Você está na página 1de 55

PREVENÇÃO CONTRA

INCÊNDIO ATRAVÉS DA
SELAGEM CORTA-FOGO
Seminário AEAMC
Abril 2018
HILTI

Empresa familiar Parceiro da


fundada em 1941 indústria profissional
em Liechtenstein da construção

Mais de Estamos em
24.000 mais de 120
colaboradores países

2
CONTEÚDO

Conceitos
Testes e Aprovações
Normas e Legislação
Aplicações de selos corta-fogo em shafts e fachadas
Patologias dos selos corta-fogo
Casos recentes de incêndio sem compartimentação

3
Firestop | Abril de 2017 4
CAUSAS QUE DIRETAMENTE PRODUZEM MAIS MORTES
DURANTE UM INCÊNDIO

1%
11% 0%

26%

62%

Asfixia por inalação de fumaça


Queimaduras
Lesões Traumáticas
Enfermidades críticas
Outras causas

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 5


MUNDIALMENTE, UM NOVO INCÊNDIO SE INICIA CADA 7
SEGUNDOS
Como resultado a cada ano:
• 4 milhões de incêndios.
• Aproximadamente 15.000 mortes.
• Danos materiais de mais de 70 bilhões
de dólares.

Sem os sistemas corta-fogo esses


números seriam piores

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 7


O QUE É COMPARTIMENTAÇÃO?

Barreira que impede ou limita a propagação das chamas de um ambiente para


outros adjacentes

Contém o fogo e a fumaça

Proteção Minimiza ou reduz o risco de perdas


passiva que humanas e materiais
reduz o
tamanho das Protege as rotas de fuga
áreas de risco

Auxilia na tentativa de combate ao fogo

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 9


PROPRIEDADES DOS MATERIAIS DE PROTEÇÃO PASSIVA

Ablativa Intumescente Elastomérica


• Absorvem energia do incêndio • Aumento de volume quando • Materiais com alta capacidade
para proteger o sistema pintado. exposto ao calor. de movimentação.
• Essa energia é liberada em • É criada uma barreira térmica • Não propiciam o aparecimento
forma de vapor para promover entre o fogo e o que se deseja de trincas que podem prejudicar
isolamento. proteger. o desempenho dos produtos.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 10


CONTEÚDO

Conceitos
Testes e Aprovações
Normas e Legislação
Aplicações de selos corta-fogo em shafts e fachadas
Patologias dos selos corta-fogo
Casos recentes de incêndio sem compartimentação

11
TESTES X APROVAÇÕES PARA A DETERMINAÇÃO DO
DESEMPENHO

Testes Aprovações
• Específicos para a configuração e dimensões • Conjunto de testes realizados por laboratório
testada; certificado;
• Certificadoras acompanham todo o processo de
fabricação e testes do cliente.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 12


DIVERSAS APROVAÇÕES INTERNACIONAIS COMPROVAM O
DESEMPENHO DAS APLICAÇÕES DO FIRESTOP HILTI

* TESTES NACIONAIS

Normas internacionais atendidas:


• ASTM E-814 (UL 1479) – Método Americano para penetrações. • ETAG 026 – Norma Européia.

• UL 2079 – Método Americano para juntas. • DIN 4102-9 – Norma Alemã.

• BS 476: Part 20 – Norma Britânica.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 13


NBR 6479 – A NORMA BRASILEIRA DE ENSAIOS

Temp (°C)
1200 • De acordo com o item 5.3.4.1 da IT 09, os selos
corta-fogo devem ser testados de acordo com a
1000
curva de incêndio padrão que consta na NBR
6479;
800 • Os selos corta-fogo devem atender aos critérios de
estanqueidade, isolamento e integridade.
600

Estanqueidade
400

Isolamento
200

Integridade
0
100
105
110
115
120
0
5
10
15
20
25
30
35
40
45
50
55
60
65
70
75
80
85
90
95

minutos

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 14


CONTEÚDO

Conceitos
Testes e Aprovações
Normas e Legislação
Aplicações de selos corta-fogo em shafts e fachadas
Patologias dos selos corta-fogo
Casos recentes de incêndio sem compartimentação

15
RESPONSABILIDADES EM CASO DE INCÊNDIO
LEIS CORRELATAS E NORMAS
• Constituição Federal (art. 37 6º - PJ direito público/privado responderem pelo dano que causarem)
• Lei 10.406/2002 - Código Civil, art 1348 IV, V
• Lei 8.078/90 - Código de defesa do consumidor, art 14, art 22
• Lei 6.496/77 - Institui ART/RRT
• Lei 4.591/64 - Lei do Condomínio, art.22 1º b
• Decreto 1.257/2015 – Lei Complementar – Código estadual de proteção contra incêndios e emergências – não
regulamentada
• Decreto Estadual 56.819/2011 – Decreto do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo
• Instrução Técnica n◦ 08/2011 do Estado de São Paulo
• Instrução Técnica n◦ 09/2011 do Estado de São Paulo
• ABNT NBR 6479 – Norma Brasileira de ensaios
• ABNT NBR 15.575/2013 – Desempenho das Edificações Habitacionais
• ABNT NBR 13.231/2015 – Norma Brasileira de proteção contra incêndio em subestações elétricas
• Lei KISS – 13.425/2017
Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 16
RESPONSABILIDADES EM CASO DE INCÊNDIO
LEIS CORRELATAS E NORMAS
• Constituição Federal (art. 37 6º - PJ direito público/privado responderem pelo dano que causarem)
• Lei 10.406/2002 - Código Civil, art 1348 IV, V
• Lei 8.078/90 - Código de defesa do consumidor, art 14, art 22
• Lei 6.496/77 - Institui ART/RRT
• Lei 4.591/64 - Lei do Condomínio, art.22 1º b
• Decreto 1.257/2015 – Lei Complementar – Código estadual de proteção contra incêndios e emergências – não
regulamentada
• Decreto Estadual 56.819/2011 – Decreto do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo
• Instrução Técnica n◦ 08/2011 do Estado de São Paulo
• Instrução Técnica n◦ 09/2011 do Estado de São Paulo
• ABNT NBR 6479 – Norma Brasileira de ensaios
• ABNT NBR 15.575/2013 – Desempenho das Edificações Habitacionais
• ABNT NBR 13.231/2015 – Norma Brasileira de proteção contra incêndio em subestações elétricas
• Lei KISS – 13.425/2017
Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 17
DECRETO ESTADUAL 56.819/2011- LEGISLAÇÃO DOS
BOMBEIROS NO ESTADO DE SÃO PAULO
• Classifica as construções com
base na carga de incêndio e
determina as medidas de
segurança

*A NBR 14432:2001 define o TRRF como sendo “o tempo mínimo de resistência ao fogo de um elemento construtivo quando sujeito ao incêndio-padrão”.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 18


DECRETO ESTADUAL 56.819/2011- LEGISLAÇÃO DOS
BOMBEIROS NO ESTADO DE SÃO PAULO

• Determina claramente as
responsabilidades

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 19


DECRETO ESTADUAL 56.819/2011- LEGISLAÇÃO DOS
BOMBEIROS NO ESTADO DE SÃO PAULO

• Determina claramente as
responsabilidades

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 20


INSTRUÇÃO TÉCNICA N◦ 09 / 2011

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 22


CONTEÚDO

Conceitos
Testes e Aprovações
Normas e Legislação
Aplicações de selos corta-fogo em shafts de hidráulica e tubulações
Patologias dos selos corta-fogo
Casos recentes de incêndio sem compartimentação

23
SELOS CORTA-FOGO - APLICAÇÕES

Shaft Tubulação plástica Fachada cortina


• Rasgos em lajes por onde passam • Durante um incêndio, as tubulações • Vãos entre fachada e estrutura
gases, fumaça e chama entre plásticas derretem, deixando permitem a passagem de fumaça e
andares. buracos na laje. fogo entre andares.
• Necessária proteção em shafts com • Esses tubos devem ser protegidos • Proteção necessária em fachadas
todo tipo de instalações passantes. com material capaz de fechar a em pele de vidro, pré-moldado,
abertura. • ACM (alumínio+polietileno+alumínio),

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 24


SELOS CORTA-FOGO - SHAFT

Exigências da IT – 09

Isolamento, estanqueidade, integridade

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 25


SELOS CORTA-FOGO - SHAFT

Não pode haver trinca ou fissura

Se trincar – perde-se estanqueidade


Se cair – perde-se a integridade
Isolamento, estanqueidade, integridade

Deve ser autoportante

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 26


QUANDO O SELO NÃO PROTEGE O SHAFT…

Trincas Proteções que utilizam suportes


Permitem a passagem de fumaça através do selo, o que poderá Se o selo não é Auto Portante, a proteção se limita ao tempo do
gerar perdas materiais por contaminação de fumaça. derretimento da tela que segura a proteção, reduzindo a eficácia do
selo, aumentando o risco de perdas humanas.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 27


SELOS CORTA-FOGO - SHAFT
• Revestimento ablativo
• Não trinca Placa de lã de rocha +
pintura ablativa
• Autoportante
• Aplicado com placa de lã de rocha de alta densidade
• Durabilidade 30 anos
• Aprovado para diversas configurações e tamanhos
de aberturas

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 28


SELOS CORTA-FOGO -TUBULAÇÃO PLÁSTICA

Exigências da IT – 09

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 29


SELOS CORTA-FOGO -TUBULAÇÃO PLÁSTICA

Fita ou colar intumescente

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 30


SELOS CORTA-FOGO -TUBULAÇÃO PLÁSTICA

• Aprovação para aplicação em diversos diâmetros de


tubos
• Número de voltas de acordo com aprovação

Sistemas
intumescentes

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 31


32
SELOS CORTA-FOGO - FACHADA

Fumaça e fogo se propagam pelo vão entre a


fachada cortina e a estrutura do prédio. Selos
corta-fogo.
Afastamento da fachada em relação à estrutura.
Selos não podem ser danificados em caso de
movimentação.
Língua de fogo. Parapeito para evitar a passagem
das chamas entre os andares.
Alastramento do fogo pela parte externa da
fachada. Sistemas de fachada devem ser compostos
de materiais incombustíveis.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 33


SELOS CORTA-FOGO - FACHADA
Exigências da IT – 09

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 34


SELOS CORTA-FOGO - FACHADA
Sistema rígido Sistema elastomérico

Deve ser autoportante

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 35


SELOS CORTA-FOGO - FACHADA

Sistema rígido + Sistema elastomérico


suportes metálicos autoportante

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 36


SELOS CORTA-FOGO - FACHADA
• Revestimento elastomérico
• Não trinca em caso de movimentação da fachada
• Autoportante
• Aplicado com placa de lã de rocha
• Durabilidade 30 anos Placa de lã de rocha +
pintura elastomérica

Revestimento elastomérico

Lã de rocha

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 37


38
CONTEÚDO

Conceitos
Testes e Aprovações
Normas e Legislação
Aplicações de selos corta-fogo em shafts de hidráulica e tubulações
Patologias dos selos corta-fogo
Casos recentes de incêndio sem compartimentação

39
PATOLOGIAS DOS SELOS CORTA-FOGO - SHAFTS

Trincas
Perde-se a compartimentação quando o Sistema apresenta trincas.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 40


41
PATOLOGIAS DOS SELOS CORTA-FOGO - SHAFTS

Suportes não testados


Os selos corta-fogo não podem estar apoiados em elementos não resistentes ao fogo. Em caso de ser usado
algum elemento de sustentação, ele deve ser testado em conjunto com o sistema.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 42


PATOLOGIAS DOS SELOS CORTA-FOGO - TUBULAÇÕES

Tubulações de material combustível sem proteção intumescente


As tubulações plásticas devem receber proteção capaz de fechar o buraco deixado pelo tubo ao ser
consumido pelo fogo

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 43


PATOLOGIAS DOS SELOS CORTA-FOGO - TUBULAÇÕES

Uso de isopor como material para vedação.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 44


PATOLOGIAS DOS SELOS CORTA-FOGO - FACHADAS

Sem capacidade de movimentação - trincas


Selos rígidos são danificados durante a movimentação da estrutura,
comprometendo a integridade do selo.
Permitem a passagem de fumaça e gases tóxicos através do selo corta-fogo.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 45


PATOLOGIAS DOS SELOS CORTA-FOGO - FACHADAS

Suportes não testados


Os selos corta-fogo não podem estar apoiados em elementos não resistentes ao fogo. Em caso
seja usado algum elemento de sustentação, este deve ser testado em conjunto com o sistema.

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 46


CHECK LIST
Auxílio nas vistorias para AVCB.
• Shafts.

Verificar presença de trincas


Verificar tubos de PVC
Verificar se é autoportante

• Fachadas.

Verificar presença de trincas

Verificar capacidade de movimentação


Verificar artifícios de montagem

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 47


CONTEÚDO

Conceitos
Testes e Aprovações
Normas e Legislação
Aplicações de selos corta-fogo em shafts de hidráulica e tubulações
Patologias dos selos corta-fogo
Casos recentes de incêndio sem compartimentação

48
INCÊNDIOS RECENTES EM SHAFTS

Hotel Rech em SC – Brasil (2017) Residencial Boulevard em SC – Brasil (2017)

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 49


CASOS RECENTES DE INCÊNDIO – HOTEL EM SC – 30/04/17

Fonte: http://jornaldesantacatarina.clicrbs.com.br/sc/noticia/2017/04/tres-
pessoas-morrem-em-incendio-no-hotel-rech-em-braco-do-norte-9783459.html

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 50


CASOS RECENTES DE INCÊNDIO – PRÉDIO EM SC – 21/06/17

Fonte: http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2017/06/incendio-atinge-
apartamento-no-centro-de-tubarao-no-sul-de-sc-9821872.html

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 51


INCÊNDIOS RECENTES EM FACHADAS

The Address Hotel – Dubai (2015) Marina Torch Tower – Dubai (2015 e Grenfell Tower – Londres (2017)
2017)

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 52


THE ADDRESS HOTEL – DUBAI (2015)

Fonte: https://www.theguardian.com/world/video/2015/dec/31/fire-dubai-hotel-new-years-eve-fireworks-video
http://veja.abril.com.br/mundo/autoridades-investigam-causas-do-incendio-em-dubai/

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 53


MARINA TORCH TOWER – DUBAI (2015 E 2017)

Fonte: https://www.gazetaonline.com.br/noticias/mundo/2017/08/incendio-atinge-predio-residencial-com-mais-de-80-andares-em-dubai-1014085607.html
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/02/arranha-ceu-de-303-m-de-altura-pega-fogo-em-dubai.html

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 54


GRENFELL TOWER – LONDRES (2017)

Fonte: https://oglobo.globo.com/mundo/incendio-mortal-em-edificio-torre-de-londres-revela-falhas-de-seguranca-21480803

Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 55


Seminário AEAMC – Mogi das Cruzes | Abril, 2018 56
OBRIGADA

Arq. Camila Guello


Firestop System l Project Consultant

Hilti do Brasil Coml. Ltda.


Al. Rio Negro, 500 | Torre A - 9º Andar
06454-000 Barueri | SP

Tel: 11 9 8638 0265


camila.guello@hilti.com
www.hilti.com.br

57

Você também pode gostar