Você está na página 1de 10

COOPERATIVA AGRÁRIA AGROINDUSTRIAL

Adequação de equipamentos com relatos de incidentes e a NR12


Unidade Sementes

Código do Documento: _ Unidade: Folha Revisão


Responsável: Egon Syperreck Sementes 00

DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

100-SI-00439 – Padrão Mínimo de Segurança


NIP-014-REV02 – Agraria Normas e Procedimentos

REVISÕES

N° REVISÃO DATA EXECUTADO APROVADO

Cooperativa Agrária Agroindustrial

Av. Helvethia Quadra 32, S/N, Entre Rios, Guarapuava, Paraná, Brasil.
CEP 85139-400

(COOPERATIVA AGRARIA AGROINDUSTRIAL)


CNPJ 77.890.846/0046-70
INSCR. EST. 9060113367
Unidade Sementes
MMV – Manutenção Mecânica Vitória
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO........................................................................................................................ 3
2. OBJETIVO ............................................................................................................................. 3
3. DEFINIÇÕES .......................................................................................................................... 3
4. NORMAS ADOTADAS ........................................................................................................... 3
5. DADOS DO PROJETO........................................................................................................... 3
6. DESCRITIVO DOS SERVIÇOS .............................................................................................. 4
7. ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS .................................................................................... 5
8. DETALHAMENTO DO SERVIÇO ........................................................................................... 5
9. CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO ........................................................................ 5
10. OBSERVAÇÕES COMPLEMENTARES .............................................................................. 6
11. QUALIDADE, GARANTIAS E MANUTENÇÃO. ................................................................... 7
12. DOCUMENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA................................................ 7
TÉCNICA / COMERCIAL. .......................................................................................................... 7
13. NORMAS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA PARA EMPREITEIRAS ....................... 8
14. LICENÇAS E FRANQUIAS .................................................................................................. 8
15. RELAÇÕES ENTRE CONTRATADA E FISCALIZAÇÃO ..................................................... 8
16. OBRIGAÇÕES GERAIS ....................................................................................................... 8
17. TRANSPORTE ..................................................................................................................... 9
18. RELAÇÃO DE FORNECIMENTOS DA COOPERATIVA AGRÁRIA..................................... 9
19. PRAZO DE FORNECIMENTO.............................................................................................. 9
20. APROVAÇÕES .................................................................................................................. 10
1. INTRODUÇÃO

A presente Especificação Técnica contém as descrições das etapas e/ou


serviços para execução do objeto contratual, orientando, descrevendo e disciplinando,
todos os procedimentos e critérios que estabelecerão o relacionamento técnico entre a
CONTRATADA e a AGRÁRIA.
É objeto contratual a prestação de serviços de manutenção geral nos
equipamentos da unidade citados acima.

2. OBJETIVO

Garantir que esses equipamentos não tenham paradas inesperadas por que
quebra ou qualquer outro tipo de falha, durante a safra, no período de outubro 2017 a
maio de 2018.

3. DEFINIÇÕES

CONTRATANTE: Cooperativa Agrária Agroindustrial – Sementes.


CONTRATADA: Empresa Prestadora de Serviço.
PROPONENTE: Empresa consultada e que fornece proposta técnica/comercial.

4. NORMAS ADOTADAS

Serão adotadas as normas, especificações e métodos da Associação


Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e NR’s (Norma regulamentadora), específicas do
objeto desse trabalho. Em caso de inexistência de Normas Brasileiras específicas sobre
o assunto, serão seguidas normas internacionais pertinentes.

5. DADOS DO PROJETO

Altitude (acima do nível do mar): 1.100 metros


Idade média dos Equipamentos: 17 anos
Temperatura Ambiente Média (bulbo úmido): Mínima = 11,0 °C
Máxima = 22,5 °C
Temperatura Ambiente Extremo: Mínima (relva) = 4 °C
Máxima (abrigado) = 30 °C

6. DESCRITIVO DOS SERVIÇOS

- Fazer levantamento (orçamento) in loco juntamente com supervisor operacional em


conjunto com a manutenção para acertar detalhes de posição e fixação das proteções
dos equipamentos, conforme plano de ação abaixo.

- A contratada deve atentar-se para o Anexo I da NR12 quando se tratar de qualquer


proteção fixa a ser instalada.

- Deverá ser fornecida ART do serviço executado após o aceite;

- Deverá ser fornecido os valores do orçamento em separado para mão de obra e


materiais;

- Todo material é por conta da CONTRATADA;

6.1 Fabricar e instalar guarda corpo e gaiola de proteção.

Descrição Identificação
Fabricar e instalar
guarda corpo na
cabeça do elevador
do SI-22
Fabricar e instalar
gaiola de proteção na
escada de acesso a
caixa de resíduo

7. ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

Todos os equipamentos e movimentações utilizados na prestação dos serviços


serão de responsabilidade da CONTRATADA.
Deverá ser fornecida pela CONTRATADA toda a mão-de-obra qualificada,
assim como todas as ferramentas que sejam necessárias para execução dos serviços.

8. DETALHAMENTO DO SERVIÇO

O fornecimento por parte da CONTRATADA para cumprimento do objeto


contratual compreenderá os serviços descritos nos itens: 6 do escopo.

9. CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO

A CONTRATADA deve enquadra-se nas normas e procedimentos de segurança


para empreiteiras e seguir criteriosamente:

a) Após a conclusão, o serviço será dado como concluído somente após a limpeza do
local e a liberação pela CONTRATANTE. Não serão pagas horas técnicas no período
que não for dado como aceito o serviço;
b) Critérios para definição da contratação:
- Qualidade dos equipamentos utilizados;
- Prestação de serviços e assistência técnica;
- Solução apresentada;
- Preço.

c) Todas as medidas necessárias à realização dos serviços deverão ser conferidas no


local e na ocasião da fase de orçamentação;

d) Será sempre empregado o Sistema Internacional de Unidades (SI), devendo ser


utilizado em todos os documentos, sejam técnicos, administrativos ou financeiros.

10. OBSERVAÇÕES COMPLEMENTARES

FORNECIMENTO CONTRATADA

• Fornecimento de materiais consumíveis, EPI’s, equipamentos para movimentação


vertical e horizontal, andaimes e ferramentas;
• Fornecer todo ferramental, equipamento e mão-de-obra necessária e qualificada para
o bom andamento do serviço;
• Realizar os serviços dentro dos prazos estabelecidos pelo fiscal, sendo que estes
poderão também ser executados aos sábados, domingos e feriados, de acordo com a
necessidade ao decorrer da obra, com o horário das: 07:45 às 17:30 horas;
• Hospedagem, estadia e translado dos funcionários, técnicos;
• Toda documentação para integração deve ser providenciada antes da data do início
da atividade;

FORNECIMENTO AGRARIA

• Fornecimento de ponto de energia trifásico (380V + neutro);


• Fornecimento de um bebedouro.
• Fornecimento de Banheiro.
OBS: Será disponibilizada estrutura adequada Refeitório para os colaboradores
fazerem suas refeições (Não sendo permitido cozinhar no canteiro de obra).
Ficando a cargo da CONTRATADA o fornecimento das refeições.

11. QUALIDADE, GARANTIAS E MANUTENÇÃO.

A Contratada deverá garantir o escopo de fornecimento de acordo com a Norma


NIP 016 – Especificação Mínima para Fornecimento Geral.

12. DOCUMENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA


TÉCNICA / COMERCIAL.

A Contratada deverá complementar a proposta técnica / comercial com


desenhos e catálogos que se façam necessários para a compreensão e equalização do
proposto:

Segue itens e observações que devem constar na proposta comercial:

a) Quando se tratar de desenhos, devem se enquadrar na norma NBR 5984/80, em


atenção especial para formatos e escalas de impressão padronizada:

b) Apresentar os documentos e projetos em arquivos eletrônico nos formatos cabíveis


(Acrobat, Word, Excel, AutoCAD e Inventor);

c) Depois de formalizado a contratação, toda a documentação técnica deve ser


apresentada de acordo com os itens 6.6 e 6.7 da Especificação Mínima de
Fornecimento (NIP-014).
13. NORMAS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA PARA
EMPREITEIRAS

• Para início das atividades pós-contratação, deverão se apresentar para a realização


da Integração junto ao SESMT com horário fixo diário das 08h00minhrs. (com
duração de 04 hora), não será realizado fora desde período;

• É pré-requisito a leitura do Manual e Procedimentos MANB001 para a integração;

• Os veículos da Empreiteira que necessitam adentrar na empresa deverão ser


credenciados pela Segurança Patrimonial;

• Em caso de crime comum, deverá a Segurança Patrimonial ser informada


imediatamente para orientações cabíveis.

14. LICENÇAS E FRANQUIAS

A Contratada deverá garantir o escopo de fornecimento de acordo com a Norma


NIP-014 – Especificação Mínima para Fornecimento Geral.

15. RELAÇÕES ENTRE CONTRATADA E FISCALIZAÇÃO

A Contratada deverá garantir o escopo de fornecimento de acordo com a Norma


NIP-014– Especificação Mínima para Fornecimento Geral.

16. OBRIGAÇÕES GERAIS

Fornecer ao final dos trabalhos um relatório informando todos os serviços


executados, os problemas encontrados, as recomendações para próximas paradas e
itens que não foram feitos com suas devidas justificativas, onde ficará retido o valor de
10% do contrato até a entrega do relatório;
A Contratada deverá garantir o escopo de fornecimento de acordo com a Norma
NIP-014 – Especificação Mínima para Fornecimento Geral.
17. TRANSPORTE

A contratação de caminhões munck, vans, ônibus, etc para o transporte dos


funcionários e equipamentos utilizados na execução dos serviços será de
responsabilidade da CONTRATADA.

18. RELAÇÃO DE FORNECIMENTOS DA COOPERATIVA AGRÁRIA

Conforme descrito na Norma de Especificação Mínima de Fornecimento (NIP-


014).

19. PRAZO DE FORNECIMENTO

• Visita para realizar o orçamento deve ser agendada para todas as proponentes
no mesmo dia;
• O prazo previsto para entrega do orçamento será definido pelo setor de
suprimentos.
• Prazo final do escopo: 30/11/018;
20. APROVAÇÕES

______________________ _________________________
Coordenador de Manutenção Coordenador Unidade Cereais Vitoria

_________________________ ________________________
Supervisor Manutenção Supervisor de Compras

______________________
Contratada

Você também pode gostar