Você está na página 1de 105

IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ

CAMPUS BELÉM

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO


TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO EM ELETRÔNICA
INTEGRADO COM O ENSINO MÉDIO

BELÉM/PA ‐ abril 2016

01/12/2016 Pagina - 1 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

IFPA

REITOR
Prof.Dr. Cláudio Alex Jorge da Rocha.
PRÓ-REITORA DE ENSINO
Profa.Dra. Elinilze Guedes Teodoro.
PRÓ-REITORA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO
Profa.Dra. Ana Paula Palheta Santana.
PRÓ-REITORA DE EXTENSÃO
Profa.Dra. Mary Lucy Mendes Guimarães
PRÓ-REITOR DE ADMINISTRAÇÃO
Esp. Danilson Lobato da Costa
PRÓ-REITOR DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL
Prof.Msc. Raimundo Nonato Sanches de Souza

EQUIPE GESTORA DO IFPA CAMPUS BELÉM

DIRETOR GERAL-DG
Prof. Msc. Manoel Antônio Quaresma Rodrigues
DIRETORA DE ENSINO-DEN
Profa.Msc. Laura Helena Barros da Silva
DIRETOR DE PESQUISA, PÓS GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO-DPI
Prof. Dr. Raidson Jenner Negreiros de Alencar
DIRETOR DE EXTENSÃO-DEX
Prof . Dr. Hélio Antônio Lameira de Almeida
DIRETORA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO-DAP
Regina Glória Pinheiro de O. Silveira
DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO DE APOIO AO ENSINO-DEPAE
Profa. Msc. Adriana Mª N. de Souza Porto
DEPARTAMENTO DE ENSINO DE PROCESSOS INDUSTRIAIS, INFORMAÇÃO E
COMUNICAÇÃO-DEPIC
Prof. Msc. Talisman Claudio de Queiroz Teixeira Júnior

01/12/2016 Pagina - 2 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

DEPARTAMENTO DE ENSINO , GESTÃO E NEGÓCIOS, AMBIENTE E SAÚDE,


HOSPITALIDADE, LAZER E SEGURANÇA-DEGAS
Profa. Esp. Raissa Tavares da Silva
DEPARTAMENTO DE ENSINO, RECURSOS NATURAIS, DESIGN E
INFRAESTRUTURA-DERIN
Prof. Msc. Cláudio Cezar Cunha de Vasconcelos Chaves
DEPARTAMENTO DE ENSINO, CIÊNCIAS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES-
DEPRO
Profa. Msc. Shirley Capela Tozi
COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO DE ELETRÔNICA
Prof. Abel Augusto de Vasconcelos Chaves Neto

EQUIPE DE ELABORAÇÃO DO PPC


Abel Augusto de Vasconcelos Chaves Neto
Agesandro Caetano Corrêa
Everaldo José Rabelo dos Santos
Regina Coeli da Conceição
Roberto Santos de Siqueira
Valdomiro Melo Pereira
Alcides Guimarães Machado
Marcio Nazareno de Araujo Moscoso
Raimundo Nonato Merces Machado
Sebastião César do Nascimento Ribeiro
Selma Cristina Freitas Freire
Vitor Hugo Pereira de Souza

01/12/2016 Pagina - 3 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

- DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO


MEC – SETEC
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,
CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ
Campus Belém

Nome de Fantasia: IFPA campus Belém

CNPJ 10.763.998/0001-30

Razão Social: Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do


Pará, campus Belém

Esfera Administrativa: Federal

Endereço (Rua, No): Av. Almirante Barroso nº 1155 - Marco

Cidade/UF/CEP: Belém - PA CEP: 66.093-020

Telefone/Fax: (91) 3201-1776 Fax: (91) 3226-9710

E-mail de contato: abel.chaves@ifpa.edu.br

Site da unidade: www.ifpa.edu.br

http://belem.ifpa.edu.br/

Redes Sociais twitter: @ifpacampusbelem


Facebook: (IFPA Campus Belém):
https://www.facebook.com/ifpacampusbelem/?fref=ts
Youtube: (IFPA campus Belém ASCOM):
https://www.youtube.com/user/ifpacampusbelem
Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais

Curso: TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO EM ELETRÔNICA


INTEGRADO COM O ENSINO MÉDIO
Carga Horária 3253,33 horas
(2033,33h de formação básica e 1220,00h profissional)
Horas de Estágio: 240 horas (opcional)
Regime Anual (3 anos)

01/12/2016 Pagina - 4 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

- SUMÁRIO

PÁGINA
1. APRESENTAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
2. JUSTIFICATIVA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
3. OBJETIVOS (Gerais e Específicos) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
4. REGIME LETIVO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
5. REQUESITOS E FORMAS DE ACESSO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
6. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
7. REPRESENTAÇÃO GRAFICA DO ITINERÁRIO FORMATIVO . . . . . . . . . . . . . 16
8. MATRIZ CURRICULAR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
8.1 Projeto Integrador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
9. PRÁTICA PROFISSIONAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
10. ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
11. ATIVIDADES COMPLEMENTARES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
12. ATIVIDADES DE TUTORIA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61
13. TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) NO
PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61
14. ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63
15. CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE
ENSINO–APRENDIZAGEM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 64
16. CRITÉRIOS DE APROVEITAMENTO DE CONHECIMENTOS E
EXPERIÊNCIAS ANTERIORES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67
17. CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO DO CURSO . . . . . . . . . . 68
18. SISTEMA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70
19. DESCRIÇÃO DO CORPO SOCIAL DO CURSO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71
20. INFRAESTRUTURA FÍSICA E RECURSOS MATERIAIS . . . . . . . . . . . . . . . . 75
21. ARTICULAÇÃO DO ENSINO COM A PESQUISA E A EXTENSÃO . . . . . . . . 82
22. POLÍTICAS DE INCLUSÃO SOCIAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89
23. DIPLOMAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
REFERÊNCIAS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 102
LISTA DE FIGURAS, TABELAS E QUADROS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 105

01/12/2016 Pagina - 5 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

1. - APRESENTAÇÃO
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará-IFPA foi
criado por meio da Lei 11.892 de 29 de dezembro de 2008. Esta lei instituiu a Rede
Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica vinculada ao Ministério
da Educação. O capítulo II, seção I, inciso XX estabeleceu que o então Centro
Federal de Educação Tecnológica do Pará e as Escolas Agrotécnicas Federais de
Castanhal e Marabá passassem a ser uma mesma instituição, o IFPA. A partir desta
lei, as instituições e unidades vinculadas ao IFPA passaram para a condição de
Campus, desta forma nossa unidade em Belém passou para o status de Campus do
IFPA.
O IFPA Campus Belém possui 106 anos de história, passando por várias
reformas ocorridas na Educação profissional do Brasil, tendo sido: Escola de
Aprendizes Artífices do Pará - EAA/PA (1909), Liceu Industrial do Pará - LI/Pará
(1937), Escola Industrial de Belém (1942), Escola Federal Industrial do Pará (1966),
Escola Técnica Federal do Pará - ETFPA (1968), Centro Federal de Educação
Tecnológica do Pará - CEFET/PA (1999) e desde 2008 foi incorporado como
Campus integrante do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará-
IFPA.
O IFPA Campus Belém é localizado na Avenida Almirante Barroso 1155,
entre travessa Timbó e travessa Mariz e Barros, bairro do Marco, CEP 66093-020. A
área de abrangência do Campus Belém, foi definida pela resolução nº 111/2015-
CONSUP de 19 de agosto de 2015, e além do município de Belém, no que tange a
oferta de ensino, os municípios de Benevides, Cachoeira do Arari, Marituba, Muaná,
Ponta de Pedras, Santa Bárbara, Salvaterra, São Sebastião da Boa Vista e Soure
também fazem parte dessa abrangência.
Atualmente o IFPA Campus Belém oferta cursos de nível médio, na
modalidade da Educação Profissional e Tecnológica nas formas Integrada ao
Ensino Médio (ensino médio e educação profissional compondo currículo único e
integrado constituído de formação geral e formação técnica, destinando-se ao
público que concluiu o ensino fundamental, preferencialmente na faixa etária própria:
menores de 18 anos) e Subsequente (curso técnico de nível médio destinado a
aqueles que já concluíram o Ensino Médio, com currículo constituído apenas da
formação técnica), são eles: técnico em Telecomunicações, técnico em

01/12/2016 Pagina - 6 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Eletrotécnica, técnico em Eletrônica, técnico em Informática, técnico em Química,


técnico em Metalurgia, técnico em Mecânica, técnico em Agente Comunitário de
Saúde, técnico em Eventos, técnico em Segurança do Trabalho, técnico em
Edificações, técnico em Estradas, técnico em Agrimensura, Geodésia e Cartografia,
técnico em Design de Interiores, técnico em Mineração, técnico em Pesca e
Aquicultura e técnico em Saneamento.
Compõe a oferta do IFPA Campus Belém cursos Superiores de Tecnologia,
em nível de graduação, com currículo específico estruturado para uma área de
formação específica, que tem como pré-requisito a conclusão do ensino médio por
parte do ingressante, são eles: Tecnologia em Sistemas de Telecomunicações,
Tecnologia em Eletrotécnica Industrial, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento
de Sistemas, Tecnologia em Saneamento Ambiental, Tecnologia em Gestão Pública
e Tecnologia e Gestão de Saúde.
Ainda no que tange a oferta do ensino superior, o IFPA Campus Belém
possui cursos de graduação na área da Engenharia, para o qual é exigida como
pré-requisito a conclusão do ensino médio por parte do ingressante. Estão assim
elencados: Engenharia de Materiais e Engenharia de Controle e Automação.
O IFPA Campus Belém oferta ainda cursos de graduação na área das
licenciaturas, para os quais também é necessário que o ingressante tenha
concluído o ensino médio: Licenciatura em Geografia, Licenciatura em Física,
Licenciatura em Química, Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Ciências
Biológicas, Licenciatura em Letras e Licenciatura em Pedagogia.
Em nível de pós-graduação lato sensu está vigente a oferta do curso de
especialização em Educação para as Relações Etnicorraciais, História e Cultura
Afrobrasileira e Africana coordenado pelo NEAB (Núcleo de Estudos Afrobrasileros e
Diversidades). Para este curso é necessário que o ingressante tenha concluído
curso de graduação. Em nível de pós-graduação stricto sensu já está aprovado
pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) o
curso de Mestrado em Engenharia de Materiais com previsão para abertura de edital
para primeira turma em 2016.
A retomada de oferta de cursos em EJA-EPT (Educação de Jovens e Adultos
integrada à Educação Profissional e Tecnológica) já está em fase de estruturação e
construção das propostas pelo Campus Belém, outras ofertas como de PRONATEC

01/12/2016 Pagina - 7 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

(Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), PARFOR (Plano


Nacional de Formação de Professores), UAB (Universidade Aberta do Brasil), E-TEC
Brasil estão finalizando turmas em andamento e ou em processo de retomada de
oferta, ressalvando-se as especificidades da oferta de cada programa.
De acordo com o organograma do Campus Belém, compõem a estrutura da
Direção de Ensino os seguintes Departamentos: Departamento Pedagógico de
Apoio ao Ensino (DEPAE), Departamento de Ensino, Processos Industriais,
Informação e Comunicação (DEPIC), Departamento de Ensino, Gestão e Negócios,
Ambiente e Saúde, Hospitalidade, Lazer e Segurança (DEGAS), Departamento de
Ensino, Recursos Naturais, Design e Infraestrutura (DERIN) e Departamento de
Ensino, Ciências e Formação de Professores (DEPRO). O curso de Técnico em
Eletrônica está ligado ao Departamento de Ensino, Processos Industriais,
Informação e Comunicação (DEPIC) enquadra-se dentro do Eixo Tecnológico de
Controle e Processos Industriais, de acordo com o Catálogo Nacional dos Cursos
Técnicos versão 2014.
O Curso Técnico em Eletrônica foi criado em 1972 ainda sob a administração
da Escola Técnica Federal do Pará, e como tradição de formação de seus alunos, o
curso direcionou o currículo para a área de trabalho nas indústrias, e que permanece
até hoje sob a administração do IFPA, com orientação para o eixo tecnológico de
Controle de Processos Industriais. Este eixo compreende tecnologias associadas à
infraestrutura e processos mecânicos, elétricos e eletroeletrônicos, em atividades
produtivas. Abrange proposição, instalação, operação, controle, intervenção,
manutenção, avaliação e otimização de múltiplas variáveis em processos, contínuos
ou discretos.

2. - JUSTIFICATIVA

A concepção para a construção da Educação Profissional Técnica de Nível


Médio Integrada com o Ensino Médio, ofertada pelo IFPA campus Belém tem como
base a formação integrada do educando, onde se assume o trabalho como princípio
educativo, o que implica:

a) Considerar o trabalho como elemento central do processo de produção da


existência humana, por meio do qual transforma a natureza produzindo os bens
necessários que visam garantir sua sobrevivência, a partir das condições históricas,

01/12/2016 Pagina - 8 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

materiais e espirituais existentes. Pelo trabalho o homem produz cultura, constrói


ciência, técnicas, tecnologias, artes e valores e sua própria história que se tornam
objetos a serem transmitidos a novas gerações pela escola (SAVIANI, 2006; PARO,
1989; FRIGOTTO, 2005). A educação escolar, nessa perspectiva, é a mediação pela
qual os homens em processo de interação social socializam a cultura produzida pela
humanidade, por meio do trabalho e produzem novos conhecimentos;

b) Tomar o processo formativo na via de superação do dualismo da educação


que historicamente se fez presente em nosso país, determinando no Ensino Médio
dois modelos de educação: um para a formação das classes hegemônicas fundadas
numa cultura geral; outro para a classe trabalhadora de caráter técnico e
instrumental voltado unicamente para a formação de mão de obra requerida pelo
mercado, reproduzindo a trajetória da divisão entre trabalho intelectual e manual,
cuja configuração marca nosso contexto societário que são impregnados de
desigualdades, exclusão social, alienação e valores individualistas, competitivos que
acabam por destruir a possibilidade dos homens se constituírem como sujeitos que
possuem subjetividades e o direito de usufruírem de todos os bens que são
produzidos pela humanidade.

c) Resignificar a dimensão do trabalho, de seu sentido desumanizador em


vista do seu potencial criador e humanizador, pela mediação de uma prática
pedagógica que estabeleça a articulação entre as duas dimensões, a partir de uma
visão crítica da sociedade, do mundo do trabalho e da própria educação, bem como
dos elementos que permeiam estas relações enquanto processos histórico-sociais,
produzidos pelos homens, em vista de sua autotransformação e da mudança na
realidade, na busca de superação dos problemas econômicos, políticos, sociais e
culturais.

Nesse sentido, a formação integrada deverá articular um processo formativo


que contemple a unidade entre Formação Geral e Formação para o Mundo do
Trabalho, sem atrelar-se de forma imediatista a este. Assim, forma-se não somente
um trabalhador, mas também o cidadão responsável pela construção de uma
sociedade fundada na justiça social, no desenvolvimento sustentável, no trabalho
como direito e garantia de acesso ao saber em todos os níveis e modalidades.

01/12/2016 Pagina - 9 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

A formação integrada deve ocorrer a partir da construção e da produção de


conhecimentos teóricos e práticos que possibilitem aos estudantes um sólido
domínio das técnicas, das tecnologias e dos conhecimentos científicos que lhes dão
sustentação, que estão na base do sistema produtivo, articulado às demais ciências
- as artes, a linguagem, a filosofia - de modo que possam compreender a realidade
enquanto totalidade dialética em suas múltiplas dimensões: social, econômica,
política e cultural. Essa formação não estaria completa se deixasse de contemplar a
reflexão sobre os processos de discriminação que envolve as questões de
raça/etnia, gênero e etc., na perspectiva de restabelecimento de convivência
humana solidária e fraterna. O que se pretende é formar profissionais competentes
técnica e politicamente, capazes de atuar no mundo do trabalho como cidadão.

O Estado do Pará, localizado na Região Norte, adentrará o próximo milênio


com uma economia em franco crescimento, alicerçada em quatro grandes eixos, que
visam justamente o aproveitamento de suas abundantes riquezas naturais: turismo,
agroindústria, produção mineral e energia. Há excelentes oportunidades de
negócios, a curto, médio e longos prazos, envolvendo inúmeras atividades, como
por exemplo, a produção, beneficiamento e exportação de frutos nativos ou exóticos,
em polpa, sucos ou in natura; criação e exportação de peixes e mariscos; cultivo de
grãos (soja, milho, feijão) e café; produção de gado bovino e bubalino, leiteiro e de
corte, inclusive com a implantação de curtumes, frigoríficos e indústrias de laticínios;
extração e beneficiamento de minérios e metais; lapidação de pedras preciosas;
exploração de redes hoteleiras, pousadas e roteiros turísticos; desenvolvimento de
tecnologias de industrialização; e projetos hidroelétricos e energias renováveis.

O eixo de Controle e Processos Industriais compreende: processos contínuos


ou discretos, de transformação de bens, de consumo ou produção. Processos esses
que necessitam de infra-estrutura de energia e redes de comunicação. Os
processos contínuos são automatizados e transformam materiais, substâncias ou
objetos ininterruptamente, podendo conter informações bio-físico-químicas durante o
processo. Os discretos, não contínuos, geralmente requerem a intervenção direta
do profissional e caracterizam-se por operações físicas de controle das formas dos
produtos. Com a crescente automação, os processos discretos tendem assemelhar-
se aos processos contínuos, de modo que o profissional interfira de forma indireta
por meio de sistemas microprocessados. Em todos estes processos e inclusive na
01/12/2016 Pagina - 10 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

área de prestação de serviços, o Técnico em Eletrônica é um profissional muito


requisitado.

Focado nas necessidades da sociedade, o Instituto Federal de Educação


Ciência e Tecnologia do Estado do Pará, como instituição fornecedora de educação
profissional, com base nos resultados de informações oriundas dos setores
envolvidos diretamente no ramo da eletrônica, e visando atender a uma clientela que
busca qualificação profissional nesta área, estruturou a proposta pedagógica para o
curso de eletrônica com arquitetura curricular construída de acordo com o que prevê
a legislação da educação profissional ora vigente, objetivando atender o que dispõe
o Catalogo Nacional dos Cursos Técnicos de Nível Médio, instituído pela Resolução
CNE/CEB no 3, de 9 de julho de 2008.

O Curso Técnico inclui componentes curriculares que habilitam ao aluno a


exercer atividade profissional como Técnico em Eletrônica. A intregalização da
estrutura curricular do curso habilita ao devido registro no Conselho Regional de
Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA). Sendo as normas associadas ao
exercício profissional: Lei nº 5.524/1968. Resolução CONFEA nº 262/1979.
Resolução CONFEA nº 1010/2005.

O campo de atuação do Técnico em Eletrônica pode ser em: Empresas que


atuam na instalação, manutenção, comercialização e utilização de equipamentos e
sistemas eletrônicos. Grupos de pesquisa que desenvolvam projetos na área de
sistemas eletrônicos. Laboratórios de controle de qualidade, calibração e
manutenção. Empresas de Informática e de produtos eletrônicos. Concessionárias e
prestadores de serviços de telecomunicações. E as ocupações associadas aos
técnicos deste curso, com respectivo código CBO são: 313205-Técnico de
manutenção eletrônica. 313210-Técnico de manutenção eletrônica (circuitos de
máquinas com comando numérico). 313215-Técnico eletrônico. 318305-Desenhista
técnico (eletricidade e eletrônica). 318710-Desenhista projetista eletrônico.

Este curso deve fornecer possibilidades de formação continuada em cursos


de especialização técnica no itinerário formativo como: Especialização técnica em
manutenção de equipamentos de energias alternativas. Especialização técnica em
automação predial e residencial. Especialização técnica em automação com
dispositivos móveis. Especialização técnica em eficiência energética.
01/12/2016 Pagina - 11 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Ou ainda dar possibilidades de verticalização para cursos de graduação no


itinerário formativo, tais como: Curso superior de tecnologia em eletrônica industrial.
Curso superior de tecnologia em eletrotécnica industrial. Curso superior de
tecnologia em manutenção industrial. Curso superior de tecnologia em mecatrônica
industrial. Curso superior de tecnologia em sistemas elétricos. Curso superior de
tecnologia em energias renováveis. Bacharelado em engenharia eletrônica.
Bacharelado em engenharia elétrica. Bacharelado em engenharia de automação.
Bacharelado em engenharia de controle e automação. Bacharelado em engenharia
de instrumentação. Bacharelado em engenharia de manutenção eletrônica.
Bacharelado em engenharia de telecomunicações. Bacharelado em engenharia
mecatrônica. Bacharelado em engenharia da computação. Bacharelado em ciências
e tecnologia. Tudo conforme o Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos na edição
2014.

Este Projeto Pedagógico do Curso Técnico de Nível Médio em Eletrônica


Integrado com o Ensino Médio é uma atualização do curso que vem sido oferecido
no IFPA, devido a mudanças na legislação e reestruturação do curso.

3. - OBJETIVOS

OBJETIVO GERAL DO CURSO

Proporcionar formação Técnica de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o


Ensino Médio ao estudante, para que, ao final da mesma, possa atuar no mundo do
trabalho local, regional e nacional, não apenas vinculando-o as necessidades do
mercado de trabalho, mas também lhe proporcionando a compreensão da realidade
numa perspectiva crítico-reflexivo, transformadora e de atuação cidadã, tendo como
horizonte a construção de uma sociedade mais justa.

Objetivos Específicos

 Propiciar ao aluno o desenvolvimento de habilidades como observação,


interpretação e análise da realidade a partir do conhecimento de técnicas e
ferramentas profissionais para contribuir no processo produtivo de

01/12/2016 Pagina - 12 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

componentes, dispositivos, equipamentos e sistemas que utilizam tecnologias


eletrônicas;

 Participar do desenvolvimento de projetos. Executar a instalação, operação e


a manutenção de instrumentos, equipamentos e sistemas eletrônicos.
Realizar medições e testes com equipamentos eletrônicos.

 Proporcionar ao aluno acesso às informações técnicas estruturadas nos


conceitos de eletricidade, eletrônica, microprocessadores, equipamentos
eletrônicos, medida e testes de variáveis elétricas, técnicas de instalação e
manutenção eletrônica.

 Auxiliar e/ou acompanhar procedimentos de controle de qualidade e gestão


da produtividade das questões éticas, ambientais, de sustentabilidade e
viabilidade técnico-econômica pertinente a este curso.

 A proposição, implantação, intervenção direta ou indireta em processos, além


do controle e avaliação das múltiplas variáveis encontradas no segmento
produtivo, pertinentes a este curso.

 Incentivar a participação em projetos de pesquisa e extensão que devem ser


interligadas e voltadas às necessidades da comunidade escolar e da
comunidade em que está inserida a escola.

4. - REGIME LETIVO

O Curso Técnico em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio será


desenvolvido com regime anual, com duração total de 3 anos, incluindo disciplinas
de formação geral e disciplinas de formação profissional, tendo uma carga horária
total de 3223,33 horas, correspondendo a um total de 3844 aulas de 50 minutos, na
modalidade presencial, mais 20 horas de atividades complementares, e mais 240
horas de estágio profissional não obrigatório.

As turmas regulares do referido curso deverão ser ofertadas anualmente, para


serem desenvolvidas inicialmente no período da manhã (no período letivo 2017) e
alternando a cada ano seguinte, com oferta no período da tarde e da manhã
alternadamente. Este regime de ofertas de turmas em regimes alternados a cada

01/12/2016 Pagina - 13 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

ano permite que o aluno que possa vir a ficar em dependência em alguma
componente curricular tenha oportunidade de recuperar seus estudos no ano
imediatamente seguinte em um contraturno.
Será ofertado o total máximo de 30 vagas por turma, por cada período letivo
anual. O limite máximo da turma não pode ultrapassar 36 alunos devido à limitação
física de 18 alunos nos laboratórios (com a turma dividida).

O tempo mínimo para integralização do curso é de 3 (três) anos e o máximo


de 5 (cinco) anos, conforme o artigo 209 do Regulamento Didático Pedagógico do
IFPA.

5. - REQUISITOS E FORMA DE ACESSO

“O curso Técnico em Eletrônica Integrado ao Nível Médio tem como público o


alvo o estudante que já tenha concluído o ensino fundamental, de acordo com o
Artigo Quarto, § 1o do DECRETO 5.154, de 23 de julho de 2004”.
“A forma de acesso ao curso far-se-á mediante Processo Seletivo
classificatório, por meio de edital, conforme previsto no Artigo 141 da Resolução
041/2015 do CONSUP. Além desta forma, estão previstas também, as
possibilidades de transferências previstas no regulamento Didático Pedagógico,
como Transferência de outra instituição pública de ensino, Transferência ex officio e
Transferência interna no âmbito dos campi do IFPA. A solicitação de matrícula de
estudante ex officio se dá a qualquer momento através de abertura de processo
administrativo, conforme o Artigo 165 da Resolução 041/2015 do CONSUP. Os
outros tipos de transferência estão vinculadas à aprovação em Processo Seletivo
Especial, conforme os Artigos 171, inciso I e Art. 179, inciso I do Regulamento
Didático-Pedagógico do Ensino do IFPA, aprovado conforme Resolução 041/2015
do CONSUP.”
O acesso ao curso também atende a Lei Nº 12.711, de 29 de agosto de 2012
que dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais
de ensino técnico de nível médio, reservando cotas para estudantes que tenham
cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas, aos estudantes oriundos
de famílias com renda igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo, e alunos autodeclarados
pretos, pardos e indígenas.

01/12/2016 Pagina - 14 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

6. - PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

PERFIL DO CURSO

O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio


encontra-se agrupado no Eixo Tecnológico de Controle e Processos Industriais
constante do Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos na edição 2014. Segundo este
catálogo, o eixo tecnológico de Controle de Processos Industriais “compreende
tecnologias associadas aos processos mecânicos, eletroeletrônicos e físico-
químicos. Abrange ações de instalação, operação, manutenção, controle e
otimização em processos, contínuos ou discretos, localizados predominantemente
no segmento industrial, contudo alcançando também, em seu campo de atuação,
instituições de pesquisa, segmento ambiental e de serviços. A proposição,
implantação, intervenção direta ou indireta em processos, além do controle e
avaliação das múltiplas variáveis encontradas no segmento produtivo, identificam
este eixo. Traços marcantes deste eixo são: a abordagem sistemática da gestão da
qualidade e produtividade, das questões éticas e ambientais, de sustentabilidade e
viabilidade técnico-econômica, além de permanente atualização e investigação
tecnológica”.
O perfil profissional de conclusão do curso abrange as seguintes atividades:
Desenvolve projetos eletrônicos com microcontroladores e microprocessadores.
Executa e supervisiona a instalação e a manutenção de equipamentos, sistemas
eletrônicos inclusive de transmissão e recepção de sinais. Realiza medições, testes
e calibrações de equipamentos eletrônicos. Executa procedimentos de controle de
qualidade e gestão de equipamentos eletrônicos.

PERFIL DO EGRESSO:

O egresso do Curso Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o


Ensino Médio é o profissional cidadão que possui uma sólida formação integrada,
abrangendo os domínios das técnicas, tecnologias e dos conhecimentos científicos
inerentes à mesma de modo a permitir sua inserção no mundo do trabalho, de
acordo com o Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos, a saber: Realiza integração
de sistemas de automação. Emprega programas de computação e redes industriais

01/12/2016 Pagina - 15 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

no controle da produção. Propõe, planeja e executa instalação de equipamentos


automatizados e sistemas robotizados. Realiza manutenção em sistemas de
automação industrial. Realiza medições, testes e calibrações de equipamentos
elétricos. Executa procedimentos de controle de qualidade e gestão. Estando
capacitado a exercê-las com competência técnica, com autonomia, criatividade,
trabalhando em equipe e politicamente posicionar-se em relação ao modelo
predominante do sistema produtivo.
Segundo a formação integrada, o egresso deve conhecer as formas
contemporâneas de linguagem, com vistas ao exercício da cidadania e à preparação
básica para o trabalho, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da
autonomia intelectual e do pensamento crítico;

Além disso, ser capaz de continuar aprendendo adaptando-se com


flexibilidade a novas condições de ocupações ou aperfeiçoamentos posteriores,
produzir novos conhecimentos e inserir-se como sujeito na vida social, política e
cultural, de forma ativa, participativa e solidária, consciente de seu papel de cidadão.

Neste sentido garantir ao estudante deste curso a formação humana,


intelectual e profissional, dando ao mesmo a possibilidade de continuar seus
estudos e acesso ao mundo do trabalho, auxiliando no seu aprimoramento como
pessoa.

7. - REPRESENTAÇÃO GRAFICA DO ITINERÁRIO FORMATIVO

Para a formação do Curso Técnico em Eletrônica existem duas opções: Com estágio
e sem estágio, que são apresentadas a seguir, com respectivas cargas horárias e os
percentuais necessários para a integralização.

01/12/2016 Pagina - 16 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA COM ESTÁGIO


Curso Técnico Eletrônica com estágio

Figura 1: Distribuição da carga horária total de 3493,33 horas

O tempo total de 3493,33 horas do Curso Técnico de Nível Médio em


Eletrônica Integrado com o Ensino Médio é formado por:
58% das horas destinadas ao ensino de formação geral (ensino médio com 30
disciplinas) com 2033,33 horas,
29% destinado às disciplinas de formação específica do curso técnico (9 disciplinas)
com 1000,00 horas,
6% destinado às disciplinas de base técnica diversificada (6 disciplinas) com 200,00
horas,
7% do tempo destinado a prática profissional na forma de um estágio curricular
supervisionado com 240,00 horas.
0% Atividades Complementares é composta por atividades formativas profissionais
com 20,00h.
O núcleo de disciplinas da formação geral que integra as três áreas de
conhecimentos do ensino médio (Linguagens e suas Tecnologias; Ciências
Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza, Matemática e suas
Tecnologias);
A soma das horas das disciplinas de formação específica corresponde a um
total de 1.200 horas mais 20 h de Atividades Complementares, que é a carga horária
mínima estabelecida pela Resolução CNE/CEB 4/99 para os cursos da área da
Indústria.
No Estágio Curricular Profissional Supervisionado, o aluno tem a
oportunidade de vivenciar as atividades profissionais de um Técnico em Eletrônica e
pode ser realizado durante o terceiro ano do curso. Conforme o período de
realização do estágio curricular, o aluno poderá completar este curso em no mínimo
três anos.
01/12/2016 Pagina - 17 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA SEM ESTÁGIO

Curso Técnico Eletrônica sem estágio

Figura 2: Distribuição da carga horária total de 3253,33 horas

Neste caso o aluno não terá a oportunidade de realização do Estágio


Curricular Supervisionado, e então poderá dar mais ênfase a formação média.
Apesar disto foi previsto uma carga horária adicional de 20h para Atividades
Complementares, composta por atividades formativas profissionais.
O tempo total de 3253,33 horas do Curso Técnico de Nível Médio em
Eletrônica Integrado com o Ensino Médio é formado por:
62% das horas destinadas ao ensino de formação geral (ensino médio com 30
disciplinas) com 2033,33 horas;
31% destinado às disciplinas de formação específica do curso técnico (9 disciplinas)
com 1000,00 horas;
6% destinado às disciplinas de base técnica diversificada (6 disciplinas) com 200,00
horas;
1% Atividades Complementares é composta por atividades formativas profissionais
com 20h.
Apesar desta opção de formação do curso não incluir o estágio, a soma das
horas das disciplinas de formação específica com as disciplinas de base técnica
diversificada corresponde a um total de 1.200 horas, que é a carga horária mínima
estabelecida pela Resolução CNE/CEB 4/99 para os cursos da área da Indústria. E
ainda mais 20 horas de Atividades Complementares, composta por atividades
formativas profissionais.

01/12/2016 Pagina - 18 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

8. – MATRIZ CURRICULAR
“O curso Técnico Integrado ao Nível Médio deve assegurar, simultaneamente,
o cumprimento das finalidades estabelecidas para a formação geral e as condições
de preparação para o exercício das profissões técnicas, conforme o Artigo Quarto,
§ 2º, do Decreto 5154/04”.
Assim, a LDB estabelece que os currículos do ensino médio devam ter
obrigatoriamente o estudo da língua portuguesa e da matemática, o conhecimento
do mundo físico e natural e da realidade social e política, especialmente no Brasil. O
projeto deste curso contempla essas áreas, pois disponibiliza em todas as séries, os
componentes curriculares: Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química,
Biologia, História, Geografia, Filosofia e Sociologia.
A Lei 11769/08 estabelece que o ensino de música é conteúdo obrigatório
dentro do ensino das artes, mas não exclusivo. Este projeto atende a esse requisito
na disciplina de Artes.
A LDB e a Lei 10793/03 estabelecem a obrigatoriedade da Educação Física
no ensino médio, requisito atendido no primeiro ano letivo do curso.
As Componentes Curriculares de História abordam as contribuições das
diferentes culturas e etnias para a formação do povo brasileiro, especialmente das
matrizes indígena, africana e europeia, estabelecidas na LDB, bem como da
temática da História e da Cultura Afro-Brasileira e Indígena.
A LDB estabelece também que o curso oferte uma língua estrangeira
moderna, cuja escolha ficará a cargo da comunidade escolar. Assim sendo, a
comunidade do IFPA Campus Belém decidiu pela oferta do Inglês, por se tratar de
uma língua amplamente utilizada no mercado de trabalho, considerando a sociedade
globalizada e as redes de comunicação. Por outro lado, a Lei 11161/05 estabelece a
obrigatoriedade da oferta, como componente optativa, da Língua Espanhola. Neste
curso, o aluno poderá se inscrever para cursar a disciplina no primeiro ano letivo, em
contra-turno, em turmas que serão ofertadas anualmente pelo Campus Belém.
As Componentes Curriculares de Sociologia contemplam a abordagem dos
direitos humanos, no ensino médio.
Além disso, alguns temas obrigatórios, como Princípios da proteção e defesa
civil, Educação ambiental, Prevenção da violência contra a criança e ao adolescente,

01/12/2016 Pagina - 19 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Estatuto do Idoso e Código de Trânsito Brasileiro serão tratados de forma


transversal e interdisciplinar, com abordagem sob a forma de semanas temáticas.
A organização curricular do curso Técnico de Eletrônica é constituída de três
anos distribuídos segundo níveis de habilidades profissionais, alcançando o perfil da
habilitação oferecido na área da indústria e contempla conhecimentos relacionados
a: leitura e produção de textos técnicos; estatística e raciocínio lógico; ciência,
tecnologia e inovação; investigação tecnológica; empreendedorismo; tecnologias de
comunicação e informação; desenvolvimento interpessoal; legislação; normas
técnicas; saúde e segurança no trabalho; gestão da qualidade e produtividade;
responsabilidade e sustentabilidade social e ambiental; qualidade de vida; e ética
profissional, conforme proposto no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.
As Componentes Curriculares que compõem a base técnica diversificada e
projeto integrador são: Higiene e Segurança no Trabalho; Empreendedorismo e
Cooperativismo; Organização e Normas do Trabalho; Gestão da Qualidade; e
Projeto Integrador I e II. Estas disciplinas não são diretamente voltadas à formação
Técnica de Eletrônica, mas sim a formação do espírito empreendedor e inovador do
aluno que deverá ser útil no seu desempenho profissional.
O estágio curricular não obrigatório deverá ser realizado em contraturno
durante o terceiro ano do curso.
A diplomação ocorrerá após a conclusão das três etapas anuais, e se for
optado pelo estágio curricular não obrigatório, após a conclusão deste.
Todas as Componentes Curriculares são anuais e trabalham com NOTA,
exceto o Projeto Integrador, as Atividades Complementares e o Estágio
Supervisionado que trabalham com CONCEITO, conforme o capitulo VIII Da
Avaliação da aprendizagem do Regulamento Didático-Pedagógico do Ensino no
instituto Federal de educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA.
A seguir estão apresentados os quadros de 1 a 4, com a matriz curricular do
curso.

01/12/2016 Pagina - 20 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

IFPA campus Belém


TÉCNICO EM ELETRÔNICA INTEGRADO COM O ENSINO MÉDIO
REGIME ANUAL

ch/a Ch/a
1º ano semanal total Ch Total
Matemática I 3 120 100,00
Língua Portuguesa I 2 80 66,66
Inglês 2 80 66,66
Espanhol 0 0 0,00
História I 2 80 66,66
Geografia I 2 80 66,66
Filosofia I 2 80 66,66
Sociologia I 2 80 66,66
Física I 2 80 66,66
Química I 2 80 66,66
Componentes
Curriculares

Biologia I 2 80 66,66
Artes 2 80 66,66
Educação Física 2 80 66,66
Quantidade destas componentes 25 1000 833,33
Ch/a semanal - Ch/a total anual - Ch total
Circuitos Elétricos 4 160 133,33
Higiene e Segurança do Trabalho 1 40 33,33
Empreendedorismo e Cooperativismo 1 40 33,33
Introdução a Tecnologia da Informação
2 80 66,66
e Computação
Eletrônica Digital 4 160 133,33
Quantidade destas componentes
Ch/a semanal – Ch/a total anual – Ch 12 480 400,00
total

Total aula semanal deste ano (30h/a)


37 1480 1233,33
Total ch/a anual – Total ch
Quadro 1: Matriz curricular curso Técnico em Eletrônica Integrado 1º ano

Obs:
- Aula de 50 minutos.
- Período anual com 40 semanas letivas.
- Ch: Carga horária (hora relógio)
- Ch/a: Carga de horas-aulas (aulas de 50 minutos).
- Educação Física realizada no contraturno.
- Língua estrangeira pode ser Inglês ou Espanhol.

01/12/2016 Pagina - 21 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

IFPA campus Belém


TÉCNICO EM ELETRÔNICA INTEGRADO COM O ENSINO MÉDIO
REGIME ANUAL

ch/a Ch/a Ch
2º ano semanal total Total
Matemática II 2 80 66,66
Língua Portuguesa II 2 80 66,66
História II 2 80 66,66
Geografia II 2 80 66,66
Filosofia II 2 80 66,66
Sociologia II 2 80 66,66
Física II 2 80 66,66
Componentes
Curriculares

Química II 2 80 66,66
Biologia II 2 80 66,66
Quantidade destas componentes 18 720 600,00
Ch/a semanal – Ch/a total anual – Ch total
Organização e Normas do Trabalho 1 40 33,33
Gestão da Qualidade 1 40 33,33
Comandos Industriais 2 80 66,66
Eletrônica Aplicada 3 120 100,00
Eletrônica Analógica 4 160 133,33
Projeto Integrador I 1 40 33,33
Quantidade destas componentes
12 480 400,00
Ch/a semanal - Ch/a total anual - Ch total

Atividades Complementares 10,00

Total aula semanal deste ano


30 1200 1010,00
Total ch/a anual – Total ch
Quadro 2: Matriz curricular curso Técnico em Eletrônica Integrado 2º ano

Obs:
- Aula de 50 minutos.
- Período anual com 40 semanas letivas.
- Ch: Carga horária (hora relógio)
- Ch/a: Carga de horas-aulas (aulas de 50 minutos).
- As Atividades Complementares, apesar de especificado nesta grade com 10,00h
no segundo ano, poderão ser realizadas ao longo do curso, no contraturno e
deverão ser integralizadas com no mínimo de 20,00 horas no final do curso.

01/12/2016 Pagina - 22 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

IFPA campus Belém


TÉCNICO EM ELETRÔNICA INTEGRADO COM O ENSINO MÉDIO
REGIME ANUAL

ch/a Ch/a Ch
3º ano semanal total Total
Matemática III 2 80 66,66
Língua Portuguesa III 2 80 66,66
História III 2 80 66,66
Geografia III 2 80 66,66
Filosofia III 2 80 66,66
Componentes
Curriculares

Sociologia III 2 80 66,66


Física III 2 80 66,66
Química III 2 80 66,66
Biologia III 2 80 66,66
Quantidade destas componentes 18 720 600,00
Ch/a semanal – Ch/a total anual – Ch total
Instrumentação e Controle de Processo 4 160 133,33
Sistemas Microprocessados 3 120 100,00
Automação Industrial 3 120 100,00
Projeto Integrador II 2 80 66,66
Quantidade destas componentes 12 480 400,00
Ch/a semanal – Ch/a total anual – Ch total

Atividades Complementares 10,00

Total aula semanal deste ano


(sem estágio) 30 1200 1010,00
Ch/a semanal – Ch/a total anual – Ch total

Estágio Curricular Não Obrigatório 240,00

Total Ch deste ano com estágio 1250,00


Quadro 3: Matriz curricular curso Técnico em Eletrônica Integrado 3º ano

Obs:
- Aula de 50 minutos.
- Período anual com 40 semanas letivas.
- Ch: Carga horária (hora relógio)
- Ch/a: Carga de horas-aulas (aulas de 50 minutos).
- No terceiro ano pode ser realizado, no contra turno, o Estágio Profissional
Curricular Não Obrigatório.
- As Atividades Complementares, apesar de especificado nesta grade com 10,00h
no terceiro ano, poderão ser realizadas ao longo do curso, no contraturno e deverão
ser integralizadas com no mínimo de 20,00 horas no final do curso.

01/12/2016 Pagina - 23 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

IFPA campus Belém


TÉCNICO EM ELETRÔNICA INTEGRADO COM O ENSINO MÉDIO
REGIME ANUAL

TOTAIS DA MATRIZ CURRICULAR CURSO ANUAL


ch/a semanal
total ch/a total ch total
Formação Básica 61 2440 2033,33
Formação Técnica 36 1440 1200,00
1 Totais 97 3880 3233,33

2 Atividades Complementares 20,00


3 Estágio Curricular Supervisionado
Não Obrigatório 240,00
Sínteses da matriz

TOTAL DOS ITENS QUE COMPÕEM ESTÁ MATRIZ CURRICULAR


(Ch total; Prática Profissional, estágio, TCC e outros)

CH do CH do Ch curso de
curso em curso acordo com
RESUMO E ANÁLISE ch/a de dessa legislação
QUANTITATIVA DA MATRIZ acordo matriz
(sem estágio não obrigatório) legislação
CH do curso e CH Mínima do
curso de acordo com
legislação 3880 3253,33 3200,00
Diferença entre Ch/a e ch
desta matriz em relação ach 0 20
do curso de acordo com o
legislação
Quadro 4: Síntese da matriz curricular curso Técnico em Eletrônica Integrado.
Obs: Aulas de 50 minutos.
As Atividades Complementares são compostas por atividades formativas
profissionais, desenvolvida por iniciativa do aluno, sob a orientação da coordenação
do curso e consiste na integralização de 20 horas devidamente comprovada e
registrada.
Esta matriz curricular é composta por um total de 30 disciplinas da formação
do ensino médio e 15 disciplinas da formação técnica, e é desenvolvida no regime
anual.

01/12/2016 Pagina - 24 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

8.1 Projeto Integrador


No intuito de promover um ambiente de aprendizagem significativo,
interdisciplinar e contextualizado, que possibilite a relação teoria e prática, serão
desenvolvidos no decorrer do segundo e terceiro ano do curso, projetos
integradores, os quais possibilitarão a integração do conhecimento, estimulando a
capacidade pessoal do discente, de mobilizar e colocar em ação conhecimentos,
habilidades, atitudes e valores necessários a formação do cidadão.
Os projetos integradores permitem a formação de um profissional com
capacidade de pensar de forma reflexiva, com autonomia intelectual e sensibilidade
ao relacionamento interdisciplinar em diferentes contextos e situações de
aprendizagem vivenciadas.
A metodologia com projetos integradores (atividades de ensino, pesquisa e
extensão, projetos técnicos e científicos, cultural e social), buscará a integração dos
conhecimentos trabalhados nas disciplinas cursadas e/ou em andamento.
O Colegiado do Curso de Eletrônica acompanhará o desenvolvimento dos
projetos integradores sendo que os temas a serem desenvolvidos serão definidos
pelos professores das diversas disciplinas de cada período letivo.
Os professores das disciplinas envolvidas no projeto integrador deverão
propor os temas ao Colegiado do Curso de Eletrônica e obter a aprovação dos
mesmos e deverão realizar a orientação dos discentes nas atividades de pesquisa
em desenvolvimento, ao longo do andamento dos componentes curriculares no
período letivo. Ao professor da componente curricular Projeto Integrador do
respectivo período letivo cabe fazer uma orientação mais direta aos discentes,
acompanhar o desenvolvimento do cronograma de atividades e fazer a avaliação, se
possível, em conjunto com o professor da disciplina envolvida, dos resultados dos
trabalhos realizados individualmente ou pelo grupo de alunos.
Os projetos integradores serão desenvolvidos de acordo com as etapas
apresentadas no quadro 5.

01/12/2016 Pagina - 25 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

ETAPAS AÇÕES DESENVOLVIMENTO


 Planejamento coletivo dos docentes das disciplinas do
período letivo para elaboração da proposta de temas
geradores de projetos sob a coordenação do professor
orientador;
 Apresentação da proposta de temática do projeto pelos
professores do período letivo para os alunos da turma e
juntos decidirão os temas geradores do projeto.
 Formação de grupos (o projeto pode ser elaborado e
Planejamento e executado individualmente ou em grupo de até três
alunos);
1° etapa Elaboração do  Orientação aos alunos sobre a construção do projeto,
(2° ano)
Projeto realizada pelo Professor Orientador com apoio do
professor da disciplina mais voltada ao tema do projeto
escolhido pelo grupo de alunos;
 Planejamento e sistematização das atividades que
serão desenvolvidas;
 Acompanhamento e correção dos projetos, realizados
pelo Professor Orientador, com apoio do professor da
disciplina.
 Avaliação da proposta do projeto de pesquisa feito pelo
Professor Orientador.
 Este momento será destinado aos trabalhos de
pesquisa referente às propostas do projeto de pesquisa
realizado no ano anterior. De preferência, deve ser
mantido o mesmo grupo de alunos que elaboraram a
proposta. Os trabalhos devem consistir de: coleta de
Execução:
informações, análises, reflexões e elaboração de
pesquisa e
2° etapa relatório;
construção de
(3º ano)  Os instrumentos de pesquisa serão trabalhados de
relatório,
acordo com o projeto.
Socialização.
 Momento de culminância dos projetos, com entrega de
relatórios e socialização das produções resultantes das
investigações e análises realizadas.
 Avaliação dos resultados obtidos e apresentações
devem ser feita pelo Professor Orientador.
Quadro 5: Etapas dos projetos integradores.
A seguir é apresentada a descrição de cada disciplina, com seu período,
carga horária, ementa e bibliografia básica e complementar, inicialmente as
componentes curriculares do ensino médio separadas por ano letivo, e
posteriormente as componentes curriculares Técnicas, também separadas por ano
letivo:
- Componentes curriculares do ensino médio, 1º ano . . . . . . pag. 27
- Componentes curriculares do ensino médio, 2º ano . . . . . . pag.35
- Componentes curriculares do ensino médio, 3º ano . . . . . . pag.40
- Componentes curriculares Técnicas, 1º ano. . . . . . . . . . . . . pag.46
- Componentes curriculares Técnicas, 2º ano. . . . . . . . . . . . . pag.49
- Componentes curriculares Técnicas, 3º ano. . . . . . . . . . . . . pag.53

01/12/2016 Pagina - 26 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

DESCRIÇÃO DE CADA DISCIPLINA

Componentes curriculares do ensino médio


1º ano
Disciplina: Matemática I
Período: 1º ano - Carga horária: 120 aulas (100,00h) – 3 aulas/semana
Ementa:
1. Conjuntos: 1.1. Representação e relação: pertinência, inclusão e igualdade. 1.2.
Conjuntos: Operações de união, interseção, diferença, complementar e produto
cartesiano. 1.3. Conjuntos numéricos e Operações: Naturais, Inteiros, Racionais,
Irracionais, Reais e Complexos. 2. Funções: 2.1. Definição de função, domínio,
imagem, gráficos, crescimento e decrescimento. 2.2. Funções: polinomiais,
modulares, racionais, exponenciais e logarítmicas. 3. Progressões: 3.1. Progressões
Aritméticas. 3.2 Progressões Geométricas. 4. Relações métricas e razões
trigonométricas no triângulo retângulo e nos triângulos quaisquer.
Bibliografia básica:
PAIVA, Manoel; Matemática; volume único, 1ª ed., São Paulo: Moderna, 2005.
DANTE, Luiz Roberto. Matemática. Vol. 1, São Paulo: Ática, 1999.
Bibliografia complementar:
IEZZI, Gelson; Matemática: Ciência e aplicações; vol 1, 2ª ed., São Paulo: Atual,
2004.
RUBIÓ, Angel Panadés; Freitas, Luciana Maria; Matemática e suas tecnologias, vol.
1, São Paulo: IBEP, 2005.
SMOLE, Kátia Cristina Stocco, Matemática: ensino médio; vol. 1; 5ª ed.; São Paulo:
Saraiva, 2005.

Disciplina: Português I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
A linguagem como manifestação da cultura e como constituidora dos sujeitos
sociais. Funções da linguagem. Níveis de Linguagem. Denotação e conotação. As
variedades linguísticas e a construção do texto. O papel da linguagem na sociedade
atual e suas relações com a organização do trabalho. Divisão silábica. Ortografia.
Acentuação gráfica. Semântica: sinonímia e antonímia; campo semântico, hiponímia
e hiperonímia; polissemia; a ambiguidade e a construção textual. Estrutura das
palavras: os elementos mórficos na construção do texto. Os processos de formação
das palavras na construção do texto. Introdução aos gêneros do discurso.
Procedimentos de textualidade: coerência, coesão, intencionalidade,
informatividade, situcionalidade, aceitabilidade e intertextualidade. A analise, a
interpretação e a produção de textos do mais variados gêneros. O texto narrativo. O
texto descritivo. O texto dissertativo. O parágrafo. A literatura como arte da palavra.
A arte literária. A literatura como manifestação cultural da sociedade. Principais
características do texto literário. Os gêneros literários. Texto em prosa vs. texto em
verso. As características da poesia: rima, métrica e verso. Figuras de Linguagem I.
Os estilos de época como retrato da evolução cultural, social, histórica e política do
Brasil, sua evolução discursiva e ideológica. Trovadorismo. Humanismo.
Classicismo. Quinhentismo. Barroco. Arcadismo. Produção literária paraense: poesia
e prosa. As manifestações culturais do Baixo Tocantins.

01/12/2016 Pagina - 27 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Bibliografia básica:
HERNANDES, Roberta; MARTIN, Vima Lia. Língua Portuguesa. Vol 1. 1ª Ed. São
Paulo: Editora Positivo, 2013.
Bibliografia complementar:
BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006.
CARNEIRO, Agostinho Dias. Texto em Construção: interpretação de textos. São
Paulo: Moderna, 1992.
CIPRO NETO, Pasquale. Gramática da língua portuguesa. São Paulo: Scipione,
1996.
FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Para entender o texto: leitura e
redação. São Paulo: Ática, 2010.
MASSAUD, Moisés. A literatura portuguesa através dos textos. São Paulo: Cultrix,
2006.
SARMENTO, Leila Lauar. Oficina de redação. São Paulo: Moderna, 2009.
VALENTE, André. A linguagem nossa de cada dia. Petrópolis: Vozes, 1997.

Disciplina: Inglês
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Introdução às habilidades de compreensão e produção escrita, por meio de
estruturas simples da Língua Inglesa: Greentings and Introductions; Can for ability,
possibility and permission; Present Simple and Adverbs of Frequency; Yes / No and
Wh – questions; Must for obligation and deduction; Simple Past and Prepositions in
and on; Possessive adjectives and genitive case; Going to for predictions and future
plans. Ênfase na leitura e escrita, através de textos com temas atualizados.
Bibliografia básica:
MENEZES, Vera; BRAGA, Junia; CARNEIRO, Marisa; RACILAN, Marcos; GOMES,
Ronaldo; VELLOSO, Magda (Orgs). Alive High Língua Estrangeira Moderna - Inglês
para o Ensino; Edições SM; editora responsável Ana Paula Landi. – São Paulo,
2013. – (Alive high; 1)
LIBERATO, Wilson Antonio. Compact English book. São Paulo. FTD, 1998.
MICHAELIS. Dicionário escolar inglês. – São Paulo. Editora Melhoramentos, 2001.
Bibliografia complementar:
CONRAD, David. Minidicionário escolar de inglês. São Paulo. DCL, 2000.
SCHUMACHER, Cristina. Inglês Urgente para brasileiros. Rio de Janeiro. Elsevier,
1999.
CARVALHO, Ulisses Wehby de. Dicionário de palavras que enganam em inglês: um
guia de palavras que parecem uma coisa e significam outra. Rio de Janeiro:
Elsevier, 2004.

Disciplina: Espanhol
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Compreensão textual de Língua Espanhola mediante o estudo das estruturas
básicas da língua. Desenvolvimento de competências comunicativas orais e escritas
em situação de comunicação real, além da aquisição de habilidade de compreensão
e reflexão da Língua Espanhola no mundo contemporâneo e tecnológico. Leitura:

01/12/2016 Pagina - 28 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Comprensión y Interpretación Textual; Análisis con relación a los diferentes tipos de


textos: Narrativo, Descriptivo, Expositivo y Argumentativo; Identificación de
elementos lingüísticos e recursos gráficos presentes do texto. Oficina de Escrita:
Postal; Entrevista; Infográfico. Aspectos Gramaticais: Verbo ser, estar, haber y tener;
Presente de Indicativo; Los Numerales; Pronombres Interrogativos; Pretérito
Perfecto Simple, compuesto y imperfecto de Indicativo; La puntuación, Las horas;
Futuro Imperfecto de indicativo, perífrasis de futuro; muy/mucho; voseo y seseo;
Adverbios de tiempo; Los comparativos; Los superlativos.
Bibliografia básica:
COIMBRA, Ludmila ET all. Cercanía Joven: Espanhol. Vol. 1. 1ª Ed. São Paulo:
Edições SM, 2013.
Bibliografia complementar:
ADELSA. Silvia Kohan. Disfrutar de la lectura. Barcelona: Plaza & Janés, S. A.,
1999.
ANDRÍCAÍN, Sergio H. et al. Puertas a la lectura. Colombia: Cooperativa Editorial
Magisterio, 1995.
ALZUELA, María Eulalia de Bartaburu. Español en acción. São Paulo: Hispania
Editora, 1998.
DOMÍNGUEZ, Pablo y BAZO, Plácido. Claves del español: Gramática práctica.
Madrid: Santillana, 1994.
GÓMEZ, Leonardo Torrego. Gramática didáctica del español. Madrid: SGEL, S. A.,
1999.
HERMOSO, A. González; CUENTO, J. R. y ALFARO, M. Sánchez. Gramática de
español lengua extranjera. España: Edelsa, 1995.
MADRAZO, P. García & MORAGÓN, C. Hablar y escribir. Madrid: Pirámide, 1991.
MARTÍNEZ, Julio Almoyna. Diccionario de español-português. Rio de Janeiro: Porto
Editora, 1990.
MATTE, Francisco Bon. Gramática Comunicativa del español: de la lengua a la idea.
Tomo I. Madrid: Edelsa, 1999.
MATTE, Francisco Bon. Gramática Comunicativa del español: de la lengua a la idea.
Tomo II. Madrid: Edelsa, 1999.
MOLINER, María. Diccionario de uso del español. Madrid: GREDOS, 1999.
ONIEVA, Juan Luis Morales. Curso básico de Redacción. Madrid: Verbum, 1991.
ONIEVA, Juan Luis Morales. La Gramática de la Real Academia Española (resumida
y aclarada). Madrid: Editorial Playor S. A., 1994.
SÁNCHEZ, Aquilino; MARTÍN, Ernesto y MATILLA, J.A. Gramática práctica de
español para extranjeros. Madrid: Sociedad General Española de Librería, S. A.,
1980.
SÁNCHEZ, Aquilino y SARMIENTO, Ramón. Gramática básica del español: norma y
uso. Madrid: Sociedad General Española de Librería, S. A., 1980.

Disciplina: História I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Noções de teoria e metodologia da História. As origens do homem: do surgimento à
formação dos primeiros grupos humanos na África. O homem americano: das
origens às grandes civilizações pré-colombianas. As civilizações ocidentais clássicas
(Grécia e Roma). Feudalismo: sociedade, política, economia e religião.

01/12/2016 Pagina - 29 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Bibliografia básica:
ARNAUT, Luiz; LOPES, Ana Mónica. História da África: uma introdução. Belo
Horizonte: Crisálida, 2005.
FARIA, Sheila De Castro; FERREIRA, Jorge; VAINFAS, Ronaldo; e SANTOS,
Georgina Silva dos. HISTÓTIA. Vol. 1. 2ª ED. São Paulo: Saraiva, 2013.
MUNAGA, Kabenguele. Origens africanas do Brasil contemporâneo: histórias
línguas, culturas e civilizações. São Paulo: Global, 2009.

Bibliografia complementar:
ANDERSON, Perry. Passagem da Antiguidade ao Feudalismo. São Paulo:
Brasiliense, 1987.
FRASCHETI, Augusto. O mundo romano. In: História dos Jovens. São Paulo:
Companhia das Letras, 1996, v.1.
GUIDON, Niède. As ocupações pré-históricas do Brasil (excetuando a Amazônia). In:
CUNHA, Manoela Carneiro da (org.). História dos índios no Brasil. São Paulo:
FAPESP/Companhia das Letras/SMC, 1992.
VERNANT, Jean-Peirre. As origens do pensamento grego. 3 ed., São Paulo: Difel,
1989, v. 1.
FRANCO JR, Hilário. A idade média, nascimento do ocidente. São Paulo:
Brasiliense, 2001.

Disciplina: Geografia I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
01: Produção e transformação dos espaços agrários: modernização da agricultura e
estruturas agrárias tradicionais. Agronegócio, agricultura familiar, os assalariados do
campo e as lutas sociais do campo: 1.1 Estrutura fundiária nos países desenvolvidos
e subdesenvolvidos; 1.2 Os sistemas agrícolas – agricultura familiar, jardinagem,
empresas agrícolas, plantations; 1.3 As relações de trabalho na zona rural. Trabalho
familiar, trabalho temporário, trabalho assalariado, parceria e arrendamento,
escravidão por dívida; 1.4 Aspectos da reforma agrária e as lutas socais do campo.
02: As conquistas tecnológicas: criação do sistema de fábrica e transformações no
processo de produção do espaço urbano-industrial: 2.1 O espaço das técnicas:
sistemas de objetos, sistemas de ações; 2.2 Antecedentes da Revolução Industrial:
o desenvolvimento da ciência e das técnicas de produção; 2.3 A I Revolução
Industrial: características; 2.4 A II Revolução Industrial: características; 2.5 As
principais fontes energéticas do período industrial (carvão, petróleo, energias
alternativas); 2.6 A III Revolução industrial: o advento da era da informação; 2.7
Introdução à sociedade urbano – industrial: Indústria e urbanização. 03: A Geografia
e a Natureza: a fisionomia da superfície terrestre. 3.1 Características da Terra: da
superfície a atmosfera; 3.2 Principais características da estrutura geológica da Terra;
3.3 Relevo: características e classificação; 3.4 Os grandes domínios da vegetação
no mundo; 3.5 A relação homem – natureza nas questões ambientais; 3.6 A relação
homem – natureza nas questões ambientais. 04: Transformações na estrutura da
população no século XX: aspectos gerais, conceitos e fluxos migratórios. 4.1
Geografia da população: aspectos gerais e tendências atuais; 4.2 As principais
teorias de comportamento populacional: Malthusiana, Neomalthusiana e Reformista;
4.3 As principais teorias de comportamento populacional: Malthusiana,

01/12/2016 Pagina - 30 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Neomalthusiana e Reformista; 4.4 População e fluxos migratórios: aspectos gerais e


conceituais, tipos de migração; 4.5 As dinâmicas populacionais na atualidade; 4.6
Tema 05: Informações e recursos: representações dos fatos relativos à dinâmica
terrestre; 4.7 Recursos disponíveis para o registro de problemas ambientais; 4.8
Satélites a serviço da questão ambiental; 4.9 A produção cartográfica sobre a
questão ambiental.
Bibliografia básica:
ALMEIDA, L. A. M; RIGOLIN, T. B. Fronteiras da Globalização. Vol 1. São Paulo:
Ática, 2014.
Bibliografia complementar:
GONÇALVES, C. W. P. Perspectivas: o desafio ambiental. . São Paulo: Record,
2005.
MOREIRA, E; MOREIRA, E. Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e
globalização. São Paulo: Scipione, 2012, Volume I.
VESENTINI, J. W. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2012,
Volume I.

Disciplina: Filosofia I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
A atividade filosófica é um dentre tantos caminhos que a inteligência humana dispõe
para compreender os fenômenos humanos e naturais. Embora o discurso científico
moderno requeira uma visão imediata e prática dos fenômenos, o conhecimento da
realidade não se restringe a essa possibilidade de compreensão. É nesse contexto
que a filosofia surge como um meta discurso capaz de nos fazer perceber a sutil teia
de relações econômicas, sociais, políticas, epistemológicas, culturais, etc. que a
tudo envolve, interferindo substancialmente em nossas vidas. A compreensão dessa
“realidade circundante” é condição sine qua non para que cada ser humano possa
se posicionar conscientemente ante a vida e oferecer uma mínima resistência às
forças (poderes) que querem anulá-lo como ser “PENSANTE, SENTINTE E
SOLITÁRIO”.
Bibliografia básica:
ARANHA, M.ª Lúcia e MARTINS M.ª Helena. Filosofando: Introdução à Filosofia. Vol
1. São Paulo, Editora Moderna, 2013.
Bibliografia complementar:
ARANHA, M.ª Lúcia e MARTINS M.ª Helena. Temas de filosofia, São Paulo, Ed.
Moderna, 1998.
CHALITA, G. Vivendo a Filosofia, São Paulo, Ed. Atual, 2004.
CHAUÍ, M. Convite a Filosofia S. Paulo , Ed. Ática, 2003.
CHAUÍ, M. et alli. Primeira Filosofia : Lições introdutórias, São Paulo, Ed.
Brasiliense, 1984.
CHAUÍ, M. Filosofia, S. Paulo, Ed. Ática, 2003, Série Novo Ensino Médio.
CORDI,C. et alli. Para filosofar, São Paulo, Ed. Scipione, 2002

01/12/2016 Pagina - 31 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Sociologia I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
O surgimento da Sociologia como resultado de mudanças sociais drásticas
causadas pela Revolução Industrial e pela mentalidade criada a partir do Iluminismo.
A natureza epistemológica da sociologia e a importância desse componente
curricular na formação cidadã do aluno e no seu cotidiano. Os clássicos da
sociologia: Durkheim, Marx e Weber e o vínculo de suas teorias com a sociedade
contemporânea. Os conceitos básicos da sociologia e a linguagem própria desta
ciência. As diversas formas de organização e gerenciamento do trabalho
desenvolvidos pela economia capitalista. As mudanças recentes no mundo do
trabalho e a precarização das relações trabalhistas no contexto da globalização.
Bibliografia básica:
GIDDENS, Anthony. Sociologia. S. Paulo: Penso, 2012.
SILVA, Afrânio ET alii.Sociologia em movimento. Vol. 1. São Paulo: Moderna, 2013.
Bibliografia complementar:
ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a
centralidade do mundo do trabalho. S. Paulo: Cortez, 2013(15ª ed.)
MARTINS, Carlos Benedito. O que é Sociologia. S. Paulo: Ed. Brasiliense, 1989.
QUINTANEIRO, Tânia; BARBOSA, Maria Lígia, OLIVEIRA, Márcia Monteiro de. Um
Toque de Clássicos. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2009.

Disciplina: Física I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Cinemática, Dinâmica, Gravitação e Fluídos. As leis de Newton, Peso e equilíbrio,
Aplicações das leis de Newton I; Aplicações das leis de Newton II, Movimento
circular e força centrípeta, Trabalho e potência; Energia, Conservação da energia,
Impulso e quantidade de movimento; Gravitação, Hidrostática I e II.
Bibliografia básica:
Gaspar, Alberto. Compreendendo a Física. Volume 1. São Paulo: Editora Moderna,
2012.
Bibliografia complementar:
Fisica, Caderno de Revisão, Ensino Medio; Editora Moderna; 2011.
Fisica Conceitual 9ª Edição; P.Hewit; Bookman; 2008.

Disciplina: Química I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Introdução a História da Química e a importância dessa ciência para a sociedade. As
propriedades das substâncias e dos materiais. Os modelos da evolução da matéria e
a análise de sua evolução histórica. As interações atômicas e moleculares.
Radioatividade. Funções inorgânicas. Relações qualitativas e quantitativas
envolvidas nas reações químicas
Bibliografia básica:
1. CANTO, E. L.; PERUZZO, F. M.; Química na abordagem do cotidiano. v. 1,
Editora Moderna. 2015

01/12/2016 Pagina - 32 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

2. CANTO, E. L.; PERUZZO, F. M.; Química na abordagem do cotidiano. v. 2,


Editora Moderna. 2015
3. LISBOA, J. C. F.; Ser Protagonista Química. v. 1, Editora SM. 2014
4. MACHADO, A. H.; MORTIMER, E. F.; Química. v. 1, Editora Scipione. 2015.
5. MOL, G. S.; et al; Química para a nova geração – Química cidadã. v. 1, Editora
Nova Geração, 2015.
6. REIS, M.; Química – Meio Ambiente – Cidadania – Tecnologia. v. 1, Editora
FTD, 20114.
Bibliografia complementar:
1. BRANCO, S.M; Água: origem, uso e preservação, Editora Moderna, 2013
2. CANTO, E. L; Plástico: bem supérfluo ou mal necessário? Editora Moderna, 2013
3. VANIN, J.A; Alquimistas e químicos : O passado, o presente e o futuro. Editora
Moderna, 2014

Disciplina: Biologia I
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Citologia: Bioquímica Celular; Células procarioticas e Eucarióticas; Membrana
Plasmática, Citoplasma e Núcleo. Ciclo Celular, Reprodução Humana: Sistema
Reprodutor masculino e Sistema Reprodutor feminino. Gametogênese. Controle
Hormonal. Embriologia: Noções Gerais de Embriologia e Doenças Sexualmente
Transmissíveis.
Bibliografia básica:
LINHARES, S & GEWANDSZNADJER, F. Biologia Hoje. Volume 1: Citologia,
Reprodução e Desenvolvimento, Histologia e Origem da vida. 2ª Edição. São Paulo:
Editora Ática, 2014.
Bibliografia complementar:
AMABIS, J. M. & MARTHO, G. Biologia dos organismos. Volume 1. São Paulo:
Moderna. 2007.
GEWANDSZNAJDER, F. & LINHARES, S. Biologia. Volume Único. 1ª edição. São
Paulo: Ática, 2008.
LOPES, S. Bio. Citologia, Histologia e Origem da Vida. 1ª edição. São Paulo:
Saraiva. Volume 1. 2006.

Disciplina: Artes
Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Concepções de arte: perspectiva histórica e conceitual. Noções de Teoria da Arte:
Arte como objeto de conhecimento; Princípios estéticos do Conhecimento Artístico.
Técnicas de Composição plástica e musical. Arte como patrimônio cultural da
humanidade. Comunicação visual e linguagem contemporânea. Estilos de época e
suas relações com o contexto histórico-cultural das produções artísticas em música
e artes visuais. Arte brasileira.
Bibliografia básica:
BARBOSA, Ana Mae. A Imagem no Ensino de Arte. São Paulo: Perspectiva, 1996.
BRASIL, Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino
Médio. Secretaria de Educação Média e Tecnológica.- Brasília: MEC/SEF, 1999.

01/12/2016 Pagina - 33 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

DONDIS, Donis A. A Sintaxe da Linguagem Visual. São Paulo: Martins Fontes,


1991.
FUSARI, M. F. e FERRAZ, M. H. Arte na Educação Escolar. São Paulo: Cortez,
1993.
FUSARI, M. F. e FERRAZ, M. H. Arte na Educação Escolar. São Paulo: Cortez,
1993.
Bibliografia complementar:
CANTELE, Angela Anita e CANTELE, Bruna Renata. Arte e Habilidade. Editora:
IBEP 2008
COLL César e TEBEROSKY Ana. Aprendendo Arte. São Paulo: Editora Ática 2002.
COSTA, Cristina. Questões de Arte. Coleção Polêmica. São Paulo: Moderna, 1999.

Disciplina: Educação Física


Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Estudo da manifestação especifica da cultura de movimento que,na sociedade
contemporânea, caracteriza-se como prática corporal tendo seus princípios e valores
expressos nas múltiplas possibilidas de conteúdos da motricidade humana.
Bibliografia básica:
ANDERSON, Bob. Alongue-Se. 23 ed. São Paulo: Summus, 2003.
FEIJÓ, Olavo G. Psicologia para o Esporte: Corpo & Movimento. 2ª Ed. Rio de
Janeiro: Shape Ed., 1998.
MACHADO, Afonso Antônio. Psicologia do Esporte: temas emergentes. Jundiaí:
Ápice, 1997.
MARCELINO, Nelson Carvalho. Repertório de atividades de recreação e Lazer. São
Paulo: Papirus, 2002.
Bibliografia complementar:
MARQUES, Isabel A. Dançando na Escola.4ª Ed. São Paulo: Cortez, 2007.
SAAD, Michel Angillo; COSTA, Claiton. Futsal: Movimentações defensivas e
ofensivas. 2 ed. Florianópilis: Visual Books, 2005.
Quadro 6: Componentes curriculares do ensino médio, 1º ano

01/12/2016 Pagina - 34 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Componentes curriculares do ensino médio


2º ano

Disciplina: Matemática II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
1. Trigonometria:1.1. Arcos e Ângulos. 1.2. Relações no círculo trigonométrico. 1.3.
Redução ao 1º quadrante. 1.4. Operação com arcos, exceto soma e diferença de
seno, cosseno e tangente. 1.5. Funções Trigonométricas Diretas: seno, cosseno e
tangente. 2. Análise Combinatória. 2.1. Teorema fundamental da contagem. 2.2.
Agrupamentos simples: arranjo, combinação e permutação. 3. Noções de
Probabilidade. 3.1. Experiência, espaço amostral e evento. 3.2. Definição,
propriedades e cálculo de probabilidade. 3.3. Probabilidade condicionada. 4.
Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares. 4.1. Conceito, igualdade, tipos,
operações e propriedades das matrizes. 4.2. Definição, propriedades e cálculo dos
determinantes, envolvendo matrizes até ordem 3. 4.3. Definição, classificação,
discussão e resolução de sistemas lineares, envolvendo matrizes até ordem 3.
Bibliografia básica:
PAIVA, Manoel; Matemática; volume único, 1ª ed., São Paulo: Moderna, 2005.
DANTE, Luiz Roberto; Vol. 2, São Paulo: Ática, 1999.
Bibliografia complementar:
IEZZI, Gelson; Matemática: Ciência e aplicações; vol 2, 2ª ed., São Paulo: Atual,
2004.
RUBIÓ, Angel Panadés; Freitas, Luciana Maria; Matemática e suas tecnologias, vol.
2, São Paulo: IBEP, 2005.
SMOLE, Kátia Cristina Stocco, Matemática: ensino médio; vol. 2; 5ª ed.; São Paulo:
Saraiva, 2005.

Disciplina: Português II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
O texto escrito, suas características e estratégias de funcionamento social. A
interface leitura e produção de textos. O substantivo. O adjetivo. O artigo. O
numeral. O pronome. O verbo. Vozes verbais. O advérbio. A preposição. A
conjunção. A interjeição. Morfossintaxe: a seleção e a combinação das palavras.
Frase. Oração. Período. Sujeito e predicado na construção do texto. Tipos de
Sujeito. Tipos de Predicado. Predicativo do sujeito e do objeto. Termos ligados ao
verbo: objeto direto, objeto indireto e adjunto adverbial. Termos ligados ao nome:
adjunto adnominal, complemento nominal, aposto e vocativo. Procedimentos de
textualidade: coerência, coesão, intencionalidade, informatividade, situcionalidade,
aceitabilidade e intertextualidade. A analise, a interpretação e a produção de textos
do mais variados gêneros. O texto narrativo. O texto descritivo. O texto dissertativo.
O aprendizado dos mais variados gêneros textuais e seu relacionamento com o
texto escrito e a sociedade. Ordem direta e ordem inversa. Figuras de Linguagem II.
Pré-romantismo. Romantismo: poesia e prosa. 1ª geração romântica ou Indianismo:
a cultura indígena em debate. 2ª geração romântica ou Ultra-romantismo. 3ª geração
romântica ou condoreira: a cultura negra em evidência. Realismo. Naturalismo.
Parnasianismo. Produção literária paraense: poesia e prosa. As manifestações

01/12/2016 Pagina - 35 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

culturais do Baixo Tocantins: as narrativas orais.


Bibliografia básica:
HERNANDES, Roberta; MARTIN, Vima Lia. Língua Portuguesa. Vol 2. 1ª Ed. São
Paulo: Editora Positivo, 2013.
Bibliografia complementar:
BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006.
CARNEIRO, Agostinho Dias. Texto em Construção: interpretação de textos. São
Paulo: Moderna, 1992.
CIPRO NETO, Pasquale. Gramática da língua portuguesa. São Paulo: Scipione,
1996.
FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Para entender o texto: leitura e
redação. São Paulo: Ática, 2010.
MASSAUD, Moisés. A literatura portuguesa através dos textos. São Paulo: Cultrix,
2006.
SARMENTO, Leila Lauar. Oficina de redação. São Paulo: Moderna, 2009.
VALENTE, André. A linguagem nossa de cada dia. Petrópolis: Vozes, 1997.

Disciplina: História II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
A formação e o desenvolvimento do capitalismo europeu. A crise do Antigo Regime
e as revoluções burguesas. A expansão ultramarina europeia e a formação do
sistema colonial na América. A crise do sistema colonial e a formação do Estado
nacional brasileiro. Movimentos políticos e sociais no século XIX.
Bibliografia básica:
FARIA, Sheila De Castro; FERREIRA, Jorge; VAINFAS, Ronaldo; e SANTOS,
Georgina Silva dos. HISTÓRIA. Vol. 2. 2ª ED. São Paulo: Saraiva, 2013.
Bibliografia complementar:
HOBSBAWN, Eric J. A Era das Revoluções. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2007.
PAZZINATO, Alceu L.; SENISE, Maria Helena Valente. História Moderna e
Contemporânea. São Paulo: Ática, 2002.
HANKINS, Thomas L. Ciência e Iluminismo. Porto: Porto Editora, 2004.
HOBSBAWM, Eric J. Da Revolução Industrial Inglesa ao Imperialismo. Rio de
Janeiro: Forense, 2000.
JAPIASSU, Hilton. Como Nasceu a Ciência Moderna. Rio de Janeiro: Imago, 2007.
COSTA, Emília Viotti da. Da Monarquia à República. São Paulo: UNESP, 2007.
TODOROV, T. A conquista da América: a questão do outro. São Paulo: Martins
Fontes, 2000.

Disciplina: Geografia II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
01. Um mundo que se abre: 1.1 O mundo pós 2º Guerra Mundial: a emergência de
duas superpotências: EUA X URSS; 1.2 A constituição da Guerra Fria: origens e
desenvolvimento dos modos de produção capitalista x socialista; 1.3 O mundo da
Guerra Fria: primeiro, segundo e terceiro mundo e a oposição leste x oeste; 1.4 A
influência das superpotências nos conflitos mundiais: Guerra da Coréia (1950-53),

01/12/2016 Pagina - 36 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Guerra do Vietnã (1963-1975), Guerra do Afeganistão (1979-1989); 1.5 As


repercussões do período final da Guerra Fria e a constituição de uma “Nova Ordem
Mundial”; 1.6 O fim da Guerra Fria e a expansão do capitalismo; 1.7 A “Nova Ordem
Mundial”: origens, definições e desenvolvimento: mundo unipolar ou multipolar?; 1.8
A globalização contemporânea: origens, definições e desenvolvimento; 1.9 A
globalização enquanto consequência da Revolução Tecno-Cientifica Informacional
ou 3 Revolução Industrial. 02. Formação e perspectiva dos blocos regionais. 2.1
Origem, formação e Desenvolvimento dos blocos econômicos: as fases de
formação; 2.2 União Européia: formação e desenvolvimento; 2.3 NAFTA: o acordo
comercial da América do Norte; 2.4 APEC: o bloco da Bacia do Pacifico; 2.5
Mercosul e outras experiências de aliança econômica na América Latina (ALADI,
ALALC); 2.6 Mercosul e outras experiências de aliança econômica na América
Latina (ALADI, ALALC). 03: Um mundo que se fecha. 3.1 Desenvolvimento e
subdesenvolvimento: distâncias que aumentam; 3.2 Nacionalismos e separatismo;
3.3 A América em busca de novos caminhos. 04: Tensões, conflitos, guerras. 4.1 A
caracterização dos principais conflitos na atualidade e suas repercussões no espaço
mundial; 4.2 A influência da guerra fria e da nova ordem mundial nos principais
conflitos geopolíticos da atualidade; 4.3 Europa Ocidental: a questão basca
(Espanha) e o conflito religioso protestantes x católicos (Irlanda / Inglaterra); 4.4
Novos rumos do Leste Europeu: a dissolução da Iugoslávia e os conflitos de
fragmentação territorial; 4.5 Oriente Médio: geopolítica do petróleo no conflito Israel
X Palestina; 4.6 Ásia do Sul e do Sudeste; 4.7 A nuclearização no conflito índia x
Paquistão; 4.28 África: conflitos pós-descolonização. 05: Mapas, índices, taxas. 5.1
Documentando o mundo político: os mapas e os gráficos; 5.2 A representação do
local e do global; 5.3 O mapa como instrumento ideológico
Bibliografia básica:
ALMEIDA, L. A. M; RIGOLIN, T. B. Fronteiras da Globalização. Vol 2. São Paulo:
Ática, 2014.
Bibliografia complementar:
MOREIRA, E; MOREIRA, E. Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e
globalização. São Paulo: Scipione, 2012, Volume II.
CANEPA, B. OLIC, N. B. Geopolíticas asiáticas. São Paulo; Moderna, 2007.
OLIC, N. B. Oriente Médio. São Paulo; Moderna, 2012.
OLIC, N. B. África: terra, sociedade e conflitos. São Paulo; Moderna, 2012.
SADER, E. Perspectivas: os porquês da desordem mundial. São Paulo: Record,
2005.
VESENTINI, J. W. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2012,
Volume II.

Disciplina: Filosofia II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
A Filosofia ao tematizar as questões Morais e Políticas, busca problematizar e
esclarecer as relações de poder constitutivas de todos os níveis de convivência
democráticas; contribui decisivamente na formação discente para a cidadania e para
uma atuação reflexiva e crítica no mundo do trabalho.
Bibliografia básica:
ARANHA, M.ª Lúcia e MARTINS M.ª Helena. Filosofando: Introdução à Filosofia. Vol

01/12/2016 Pagina - 37 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

2. São Paulo, Editora Moderna, 2013.


Bibliografia complementar:
ARANHA, M.ª Lúcia e MARTINS M.ª Helena. Temas de filosofia, São Paulo, Ed.
Moderna, 1998.
CHALITA, G. Vivendo a Filosofia, São Paulo, Ed. Atual, 2004.
CHAUÍ, M. Convite a Filosofia S. Paulo , Ed. Ática, 2003.
CHAUÍ, M. et alli. Primeira Filosofia : Lições introdutórias, São Paulo, Ed.
Brasiliense, 1984.
CHAUÍ, M. Filosofia, S. Paulo, Ed. Ática, 2003, Série Novo Ensino Médio.
CORDI,C. et alli. Para filosofar, São Paulo, Ed. Scipione, 2002

Disciplina: Sociologia II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
As funções do Estado e sua ingerência sobre a sociedade civil. O fenômeno político
enquanto dado inerente a qualquer sociedade. O papel do estado na manutenção da
ordem social. As diferentes formas históricas de manifestação da organização
estatal e suas respectivas ideologias fundantes. O papel do Estado na formação e
promoção da cidadania. O processo de mobilização dos indivíduos a partir da
identificação de suas necessidades, problemas, interesses e conflitos. A contribuição
dos movimentos sociais para mudanças ou rupturas nos processos sociais, políticos
e econômicos. A violência presente nos processos sociais e suas causas maiores:
crime organizado, exclusão social e crise de valores. Os diversos aspectos das
relações etnicorraciais e sócio-culturais entre os diferentes grupos humanos: a
condição do homem, da mulher, do negro, do índio e demais minorias étnicas e
sociais. A dimensão ou esfera da vida cultural, a partir de como a cultura opera e de
como transforma a si própria. Os diferentes significados da palavra cultura com
ênfase à conceituação sociológica e antropológica do termo. Os diferentes
significados da palavra ideologia, dando ênfase à conceituação sociológica do
termo.
Bibliografia básica:
GIDDENS, Anthony. Sociologia. S. Paulo: Penso, 2012.
SILVA, Afrânio ET alii.Sociologia em movimento. Vol. 2. São Paulo: Moderna, 2013.
Bibliografia complementar:
CASTELLS, Manuel. O Poder da Identidade. S. Paulo: Paz e Terra, 2008
CHAUÍ, Marilena. O que é Ideologia. São Paulo: Brasiliense, 1985.
DALLARI, Dalmo de Abreu. O que é Participação Política. S. Paulo: Brasiliense,
1984
LARAIA, Rocque Barros. Cultura: um conceito antropológico. São Paulo, Vozes,
1996.
MEKSENAS, PAULO. Sociologia. São Paulo: Cortez,2008.
PINKSKY, Jaime(Org.). História da Cidadania. S. Paulo: Contexto, 2003.

Disciplina: Física II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Ondas, Óptica e Termodinâmica. Ondas I e II, Som; Ondas e luz, Refração da luz I e

01/12/2016 Pagina - 38 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

II; Introdução à termodinâmica, Calor: conceito e medida, Mudanças de fase e


transmissão de calor; Comportamento térmico dos gases, As leis da termodinâmica I
e II.
Bibliografia básica:
Gaspar, Alberto. Compreendendo a Física. Volume 2. São Paulo: Editora Moderna,
2012.
Bibliografia complementar:
Fisica, Caderno de Revisão, Ensino Medio; Editora Moderna; 2011.
Fisica Conceitual 9ª Edição; P.Hewit; Bookman; 2008.

Disciplina: Química II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Estudo dos gases e aspectos quantitativos da matéria. Estudo das soluções.
Aspectos termoquímicos e cinéticos das transformações.
Bibliografia básica:
1. CANTO, E. L.; PERUZZO, F. M.; Química na abordagem do cotidiano. v. 2,
Editora Moderna. 2013
3. LISBOA, J. C. F.; Ser Protagonista Química. v. 2, Editora SM. 2014
4. MACHADO, A. H.; MORTIMER, E. F.; Química. v. 2, Editora Scipione. 2014.
5. MOL, G. S.; et al; Química para a nova geração – Química cidadã. v. 2, Editora
Nova Geração, 2015.
6. REIS, M.; Química – Meio Ambiente – Cidadania – Tecnologia. v. 2, Editora
FTD, 2014
Bibliografia complementar:
1. BRANCO, S.M; Poluição do ar, Editora Moderna, 2013
2. BRANCO, S.M; Energia e meio ambiente, Editora Moderna, 2013

Disciplina: Biologia II
Período: 2º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Genética: Conceitos Básicos sobre Genética. Primeira e Segunda Leis de Mendel.
Polialelia. Heranças do Sexo, Interação Gênica, Biotecnologia. Evolução: Teorias
Evolutivas. Especiação. Evidências da Evolução. Ecologia: Conceitos em Ecologia.
Ecossistemas. Cadeias e teias alimentares. Ciclos biogeoquímicos. Relações
Ecológicas. Sucessão Ecológica. Biomas terrestres. Desequilíbrios ambientais.
Bibliografia básica:
LINHARES, S & GEWANDSZNADJER, F. Biologia Hoje. Volume 3: Genética,
Evolução e Ecologia. 2ª Edição. São Paulo: Editora Ática, 2014.
Bibliografia complementar:
AMABIS, J. M. & MARTHO, G. Biologia dos organismos. Volume 3. São Paulo:
Moderna. 2007.
GEWANDSZNAJDER, F. & LINHARES, S. Biologia. Volume Único. 1ª edição. São
Paulo: Ática, 2008.
LOPES, S. Bio. Genética, Evolução e Ecologia. 1ª edição. São Paulo: Saraiva.
Volume 3. 2006.
Quadro 7: Componentes curriculares do ensino médio, 2º ano

01/12/2016 Pagina - 39 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Componentes curriculares do ensino médio


3º ano

Disciplina: Matemática III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Geometria Analítica. 1.1. Ponto, reta e circunferência. 2 .Geometria Espacial. 2.1,
Ponto, Reta, Plano no Espaço, Poliedros Regulares e Fórmula de Euler. 2.2. Sólidos
Geométricos: Prima, Pirâmide, Cilindro, Cone, Esfera. 3. Polinômios e Equações
Algébricas . 3.1. Definição e valor numérico de um polinômio. 3.2. Polinômio
identicamente nulo. 3.3. Grau de um polinômio. 3.4. Polinômios Idênticos . 3.5.
Adição, subtração, multiplicação e divisão de polinômios. 3.6. Divisão de um
polinômio por (x – a) e por (x – a).(x – b). 3.7. Dispositivo de Briot-Ruffini 4. Noções
de Estatística. 4.1. Conceito, Universo estatístico e amostra. 4.2. Frequência e
amplitude. Representação gráfica. 4.3. Medidas de posição e dispersão.
Bibliografia básica:
PAIVA, Manoel; Matemática; volume único, 1ª ed., São Paulo: Moderna, 2005.
DANTE, Luiz Roberto; Vol. 2, São Paulo: Ática, 1999.
Bibliografia complementar:
IEZZI, Gelson; Matemática: Ciência e aplicações; vol 3, 2ª ed., São Paulo: Atual,
2004.
RUBIÓ, Angel Panadés; Freitas, Luciana Maria; Matemática e suas tecnologias, vol.
3, São Paulo: IBEP, 2005.
SMOLE, Kátia Cristina Stocco, Matemática: ensino médio; vol. 3; 5ª ed.; São Paulo:
Saraiva, 2005.

Disciplina: Português III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
Reflexões sobre a história e sobre o funcionamento da linguagem vinculada à cultura
local. As orações coordenadas. Procedimentos de textualidade: coerência, coesão,
intencionalidade, informatividade, situcionalidade, aceitabilidade e intertextualidade.
A analise, a interpretação e a produção de textos do mais variados gêneros. As
orações subordinadas: substantivas, adjetivas, adverbiais e reduzidas. Pontuação.
Concordância verbal. Concordância nominal. Regência verbal. Regência nominal.
Colocação pronominal. Sinal indicativo de Crase. Uso do pronome que. O texto
narrativo: narrador, personagens, tempo, espaço. O texto dissertativo-argumentativo.
Tipos de parágrafos. Simbolismo. Pré-modernismo. Vanguardas europeias.
Modernismo. Semana de Arte Moderna. Primeira fase do modernismo. Segunda
fase do modernismo. Modernismo em Portugal. Pós-modernismo. Produções
Contemporâneas. Produção literária paraense: poesia e prosa.
Bibliografia básica:
HERNANDES, Roberta; MARTIN, Vima Lia. Língua Portuguesa. Vol 3. 1ª Ed. São
Paulo: Editora Positivo, 2013.
Bibliografia complementar:
AMARAL, Emília; et.al. Novas palavras: literatura, gramática, redação e leitura. 2º
grau. São Paulo: FTD, 1997.
CEREJA, William Roberto, MAGALHÃES, Thereza Cochar. Gramática Reflexiva:

01/12/2016 Pagina - 40 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

texto, semântica e interação. São Paulo: Atual, 1999.


__________________________. Português: Linguagens – Literatura, Produção de
Texto e Gramática. Volume 2. São Paulo: Atual, 2005.
FARACO, Carlos Emílio, MOURA, Francisco Marto. Língua e Literatura. Volume 2.
São Paulo: Ática,1995.
INFANTE, Ulisses. Curso de Gramática aplicada aos textos. 2ªed. São Paulo:
Scipione, 1991.
_______________. Do texto ao texto: curso prático de leitura e redação. São Paulo:
Scipione, 1991.
NICOLAS, José de. Língua, Literatura e Redação. Volume 2. São Paulo: Scipione,
1994.
TERRA, Ernani, NICOLAS, José. Gramática, literatura & redação para o 2º grau.
São Paulo: Scipione, 1997.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006.
CARNEIRO, Agostinho Dias. Texto em Construção: interpretação de textos. São
Paulo: Moderna, 1992.
CIPRO NETO, Pasquale. Gramática da língua portuguesa. São Paulo: Scipione,
1996.
FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Para entender o texto: leitura e
redação. São Paulo: Ática, 2010.
MASSAUD, Moisés. A literatura portuguesa através dos textos. São Paulo: Cultrix,
2006.
SARMENTO, Leila Lauar. Oficina de redação. São Paulo: Moderna, 2009.
VALENTE, André. A linguagem nossa de cada dia. Petrópolis: Vozes, 1997.

Disciplina: História III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
A formação e consolidação do projeto republicano no Brasil. A crise do capitalismo e
os movimentos sociais e políticos de orientação socialista. Os desdobramentos das
ações republicanas na Amazônia. O mundo pós-guerra e o contexto da Guerra Fria.
Os resultados da política externa estadunidense na América Latina. África: da
descolonização ao estado atual. As mudanças no capitalismo e no mundo do
trabalho e a globalização.
Bibliografia básica:
- FARIA, Sheila De Castro; FERREIRA, Jorge; VAINFAS, Ronaldo; e SANTOS,
Georgina Silva dos. HISTÓRIA. Vol. 3. 2ª ED. São Paulo: Saraiva, 2013.
Hobsbawn, Eric. GLOBALIZAÇAO, DEMOCRACIA E TERRORISMO. São Paulo,
2007.
_____________. ERA DOS EXTREMOS. São Paulo, 2009.
- Vicentino, Cláudio; Dorigo, Gianpaolo. História Geral e do Brasil. 1ª. Ed. São Paulo,
2012.
- Marques, Ademar Martins; Faria, Ricardo de Souza; Berrutti, Flávio Costa. História
do tempo presente: Textos e documentos, Volume 7. São Paulo: Editora Contexto,
2011.
____________. História Contemporânea através de textos. São Paulo, Editora
Contexto, 2004.

01/12/2016 Pagina - 41 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

- FAUSTO, Bóris. História concisa do Brasil. São Paulo: Edusp, 2001.


Bibliografia complementar:
Napolitano, Marcos. Cultura brasileira: utopia e massificação(1950-1980). São
Paulo: Editora Contexto, 2010. (Coleção Repensando a História).
Luca, Tânia Regina de. Indústria e Trabalho na História do Brasil. São Paulo, 2008.
(Coleção Repensando a História do Brasil).
Janotti, Maria de Lourdes M. Coronelismo, uma política de compromissos. São
Paulo: Brasiliense, 1999. (Coleção Tudo é História).
Weffort, Francisco. O populismo na política brasileira. 2ª. Ed. – São Paulo: Paz e
Terra, 1998.

Disciplina: Geografia III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
01. A ocupação produtiva do território. 1.1 A formação da economia brasileira
enquanto “arquipélagos econômicos”; 1.2 A formação da economia brasileira
enquanto “arquipélagos econômicos” (Brasil colonial: a economia açucareira; A
mineração no período colonial; A economia cafeeira no Brasil Império; A economia
cafeeira no contexto republicano); 1.3 A formação da economia brasileira enquanto
“arquipélagos econômicos” (A borracha na Amazônia); 1.4 A indústria brasileira:
origens e constituição; 1.5 A indústria brasileira pré-1930 e os fatores políticos
econômicos da industrialização no Brasil; 1.6 O processo de “substituição de
importações” e a constituição da economia industrial brasileira; 1.7 As fases da
industrialização: Governo Vargas, Governo JK, Governos Militares; 1.8 A
industrialização enquanto estratégia de Integração do espaço nacional; 1.9 O fim do
ciclo de “substituição de importações” e a crise do modelo de industrialização
fechada; 1.10 A década perdida de 1980 e a década de 1990 com a abertura
comercial ; 1.11 Os anos 2000 e a tendência a desindustrialização. 02:
Nacionalidade e identidade cultural. 2.1 Estrutura da População brasileira: aspectos
conceituais; 2.2 A estrutura demográfica e a população economicamente ativa; 2.3 A
população e os índices atuais de desenvolvimento humano; 2.4 Crescimento
populacional e dinâmica das migrações; 2.5 Transformações culturais da população
brasileira; 2.6 As minorias étnicas e sua integração na sociedade brasileira. 03: A
questão ambiental no Brasil. 3.1 Os interesses econômicos e a degradação
ambiental; 3.2 A degradação ambiental das cidades; 3.3 Dependência econômica e
degradação ambiental; 3.4 A produção e o uso da energia no Brasil e os impactos
ambientais; 3.5 O Brasil e os acordos ambientais internacionais. 04: As diferentes
regionalizações do espaço nacional e regional brasileiro. 4.1 A importância da
regionalização para a configuração do espaço nacional brasileiro na atualidade; 4.2
Regionalizações institucionais: o IBGE e a regionalização de 1913, 1934, 1940, 1960
e 1970; 4.3 A regionalização do Brasil enquanto espaço Geoeconômico: Centro-Sul,
Amazônia e Nordeste; 4.4 A regionalização do Brasil na interpretação de Milton
Santos: os quatro brasis e a região concentrada; 4.5 A regionalização enquanto
estratégia de integração e desenvolvimento nacional; 4.6 As agências de
desenvolvimento e a regionalização: SUDAM, SUDENE, SUDECO, SUDESUL. 05: A
Amazônia e sua integração ao Brasil globalizado. 5.1 As diferentes espacialidades e
territorialidades da Geografia paraense; 5.2 As diferentes espacialidades e
territorialidades da Geografia paraense; 5.3 Os projetos econômicos e as

01/12/2016 Pagina - 42 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

transformações sócio-espaciais; 5.4 Os projetos econômicos e as transformações


sócio-espaciais; 5.5 A divisão do estado do Pará e os processos de formação de
novos municípios; 5.6 A divisão do estado do Pará e os processos de formação de
novos municípios.
Bibliografia básica:
ALMEIDA, L. A. M; RIGOLIN, T. B. Fronteiras da Globalização. Vol 3. São Paulo:
Ática, 2014.

Bibliografia complementar:
MOREIRA, E; MOREIRA, E. Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e
globalização. São Paulo: Scipione, 2012, Volume III.
VESENTINI, J. W. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2012,
Volume III.

Disciplina: Filosofia III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
. A Filosofia da Ciência ao elaborar a crítica sobre os pressupostos dos paradigmas
científicos revela que a ciência, diferentemente do que se possa acreditar, é uma
forma de investigação em que a imaginação e a inventividade desempenham um
papel importante, não sendo simplesmente uma descrição atemporal e fidedigna
sobre o mundo e cosmo. Além disso, o dialogo entre ciência e arte sempre existiu
como se verifica na relação entre arte e técnica e, posteriormente, a tecnologia: os
avanços científicos contribuíram com o aprimoramento dos materiais utilizados pelos
artistas e a imaginação artística inspirou muitos cientistas em suas investigações.
Por sua vez, a análise acerca da estética, como uma das condições de
conhecimento da percepção humana sobre a realidade, a partir de conceitos básicos
fundamentados pelos teóricos da filosofia da arte, possibilita um diálogo da arte com
as tecnologias e com os outros saberes, entre eles a ciência. A estética, como
filosofia da arte, também proporciona aos discentes a compreensão das muitas
formas de manifestações artísticas, como resultado de um sistema de pensamento
inserido no fazer humano.
Bibliografia básica:
ARANHA, M.ª Lúcia e MARTINS M.ª Helena. Filosofando: Introdução à Filosofia. Vol
3. São Paulo, Editora Moderna, 2013.
Bibliografia complementar:
ARANHA, M.ª Lúcia e MARTINS M.ª Helena. Temas de filosofia, São Paulo, Ed.
Moderna, 1998.
CHALITA, G. Vivendo a Filosofia, São Paulo, Ed. Atual, 2004.
CHAUÍ, M. Convite a Filosofia S. Paulo , Ed. Ática, 2003.
CHAUÍ, M. et alli. Primeira Filosofia : Lições introdutórias, São Paulo, Ed.
Brasiliense, 1984.
CHAUÍ, M. Filosofia, S. Paulo, Ed. Ática, 2003, Série Novo Ensino Médio.
CORDI,C. et alli. Para filosofar, São Paulo, Ed. Scipione, 2002

01/12/2016 Pagina - 43 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Sociologia III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
. O pensamento dos grandes teóricos da Sociologia Brasileira. A cultura brasileira e
os problemas que entravam o desenvolvimento econômico-social do Brasil à luz da
Sociologia Brasileira. As principais causas do subdesenvolvimento e da dependência
da sociedade brasileira no contexto nacional e regional (amazônico). A Modernidade
como projeto civilizatório criado a partir da ruptura com o saber teológico, a partir do
Renascimento, do Iluminismo e da ascensão do capitalismo. As principais
abordagens sociológicas sobre a pós-modernidade. O fenômeno do consumismo na
sociedade contemporânea. As relações entre ciência, técnica e tecnologia. A
utilização das novas tecnologias e sua interferência no cotidiano. Os problemas
ambientais decorrentes das contradições do desenvolvimento tecnológico capitalista.
O papel da mídia, da moda e da Medicina Estética sobre o comportamento social.
Bibliografia básica:
GIDDENS, Anthony. Sociologia. S. Paulo: Penso, 2012.
SILVA, Afrânio ET alii.Sociologia em movimento. Vol. 3. São Paulo: Moderna, 2013.
Bibliografia complementar:
BRITO, Daniel. A modernização da superfície: Estado e desenvolvimento na
Amazônia. Belém: NAEA/UFPA, 2002.
CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. S. Paulo: Paz e Terra, 2008.
GIDDENS, Anthony.As conseqüências da modernidade. S. Paulo: UNESP, 1991
HARVEY, David. A Condição Pós-Moderna. S. Paulo: Edições Loyola, 1992.
LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades
modernas. S. Paulo: cia das letras, 2009.
LOUREIRO, R. V. Amazônia: estado, homem natureza. Belém: CEJUP, 2004.
MELLO, Reynaldo F. L. de. Sociologia Ambiental. S. Paulo: LTCE, 2008.
SCHWARTZMAN, Simon. Bases do Autoritarismo Brasileiro. Rio de Janeiro:
Campus, 1988.

Disciplina: Física III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
. Eletrostática, Eletrodinâmica e Magnetismo ; Relatividade, Física Quântica e
Nuclear. Introdução à eletricidade, Campo elétrico, Potencial elétrico; Corrente
elétrica, Potência elétrica, associação de resistores e resistividade, Geradores e
circuitos elétricos; O campo magnético, Campo magnético e corrente elétrica,
Indução eletromagnética; Das ondas eletromagnéticas aos fótons, Relatividade;
Origens da Física quântica, A nova física.
Bibliografia básica:
Gaspar, Alberto. Compreendendo a Física. Volume 3. São Paulo: Editora Moderna,
2012.
Bibliografia complementar:
Fisica, Caderno de Revisão, Ensino Medio; Editora Moderna; 2011.
Fisica Conceitual 9ª Edição; P.Hewit; Bookman; 2008.

01/12/2016 Pagina - 44 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Química III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
. Equilíbrio químico. Eletroquímica. As funções da Química Orgânica. Estudo da
isomeria plana e espacial.
Bibliografia básica:
1. CANTO, E. L.; PERUZZO, F. M.; Química na abordagem do cotidiano. v. 3,
Editora Moderna. 2013
2. LISBOA, J. C. F.; Ser Protagonista Química. v. 3, Editora SM. 2013
3. MACHADO, A. H.; MORTIMER, E. F.; Química. v. 3, Editora Scipione. 2013.
4. MOL, G. S.; et al; Química para a nova geração – Química cidadã. v. 3, Editora
Nova Geração, 2014.
5. REIS, M.; Química – Meio Ambiente – Cidadania – Tecnologia. v. 1, Editora
FTD, 2015.
Bibliografia complementar:
1. BRANCO, S.M; Poluição do ar, Editora Moderna, 2013
2. BRANCO, S.M; Energia e meio ambiente, Editora Moderna, 2013

Disciplina: Biologia III


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Ementa:
. Sistema de classificação biológica. Vírus. Reinos: Monera, Protista, Fungi e
Plantae. Reino Animalia: Poríferos, Cnidários, Platelmintos, Nematódeos, Anelídeos,
Artrópodes, Moluscos, Equinodermos e Cordados. Fisiologia humana: Sistemas
digestivo, respiratório, circulatório, excretor e nervoso.
Bibliografia básica:
LINHARES, S & GEWANDSZNADJER, F. Biologia Hoje. Volume 2: Seres Vivos. 2ª
Edição. São Paulo: Editora Ática, 2014.
Bibliografia complementar:
AMABIS, J. M. & MARTHO, G. Biologia dos organismos. Volume 2. São Paulo:
Moderna. 2007.
GEWANDSZNAJDER, F. & LINHARES, S. Biologia. Volume Único. 1ª edição. São
Paulo: Ática, 2008.
LOPES, S. Bio. Seres Vivos. 1ª edição. São Paulo: Saraiva. Volume 2. 2006.
Quadro 8: Componentes curriculares do ensino médio, 3º ano

01/12/2016 Pagina - 45 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Componentes curriculares Técnicas


1º ano.

Disciplina: Introdução à Tecnologia da Informação e Computação


Período: 1º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66h) – 2 aulas/semana
Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Introdução à Tecnologia da Informação e computação. Conceitos Básicos:
Hardware, Softwares, Comunicação e Internet. Softwares Básicos: Processador de
texto, Planilha Eletrônica e Apresentação. Introdução à Lógica Computacional.
Programação com ferramentas educacionais. Introdução à Programação com
Linguagens Convencionais e em Microcontroladores.
Bibliografia básica:
- LANCHARRO, E. Alcade; Miguel Garcia Lopes, Salvador Peñuelas Fernandez,
Informática Básica, Prentice-Hall, 2009.
- BARNIVIERA, Rodolfo Introdução à Informática. Livro Técnico. 1ª. Ed. 2012
- VELOSO, Fernando de Castro. Informática: Conceitos Básicos. Elsevier-
Campus. 9ª. Ed. 2014
Bibliografia complementar:
- MANZANO,Jose Augusto N. G. Algoritmos - Lógica para Desenvolvimento de
Programação de Computadores. Editora Érica. ISBN: 9788536502212. 16ª. Ed.
2004
- Brian Williams, Stacey Sawyer Using Information Technology, 11a. ed.2015.
- MONOK, SIMON, Programando com Arduino, Editora Bookman, 2013.
- Ângelo de Moura Guimarães, Newton Alberto de Castilho Lages. Algoritmos e
Estruturas de Dados, LTC Editora. 1ª. Ed. 1994
- Souza, Marco Antonio Furlan de; Gomes, Marcelo Marques; Soares, Marcio Vieira.
Algoritimos e Lógica de Programação. Cengage Learning. ISBN:
9788522111299. 2ª Ed. 2011.
- Davis, Stephen R. Começando a Programar Em C++ Para Leigos. Alta Books.
ISBN: 9788576085997. 1ª. Ed. 2011.
- Maria Izabel N. G. Manzano, Andre Luiz N. G. Manzano, Estudo dirigido de
informática Básica, Editora Érica, ISBN: 9788536501284. 2007.
- https://scratch.mit.edu/
- http://www.arduino.cc/

Disciplina: Circuitos Elétricos


Período: 1º ano - Carga horária: 160 aulas (133,33 h) - 4 aulas/semana
Teoria: 2 aulas / semana - Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Introdução à eletricidade; Classificação dos materiais elétricos; Sistemas de
unidades (SI); prefixos de múltiplos de potência de dez das unidades; Grandezas e
medidas elétricas; Circuito elétrico, lei de Ohm, Associação série, paralela e mista de
resistores; lei de Kirchoff; Fontes de corrente e de Tensão; Malhas de circuitos
elétricos; Teorema de Thevenin, Norton e de superposição; Equação dos nós;
Geração de corrente alternada, onda senoidal; Capacitores; Indutores;
Transformadores; Analise de circuitos DC no tempo; Equações Tensão-Corrente AC
no domínio da Frequência, impedância complexa, análise de circuitos no domínio da

01/12/2016 Pagina - 46 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

frequência. Circuitos trifásicos, representação delta-estrela.


Bibliografia básica:
- Albuquerque, Romulo Oliveira; Análise de circuitos em corrente contínua. Ed.
Érica, 21ª Edição ISBN: 9788571941472. SP. 2008.
- Albuquerque, R. O. Circuitos em Corrente Alternada, Editora Érica,ISBN:
9788536501437. 2ª. Edição 2008.
- Markus, O. Circuitos Elétricos: Corrente Contínua e Corrente Alternada,
Editora Érica, ISBN: 9788571947689. 9ª Edição. 2011.
Bibliografia complementar:
- CALÇADA, Caio Sérgio. Eletricidade/ Física Clássica; Ed. Atual – São Paulo,
1985.
- SANTOS, Horta. Problemas de Eletricidade, volume 1; Ed. Ao Livro Técnico- RJ.
1980.
- BOYLESTAD, Robert L. Introdução à Análise de Circuitos. Pretince‐Hall do
Brasil, 1998.
- GUSSOW. M. – Eletricidade Básica (Coleção Schaum), Makron Books do Brasil
Editora, 2a. edição, 1997.
- EDMINISTER, Joseph. A., Circuitos Elétricos, McGraw-Hill do Brasil. (não Edit.)

Disciplina: Eletrônica Digital


Período: 1º ano - Carga horária: 160 aulas (133,33 h) - 4 aulas/semana
Teoria: 2 aulas / semana - Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Funções lógicas, Sistemas de numeração, Álgebra Booleana e mapas de Karnaugh,
Circuitos combinacionais: Codificadores, Decodificadores, circuitos multiplex e
demultiplex. Circuitos Sequenciais: Comparadores e circuitos aritméticos, Flip-Flop,
registradores e contadores, memórias.
Bibliografia básica:
- IDOETA, Ivan Valeije; CAPUANO, Francisco G.. Elementos de Eletrônica Digital.
Editora Érica Ltda. 41ª Edição. 621.381 I21e. 2012.
Bibliografia complementar:
- MALVINO, Albert P. e Donald P. Leach. Eletrônica Digital Princípios e
Aplicações Volume 1 e 2. Editora McGraw-Hill.
- SHIBATA, Wilson M. Eletrônica Digital Teoria e Experiência. Volume 1 e 2.
Editora Érica Ltda.
- CAPUANO, Francisco G. Exercício de Eletrônica Digital ; Érica.
- COSTA, Cesar da. Projetos de Circuitos Digitais Com FPGA. Editora Érica.
ISBN 9788536505855. - 3ª Ed. 2014.

Disciplina: Empreendedorismo e Cooperativismo


Período: 1º ano - Carga horária: 40 aulas (33,33 h) – 1 aula/semana
Ementa:
Principais conceitos e características. A gestão empreendedora e suas implicações
para as organizações. A importância e as características do comportamento
empreendedor nas organizações. O processo empreendedor. Perfil dos
empreendedores no ambiente do cooperativismo. Empreendedorismo e capitalismo,

01/12/2016 Pagina - 47 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

empreendedorismo e economia solidária. A busca de oportunidades dentro e fora do


negócio. A iniciativa empreendedora e tomada de decisão. As funções
administrativas aplicadas ao empreendedorismo.
Bibliografia básica:
- GARVIN, D. A. Gerenciando a qualidade. São Paulo: Qualitymark, 2014.
- DAMAZIO, Alex. Administrando com a gestão pela qualidade total. Interciência: Rio
de Janeiro, 2009.
- TOLEDO, J. C. de; BORRÁS, M. A. A.; MERGULHÃO, R. C.; MENDES, G. H.
S. Qualidade: Gestão e Métodos.Rio de Janeiro:LTC,2013.
Bibliografia complementar:
- CERQUEIRA NETO, E. P. Gestão da qualidade: princípios e métodos. São
Paulo: Pioneira, 2008.
- FEIGENBAUM, A. V. Controle da Qualidade Total. São Paulo: McGraw, 2004.

Disciplina: Higiene e Segurança no Trabalho


Período: 1º ano - Carga horária: 40 h-aula (33,33 h) – 1 aula/semana
Ementa:
Introdução à higiene e segurança do trabalho HST; comissão interna de prevenção
de acidentes CIPA – NR-05; serviços especializados em engenharia de segurança e
medicina do trabalho SESMT – NR-04; equipamento de proteção individual EPI –
NR-06 e equipamento de proteção coletiva EPC; ergonomia; riscos ambientais;
noções de prevenção e combate a incêndio; Noções de primeiros socorros.
Segurança em instalações e serviços em eletricidade NR-10
Bibliografia básica:
- Filho, L. R. Técnicas de Higiene e Segurança do Trabalho
Bibliografia complementar:
- Ministério do Trabalho, Legislação e Normas
- Normas da ABNT
Quadro 9: Componentes curriculares técnicas, 1º ano

01/12/2016 Pagina - 48 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Componentes curriculares Técnicas


2º ano.

Disciplina: Organizações e Normas do Trabalho


Período: 2º ano - Carga horária: 40 h-aula (33,33 h) – 1 aula/semana
Ementa:
Introdução à Administração. Empresa. Psicologia social aplicada. Direitos e
garantias fundamentais (Art. 5° da Constituição Federal Brasileira). Direito do
Trabalho.
Bibliografia básica:
- BARROS, Alice Monteiro de. Curso de Direito do Trabalho. São Paulo. 2005.
- CHIAVENATO, Idalberto. Administração nos Novos Tempos. 13ª Tiragem. Rio
de Janeiro: Campus, 2003.
Bibliografia complementar:
- NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Curso de Direito do Trabalho. São Paulo. 2006.
- ALEXANDRINO, Marcelo. Direito do Trabalho: Teoria, Jurisprudência e 850
questões. Rio de Janeiro. 2004.
- CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração / Edição
Compacta. 5ª Tiragem. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
- SILVA, José Afonso da. Curso de Direito Constitucional Positivo. 28ª Edição.
São Paulo: Malheiros, 2007.

Disciplina: Gestão da Qualidade


Período: 2º ano - Carga horária: 40 h-aula (33,33 h) – 1 aula/semana
Ementa:
Introdução à Gestão da Qualidade. Histórico da Qualidade. Evolução do conceito de
Qualidade. Dimensões da Qualidade. Aplicações da gestão da qualidade nas
organizações. Diagnóstico e solução de problemas relacionados à qualidade.
Utilização das ferramentas da Qualidade e a solução de problemas nas
organizações. Normas da Qualidade. Sistemas da Qualidade.
Bibliografia básica:
- DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo na prática: mitos e verdades dos
empreendedores de sucesso. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
- DRUCKER, P. F.; Inovação e espírito empreendedor (entrepreneurship):
prática e princípios. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2010.
- DEGEN, R. J. O empreendedor: fundamentos da iniciativa empresarial - guia
para montar seu próprio negócio, vencer as dificuldades e administrar os
riscos. São Paulo: Pearson Education, 2004.
Bibliografia complementar:
- MAXIMIANO, A. C. A. Administração para empreendedores: fundamentos da
criação e da gestão de novos negócios. São Paulo: Prentice-Hall, 2006.
- SALIM, C. S. Introdução ao empreendedorismo: despertando a atitude
empreendedora. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

01/12/2016 Pagina - 49 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Comandos Industriais


Período: 2º ano - Carga horária: 80 h-aula (66,66h) – 2 aulas/semana
Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Elementos de Comando Manual, Relés Eletromecânicos, Circuitos utilizando chaves,
botoeiras, Temporizadores e relés. Esquema básico para comando trifásico,
Contactores, Acionamentos de Motores Trifásicos.
Bibliografia básica:
- NASCIMENTO, G. Comandos Elétricos – Teoria e Atividades, Érica, 1ª. Ed.
621.46 N191c. 2011.
- FRANCHI, C. M. Acionamentos Elétricos. Ed. Érica, 2007.
- PAPENKORT, F. ‐ Esquemas Elétricos de Comando e Proteção. 2ª. Ed. Editora
Pedagógica e Universitária, 2012.
Bibliografia complementar:
- DIAS, Rubens Alves, FILIPPO FILHO, Guilherme. Comandos Elétricos-
Componentes Discretos, Elementos de Manobra e Aplicações, série Eixos, 1ª.
Ed. Érica, 2014.
- ROLDAN, J. ;Manual de Automação por Contatores. Ed. Hemus, 2002.
- FRANCHI, C. M. Inversores de freqüência – Teoria e aplicações. Ed. Érica,
2008.
- WEG ‐ Comando e Proteção (Módulo I). Centro de Treinamento a Clientes, 2005.
- SENAI‐ES ‐ Automação Básica e Circuitos de Intertravamento e Alarmes, 1999.

Disciplina: Eletrônica Aplicada


Período: 2º ano - Carga horária: 120 aulas (100,00 h) – 3 aulas/semana
Teoria: 1 aulas / semana - Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Simbologia de componentes eletroeletrônicos e suas formas físicas; diagramas de
circuitos elétricos e formas de montar um circuito eletroeletrônico; desenho de
diagramas a partir de circuitos montados; Análise e prototipagem de sistemas
eletrônicos com a utilização de software para confecção de layout de circuito
analógica e digital; circuito impresso: definição, etapas de fabricação, material
utilizado, cuidados, montagem; layout de circuitos impressos; fabricação da placa e
montagem do circuito; desenho de diagramas a partir de circuitos eletrônicos
montados em placas;
Bibliografia básica:
- BOYLESTAD, Robert L; NASHELSKY, Louis Dispositivos eletrônicos e teoria de
circuitos. Rio de Janeiro: Prentice-Hall do Brasil, 11ª. Ed. 2013.
Bibliografia complementar:
- Bê-a-bá da Eletrônica- Ed. Bartolo Fittipaldi, todos os volumes.
- Eletrônica Total - Ed. Saber Eletrônica Ltda., todos os volumes.
- Circuitos e Informações - Ed. Saber Ltda, todos os volumes
- www.newtoncbraga.com.br

01/12/2016 Pagina - 50 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Eletrônica Analógica.


Período: 2º ano - Carga horária: 160 aulas (133,33 h) - 4 aulas/semana
Teoria: 2 aulas / semana - Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Teoria dos diodos, circuitos com diodos, diodos especiais, estudo do transistor
bipolar, circuitos de polarização de transistor bipolar, Amplificadores emissor-comum
para pequenos sinais, amplificador coletor-comum (seguidor de emissor) para
pequenos sinais, Amplificadores base-comum para pequenos sinais. Resposta em
frequência de amplificadores, amplificadores de potência, transistor de junção de
efeito de campo JFET, polarização do JFET, amplificadores com JFET, noções de
MOSFET. Amplificador operacional: circuitos lineares e não lineares. Dispositivos
Semicondutores de Potência, Circuitos Retificadores, Circuitos de Disparo.
Conversores de energia CA/CC e CC/CA, Comutação em Corrente Contínua,
Retificadores trifásicos, Inversores trifásicos.
Bibliografia básica:
- MALVINO, Albert Paul. Eletrônica Volume I. Ed. Mc Graw Hill, 7a. edição ISBN
9788577260225. 2008.
- MALVINO, Albert Paul. Eletrônica Volume II. Ed. Pearson Education – 7ª. edição.
ISBN 9788577260232. 2008.
- AHMED, Ashfaq, Eletrônica de Potência, S. Paulo, Prentice Hall. 621.381 A286e.
2000.
- ARRABAÇA, Devair Aparecido; GIMENEZ, Salvador Pinillos, Eletrônica de
potência: conversores de energia (CA/CC) teoria, prática e simulação, 2ª
Edição, ISBN: 9788536516301. 621.381 A773e . 2016.
Bibliografia complementar:
- BOYLESTAD, Robert L; NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria
de circuitos. Ed. Pearson Education do Brasil. 8a. Ed. 2004.
- MARKUS, Otávio - Ensino modular: sistemas analógicos - circuitos com
diodos e transistores - teoria e exercícios - São Paulo: Érica, 621.381522
M346e . 2000.
- RASHID, Muhammad H. Eletrônica de Potência ‐ Circuitos, Dispositivos e
Aplicações. Ed. Makron Books ISBN 9788534605984. 1999.
- NEWMAN, Martin – Industrial Eletronics and Controls – Prentice‐Hall
Intenacional Editions.
- Arthur F. de Gruiter Amplificadores Operacionais. McGraw-Hill
- Cipelli/Sandrini. Teoria e Desenvolvimento de Projetos de Circuitos Eletrônicos
Ed. Érica
- Machado, Nonato – Apostila Eletrônica de Potência (Planos de Aulas). IFPA. 2009

Disciplina: Projeto Integrador I.


Período: 2º ano - Carga horária: 40 aulas (33,33 h) - 1 aulas/semana
Ementa:
Planejamento e Elaboração do Projeto
Bibliografia básica:
- MARTINS, J. S. Projeto de pesquisa: estratégias de ensino e aprendizagem
em sala de aula. 2. ed. Campinas: Armazém do Ipê, 2007.
Bibliografia complementar:
- ALMEIDA, M. E. B. Projeto uma nova cultura de aprendizagem. São Paulo:

01/12/2016 Pagina - 51 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Pontifica Universidade de São Paulo, 1999.


- FELDER, R. M. et al. The future of engineering education. Part 2 Teaching
methods that work. Chemical Engineering Education. North Carolina. p. 26-38.
2000.
- INTEL® Teach Elements: Inquiry in the science classroom. Disponível em:
http://www.intel.com/education/video/inquire/content.html. Acesso em: fev 2013.
- MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 7.
ed. São Paulo: Atlas, 2010.
- NETTO, A. A. O.; MELO, C. Metodologia da pesquisa científica. 3. ed. Santa
Catarina: Visual Books, 2008.
- NRC National Research Council. Disponível em:
http://www.intel.com/education/video/inquire/content.html. Acesso em: 26 de fev.
2013.
- FERREIRA, L. M.; FURTADO, F.; SILVEIRA, T. S. Relação orientador-orientando.
O conhecimento multiplicador. Acta Cirúrgica Brasileira, v.24. 170-172 p. 2009.
- LEITE FILHO, G. A.; MARTINS, G. A. Relação orientador-orientando e suas
influências na elaboração de teses e dissertações. Edição especial. RAE. 2006.p.
99-109 Documento em PDF disponível em:
http://rae.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/10.1590_S0034-
75902006000000008.pdf Acesso em 04 jul. 2013.
- Metodologia de Pesquisa e Orientação de Projetos de Iniciação Científica. Curso
de 30 horas disponível na internet: http://apice.febrace.org.br/ em abril de 2016.
- Organização e Realização de Feiras de Ciências e Engenharia. Curso de 30 horas
disponível na internet: http://apice.febrace.org.br/ em abril de 2016.
Quadro 10: Componentes curriculares técnicas, 2º ano

01/12/2016 Pagina - 52 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Componentes curriculares Técnicas


3º ano.

Disciplina: Instrumentação e Controle de Processo


Período: 3º ano - Carga horária: 160 aulas (133,33 h) - 4 aulas/semana
Teoria: 2 aulas / semana - Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Conceitos de Instrumentação e Controle de Processos. Simbologia. Sistema
Internacional de unidades; Estilo e Escrita do SI, Algarismos Significativos. Sistemas
de medição: constituição básica; características metrológicas e operacionais.
Transformação de unidades; Manuseio e Leitura de Instrumentos de Medição.
Instrumentos de medição de Pressão, Instrumentos de medição de Nível,
Instrumentos de medição de Vazão, Instrumentos de medição de Temperatura,
Sensores indutivos capacitivos e resistivos. Controle em malha-aberta e controle em
malha-fechada; Funções de Transferência; Diagrama de blocos; Análise de
Resposta Transitória; Estabilidade de Sistemas; Controlador PID.
Bibliografia básica:
– SIGHIERI, Luciano e Mishinari, Akiyoshi - Controle Automático de Processos
Industriais, Instrumentação, 2a. edição - Ed. Edgard Blücher Ltda. – 2003.
– HELFRICK, Albert D. ; COOPER, William D. Instrumentação Eletrônica
Moderna e Técnicas de Medição Prentice-Hall do Brasil - Rio de Janeiro. 1994.
- MOLLENKAMP, Robert A. Controle Automático de Processos, Editora Brasileira
Ltda. – EBRAS – São Paulo, 1994.
Bibliografia complementar:
-OGATA, Katsuhiko. Engenharia de Controle Moderno. 5ª edição, 4ª reimpressão-
Pearson Education do Brasil, São Paulo, SP - 2013.
- MAYA, Paulo Álvaro; LEONARDI, Fabrízio. Controle Essencial, 2ª edição –
Pearson Education do Brasil, São Paulo – SP, 2014.
- AGUIRRE, Luis Antonio. Fundamentos de Instrumentação. Pearson Education
do Brasil. São Paulo-SP. 2013
- BOLTON, William. Instrumentação & Controle. Editora Hemus Ltda. – São
Paulo, 2002.
- BENTO, Celso Roberto. Sistemas de controle: teoria e projetos. Érica. 1993.
- Johson Curtis D. Controlo de Processos: Tecnologia da Instrumentação.
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Janeiro de 1990.
- INMETRO, Vocabulário Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de
Metrologia , Duque de Caxias, RJ :, 52p. 2012.

01/12/2016 Pagina - 53 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Sistemas Microprocessados


Período: 3º ano - Carga horária: 120 aulas (100,00 h) - 3 aulas/semana
Teoria: 1 aulas / semana - Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Introdução aos Sistemas Microprocessados. Linguagem de programação.
Mapeamento de dispositivos. Interfaces de entrada e saída e dispositivos. Estudo
dos Microcontroladores. A estrutura de memória de Microcontroladores. Modos de
endereçamento. Conjunto de instruções. Aplicações de periféricos internos de
Microcontroladores. Comunicação serial. Sub-rotinas e Interrupções. Conversor A/D
e D/A, Timer, Modulação PWM.
Bibliografia básica:
- SILVA JR, VIDAL PEREIRA, Aplicações Práticas do Microcontrolador 8051,
Editora Érica, 2004.
- SILVA, RENATO A., Programando Microcontroladores PIC, Editora Ensino
Profissional, 2006.
- MONOK, SIMON, Programando com Arduino, Editora Bookman, 2013.
Bibliografia complementar:
- MONTEIRO, Mario A. - Introdução a Organização dos Computadores, LCT,
ISBN 9788521615439 . Rio de Janeiro – 5ª. Edição 2012;
- Ronald J. Tocci e Lester P. Laskowski. Microprocessadores e
microcomputadores hardware e software. 321 págs. Editora PHB. 1983.
- SILVA JÚNIOR, Vidal Pereira da. Aplicações práticas do microcontrolador
8051. 9. ed. 270p. ISBN 8571941947. 004.16 S586a. Erica, 2000.
- BIANCHI, Paulo - Introdução aos Microcomputadores, LTC, Rio de Janeiro 1985.
- SOUZA, David José de. Desbravando o PIC/ Ampliado e atualizado para
PIC16F628A. 12. ed. 268 p. ISBN 9788571948679. 004.16 S729d. Érica, 2009
- SOUZA, David José de; LAVINIA, Nicolás César. Conectando o PIC explorando
recursos avançados. 1.ed. 378 p. Mosaico, 2002.
- NICOLOSI, Denys Emílio Campion. Laboratório de microcontroladores: família
8051 : treino de instruções, hardware e software . 5.ed., remod. 206 p. ISBN
8571948712, 004.16 N651l. Érica, 2006.
- MALVINO, Albert Paul. Microcomputadores e microprocessadores. 578 p.
621.39 M262m. Makron Books do Brasil, 1985.
- GIMENEZ, Salvador Pinillos. Microcontrolador 8051. 253 p. ISBN 8587918281.
004.16 G491m. Pearson Prentice Hall, 2002.
- PEREIRA, Fábio. Microcontroladores PIC: programação em C . 7.ed. 358p.
ISBN 9788571949355. 004.16 P436m. Érica, 2009
- PEREIRA, Fábio. Microcontroladores PIC: técnicas avançadas. ISBN
8571947279 .. São Paulo: Érica, 1a. edição. 2009..
- Gonçalves, Victor. Sistemas Baseados Em Microcontroladores PIC.
Publindústria. ISBN 9789728953287. 1ª. Edição 2013
- Wagner Da Silva Zanco. Microcontroladores PIC - Técnicas De Software E
Hardware Para Projetos de Circuítos Eletrônicos. 2ª Edição. ISBN:
9788536501031. 2008.

01/12/2016 Pagina - 54 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Automação Industrial


Período: 3º ano - Carga horária: 120 aulas (100,00 h) - 3 aulas/semana
Teoria: 1 aulas / semana - Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Atuadores Pneumáticos, Válvulas Eletropneumáticas, Dispositivos Elétricos,
Sensores Elétricos, Atuadores elétricos, Circuitos Elétricos e eletro-pneumáticos
Combinacionais; Circuitos Elétricos e eletro-pneumáticos Sequenciais.
Apresentação do Controlador Lógico Programável (CLP). Componentes do CLP.
Estrutura Interna do CLP. Funcionamento do CLP. Interfaces de entrada e saída do
CLP. Sinal binário, sinal digital e analógico. Representação de circuitos digitais.
Programação básica nas linguagens segundo a norma IEC 6 1131-3: Diagrama de
Blocos Funcionais (FBD). Diagrama de Contatos Ladder (LD). Lista de Instruções
(IL) noções. Texto Estruturado (ST) noções. Sequential Function Chart (SFC)
noções. Exemplos práticos de programas e circuitos de CLP, com lógica
combinacional e lógica sequencial.
Bibliografia básica:
- BONACORSO, Nelso Gauze; NOLL, Valdir, Automação Eletropneumática,
Editora Érica. ISBN: 9788571944251. 629.8045 B697a. 12ª Edição. 2013
- NATALE, Ferdinando. Automação Industrial. Editora Érica. 8ª. Ed. 629.89 N271a
2006.
- PRUDENTE, Francesco, Automação Industrial, PLC teoria e aplicação, Curso
Básico, LTC. 2ª. Ed. 629.89 P971a. 2011.
- PRUDENTE, Francesco, Automação Industrial – PLC: Programação e
Instalação, LTC. 629.895 P971a 2013
Bibliografia complementar:
- FIALHO, Arivelto Bustamante, Automação Pneumática: Projetos,
Dimensionamento e Analise de Circuitos. Editora Érica.
- GEORGINI, Marcelo. Automação aplicada: descrição e implementação de
sistemas sequenciais com PLCs. Editora Érica. - 8. ed. 629.89 G352a 2007.
- OLIVEIRA, Júlio César Peixoto. Controlador Programável. MAKRON Books do
Brasil Editora Ltda.
- Silveira, Paulo R. da e Santos, Winderson E. Automação: controle discreto.
Editora Érica. 9. ed. 629.8 S587a 1998.
- SCHRADER BELLOWS. Eletropneumática. CDA Centro Didático de Automoção.
Eng. Paulo Bittencourt.
- FESTO DIDACTIC Brasil. "P11 Introdução a pneumática". Editora Festo Didactic.
- FESTO DIDACTIC Brasil. "EP211 Introdução a sistemas eletropneumáticos.
Editora Festo Didactic Brasil.
- Festo Didactic -Brasil. "E 311 Introdução a controladores lógicos e programáveis".
- FESTO Didactic Brasil. "spa 1 Técnicas de automoção industrial parte 1". Editora
Festo Didactic Brasil.
- Atos – Manual Controlador Programável MPC4004 - Atos Automação Industrial –
fevereiro/1998 – São Paulo
- Simatic S-200. Manual do sistema: Referência 6ES7298-8FA01-8DHD. Germany:
Siemens, 1998;
- S7-200 Programmable ControllerSystem Manual - Siemens – 1998;
- Manual do Instruções do LOGO, A5E00228636-01- Siemens - 2003;
- Programando com o Mastertool. QK2000 - Altus – 1994

01/12/2016 Pagina - 55 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Disciplina: Projeto Integrador II


Período: 3º ano - Carga horária: 80 aulas (66,66 h) - 2 aulas/semana
Prática: 2 aulas / semana
Ementa:
Execução: pesquisa e construção de relatório, Socialização.
Bibliografia básica:
- MARTINS, J. S. Projeto de pesquisa: estratégias de ensino e aprendizagem
em sala de aula. 2. ed. Campinas: Armazém do Ipê, 2007.
Bibliografia complementar:
- ALMEIDA, M. E. B. Projeto uma nova cultura de aprendizagem. São Paulo:
Pontifica Universidade de São Paulo, 1999.
- FELDER, R. M. et al. The future of engineering education. Part 2 Teaching methods
that work. Chemical Engineering Education. North Carolina. 2000. p. 26-38.
- INTEL® Teach Elements: Inquiry in the science classroom. Disponível em:
http://www.intel.com/education/video/inquire/content.html. Acesso em: fev.2013.
- MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 7.
ed. São Paulo: Atlas, 2010.
- NETTO, A. A. O.; MELO, C. Metodologia da pesquisa científica. 3. ed. Santa
Catarina: Visual Books, 2008.
- NRC National Research Council. Disponível em:
http://www.intel.com/education/video/inquire/content.html. Acesso em: 26 de fev.
2013.
- FERREIRA, L. M.; FURTADO, F.; SILVEIRA, T. S. Relação orientador-orientando.
O conhecimento multiplicador. Acta Cirúrgica Brasileira, v.24. 170-172 p. 2009.
- LEITE FILHO, G. A.; MARTINS, G. A. Relação orientador-orientando e suas
influências na elaboração de teses e dissertações. Edição especial. RAE. 2006.p.
99-109 Documento em PDF disponível em:
http://rae.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/10.1590_S0034-75902006000000008.pdf
Acesso em 04 jul.2013
- Metodologia de Pesquisa e Orientação de Projetos de Iniciação Científica. Curso
de 30 horas disponível na internet em abril de 2016: http://apice.febrace.org.br/
- Organização e Realização de Feiras de Ciências e Engenharia. Curso de 30 horas
disponível na internet em abril de 2016: http://apice.febrace.org.br/
Quadro 11: Componentes curriculares técnicas, 3º ano

01/12/2016 Pagina - 56 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

9. - PRÁTICA PROFISSIONAL

Segundo a resolução No. 06 de 20 de setembro de 2012 que define as


Diretrizes Curriculares Nacionais para a educação Profissional técnica de nível
médio, no Art. 21 explica: “A prática profissional, prevista na organização curricular
do curso, deve estar continuamente relacionada aos seus fundamentos científicos e
tecnológicos, orientada pela pesquisa como princípio pedagógico que possibilita ao
educando enfrentar o desafio do desenvolvimento da aprendizagem permanente,
integra as cargas horárias mínimas de cada habilitação profissional de técnico, e
correspondentes etapas de qualificação e de especialização profissional técnica de
nível médio.”.
O Regulamento Didático Pedagógico de Ensino, Resolução N.
041/2015/CONSUP, na pág. 30, Art. 104 recomenda que o “PPC deverá prever a
carga horária da Prática Profissional, observando as diretrizes curriculares do curso”.
Neste PPC do curso técnico de Eletrônica, está previsto uma carga horária de
240 horas para o Estágio Curricular Profissional Supervisionado não obrigatório, e
uma carga horária obrigatória de 20 horas para Atividades Complementares,
composta por atividades formativas profissionais, integralizada ao longo do curso.
Conforme detalhados nos itens 10 e 11 respectivamente.

10. - ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Básica, a


Lei nº 11.788/2008 (Lei do Estágio), bem como às normas definidas pelo Parecer
CNE/CEB nº 35/2003 e Resolução CNE/CEB nº 1/2004 (referentes à organização e
realização de estágio de alunos do Ensino Médio e da Educação Profissional, bem
como Educação Especial e de Jovens e Adultos), o estágio aos estudantes,
enquanto “ato educativo escolar, supervisionado e desenvolvido no ambiente de
trabalho”, mesmo não sendo obrigatório, “faz parte do projeto pedagógico do curso,
além de integrar o itinerário formativo do educando”.
Os referidos dispositivos legais apontam para a necessidade de
contextualização curricular e para desenvolvimento de saberes próprios da atividade
profissional e para a vida cidadã, através de articulação que congregue as

01/12/2016 Pagina - 57 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

instituições de ensino, instituições públicas, as empresas e organizações sociais


ambientalmente responsáveis.
A Diretoria de Extensão (DEX) atua no setor de Estágio através da Divisão de
Integração Campus Empresa legislando internamente acerca da captação e
validação no IFPA campus Belém no âmbito das Licenciaturas, Cursos de
Engenharias e Tecnologias e Cursos Técnicos e Subsequentes.
O estágio deve ser realizado de preferência ao longo do terceiro ano do
curso, ou após este, permeando o desenvolvimento dos diversos componentes
curriculares e não deve ser etapa desvinculada do currículo (§ 3º, Art.nº2, Resolução
01/2004).
Observado o prazo-limite de cinco anos para a conclusão do curso de
educação profissional de nível técnico, em caráter excepcional, quando comprovada
a necessidade de realização do estágio (não obrigatório) em etapa posterior aos
demais componentes curriculares do curso, o aluno deve estar matriculado e a
escola deve orientar e supervisionar o respectivo estágio, o qual deverá ser
devidamente registrado. (§ 4º, Art.nº2, Resolução 01/2004)
O estágio profissional supervisionado pode ser, realizado em empresas e
outras organizações públicas e privadas, à luz da Lei nº 11.788/2008 e conforme
Diretrizes específicas editadas pelo Conselho Nacional de Educação. Descritas na
Resolução CNE/CEB Nº01/2004, com a modalidade descrita no:
Art. 5º, II - Estágio profissional não obrigatório, mas incluído no respectivo
plano de curso, o que o torna obrigatório para os seus alunos, mantendo coerência
com o perfil profissional de conclusão do curso.
§ 1º Mesmo quando a atividade de estágio, assumido intencionalmente pela
escola como ato educativo, for de livre escolha do aluno, deve ser devidamente
registrada no seu prontuário.
§ 3º As modalidades específicas de estágio profissional supervisionado
somente serão admitidas quando vinculadas a um curso específico de educação
profissional, nos níveis básico, técnico e tecnológico, ou de ensino médio, com
orientação e ênfase profissionalizantes.

Compreende-se como estágio não obrigatório é aquele desenvolvido como


atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória.

Ressalta-se que, independentemente da nomenclatura que se atribua à


utilização de mão-de-obra de estudantes, somente poderão ser equiparadas ao
estágio da Lei 11.788/2008, as atividades expressamente previstas no projeto
pedagógico do curso.

01/12/2016 Pagina - 58 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Para realização do estágio supervisionado, não obrigatório, o estudante


deverá estar regularmente matriculado, haverá necessidade de celebração de termo
de compromisso de estágio e ter aprovado, pelo Coordenador do Curso, a
compatibilidade entre as atividades desenvolvidas no estágio e aquelas previstas no
termo de compromisso (art. 3º, da Lei nº 11.788/08).
Também, haverá necessidade de contratação de seguro contra acidentes
pessoais ao estagiário, a indicação de supervisor de estágio pela concedente (art.
9º, IV, parágrafo único, da Lei nº 11.788/08) e de professor orientador de estagiário
pelo IFPA, (art. 3º, §1º, da Lei nº 11.788/08), entre outras obrigações previstas na
Lei nº 11.788/08.

A prática profissional supervisionada, caracterizada como prática profissional


em situação real de trabalho configura-se como atividade de estágio profissional
supervisionado, assumido como ato educativo da instituição educacional.

Somente poderá ser aproveitado a pratica profissional supervisionada como


estágio profissional supervisionado, quando o IFPA, não captar e ofertar estágio até
o inicio do último ano acadêmico, e desde que as práticas profissionais
supervisionadas sejam concluídas após o período previsto para realização do
estagio supervisionado.

Também poderá ser aproveitada a pratica profissional realizada em outra


Instituição ou Órgão, quando estas ocorrerem após o período previsto para
realização do estágio supervisionado e desde que sejam acompanhadas por
professor lotado na Coordenação do Curso de Técnico em Eletrônica Integrado ao
ensino Médio.

A captação de vagas de estágio poderá ser feita, pelo contato da empresa


com a escola ou através de visitas realizadas pela escola nas empresas para
divulgação dos cursos técnicos ou pelo próprio aluno.

Caso o aluno faça a opção pela realização do estágio curricular


supervisionado, este deverá ocorrer preferencialmente durante o terceiro ano do
curso, caso o estágio decorra além deste, observado o prazo-limite para a conclusão
do curso, a diplomação só será realizada após a conclusão do estágio.

01/12/2016 Pagina - 59 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

11. - ATIVIDADES COMPLEMENTARES

As Atividades Complementares na forma de experiências adquiridas e


vinculadas às competências das Disciplinas Técnicas do Curso de Eletrônica
permite ao aluno desenvolver, na ausência de oportunidades de estágio no mundo
do trabalho, atividades acadêmicas supervisionadas por um ou mais professores do
curso e devidamente registrado como Atividade Complementar, desenvolvendo
projetos de extensão e/ou de pesquisa devidamente contemplados no artigo 103 do
Regulamento Didático-Pedagógico do Ensino (exemplo: bolsa de iniciação científica
ou de desenvolvimento tecnológico ou inovação), de maneira que o aluno consiga
vivenciar o contato com o mundo do trabalho através de visitas técnicas e/ou micro
estágios. Sem que existam conceitos para a execução das atividades
complementares profissionais, bastando o cumprimento ou complementação da
carga horária total prevista neste Plano de Curso. Desta maneira as Atividades
Complementares, devidamente definida no Plano de Curso como atividades
formativas profissionais, possa contribuir para a formação completa e global do
educando formando.
Atividades Complementares são obrigatórias, podendo ser:
I) Projetos de pesquisa e/ou de extensão;
II) Pesquisa acadêmico-científica e/ou tecnológica individual ou em equipe;
III) Estudo de caso;
IV) Visitas técnicas;
V) Microestágio;
VI) Atividade acadêmico-científico-cultural;
VII) Laboratório (simulações, observações e outras);
VIII) Oficina;
IX) Empresa; e
X) Escola.
A Atividade Complementar deve ser totalizada com no mínimo de 20 horas
acrescido na carga horária do curso, de preferência distribuído ao longo do curso, e
realizados no contraturno.
A comprovação do cumprimento da carga horária das Atividades
Complementares poderá ser feita ao final do curso, mediante apresentação de
declarações, atestados, ou outra forma equivalente de comprovação.

01/12/2016 Pagina - 60 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

A comprovação do cumprimento da carga horária das Atividades


Complementares deverá ser entregue pelo estudante à Coordenação de Curso para
validação e registro no sistema de gerenciamento acadêmico. Os tempos devem ser
de efetiva realização das atividades e não devem incluir tempo de deslocamento,
preparação ou outros.
Somente serão convalidadas as horas das Atividades Complementares
realizados a partir da data de inicio do curso.
O estudante que não cumprir a carga horária descrita como Atividades
Complementares não poderá requerer o Diploma e Histórico Escolar de conclusão
de curso.

12. - ATIVIDADES DE TUTORIA


Este PPC não contempla orientações pedagógicas para atividades de tutoria
voltadas à Formação Acadêmica de Educação à distância.

13. - TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TICS) NO


PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM

As Tecnologias de Informação e Comunicação, também conhecidas como


TICS, estão cada vez mais inseridas no cotidiano social, as constantes mudanças
provocadas pelos avanços científicos e tecnológicos também tem contribuído para
transformações sociais e econômicas. Novas formas de se estabelecer
comunicação, construir conhecimento e, sobretudo socializá-los têm sido
experimentadas a partir do uso dessas tecnologias.
Nesse aspecto, não seria precipitado afirmar que as TICS têm sido um
importante eixo condutor que tem impulsionado diferentes modos de comunicação,
de relacionamento entre pessoas, de manipulação dos objetos e de transformação
do mundo onde vivemos, em que há a expansão de fronteiras, o rompimento de
distancias virtuais, e tem promovido a conexão entre diferentes contextos sociais.
Diante de tais transformações, as instituições de ensino tem feito o exercício
de acompanhar este processo, a socialização do conhecimento historicamente
sistematizado por meio da educação formal encontra no uso das TICs estratégias e

01/12/2016 Pagina - 61 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

ferramentas de grande valia e que tem sido fundamental na promoção de uma


educação inclusiva.
As Tecnologias de Informação e Comunicação – TICS – correspondem ao
conjunto de recursos tecnológicos que, integrados em torno de um objetivo comum,
contribuem e mediam os processos de comunicação, informação e as relações
sociais. Podem ser utilizadas de várias formas: em processos industriais,
automação, no comércio, na publicidade, no processo de ensino aprendizagem e
etc. Em se tratando da área da educação há uma modalidade específica definida na
LDB 9.394/96 que se constituiu no e para o uso das TICS: a Educação à Distância.
São exemplos de TICS: ambientes virtuais de aprendizagem, chats, fóruns,
comunidades e grupos on-line; uso de arquivos digitais, aplicativos, data show,
telefonia; uso de redes sociais e etc.
È importante destacar que no caso da Educação à Distância o processo de
ensino aprendizagem se dá por meio das TICs, diferentes dos cursos presenciais,
que possuem metodologia que prima pela interação e integração dos sujeitos
mediante relações presenciais. Neste contexto, as TICs funcionam como
complemento, como mais uma estratégia de aprendizagem, como recurso e
ferramenta que colaborem para aprendizagem do aluno quando os objetivos da aula
e os conteúdos ministrados assim o requererem, devem ser utilizadas com critério,
método e objetivos definidos para que não sejam banalizadas. É muito comum
atualmente encontrarmos professores que só ministram aula se tiverem um data
show para ministrá-la, por exemplo, isto cria uma dependência da tecnologia, e
acaba levando o professor a certa acomodação, pois outras formas de ensinar
poderiam estar sendo experimentadas. Problemático também é quando no ensino
presencial, o docente centraliza sua prática pedagógica em torno de inter-relações
virtuais por meio de redes sociais, por exemplo, substituindo a presença, quando ao
invés de exposição oral, debates em sala de aula em torno do conteúdo ministrado,
opta por passar vídeo-aulas indiscriminadamente.
As TICs estão para servir de apoio ao trabalho docente e não para substituí-
lo. Mesmo na Educação à Distância, não há ausência do professor, há professores e
tutores que atuam junto aos discentes nos ambientes virtuais, inclusive a atuação
desses profissionais é determinante para a qualidade do curso e para evitar a
evasão, que nesta modalidade é bastante significativa.

01/12/2016 Pagina - 62 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

No Curso de Técnico em Eletrônica na modalidade presencial integrado ao


ensino médio, o aluno vivenciará a oportunidade de acompanhar o Plano de Curso,
seus tópicos principais de aulas participando de fóruns e chats programados
visualizando a qualquer momento, através do sistema SIGAA, conteúdos
ministrados e interagindo com o Professor das Disciplinas as dificuldades das
atividades em sala de aula, além de ter acesso on line, de sua frequência e
avaliações de sua participação ativa enquanto Aluno.

14. ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS

O Curso de Técnico de Eletrônica adotará atividades de caráter pedagógico


com objetivos específicos de trabalhar os conteúdos, competências e habilidades
técnicas profissionais segundo as especificidades de cada disciplina voltadas às
características específicas de formação profissional sem deixar de atender as
necessidades diferenciadas do aluno, perfil de turma e necessidades especiais.
Assim, segundo as Diretrizes Didáticas Pedagógicas poderão ser adotadas aulas
expositivas e dialogadas, de forma oral individual e coletiva, apresentação de vídeos
e lâminas por projetores de slides, explicação discursiva de conteúdos, atividades
laborais e experimentais em laboratórios de ensaios eletroeletrônicos seguidos de
exploração e apresentação de seminários resultantes de pesquisa e procedimentos
práticos, pela análise de situações – problemas, estudo de práticas, projetos,
seminários, debates, painéis, discussões, estudos dirigidos e tarefas individuais e/
ou coletivas, com utilização de multimídias e outros suportes tecnológicos
disponíveis, tais como; leituras e discussões de textos referenciados que deverão
ser registrados no Plano de Aula do Professor a cada modalidade de ensino e
semestre.
Devido à importância das aulas de laboratório no curso técnico de eletrônica,
é feito um planejamento de divisão da turma entre duas (ou três) disciplinas que
utilizam laboratórios diferentes, permitindo que o professor se dedique mais
diretamente com os alunos nas bancadas de experimentos, e dependendo da
situação da turma, do laboratório e cuidados especiais que se deva tomar, é
planejado um professor auxiliar (fator dois) para acompanhamento dos
experimentos. Isto também é necessário devido à limitação de bancadas e de alunos
nos laboratórios. Isto tudo sem prejuízo para a carga horária do aluno, apenas

01/12/2016 Pagina - 63 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

aumentando a carga horária dos professores. Os planejamentos das disciplinas


incluem a articulação da teoria com a prática, tanto na divisão da carga horária entre
as duas, conforme informado na ementa da disciplina, como na dinâmica de como
será realizada esta articulação.
Os procedimentos metodológicos que deverão ser adotado pelo professor no
processo educativo são:
• Aula expositiva utilizando quadro e projetor de multimídia.
• Pesquisa bibliográfica indicada e orientada pelo professor da disciplina.
• Leitura, interpretação e produção de textos a partir de discussões em grupos de
trabalho.
• Atividades práticas em laboratórios relacionados com estudos teóricos.
• Dinâmicas de grupo devidamente orientada pelo professor da disciplina.
• Seminários e relatórios das atividades desenvolvidas articuladas com outras
disciplinas.
• Provas escritas.
Praticamente todos os Laboratórios utilizados pelo curso possuem projetor
multimídia como recurso auxiliar para os professores, além disso, o Laboratório de
Demonstração (LADE) possui uma TV LCD de 59 polegadas para ser usada na
apresentação de filmes educativos e aulas multimídia. O planejamento do uso das
Tecnologias de Informação e Comunicação é feito no plano de disciplina realizado
pelo docente no inicio de cada ano letivo.

15. - CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE


ENSINO-APRENDIZAGEM

A avaliação da aprendizagem do IFPA Campus Belém, bem como as práticas


avaliativas e procedimentos adotados pelos docentes terão como objetivo principal o
aspecto formativo do aluno, considerando seu desenvolvimento e trajetória no
processo de ensino e aprendizagem durante o período letivo. Práticas de avaliação
de cunho unicamente classificatório meritocrático e punitivo e que ao invés de
colaborar para a aprendizagem significativa do educando contribuem para sua
exclusão do processo educativo formal devem ser evitadas por estarem em
desacordo não somente ao que dispõe a Lei de Diretrizes Bases da Educação
9.394/96, mas principalmente por ferirem os princípios que norteiam a construção e

01/12/2016 Pagina - 64 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

consolidação de uma escola que promova educação-formação numa perspectiva


democrática e com vistas à inclusão social do educando.
A avaliação da aprendizagem deve servir para que o docente faça uma
diagnose sobre os pontos fortes e frágeis no que tange a aprendizagem do
educando e a partir disto possa criar estratégias para que o aluno tenha condições
de superar suas dificuldades e prosseguir seus estudos. Isto não quer dizer que o
aluno não possa ficar reprovado/retido, significa dizer que é necessário construir
práticas pedagógicas que diminuam esta incidência.
A aprovação do discente e sua consequente progressão no curso devem
estar atreladas à sua aprendizagem efetiva e deve ser resultado de um trabalho
pedagógico comprometido com a função social da escola envolvendo professores,
setor pedagógico, assistência estudantil, diretorias sistêmicas e outros setores
estratégicos da instituição que estejam diretamente vinculados ao ensino, pesquisa
e extensão. Precisamos ter práticas que favoreçam a aprendizagem do aluno para
que ele aprenda, tenha uma formação crítica e esteja preparado para exercer sua
cidadania e contribua para a transformação da sociedade.
Nesta perspectiva, partindo do pressuposto de que a avaliação da
aprendizagem deve ser formativa, processual, cumulativa e, sobretudo dialógica, a
LDB 9.394/96 dispõe que: V - a verificação do rendimento escolar observará os
seguintes critérios: a) avaliação contínua e cumulativa do desempenho do aluno,
com prevalência dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos e dos
resultados ao longo do período sobre os de eventuais provas finais; b) possibilidade
de aceleração de estudos para alunos com atraso escolar; c) possibilidade de
avanço nos cursos e nas séries mediante verificação do aprendizado; d)
aproveitamento de estudos concluídos com êxito; e) obrigatoriedade de estudos de
recuperação, de preferência paralelos ao período letivo, para os casos de baixo
rendimento escolar, a serem disciplinados pelas instituições de ensino em seus
regimentos;
Em se tratando do nível médio a LDB 9394/96, seção IV do Ensino Médio,
dispõe que: II - adotará metodologias de ensino e de avaliação que estimulem a
iniciativa dos estudantes; § 1º Os conteúdos, as metodologias e as formas de
avaliação serão organizados de tal forma que ao final do ensino médio o educando

01/12/2016 Pagina - 65 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

demonstre: I - domínio dos princípios científicos e tecnológicos que presidem a


produção moderna; II - conhecimento das formas contemporâneas de linguagem;
De maneira mais específica no âmbito do IFPA, a resolução 041/2015-CONSUP de
15 de maio de 2015 que trata do Regulamento Didático Pedagógico do Ensino do
IFPA em seu capítulo VIII trata “Da Avaliação da Aprendizagem”. O capítulo, de
maneira geral estabelece os procedimentos da avaliação, instrumentos de avaliação,
fluxos, periodicidade, parâmetros para práticas avaliativas, critérios de avaliação
dentre outras diretrizes pertinentes à verificação e acompanhamento da
aprendizagem do educando. Assim, para fins de operacionalização e aplicabilidade
fica estabelecido o disposto na resolução supracitada, capítulo VIII, como diretriz
geral a ser cumprida pelo curso Técnico de Eletrônica, desta forma:

- A avaliação da aprendizagem será apurada em quatro momentos bimestrais no


regime anual (1ª BI a 4ª BI), e em prova final (PF), quando necessária (conforme Art.
261).

- A aprovação em cada componente curricular do curso de regime anual, avaliado


por nota, será mensurada pela média aritmética das quatro avaliações bimestrais
(conforme Art. 274, parágrafos 1º e 2º).

- O estudante será aprovado na componente curricular se obtiver Média Final (MF)


maior ou igual a 7,00 (sete) (conforme Art. 277, parágrafo único).

- A prova final (PF) será aplicada a estudante que apresentar desempenho


acadêmico insatisfatório na média das avaliações bimestrais (conforme Art. 261
parágrafo 2º).

- O estudante será aprovado na componente curricular após a aplicação da Prova


Final se obtiver Média Final maior ou igual a 7,00 (sete). Caso a Media Final seja
inferior a sete, o estudante será considerado reprovado na componente curricular
(conforme Art. 278 a 280).

- O aluno será considerado Reprovado por Faltas (RF) se comparecer a menos que
75% das atividades escolares da componente curricular. Sendo exigida a frequência
mínima de 75% (setenta e cinco por cento) do total de horas letivas (conforme Art.
116, parágrafo único).

01/12/2016 Pagina - 66 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Assim a avaliação da aprendizagem do curso de Técnico em Eletrônica segue o


Regulamento Didático Pedagógico do Ensino no IFPA, principalmente o que está
estabelecido no Art. 263, incisos I ao IV, que dispõe sobre as práticas avaliativas;
Art. 265, incisos I ao VIII, que dispõe sobre os instrumentos avaliativos; Art. 270,
parágrafo 1º, 2º, 3º e 5º, que dispõe sobre o direito a revisão da avaliação; Art. 271,
incisos I ao VIII, parágrafos 1º ao 5º, que dispõe sobre o direito a segunda chamada
de verificação; Art. 272, parágrafos 1º e 2º, que dispõe sobre o direito de apresentar
justificativa de falta a avaliações; Art. 273, sobre o registro do desempenho
acadêmico; Art. 283, parágrafo 1º e 2º, dispõe sobre o regime de dependência de
disciplinas; Art. 284, dispõe sobre a reprovação do período letivo; Os Art. 285 e Art.
286, parágrafo 1º, incisos I ao IV, parágrafo 2º e 3º, dispõe sobre recuperação
paralela; Art. 287, parágrafos 1º ao 3º e Art. 288, parágrafos 1º ao 8º, dispõe sobre o
registro de notas; Art. 289, alíneas “a” a “e” e o Art. 290, alíneas “a” a “f”, dispõe
sobre a divulgação das notas aos alunos.

Todas as Componentes Curriculares são anuais e trabalham com NOTA,


exceto as Atividades Complementares e o Estágio Supervisionado não Obrigatório
que trabalham com CONCEITO.

16. - CRITÉRIOS DE APROVEITAMENTO DE CONHECIMENTOS E


EXPERIÊNCIAS ANTERIORES

No âmbito deste projeto pedagógico de curso, compreende-se o


aproveitamento de conhecimentos e experiências anteriores como a possibilidade de
o estudante solicitar aproveitamento de estudos para fins de integralização de
componente curricular a partir de disciplinas cursadas em outro curso desde que
diretamente relacionados com o perfil profissional de conclusão da respectiva
qualificação ou habilitação profissional.
O Curso de Técnico em Eletrônica Integrado ao Ensino Médio seguirá o
estabelecido no Capítulo IX do Regulamento Didático-pedagógico do ensino no IFPA
(Resolução 041/2015-CONSUP) que trata especificamente do aproveitamento e do
extraordinário aproveitamento de estudos.
Solicitado via processo, o aproveitamento de estudos será concedido quando:

01/12/2016 Pagina - 67 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

I) A carga horária do componente curricular cursado for igual ou maior


que a carga horária do componente integrante da matriz curricular do curso
no IFPA;
II) O estudante tenha cursado o componente curricular com aprovação
em outro curso de mesmo nível de ensino ou de nível superior ao do curso
no IFPA;
III) O perfil formativo do componente curricular do curso no IFPA estiver
expresso no ementário do componente já cursado na outra instituição.
IV) Ter cursado o componente curricular num prazo máximo de 10 (dez)
anos, decorridos entre o final do período letivo em que o componente
curricular foi cursado e a data do protocolo do requerimento de
aproveitamento de estudos no IFPA. (REGULAMENTO DIDÁTICO-
PEDAGÓGICO DO IFPA, 2015, art. 295)

No que diz respeito ao extraordinário aproveitamento de estudos, o aluno


poderá solicitar para a certificação de conhecimentos para fins de cumprimento de
componente curricular isolado. O discente é submetido a processo de avaliação
teórica ou teórico-prática a partir da publicação de edital de chamada aos estudantes
interessados. Essa avaliação será realizada por uma banca examinadora, que
deverá elaborar os instrumentos e critérios de avaliação, sua aplicação e apuração,
bem como emitirá parecer avaliativo, que deverá ser homologado pela Direção de
Ensino do Campus (cf. Regulamento Didático-Pedagógico do Ensino no IFPA, 2015,
art. 304).
O curso Técnico em Eletrônica seguirá os preceitos estipulados no Capitulo IX
do Regulamento Didático-Pedagógico do Ensino no IFPA, 2015, no que se refere ao
aproveitamento e do extraordinário aproveitamento de estudos.

17. - CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO DO CURSO

SISTEMA DE AVALIAÇÃO DO CURSO

De acordo com a Organização Didática do IFPA em vigor, o Colegiado do


Curso é um órgão consultivo e deliberativo que se destina à avaliação da eficiência
educativa do Processo Pedagógico desenvolvido.
O Colegiado de Curso e o Núcleo Docente Estruturante (NDE) também atuam
ativamente no processo de acompanhamento, consolidação e contínua atualização
e avaliação do Projeto Pedagógico do Curso.

01/12/2016 Pagina - 68 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

De acordo com a Organização Didática do IFPA em vigor, o Colegiado do


Curso é um órgão consultivo e deliberativo que se destina à avaliação da eficiência
educativa do Processo Pedagógico desenvolvido.
O Colegiado de Curso organiza espaços de discussão e acompanhamento da
qualificação didático-pedagógica dos docentes através de levantamentos semestrais
que permitem observar a produção dos professores e o investimento realizado no
sentido da socialização de pesquisas em diferentes espaços da comunidade.
Em conformidade com a Resolução CONAES n° 1 de 17 de junho de 2010 o
Núcleo Docente Estruturante NDE é um órgão deliberativo do curso com
composição e funcionamento de acordo com a Organização Didática do IFPA, cuja
finalidade é assegurar estratégia de renovação parcial dos integrantes de modo a
assegurar continuidade no processo de acompanhamento do curso. O Colegiado de
Curso e o Núcleo Docente Estruturante (NDE) também atuam ativamente no
processo de acompanhamento, consolidação e contínua atualização e avaliação do
Projeto Pedagógico do Curso.
Cada avaliação permite a tomada de decisão capaz de canalizar o investimento
publico com menor índice de erros e desperdícios, seja de tempo ou orçamento,
tornando o PPC um projeto que apresente consideráveis resultados no que se refere
à EFICÁCIA, EFETIVIDADE E EFICIENCIA.

Conforme o Regulamento Didático-Pedagógico do Ensino no IFPA, Artigo 64, A


avaliação e supervisão de cursos terão regulamento interno específico, cabendo a
PROEN sua elaboração em conformidade com a legislação vigente.

O Colegiado de Curso providenciará formulários de avaliação das disciplinas e


atividades acadêmicas específicas do curso Técnico de Eletrônica para que os
alunos atribuam notas qualitativas, que serão então avaliadas ao final de cada
semestre. Da mesma forma será avaliados o corpo técnico, docente e os espaços
educativos. Também será feita formulários de auto-avaliação do aluno para se fazer
uma auto-critica do curso.

01/12/2016 Pagina - 69 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

18. - SISTEMA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

A avaliação institucional consiste numa sistemática que envolve: a Comissão


Própria de Avaliação (CPA), Avaliação no âmbito do Curso e o Exame Nacional de
Desempenho dos Estudantes (ENADE).
O sistema de avaliação da Comissão Própria de Avaliação (CPA) do IFPA
tem como finalidade a condução dos processos de autoavaliação no Campus-
Belém, em conformidade com o SINAES, conforme prevê a Lei nº 10.861/2004, cujo
objetivo é assegurar processo nacional de avaliação das instituições de educação
superior, dos cursos de graduação e do desempenho acadêmico de seus
estudantes.
Na autoavaliação realizada pela CPA-Campus Belém, é tomado como
referência os princípios, as dimensões e indicadores do SINAES. Os princípios
norteadores da avaliação:
- Globalidade, mediante avaliação de todos os elementos que compõem o
curso;
- Respeito à identidade dos cursos e suas características próprias;
- Legitimidade, mediante metodologia e indicadores capazes de conferir
significado às informações que devem ser fidedignas;
- Reconhecimento, por todos os agentes, da pertinência e legitimidade do
processo avaliativo;
- Responsabilidade social, visando à qualidade da formação mediante a
promoção da eficácia do ensino, tendo como ponto de partida os resultados da
avaliação;
- Continuidade, visto que são grandes os desafios e real a possibilidade de
retrocessos;
- Compromisso formativo, como princípio a avaliação como elemento
central para o desenvolvimento da eficácia, eficiência e efetividade no contexto
institucional.
A autoavaliação é realizada anualmente, geralmente no período de Janeiro a
Fevereiro de cada ano, onde a comunidade acadêmica é mobilizada para participar.
Os meios pelos quais se realiza a mobilização são: Site da Instituição, Face book, e-
mail, telefone, documentos internos, assim como cartazes e folders.

01/12/2016 Pagina - 70 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Os resultados são base para os diálogos com a comunidade acadêmica, bem


como com os gestores para fins de tomadas de decisões, visando à qualidade do
ensino.
O relatório final da CPA-Campus Belém é encaminhado à direção geral do
campus e para a CPA-Institucional. No referido relatório consta uma proposta de
Plano de Melhorias para sanear as deficiências encontradas, seja no ambiente
micro, no caso do curso, ou no ambiente macro, no caso do Campus, com prazos
para executá-los. As ações para sanear as deficiências são monitoradas por uma
comissão, onde a CPA também é membro efetivo. E assim, no próximo ciclo
avaliativo a verificação do impacto das ações efetivamente realizadas.

19. - DESCRIÇÃO DO CORPO SOCIAL DO CURSO

INFORMAÇÕES SOBRE O CORPO TÉCNICO


NOME CARGO CPF/SIAPE FORMAÇÃO REGIME
Licenciatura em Pedagogia; Mestrado em
Adriana M. N. de Souza Porto Pedagoga 80009310282 40 horas
Educação.
Licenciatura em Pedagogia; Esp. em
Alexandre Santos da Silva Pedagogo 38133270278 40 horas
Metodologia da Educação Superior.
Licenciatura em Pedagogia; Mestrado em
Elaine Ribeiro Gomes Pedagoga 45265291253 40 horas
Educação.
Elaine Cristina de Miranda Licenciatura em Biologia; Mestrado em
TAE 75253658220 40 horas
Wanzeler Zoologia.
Herodoto Ezequiel Fonseca da
TAE 85675717234 Licenciatura em Letras; Mestrado em Letras. 40 horas
Silva
Maria Suely da Silva Corrêa Bibliotecária 03317501200 Graduação 40 horas
Simone Nazaré da Silva Coutinho Bibliotecária 39695310206 Graduação 40 horas
Maria José Souza dos Santos Bibliotecária 39301168200 Pós-Graduação 40 horas
Gisela Fernanda Monteiro Danin Bibliotecária 78709725253 Graduação 40 horas
Lilian Cristina Santos de Oliveira Bibliotecária 52498247220 Graduação 40 horas
Adélia de Moraes Pinto Bibliotecária 25618334291 Graduação 40 horas
Raimundo Matos Monteiro Júnior Bibliotecário 42624681272 Graduação 40 horas
Assistente
Claudia Portela dos Santos 44043848234 Graduação 40 horas
Social
Roseane do Socorro Brabo da Assistente
63858320234 Graduação 40 horas
Silva Social
Técnico de
Valdomiro Melo Pereira 16696085 Pós-Graduação 40 horas
Laboratório
Quadro 12: Informações sobre o corpo técnico.

INFORMAÇÕES SOBRE O CORPO DOCENTE – Formação específica


NOME CARGO CPF/SIAPE FORMAÇÃO REGIME
Abel Augusto Vasconcelos Neto Professor 02656019249 Especialização Eng. Eletrônica DE
Agesandro Caetano Corrêa Professor 03973700249 Mestrado Eng. Eletrônica DE
Alcides Guimarães Machado Professor 08577951200 Especialização Eng. Eletrônica DE
Everaldo José Rabelo dos Santos Professor 05784301268 Especialização Eng. Eletrônica DE
João Antonio Correa Pinto Professor 09704701268 Doutorado Eng. Eletrônica DE
Marcio Nazareno de Araujo
Professor 57262616234 Mestrado Eng. Eletrônica 40 horas
Moscoso
Raimundo Nonato Merces
Professor 04462017234 Doutorado Eng. Eletrônica DE
Machado
Regina Coeli Lira da Conceição Professor 15439771204 Mestrado Eng. Eletrônica 40 horas
Rejane de Barros Araujo Professor 57623104268 Doutorado Eng. Eletrônica DE
Roberto Santos de Siqueira Professor 14046393220 Especialização Eng. Eletrônica DE
Sebastião César do Nascimento
Professor 03014410225 Espec. Lic. Eletrônica DE
Ribeiro

01/12/2016 Pagina - 71 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

NOME CARGO CPF/SIAPE FORMAÇÃO REGIME


Selma Cristina Freitas Freire Professor 12199575268 Mestrado Eng. Eletrônica DE
Vitor Hugo Pereira de Souza Professor 80386644268 Graduação Eng. Eletrônica DE
DE: Dedicação Exclusiva
Quadro 13: Informações sobre o corpo docente.

O Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso atualmente é constituído


(Portaria no. 91/2016 IFPA campus Belém de 19/02/2016) pelos seguintes docentes:
Agesandro C. Corrêa (presidente); Abel A. Vasconcelos Neto (membro); Everaldo
José Rabelo dos Santos (membro); Regina C. L. da Conceição (membro); Roberto
S. Siqueira (membro).
Na formação específica, o curso é composto por um total de 13 professores,
15,3% possuem graduação, 30,8% titulo de especialista, 30,8% o grau de mestrado
e 23,1% o grau de doutorado, todos com ênfase em Eletrônica.

INFORMAÇÕES SOBRE O CORPO DOCENTE – Formação básica


NOME SIAPE C.P.F TITULAÇÃO DISCIPLINAS

ALDO LUIZ FERNANDES SOUZA 1.455.190 608.061.502-97 doutorado GEOGRAFIA III

ALINE REIS DE OLIVEIRA ARAUJO 1.434.548 645.834.492-91 mestrado GEOGRAFIA I E II

CATIA OLIVEIRA MACEDO 2.570.258 411.109.862-20 doutorado GEOGRAFIA I E II

CLEDSON NAHUM ALVES 1.584.024 637.225.422-00 mestrado GEOGRAFIA I E II

MARCELO HENRIQUE VILHENA DA SILVA 2.545.967 709.199.762-04 graduado QUIMICA I, II,II, IV

RONALDO DA CRUZ BRAGA 1.953.031 708.485.132-15 mestrado GEOGRAFIA I, II E III

SHIRLEY CAPELA TOZI 1.817.642 598.712.102-72 mestrado GEOGRAFIA I

TIAGO VELOSO DOS SANTOS 2.829.855 790.766.292-34 doutorado GEOGRAFIA II E III

VERA LUCIA MARTINS FIGUEIREDO 273.449 032.649.472-34 mestrado ***********

AFONSO DE LIGORY BRANDAO SAIFE 2.514.966 174.832.552-34 especialista ED FISICA

ALAM DOS REIS SARAIVA 1.215.700 318.877.242-49 doutorado ED FISICA

ANTONIO CLAUDIO DO ROSARIO SOUZA 273.390 167.706.172-34 doutorado ED FISICA

BIRATAN DOS SANTOS PALMEIRA 2.055.858 341.474.032-04 ED FISICA

GISELLE DA CRUZ MOREIRA 1.055.809 189.09.779-268 mestrado ED FISICA

HILDEBRANDO AUGUSTO BELFORT LISBOA 273.243 102.517.126-8 ED FISICA

IVANA BARBOSA FREITAS 1.055.725 139.901.602-49 especialista ED FISICA

LUIZ CLAUDIO ACACIO BARBOSA 190.507 098.568.202-78 mestrado ED FISICA

NEYBER JOAQUIM FONTES BARATA 4.358.043 186.607.382-68 mestrado ED FISICA

OSVALDO MAGALHAES DA SILVA 273.236 023.741.292-68 especialista ED FISICA

ANDREA DOS SANTOS AZEVEDO 16.098.579 263.063.602-04 ED FISICA

BENEDITO TADEU FERREIRA DE MORAES 327.534 167.749.902-82 doutorado FISICA II

CHARLES DA ROCHA SILVA 1.616.511 167.749.902-82 doutorado FISICA I, II, II E IV

DANIEL PALHETA PEREIRA 1.046.207 354.085.882-20 doutorado FISICA I

HARDINEY DOS SANTOS MARTINS 1.671.975 764.612.892-91 doutorado FISICA I, II, II E IV

JOAO BOSCO SOARES PAMPOLHA JR 1.221.213 373.274.702-63 doutorado FISICA I,II,III

01/12/2016 Pagina - 72 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

NOME SIAPE C.P.F TITULAÇÃO DISCIPLINAS

JOAO PAULO DA SILVA ALVES 1.943.199 789.546.222-91 doutorado FISICA I, II, II E IV

LEONARDO OLIVEIRA DO NASCIMENTO 1.818.499 834.457.492-72 doutorado FISICA I, II, II E IV

LUIZ ARLINDO RAMOS DE MELO 273.146 088.553.152-34 mestrado FISICA I, II, II E IV

MARCELO DE SOUZA RIBEIRO 1.822.883 490.716.702-44 doutorado FISICA I, II, II E IV


PEDRO ESTVAO DA CONCEICAO
2.221.183 081.471.592-34 mestrado FISICA I E III
MOUTINHO
MARCIO BENICIO DE SA RIBEIRO 2.221.183 426.376.862-00 especialista FISICA I, II, II E IV

ADJAIR SOUSA CORREA 6.273.408 058.850.782-20 graduado QUIMICA I, II E III

CELIO HITOSHI WATAYA 1.487.831 030.744.088-55 doutorado QUIMICA I, II E III

CLEBER SILVA E SILVA 2.543.927 423.668.602-34 doutorado QUIMICA I, II E IV

EDISON ALMEIDA RODRIGUES 6.115.786 055.880.302-49 doutorado QUIMICA INORGANICA

GUNDISALVO PIRATOBA MORALES 2.357.367 508.863.632-68 doutorado QUIMICA AMBIENTAL

QUIMICA I, III, IV QUIMICA


MILTON NAZARENO MONTEIRO PEREIRA 327.728 223.385.432-20 graduado
ORGANICA E BIOQUIMICA

RICARDO MORAIS DE MIRANDA 2.697.599 517.758.592-15 mestrado QUIMICA I, II, III E IV

ROSA LAURA BARRA E SILVA 7.273.371 039.936.712-87 mestrado QUIMICA I, II E III

JOHNY DA SILVA OLIVEIRA 1738203 806.223.052-04 mestrado QUIMICA I E II

SADY SALOMAO DA SILVA ALVES 1.495.639 585.487.422-91 mestrado QUIMICA I, II, III E IV

SOLANGE MARIA VINAGRE CORREA 1.055.840 057.466.632-04 doutorado QUIMICA I , III E IV

ADALCILENA HELENA CAFE DUARTE 2.729.982 590.041.852-91 *********

ANA PATRICIA DE OLIVEIRA FERNANDEZ 1.526.934 362.529.132-00 doutorado *********

CELIAMAR COSTA SIMOES MOREIRA 1.017.226 066.900.502-97 mestrado *********

ERMELINDA NOBREGA DE MAGALHAES 2.457.868 126.759.622-87 mestrado *********

GLAUCIA DE JESUS COSTA 1.455.345 567.987.332-04 mestrado *********


HELENA DO SOCORRO CAMPOS DA
2.464.222 214.406.622-15 mestrado *********
ROCHA
MARCIA CRISTINA LOPES E SILVA 2.367.246 430.731.742-49 mestrado *********

MARILENE FERREIRA DO NASCIMENTO 1.162.999 192.990.442-87 mestrado *********

SONIA DE FATIMA RODRIGUES SANTOS


6.273.138 185.645.202-65 doutorado *********
(AFASTADA)

SONIA REGINA SILVA DUARTE 273.393 040.559.003-25 mestrado *********

MARINILDA DA GAMA VIANA RIBEIRO 1017072 316.276.502-10 Especialista *********

EDSON COSTA CRUZ 1.610.572 264.706.752-04 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

FERNANDO CARDOSO DE MATOS 2.222.483 331.247.792-15 mestrado MATEMATICA I, II E III

GLAUCO LIRA PEREIRA 1.508.358 661.455.202-30 doutorado MATEMATICA II

JOAO CARLOS DE JESUS GOMES DA SILVA 273.392 066.680.032-49 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

JOAQUIM CLEMENTE DA SILVA FILHO 273.456 039.823.432-91 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

JOSE CARLOS DE MORAES GUEDES 273.401 134.853.772-87 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

MARCO ANTONIO DE OLIVEIRA FREITAS 1.242.684 227.741.572-34 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

MARIA LUCIA PESSOA CHAVES ROCHA 273.149 134.979.282-91 doutorado MATEMATICA I, II E III, IV

PAULO SERGIO RABELO DE SOUZA 1.017.617 086.598.502-20 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

FRANCISCO FIALHO GUEDES FERREIRA 1977862 412.983.573-49 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

REGINALDO DA SILVA 1671206 157.801.802-10 doutorado MATEMATICA I, II E III, IV

01/12/2016 Pagina - 73 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

NOME SIAPE C.P.F TITULAÇÃO DISCIPLINAS

RAIMUNDO NEVES DE SOUZA 1.487.853 087.842.052-53 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

RAIMUNDO OTONI MELO FIGUEIREDO 1.215.847 282.499.332-49 mestrado MATEMATICA I, II E III, IV

RITA SIDMAR ALENCAR GIL 273.218 078.028.702-91 doutorado MATEMATICA I, II E III, IV

ANA MARIA LEITE LOBATO 1.009.664 146.548.062-53 doutorado ARTES I

ANTOINETTE FRANCES BRITO 273.166 056.211.352-53 mestrado PORTUGUES I, III E IV

LINGUA ESTRANGEIRA
ANTONIA ELIZABETE ROMANOWSKY 1217582 330.046.502-82 graduado
(INGLES/ ESPANHOL)

ASSUNCAO SILVA DA CRUZ 273.455 ********** graduado PORTUGUES I, II, III E IV

JOAO MANOEL DAMOUS CASTRO 1.017.254 ********** especialista PORTUGUES I, II, III E IV

JULIA ANTONIA MAUES CORREA 273.202 087.850.662-49 doutorado PORTUGUES III E IV

LAIRSON BARBOSA DA COSTA 672.381 070.984.992-34 mestrado PORTUGUES I

LEILA TELMA LOPES SODRE 273.167 120.974.032-04 especialista PORTUGUES I E IV

MARIA DA LUZ LIMA SALES 1.089.476 541.735.079-68 especialista PORTUGUES I, II, III E IV

LINGUA ESTRANGEIRA
REGINA COELI MORAES KRELLING 2.207.896 105.054.072-72 mestrado
(INGLES/ ESPANHOL)

SANDRA HELENA ATAIDE DE LIMA 273.450 081.938.942-00 mestrado PORTUGUES I, II, III E IV

SILVIA SUELI SANTOS DA SILVA 1.504.720 208.360.072-04 doutorado ARTES I E II

VALCIR OEIRAS CARDEL 1.164.282 166.615.322-20 especialista PORTUGUES I, II, III E IV

ABRAAO SANTOS DE SOUSA 1.872.989 411.578.422-91 especialista ARTES I

ROSINEIDE DE BELEM LOURINHO DOS


1.215.687 401.639.702-20 mestrado ARTES I
SANTOS

WEILLER ADRIANA DA SILVA P. LUCENA DE


2.223.460 425.842.992-91 especialista ARTES I
OLIVEIRA

LINGUA ESTRANGEIRA
ALESSANDRA GREYCE GAIA PAMPLONA 2.797.452 794.130.302-78 mestrado
(INGLES/ ESPANHOL)

LINGUA ESTRANGEIRA
CLAUDIA REGINA SALGADO SOARES 1.214.557 102.750.018-81 especialista
(INGLES)

LINGUA ESTRANGEIRA
FLAVIO REGINALDO PIMENTEL 2102407 580.220.071-53 mestrado
(INGLES/ ESPANHOL)

HERMINIO TAVARES SOUSA DOS SANTOS 2104690 683.801.782-20 mestrado ************

FERNANDO DO NASCIMENTO MOLLER 1654874 836.738.222-68 especialista PORTUGUES I, II III E IV

JAIR ALCINDO BOBO DE LELO 1120352 264.346.442-72 doutorado PORTUGUES I, II III E IV

MARCELO DE SENA PINHEIRO 1171031 004.206.542-91 mestrado BIOLOGIA I, II E III

ANTONIO DA SILVA FERRO 273.347 004.206.452-34 mestrado BIOLOGIA I, II E III

HENRIQUE GOMES DE ANDRADE NETO 273.322 028.883.602-25 mestrado BIOLOGIA I, II E III

JEDNA KATO DANTAS 1.467.201 704.582.002-04 mestrado BIOLOGIA I, II E III

LAUDEMIR ROBERTO FERREIRA ARAUJO 1.055.450 301.721.362.53 mestrado BIOLOGIA I, II E III

ROBERTO VILHENA DO ESPIRITO SANTO 1.616.264 584.133.627-04 doutorado BIOLOGIA I, II E III

ANA CASSIA SARMENTO FERREIRA 1363406 431.106.302-49 doutorado BIOLOGIA I, II E III


ANTONIO DJALMA DE SOUZA
1741980 043.991.452-34 mestrado ************
VASCONCELOS
BRENDA OLIVEIRA DA COSTA 1898394 837.257.762-53 mestrado BIOLOGIA I, II E III
Quadro 14: Informações sobre o corpo docente – formação básica.

01/12/2016 Pagina - 74 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

20. - INFRAESTRUTURA FÍSICA E RECURSOS MATERIAIS

A coordenação de Eletrônica dispõe de 13 laboratórios, a sala administrativa


da coordenação, além de utilizar toda a infraestrutura básica de ensino do campus
Belém. A seguir apresentamos estes espaços utilizados diretamente pelo curso, e
que, também são utilizados por outros cursos como: eletrotécnica,
telecomunicações, Engenharia de Controle e Automação e outros que apresentam
componentes curriculares semelhantes. Além disso, apresentamos um resumo da
infraestrutura do campus Belém conforme descrito no Plano de Desenvolvimento da
Instituição (PDI).

Desta forma a oferta deste curso atende a Infraestrutura mínima requerida no


Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, tais como: Biblioteca e videoteca com
acervo específico e atualizado. Laboratório de eletricidade e eletrônica. Laboratório
de eletrônica de potência. Laboratório de sistemas digitais. Laboratório de
informática com programas específicos.

Sala da Coordenação de Eletrônica

A sala da Coordenação de Eletrônica está situada no Bloco E, 3º piso no IFPA


campus Belém, possui um ramal telefônico, ponto de internet e um computador com
impressora. Anexo a esta, possui uma sala com mesa para reunião dos professores.
Ainda neste piso situa-se uma oficina de reparos eletrônicos.

Laboratórios

Todos os laboratórios usados pelo curso dispõem de acesso a pessoas com


deficiência, como é o caso dos laboratórios situados no Bloco E, no segundo e
terceiro piso, com instalações de elevador para pessoas que utilizem de cadeiras de
rodas, muletas ou que possuam mobilidade reduzida, mesmo sem o uso de
aparelhos ou próteses

A seguir é apresentada a lista de Laboratórios do Curso de Eletrônica com os


respectivos equipamentos disponíveis.

1- LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA ANALÓGICA (LEA)

01/12/2016 Pagina - 75 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Este laboratório possui 6 bancadas com 3 alunos (bancos) em cada bancada.


 8 Osciloscópios Digitais duplo traço, 100 MHz.
 8 Geradores de função.
 16 Fontes de alimentação
 8 Multímetros analógicos.
 7 Multímetros digital.
 4 Geradores de RF.
 6 módulos didáticos de Eletrônica analógica

2- LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL (LED)


Este laboratório possui 10 bancadas com 2 alunos (cadeiras) em cada bancada.
 11 computadores
 1 projetor multimídia (data show)
 6 módulos didáticos de Eletrônica digital
 10 módulos didáticos com tecnologia FPGA.
 2 Kits para teste de circuitos digitais.
 1 Testador de circuitos integrados digitais.

3- LABORATÓRIO DE CONTROLE DE PROCESSOS INDUSTRIAIS (LACOPI)


Este laboratório possui 4 bancadas com plantas industriais didáticas para
demonstração e 18 carteiras de estudantes com quadro branco para apresentações.
 10 computadores.
 1 projetor multimídia (data show).
 Software de programação STEP 7.
 Software de programação SCADA WINCC FLEXIBLE.
 1 Planta industrial de Regulação de Controle de Nível acoplado a PC e CLP S7
200, através de PROFIBUS.
 1 Planta industrial de Regulação de Controle de Fluxo acoplado a PC e CLP S7
200, através de PROFIBUS.
 1 Planta industrial de Regulação de Controle de Temperatura acoplado a PC e
CLP S7 200, através de PROFIBUS.
 1 Planta industrial de Regulação de Controle de PH acoplado a PC e CLP S7
200, através de PROFIBUS.
01/12/2016 Pagina - 76 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

4- LABORATÓRIO DE MICROPROCESSADORES (LAMP)


Este laboratório possui 6 bancadas com posição para 3 alunos em cada bancada e
18 carteiras de estudantes e quadro branco para apresentações.
 5 Kits para treinamento em microprocessadores.
 10 Microcomputadores para interfaceamento com os kits de treinamento.
 1 projetor multimídia (data show).
 6 Módulos para treinamento em microprocessadores SDM 9431.
 Osciloscópio, duplo traço, marca LEADER mod. ls-1020.
 1 Gravador de EPROM MPT 2000.
 5 Multímetros digital.

5- LABORATÓRIO DE AUTOMAÇÃO (LAUT)


Este laboratório possui 6 bancadas com posição para 3 alunos em cada bancada.
 5 Controladores Lógicos Programáveis SIEMENS (SIMATIC)
 5 Controladores Lógicos Programáveis SIEMENS (LOGO)
 10 Microcomputadores para programação dos CLPs.
 1 projetor multimídia (data show).
 1 Kit didático com PLC e conversor de frequência.
 Osciloscópio MESCO AO-1210.
 FONTE de alimentação, ajustável, marca Dawer, mod. PS30002D.

6- LABORATÓRIO DE SIMULAÇÃO ELETRÔNICA (LASE )


Este laboratório possui 10 bancadas com posição para 2 alunos em cada
bancada.
 11 Microcomputadores.
 1 projetor multimídia (data show).
 3 Kits arduino básico.
 3 Kits arduino avançado.

7- LABORATÓRIO DE INSTRUMENTAÇÃO ELETRÔNICA (LINS)


Este laboratório possui 8 bancadas com posição para 2 alunos em cada
bancada.
01/12/2016 Pagina - 77 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

 3 Fonte de Alimentação
 1 Gerador de Áudio
 1 Frequencímetro
 1 Impressora
 1 Compressor de Ar
 1 Kit’s de Sensores de variáveis físicas
 10 Computadores
 1 projetor multimídia (data show).

8- LABORATÓRIO DE CIRCUITO IMPRESSO – (LACI )


Este laboratório possui 6 bancadas com posição para 3 alunos em cada
bancada.
 1 Lupa com iluminação (zoom 5x).
 1 Prensa térmica plana.
 5 Suporte vertical para ferramenta dremel serie 300, com furadeira vertical.
 1 Microcomputador.
 1 Furadeira de bancada industrial.
 3 Osciloscopios duplo traço.
 5 Geradores de forma de onda.

9- LABORATORIO DE DEMONSTRAÇÃO ELETRÔNICA – (LADE )


Este laboratório possui 36 carteiras de estudante, com quadro branco para
apresentação e demonstrações.
 1 Microcomputador.
 1 Projetor multimídia (data show).
 1 Televisão LCD 59 polegadas

10- LABORATORIO DE PESQUISA – (LAPE)


Este laboratório é utilizado para pesquisa e desenvolvimento de projetos.
 6 kits Robô Lego Mindstorms.
 5 Microcomputadores.
 1 Osciloscopio
 1 Fonte de alimentação, ajustável.
01/12/2016 Pagina - 78 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

11- LABORATORIO DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA – (LAEPOT)


Este laboratório possui 6 bancadas com posição para 3 alunos em cada
bancada, e 18 carteiras de estudantes.
 3 Módulos didáticos de eletrônica de potência.
 5 Microcomputadores.
 3 Multimetros digitais.
 5 Osciloscopios.

12- LABORATORIO DE ENERGIA SOLAR – (LESOL)


Este laboratório é utilizado para pesquisa e desenvolvimento de projetos.
 Placas de enegia solar. (comodato com a Eletronorte).
 2 Conversores de frequência. (comodato com a Eletronorte).
 Bancos de bateria estacionaria. (comodato com a Eletronorte).
 Carregador de baterias.
 2 Microcomputadores.

13- LABORATORIO DE QUALIDADE DE ENERGIA – (LEQUE)


Este laboratório é utilizado para pesquisa e desenvolvimento de projetos.
 Inversor senoidal
 Fonte DC de alta potencia.
 2 Microcomputadores.

Demais recursos de infraestrutura

O curso de Técnico de Nível Médio em Eletrônica utiliza os recursos do


campus Belém para o apoio didático tais como: biblioteca, salas de aulas, auditório,
etc. conforme descrito nos apêndices A e E no PDI do ano de 2014 com projeção
até o ano de 2018, apresentado a seguir.

a) Infraestrutura:

01/12/2016 Pagina - 79 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

FONTE: IFPA, PDI. 2014, mímeo.


Quadro 15: Infraestrutura do campus Belém de 2014 a 2018 e atual.

A Tabela a seguir, mostra de forma geral o campus Belém:

FONTE: IFPA, PDI. 2014, mímeo.


Quadro 16: Infraestrutura física do campus Belém de 2014 a 2018 e atual.
b) Equipamentos:

01/12/2016 Pagina - 80 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Ressaltamos os itens abaixo relacionados são de uso comum e podem ter


sofrido alterações tendo em vista as aquisições realizadas nos anos de 2015 e
previstas para 2016.

FONTE: IFPA, PDI. 2014, mímeo.


Quadro 17: Equipamentos do campus Belém de 2014 a 2018 e atual.

c) Acervo Bibliográfico:
Consta no PDI vigente a totalidade de livros abaixo descrita. Ressaltamos
que o acervo pode ter sofrido alteração tendo em vista as aquisições feitas em 2015
e 2016.

FONTE: IFPA, PDI. 2014, mímeo.


Quadro 18: Acervo da biblioteca do campus Belém de 2014 a 2018 e atual.

d) Acessibilidade:
Segundo o PDI - 2014-2018 (2014, p. 163), o Campus Belém possui em sua
infraestrutura:
a) Banheiros, rampas de acesso, plataformas (Bloco C e E) que têm por
objetivo atender às necessidades de acessibilidade de servidores, alunos ou

01/12/2016 Pagina - 81 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

membros da comunidade externa que se utilizem de cadeiras de rodas, muletas ou


que possuam mobilidade reduzida, mesmo sem o uso de aparelhos ou próteses.
b) Reordenação de espaço, no ano de 2014, com o deslocamento das
diretorias de Ensino e de Pessoal para o térreo do Bloco A a fim de facilitar o acesso
ao público interno e externo;
c) Em 2015 por meio de adesão a ata de registros de preços o Campus
celebrou contrato com uma empresa de manutenção predial que, entre outros
serviços, deverá refazer o calçamento externo a fim de facilitar toda a locomoção
nas suas dependências. Nivelamento das calçadas e adaptadas para pessoas com
deficiência visual e dificuldades de mobilidade; Cobertura de Passarelas existentes
com vistas à proteção em tempos chuvosos, próprios de Belém;
d) Tramita, desde 2015, junto à Secretaria de Mobilidade Urbana de
Belém, um processo para a execução de projeto de calçamento externo no entorno
do Campus para que a área possa ser transformada em "calçada cidadã".
REFERENCIA BIBLIOGRÁFICA
IFPA, Plano de Desenvolvimento Institucional 2014-2018, Belém, 2014.

21. - ARTICULAÇÃO DO ENSINO COM A PESQUISA E A EXTENSÃO

A pesquisa científica visa a produção de conhecimento novo, que seja


relevante e experimentalmente comprovado. Nesse contexto, o IFPA - Campus
Belém tem investido recursos com o intuito de fomentar a investigação científica de
forma a produzir conhecimento, em um tripé solidamente estruturado com as ações
de ensino e extensão. Através do Programa Institucional de Bolsas de iniciação à
pesquisa científica, tecnológica e de inovação (PIBICTI), procura-se inserir os alunos
precocemente no mundo da pesquisa científica fazendo com que o mesmo, ainda
que de forma embrionária, venha produzir conhecimento. Outra linha de ação de
fomento à pesquisa é o incentivo para que esse conhecimento produzido seja
compartilhado do âmbito acadêmico, seja interno ou externo. O Campus Belém tem
investido também, através da concessão de ajuda de custo para que os alunos
pesquisadores de iniciação científica apresentem trabalhos em eventos científicos
no Brasil e no exterior contribuindo significativamente para a formação acadêmica do
discente. O resultado desse investimento se reflete na formação discente, que a

01/12/2016 Pagina - 82 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

cada ano vem demonstrando maior qualificação muitas vezes resultando no


encaminhamento direto aos cursos de pós-graduação, seja na especialização, ou
seja, no mestrado.
A Diretoria de Extensão do IFPA campus Belém (DEX) executa e implementa
no interior do campus o disposto no PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional
2014-2018) e no PPI (Projeto Pedagógico Institucional 2014) do IFPA relativo à Pró-
reitoria de Extensão que tem como missão planejar, executar e acompanhar as
políticas de extensão e extensão tecnológica, formulando diretrizes que promovam
a sinergia entre os vários saberes e áreas de atuação da instituição, resguardando a
indissociabilidade com o ensino e a pesquisa, bem como a socialização e a
democratização do conhecimento à comunidade, garantindo uma relação dialógica e
transformadora entre o IFPA e a sociedade em geral.
À DEX cabe executar os planos, programas e projetos de extensão, que
promovam o intercâmbio interinstitucional, nacional e internacional, objetivando a
implementação de políticas e ações governamentais estratégicas, especialmente
através de convênios, acordos de cooperação e programas de parcerias, que visem
garantir a qualificação do aluno para o mundo do trabalho.
Extensão é a interface entre comunidade interna e comunidade externa, e
constitui-se como processo educativo, cultural, científico e político que, articulado
de forma indissociável com o ensino e a pesquisa, viabiliza e media a relação
dialógica e transformadora entre o IFPA campus Belém e a Sociedade.
Tal processo apoia-se na valorização e troca de saberes para a solução de
problemas, e no diálogo entre a função social do IFPA e as Políticas Públicas,
buscando a efetivação de direitos sociais e o exercício pleno da cidadania,
contribuindo para minimizar as desigualdades, favorecendo a inclusão social.
Assim, a extensão é estratégia para a criação de redes de conhecimento,
para a inclusão de atores sociais nas políticas institucionais, bem como para a
própria inserção e o acompanhamento dos estudantes na comunidade de forma
articulada com o mundo do trabalho.
Tem como competências:
a) Promover, fomentar e implementar as políticas de Extensão e Extensão
Tecnológica no IFPA campus Belém, através de programas, projetos e atividades de

01/12/2016 Pagina - 83 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

forma integrada com os diversos setores da instituição, articulando o diálogo, a


interação e a sinergia entre os vários saberes e as demandas da sociedade;
b) Promover e fomentar a interação e a sinergia dos programas, projetos e
ações de extensão com o ensino e a pesquisa, necessários à unidade, ao
desenvolvimento integral e à verticalização da tríade ensino-pesquisa-extensão;
c) Desenvolver ações de integração do IFPA campus Belém com a
comunidade nas áreas de acompanhamento de egressos, empreendedorismo,
estágios e visitas técnicas, implementando o Observatório do Mundo do Trabalho e
as políticas que regem essas ações;
d) Identificar, propor e fomentar a formação de parcerias institucionais
nacionais e internacionais estratégicas, que permitam a execução e expansão do
raio de ação da capacidade institucional, agregando valores e competências,
viabilizando a consolidação e o incremento das linhas temáticas dos programas,
projetos e ações de extensão do IFPA campus Belém;
e) Propor, promover e fomentar cursos de valorização social, presenciais e à
distância, com vistas à atender as especificidades dos arranjos produtivos locais dos
municípios de abrangência do campus Belém;
f) Apoiar a criação de recursos instrucionais e instrumentais técnico-científico
educacionais - virtuais, tridimensionais, eletrônicos, bibliográficos, impressos,
tecnológicos e assistivos, visando à implementação dos programas, projetos e ações
de extensão, em consonância com as Diretorias de ensino e pesquisa do IFPA
campus Belém;
g) Assistir, incentivar e promover a participação dos vários segmentos sociais
em projetos voltados às pessoas com deficiência, minorias desfavorecidas e
minorias étnicas;
As diretrizes gerais, de extensão do campus Belém, apoiam-se na Política
Nacional de Extensão (2012), visando ampliar as ações de educação em ciência,
tecnologia e inovação no Estado, fortalecendo e integrando a tríade ensino-
pesquisa-extensão, criando maiores oportunidades de formação e qualificação de
capital humano, considerando as cadeias e arranjos produtivos locais, numa
perspectiva de profissionalização para autogestão dos recursos de forma
sustentável, com vistas à qualificação de mão de obra e inserção no mundo do
trabalho, com geração de renda, resguardando o patrimônio tangível e intangível

01/12/2016 Pagina - 84 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

social e institucional e, ainda, gerando processos de inclusão e valorização dos


saberes e diversidades locais.
As diretrizes são divididas então em 5 (cinco) vertentes:
a. Interdisciplinaridade: as ações de Extensão propiciam a realização de
atividades acadêmicas de caráter interdisciplinar, a integração de áreas distintas do
conhecimento e a possibilidade de construção de uma nova forma de fazer ciência.
b. Articulação entre as atividades de Extensão, Ensino e Pesquisa: o
princípio da interdisciplinaridade caminha para a perspectiva da interlocução e
integração das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão no fazer acadêmico. A
relação entre o ensino e a extensão conduz a mudanças no processo pedagógico,
numa relação em que alunos e professores se constituem em sujeitos do ato de
aprender. Por outro lado, a extensão possibilita a democratização do saber científico
e tecnológico, num movimento de mão dupla de difusão do que é produzido
sistematicamente e a sua retomada por meio da ressignificação e reelaboração
desenvolvida pelos atores sociais. Essa relação entre a pesquisa, o ensino, a
produção de conhecimentos e a extensão é dinâmica e contribui para a
transformação da sociedade num processo de incorporação de novos modos de vida
e de uso de tecnologias, capazes de operacionalizar efetivamente a relação entre
teoria e prática.
c. Relação dialógica entre o Instituto e a sociedade: a interação entre
teoria e prática potencializa a articulação entre os saberes sistematizados,
acadêmicos e populares. Essa interação abre canais para a produção de novos
conhecimentos resultantes do encontro do Instituto com o cotidiano das
comunidades e pela efetiva participação dos setores sociais no reconhecimento e na
compreensão do desafio da produção acadêmica.
d. Relação social de impacto: as atividades de extensão conferem
relevância às ações voltadas para os interesses e necessidades da maioria da
população, aliada aos movimentos de superação de desigualdades e de exclusão
social. Nesse contexto, busca-se articular programas capazes de focalizar o
desenvolvimento regional e o fortalecimento de políticas públicas de amplo espectro.
Dessa forma, as ações são realizadas em conjunto com a sociedade, rejeitando uma
prática assistencialista em que as ações são ofertadas às pessoas, sem uma análise
efetiva de suas demandas e necessidades.

01/12/2016 Pagina - 85 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

e. Impacto e transformação: estabelecimento de uma relação entre o


Instituto e outros setores da Sociedade, com vistas a uma atuação transformadora,
voltada para os interesses e necessidades da maioria da população e
implementadora de desenvolvimento regional e de políticas públicas. Essa diretriz
consolida a orientação para cada ação da extensão frente à complexidade e a
diversidade da realidade, sendo necessário eleger as questões mais prioritárias, com
abrangência suficiente para uma atuação que colabore efetivamente para a
mudança social.
A Política de Extensão do Instituto Federal do Pará engloba as determinações
contidas no Plano Nacional de Educação (PNE 2011-2020), as orientações da
Política Nacional de Extensão, e as dimensões aprovadas e estabelecidas no âmbito
do Fórum de Pró-Reitores de Extensão dos Institutos Federais.
Para fins de compreensão e identidade dos institutos federais, as dimensões
das ações e a base conceitual comum aos IFs, são resguardadas na política de
extensão do IFPA. São elas:
a. Projetos Tecnológicos: Atividades de pesquisa e/ ou desenvolvimento em
parceria com instituições públicas ou privadas que tenham uma interface de
aplicação.
b. Serviços Tecnológicos: Consultoria, assessoria e prestação de serviços
para o mundo produtivo e do trabalho.
c. Eventos: Ações de interesse técnico, social, científico, esportivo, artístico e
cultural favorecendo a participação da comunidade externa ou interna.
d. Projetos Sociais: Projetos que agregam um conjunto de ações, técnicas e
metodologias transformadoras, desenvolvidas ou aplicadas na interação com a
população e apropriadas por ela, para inclusão social, geração de oportunidades e
melhoria das condições de vida.
e. Estágio e Empregos: Compreende todas as atividades de prospecção de
oportunidades de estágio/emprego e a operacionalização administrativa do estágio.
f. Cursos de Extensão: Ação pedagógica de caráter teórico e prático, com
critérios de avaliação definidos e oferta não regular.
g. Projetos Culturais Artísticos e Esportivos: Compreende ações
referentes a atividades culturais, artísticas e esportivas.

01/12/2016 Pagina - 86 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

h. Visitas Técnicas e Gerenciais: Interação das áreas educacionais da


instituição com o mundo do trabalho.
i. Empreendedorismo e Cooperativismo: Apoio à formação empreendedora
com o subsídio de programas institucionais.
j. Acompanhamento de Egressos: Constitui-se no conjunto de ações
implementadas que visam acompanhar o itinerário profissional do egresso, na
perspectiva de identificar cenários junto ao mundo do trabalho e retroalimentar o
processo de ensino, pesquisa e extensão.
k. Relações Internacionais: Tem por finalidade estabelecer intercâmbios e
acordos de cooperação internacional, bem como celebração de convênios e
parcerias, como um instrumento para a melhoria do ensino, da pesquisa e da
extensão.
As atividades de extensão do IFPA campus Belém estão divididas entre as de
caráter governamentais e as institucionais. Alguns programas e ações
governamentais desenvolvidos pelo IFPA campus Belém são:

a. PROEXT-MEC
O PROEXT-MEC é o Programa de Extensão Universitária do MEC que visa
fomentar as ações de extensão das instituições de ensino superior. É um
instrumento que abrange programas e projetos de extensão universitária, com
ênfase na inclusão social nas suas mais diversas dimensões.

b. Bolsa Formação - PRONATEC


A Bolsa-Formação é uma ação no âmbito do PRONATEC – Programa
Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, que diz respeito à oferta de
vagas gratuitas em cursos técnicos e de formação inicial e continuada, ou de
qualificação profissional.

c. Programa MULHERES MIL


O Programa Nacional Mulheres Mil, desenhado a partir da observância das
diretrizes do governo brasileiro, em torno da redução da desigualdade social e

01/12/2016 Pagina - 87 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

econômica de populações marginalizadas, e do compromisso do país com a defesa


da igualdade de gênero.

Outros programas e ações de caráter institucionais são:

a. PIBEX - Programa Institucional de Bolsas de Extensão do IFPA


campus Belém
O PIBEX é um instrumento que abrange projetos de extensão, com ênfase na
formação dos alunos e na inclusão social nas suas mais diversas dimensões,
visando aprofundar ações políticas que venham fortalecer a institucionalização da
extensão no âmbito das Instituições Federais.

b. Chamadas Públicas sem financiamento


Em Março/2016 a Diretoria de Extensão lançou uma Chamada pública, sem
financiamento de bolsas de extensão, com a finalidade de institucionalizar todas as
ações de extensão no Campus Belém como; projetos, cursos, eventos e prestação
de serviços voltados ao atendimento de uma comunidade. Isso se torna importante
para garantir o reconhecimento e o apoio institucional dessas ações de extensão
desenvolvidas.

c. Observatório do Mundo do Trabalho


O Observatório do Mundo do Trabalho visa implementar a Política
Institucional de Acompanhamento de Egressos, estabelecendo mecanismos e
indicadores para reconhecer o perfil atual do egresso do IFPA, identificando as
demandas e oportunidades no mundo do trabalho que estarão ao alcance dos
discentes, ao encerrarem suas atividades acadêmicas no instituto, além de
acompanhar a atuação dos egressos nesse contexto.
Com relação às práticas de extensão que serão executadas pelo Curso,
importa salientar que elas terão o objetivo de não somente difundir os ganhos
provenientes das produções científicas e culturais, numa via vertical que vai, de cima
para baixo, da universidade para a sociedade. Através do efetivo diálogo com a
comunidade em geral, a extensão também possuirá a finalidade de estabelecer uma

01/12/2016 Pagina - 88 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

via horizontal e de mão dupla, na qual estará assegurada a troca real de


experiências e de saberes com a sociedade.
Desta feita, o diálogo abrirá a possibilidade de fomento à produção de
conhecimento também através de projetos e de programas de extensão,
institucionalizados no âmbito do campus Belém, articulado com órgãos de fomento e
consignação, nos quais uma verdadeira inter-relação transformadora e integradora
entre universidade e sociedade contribuirá para aproximar a extensão ao ensino e
para modificar o cenário científico, profissional e cultural da Mesorregião atendida
pelo campus Belém. Articulada ao ensino e à pesquisa de maneira ininterrupta,
como determina o Plano Nacional de Extensão.

22. - POLÍTICAS DE INCLUSÃO SOCIAL


Diversas políticas de inclusão existentes na instituição que serão executadas
no processo de formação do aluno visando o acesso, a permanência e o êxito das
pessoas. As seguintes políticas são adotadas: A Política de Assistência Estudantil
no IFPA/ Campus Belém; Política de Inclusão Social e Atendimento a Pessoas com
Deficiência ou Mobilidade Reduzida; Política ambiental realizada pelo Núcleo de
Educação Ambiental – NEAM; Política de Educação em Direitos Humanos; e Política
de Educação para as Relações Etnicorraciais, que são apresentados a seguir:

22.1 A Política de Assistência Estudantil no IFPA/ Campus Belém

A Política de Assistência Estudantil do IFPA/Campus Belém, configura-se


por meio da concessão de auxílios aos estudantes de todos os níveis de ensino e
modalidades que são ofertados pela Instituição, voltados prioritariamente para
estudantes que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica,
obedecendo às diretrizes da Política Nacional de Assistência Estudantil - PNAES,
elegendo como prioridade aquelas necessidades consideradas básicas previstas
pelo Decreto 7.234 de 19/07/2010.

As ações de Assistência Estudantil são elencadas no Plano Anual de


Assistência Estudantil, por meio de linhas de atendimento, nas quais envolvem
setores estratégicos ligados à pesquisa, ensino e extensão como forma de
fortalecer e apoiar as ações que visam o êxito acadêmico.
01/12/2016 Pagina - 89 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

O Plano de Assistência Estudantil no Campus Belém é acompanhado pelo


Fórum de Assistência Estudantil e Comissão Multidisciplinar de Assistência
Estudantil, conforme previsto na Resolução nº 134/2012 - CONSUP, a qual
regulamenta a Política de Assistência ao Estudante do Instituto Federal de
Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA.

22.2 Política de Inclusão Social e Atendimento a Pessoas com Deficiência ou


Mobilidade Reduzida
A educação inclusiva é um tema bastante atual e vem ganhando grande
repercussão no contexto da política educacional do nosso país que, inspirada na
concepção de direitos humanos, busca mudanças significativas no sistema
educacional, ou seja, a garantia do direito de todos à educação, ao acesso e à
permanência e continuidade de estudos no ensino regular.
A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação
Inclusiva (MEC/SEESP, 2008) representou um avanço por compreender a inclusão
escolar como uma inovação educacional; como uma forma diferente de conceber o
conhecimento escolar, por demandar uma releitura do processo de ensino e de
aprendizagem. Assim, esse documento busca instituir políticas públicas promotoras
de uma educação de qualidade para todos. Seu objetivo é proporcionar o acesso, a
participação e a aprendizagem dos alunos com deficiência (física, intelectual ou
sensorial), transtorno global do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação
nas escolas de ensino regular.
Esses direitos foram reafirmados e ampliados com a promulgação da Lei n°
13.146/2015 – Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência que, após um
período de 15 anos de tramitação no Congresso Nacional, trouxe verdadeiros
avanços na inclusão de pessoas com deficiência na sociedade. A LBI reformulou
várias leis brasileiras (o Código Eleitoral, o Código de Defesa do Consumidor, o
Estatuto das Cidades, Código Civil, a CLT, entre outros) que não atendiam ao novo
paradigma de inclusão das pessoas com deficiência. (BRASIL/LBI, 2015).
Em relação à Educação, a nova Lei vem assegurar um sistema educacional
inclusivo em todos os níveis e modalidades de ensino e durante toda a vida, como
demonstram os Artigos. 27 e 28, destacando o inciso XIII deste último, que se refere
à Educação Superior e Profissional. (BRASIL/LBI, 2015, p. 12-13).
01/12/2016 Pagina - 90 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Art. 27. A educação constitui direito da pessoa com deficiência,


assegurados sistema educacional inclusivo em todos os níveis e
aprendizado ao longo de toda a vida, de forma a alcançar o máximo
desenvolvimento possível de seus talentos e habilidades físicas,
sensoriais, intelectuais e sociais, segundo suas características,
interesses e necessidades de aprendizagem.

Art. 28. Incumbe ao poder público assegurar, criar, desenvolver,


implementar, incentivar, acompanhar e avaliar:

XIII - acesso à educação superior e à educação profissional e


tecnológica em igualdade de oportunidades e condições com as
demais pessoas;

Nesse contexto, quando falamos em inclusão, pensamos em uma sociedade


que valoriza a diversidade humana e aceita as diferenças individuais. Uma
sociedade que entende e reconhece o outro, que possibilita o convívio e o
compartilhamento de oportunidades reais, não necessariamente iguais, para todos,
sem distinção ou discriminação. Estamos falando de uma sociedade inclusiva que
valoriza a heterogeneidade em detrimento da igualdade.
É com base nessa concepção de diversidade e de inclusão que o Instituto
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA – Campus Belém vem
desenvolvendo diretrizes e ações que visam construir e consolidar uma política de
inclusão que respeita as diferenças na busca por um sistema educacional inclusivo.
Essas diretrizes surgiram como uma forma de reconhecer a diversidade, na
perspectiva de reconhecimento das diferenças, objetivando resgatar valores sociais
voltados para a igualdade de direitos e de oportunidades para todos, sem distinção,
visando à cidadania e a universalização de direitos.
Nesse contexto, as diretrizes adotadas pelo Instituto em prol da inclusão se
iniciaram com a implantação, em 2002, do Programa Educação, Tecnologia e
Profissionalização para Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas –
TEC NEP, no Âmbito da Rede Federal de Educação profissional e Tecnológica –
RFEPT, que se efetivou por meio da criação do Núcleo de Atendimento às
Pessoas com Necessidades Específicas – NAPNE.
O Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas –
NAPNE foi criado para dar efetividade às ações do Programa TEC NEP, que visa
expandir a oferta de educação profissional, possibilitando o acesso, a permanência e
a terminalidade dos estudos das pessoas com deficiências. Desta forma, o NAPNE

01/12/2016 Pagina - 91 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

foi concebido como um setor que articula pessoas e setores para o desenvolvimento
das ações de implantação/implementação da Ação TEC NEP no âmbito interno.
O NAPNE é o núcleo responsável pela promoção da cultura da educação
para a convivência, pela aceitação da diversidade, buscando a quebra de barreiras
arquitetônicas, educacionais e atitudinais na instituição, de forma a possibilitar a
inclusão das pessoas com necessidades educacionais específicas, desenvolvendo
ações que promovam a igualdade de oportunidade para todos, respeitando suas
diferenças.
De acordo com o Art. 2o da LBI, considera-se pessoa com deficiência aquela
que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou
sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua
participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as
demais pessoas. Assim, consideram-se pessoas com necessidades educacionais
específicas todas aquelas cujas necessidades educacionais se originam em função
de deficiências, de altas habilidades/superdotação, transtorno do espectro autista e
outros transtornos de aprendizagem. As competências e atribuições do Núcleo, bem
como sua organização e forma de funcionamento serão discutidos e estabelecidos
em Regulamento próprio, por meio de Comissão ou Grupo de Trabalho constituído
pelos coordenadores dos NAPNE’s de todos os campi e organizado pela
Coordenação de Diversidade da PROEN/IFPA.

22.3 Núcleo de Educação Ambiental - NEAM


Atualmente vivemos em um mundo bastante conturbado em que o homem
vem utilizando os recursos naturais de forma muitas vezes indiscriminada e
inadequada, principalmente a partir do século passado. Alguns desses recursos
naturais não são renováveis e uma vez extintos podem desaparecer para sempre.
Em função disso, tornaram-se evidentes inúmeras contradições causadas pelo
esgotamento sem precedentes dos recursos naturais por meio de atividades
antropogênicas resultando em desequilíbrio ambiental ao longo dos anos.
Assim, torna-se urgente a necessidade de transformações que resgatem o
respeito pela Vida, com justiça ambiental, equidade, diversidade, sustentabilidade
(...), em que a Educação Ambiental (EA), para o Ministério da Educação, assume
função impar “ao ressignificar o cuidado com a diversidade da vida como valor ético

01/12/2016 Pagina - 92 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

e político, fugindo da equação simplista ambiente = natureza” (MEC, 2007). Faz-se


necessário uma sensibilização ambiental, sobretudo por parte dos educadores, já
que eles têm grande responsabilidade na formação cidadã de seus educandos,
sendo importante que estes possam tomar entendimento acerca do que acontece e
o que podem fazer para preservar o meio ambiente, e disseminem tal conhecimento
para sociedade.
A EA é fundamental para uma maior sensibilização das pessoas em relação
ao mundo em que vivem para que possam ter cada vez mais qualidade de vida sem
desrespeitar o meio ambiente. Somente com a educação ambiental, o ser humano
será capaz de transformar valores e atitudes, construir novos conceitos de uma
sociedade sustentável, promovendo valores importantes como cooperação,
solidariedade, tolerância e respeito à diversidade.
O maior objetivo da EA é fomentar uma nova mentalidade de como usufruir
dos recursos oferecidos pela natureza, criando assim um novo modelo de
comportamento, buscando um equilíbrio entre o homem e o ambiente.
Nesse contexto e com base no que preconiza a Lei Federal N° 9.795 de 27 de
abril de 1.999 – Lei da Educação Ambiental, onde em seu Art. 2° afirma: "A
educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação
nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e
modalidades do processo educativo, em caráter formal e não-formal”. A EA nesta
perspectiva apresenta um caráter interdisciplinar, onde na educação básica sua
abordagem deve ser integrada e contínua, sendo, portanto, de caráter transversal ao
processo formativo do educando, e não uma oferta de nova disciplina isolada.
Em atendimento ao que estabelece o Decreto Federal nº 4.281 de 25 de
junho de 2002, o Campus Belém criou, em 2015, o Núcleo de Educação Ambiental
(NEAM) que por sua vez só foi efetivamente institucionalizado à estrutura
organizacional do campus, em 2016, pela Portaria nº 1.530/2015-GAB/Campus
Belém. Este Núcleo tem o papel de promover a discussão referentes às questões
ambientais, auxiliando na formação cidadã dos discentes, articulando o ensino, a
pesquisa e a extensão, instituir um conjunto de práticas que permitam estimular a
sustentabilidade no IFPA. Dentre as ações do NEAM estão os eventos alusivos ao
dia internacional da água, o uso de energia renováveis, encontros, seminários ou
congressos onde a produção cientifica dos discentes do Campus Belém, referentes

01/12/2016 Pagina - 93 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

à temática ambiental, sejam socializadas com toda a comunidade interna e externa


da instituição.
O NEAM também tem o papel de buscar fomento, apoiar o desenvolvimento e
contribuir para a divulgação de projetos de cunho ambiental, tanto os que já estão
em andamento, bem como outros que serão implantados. Também é atribuição do
NEAM promover a discussão sobre o uso racional dos recursos naturais, como por
exemplo:
a) a água, atmosfera, combustíveis fósseis, recursos renováveis e não
renováveis;
b) uso racional da energia;
c) métodos de reaproveitamento de resíduos;
d) políticas que busquem a redução do consumo de água e energia;
e) educação ambiental
f) discussão de política de coleta seletiva e o reaproveitamento dos resíduos
recicláveis, dentre outras.

22.4 Política de Educação em Direitos Humanos

A Resolução CNE/CP 01/2012 e o Parecer CNE/CP 08/2012 estabelecem as


Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos. Subsidiam o
Documento o disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº
9.394/1996) e no Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos
(PNEDH/2006).
A Educação em Direitos Humanos, que permeia o IFPA campus Belém está
fundamentada nos seguintes princípios: "I - dignidade humana; II - igualdade de
direitos; III - reconhecimento e valorização das diferenças e das diversidades; IV -
laicidade do Estado; V - democracia na educação; VI - transversalidade, vivência e
globalidade; e VII - sustentabilidade socioambiental." (BRASIL, 2012, Art. 3º)
O NEAB - Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Diversidades do IFPA campus
Belém, a partir da Portaria 461/2015 GAB, com vistas ao disposto Resolução
CNE/CP 01/2012 e o Parecer CNE/CP 08/2012, passa a atuar com a temática da
Educação em Direitos Humanos, que abrange as seguintes dimensões:
I - apreensão de conhecimentos historicamente construídos sobre direitos
humanos e a sua relação com os contextos internacional, nacional e local;
II - afirmação de valores, atitudes e práticas sociais que expressem a cultura
dos direitos humanos em todos os espaços da sociedade;

01/12/2016 Pagina - 94 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

III - formação de uma consciência cidadã capaz de se fazer presente em


níveis cognitivo, social, cultural e político;
IV - desenvolvimento de processos metodológicos participativos e de
construção coletiva, utilizando linguagens e materiais didáticos
contextualizados; e
V - fortalecimento de práticas individuais e sociais que gerem ações e
instrumentos em favor da promoção, da proteção e da defesa dos direitos
humanos, bem como da reparação das diferentes formas de violação de
direitos.
Dentre suas atribuições está:
a) Fornecer subsídios na transversalidade da Educação em Direitos Humanos para
a construção do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI); do Projeto Político-
Pedagógico (PPP); do Regimento Escolar; dos Projetos Pedagógicos de Cursos
(PPC);
b) Incrementar ações para a construção de materiais didáticos e pedagógicos para
intervenção nas práticas docentes na Formação Inicial e Continuada de Professores
para a Educação Básica; (BRASIL, 2012, Art. 11).
c) Disseminar a Educação em Direitos Humanos no ensino, pesquisa e extensão;
(BRASIL, 2012, Art. 12).
d) Inserir e acompanhar a Educação em Direitos Humanos na organização dos
currículos dos Cursos Técnicos e Subsequentes e dos cursos de Engenharia e
Tecnologia, como um conteúdo específico de uma das disciplinas já existentes no
currículo escolar, primando pela transversalidade e interdisciplinaridade.
e) Inserir e acompanhar a Educação em Direitos Humanos na organização dos
currículos da Formação Inicial e Continuada de Professores, como um componente
curricular obrigatório; (BRASIL, 2012, Art. 9º).
O trato com a Educação em Direitos Humanos terá o cotidiano como
referência para analisá-lo, compreendê-lo e modificá-lo, através da prática
sistemática dos direitos conquistados, bem como a ampliação de novos direitos.
É competência do NEAB IFPA campus Belém, acompanhar sua promoção
em três dimensões: a) conhecimentos e habilidades: compreender os direitos
humanos e os mecanismos existentes para a sua proteção, assim como incentivar o
exercício de habilidades na vida cotidiana; b) valores, atitudes e comportamentos:
desenvolver valores e fortalecer atitudes e comportamentos que respeitem os
direitos humanos; c) ações: desencadear atividades para a promoção, defesa e
reparação das violações aos direitos humanos.

01/12/2016 Pagina - 95 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

Referendada pelo Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos


(PNDEH), as práticas profissionais e de gestão no IFPA campus Belém estão
estruturadas na tríade acesso, permanência e sucesso, primando pela diversidade
cultural e ambiental, garantindo a cidadania, a eqüidade (etnicorracial, religiosa,
cultural, territorial, físico-individual, geracional, de gênero, de orientação sexual, de
opção política, de nacionalidade, dentre outras) e a qualidade da educação.
(BRASIL, 2008, pp. 31-32)
No âmbito do ensino no IFPA campus Belém, a Educação em Direitos
Humanos será incluída de duas formas: a) nos Cursos de Educação Profissional
(Técnico e Subsequente), de Tecnologias e Engenharias, como um conteúdo
específico de uma das disciplinas já existentes no currículo escolar, primando pela
transversalidade e interdisciplinaridade; b) No caso da Formação Inicial e
Continuada de Professores, a Educação em Direitos Humanos será um componente
curricular obrigatório. Além da produção de material didático para atuação com a
temática na Educação Básica através de construção de protótipos de Tecnologias
Educacionais.
As ações no ensino estarão permeadas pelas noções de Interdisciplinaridade
e de Transversalidade, uma vez que tais dimensões pedagógicas da ação docente
são formas de trabalhar o conhecimento com vistas à reintegração de dimensões
isoladas umas das outras pelo tratamento disciplinar. Além disto, designam um
arcabouço teóricoconceitual capaz de fundamentar questões que exigem uma
abordagem ampla e plural como necessariamente o são as que envolvem a
Educação em Direitos Humanos.
A transversalidade se refere à dimensão didática e diz respeito à
compreensão dos diferentes objetos de conhecimento, possibilitando a referência a
sistemas construídos na realidade dos alunos. A interdisciplinaridade refere-se à
abordagem epistemológica dos objetos de conhecimento, questionando a visão
compartimentada da realidade sobre a qual a escola se constituiu, mas trabalha
ainda, considerando a disciplinarização do currículo.
Na pesquisa, se dará através de fomento e de uma política de incentivo que
institua esse tema como área de conhecimento de caráter interdisciplinar e
transdisciplinar no âmbito da iniciação científica através de bolsas de pesquisa, bem
como, através de registros de patentes e propriedade intelectual dos materiais

01/12/2016 Pagina - 96 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

didáticos e protótipos construídos para esse fim, junto ao Núcleo de Inovação


Tecnológica do IFPA (NIT).
Na extensão, a inserção desse tema em programas e projetos de extensão
envolve atividades de capacitação, assessoria e realização de eventos, articuladas
com as áreas de ensino e pesquisa, contemplando temas diversos. Além da
socialização do material didático para atuação com a temática na Educação Básica
através transferência tecnológica de protótipos de Tecnologias Educacionais e na
oferta de cursos de Aperfeiçoamento.

22.5 Política de Educação para as Relações Etnicorraciais


O NEAB do IFPA Campus Belém tem ações que vem sendo desenvolvidas
desde 2005, no então CEFET-PA, hoje Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Pará, Campus Belém, objetivando contribuir para a implementação da
Lei nº 10.639/2003 a partir das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação
das Relações Étnico-Raciais e para o ensino da História e Cultura Afro-brasileira e
Africana e de seus aportes legais.
Para viabilizar o acesso de afrodescendentes nos cursos do IFPA Campus
Belém, o Instituto conta com o NEAB, cujo papel é definido em legislação própria, a
partir do Plano Nacional de Implementação das Diretrizes Curriculares para a
Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino em História e Cultura
Afrobrasileira e Africana, obedecendo dessa forma à implementação do Artigo 26 A
da LDB 9394/1996 suscitada pela Lei no 10.639/2003 e 11.645/2008.
Diante do quadro de ações implementadas no IFPA campus Belém, é
pertinente um olhar para a questão legal no que tange ao Plano Nacional de
Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações
Etnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afrobrasileira e Africana,
destacando-se:
Principais Ações das Instituições de Ensino Superior
a) Incluir conteúdos e disciplinas curriculares relacionados à Educação para
as Relações Etnicorraciais nos cursos de graduação do Ensino Superior,
conforme expresso no §1° do art. 1°, da Resolução CNE /CP n. 01/2004;
b) Desenvolver atividades acadêmicas, encontros, jornadas e seminários de
promoção das relações etnicorraciais positivas para seus estudantes;
c) Dedicar especial atenção aos cursos de licenciatura e formação de
professores, garantindo formação adequada aos professores sobre História
e Cultura Afro-Brasileira e Africana e os conteúdos propostos na Lei
11645/2008;

01/12/2016 Pagina - 97 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

d) Desenvolver nos estudantes de seus cursos de licenciatura e formação


de professores as habilidades e atitudes que os permitam contribuir para a
educação das relações etnicorraciais com destaque para a capacitação dos
mesmos na produção e análise critica do livro, materiais didáticos e
paradidáticos que estejam em consonância com as Diretrizes Curriculares
para Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino de História e
Cultura Afro-brasileira e Africana e com a temática da Lei 11645/08;
e) Fomentar pesquisas, desenvolvimento e inovações tecnológicas na
temática das relações etnicorraciais, contribuindo com a construção de uma
escola plural e republicana;
f) Estimular e contribuir para a criação e a divulgação de bolsas de iniciação
científica na temática da Educação para as Relações Etnicorraciais;
g) Divulgar junto às secretarias estaduais e municipais de educação a
existência de programas institucionais que possam contribuir com a
disseminação e pesquisa da temática em associação com a educação
básica. (BRASIL, 2009, p. 38-39)

No que tange ao NEAB o Plano prevê:

Principais Ações Para os Núcleos de Estudos e Grupos correlatos


a) Colaborar com a Formação Inicial e Continuada de Professores e
graduandos em educação das relações Etnicorraciais e ensino de História e
cultura afro-brasileira e africana, de acordo com o disposto na Resolução
CNE/CP 01/2004 e no Parecer CNE/CP nº 03/2004, e da Lei 11645/08,
quando couber;
b) Elaborar Material Didático específico para uso em sala de aula, sobre
Educação das relações Etnicorraciais e História e cultura afro-brasileira e
africana que atenda ao disposto na Resolução CNE/CP 01/2004 e no
Parecer CNE/CP nº 03/2004;
c) Mobilizar recursos para a implementação da temática de modo a atender
às necessidades de formação continuada de professores e produção de
material didático das Secretarias municipais e estaduais de educação ou/e
pesquisas relacionadas ao desenvolvimento de tecnologias de educação
que atendam à temática;
d) Divulgar e disponibilizar estudos, pesquisas, materiais didáticos e
atividades de formação continuada aos órgãos de comunicação dos
Sistemas de Educação;
e) Manter permanente diálogo com os Fóruns de Educação e Diversidade
Etnicorracial, os Sistemas de Educação, Conselhos de Educação,
sociedade civil e todas as instâncias e entidades que necessitem de ajuda
especializada na temática;
f) Atender e orientar as Secretarias de Educação quanto às abordagens na
temática das relações etnicorraciais, auxiliando na construção de
metodologias de pesquisa que contribuam para a implementação e
monitoramento das Leis 10639/2003 e 11645/08, quando couber; (BRASIL,
2009, p. 42)

E, enquanto participante da Rede de Educação Profissional de Educação,


Ciência e Tecnologia, cabe à Instituição, no que tange aos Cursos ofertados:
Principais ações para Educação Tecnológica e Formação Profissional
a) Incrementar os mecanismos de financiamento de forma a possibilitar a
expansão do atendimento, possibilitando maior acesso dos jovens, em
especial dos afrodescendentes, a esta modalidade de ensino;
b) Garantir que nas Escolas Federais, agrícolas, centros, institutos e
Instituições Estaduais de Educação Profissional, existam Núcleos

01/12/2016 Pagina - 98 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

destinados ao acompanhamento, estudo e desenvolvimento da Educação


das Relações Etnicorraciais e Políticas de Ação Afirmativa;
c) Manter diálogo permanente entre os Fóruns de Educação e Diversidade e
as instituições das Redes de Educação Profissional e Tecnológica;
d) Inserir nos manuais editados pela Secretaria de Educação Profissional e
Tecnológica as diretrizes e demais documentos norteadores de currículos e
posturas, os conceitos, abordagens e metas descritos nos documentos
deste Plano, no que se refere as ações para Ensino Médio e Ensino
Superior;
e) Os Institutos Federais, Fundações Estaduais de Educação Profissional e
instituições afins, deverão incentivar o estabelecimento de programas de
pós-graduação e de formação continuada em Educação das Relações
Etnicorraciais para seus servidores e educadores da região de sua
abrangência;
f) A SETEC, em parceria com a SECAD e os Institutos Federais, contribuirá
com a sua rede e os demais sistemas de ensino pesquisando e publicando
materiais de referência para professores e materiais didáticos para seus
alunos na temática da educação das relações etnicorraciais. (p. 52-53)

A partir da Portaria 461/2015 GAB, com vistas ao disposto Resolução


CNE/CP 01/2012 e o Parecer CNE/CP 08/2012, o Núcleo passa a atuar com a
temática da Educação em Direitos Humanos, trocando a nomenclatura para Núcleo
de Estudos Afrobrasileiros e Diversidades do IFPA campus Belém, continuando a
utilizar a sigla NEAB.

01/12/2016 Pagina - 99 –
Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

23. - DIPLOMAÇÃO

A diplomação é realizada no Instituto Federal de Educação, Ciência e


Tecnologia do Pará (IFPA) - Campus Belém, no que se refere aos cursos técnicos
na forma integrada e subsequente, pela Divisão de Registro, Controle e Indicadores
(DRCIN).
A expedição do diploma é efetivada mediante a integralização curricular do
curso pelo estudante, conforme o Art. 208 do Regulamento Didático Pedagógico do
Ensino do IFPA de 21 de maio de 2015, a integralização curricular consiste no
cumprimento com aproveitamento dos componentes curriculares obrigatórios e da
carga horária dos componentes optativos, quando previstos no Plano Pedagógico de
Curso (PPC), e atividades acadêmicas específicas de uma estrutura curricular
definidas no PPC.
Para a obtenção do diploma de conclusão dos cursos técnicos integrados ao
ensino médio, bem como do título de técnico (a) na respectiva habilitação
profissional, são requisitos necessários a integralização curricular de todos os
componentes curriculares, incluindo, de forma opcional, a conclusão da prática
profissional e/ou estágio curricular opcional, conforme estabelecidos neste PPC.
Fundamentando-se ainda nas recomendações do referido Regulamento
Didático Pedagógico do Ensino do IFPA em seu Art. 370 e 371, assim como nas
orientações repassadas pela CGLRIE-PROEN deste IFPA em forma de Tutorial, o
estudante que solicitar a emissão de diploma deverá preencher formulário próprio,
anexar cópias dos seguintes documentos, e protocolar no Campus de conclusão do
curso:
Documentos obrigatórios para diploma de técnico de nível médio na forma
integrada, que o estudante deverá anexar:
a) Documento de identificação oficial;
b) Certidão de nascimento ou casamento;
c) Cadastro de Pessoa Física (CPF);
d) Título eleitoral com quitação eleitoral;
e) Documento de quitação com o serviço militar (para homens com idade entre 18 e
45 anos)
f) Comprovante de isenção de débito com a Biblioteca do Campus;
g) Histórico escolar e certificado de conclusão do ensino fundamental;

01/12/2016 Pagina - 100 –


Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

h) Comprovante de integralização de 20 horas de Prática profissional.


i) De forma opcional, anexar o Atestado de Conclusão de estágio curricular,
supervisionado, expedido pelo Setor de Estágio do Campus (não obrigatório).

01/12/2016 Pagina - 101 –


Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

REFERÊNCIAS

LEGISLAÇÃO PERTINENTE AO CURSO

O presente documento trata da proposta pedagógica do Curso Técnico de


Nível Médio em Eletrônica Integrado a educação profissional de nível médio, tendo
como marco inicial o Decreto Lei nº 5.154 de 23 de julho de 2004 e o parecer
39/2004. A oferta de Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio
Integrada com o Ensino Médio tornou-se fato possível de ser realizado pelo IFPA, e
uma opção concreta aos egressos do Ensino Fundamental que pretendem obter, já
na etapa final da Educação Básica, uma habilitação profissional.
Esta proposta de curso tem como fundamento legal a legislação da educação
fundamentada nas seguintes leis e normas:
- LDB Lei nº 9.394/96 de 20/12/1996, Estabelece as diretrizes e bases da educação
nacional.
- LEI N.º 9.475, DE 22 DE JULHO DE 1997, Dá nova redação ao art. 33 da Lei n.º
9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da
educação nacional.
- LEI N.º 9.536, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1997, Regulamenta o parágrafo único do
art. 49 da Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996.
- Resolução CNE/CEB nº 03/1998, Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para
o Ensino Médio.
- Parecer CNE/CEB n° 15/98, Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio.
- Parecer CNE/CEB nº 16/1999 de 05/10/1999, Trata das Diretrizes Curriculares
Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico.
- Resolução CNE/CEB nº 04/1999, Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para
a Educação Profissional de Nível Técnico.
- Decreto nº 4.281 de 25 de junho de 2002. Regulamenta a Lei nº 9.795, de
27 de abril de 1999, que institui a Política Nacional de Educação Ambiental, e dá
outras providências.
- Lei nº 10.639 de 09/01/2003, Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996,
que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo
oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-
Brasileira", e dá outras providências.

01/12/2016 Pagina - 102 –


Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

- Parecer CNE/CEB nº 35/2003 de 05/11/2003, Normas para a organização e


realização de estágio de alunos do Ensino Médio e da Educação Profissional.
- Resolução CNE/CEB nº 1/2004 de 21/01/2004, Estabelece Diretrizes Nacionais
para a organização e a realização de Estágio de alunos da Educação Profissional e
do Ensino Médio, inclusive nas modalidades de Educação Especial e de Educação
de Jovens e Adultos.
- Decreto Nº 5.154 de 23/07/2004, Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41
da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases
da educação nacional, e dá outras providências.
- Parecer CNE/CEB nº 39/2004 de 08/12/2004, Aplicação do Decreto nº 5.154/2004
na Educação Profissional Técnica de nível médio e no Ensino Médio.
- Resolução CNE/CEB nº 01/2005 de 03/02/2005, Atualiza as Diretrizes Curriculares
Nacionais definidas pelo Conselho Nacional de Educação para o Ensino Médio e
para a Educação Profissional Técnica de nível médio às disposições do Decreto nº
5.154/2004.
- Resolução CNE/CEB nº 02/2005 de 4/04/2005, Modifica a redação do § 3º do
artigo 5º da Resolução CNE/CEB nº 1/2004, até nova manifestação sobre estágio
supervisionado pelo Conselho Nacional de Educação.
- Lei nº 11.161 de 05/08/2005, Dispõe sobre o ensino da língua espanhola.
- Parecer CNE/CES no 261/2006, de 25/06/2007, Dispõe sobre procedimentos a
serem adotados quanto ao conceito de hora-aula e dá outras providências.
- Resolução CNE/CEB no 3, de 9 de julho de 2008, Dispõe sobre a instituição e
implantação do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos de Nível Médio
- Parecer CNE/CEB no 11/2008, de 07/07/2008, Proposta de instituição do Catálogo
Nacional de Cursos Técnicos de Nível Médio
- Lei no 11892 de 29/12/2008 (art. 6º e 7º), Institui a Rede Federal de Educação
Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação,
Ciência e Tecnologia, e dá outras providências.
- Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio,
No Documento Base Integrado/2007; Parecer CNE/CEB no 17/1; Resolução
CNE/CEB nº 03/2008; Portaria nº 870/2008.
- Resolução CNE/CEB Nº 02/2012, de 30 de janeiro de 2012, Define Diretrizes
Curriculares Nacionais para o Ensino Médio.

01/12/2016 Pagina - 103 –


Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

- Resolução CNE/CEB n. 06/2012, de 20 de setembro de 2012. Define Diretrizes


Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio.
- Lei Nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas
universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e
dá outras providências.
- Parecer CNE/CEB n. 11/2012, de 09 de maio de 2012. Diretrizes Curriculares
Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio.
- Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos, edição 2014. / Versão para a reunião do
CONPEP (abr/2014).
- Apêndice D resolução CONSUP n. 235/2014 Normativa PPC
- Resolução n. 217/2014 – CONSUP, de 18 de dezembro de 2015. Estabelece os
procedimentos a serem adotados para autorização de criação de cursos, aprovação,
atualização ou aditamento de Projeto Pedagógico de Curso (PPC) do Instituto
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA).
- Resolução 041/2015-CONSUP de 21 de maio de 2015 que trata da aprovação do
Regulamento Didático Pedagógico do Ensino no IFPA.
- Organização Didática do Desenvolvimento do Ensino do IFPA, revisada em 2015.
- LEI Nº 5.524, DE 5 DE NOVEMBRO DE 1968, Dispõe sobre o exercício da
profissão de Técnico Industrial de nível médio
- Conselho Federal De Engenharia, Arquitetura E Agronomia, Resolução Nº 262, de
28 de julho de 1979.(*) Dispõe sobre as atribuições dos Técnicos de 2º grau, nas
áreas da Engenharia, Arquitetura e Agronomia.
- CONFEA, Resolução Nº 1.010, de 22 de agosto de 2005. Dispõe sobre a
regulamentação da atribuição de títulos profissionais, atividades, competências e
caracterização do âmbito de atuação dos profissionais inseridos no Sistema
Confea/Crea, para efeito de fiscalização do exercício profissional.
E portarias correlacionadas emanadas do Ministério da Educação, nas
alterações e na Organização Didática deste Instituto.

01/12/2016 Pagina - 104 –


Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br
IFPA Belém - PPC 2017 - Técnico de Nível Médio em Eletrônica Integrado com o Ensino Médio _______________

LISTA DE FIGURAS TABELAS E QUADROS

Figura 1: Distribuição da carga horária total de 3493,33 horas . . . . . . . . . . . 17


Figura 2: Distribuição da carga horária total de 3253,33 horas. . . . . . . . . . . . 18
Quadro 1: Matriz curricular curso Técnico em Eletrônica Integrado 1º ano. . . 21
Quadro 2: Matriz curricular curso Técnico em Eletrônica Integrado 2º ano. . . 22
Quadro 3: Matriz curricular curso Técnico em Eletrônica Integrado 3º ano. . . 23
Quadro 4: Síntese da matriz curricular curso Técnico em Eletrônica
Integrado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Quadro 5: Etapas dos projetos integradores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
Quadro 6: Componentes curriculares do ensino médio, 1º ano . . . . . . . . . . . 27
Quadro 7: Componentes curriculares do ensino médio, 2º ano. . . . . . . . . . . 35
Quadro 8: Componentes curriculares do ensino médio, 3º ano . . . . . . . . . . . 40
Quadro 9: Componentes curriculares técnicas, 1º ano . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Quadro 10: Componentes curriculares técnicas, 2º ano . . . . . . . . . . . . . . . . . 49
Quadro 11: Componentes curriculares técnicas, 3º ano . . . . . . . . . . . . . . . . . 53
Quadro 12: Informações sobre o corpo técnico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71
Quadro 13: Informações sobre o corpo docente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71
Quadro 14: Informações sobre o corpo docente – formação básica . . . . . . . 72
Quadro 15: Infraestrutura do campus Belém de 2014 a 2018 e atual . . . . . . 80
Quadro 16: Infraestrutura física do campus Belém de 2014 a 2018 e atual . . 80
Quadro 17: Equipamentos do campus Belém de 2014 a 2018 e atual . . . . . . 81
Quadro 18: Acervo da biblioteca do campus Belém de 2014 a 2018 e atual . 81

01/12/2016 Pagina - 105 –


Av. Almirante Barroso, 1155 - CEP: 66.093-020 Belém – PA
CNPJ 10.763.998/0001-30 (91) 3201-1763 3201-1808 Fax: 3201-1701 www.ifpa.edu.br