Você está na página 1de 11

Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Centro de Tecnologias e Geociência – CTG


Departamento de Engenharia Civil
Disciplina: Estruturas de Madeira

Projeto de Estruturas em Madeira

Pórtico treliçado de palitos de picolé

Recife, 25 de fevereiro de 2015.


Sumário

1. Objetivo do projeto ......................................................................................... 2

2. Especificações para a construção do pórtico ................................................. 3

3. Método construtivo ......................................................................................... 4

3.1 Etapas da montagem ................................................................................ 5

4. Considerações finais ...................................................................................... 8

5. Anexos ........................................................................................................... 9

5.1 Resultados Ftool ....................................................................................... 9

1. Objetivo do projeto
2
Este projeto, visa construir um modelo de pórtico treliçado previamente
projetado, executado com palitos de picolé de madeira e ligados com cola.
Concluída a etapa de construção, será realizado um teste de carga no pórtico
no qual deverá resistir a uma determinada carga crescente, visando a
avaliação do seu desempenho estrutural, bem como, determinar se a estrutura
realmente atende as especificações do projeto, suportando a carga
previamente estabelecida.

2. Especificações para a construção do pórtico

 A construção será realizada utilizando apenas palitos de picolé e cola de


madeira. As dimensões dos palitos de picolé são aproximadamente: 120,0 mm
de comprimento; 2,0 mm de espessura; 8,0 mm de largura.

3
 A resistência à tração do palito é de 90kgf ou 882,9N (média extraída de
8 palitos testados), resultando numa tensão normal de ruptura média na tração
de: 52,55 MPa.
 A resistência à compressão de um palito de 120 mm de comprimento é
de 4,9kgf ou 48,07N, (média de 11 palitos), resultando numa tensão normal
média de ruptura de: 2,86 MPa. Sabemos que se juntássemos dois palitos por
inteiro aumentaríamos nossa carga de compressão, com uma tensão média de
ruptura aproximada de 7,86 MPa. Para fins de cálculo, levando em conta as
incertezas, estimamos um fator de segurança e consideramos uma tensão
média de ruptura de 6 MPa.
 Considerou-se o módulo de elasticidade da madeira que constitui o
palito , E = 7350MPa.
 As juntas para as barras serão feitas com emenda por superposição de
palitos.
 O peso-próprio do pórtico não poderá ser superior a 700 gramas.
 Conforme a figura 1 abaixo, o pórtico tem as seguintes dimensões:

Fig.1 Dimensões do Pórtico

3. Método construtivo

Inicialmente a maior discussão do grupo foi quanto ao tipo de estrutura


ideal para a construção do pórtico com palitos de picolé, cada membro

4
individualmente apresentou suas ideias próprias e o grupo em conjunto decidiu
optar pelo modelo apresentado abaixo.

Fig. 2 – Vista frontal do pórtico

Durante a construção foram encontrados desafios não esperados na


fase de planejamento do projeto, principalmente no processo de escolha do
melhor tipo de cola, limitado pelas especificações da proposta do professor,
para colagem dos palitos, bem como, na maneira que os palitos iam ser
interligados.

3.1 Etapas da montagem

 1º Etapa: Inicialmente foi feita uma primeira camada de palitos nas


bordas limitando as dimensões, em seguida colocou-se uma camada com
palitos inclinados em uma direção, seguida por uma camada de palitos
contínuos e depois colocou-se uma segunda camada de palitos em outra
direção, formando um x, finalizando com uma camada de palitos contínuos nas
bordas .
 2º Etapa: Feito isso, foram feitas 5 camadas apenas de palitos
contínuos nas bordas, sem formar o x.

5
 3º Etapa: Repete-se a 1º etapa, fazendo uma nova camada de x.
 4º Etapa: Repete-se a 2º etapa.
 5º Etapa: Repete-se a 1º etapa, fazendo uma última camada de x.

* Sempre levando em consideração que as emendas dos palitos devem ser


alternadas.

Segue imagens ilustrando o passo a passo:

6
O mesmo processo para os pilares.

7
4. Considerações finais

No desenvolvimento de todas as etapas acima mencionadas deste


projeto a equipe se empenhou em realizar o trabalho da melhor maneira
possível, buscando sempre os melhores recursos tanto para o desenvolvimento
da ideia quanto para a confecção do modelo escolhido.
O pórtico foi construído seguindo todas as especificações descritas
acima, resultando com um peso próprio de 698 gramas. Tendo em vista que
nosso menor valor de resistência do material é nosso valor de compressão dos
palitos, partimos então para identificar no pórtico qual seria a carga máxima de
acordo com a quantidade de palitos. E com auxílio do software Ftool foi
estimada uma carga de ruptura. No qual o grupo definiu uma taxa de tolerância
de erros considerando um fator de segurança, com isso foi de comum acordo
que o protótipo trabalharia com uma carga máxima de ruptura de 80 kg .

8
5. Anexos

5.1 Resultados Ftool

9
10
11

Você também pode gostar