco segundos.
o modo configuração retornará automati- 1. Pressione MENU até CLOCK ON/OFF
ser mostrado no visor. Será exibido no display (english); para se-
camente para o modo normal.
2. Pressione TUNE/SEEK ou e lecionar o idioma desejado, inglês, espa-
BEEP ON/OFF mude para “ON”. nhol, português, será necessário pressio-
Para ouvir um bipe ao pressionar uma te- Para ajustar, selecione o relógio no visor nar os botões de avanço ou retrocesso de
cla do sistema de áudio, pressione a tecla em “ON” e realize os passos a seguir: faixas.
MENU para selecionar o modo BEEP ON/ 1. Após configurar o relógio em ON, pres- O indicador retornará automaticamente à
OFF com o rádio, CD ou SD ligado. sione MENU . Os dígitos das horas co- condição inicial aproximadamente 5 se-
1. Pressione a tecla MENU até o modo meçam a piscar. gundos após o último ajuste ou quando
BEEP ON/OFF ser exibido no visor. outra função for ativada, com a condição
2. Pressione TUNE ou para ajus- de idioma selecionado.
2. Pressione TUNE/SEEK ou e tar as horas.
mude o modo para “ON”. 3. Pressione SEEK ou para
ajustar os minutos.
4. Após ajustar as horas, pressione MENU
até a função rádio, CD ou SD ser exibi-
da. Caso não ocorram mudanças na
configuração por aproximadamente 10
segundos, o modo configuração
retornará automaticamente para o modo
normal.

4-25

MP Frontier_seção 4b.pmd 25 15/1/2013, 14:58


Função RDS (Sistema de trans-
missão de dados)
Devido à região dos usuários do rádio re-
ceptor, não se aplicam as funções do menu
RDS, sendo aplicáveis somente a trans-
missão de dados e informações emitidas
pela estação de radiodifusão que conta
com este sistema.

MP_TOP_RD_0001_3

4-26

MP Frontier_seção 4b.pmd 26 15/1/2013, 14:58


Abertura para entrada de disco CD Tecla CD
Com a superfície impressa do disco volta-
Se a tecla CD for pressionada com a uni-
da para cima, insira suavemente o disco na
dade de áudio desligada e CDs carrega-
abertura de entrada dos Discos Compac-
dos no sistema, a unidade de áudio será
tos, o mecanismo da unidade inserirá o dis-
ligada e o CD começará a tocar.
co automaticamente para iniciar a reprodu-
ção, o display exibirá a legenda "CD Caso a tecla CD seja pressionada com
LOADING", aparecerá "MP3/WMA" no caso CDs carregados e o rádio já esteja funcio-
de haver este formato e depois será exibi- nando, o rádio será desligado automatica-
da a legenda "CD READING". mente e o CD começará a tocar.
O número da faixa que está sendo
reproduzida será exibido no mostrador, nos SD Tecla SD
formatos "MP3/WMA" aparecendo o núme-
ro da pasta e da faixa. Se a tecla SD for pressionada com a uni-
dade de áudio desligada e SD carregado
OPERAÇÃO DO CD / SD Abertura para SD – CARD no sistema, a unidade de áudio será ligada
O sistema de áudio opera com o interruptor Introduzindo-se uma memória SD, o rádio e o SD começará a tocar.
de ignição nas posições ACC ou ON. mudará de modo automaticamente, mos- Caso a tecla SD seja pressionada com SD
CUIDADO trando no display a legenda "SD READING", carregado e o rádio já esteja funcionando,
• Não force o CD na abertura. Isto po- iniciando a reprodução da música armaze- o rádio será desligado automaticamente e
derá danificar o CD player. nada na memória. o SD começará a tocar.
• Não utilize discos de 8 cm (3,1 polega- Para expelir a memória, é necessário mu-
das). dar para qualquer outro modo.
DISP Tecla DISP
Para exibir o texto do CD ou SD no visor
(somente CD ou SD programado com tex-
to), pressione o botão DISP com um CD ou
SD sendo executado. O texto do CD ou SD
será exibido no visor.

4-27

MP Frontier_seção 4b.pmd 27 15/1/2013, 14:58


Tecla SEEK/TRACK/FILE INF Tecla INF Tecla RND (Aleatória)
Pressione a tecla RND repetidamente para
Quando ou são pressionadas Ao pressionar a tecla INF com um CD ou alterar o modo de execução do CD ou SD
com o CD ou SD sendo executado, a próxi- SD sendo executado a informação do da seguinte maneira:
ma faixa ou o início da faixa atual no CD ou display do rádio poderá ser alterado para
SD será executada. exibição das seguintes informações: Normal – RND – Normal
• Titulo da pasta RND (Aleatório) – Todas as faixas do CD
Tecla ou ou SD serão tocadas aleatoriamente.
• Artista
Quando as teclas ou são pressio- Normal – Todas as faixas do CD ou SD
• Titulo da música, ou
nadas por mais de 1,5 segundo com o CD serão tocadas sequencialmente.
• Titulo do álbum
ou SD sendo executado, a faixa será ace- Pressione por mais de 2 segundos o bo-
lerada em alta velocidade para frente ou tão RND e o display exibirá a legenda RND
RPT Tecla de repetição FOLDER e reproduzirá as faixas de ma-
para trás. Ao liberar a tecla, a execução
voltará à velocidade normal. Ao pressionar a tecla RPT com um CD ou neira aleatória somente na pasta em re-
SD sendo executado o padrão de execu- produção nesse momento.
Tecla F+ ou F- ção pode ser alterado conforme abaixo. Esta função pode ser cancelada pressio-
Ao pressionar as teclas F+ ou F- com um Modo NORMAL – RPT – Modo NORMAL nando-se novamente o botão RND ,
CD ou SD com arquivos MP3 ou WMA sen- SCAN , RPT.
RPT (Repetir) – O CD ou SD irá repetir con-
do executados, a primeira faixa na próxi- tinuamente a faixa tocada no momento. Tecla CD EJECT
ma ou anterior pasta será executada. Modo Normal – Todas as faixas do CD ou
SD serão tocadas sequencialmente. Para ejetar um CD, pressione a tecla
Pressione o botão RPT duas vezes para CD EJECT menos de 1,5 segundo.
ativar RPT em pastas, “RPT FOLDER” Caso o CD ejetado não seja removido, o
será exibido no display e serão CD player irá recolhê-lo totalmente para
reproduzidas todas as faixas da pasta em proteger contra danos.
reprodução repetidamente, até cancelar a
função, pressionando-se o botão RPT ,
RND , SCAN .

4-28

MP Frontier_seção 4b.pmd 28 15/1/2013, 14:58


O indicador FM estéreo “ST” será exibido SCAN-AS Exploração de Faixas de
durante a recepção FM estéreo. Áudio e Formato MP3/WMA
Quando o sinal FM estéreo for fraco, o rá- Durante a reprodução de faixas de áudio e
dio mudará automaticamente para a recep- formato MP3/WMA, pressione este botão
ção Mono. para reproduzir os primeiros dez segundos
de cada faixa e a legenda “SCAN” piscará
Teclas TUNE/SEEK
na parte direita do display.
Para a sintonia manual de estações, pres- Ao ouvir a faixa desejada, pressione o bo-
sione as teclas ou até a tão SCAN-AS novamente e será cancela-
frequência desejada. da a função de exploração, continuando a
Para a sintonia automática da estação de reprodução da faixa selecionada.
rádio, pressione as teclas ou O modo de exploração de disco também
Ao detectar a próxima estação de rádio, o pode ser cancelado mediante ativação das
sistema irá parar. funções de repetição de faixa RPT, a fun-
OPERAÇÃO DO RÁDIO ção de seleção de reprodução aleatória
O sistema do rádio opera com o interruptor SCAN Tecla SCAN RND.
de ignição nas posições “ACC” ou “ON”. Pressione este botão durante quatro segun-
Quando a tecla SCAN for pressionada, o dos para ativar a busca automática de es-
sistema executa a busca e para ao sintoni- tações, o rádio localizará as seis primeiras
BAND Tecla BAND zar uma estação do rádio por 10 segun- estações sintonizadas, guardando-as nas
dos; após este período, inicia a busca da diferentes memórias disponíveis na unida-
Quando a tecla BAND for pressionada
próxima estação de rádio. de, de acordo com sua frequência.
com o sistema de áudio desligado, será
ligado no modo rádio. Pressione a tecla SCAN para finalizar a Exemplo: A primeira estação guardada será
busca. na memória 1, a segunda estação será
Se a tecla BAND for pressionada com um
CD ou SD sendo executado, o CD ou SD guardada na memória 2, e assim sucessi-
será desligado e o rádio será ligado. vamente até completar as seis memórias
disponíveis no rádio.
Para mudar a memória do rádio, pressione
BAND .
AM1 → AM2 → FM1 → FM2 → FM3

4-29

MP Frontier_seção 4b.pmd 29 15/1/2013, 14:58


Tecla de memorização do rádio Faixa de frequência e passos Operação do rádio AUX
O sistema de rádio pode armazenar até 18 para mudança de sintonia: O sistema de áudio opera quando o inter-
estações FM (FM1, FM2 e FM3) e 12 esta- ruptor de ignição está nas posições “ACC”
Para mudar a faixa de frequência e as
ções AM1 / AM2. ou “ON”.
especificações dos passos de mudança de
Para armazenar as frequências das esta- sintonia do rádio, execute as operações a Tecla AUX
ções: seguir: Quando a tecla AUX for pressionada com o
1. Sintonize a frequência da estação de- 1. Desligue a unidade de áudio, pressio- sistema de áudio desligado, será ligado
sejada, utilizando a tecla ou . nando a tecla POWER no modo auxiliar (aparelho conectado na
2. Pressione e mantenha pressionada 2. Ligue a unidade de áudio, pressionan- entrada auxiliar de áudio).
uma tecla de memória (1 a 12) até ouvir do a tecla POWER e ao mesmo tempo, Se a tecla AUX for pressionada com um
um bipe. pressionando as teclas de memória do CD ou rádio sendo executado, o CD ou
3. O canal será exibido para indicar que o rádio 1 , 4 e a tecla SEEK . rádio será desligado e o sistema auxiliar
armazenamento foi bem sucedido. Para a especificação da América Central será ligado.
4. Execute os passos 1 a 3 para as de- e América do Sul, o visor deverá exibir AM AUX In
mais teclas de memória. 530 kHz.
Entrada auxiliar de aparelhos portáteis que
Caso o cabo da bateria seja desconectado, Para outras especificações, o visor indica- permite ao usuário controlar o som pelo
ou caso algum fusível esteja queimado, a rá “AM 531 kHz”. sistema de entretenimento móvel.
memória do rádio será apagada. Neste NOTA:
caso, será necessário pré-ajustar nova-
mente as estações.
Troca de frequência no modo
rádio
Para ajustar a faixa das frequências no
modo europeu, é necessário pressionar os
botões EJECT , RPT , 4F- , simultanea-
mente durante 3 segundos; para retornar
à condição anterior, deve-se seguir o mes-
mo procedimento.
Caso existam dificuldades na mudança da
especificação do rádio, contate uma con-
cessionária NISSAN.
4-30

MP Frontier_seção 4b.pmd 30 15/1/2013, 14:58


PRECAUÇÕES GERAIS Manuseio dos discos compactos
1. Este dispositivo é equipado com botões Sujeira, pó, riscos, marcas e maltratos nos
de alta sensibilidade; evite aplicar uma Discos Compactos podem ser a causa de
força excessiva ao acioná-los, já que isto saltos durante a reprodução e deteriora-
pode danificá-los e reduzir sua vida útil. ção da qualidade do som. Queira observar
2. Não abra as tampas. O dispositivo não as seguintes indicações para o cuidado de
tem em seu interior peças que possam seus Discos Compactos:
ser reparadas pelo usuário. Se algum Marcas de dedos, pó e sujeira devem ser
objeto cair no interior da unidade duran- cuidadosamente removidos da superfície
te a instalação, consulte seu distribuidor gravada dos discos compactos (superfície
ou um centro de serviço autorizado. brilhante e sem impressões) com um pano
3. Use um pano macio e seco para limpar macio e úmido.
o painel de controle. NUNCA use pa- Limpe as superfícies do disco de dentro
nos ásperos, solventes, benzina, álco- para fora. Nunca use substâncias químicas
ol, etc. Se a unidade estiver demasia- Precauções ao usar um disco como limpadores de discos em aerossol,
damente suja, aplique um pouco de novo limpadores caseiros ou thinner para limpar
água morna em um pano macio e re- os discos, uma vez que estes produtos quí-
mova cuidadosamente a sujeira. Ao usar um disco novo, pode acontecer de
micos podem causar danos irreparáveis em
4. Não insira dispositivos estranhos na en- haver excesso de material na borda e/ou
uma superfície gravada.
trada auxiliar (chaves de fenda, nava- agulha central (consulte a figura).
Os discos devem ser postos em seus esto-
lhas, objetos de metal, etc.), uma vez Ao usar esta classe de discos, pode ocor-
jos quando não estiverem sendo utilizados.
que isto pode danificar o equipamento rer do disco não ter sido colocado na posi-
e estes danos não serão cobertos pela ção correta e, por isto, a unidade não po- Não exponha os discos à luz solar direta,
garantia. der operar. Neste caso, favor usar o disco às altas temperaturas ou umidade por lon-
depois de remover o excesso de material gos períodos de tempo.
na borda e/ou agulha central com uma Não cole etiquetas, fitas ou papéis sobre a
haste de madeira ou com um lápis. superfície dos discos, nem escreva sobre
os mesmos com algum tipo de marcador.

4-31

MP Frontier_seção 4b.pmd 31 15/1/2013, 14:58


CARACTERÍSTICAS ANTES DE SOLICITAR ASSISTÊNCIA
Sintonizador Problema Causa Solução
• Sintonia por busca e exploração O aparelho não liga Fusível queimado Substitua o fusível queimado por
• Sintonia de busca avanço / retrocesso um novo de igual especificação
Ruídos e faixas pulando CD sujo Limpe o CD com um pano macio
Áudio O CD está danificado Substitua por um novo CD
ou deformado
• Controles de áudio eletrônicos
O som é de baixa qualidade Umidade dentro Ligue o aparelho e
• Controles de graves e agudos
quando o aparelho está do leitor de CD deixe-o secar por
• Controles de balanço de 4 vias ligado na função CD aproximadamente 1 hora
• Reforço de sonoridade
• Saída máxima de: 40 W x 4 ch

Geral
• Mostrador LCD de informação total
• Seletores de modo AM/FM/CD/AUX IN/
sd-card
• Iluminação noturna
• Controle de repetição (RPT), controle
de busca (SCAN) e controle de repro-
dução aleatória (RND).

4-32

MP Frontier_seção 4b.pmd 32 15/1/2013, 14:58


ESPECIFICAÇÕES Sintonizador de AM
Geral • Distribuição de frequência
AM ................... 530~1710 KHz (LAM)
• Tensão de alimentação ........... 13,2 V 522~1620 KHz (GOM)
(10,8 a 15,6 V permissível) • Sensibilidade estável ........ <32 dB µV
• Consumo ................... Menos de 10 A • Relação sinal / ruído .............. <40 dB
• Impedância dos alto-falantes ... 4 ohms • Classe de frequência
Sintonizador de FM manual / automático .... AM_10 KHz/10
• Faixa de KHz (América do Sul), 9 KHz/9 KHz
frequências ........................ 87,5 MHz a resto do mundo), FM_50 KHz/50 KHz
108 MHz Reprodutor de CD
• Sensibilidade estável .......... <10 dB mv • Relação sinal / ruído .............. >70 dB
• Separação estéreo ............. <12 dB mv • Separação ................ > 50 dB.(1 KHz)
• Relação sinal / ruído ................ >50 dB • Resposta à frequência .. 17 MHz 0±5, Erro de leitura do cartão SD
20 KHz 0±5
Ao inserir um cartão na entrada para cartão
SD e o display do rádio mostrar "ERROR
61" (conforme a ilustração acima) significa
que o cartão SD inserido está com falha.
Insira um cartão em bom estado a fim de
evitar danos ao aparelho.

4-33

MP Frontier_seção 4b.pmd 33 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO:
Este aparelho contempla um cartão "fal-
so" para evitar a entrada de impurezas
(conforme ilustração).
Para inserir um cartão SD, primeiro pres-
sione o cartão "falso" para ejetá-lo, em
seguida remova-o. Coloque o cartão SD
no aparelho para utilizar suas funções.
Após utilizar o cartão SD, recoloque o car-
tão "falso" adequadamente no aparelho.

4-34

MP Frontier_seção 4b.pmd 34 15/1/2013, 14:58


RÁDIO FM/AM COM CD PLAYER (TIPO C) (se equipado)

Para todas as precauções de operação, con-


sulte “Precauções de Operação de Áudio”,
nesta seção.
OPERAÇÃO PRINCIPAL DO
SISTEMA DE ÁUDIO
Controle VOL/ON•OFF
Posicione a chave de ignição na posição
ACC ou ON e pressione o botão VOL/
ON•OFF até o sistema ligar na última fun-
ção (rádio ou CD) executada imediatamen-
te antes de ser desligado anteriormente.
Para desligar o sistema, pressione o botão
de controle VOL/ON•OFF.
Gire o botão de controle VOL/ON•OFF para
ajustar o volume.
Este veículo pode estar equipado com volu-
me sensível à velocidade (SSV) para áudio.
Quando este recurso está ativo, o volume
LHA1269 do áudio altera conforme as variações de
TIPO C
velocidade.
1. Tecla SCAN 09. Entrada AUX
2. Teclas de seleção de estações (1 a 6) 10. Tecla CD
3. Abertura do CD 11. Tecla FM – AM
4. Tecla iPod MENU 12. Tecla RPT
5. Tecla CD EJECT 13. Botão de controle de VOL/ON-OFF
6. Botão TUNE/SCROLL / Tecla ENTER 14. Tecla RDM
7. Teclas SEEK/CAT
8. Entrada AUX IN

4-35

MP Frontier_seção 4b.pmd 35 15/1/2013, 14:58


Botão de ajuste (Audio, Display e
Relógio)
Pressione a tecla ENTER para o ajuste de
áudio, display e ajuste do relógio conforme
segue:
BASS → TREBLE → FADE → BALANCE
→ Speed Sensitive Volume (SSV) (se equi-
pado) → Brightness → Contrast → On-
screen Clock → Clock Adjust → Bass
Uma vez que a configuração desejada é exi-
bida na tela, gire o botão TUNE/SCROLL
para a esquerda ou direita para ajustar a LHA1270 LHA1271
configuração escolhida. Pressione a tecla
ENTER para mover para a próxima confi-
guração ou aguarde cerca de cinco segun- Configurações de áudio Volume sensível à velocidade
dos para sair do modo de ajuste de confi- Ajuste os graves, agudos, fade e balanço, (se equipado)
guração. selecionando a confi guração desejada com Para alterar o volume sensível à velocidade
a tecla ENTER e em seguida, ajuste o nível (SSV) entre os níveis de 1 a 5, ou para
com o botão TUNE/SCROLL. Balance ajus- desativar o recurso inteiramente, escolha
ta o som entre os alto-falantes da esquerda a configuração de volume sensível à velo-
e direita. Fade ajusta o som entre os alto- cidade (SSV) com a tecla ENTER e ajuste
falantes dianteiros e traseiros. o nível com o botão TUNE/SCROLL. O vo-
lume sensível à velocidade (SSV) ajusta o
volume do sistema de áudio de acordo com
as mudanças de velocidade.

4-36

MP Frontier_seção 4b.pmd 36 15/1/2013, 14:58


LHA1272 LHA1273 LHA1274

Definições do display Relógio no display Ajuste do relógio


Para ajustar o brilho ou contraste da tela de O relógio é mostrado no canto superior di- Para ajustar o relógio, execute as seguintes
exibição, pressione o botão ENTER até a reito da tela. Para desativar ou reabilitar a etapas:
configuração escolhida ser exibida. Use o exibição do relógio depois da desativação, 1. Pressione o Botão ENTER repetidamen-
Botão TUNE/SCROLL para ajustar o display pressione a tecla ENTER até o modo “On- te até o modo de ajuste do relógio ser
para o nível desejado. screen Clock” ser exibido. Use a tecla TUNE/ exibido na tela.
SCROLL para ativar ON ou desativar o re-
2. A hora começará a piscar. Ajuste as ho-
curso OFF.
ras girando o botão TUNE/SCROLL para
a esquerda ou direita e pressione a te-
cla ENTER.
3. Os minutos começarão a piscar. Ajuste
os minutos girando o botão TUNE /
SCROLL para a esquerda ou direita e
pressione a tecla ENTER.

4-37

MP Frontier_seção 4b.pmd 37 15/1/2013, 14:58


Tecla iPod® MENU Tecla SEEK tuning 3. O indicador de canal será exibido e em
Esta tecla pode ser usada apenas para ope- seguida, o som cessa. A programação
Pressione a tecla SEEK ou para sin- agora está completa.
rações do iPod® (se equipado). Consulte tonizar de baixas para altas ou altas para
“Operação do iPod® Player (tipo B)” mais 4. Outros botões podem ser programados
baixas frequências e para parar na próxima da mesma maneira.
adiante nesta seção para obter detalhes estação de rádio.
sobre a função desta tecla. Caso o cabo da bateria for desconectado,
SCAN tuning ou caso algum fusível esteja queimado, a
Operação do rádio FM/AM Pressione a tecla SCAN para parar em cada memória do rádio será apagada. Neste caso,
Tecla FM•AM estação de rádio por 5 segundos. SCAN será será necessário programar novamente as
Pressione o botão FM•AM para alterar a exibido na tela enquanto o rádio estiver em estações desejadas.
banda do seguinte modo: busca.
Operação do CD player
AM → FM1 → FM2 → AM Pressionando o botão novamente durante
este período de 5 segundos interromperá a Posicione a chave de ignição na posição
Se outra fonte de áudio está sendo execu- busca e o rádio permanecerá sintonizado ACC ou ON e coloque cuidadosamente o
tada quando for pressionado o botão na estação. Se a tecla SCAN não for pres- CD na abertura com o rótulo voltado para
FM•AM, a fonte de áudio atual será auto- sionada novamente durante este período de cima. O CD é automaticamente puxado na
maticamente desligada e a última estação 5 segundos a busca irá continuar para a pró- abertura e começa a ser executado.
de rádio ouvida começará a tocar. xima estação de rádio. Se o rádio estiver operando, será automa-
O indicador FM estéreo (STEREO) é mos- Operações de memória da estação 1 a 6 ticamente desligado e o CD começará a ser
trado na tela durante a recepção estéreo de Doze estações podem ser programadas executado.
FM. Quando o sinal de transmissão estéreo para a banda de FM (6 para FM1, 6 para Tecla CD
for fraco, o rádio muda automaticamente de FM2) e seis estações podem ser programa-
recepção estéreo para mono. Quando a tecla CD for pressionada com o
das para a banda AM. sistema desativado e o CD carregado, o sis-
Botão TUNE/SCROLL (Sintonia) 1. Escolha a banda de rádio AM, FM1 ou tema irá ligar e o CD começará a ser execu-
Gire o botão TUNE/SCROLL para a esquer- FM2 usando o botão de seleção FM•AM. tado.
da ou direita para o ajuste manual. 2. Sintonize a estação desejada usando a Quando a tecla CD for pressionada com um
sintonia manual, SEEK ou SCAN. Pres- CD carregado e o rádio ligado, o rádio auto-
sione e mantenha pressionado qualquer maticamente será desligado e o CD co-
um dos botões de memória de estação meçará a ser executado.
desejado (1 a 6) até um som de aviso
sonoro ser ouvido.

4-38

MP Frontier_seção 4b.pmd 38 15/1/2013, 14:58


Teclas SEEK/CAT Gire o botão para a esquerda para voltar
(Avanço ou uma pasta. Gire o botão para a direita para
Retrocesso Rápido) avançar uma pasta.
Pressione e mantenha pressionada a tecla Tecla RPT
SEEK/CAT ou por 1,5 segundo en- Quando a tecla RPT for pressionada en-
quanto o CD é executado para retrocesso ou quanto um CD está em execução, o padrão
avanço rápido. O CD é executado a uma de execução pode ser alterado conforme
velocidade maior em retrocesso ou avanço segue:
rápido. Quando o botão for liberado, o CD CD:
retorna à velocidade de reprodução normal.
1 TRK RPT OFF
Teclas SEEK/CAT CD com MP3 ou WMA:
LHA1275
Pressione a tecla SEEK/CAT enquanto 1 FOLDER RPT → 1 TRK RPT → OFF
um CD de MP3/WMA ou CD está em exe- 1 TRK RPT: A faixa atual será repetida.
Modo do display CD/MP3 cução para retornar para o início da faixa OFF: O padrão sem repetição de execução é
Durante a execução de um CD ou um CD atual. Pressione a tecla SEEK/CAT vá- aplicado. O indicador na tela será desligado.
de MP3/WMA, alguns textos podem ser exi- rias vezes para retomar várias faixas. O padrão atual de execução de CD é exibi-
bidos na tela se o CD tiver sido gravado Pressione a tecla SEEK/CAT várias ve- do na tela a menos que nenhum padrão es-
com informações de texto. Dependendo de zes para avançar várias faixas. Quando a úl- teja aplicado.
como o CD ou o CD MP3/WMA foi grava- tima faixa em um CD for alcançada, a pri- Tecla RDM
do, informações como artista, música e ar- meira faixa será executada. Quando a última
faixa em uma pasta de um CD MP3/WMA for Quando a tecla RDM for pressionada en-
quivo serão exibidas.
alcançada, a primeira faixa da próxima pas- quanto um CD está em execução, o pa-
O número da faixa e o número total de fai- drão de execução pode ser alterado do se-
xas na pasta atual ou no atual CD são exi- ta será executada.
guinte modo:
bidas na tela também. Por exemplo, a pri- Botão TUNE/SCROLL
(Somente CD MP3/WMA) CD:
meira faixa de um total de quatorze faixas
está sendo executada. Com um CD MP3/WMA com várias pastas 1 DISC RDM OFF
sendo executado, gire o botão TUNE/
SCROLL para mudar as pastas.

4-39

MP Frontier_seção 4b.pmd 39 15/1/2013, 14:58


CD com MP3 ou WMA: Para obter mais informações sobre a toma- INFORMAÇÕES iPod
1 DISC RDM → 1 FOLDER RDM → OFF da de entrada USB, consulte “Interface USB”
nesta seção. Entrada para dispositivo de
1 DISC RDM: todas as faixas do disco se-
memória USB (Universal Serial
rão reproduzidas aleatoriamente. Tecla EJECT
Bus) (se equipado)
1 FOLDER RDM: todas as faixas na pasta
atual serão reproduzidas aleatoriamente. Quando a tecla for pressionada com um • Não force o dispositivo de memória
CD carregado, ele será ejetado e a última USB no conector USB do veículo. Isto
OFF: O padrão não aleatório de execução é fonte de áudio será reproduzida.
aplicado. O indicador no display será desli- poderá causar danos ao dispositivo de
gado. Quando a tecla for pressionada duas ve- memória USB ou ao conector USB do
zes com um CD carregado, o CD será veículo.
O padrão atual de execução de CD é exibi- ejetado mais para fora para fácil remoção • Em clima frio ou dias chuvosos, o siste-
do na tela a menos que nenhum padrão seja do CD. Se o disco não for removido em 20 ma pode apresentar mau funcionamen-
aplicado. segundos, o disco será recolhido. to devido à umidade. Se isso ocorrer, re-
Tecla AUX tire o dispositivo de memória USB e
A entrada IN AUX está localizada no CD desumidifique ou ventile o equipamento
player. A entrada auxiliar de áudio AUX IN completamente.
aceita qualquer entrada de áudio padrão • Algumas vezes o equipamento pode não
analógico como leitor de CD/fita cassete funcionar quando a temperatura do inte-
portátil, MP3 player ou laptop. rior for extremamente alta. Diminua a
Pressione a tecla AUX para reproduzir um temperatura antes de usá-lo.
dispositivo compatível conectado à entrada • Não exponha o dispositivo de memória
AUX. A tecla AUX também é usada para USB diretamente à luz do sol.
mudar o sistema de áudio para uma fonte • A eletricidade estática pode causar da-
ligada à tomada de entrada USB no conso- nos aos dados no dispositivo de memó-
le central. Quando um dispositivo está liga- ria USB.
do à entrada AUX enquanto outro dispositi- • Não exponha o dispositivo de memória
vo está conectado à tomada de entrada USB diretamente aos difusores de ar
USB, a tecla AUX é usada para alternar com o ar-condicionado ligado. Os arqui-
entre as duas funções. vos contidos no dispositivo de memória
USB podem ser danificados.

4-40

MP Frontier_seção 4b.pmd 40 15/1/2013, 14:58


• O veículo não é equipado com um dis- Reprodução de músicas no iPod • As pastas de áudio podem não ser
positivo de memória USB, devendo ser (se equipado) reproduzidas na mesma ordem a qual
adquirido separadamente. as mesmas são exibidas no iPod.
• Certifique-se de que o dispositivo de • Alguns caracteres usados em outros • O iPod nano (1ª geração) pode manter-
memória USB está conectado correta- idiomas (chinês, japonês, etc.) não são se no modo de avanço ou retrocesso
mente ao conector USB. exibidos corretamente na tela central do rápido, caso seja conectado durante uma
veículo. A NISSAN recomenda o uso de operação de busca. Neste caso,
• O dispositivo de memória USB não pode
caracteres do idioma Inglês no iPod. reinicialize manualmente o iPod.
ser formatado pelo sistema de áudio do
veículo. Se desejar formatar o dispositi- • Arquivos extensos de vídeo provocam • Se você estiver usando um iPod (3ª ge-
vo de memória USB, utilize seu compu- uma resposta de leitura do iPod mais ração com conector “Dock”), não use tí-
tador pessoal. lenta. A tela central do veículo pode se tulos de música, nomes de álbum ou no-
apagar temporariamente, mas em segui- mes de artista muito extensos para pre-
• Existem alguns dispositivos de memó-
da, voltará a exibir as informações. venir que o iPod se reinicialize.
ria USB que não são compatíveis com o
sistema de áudio do veículo. • Caso o iPod selecione automaticamen- • Tenha cuidado para não realizar os pro-
te um arquivo extenso de vídeo enquan- cedimentos a seguir, ou o cabo pode ser
• Podem ocorrer falhas na reprodução de
to reproduz no modo shuffle, a tela cen- danificado e pode ocorrer perda de fun-
dispositivos de memória USB particio-
tral do veículo pode se apagar tempora- ções:
nados.
riamente, mas em seguida, voltará a exi-
• Dobrar o cabo excessivamente
bir as informações.
(40 mm (1,6 pol.) de raio máximo).
• A conexão inadequada no iPod fará que
uma mensagem de falha de conexão • Torcer o cabo excessivamente (mais
seja exibida. Certifique-se sempre que do que 180 graus).
o iPod está corretamente conectado. • Puxar ou derrubar o cabo.
• O iPod nano (2ª geração) continuará o • Fechar a tampa do console central
avanço ou retrocesso rápido, caso seja sobre o cabo ou conectores.
desconectado durante a operação de • Guardar objetos com extremidades
busca. afiadas no local onde o cabo é ar-
• Ao usar o iPod nano (2ª geração), um títu- mazenado.
lo de música incorreto pode surgir quan- • Derramar líquidos no cabo e nos
do o modo de reprodução for alterado. conectores.

4-41

MP Frontier_seção 4b.pmd 41 15/1/2013, 14:58


• Não conecte o cabo ao iPod se o cabo Enquanto ligado ao veículo, o iPod somen-
e/ou conectores estão úmidos. Isto pode te pode ser operado pelos controles de
danificar o iPod. áudio do veículo.
• Se o cabo e/ou os conectores forem ex- Para desconectar o iPod do veículo,
postos à água, deixe-o(s) secarem com- desconecte o lado da USB do cabo
pletamente antes de conectar o cabo e conectado à tomada USB no veículo, depois
o iPod (espere 24 horas para secagem remova o cabo do iPod .
do(s) mesmo(s)).
* iPod é um marca registrada da Apple Inc.,
• Se o conector for exposto a outros tipos registrada nos Estados Unidos e em outros
de fluidos diferente de água, seus resí- países.
duos evaporativos podem causar curto
entre os pinos do conector. Neste caso, Compatibilidade
substitua o cabo, caso contrário podem Os seguintes modelos são compatíveis:
ocorrer danos ao iPod e perda de fun-
• iPod Classic 1ª a 6ª geração
ções.
OPERAÇÃO iPod PLAYER • iPod Mini 1ª e 2ª geração
• Quando não utilizar o cabo por longo pe-
ríodo de tempo, armazene-o em um lo-
(se equipado) • iPod Nano 1ª a 3ª geração
cal limpo à temperatura ambiente, livre Conectando o iPod • iPod Touch 1ª geração
de poeira e sem exposição direta ao sol. Para conectar um iPod no veículo e para • iPhone® 1ª geração
• Não use o cabo para qualquer outro pro- que o iPod seja controlado pelos controles Certifique-se de que o Firmware do iPod está
pósito. Utilize-o exclusivamente no veí- do sistema de áudio e display de exibição, atualizado.
culo. utilize a tomada USB localizada no painel,
abaixo do acendedor de cigarros.
Para ligar o iPod na unidade de áudio do
veículo, primeiro conecte o cabo do iPod
ao iPod. Em seguida, conecte a outra ex-
tremidade do cabo na entrada USB, locali-
zada no painel. Com o comutador de igni-
ção em ACC ou ON, a bateria do seu iPod
(se compatível) é carregada durante a co-
nexão com o veículo.
4-42

MP Frontier_seção 4b.pmd 42 15/1/2013, 14:58


Operação principal do sistema • Playlists Tecla RPT
de áudio • Artists Pressione a tecla RPT enquanto uma faixa
• Albums está em execução para alterar o padrão de
Tecla AUX execução do seguinte modo:
• Songs
Posicione a chave de ignição na posição 1 TRK RPT → ALL RPT → RPT OFF
• Podcasts
ACC ou ON e pressione a tecla AUX repe-
tidamente até o modo iPod ser exibido no • Genres 1 TRK RPT: a faixa atual será repetida.
display. • Composers ALL RPT: todas as músicas na lista atual
Se outra fonte de áudio está sendo execu- • Audiobooks são repetidas.
tada e o iPod está ligado, pressione o bo- • Shuftle Songs RPT OFF: padrão de execução sem repeti-
tão AUX repetidamente para mudar para ção aplicado.
modo iPod. Teclas SEEK/CAT Tecla RDM
Se o sistema de áudio do veículo estiver Pressione a tecla RDM enquanto uma fai-
Pressione a tecla SEEK/CAT ou
desligado enquanto o iPod estiver em exe- xa está em execução para alterar o padrão
para retornar ou avançar uma faixa.
cução, o iPod será iniciado quando o bo- de execução do seguinte modo:
tão VOL/ON-OFF for pressionado. Pressione e mantenha pressionada a tecla
SEEK/CAT ou por 1,5 segundo en- TRK SHUFFLE → ÁLBUM SHUFFLE →
Interface SHUFFLE OFF
quanto uma faixa é executada para retroce-
A interface para operação do iPod mostra- der ou avançar rapidamente a faixa. A faixa TRK SHUFFLE: as faixas na lista atual se-
da no display do sistema de áudio do veí- é executada a uma velocidade maior ao re- rão reproduzidas aleatoriamente
culo é similar à interface iPod. Utilize o bo- troceder ou avançar rapidamente. Ao libe- ALBUM SHUFFLE: os álbuns na lista atual
tão TUNE/SCROLL e a tecla ENTER para rar a tecla, a execução voltará à velocidade serão executados aleatoriamente.
navegar entre os menus na tela. A tecla normal.
iPod MENU do sistema de áudio do veículo SHUFFLE OFF: padrão de execução não
é usada para subir um nível nos menus do aleatório aplicado.
iPod.
Dependendo do modelo de iPod, os se-
guintes itens podem estar disponíveis na
tela da lista de menu. Para mais informa-
ções sobre cada item, consulte o manual
do proprietário do iPod.

4-43

MP Frontier_seção 4b.pmd 43 15/1/2013, 14:58


Interruptor de seleção de modo
Pressione o interruptor seletor de modo para
alterar o modo na sequência a seguir: Preset
A → Preset B → Preset C → CD* → AUX**.
*Este modo somente estará disponível quan-
do um CD for introduzido.
**Este modo somente estará disponível
quando um dispositivo auxiliar compatível
estiver conectado na tomada “AUX”.
Interruptor de controle de volume
Pressione o interruptor de controle de vo-
SSD0476 lume para cima ou para baixo para
TIPO A TIPO B aumentar ou diminuir o volume.
1. Interruptor de sintonia 1. Interruptor de controle de volume Interruptor de Sintonia
2. Interruptor de seleção de modo 2. Interruptor de seleção de modo
3. Interruptor "power" (liga/desliga) 3. Interruptor "power" (liga/desliga) Mudança de memória (rádio)
4. Interruptor de controle de volume 4. Interruptor de sintonia
Pressione o interruptor de sintonia ( ou )
INTERRUPTOR NO VOLANTE por menos de 1,5 segundo para alterar os
DE DIREÇÃO PARA CONTROLE ajustes prévios.
DE ÁUDIO (se equipado) Ajuste de busca (rádio)
O sistema de áudio pode ser operado, utili- Pressione o interruptor de sintonia ( ou )
zando-se os controles no volante de direção. por mais de 1,5 segundo para buscar a pró-
xima estação de rádio ou a anterior.
Interruptor “POWER” (liga/desliga)
Faixa próxima/anterior (CD)
Com o interruptor de ignição na posição Pressione o interruptor de sintonia ( ou )
"ACC" ou "ON", pressione o interruptor por menos de 1,5 segundo para retornar ao
"PWR" para ligar ou desligar o sistema de início da faixa atual ou saltar para a próxi-
áudio. ma faixa. Pressione diversas vezes para re-
troceder ou avançar as faixas.

4-44

MP Frontier_seção 4b.pmd 44 15/1/2013, 14:58


TELEFONE VEICULAR
OU RÁDIO CB (se equipado)
ATENÇÃO:
A NISSAN orienta que nenhum tipo de
aparelho telefônico seja utilizado duran-
te a condução do veículo. Isto pode reti-
rar a atenção do motorista, podendo oca-
sionar um acidente.
Ao instalar um equipamento sem fio de alta
capacidade assegure-se de cumprir as re-
comendações a seguir, caso contrário o seu
novo equipamento pode afetar o sistema de
controle do motor e outras peças eletrôni-
cas, dependendo do local da instalação.

CUIDADO
• Mantenha a antena o mais longe possí-
vel do Módulo de Controle Eletrônico.
• O cabo da antena deve ser posicionado
a uma distância com mais de 20 cm do
chicote do sistema de injeção. Não per-
mita que a rota do cabo da antena fi-
que próximo de qualquer chicote.
• Ajuste a relação da onda fixa da ante-
na conforme recomendado pelo fabri-
cante.
• Conecte o cabo-massa do rádio no
chassi.
NOTA:
Quanto a detalhes, consulte uma conces-
sionária NISSAN.

4-45

MP Frontier_seção 4b.pmd 45 15/1/2013, 14:58


MP Frontier_seção 4b.pmd 46 15/1/2013, 14:58
5 Funcionamento e operação
Período de amaciamento .......................................... 5-2 Dirigindo com segurança com o sistema 4WD
Antes de dar partida ao motor ................................. 5-2 (se equipado) ....................................................... 5-23
Precauções ao dar partida e dirigir ......................... 5-3 Pneus para o sistema 4WD (se equipado) ....... 5-25
Gases de escapamento (monóxido de carbono) .. 5-3 Controle de velocidade (se equipado) ................... 5-25
Precauções ao dirigir em estradas pavimentadas Precauções ao utilizar o controle de velocidade 5-26
e fora de estrada ....................................................... 5-4 Operações do controle de velocidade .............. 5-26
Sistema do turbocompressor .................................. 5-4 Ao estacionar ........................................................... 5-28
Cuidados ao dirigir .................................................... 5-5 Reboque de trailer ................................................... 5-30
Ao dar partida com o motor frio .......................... 5-5 Precauções de funcionamento .......................... 5-30
Transporte de bagagem ....................................... 5-5 Pressão dos pneus ............................................. 5-30
Ao dirigir em pavimentos molhados ................... 5-5 Correntes de segurança .................................... 5-31
Ao dirigir em neve, lama ou areia ........................ 5-5 Freios do trailer ................................................... 5-31
Interruptor de ignição ................................................ 5-5
Chave inteligente NISSAN (se equipado) .......... 5-6
Luz sinalizadora de direção do trailer
(se equipado) ....................................................... 5-31 5
Transmissão automática ...................................... 5-7 Instalação do engate para reboque ................... 5-31
Transmissão manual ............................................ 5-8 Segurança do veículo .............................................. 5-32
Posições da chave ................................................ 5-9 Sistema de direção hidráulica ............................... 5-32
Antes de dar partida ao motor ................................. 5-9 Sistema de freio ....................................................... 5-33
Dando partida ao motor .......................................... 5-10 Precauções ao frear ........................................... 5-33
Ao dirigir o veículo ................................................... 5-11 Sistema de freio antibloqueio (ABS)
Ao dirigir com transmissão manual .................. 5-11 (se equipado) ....................................................... 5-34
Ao dirigir com transmissão automática ........... 5-13 Sistema do controle eletrônico de estabilidade
Tração nas quatro rodas (4WD) (se equipado) ..... 5-17 (VDC) ......................................................................... 5-35
Procedimento de mudança 2WD ou 4WD Ao dirigir em clima frio ............................................ 5-37
(se equipado) ....................................................... 5-18 Bateria .................................................................. 5-37
Funcionamento do interruptor do modo 4WD Líquido de arrefecimento ................................... 5-37
(se equipado) ....................................................... 5-21 Equipamentos do pneu ....................................... 5-38
Luz indicadora do modo 4WD ............................ 5-21 Equipamentos especiais para o inverno .......... 5-38
Luz de advertência 4WD (se equipado) ............ 5-22 Proteção anticorrosão ........................................ 5-39

MP Frontier_seção 5.pmd 1 15/1/2013, 14:58


PERÍODO DE ANTES DE DAR PARTIDA AO MOTOR
AMACIAMENTO
Durante os primeiros 1600 km (1000 milhas), ATENÇÃO: • Verifique se os vidros, faróis e lanternas
siga as recomendações para a confiabi- As características de dirigibilidade do estão limpos.
lidade e economia futura do seu novo veí- seu veículo podem ser notadamente al- • Regule os bancos e ajuste os apoios de
culo. teradas por alguma carga adicional ou cabeça.
• Evite dirigir por longos períodos à velo- quando é acrescentado algum equipa-
• Ajuste a posição dos espelhos retroviso-
cidade constante, alta ou baixa. mento opcional (acoplamentos de trailer,
res externos e o interno.
bagageiro de teto, etc.). Sua maneira de
• Não acelere o motor a uma rotação supe- • Coloque o cinto de segurança e peça
dirigir e a velocidade devem ser ajusta-
rior a 4000 rpm. aos demais passageiros que façam o
das adequadamente. Especialmente ao
• Não acelere o veículo pressionando o transportar cargas pesadas, a velocidade mesmo.
pedal do acelerador totalmente em ne- do seu veículo deve ser reduzida. • Trave todas as portas.
nhuma das marchas.
• Assegure-se de que a área ao redor do • Verifique a operação das luzes de ad-
• Evite arrancadas rápidas. veículo esteja livre. vertência / indicadoras, quando a igni-
• Evite frenagens bruscas. • Verifique os níveis de fluidos, tais como ção for girada para a posição ON.
• Não reboque trailer nos primeiros óleo do motor, líquido de arrefecimento, • Não coloque objetos rígidos ou pesados
800 km do período de amaciamento. freio, embreagem, líquido dos lavadores sobre o painel de instrumentos, a fim de
dos vidros o mais freqüentemente pos- evitar ferimentos em caso de uma fre-
• Ao rebocar um trailer pela primeira vez sível, ao menos quando reabastecer o
após o período de amaciamento, certi- nagem brusca.
veículo.
fique-se de não atingir velocidades su- • A manutenção dos itens descritos na se-
periores a 80 km/h durante os próximos • Faça uma inspeção visual na aparência ção 8. “Manutenção e faça você mesmo”,
800 km, e não acelere o veículo pressio- e condições dos pneus. Verifique, tam- deve ser realizada periodicamente.
nando o pedal do acelerador totalmente. bém, a calibragem dos pneus.

5-2

MP Frontier_seção 5.pmd 2 15/1/2013, 14:58


PRECAUÇÕES AO DAR PARTIDA E DIRIGIR

ATENÇÃO: GASES DE ESCAPAMENTO • Caso o chicote elétrico ou outras co-


• Não deixe crianças ou adultos que (monóxido de carbono) nexões de cabos necessitem ser en-
necessitem de assistência sozinhos caminhadas ao trailer através do
dentro do veículo. Da mesma forma, ATENÇÃO: vedador existente na carroçaria, ob-
não deixe animais de estimação sozi- • Evite inalar os gases de escapamen- serve as recomendações do fabri-
nhos no interior do veículo. Eles po- to; eles contêm monóxido de carbo- cante, para evitar a entrada de
dem ser feridos acidentalmente, ou no, que é um gás incolor e inodoro. O monóxido de carbono no interior do
ainda provocar ferimentos a outras monóxido de carbono é um gás peri- compartimento de passageiros.
pessoas, em virtude do funcionamen- goso que pode causar inconsciência • Quando o veículo estiver parado em
to inadvertido do veículo. Em dias ou morte. uma área aberta com o motor funcio-
quentes e ensolarados, a temperatu- • Se você suspeita que está entrando nando, por um longo período de tem-
ra dentro de um veículo fechado pode gás de escapamento no veículo, diri- po, ligue a ventilação e direcione os
aumentar rapidamente, podendo cau- ja com todos os vidros completamen- difusores para forçar a entrada de ar
sar ferimentos graves ou fatais às te abertos e faça uma inspeção no externo no interior do veículo.
pessoas ou animais. veículo imediatamente. • O sistema de escapamento e a carro-
• Não faça funcionar o motor em locais ceria devem ser inspecionados por uma
fechados (por exemplo, numa gara- concessionária NISSAN sempre que:
gem), por tempo superior ao estrita- a. O veículo for levantado para ma-
mente necessário. nutenção.
• Não estacione o veículo com o motor b. Suspeitar que os gases de esca-
funcionando por muito tempo. pamento estão entrando no inte-
• Fixe todas as cargas com cordas ou rior do compartimento de passa-
correias para prevenir deslocamento. geiros.
• Não seguir corretamente as instru- c. Perceber alguma modificação no
ções descritas em “Bancos, Cintos, ruído do sistema de escapamen-
Sistema complementar de proteção to.
Air bag” na seção 1, pode resultar em d. Você tiver sofrido um acidente que
ferimentos graves em um acidente ou danificou o sistema de escapa-
parada brusca. mento, a parte inferior da carroce-
ria ou a parte traseira do veículo.

5-3

MP Frontier_seção 5.pmd 3 15/1/2013, 14:58


PRECAUÇÕES AO DIRIGIR EM ESTRADAS SISTEMA DO
PAVIMENTADAS E FORA DE ESTRADA TURBOCOMPRESSOR

Veículos do tipo pick-up apresentam um CUIDADO: O sistema do turbocompressor utiliza o óleo


índice de capotamento significativa- Para modelos equipados com tração nas do motor para lubrificação e arrefecimento
mente mais alto que os demais tipos de quatro rodas (4WD): dos componentes móveis. A turbina do
veículos. turbocompressor gira a velocidades extre-
• Não dirija em estradas cuja superfície mamente altas, podendo alcançar uma tem-
Estes veículos apresentam uma altura livre seja dura, no modo 4H ou 4LO. peratura extremamente alta. É essencial
maior do que a dos veículos de passagei- manter um suprimento de óleo limpo circu-
• Dirigir em superfícies duras e secas
ros, o que possibilita uma grande variedade no modo 4H ou 4LO pode causar ruí- lando através do sistema do turbocom-
de aplicações em estradas pavimentadas, pressor. Portanto, uma interrupção súbita do
dos desnecessários e desgaste dos
bem como fora de estrada. Estes veículos pneus. Nestas condições, é recomen- suprimento de óleo poderá causar uma fa-
apresentam um centro de gravidade mais lha no turbocompressor.
dável dirigir na posição 2WD.
alto do que os veículos convencionais. A van- Para assegurar uma vida útil prolongada e
tagem da altura livre maior é uma melhor o bom desempenho do turbocompressor, é
visão da estrada, permitindo que os proble- essencial atender o seguinte procedimento
mas sejam visualizados antecipadamente. de manutenção:
Entretanto, estes veículos não foram proje-
tados para fazer curvas nas mesmas velo- CUIDADO:
cidades dos veículos convencionais com tra- • Troque o óleo do motor conforme de-
ção em duas rodas (2WD), da mesma for- terminado. Consulte o Manual de Ga-
ma que os veículos esportivos rebaixados rantia e Manutenção, fornecido sepa-
não são projetados para desempenho radamente, quanto a informações
satisfatório em condições fora de estrada. adicionais.
Se possível, evite curvas fechadas ou ma- • Utilize apenas o óleo de motor recomen-
nobras abruptas, particularmente em altas dado. Consulte “Capacidades e Com-
velocidades. Da mesma forma que com ou- bustível / Lubrificantes Recomendados”
tros veículos deste tipo, erros ao conduzir na seção 9. “Informações Técnicas”.
este veículo poderão resultar em perda de • Caso o motor tenha funcionado em
controle ou capotamento. Em caso de capo- altas rotações por um período prolon-
tamento, uma pessoa que não esteja utili- gado, deixe-o em marcha lenta por al-
zando o cinto de segurança é significativa- guns minutos antes de desligá-lo.
mente mais propensa a ser ferida, do que • Não acelere o motor em altas rota-
aquela que estiver utilizando o cinto. ções imediatamente após a partida.

5-4

MP Frontier_seção 5.pmd 4 15/1/2013, 14:58


CUIDADOS AO DIRIGIR INTERRUPTOR DE
IGNIÇÃO
Dirigir o seu veículo adequando-o às circuns- AO DIRIGIR EM PAVIMENTOS ATENÇÃO:
tâncias, é essencial para a sua segurança e MOLHADOS Nunca remova ou gire a chave para
conforto. Como motorista, você deve saber posição "LOCK" enquanto estiver dirigindo.
o que deve ser feito em cada situação que • Evite arrancadas, acelerações ou para- O volante de direção travará. Isso pode
venha a ocorrer. das bruscas. causar a perda de controle do veículo pelo
• Evite curvas fechadas, ou mudanças motorista e poderá resultar em danos
AO DAR PARTIDA COM O bruscas de faixa. sérios ao veícu lo ou ferimentos graves.
MOTOR FRIO • Aumente a distância em relação ao veí-
culo que trafega à sua frente.
Em virtude da rotação mais alta do motor
quando ele está frio, deve-se tomar cuidado • Quando a água estiver cobrindo a su-
extra ao selecionar a marcha (automática perfície da pista (poças, alagamentos,
ou manual), durante o período de aqueci- etc.), REDUZA A VELOCIDADE, a fim
mento do motor, após ser dada a partida. de evitar aquaplanagem, que poderá
causar derrapagem e perda de controle
TRANSPORTE DE BAGAGEM do veículo. Pneus desgastados aumen-
tam este risco.
As cargas, sua distribuição e os equipamen-
tos de fixação (dispositivos de acoplamento, AO DIRIGIR EM NEVE, LAMA OU
bagageiros do teto, etc.), irão alterar consi- AREIA
deravelmente as características de condu-
ção do veículo. A maneira de dirigir e a ve- • Conduza o veículo com segurança.
locidade devem ser alteradas de acordo com • Evite arrancadas, acelerações ou para-
as circunstâncias. das bruscas.
• Evite curvas fechadas ou mudanças
bruscas de faixa.
• Evite esterçamentos súbitos.
• Aumente a distância em relação ao veí-
culo que trafega à sua frente.

5-5

MP Frontier_seção 5.pmd 5 15/1/2013, 14:58


O alcance operacional para ser dada a
partida ao motor é dentro do veículo 
• Se a Chave Inteligente estiver coloca-
da no painel de instrumentos, dentro do
porta-luvas, porta-objetos ou no porta-
mapas, a chave poderá não funcionar.

CHAVE INTELIGENTE NISSAN Alcance operacional


(se equipado) As funções da Chave Inteligente só podem
A Chave Inteligente pode operar o ser usadas quando a chave estiver no
interruptor de ignição sem que precise alcance operacional especificado.
retirar a chave do seu bolso ou bolsa. Quando a bateria da Chave Inteligente
O ambiente e/ou condições de operação estiver descarregada ou fortes ondas de
pode afetar o funcionamento do sistema rádio estiverem presentes na localidade
da Chave Inteligente. de operação, o alcance operacional do
CUIDADO: sistema da Chave Inteligente diminui e
pode não funcionar corretamente.
Assegure-se de carregar a Chave
Inteligente com você quando estiver Se a Chave Inteligente estiver na zona do
utilizando o veículo. alcance operacional, é possível para
qualquer pessoa que não carrega a Chave
Inteligente, ligar a ignição para dar partida
ao motor.

5-6

MP Frontier_seção 5.pmd 6 15/1/2013, 14:58


Para remover a chave do interruptor de A alavanca seletora poderá ser movida
ignição: se o interruptor de ignição estiver na
1. Coloque a alavanca seletora na posi- posição “ON” e o pedal de freio
ção P (PARK) com a chave de ignição pressionado.
na posição “ON”. A posição “OFF”  fica entre a posição
2. Gire a chave para a posição “LOCK”. “LOCK” e a posição “ACC”. A posição
3. Remova a chave do interruptor de igni- “OFF” é indicada por “1” no cilindro de
ção. chave.
Se a alavanca seletora for colocada na Quando o interruptor de ignição estiver na
posição P (PARK) depois da chave de posição “OFF”, o volante de direção não
ignição ser girada para a posição será travado.
“OFF”, a chave não pode ser girada para Para que o volante de direção seja travado,
a posição “LOCK”. Proceda da seguinte você deve girá-lo 1/8 de volta no sentido
maneira para remover a chave: horário desde a posição inicial.
TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA 1. Mova a alavanca seletora para a Para travar o volante de direção, gire a cha-
posição P (PARK). ve de ignição para a posição “LOCK”. Re-
A trava da ignição é projetada para que a
chave de ignição não possa ser girada para 2. Gire a chave de ignição para a posição mova a chave.
a posição “LOCK” e removida até que a “ON”. Para destravar o volante, insira a chave e
alavanca seletora esteja na posição P 3. Gire a chave de ignição para a posição gire-a suavemente enquanto gira o volante
(PARK). “LOCK”. de direção ligeiramente para a direita e
Quando remover a chave do interruptor de 4. Remova a chave de ignição. esquerda.
ignição, certifique-se de que a alavanca A alavanca seletora foi projetada para não Se a chave não girar a partir da posição
seletora está na posição P (PARK). ser movida da posição P (PARK) para “LOCK”, gire o volante para a esquerda ou
Se a alavanca seletora não retornar para a outras marchas, se a chave de ignição direita enquanto gira a chave para destra-
posição P (PARK), a chave não poderá ser estiver na posição “OFF” , ou se a cha- var o cilindro da chave.
girada para a posição “LOCK”. ve não estiver no interruptor de ignição.

5-7

MP Frontier_seção 5.pmd 7 15/1/2013, 14:58


NOTA:
• A lâmpada de advertência piscará e o
alarme da trava da Chave Inteligente
será acionado quando o interruptor de
ignição for girado para a posição
“LOCK” e o botão “PUSH” não for
pressionado completamen- te.
Consulte “Lâmpadas de advertência
da trava da Chave Inteligente” na
seção “Instrumentos e Controles “
neste manual para maiores detalhes
relativos à funcionamento da lâmpada
de advertência da trava da chave
inteligente.
TRANSMISSÃO MANUAL Tipo B – Modelos com chave • Quando a chave mecânica está sendo
usada, o botão de liberação da ignição
O interruptor de ignição inclui um inteligente: “PUSH” tem que ser pressionado
dispositivo que ajuda a prevenir contra a trava da ignição é projetada para que o totalmente, embora a luz de
remoção inadvertida da chave de ignição interruptor de ignição possa ser colocado advertência não piscará e o
ao dirigir. na posição “LOCK” quando o botão de alarme não será acionado.
A chave de ignição somente pode ser liberação “PUSH” for pressionado.
removida quando o interruptor de ignição A posição “OFF”  fica entre a posição
estiver na posição “LOCK”. “LOCK” e a posição “ACC”.
Tipo A – Modelos sem chave A posição “OFF” é indicada por “1” no
inteligente: cilindro da chave de ignição.
Para girar o interruptor de ignição da Quando o interruptor de ignição estiver na
posição “ACC” ou “ON” para a posição posição “OFF”, o volante de direção não
“LOCK”, empurre a chave para dentro e será travado. (Para modelos com
depois gire-a para a posição “LOCK”. mecanismo de trava do volante de
direção.)

5-8

MP Frontier_seção 5.pmd 8 15/1/2013, 14:58


ANTES DE DAR PARTIDA
AO MOTOR
Para travar o volante POSIÇÕES DA CHAVE • Certifique-se de que a área ao redor do
Na posição “LOCK”, gire o volante de veículo esteja livre.
LOCK: Posição normal de estacionamento • Verifique os níveis dos fluidos, tais
direção cerca de 1/8 de volta no sentido (0) como o óleo do motor, líquido de
horário a par- tir da posição para frente.
arrefecimento, fluidos de freio e de
Para destravar o volante OFF: Desligado (1) embreagem e líquido dos lavadores de
O motor pode ser desligado sem o vidros o mais freqüente possível, pelo
Modelos Tipo A sem Chave Inteligente: travamento do volante de direção.
Insira a chave de ignição suavemente menos ao reabastecer o veículo.
enquanto gira o volante de direção ACC: Acessórios (2) • Verifique se todos os vidros e lanternas
ligeiramente para a direita e esquerda. Esta posição ativa os acessórios elétricos, estão limpos.
como por exemplo, o rádio, quando o motor • Faça uma inspeção visual na aparência
Modelos Tipo B com Chave Inteligente: e condições dos pneus. Verifique
Pressione o pedal de freio, empurre o inter- não estiver funcionando.
também, a calibragem dos pneus.
ruptor de ignição e gire suavemente ON: Posição normal de operação (3) • Trave todas as portas.
enquanto gira o volante de direção Esta posição liga o sistema de ignição e • Regule os bancos e ajuste os apoios
ligeiramente para a direita e esquerda. os acessórios elétricos. de cabeça.
• Ajuste a posição dos espelhos
START: Esta posição liga o motor. Assim
retrovisores internos e externos.
que o motor ligar, libere a chave de ignição.
• Coloque o cinto de segurança e peça
Automaticamente ela voltará para a
aos demais passageiros que façam o
posição “ON”. mesmo.
• Verifique o funcionamento das luzes de
advertência, quando a chave de ignição
for girada para a posição “ON” (3).
Consulte “Luzes de advertência/
indicadoras e sinais sonoros” na seção
“Instrumentos e controles” deste manual.
• Tenha certeza que o reservatório de
partida a frio contenha o combustível
recomendado. Se este reservatório
estiver vazio, o motor pode não
funcionar ou ter dificuldades na partida.
• Verifique “Combustível recomendado”
na seção Informação Técnica.
5-9

MP Frontier_seção 5.pmd 9 15/1/2013, 14:58


DANDO PARTIDA AO MOTOR

1. Acione o freio de estacionamento. A Chave Inteligente deve ser carregada • Ligue o motor sem colocar o pé no
2. Transmissão automática: quando o interruptor de ignição estiver em pedal do acelerador, girando a chave
(se equipado) operação. de ignição para a posição “START”. Li-
Coloque a alavanca seletora na Quando a luz de advertência da trava da bere a chave de ignição quando o mo-
posição P (Park) ou N (Neutro). Chave Inteligente pisca em vermelho tor funcionar. Se o mo tor der partida,
P (Park) é recomen dado. no painel de instrumentos e o alarme inter- mas não funcionar, repita o procedi-
A alavanca seletora de marchas não no emite um bipe curto, assegure-se de que mento acima.
pode ser movida da posição P (Park) a alavanca seletora está na posição P • Quando for religar o motor, retorne o
para nenhuma das outras posições de (PARK) e o interruptor de ignição está na in terruptor de ignição para a posição
engate, caso a chave de ignição seja posição “LOCK”. Se a luz de advertência OFF, então gire a chave para a posi-
girada para a posição “OFF” ou seja da trava da Chave Inteligente piscar em ção START novamente.
removida do interruptor de ignição. vermelho , desligue executando as ope- • Caso seja difícil dar partida ou religar o
A partida é projetada para não funci- rações seguintes: motor em temperaturas extrema-mente
onar, caso a alavanca seletora esteja • Retorne o interruptor de ignição para a baixas, acione levemente o pedal de
em qualquer uma das posições de di- posição “LOCK”. aceleração (aproxima-damente 1/3 do
rigir. Se isso acontecer, mande verifi- percurso), segure-o e então dê partida
• Gire o interruptor de ignição para a
car o seu veículo em uma concessio- no motor. Libere a chave de ignição e o
posição “ACC”.
nária NISSAN. pedal de aceleração quando o motor
Quando o alarme soar por 4 vezes ligar.
3. Transmissão manual: continuadamente, verifique o seguinte: • Caso seja difícil ligar o motor porque está
Coloque a alavanca seletora na • O interruptor de ignição retornou para afogado, acione o pedal de aceleração
posição N (Neutro). a posição “LOCK”. até o final de seu curso e segure-o.
Aperte o pedal da embreagem até o fim • A chave mecânica não está inserida Dê partida no motor por 5 a 6 segun-
de seu curso ao dar par tida no motor. no interruptor de ignição. dos. Após dar partida no motor, solte o
Modelos com Chave Inteligente: O alarme interno pára quando uma das pedal de aceleração. Dê a partida no
Lentamen- te empurre e gire o interruptor seguintes operações é executada: motor com o pé fora do pedal do ace-
de ignição para a posição “ON”. Quando a • Retorne o interruptor de ignição para a lerador, colocando a chave de ignição
luz de advertência da Chave Inteligente se na posição START. Solte a chave de
posição “LOCK”.
acender em verde no painel de ignição quando o motor começar a fun-
• Remova a chave mecânica do cionar. Se o motor der partida, mas não
instrumentos, o interruptor de ignição pode interruptor de ignição.
ser girado para a posição “START”. continuar a funcionar, repita o procedi-
• Feche as portas. mento descrito acima.
5-10

MP Frontier_seção 5.pmd 10 15/1/2013, 14:58


AO DIRIGIR O VEÍCULO

CUIDADO: • Para engatar a marcha à ré deve-se


Não opere a partida por mais que 15 pressionar o pedal da embreagem
segundos cada vez. Caso o motor não dê completamente, desloque o câmbio
partida, desligue a chave de ignição e para baixo e movimente-o em direção
espere por 10 segundos antes de tentar a marcha à ré. Caso este procedimen-
dar a partida novamente, caso contrário, to não seja seguido, será engatada a
o motor de partida poderá ser danificado. 6ª marcha.
4. Aquecimento • Para sua segurança, evite arrancadas
e acelerações bruscas.
Deixe o motor funcionar em marcha lenta
durante pelo menos 30 segundos após dar • Quando acelerações mais rápidas fo-
a partida. rem necessárias, reduza para uma
marcha inferior e acelere até a veloci-
Não acelere o motor ao aquecê- lo. dade máxima permitida para cada
NSD226
Comece a percorrer, em velocidade mo- marcha. Não exceda a velocidade li-
derada, uma curta distância, especialmen- mite em nenhuma marcha. Preste
te em climas frios. AO DIRIGIR COM TRANSMISSÃO atenção especial ao acelerar ou redu-
MANUAL zir uma marcha em superfícies escor-
regadias. Acelerações bruscas ou re-
CUIDADO: duções de marchas repentinas podem
• Não deixe o pé sobre o pedal da em- causar derrapagem e perda de con-
breagem enquanto estiver dirigindo. trole do veículo.
Isto poderá causar danos à embrea- Ao movimentar o veículo
gem.
1. Pressione o pedal da embreagem com-
• Pare o veículo completamente antes pletamente e mova a alavanca de mu-
de engatar a marcha à ré. danças para a 1ª marcha (marcha bai-
• Ao passar de uma marcha para outra, xa), ou R (marcha à ré).
certifique-se de pressionar o pedal da 2. Pressione devagar o pedal do acelera-
embreagem completamente, a fim de dor, liberando o pedal da embreagem
evitar choques ou atritos entre as en- e a alavanca do freio de estacionamen-
grenagens. to simultaneamente.

5-11

MP Frontier_seção 5.pmd 11 15/1/2013, 14:58


Trocando marchas Velocidade máxima sugerida em Velocidade máxima sugerida em cada mar-
cada marcha cha:
Ao trocar as marchas, aumentando-as ou
reduzindo-as, pressione totalmente o pedal Reduza para marchas mais baixas, caso • Utilizando tração em duas rodas
o motor não esteja funcionando (2WD)
da embreagem, engatando a marcha apro-
priada e a seguir, soltando o pedal da embre- suavemente, ou caso seja necessário km/h
agem vagarosa e suavemente. acelerar. 1ª 33
Não exceda a velocidade máxima sugerida 2ª 57
Para assegurar uma mudança suave de mar- 3ª 89
chas, pressione completamente o pedal da (mostrada a seguir), em nenhuma marcha.
Para a condução em estradas planas, utili- 4ª 120
embreagem antes de mover a alavanca de
ze a marcha mais alta sugerida para aquela 5ª e 6ª –
mudanças. Caso o pedal da embreagem não
esteja completamente pressionado, antes da velocidade. Observe sempre os limites de • Utilizando tração em quatro rodas
transmissão ser engatada, poderá ser ouvi- velocidade estabelecidos, e dirija de acor- (4WD) (Posição 4LO)
do com as condições da estrada; isto lhe km/h
do um ruído de engrenagens. Neste caso,
garantirá uma condução segura. Não deixe 1ª 12
poderão ocorrer danos à transmissão.
que o motor atinja o sobregiro ao reduzir
Dê partida ao veículo em 1ª marcha, e en- 2ª 20
para uma marcha mais baixa, pois isto po-
gate a 2ª, 3ª, 4ª e 5ª, até a 6ª marcha (se derá causar danos ao motor, ou ainda per- 3ª 32
equipado) na seqüência, de acordo com a da de controle do veículo. 4ª 43
velocidade do veículo. 5ª e 6ª 56
Para engatar a marcha à ré, pare o veículo • Utilizando tração em quatro rodas
e coloque a alavanca na posição N, e a se- (4WD) (Posição 4H)
guir pressione a alavanca para engatar a km/h
marcha à ré. 1ª 31
Caso seja difícil mover a alavanca de mu- 2ª 54
danças para as posições ré ou 1ª, passe 3ª 83
para neutro e a seguir, libere o pedal da 4ª 113
embreagem. Pressione totalmente o pedal 5ª e 6ª 146
da embreagem novamente, engatando a ré
ou 1ª.

5-12

MP Frontier_seção 5.pmd 12 15/1/2013, 14:58


AO DIRIGIR COM • Em uma subida, não segure o veículo • CERTIFIQUE-SE DA POSIÇÃO DA
TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA pressionando o pedal do acelerador. ALAVANCA SELETORA
Para esta finalidade, deve-se usar o Certifique-se de que a alavanca sele-
CUIDADO: pedal do freio, a fim de manter o veí- tora esteja na posição desejada. As po-
• A rotação em marcha lenta de um mo- culo no local, bem como para evitar sições D (Drive), 3, 2 ou 1, são usadas
tor frio é mais alta. Desta forma, tome superaquecimento da transmissão. para mover o veículo para frente, e R
cuidado ao engatar uma marcha à (Ré) para trás. A seguir, solte o freio
• Mova para a posição N (Neutro) e apli- de estacionamento e o pedal de freio.
frente ou marcha à ré, antes que o
que o freio de estacionamento quan- Pressione o pedal do acelerador para
motor esteja aquecido.
do ficar parado por um período mais dar partida ao veículo e preste aten-
• Evite sobre-rotações do motor en- longo.
quanto ele estiver parado. Isto pode- ção ao tráfego ao entrar na pista. Evi-
rá provocar o movimento acidental do • Mantenha o motor em rotação de mar- te partidas bruscas ou patinar os
veículo. cha lenta, ao passar da posição N pneus. Evite acelerar excessivamente
(Neutro) para qualquer outra posição o veículo, enquanto estiver parado
Cuidados ao dirigir: de condução. (isto poderá causar um movimento não
• Nunca passe a P (Park) ou R (Ré) com esperado do veículo), caso a alavanca
o veículo em movimento. CUIDADO (ao movimentar o veículo): seletora esteja em R (Ré), D (Drive), 3,
2 ou 1 posição, ou danificar o motor
• Dê partida ao motor com a alavanca • PRESSIONE O PEDAL DO FREIO caso esteja em N (neutro) ou P (Park).
seletora nas posições P (Park) ou N Acionar a alavanca seletora para as
(Neutro). Não será dada partida ao mo- • AQUECIMENTO DO MOTOR
posições R (Ré), D (Drive), 3 (terceira
tor em nenhuma outra posição. Caso Devido às altas rotações de marcha
marcha), 2 (segunda marcha) ou 1
isto seja possível, seu veículo deverá lenta quando o motor está frio, deve-
(marcha baixa), sem pressionar o pe- se tomar cuidados adicionais ao pas-
ser inspecionado por uma concessio-
dal do freio, poderá causar a movi- sar a alavanca de mudanças para a
nária NISSAN.
mentação lenta do veículo quando o posição de condução imediatamente
• Não pressione o pedal do acelerador motor estiver em funcionamento. Cer-
enquanto estiver passando de P após a partida do motor.
tifique-se de que o pedal do freio es-
(Park) ou N (Neutro) para R (Ré), D • AO ESTACIONAR O VEÍCULO
teja totalmente pressionado, e que o
(Drive), 3, 2 ou 1. Pressione o pedal de freio e tão logo o
veículo esteja parado, antes de mo-
Sempre pressione o pedal de freio até veículo seja parado, mova a alavanca
ver a alavanca seletora. seletora para a posição P (Park), puxe
que a mudança de marcha tenha sido
concluída. a alavanca do freio de estacionamen-
to e solte o pedal do freio.

5-13

MP Frontier_seção 5.pmd 13 15/1/2013, 14:58


Ao movimentar o veículo P (Park):
1. Após dar partida ao motor, pressione Utilize esta posição quando o veículo estiver
completamente o pedal do freio antes de estacionado ou ao dar partida ao motor. Sem-
mover a alavanca seletora de P (Park) pre se certifique de que o veículo esteja com-
pletamente parado. Para a máxima seguran-
para R (Ré), D (Drive), 3, 2 ou 1.
ça, o pedal do freio deve ser pressionado an-
2. Mantenha o pedal de freio pressionado tes que a alavanca seletora seja movida para
e pressione o botão da alavanca seletora a posição P (Park). Utilize esta posição junta-
para passar para uma marcha de con- mente com o freio de estacionamento. Ao es-
dução. tacionar em uma ladeira, primeiramente pres-
3. Solte o freio de estacionamento e o pe- sione o pedal do freio, aplique o freio de esta-
dal do freio, e a seguir comece a mover cionamento e a seguir, mova a alavanca para
gradualmente o veículo, pressionando o a posição P (Park).
NSD231
pedal do acelerador.
R (Ré):
Esta transmissão automática foi projetada
de tal maneira que o pedal do freio DEVERÁ Para mover a alavanca seletora: CUIDADO:
ser pressionado antes de passar de P (Park) Pressione o botão ao mesmo tem- Utilize esta posição apenas quando o veí-
para qualquer uma das posições de condu- po em que é pressionado o pedal culo estiver completamente parado.
ção, enquanto o interruptor de ignição esti- do freio. Utilize esta posição para dar marcha à ré.
ver ligado. Pressione o botão para mudar a N (Neutro):
A alavanca seletora não pode ser movida marcha. Nenhuma marcha é engatada (à frente ou
em outra posição, exceto P (Park), caso o Passe a marcha sem pressionar o ré). Nesta posição, é possível dar partida ao
interruptor de ignição esteja em LOCK, OFF pedal do freio. motor. Você poderá mover a alavanca para
ou Acc, ou ainda caso a chave tenha sido N, reiniciando o motor que tenha sido parali-
removida. Mudança de marcha sado durante a condução.
Pressione o botão para engatar P (Park), R D (Drive):
(Ré) ou de D para 3. Todas as demais posi- Utilize esta posição para a movimentação
ções poderão ser selecionadas sem que normal à frente.
seja pressionado o botão.

5-14

MP Frontier_seção 5.pmd 14 15/1/2013, 14:58


3 (3ª marcha): velocidade. Observe sempre os limites de
Utilize esta posição para dirigir em subidas velocidade estabelecidos, e dirija de acor-
ou descidas acentuadas, onde o freio-mo- do com as condições da estrada; isto lhe
tor será vantajoso. assegurará uma condução segura. Não dei-
xe que o motor atinja sobregiro ao reduzir
2 (2ª marcha): para uma marcha mais baixa, pois isto po-
Utilize esta posição para dirigir em subi- derá causar danos ao motor, ou ainda per-
das ou com a função de freio-motor em da de controle do veículo.
descidas. Velocidade máxima permitida em cada
1 (1ª marcha): marcha:
Utilize esta posição ao dirigir lentamente • Utilizando tração em duas rodas (2WD)
em subidas ou em tráfego lento, sobre km/h
muita neve, areia ou lama, ou ainda para o 1ª 24 SSD0643
máximo efeito do freio-motor, em descidas 2ª 56
acentuadas. 3ª 97
Mudança para marcha baixa na acelera- Drive –
Interruptor de sobremarcha
ção na posição D: • Utilizando tração em quatro rodas Ao dar partida no motor a transmissão muda
Para a ultrapassagem rápida ou aumento de (4WD) (Posição 4L) automaticamente para sobremarcha em
aceleração, pressione totalmente o acele- km/h “ON”.
rador até o assoalho, a transmissão muda- 1ª 9 ON: Para condições normais de condução,
rá para uma marcha mais baixa dependen- 2ª 20 pressione o interruptor de sobremarcha ON,
do da velocidade do veículo. 3ª 35 com o seletor de marchas na posição D
Velocidade máxima indicada Drive – (Drive). A transmissão mudará para
para cada marcha • Utilizando tração em quatro rodas OVERDRIVE, à medida que a velocidade
(4WD) (Posição 4H) aumentar.
Reduza para marchas mais baixas, caso o
motor não esteja funcionando suavemente, km/h A sobremarcha não será engatada en-
ou caso seja necessário acelerar. 1ª 23 quanto o motor não estiver aquecido.
Não exceda a velocidade máxima sugerida 2ª 53 OFF: Ao dirigir em longos aclives ou decli-
(mostrada a seguir), em nenhuma marcha. 3ª 92 ves, onde o freio-motor é vantajoso, pressio-
Para a condução em estradas planas, utili- Drive – ne o interruptor OFF.
ze a marcha mais alta sugerida para aquela
5-15

MP Frontier_seção 5.pmd 15 15/1/2013, 14:58


Ao dirigir em baixa velocidade, ou ao dirigir Caso haja algum problema para mover a
em subidas, você poderá sentir desconforto alavanca da posição “P” (estacionamento),
em virtude dos trancos da transmissão, ao o sistema da transmissão automática do seu
engatar entre a 3ª marcha e a sobremarcha veículo deverá ser inspecionado por uma
repetidamente. Neste caso, coloque o inter- concessionária NISSAN o mais rapidamente
ruptor de sobremarcha na posição OFF. possível.
A luz indicadora Overdrive OFF se acen-
ATENÇÃO:
derá neste momento.
Caso a alavanca seletora não possa ser
Quando as condições de direção forem mo-
movida da posição P (Park) enquanto o
dificadas, retorne o interruptor de sobre- motor estiver em funcionamento e o pe-
marcha para a posição ON.
dal do freio pressionado, as luzes de freio
Lembre-se de não dirigir em altas velocida- poderão não estar funcionando. Luzes de
des por longos períodos, com o interruptor NSD232
freio que apresentem falhas poderão cau-
de sobremarcha na posição OFF. Isto au- sar um acidente, ferindo você e outras
menta o consumo de combustível. Liberação da trava de mudanças pessoas.
ATENÇÃO: Caso a carga da bateria esteja baixa, a ala-
Enquanto o interruptor de sobremarcha vanca seletora não poderá ser movida da
o painel de instrumentos mostrará posição P (Park), mesmo que o pedal do
o número relativo a 4ª marcha, indepen- freio esteja pressionado e o botão da ala-
dente da velocidade e marcha atual do vanca seletora também esteja.
veículo. Para mover a alavanca seletora, pressione o
botão de liberação da trava de mudanças A
(conforme ilustrado anteriormente), e pres-
sione o botão da alavanca seletora enquan-
to o interruptor de ignição estiver na posição
ON. Neste instante é possível mover a ala-
vanca seletora para a posição N (Neutro).
Para sua segurança, certifique-se de que o
freio de estacionamento e o pedal do freio
estão aplicados durante a operação.
5-16

MP Frontier_seção 5.pmd 16 15/1/2013, 14:58


TRAÇÃO NAS QUATRO RODAS (4WD) (se equipado)

“Fail-safe” (segurança de falha) CUIDADO: – Caso a luz de advertência ainda


• Não dirija em estradas cuja superfí- esteja acesa após a operação aci-
Quando ocorrer uma operação de “fail-safe”,
cie seja dura, no modo 4H ou 4LO. ma, seu veículo deverá ser inspe-
a luz indicadora O/D OFF irá se acender por
Dirigir em superfícies duras e secas cionado em uma concessionária
2 segundos, e a seguir piscar por aproxima-
no modo 4H ou 4LO pode causar ruí- NISSAN o mais rápido possível.
damente 8 segundos. Embora o veículo pos-
sa ser conduzido nestas condições, obser- dos desnecessários, desgaste dos • A caixa de transferência poderá ser
ve que a transmissão automática estará tra- pneus e aumento do consumo de danificada caso você continue dirigin-
vada na 4ª marcha. combustível. do com a luz de advertência 4WD pis-
• Caso a luz de advertência 4WD se cando rapidamente.
Caso o veículo seja conduzido sob con- acender quando você estiver dirigin-
dições extremas, tais como excessivo do em estradas com superfícies du- PROCEDIMENTOS AO ACOPLAR
deslizamento das rodas e sucessivas fre- ras e secas: A CAIXA DE TRANSFERÊNCIA
nagens bruscas, o sistema “fail-safe” po-
– No modo 4H, gire o seletor do in- Sistema 4WD Part Time
derá ser ativado. Isto poderá ocorrer mes-
terruptor do modo 4WD para a po-
mo que todos os circuitos elétricos este- O sistema 4WD Part Time oferece três po-
sição 2WD.
jam funcionando adequadamente. Neste sições (2WD, 4H e 4LO), de maneira que
caso, desligue a ignição e aguarde 3 se- – Na posição 4LO, para modelos
você possa escolher o modo de condução
gundos. A seguir, gire a chave novamen- equipados com transmissão auto-
desejado, de acordo com as condições de
te para a posição ON. Caso o veículo não mática, pare o veículo e mova a
condução.
retorne à condição de funcionamento alavanca seletora para a posição
normal, a transmissão deverá ser inspe- N (Neutro) com o pedal do freio
cionada e reparada, se necessário, por pressionado, e gire o seletor do
uma concessionária NISSAN. interruptor do modo 4WD para a
posição 2WD.
– Na posição 4LO, para modelos
equipados com transmissão ma-
nual, pare o veículo e mova a ala-
vanca de mudança de marchas
para a posição N, com o pedal da
embreagem pressionado, e gire o
seletor do interruptor do modo
4WD para a posição 2WD.
5-17

MP Frontier_seção 5.pmd 17 15/1/2013, 14:58


PROCEDIMENTO DE MUDANÇA 2WD OU 4WD (se equipado)

Interruptor Luz indicadora


Tração
do modo Condições de uso Operação do Interruptor de Modo 4WD
nas rodas Modo 4WD 4LO
4WD

Rodas traseiras – Para dirigir em pistas secas e A mudança entre os modos 2WD e 4WD pode ser feita durante a
pavimentadas. condução.
2WD A lâmpada indicadora será alterada conforme a alteração de modo
de tração.
A mudança entre os modos 2WD e 4H deve ser feita em velocidades
Quatro rodas – Para dirigir em pistas não pavi-
abaixo de 100 km/h (60 mph).
mentadas, sobre areia ou neve.

Mudança entre modos de tração 4H e 4LO:


• Modelos M/T: Pare o veículo, pressione o pedal da embreagem e
4H
posicione a alavanca de mudança em N (Neutro).

4LO • Modelos A/T: Pare o veículo, pressione o pedal de freio e posi-


A lâmpada indicadora 4LO pisca
Neutro – Piscando cione a alavanca de mudança em N (Neutro).
durante a mudança entre 4H e
4LO. • Pressione e comute o interruptor de modo 4WD. O interruptor de
modo 4WD não irá comutar entre 4H e 4LO se a transmissão não
estiver posicionada em N (Neutro) ou se o veículo estiver em
movimento.
• Aguarde até que a luz indicadora 4LO deixe de piscar e perma-
neça acesa, antes de acoplar a transmissão ou liberar o pedal da
embreagem.
Para uso quando for necessário
4LO potência e tração máximas em
4LO baixas velocidades (por exemplo,
Quatro rodas Acesa em aclives acentuados, ou pistas
cobertas de pedras, areia, lama).

5-18

MP Frontier_seção 5.pmd 18 15/1/2013, 14:58


CUIDADO: • Modelos M/T: Não acelere rapidamen- Para fazer a mudança para (ou de) 4LO:
• O indicador do modo 4WD apagado te a partir da posição parado quando
ou o indicador de advertência ATP (se a lâmpada indicadora 4LO estiver pis- 1. O veículo DEVE estar parado.
instalado) aceso, indica que a posi- cando. Dirija em linha reta em veloci- 2. Mova a alavanca seletora (modelos
ção P (Park) da transmissão automá- dade baixa até que a lâmpada indica- equipados com A/T) ou a alavanca de
tica não está funcionando e isto pode dora esteja acesa. A lâmpada indica- mudanças (modelos M/T) para neutro
resultar em movimento inesperado do dora 4LO pisca durante a mudança (N). Para os modelos equipados com
veículo, o que poderá causar ferimen- entre 4LO e 4H. transmissão automática, pressione o
tos ou danos. Sempre aplique o freio • Se a luz de advertência 4WD se acen- pedal do freio (ou para os modelos
de estacionamento. der, execute o procedimento abaixo: equipados com transmissão manual,
1. Desligue o motor. pressione o pedal da embreagem).
CUIDADO: 2. Ligue o motor. 3. O interruptor deve ser pressionado e
girado ao fazer a mudança para (ou
Para evitar danos ao veículo: 3. Verifique se a luz de advertência
de) 4LO.
• Não acione o interruptor de modo se acende.
4WD nas curvas, em ré, ou se as ro- Se a luz de advertência 4WD permanecer ATENÇÃO:
das traseiras estiverem patinando. O acesa após a execução do procedimen- • Ao estacionar, acione o freio de esta-
veículo deve estar em movimento em to acima, providencie a inspeção e servi- cionamento antes de interromper o
linha reta. ço do sistema imediatamente em uma funcionamento do motor, e certifique-
• Não mova a alavanca seletora (mode- concessionária NISSAN. se de que a luz indicadora do modo
los A/T) ou libere o pedal da embrea- O interruptor do modo 4WD da caixa de trans- 4WD esteja acesa e de que a luz de
gem (modelos M/T) quando a lâmpa- ferência é utilizado tanto para o modo 2WD advertência ATP (se equipado) esteja
apagada. Em caso contrário, o veículo
da indicadora 4LO estiver piscando. como para o modo 4WD, dependendo das
condições de direção. Estão disponíveis três poderá mover-se inesperadamente,
A negligência poderá resultar na con-
tipos de modos de tração: 2WD, 4H e 4LO. mesmo que a transmissão automáti-
dição de "marcha arranhando" e da- ca esteja na posição P.
nos ao conjunto de tração. O interruptor do modo 4WD controla eletro-
nicamente o funcionamento da caixa de
transferência. Gire o seletor do interruptor
para os modos 2WD, 4H ou 4LO.

5-19

MP Frontier_seção 5.pmd 19 15/1/2013, 14:58


• A luz indicadora 4LO deve parar de • Ao dirigir em linha reta, gire o seletor Ao dirigir em estradas de superfície
piscar e permanecer acesa ou apaga- do interruptor do modo 4WD para as áspera:
da antes de engatar a marcha. Caso a posições 2WD ou 4H. Não acione o • Ajuste o interruptor de modo 4WD em
alavanca seletora ou a alavanca de seletor do interruptor do modo 4WD, ao 4H ou 4LO.
mudança de marcha seja movida da fazer curvas ou engatar a marcha à ré. • Dirija cuidadosamente, de acordo com
posição N para qualquer outra mar- • Não acione o interruptor do modo 4WD as condições da superfície da estrada.
cha, enquanto a luz indicadora 4LO (entre 2WD e 4H), enquanto estiver di-
esteja piscando, o veículo poderá Em caso de atolamento do veículo:
rigindo em declives acentuados. Ao in-
mover-se inesperadamente. vés disto, utilize o freio-motor e as mar- • Utilize o sistema de bloqueio do diferen-
chas baixas (1ª ou 2ª), para a função de cial traseiro (se equipado). Ative o siste-
CUIDADO: freio-motor. ma de bloqueio do diferencial traseiro
• Jamais gire o seletor do interruptor com o veículo parado e acelere para li-
• Não acione o interruptor do modo 4WD berar o veículo desta obstrução.
do modo 4WD entre as posições 4LO (entre 2WD e 4H), com as rodas trasei-
e 4H, enquanto estiver dirigindo. • Coloque pedras ou blocos de madeira
ras patinando. sob os pneus, para facilitar a liberação
• A posição 4H oferece maior potência • Não dirija em superfícies duras e secas do veículo.
e tração. Evite velocidade excessiva, na posição 4H ou 4LO. Dirigir em super-
pois irá aumentar o consumo de com- • Ajuste o interruptor do modo 4WD em
fícies duras e secas poderá causar ruí- 4H ou 4LO.
bustível, bem como aumentar a tem- dos desnecessários e desgaste dos
peratura do óleo; isto poderá da- • Caso seja difícil liberar o veículo, con-
pneus. Nestas condições, a NISSAN re- duza o mesmo para frente e para trás,
nificar os componentes do sistema de comenda dirigir na posição 2WD. para aumentar o movimento. Caso o veí-
transmissão. Não se recomenda diri- • A caixa de transferência 4WD poderá culo esteja atolado em uma densa ca-
gir a velocidades superiores a 100 km/ não fazer a mudança entre as posições mada de barro, correntes nos pneus po-
h no modo 4H. 4H e 4LO em baixas temperaturas, e a derão ajudar.
• A posição 4LO oferece potência e tra- luz indicadora da posição 4LO poderá
ção máximas. Evite aumentar exces- CUIDADO:
piscar, mesmo que o interruptor do
sivamente a velocidade do veículo, modo 4WD esteja ativado. Depois de • Não gire as rodas excessivamente, os
pois a velocidade máxima é de apro- dirigir por algum tempo, você poderá pneus irão ficar ainda mais atolados
ximadamente 50 km/h. alterar o interruptor do modo 4WD en- na lama, tornando ainda mais difícil
tre 4H e 4LO. liberar o veículo.
• Evite fazer mudanças de marchas com
o motor funcionando em altas rota-
ções, pois isto poderá provocar falha.
5-20

MP Frontier_seção 5.pmd 20 15/1/2013, 14:58


(para modelos com T/M) (ou a alavanca
seletora seja passada para N ou P, para
os modelos equipados com T/A). Isto ocor-
rerá em virtude da embreagem de trans-
ferência ser liberada, e não em virtude de
falha.

CUIDADO
• Ao dirigir em linha reta, gire o seletor do
interruptor do modo 4WD para as posi-
ções 2WD e 4H. Não acione o seletor
do interruptor do modo 4WD, ao fazer
curvas ou engatar a marcha à ré.
NSD233 • Não acione o interruptor do modo NSD222

4WD, enquanto estiver dirigindo em


FUNCIONAMENTO DO declives acentuados. Utilize o freio-
LUZ INDICADORA DO MODO
motor, passando para as marchas
INTERRUPTOR DO MODO 4WD baixas (modelos M/T) [ou 2 ou 1 para 4WD
(se equipado) modelos A/T], para a função de freio- A luz indicadora do modo 4WD está locali-
• Gire o seletor do interruptor de modo 4WD motor. zada no mostrador do tacômetro do painel
para as posições 2WD, 4H ou 4LO, de- • Não acione o interruptor do modo 4WD, de instrumentos.
pendendo das condições de condução. com as rodas traseiras patinando.
A luz deve apagar-se dentro de 1 segundo,
• Caso o interruptor de modo 4WD seja acio- • Antes de passar o interruptor do modo após o interruptor de ignição ter sido ligado.
nado ao fazer uma curva, acelerar ou de- 4WD da posição 4H para 2WD, certifi-
sacelerar, ou ainda se o interruptor de igni- que-se de que a velocidade do veículo Enquanto o motor estiver funcionando, a luz
ção estiver na posição OFF (desligado), seja inferior a 100 km/h (62,5 mph). indicadora do modo 4WD iluminará a posi-
na posição 4H ou 4LO, poderá ser perce- Caso esta recomendação não seja ob- ção selecionada pelo interruptor de modo
bido um leve movimento do veículo. Esta servada, o sistema 4WD poderá ser 4WD.
é uma condição normal. danificado.
• Quando o veículo for parado após fazer • Nunca acione o interruptor do modo
uma curva, poderá ser percebido um leve 4WD entre 4LO e 4H, enquanto estiver
movimento do veículo após a alavanca de dirigindo.
mudanças ser passada para a posição N
5-21

MP Frontier_seção 5.pmd 21 15/1/2013, 14:58


• A luz indicadora do modo 4WD pode- Luz de Uma grande diferença entre os diâmetros
rá piscar ao ser passado de um modo Acende-se ou pisca quando: das rodas dianteiras e traseiras fará a luz
advertência
de tração para outro. Após a mudan- de advertência piscar lentamente (aproxi-
ça ter sido completada, a luz indica- madamente uma vez a cada dois segun-
existe uma falha no sistema de
dora do modo 4WD se acenderá. Caso tração 4WD dos). Gire o seletor do interruptor do modo
a luz indicadora não se acenda ime- 4WD para 2WD, e não dirija a velocidades
diatamente, certifique-se de que a Acende-se rápidas.
área ao redor do veículo esteja segu- CUIDADO:
ra e livre de obstáculos. Dirija o veí-
• Caso a luz de advertência acenda-se
culo em linha reta, acelere ou desa- a diferença na rotação da roda ou pisque lentamente durante o fun-
celere, ou engate a marcha à ré, e a é grande cionamento, o veículo deverá ser ins-
seguir gire o seletor do interruptor do pecionado em uma concessionária
modo 4WD. NISSAN, o mais rapidamente possível.
Pisca devagar
Caso a luz de advertência 4WD se acen- • Não é recomendável passar da posição
da, a luz indicadora 4WD se apagará. 4WD para a posição 4LO, quando a luz
LUZ DE ADVERTÊNCIA 4WD de advertência 4WD estiver acesa.
CUIDADO: (se equipado) • Quando a luz de advertência se acen-
Caso a indicação da luz indicadora do A luz de advertência 4WD está localizada der, o modo 2WD poderá estar engata-
modo 4WD seja alterada para 2WD quan- no painel de instrumentos. do, mesmo que o interruptor do modo
do o interruptor do modo 4WD for movido 4WD esteja na posição 4H. Desta for-
A luz de advertência 4WD acende-se quan- ma, seja bastante cuidadoso ao dirigir.
para a posição 4H em baixas temperatu-
do o interruptor de ignição é ligado. Apaga-
ras, o modo 2WD poderá estar engatado • Se qualquer componente estiver apre-
se logo após a partida do motor.
em virtude de falha no sistema de tração. sentando falhas, o modo 4WD não
Caso o indicador não volte ao normal, e a Caso ocorra uma falha no sistema 4WD, será engatado, mesmo que o interrup-
luz de advertência 4WD acenda-se, o sis- quando a ignição estiver ligada, a luz de ad- tor do modo 4WD esteja acionado.
tema deverá ser inspecionado por uma vertência permanecerá acesa ou piscará. • Não dirija em superfícies duras e se-
concessionária NISSAN. Caso a luz de advertência 4WD acenda-se, cas na posição 4H ou 4LO. Dirigir em
a luz indicadora do modo 4WD se apaga. superfícies duras e secas poderá cau-
sar ruídos desnecessários no siste-
ma de transmissão e desgaste dos
pneus, bem como aumento no consu-
mo de combustível.
5-22

MP Frontier_seção 5.pmd 22 15/1/2013, 14:58


• Caso a luz de advertência 4WD acen- DIRIGINDO COM SEGURANÇA • Muitas colinas são excessivamente
da-se enquanto você estiver dirigin- COM O SISTEMA 4WD acentuadas para qualquer tipo de veí-
do em superfícies duras e secas: culo. Ao dirigir em colinas, o motor po-
(se equipado)
– Na posição 4H, gire o seletor do derá morrer.
Seu veículo foi projetado tanto para uso nor-
interruptor do modo 4WD para a • Caso esteja descendo uma colina muito
mal como para uso fora de estrada. Apre-
posição 2WD. senta uma altura livre maior e uma distân- acentuada, é possível que você não con-
– Na posição 4LO para modelos cia entre rodas mais estreita, para torná-lo siga controlar a velocidade do veículo. Isto
equipados com transmissão ma- adequado ao uso fora de estrada. Estas ca- poderá causar o capotamento do veículo.
nual, pare o veículo e coloque a racterísticas proporcionam ao veículo um • Não faça mudanças de marchas enquan-
alavanca de mudanças na posição centro de gravidade mais alto do que os to estiver descendo, pois isto poderá cau-
N, com o pedal da embreagem veículos de passageiros comuns. A altura sar a perda de controle do veículo.
livre maior é uma melhor visão da estrada,
pressionado, e gire o seletor do in- permitindo que os problemas sejam visua- • Esteja atento ao dirigir no topo de uma
terruptor do modo 4WD para a lizados antecipadamente. colina. No topo poderá haver uma depres-
posição 2WD. são ou outros perigos, que poderão cau-
Lembre-se que os modelos com tração em
– Na posição 4LO para modelos equi- sar um acidente.
duas rodas são menos capacitados que os
pados com transmissão automáti- modelos com tração nas quatro rodas, ao di- • Caso o motor do veículo morra ou caso
ca, pare o veículo e coloque a ala- rigir em estradas ásperas. O veículo com tra- não consiga chegar na parte superior da
vanca seletora na posição N, com ção nas quatro rodas tem melhor desempe- colina, nunca tente voltar abruptamen-
o pedal do freio pressionado, e gire nho quando atolado em neve, barro profun- te. Seu veículo poderá virar ou capotar.
o seletor do interruptor do modo do, ou similar. Sempre dirija para trás em marcha à ré.
4WD para a posição 2WD. Observe as precauções a seguir: Nunca dirija para trás na posição neu-
– Caso a luz de advertência ainda es- • Dirija cuidadosamente quando estiver fora tro, ou ainda com a embreagem pres-
de estrada, evitando áreas perigosas. sionada, utilizando apenas o freio; isto
teja acesa após a operação acima, Sempre utilize os cintos de segurança poderá fazer você perder o controle do
leve seu veículo a uma concessio- para ajudar a manter você e os demais veículo.
nária NISSAN para que seja inspe- passageiros em posição segura ao diri-
cionado, o mais rápido possível. gir em terreno irregular. • Frear com muita força em uma ladeira
poderá fazer os freios superaquecerem
• O conjunto motor e transmissão pode • Não dirija em ladeiras íngremes fazendo
movimentos sinuosos. Ao invés disto di- ou perderem a eficiência, resultando em
ser danificado se você continuar a
rija em linha reta, para cima ou para bai- perda de controle ou acidente. Aplique os
conduzir o veículo com a luz de ad- freios suavemente e engate uma mar-
vertência piscando rapidamente. xo. Os veículos fora de estrada podem
capotar muito mais facilmente para os cha baixa para controlar a velocidade do
lados do que para frente ou para trás. veículo.
5-23

MP Frontier_seção 5.pmd 23 15/1/2013, 14:58


• Carga insegura poderá ser arremessada • Ao dirigir fora de estrada não segure • Sempre que dirigir fora de estrada em
ao dirigir em terreno irregular. Fixe ade- a parte interna do volante ou os seus locais cujo nível da areia, barro ou água
quadamente a carga, para evitar que a raios. O volante de direção poderá apre- seja superior ao nível da calota da roda,
mesma seja arremessada para frente, o sentar um movimento brusco e ferir as deve-se encaminhar imediatamente o
que poderá causar ferimentos a você ou suas mãos. Ao invés disto, dirija com os veículo à uma concessionária NISSAN
aos passageiros do veículo. dedos e polegares no aro do volante. para fazer a manutenção.
• Acelerar bruscamente, fazer manobras • Antes de conduzir o veículo, certifique- • Enxágue a parte inferior do veículo com
bruscas ou ainda frear abruptamente, se de que você e os passageiros este- água limpa após dirigir sobre barro ou
poderão levar à perda de controle do jam utilizando o cinto de segurança. areia. Remova galhos e gravetos que
veículo. • Evite elevar o centro de gravidade, colo- estejam presos ao veículo.
• Não dirija acima do desempenho dos cando carga sobre o teto, ou ainda equi- • Instale o mesmo tipo de pneus de in-
pneus, mesmo com o sistema 4WD. Ace- pando o veículo com pneus mais largos verno nas quatro rodas (por exemplo,
leração, manobras ou frenagens bruscas do que os especificados neste manual. pneus sem cravos), ou instale corren-
poderão resultar em perda de controle do • Sempre dirija com os tapetes no local tes para pneus nas rodas traseiras, ao
veículo, ou ainda atolamento. correto, pois o assoalho do veículo pode dirigir em superfícies escorregadias (por
• Sempre que possível, evite manobras fe- se aquecer. Seja especialmente cuida- exemplo, após uma nevasca ou lama),
chadas, especialmente em altas veloci- doso, caso esteja dirigindo descalço. e dirija cuidadosamente, utilizando o
dades. Seu veículo equipado com siste- • Diminua a velocidade em caso de vento sistema 4WD.
ma de tração 4WD, apresenta um centro cruzado. Com um centro de gravidade • Evite estacionar o veículo em ladeiras
de gravidade mais alto do que os veícu- mais alto, seu veículo NISSAN é mais íngremes. Caso você saia do veículo e
los com tração em duas rodas, e desta afetado pelos ventos laterais fortes. Ve- ele se movimente para frente, para trás
forma pode capotar com maior facilida- locidades mais baixas asseguram me- ou para os lados, você poderá ferir-se.
de. O veículo não foi projetado para fazer lhor controle do veículo.
curvas nas mesmas velocidades que os • Assegure-se de inspecionar os freios
modelos com tração em duas rodas, da imediatamente após dirigir em lama ou
mesma forma que os carros esportivos água, conforme especificado em “Freios
não foram projetados para apresentar um Molhados”, mais adiante nesta seção.
desempenho satisfatório em condições
fora de estrada. Caso o veículo não seja
conduzido corretamente, poderá resultar
em perda de controle e/ou capotamento
do veículo.
5-24

MP Frontier_seção 5.pmd 24 15/1/2013, 14:58


PNEUS PARA O SISTEMA 4WD CUIDADO: CONTROLE DE VELOCIDADE
(se equipado) Utilize APENAS pneus sobressalentes (se equipado)
especificados para cada modelo 4WD.
CUIDADO: ATENÇÃO:
Sempre utilize pneus do mesmo tamanho, Pressão dos pneus Não utilize o controle de velocidade ao
marca, construção (pneus diagonais, Verifique a pressão de todos os pneus perio- dirigir sob as seguintes condições:
pneus diagonais com cinta ou radiais) e dicamente, incluindo o pneu sobressalente, • Quando não for possível manter a ve-
padrão de banda de rodagem em todos utilizando um calibrador de um posto de ser- locidade de acordo com o estabele-
os quatro pneus. Caso estas condições viço. Faça a calibragem dos pneus de acor- cido.
não sejam observadas, o resultado pode- do com a pressão recomendada. A pressão • Em trânsito pesado ou em trânsito cuja
rá ser uma circunferência diferente entre dos pneus está indicada na plaqueta fixada velocidade seja variável.
os pneus dianteiros e traseiros, o que pro- na coluna central, lado do motorista. Consulte
vocará desgaste dos pneus, podendo da- • Em estradas sinuosas ou montanho-
a seção 9. “Informações técnicas”.
nificar a transmissão, caixa de transmis- sas.
são e engrenagens do diferencial. Rodízio dos pneus • Em estradas escorregadias (chuva,
Caso seja percebido um desgaste excessi- neve, gelo, etc.).
A NISSAN recomenda que seja feito o ro-
vo do pneu, recomenda-se que todos os dízio dos pneus a cada 5.000 km (3.000 • Em áreas de muito vento.
quatro pneus sejam substituídos por pneus milhas). Caso estas instruções não sejam obser-
com o mesmo tamanho, marca, construção vadas, poderá ocorrer a perda de contro-
e padrão de banda de rodagem. A pressão Correntes le do veículo, resultando em um acidente.
dos pneus e o alinhamento das rodas tam- As correntes devem ser instaladas so- CUIDADO:
bém devem ser inspecionados e corrigidos, mente nas rodas traseiras, jamais nas
se necessário. Entre em contato com uma Em modelos equipados com transmissão
rodas dianteiras.
concessionária NISSAN. manual, não passe para N (neutro) sem
Não dirija com correntes em estradas pavi- antes pressionar o pedal da embreagem,
Pneus de neve mentadas, onde não haja necessidade. Diri- quando o controle de cruzeiro estiver
Caso sejam instalados pneus de neve, eles gir com correntes em tais condições poderá sendo utilizado.
devem apresentar o mesmo tamanho, mar- provocar danos a vários mecanismos do veí-
Caso isto seja feito, pressione o pedal da
ca, construção e padrão de banda de roda- culo, em virtude de excesso de tensão. Ao
dirigir em estradas de superfície dura, certi- embreagem e desative o interruptor prin-
gem nos quatro pneus. cipal de controle de cruzeiro imediata-
fique-se de mudar o modo de tração para
2WD. mente. Caso isto não seja feito, o motor
poderá ser danificado.
5-25

MP Frontier_seção 5.pmd 25 15/1/2013, 14:58


OPERAÇÕES DO CONTROLE DE
VELOCIDADE
O controle de velocidade permite dirigir nas
seguintes velocidades, sem a necessidade
de manter o pé no pedal do acelerador:
Entre 40 e 160 km/h.
Para ativar o controle de velocidade, pres-
sione o interruptor ON/OFF do controle de
velocidade. A luz indicadora CRUISE se
acenderá no painel de instrumentos.
Para ajustar a velocidade de cruzeiro, ace-
SSD0475
lere o seu veículo até a velocidade deseja-
TIPO A TIPO B
da, pressione o interruptor COAST / SET e
1. Interruptor ACCEL/RES 1 Interruptor ACCEL/RES solte-o. Retire o pé do pedal do acelerador.
2. Interruptor COAST/SET 2 Interruptor COAST/SET
3. Interruptor CANCEL 3 Interruptor ON/OFF
Seu veículo irá manter a velocidade esta-
4. Interruptor ON/OFF 4 Interruptor CANCEL belecida.
• Ao ultrapassar outro veículo, pressio-
PRECAUÇÕES AO UTILIZAR O ne o pedal do acelerador. Ao liberar o
CONTROLE DE VELOCIDADE pedal, o veículo retornará à velocidade
ajustada previamente.
• Caso o sistema de controle de velocida-
• O veículo poderá não manter a velocida-
de apresente uma falha, será automati-
camente cancelado. de estabelecida quando estiver subindo
ou descendo colinas íngremes, ou em es-
• Para ajustar corretamente o controle do
tradas sinuosas. Caso isto aconteça, diri-
sistema de velocidade de cruzeiro, efe-
ja com o controle de velocidade desati-
tue as etapas conforme descrito em
vado.
“Operações do Controle de Velocidade”,
nesta seção.

5-26

MP Frontier_seção 5.pmd 26 15/1/2013, 14:58


Para cancelar a velocidade estabelecida, Para ajustar uma velocidade de cruzeiro Para ajustar uma velocidade mais baixa,
observe um dos três métodos a seguir: mais alta, observe um dos seguintes mé- observe um dos seguintes métodos:
a. Pressione o interruptor CANCEL; todos: a. Pressione levemente o pedal do freio.
b. Pressione levemente o pedal do freio; a. Pressione o pedal do acelerador. Quan- Quando o veículo atingir a velocidade de-
c. Desative o interruptor de controle de ve- do o veículo atingir a velocidade deseja- sejada, pressione e libere o interruptor
locidade. A luz indicadora CRUISE se da, pressione e libere o interruptor COAST / SET.
apagará. COAST / SET. b. Pressione e mantenha pressionado o
• Caso você pressione o pedal do freio en- b. Pressione e mantenha pressionado o in- interruptor COAST / SET. Quando o veí-
quanto estiver pressionando os interrup- terruptor de ajuste ACCEL / RES. Quan- culo atingir a velocidade desejada, libe-
tores ACCEL / RES ou COAST / SET, a do o veículo atingir a velocidade deseja- re o interruptor.
velocidade pré-estabelecida será apaga- da, libere o interruptor. c. Pressione e a seguir solte rapidamente
da e o controle de velocidade será desa- c. Pressione e a seguir solte rapidamente o o interruptor COAST / SET. Cada vez que
tivado. interruptor de ajuste ACCEL / RES. Cada for efetuado este procedimento, a velo-
• O controle de velocidade será automati- vez que for efetuado este procedimento, cidade ajustada será diminuída em apro-
camente cancelado, caso a velocidade a velocidade ajustada será aumentada ximadamente 1,6 km/h (1 mph).
do veículo seja reduzida para aproxima- em aproximadamente 1,6 km/h (1 mph).
Para retornar à velocidade ajustada, pres-
damente 13 km/h (8 mph). sione e libere o interruptor de ajuste ACCEL
• Ao pressionar o pedal da embreagem / RES. O veículo irá retornar para a última
(modelos equipados com M/T), ou ao velocidade de cruzeiro ajustada, quando a
mover a alavanca seletora (modelos velocidade for superior a 40 km/h (25 mph).
equipados com A/T), a velocidade de-
terminada será cancelada. NOTA:
A velocidade do veículo irá retornar à úl-
tima velocidade ajustada, exceto se o in-
terruptor ON/OFF de controle de cruzei-
ro for pressionado neste intervalo.

5-27

MP Frontier_seção 5.pmd 27 15/1/2013, 14:58


AO ESTACIONAR

ATENÇÃO: 1. Aplique firmemente o freio de estacio- ATENÇÃO:


• Não estacione o veículo sobre mate- namento. • Certifique-se de que a alavanca sele-
riais inflamáveis, tais como grama 2. Modelos equipados com transmissão tora de marchas seja empurrada o
seca, pedaços de papel ou pano, que automática: Coloque a alavanca seletora mais para frente possível, e que não
possam queimar facilmente. na posição P. possa ser movimentada, exceto se for
• Para estacionar com segurança, é ne- Modelos equipados com transmissão apertado o botão de liberação, na ex-
cessário que o freio de estacionamen- manual: Coloque a alavanca seletora de tremidade da alavanca.
to seja aplicado e que os modelos marchas em “Ré” se estiver em uma des- • Caso a luz indicadora 4WD (se equi-
equipados com transmissão automá- cida ou em 1ª se estiver em subida. pado) do modo de condução estiver
tica estejam engatados na posição P, apagada ou a luz indicadora ATP (se
ou em uma marcha apropriada, para equipado) estiver acesa, isto indica
o caso dos modelos equipados com que a posição P da transmissão auto-
transmissão manual. Caso estas ins- mática não irá funcionar. O veículo
truções não sejam observadas, o veí- poderá mover-se inesperadamente,
culo poderá mover-se inesperada- resultando em graves ferimentos ou
mente ou capotar, resultando em aci- danos às propriedades. Sempre acio-
dentes. ne o freio de estacionamento.
• Nunca deixe o motor funcionando
quando não houver pessoas em seu
interior.
• Nunca deixe crianças ou adultos que
necessitam de assistência de outras
pessoas sozinhas no veículo. Animais
de estimação também não devem ser
deixados sozinhos. Em dias enso-
larados e quentes, a temperatura em
um veículo fechado pode aumentar ra-
pidamente e causar ferimentos graves
ou possivelmente fatais em pessoas
e animais.

5-28

MP Frontier_seção 5.pmd 28 15/1/2013, 14:58


• COM A PARTE DIANTEIRA VOLTADA
PARA BAIXO OU PARA CIMA, SEM
GUIA 3
Gire as rodas em direção ao acostamen-
to, de maneira que o veículo mova-se
para fora do centro da pista. A seguir,
aplique o freio de estacionamento.
4. Gire o interruptor de ignição para a po-
sição LOCK, e a seguir remova a chave.

SD1006M

3. Para evitar que o veículo movimente-se • COM A PARTE DIANTEIRA VOLTADA


ao ser estacionado em uma ladeira, re- PARA BAIXO 1
comenda-se que as rodas sejam giradas Gire as rodas em direção à guia, permi-
conforme mostrado na figura. tindo que o veículo se mova para frente,
até que a roda toque ligeiramente a guia.
A seguir aplique o freio de estaciona-
mento.
• COM A PARTE DIANTEIRA VOLTADA
PARA CIMA 2
Gire as rodas no sentido contrário ao da
guia, e deixe que o veículo se mova para
trás, até que a roda toque a guia. A se-
guir, aplique o freio de estacionamento.

5-29

MP Frontier_seção 5.pmd 29 15/1/2013, 14:58


REBOQUE DE TRAILER

Seu veículo foi projetado para ser usado • O trailer deve ser carregado de maneira • Observe as instruções do fabricante do
basicamente para transportar passageiros que os objetos mais pesados sejam co- trailer.
e bagagem. locados sobre o eixo. • Sempre bloqueie as rodas do veículo e
Lembre-se que ao rebocar um trailer, serão • A carga máxima permitida no sentido do trailer quando estacionar. Aplique o
adicionadas cargas ao motor, sistema de vertical no gancho do trailer não deve ser freio de estacionamento do trailer (se
transmissão, direção, freios e outros siste- excedida. equipado). Parar em aclives ou declives,
mas do veículo. Além disso, ao rebocar um • Antes de dirigir, certifique-se de que o não é recomendado.
trailer, outras condições também serão agra- sistema de iluminação do trailer esteja • Seu veículo deverá ser inspecionado
vadas, tais como oscilações em virtude de funcionando adequadamente. mais freqüentemente que os intervalos
ventos cruzados, superfícies ásperas ou especificados no Manual de Garantia e
• Não reboque um trailer durante os pri-
passagem de caminhões. O estilo de con- de Manutenção (fornecido separada-
meiros 800 km do período de amacia-
dução e a velocidade devem ser modifica- mente).
mento.
dos de acordo com as circunstâncias. An- • O reboque de trailer requer mais combus-
• Ao rebocar um trailer pela primeira vez
tes de rebocar um trailer, consulte uma con- tível que ao trafegar em condições nor-
(após o período de amaciamento), não mais, pois há um aumento considerável
cessionária NISSAN, quanto a explicações dirija a velocidades superiores a 80
sobre o uso correto dos equipamentos de na força de tração e na resistência.
km/h e não conduza acelerando total-
reboque. • Quando rebocar um trailer, observe a
mente o motor nos primeiros 800 km.
velocidade máxima de acordo com a le-
PRECAUÇÕES DE • Para rebocar um trailer, o óleo do dife- gislação.
rencial deve ser substituído periodica-
FUNCIONAMENTO mente. Contate uma concessionária CUIDADO:
• Escolha dispositivos de acoplamento NISSAN quanto a mais informações so- Enquanto estiver rebocando um trailer, ob-
adequados (gancho de trailer, corrente bre este assunto. serve o medidor de temperatura da água
de segurança, suporte de teto, etc.) para • Observe a velocidade máxima permitida para evitar superaquecimento do motor.
seu veículo e trailer. para o funcionamento do trailer.
• Jamais permita que a carga total do trai- • Evite partidas, acelerações ou paradas PRESSÃO DOS PNEUS
ler (peso do trailer mais o peso da car- bruscas. Ao rebocar um trailer, infle os pneus do
ga) exceda o máximo determinado para • Evite curvas fechadas e mudanças de veículo de acordo com a pressão máxima
o dispositivo de acoplamento. pista. recomendada para pneus frios, conforme
• Contate uma concessionária NISSAN • Dirija sempre seu veículo em velocida- indicado na plaqueta de calibração dos
quanto a mais informações sobre este de moderada. pneus, consulte a seção 9. “Informações
assunto. Técnicas”.
5-30

MP Frontier_seção 5.pmd 30 15/1/2013, 14:58


CORRENTES DE SEGURANÇA
Sempre utilize correntes adequadas entre
o veículo e o trailer. A corrente deve ser cru-
zada, devendo ser fixada ao gancho e não
ao pára-choque ou eixo do veículo. Certifi-
que-se de deixar uma folga adequada na
corrente, para que possa efetuar as curvas.

FREIOS DO TRAILER
Assegure-se de que os freios do trailer este-
jam instalados de acordo com o exigido pe-
los regulamentos locais. Também se asse-
gure de que outros equipamentos de trailer TOP61B01
estejam de acordo com as regulamentações
locais. Sempre calce as rodas do veículo e Para informações adicionais sobre reboque
INSTALAÇÃO DO ENGATE PARA de trailer, consulte “Reboque de Trailer”,
do trailer ao estacionar. Aplique o freio de
estacionamento no trailer (se equipado). Não REBOQUE nesta seção.
é recomendado estacionar em uma ladeira A Frontier possui pontos de fixação para a
pronunciada. instalação do reboque traseiro localizados
na parte inferior do chassi próximo ao pára-
LUZ SINALIZADORA DE choque traseiro.
DIREÇÃO DO TRAILER
(se equipado) Pesos e capacidades (em kg) XE e SE SE LE (MT) LE (AT)
2WD 4WD 4WD 4WD
A carga elétrica adicional da luz sinalizadora
de direção do trailer será automaticamente Peso Bruto total (PBT) 2910 3010 3010 3030
detectada e as luzes sinalizadoras de dire-
ção irão se acender. Capacidade máxima de tração (CMT) 3660 3760 3760 3780

5-31

MP Frontier_seção 5.pmd 31 15/1/2013, 14:58


SEGURANÇA DO VEÍCULO SISTEMA DE DIREÇÃO
HIDRÁULICA
Ao deixar o seu veículo: • Não deixe documentos do próprio veícu- O sistema de direção hidráulica foi projeta-
• Sempre remova a chave de ignição e lo em seu interior. Caso o veículo seja rou- do para usar uma bomba hidráulica aciona-
leve-a consigo, mesmo dentro da sua ga- bado, tais documentos irão facilitar ao la- da pelo motor, para diminuir os esforços da
ragem. drão a venda e transferência do veículo. direção.
• Feche todos os vidros completamente e • Nunca deixe objetos no bagageiro do Se o motor desligar ou a correia de aciona-
trave todas as portas. teto, particularmente quando são frágeis. mento arrebentar, você ainda conseguirá
Se possível, remova-os do bagageiro do controlar o veículo. Porém, o esforço neces-
• Sempre estacione o seu veículo em lo-
teto e guarde-os no interior do veículo. sário para movimentar a direção será muito
cal com boa visibilidade. À noite, esta-
cione em local bem iluminado. • Não deixe a chave reserva no interior do maior, principalmente em curvas fechadas
veículo. Guarde-a em um lugar seguro ou em baixa velocidade.
• Caso o veículo esteja equipado com sis-
dentro de sua casa.
tema de imobilizador, acione-o, mesmo
que por períodos curtos. • Não deixe o número da chave do pró-
prio veículo em seu interior. Caso um la-
• Não deixe crianças ou animais sozinhos
drão entre em seu veículo, poderá ano-
no interior do veículo.
tar o número e retornar com a chave para
• Não deixe objetos de valor à vista para roubá-lo.
chamar a atenção de um ladrão. Tais ob-
jetos devem ser levados com você. Caso
necessite deixar objetos no veículo, co-
loque-os no compartimento de bagagem
ou posicione-os de forma que não seja
possível ser visto.

5-32

MP Frontier_seção 5.pmd 32 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DE FREIO

PRECAUÇÕES AO FREAR Ao usar os freios Ao dirigir em subidas


Freio a vácuo Evite manter o seu pé no pedal de freio en- Ao dar partida ao motor em uma subida ín-
quanto dirige. Isto vai superaquecer o freio, greme, algumas vezes é difícil acionar o freio
O servofreio ajuda a frear através do vácuo aumentar o desgaste das lonas e pastilhas, e a embreagem simultaneamente. Utilize o
do motor. Se o motor parar ou a correia de e aumentar o consumo de combustível. freio de estacionamento para segurar o veí-
acionamento estiver partida, você poderá culo. Não mantenha o veículo parado utili-
Para reduzir o desgaste dos freios e evitar o
parar o veículo pressionando o pedal de superaquecimento, diminua a velocidade e zando a embreagem. Quando estiver pron-
freio. Entretanto, será necessário exercer um engate uma marcha reduzida ao dirigir em to para a partida, libere devagar o freio de
esforço muito grande no pedal e a distância declives ou descer rampas. O superaqueci- estacionamento, enquanto pressiona o pe-
de frenagem será maior. mento dos freios pode diminuir o desempe- dal do acelerador, soltando a embreagem.
ATENÇÃO: nho e causar a perda de controle do veículo.
Condução em declives
• Não conduza o veículo com o motor CUIDADO:
desligado. A ação do freio-motor é efetiva no controle
Durante a condução em superfície escor- do veículo nas descidas.
Freios molhados regadia, seja cauteloso nas frenagens,
A alavanca de mudança (modelos M/T) de-
Caso o veículo seja lavado ou passar em acelerações ou reduções. A frenagem
verá ser posicionada em marcha suficiente-
locais com água, os freios poderão ficar repentina ou aceleração súbita poderá
mente baixa para que o freio-motor seja efi-
molhados. Isto pode causar uma distância resultar em patinamento das rodas e aci-
ciente.
de frenagem maior ou fazer o veículo puxar dentes.
para algum dos lados ao frear. Nos modelos com transmissão automática
Esteja atento uma vez que os freios po-
deverá ser selecionada 3 (Terceira), 2 (Se-
Para secar os freios, ande com o veículo a derão estar ineficientes após repetidas
gunda) ou 1 (Primeira) marcha.
uma velocidade segura, pisando no pedal aplicações de frenagem severa.
suavemente para aquecer os freios. Faça
isto até que os freios voltem a funcionar
normalmente. Evite andar com o veículo em
alta velocidade até que os freios estejam
funcionando corretamente.

5-33

MP Frontier_seção 5.pmd 33 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DE FREIO • Ao substituir os pneus, instale a di- Utilizando o sistema
ANTIBLOQUEIO (ABS) mensão especificada de pneu em to- Pressione o pedal do freio e mantenha-o
das as quatro rodas. pressionado, com firmeza e sem bombeá-lo.
(se equipado)
• Ao instalar um pneu de reserva, certi- O sistema ABS atuará para evitar que as ro-
ATENÇÃO fique-se de usar a dimensão e o tipo das sejam bloqueadas. Esterce o veículo para
• O sistema de freio antibloqueio (ABS) corretos, conforme especificado. Veja evitar obstáculos.
é um dispositivo sofisticado, mas não “Identificação do veículo”, na seção
9. “Informações Técnicas”. ATENÇÃO:
pode impedir acidentes resultantes de
técnicas de condução negligentes ou • Para informações mais detalhadas, Não bombeie o pedal do freio. Isto pode
perigosas. O sistema pode ajudar a consulte “Rodas e pneus” na seção aumentar a distância para a parada do
manter o controle do veículo durante a 8. “Manutenção e faça você mesmo”. veículo.
frenagem em superfícies escorrega- O sistema antibloqueio das rodas controla
dias. Lembre-se de que as distâncias cada roda para que elas não sejam bloquea-
de frenagem em superfícies escorrega- das em uma frenagem brusca ou ao frear em
dias serão maiores do que em superfí- pistas escorregadias. O sistema monitora a
cies normais, mesmo usando ABS. As rotação de cada roda e altera a pressão do
distâncias de frenagem também pode- fluido de freio, para impedir o travamento ou
rão ser maiores em pistas não pavimen- escorregamento de cada roda. Impedindo o
tadas, sobre cascalhos ou neve, ou com travamento das rodas, o sistema ajuda o
o uso de correntes para neve. Sempre motorista a manter o controle direcional,
mantenha a distância segura entre o minimizando os desvios e derrapagens em
seu veículo e o veículo à frente. Lem- pistas escorregadias.
bre-se que o motorista é responsável
pela segurança.
• O tipo e a condição do pneu também
podem afetar a efetividade da frena-
gem.

5-34

MP Frontier_seção 5.pmd 34 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DO CONTROLE
ELETRÔNICO DE
ESTABILIDADE (VDC)
Dispositivo de autoteste Funcionamento normal O Sistema de Controle Eletrônico de
O sistema de freio antibloqueio constitui-se O ABS não irá iniciar o funcionamento a ve- Estabilidade (VDC) utiliza vários sensores
de sensores eletrônicos, bombas elétricas locidades inferiores a 5 / 10 km/h para parar para monitorar os estilos de condução do
e solenóides hidráulicos controlados por um completamente o veículo (as velocidades irão motorista e o movimento do veículo. Sob
computador. O computador tem um dispo- variar de acordo com as condições da estra- certas condições de condução, o sistema
VDC ajuda a realizar as funções a seguir:
sitivo interno de diagnóstico que testa todo da). Quando o sistema antibloqueio percebe
o sistema cada vez que você liga o motor e que uma ou mais rodas está perto de travar, • Controlar a pressão do freio para
movimenta o veículo a baixa velocidade para o atuador (sob o capuz do motor) rapidamen- reduzir o giro do pneu que esteja
frente ou para trás. Quando o autoteste ocor- te aplica e libera a pressão hidráulica (como patinando de modo que a potência seja
rer, você poderá ouvir uma pancada e/ou se estivesse bombeando muito rapidamente transferida para um pneu que não
sentir uma pulsação no pedal de freio. Isto o freio). Enquanto o atuador estiver operan- esteja patinando no mesmo eixo.
é normal e não significa mau funcionamen- do, você poderá sentir uma pulsação no pe- • Controlar a pressão do freio e a
to do sistema. Se o computador perceber dal de freio e ouvir um ruído ou vibração pro- potencia do motor para reduzir o giro
qualquer falha, ele desligará o sistema veniente do atuador sob o capuz do motor. do pneu baseado na velocidade do
antibloqueio do freio e acenderá a luz de Isto é normal e indica que o sistema está fun- veículo (função controle de tração).
advertência “ABS” no painel de instrumen- cionando corretamente. Entretanto, esta pul- • Caso a caixa de transferência 4WD
tos. O sistema de freio funcionará normal- sação pode significar que as condições da esteja na posição 4LO a luz indicadora
mente, mas sem o sistema antibloqueio. pista são perigosas, sendo necessária aten- acenderá e o sistema VDC será
ção extra ao dirigir. desligado. Consulte “Tração nas quatro
Caso a luz se acenda durante o autoteste,
rodas (4WD)” no início desta seção.
ou quando você estiver dirigindo, leve o
veículo à sua concessionária NISSAN para • Controlar a pressão do freio em pneus
repará-lo o mais rápido possível. individuais e a potência do motor para
ajudar o motorista a manter o controle
do veículo nas seguintes condições:
– understeer (Perda de tração nas rodas
traseiras) (o veículo tende a não seguir
a trajetória desejada apesar da força de
esterçamento)
– oversteer (Perda de tração nas rodas
dianteiras) (o veículo tende a girar devido
a certas condições de dirigibilidade e da
estrada)
5-35

MP Frontier_seção 5.pmd 35 15/1/2013, 14:58


O sistema VDC pode ajudar o motorist a O interruptor VDC OFF é utilizado para ATENÇÃO:
manter o controle do veículo, mas ele não desligar o sistema VDC. A luz indicadora • O sistema VDC é projetado para ajudar
pode evitar a perda de controle do veículo acende para indicar que o sistema VDC o motorista a manter a estabilidade
em todas as situações de condução. está desligado. do veículo mas não evitar acidentes
Quando o sistema VDC funciona, a luz Quando o interruptor VDC é usado para devido a operação abrupta do volante
indicadora no painel de instrumentos desligar o sistema, o sistema VDC ainda de direção em altas velocidades ou
pisca, assim note o seguinte: funciona para evitar que um pneu patine técnicas de direção perigosas ou
ao transferir potência para um pneu que descuidadas. Reduza a velocidade do
• A estrada pode estar escorregadia ou o veículo e tome muito cuidado ao dirigir
sistema p ode solicitar alguma ação não esteja patinando. A luz indicadora
pisca se isto ocorrer. Todas as outras ou virar em uma curva com
para ajudar a manter o veículo na superfícies escorregadias e sempre
trajetória correta. funções VDC são desligadas e a luz
indicadora não irá piscar. dirija com cuidado.
• Você pode sentir uma pulsação no • Não modifique a suspensão do
pedal do freio ou ouvir um ruído ou O sistema VDC é reiniciado automa-
veículo. Caso os componentes da
vibração debaixo do capuz. Isto é ticamente para ligar quando o interruptor
suspensão, tal como amortecedores,
normal e indica que o sistema VDC de ignição for colocado para a posição
suportes, molas, barras estabiliza-
está funcionando adequadamente. “OFF” em seguida retorna para a posição doras, buchas e rodas não forem
• Ajuste sua velocidade e modo de “ON”. adequados para o seu veículo
condução às condições da estrada. O computador possui uma característica NISSAN ou estejam extremamente
Consulte “Interruptor do controle eletrôni- de diagnóstico interna que testa o sistema deteriorados, o sistema VDC pode não
co de estabilidade (VDC) OFF”. cada vez que é dada a partida no motor e funcionar adequadamente. Isto pode
movimenta o veículo para frente ou para afetar adversamente o desempenho
Se uma falha ocorrer no sistema, as luzes
trás em baixa velocidade. Quando o teste de condução do veículo, e o indicador
indicadoras e acenderão no painel
automático ocorre, você pode ouvir um pode piscar ou ambos as luzes
de instrumentos. O sistema VDC desliga
ruído de batida e/ou sentir uma pulsação indicadoras e podem acender.
automaticamente quando estas luzes
no pedal do freio. Isto é normal é não é • Caso os seguintes componentes do
indicadoras acendem.
uma indicação de falha. freio tal como pastilhas de freio,
rotores e pinças não forem adequados
para o veículo NISSAN ou estiverem
extremamente deterio-rados, o
sistema VDC pode não funcionar
corretamente e ambas as luzes
indicadoras e podem acender.
5-36

MP Frontier_seção 5.pmd 36 15/1/2013, 14:58


AO DIRIGIR EM CLIMA
FRIO
• Caso os componentes relacionados • Qualquer que seja a condição, dirija BATERIA
com o controle do motor não forem com cuidado. Acelere ou desacelere
recomendados pela NISSAN ou esti- com bastante cuidado. Caso acelere Se a bateria não estiver completamente car-
verem extremamente deteriorados, ou desacelere muito rapidamente, as regada em condições de clima extremamen-
ambas as luzes indicadoras e rodas de tração irão perder ainda mais te frio, o eletrólito poderá congelar, danifican-
podem acender. a tração. do-a. Para obter o máximo de eficiência, a
bateria deverá ser inspecionada regularmen-
• Ao dirigir em aclives muito acentua- • Deixe uma distância de parada maior
te. Para maiores informações, consulte “Ba-
dos como por exemplo curvas muito ao dirigir em clima frio. O início da fre-
teria”, na seção 8. “Manutenção e Faça Você
inclinadas, o sistema VDC pode não nagem deve ser antecipado, em com-
Mesmo”.
funcionar corretamente e a luz paração com a pista seca.
indicadora pode piscar ou ambas • Gelo (0°C, chuva congelada), neve po-
as luzes indicadoras e podem LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO
dem ser lisos e proporcionar muita di-
acender. Não dirija nestes tipos de ficuldade de condução do veículo. O Se o veículo permanecer estacionado em
estradas. veículo terá pouca tração nestas condi- local aberto sem anticongelante, você deve
• Ao dirigir em uma superfície instável ções. Tente evitar dirigir nestas condi- drenar o líquido do sistema de arrefecimento.
como por exemplo mesa giratória, ções, até que seja espalhado sal ou Reabasteça antes de acionar o veículo no-
balsa, elevador ou rampa a luz areia na pista. vamente. Para maiores informações, con-
indicadora pode piscar ou ambas as • Evite áreas escorregadias (poças de sulte “Sistema de Arrefecimento do Motor”,
luzes indicadoras e podem acender. gelo). Elas podem aparecer em locais na seção 8. “Manutenção e Faça Você
Isto não é uma falha. Dê partida no escuros da pista. Se você observar Mesmo”.
motor novamente após dirigir em uma uma destas áreas à frente, freie antes
superfície instável. de atingi-la. Evite frear sobre o gelo, e
• Caso as rodas ou pneus que não forem evite fazer manobras bruscas com o
adequados para o veículo NISSAN, o volante.
sistema VDC pode não funcionar • Não utilize o controle de velocidade (se
corretamente e a luz indicadora equipado) em estradas escorregadias.
pode piscar ou ambas as luzes • A neve pode tornar difícil o fluxo dos
indicadoras e podem acender. gases de escapamento venenosos sob
• O sistema VDC não substitui os pneus o veículo. Mantenha o tubo de esca-
de inverno ou correntes dos pneus em pamento desobstruído de neve, bem
uma superfície coberta de neve. como as áreas ao redor do veículo.
5-37

MP Frontier_seção 5.pmd 37 15/1/2013, 14:58


EQUIPAMENTOS DO PNEU 3. As correntes de neve podem ser utiliza- EQUIPAMENTOS ESPECIAIS
das, se desejado. Contudo, em algumas PARA O INVERNO
1. Os pneus de VERÃO têm um desenho localidades, poderão estar proibidas.
de banda de rodagem que proporciona Desta forma, verifique as leis locais an- Durante o inverno, é recomendável que se-
um desempenho superior em pavimen- jam transportados no veículo os seguintes
tes de instalar as correntes de neve. Ao
to seco. Entretanto, o desempenho des- equipamentos:
instalar correntes de neve, certifique-se
ses pneus será substancialmente redu- de que sejam apropriadas ao tamanho 1. Um raspador e uma escova de cerdas fir-
zido sob condições de neve e gelo. Caso dos pneus do seu veículo, e instaladas mes para remover o gelo e a neve dos
você dirija o seu veículo em estradas de acordo com as instruções do fabri- vidros.
com neve ou gelo, a NISSAN recomen- cante da corrente de neve. Utilize tensio- 2. Uma placa plana e resistente para ser
da que sejam usados pneus do tipo MUD nadores de corrente, quando recomen- colocada sob o macaco, para firmá-lo.
& SNOW (barro e neve) em todas as dados pelo fabricante, para assegurar 3. Uma pá para limpar a neve acumulada.
quatro rodas, ou ALL SEASON (todas uma fixação mais firme. Os elos soltos 4. Uma quantidade extra de líquido para
as estações). Consulte uma concessio- das extremidades da corrente devem ser reabastecer o lavador do pára-brisa.
nária NISSAN quanto às informações fixados ou removidos, para evitar a pos-
sobre tipo, tamanho, relação de veloci- sibilidade de danos aos pára-lamas ou
dade e disponibilidade dos pneus. à parte inferior do veículo. Além disto,
2. Para obter maior tração em estradas com dirija em baixas velocidades, pois caso
gelo, podem ser utilizados os pneus com contrário seu veículo poderá ser danifi-
cravos. Entretanto, alguns países, esta- cado e/ou sua capacidade de condução
dos e municípios proíbem o seu uso. e desempenho poderão ser afetados de
Consulte as leis aplicáveis antes de ins- forma adversa.
talar este tipo de pneu.
CUIDADO:
As capacidades de aderência e tração
dos pneus de neve com cravos, em
superfícies úmidas ou secas, podem
ser piores que com pneus de neve
sem cravos.

5-38

MP Frontier_seção 5.pmd 38 15/1/2013, 14:58


PROTEÇÃO ANTICORROSÃO
Os produtos químicos utilizados na superfí-
cie da estrada para remover o gelo são ex-
tremamente corrosivos e irão acelerar a cor-
rosão e a deterioração dos componentes
sob a carroçaria, tais como sistema de es-
capamento, linhas de combustível e freio,
cabos do freio, painel do assoalho e pára-
lamas.
No inverno, deve-se limpar periodica-
mente a parte inferior do veículo. Quanto
a informações adicionais, consulte “Pro-
teção Contra Corrosão”, na seção 7.
“Aparência e Cuidados com o Interior”.
Quanto à proteção adicional contra ferru-
gem e corrosão, que poderá ser necessá-
ria em algumas áreas, consulte uma con-
cessionária NISSAN.

5-39

MP Frontier_seção 5.pmd 39 15/1/2013, 14:58


MP Frontier_seção 5.pmd 40 15/1/2013, 14:58
6 Em caso de emergência

Pneu furado ................................................................ 6-2 Partida empurrando o veículo ................................ 6-12


Ao parar o veículo ................................................. 6-2 Superaquecimento do motor ................................. 6-12
Para calçar as rodas ............................................. 6-2 Ao rebocar o veículo com o guincho .................... 6-14
Para ter acesso às ferramentas e o pneu Precauções ao efetuar o reboque ..................... 6-14
sobressalente ........................................................ 6-3 Reboque recomendado para modelos
Ao remover a roda ................................................ 6-6 equipados com tração 4WD ............................... 6-14
Ao instalar a roda .................................................. 6-8 Desatolando o veículo em lama, areia ou neve .. 6-16
Guardando o pneu e as ferramentas .................. 6-9 Utilização do gancho de reboque ..................... 6-16
Partida auxiliar ......................................................... 6-10

MP Frontier_seção 6.pmd 1 15/1/2013, 14:58


PNEU FURADO

Se um dos pneus do seu veículo furar, siga 1. Conduza o veículo para fora da pista, de
as instruções abaixo: forma segura.
2. Ligue as luzes de advertência.
AO PARAR O VEÍCULO 3. Estacione em um lugar plano.
ATENÇÃO: 4. Aplique o freio de estacionamento.
• Certifique-se de que o freio de estacio- 5. Engate a transmissão manual em “Ré”
namento esteja firmemente aplicado. (transmissão automática na posição P)
• Certifique-se de que a transmissão (Park – Estacionamento).
manual esteja na posição R (ré) [trans- 6. Desligue o motor.
missão automática em P (Park – Es- 7. Abra o capuz, para detalhes consulte
tacionamento)]. “Capuz” na seção 3.
• Não troque os pneus quando o veícu- • Para alertar os demais veículos.
MCE0001D
lo estiver numa ladeira ou em área • Para sinalizar ao Serviço de Atendi-
com gelo ou escorregadia. Isto é mui- mento Especializado que você neces-
to perigoso. sita de ajuda. PARA CALÇAR AS RODAS
• Nunca troque um pneu com o trânsi- 8. Os passageiros devem sair do veículo e ATENÇÃO:
to muito próximo ao seu veículo. ficar em um local seguro, distante do Certifique-se de bloquear as rodas, pois
Aguarde um auxílio especializado. trânsito e do veículo. o veículo poderá se movimentar e cau-
• O interruptor do modo 4WD (se equi- sar ferimentos.
pado), deve estar nas posições 2WD,
Coloque blocos adequados 1 na frente e
4H ou 4LO, para evitar que o veículo
atrás do pneu diagonalmente oposto ao
seja movido.
pneu furado A, para evitar que o veículo se
movimente ao ser erguido pelo macaco.

6-2

MP Frontier_seção 6.pmd 2 15/1/2013, 14:58


SPA1858A NCE149

Para ter acesso às ferramentas e 2. Remova a sacola de ferramentas 1, e a 4. Gire o engate da haste na extremidade
o pneu sobressalente seguir remova as ferramentas. do macaco manualmente no sentido anti-
3. O triângulo de segurança se encontra horário para soltar e remover o macaco
As ferramentas o triângulo e o macaco estão de sua fixação, se necessário encaixe a
abaixo da sacola de ferramentas e deve
localizados atrás do banco inteiriço traseiro. extremidade do extensor “T” na ranhu-
ser mantido nessa posição quando não
1. Puxe a tira 1 e dobre o encosto do ban- estiver em uso. ra do engate do macaco, girando no
co traseiro para baixo 2. sentido anti-horário.

6-3

MP Frontier_seção 6.pmd 3 15/1/2013, 14:58


SCE216 SCE215 SCE152

4. Encaixe a extremidade em “T” na haste 5. Localize a abertura oval acima da parte CUIDADO
do macaco para formar uma extensão, central do pára-choque traseiro. Não introduza a haste do macaco em li-
e em seguida encaixe a extremidade 6. Coloque a extremidade em “T” da haste nha reta, uma vez que ele foi projetado
quadrada da haste do macaco, no furo do macaco através da abertura e con- para ser introduzido em ângulo, confor-
quadrado da chave de roda para formar duza-a em direção ao conjunto do guin- me mostrado.
uma manivela. cho de fixação do pneu sobressalente,
7. Encaixe a parte em “T” da haste na aber-
localizado exatamente acima da roda
tura do guincho do pneu sobressalente.
reserva.
Pressione para manter a haste do ma-
caco encaixada no guincho da roda so-
bressalente; gire a haste do macaco no
sentido anti-horário para abaixar a roda
sobressalente.

6-4

MP Frontier_seção 6.pmd 4 15/1/2013, 14:58


CUIDADO:
Ao guardar a roda sobressalente, certifi-
que-se de que a placa de levantamento
esteja no centro da roda, e a seguir le-
vante-a para a área de armazenamento.

SCE0377

8. Quando a roda sobressalente estiver


completamente abaixada, remova a has-
te do macaco e sob o veículo, remova a
corrente de retenção.
9. Com cuidado, remova a roda sobressa-
lente da parte inferior traseira do veículo.

6-5

MP Frontier_seção 6.pmd 5 15/1/2013, 14:58


AO REMOVER A RODA
ATENÇÃO:
• Nunca fique embaixo de um veículo
sustentado apenas pelo macaco. Uti-
lize suportes de apoio no veículo.
• Não utilize um macaco que não seja
especificado para o seu veículo.
• Utilize o macaco que é fornecido com
o seu veículo. O macaco foi projeta-
do apenas para levantar o veículo du-
rante a troca de um pneu.
• Não use o macaco de seu veículo em
outros.
• Utilize corretamente os pontos de le-
vantamento. Nunca utilize outra par-
te do veículo para apoiar o macaco.
• Nunca levante o veículo mais que o
necessário.
NCE153 • Nunca utilize blocos sob ou sobre o
Pontos de levantamento macaco.
A Modelos cabine dupla
1 Parte dianteira
2 Parte traseira

6-6

MP Frontier_seção 6.pmd 6 15/1/2013, 14:58


• Não dê partida ou faça funcionar o
motor enquanto o veículo estiver le-
vantado sobre o macaco. O veículo
poderá mover-se repentinamente e
isto poderá causar um acidente.
• Nunca permita que os passageiros
permaneçam no veículo enquanto
estiver sobre o macaco.
• Remova toda a carga.
• Certifique-se de travar a roda diagonal-
mente oposta ao pneu vazio, conforme
descrito anteriormente nesta seção.
• Certifique-se de ler a etiqueta de pre-
NCE216 NCE130
caução fixada no corpo do macaco,
antes de utilizá-lo.
3. Encaixe a extremidade quadrada da has- 4. Coloque a haste montada no macaco,
CUIDADO:
te do macaco no furo quadrado para for- conforme mostrado.
Sempre que possível, coloque o macaco mar uma manivela.
numa superfície firme.
1. Posicione o macaco diretamente sob o
ponto de levantamento. Os pontos de le-
vantamento dianteiros estão indicados
pela seta gravada na lateral do chassi.
Quanto aos pontos de levantamento tra-
seiros, veja a ilustração ou a etiqueta fi-
xada no corpo do macaco.
2. Solte as porcas da roda, girando-as no
sentido anti-horário, com a chave de
roda.
CUIDADO:
Não retire as porcas de roda enquan-
to o pneu não estiver apoiado no piso.
6-7

MP Frontier_seção 6.pmd 7 15/1/2013, 14:58


NCE154 NCE155 NCE132
Dianteira Traseira

5. Para levantar o veículo, segure firmemen- 7. Remova as porcas de rodas utilizando AO INSTALAR A RODA
te a alavanca do macaco e a haste com a chave de roda; a seguir, remova a ca-
ambas as mãos, conforme mostrado. lota central da roda (se equipado) e a ATENÇÃO:
6. Suspenda o veículo cuidadosamente roda com o pneu furado. • Nunca utilize porcas de roda que não
até que o pneu fique livre. sejam especificadas para o seu veí-
CUIDADO: culo. Porcas de roda incorretas ou
A roda é pesada. Certifique-se de que apertadas inadequadamente poderão
seu pé não esteja sob a roda e utilize fazer a roda soltar-se. Isto poderá cau-
luvas de acordo com a necessidade sar um acidente.
para evitar ferimentos. • Nunca utilize óleo ou graxa nos prisio-
neiros ou porcas da roda. Isto poderá
fazer as porcas da roda tornarem-se
frouxas.

6-8

MP Frontier_seção 6.pmd 8 15/1/2013, 14:58


1. Limpe quaisquer vestígios de barro ou ATENÇÃO: Pressão com o pneu FRIO:
sujeira da superfície entre a roda e o Reaperte as porcas de roda após o veí- Após o veículo permanecer parado por 3
cubo. culo ter trafegado 1.000 km (600 milhas) horas ou mais, ou tendo sido dirigido me-
2. Cuidadosamente, instale a roda e a ca- (também nos casos de pneu furado, etc.). nos que 1,6 km (1 milha).
lota central (se equipado); a seguir aper- As porcas das rodas devem ser mantidas As pressões com o pneu FRIO são mos-
te as porcas da roda com os dedos. apertadas de acordo com as especifica- tradas na etiqueta fixada na coluna cen-
3. Com a chave de roda, aperte as porcas ções, permanentemente. Recomenda-se tral da porta do motorista. Veja “Pressão
alternada e uniformemente, na seqüên- que as porcas das rodas sejam aperta- dos Pneus”, na seção 9.
cia mostrada (1 / 6), até que sejam fir- das de acordo com as especificações a
memente fixadas. cada intervalo de lubrificação. GUARDANDO O PNEU E AS
4. Abaixe o veículo lentamente, até que o Calibre o pneu para a pressão recomen- FERRAMENTAS
pneu toque no piso. dada com o pneu FRIO. ATENÇÃO:
5. Aperte as porcas de roda firmemente na
seqüência, utilizando a chave de roda Certifique-se sempre, que o pneu sobres-
conforme mostrado na figura. salente, o macaco e as ferramentas se-
jam adequadamente guardados após o
6. Abaixe completamente o veículo.
uso. Alguns destes objetos podem se
Aperte as porcas de roda o mais rapida- tornar perigosos em uma frenagem brus-
mente possível, de acordo com o torque ca ou em um acidente.
especificado, utilizando um torquímetro. Guarde o pneu sobressalente, o macaco e
Torque de aperto da porca da roda: as ferramentas firmemente no veículo, na
113 N.m (12 kg.m, 83 lb.pé) área especificada para armazenamento.

6-9

MP Frontier_seção 6.pmd 9 15/1/2013, 14:58


PARTIDA AUXILIAR

ATENÇÃO:
• Feita de forma incorreta, a partida com
bateria auxiliar pode provocar uma ex-
plosão, causando ferimentos graves
ou morte. Poderá também resultar em
danos ao veículo. Certifique-se de ob-
servar as instruções contidas nesta
seção.
• O gás hidrogênio (explosivo) está
sempre presente nas proximidades
das baterias. Mantenha as chamas e
faíscas longe da bateria.
• Sempre que trabalhar perto ou com
uma bateria, utilize uma proteção para
os olhos (óculos ou protetores indus-
triais de segurança) e retire anéis, pul-
seiras ou qualquer outro tipo de jóia.
• Nunca fique debruçado sobre a bate-
ria, enquanto estiver fazendo o pro-
cedimento de partida com a bateria
SCE0704
SCE0703 auxiliar.
• Não permita o contato do líquido da
1. Certifique-se de que a placa do levanta- CUIDADO: bateria com os olhos, pele, roupas ou
mento 1 está centralizada na roda so- partes pintadas do veículo. O eletrólito
• Uma roda instalada inclinada pode se
bressalente conforme a ilustração. de bateria é uma solução corrosiva de
soltar durante a condução do veículo
ácido sulfúrico, que pode causar quei-
2. Gire a haste do macaco no sentido ho- e cair. Abaixe a roda novamente e cer-
maduras graves. Se o líquido entrar em
rário para suspender a roda sobressa- tifique-se de que a placa de levanta-
contato com alguma coisa, lave ime-
lente. Certifique-se de que a corrente 2 mento e a corrente estão na posição
diatamente com água abundante.
passe através do furo central. correta e execute o procedimento de
armazenamento novamente. • Mantenha as baterias longe do alcan-
ce das crianças.
6-10

MP Frontier_seção 6.pmd 10 15/1/2013, 14:58


2. Acione o freio de estacionamento.
3. Posicione a alavanca da transmissão
em Neutro (M/T) [transmissão
automática na posição P].
4. Desligue todos os acessórios elétricos
desnecessários (faróis, luzes de adver-
tência, etc.).
5. Assegure-se de que o interruptor de igni-
ção do veículo onde será feita a partida
auxiliar esteja na posição LOCK.
6. Abra o capuz. Para maiores detalhes,
consulte “Liberação do capuz do motor”,
na seção 3 “Verificações e Ajustes Preli-
minares”.
7. Retire as tampas dos orifícios de respiro
da bateria (se equipado). Cubra a bateria
com um pano.
8. Conecte os cabos auxiliares na seqüên-
cia (1 → 2 → 3 → 4), conforme ilus-
trado.
NCE189
CUIDADO:
• Deve-se usar uma bateria auxiliar com 1. Prepare o veículo A com a bateria auxi- • Conecte sempre o cabo positivo +
capacidade de 12 volts. O veículo po- liar, para o veículo ao qual será fornecida com o cabo positivo + e o cabo ne-
derá ser danificado, caso seja utiliza- a partida auxiliar B. gativo - com um ponto de terra da
da uma bateria com especificação in- carroçaria (por exemplo, suporte
CUIDADO: de levantamento do motor, etc. e
correta.
Não permita que os veículos se en- não com a bateria).
• Nunca tente dar partida com uma ba-
costem.
teria congelada. A bateria poderá ex- • Uma conexão incorreta poderá resul-
plodir e provocar ferimentos graves. tar em danos no sistema de carga.

6-11

MP Frontier_seção 6.pmd 11 15/1/2013, 14:58


PARTIDA EMPURRANDO O SUPERAQUECIMENTO
VEÍCULO DO MOTOR
• Certifique-se de que não haja ne- CUIDADO: ATENÇÃO:
nhum contato entre o conector do • Em modelos equipados com trans- • Não continue dirigindo o veículo caso
cabo de partida auxiliar positivo missão automática, não é possível dar haja um superaquecimento do motor.
com o veículo, ou com o cabo ne- partida empurrando o veículo. Isto Isto poderá causar um incêndio.
gativo durante a conexão e desco- poderá danificar a transmissão. • Nunca abra o capô caso haja forma-
nexão.
• Nunca tente ligar o veículo rebocan- ção de vapor.
9. Ligue o motor do outro veículo A e dei- do-o. Quando o motor entra em fun- • Nunca remova a tampa do radiador ou
xe-o funcionar por alguns minutos. Man- cionamento, o veículo começa a an- a tampa do reservatório de líquido de
tenha a rotação do motor em aproxima- dar e pode colidir com o veículo que arrefecimento, enquanto o motor esti-
damente 2000 rpm. está rebocando-o. ver quente. Caso isto seja feito, a água
10. Ligue o motor do seu veículo B da ma- quente sob pressão irá ser expelida
neira convencional. com força, levando a possíveis quei-
maduras ou ferimentos graves.
CUIDADO:
• Caso haja saída de vapor ou líquido
Não acione o motor de partida por de arrefecimento do motor, mantenha-
mais de 10 segundos. Se o motor não se distante para evitar ferimentos.
ligar rapidamente, desligue a chave e • O ventilador de arrefecimento do mo-
aguarde pelo menos 10 segundos an- tor começará a funcionar a qualquer
tes de tentar novamente. momento, caso a temperatura do lí-
11. Após dar partida ao motor de seu veícu- quido de arrefecimento ultrapasse o
lo, desconecte cuidadosamente o cabo valor pré-determinado.
negativo, e a seguir o cabo positivo, na • Tome cuidado, a fim de evitar que as
seqüência inversa (4 → 3 → 2 → 1). suas mãos, cabelos, jóias ou roupas,
12. Remova e descarte o pano usado para sejam atingidos pelo ventilador, ou
proteger os orifícios de respiro da bate- ainda pelas correias de acionamento.
ria; o pano pode ter sido contaminado
com o ácido corrosivo.
13. Reinstale as tampas dos orifícios de res-
piro (se equipado).
14. Feche o capuz.

6-12

MP Frontier_seção 6.pmd 12 15/1/2013, 14:58


Caso o motor do veículo esteja superaque- 11. Verifique visualmente se o ventilador do ATENÇÃO:
cido (mostrado pelo indicador de tempera- radiador está funcionando. Para evitar o risco de sofrer queimadu-
tura do líquido de arrefecimento do motor), 12. Caso o superaquecimento tenha sido ras, antes de remover a tampa do reser-
ou caso você note uma falta de potência do causado em virtude de o veículo ter sido vatório do líquido de arrefecimento, cu-
motor, ruídos anormais, etc., observe os se-
conduzido em um longo aclive durante bra a tampa com um pano e solte-a até o
guintes procedimentos:
um dia quente, mantenha o motor funcio- primeiro estágio para permitir a saída do
1. Conduza o veículo para fora da pista em nando em marcha lenta acelerada (apro- vapor.
segurança.
ximadamente 1500 rpm), até que o indi-
2. Ligue o sinalizador de emergência. 15. Se o nível do líquido de arrefecimento
cador de temperatura retorne ao normal.
3. Aplique o freio de estacionamento. está baixo, remova a tampa do reserva-
13. Inspecione visualmente o radiador e as tório e abasteça vagarosamente com lí-
4. Posicione a alavanca em N (neutro) respectivas mangueiras quanto a vaza-
[transmissão mecânica], mova a alavan- quido refrigerante. Após abastecer até o
mentos. nível máximo, instale a tampa do reser-
ca seletora para a posição P (Park)
[transmissão automática]. ATENÇÃO: vatório.
NÃO DESLIGUE O MOTOR. 16. Feche o capuz do motor.
Caso haja vazamento de líquido de arre-
5. Desligue o sistema do ar condicionado fecimento, a correia de acionamento do O veículo deverá ser inspecionado e/ou re-
(se equipado). ventilador está quebrada ou frouxa, ou ain- parado numa concessionária NISSAN.
6. Abra todos os vidros. da caso o ventilador de arrefecimento não
7. Ajuste o controle de temperatura do aque- esteja funcionando, desligue o motor.
cedor ou ar condicionado para a posição
quente máximo, e o controle do ventila- 14. Após o motor esfriar, verifique o nível do
dor para a velocidade máxima. líquido do arrefecimento no reservatório,
8. Saia do veículo. com o motor funcionando. Não abra a
tampa do reservatório do líquido de arre-
9. Inspecione visualmente e ouça se o va-
fecimento, nem tampouco a tampa do ra-
por ou líquido de arrefecimento ainda
estão saindo do radiador, antes de abrir diador.
o capuz. Espere até que todo o vapor ou
líquido de arrefecimento não mais seja
percebido, antes de continuar.
10. Abra o capuz. Para maiores detalhes,
consulte “Liberação do capuz do motor”,
na seção 3 “Verificações e Ajustes Preli-
minares”.
6-13

MP Frontier_seção 6.pmd 13 15/1/2013, 14:58


AO REBOCAR O VEÍCULO
COM O GUINCHO
Ao rebocar o seu veículo, as leis locais so- PRECAUÇÕES AO EFETUAR O
bre reboque devem ser observadas. Equi- REBOQUE
pamentos de reboque inadequados poderão
danificar o seu veículo. Para assegurar-se • Ao rebocar, certifique-se de que a trans-
quanto ao reboque adequado e evitar da- missão, eixos, sistema de direção e con-
nos acidentais ao seu veículo, a NISSAN junto motriz estejam em boas condições.
recomenda que você utilize o serviço de uma Se algum destes itens estiver danifica-
empresa especializada. É aconselhável que do, será necessário utilizar uma base
o operador leia e siga as seguintes instru- com rodízios.
ções: • Sempre que rebocar o veículo, certifique-
se de prendê-lo firmemente com corren-
ATENÇÃO: tes de segurança.
• Nunca permita que nenhum passagei-
ro permaneça no interior de um veícu-
lo que está sendo rebocado.
• Nunca fique embaixo de um veículo
levantado pelo guincho do caminhão
reboque.

NCE157

REBOQUE RECOMENDADO
PARA MODELOS EQUIPADOS
COM TRAÇÃO 4WD
A NISSAN recomenda que sejam utilizadas
bases com rodízios ao rebocar o veículo, ou
então deve-se colocar o veículo sobre uma
plataforma, conforme ilustrado.

6-14

MP Frontier_seção 6.pmd 14 15/1/2013, 14:58


Ao rebocar com as rodas dianteiras so- Se a velocidade ou a distância devam ser
bre uma base com rodízios, gire o inter- necessariamente maiores, retire os eixos de
ruptor de ignição para a posição OFF e transmissão dianteiro e traseiro para evitar
mantenha o volante alinhado à frente, utili- danos à transmissão.
zando uma corda ou algo similar para
segurá-lo. Nunca coloque o interruptor de CUIDADO
ignição na posição LOCK. Isto poderá da- Caso o veículo seja rebocado, certifique-
nificar o mecanismo de trava da direção. se de colocar o interruptor de modo 4WD
Caso seja necessário rebocar um veícu- na posição 2WD, e a alavanca de mudan-
lo equipado com transmissão manual, ças na posição neutro (N).
com as quatro rodas no chão, ou com as
rodas traseiras no chão:
1. Gire o seletor do interruptor do modo NCE214

4WD para a posição 2H. Modelos com transmissão automática

2. Solte o freio de estacionamento, e mova CUIDADO:


a alavanca de mudanças para a posição Nunca reboque modelos equipados com
neutro (N). transmissão automática, com as rodas
3. Observe a restrição de velocidade e dis- traseiras ou dianteiras no piso, ou com
tância de reboque, a seguir: as quatro rodas no piso (para frente ou
• Velocidade: inferior a 50 km/h para trás), pois isto poderá provocar da-
(30 mph). nos graves e bastante caros à transmis-
• Distância: inferior a 65 km são. Caso seja necessário rebocar o
(40 milhas). veículo com as rodas dianteiras levanta-
das, sempre coloque as bases rolantes
sob as rodas traseiras.

6-15

MP Frontier_seção 6.pmd 15 15/1/2013, 14:58


DESATOLANDO O VEÍCULO EM • Nunca reboque o veículo por longas dis-
LAMA, AREIA OU NEVE tâncias, utilizando o gancho de reboque.
• O gancho de reboque está sob uma for-
ATENÇÃO: ça muito grande, ao ser utilizado para
• Nunca permita que as pessoas fiquem desatolar um veículo. Sempre puxe o
próximas à linha de reboque, enquan- cabo de reboque em linha reta, pela par-
to o veículo estiver sendo tracionado. te dianteira do veículo. Jamais puxe o gan-
cho lateralmente.
• Nunca gire os pneus a altas velocida-
des. Isto poderá fazê-los explodir, re- CUIDADO:
sultando em ferimentos graves. Peças Para não quebrar o cabo de reboque,
do veículo poderão superaquecer e tensione-o vagarosamente.
sofrerem danos.
NCE137_A

Dianteira

Utilização do gancho de reboque


O gancho de reboque deve ser utilizado nas
situações em que o veículo fica atolado em
areia, neve ou lama.
• Utilize apenas o gancho de reboque,
nunca outras partes do veículo. Caso
contrário, a carroçaria do veículo pode-
rá ser danificada.
• Utilize o gancho de reboque apenas para
desatolar o veículo atolado em areia,
neve ou barro.

6-16

MP Frontier_seção 6.pmd 16 15/1/2013, 14:58


7 Aparência e cuidados com o interior

Limpeza externa ......................................................... 7-2 Proteção contra corrosão ......................................... 7-5


Lavagem ................................................................. 7-2 Fatores mais comuns para a corrosão do
Remoção de manchas .......................................... 7-3 veículo .................................................................... 7-5
Aplicação de cera ................................................. 7-3 Fatores ambientais que influenciam o índice
Limpeza dos vidros ............................................... 7-3 de corrosão ............................................................ 7-5
Parte inferior do veículo ....................................... 7-3 Para proteger seu veículo contra a corrosão .... 7-6
Limpeza das rodas de liga leve (se equipado) .. 7-4
Peças cromadas .................................................... 7-4
Limpeza interna ......................................................... 7-4
Tapetes do piso ..................................................... 7-5
Peças plásticas ..................................................... 7-5
Cintos de segurança ............................................. 7-5

MP Frontier_seção 7.pmd 1 15/1/2013, 14:58


LIMPEZA EXTERNA

Para manter a boa aparência do seu veícu- 1. Lave a superfície do veículo com uma Ao lavar o veículo, tome cuidado em rela-
lo, é muito importante que você tome certos esponja molhada e bastante água. ção ao seguinte:
cuidados. • Os flanges internos, junções e vincos
2. Lave o veículo completamente, usando
Sempre que possível, estacione seu veículo um sabão neutro ou um shampoo espe- das portas, tampas e capuz do motor são
dentro de uma garagem ou sob uma área cial para veículos misturado com água particularmente afetados pelos efeitos
coberta, para reduzir a possibilidade de da- limpa e morna (nunca quente). do sal da estrada. Conseqüentemente,
nificar a superfície da pintura do seu veículo. estas áreas devem ser lavadas regular-
CUIDADO: mente. Certifique-se de que os furos de
Quando for necessário estacionar ao ar li-
vre, pare em um local com sombra e utilize • Nunca use sabão de limpeza, deter- dreno na parte inferior das portas este-
uma capa protetora. Tome cuidado para gentes químicos fortes, gasolina ou jam sempre desobstruídos.
não arranhar a pintura ao colocar ou ti- solventes. • Pulverize água embaixo da carroçaria e
rar a capa de proteção. • Não lave o veículo sob luz direta do nas caixas das rodas para retirar a sujei-
sol, ou enquanto a carroçaria estiver ra, e/ou remover o sal impregnado.
LAVAGEM quente, pois a superfície pintada po- • Caso esteja utilizando um equipamento
derá ficar manchada. de lavagem de alta pressão, siga as re-
Nos casos a seguir, lave o veículo assim que
possível para proteger sua pintura. • Evite utilizar panos ásperos ou muito comendações no próprio equipamento
felpudos, como luvas de lavagem. De- (pressão e distância de pulverização).
• Após uma chuva, para evitar possíveis ve-se tomar cuidado ao remover cros- • Caso haja áreas danificadas no veículo
danos decorrentes de chuvas ácidas. tas de sujeira ou outras substâncias (por exemplo, pára-choques ou conjun-
• Depois de dirigir em estradas litorâneas. estranhas, de modo que a superfície tos dos faróis pintados), não é recomen-
• Quando fuligem, dejetos de pássaros, pintada não seja riscada ou dani- dável direcionar o jato sob pressão neles.
seiva de árvores, insetos ou partículas ficada. Lave cuidadosamente estas áreas com
metálicas caírem na pintura. a mão.
3. Enxágüe o veículo completamente com
• Quando houver formação de lama ou bastante água limpa. • Evite a entrada de água nas fechaduras.
poeira sobre a superfície da pintura.
4. Um pedaço de camurça pode ser usado
para secar o veículo e evitar manchas.

7-2

MP Frontier_seção 7.pmd 2 15/1/2013, 14:58


REMOÇÃO DE MANCHAS • Caso a superfície do veículo não pos- Espelho retrovisor interno (anti-ofusca-
sa ser polida com facilidade, aplique mento automático, se equipado)
Remova as manchas de piche e óleo, poeira um desengraxante para a remoção de
industrial, dejetos de pássaros, insetos e sei- Utilize um pano macio umedecido apenas
piche e faça o polimento novamente. em água para limpar o espelho retrovisor
va de árvores o mais rápido possível das su-
• Polimento à máquina ou polimento interno anti-ofuscamento automático (se
perfícies pintadas, a fim de que sejam evita-
agressivo sobre camada de base ou equipado).
dos danos e manchas permanentes. Produ-
acabamento com camada transparen-
tos especiais de limpeza estão disponíveis CUIDADO
te pode tirar o brilho do acabamento
em sua concessionária NISSAN, ou em lo-
ou deixar marcas circulares. Não utilize limpa-vidros. Isto irá reduzir
jas especializadas.
a sensibilidade do sensor, resultando em
funcionamento impróprio.
APLICAÇÃO DE CERA LIMPEZA DOS VIDROS
A aplicação regular de cera protege a pintu- Utilize limpa-vidros para remover a fuligem PARTE INFERIOR DO VEÍCULO
ra e ajuda a manter a aparência do veículo. e a película de poeira da superfície dos vi- Em áreas onde seja utilizado sal durante o
Após encerar, é recomendado fazer um po- dros. É normal que os vidros do veículo fi- inverno, a parte inferior do veículo deverá
limento para remover os resíduos e dar bri- quem cobertos por uma película de poeira ser limpa regularmente. Isto evitará o
lho ao veículo. após ficar estacionado ao sol. Um limpa-vi- acúmulo de sujeira e sal, o que poderá cau-
dros e um pano macio podem retirar facil- sar corrosão na parte inferior do veículo e
Uma concessionária NISSAN poderá ajuda- mente esta película. na suspensão.
lo a escolher os produtos adequados.
CUIDADO: Antes do inverno, e novamente na primavera,
CUIDADO: Ao limpar a parte interna dos vidros, não a camada protetora deverá ser inspecionada
• Lave seu veículo completamente, an- use ferramentas pontiagudas ou produ- e, se necessário, aplicada novamente.
tes de aplicar a cera na superfície da tos abrasivos à base de cloro para não
pintura. danificar os condutores elétricos, tais
• Sempre siga as instruções do fabri- como os elementos do desembaçador do
cante da própria cera. vidro traseiro.
• Não use ceras que contenham abra-
sivos, componentes cortantes ou de
limpeza que possam danificar a pin-
tura.

7-3

MP Frontier_seção 7.pmd 3 15/1/2013, 14:58


LIMPEZA INTERNA

LIMPEZA DAS RODAS DE LIGA Ocasionalmente, remova a poeira solta do CUIDADO:


LEVE (se equipado) acabamento interno (peças plásticas e ban- • Nunca use benzina, thinner ou produ-
cos), utilizando um aspirador de pó ou es- to similar.
Lave as rodas regularmente, principalmen- cova macia. Limpe as superfícies de vinil ou • Pequenas partículas de sujeira podem
te no inverno, em áreas onde as estradas couro com um pano limpo e macio, umede- ser abrasivas, podendo danificar a su-
sejam salpicadas com sal. Os resíduos de cido em uma mistura de sabão neutro e perfície do couro; desta forma, deve-
sal podem manchar as rodas, caso as mes- água; a seguir, seque com um pano macio. rão ser removidas imediatamente.
mas não sejam lavadas regularmente. Cuidados regulares e limpeza são neces- NÃO UTILIZE SABÃO, CERAS PARA
sários para manter a aparência do couro. CARRO, POLIDORES, ÓLEOS, FLUI-
CUIDADO:
Antes de utilizar um impermeabilizante de DOS DE LIMPEZA, SOLVENTES, DE-
Observe as instruções descritas abaixo tecidos, leia as instruções do fabricante. TERGENTES OU LIMPADORES À
para evitar manchas ou descoloração das Alguns desses materiais contêm produtos BASE DE AMÔNIA, POIS PODERÃO
rodas. químicos que podem manchar ou desbotar DANIFICAR O ACABAMENTO NATU-
• Não use produto de limpeza com alto o tecido dos bancos. RAL DO COURO.
conteúdo de ácidos ou alcalinas para Utilize um pano macio umedecido em água • Nunca utilize impermeabilizantes para
limpar as rodas. para limpar o painel de instrumentos e a tam- tecido que não sejam recomendados
• Não aplique o produto de limpeza nas pa do grupo de instrumentos. pelo fabricante.
rodas quando estiverem quentes. A • Nunca use produtos de limpeza no
temperatura deve ser igual à tempe- painel de instrumentos. As lentes ou
ratura ambiente. cobertura dos indicadores podem ser
• Remova completamente o produto de danificadas.
limpeza das rodas dentro de 15 minu-
tos após ser aplicado.

PEÇAS CROMADAS
Limpe regularmente as peças cromadas
com polidor de cromados não abrasivo, para
manter o brilho.

7-4

MP Frontier_seção 7.pmd 4 15/1/2013, 14:58


PROTEÇÃO CONTRA
CORROSÃO
TAPETES DO PISO PEÇAS PLÁSTICAS FATORES MAIS COMUNS PARA
A utilização de tapetes originais NISSAN As peças plásticas podem ser limpas com A CORROSÃO DO VEÍCULO
prolonga a vida do carpete de seu veículo e uma solução de sabão neutro. Caso a sujei- • O acúmulo de sujeira e fragmentos reti-
auxilia na limpeza do interior. Certifique-se ra não possa ser facilmente removida, utili- dos pela umidade nas cavidades, can-
de que os tapetes estejam corretamente as- ze um produto limpa-plásticos. Não use sol- tos e outras áreas da carroçaria.
sentados e que não interfiram com os pe- ventes. • Danos à pintura e outras proteções su-
dais durante a condução do veículo. Os ta-
perficiais causados por pedregulhos ou
petes devem ser mantidos limpos e substi- CINTOS DE SEGURANÇA pedaços de pedra, e por pequenos aci-
tuídos se excessivamente gastos.
ATENÇÃO: dentes de trânsito.
• Não deixe que o cinto molhado entre
no dispositivo de retração. FATORES AMBIENTAIS QUE
• NUNCA utilize branqueadores, remo- INFLUENCIAM O ÍNDICE DE
vedores, tinturas, ou solventes quími- CORROSÃO
cos, pois estes poderão enfraquecer Umidade
as cintas do cinto de segurança.
O acúmulo de areia, poeira e água nas par-
Os cintos de segurança podem ser limpos tes inferiores da carroçaria aceleram a cor-
passando-se uma esponja umedecida em rosão. Coberturas de piso molhadas não
sabão neutro. secarão completamente no interior do veícu-
Deixe que os cintos sequem completamen- lo e devem ser removidas para a secagem
te à sombra antes de usá-los. evitando a corrosão do painel do assoalho.

Umidade relativa do ar
A corrosão será acelerada em regiões onde
a umidade relativa do ar for mais alta, espe-
cialmente se nestas regiões a temperatura
for muito baixa, for utilizado sal nas estra-
das ou o ar for poluído.

7-5

MP Frontier_seção 7.pmd 5 15/1/2013, 14:58


Temperatura CUIDADO:
O aumento de temperatura irá acelerar a • Nunca remova a sujeira, areia ou ou-
corrosão das peças que não são bem venti- tros fragmentos do interior do veículo
ladas. usando uma mangueira. Utilize um
aspirador ou uma vassoura.
Poluição do ar • Nunca permita que água ou outros
A poluição do ar, ou a presença de sal no ar líquidos entrem em contato com os
(maresia) em regiões litorâneas irão acele- componentes eletrônicos do interior
rar o processo de corrosão. do veículo, pois isto poderá danificá-
los.
PARA PROTEGER SEU VEÍCULO Os produtos químicos utilizados na superfí-
CONTRA A CORROSÃO cie da estrada para remover o gelo são ex-
• Lave e encere o seu veículo para mantê- tremamente corrosivos e irão acelerar a cor-
lo sempre limpo. rosão e a deterioração dos componentes
• Verifique sempre os pequenos danos na sob a carroçaria, tais como sistema de es-
pintura, e repare-os o mais rápido pos- capamento, linhas de combustível e freio,
sível. cabos do freio, painel do assoalho e pára-
lamas.
• Mantenha sempre desobstruídos os fu-
ros de drenagem da parte inferior das No inverno, deve-se limpar periodica-
portas e da tampa traseira, para evitar o mente a parte inferior do veículo.
acúmulo de água. Quanto à proteção adicional contra ferrugem
• Verifique a parte inferior do veículo. Se e corrosão, que poderá ser necessária em
houver acúmulo de sujeira, sal ou areia, algumas áreas, consulte uma concessioná-
lave o veículo o mais rápido possível. ria NISSAN.

7-6

MP Frontier_seção 7.pmd 6 15/1/2013, 14:58


8 Manutenção e faça você mesmo

Requisitos de manutenção ....................................... 8-3 Fluido da transmissão automática (ATF) .............. 8-14
Manutenção geral .................................................. 8-3 Fluido da direção hidráulica ................................... 8-15
Onde efetuar o serviço ......................................... 8-3 Freio .......................................................................... 8-15
Manutenção geral ...................................................... 8-3 Inspeção do pedal do freio ................................ 8-15
Explicações sobre os itens de manutenção Inspeção do freio de estacionamento ............... 8-15
geral ........................................................................ 8-3 Indicadores de desgaste das pastilhas do freio
Na parte externa do veículo ................................. 8-3 (se equipado) ....................................................... 8-16
Sob o capuz e sob o veículo ................................ 8-4 Servofreio ............................................................. 8-16
Dentro do veículo .................................................. 8-4 Fluidos do freio e da embreagem .......................... 8-17
Precauções de manutenção ..................................... 8-5 Fluido do lavador dos vidros ................................. 8-18
Compartimento do motor ......................................... 8-6 Bateria ....................................................................... 8-19
Motor YD25DDTi .................................................... 8-6 Bateria do veículo ............................................... 8-20
Sistema de arrefecimento do motor ........................ 8-7 Partida com a bateria auxiliar ............................ 8-20
Inspeção do nível do líquido de arrefecimento Reciclagem obrigatória da bateria .................... 8-21
do motor ................................................................. 8-8 Substituição da bateria do controle remoto ..... 8-21
Troca do líquido de arrefecimento do motor ..... 8-8 Chave inteligente nissan (se equipado) ............ 8-23
Óleo do motor ............................................................ 8-9 Correias de acionamento ....................................... 8-24
Verificação do nível de óleo do motor ................ 8-9 Filtro de ar ................................................................ 8-24
Troca de óleo do motor ...................................... 8-10 Tipo seco .............................................................. 8-24
8
Substituição do filtro de óleo do motor ........... 8-11 Limpeza do filtro de ar ........................................ 8-25
Proteção ao meio ambiente ............................... 8-13 Instalação ............................................................. 8-25
Filtro de combustível .............................................. 8-13 Palhetas do limpador .............................................. 8-25
Drenando a água ................................................. 8-13 Limpeza ................................................................ 8-25
Sangria do sistema de combustível .................. 8-14

MP Frontier_seção 8.pmd 1 15/1/2013, 14:58


Substituição ......................................................... 8-26 Pneus para neve ................................................. 8-35
Ejetor do lavador do para-brisa ......................... 8-27 Correntes para neve ........................................... 8-35
Fusíveis .................................................................... 8-27 Rodízio dos pneus ............................................... 8-36
Compartimento do passageiro .......................... 8-27 Desgaste e danos aos pneus ............................ 8-37
Compartimento do motor ................................... 8-28 Envelhecimento dos pneus ................................ 8-37
Descrição dos fusíveis ....................................... 8-29 Ao substituir rodas e pneus ............................... 8-37
Luzes ......................................................................... 8-30 Modelos equipados com sistema 4WD ............. 8-38
Procedimentos de substituição ......................... 8-30 Balanceamento de rodas ................................... 8-38
Faróis .................................................................... 8-32 Cuidados com as rodas ..................................... 8-38
Luzes externas .................................................... 8-34 Alinhamento das rodas e quadro de pressão
Luzes internas ..................................................... 8-34 dos pneus ................................................................. 8-39
Rodas e pneus ......................................................... 8-34 Pneu ...................................................................... 8-39
Pressão dos pneus ............................................. 8-34 Eixo dianteiro ....................................................... 8-39
Tipos de pneus .................................................... 8-35 Eixo traseiro ........................................................ 8-40

MP Frontier_seção 8.pmd 2 15/1/2013, 14:58


REQUISITOS DE MANUTENÇÃO MANUTENÇÃO GERAL

O seu novo NISSAN foi projetado para ne- MANUTENÇÃO GERAL Durante o funcionamento geral diário do seu
cessitar o mínimo de manutenção e para ter veículo, a manutenção geral deverá ser exe-
os intervalos de manutenção maiores, eco- A manutenção geral inclui aqueles itens que cutada regularmente, de acordo com o esta-
nomizando assim, tanto tempo quanto di- devem ser verificados na operação normal belecido nesta Seção. Caso você perceba
nheiro. Porém, algumas manutenções regu- do “dia-a-dia” do seu veículo. Esta manuten- ruídos anormais, vibrações ou cheiros, es-
lares e do “dia-a-dia” são essenciais para ção é essencial para o funcionamento con- tes problemas deverão ser verificados em
manter o seu NISSAN em boas condições tínuo do seu veículo. É de sua responsabili- uma concessionária NISSAN o mais rápido
mecânicas, assim como garantir o desem- dade a execução destes procedimentos re- possível. Além disto, você deverá se dirigir
penho do motor e a emissão de gases. gularmente, conforme determinado. a uma concessionária NISSAN, caso você
É responsabilidade do proprietário assegu- Para efetuar as inspeções de manutenção conclua que devam ser feitas as reparações
rar-se de que as manutenções específicas geral, são necessárias habilidades mecâni- necessárias.
e gerais estão sendo executadas. cas mínimas e algumas ferramentas auto- Ao efetuar quaisquer verificações ou servi-
motivas de uso geral. Estas verificações e ços de manutenção, observe atentamente
Como proprietário do veículo, você é o úni- inspeções podem ser feitas por você mes-
co que pode garantir que o seu veículo está as precauções mais adiante nesta Seção.
mo, por um técnico qualificado ou, se você
recebendo os cuidados de manutenção ne-
cessários.
preferir, pela sua concessionária NISSAN. EXPLICAÇÕES SOBRE OS
ITENS DE MANUTENÇÃO
ONDE EFETUAR O SERVIÇO
MANUTENÇÃO PROGRAMADA GERAL
Para sua conveniência, os itens necessários Caso o serviço de manutenção seja necessá- Os itens a seguir que estiverem marca-
de manutenção programada estão descritos rio, ou caso o seu veículo apresente uma fa- dos com asterisco (*), dispõem de infor-
e relacionados no livreto, com informações lha, os sistemas deverão ser inspecionados e mações adicionais mais adiante nesta se-
sobre garantia e manutenção fornecidas se- corrigidos por uma concessionária NISSAN. ção.
paradamente. Você deve consultar este livreto Os itens de manutenção relacionados aqui
para assegurar-se de que a manutenção devem ser executados regularmente, exceto
necessária foi efetuada em seu veículo se especificado de outra maneira.
NISSAN, nos intervalos estipulados.
Na parte externa do veículo
NOTA: Tampa traseira, portas e capuz:
Ao rebocar um trailer, o óleo da transmis- Verifique se a tampa traseira, todas as por-
são deve ser substituído periodicamen- tas e o capuz funcionam. Certifique-se tam-
te. Quanto a outros detalhes, contate uma bém de que todas as travas estejam funcio-
concessionária NISSAN. nando corretamente. Lubrifique as dobradi-
ças e travas, se necessário.
8-3

MP Frontier_seção 8.pmd 3 15/1/2013, 14:58


Certifique-se de que a trava secundária o rodízio dos pneus poderá variar de acordo Bateria*:
mantém o capuz fechado, quando a trava com os seus hábitos de condução e condi- Verifique o nível de eletrólito em cada célu-
principal for liberada. ções da superfície da estrada. la. Deverá estar entre as marcas “MAX” e
“MIN”.
Luzes*: Sob o capuz e sob o veículo
Certifique-se de que os faróis, luzes de freio, Os itens de manutenção relacionados aqui Dentro do veículo
luzes traseiras, luzes sinalizadoras de dire- devem ser periodicamente verificados, ou
ção e demais luzes estejam funcionando Os itens de manutenção relacionados aqui
seja, a cada vez que você verificar o óleo devem ser verificados regularmente, ou seja,
corretamente, e que estejam encaixadas fir- do motor ou abastecer. ao executar alguma manutenção periódica
memente em seus soquetes. Verifique ain-
Fluido do lavador do para-brisa*: ou ao lavar o veículo, etc.
da o alinhamento dos faróis.
Verifique se existe fluido suficiente no reser- Luzes de advertência e alarmes sonoros:
Palhetas do limpador de para-brisa*:
vatório. Se necessário, complete o nível. Assegure-se de que todas as luzes de adver-
Verifique quanto a desgaste ou trincas, caso tência / indicadoras e alarmes sonoros es-
as palhetas não estejam funcionando ade- Nível do líquido de arrefecimento do
tejam funcionando corretamente.
quadamente. motor*:
Verifique o nível do líquido de arrefecimen- Volante de direção:
Pneus*:
to quando o motor estiver frio. Se necessá- Observe as mudanças nas condições do
Verifique periodicamente a pressão dos rio, complete o nível. volante de direção, tais como folga excessi-
pneus (inclusive o sobressalente), utilizan- va, direção dura, ou ruídos estranhos.
do um calibrador em um posto de serviço, e Nível de óleo do motor*:
faça a calibragem de acordo com a pressão Verifique o nível do óleo do motor após es- Cintos de segurança:
especificada, se necessário. Verifique cui- tacionar o veículo em local nivelado e desli- Verifique se todas as partes do sistema de
dadosamente quanto a danos, cortes ou gar o motor. cintos de segurança (ex.: fivelas, lingüetas,
desgaste excessivo. fixadores e retratores), estão funcionando
Nível dos fluidos do freio e da correta e silenciosamente, e se estão segu-
Rodízio dos pneus*: embreagem*: ramente instalados. Verifique os cintos quanto
O rodízio dos pneus deverá ser efetuado a Assegure-se de que o nível do fluido do freio a cortes, desfiados, desgaste ou danos. Con-
cada 10.000 km (6.000 milhas) nos veícu- e da embreagem estejam entre as marcas sulte “Manutenção do Cinto de Segurança”,
los 2WD e a cada 5.000 km (3.000 milhas) de “MAX” e “MIN” do reservatório. na seção 1. “Segurança – Bancos, Cintos de
nos veículos 4WD. Entretanto, o tempo para Segurança e Sistema de Proteção Comple-
mentar”, quanto a outros detalhes.

8-4

MP Frontier_seção 8.pmd 4 15/1/2013, 14:58


PRECAUÇÕES DE MANUTENÇÃO

Ao efetuar qualquer serviço de inspeção ou • Evite o contato direto com óleo do • Nunca deixe conectores de chicotes
manutenção em seu veículo, sempre tome motor e o líquido de arrefecimento. relacionados ao motor ou transmis-
cuidado para evitar acidentes graves ou • Caso você necessite trabalhar com o são desconectados com o interruptor
danos ao veículo. Abaixo, encontram-se as motor ligado, mantenha suas mãos, de ignição na posição “ON”.
precauções gerais que deverão ser estrita- roupas, cabelos e ferramentas longe • O não cumprimento destes ou de ou-
mente observadas: do ventilador, das correias e de outras tros cuidados básicos pode causar
• Estacione o veículo em um local nive- peças móveis. ferimentos graves ou danos ao seu
lado, acione firmemente o freio de es- • É aconselhável retirar gravata e jóias, veículo.
tacionamento, e bloqueie as rodas para tais como, anéis, relógio, etc., antes de • Descartar de maneira imprópria o óleo
impedir a movimentação do veículo. começar a trabalhar no veículo. do motor e/ou outros fluidos pode pre-
Para modelos equipados com trans- • Caso seja necessário fazer o motor judicar o meio ambiente. Siga sempre
missão manual, coloque a alavanca de funcionar em um ambiente fechado, as regulamentações ambientais para
mudanças na posição Neutro (N). [Para tal como uma garagem, assegure-se o descarte dos fluidos do veículo.
transmissão automática, coloque a ala- de que há ventilação suficiente para
vanca seletora em P (Park)]. Esta seção fornece a você instruções sobre
os gases de escapamento. serviços que são relativamente simples de
• Não execute trabalhos sob o capuz do • Nunca fique debaixo de um veículo serem executados pelo proprietário.
motor, enquanto o mesmo estiver enquanto estiver erguido pelo maca-
quente. Desligue o motor e aguarde até Você deve estar ciente de que serviços in-
co. Se for necessário trabalhar embai-
esfriar. completos ou impróprios podem causar di-
xo do veículo, utilize um suporte para
• Certifique-se de colocar o interruptor ficuldades na operação ou emissão exces-
suspendê-lo seguramente.
de ignição na posição OFF ou LOCK. siva de gases, podendo afetar a cobertura
• Mantenha cigarros, chamas ou faíscas da garantia. Em caso de dúvida sobre
Quando o interruptor de ignição esti- longe do combustível e da bateria. qualquer serviço, faça-o na sua conces-
ver na posição ON ou ACC, o ventila- • Nunca conecte ou desconecte a ba- sionária NISSAN.
dor de arrefecimento poderá começar teria, ou qualquer conector de com-
a funcionar repentinamente, mesmo ponente transistorizado, com a igni-
com o motor desligado. Para evitar fe- ção ligada.
rimentos, sempre desconecte o cabo
• Sempre que trabalhar em seu veículo
negativo da bateria antes de efetuar
use protetor ocular.
trabalhos próximos ao motor.

8-5

MP Frontier_seção 8.pmd 5 15/1/2013, 14:58


COMPARTIMENTO DO MOTOR

MOTOR YD25DDTi
1. Fluido do lavador dos vidros (página 8-18)
2. Bateria (página 8-19)
3. Fusível (página 8-26)
1 2 4 4. Verificação do nível do óleo do motor (página 8-9)
3 6
5
5. Filtro de combustível (página 8-13)
7 6. Troca de óleo do motor (página 8-10)
7. Fluidos do freio e da embreagem (página 8-17)
8. Filtro de ar (página 8-23)
9. Líquido de arrefecimento do motor (página 8-8)
10. Fluido da direção hidráulica (página 8-15)
11. Sistema de arrefecimento do motor (página 8-7)

9
11 10 8

TOPMS12_H61B_EC_0058_A

8-6

MP Frontier_seção 8.pmd 6 15/1/2013, 14:58


SISTEMA DE ARREFECIMENTO DO MOTOR

ATENÇÃO: CUIDADO:
• Nunca retire a tampa do reservatório do • Ao acrescentar ou substituir o líqui-
líquido de arrefecimento do motor do de arrefecimento, utilize o líquido
com o motor quente. Isto pode causar de arrefecimento anticongelante L250
queimaduras graves, pois o líquido de da Nissan, ou tipo equivalente pré-
arrefecimento pode espirrar pelo bocal misturado (razão de mistura da tabe-
sob alta pressão. Aguarde até que a la abaixo):
temperatura do motor e do reservató- Temperatura Fluido de Água destilada ou
rio de expansão diminuam. externa abaixo arrefecimento desmineralizada
• O líquido de arrefecimento é tóxico e de do motor
o o
deve ser acondicionado cuidadosa- C F
mente em recipientes rotulados e lon- -15 5 30% 70%
ge do alcance das crianças. NDI686
• O uso de outros tipos de líquidos de
O sistema de arrefecimento do motor é abas- arrefecimento pode danificar o siste-
tecido na fábrica com um líquido de arrefe- Para modelos com aquecedor: o reservató-
ma de arrefecimento.
cimento para motor de alta qualidade e com rio de arrefecimento do motor é equipado com
• O reservatório de líquido de arrefeci- uma tampa de pressão 2. A tampa do radia-
uma longa vida útil. O líquido de arrefeci- mento do motor está equipado com
mento do motor contém inibidores de corro- dor 1 não é do tipo com válvula de pressão.
uma tampa de pressão. Utilize apenas
são e congelamento, não sendo necessário uma tampa original NISSAN, quando Para prevenir danos ao motor use somente
acrescentar nenhum outro tipo de aditivo. for necessária a substituição. tampas originais quando a substituição for
necessária.
Para modelos sem aquecedor: o reservató-
rio de arrefecimento do motor é equipado
com uma tampa de pressão. Para prevenir
danos, use somente peças originais quan-
do a substituição for necessária.

8-7

MP Frontier_seção 8.pmd 7 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO: ATENÇÃO:
O fluido do sistema de arrefecimento do • Evite o risco de queimaduras. Nunca
motor do seu veículo é preenchido den- substitua o líquido de arrefecimento
tro dos padrões de qualidade NISSAN. com o motor quente.
Em hipótese alguma o nível deve ser • Nunca remova a tampa do reservató-
completado com água, desmineralizada rio do líquido de arrefecimento do
ou não, sob pena de variar a concentra- motor, ou a tampa do radiador, quan-
ção do fluido. A rede de concessionárias do o motor estiver quente. Queima-
NISSAN está preparada para diagnosti- duras graves poderão ser causadas
car o motivo da perda de fluido, além de pelo líquido quente expelido sob
completá-lo com fluido genuíno, já na pressão.
concentração recomendada. Contatar
imediatamente a rede NISSAN, caso haja NOTA:
NDI612
aumento da temperatura de funciona- Dois tipos de tampas são utilizados no
mento do motor. sistema de arrefecimento (modelo com
INSPEÇÃO DO NÍVEL DO aquecedor). Utilize a tampa genuína, caso
LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO TROCA DO LÍQUIDO DE seja necessário substituí-la.
DO MOTOR ARREFECIMENTO DO MOTOR ATENÇÃO:
Verifique o nível do líquido de arrefecimen- CUIDADO: Certifique-se de instalar a tampa com a
to com o motor frio. Se o nível do reserva- válvula de pressão no tanque do reserva-
tório estiver abaixo da marca MIN 2, adi- • Reparos maiores no sistema de arre-
fecimento poderão ser efetuados numa tório do líquido de arrefecimento (mode-
cione líquido de arrefecimento até o nível los com aquecedor). Caso os dois tipos
MÁX 1. Se o reservatório estiver vazio, concessionária NISSAN.
de tampas sejam trocados, poderá ocor-
verifique o nível de líquido de arrefecimen- • A NISSAN orienta que a troca do líqui-
rer superaquecimento.
to quando o motor estiver frio. Se houver do de arrefecimento do motor deve ser
líquido insuficiente complete o reservató- feita em uma concessionária NISSAN.
rio até o nível MÁX 1. • Serviços inadequados podem resultar
em redução do desempenho do aque-
cedor ou superaquecimento do motor.

8-8

MP Frontier_seção 8.pmd 8 15/1/2013, 14:58


ÓLEO DO MOTOR

VERIFICAÇÃO DO NÍVEL DE 9. Caso o nível de óleo esteja abaixo da


marca L 2 (nível baixo), retire a tampa
ÓLEO DO MOTOR do bocal de abastecimento de óleo e
ATENÇÃO: acrescente, aos poucos, o óleo recomen-
O nível de óleo deve ser verificado regu- dado, através da abertura. Nunca colo-
larmente. O funcionamento do motor com que óleo além do necessário 3.
quantidade insuficiente de óleo pode 10. Verifique novamente o nível de óleo com
causar danos no motor que não serão co- a vareta.
bertos pela garantia. 11. Instale a tampa do bocal de abasteci-
1. Estacione o veículo em um local plano e mento de óleo do motor.
aplique o freio de estacionamento. 12. Feche o capuz.
2. Dê partida ao motor. Caso o motor este-
ja frio, deixe-o funcionando em marcha É normal acrescentar óleo entre as tro-
NDI614 lenta até atingir a temperatura normal de cas, ou durante determinados períodos,
operação. dependendo da severidade das condi-
3. Desligue o motor. ções de operação.
4. Aguarde pelo menos 10 minutos para
que o óleo desça para o cárter.
5. Abra o capuz. Para maiores informações,
consulte “Liberação do Capuz do Motor”
na seção 3. “Verificações e Inspeções
Preliminares”.
6. Retire a vareta de óleo e limpe-a.
7. Recoloque-a no lugar.
8. Retire novamente a vareta de óleo e veri-
fique o nível de óleo que deverá estar
entre as marcas L e H 1.

NDI615

8-9

MP Frontier_seção 8.pmd 9 15/1/2013, 14:58


TROCA DE ÓLEO DO MOTOR 1. Estacione o veículo em um local nivela-
do e acione o freio de estacionamento.
ATENÇÃO:
• Óleo usado não deve ser jogado na ter- 2. Dê partida ao motor. Caso o motor este-
ra, canais, rios, etc., deverá ser des- ja frio, dê partida e deixe-o funcionando
cartado em um recipiente específico. em marcha lenta até atingir a tempera-
A NISSAN orienta que o óleo de seu tura de funcionamento.
veículo seja trocado em uma conces- 3. Desligue o motor e aguarde por um pe-
sionária NISSAN. ríodo superior a 10 minutos para que o
• Tome cuidado para não se queimar, óleo retorne ao cárter.
pois o óleo estará quente. 4. Levante o veículo, utilizando um eleva-
• Contato repetido e prolongado com dor de plataforma apropriado, bem como
óleo usado pode causar câncer de suportes de segurança.
pele. Coloque os suportes ou cavaletes de se- SDI1377A
• Tente evitar contato direto com óleo gurança sob os pontos de levantamento Motor YD
usado. Se houver contato com a pele, do veículo. 5. Coloque um recipiente grande sob o bu-
lave as mãos com sabão ou sabonete Quanto a outros detalhes, consulte
e água abundante. jão de drenagem. 2
“Pneu Furado”, na seção 6. “Em Caso 6. Abra o capuz. Para maiores informações,
• Mantenha o óleo usado longe do de Emergência”.
alcance de crianças, e corretamente consulte “Liberação do Capuz do Motor”,
identificado. na seção 3. “Inspeção e Ajustes Prelimi-
nares”.
7. Retire a tampa do bocal de abasteci-
mento de óleo do motor. 1
8. Remova o bujão de dreno 2 com uma
chave e drene completamente o óleo.
Se o filtro de óleo também vai ser troca-
do, remova-o e substitua-o neste momen-
to. Consulte “Substituição do filtro de óleo
do motor”, mais adiante nesta seção.

8-10

MP Frontier_seção 8.pmd 10 15/1/2013, 14:58


CUIDADO: 14. Inspecione quanto a vazamentos ao re- SUBSTITUIÇÃO DO FILTRO DE
O descarte do óleo já usado deve ser efe- dor do bujão de drenagem. Corrija-os, ÓLEO DO MOTOR
tuado de maneira adequada. Verifique os se necessário.
15. Desligue o motor e aguarde alguns mi- CUIDADO:
regulamentos locais.
nutos. Um filtro usado deve ser descartado
9. Limpe e reinstale o bujão de drenagem, em um recipiente específico. A NISSAN
16. Verifique o nível de óleo com a vareta
juntamente com a nova arruela. Aperte orienta a troca do filtro de óleo em uma
medidora. Quanto a detalhes, consulte
firmemente o bujão de drenagem com concessionária NISSAN.
“Verificação do Nível de Óleo do Motor”,
uma chave. Não force excessivamente.
anteriormente nesta seção. Se necessá- Remoção:
Torques de aperto do bujão de rio, adicione óleo ao motor.
drenagem: 1. Estacione o veículo em um local nivela-
17. Feche o capuz.
29 a 39 N.m do e acione o freio de estacionamento.
(3,0 a 4,0 kg.m, 22 a 29 lb.pé) 2. Desligue o motor e aguarde pelo menos
10 minutos.
10. Reabasteça o motor com o óleo de mo- 3. Levante e suporte o veículo, utilizando
tor recomendado e na quantidade espe- um macaco de plataforma apropriado,
cificada. Consulte “Capacidades e Com- bem como suportes de segurança.
bustível / Lubrificantes Recomendados”, Coloque os suportes ou cavaletes de se-
na seção 9 “Informações Técnicas”. gurança sob os pontos de levantamento
11. Instale a tampa do bocal de abasteci- do veículo.
mento de óleo do motor 1 firmemente. Quanto a outros detalhes, consulte
12. Abaixe o veículo cuidadosamente até o “Pneu Furado”, na seção 6. “Em Caso
chão. de Emergência”.
13. Dê partida ao motor. 4. Abra o capuz. Para detalhes, veja “Li-
beração do Capuz do Motor”, na seção
3. “Verificações e ajustes preliminares”.
5. Coloque um recipiente grande sob o fil-
tro para recolher o óleo, utilizando um
extrator de filtro de óleo e um cabo
alongador e afrouxe-o.

8-11

MP Frontier_seção 8.pmd 11 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO: 4. Dê partida ao motor. Após aquecer o mo-
Tome cuidado para não se queimar, pois tor, certifique-se de que não haja vaza-
o óleo do motor pode estar muito quente. mentos ao redor da unidade do filtro de
6. Remova o filtro de óleo 1 com uma cha- óleo. Corrija, conforme necessário.
ve especial para remoção de filtro. Para 5. Desligue o motor e aguarde alguns mi-
maiores detalhes, consulte uma conces- nutos.
sionária Nissan. 6. Verifique o nível de óleo usando a vareta
CUIDADO: de óleo do motor e adicione óleo. Para
• Caso o óleo seja derramado sobre o outros detalhes, consulte “Óleo do mo-
motor ou sobre o veículo, limpe a área tor”, anteriormente nesta seção.
afetada completamente. 7. Feche o capuz do motor.
• Remova o óleo que permaneceu no
SDI2077 coletor de óleo. Em caso de vazamen-
to de óleo, será difícil perceber se o va-
zamento está no motor ou no coletor
de óleo.
7. Remova completamente os materiais
estranhos do suporte do filtro de óleo.
Instalação:
1. Lubrifique a junta de borracha do novo
filtro de óleo, utilizando óleo de motor.
2. Instale o filtro de óleo no respectivo su-
porte.
Torque de aperto:
16 a 20 N.m
(1,6 a 2,0 kg.m, 12 a 15 lb.pé)
NDI617
3. Verifique o nível de óleo, usando a vareta
de óleo do motor e adicione óleo. Para
outros detalhes, consulte “Óleo do mo-
tor”, anteriormente nesta seção.
8-12

MP Frontier_seção 8.pmd 12 15/1/2013, 14:58


FILTRO DE COMBUSTÍVEL

PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE CUIDADO


• A água do filtro de combustível é dre-
É ilegal poluir ralos, bueiros, cursos d´água nada com combustível. Prepare um
e o solo. Utilize recipientes autorizados es- recipiente maior que o volume do fil-
pecíficos, incluindo locais públicos de cole- tro de combustível.
ta, ao descartar o óleo e filtros de óleo usa-
• A água drenada está misturada com
dos. Se houver qualquer dúvida, entre em
combustível, tome cuidado para evi-
contato com uma autoridade competente
tar que o combustível fique aderido
quanto a instruções para descarte.
nas partes de borracha, tal como os
Os regulamentos envolvendo poluição do coxins do motor.
ambiente podem variar de país para país.
4. Após o dreno, feche o bujão de dreno
manualmente.
NDI789Z
CUIDADO
• Se o bujão de dreno estiver apertado
DRENANDO A ÁGUA excessivamente, ele pode ficar dani-
Motor YD25DDTi ficado e como resultado, o combustí-
vel irá vazar.
Drene a água do filtro de combustível toda • Não utilize ferramentas para apertar
vez que você realizar uma troca de óleo do o bujão de dreno.
motor e proceda como segue:
5. Sangre o ar do sistema de combustível.
1. Conecte uma mangueira de dreno ade- Para detalhes, veja “Sangria do sistema
quada 1 no bujão de dreno 2. de combustível” mais adiante nesta se-
2. Coloque um recipiente de dreno 3 debai- ção.
xo da mangueira 1. 6. Ligue o motor e certifique-se de que não
3. Solte manualmente o bujão de dreno 2 há vazamento de combustível. Corrija, se
com 4 a 5 voltas e opere a bomba 4 para necessário.
drenar a água do filtro de combustível.

8-13

MP Frontier_seção 8.pmd 13 15/1/2013, 14:58


FLUIDO DA
TRANSMISSÃO
AUTOMÁTICA (ATF)
1. Pressione várias vezes a bomba alimen-
Caso a inspeção ou substituição seja ne-
tadora até que uma resistência seja no-
cessária, recomendamos que este serviço
tada. Pare de pressionar.
seja efetuado em uma concessionária
2. Dê partida ao motor até começar a fun-
NISSAN.
cionar. Não acione o motor de partida
por mais de 30 segundos. CUIDADO:
3. Se o motor não funcionar, pare de dar a • Utilize apenas fluido NISSAN Matic
partida e repita o procedimento desde a J ATF, ou equivalente. Não misture com
etapa 1 acima. outros fluidos.
4. Se o motor funcionar falhando, acelere-
• Caso seja utilizado um fluido diferente
o duas ou três vezes, para que seu
do NISSAN Matic J ATF, ou equivalen-
funcionamento fique suave.
te, será provocada uma deterioração da
NDI784Z operação e da durabilidade da trans-
missão automática; estes danos não
são cobertos pela garantia NISSAN.
SANGRIA DO SISTEMA DE
COMBUSTÍVEL
Sangre o ar do sistema de alimentação após
o abastecimento de um tanque vazio, atra-
vés do seguinte procedimento:

8-14

MP Frontier_seção 8.pmd 14 15/1/2013, 14:58


FLUIDO DA DIREÇÃO HIDRÁULICA FREIO

ATENÇÃO: INSPEÇÃO DO PEDAL DO FREIO


O fluido da direção hidráulica é venenoso Caso o pedal do freio desça repentinamente
e, portanto, deve ser conservado em em- mais do que o normal, se comportar de for-
balagens identificadas e fora do alcance ma elástica, ou caso o veículo demore para
de crianças. parar, consulte uma concessionária NISSAN.
Inspecione o nível de fluido.
O nível de fluido deve ser inspecionado
INSPEÇÃO DO FREIO DE
usando-se a marca “Quente Máximo” e ESTACIONAMENTO
“Quente Mínimo” 2 com as temperaturas Inspecione periodicamente a capacidade de
do fluido variando entre 50 e 80°C (122 e frenagem do freio de estacionamento, esta-
187°F), ou usando-se a marca “Frio Máxi- cionando em uma ladeira e comprovando se
mo” 4 e “Frio Mínimo” 3 do reservatório o veículo é capaz de ser mantido parado
SDI1765A
com o fluido a uma temperatura entre 0 e apenas pela ação do freio de estacionamen-
30°C (32 e 86°F). to. Caso não haja uma retenção satisfatória,
1. HOT MAX (quente máximo)
2. HOT MIN (quente mínimo) CUIDADO: consulte uma concessionária NISSAN.
3. COLD MAX (frio máximo)
4. COLD MIN (frio mínimo) • Não abasteça excessivamente.
• Caso seja necessário adicionar flui-
do, utilize somente o especificado,
consulte “Capacidades e lubrificantes
recomendados” na seção 9.

8-15

MP Frontier_seção 8.pmd 15 15/1/2013, 14:58


INDICADORES DE DESGASTE O freio deverá ser inspecionado nos in- SERVOFREIO
DAS PASTILHAS DO FREIO tervalos apropriados de inspeção, confor-
me indicado no livreto de informações de Verifique a função do servofreio, conforme
(se equipado) garantia e manutenção, fornecido separa- descrito a seguir:
As pastilhas do freio a disco do seu veículo damente. 1. Com o motor desligado, pressione o pe-
dispõem de indicadores de desgaste sono- Os tambores de freio traseiros não possuem dal do freio várias vezes, para certificar-
ros. Quando for necessário substituir a pas- indicadores de desgaste sonoro. Caso es- se de que a distância do curso do pedal
tilha de freio, será ouvido um som agudo, cute constantemente um barulho alto nos não foi alterado.
estando ou não o pedal de freio pressiona- freios a tambor traseiros, faça uma verifica- 2 Enquanto estiver pressionando o pedal
do. Os freios deverão ser inspecionados e ção o mais breve possível em uma conces- do freio, dê partida ao motor. A altura do
as pastilhas de freio substituídas conforme sionária NISSAN. pedal deve cair um pouco.
necessário, caso o indicador de desgaste 3 Com o pedal do freio pressionado, inter-
seja ouvido. rompa o funcionamento do motor. Man-
Em determinadas condições climáticas e de tendo-se o pedal do freio pressionado por
condução, poderão ser ouvidos ruídos oca- aproximadamente 30 segundos, a altura
sionais do freio, como rangidos, chiados, etc. do pedal não deverá ser modificada.
Ruídos ocasionais de freio durante paradas 4. Acione o motor por 1 minuto, sem pres-
leves a moderadas, são normais, não afe- sionar o pedal do freio. A seguir, desli-
tando a função ou o desempenho do siste- gue-o. Pressione o pedal do freio diver-
ma de freios. sas vezes. A distância do curso do pe-
dal irá aumentar gradativamente a cada
acionamento, à medida que o vácuo é
liberado do servofreio.
Caso o freio não funcione adequadamente,
consulte uma concessionária NISSAN.

8-16

MP Frontier_seção 8.pmd 16 15/1/2013, 14:58


FLUIDOS DO FREIO E DA EMBREAGEM

Verifique o nível de fluido no reservatório. CUIDADO:


Caso o nível de fluido esteja abaixo da mar- • A NISSAN orienta que o abasteci-
ca MIN 2, ou ainda caso a luz de advertên- mento e a inspeção dos sistemas de
cia de freio se acenda, adicione fluido até freio e da embreagem, sejam efetua-
atingir a marca MAX 1. dos em uma concessionária NISSAN,
Consulte “Capacidades e Combustível / Lu- que irá dispor dos fluidos necessários
brificantes Recomendados”, na seção 9. “In- e do conhecimento técnico.
formações Técnicas”, quanto aos tipos de • Não derrame fluido sobre as superfí-
fluido de freio e embreagem recomendados. cies pintadas. Isto irá danificar a pin-
Caso o fluido necessite ser adicionado fre- tura. Caso o fluido seja derramado,
qüentemente, o sistema completo deverá lave a área afetada com água.
ser inspecionado em uma concessionária
NDI618 NISSAN.

ATENÇÃO:
• Utilize apenas fluido novo. Fluidos ve-
lhos, de qualidade inferior ou contami-
nados, podem danificar os sistemas de
freio e embreagem. O uso de fluidos
inadequados pode danificar o sistema
de freio e afetar a capacidade de para-
da do veículo.
• Os fluidos de freio e da embreagem são
venenosos e devem ser cuidadosamen-
te guardados em embalagens identifi-
cadas e fora do alcance de crianças.

8-17

MP Frontier_seção 8.pmd 17 15/1/2013, 14:58


FLUIDO DO LAVADOR DOS VIDROS

• Verifique o nível de fluido do reservató- CUIDADO:


rio do lavador. Caso o nível de fluido es- • Não substitua o líquido de arrefeci-
teja baixo, ou quando a luz de advertên- mento anticongelante do motor pela
cia de nível baixo do lavador se acender solução do lavador dos vidros. Isto irá
(se equipado), adicione fluido até atingir resultar em danos à pintura.
a marca MAX. • Utilize sempre fluido para lavador dos
• Abasteça o reservatório mais freqüen- vidros recomendado pela NISSAN.
temente quando as condições de dire-
ção exigirem uma quantidade maior de
fluido de lavador dos vidros.
• Adicione o fluido para lavador, para ob-
ter uma melhor limpeza. Durante o in-
NDI619 verno, adicione um anticongelante ao
lavador dos vidros. Observe as instru-
ções do fabricante quanto à proporção
ATENÇÃO:
de mistura.
O anticongelante do lavador dos vidros é
tóxico, e portanto deverá ser armazenado
cuidadosamente em recipientes identifi-
cados e fora do alcance de crianças.

8-18

MP Frontier_seção 8.pmd 18 15/1/2013, 14:58


BATERIA

Símbolos de precaução da bateria ATENÇÃO

Não fume
1 Não exponha às chamas Nunca fume próximo à bateria. Nunca exponha a bateria às chamas desprotegidas ou fagulhas elétricas.
Sem fagulhas

Manuseie a bateria cuidadosamente. Sempre utilize óculos de segurança para proteger-se contra explosão ou
2 Proteja os olhos
ácido da bateria.

Mantenha distante de
3 crianças Nunca permita que crianças manuseiem a bateria. Mantenha a bateria longe do alcance de crianças.

Não permita que o fluido da bateria entre em contato com a sua pele, olhos, roupas ou superfícies pintadas. Após
manusear a bateria ou a respectiva tampa, lave as mãos imediatamente. Caso o fluido da bateria atinja os seus
4 Ácido da bateria olhos, sua pele ou roupas, lave a área afetada imediatamente, durante pelo menos 15 minutos, procurando a
assistência médica a seguir. O fluido da bateria é ácido. Caso o fluido da bateria atinja os seus olhos ou a sua pele,
poderá causar cegueira ou queimaduras.

Observe as instruções
5 Antes de manusear a bateria, leia atentamente as instruções para assegurar-se quanto ao manuseio correto.
de funcionamento

6 Gases explosivos O gás hidrogênio gerado pela bateria é explosivo.

8-19

MP Frontier_seção 8.pmd 19 15/1/2013, 14:58


BATERIA DO VEÍCULO

ATENÇÃO: PARTIDA COM A BATERIA


Não acione o veículo quando o fluido da AUXILIAR
bateria estiver baixo. O nível baixo de flui-
do da bateria poderá provocar uma car- Caso seja necessário dar partida com uma
bateria auxiliar, consulte “Partida com Bate-
ga mais alta, que poderá gerar calor, re-
duzir a vida útil da bateria e, em alguns ria Auxiliar”, na seção 6. “Em Caso de Emer-
gência”. Caso não seja possível dar partida
casos, até explosão.
ao motor com a bateria auxiliar, a bateria
• Mantenha a superfície da bateria limpa deverá ser substituída. Entre em contato com
e seca. Qualquer corrosão deve ser reti- uma concessionária NISSAN.
rada com uma solução de bicarbonato
de sódio e água.
• Assegure-se de que os terminais este-
jam limpos e bem apertados.
• Se for necessário substituir a bateria,
entre em contato com uma concessio- A bateria que equipa o veículo não requer
nária NISSAN. manutenção periódica. Se o veículo não for
utilizado por 30 dias ou mais, desconecte o
cabo negativo da bateria para não descar-
regá-la.

8-20

MP Frontier_seção 8.pmd 20 15/1/2013, 14:58


ATENÇÃO: SUBSTITUIÇÃO DA BATERIA
Riscos de contato com a solução ácida e DO CONTROLE REMOTO
com o chumbo.
CUIDADO:
• A solução ácida e o chumbo contidos
na bateria, se descartados na nature- • Tenha cuidado para não deixar crian-
za de forma incorreta, poderão con- ças em contato com a bateria ou par-
taminar o solo, o subsolo e as águas, tes pequenas que podem ser engoli-
bem como causar riscos à saúde do das.
ser humano. • O descarte incorreto de uma bateria
• No caso de contato acidental com os causa danos ao meio ambiente.
olhos ou com a pele, lavar imediata-
mente com água corrente e procurar
orientação médica.

RECICLAGEM OBRIGATÓRIA DA
BATERIA
Devolva a bateria usada a uma concessio-
nária Nissan, conforme resolução CONAMA
401/2008. Todo consumidor/usuário final é
obrigado a devolver sua bateria usada a uma
concessionária Nissan. Não a descarte no
lixo. Todas as concessionárias são obriga-
das a aceitar a devolução de sua bateria
usada, bem como armazená-la em local
adequado e a devolvê-la ao fabricante para
reciclagem.

8-21

MP Frontier_seção 8.pmd 21 15/1/2013, 14:58


A bateria recomendada é CR2025 ou equi- Caso você necessite de assistência para
valente. substituir a bateria, contate uma concessi-
• Não toque no circuito elétrico interno onária NISSAN.
ou terminais, pois pode causar mau fun- Este equipamento opera em caráter secun-
cionamento. dário, isto é, não tem direito a proteção con-
• Certifique-se de que a face negativa tra interferência prejudicial, mesmo de es-
(–) esteja voltada para o alojamento tações do mesmo tipo, e não pode causar
B. interferência a sistemas operando em ca-
3. Feche o controle firmemente. ráter primário.
4. Acione os botões e verifique sua ope-
ração.

Para substituir a bateria:


1. Utilize uma ferramenta apropriada A
para abrir a tampa do controle.
2. Substitua a bateria por uma nova.

8-22

MP Frontier_seção 8.pmd 22 15/1/2013, 14:58


CHAVE INTELIGENTE NISSAN
(se equipado)
Substitua a bateria da Chave Inteligente
de acordo com os procedimentos a seguir
1. Remova a chave mecânica da Chave
Inteligente.
2. Insira uma pequena chave de fenda A
na fenda B do canto e gire para separar
a parte superior da parte inferior. Use
um pano para proteger o alojamento.
3. Substitua a bateria por uma nova.
Bateria recomendada: CR2025 ou
equivalente.
• Não toque no circuito elétrico interno 4. Alinhe as extremidades das partes
ou terminais, pois pode causar uma superiores e inferiores C, em seguida
falha. puxe-as ao mesmo tempo D até que
estejam fechadas corretamente
• Segure a bateria pelas extremidades. A
capacidade de armazenamento da 5. Opere os botões para verificar se estão
bateria será reduzida, caso seja funcionando corretamente.
segurada pelos pontos de contato. Vá até uma concessionária NISSAN caso
• Certifique-se de que o lado + esteja necessite de assistência para a
voltado para a parte de baixo da substituição.
carcaça.

8-23

MP Frontier_seção 8.pmd 23 15/1/2013, 14:58


CORREIAS DE
FILTRO DE AR
ACIONAMENTO
ATENÇÃO: ATENÇÃO:
Certifique-se de que o interruptor de igni- • O acionamento do motor com o filtro
ção esteja na posição OFF ou LOCK. de ar removido poderá causar queima-
Caso contrário, o ventilador de arrefeci- duras a você e a outras pessoas que
mento ou o motor poderão ser aciona- estejam nas proximidades. O filtro de
dos repentinamente. ar não apenas filtra o ar de entrada,
como também interrompe fagulhas em
1. Inspecione visualmente cada correia
caso de retroignição do motor. Caso o
quanto a sinais de desgaste anormal, cor-
filtro de ar não esteja instalado e haja
tes, desfiados ou folgas. Caso a correia
uma retroignição do motor, você po-
esteja em condições insatisfatórias ou sol-
derá sofrer queimaduras.
ta, deverá ser substituída ou ajustada em
uma concessionária NISSAN. • Não dirija com o filtro de ar removido,
e seja cuidadoso ao trabalhar no mo- SDI2065
2. As correias devem ser verificadas regu-
tor, enquanto o filtro de ar estiver re-
larmente quanto à condição e tensiona-
movido.
mento, de acordo com a tabela de ma- TIPO SECO
nutenção mostrada no livreto de infor-
O elemento filtrante do tipo papel seco pode
mações de garantia e manutenção, for-
ser limpo e reutilizado.
necido separadamente.
Substitua o filtro de ar de acordo com o pla-
no de manutenção mostrado no “Manual de
Garantia e Manutenção NISSAN”.
Inspecione o elemento do filtro para verifi-
car se está sujo. Caso esteja, sacuda o ele-
mento para remover a poeira. Substitua-o
de acordo com os intervalos de manuten-
ção indicados no livreto de garantia e ma-
nutenção, fornecido separadamente.
Ao substituir o filtro, limpe a parte interna
do alojamento do filtro e a tampa, com um
pano umedecido.

8-24

MP Frontier_seção 8.pmd 24 15/1/2013, 14:58


PALHETAS DO LIMPADOR

Para remover o filtro de ar: LIMPEZA


1. Desconecte o conector elétrico 1.
Caso o para-brisa não fique limpo após o uso
2. Solte o parafuso 2.
do lavador, ou se as palhetas trepidam du-
3. Pressione as presilhas para baixo 3 e rante o funcionamento, isto pode ser causado
remova a tampa do filtro de ar.
por cera, ou outro material na palheta ou no
4. Remova o filtro de ar. para-brisa.
5. Instale o novo filtro de ar, seguindo a
sequência inversa de remoção. Limpe a superfície externa do vidro com
uma solução de limpeza ou detergente neu-
tro. O para-brisa está limpo quando não
houver formação de gotas ao enxaguar com
água limpa.
E1B1A031422
Limpe a palheta, passando um pano ume-
decido em solução de limpeza ou detergen-
te neutro. Enxágue a palheta com água lim-
LIMPEZA DO FILTRO DE AR pa. Se, mesmo assim, o para-brisa não ficar
(somente tipo papel seco – a limpo após o uso do limpador, substitua as
cada 5.000 km) palhetas.
Após a remoção do filtro de ar, realize o se-
guinte procedimento de limpeza.
• Segure o filtro de ar pelas bordas de
vedação com uma das mãos. Em segui-
da, efetue a limpeza batendo levemente o
filtro em uma superfície plana até que as
partículas pesadas desprendam-se do
elemento filtrante.
• Nunca utilize água ou líquidos para a
limpeza do filtro de ar.
INSTALAÇÃO
A instalação é feita na ordem inversa à re-
moção.
8-25

MP Frontier_seção 8.pmd 25 15/1/2013, 14:58


CUIDADO:
• Após a substituição da palheta, retor-
ne o braço do limpador para a posi-
ção original. Caso contrário, o conjun-
to poderá ser danificado quando o ca-
puz do motor for aberto.
• Certifique-se de que a palheta esteja
totalmente em contato com o vidro.
Caso contrário, o braço poderá ser
danificado pela pressão do vento.
• Não abra o capuz do motor enquanto
o limpador dianteiro estiver na posi-
SDI1649 ção de serviço; caso contrário, a pin-
tura do capuz poderá ser danificada.
SUBSTITUIÇÃO
1. Levante o braço do limpador.
2. Pressione o pino de travamento A, con-
forme ilustrado na figura e remova.
3. Instale a nova palheta no braço do lim-
pador até ouvir o estalo da trava.
4. Retorne o braço do limpador à posição
original.

8-26

MP Frontier_seção 8.pmd 26 15/1/2013, 14:58


FUSÍVEIS

NDI623 NDI624

COMPARTIMENTO DO 1. Assegure-se de que o interruptor de ig-


PASSAGEIRO nição esteja em OFF.
2. Abra a tampa da caixa de fusíveis.
CUIDADO:
3. Localize e remova o fusível com o saca-
Nunca utilize um fusível de capacidade dor de fusíveis.
maior ou menor que o especificado na
NOTA:
SDI2146 tampa da caixa de fusíveis.
O sacador de fusíveis está localizado na
EJETOR DO LAVADOR DO A caixa de fusíveis está localizada na parte caixa de fusíveis.
PARA-BRISA inferior do painel de instrumentos, lado do 4. Caso o fusível esteja queimado A, subs-
Caso você encere a superfície do capuz do passageiro. Para ter acesso à tampa da cai- titua-o por um novo fusível B.
motor, tome cuidado para não deixar que a xa de fusíveis, abra a tampa do porta-luvas. 5. Feche a tampa da caixa de fusíveis.
cera se acumule no ejetor do lavador do Os circuitos protegidos são mostrados na NOTA:
para-brisa A. Isto poderá entupir o ejetor, parte traseira da tampa da caixa de fusíveis.
levando ao funcionamento inadequado do Caso o fusível queime novamente após
Caso algum dos equipamentos elétricos não a instalação, o sistema elétrico deverá
lavador. Se houver entupimento do ejetor funcione, verifique se não existe um fusível
com a cera, remova-a com uma agulha ou ser inspecionado e reparado em uma
queimado. concessionária NISSAN.
um arame fino B.
8-27

MP Frontier_seção 8.pmd 27 15/1/2013, 14:58


COMPARTIMENTO DO MOTOR
CUIDADO:
Nunca utilize um fusível de capacidade
maior ou menor que o especificado na
tampa da caixa de fusíveis.
Caso algum equipamento elétrico não fun-
cione, verifique quanto a fusível queimado.
1. Certifique-se de que o interruptor de
ignição e o interruptor do farol estejam
na posição OFF.
2. Abra o capuz do motor. Para maiores
detalhes, consulte “Liberação do
Capuz do Motor” na seção 3.
“Verificações e Ajustes Preliminares”.
3. Remova a tampa da caixa de fusíveis.
4. Localize o fusível que necessita ser
substituído.
5. Remova o fusível, utilizando um sacador
de fusíveis (se equipado). O sacador
TOPMS12_H61B_EC_0058_B de fusíveis está localizado na caixa de
fusíveis do compartimento de passagei-
ros.
6. Caso um fusível esteja queimado A,
substitua-o por um novo B.
7. Feche o capuz.

NOTA:
Caso o fusível queime novamente após
a instalação, o sistema elétrico deverá
ser inspecionado e reparado em uma
concessionária NISSAN.
8-28

MP Frontier_seção 8.pmd 28 15/1/2013, 14:58


DESCRIÇÃO DOS FUSÍVEIS
Nissan Significado Nissan Significado
02 SENSOR Sensor de oxigênio FR WIPER Limpador do para-brisa
A/C COMP Compressor de ar condicionado FUEL LID OPENER Portinhola do combustível
A/T ECU Módulo do câmbio automático FUEL PUMP Bomba de combustível
ABS ECU Módulo do ABS H/LAMP HI LH Farol alto esquerdo
AIR BAG Air bag H/LAMP HI RH Farol alto direito
AIR CON Ar condicionado H/LAMP LO LH Farol baixo esquerdo
ALT Alternador H/LAMP LO RH Farol baixo direito
AT CONT UNIT Módulo da transmissão automática H/LAMP WASH Luz do lavador
AUDIO Sistema de som HEATED MIRROR Aquecimento do espelho
BAT Bateria HORN Buzina
BLOWER Ventilador HORN RELAY Relé da buzina
BLOWER MOTOR Motor do ventilador IGN Ignição
CIGAR LIGHTER Acendedor de cigarros ILLUMINATION Iluminação
DTRL Sistema de luz diurna INJECTOR Injetores
EGI Injetor de gasolina KEY SW SIGNAL Sinal do interruptor de ignição
ELECTRONIC PARTS Peças eletrônicas METER Painel de instrumentos
ENG CONT Controle do motor MIRROR Espelho elétrico
ETC Acelerador eletrônico POWER SOCKET Tomada de força 12V
F/L30A - ABS Sistema de ABS PTC HEATER Aquecimento PTC
F/L30A - PTC HEATER Aquecimento PTC REVERSE LAMP Luz de reverso (ré)
F/L30A - TF RLY Relé TF ROOM LAMP Iluminação interna
F/L40A - ABS Sistema de ABS RR DEF Desembaçador
F/L40A - IGN SW Interruptor de ignição STARTER SIGNAL Motor de partida
F/L40A - RADFAN Ventilador do radiador STOP LAMP Lâmpada de freio
F/L50A - BCM/PWRWDW Módulo do BCM e vidros elétricos TAIL LAMP Lanternas traseiras
F/L60A - GLOW Velas de aquecimento WASHER Lavador do vidro
FR FOG LAMP Farol de neblina WASHER MOTOR Motor do lavador

8-29

MP Frontier_seção 8.pmd 29 15/1/2013, 14:58


LUZES

LOCALIZAÇÃO DAS LUZES


1. Farol
2. Luz do teto / luz de leitura (se equipado)
3. Luz indicadora de direção lateral
4. Farol dianteiro de neblina (se equipado)
5. Luz traseira
6. Luz da placa de licença
7. Luz do teto (compartimento dos passageiros
traseiro) – (se equipado)
8. Luz de freio elevada

NDI707

REMOVER
INSTALAR

Procedimentos de substituição
Todas as demais luzes são do tipo A, B, C
ou D. Ao substituir uma lâmpada, primeira-
mente remova a lente e/ou a tampa.

8-30

MP Frontier_seção 8.pmd 30 15/1/2013, 14:58


SDI2145
Luz da lanterna dianteira Luz sinalizadora de direção dianteira Luz da placa de licença

SDI1313
Luz indicadora de direção lateral Luz do teto (compartimento dos passageiros traseiro) (se equipado)

8-31

MP Frontier_seção 8.pmd 31 15/1/2013, 14:58


1. Luz de freio / lanterna traseira • Ao manusear a lâmpada, NUNCA TO-
2. Luz indicadora de direção
QUE NO BULBO DE VIDRO.
• Utilize uma lâmpada de mesmo códi-
FARÓIS go e potência da originalmente insta-
lada:
Substituição da lâmpada de xenônio do
Farol baixo:
farol (se equipado)
Xenônio (se equipado):
ATENÇÃO
Watts: 35
ALTA TENSÃO Cód. lâmpada: D2R
Quando as lâmpadas de xenônio são li- Halogênio
gadas produzem alta tensão. Para preve-
Watts: 55
nir choques elétricos, nunca tente des-
montá-las ou fazer modificações. Cód. lâmpada: H4
Farol alto:
Sempre que necessário, substitua as lâm-
padas em uma concessionária NISSAN. Xenônio (se equipado):
Watts: 35
Substituição da lâmpada halógena do
Cód. lâmpada: D2R
farol
Halogênio
O farol é do tipo semi-selado e utiliza uma
Watts: 60
lâmpada halógena passível de substituição.
A lâmpada pode ser substituída pelo lado Cód. lâmpada: H4
de dentro do compartimento do motor, sem • Não é necessário regular o farol após
a necessidade de remover o conjunto de a substituição da lâmpada. Quando
faróis. for necessário regular o farol, procu-
re a sua concessionária NISSAN.
CUIDADO:
• Não deixe a lâmpada fora do refletor
• As lâmpadas contêm o gás halogênio por muito tempo, para evitar a entrada
sob alta pressão no seu interior. A de poeira, umidade ou fuligem que po-
lâmpada pode quebrar se o bulbo de derão afetar o desempenho do farol.
vidro for arranhado ou se a lâmpada
NDI692
for derrubada.

8-32

MP Frontier_seção 8.pmd 32 15/1/2013, 14:58


1. Abra o capuz. Para maiores detalhes
consulte “Liberação do Capuz do Motor”,
na seção 3. “Verificações e Ajustes Pre-
liminares”.
2. Desconecte o cabo negativo da bateria.
3. Desconecte o conector elétrico 1 da
parte traseira da lâmpada.
4. Remova a proteção de borracha 2.
5. Pressione e gire a mola de retenção 3
para soltá-lo.
6. Remova a lâmpada do farol. Não balan-
ce ou gire a lâmpada ao removê-la.
7. Instale a nova lâmpada na seqüência
inversa da remoção e certifique-se de
que a proteção de borracha 2 esteja fir-
memente fixada na unidade do farol.
8. Conecte o cabo negativo da bateria e
feche o capuz.

8-33

MP Frontier_seção 8.pmd 33 15/1/2013, 14:58


RODAS E PNEUS

NOTA: LUZES EXTERNAS Em caso de pneu furado, consulte “Pneu


• Caso necessite de auxílio para a subs- Furado”, na seção 6. “Em Caso de Emer-
tituição das lâmpadas, contate uma Item Capacidade (W) gência”.
concessionária Nissan. Luz indicadora de direção 21
dianteira
• Quando houver alterações bruscas da Lanterna dianteira 5
PRESSÃO DOS PNEUS
temperatura, poderá haver embaça- Verifique periodicamente a calibragem dos
Farol de neblina dianteiro
mento na parte interna das lentes. Isto (se equipado) *1 *2 55 pneus (inclusive o pneu sobressalente). A
não representa um defeito e voltará Luz indicadora de direção lateral 5 pressão incorreta do pneu pode afetar a sua
ao normal após algum tempo. Caso Luz combinada traseira *2 durabilidade, bem como a dirigibilidade do
sejam percebidas gotas grandes, en- Luz sinalizadora 21 veículo.
tre em contato com uma concessio- Freio / lanterna traseira 21/5
nária NISSAN. Marcha à ré 18 NOTA:
Para um acesso mais fácil às lâmpadas do Luz da placa de licença 5 A pressão incorreta no pneu também
lado esquerdo do farol, faça o seguinte: pode ocasionar a perda da capacidade
*1: Caso seja necessário substituí-la, contate uma con- da direção e fazer com que o condutor
1. Desconecte os cabos da bateria. cessionária NISSAN. perca o controle. Mantenha sempre a
2. Solte a porca da bateria e, a seguir, re- *2: Quando houver alterações bruscas da temperatu- pressão correta dos pneus.
mova a bateria. ra, poderá haver embaçamento na parte interna das
lentes. Isto não representa um defeito e voltará ao A pressão dos pneus deve ser verificada
3. Remova a lâmpada queimada, confor- normal após algum tempo. Caso sejam percebidas com os pneus frios. Os pneus são conside-
me descrito anteriormente. gotas grandes, entre em contato com uma conces-
rados FRIOS após o veículo ficar parado por
sionária NISSAN.
4. Após substituir a lâmpada, instale a ba- 3 horas ou mais, ou ter rodado menos que
teria na seqüência inversa da remoção. 1,6 km (1 milha). A pressão dos pneus
FRIOS é mostrada na etiqueta afixada na
LUZES INTERNAS coluna central, lado do motorista.
Item Capacidade (W) A pressão insuficiente dos pneus pode le-
Luz do teto / luz de leitura 6 var a superaquecimento do pneu, com con-
(se equipado) seqüentes danos internos. Em altas veloci-
Luz do teto (compartimento 6 dades, isto poderá provocar a separação das
dos passageiros traseiro) – bandas de rodagem, bem como a ruptura
(se equipado)
do pneu.

8-34

MP Frontier_seção 8.pmd 34 15/1/2013, 14:58


TIPOS DE PNEUS Pneus “Todas as Estações” Pneus de verão
CUIDADO: A NISSAN especifica os pneus “Todas as A NISSAN especifica os pneus de verão
Estações” em muitos de seus modelos, como padrão. Estes pneus proporcionam um
• Ao trocar ou substituir os pneus, as- para propiciar um bom desempenho duran- desempenho superior sob determinadas
segure-se de que os quatro pneus são te o ano todo, incluindo condições de neve condições de clima temperado.
do mesmo tipo e da mesma constru- e gelo. Os pneus “Todas as Estações” são Caso você esteja planejando viajar com o
ção (pneu de verão, todas as estações identificados pelas marcas “ALL SEASON” seu veículo em condições de neve ou gelo,
ou neve). ou “M & S” na banda lateral do pneu. Os a NISSAN recomenda o uso de pneus do
• A sua concessionária NISSAN está ca- pneus de neve apresentam uma melhor tra- tipo “SNOW” ou “ALL SEASON”, em todas
pacitada a lhe informar sobre os tipos, ção em superfícies com neve, do que os as rodas.
dimensões, especificações de ve- pneus para todas as estações, podendo ser
locidade e disponibilidade de pneus. mais adequados em determinadas áreas.
• Os pneus de reposição não podem ser
de especificação de velocidade me-
nor que os pneus montados na fábri-
ca, e não podem ser incompatíveis
com a velocidade máxima do veículo.
Nunca exceda o limite máximo de ve-
locidade do pneu.

8-35

MP Frontier_seção 8.pmd 35 15/1/2013, 14:58


CUIDADO: ATENÇÃO:
• Nunca instale correntes para neve em • Após fazer o rodízio dos pneus, faça
um pneu sobressalente com tamanho a calibragem novamente.
menor. • Aperte as porcas das rodas após ter
• Algumas correntes para neve devem rodado os primeiros 1.000 km (600 mi-
ser instaladas somente nas rodas tra- lhas) e também no caso de um pneu
seiras. furado.
• Não dirija com correntes para neve em • A seleção, montagem e cuidados im-
estradas pavimentadas, onde não haja próprios com os pneus, pode afetar a
acúmulo de gelo ou neve. Dirigir com segurança do veículo e causar aci-
correntes em tais condições, poderá dentes. Se você tiver alguma dúvida,
danificar diversos mecanismos do veí- procure uma concessionária NISSAN,
culo, em virtude de tensão excessiva. NDI762 ou o fabricante dos pneus.
Ao dirigir em estradas sem gelo ou
neve, certifique-se de ajustar o modo
2WD.
RODÍZIO DOS PNEUS
A NISSAN recomenda que seja feito o rodí-
zio dos pneus a cada 10.000 km (6.000 mi-
lhas), para veículos com tração em duas ro-
das (2WD) e 5.000 km (3.000 milhas), para
veículos com tração nas quatro rodas (4WD).
Consulte “Pneu Furado” na seção 6. “Em
Caso de Emergência”, quanto aos procedi-
mentos para a troca dos pneus.

8-36

MP Frontier_seção 8.pmd 36 15/1/2013, 14:58


ENVELHECIMENTO DOS PNEUS O uso de pneus que não sejam recomenda-
dos, ou de vários tipos, dimensões, constru-
Não se esqueça do envelhecimento dos ção (diagonal, diagonal com cinta ou radial),
pneus. Nunca use um pneu com mais de ou padrões de bandas de rodagem, pode
seis anos de idade, independentemente de prejudicar a tração, a frenagem, a dirigibi-
ter sido utilizado ou não. lidade, a altura livre, a folga pneu-carroçaria,
Os pneus se desgastam tanto pela idade a folga da corrente para neve, a precisão do
como em virtude do uso ao qual são sujei- velocímetro, o alinhamento dos faróis e a
tos. Os pneus deverão ser inspecionados e altura dos pára-choques.
balanceados freqüentemente em uma con-
cessionária NISSAN. Relate todos os aci- ATENÇÃO:
dentes onde o pneu tenha sido golpeado, Alguns destes efeitos podem causar um
mesmo que mínimos. acidente, resultando em ferimentos graves.
MDI0004A
Se por qualquer razão, as rodas tiverem que
AO SUBSTITUIR RODAS E ser trocadas, substitua-as por rodas com a
DESGASTE E DANOS AOS PNEUS mesma descentralização (offset). O uso de
PNEUS rodas com descentralização diferente, pode
ATENÇÃO: causar o desgaste prematuro dos pneus, a
Os pneus devem ser periodicamente verifi-
cados quanto ao desgaste, rachaduras, bo- Não instale uma roda ou pneu deforma- degradação das características de dirigibili-
lhas ou objetos cravados na banda de roda- do, mesmo após ter sido reparado. Es- dade do veículo e/ou a interferência com os
gem. Caso seja encontrado desgaste exces- sas rodas ou pneus podem apresentar discos/tambores de freio. Estas interferên-
sivo, rachaduras, bolhas ou cortes profun- um dano estrutural, podendo apresentar cias podem provocar a diminuição da efi-
dos, o pneu deve ser substituído. uma falha inesperadamente. ciência dos freios e/ou o desgaste prematu-
ro das pastilhas de freio.
Os pneus originais têm um indicador de Ao substituir um pneu, escolha outro de
desgaste na própria banda de rodagem 1. mesma dimensão, especificação de veloci-
Quando os indicadores de desgaste estive- dade e capacidade de carga que os pneus
rem visíveis, o pneu deve ser substituído. originais. Os tipos e dimensões recomen-
O local do indicador de desgaste é identifi- dados são mostrados em “Pneus e Rodas”,
cado pelas marcas de localização 2. na seção 9. “Informações Técnicas”.

8-37

MP Frontier_seção 8.pmd 37 15/1/2013, 14:58


MODELOS EQUIPADOS COM BALANCEAMENTO DE RODAS CUIDADOS COM AS RODAS
SISTEMA 4WD Rodas desbalanceadas podem afetar a • Lave as rodas sempre quando lavar o
CUIDADO: dirigibilidade do veículo e a durabilidade dos veículo.
• Sempre utilize pneus do mesmo tama- pneus. Mesmo em uso normal, as rodas • Limpe a parte interna da roda quando
nho, marca, construção (diagonal, dia- podem desbalancear-se. Conseqüentemen- for trocá-la, ou quando você lavar a par-
gonal com cinta ou radial) e padrões te, devem ser balanceadas, quando neces- te inferior do veículo.
de bandas de rodagem nas quatro ro- sário. • Não use produtos abrasivos ao lavar as
das. Caso estas instruções não sejam O balanceamento deve ser executado com rodas.
observadas, poderá resultar em uma as rodas fora do veículo. O balanceamento • Verifique periodicamente os aros das
diferença de circunferência entre os feito com as rodas dianteiras instaladas no rodas quanto à corrosão ou amassa-
pneus dos eixos dianteiro e traseiro, veículo pode causar danos à transmissão. mentos. Isto pode causar perda de pres-
o que irá levar a desgaste excessivo, são ou danos nos talões dos pneus.
e ainda podendo danificar a trans- • A NISSAN recomenda que as rodas se-
missão, caixa de transferência e en- jam enceradas para proteção contra o
grenagens do diferencial. sal aplicado nas rodovias durante o pe-
• Utilize APENAS pneus especificados ríodo de inverno.
para cada modelo 4WD.

8-38

MP Frontier_seção 8.pmd 38 15/1/2013, 14:58


ALINHAMENTO DAS RODAS E QUADRO DE PRESSÃO DOS PNEUS

Pneu Unidade: kPa (kg/cm2, psi)


Pressão de ar
Tamanho do pneu Roda dianteira Roda traseira
Condição normal *1 Carga total *2 Condição normal *1 Condição total *2
235/70R16 240 (2,4; 35) 240 (2,4; 35) 280 (2,8; 41)
255/70R16 240 (2,4; 35) 240 (2,4; 35) 280 (2,8; 41)
265/70R16 240 (2,4; 35) 220 (2,2; 32) 240 (2,4; 35) 350 (3,5; 51)
255/65R17 240 (2,4; 35) 240 (2,4; 35) 280(2,8; 41)
255/60R18 240 (2,4; 35) 240 (2,4; 35) 280 (2,8; 41)
*1: Os passageiros são 3 ou menos.
*2: Os passageiros são mais do que 3.

Eixo dianteiro
Motor YD25
Tipo de tração 4x2 4x4
Mínimo -0 30’ (-0,50o)
o
-0 15’ (-0,25o)
o

Câmber
Nominal -0o 15’ (0,25o) -0o 30’ (0,50o)
Grau minuto (grau decimal)
Máximo 1o 00’ (1,00o) 1o 15’ (1,25o)
Mínimo 2o 05’ (2,08o) 1o 56’ (1,93o)
Câmber
Nominal 2o 50’ (2,83o) 2o 41’ (2,68o)
Grau minuto (grau decimal)
Máximo 3o 35’ (3,58o) 3o 26’ (3,43o)
Mínimo 12o 16’ (12,27o) 11o 50’ (11,83o)
Inclinação do pino-mestre
Nominal 13o 01’ (13,02o) 12o 35’ (12,58o)
Grau minuto (grau decimal)
Máximo 13o 46’ (13,77o) 13o 20’ (13,33o)

8-39

MP Frontier_seção 8.pmd 39 15/1/2013, 14:58


Eixo traseiro
Mínimo -0o 45’ (-0,75o)
Câmber
Nominal 0o 00’ (0,00o)
Grau minuto (grau decimal)
Máximo 0o 45’ (0,75o)
Mínimo -0o 24’ (-0,40o)
Convergência Ângulo (roda esquerda ou roda direita)
Nominal 0o00’ (0,00o)
das rodas Grau minuto (grau decimal)
Máximo 0o24’ (0,40o)
* Combustível, líquido de arrefecimento e óleo do motor abastecidos. A roda auxiliar, o macaco, as ferramentas e os tapetes estão em suas respectivas
posições.

8-40

MP Frontier_seção 8.pmd 40 15/1/2013, 14:58


9 Informações técnicas

Capacidades de combustível / Identificação do veículo ............................................ 9-6


Lubrificantes recomendados ................................... 9-2 Número de identificação do veículo
Combustível recomendado .................................. 9-3 (Número do Chassi) .............................................. 9-6
Especificação de viscosidade SAE .................... 9-3 Plaqueta de identificação do veículo .................. 9-6
Recomendações sobre o refrigerante e Número de série do motor ................................... 9-6
lubrificante do sistema de ar condicionado Etiqueta com especificação dos pneus ............. 9-7
(se equipado) ......................................................... 9-4 Etiqueta de especificação do ar condicionado
Especificações ........................................................... 9-4 (se equipado) ......................................................... 9-7
Ao viajar ou registrar o veículo em outro país ...... 9-5 Números de aprovação ............................................. 9-7

MP Frontier_seção 9.pmd 1 15/1/2013, 14:58


CAPACIDADES DE COMBUSTÍVEL / LUBRIFICANTES RECOMENDADOS

Os valores a seguir indicam a capacidade aproximada. A capacidade real de abasteci- *1: Quanto a outros detalhes, consulte a tabela de viscosidade
recomendada SAE mais adiante nesta seção.
mento pode ser um pouco diferente do indicado. Ao reabastecer, observe o procedimento *2: Utilize o líquido de arrefecimento anticongelante Genuíno
indicado na seção 8. “Manutenção e Faça Você Mesmo”, bem como os procedimentos de NISSAN ou equivalente, a fim de evitar possível corrosão do
alumínio dentro do sistema de arrefecimento do motor, pro-
abastecimento para determinar a capacidade correta. vocado em virtude do uso de líquido de arrefecimento do motor
Capacidade não genuíno. Observe que quaisquer reparos no sistema
(Aproximada) Combustível e lubrificantes recomendados de arrefecimento do motor, em virtude do uso de líquido
(litros) de arrefecimento do motor não genuíno, poderão não ser
cobertos pela garantia, mesmo que tais problemas ocor-
Combustível 80 Veja “Recomendações de Combustível” nesta seção.
ram dentro do período de garantia. Contate uma conces-
Óleo do motor sionária NISSAN para outras informações sobre a capacida-
YD25DDTi Com filtro de óleo 6,9 Óleo genuíno NISSAN: ACEA C3 and C4 LOW ASH 5W-30 de do líquido de arrefecimento.
Sem filtro de óleo 6,5 HTHS API CH-4 (*1) (*3) *3: Nunca utilize API CG-4.
Sistema de arrefecimento *4: Utilizar fluido de transmissão automática de outra marca que
YD25DDTi com aquecedor 9,5 Líquido de arrefecimento Original NISSAN ou não seja o fluido S Matic da NISSAN ATF, irá provocar dete-
sem aquecedor 8,6 equivalente (*2) rioração na capacidade de operação e durabilidade da trans-
missão automática, bem como poderá danificar a transmis-
Reservatório (nível máximo)
são automática, o que não estará coberto pela garantia.
com aquecedor 1,1 *5: Pode ser usado ATF do tipo DEXRONTM VI.
sem aquecedor 0,8 *6: Não misture tipos de fluidos diferentes (DOT 3 e DOT 4)
Óleo da transmissão manual Óleo de transmissão manual Original NISSAN *7: Para detalhes, contate uma concessionária NISSAN.
4WD 4,3 (MTF) HQ multi 75W-85 ou API GL-4,
Viscosidade SAE 75W-85
Óleo da transmissão automática 10,3 Original NISSAN Matic S ATF (*4)
Óleo do diferencial
Dianteiro 0,85 Óleo de Diferencial Hipóide Super GL-5 80W-90
Traseiro Standard Original NISSAN ou API GL-5, Viscosidade 80W-90
API GL-5 Sintético 75W-140 ou óleo do diferencial
Diferencial com deslizamento 2,0 equivalente
limitado (LSD) Original NISSAN Óleo do Diferencial Hipóide
LSD GL-5 80W-90 ou equivalente (*7)
Fluido da caixa de transferência 2,0 Original NISSAN Matic D ATF ou equivalente
(se disponível) (*7)
Direção hidráulica Abasteça de acordo Original NISSAN PSF ou equivalente (*5)
com o nível de óleo
apropriado, confome
Fluido de freio e da embreagem as instruções na seção Fluido de Freio Original NISSAN, DOT 3 ou DOT 4
8. “Manutenção e Faça (US FMVSS no 116) (*6, *7) Para assegurar o melhor desempenho do motor, as
Você Mesmo”.
Concessionárias NISSAN disponibilizam o “Óleo Ge-
Graxa do eixo cardan – NLGI nº 2 (à base de sabão de lítio)
nuíno NISSAN” que foi especialmente desenvolvido, tes-
Graxa multiuso – NLGI nº 2 (à base de sabão de lítio) tado e aprovado para todos os motores Nissan.
Refrigerante do sistema de
ar condicionado – HFC-134a (R-134a) Procure uma Concessionária Nissan para informações
Lubrificantes do sistema do Óleo do sistema A/C NISSAN tipo S ou adicionais sobre o “Óleo Genuíno NISSAN”.
ar condicionado – exatamente equivalente
9-2

MP Frontier_seção 9.pmd 2 15/1/2013, 14:58


COMBUSTÍVEL RECOMENDADO NÚMERO DE VISCOSIDADE SAE
Motor a Diesel: Utilize óleo genuíno 5W-30, ACEA C3 ou C4.
Combustível diesel de cetano 51 ou su-
perior.

Para atender aos requisitos de emissões


da inspeção veicular, seu veículo deve ser
abastecido com óleo diesel S10 ou S50.
O uso de óleo diesel com outra
especificação pode afetar a emissão de
gases do escapamento do seu veículo.
CUIDADO:
• Não utilize óleo de aquecimento do-
méstico, gasolina, biodiesel ou outros
combustíveis alternativos no motor a
Diesel, pois podem causar danos ao
motor.

9-3

MP Frontier_seção 9.pmd 3 15/1/2013, 14:58


ESPECIFICAÇÕES

RECOMENDAÇÕES SOBRE MOTOR


O REFRIGERANTE E Modelo YD25DDTi
LUBRIFICANTE DO SISTEMA Disposição dos cilindros 4 cilindros em linha
DE AR CONDICIONADO Tipo Diesel, 4 tempos
(se equipado) Diâmetro x curso do êmbolo mm 89.0 x 100.0
Cilindrada cm3 2,488
O sistema de ar condicionado do seu veí- Marcha lenta rpm 700 +/- 50
culo NISSAN deverá obrigatoriamente ser
carregado com o gás refrigerante R-134a RODAS E PNEUS Unidade: mm

(HFC-134a) e lubrificado pelo óleo do sis- Item Tamanho OFFSET


tema A/C tipo R ou exatamente equiva- 16 x 7J 45 (1,77)
Roda normal Alumínio ou ferro
lente. O uso de outros lubrificantes ou re- 18 x 7J 45 (1,77)
frigerantes poderá danificar o sistema de ar Tamanho do pneu Convencional 255/70 R16
condicionado do veículo. 255/60 R18
A liberação do gás refrigerante na atmosfe- Pneu de reserva 255/70 R16
ra não é recomendada. O novo gás refrige- 255/60 R18
rante HFC-134a (R-134a) de seu veículo
NISSAN, não irá prejudicar a camada de
ozônio da terra, entretanto a sua liberação NISSAN FRONTIER DIMENSÕES Unidade: mm
irá contribuir para o aumento da temperatu- PRESSÃO DOS PNEUS bar (psi) Modelo Cabine Dupla
ra global. A NISSAN orienta que o refrige- Pneus Dianteiro Traseiro Comprimento total 5125 *1, 5230 *2
rante seja recuperado e reciclado. Sem Com Sem Com Largura total (sem
Carga Carga Carga Carga retrovisores externos) 1850
Procure sua concessionária NISSAN para
255/70 R16 2,4 2,4 2,8 Altura total 1780
os serviços de manutenção do sistema de
(35) (35) (41) Larg. da bitola diant. 1570
ar condicionado.
255/60 R18 2,4 2,4 2,8 Larg. da bitola tras.
(35) (35) (41) Distância entre eixos 3200
*1: Sem para-choque traseiro
*2: Com para-choque traseiro

9-4

MP Frontier_seção 9.pmd 4 23/1/2013, 12:27


AO VIAJAR OU REGISTRAR O VEÍCULO EM OUTRO PAÍS

Quando você estiver planejando viajar Se você vai transferir o registro ou licen- As leis e regulamentos para o controle de
para outro país, primeiramente verifique se ça de seu veículo para outro país, estado emissões do motor do veículo, bem como
o combustível existente é adequado ao mo- ou município, verifique com as autoridades os padrões de segurança de veículos va-
tor do seu veículo. locais se as especificações de seu veículo riam de país para país, estado ou província;
O uso de combustível de baixas cetanas po- estão de acordo com a legislação local, pois conseqüentemente, as especificações do
derá causar danos ao motor de seu veículo. poderá não ser possível fazer alterações no veículo podem diferir.
Desta forma, evite levar o seu veículo para veículo. Em alguns casos, não é possível A NISSAN não é responsável por qualquer
locais onde não haja disponibilidade de com- que o veículo atenda as disposições legais, inconveniência se o veículo for transferi-
bustível apropriado. e em outros casos poderá ser necessário do e registrado em outro país, as modifi-
modificar o veículo, para atender as leis e cações, transporte e registro são de res-
regulamentos locais. ponsabilidade total do proprietário e a
NISSAN não se responsabiliza por qual-
quer inconveniência que possa ocorrer.

9-5

MP Frontier_seção 9.pmd 5 15/1/2013, 14:58


IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO

STI0529 STI0300 NTI093


Motor YD25DDTi

NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO NÚMERO DE SÉRIE DO MOTOR ETIQUETA COM ESPECIFICAÇÃO


DO VEÍCULO (Número do O número está gravado no motor, conforme DOS PNEUS
Chassi) mostrado. A pressão dos pneus frios é mostrada na
O número está gravado, conforme mostra- etiqueta afixada na coluna central, lado do
do a seguir. motorista.

9-6

MP Frontier_seção 9.pmd 6 15/1/2013, 14:58


NÚMEROS DE APROVAÇÃO

NTI094

ETIQUETA DE ESPECIFICAÇÃO
DO AR CONDICIONADO
(se equipado)
A etiqueta está afixada conforme mostrado.

9-7

MP Frontier_seção 9.pmd 7 15/1/2013, 14:58


9-8

MP Frontier_seção 9.pmd 8 15/1/2013, 14:58


10 Índice alfabético
Operação manual ............................................... 4-12 Recomendações sobre o refrigerante e
A Sugestões de utilização .................................... 4-12 lubrificante do sistema de ar condicionado
Filtro do ar condicionado (se equipado) ............. 4-13 (se equipado) ........................................................ 9-4
Acendedor de cigarros (se equipado) .................... 2-27 Chaves ...................................................................... 3-2
Ao reparar o sistema de ar condicionado .......... 4-13
Alinhamento das rodas e quadro de pressão Chave inteligente NISSAN (se equipado) ............ 3-2
Armazenamento ...................................................... 2-29
dos pneus ............................................................... 8-39 Chave inteligente NISSAN (se equipado) ................. 3-8
Console central .................................................. 2-29
Pneu .................................................................... 8-39 Alcance operacional ............................................. 3-9
Porta-luvas ......................................................... 2-29
Eixo dianteiro ..................................................... 8-39 Precauções para travar / destravar as portas .... 3-10
Porta-copos (se equipado) ................................. 2-30
Eixo traseiro ....................................................... 8-40 Operação da chave inteligente NISSAN
Porta-óculos (se equipado) ................................ 2-30
Antes de dar partida ao motor .................................. 5-9 (se equipado) ..................................................... 3-11
Ao dirigir em clima frio ............................................ 5-37 B Como usar a função do controle remoto
Bateria ................................................................ 5-37 integrado ............................................................. 3-13
Líquido de arrefecimento ................................... 5-37 Bancos ...................................................................... 1-2 Avisos sonoros e luzes de advertência ............ 3-15
Equipamentos do pneu ....................................... 5-38 Dispositivo de levantamento do banco do Cintos de segurança ................................................. 1-5
Equipamentos especiais para o inverno ............ 5-38 motorista (se equipado) ....................................... 1-4 Precauções na utilização do cinto de segurança 1-5
Proteção anticorrosão ........................................ 5-39 Encosto de cabeça .............................................. 1-4 Segurança das crianças ...................................... 1-7
Ao dirigir o veículo .................................................. 5-11 Bancos, cintos, sistema complementar de Bebês e crianças pequenas ................................ 1-8
Ao dirigir com transmissão manual .................... 5-11 proteção e air bag .................................................... 0-6 Crianças ............................................................... 1-8
Ao dirigir com transmissão automática .............. 5-13 Bateria .................................................................... 8-19 Mulheres grávidas ................................................ 1-9
Ao estacionar .......................................................... 5-28 Bateria do veículo .............................................. 8-20 Pessoas feridas ................................................... 1-9
Ao rebocar o veículo com o guincho ..................... 6-14 Partida com a bateria auxiliar ............................ 8-20 Identificação do cinto de segurança central
Precauções ao efetuar o reboque ..................... 6-14 Reciclagem obrigatória da bateria ..................... 8-21 (se equipado) ........................................................ 1-9
Reboque recomendado para modelos Substituição da bateria do controle remoto ...... 8-21 Cinto de três pontos retrátil ................................. 1-9
equipados com tração 4WD ............................... 6-14 Chave inteligente NISSAN (se equipado) ............. 8-23 Colocando o cinto ................................................ 1-9
Desatolando o veículo em lama, areia ou neve 6-16 Buzina ..................................................................... 2-24 Cinzeiro e acendedor de cigarros (se equipado) ... 2-28
Utilização do gancho de reboque ...................... 6-16 Cinzeiro dianteiro ................................................ 2-28
Ao viajar ou registrar o veículo em outro país ........ 9-5 C Cinzeiro traseiro (se equipado) .......................... 2-28
Ar condicionado (se equipado) ................................. 4-6 Câmera de ré (se equipado) ..................................... 4-2 Acendedor de cigarros (se equipado) ................ 2-28
Ar condicionado manual com aquecedor Como ler as linhas na tela ................................... 4-2 Compartimento do motor ........................................... 0-7
(se equipado) ........................................................ 4-6 Compartimento do motor ........................................... 8-6
Diferença entre distâncias reais e previsíveis .... 4-3
Controles .............................................................. 4-6 Motor YD25DDTi ................................................... 8-6
Ajustando a tela ................................................... 4-4
Funcionamento do ar condicionado Compartimento dos passageiros .............................. 0-5
Dicas de operação ............................................... 4-4
(se equipado) ........................................................ 4-9 Controle de velocidade (se equipado) .................... 5-25
Sugestões de funcionamento .............................. 4-9 Capacidades de combustível /
Lubrificantes recomendados .................................... 9-2 Precauções ao utilizar o controle de
Ar condicionado automático com aquecedor velocidade .......................................................... 5-26
Combustível recomendado ................................... 9-3
(se equipado) ...................................................... 4-10
Especificação de viscosidade SAE ..................... 9-3
Operação automática ......................................... 4-11

10-1
10

MP Frontier_seção 10.pmd 1 15/1/2013, 14:58


Operações do controle de velocidade ............... 5-26 Fluido da direção hidráulica .................................... 8-15 Interruptor de controle de regulagem do farol
Correias de acionamento ........................................ 8-24 Fluido da transmissão automática (ATF) ................ 8-14 (se equipado) .......................................................... 2-22
Cuidados ao dirigir .................................................... 5-5 Fluidos do freio e da embreagem ........................... 8-17 Interruptor de ignição ............................................... 5-5
Ao dar partida com o motor frio ........................... 5-5 Fluido do lavador dos vidros .................................. 8-18 Chave inteligente .................................................. 5-6
Transporte de bagagem ........................................ 5-5 Freio ........................................................................ 8-15 Transmissão automática ....................................... 5-7
Ao dirigir em pavimentos molhados ..................... 5-5 Inspeção do pedal do freio ................................ 8-15 Transmissão manual ............................................. 5-8
Ao dirigir em neve, lama ou areia ........................ 5-5 Inspeção do freio de estacionamento ............... 8-15 Posições da chave .............................................. 5-9
Indicadores de desgaste das pastilhas do freio Interruptor do controle eletrônico de estabilidade
D (se equipado) ...................................................... 8-16 (VDC) OFF ............................................................... 2-24
Servofreio ........................................................... 8-16 Interruptor do desembaçador (se equipado) .......... 2-23
Dando partida ao motor .......................................... 5-10 Interruptor do farol e luzes indicadoras de
Freio de estacionamento ........................................ 3-22
Difusores ................................................................... 4-5 Alavanca do freio de estacionamento ............... 3-23 direção .................................................................... 2-21
Difusores laterais e centrais ................................ 4-5 Fusíveis .................................................................. 8-27 Interruptor do farol ............................................. 2-21
Compartimento do passageiro ............................ 8-27 Interruptor do indicador de direção ........................ 2-22
E Compartimento do motor .................................... 8-28 Indicador de direção ........................................... 2-22
Especificações ......................................................... 9-4 Descrição dos fusíveis ...................................... 8-29 Interruptor do limpador e do lavador ...................... 2-23
Espelhos retrovisores ............................................. 3-19 Interruptor do limpador e do lavador do
Espelho retrovisor interno .................................. 3-19 I para-brisa ........................................................... 2-23
Espelho retrovisor com antiofuscamento
manual (se equipado) ......................................... 3-19
Iluminação interna .................................................. 2-31 L
Luz do compartimento de passageiros .............. 2-31
Espelho retrovisor com dispositivo automático Liberação do capuz do motor ................................. 3-17
antiofuscamento (se equipado) .......................... 3-20 Temporizador da iluminação interna
(se equipado) ...................................................... 2-31 Limpeza externa ....................................................... 7-2
Espelho retrovisor externo ................................. 3-20 Lavagem ............................................................... 7-2
Luzes de leitura (se equipado) .......................... 2-32
Espelho de cortesia (se equipado) .................... 3-21 Remoção de manchas .......................................... 7-3
Sistema de proteção de bateria ......................... 2-32
Aplicação de cera ................................................ 7-3
F Identificação do veículo ........................................... 9-6
Limpeza dos vidros .............................................. 7-3
Número de identificação do veículo
Fatores ambientais que influenciam o índice de (Número do Chassi) .............................................. 9-6 Parte inferior do veículo ...................................... 7-3
corrosão .................................................................... 7-5 Plaqueta de identificação do veículo .................. 9-6 Limpeza das rodas de liga leve (se equipado) .... 7-4
Fatores mais comuns para a corrosão do veículo .. 7-5 Número de série do motor .................................... 9-6 Peças cromadas .................................................. 7-4
Filtro de ar ............................................................... 8-24 Etiqueta com especificação dos pneus ............... 9-7 Limpeza interna ........................................................ 7-4
Tipo seco ............................................................ 8-24 Etiqueta de especificação do ar condicionado Tapetes do piso .................................................... 7-5
Limpeza do filtro de ar ....................................... 8-25 (se equipado) ........................................................ 9-7 Peças plásticas ................................................... 7-5
Instalação ........................................................... 8-25 Indicador de combustível ......................................... 2-9 Cintos de segurança ............................................ 7-5
Filtro de combustível .............................................. 8-13 Indicadores e medidores .......................................... 2-3 Longarinas de teto (se equipado) .......................... 3-25
Drenando a água ................................................ 8-13 Interruptor das luzes de advertência ..................... 2-24 Luzes ...................................................................... 8-30
Sangria do sistema de combustível .................. 8-14 Interruptor das luzes de neblina ............................ 2-22 Procedimentos de substituição .......................... 8-30
Faróis .................................................................. 8-32

10-2

MP Frontier_seção 10.pmd 2 15/1/2013, 14:58


Luzes externas .................................................. 8-34 Limpeza .............................................................. 8-25 Rádio FM - AM / CD / SD ................................... 4-24
Luzes internas ................................................... 8-34 Substituição ........................................................ 8-26 Operação do CD / SD ......................................... 4-27
Luzes de advertência / Ejetor do lavador do para-brisa ......................... 8-27 Operação do rádio .............................................. 4-29
Indicadoras e alarmes sonoros .............................. 2-13 Para proteger seu veículo contra a corrosão .......... 7-6 Precauções gerais ............................................. 4-31
Verificação das lâmpadas .................................. 2-13 Para-sol ................................................................... 3-22 Características ................................................... 4-32
Luzes de advertência ......................................... 2-13 Extensão do para-sol (se equipado) .................. 3-22 Antes de solicitar assistência ............................ 4-32
Luzes indicadoras .............................................. 2-17 Parte externa – dianteira e traseira ......................... 0-3 Especificações ................................................... 4-33
Alarmes sonoros ................................................ 2-20 Partida auxiliar ........................................................ 6-10 Rádio FM-AM com CD Player (Tipo C)
Luz de advertência do air bag (se equipado) ........ 1-22 Partida empurrando o veículo ................................ 6-12 (se equipado) .......................................................... 4-35
Período de amaciamento .......................................... 5-2 Operação principal do sistema de áudio ........... 4-35
M Pneu furado .............................................................. 6-2 Informações iPod ............................................... 4-40
Ao parar o veículo ................................................ 6-2 Operação iPod player (se equipado) ................. 4-42
Manutenção do cinto de segurança ....................... 1-13
Para calçar as rodas ............................................ 6-2 Interruptor no volante de direção para
Manutenção geral ..................................................... 8-3
Para ter acesso às ferramentas e o pneu controle de áudio (se equipado) ........................ 4-44
Explicações sobre os itens de manutenção sobressalente ....................................................... 6-3
geral ...................................................................... 8-3 Reboque de trailer .................................................. 5-30
Ao remover a roda ................................................ 6-6 Precauções de funcionamento .......................... 5-30
Na parte externa do veículo ................................ 8-3 Ao instalar a roda ................................................. 6-8
Sob o capuz e sob o veículo ............................... 8-4 Pressão dos pneus ............................................ 5-30
Guardando o pneu e as ferramentas ................... 6-9 Correntes de segurança ..................................... 5-31
Dentro do veículo ................................................. 8-4 Precauções ao dar partida e dirigir .......................... 5-3
Mostrador da bússola (se equipado) ...................... 2-10 Freios do trailer .................................................. 5-31
Gases de escapamento (monóxido de carbono) . 5-3 Luz sinalizadora de direção do trailer
Operação da bússola ......................................... 2-10 Precauções ao dirigir em estradas pavimentadas (se equipado) ...................................................... 5-31
e fora de estrada ...................................................... 5-4 Instalação do engate para reboque ................... 5-31
N Precauções ao frear ............................................... 5-30 Regulagem da coluna de direção ........................... 3-18
Números de aprovação ............................................. 9-7 Sistema de freio antibloqueio (ABS) Requisitos de manutenção ....................................... 8-3
(se equipado) ...................................................... 5-31 Manutenção geral ................................................. 8-3
O Precauções de manutenção ..................................... 8-5 Onde efetuar o serviço ........................................ 8-3
Precauções para o sistema complementar de Rodas e pneus ........................................................ 8-34
Óleo do motor ........................................................... 8-9 proteção (SRS) (se equipado) ................................ 1-18 Pressão dos pneus ............................................ 8-34
Verificação do nível do óleo do motor ................. 8-9 Proteção contra corrosão ........................................ 7-5 Tipos de pneus ................................................... 8-35
Troca de óleo do motor ....................................... 8-10 Pneus para neve ................................................ 8-35
Substituição do filtro de óleo do motor .............. 8-11 R Correntes para neve ........................................... 8-35
Proteção ao meio ambiente ............................... 8-13 Rodízio dos pneus ............................................. 8-36
Rádio AM-FM com CD Changer (Tipo A)
(se equipado) .......................................................... 4-17 Desgaste e danos aos pneus ............................ 8-37
P Rádio FM - AM / CD Changer ............................. 4-18 Envelhecimento dos pneus ................................ 8-37
Painel de instrumentos e controles ......................... 0-2 Operação do CD Player ...................................... 4-19 Ao substituir rodas e pneus ............................... 8-37
Painel de instrumentos e controles ......................... 2-2 Operação do rádio FM – AM .............................. 4-21 Modelos equipados com sistema 4WD .............. 8-38
Palhetas do limpador .............................................. 8-25 Rádio AM-FM com CD Player C / SD (Tipo B) Balanceamento de rodas .................................... 8-38
(se equipado) .......................................................... 4-23 Cuidados com as rodas ...................................... 8-38
10-3

MP Frontier_seção 10.pmd 3 15/1/2013, 14:58


Utilização do controle remoto .............................. 3-6
S T Travamento das portas ......................................... 3-6
Destravamento das portas ................................... 3-6
Segurança do veículo ............................................. 5-32 Tacômetro ................................................................. 2-8
Alarme pânico ....................................................... 3-6
Sistema de arrefecimento do motor ......................... 8-7 Relógio digital (se equipado) ................................ 2-8
Inspeção do nível do líquido de arrefecimento
do motor ............................................................... 8-8
Indicador de temperatura do líquido de
arrefecimento do motor ........................................ 2-9
V
Troca do líquido de arrefecimento do motor ........ 8-8 Tampa traseira ........................................................ 3-23 Velocímetro e hodômetro .......................................... 2-4
Sistema de áudio (se equipado) ............................. 4-14 Abertura da tampa traseira ................................ 3-23 Relógio digital (se equipado) ................................ 2-5
Precauções quanto ao funcionamento do Ganchos de fixação (Modelo XE e SE) ............. 3-24 Computador de bordo ........................................... 2-5
sistema de áudio ................................................ 4-14 Trilho com ganchos de fixação ajustável Controle da intensidade de iluminação do
Rádio ................................................................... 4-14 (se equipado) ...................................................... 3-24 painel de instrumentos (se equipado) .................. 2-6
Cuidados na operação do CD player ................. 4-14 Tampa do bocal de abastecimento Indicador do modo de tração nas quatro rodas
Antena ................................................................ 4-16 de combustível ....................................................... 3-17 (4WD) (modelos equipados com 4WD) ..................... 2-6
Sistema do controle eletrônico de estabilidade Etiqueta sobre combustível ............................... 3-18 Informações sobre o nível de óleo do motor
(VDC) ....................................................................... 5-35 Telefone veicular ou rádio CB (se equipado) ......... 4-45 (se equipado) ........................................................ 2-6
Sistema de direção hidráulica ................................ 5-32 Tomada elétrica (se equipado) ................................ 2-27 Sistema de controle de óleo (OCS) (veículos a
Sistema de freio ..................................................... 5-33 Interface USB (se equipado) ............................. 2-27 partir de 2012) ...................................................... 2-7
Precauções ao frear ........................................... 5-33 Tração nas quatro rodas (4WD) (se equipado) ...... 5-17 Vidros ...................................................................... 2-25
Sistema de freio antibloqueio (ABS) Procedimento de mudança 2WD ou 4WD Vidros elétricos (se equipado) ........................... 2-25
(se equipado) ...................................................... 5-34 (se equipado) ...................................................... 5-18 Vidro manual (se equipado) ............................... 2-26
Sistema de segurança ............................................ 3-16 Funcionamento do interruptor do modo 4WD
Sistema Antifurto NISSAN (NATS) ..................... 3-16 (se equipado) ...................................................... 5-21
Luz indicadora de segurança NATS ................... 3-16 Luz indicadora do modo 4WD ............................ 5-21
Sistemas de proteção infantil ................................. 1-14 Luz de advertência 4WD (se equipado) ............. 5-22
Precauções ao utilizar Dirigindo com segurança com o sistema 4WD
um sistema de proteção infantil ........................ 1-14 (se equipado) ...................................................... 5-23
Instalação do sistema Pneus para o sistema 4WD (se equipado) ........ 5-25
de proteção infantil Trava das portas ....................................................... 3-3
nos bancos traseiros ......................................... 1-16 Travamento com a chave ..................................... 3-4
Sistema do pré-tensionador do cinto de Travamento com a maçaneta interna ................... 3-4
segurança (se equipado) ........................................ 1-25 Travamento com o interruptor interno
Sistema do turbocompressor ................................... 5-4 (se equipado) ........................................................ 3-4
Superaquecimento do motor ................................... 6-12 Trava de segurança para crianças nas portas
traseiras ............................................................... 3-5
Sistema integrado de controle remoto
(se equipado) ........................................................ 3-5

10-4

MP Frontier_seção 10.pmd 4 15/1/2013, 14:58


COMBUSTÍVEL RECOMENDADO PRESSÃO DOS PNEUS REFERÊNCIAS RÁPIDAS
Motor a Diesel NISSAN FRONTIER • Em caso de emergência ................. 6-2
Utilize combustível Diesel de cetano 51 ou PRESSÃO DOS PNEUS bar (psi) (pneu furado, motor não funciona,
superior. Pneus Dianteiro Traseiro superaquecimento, rebocando)
Para detalhes, consulte “Capacidade de Sem Com Sem Com • Funcionamento e operação............. 5-2
Carga Carga Carga Carga • Instrumentos e controle
Combustível e lubrificantes recomendados”
255/70 R16 2,4 2,4 2,8 (como ler medidores e indicadores)... 2-2
na seção 9. “Informações técnicas”. (35) (35) (41)
255/60 R18 2,4 2,4 2,8
• Manutenção e faça você mesmo .... 8-3
ATENÇÃO:
(35) (35) (41) • Informações técnicas ...................... 9-2
• Não use ou adicione óleo doméstico,
gasolina, biodiesel ou outros combus-
tíveis no motor a Diesel. O uso destes
pode causar danos ao motor.

ÓLEO DE MOTOR RECOMENDA-


DO
Motor a Diesel
Utilize óleo genuíno NISSAN 5W-30,
ACEA C3 ou C4.
Óleo de motor API CH-4*
* Nunca utilize API CG-4
Para mais detalhes, consulte “Capacidade
de Combustível e lubrificantes recomenda-
dos” na seção 9. “Informações técnicas”.

10-5

MP Frontier_seção 10.pmd 5 15/1/2013, 14:58