Você está na página 1de 3

Colégio Joaquim Barroso Neto

“Educação de qualidade é para a vida toda”

Avaliação Bimestral Física


Aluno(a): Série: 3°ano
Professor(a): Napoleão Netto Data: Turno: Manhã
Instruções
Antes de iniciar a prova preencha o cabeçalho (nome, turno e data) e siga às instruções abaixo:
 A avaliação deverá ser realizada individualmente e sem consulta.
 Usar somente caneta azul ou preta.
 Não é permitido conversas paralelas, levantar-se, trocar ou emprestar material de qualquer natureza.
 Não é permitido o uso de celular, assim como, de calculadoras e corretivos.
 O fiscal tem autoridade para mudar o aluno de lugar, visando a melhor distribuição no espaço físico da sala.
 A fraude e/ou a tentativa de indisciplina ou de desrespeito às autoridades encarregadas dos trabalhos serão
consideradas GRAVES.
Os alunos terão a permanência máxima de 50 minutos por prova.

01. (UNIFESP) Você constrói três resistências elétricas, RA, RB e RC, com fios de mesmo comprimento e com as
seguintes características:
I. O fio de RA tem resistividade 1,0·10–6 Ω·m e diâmetro de 0,50 mm.
II. O fio de RB tem resistividade 1,2·10–6 Ω·m e diâmetro de 0,50 mm.
III. O fio de RC tem resistividade 1,5·10–6 Ω·m e diâmetro de 0,40 mm.
Pode-se afirmar que:
a) RA > RB > RC.
b) RB > RA > RC.
c) RB > RC > RA.
d) RC > RA > RB.
e) RC > RB > RA.

02. A eficiência das lâmpadas pode ser comparada utilizando a razão, considerada linear, entre a quantidade de luz
produzida e o consumo. A quantidade de luz é medida pelo fluxo luminoso, cuja unidade é o lúmen (lm). O consumo está
relacionado à potência elétrica da lâmpada que é medida em watt (W). Por exemplo, uma lâmpada incandescente de 40
W emite cerca de 600 lm, enquanto uma lâmpada fluorescente de 40 W emite cerca de 3 000 lm.
Disponível em: http://tecnologia.terra.com.br. Acesso em: 29 fev. 2012 (adaptado).

A eficiência de uma lâmpada incandescente de 40 W é

A) maior que a de uma lâmpada fluorescente de 8 W, que produz menor quantidade de luz.
B) maior que a de uma lâmpada fluorescente de 40 W, que produz menor quantidade de luz.
C) menor que a de uma lâmpada fluorescente de 8 W, que produz a mesma quantidade de luz.
D) menor que a de uma lâmpada fluorescente de 40 W, pois consome maior quantidade de energia.
E) igual a de uma lâmpada fluorescente de 40 W, que consome a mesma quantidade de energia.

03. O chuveiro elétrico é um dispositivo capaz de transformar energia elétrica em energia térmica, o que possibilita a
elevação da temperatura da água. Um chuveiro projetado para funcionar em 220V pode ser adaptado para funcionar em
110V, de modo a manter inalterada sua potência. Uma das maneiras de fazer essa adaptação é trocar a resistência do
chuveiro por outra, de mesmo material e com o(a)
A) dobro do comprimento do fio.
B) metade do comprimento do fio.
C) metade da área da seção reta do fio.
D) quádruplo da área da seção reta do fio.
E) quarta parte da área da seção reta do fio.

04. A capacidade de uma bateria com acumuladores, tal como a usada no sistema elétrico de um automóvel, é
especificada em ampère-hora (Ah). Uma bateria de 12 V e 100 Ah fornece 12 J para cada coulomb de carga que flui
através dela.
Se um gerador, de resistência interna desprezível, que fornece uma potência elétrica média igual a 600 W, fosse
conectado aos terminais da bateria descrita, quanto tempo ele levaria para recarregá-la completamente?
a) 0,5h
b) 2h
c) 12h
d) 50h
e) 100h

05. Entre as inúmeras recomendações dadas para a economia de energia elétrica em uma residência, destacamos as
seguintes:

– Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas.


- Evite usar o chuveiro elétrico com a chave na posição “inverno” ou “quente”.
– Acumule uma quantidade de roupa para ser passada a ferro elétrico de uma só vez.
– Evite o uso de tomadas múltiplas para ligar vários aparelhos simultaneamente.
– Utilize, na instalação elétrica, fios de diâmetros recomendados às suas finalidades.

A característica comum a todas essas recomendações é a proposta de economizar energia através da tentativa de, no
dia-a-dia, reduzir:
a) a potência dos aparelhos e dispositivos elétricos.
b) o tempo de utilização dos aparelhos e dispositivos.
c) o consumo de energia elétrica convertida em energia térmica.
d) o consumo de energia térmica convertida em energia elétrica.
e) o consumo de energia elétrica através de correntes de fuga.

06. A energia solar é uma das fontes alternativas de energia utilizadas pelo homem. A intensidade média anual da
radiação solar na cidade de Campo Grande – MS é igual a 700 W/m2 considerando 6 horas de irradiação por dia.

Um equipamento de captação de energia solar, para aquecer a água destinada ao consumo doméstico, possui
rendimento igual a 60%, isto é, 60% da potência da radiação solar disponível é transformada em potência útil pelo
equipamento. Considere uma residência que possui um desses equipamentos instalado, cuja área de captação de
irradiação solar é de 4 m2 e que toda a potência útil é consumida. Se o custo da energia elétrica no local é de R$ 0,60
por kWh, a economia média anual (365 dias) em reais, nessa residência, será:
a) maior que R$ 2.124,00.
b) igual a R$ 551,88.
c) igual a R$ 367,92.
d) menor que R$ 367,92.
e) igual R$ 1.980,00.

07.) Dois fios A e B são tais que o comprimento do fio B é o dobro do comprimento do fio A e a área de secção do fio A é
8 vezes menor que a do fio B. Sendo os fios feitos do mesmo material, determine a razão entre a resistência do fio B e a
do fio A.
a) ½
b) ⅛
c) ¼
d) ⅞
e) 1

08. (Ufc) Um pássaro pousa em um dos fios de uma linha de transmissão de energia elétrica. O fio conduz uma corrente
elétrica i = 1.000 A e sua resistência, por unidade de comprimento, é de 5,0 × 10-5 /m. A distância que separa os pés
do pássaro, ao longo do fio, é de 6,0 cm. A diferença de potencial, em milivolts (mV), entre os seus pés é:
a) 1,0
b) 2,0
c) 3,0
d) 4,0
e) 5,0