Você está na página 1de 2

Ferramenta Neurotransmissores

Neurotransmissores são substâncias químicas produzidas pelos neurônios (as


células nervosas), com a função de biossinalização. Por meio delas, podem enviar
informações a outras células. Podem também es mular a con nuidade de um
impulso ou efetuar a reação final no ou músculo alvo. Os neurotransmissores agem
nas sinapses, que são o ponto de junção do neurónio com outra célula.

Com a ferramenta Neurotransmissores o que está sendo feito é o equilíbrio dos


neurotransmissores, o comando deve ser algo como "Eu sou a var o equilíbrio do
neurotransmissor X" . Ver no relógio das cores qual ativar ou atribuir um
numero de 1 a 5.

1 Dopamina

Controla a estimulação e os níveis do controle motor. Quando os níveis estão baixos no mal de Parkinson, os
pacientes não conseguem se mover. Presume-se que a cocaína e a nicotina atuam liberando uma quantidade maior
de dopamina na fenda sináptica. Porém, existem alguns fármacos que atuam elevando os níveis de Dopamina, são
os Medicamentos Precursores da Dopamina, agonistas de receptores dopaminérgicos, inibidores seletivos da MAO-
B(monoaminoxidase - b) , inibidores da COMT (catecol-o-ometil-transferase), Liberadores de dopamina,
bloqueadores de sua recaptação e estimulantes de sua síntese.

2 Serotonina

Esse neurotransmissor é um dos mais importantes e com mais receptores e funções diferentes. Possui forte efeito no
humor,memória, aprendizado, alimentação,desejo sexual e sono reparador. A falta desse neurotransmissor é a causa
de transtornos depressivos, alimentares, sexuais e do sono. Para sua boa produção é importante o consumo de
triptofano, uma boa rotina de 6 a 8h de sono e exercícios regulares. A maioria dos antidepressivos são
estimuladores de neurotransmissores (serotonina, dopamina e noradrenalina), mas seus resultados são
questionáveis devido ao fato de algumas pessoas sadias não apresentarem redução na taxa dos mesmos.

3 Oxitocina

È um hormônio produzido pelo hipotálamo e armazenado na p90-hipófise posterior (Neurohipófise) tendo como
função: promover as contrações musculares uterinas; reduzir o sangramento durante o parto, estimular a libertação
do leite materno; desenvolver apego e empatia entre pessoas; produzir parte do prazer do orgasmo; e modular a
sensibilidade ao medo (do desconhecido)

4 Noradrenalina

A noradrenalina (NA) é principalmente uma substância química que induz a excitação física e mental e ao bom
humor. A produção é centrada na área do cérebro chamada de locus ceruleus, e atua nos centro de "prazer" do
cérebro. Sua falta está associada a transtornos depressivos

5 Adrenalina

É um hormônio simpaticomimético e neurotransmissor responsável por preparar o organismo para a realização de


grandes feitos, derivado da modificação de um aminoácido aromático (tirosina), secretado pelas glândulas
suprarrenais, assim chamadas por estarem acima dos rins. Em momentos de "stress", as supra-renais secretam
quantidades abundantes deste hormônio que prepara o organismo para grandes esforços físicos, estimula o
coração, eleva a tensão arterial, relaxa certos músculos e contrai outros.