Você está na página 1de 15

SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO

COORDENAÇÃO MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS


COORDENADORA PEDAGÓGICA MUNICIPAL: PROF.ª IONE MATOS

CICLO DE APRENDIZAGEM DA EDUCAÇÃO INFANTIL


ANO/CICLO CAMPOS DE EXPERIÊNCIAS: TURNO
2018 Oralidade e escrita, Espaço, tempos, quantidades, relações e transformações, Corpo, Matutino e Vespertino
gestos e movimentos, Traços, sons, cores e formas e O eu, o outro e o nós.

Alguns lembretes importantes:

Durante a semana da independência faremos o hasteamento da bandeira;


Para os pequenos que ainda não viram: montar o livro “O QUE É A PÁTRIA?”.
O tradicional cavalo de pau tem que ser feito, bem como, espada e chapéu (podem
optar pelas viseiras, caso ainda não tenham feito);
Apresentar em um mural as riquezas do nosso país, fazendo uma reflexão do
que não é bom; Apresentar o hino e significado das cores das bandeiras
(formas geométricas);
A partir de fantoches mostrar os principais personagens da pátria;
LINKS com atividades e ideias para confecção

http://espacoeducar-liza.blogspot.com.br/2009/08/indice-semana-da-patria-e-independencia.html
http://escolastamaria.webnode.com.br/news/apresenta%C3%A7%C3%B5es%20para%20culminancia%
20d o%20projeto%20semana%20da%20patria%20e%20entrega%20do%20primeiro%20jornal%20%28-
educa%C3%A7%C3%A3o%29%20%20/
http://blogdaescolaecia.blogspot.com.br/2012/09/rotina-semanal-setembro.html
http://amigasdaedu.blogspot.com.br/2009/08/atividades-para-semana-da-patria-7-de.html
http://amoalfabetizacao-profcarla.blogspot.com.br/2011/08/atividades-semana-da-patria.html
http://wata-eh-legal.blogspot.com.br/2010/08/atividadades-para-semana-da-patria.html
http://elizinharocha.blogspot.com.br/2009/08/projeto-semana-da-patria.html
http://ferramentapedagogica.blogspot.com.br/2009/08/atividades-semana-da-patria.html
http://espacoeducar-liza.blogspot.com.br/2009/08/50-atividades-semana-da-patria.html
http://lourdesmazini.blogspot.com.br/2011/09/semana-da-patria.html
http://aartedeensinareaprender.blogspot.com.br/2011/08/semana-dapatria-atividades.html
http://aartedeensinareaprender.blogspot.com.br/2011/08/semana-da-patria-atividades.html

Dividir a turma em grupos. Apresentar e distribuir envelopes com letras que formam palavras do Hino. Solicitar que
organizem as letras, do alfabeto móvel, para formar as palavras do Hino.
ESCREVENDO DO SEU JEITO
Solicitar que as crianças utilizem o alfabeto móvel para formar palavras que lembram a Independência do Brasil.
Escrever as palavras no caderno e ilustrar.
Circular pela sala para fazer as observações e intervenções necessárias, de acordo o nível de escrita das crianças.

Acolhida 1: Chega mais


Objetivo: O objetivo dessa dinâmica é a aproximação com as pessoas, conquistar
confiança e principalmente o respeito.
Os alunos deverão andar soltos pela sala ou pátio ouvindo uma música. O Professor dará
os comandos no momento em que pausar a música. Poderá iniciar pedindo que cada um
cumprimente com um aperto de mãos o colega que estiver à sua frente. A música volta a
tocar e ao pausá-la novamente poderá pedir que cumprimente o colega que está à sua
frente dando tapinhas no ombro ou nas costas, e assim por diante até terminar em um
forte abraço.
Retomada do para casa:
Acolhida 2: Música da hora da história
E agora minha gente
uma história vou contar
uma história bem bonita
todo mundo vai gostar
rê, rê, rê
rá, rá, rá

Nos livrinhos encantados


tudo pode acontecer
vamos ficar bem quietinhos
para a história aprender
He He He tralalá
He He He tralalá
Roda de Conversa Introdutória: Será que o Brasil sempre foi como é hoje? Quem
sabe como era o Brasil antigamente? Quem vivia aqui? Será que existiam cidades? O
Brasil sempre teve este nome? Quem sabe o que comemoramos dia 07 de setembro? Por
que em várias cidades acontecem os desfiles nas avenidas dia 07 de setembro? Quem já
assistiu a um desfile de 07 de setembro? O que viu no desfile?

Senta que lá vem história ......


Era uma vez um principezinho que veio de uma terra muito distante chamado Portugal
para morar no Brasil com sua família. Este príncipe era chamado de Pedrinho. Ele era um
menino inteligente, corajoso e muito amoroso.
O povo brasileiro gostava muito dele, por isso quanto sua família teve que regressar para
Portugal com urgência, os brasileiros fizeram um abaixo-assinado e foram as ruas pedir
que Pedro permanecesse aqui. O povo clamava:
-Fica Pedro! - Fica Pedro! - Fica Pedro! -Fica Pedro!
O príncipe vendo aquela multidão de brasileiros pedindo que ele ficasse, respondeu:
- Se for para o bem de todos e felicidade geral da nação, eu fico.
Os brasileiros ficaram super contente e comemoram sua primeira vitória:
- Viva! Viva! Viva! Viva!
O tempo passou e um dia a princesa Leopoldina recebeu uma carta do pai de Pedro, que
era rei de Portugal. Ao ler a carta ela chamou seu conselheiro José Bonifácio e disse:
- José, a corte portuguesa exige que Pedro volte imediatamente para Portugal.
Naquele mesmo instante José Bonifácio teve uma ideia.
- Alteza, escreva uma mensagem a vosso marido, peça que proclame a Independência do
Brasil imediatamente.
A princesa mais que depressa escreve uma carta e manda o mensageiro entregar a
Pedro.
-Vá rápido, encontre o príncipe Pedro e entregue esta carta a ele.
O mensageiro encontrou o príncipe perto do Riacho Ipiranga, descansado com sua
cavalaria.
-Vossa alteza, eis uma mensagem da princesa Dona Leopoldina.
Ao ler a mensagem Pedro diz aos soldados.
-Soldados, a corte portuguesa quer nos escravizar. Laços fora, guerreiros! A partir de hoje
não serviremos mais a Portugal. Ou o Brasil fica livre ou morremos por ele. Independência
ou Morte!
Todos os soldados gritaram em um só coro:
-Independência! Independência! Independência!
A partir daquele dia raiava a liberdade no horizonte do Brasil. Nosso país tinha ficado livre
de Portugal. E hino brasileiro agora poderia ser cantado em todas as redondezas com
mais força e garra.
Autora: Bernadete Sena de Santana
Bate papo legal: O que é Pátria? O que aconteceu no dia 7 de Setembro? A figura de D.
Pedro I; Os símbolos da pátria; O grito da Independência; A vida no Brasil e depois da
independência.
Hora Mágica: "Telefone sem fio"
Discuta com a turma as regras da brincadeira. Deixe que façam adaptações. É um
momento de exercitar a cidadania, trabalhando os direitos e os deveres do grupo e o
respeito às individualidades.
Elabore pequenas frases sobre o tema, para que sejam repassadas por um aluno.
Fique próximo a lousa e assim que todos ouvirem, solicite que o último aluno fale o que
entendeu e escreva a frase original e a final.
Solicite que os alunos registrem ambos e discuta quais as mudanças ocorreram.
Ao final da brincadeira, depois que todas as frases foram repassadas, discuta com os
alunos:
. O que provocou tantas mudanças nas frases ditas inicialmente.
. O que se pode fazer para diminuir os problemas de comunicação na brincadeira?
. Nas relações que acontecem no cotidiano da escola e em casa isto acontece?
. O que foi possível aprender sobre a independência do Brasil com a brincadeira?
Algumas sugestões
de mensagens para a
brincadeira:
. O povo queria libertar
o Brasil de Portugal.
. D. Pedro I era príncipe
regente de Portugal.
. D. Pedro I estava ao
lado do riacho do Ipiranga.
. No Dia do Fico, D. Pedro
disse que não voltaria
para Portugal.
. Mesmo com a
Independência, os
problemas do Brasil
continuaram.
Hora da Pesquisa:
Professor, apresente o mapa do Brasil para as crianças... mostre as regiões e nosso
estado também. Explore a vontade.

Orientações: Símbolos Nacionais Brasileiros

Os Símbolos Nacionais do Brasil foram instituídos através da Lei 5.700 de 1º de setembro


de 1971.
Esta lei, além de estabelecer quais são os símbolos nacionais, também determina como
estes símbolos devem ser usados, padrões e formatos, significados, entre outros.
Estes símbolos são de extrema importância para nossa nação, pois representam o Brasil
dentro e fora do território nacional. Sendo assim, devem ser respeitados por todos os
cidadãos brasileiros. Os Símbolos Nacionais são: a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as
Armas Nacionais e o Selo Nacional. Em 18 de setembro, comemora-se o Dia dos
Símbolos Nacionais.
Bandeira Nacional

A Bandeira Nacional foi instituída no dia 19 de novembro de 1889, 4 dias depois da


Proclamação da República. É o resultado de uma adaptação na tradicional Bandeira do
Império Brasileiro, onde o escudo Imperial português dentro do losango amarelo foi
substituído por um círculo azul com estrelas na cor branca. A esfera azul de nossa
bandeira representa nosso céu estrelado, ao centro com a frase "Ordem e Progresso".
São 27 estrelas, representando os 26 estados e o Distrito Federal. O losango amarelo ao
centro representa o ouro e o retângulo verde, representa nossas matas e florestas.
No dia 19 de novembro comemora-se o dia da bandeira.
Armas Nacionais

As Armas Nacionais ou Brasão Nacional representam a glória, a honra e a nobreza do


Brasil e foram criadas na mesma data que a Bandeira Nacional. No centro há um escudo
circular sobre uma estrela verde e amarela de cinco pontas. O cruzeiro do sul está ao
centro, sobre uma espada. Um ramo de café está na parte direita e um de fumo a
esquerda. Uma faixa sobre a parte do punho da espada apresenta a inscrição "República
Federativa do Brasil". Em outra faixa, abaixo, apresenta-se "15 de novembro" (direita) e
"de 1889" (esquerda).
É obrigatório o uso das armas nos edifícios dos três poderes (Executivo, Legislativo e
Judiciário) dos governos federal, estaduais e municipais, e também nos quartéis militares
e policiais e em todos os papéis oficiais de nível federal (publicações, convites entre
outros).
Selo Nacional

O Selo Nacional é utilizado para autenticar documentos oficiais e atos do governo. É


usado também para autenticar diplomas e certificados emitidos por unidades de ensino
reconhecidas. É constituído por uma esfera com as estrelas (semelhante a da bandeira
brasileira), apresentando a inscrição República Federativa do Brasil.
Hino Nacional

O Hino Nacional foi composto por Joaquim Osório Duque Estrada (1870 – 1927) e a
música é de Francisco Manuel da Silva (1795-1865). Tornou-se oficial no dia 1 de
setembro de 1971, através da lei nº 5700.
Existem várias regras que devem ser seguidas no momento da execução do hino, entre
elas o respeito à Bandeira Nacional e ao presidente da República. É executado junto com
o hasteamento da Bandeira Nacional em determinadas situações, entre elas: solenidades
e eventos oficiais do governo, eventos esportivos e culturais e nas escolas.
Fonte: https://www.sohistoria.com.br/ef2/simbolosnacionais/
Tabela Mágica com os Símbolos Nacionais: Professor, monte a tabela no quadro
ou no papel pardo e vá respondendo juntamente com as crianças.
FIGURA PALAVRA LETRA NÚMERO DE NÚMERO DE
INICIAL LETRAS SÍLABAS

BANDEIRA B 8 3

BRASÃO B 6 3

SELO S 4 2

HINO H 4 2

Hora da Pesquisa: Professor, pesquise com a turma qual símbolo eles gostaram mais.
Pinte um quadrinho para cada voto.
9
8
7
6
5
4
3
2
1

Qual foi o símbolo mais votado?


Qual foi o símbolo menos votado?
Quantos votos recebeu o mais votado?
Quantos votos recebeu o menos votado?
Qual a diferença de votos entre o mais votado e o menos votado?
Hora da Descoberta: Vamos montar os nomes dos Símbolos Nacionais do Brasil?
(Professor é interessante colocar letras do alfabeto móvel em um envelope e entregar para
cada equipe. Deixe que as crianças realizem.... anote tudo no quadro e explore direitinho).
Hora da Criatividade: Montar um painel O que tem em nossa pátria?

Hora da Arte: Explorando as cores da Bandeira do Brasil - Explicar para crianças que
podemos misturar as cores e produzir novas cores. ( Explicar sobre as cores primárias e
secundárias) Para começar, basta apresentar as cores primárias, que são consideradas
puras (azul, amarelo e vermelho), pois não podem ser obtidas com mistura de nenhuma
cor. Na sequência, mostre como podemos misturar entre si as cores primárias para
transformá-las nas secundárias:
★ Amarelo + Vermelho = Laranja
★ Vermelho + Azul = Roxo
★ Azul + Amarelo = Verde

Trabalhe as cores presentes na bandeira do Brasil: verde, amarelo e azul. Algumas dicas:
Faça um grude com farinha de trigo e água, coloque anelina nas cores verde, amarelo e
azul. Coloque em canequinhas, dê a eles um pincel de pintor e deixe o artista solta a
imaginação.
Colocar 4 caixas de sapato cada uma pintada ou encapada com tinta guache nas cores,
branca, amarela, verde e azul. Distribuir revistas para as crianças procurarem folhas com
as respectivas cores pedir que rasguem em pedaços bem pequenos e coloque-as nas
caixas com as cores determinadas.
Aproveite a oportunidade para falar sobre as cores e explorar os vários tipos de artes e
texturas dos trabalhos: faça colagem com papel crepom, pintura, retalhos de EVA, casca
de ovo, lixa, areia, algodão... enfim, tudo pintado com verde e amarelo.
Cada aluno pode trabalhar com uma folha sulfite, as cores e texturas separadamente.
Junte tudo e monte uma bandeira gigante!

Ateliê de Arte: Bandeira do Brasil com carimbo das mãos


Já imaginou fazer a Bandeira do Brasil usando as mãos e pés como carimbo? Esta prática
estimula a percepção visomotora, além de divertir a criançada, que aprende a fazer arte. O
resultado? Vários painéis para enfeitar a sala na semana da pátria!

Pra fazer você vai precisar de 1,5 metros de papel pardo e tintas nas cores da bandeira.
Como que faz?
1- Coloque o papel pardo no meio da sala aberto e cole as laterais com fita crepe.
Desenhe a bandeira do Brasil. Faça quantas Bandeiras forem precisas para que a turma
toda participe!
2 - Com a tinta nas mãos e nos pés, as crianças devem pintar o círculo de azul, que
representa o céu brasileiro. Depois, pinte as mãos das crianças de amarelo, uma
referência aos minérios que encontramos no nosso solo e ajude-os a carimbar o losango.
O próximo passo é pintar os pés dos pequenos de verde, simbolizando nossa mata e
preencher o retângulo.

3- Espere secar e... a turminha terá uma linda Bandeira!!! Não se esqueça de lhes explicar
o sentido de cada cor da bandeira enquanto realizam o trabalho.

Abaixo Bandeira do Brasil com carimbo das mãozinhas... Aqui as partes foram carimbadas
separadamente e depois coladas uma sobre a outra.

Laboratório de descoberta: Palavras INDEPENDÊNCIA, BRASIL, PÁTRIA no


quadro (Letras, quantidade de letras, formação de novas palavras, nomes das crianças
que tem a inicial de cada letra das palavras IN-DE-PEN-DEN-CI -A, BRA – SIL, PA-TRIA
quantos pedacinhos, sílabas? Vamos observar e contar nas palminhas, batendo os pés?....
IN-DE-PEN-DEN-CI - A, BRA – SIL, PÁ-TRIA Adorei, quantos pedacinhos? Ah! SEIS, 2, 2
pedacinhos (Quatro sílabas) Vamos escrever uma lista de palavras que iniciam com a letra
I, B, P?
Lanche;
Recreação;
Caixinha de Surpresa: HISTÓRIA DA INDEPENDÊNCIA

Era uma vez um País chamado Brasil, que foi descoberto, segundo conta a história, por
Pedro Álvares Cabral, que veio de Portugal. Porém há quem acredite que a história não
seja bem essa.
Alguns acham que foram os índios que o descobriram, isso porque eles já viviam aqui com
suas famílias e muitos animais, os mais lindos que se podia imaginar. Mas foi chegando
mais gente e, a cada dia, mais e mais...
O Brasil, então, ficou sendo de Portugal, um País bem distante, onde moravam o Rei, a
Rainha e toda a família Real. Eles vieram ao Brasil.
O filho do Rei, o Príncipe Dom Pedro, gostava muito daqui. Passado algum tempo, o Rei e
a Rainha tiveram que voltar para Portugal e o Príncipe ficou governando nosso País. Ele
ainda era criança. Os Brasileiros gostavam muito do Príncipe. Até que um dia ele cresceu
e o seu pai lhe mandou uma carta, ordenando que retornasse à Portugal. Dom Pedro ficou
muito bravo, não queria ir embora e, às margens do Rio Ipiranga, no dia 7 de Setembro de
1822, levantou sua espada e gritou: "INDEPENDÊNCIA OU MORTE" e, a partir desse dia,
pela coragem do Príncipe, o Brasil ficou livre do domínio do Rei de Portugal, D. João VI. E
todos sonharam em viver felizes para sempre.

Reflexão: ________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
Hora Mágica: TEATRINHO

Materiais: big giz cera triangular, com 12 unidades, da acrilex, caixa de papelão; cola
branca; fita adesiva transparente; 4 folhas de papel kraft; papel celofane azul; papel
crepom nas cores verde e marrom; papel espelho; roupas usadas.

COLOCANDO EM PRÁTICA
1- Alguns dias antes de iniciar a atividade, peça aos pais das crianças que mandem
roupas de adultos usadas e acessórios como chapéus, cintos, bolsas, brincos, colares,
sapatos, sombrinhas, fitas e luvas para a realização de uma peça de teatro. Então, no dia
marcado, conte novamente a "HISTÓRIA DA INDEPENDÊNCIA" e "provoque" as crianças
para elas se colocarem como os personagens do conto e expressarem o que fariam em
diferentes situações. Convide-as, então, para realizar uma oficina de teatro. Ensaie com os
alunos que querem participar da peça e, aos mais tímidos, dê tarefas como montar o
cenário, auxiliar nas vestimentas etc. Não deixe ninguém de fora. Una, pelas laterais, as 4
folhas de papel kraft com fita adesiva transparente e entregue-as, com o restante do
material, para as crianças desenharem e "decorarem" o cenário da Independência.

2- Fixe o cenário pronto na parede da sala de aula. Em seguida, encape uma caixa de
papelão com o papel espelho e diga que ela será o guarda-roupa dos personagens.
Coloque as roupas trazidas de casa dentro dela e peça para as crianças se "fantasiarem"
de acordo com o papel que têm na história. Promova a apresentação da peça. Isso
beneficiará o processo de aquisição da autoconfiança e da desinibição.

Fonte: Projetos escolares ed. infantil. nº 5

Atividade;
Orientação do para casa;
Despedida: HINO NACIONAL INFANTIL

ALGUMAS IDEIAS DE BRINCADEIRAS


ATIVIDADES DINÂMICAS:

Atividade: Tá perto, Tá longe.


A professora mostrará os alunos uma bandeira do Brasil.
Perguntará a eles se sabem o que significa; a bandeira representa o nosso país que se chama BRASIL. Após,
proporá a eles a brincadeira Tá perto, tá longe. Os alunos terão que encontrar a bandeira e a
professora orientará com comandos de ta perto se o aluno estiver próximo a bandeira, e ta longe se o aluno
estiver distante da bandeira. Os alunos fecharão os olhos para aquele que encontrou a bandeira esconda
novamente iniciando uma nova etapa da brincadeira.
Fazer quebra-cabeça da bandeira do Brasil; (identificar em sala de aula os objetos que se parecem com as
formas da bandeira);
DENTRO E FORA: A professora desenhará um mapinha do Brasil e dirá: Vocês foram viajar e estão fora do
BRASIL (os alunos fora do círculo), depois a professora dá outro comando (vocês retornaram da viajaram);
Atividade: Dentro e Fora (Conceito de Geografia – Noção de Lugar - Direita e Esquerda – Na
frente e atrás – em cima, embaixo.)
A professora risca um círculo no chão e diz para os alunos que significa o Brasil e como todos nós
somos brasileiros, pede para todos os alunos entrarem no círculo.
--- Agora vocês estão dentro do Brasil.
A brincadeira é que a professora dará o comando:
--- Vocês foram viajar e estão FORA do Brasil.
Todos os alunos terão que pular para fora do círculo. Depois a professora dará outro comando:
--- Vocês retornaram da viagem e estão DENTRO do Brasil.
Após duas rodadas a professora só dirá FORA E DENTRO e cada vez mais rápido. Quem não saltar para fora
quando este comando for dado será eliminado da brincadeira e o mesmo ocorrerá com o comando
DENTRO.
• Atividade: Direita e Esquerda
A professora diz aos alunos que brincarão de faz-de-conta: faz de conta que a professora é D. Pedro I e os
alunos seu exército. D. Pedro I precisa treinar o seu exército para defender o Brasil e para isso dará os
comandos:
---- Marchar! (todos os alunos marcham um atrás do outro)
---- Virando à Direita!
-----Virando à Esquerda!
---- Parar!
---- Levantar o braço direito! Abaixar o braço direito
Levantar o braço esquerdo! Abaixar o braço esquerdo!
--- Saltar com o pé direito!
---- Saltar com o pé esquerdo!
---- Marchar!
---- Virando à Direita!
---- Virando à Esquerda!
---- Parar!
Atividade: em cima, embaixo, frente, atrás de , perto de , longe de
O que é, o que é...
---- Que fica em cima do pescoço?
-----Que fica embaixo do nariz?
----- Que fica entre a boca e os olhos?
----- Que fica perto da lousa ?
------Que fica em cima da mesa ?
----- Que fica do seu lado direito?
----- Que fica do seu lado esquerdo?

Corrida Dupla

Você vai precisar de:


 Um lenço para cada dupla( pode ser feito de TNT Verde)
 Um apito
 Faixa ( pode ser feita de TNT amarelo e azul)

Preparação:

Unir as crianças pelo pé


Pé esquerdo de uma e pé direito de outra

Jogo:
1. As crianças correm juntas até a linha de chegada.
2. Ganha a dupla que cruzar a linha de chegada primeiro

Jogo da Bexiga

Você vai precisar de:

Bexigas cheias de água ( verdes e amarelas)

Preparação:

Organizar duplas
Colocar cada componente da Equipe a uma distância de 1 metro do outro
 Um membro da equipe deverá lançar a bexiga d'água para o outro sucessivamente
 O objetivo é manter a bexiga no jogo sem que ela caia ou estoure
 A equipe que derrubar a bexiga primeiro dá lugar à outra dupla e o jogo continua até
que se tenha uma dupla de vencedores.
Boliche

Bola futebol
Garrafa pet
Corante alimentício
TNT branco
Adicione algumas gotas de corante alimentício nas cores verde, amarelo e azul em
algumas garrafas plásticas com água

Faça uma pista com um pedaço de TNT branco


Organize as garrafas no fim da pista

A criança lançará a bola e tentará derrubar as garrafas.

Decorando a bandeira

Desenho da bandeira em papel metro branco


Colorir apenas a parte azul

Fixar bexigas verdes e amarelas na bandeira do Brasil


Vence a equipe que finalizar primeiro a tarefa

5-Colocar o rabo no cavalo de Dom Pedro

Desenho de um cavalo sem rabo

A criança de olhos vendados tentará acertar o local exato do rabo do cavalo

Atividade: Brincando de Independência ou Morte! Fazer cavalo de pau e imitar Dom Pedro.

Cavalo de Pet

Cavalo de Pau e Garrafa Pet (Fotos: Divulgação).

Material:

Eva Colorido;
Garrafa Pet transparente;
Cola;
Tesoura;
Corda fina;
Lã.
Passo a passo
Lave bem a garrafa Pet, retire o rótulo e deixe secar.
Deixe a garrafa em pé, amarre com a corda na parte de baixo.
Na parte próximo ao risco do gargalo da embalagem, amasse e dobre para baixo essa
parte.
Com a mesma corda utilizada para amarrar a parte de baixo, prenda essa parte.
Agora comece a fixar as orelhas , olhos e demais detalhes. Use uma cola apropriada.

OBSERVAÇÕES

Lembre-se sempre, adapte o ciclo de aprendizagem para a realidade da sua sala de aula,
da sua escola e comunidade, faça da maneira que você professor saiba que eles vão
gostar e aprender com o que você está querendo passar para eles. No final no ciclo faça
uma roda de conversa com os alunos e ouça o que eles mais gostaram, o que acharam
mais legal, se fariam algo diferente, qual a opinião deles, enfim ouça tudo o que eles tem
a dizer sobre o que foi feito.
Através dos anexos e do planejamento individual de cada professor, o ciclo vai se
enriquecendo. Este só tem sentindo se for explorado de acordo com a necessidade de
cada turma. Com a realidade de cada sala de aula o planejamento com o ciclo pode
ganhar: COR, CHEIRO E SABOR. Com tudo isso, fica mais gostoso ensinar e aprender.
Os procedimentos de aprendizagem descritos acima são apenas previsões, podendo
sofrer alterações de acordo com cada turma. Se isso ocorrer, os motivos que levaram a
essas mudanças serão descritos no espaço abaixo:

Profª. Ione Matos


Coordenadora Pedagógica Municipal da Educação Infantil e Anos Iniciais

Você também pode gostar