Você está na página 1de 59
Profª. Ma. Tainá Alves
Profª. Ma. Tainá Alves

Profª. Ma. Tainá Alves

Profª. Ma. Tainá Alves

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Ambas as respostas imunes, inata e adaptativa,

dependem de atividades das células

sanguíneas brancas ou leucócitos

Todos os leucócitos são originados na medula óssea

As células do sistema imune inato e adaptativo

normalmente estão presentes como células circulantes no

sangue e na linfa, nos órgãos linfoides e dispersas em

praticamente todos os tecidos

Células pluripotentes da medula óssea originam os

progenitores linfoides e mieloides

Célula pluripotente
Célula pluripotente

Célula pluripotente

Célula pluripotente
Progenitor linfóide Progenitor mielóide

Progenitor linfóide

Progenitor linfóide Progenitor mielóide

Progenitor mielóide

Linfócito B Linfócito T Célula NK Basófilo Eosinófilo Monócito Neutrófilo Célula T Plasmócito efetora
Linfócito B
Linfócito T
Célula NK
Basófilo
Eosinófilo
Monócito
Neutrófilo
Célula T
Plasmócito
efetora
Mastócito
Célula dendrítica
Macrófago

Hematopoese

(geração de todas as células sanguíneas)

Hematopoese (geração de todas as células sanguíneas)

Fagócitos Mononucleares

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Monócito

Mononucleares CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Monócito Macrófago • O sistema fagócito mononuclear inclui as

Macrófago

O sistema fagócito mononuclear inclui as células circulantes denominadas monócitos e células residentes teciduais denominadas macrófagos.

Monócito e macrófago surgem a partir de células precursoras

na medula óssea (progenitor mieloide) Localização:

- macrófagos são amplamente distribuídos nos órgãos e

tecido

- monócito são encontrados no sangue

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Fagócitos Mononucleares

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Fagócitos Mononucleares Monócito Macrófago • Os macrófagos são células teciduais

Monócito

Macrófago

Os macrófagos são células teciduais de vida relativamente longa Principais funções: fagocitose e apresentação de

antígenos

são células teciduais de vida relativamente longa • Principais funções: fagocitose e apresentação de antígenos

Leucócitos

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

São divididos em Granulócitos e Agranulócitos.

Leucócitos agranulócitos
Leucócitos agranulócitos

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Leucócitos polimorfonucleares ou granulócitos

São assim chamados porque possuem grânulos

densamente corados em seu citoplasma

Existem três tipos de granulócitos: neutrófilos, eosinófilos

e basófilos, os quais podem ser identificados pelas diferentes propriedades de coloração dos grânulos

eosinófilos e basófilos , os quais podem ser identificados pelas diferentes propriedades de coloração dos grânulos
eosinófilos e basófilos , os quais podem ser identificados pelas diferentes propriedades de coloração dos grânulos

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Neutrófilos: compõem de 50% a 70% do número total de leucócitos. Seu núcleo é formado por 3 a 5 lóbulos; Os grânulos específicos destas células são menores

e mais discretos que os observados no demais. Aparecem

em processos inflamatórios.

destas células são menores e mais discretos que os observados no demais. Aparecem em processos inflamatórios.
destas células são menores e mais discretos que os observados no demais. Aparecem em processos inflamatórios.

Neutrófilo

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Neutrófilo CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Os neutrófilos podem migrar rapidamente para locais de infecção após

• Os neutrófilos podem migrar rapidamente para locais de

infecção após a entrada de microrganismos

• Medeiam as fases iniciais das reações inflamatórias

• Principais funções: fagocitose

• Em comparação aos macrófagos, os neutrófilos têm uma

vida relativamente curta, sobrevivendo por apenas alguns

dias, e são produzidos em maiores quantidades durante as respostas imunes.

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Os NEUTRÓFILOS e MACRÓFAGOS quando encontram um antígeno e/ou

micro-organismo, se ligam por meio dos receptores, englobando o antígeno e/ou microrganismo por um processo chamado FAGOCITOSE

se ligam por meio dos receptores, englobando o antígeno e/ou microrganismo por um processo chamado FAGOCITOSE

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Eosinófilos: compõem de 2% a 4% do número total de leucócitos. Seu núcleo é bilobado e seus grânulos específicos

são bem corados e evidentes.

Aparecem em processos alérgicos e reações a parasitas.

e seus grânulos específicos são bem corados e evidentes. Aparecem em processos alérgicos e reações a
e seus grânulos específicos são bem corados e evidentes. Aparecem em processos alérgicos e reações a

Eosinófilo

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Eosinófilo CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Eosinófilos são importantes na defesa contra parasitas, os quais são
Eosinófilo CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Eosinófilos são importantes na defesa contra parasitas, os quais são

Eosinófilos são importantes na defesa contra parasitas, os quais são muito grandes para serem ingeridos pelos

macrófagos ou neutrófilo

Grânulos citoplasmáticos dos eosinófilos contêm enzimas que são danosas às paredes dos parasitas

Principais funções: destruição de parasitas e envolvidas

nas reações alérgicas

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Basófilo • Basófilos são granulócitos sanguíneos • Os basófilos são

Basófilo

Basófilos são granulócitos sanguíneos Os basófilos são derivados de progenitores da medula óssea Basófilos constituem menos de 1% dos leucócitos sanguíneos

Morfologia: - Núcleo raramente apresenta mais de dois

lobos; - Citoplasma apresenta grandes grânulos que obscurecem o núcleo

Localização: circulam no sangue (migram para os tecidos)

Basófilo

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Basófilo CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Principais funções: - são capazes de liberar substâncias que estimulam

• Principais funções:

- são capazes de liberar substâncias que estimulam a inflamação e respostas alérgicas. - liberação de grânulos contendo histamina e heparina

Mastócito

Mastócito CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Os mastócitos são células derivadas da medula • Morfologia: célula

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Mastócito CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Os mastócitos são células derivadas da medula • Morfologia: célula
Mastócito CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Os mastócitos são células derivadas da medula • Morfologia: célula

Os mastócitos são células derivadas da medula

Morfologia: célula de forma ovalada, tem um núcleo central e uma grande quantidade de grânulos no citoplasma cheios de histamina e outros mediadores

Localização: estão presentes na pele e mucosa epitelial

Principal função: contribuem para o desenvolvimento das

respostas alérgicas

Célula dendrítica

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Célula dendrítica CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • As células dendríticas são derivados de progenitores da
Célula dendrítica CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • As células dendríticas são derivados de progenitores da

As células dendríticas são derivados de progenitores da

medula óssea Morfologia: têm longas projeções membranosas (semelhantes a dedos)

Localização: são amplamente distribuídas nos tecidos

linfoides, epitélio mucoso e órgãos. Funções: fagocitose e apresentação de antígenos para células T imaturas (principal função)

Células dendríticas são as células apresentadoras de antígenos (APCs) mais importantes

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Infecção
Infecção

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Célula de memória
Célula de memória

Células NK

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Células NK

Células NK CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Células NK • As células NK surgem a partir de
Células NK CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Células NK • As células NK surgem a partir de

As células NK surgem a partir de células precursoras da

medula óssea (progenitor linfoide)

São consideradas como parte do sistema imune inato, pois induz uma resposta não específica contra o antígeno

Morfologia: estas células são grandes, granulares e semelhantes aos linfócitos.

Localização: sangue e tecidos

Células NK

Principais

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Células NK

• Principais CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Células NK funções: liberação de grânulos que matam células

funções:

liberação

de

SISTEMA IMUNOLÓGICO Células NK funções: liberação de grânulos que matam células infectadas por vírus e

grânulos

que

matam

células infectadas por vírus e células tumorais

IMUNOLÓGICO Células NK funções: liberação de grânulos que matam células infectadas por vírus e células tumorais

Linfócito T

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Linfócito T CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Os linfócitos T surgem na MEDULA ÓSSEA e amadurecem
Linfócito T CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO • Os linfócitos T surgem na MEDULA ÓSSEA e amadurecem

Os linfócitos T surgem na MEDULA ÓSSEA e amadurecem

no TIMO os linfócitos T se referem aos linfócitos

derivados do Timo

Morfologia: Célula arredondada, escasso citoplasma, núcleo grande e cromatina nuclear condensada

Localização: órgãos linfoides e sangue

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Linfócito T

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Linfócito T • Os AUXILIARES , porque ajudam os linfócitos B a
CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Linfócito T • Os AUXILIARES , porque ajudam os linfócitos B a

• Os

AUXILIARES, porque ajudam os linfócitos B a produzir anticorpos e as células fagocitárias a ingerir os microrganismos.

• Os linfócitos T CD8+ são chamados de linfócitos T

T

linfócitos

T

CD4+

são

chamadas

de

linfócito

CITOTÓXICOS, porque destroem as células infectadas por microrganismos intracelulares.

• Principais funções: citotoxicidade, ativação de fagócitos e

linfócitos B.

Linfócito B

Linfócito B
Linfócito B

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Plasmócito
Plasmócito

Anticorpos

(Ig)

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO Plasmócito Anticorpos (Ig) • Os linfócitos B surgem na amadurecem MEDULA ÓSSEA

Os linfócitos B surgem na amadurecem MEDULA ÓSSEA

Os linfócitos B ativados, chamados plasmócitos, secretam anticorpos, que neutralizam e eliminam os antígenos.

Localização: órgãos linfoides e sangue (migram para os

tecidos)

Principais funções: produção de anticorpos e apresentação de antígenos.

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Leucopenia Leucocitose
Leucopenia
Leucocitose

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO
Profª. Ma. Tainá Alves
Profª. Ma. Tainá Alves

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Órgãos linfoides Órgãos linfoides secundários ou periféricos
Órgãos linfoides
Órgãos linfoides
secundários ou
periféricos

Órgãos linfoides

geradores ou primários

Local onde ocorrem:

produção dos leucócitos

maturação e diferenciação

dos leucócitos

Local onde os linfócitos

virgens são mantidos e as

respostas imune

adaptativas são iniciadas

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Órgãos linfoides geradores ou primários Medula Óssea

Hematopoese Local de maturação dos leucócitos, exceto o linfócito T

Timo

Diferenciação e maturação do linfócito T

Órgãos linfoides secundários ou periféricos

Linfonodos

Baço

Tecido linfoide associado às mucosas (MALT)

(Placas de Peyer; Tonsilas)

As células do sistema imune são produzidas diariamente pela MEDULA ÓSSEA

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

As células do sistema imune são produzidas diariamente pela MEDULA ÓSSEA ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

MEDULA ÓSSEA

1. Local de geração de todas as células sanguíneas

2. Local de maturação dos leucócitos, exceto o linfócito T

Hematopoese

T • • • H e m a t o p o e s e geração

geração de todas as células sanguíneas

Terceira semana de desenvolvimento

fetal

saco

células

vitelino;

ocorre em

hematopoese

especializadas

do

Terceiro e quarto mês de gestação hematopoese ocorre no fígado, baço e depois na medula óssea;

ocorre no fígado, baço e depois na medula óssea; Após o nascimento → a hematopoese ocorre

Após o nascimento a hematopoese ocorre

(cavidade interna de alguns ossos).

medula óssea

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Hematopoese

Refere-se

à

formação de todos as células do sangue, que

ocorre

na

medula óssea vermelha.

Todas as células

sanguíneas se originam de células-tronco pluripotentes.

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

• Todas as células sanguíneas se originam de células-tronco pluripotentes. ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

HEMATOPOESE

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO HEMATOPOESE As citocinas são produzidas por células do estroma e macrófagos na

As citocinas são

produzidas por células do estroma e macrófagos na medula óssea, permitindo a hematopoese.

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

HEMATOPOESE

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO HEMATOPOESE
ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO HEMATOPOESE

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

TIMO

• •

Órgão achatado formados por

dois lobos e situado acima do coração.

Lobos são envolvidos por uma cápsula e divididos em lóbulos

Cada lóbulo tem córtex e medula

O timo é o local da maturação da célula T.

cápsula e divididos em lóbulos • Cada lóbulo tem córtex e medula O timo é o

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

TIMO

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO TIMO

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

TIMO

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO TIMO Cada lóbulo consiste um córtex externo e uma medula interna

Cada lóbulo consiste um córtex externo e uma medula interna

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

TIMO

Timo: amadurecimento de linfócitos T

Existe células epiteliais espalhadas pelo timo (medula e

córtex), que produzem citocinas necessária ao

amadurecimento dos Linfócitos T;

Linfócitos presentes no timo são chamados de TIMÓCITOS;

ao amadurecimento dos Linfócitos T ; • Linfócitos presentes no timo são chamados de TIMÓCITOS; Linfócitos

Linfócitos Imaturos

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Maturação dos Linfócitos T A maturação começa no córtex; Medula Sangue e tecidos linfoides periféricos
Maturação dos Linfócitos T
A maturação
começa no
córtex;
Medula
Sangue e tecidos
linfoides
periféricos

Células T totalmente maduras deixam o timo e vão para o sangue e tecidos linfoides periféricos

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

SISTEMA LINFÁTICO

Um sistema de vasos linfáticos distribuídos por todo o corpo que

drenam fluido extracelular dos tecidos, originalmente proveniente

do sangue, e o devolve para a circulação sanguínea.

do sangue, e o devolve para a circulação sanguínea. Vasos linfáticos drenam fluido extracelular dos tecidos
do sangue, e o devolve para a circulação sanguínea. Vasos linfáticos drenam fluido extracelular dos tecidos

Vasos linfáticos drenam fluido extracelular dos tecidos para o sangue

drenam fluido extracelular dos tecidos para o sangue O chamado de linfa fluido drenado é Fluido

O

chamado de linfa

fluido

drenado

é

Fluido extracelular é

constantemente

formado em todos os tecidos vascularizados em razão do movimento de um filtrado de plasma para fora dos capilares

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

SISTEMA LINFÁTICO

Os linfonodos são intercalados ao longo dos vasos linfáticos e

capturam e retêm os antígenos microbianos presentes na linfa, que foram capturados no local da infecção .

Antígenos microbianos associados às células

dendríticas

drenados para os

são

linfonodos

linfonodos 3
3
3
Resposta imune é iniciada

Resposta imune é iniciada

 
2
2

As células dendríticas capturam antígenos

microbianos e entram

nos vasos linfáticos.

1
1

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

LINFONODOS

São órgãos linfoides secundários, encapsulados e ricos em linfócitos, situados por todo o corpo ao longo dos vasos linfáticos, cujas principal função é:

Iniciar respostas imunológicas adaptativas aos antígenos microbianos trazidos pela linfa

Existem cerca de 500 linfonodos no corpo humano

adaptativas aos antígenos microbianos trazidos pela linfa ❖ Existem cerca de 500 linfonodos no corpo humano
adaptativas aos antígenos microbianos trazidos pela linfa ❖ Existem cerca de 500 linfonodos no corpo humano

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

BAÇO

O baço é um órgão linfoide secundário altamente vascularizado, cujas

principais funções são:

Remover células sanguíneas velhas e danificadas e partículas da circulação

Iniciar as respostas imunes adaptativas aos antígenos originados no sangue

imunes adaptativas aos antígenos originados no sangue ❖ Baço está localizado no quadrante superior esquerdo

Baço

está localizado no

quadrante superior esquerdo do

abdome

Baço representa o maior órgão do sistema linfoide

BAÇO

Baço

é

funcional

e

anatomicamente

dividido

em

polpa vermelha (rico

em

macrófagos e eritrócitos) e polpa branca (rica em linfócitos).

Os macrófagos da polpa vermelha servem como um importante filtro para o sangue,

destruindo microrganismos, células

danificadas, células recobertas de anticorpos.

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

destruindo microrganismos, células danificadas, células recobertas de anticorpos. ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

BAÇO

branca contém

linfócitos T e B que medeiam as respostas imunes adaptativas aos antígenos originados no sangue.

A

polpa

Indivíduos que não têm o baço são suscetíveis a infecções disseminadas com bactérias encapsuladas, tais como pneumococos e meningococos.

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

disseminadas com bactérias encapsuladas, tais como pneumococos e meningococos. ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

TECIDO LINFOIDE ASSOCIADO À MUCOSA (MALT)

Contém grandes números de linfócitos, células dendríticas e outros tipos de células dentro da mucosa dos tratos gastrointestinal e respiratório, que são locais de respostas imunes adaptativas aos

antígenos.

Exemplo: - Placas de Peyer no intestino - Tonsilas

PLACAS DE PEYER

Tecido linfoide organizado na

lâmina própria do intestino delgado onde as respostas imunes adaptativas aos antígenos ingeridos podem ser iniciadas.

lâmina própria do intestino delgado onde as respostas imunes adaptativas aos antígenos ingeridos podem ser iniciadas.

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

TECIDO LINFOIDE ASSOCIADO À MUCOSA (MALT)

Tonsilas

São massas pequenas de tecido linfoide incluídas na mucosa de

revestimento das cavidades bucais e faríngea.

As tonsilas palatinas (amígdalas) estão localizadas na parede póstero-lateral da garganta

As tonsilas faríngeas estão localizadas na parede posterior da

parte nasal da faringe;

Ambas atuam como uma defesa adicional contra a infecção de bactérias
Ambas atuam como uma defesa adicional
contra a infecção de bactérias

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

TECIDO LINFOIDE ASSOCIADO À MUCOSA (MALT)

Tonsilas

Tonsila faríngea (Adenoide) Tonsila palatina Tonsila lingual
Tonsila
faríngea
(Adenoide)
Tonsila
palatina
Tonsila
lingual
faríngea (Adenoide) Tonsila palatina Tonsila lingual As tonsilas palatinas , as adenoides e as tonsilas

As tonsilas palatinas, as adenoides e as tonsilas linguais são estruturas linfoides não encapsuladas situadas abaixo da mucosa epitelial estratificada na porção posterior da boca, e consistem em locais de respostas imunes a microrganismos na cavidade oral.

Eles frequentemente se tornam aumentados na infância devido a infecções recorrentes

ÓRGÃOS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

A amigdalite é a inflamação das tonsilas, que resulta em uma hipertrofia do órgão, as tonsilas são atacadas por

vírus ou bactérias, e desencadeiam respostas inflamatórias.

1. Todas as células sanguíneas são geradas a partir de qual células? 2. Qual as

1.

Todas as células sanguíneas são geradas a partir de qual células?

2.

Qual as células sanguíneas que são originadas do progenitor linfoide?

3.

Qual as células sanguíneas que são originadas do progenitor mieloide?

4.

Qual o primeiro leucócito que migra para o foco de inflamação? E qual

a principal função dessa célula?

5.

Quais são as células classificadas como fagócitos?

6.

O sistema fagocitário mononuclear é formado por quais células sanguíneas? Onde essas células se localizam no organismo?

7.

Em relação aos basófilos e eosinófilos, responda as questões abaixo:

a) Onde são formados?

b) Onde se localizam após serem produzidos?

c) Quais as principais funções?

8. Onde os mastócitos são encontrados após serem formados por células derivadas da medula óssea?

8. Onde os mastócitos são encontrados após serem formados por células derivadas da medula óssea? Qual a principal função dos mastócitos?

9. O que são células apresentadoras de Ag (APCs)? Citar 3 APCs. Por

que essas células são essenciais para a ativação dos linfócitos T em

resposta aos micróbios?

10. Se examinarmos os linfócitos em um esfregaço sanguíneo corado, não conseguiremos distinguir os tipos de linfócitos (célula Natural Killer, linfócito B e linfócito T (CD4 e CD8) já que essas células têm o mesmo aspecto após serem coradas. No entanto, cada uma destas células

apresentam funções bastante diferentes. Quais as principais funções

dessas células?

11. O que são órgãos linfoides primários? E órgãos linfoides periféricos?

12. Qual o órgão linfoide primário responsável pela maturação do linfócito T?

13. Onde os linfonodos ficam localizados e qual sua principal função? Por que é importante

13. Onde os linfonodos ficam localizados e qual sua principal função? Por que é importante para a resposta da imunidade adaptativa que os patógenos sejam drenados para os órgãos linfoides periféricos como

linfonodos e baço?

14. O baço é um órgão linfoide secundário altamente vascularizado, quais suas principais funções?

15. Quais os órgãos linfoides secundários estão envolvidos nas respostas imunes aos microrganismos na cavidade oral?